PROVIMENTO Nº 11/2010

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PROVIMENTO Nº 11/2010"

Transcrição

1 PROVIMENTO Nº 11/2010 Ementa: Regulamenta a prestação de serviços pelos Cartórios de Registro Civil das Pessoas Naturais do Estado de Pernambuco nos estabelecimentos de saúde que realizam partos, bem como a utilização do SERC (Sistema Estadual de Registro Civil), e dá outras providências. O Desembargador Bartolomeu Bueno, Corregedor-Geral da Justiça, no uso das suas atribuições, CONSIDERANDO que é o registro de nascimento que confere, em primeira ordem, identidade ao cidadão e dá início ao seu relacionamento formal com o Estado, notadamente em relação ao acesso aos direitos básicos de saúde, de educação e de justiça; CONSIDERANDO que Pernambuco tem um percentual elevado de sub-registro, na ordem estimada de 21,4% das crianças nascidas vivas, o que representa cerca de 12,1 mil pernambucanos sem registro civil de nascimento, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE); CONSIDERANDO a adesão do Estado de Pernambuco ao Compromisso Nacional pela Erradicação do Sub-Registro Civil de Nascimento e de Ampliação do Acesso à Documentação Civil Básica, instituído pelo Decreto nº 6.289, de 06 de dezembro de 2007, da Presidência da República; CONSIDERANDO o engajamento da Corregedoria Geral da Justiça na campanha de mobilização nacional pelo Registro Civil de Nascimento, coordenada pelo Conselho Nacional da Justiça (CNJ); CONSIDERANDO que a Agência Estadual de Tecnologia da Informação (ATI) desenvolveu o Sistema Estadual de Registro Civil (SEFC), que possibilitará o registro de nascimento e a emissão da primeira certidão no âmbito das maternidades, públicas e privadas, do Estado de Pernambuco, que virem a aderir ao Programa Minha

2 Certidão, sob a coordenação da Secretaria Executiva de Justiça e Direitos Humanos (SEJUDH), em parceria de cooperação técnica com a Secretaria Estadual de Saúde (SES) e a Associação dos Registradores Civil de Pessoas Naturais do Estado de Pernambuco (ARPEN/PE), com interveniência da Corregedoria Geral da Justiça de Pernambuco. CONSIDERANDO, por fim, que compete a Corregedoria Geral da Justiça editar normas técnicas que venham assegurar o desempenho dos serviços notariais e de registro de modo a garantir a publicidade, a autenticidade, a segurança e a eficácia dos atos jurídicos; RESOLVE: Art.1º Os Cartórios de Registro Civil das Pessoas Naturais do Estado de Pernambuco, quando estiverem prestando seus serviços nas maternidades nos termos do art. 618, caput, do código de Normas, ficam autorizados a utilizar o SERC (Sistema Estadual de Registro Civil), do governo do Estado de Pernambuco, para efeito de realizar exclusivamente registros de nascimento e emitir a primeira certidão respectiva. 1 Os registros de nascimentos e emissão da primeira certidão respectiva de que trata o Caput deste artigo, se referem exclusivamente aos nascimentos ocorridos na maternidade em que o Cartório estiver prestando seus serviços. 2 Ficam também excluídos os registros relativos aos natimortos. 3 A utilização do SERC (Sistema Estadual de Registro Civil) pelos Cartórios de Registro Civil das Pessoas Naturais do Estado de Pernambuco depende de prévio convênio entre as serventias e o Estado de Pernambuco, com a interveniência do Tribunal de Justiça de Pernambuco, através da Corregedoria Geral da Justiça. 4 Os custos com o selo de autenticidade e com o papel de segurança será do Cartório de Registro Civil das Pessoas Naturais que estiver prestando os serviços dentro da unidade de saúde.

3 5 Os cartórios que virem a aderir ao SERC (Sistema Estadual de Registro Civil) devem observar todas suas normas técnicas e de procedimento. Art. 2 Nas comarcas em que o número de maternidades não coincida com o número de Cartórios de Registro Civil de Pessoas Naturais, seja para mais ou para menos, a execução dos serviços será realizada por todos os cartórios pelo sistema de rodízio, de modo que todos tenham participação por igual, salvo aqueles que optarem em não aderir ao programa de registro de nascimento dentro das maternidades. 1 O formato do rodízio para a execução dos serviços será definido pelos próprios cartórios participantes, que deverão dar ciência à Corregedoria Auxiliar respectiva. 2 O sistema de rodízio também será adotado quando, apesar do número de maternidades coincidir com o número de serventias, houver diferença substancial entre o número de nascimentos entre elas. 3 Os Cartórios de Registro Civil de Pessoas Naturais podem ainda definir que o rodízio se dará entre eles apenas em relação às maternidades existentes nas suas circunscrições ou nas suas proximidades, ou em relação a todas as unidades de saúde existentes na Comarca, tal como autoriza o artigo 619 do Código de Normas. Art. 3 Os valores devidos pelo Fundo Estadual de Registro Civil FERC a título de compensação pelos registros lavrados através do SERC (Sistema Estadual de Registro Civil), na capital, serão rateados entre todas as unidades cartorárias da comarca que estejam participando do programa de registros de nascimento nas próprias maternidades. Art. 4º Os registros de nascimento através do SERC (Sistema Estadual de Registro Civil), só poderão ser lavrados mediante apresentação dos seguintes documentos: I Declaração de Nascido Vivo DNV, fornecida pela maternidade em que se deu o nascimento, da qual deve constar a data e local do nascimento;

4 II Certidão original do assento de casamento dos pais, na hipótese de serem eles casados; não sendo casados, deve ser apresentada a certidão original de nascimento de cada um dos pais; III Documento idôneo com foto que identifique o pai, a mãe e os avós do registrando, bem como a naturalidade dos pais; Parágrafo Único - O Cartório deverá reter, obrigatoriamente, a via amarela da DNV (Declaração de Nascido Vivo). Art. 5º O Cartório de Registro Civil das Pessoas Naturais escolhido pelo declarante lavrará o assento de nascimento após análise da documentação digitalizada e recebida através do SERC (Sistema Estadual de Registro Civil). Parágrafo Único Uma vez lavrado o registro de nascimento e emitida à respectiva certidão, deve o Cartório cuidar de concluir o processo do registro no SERC (Sistema Estadual de Registro Civil). Art. 6º O Cartório de Registro Civil das Pessoas Naturais que se encontrar prestando serviços na maternidade deverá, no prazo de máximo de 5 (cinco) dias úteis, remeter ao Cartório que tiver lavrado o assento de nascimento, todos os documentos cujas cópias digitalizadas já tinha encaminhado, além do Termo de Nascimento devidamente assinado. 1 As despesas postais com o envio da documentação de que trata o caput deste artigo será objeto do convênio a ser celebrado entre as serventias e o Estado de Pernambuco. 2 Por cautela, o Termo de Nascimento assinado pelo declarante deve também ser digitalizado a fim de possibilitar sua restauração no caso de seu eventual extravio durante a remessa ao Cartório responsável pelo registro. Art. 7 O Oficial do Registro Civil que competir lavrar o registro de nascimento, diante de dúvidas ou de inconsistências em relação à documentação enviada, deve devolver o requerimento e

5 demais cópias digitalizadas, também através do SERC (Sistema Estadual de Registro Civil), apontando as correções que devam ser procedidas. Art. 8º A certidão do registro de nascimento deverá ser entregue ao declarante ou interessado na própria maternidade onde ocorreu o nascimento e sempre antes da alta da mãe da criança registrada. Art. 9º A certidão do registro de nascimento será assinada pelo Oficial de Registro Civil através de certificação digital. Art. 10 Este Provimento entrará em vigor na data de sua publicação. Art. 11 Revogam-se as disposições em contrário, especialmente o Provimento nº 38/2008, desta Corregedoria Geral de Justiça. Art. 12 Fica preservada a eficácia dos atos praticados na vigência do Provimento n 38/2008 desta Corregedoria Geral de Justiça. Recife, 01 de junho de Des. Bartolomeu Bueno Corregedor Geral da Justiça

Edição nº 174/2015 Brasília - DF, terça-feira, 29 de setembro de Corregedoria PORTARIA Nº 19, DE 28 DE SETEMBRO DE 2015.

