PRODUCED BY AN AUTODESK EDUCATIONAL PRODUCT PRODUCED BY AN AUTODESK EDUCATIONAL PRODUCT

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PRODUCED BY AN AUTODESK EDUCATIONAL PRODUCT PRODUCED BY AN AUTODESK EDUCATIONAL PRODUCT"

Transcrição

1 , demais 0. PROJEÇÃO ECAPAMENTO GERAOR PROJEÇÃO CAA E MÁQUINA KYMETER EP. COR RAMPA C =.m I = 0.0% 0 VAGA REERVAA IOO EPÓITO EPÓITO VAGA REERVAA IOO VAGA REERVAA IOO PROJEÇÃO REERVATÓRIO INFERIOR (cap l) nível d água máximo =,m PROJEÇÃO REERVATÓRIO INFERIOR (cap..000 l) nível d água máximo =,m VAGA REERVAA IOO VAGA REERVAA IOO VENTILAÇÃO MECÂNICA PLANTA UBOLO NIVEL esc :00 ETACIONAMENTO ( VAGA) ALA TÉCNICA GERAORE E TRANFORMAORE VAGA VAGA REERVAA REERVAA IOO IOO EPÓITO EPAÇO ETINAO A FUTURA INTALAÇÃO E TRANFORMAOR E GERAOR. EPÓITO 0 VENTILAÇÃO MECÂNICA PROJ. ABERTURA VENTILAÇÃO PROJ. CAIXA PRÉ-MOLAA E EGOTO PROJEÇÃO REERVATÓRIO E ÁGUA PLUVIAL (cap..000 l) nível d água máximo =,0m EQUIP. PREUR. ENEREÇO: AVENIA T-, RUA T-, RUA T- E RUA T-, LOTE A LOTE, QUARA T-, ETOR BUENO, GOIÂNIA, GO TRIBUNAL REGIONAL O TRABALHO A ª REGIÃO AUTOR O PROJETO: MARCO AURÉLIO E OUA CORREIA Engenheiro Eletricista - CREA / - GO CONTEÚO: ECALA: ATA: EENHO: Mar/0 UBOLO

2 , demais 0. 0x0cm 0x0cm 0x0cm 0x0cm 0x0cm 0x0cm 0x0cm 0x0cm 0x0cm 0x0cm 0x0cm 0x0cm 0x0cm 0x0cm 0x0cm 0x0cm 0x0cm 0x0cm BATE-ROA BATE-ROA BATE-ROA BATE-ROA BATE-ROA BATE-ROA BATE-ROA BATE-ROA BATE-ROA BATE-ROA BATE-ROA BATE-ROA BATE-ROA BATE-ROA BATE-ROA BATE-ROA BATE-ROA BATE-ROA BATE-ROA BATE-ROA BATE-ROA BATE-ROA BATE-ROA BATE-ROA BATE-ROA BATE-ROA BATE-ROA BATE-ROA BATE-ROA BATE-ROA BATE-ROA PERA FUNAMENTAL KYMETER EP. COR MANUTENÇÃO EGURANÇA APOIO PROJ. ABERTURA VENTILAÇÃO REFEITORIO ( lugares) MONITORAMENTO AGÊNCIA BANCARIA II,m² MANUT. CHEFE ZELAORIA EPÓITO ZELAORIA EPÓITO ETACIONAMENTO EXTERNO ( VAGA) AN MAC. RAMPA C =.m I = 0.0% EPÓITO 0 MOTO ( VAGA) LAVANERIA ETOR ZELAORIA VETIÁRIO MACULINO JARIM HALL E ACEO ETACIONAMENTO VETIÁRIO FEMININO RAMPA C =.m I = 0% PROJ. ABERTURA VENTILAÇÃO ALA E EGURANÇA COFRE CX. AREIA CENTRAL E AUTOMAÇÃO ALA TÉCNICA CIRCULAÇÃO E ACEO QF AUX GERAL RECEPÇÃO GERAL HALL E ACEO RAMPA C =.0m I = % ETACIONAMENTO ( VAGA) AN. MAC. 0 0 AN. FEM. AN. MAC. VAGA REERVAA IOO AN. MAC. AN. FEM. VAGA REERVAA IOO AGÊNCIA BANCARIA I,0m² ETACIONAMENTO EXTERNO ( VAGA) MEIORE CONCEIONÁRIA ENEREÇO: AVENIA T-, RUA T-, RUA T- E RUA T-, LOTE A LOTE, QUARA T-, ETOR BUENO, GOIÂNIA, GO TRIBUNAL REGIONAL O TRABALHO A ª REGIÃO AUTOR O PROJETO: MARCO AURÉLIO E OUA CORREIA Engenheiro Eletricista - CREA / - GO CONTEÚO: ECALA: ATA: EENHO: Mar/0 TÉRREO esc :00

3 , demais 0. KYMETER EP. COR EP. PALCO RAMPA C =.0 I =,% AUITÓRIO RAMPA C =.0 I = % ALA E OM CIRCULAÇÃO AITÊNCIA AN MA. AN MAC. PLANTA o. PAVIMENTO esc :00 EENVOLVIMENTO PAREE INCLINAA AN MAC. 0 TI,m² EPAÇO CULTURAL RAMPA C =. I = 0% RAMPA C =.m I = 0% LEITURA ACERVO IRETORIA ECRETARIA ALA TÉCNICA EPAÇO CULTURAL VAZIO ATENIMENTO 0 0 AN MAC. PRAÇA EPAÇO CULTURAL LIVRARIA ENEREÇO: AVENIA T-, RUA T-, RUA T- E RUA T-, LOTE A LOTE, QUARA T-, ETOR BUENO, GOIÂNIA, GO TRIBUNAL REGIONAL O TRABALHO A ª REGIÃO AUTOR O PROJETO: MARCO AURÉLIO E OUA CORREIA Engenheiro Eletricista - CREA / - GO CONTEÚO: ECALA: ATA: EENHO: Mar/0 PAV. 0

4 , demais 0. AA0 ET VAZIO KYMETER EP. COR AN MA. CAMARA E CONCILIAÇÃO REUNIÕE AN MA. TELE TRT IRETOR PLANTA o. PAVIMENTO esc :00 ATERMAÇÃO AITÊNCIA JUICIÁRIA AN MAC. 0 AN MAC. OUVIORIA MPT/PRT VAZIO CIRCULAÇÃO RAMPA C =.m I = 0% RAMPA C =.m I = 0% POTO O IN AGATRA ALA TÉCNICA HALL E ACEO RECEPÇÃO GERAL OAB / IGITALIZAÇÃO AN MAC. 0 0 REPROGRAFIA VAZIO EPAÇO E CONVIVÊNCIA ANAJUTRA AJUTEGO ENEREÇO: AVENIA T-, RUA T-, RUA T- E RUA T-, LOTE A LOTE, QUARA T-, ETOR BUENO, GOIÂNIA, GO TRIBUNAL REGIONAL O TRABALHO A ª REGIÃO AUTOR O PROJETO: MARCO AURÉLIO E OUA CORREIA Engenheiro Eletricista - CREA / - GO CONTEÚO: ECALA: ATA: EENHO: Mar/0 PAV. 0

5 , demais 0. cm cm cm cm cm ETRUT0 ETRUT0 cm ALA TÉCNICA V V 0x0cm KYMETER EP. COR ALA E ATENIMENTO AUIÊNCIA O JUIZ APOIO JUIZ PLANTA º PAVIMENTO (MEZANINO) esc :00 ECRETARIA cm cm cm cm cm AN MAC. AN MAC. cm QF AUX 0 AN MAC. x0cm CIRCULAÇÃO V ENEREÇO: AVENIA T-, RUA T-, RUA T- E RUA T-, LOTE A LOTE, QUARA T-, ETOR BUENO, GOIÂNIA, GO TRIBUNAL REGIONAL O TRABALHO A ª REGIÃO AUTOR O PROJETO: MARCO AURÉLIO E OUA CORREIA Engenheiro Eletricista - CREA / - GO CONTEÚO: ECALA: ATA: EENHO: Mar/0 PAV. 0

6 , demais 0. i =,% i =,% i =,% i =,% i =,% i =,% KYMETER EP. COR ECRETARIA O APOIO JUÍZE APOIO JUÍZE O ECRETARIA ª VARA (A=m) ªVARA (A=m) ATENIMENTO ATENIMENTO ALA E AUIÊNCIA ALA TETEMUNHA EPERA PLANTA / LAYOUT º PAVIMENTO esc :00 ALA E AUIÊNCIA ALA TETEMUNHA ALA E AUIÊNCIA ALA TETEMUNHA ATENIMENTO ECRETARIA AN JUIZ ª VARA (A=m) AN JUIZ AN JUIZ APOIO JUÍZE APOIO JUÍZE REPR. REPR. AN AN AN AN FEM. MAC. MAC. FEM. EP. ALA QF AUX 0 AN JUIZ ªVARA (A=m) ECRETARIA ATENIMENTO ALA E AUIÊNCIA ALA E AUIÊNCIA ALA TETEMUNHA ALA TETEMUNHA EPERA AN MAC. ª VARA (A=m) ATENIMENTO ATENIMENTO ALA E AUIÊNCIA ALA TETEMUNHA ECRETARIA APOIO JUÍZE APOIO JUÍZE ª VARA (A=m) O AN MA. ECRETARIA O ENEREÇO: AVENIA T-, RUA T-, RUA T- E RUA T-, LOTE A LOTE, QUARA T-, ETOR BUENO, GOIÂNIA, GO TRIBUNAL REGIONAL O TRABALHO A ª REGIÃO AUTOR O PROJETO: MARCO AURÉLIO E OUA CORREIA Engenheiro Eletricista - CREA / - GO CONTEÚO: ECALA: ATA: EENHO: Mar/0 PAV. 0