Edição nº 174/2015 Brasília - DF, terça-feira, 29 de setembro de Corregedoria PORTARIA Nº 19, DE 28 DE SETEMBRO DE 2015. Corregedoria PORTARIA Nº 19, DE 28 DE SETEMBRO DE 2015. Designação da Juíza Soníria Rocha Campos D?Assunção, para exercer a Coordenação do Programa Nacional de Governança Diferenciada das Execuções Fiscais,

Leia mais

CENTRAL DE BUSCAS E INFORMAÇÕES DO REGISTRO CIVIL DAS PESSOAS NATURAIS - CRC

CENTRAL DE BUSCAS E INFORMAÇÕES DO REGISTRO CIVIL DAS PESSOAS NATURAIS - CRC CENTRAL DE BUSCAS E INFORMAÇÕES DO REGISTRO CIVIL DAS PESSOAS NATURAIS - CRC (Provimento 21/2013-CGJ-RS) CRC.SINDIREGIS.COM.BR CONSIDERANDOS... (Prov. 21/13-CGJRS) * Racionalização da busca no Registro

Leia mais

o DESEMBARGADOR GILBERTO PASSOS DE FREITAS, Corregedor Geral da Justiça do Estado de São Paulo, no uso de suas atribuições legais;

o DESEMBARGADOR GILBERTO PASSOS DE FREITAS, Corregedor Geral da Justiça do Estado de São Paulo, no uso de suas atribuições legais; Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo Página I de 5 ( (~ PORTAL 00,.., Tribunal de Justiça do Estado de SAO PAULO TJ Notícias I Institucional I Links Jurídicos I TJ Responde PROVIMENTO CG. N 09/2006

Leia mais

BRASÍLIA/DF. CRC Nacional Central Nacional de Informações do Registro Civil

BRASÍLIA/DF. CRC Nacional Central Nacional de Informações do Registro Civil BRASÍLIA/DF www.crcnacional.org.br Central de Serviços dos Cartórios de Registro Civil do Brasil Provimento nº 46/2015 do Conselho Nacional de Justiça * * * * * * * * * * * * Estados integrantes da Central

Leia mais

PROVIMENTO Nº CGJ - 04/2012. O DESEMBARGADOR JERÔNIMO DOS SANTOS, CORREGEDOR-GERAL DA JUSTIÇA EM EXERCÍCIO, no uso de suas atribuições legais, e

PROVIMENTO Nº CGJ - 04/2012. O DESEMBARGADOR JERÔNIMO DOS SANTOS, CORREGEDOR-GERAL DA JUSTIÇA EM EXERCÍCIO, no uso de suas atribuições legais, e PROVIMENTO Nº CGJ - 04/2012 Oficializa a utilização do Sistema de Controle de Certidões - SCC pelos cartórios de Registro Civil da Comarca da Capital. O DESEMBARGADOR JERÔNIMO DOS SANTOS, CORREGEDOR-GERAL

Leia mais

Setor de Certidão da Corregedoria Geral de Justiça.

Setor de Certidão da Corregedoria Geral de Justiça. PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO AMAZONAS DIVISÃO DE GESTÃO DA QUALIDADE Sistema de Gestão da Qualidade PROCEDIMENTO P. TJAM 47 Setor de Certidão da Corregedoria. Elaborado por: Roberto

Leia mais

PROVIMENTO Nº 029/2013-CGJ REPUBLICAÇÃO

PROVIMENTO Nº 029/2013-CGJ REPUBLICAÇÃO PROVIMENTO Nº 029/2013-CGJ REPUBLICAÇÃO DISPONIBILIZADO NO DJE Nº 5.177 PG. 05, DE 04/10/2013. EXPEDIENTE Nº 0010-13/000139-0 REGISTRO DE NASCIMENTO TARDIO. ALTERA A REDAÇÃO DO CAPUT DO ARTIGO 116 E 117-A

Leia mais

Manual para emissão do CPF na CRC Nacional versão 1.0

Manual para emissão do CPF na CRC Nacional versão 1.0 Normatização: Manual para emissão do CPF na CRC Nacional versão 1.0 Instrução Normativa Receita Federal Brasileira nº 1548/2015 Art. 3º Estão obrigadas a inscrever-se no CPF as pessoas físicas: V - registradas

Leia mais

Corregedoria-Geral da Justiça

Corregedoria-Geral da Justiça Publicado no DJ em 21/07/2007 TRIBUNAL DE JUSTIÇA DA PARAÍBA Corregedoria-Geral da Justiça PROVIMENTO 04/2007 Regulamenta procedimento de atendimento de Registro Civil de Nascimento e óbito nas unidades

Leia mais

PORTARIA Nº. 712, DE 24 DE NOVEMBRO DE 2014

PORTARIA Nº. 712, DE 24 DE NOVEMBRO DE 2014 PORTARIA Nº. 712, DE 24 DE NOVEMBRO DE 2014 Normatiza o processo de Certificação de Conclusão do Ensino Médio ou Declaração Parcial de Proficiência com base no Exame Nacional do Ensino Médio - ENEM no

Leia mais

PROVIMENTO Nº 016/2017-CGJ. Processo nº / Porto Alegre, 29 de maio de 2017.

PROVIMENTO Nº 016/2017-CGJ. Processo nº / Porto Alegre, 29 de maio de 2017. PROVIMENTO Nº 016/2017-CGJ DISPONIBILIZADO NO DJE Nº 6039, PÁG. 05, DE 31/05/2017 Processo nº 0010-16/000541-5 Porto Alegre, 29 de maio de 2017. Determina aos Tabeliães de Protestos de Títulos o procedimento

Leia mais

LEGISLAÇÃO FEDERAL DECRETO N , DE 14 DE MARÇO DE 2016

LEGISLAÇÃO FEDERAL DECRETO N , DE 14 DE MARÇO DE 2016 ANO XIV N. 40 15 /03/2016 1) DECRETO N. 8.691, DE 14 DE MARÇO DE 2016 - Altera o Regulamento da Previdência Social, aprovado pelo Decreto nº 3.048, de 6 de maio de 1999. 2) PORTARIA SECRETARIA-GERAL N.