7 , demais 0. i =,% i =,% i =,% i =,% i =,% i =,% KYMETER EP. COR ECRETARIA O esc :00 APOIO JUÍZE APOIO JUÍZE O ECRETARIA ª VARA (A=m) ªVARA (A=m) ATENIMENTO ATENIMENTO ALA E AUIÊNCIA ALA TETEMUNHA EPERA PLANTA / LAYOUT º PAVIMENTO ALA E AUIÊNCIA ALA TETEMUNHA ALA E AUIÊNCIA ALA TETEMUNHA ATENIMENTO ECRETARIA AN JUIZ ª VARA (A=m) AN JUIZ AN JUIZ APOIO JUÍZE APOIO JUÍZE REPR. REPR. AN AN AN AN FEM. MAC. MAC. FEM. EP. ALA QF AUX 0 AN JUIZ 0ªVARA (A=m) ECRETARIA ATENIMENTO ALA E AUIÊNCIA ALA E AUIÊNCIA ALA TETEMUNHA ALA TETEMUNHA EPERA AN MAC. ª VARA (A=m) ATENIMENTO ATENIMENTO ALA E AUIÊNCIA ALA TETEMUNHA ECRETARIA APOIO JUÍZE APOIO JUÍZE ª VARA (A=m) O AN MA. ECRETARIA O ENEREÇO: AVENIA T-, RUA T-, RUA T- E RUA T-, LOTE A LOTE, QUARA T-, ETOR BUENO, GOIÂNIA, GO TRIBUNAL REGIONAL O TRABALHO A ª REGIÃO AUTOR O PROJETO: MARCO AURÉLIO E OUA CORREIA Engenheiro Eletricista - CREA / - GO CONTEÚO: ECALA: ATA: EENHO: Mar/0 PAV. 0

8 , demais 0. i =,% i =,% i =,% i =,% i =,% i =,% KYMETER EP. COR ECRETARIA O PLANTA / LAYOUT º PAVIMENTO esc :00 APOIO JUÍZE APOIO JUÍZE O ECRETARIA ª VARA (A=m) ªVARA (A=m) ATENIMENTO ATENIMENTO ALA E AUIÊNCIA ALA TETEMUNHA EPERA ALA E AUIÊNCIA ALA TETEMUNHA ALA E AUIÊNCIA ALA TETEMUNHA ATENIMENTO ECRETARIA AN JUIZ ª VARA (A=m) AN JUIZ AN JUIZ APOIO JUÍZE APOIO JUÍZE REPR. REPR. AN AN AN AN FEM. MAC. MAC. FEM. EP. ALA QF AUX 0 AN JUIZ ªVARA (A=m) ECRETARIA ATENIMENTO ALA E AUIÊNCIA ALA E AUIÊNCIA ALA TETEMUNHA ALA TETEMUNHA EPERA AN MAC. ª VARA (A=m) ATENIMENTO ATENIMENTO ALA E AUIÊNCIA ALA TETEMUNHA ECRETARIA APOIO JUÍZE APOIO JUÍZE ª VARA (A=m) O AN MA. ECRETARIA O ENEREÇO: AVENIA T-, RUA T-, RUA T- E RUA T-, LOTE A LOTE, QUARA T-, ETOR BUENO, GOIÂNIA, GO TRIBUNAL REGIONAL O TRABALHO A ª REGIÃO AUTOR O PROJETO: MARCO AURÉLIO E OUA CORREIA Engenheiro Eletricista - CREA / - GO CONTEÚO: ECALA: ATA: EENHO: Mar/0 PAV. 0

9 PROJETO PAV. 0 PROCEO AUTOR O PROJETO: Engenheiro Eletricista - CREA / - GO ECALA: KYMETER EP. COR , demais 0. ATA: Mar/0 EENHO:

10 G UBTITUTO 0 cm CIRC. V AN JUIZ AN JUIZ AN JUIZ AN MA. AN MA. AN JUIZ 0x0cm V ETRUT0 cm G PROVIMENTO ETRUT0 G 0 cm cm cm ETRUT0 V cm APOIO G 0 cm APOIO cm 0 cm REPR. ETRUT0 0 cm cm V 0 cm AN MAC. AP V EP. ALA V AEORIA V OF APOIO. F.. M. V REPR. AEORIA ETRUT0. M. OF ECO. F. cm OF TCPG V 0x0cm cm AA0 ET OF ECRETARIA QF AUX 0 0x0cm PLANTA PAV. 0 esc :00 AUTOR O PROJETO: Engenheiro Eletricista - CREA / - GO ECALA: KYMETER EP. COR , demais 0. IAGRAMA UNIFILAR QF AUX 0 QUARO E CARGA QF AUX 0 ATA: Mar/0 EENHO: ECRETARIA GERAL G cm cm ETRUT0 G

11 , demais 0. KYMETER EP. COR PLANTA / LAYOUT º PAVIMENTO (COBERTURA) esc :00 CAA MAQ. gancho e fixação eletrocalha forro de gesso mineral em placas caixa com tomada AN MAC. curva 0º mão francesa eletroduto embutido 0 AN MAC. 0 0 QF AUX 0 CAA E MÁQUINA ALA TÉCNICA AN MA. BANCO FIXO IAGRAMA UNIFILAR QF AUX 0 QUARO E CARGA QF AUX AN MAC. 0 CAA MAQ. ETACIONAM. EQUIP. MANUT. FACHAA ENEREÇO: AVENIA T-, RUA T-, RUA T- E RUA T-, LOTE A LOTE, QUARA T-, ETOR BUENO, GOIÂNIA, GO TRIBUNAL REGIONAL O TRABALHO A ª REGIÃO AUTOR O PROJETO: MARCO AURÉLIO E OUA CORREIA Engenheiro Eletricista - CREA / - GO CONTEÚO: ECALA: ATA: EENHO: Mar/0 PAV. 0 ETALHE TÍPICO E ERIVAÇÃO sem escala Nota: A fixação da eletrocalha será por gancho ou mão francesa.

12 , demais 0. PA-C KYMETER EP. COR - O barramento blindado alimenta os circuitos de emergência pelo Trafo e pelo GMG. - O único meio de desligar o circuito de emergência atualmente é desligando os disjuntores. Por esse motivo muitas lâmpadas permanecem ligadas de dia e noite. - A iluminação de emergência é composta por lâmpadas comuns espalhadas pelo edifício. - O minicontator recebe o sinal do Minierver e liga ou desliga o circuito de iluminação de emergência. - O Minierver pode ser acionado pelo pulsador, nos ambientes da iluminação. - O Minierver pode ser acionado pelo comando do GMG. - O Minierver pode ser acionado pela chave geral na Central de Automação. - O Minierver pode ser acionado via oftware, remotamente de qualquer lugar da rede. - O Minierver pode ser utilizado para comandar outros circuitos seguindo o mesmo princípio. Ele também pode fazer controle de vários outros sensores. 0 - O software de gerenciamento pode ser instalado em qualquer computador da rede, que poderá ficar na Central de Monitoramento, na Engenharia e/ou na Manutenção etc. ERVIÇO PARA O QUARO: - Aplicar proteção de borracha nas partes cortantes; - Identificar disjuntores e chaves giratórias, de acordo com o projeto As Built; - Tampar as eletrocalhas de acesso ao quadro; - Instalar barramento de neutro individuais para cada R; - Reajustar os componetes do quadro para que a porta dos mesmos possam ser fechadas, sem nenhuma obstrução. - Remanejar os condutores neutros de barramentos de R s que estiverem trocados. ENEREÇO: AVENIA T-, RUA T-, RUA T- E RUA T-, LOTE A LOTE, QUARA T-, ETOR BUENO, GOIÂNIA, GO TRIBUNAL REGIONAL O TRABALHO A ª REGIÃO AUTOR O PROJETO: MARCO AURÉLIO E OUA CORREIA Engenheiro Eletricista - CREA / - GO CONTEÚO: ECALA: ATA: EENHO: Mar/0 ETALHE

13 EP , COR PILAR FALO P/ AMIÃO E AR PARA RENOVAÇÃO TUBULAÇÃO FRIGORÍGENA VEM/VAI P/ UBOLO PREVER PTO E UE-PV-0 00x00 (0) 0x0x00 VE-PV- PILAR FALO P/ AMIÃO E AR PARA RENOVAÇÃO UE-PV-0 ALÇAPÃO 00x00 00x00 (00) VE-PV- (,) Ø " 0x00 () AH-x 00x00 F.I.G.,0m VI-PV- (,) Ø./" AAG Ø" (,) Ø " (,) RAG Ø" (,) Ø " (,) PF= 0 W (,) Ø " Ø " (,) (,) Ø./" F.I.G.,0m O PIO ACABAO 00x00 0 W 0x00 () AH-x (,) Ø./" C/,0m E ÁREA LIVRE (PELO CAIXILHO) (,) Ø./" 0 (,) Ø./" Ø" (,) 0 W FC-TIPO-0 KYMETER FABRICANTE E REFERÊNCIA MOELO E REFERÊNCIA CAPACIAE (Kcal/h) VAZÃO E AR INUFLAO (m/h) VAZÃO E AR EXTERNO (m/h) PREÃO ETÁTICA EXTERNA (mmc.a.) VAZÃO E ÁGUA GELAA (m/h) POTÊNCIA O MOTOR (W) TENÃO ELÉTRICA (V/F/Hz) PEO EM OPERAÇÃO (Kg) QUANTIAE E UE-PV-0 FC-TIPO-0 (remanejado) EP. B (HEAVY) 0 0, 0 0//0 0 (remanejados do e pav) RAMPA C =.0 I =,% RAMPA C =.0 I = % FC-TIPO-0 B (HEAVY) 0 00 PALCO ALA :00, 0//0 0 ALA E E OM (00) E AITÊNCIA AITÊNCIA AN MA. AN MAC. FABRICANTE E REFERÊNCIA MOELO E REFERÊNCIA CAPACIAE (Kcal/h) VAZÃO E AR INUFLAO (m/h) VAZÃO E AR EXTERNO (m/h) PREÃO ETÁTICA EXTERNA (mmc.a.) VAZÃO E ÁGUA GELAA (m/h) POTÊNCIA O MOTOR (W) TENÃO ELÉTRICA (V/F/Hz) PEO EM OPERAÇÃO (Kg) QUANTIAE CARACTERÍTICA TÉCNICA O EQUIPAMENTO AN MAC. O PIO ACABAO 0 PF= 0 W Ø " (,) FC-PV-0 FC-PV-0 FC-TIPO-0 B(HEAVY) 0, 0 0//0 0 EPAÇO CULTURAL anca Iluminação/ Ar Condicionado RAMPA C =. I = 0% RAMPA C =.m I = 0% LEITURA FC-TIPO-0 B0 (HEAVY) 0, 0//0 0 ACERVO ITEMA VRF FABRICANTE E REFERÊNCIA POTÊNCIA TÉRMICA CAPACIAE REFRIG. (kw) CAPACIAE AQUEC. (kw) TENÃO ELÉTRICA (V/F/Hz) QUANTIAE ALA TÉCNICA VRF-U-EXT VRF-INT-0 VRF-INT-0 TOHIBA TOHIBA TOHIBA 0HP,HP,HP 0,00,00 0//0 0//0 0// EPAÇO CULTURAL VAZIO FC-PV-0 ATENIMENTO FC-PV-0 0 NOTA: - IMENÕE EM MILÍMETRO, EXCETO TUBULAÇÕE EM POLEGAA E OUTRA INICAA. - NÚMERO ENTRE PARÊNTEE INICAM VAZÃO E AR OU ÁGUA EM m/h. - PREVER FECHAMENTO O FURO APÓ A MONTAGEM A REE E UTO E TUBULAÇÕE. - TOO O PROJETO FOI EFETUAO COM BAE NO AO TÉCNICO E IMENIONAI O - TOO O JOELHO E CURVA EVERÃO ER PROVIO E VEIA EFLETORA IMPLE. - O UTO EM COR CIANO EVERÃO ER IOLAO COM MANTA E LÃ E VIRO E mm E EPEURA. - A UNIAE EXAUTORA VE-TIP-0 A, FORAM INTERLIGAA AO INTERRUPTOR E ILUMINAÇÃO. AN MAC. EQUIPAMENTO E COMPONENTE REFERENCIAI (MARCA E MOELO), ENO QUE ETE AO EVERÃO ER CONFIRMAO NA OCAIÃO A COMPRA E EXECUÇÃO; CAO HAJA MUANÇA E FABRICANTE, ETE PROJETO EVERÁ ER AJUTAO PELA EMPREA INTALAORA. EPAÇO CULTURAL LIVRARIA 0x00 (0) 0x00 (0) (0) 0x00 ENEREÇO: AVENIA T-, RUA T-, RUA T- E RUA T-, LOTE A LOTE, QUARA T-, ETOR BUENO, GOIÂNIA, GO TRIBUNAL REGIONAL O TRABALHO A ª REGIÃO AUTOR O PROJETO: José Roberto de Almeida Camargo Engenheiro Mecânico - CREA 0./ - GO CONTEÚO: ECALA: ATA: EENHO: Mar/0