Leia mais

Nele também são averbados atos como o reconhecimento de paternidade, a separação, o divórcio, entre outros, além de serem expedidas certidões.

Nele também são averbados atos como o reconhecimento de paternidade, a separação, o divórcio, entre outros, além de serem expedidas certidões. Belo Horizonte 2015 No Cartório de Registro Civil das Pessoas Naturais são registrados os atos mais importantes da vida de uma pessoa, como o nascimento, o casamento e o óbito, além da emancipação, da

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO ESTADO DE PERNAMBUCO TRIBUNAL DE JUSTIÇA Gabinete da Presidência INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 27, DE 28 DE OUTUBRO DE 2010.

PODER JUDICIÁRIO ESTADO DE PERNAMBUCO TRIBUNAL DE JUSTIÇA Gabinete da Presidência INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 27, DE 28 DE OUTUBRO DE 2010. PODER JUDICIÁRIO ESTADO DE PERNAMBUCO TRIBUNAL DE JUSTIÇA Gabinete da Presidência INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 27, DE 28 DE OUTUBRO DE 2010. EMENTA: Regulamenta a concessão e o pagamento de auxílio funeral no

Leia mais

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SANTA CATARINA SECRETARIA GERAL SEG

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SANTA CATARINA SECRETARIA GERAL SEG 1. Processo n.: PNO 13/00178415 2. Assunto: Processo Normativo - Projeto de Resolução - Altera a Resolução n. TC-16/94 3. Interessado(a): Salomão Ribas Junior 4. Unidade Gestora: Tribunal de Contas do

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO PARÁ CORREGEDORIA DA JUSTIÇA DA REGIÃO METROPOLITANA DE BELÉM

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO PARÁ CORREGEDORIA DA JUSTIÇA DA REGIÃO METROPOLITANA DE BELÉM PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO PARÁ CORREGEDORIA DA JUSTIÇA DA REGIÃO METROPOLITANA DE BELÉM PROVIMENTO Nº 002/2009 Estabelece normas para a distribuição de títulos de crédito apresentados

Leia mais

Caxias do Sul, novembro de 2016

Caxias do Sul, novembro de 2016 www.cri-rs.com.br Caxias do Sul, novembro de 2016 Comissão de Registro Eletrônico Colégio Registral Dr. Adriano Damásio - Herval; Dr. Cassiano Teló de Lima - Soledade; Dr. Cláudio Nunes Grecco - Bom Retiro

Leia mais

PROVIMENTO Nº 12/2015

PROVIMENTO Nº 12/2015 PROVIMENTO Nº 12/2015 Dispõe sobre o protesto de Certidões de Dívidas Judiciais e dá outras providências. A Corregedora-Geral da Justiça, Desembargadora Regina Ferrari, no uso de suas atribuições legais

Leia mais

11/10/ Provimento da CGJ-RJ normatiza a Resolução n 155 no Estado do Rio de Janeiro Qui, 11 de Outubro de :47

11/10/ Provimento da CGJ-RJ normatiza a Resolução n 155 no Estado do Rio de Janeiro Qui, 11 de Outubro de :47 Processo nº 2012-0144048 Assunto: ANÁLISE PARA ADEQUAÇÃO DA CONSOLIDAÇÃO NORMATIVA A RESOLUÇÃO N 155/2012 DO CNJ CONSELHO NACIONAL DE JUSTIÇA CGJ NUCLEO DE JUIZES AUXILIARES PARECER O Conselho Nacional

Leia mais

ORGANIZAÇÃO ADMINISTRATIVA

ORGANIZAÇÃO ADMINISTRATIVA ADMINISTRATIVA TRANSIÇÃO PRIMEIRAS PROVIDÊNCIAS RELATÓRIO DE RECEBIMENTO DE ACERVO PRIMEIRAS PROVIDÊNCIAS ENCAMINHAMENTO DO TÍTULO DE OUTORGA Certificação JCP e envio para CGJ no prazo de 10 dias item

Leia mais

Tribunal de Justiça do Estado do Paraná. Corregedoria-Geral da Justiça

Tribunal de Justiça do Estado do Paraná. Corregedoria-Geral da Justiça Tribunal de Justiça do Estado do Paraná Corregedoria-Geral da Justiça Provimento Nº264 SEI Nº 0102975-68.2016.8.16.6000 O Des. EUGÊNIO ACHILLE GRANDINETTI, Corregedor-Geral da Justiça, nos usos de suas

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA N.º 5/2003

INSTRUÇÃO NORMATIVA N.º 5/2003 INSTRUÇÃO NORMATIVA N.º 5/2003 Dispõe sobre o limite máximo mensal de encadernações e tiragem de cópias a serem extraídas pelo Setor de Reprografia e Xerox da Seção de Serviços Gerais. O Presidente do

Leia mais

Departamentos de Fiscalização da profissão nos CRMs - Resolução: 1613 de 07/02/2001 *****

Departamentos de Fiscalização da profissão nos CRMs - Resolução: 1613 de 07/02/2001 ***** Departamentos de Fiscalização da profissão nos CRMs - Resolução: 1613 de 07/02/2001 ***** Ementa: Determina aos Conselhos Regionais de Medicina que criem Departamentos de Fiscalização da profissão de médico

Leia mais

Estado da Bahia. A DESEMBARGADORA IVETE CALDAS FREITAS SILVA MUNIZ, CORREGEDORA-GERAL DA JUSTIÇA E O DESEMBARGADOR

Estado da Bahia. A DESEMBARGADORA IVETE CALDAS FREITAS SILVA MUNIZ, CORREGEDORA-GERAL DA JUSTIÇA E O DESEMBARGADOR PROVIMENTO CONJUNTO Nº CGJ/CCI-011/2013 Dispõe sobre o Serviço de Protocolo Postal no âmbito do Poder Judiciário do Estado da Bahia. A DESEMBARGADORA IVETE CALDAS FREITAS SILVA MUNIZ, CORREGEDORA-GERAL

Leia mais

PROVIMENTO nº 037/2008-CGJ

PROVIMENTO nº 037/2008-CGJ PROVIMENTO nº 037/2008-CGJ Autoriza os serviços de registro imobiliário a procederem à averbação dos contratos referentes aos imóveis financiados pelo Sistema Financeiro de Habitação. O Excelentíssimo

Leia mais

Considerando: Resolve:

Considerando: Resolve: MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SANTA CATARINA COLEGIADO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO CEPE/IFSC

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária de Segmentos NF-e de devolução simbólica pelas regras do Estado do MT

Parecer Consultoria Tributária de Segmentos NF-e de devolução simbólica pelas regras do Estado do MT de Segmentos NF-e de devolução simbólica pelas regras do Estado do MT 17/02/2014 Título do documento Sumário Sumário... 2 1. Questão... 3 2. Normas apresentadas pelo cliente... 3 3. Análise da Legislação...