14 EP , COR (00) VE-PV-0 FC-PV-0 0x0 (00) FLEXÍVEL Ø00 (0) FLEXÍVEL Ø00 (0) W Ø" (0,) W Ø/" (0,) PTO E RENO Ø/" RENO Ø/" 00x00 (00) 0x00 (00) (00) Ø" (,) FC-PV-0 FC-PV- Ø0 (00) Ø" (0,) RENO Ø/" Ø0 (00) (00) RENO Ø/" FLEXÍVEL Ø00 (0) PTO E RENO Ø/" Ø" (0,) W W Ø" (0,) LINHA E RENO i=% Ø" (00) Ø /" (,) RENO Ø/" Ø /" (,) FC-PV-0 FC-PV- VI-PV- 0 W PTO E RENO Ø" RAG Ø /" (,) AAG Ø /" (,) 0 0x0 (0) 00x00 F.I.G.,0m O PIO ACABAO RENO Ø/" PTO E RENO Ø" 00x00 (0) Ø0 Ø0 AH-x (0) VI-PV- (0) (0) Ø" (,) 0 W FC-PV- RAG Ø" (,) AAG Ø" (,) () () (0) W Ø" RAG Ø" (,) AAG Ø" (,) () () () (0) Ø" (,) (0) W FC-PV- RAG Ø" (,) AAG Ø" (,) AAG Ø /" (,0) (0) AAG Ø" (,) RAG Ø" (,) RAG Ø /" (,0) (0) Ø" (,) FC-TIPO-0 0 W RAG Ø /" (,) AAG Ø /" (,) Ø" (,) W FC-TIPO-0 00x00 (0) Ø0 Ø0 F.I.G. ACABAO Ø" (,) W W W 00x00 0x0 (0) AH-x 0 0 PTO E RENO Ø" (0) (0) (0) 0 W VI-PV- Ø" (0) (0) RAG Ø" (,) AAG Ø" (,) (0) 0 W Ø" (0) KYMETER FABRICANTE E REFERÊNCIA MOELO E REFERÊNCIA CAPACIAE (Kcal/h) VAZÃO E AR INUFLAO (m/h) VAZÃO E AR EXTERNO (m/h) PREÃO ETÁTICA EXTERNA (mmc.a.) VAZÃO E ÁGUA GELAA (m/h) POTÊNCIA O MOTOR (W) TENÃO ELÉTRICA (V/F/Hz) PEO EM OPERAÇÃO (Kg) QUANTIAE A FLEXÍVEL Ø00 () FC-TIPO-0 (remanejado) B (HEAVY) 0 0, 0 0//0 0 (remanejados do e pav) REUNIÕE, m² LINHA E RENO i=% Ø/" AN MAC. POTO O OUVIORIA, m² IN W,m² CAMARA E CONCILIAÇÃO ATERMAÇÃO 0,m² TELE TRT IRETOR FC-TIPO-0 B (HEAVY) : , 0//0 0 AITÊNCIA JUICIÁRIA AN MAC. VAZIO FABRICANTE E REFERÊNCIA MOELO E REFERÊNCIA CAPACIAE (Kcal/h) VAZÃO E AR INUFLAO (m/h) VAZÃO E AR EXTERNO (m/h) PREÃO ETÁTICA EXTERNA (mmc.a.) VAZÃO E ÁGUA GELAA (m/h) POTÊNCIA O MOTOR (W) TENÃO ELÉTRICA (V/F/Hz) PEO EM OPERAÇÃO (Kg) QUANTIAE CARACTERÍTICA TÉCNICA O EQUIPAMENTO FC-TIPO-0 B(HEAVY) 0, 0 0//0 0 0x00 (0) 00x00 (0) 0x00 (0) MPT/PRT, m² VAZIO CIRCULAÇÃO,m² RAMPA C =.m I = 0% RAMPA C =.m I = 0% 00x00 () 0x00 () 0x00 (0) (,) FC-PV- FC-TIPO-0 B0 (HEAVY) 0, 0//0 0 AGATRA (0),0 m² 0x00 (0) 00x00 (0) 0x00 (0) ALA TÉCNICA VRF-INT-0 ITEMA VRF FABRICANTE E REFERÊNCIA POTÊNCIA TÉRMICA CAPACIAE REFRIG. (kw) CAPACIAE AQUEC. (kw) TENÃO ELÉTRICA (V/F/Hz) QUANTIAE VRF-U-EXT TOHIBA 0HP 0,00,00 0//0 0 0x00 (0) 0x00 (0) 0x00 (0) HALL E ACEO OAB / IGITALIZAÇÃO,m² VRF-INT-0 TOHIBA,HP 0//0 0 0x00 (0) 0x00 (0) 0x00 (0) VRF-INT-0 TOHIBA,HP 0//0 0,0m O PIO FC-TIPO-0 FC-TIPO-0 FC-TIPO-0 AN MAC. NOTA: - IMENÕE EM MILÍMETRO, EXCETO TUBULAÇÕE EM POLEGAA E OUTRA INICAA. - NÚMERO ENTRE PARÊNTEE INICAM VAZÃO E AR OU ÁGUA EM m/h. - PREVER FECHAMENTO O FURO APÓ A MONTAGEM A REE E UTO E TUBULAÇÕE. - TOO O PROJETO FOI EFETUAO COM BAE NO AO TÉCNICO E IMENIONAI O - TOO O JOELHO E CURVA EVERÃO ER PROVIO E VEIA EFLETORA IMPLE. - O UTO EM COR CIANO EVERÃO ER IOLAO COM MANTA E LÃ E VIRO E mm E EPEURA. - A UNIAE EXAUTORA VE-TIP-0 A, FORAM INTERLIGAA AO INTERRUPTOR E ILUMINAÇÃO. EQUIPAMENTO E COMPONENTE REFERENCIAI (MARCA E MOELO), ENO QUE ETE AO EVERÃO ER CONFIRMAO NA OCAIÃO A COMPRA E EXECUÇÃO; CAO HAJA MUANÇA E FABRICANTE, ETE PROJETO EVERÁ ER AJUTAO PELA EMPREA INTALAORA. REPROGRAFIA, m² VAZIO (0) (0) (0) EPAÇO E CONVIVÊNCIA 0x00 (0) 0x00 (0) (0) ANAJUTRA AJUTEGO (,) FC-PV- 0,0m² (,) FC-PV-,m² 0x00 (0),m² 0x00 (0) 0x00 (0) 0x00 (0) A ENEREÇO: AVENIA T-, RUA T-, RUA T- E RUA T-, LOTE A LOTE, QUARA T-, ETOR BUENO, GOIÂNIA, GO TRIBUNAL REGIONAL O TRABALHO A ª REGIÃO AUTOR O PROJETO: José Roberto de Almeida Camargo Engenheiro Mecânico - CREA 0./ - GO CONTEÚO: ECALA: ATA: EENHO: Mar/0

15 EP , COR VE-PV- (00) (0) (0) (0) 00x00 (0) 00x00 (0) (0) (0) 0 W (0) 0 W (0) FLEXÍVEL Ø00 () (0) (00) x0 (000) W (00) () () () FC-PV- 0 W x0 (00) FC-PV- () () VI-PV- 0 W 00x0 () 00x00 F.I.G. ACABAO PTO E RENO Ø" 00x00 (0) Ø0 Ø0 0 W (0) AH-x (0) VI-PV- (0) 0 W FC-PV- Ø" (,) (0) (0) (0) FC-TIPO-0 0 W (0) (0) (0) 0 W FC-PV- (0) (0) (0) (0) 0 W FC-PV- Ø" (,) (0) (0) (0) FC-TIPO-0 0 W (0) (0) (0) 0 W FC-PV- (0) (0) (0) VI-PV- 00x00 (0) Ø0 F.I.G. Ø0 ACABAO 0 W 00x00 00x0 () AH-x PTO E RENO Ø" PTO E RENO Ø" (0) 0 W (0) (0) (0) (0) VI-PV- 0 W Ø" (,) FC-PV- 0 W FC-TIPO-0 0 W (0) (0) (0) FC-PV- 0 W FC-PV- (0) (0) (0) (0) (00) VE-PV- KYMETER FABRICANTE E REFERÊNCIA MOELO E REFERÊNCIA CAPACIAE (Kcal/h) VAZÃO E AR INUFLAO (m/h) VAZÃO E AR EXTERNO (m/h) PREÃO ETÁTICA EXTERNA (mmc.a.) VAZÃO E ÁGUA GELAA (m/h) POTÊNCIA O MOTOR (W) TENÃO ELÉTRICA (V/F/Hz) PEO EM OPERAÇÃO (Kg) QUANTIAE ALA E AUIÊNCIA Ø0 O JUIZ FC-PV- FC-PV- FC-TIPO-0 (remanejado) FC-PV-0 APOIO JUIZ B (HEAVY) W ECRETARIA :00 0 0, 0 0//0 0 (remanejados do e pav) ATENIMENTO FC-TIPO-0 B (HEAVY) 0 00, 0//0 0 AN MAC. AN MAC. FABRICANTE E REFERÊNCIA MOELO E REFERÊNCIA CAPACIAE (Kcal/h) VAZÃO E AR INUFLAO (m/h) VAZÃO E AR EXTERNO (m/h) PREÃO ETÁTICA EXTERNA (mmc.a.) VAZÃO E ÁGUA GELAA (m/h) POTÊNCIA O MOTOR (W) TENÃO ELÉTRICA (V/F/Hz) PEO EM OPERAÇÃO (Kg) QUANTIAE,0m O PIO CARACTERÍTICA TÉCNICA O EQUIPAMENTO FC-TIPO-0 B(HEAVY) 0, 0 0//0 0 0x00 (0) 0x00 (0) (0) 0x00 FC-TIPO-0 B0 (HEAVY) 0, 0//0 0 (0) (0) ALA TÉCNICA ITEMA VRF FABRICANTE E REFERÊNCIA POTÊNCIA TÉRMICA CAPACIAE REFRIG. (kw) CAPACIAE AQUEC. (kw) TENÃO ELÉTRICA (V/F/Hz) QUANTIAE 0x00 (0) 0x00 (0) 0 (0) 0x00 VRF-U-EXT TOHIBA 0HP 0,00,00 0//0 VRF-INT-0 TOHIBA,HP 0//0 0,0m O PIO VRF-INT-0 TOHIBA,HP 0//0 0 AN MAC. NOTA: - IMENÕE EM MILÍMETRO, EXCETO TUBULAÇÕE EM POLEGAA E OUTRA INICAA. - NÚMERO ENTRE PARÊNTEE INICAM VAZÃO E AR OU ÁGUA EM m/h. - PREVER FECHAMENTO O FURO APÓ A MONTAGEM A REE E UTO E TUBULAÇÕE. - TOO O PROJETO FOI EFETUAO COM BAE NO AO TÉCNICO E IMENIONAI O EQUIPAMENTO E COMPONENTE REFERENCIAI (MARCA E MOELO), ENO QUE ETE AO EVERÃO ER CONFIRMAO NA OCAIÃO A COMPRA E EXECUÇÃO; CAO HAJA MUANÇA E FABRICANTE, ETE PROJETO EVERÁ ER AJUTAO PELA EMPREA INTALAORA. - TOO O JOELHO E CURVA EVERÃO ER PROVIO E VEIA EFLETORA IMPLE. - O UTO EM COR CIANO EVERÃO ER IOLAO COM MANTA E LÃ E VIRO E mm E EPEURA. - A UNIAE EXAUTORA VE-TIP-0 A, FORAM INTERLIGAA AO INTERRUPTOR E ILUMINAÇÃO. 0x00 (0) 0x00 (0) (0) 0x00 CIRCULAÇÃO Ø0 ENEREÇO: AVENIA T-, RUA T-, RUA T- E RUA T-, LOTE A LOTE, QUARA T-, ETOR BUENO, GOIÂNIA, GO TRIBUNAL REGIONAL O TRABALHO A ª REGIÃO AUTOR O PROJETO: José Roberto de Almeida Camargo Engenheiro Mecânico - CREA 0./ - GO CONTEÚO: ECALA: ATA: EENHO: Mar/0

16 W 0 W 0 W W W ATENIMENTO W W ALA 0 W 0 W W 0 W W 0 W 0 W 0 W W W EPERA W REPR. W 0 W REPR. AN. FEMININO FC-TIPO-0 AN. FEMININO AN. MACULINO AN. MACULINO 0x00 (0) AN AN MAC. MAC. AN FEM. AN FEM. AN MAC. 0 W 0 W 0 W F.I.G.,0m O PIO ACABAO 0 W EP. 0.0 AH-x F.I.G.,0m O PIO ACABAO AH-x W (,) FC-TIPO-0 0 W CAPACIAE (Kcal/h) W 0 W VRF-INT-0 0 W 0 W 0 W 0 W 0 W 0 W 0 W W (,) FC-TIPO-0 0 W 0 W 0x00 (0) 0 W ITEMA VRF 0x00 (0), 0 0//0 0//0 AN JUIZ AN JUIZ AN JUIZ AN JUIZ W 0 W W B(HEAVY) B0 (HEAVY) 0 0,, 0 0//0 0//0 0 0 VRF-INT-0 VRF-INT-0 TOHIBA TOHIBA TOHIBA 0HP VRF-U-EXT,HP,HP CAPACIAE REFRIG. (kw) 0,00 CAPACIAE AQUEC. (kw),00 0//0 0//0 0//0 QUANTIAE W FC-TIPO-0 0 W W AN MA., NOTA: 00 AN MA. AN MA. AN MA FC-TIPO-0 0 W VARA (A=m) FC-TIPO-0 QUANTIAE 0 W B (HEAVY) 0 :00 B (HEAVY) QUANTIAE CAPACIAE (Kcal/h) FC-TIPO-0 FC-TIPO-0 (remanejado) ALA W 0 W EQUIPAMENTO E COMPONENTE REFERENCIAI (MARCA E MOELO), ENO QUE ETE AO 0 W W 0 W 0 W W 0 W W 0 W 0 W W W FC-TIPO-0 0x00 (0) ATENIMENTO EPERA W W ECRETARIA REPR. REPR. ATENIMENTO AN. FEMININO AN. FEMININO AN. MACULINO AN. MACULINO FC-TIPO-0 VARA (A=m) 0x00 (0) 0 W F.I.G.,0m O PIO ACABAO 0 W FC-TIPO-0 AH-x AN FEM. AN AN MAC. MAC. AN FEM. AN MAC. EP. AH-x F.I.G.,0m O PIO ACABAO 0 W 0 W 0 W VRF-INT-0 0 W 0 W 0 W W (,) 0 W FC-TIPO-0 0 W W 0x00 (0) 0 W 0.0 0x00 (0) W 0x00 (0) 0 W FC-TIPO-0 ALA (,) W 0 W AUTOR O PROJETO: 0 W 0 W 0 W 0 W ECALA: 0 W 0 W KYMETER EP. COR , demais 0. :00 ATA: Mar/0 EENHO: AN MA. W AN MA. AN MA. AN MA. 0 W 0 W

17 EP , COR s TUBULAÇÃO FRIGORÍGENA RAG Ø" AAG Ø" AAG Ø0" RAG Ø0" AAG Ø" RAG Ø" PURGAOR Ø/" 0x00 (000) AAG Ø0" VE-BAR-0 T. EXP Ø /" 0x00 (000) TUBULAÇÃO FRIGORÍGENA PREVER PROTEÇÃO CONTRA INTEMPÉRIE s KYMETER FABRICANTE E REFERÊNCIA MOELO E REFERÊNCIA CAPACIAE (Kcal/h) VAZÃO E AR INUFLAO (m/h) VAZÃO E AR EXTERNO (m/h) PREÃO ETÁTICA EXTERNA (mmc.a.) VAZÃO E ÁGUA GELAA (m/h) POTÊNCIA O MOTOR (W) TENÃO ELÉTRICA (V/F/Hz) PEO EM OPERAÇÃO (Kg) QUANTIAE PROJEÇÃO MARQUIE FC-TIPO-0 (remanejado) B (HEAVY) //0 0 (remanejados do e pav) TERRAÇO :00, FC-TIPO-0 B (HEAVY) 0 00, 0//0 0 EPELHO 'AGUA CORTE REF. CAA MAQ. CAA E MÁQUINA PROJEÇÃO REERVATÓRIO HIRANTE (cap..000 l) BARRILETE (cap..000 l) PROJEÇÃO REERVATÓRIO UPERIOR (cap..000 l) CARACTERÍTICA TÉCNICA O EQUIPAMENTO FC-TIPO-0 FC-TIPO-0 FABRICANTE E REFERÊNCIA MOELO E REFERÊNCIA B(HEAVY) B0 (HEAVY) CAPACIAE (Kcal/h) VAZÃO E AR INUFLAO (m/h) 0 0 VAZÃO E AR EXTERNO (m/h) PREÃO ETÁTICA EXTERNA (mmc.a.) VAZÃO E ÁGUA GELAA (m/h),, POTÊNCIA O MOTOR (W) 0 TENÃO ELÉTRICA (V/F/Hz) 0//0 0//0 PEO EM OPERAÇÃO (Kg) QUANTIAE 0 0 VE-BAR-0 CORTE UR-BAR-0 UR-BAR-0 REF. PROJEÇÃO REERV. PRINKLER (cap..000 l) UE-BAR-0 0 CORTE REF. UC-BAR-0 REF. CORTE BAG-BAR-0 BAG-BAR-0 QUANTIAE CAA E MÁQUINA TERRAÇO CAA E MÁQUINA ITEMA VRF FABRICANTE E REFERÊNCIA POTÊNCIA TÉRMICA CAPACIAE REFRIG. (kw) CAPACIAE AQUEC. (kw) TENÃO ELÉTRICA (V/F/Hz) VRF-U-EXT BAG-BAR-0 BAG-BAR-0 UR-BAR-0 VRF-U-EXT VRF-INT-0 TOHIBA TOHIBA 0HP,HP 0,00,00 0//0 0//0 0 0 BANCO FIXO UC-BAR-0 UE-BAR-0 VRF-INT-0 TOHIBA,HP 0//0 0 VE-BAR-0 PROJEÇÃO PROJEÇÃO REERVATÓRIO REERV. HIRANTE (cap..000 l) PRINKLER (cap..000 l) 0 BARRILETE (cap l) PROJEÇÃO REERVATÓRIO UPERIOR (cap l) NOTA: - IMENÕE EM MILÍMETRO, EXCETO TUBULAÇÕE EM POLEGAA E OUTRA INICAA. - NÚMERO ENTRE PARÊNTEE INICAM VAZÃO E AR OU ÁGUA EM m/h. - PREVER FECHAMENTO O FURO APÓ A MONTAGEM A REE E UTO E TUBULAÇÕE. - TOO O PROJETO FOI EFETUAO COM BAE NO AO TÉCNICO E IMENIONAI O EQUIPAMENTO E COMPONENTE REFERENCIAI (MARCA E MOELO), ENO QUE ETE AO EVERÃO ER CONFIRMAO NA OCAIÃO A COMPRA E EXECUÇÃO; CAO HAJA MUANÇA E FABRICANTE, ETE PROJETO EVERÁ ER AJUTAO PELA EMPREA INTALAORA. - TOO O JOELHO E CURVA EVERÃO ER PROVIO E VEIA EFLETORA IMPLE. - O UTO EM COR CIANO EVERÃO ER IOLAO COM MANTA E LÃ E VIRO E mm E EPEURA. - A UNIAE EXAUTORA VE-TIP-0 A, FORAM INTERLIGAA AO INTERRUPTOR E ILUMINAÇÃO. EPELHO 'AGUA CORTE REF. CAA MAQ. CAA E MÁQUINA TERRAÇO CORTE REF..0.0 ENEREÇO: AVENIA T-, RUA T-, RUA T- E RUA T-, LOTE A LOTE, QUARA T-, ETOR BUENO, GOIÂNIA, GO TRIBUNAL REGIONAL O TRABALHO A ª REGIÃO AUTOR O PROJETO: José Roberto de Almeida Camargo Engenheiro Mecânico - CREA 0./ - GO CONTEÚO: ECALA: ATA: EENHO: Mar/0