Leia mais

São diversas as novidades trazidas pela lei, que serão tratadas em tópicos separados, para facilitar a análise:

São diversas as novidades trazidas pela lei, que serão tratadas em tópicos separados, para facilitar a análise: AS ALTERAÇÕES NO REGISTRO CIVIL EM VIRTUDE DA LEI Nº 13.484/2017: OPÇÃO PELA NATURALIDADE DA RESIDÊNCIA DA MÃE, OFÍCIOS DA CIDADANIA, AVERBAÇÃO E RETIFICAÇÃO ADMINISTRATIVA SEM PARECER DO MINISTÉRIO PÚBLICO,

Leia mais

DECRETO Nº 9.149, DE 28 DE AGOSTO DE 2017

DECRETO Nº 9.149, DE 28 DE AGOSTO DE 2017 DECRETO Nº 9.149, DE 28 DE AGOSTO DE 2017 Cria o Programa Nacional de Voluntariado, institui o Prêmio Nacional do Voluntariado e altera o Decreto nº 5.707, de 23 de fevereiro de 2006, que institui a Política

Leia mais

PROVIMENTO CG N 19/2012

PROVIMENTO CG N 19/2012 PROVIMENTO CG N 19/2012 Dispõe sobre a instituição, gestão e operação da Central de Informações do Registro Civil (CRC). O Desembargador JOSÉ RENATO NALINI, Corregedor Geral da Justiça do Estado de São

Leia mais

No Cartório de Registro de Imóveis são praticados três atos principais envolvendo bens imóveis (casas, prédios, lotes, apartamentos, lojas, fazendas,

No Cartório de Registro de Imóveis são praticados três atos principais envolvendo bens imóveis (casas, prédios, lotes, apartamentos, lojas, fazendas, No Cartório de Registro de Imóveis são praticados três atos principais envolvendo bens imóveis (casas, prédios, lotes, apartamentos, lojas, fazendas, terrenos), quais sejam, a matrícula, o registro e a

Leia mais

Srs. Usuários dos Serviços Notariais e de Registro de Minas Gerais REF: CONVENÇÃO DA APOSTILA E RESOLUÇÃO Nº 228/CNJ

Srs. Usuários dos Serviços Notariais e de Registro de Minas Gerais REF: CONVENÇÃO DA APOSTILA E RESOLUÇÃO Nº 228/CNJ Ofício Colégio Registral - Convenção da Apostila Belo Horizonte, 23/09/2016 Srs. Usuários dos Serviços Notariais e de Registro de Minas Gerais REF: CONVENÇÃO DA APOSTILA E RESOLUÇÃO Nº 228/CNJ O Colégio

Leia mais

Registro de Candidaturas

Registro de Candidaturas Registro de Candidaturas Registro de Candidaturas Legislação: - Código Eleitoral - Lei n. 4.737, de 15/7/1965; - Lei Complementar n. 64, de 18/5/1990; - Lei n. 9.504, de 30/9/1997; - Resolução TSE n. 23.450/2015,

Leia mais

PROPOSTA DE RESOLUÇÃO Nº, de de Dispõe sobre as audiências públicas no âmbito do Ministério Público da União e dos Estados.

PROPOSTA DE RESOLUÇÃO Nº, de de Dispõe sobre as audiências públicas no âmbito do Ministério Público da União e dos Estados. PROPOSTA DE RESOLUÇÃO Nº, de de 2012. Dispõe sobre as audiências públicas no âmbito do Ministério Público da União e dos Estados. O CONSELHO NACIONAL DO MINISTÉRIO PÚBLICO, no exercício da competência

Leia mais

O protesto é um direito do credor decorrente do descumprimento, pelo devedor, da obrigação de lhe pagar determinada quantia em dinheiro.

O protesto é um direito do credor decorrente do descumprimento, pelo devedor, da obrigação de lhe pagar determinada quantia em dinheiro. O protesto é um direito do credor decorrente do descumprimento, pelo devedor, da obrigação de lhe pagar determinada quantia em dinheiro. O que é o protesto? É o ato pelo qual se prova a inadimplência

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO DA PARAÍBA CORREGEDORIA GERAL DA JUSTIÇA

PODER JUDICIÁRIO DA PARAÍBA CORREGEDORIA GERAL DA JUSTIÇA Processo Judicial Eletrônico: https://pje.tjpb.jus.br/pje-corregedoria/painel/painel_usuario/documen... 1 de 1 8/9/2016 10:06 Ofício nº 1391/2016/GJCA Referente ao processo Nº 0000264-71.2016.8.15.1001

Leia mais

NORMATIVO Nº. 004/ FECOM

NORMATIVO Nº. 004/ FECOM ATO NORMATIVO Nº. 004/2014 - FECOM Dispõe sobre valores para fins de ressarcimento pelo FECOM dos Atos Gratuitos de Registro Civil de Nascimento, de Óbito e Natimorto, dispõe sobre critérios para a compensação

Leia mais

PROVIMENTO CONJUNTO N.º CGJ/CCI 04 /2016

PROVIMENTO CONJUNTO N.º CGJ/CCI 04 /2016 PROVIMENTO CONJUNTO N.º CGJ/CCI 04 /2016 Republicação corretiva * Acrescenta o Art. 219 A no Título II, Capítulo II, Seção III e o Capítulo XVI Da Usucapião Extrajudicial no Título VII do Código de Normas

Leia mais

Edição nº 10/2011 Recife - PE, sexta-feira, 14 de janeiro de 2011

Edição nº 10/2011 Recife - PE, sexta-feira, 14 de janeiro de 2011 Recurso Administrativo. Representação por excesso de prazo. Arquivamento sumário mantido. - " Perde o objeto a representação por excesso de prazo que versa sobre questão efetivamente decidida. Subsistentes

Leia mais

REGISTRO DE IMÓVEIS brasileiro

REGISTRO DE IMÓVEIS brasileiro Modernização do REGISTRO DE IMÓVEIS brasileiro Sérgio Jacomino Modernização do Registro de Imóveis brasileiro e-folivm comissão especial para a gestão documental do Foro Extrajudicial e-ri - Registro Eletrônico

Leia mais

BUSCA E APREENSÃO E REINTEGRAÇÃO DE POSSE DE VEÍCULOS (CN, 352)

BUSCA E APREENSÃO E REINTEGRAÇÃO DE POSSE DE VEÍCULOS (CN, 352) BUSCA E APREENSÃO E REINTEGRAÇÃO DE POSSE DE VEÍCULOS (CN, 352) O agendamento destas diligências será realizado no dia de plantão de OJA detentor do mandado, exclusivamente, pelos Encarregados das CCMs,

Leia mais

O PRESIDENTE DA REPÚBLICA, no uso da atribuição que lhe confere o art. 62º da Constituição, adota a seguinte Medida Provisória, com força de lei:

O PRESIDENTE DA REPÚBLICA, no uso da atribuição que lhe confere o art. 62º da Constituição, adota a seguinte Medida Provisória, com força de lei: MEDIDA PROVISÓRIA Nº. 2.200-2, 2, DE 24 DE AGOSTO DE 2001 Institui a Infra-Estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil, transforma o Instituto Nacional de Tecnologia da Informação em autarquia,

Leia mais

RESOLUÇÃO NORMATIVA- RN Nº 413, DE 11 DE NOVEMBRO DE 2016.