18 EP , COR KYMETER FC-TIPO-0 (remanejado) FABRICANTE E REFERÊNCIA MOELO E REFERÊNCIA B (HEAVY) CAPACIAE (Kcal/h) VAZÃO E AR INUFLAO (m/h) 0 VAZÃO E AR EXTERNO (m/h) 0 PREÃO ETÁTICA EXTERNA (mmc.a.) VAZÃO E ÁGUA GELAA (m/h), POTÊNCIA O MOTOR (W) 0 TENÃO ELÉTRICA (V/F/Hz) 0//0 PEO EM OPERAÇÃO (Kg) QUANTIAE 0 (remanejados do e pav) FC-TIPO-0 B (HEAVY) 0 00, 0//0 0 CARACTERÍTICA TÉCNICA O EQUIPAMENTO FC-TIPO-0 FC-TIPO-0 FABRICANTE E REFERÊNCIA MOELO E REFERÊNCIA B(HEAVY) B0 (HEAVY) CAPACIAE (Kcal/h) VAZÃO E AR INUFLAO (m/h) 0 0 VAZÃO E AR EXTERNO (m/h) PREÃO ETÁTICA EXTERNA (mmc.a.) VAZÃO E ÁGUA GELAA (m/h),, POTÊNCIA O MOTOR (W) 0 TENÃO ELÉTRICA (V/F/Hz) 0//0 0//0 PEO EM OPERAÇÃO (Kg) QUANTIAE 0 0 ETALHE UNIAE EXTERNA ITEMA VRF FABRICANTE E REFERÊNCIA POTÊNCIA TÉRMICA CAPACIAE REFRIG. (kw) CAPACIAE AQUEC. (kw) TENÃO ELÉTRICA (V/F/Hz) QUANTIAE VRF-U-EXT TOHIBA 0HP 0,00,00 0//0 0 VRF-INT-0 TOHIBA,HP 0//0 0 VRF-INT-0 TOHIBA,HP 0//0 0 VRF-U-EXT NOTA: - IMENÕE EM MILÍMETRO, EXCETO TUBULAÇÕE EM POLEGAA E OUTRA INICAA. - NÚMERO ENTRE PARÊNTEE INICAM VAZÃO E AR OU ÁGUA EM m/h. - PREVER FECHAMENTO O FURO APÓ A MONTAGEM A REE E UTO E TUBULAÇÕE. - TOO O PROJETO FOI EFETUAO COM BAE NO AO TÉCNICO E IMENIONAI O EQUIPAMENTO E COMPONENTE REFERENCIAI (MARCA E MOELO), ENO QUE ETE AO EVERÃO ER CONFIRMAO NA OCAIÃO A COMPRA E EXECUÇÃO; CAO HAJA MUANÇA E FABRICANTE, ETE PROJETO EVERÁ ER AJUTAO PELA EMPREA INTALAORA. - TOO O JOELHO E CURVA EVERÃO ER PROVIO E VEIA EFLETORA IMPLE. - O UTO EM COR CIANO EVERÃO ER IOLAO COM MANTA E LÃ E VIRO E mm E EPEURA. - A UNIAE EXAUTORA VE-TIP-0 A, FORAM INTERLIGAA AO INTERRUPTOR E ILUMINAÇÃO. sem escala ENEREÇO: AVENIA T-, RUA T-, RUA T- E RUA T-, LOTE A LOTE, QUARA T-, ETOR BUENO, GOIÂNIA, GO TRIBUNAL REGIONAL O TRABALHO A ª REGIÃO AUTOR O PROJETO: José Roberto de Almeida Camargo Engenheiro Mecânico - CREA 0./ - GO CONTEÚO: ECALA: ATA: EENHO: Mar/0

El rol del Administrador de Salud en el proyecto, montaje de obras y equipamiento + mantenimiento del edificio de salud

El rol del Administrador de Salud en el proyecto, montaje de obras y equipamiento + mantenimiento del edificio de salud 29 de maio de 2009 El rol del Administrador de alud en el proyecto, montaje de obras y equipamiento + mantenimiento del edificio de salud LAURO MIQUELIN ARQUITECTO UNIVERIA AO PAULO Ph ARQUITECTURA EN

Leia mais

COT M 17,00 24,58 - PRESSÃO, DE 100X50MM, CEMAR OU SIMILAR. DESAMASSAR ELETROCALHAS DANIFICADAS POR

COT M 17,00 24,58 - PRESSÃO, DE 100X50MM, CEMAR OU SIMILAR. DESAMASSAR ELETROCALHAS DANIFICADAS POR 1 Código COT DISCRIMINAÇÃO UN. QUANT. / SINAPI INSTALAÇÃO DE CURVAS E TAMPAS EM ELETROCALHAS. PREÇO UNITÁRIO ENC. SOC. HORISTA EQUIP MAT MO 123,59% 82,39% CURVA LISA EM ELETROCALHA DE 100X50MM, 1.01 GALVANIZADA,

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO (SISTEMA DE AR CONDICIONADO TIPO SPLIT)

MEMORIAL DESCRITIVO (SISTEMA DE AR CONDICIONADO TIPO SPLIT) MEMORIAL DESCRITIVO (SISTEMA DE AR CONDICIONADO TIPO SPLIT) FEVEREIRO / 2011 Í N D I C E 1.APRESENTAÇÃO 2.TABELAS E ESPECIFICAÇÕES 3.CONDENSADORES 4.TUBULAÇÕES FRIGORÍFICAS 5.EVAPORADORES APRESENTAÇÃO

Leia mais

Condicionado, do edifício do Fórum Trabalhista do TRT da 18º Região, localizado na

Condicionado, do edifício do Fórum Trabalhista do TRT da 18º Região, localizado na Ao TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 18ª REGIÃO DSG - ENGENHARIA Att: Crebilon A. R. Filho Ref.: Laudo de Instalações Elétricas e Ar Condicionado Prezados Senhores, Atendendo a solicitação de serviços de

Leia mais

FICHA TÉCNICA ELEVADOR DE CARGA VERTCARGO

FICHA TÉCNICA ELEVADOR DE CARGA VERTCARGO Rua Rishin Matsuda, 562 Vila Santa Catarina CEP 04371-000 São Paulo SP Tel. 11 5563-6477 Fax 11 5563-3107 www.elevadoreszenit.com.br FICHA TÉCNICA ELEVADOR DE CARGA VERTCARGO ORIENTAÇÃO ELEVADORES CARGAS

Leia mais

REFORMA EDIFICAÇÃO PRINCIPAL INSTITUTO FEDERAL CATARINENSE CÂMPUS AVANÇADO IBIRAMA IBIRAMA/SC

REFORMA EDIFICAÇÃO PRINCIPAL INSTITUTO FEDERAL CATARINENSE CÂMPUS AVANÇADO IBIRAMA IBIRAMA/SC REFORMA EDIFICAÇÃO PRINCIPAL INSTITUTO FEDERAL CATARINENSE CÂMPUS AVANÇADO IBIRAMA IBIRAMA/SC MEMORIAL DESCRITIVO SISTEMA DE CLIMATIZAÇÃO 1 ÍNDICE 1 Informativos gerais 2 Apresentação 3 Tabelas e especificações

Leia mais

TOMADA DE PREÇOS nº 03/2011 ANEXO II PROCURADORIA DA REPÚBLICA NO ESTADO DO PARANÁ EDIFÍCIO-SEDE EM CURITIBA

TOMADA DE PREÇOS nº 03/2011 ANEXO II PROCURADORIA DA REPÚBLICA NO ESTADO DO PARANÁ EDIFÍCIO-SEDE EM CURITIBA TOMADA DE PREÇOS nº 03/2011 ANEXO II PROCURADORIA DA REPÚBLICA NO ESTADO DO PARANÁ EDIFÍCIO-SEDE EM CURITIBA PROJETO DE INSTALAÇÃO DE INFRAESTRURURA DE SISTEMAS DE CFTV MEMORIAL DESCRITIVO Memorial Descritivo

Leia mais

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico EIXO TECNOLÓGICO: CONTROLE E PROCESSOS INDUSTRIAIS

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico EIXO TECNOLÓGICO: CONTROLE E PROCESSOS INDUSTRIAIS Padronização do tipo e quantidade necessária de instalações e equipamentos dos laboratórios das habilitações profissionais EIXO TECNOLÓGICO: CONTROLE E PROCESSOS INDUSTRIAIS HABILITAÇÃO PROFISSIONAL TÉCNICO

Leia mais

Simbologia de instalações elétricas

Simbologia de instalações elétricas Simbologia de instalações elétricas Os símbolos gráficos usados nos diagramas unifilar são definidos pela norma NBR5444, para serem usados em planta baixa (arquitetônica) do imóvel. Neste tipo de planta

Leia mais

Calcular os pilares, a viga intermediária e a viga baldrame do muro de arrimo misto indicado na figura 40. Dados:

Calcular os pilares, a viga intermediária e a viga baldrame do muro de arrimo misto indicado na figura 40. Dados: 8.. uro e arrimo mito Calcular o pilare, a viga intermeiária e a viga balrame o muro e arrimo mito inicao na figura 4. Dao: Peo epecífico aparente o olo: 3 γ 18 kn/m ; Angulo e atrito natural o olo: j

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO LABORATÓRIO - MACHADO - MG - ELÉTRICA -

MEMORIAL DESCRITIVO LABORATÓRIO - MACHADO - MG - ELÉTRICA - MEMORIAL DESCRITIVO LABORATÓRIO - MACHADO - MG - ELÉTRICA - AGOSTO 2015 Rua Nove Julho, 1793, Centro Cep: 14 801-295- Araraquara -SP 1 SUMÁRIO 1 Objetivo... 3 2 Normas e Especificações... 3 3 Entrada Serviço...