RESOLUÇÃO NORMATIVA- RN Nº 413, DE 11 DE NOVEMBRO DE 2016. RESOLUÇÃO NORMATIVA- RN Nº 413, DE 11 DE NOVEMBRO DE 2016. Dispõe sobre a contratação eletrônica de planos privados de assistência à saúde. A Diretoria Colegiada da Agência Nacional de Saúde Suplementar

Leia mais

Excelentíssimo Senhor Corregedor Geral da Justiça:

Excelentíssimo Senhor Corregedor Geral da Justiça: (398/10-E) Q j PEDIDO DE PROVIDENCIAS - Certidão de lllllllllllllllllllllllllll inteiro teor relativa a testamento público que 03163* foi recusada por Tabelião, por falta de autorização do testador - Descabimento

Leia mais

Circular 586/2014 São Paulo, 10 de Novembro de 2014.

Circular 586/2014 São Paulo, 10 de Novembro de 2014. Circular 586/2014 São Paulo, 10 de Novembro de 2014. PROVEDOR(A) ADMINISTRADOR(A) FORMULÁRIOS DE DECLARAÇÃO DE ÓBITO E DECLARAÇÃO DE NASCIDO VIVO NO ÂMBITO DO ESTADO DE SÃO PAULO Diário Oficial do Estado

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº02/2016, DE 26 DE ABRIL DE 2016

RESOLUÇÃO Nº02/2016, DE 26 DE ABRIL DE 2016 RESOLUÇÃO Nº02/2016, DE 26 DE ABRIL DE 2016 Estabelece critérios para aprovação, acompanhamento e certificação dos cursos de aperfeiçoamento. A CÂMARA DE EXTENSÃO DO CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO

Leia mais

Parágrafo Único - Será intempestivo o recolhimento efetuado antes ou depois do dia mencionado no caput,

Parágrafo Único - Será intempestivo o recolhimento efetuado antes ou depois do dia mencionado no caput, TEXTO INTEGRAL ATO EXECUTIVO CONJUNTO 27/1999 ATO EXECUTIVO CONJUNTO Nº 27/99 TEXTO COMPILADO O PRESIDENTE DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO, DESEMBARGADO HUMBERTO DE MENDONÇA MANES E

Leia mais

Texto compilado Institui o Comitê Gestor e o Grupo Executivo do Programa Mais Médicos e dá outras providências.

Texto compilado Institui o Comitê Gestor e o Grupo Executivo do Programa Mais Médicos e dá outras providências. Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos DECRETO Nº 8.040, DE 8 DE JULHO DE 2013 Texto compilado Institui o Comitê Gestor e o Grupo Executivo do Programa Mais Médicos e dá

Leia mais

SERGIO RIBEIRO SILVA, Prefeito do Município de Carapicuíba, Estado de São Paulo, usando de suas atribuições legais, D E C R E T A:

SERGIO RIBEIRO SILVA, Prefeito do Município de Carapicuíba, Estado de São Paulo, usando de suas atribuições legais, D E C R E T A: DECRETO Nº 4.015, DE 19 DE OUTUBRO DE 2.010. Institui a Nota Fiscal Eletrônica de Serviço NFS-e, e dá outras providências SERGIO RIBEIRO SILVA, Prefeito do Município de Carapicuíba, Estado de São Paulo,

Leia mais

Artigo 1º - Revogar os itens , , e do Capítulo 5, da seção 2 da CNGCE.

Artigo 1º - Revogar os itens , , e do Capítulo 5, da seção 2 da CNGCE. PROVIMENTO Nº 35/2013 CGJ O CORREGEDOR-GERAL DA JUSTIÇA no uso das atribuições legais, previstas nos artigos 31 a 39, alínea c, do Código de Organização e Divisão Judiciárias do Estado de Mato Grosso COJE;

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE PERNAMBUCO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE PERNAMBUCO RESOLUÇÃO Nº 22/2017 Estabelece as diretrizes para a emissão e registro de Diplomas dos Cursos de Pós-Graduação Stricto Sensu do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Pernambuco IFPE.

Leia mais

DESPACHO SEJUR Nº 092/2014

DESPACHO SEJUR Nº 092/2014 DESPACHO SEJUR Nº 092/2014 (Aprovado em Reunião de Diretoria em 27/03/2014) Expediente nº 1739/2014 Ementa: É obrigatória a apresentação de declaração de bens e renda para o exercício em cargo, emprego

Leia mais

Remessa de Informações ao Portal do Extrajudicial e Cadastro no Ministério da Justiça e CNJ

Remessa de Informações ao Portal do Extrajudicial e Cadastro no Ministério da Justiça e CNJ Curso Prático Preparatório aos Candidatos Aprovados no 6 Concurso Público. Remessa de Informações ao Portal do Extrajudicial e Cadastro no Ministério da Justiça e CNJ Curso Prático Preparatório aos Candidatos

Leia mais

CONCURSO MELHORES PRÁTICAS DO MINISTÉRIO PÚBLICO DE MINAS GERAIS INICIATIVA EXTRAJUDICIAL

CONCURSO MELHORES PRÁTICAS DO MINISTÉRIO PÚBLICO DE MINAS GERAIS INICIATIVA EXTRAJUDICIAL CONCURSO MELHORES PRÁTICAS DO MINISTÉRIO PÚBLICO DE MINAS GERAIS INICIATIVA EXTRAJUDICIAL PROJETO IMPLANTAÇÃO DAS UNIDADES INTERLIGADAS DE BELO HORIZONTE Uma parceria do Ministério Público com o Grupo

Leia mais

Provimento Nº 172/2016

Provimento Nº 172/2016 Provimento Nº 172/2016 Altera o art. 5º do Provimento n. 91/2000, o inciso "g" do art. 2º e o 3º do art. 3º do Provimento n. 94/2000, o parágrafo único do art. 2º, o caput do art. 3º e o 5º do art. 4º

Leia mais

Segunda Conferencia Regional para América Latina y el Caribe sobre el Derecho a la Identidad y Registro Universal de Nacimiento

Segunda Conferencia Regional para América Latina y el Caribe sobre el Derecho a la Identidad y Registro Universal de Nacimiento Segunda Conferencia Regional para América Latina y el Caribe sobre el Derecho a la Identidad y Registro Universal de Nacimiento da Presidência da República Brasil - Mercosul 2011-2014 Universalização do

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA No 14/2014 DIA DO SIM CASAMENTOS COLETIVOS REGISTRADORES CIVIS IRPEN

INSTRUÇÃO NORMATIVA No 14/2014 DIA DO SIM CASAMENTOS COLETIVOS REGISTRADORES CIVIS IRPEN INSTRUÇÃO NORMATIVA No 14/2014 DIA DO SIM CASAMENTOS COLETIVOS REGISTRADORES CIVIS IRPEN 2 O Conselho Diretor do FUNARPEN- Fundo de Apoio ao Registro Civil de Pessoas Naturais, no uso das atribuições legais

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO RIO DE JANEIRO RESOLUÇÃO Nº 806/12

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO RIO DE JANEIRO RESOLUÇÃO Nº 806/12 PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO RIO DE JANEIRO RESOLUÇÃO Nº 806/12 Dispõe sobre a Carteira de Identidade de Membros e a Carteira de Identidade Funcional de Servidores, no âmbito do Tribunal

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO DE PERNAMBUCO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE PERNAMBUCO ESCOLA SUPERIOR DA MAGISTRATURA DO ESTADO DE PERNAMBUCO

PODER JUDICIÁRIO DE PERNAMBUCO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE PERNAMBUCO ESCOLA SUPERIOR DA MAGISTRATURA DO ESTADO DE PERNAMBUCO PODER JUDICIÁRIO DE PERNAMBUCO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE PERNAMBUCO ESCOLA SUPERIOR DA MAGISTRATURA DO ESTADO DE PERNAMBUCO EDITAL O Presidente do Tribunal de Justiça do Estado de Pernambuco, Des. José Fernandes

Leia mais

Altera o Decreto nº , de 10 de dezembro de 1981, para dispor sobre a situação jurídica do estrangeiro na República Federativa do Brasil.

Altera o Decreto nº , de 10 de dezembro de 1981, para dispor sobre a situação jurídica do estrangeiro na República Federativa do Brasil. DECRETO Nº 8.757, DE 10 DE MAIO DE 2016 Altera o Decreto nº 86.715, de 10 de dezembro de 1981, para dispor sobre a situação jurídica do estrangeiro na República Federativa do Brasil. A PRESIDENTA DA REPÚBLICA,

Leia mais

SUMÁRIO. Apresentação. I. Portarias da Presidência... 05

SUMÁRIO. Apresentação. I. Portarias da Presidência... 05 SUMÁRIO Apresentação I. Portarias da Presidência... 05 SEPARATA DO BOLETIM DE SERVIÇO Nº 07 ANO XXIV Abril - 2011 APRESENTAÇÃO Esta Separata do Boletim de Serviço destina-se a publicação de atos oficiais

Leia mais

PROVIDÊNCIAS PARA REGISTRO PROFISSIONAL

PROVIDÊNCIAS PARA REGISTRO PROFISSIONAL PROVIDÊNCIAS PARA REGISTRO PROFISSIONAL TÉCNICO EM SECRETARIADO ou SECRETÁRIA(O) EXECUTIVA (o) Documentos Originais 1) Requerimento ao Superintendente Reg. do Trabalho e Emprego em SC (Modelo abaixo).

Leia mais

DECRETO Nº 7.808, DE 20 DE SETEMBRO DE 2012

DECRETO Nº 7.808, DE 20 DE SETEMBRO DE 2012 DECRETO Nº 7.808, DE 20 DE SETEMBRO DE 2012 Cria a Fundação de Previdência Complementar do Servidor Público Federal do Poder Executivo - Funpresp-Exe, dispõe sobre sua vinculação no âmbito do Poder Executivo

Leia mais

SERVIÇOS DE REGISTROS PÚBLICOS COMARCA DE SAPUCAIA DO SUL

SERVIÇOS DE REGISTROS PÚBLICOS COMARCA DE SAPUCAIA DO SUL SERVIÇOS DE REGISTROS PÚBLICOS COMARCA DE SAPUCAIA DO SUL Nota Técnica n 02/2009 Assunto: regula os procedimentos a serem observados pelo Registro Civil de Pessoas Naturais desta Serventia Registral nos

Leia mais

PORTARIA Nº 123 DE 16 DE JUNHO DE 2017

PORTARIA Nº 123 DE 16 DE JUNHO DE 2017 PORTARIA Nº DE 6 DE JUNHO DE 07 Define os valores a serem cobrados pelo acesso aos dados dos sistemas e subsistemas informatizados do Departamento Nacional de Trânsito DENATRAN, e dá outras providências.

Leia mais

TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DE MATO GROSSO

TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DE MATO GROSSO TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DE MATO GROSSO PROVIMENTO Nº 12/2012 Expede instruções sobre a atualização da situação dos eleitores portadores de necessidades especiais no Cadastro Nacional de Eleitores e

Leia mais

Parte Geral Comum (05 aulas) LEI DE ORGANIZAÇÃO JUDICIÁRIA E REGIMENTO INTERNO (02 aulas) 3 Tribunal de Justiça: composição, órgãos, competência.

Parte Geral Comum (05 aulas) LEI DE ORGANIZAÇÃO JUDICIÁRIA E REGIMENTO INTERNO (02 aulas) 3 Tribunal de Justiça: composição, órgãos, competência. Parte Geral Comum (05 aulas) LEI DE ORGANIZAÇÃO JUDICIÁRIA E REGIMENTO INTERNO (02 aulas) 1 Divisão e organização judiciária do Estado da Bahia. 2 Comarcas. 2.1 Classificação, sede. 2.2 Distritos judiciários.

Leia mais

OFÍCIO-CIRCULAR Nº 126/2015 Vitória/ES, 17 de abril de Aos MM. Juízes de Direito do Estado do Espírito Santo.

OFÍCIO-CIRCULAR Nº 126/2015 Vitória/ES, 17 de abril de Aos MM. Juízes de Direito do Estado do Espírito Santo. OFÍCIO-CIRCULAR Nº 126/2015 Vitória/ES, 17 de abril de 2015. Aos MM. Juízes de Direito do Estado do Espírito Santo. O Exmo. Sr. Desembargador Corregedor-Geral da Justiça do Estado do Espírito Santo, no

Leia mais

Matos Costa - ESCRIVANIA DE PAZ DO MUNICIPIO DE MATOS COSTA CLEIS MARIA LONA COSTA KOERNER

Matos Costa - ESCRIVANIA DE PAZ DO MUNICIPIO DE MATOS COSTA CLEIS MARIA LONA COSTA KOERNER RELATÓRIO DE CORREIÇÃO Ordinária Geral Comarca de Porto União Matos Costa - ESCRIVANIA DE PAZ DO MUNICIPIO DE MATOS COSTA CLEIS MARIA LONA COSTA KOERNER Período da inspeção - Data inicial:16/05/2016 -

Leia mais

CALENDÁRIO DE OBRIGAÇÕES E PRAZOS PARA A PREFEITURA

CALENDÁRIO DE OBRIGAÇÕES E PRAZOS PARA A PREFEITURA CALENDÁRIO DE OBRIGAÇÕES E PRAZOS PARA A PREFEITURA É DE SUMA IMPORTÂNCIA ESTARMOS ATENTOS AOS PRAZOS LIMITE, PARA QUE TENHAMOS MAIOR TRANQÜILIDADE PERANTE NOSSOS CLIENTES E OS GESTORES PERANTE A SOCIEDADE,

Leia mais

Resolução nº 3916, de 18 de outubro de 2012

Resolução nº 3916, de 18 de outubro de 2012 Resolução nº 3916, de 18 de outubro de 2012 Dispõe sobre a isenção do pagamento da tarifa de pedágio para veículos do Corpo Diplomático e para veículos oficiais utilizados pela União, Estados, Municípios

Leia mais

Decreto N N de 06 de Dezembro de Regulamenta a lei Nº 3.939, de , que instituiu o passe escolar.