Leia mais

EDIFÍCIO AFONSO PENA 2300

EDIFÍCIO AFONSO PENA 2300 EDIFÍCIO AFONSO PENA 2300 BELO HORIZONTE MG Apresentação: Condomínio Edifício Afonso Pena, 2.300 Endereço: Afonso Pena, 2.300 Bairro: Centro Esquina com Rio Grande do Norte Belo Horizonte BH Localização:

Leia mais

Base: Agosto/2014 Empresa Proponente: Valor: R$ 3.911.324,63 Utilização: 0,41%

Base: Agosto/2014 Empresa Proponente: Valor: R$ 3.911.324,63 Utilização: 0,41% Obra: TRT020 - MANUTENÇÃO DOS SISTEMAS DE CLIMATIZAÇÃO PLANILHA DE ORÇAMENTO 1. MANUTENÇÃO PREVENTIVA 1. 1. PMOC Custo Unitário Custo total 1. 1. 1. ELABORAÇÃO DE PMOC.1 ELABORAÇÃO DE PMOC DE UNIDADE C/

Leia mais

PROJETO DE INSTALAÇÕES PREDIAIS

PROJETO DE INSTALAÇÕES PREDIAIS PEA - Eletrotécnica Geral 1 PROJETO DE INSTALAÇÕES PREDIAIS OBJETIVOS Estudar: Constituição de uma instalação elétrica Tipos de instalações elétricas Funcionamento de circuitos típicos Representação de

Leia mais

Simbologia de instalações elétricas

Simbologia de instalações elétricas Simbologia de instalações elétricas Os símbolos gráficos usados nos diagramas unifilar são definidos pela norma NBR5444, para serem usados em planta baixa (arquitetônica) do imóvel. Neste tipo de planta

Leia mais

Manual de Referência Técnica ELEVAC 200

Manual de Referência Técnica ELEVAC 200 Manual de Referência Técnica ELEVAC 200 t e c n o l o g i a em e l e v a d o r e s t e c n o l o g i a em e l e v a d o r e s APRESENTAÇÃO O Elevador Pneumático Elevac-200, com patente registrada, fabricado

Leia mais

COMPLEXO. Previsão Torres Residenciais. Previsão Torre Comercial Fase 2. Shopping IGUATEMI Previsão Hotel. Torre Comercial Fase 1 BR 153

COMPLEXO. Previsão Torres Residenciais. Previsão Torre Comercial Fase 2. Shopping IGUATEMI Previsão Hotel. Torre Comercial Fase 1 BR 153 CADERNO TÉCNICO COMPLEXO Previsão Torres Residenciais Previsão Torre Comercial Fase 2 Torre Comercial Fase 1 Shopping IGUATEMI Previsão Hotel BR 153 Marginal BR 153 Imagem preliminar do complexo Iguatemi

Leia mais

I DE NT PRODUCED BY AN AUTODESK EDUCATIONAL PRODUCT DETALHE DE MONTAGEM DAS TOMADAS S/ESCALA S/ESCALA CONDUTORES: Planta Baixa - Instalações Elétricas Novas ESCALA 1/75 Odontologia C2 C2 Abrigo Sala de

Leia mais

PROJETO AME BOTUCATU

PROJETO AME BOTUCATU PROJETO AME BOTUCATU Memorial Descritivo Ar Condicionado - PRELIMINAR Ass: - Data: - - PARA INFORMAÇÃO Ass: - Data: - - PARA APROVAÇÃO Ass: - Data: - X LIBERADO P/ FABRICAÇÃO Ass: CONNECT / ALDE BARCELOS

Leia mais

SITUAÇÃO FÍSICA PARA CONCESSÃO DE ESPAÇOS COMERCIAIS

SITUAÇÃO FÍSICA PARA CONCESSÃO DE ESPAÇOS COMERCIAIS ITUAÇÃO FÍICA PARA COCEÃO DE EPAÇO COMERCIAI Instruções de preenchimento: Para preenchimento desta ficha sugere-se a participação das equipes Comercial, Manutenção, TI, Meio ambiente, Operações e egurança

Leia mais

AFFINITY HOME WORK - INOVADOR, INTELIGENTE, INCOMPARÁVEL

AFFINITY HOME WORK - INOVADOR, INTELIGENTE, INCOMPARÁVEL AFFINITY HOME WORK - INOVADOR, INTELIGENTE, INCOMPARÁVEL O AFFINITY HOME WORK visa revolucionar a Enseada do Suá, pois o empreendimento INOVA ao trazer um conceito misto à região. O fato de carregar toda

Leia mais

ANEXO III PLANILHA DE COMPOSIÇÃO DE PREÇOS TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO - FÓRUM DA COMARCA DE SANTOS

ANEXO III PLANILHA DE COMPOSIÇÃO DE PREÇOS TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO - FÓRUM DA COMARCA DE SANTOS ANEXO III PLANILHA DE COMPOSIÇÃO DE PREÇOS TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO - FÓRUM DA COMARCA DE SANTOS 1 SERVIÇOS PRELIMINARES 1.1 CANTEIRO DE OBRAS 1.1.1 Construção provisória em madeira -

Leia mais

CÓDIGO TÍTULO VERSÃO FORNECIMENTO DE ENERGIA ELÉTRICA EM TENSÃO SECUNDÁRIA EDIFICAÇÕES COLETIVAS COM SUBESTAÇÃO INSTALADA NO INTERIOR DA PROPRIEDADE

CÓDIGO TÍTULO VERSÃO FORNECIMENTO DE ENERGIA ELÉTRICA EM TENSÃO SECUNDÁRIA EDIFICAÇÕES COLETIVAS COM SUBESTAÇÃO INSTALADA NO INTERIOR DA PROPRIEDADE SISTEMA NORMATIVO CORPORATIVO PADRÃO TÉCNICO CÓDIGO TÍTULO VERSÃO PT.DT.PDN.03.14.009 SECUNDÁRIA EDIFICAÇÕES COLETIVAS COM SUBESTAÇÃO INSTALADA NO INTERIOR DA 01 APROVADO POR PAULO JORGE TAVARES DE LIMA

Leia mais

www.cpsol.com.br LAUDO TÉCNICO ELÉTRICO

www.cpsol.com.br LAUDO TÉCNICO ELÉTRICO LAUDO TÉCNICO ELÉTRICO 1. APRESENTAÇÃO Em cumprimento às Normas Regulamentadora NR10 INSTALAÇÕES E SERVIÇOS EM ELETRICIDADE e NBR5410 INSTALAÇÕES ELÉTRICAS DE BAIXA TENSÃO, apresentamos as verificações

Leia mais

Manual de Referência Técnica Elevac 200

Manual de Referência Técnica Elevac 200 Apresentação O Elevador Pneumático Elevac, fabricado pela Elevac Tecnologia em Elevadores, indústria brasileira, com patente registrada, é um sistema de transporte vertical pneumático, sem cabos, pistões

Leia mais

MANUAL DO CONSUMIDOR VENTILADOR DE TETO

MANUAL DO CONSUMIDOR VENTILADOR DE TETO VENTILADOR DE TETO MODELOS: AIRES, LUMIAR FÊNIX, FÊNIX CONTR PETIT Obrigado por adquirir o VENTISOL. Antes de utilizar o seu produto leia atentamente este manual de instruções. Após a leitura guarde-o

Leia mais

U.O. ADMINISTRAÇÃO GERAL PROJETOS E OBRAS

U.O. ADMINISTRAÇÃO GERAL PROJETOS E OBRAS INSTALAÇÃO DE SISTEMA DE AR CONDICIONADO NO E.R. GUARULHOS 1. OBJETO O presente memorial refere-se ao fornecimento e instalação de conjuntos de ar condicionado, a serem instalados no E.R. Guarulhos, localizado

Leia mais

ENE065 Instalações Elétricas I

ENE065 Instalações Elétricas I 19/03/2012 ENE065 Instalações Elétricas I Prof.: Ivo Chaves da Silva Junior ivo.junior@ufjf.edu.br Previsão de Carga Especiais NBR-5410 Cargas Especiais? Em geral, são cargas de uso comum em um edifício.