Decreto N N de 06 de Dezembro de Regulamenta a lei Nº 3.939, de , que instituiu o passe escolar. Lei Passe Escolar Decreto N 3.076-N de 06 de Dezembro de 1990. Regulamenta a lei Nº 3.939, de 18.06.1987, que instituiu o passe escolar. O GOVERNADOR DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO, no uso das atribuições

Leia mais

ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE PÓS-GRADUANDOS Regimento Nacional da Carteira de Identificação Estudantil

ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE PÓS-GRADUANDOS Regimento Nacional da Carteira de Identificação Estudantil ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE PÓS-GRADUANDOS Regimento Nacional da Carteira de Identificação Estudantil Da definição e Finalidades O presente regimento tem como finalidade dispor sobre a emissão, custo, identidade

Leia mais

TABELA IV DOS TABELIONATOS DE PROTESTO DE TÍTULOS

TABELA IV DOS TABELIONATOS DE PROTESTO DE TÍTULOS TABELA IV DOS TABELIONATOS DE PROTESTO DE TÍTULOS 1 Pelo acolhimento do aceite ou devolução, recebimento do pagamento, desistência ou sustação judicial definitiva do protesto de titulo, documento de dívida

Leia mais

CONSELHO FEDERAL DE BIBLIOTECONOMIA

CONSELHO FEDERAL DE BIBLIOTECONOMIA CONSELHO FEDERAL DE BIBLIOTECONOMIA RESOLUÇÃO CFB N o 455/98, DE 08 DE ABRIL DE 1998 Dispõe sobre o exercício das atividades de Técnico em Biblioteconomia e dá outras providências. O Conselho Federa1 de

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA 001/2016 DE 07 DE JANEIRO DE 2016

INSTRUÇÃO NORMATIVA 001/2016 DE 07 DE JANEIRO DE 2016 INSTRUÇÃO NORMATIVA 001/2016 DE 07 DE JANEIRO DE 2016 Dispõe sobre os procedimentos para a Certificação de Conclusão do Ensino Médio e da Declaração Parcial de Proficiência com base nos resultados do Exame

Leia mais

Coordenação Nacional. Introdução

Coordenação Nacional. Introdução REGISTRO DE IMÓVEIS Coordenação Nacional Introdução DEFINIÇÃO. Registro de imóveis é a atividade de organização técnica e administrativa destinado a garantir a publicidade, autenticidade, segurança e eficácia

Leia mais

PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA PORTARIA Nº 584, DE 3 DE DEZEMBRO DE 2014

PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA PORTARIA Nº 584, DE 3 DE DEZEMBRO DE 2014 PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA PORTARIA Nº 584, DE 3 DE DEZEMBRO DE 2014 O PRESIDENTE DO INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA - INEP, no uso das atribuições que

Leia mais

REGISTRO DE IMÓVEIS COMARCA DE XAXIM - SC

REGISTRO DE IMÓVEIS COMARCA DE XAXIM - SC REGISTRO DE IMÓVEIS COMARCA DE XAXIM - SC MANUAL DO USUÁRIO INOVAÇÕES E MELHORIAS NA PRESTAÇÃO DOS SERVIÇOS PUBLICIDADE AUTENTICIDADE SEGURANÇA E EFICÁCIA DOS ATOS JURÍDICOS OFÍCIO DE REGISTRO DE IMÓVEIS

Leia mais

LEI Nº 1.367, DE 17 DE MAIO DE O PREFEITO MUNICIPAL DE MATO LEITÃO, ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL.

LEI Nº 1.367, DE 17 DE MAIO DE O PREFEITO MUNICIPAL DE MATO LEITÃO, ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL. LEI Nº 1.367, DE 17 DE MAIO DE 2007. AUTORIZA O PODER EXECUTIVO A FIRMAR CONVÊNIO PARA PRESTAÇÃO DE MÚTUA COLABORAÇÃO COM O TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO RIO GRANDE DO SUL, E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. O

Leia mais

Dispõe sobre o reconhecimento dos Circuitos Turísticos e dá outras. O Governador do Estado de Minas Gerais, no uso da atribuição que lhe confere

Dispõe sobre o reconhecimento dos Circuitos Turísticos e dá outras. O Governador do Estado de Minas Gerais, no uso da atribuição que lhe confere DECRETO 43321 2003 de 08/05/2003 Dispõe sobre o reconhecimento dos Circuitos Turísticos e dá outras providências. O Governador do Estado de Minas Gerais, no uso da atribuição que lhe confere o inciso VII

Leia mais

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL Resolução OAB/MS n 20/2010 ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL Regulamenta o uso das salas da OAB/MS e o atendimento aos advogados, estagiários e acadêmicos de Direito. O CONSELHO SECCIONAL DA ORDEM DOS ADVOGADOS

Leia mais

PORTARIA INTERMINISTERIAL Nº 444, DE 17 DE OUTUBRO DE 2014

PORTARIA INTERMINISTERIAL Nº 444, DE 17 DE OUTUBRO DE 2014 PORTARIA INTERMINISTERIAL Nº 444, DE 17 DE OUTUBRO DE 2014 Aprova o Regimento Interno da Comissão Gestora do Sistema Integrado de Comércio Exterior - SISCOMEX, criada pelo Decreto nº 660, de 25 de setembro

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos DECRETO Nº 8.764, DE 10 DE MAIO DE 2016 Institui o Sistema Nacional de Gestão de Informações Territoriais e regulamenta o disposto

Leia mais

PRÓ-REITORIA ACADÊMICA COORDENAÇÃO DE ESTÁGIOS ESTÁGIOS SUPERVISIONADOS DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO - BACHARELADOS DO UNILASALLE NORMAS DE FUNCIONAMENTO

PRÓ-REITORIA ACADÊMICA COORDENAÇÃO DE ESTÁGIOS ESTÁGIOS SUPERVISIONADOS DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO - BACHARELADOS DO UNILASALLE NORMAS DE FUNCIONAMENTO PRÓ-REITORIA ACADÊMICA COORDENAÇÃO DE ESTÁGIOS ESTÁGIOS SUPERVISIONADOS DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO - BACHARELADOS DO UNILASALLE NORMAS DE FUNCIONAMENTO Disciplinas de Estágio Supervisionado Art. 1º De acordo

Leia mais

UENF Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro. Resolução nº 01/2002 da Câmara de Graduação

UENF Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro. Resolução nº 01/2002 da Câmara de Graduação Resolução nº 01/2002 da Câmara de Graduação Dispõe sobre os critérios gerais para a revalidação de diplomas de cursos de graduação expedidos por estabelecimentos de ensino estrangeiros de Ensino Superior.