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO DOS SERVIÇOS. CONSTRUÇÃO DE PRAÇA (Campo Belo) CONTRATO DE REPASSE Nº PRUDENTE DE MORAIS/MG

MEMORIAL DESCRITIVO DOS SERVIÇOS. CONSTRUÇÃO DE PRAÇA (Campo Belo) CONTRATO DE REPASSE Nº PRUDENTE DE MORAIS/MG MEMORIAL DESCRITIVO DOS SERVIÇOS CONSTRUÇÃO DE PRAÇA (Campo Belo) CONTRATO DE REPASSE Nº PRUDENTE DE MORAIS/MG Especificação Técnica dos Serviços INTRODUÇÃO Preliminares: Esta especificação, juntamente

Leia mais

MANUAL DO CONSUMIDOR VENTILADOR DE TETO

MANUAL DO CONSUMIDOR VENTILADOR DE TETO VENTILADOR DE TETO MODELOS: WIND MDF/PLAST. WIND LIGHT MDF/PLAST. COMERCIAL Obrigado por adquirir o VENTISOL. Antes de utilizar o seu produto leia atentamente este manual de instruções. Após a leitura

Leia mais

ESPAÇO CORPORATIVO SILVA BUENO - CSB 261

ESPAÇO CORPORATIVO SILVA BUENO - CSB 261 ESPAÇO CORPORATIVO SILVA BUENO - CSB 261 RELATÓRIO DE ANDAMENTO DAS OBRAS PERÍODO MAIO DE 2015 Andamento das obras no período Obras no Ático: Início da instalação de luminárias iniciado; Conclusão das

Leia mais

Transporte Vertical Normas Brasileiras e Cálculo de Tráfego

Transporte Vertical Normas Brasileiras e Cálculo de Tráfego Transporte Vertical Normas Brasileiras e Cálculo de Tráfego Elevadores de Passageiros Conhecimentos iniciais: Normas da ABNT NORMA NBR - 5666 Elevadores Elétricos - Terminologia NORMA NBR - NM 207 Elevadores

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO DO ITEM R$

ESPECIFICAÇÃO DO ITEM R$ ANEXO 2 Planilha Orçamentária Estimativa de Quantitativos e Preços Máximos Global e Unitários LOTE ÚNICO ESPECIFICAÇÃO DO ITEM Qtde. Unitário R$ Total R$ 01 02 03 04 05 CHAVE NIVEL TIPO BOIA,ATUACAO: ALARME

Leia mais

Material preliminar sujeito a alterações

Material preliminar sujeito a alterações Uma região privilegiada, cercada por algumas das mais importantes vias de acesso como as avenidas Ibirapuera, Rubem Berta, Indianópolis, Av. Dos Bandeirantes, entre outras que ligam o bairro a toda a cidade.

Leia mais

PLANILHA DE SERVIÇOS BÁSICOS FL. 01/12

PLANILHA DE SERVIÇOS BÁSICOS FL. 01/12 FL. 01/12 REGIÃO I estimados R$ Sub Total BDI 1 2 Execução de infra-estrutura para a instalação de ponto elétrico duplo (rede comum ou estabilizada), até 1.500 W. partindo do quadro elétrico até qualquer

Leia mais

MANUAL DE REFERÊNCIA TÉCNICA - ELEVAC 200 APRESENTAÇÃO PRINCÍPIO DE FUNCIONAMENTO

MANUAL DE REFERÊNCIA TÉCNICA - ELEVAC 200 APRESENTAÇÃO PRINCÍPIO DE FUNCIONAMENTO 1 MANUAL DE REFERÊNCIA TÉCNICA - ELEVAC 200 APRESENTAÇÃO O Elevador Pneumático Elevac-200, com patente registrada, fabricado pela Elevac Tecnologia em Elevadores, indústria brasileira, é um sistema de

Leia mais

ELÉTRICA. Linha ELÉTRICA

ELÉTRICA. Linha ELÉTRICA 109 109 Linha A linha elétrica da Astra não para de crescer e já é reconhecida como a mais completa fornecedora de soluções para caixas elétricas, atendendo a diferentes soluções construtivas, com produtos

Leia mais

PROJETO DE INSTALAÇÕES ELÉTRICAS MEMORIAL DESCRITIVO

PROJETO DE INSTALAÇÕES ELÉTRICAS MEMORIAL DESCRITIVO PROJETO DE INSTALAÇÕES ELÉTRICAS MEMORIAL DESCRITIVO Instalação Nobreak 60 KVA - 380 V PROPRIETÁRIO: Procuradoria Geral de Justiça. 1 MEMORIAL DESCRITIVO 1. IDENTIFICAÇÃO DO PROJETO DADOS DO PROPRIETÁRIO

Leia mais

ENGENHARIA E PROJETOS ELÉTRICOS LTDA MEMORIAL DESCRITIVO PROJETO ELÉTRICO

ENGENHARIA E PROJETOS ELÉTRICOS LTDA MEMORIAL DESCRITIVO PROJETO ELÉTRICO MEMORIAL DESCRITIVO PROJETO ELÉTRICO OBRA: SUBESTAÇÃO 500KVA PROPRIETÁRIO: TRT TRIBUNAL REGIONALDO TRABALHO 12ºREGIÃO RESPONSÁVEL TÉCNICO: ENG. EMERSON CESAR PADOIN PADOIN ENGENHARIA E PROJETOS LTDA MEMORIAL

Leia mais

Manual Técnico. Geradores de vapor elétrico com resistência eletrolítica. SOCALOR saunas

Manual Técnico. Geradores de vapor elétrico com resistência eletrolítica. SOCALOR saunas Manual Técnico Geradores de vapor elétrico com resistência eletrolítica Modelo Plus Atenção: Não instale este aparelho sem antes ler e seguir detalhadamente as instruções técnicas deste manual ÍNDICE 1.

Leia mais

ANEXO II PLANILHA ORÇAMENTÁRIA DISCRIMINADA

ANEXO II PLANILHA ORÇAMENTÁRIA DISCRIMINADA ANEXO II PLANILHA ORÇAMENTÁRIA DISCRIMINADA (MODELO DE PROPOSTA) SERVIÇOS E MATERIAIS NECESSÁRIOS PARA A COMPLETA EXECUÇÃO DO OBJETO, DE ACORDO COM O MEMORIAL DESCRITIVO Local: PROCURADORIA DA REPÚBLICA

Leia mais

ANEXO III PLANILHA DE COMPOSIÇÃO DE PREÇOS TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO - FÓRUM DA COMARCA DE SANTOS

ANEXO III PLANILHA DE COMPOSIÇÃO DE PREÇOS TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO - FÓRUM DA COMARCA DE SANTOS ANEXO III PLANILHA DE COMPOSIÇÃO DE PREÇOS TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO - FÓRUM DA COMARCA DE SANTOS 1 SERVIÇOS PRELIMINARES 1.1 CANTEIRO DE OBRAS 1.1.1 Construção provisória em madeira -

Leia mais

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA BRASÍLIA MEMORIAL DESCRITIVO PROJETO SPDA BRASÍLIA - DF

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA BRASÍLIA MEMORIAL DESCRITIVO PROJETO SPDA BRASÍLIA - DF INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA BRASÍLIA MEMORIAL DESCRITIVO PROJETO SPDA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA BRASÍLIA - DF 1 - MEMORIAL DESCRITIVO 2 MEMORIAL DESCRITIVO

Leia mais

PLANILHA DE MATERIAIS E SERVIÇOS COMPLEMENTARES FL. 01/09

PLANILHA DE MATERIAIS E SERVIÇOS COMPLEMENTARES FL. 01/09 FL. 01/09 REGIÃO I Material M.O. 1 Mola Dorma p/ piso para porta Blindex sem furo pç 3 540,00 96,00 636,00 1.908,00 2 Mola Dorma p/ piso para porta Blindex com furo pç 3 540,00 100,00 640,00 1.920,00 3

Leia mais

Condicionador de Ar Portátil

Condicionador de Ar Portátil Condicionador de Ar Portátil Manual do Usuário GP8-12L GP8-22L GP10-12L GP10-22L 1 Untitled-5 1 2 Untitled-5 2 Índice Resumo...4 Príncipio de funcionamento...5 Especificação técnica...7 Estrutura...8 Esquema

Leia mais

28409_043_BRASAL_RESERVA_109_CADERNO_PLANTAS_195x285.indd 1

28409_043_BRASAL_RESERVA_109_CADERNO_PLANTAS_195x285.indd 1 28409_043_BRASAL_RESERVA_109_CADERNO_PLANTAS_195x285.indd 1 5/7/13 2:57 PM CADERNO DE PLANTAS 28409_043_BRASAL_RESERVA_109_CADERNO_PLANTAS_195x285.indd 2 5/7/13 2:57 PM N O L S 28409_043_BRASAL_RESERVA_109_CADERNO_PLANTAS_195x285.indd

Leia mais

Emb. Ref. 20 6110 10 1 módulo borne automático 1. 20 6110 00 1 módulo 1. 10 6110 20 1 módulo com luz (1) 1. 10 6120 10 2 módulos borne automático 2

Emb. Ref. 20 6110 10 1 módulo borne automático 1. 20 6110 00 1 módulo 1. 10 6110 20 1 módulo com luz (1) 1. 10 6120 10 2 módulos borne automático 2 6110 10 6120 10 6110 21 6120 16 Emb. Ref. 10 A - 250 V9 módulos 20 6110 10 1 módulo borne automático 1 20 6110 00 1 módulo 1 10 6110 20 1 módulo com luz (1) 1 10 6120 10 2 módulos borne automático 2 10

Leia mais

EL2000. Elevadores Residenciais e de Uso Restrito para Acessibilidade. Guia de especificação para o modelo 2913. Revisão: Novembro de 2008

EL2000. Elevadores Residenciais e de Uso Restrito para Acessibilidade. Guia de especificação para o modelo 2913. Revisão: Novembro de 2008 EL000 Elevadores Residenciais e de Uso Restrito para Acessibilidade Guia de especificação para o modelo 913 Revisão: ovembro de 008 EL 000 Elevador Residencial Unifamiliar A Montele fabrica há 5 anos o

Leia mais

DIMENSIONAMENTO DE CONDUTORES

DIMENSIONAMENTO DE CONDUTORES Os seis critérios de dimensionamento de circuitos de BT: 1. Seção mínima; 2. Capacidade de condução de corrente; 3. Queda de tensão; 4. Proteção contra sobrecargas; 5. Proteção contra curtos-circuitos;

Leia mais

Existe um Cambuí só seu no R esidencial Clermont Ferrand.