Leia mais

Notas sobre registo de Nascimento

Notas sobre registo de Nascimento Notas sobre registo de Nascimento O nascimento ocorrido em território português deve ser declarado no prazo de 20 dias em qualquer Conservatória do Registo Civil, ou em unidade de saúde em que esteja instalado

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RESOLUÇÃO N. 1 DE 10 DE FEVEREIRO DE 2010. Regulamenta o processo judicial eletrônico no âmbito do Superior Tribunal de Justiça. O PRESIDENTE DO SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA, no uso das atribuições que

Leia mais

EXECUTIVO PREFEITURA MUNICIPAL DE SÁTIRO DIAS - BA ESTA EDIÇÃO DO DIÁRIO OFICIAL CONTÉM:

EXECUTIVO PREFEITURA MUNICIPAL DE SÁTIRO DIAS - BA ESTA EDIÇÃO DO DIÁRIO OFICIAL CONTÉM: Diário Oficial Diário do Executivo - Prefeitura Municipal de Oficial Sátiro Dias/Ba - 11/01/2013 - Ano II - Nº do 60 EXECUTIVO - BA Segunda - Feira, 11 de Janeiro de 2013 ANO II Nº 60 ESTA EDIÇÃO DO DIÁRIO

Leia mais

Diário Oficial da União Seção 1 - Nº 125, terça-feira, 2 de julho de 2013 MINISTÉRIO DA PREVIDÊNCIA SOCIAL INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL

Diário Oficial da União Seção 1 - Nº 125, terça-feira, 2 de julho de 2013 MINISTÉRIO DA PREVIDÊNCIA SOCIAL INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL Diário Oficial da União Seção 1 - Nº 125, terça-feira, 2 de julho de 2013 MINISTÉRIO DA PREVIDÊNCIA SOCIAL INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL PORTARIA Nº 1.495, DE 28 DE JUNHO DE 2013 Dispõe sobre procedimentos

Leia mais

ESTADO DO EspiRITO SANTO. PODER JUDICIÁRIO CORREGEDORIA-GERAL DA JUSTiÇA. MODELO DE RELATÓRIO DE INSPEÇÃO NOS SERViÇOS NOTARIAIS E DE REGISTRO

ESTADO DO EspiRITO SANTO. PODER JUDICIÁRIO CORREGEDORIA-GERAL DA JUSTiÇA. MODELO DE RELATÓRIO DE INSPEÇÃO NOS SERViÇOS NOTARIAIS E DE REGISTRO ~---'="'-----~-- 127 Sexta Feira 16 de março de 2012 Edição n 4235 ESTADO DO EspiRITO SANTO. DJ ESPÍRITO SANTO [ÇÇ}E MODELO DE RELATÓRIO DE INSPEÇÃO NOS SERViÇOS NOTARIAIS E DE REGISTRO * REGISTRO CIVil

Leia mais

Lei Nº DE 22/12/2015

Lei Nº DE 22/12/2015 Lei Nº 18664 DE 22/12/2015 Publicado no DOE em 23 dez 2015 Atualiza o valor das obrigações de pequeno valor, para fins do disposto nos 3º e 4º do art. 100 da Constituição Federal, e adota outras providências.

Leia mais

ENTIDADES DE FISCALIZAÇÃO DO EXERCÍCIO DAS PROFISSÕES LIBERAIS CONSELHO FEDERAL DE ADMINISTRAÇÃO RESOLUÇÃO NORMATIVA Nº 464, DE 22 DE ABRIL DE 2015

ENTIDADES DE FISCALIZAÇÃO DO EXERCÍCIO DAS PROFISSÕES LIBERAIS CONSELHO FEDERAL DE ADMINISTRAÇÃO RESOLUÇÃO NORMATIVA Nº 464, DE 22 DE ABRIL DE 2015 ENTIDADES DE FISCALIZAÇÃO DO EXERCÍCIO DAS PROFISSÕES LIBERAIS CONSELHO FEDERAL DE ADMINISTRAÇÃO RESOLUÇÃO NORMATIVA Nº 464, DE 22 DE ABRIL DE 2015 Dispõe sobre a criação de Acervos Técnicos de Pessoas

Leia mais

PRÓ-REITORIA DE ENSINO UNIVERSIDADE FEDERAL DO CARIRI PORTARIA Nº 14/2016 DE 04 DE AGOSTO DE 2016.

PRÓ-REITORIA DE ENSINO UNIVERSIDADE FEDERAL DO CARIRI PORTARIA Nº 14/2016 DE 04 DE AGOSTO DE 2016. PORTARIA Nº 14/2016 DE 04 DE AGOSTO DE 2016. Dispõe sobre a regulamentação de expedição de Diplomas dos Cursos Graduação da UFCA. A PRÓ-REITORA DE ENSINO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO CARIRI, Ana Candida

Leia mais

*PORTARIA N.º 1.883/2013-TJ, DE 12 DE NOVEMBRO DE 2013

*PORTARIA N.º 1.883/2013-TJ, DE 12 DE NOVEMBRO DE 2013 *PORTARIA N.º 1.883/2013-TJ, DE 12 DE NOVEMBRO DE 2013 Dispõe sobre a emissão da carteira de identidade funcional dos magistrados e servidores e regulamenta a utilização dos crachás de credenciamento de

Leia mais

CONSIDERANDO a conveniência de uniformizar e aperfeiçoar as atividades dos serviços de registro civil das pessoas naturais;

CONSIDERANDO a conveniência de uniformizar e aperfeiçoar as atividades dos serviços de registro civil das pessoas naturais; PROVIMENTO CNJ Nº 3, DE 7 DE NOVEMBRO DE 2009 O CORREGEDOR NACIONAL DE JUSTIÇA, Ministro Gilson Dipp, no uso de suas atribuições legais e regimentais, CONSIDERANDO que compete ao Poder Judiciário fiscalizar

Leia mais

Universidade Estadual do Centro-Oeste Reconhecida pelo Decreto Estadual nº 3.444, de 8 de agosto de 1997

Universidade Estadual do Centro-Oeste Reconhecida pelo Decreto Estadual nº 3.444, de 8 de agosto de 1997 RESOLUÇÃO CONJUNTA Nº 4-CEPE-CAD/UNICENTRO, DE 17 DE AGOSTO DE 2010. Aprova o Regulamento para Emissão de Certificados da UNICENTRO. O REITOR DA UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CENTRO-OESTE, UNICENTRO: Faço saber

Leia mais

Nacionalidade Alemã I. CONDIÇÕES PARA OBTENÇÃO

Nacionalidade Alemã I. CONDIÇÕES PARA OBTENÇÃO A Embaixada e os Consulados Gerais da República Federal da Alemanha no Brasil 1 informam: Gz.: RK 10 512 (Porto Alegre) Em: 28.08.2007 Nacionalidade Alemã I. CONDIÇÕES PARA OBTENÇÃO 1. Nascimento 1.1 ser

Leia mais

RESOLUÇÃO SETUR Nº 09, DE 25 DE AGOSTO DE 2010.

RESOLUÇÃO SETUR Nº 09, DE 25 DE AGOSTO DE 2010. RESOLUÇÃO SETUR Nº 09, DE 25 DE AGOSTO DE 2010. Estabelece os critérios necessários para a liberação do Certificado de Reconhecimento dos Circuitos Turísticos a que se refere o Decreto Estadual nº 43.321/2003.

Leia mais

REGISTRO DE DISTRIBUIÇÃO DE TÍTULOS PARA PROTESTO. Comarca: Entrância: Juiz(a) Diretor(a) do Foro: Município/Distrito: Serventia: Titular/Responsável:

REGISTRO DE DISTRIBUIÇÃO DE TÍTULOS PARA PROTESTO. Comarca: Entrância: Juiz(a) Diretor(a) do Foro: Município/Distrito: Serventia: Titular/Responsável: REGISTRO DE DISTRIBUIÇÃO DE TÍTULOS PARA PROTESTO Comarca: Entrância: Juiz(a) Diretor(a) do Foro: Município/Distrito: Serventia: Titular/Responsável: Substituto: CABEÇALHO Data da correição: Horário da

Leia mais