Existe um Cambuí só seu no R esidencial Clermont Ferrand. RESIDENCIAL CLERMONT FERRAND A história do Cambuí, um dos bairros mais charmosos de Campinas, confundese com a história da própria cidade. O local foi um dos pontos iniciais de formação do núcleo urbano,

Leia mais

Eletrotécnica Geral. Lista de Exercícios 2

Eletrotécnica Geral. Lista de Exercícios 2 ESCOLA POLITÉCNICA DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO PEA - Departamento de Engenharia de Energia e Automação Elétricas Eletrotécnica Geral Lista de Exercícios 2 1. Condutores e Dispositivos de Proteção 2. Fornecimento

Leia mais

PRÉDIO SRNO - INFRAERO

PRÉDIO SRNO - INFRAERO I - SISTEMA DE EXPANSÃO DIRETA - VRF I.1 - SISTEMA 01 - TÉRREO I.1.1 EQUIPAMENTOS VRF - conforme especificação Módulo externo (condensador) 48 HP - 380 V - 3F unid. 1,00 Evaporadora Cassete 4 Vias - 9.000

Leia mais

INSTALAÇÕES ELÉTRICAS PREDIAIS

INSTALAÇÕES ELÉTRICAS PREDIAIS INSTALAÇÕES ELÉTRICAS PREDIAIS CÁLCULO DA DEMANDA E OUTRAS PROVIDÊNCIAS Prof. Marcos Fergütz Outubro/2012 INTRODUÇÃO Para a elaboração de um projeto para edifício de uso coletivo, em Santa Catarina, deve-se

Leia mais

1. Considerações Gerais

1. Considerações Gerais Governo do Estado do Ceará Secretaria da Educação Básica Coordenadoria Administrativa Financeira Engenharia SEDUC MEMORIAL DESCRITIVO Unidade de Trabalho: CREDE 13-CRATEÚS Obra: REFORMA ELÉTRICA Engenheiro

Leia mais

Versão 1.02. Manual. Neocontrol Soluções em Automação LTDA www.neoc.com.br

Versão 1.02. Manual. Neocontrol Soluções em Automação LTDA www.neoc.com.br Versão 1.02 Manual Neocontrol Soluções em Automação LTDA www.neoc.com.br Índice 1. Descrição do Equipamento... 3 2. Princípio de Funcionamento... 4 2.1 Operação... 4 2.2 Configuração de Cenas... 4 2.2.1

Leia mais

SISTEMA DE MEDIÇÃO E LEITURA CENTRALIZADA SMLC

SISTEMA DE MEDIÇÃO E LEITURA CENTRALIZADA SMLC SISTEMA DE MEDIÇÃO E LEITURA CENTRALIZADA SMLC Especificação para implantação de infra-estrutura Diretoria de Redes Gerência de Engenharia da Distribuição Coordenação de Engenharia SISTEMA DE MEDIÇÃO E

Leia mais

PB LAYOUT escala 1/75

PB LAYOUT escala 1/75 N ASSESSORIAS A = 16.51 m² WC F A =.87 m² WC M. A =.49 m² GABINETE PRESIDENTE A = 1.07 m² GERÊNCIA ADM/FINANCEIRA A = 4.00 m² SERVIDOR A =.11 m² LAVATÓRIO A=1. m² BWC A =. m² PLENÁRIA A = 44.89 m² 0,00

Leia mais

PRAÇA DOS ESPORTES E DA CULTURA MEMORIAL DESCRITIVO E ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA

PRAÇA DOS ESPORTES E DA CULTURA MEMORIAL DESCRITIVO E ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA PRAÇA DOS ESPORTES E DA CULTURA MEMORIAL DESCRITIVO E ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA PROJETO: ELÉTRICO Modelo: 3.000 m2 MAIO 2011 SUMÁRIO 1. GENERALIDADES... 03 2. DOCUMENTOS APLICÁVEIS... 04 3. DESCRIÇÃO DO PROJETO...

Leia mais

DEPARTAMENTO DE TRANSITO DE GOIAS PROJETO DE INSTALAÇÕES ELÉTRICAS.

DEPARTAMENTO DE TRANSITO DE GOIAS PROJETO DE INSTALAÇÕES ELÉTRICAS. MEMORIAL DESCRITIVO DEPARTAMENTO DE TRANSITO DE GOIAS PROJETO DE INSTALAÇÕES ELÉTRICAS. 1 I INSTALAÇÕES ELÉTRICAS DEPARTAMENTO ESTADUAL DE TRÂNSITO DE GOIÁS. 1.0 - DADOS BÁSICOS: 1.1 - Edifício: Prédio

Leia mais

MDV4+W VRF COM CONDENSAÇÃO A ÁGUA. Alta eficiência, com máxima economia e flexibilidade. Um produto

MDV4+W VRF COM CONDENSAÇÃO A ÁGUA. Alta eficiência, com máxima economia e flexibilidade. Um produto MDV4+W VRF COM CONDENSAÇÃO A ÁGUA Alta eficiência, com máxima economia e flexibilidade Um produto COMPRESSOR DC INVERTER Os compressores inverter do MDV4+ água possuem eficiência até 25% superior comparado

Leia mais

32 a 467 * m 2. Imagem ilustrativa da fachada noturna.

32 a 467 * m 2. Imagem ilustrativa da fachada noturna. Um empreendimento repleto de bons motivos para investir ou instalar o seu negócio: Inovador, inteligente E inspirador. Salas comerciais de 32 a 467 * m 2 Imagem ilustrativa da fachada noturna. Próximo

Leia mais

Rua Dante Francisco Zattera, Quadra 4907, lote 14, Loteamento Cidade Nova II. Bairro Distrito Industrial Caxias do Sul RS

Rua Dante Francisco Zattera, Quadra 4907, lote 14, Loteamento Cidade Nova II. Bairro Distrito Industrial Caxias do Sul RS MEMORIAL DESCRITIVO: APRESENTAÇÃO DO EMPREENDIMENTO: LOCALIZAÇÃO: Rua Dante Francisco Zattera, Quadra 4907, lote 14, Loteamento Cidade Nova II. Bairro Distrito Industrial Caxias do Sul RS DESCRIÇÃO: Edifício

Leia mais

Responsavel Técnico: Kadner Pequeno Feitosa CREA 1600584594 Email-ativaprojetoseletricos@gmail.com

Responsavel Técnico: Kadner Pequeno Feitosa CREA 1600584594 Email-ativaprojetoseletricos@gmail.com Projeto Elétrico Padrão de Medição, fornecimento de energia em tensão primária 13.8kV, a partir da rede aérea de distribuição para atender Defensoria Pública do Estado da Paraíba. Responsavel Técnico:

Leia mais

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DE PROJETO ELÉTRICO PARA CONSTRUÇÃO DAS CASAS POPULARES DO LOTEAMENTO DE INTERESSE SOCIAL PRESIDENTE KENNDY ES

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DE PROJETO ELÉTRICO PARA CONSTRUÇÃO DAS CASAS POPULARES DO LOTEAMENTO DE INTERESSE SOCIAL PRESIDENTE KENNDY ES ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DE PROJETO ELÉTRICO PARA CONSTRUÇÃO DAS CASAS POPULARES DO LOTEAMENTO DE INTERESSE SOCIAL PRESIDENTE KENNDY ES MEMORIAL DESCRITIVO Memorial Descritivo Elétrico Projeto: Marcelo

Leia mais

Estamos apresentando nossa proposta em resposta a sua carta convite enviada em 13/05/08.

Estamos apresentando nossa proposta em resposta a sua carta convite enviada em 13/05/08. Rio de Janeiro, 11 de junho de 2008 A Aquastore A/c. Eng.Jano Grossmann End. Bairro. Cid. Rio de Janeiro Est. RJ Tel. (0xx21) 2523-7582 CEL. 9418-6179 e-mail. janog@aquastore.com.br Ref.: Proposta comercial

Leia mais

Projeto Arquitetônico: AUTOR: Arq. Lilian Camargo Ferreira de Godoy CREA GO 1352/D

Projeto Arquitetônico: AUTOR: Arq. Lilian Camargo Ferreira de Godoy CREA GO 1352/D MEMORIAL DESCRITIVO INFORMAÇÕES GERAIS Nome do empreendimento: Residencial Jardim das Tulipas Incorporação: SC Parque Oeste Industrial Residence SPE LTDA. Realização e Construção: SERCA CONSTRUTORA LTDA.

Leia mais

Paulista Corporate Avenida Paulista, nº 1.636 São Paulo - SP

Paulista Corporate Avenida Paulista, nº 1.636 São Paulo - SP Paulista Corporate Avenida Paulista, nº 1.636 São Paulo - SP Outubro, 2009 Versão Final A. DESCRIÇÃO DO PROJETO Este memorial trata da descrição e especificação básica dos elementos que deverão compor

Leia mais

plataforma elevatória até 4m modelos ac08 ac11 acionamento hidráulico

plataforma elevatória até 4m modelos ac08 ac11 acionamento hidráulico plataforma elevatória até 4m modelos ac08 ac11 acionamento hidráulico JUL/2011 Acionamento Hidráulico Atende às normas NBR 9050 e NBR15655-1 Movimentação por botão de pressionamento constante ou joystick

Leia mais

NORMAS DE SEGURANÇA CONTRA INCÊNDIOS INSTRUÇÃO NORMATIVA (IN 013/DAT/CBMSC) SINALIZAÇÃO PARA ABANDONO DE LOCAL

NORMAS DE SEGURANÇA CONTRA INCÊNDIOS INSTRUÇÃO NORMATIVA (IN 013/DAT/CBMSC) SINALIZAÇÃO PARA ABANDONO DE LOCAL ESTADO DE SANTA CATARINA SECRETARIA DE ESTADO DA SEGURANÇA PÚBLICA CORPO DE BOMBEIROS MILITAR DIRETORIA DE ATIVIDADES TÉCNICAS - DAT NORMAS DE SEGURANÇA CONTRA INCÊNDIOS INSTRUÇÃO NORMATIVA (IN 013/DAT/CBMSC)

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO FORNO ELÉTRICO PA R A SAUNA SECA

MANUAL DE INSTALAÇÃO FORNO ELÉTRICO PA R A SAUNA SECA MANUAL DE INSTALAÇÃO FORNO ELÉTRICO PA R A SAUNA SECA INTRODUÇÃO O forno para Sauna Seca SODRAMAR, foi senvolvido exclusivamente para você, que agora porá usufruir nosso autentico calor num ambiente totalmente

Leia mais

Manual de Referência Técnica

Manual de Referência Técnica Manual de Referência Técnica Apresentação O Elevador Pneumático ELEVAC, fabricado pela MHM,indústria brasileira, com patente registrada, é um sistema de transporte vertical pneumático, sem cabos, pistões

Leia mais

TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO RIO GRANDE DO SUL

TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO RIO GRANDE DO SUL ETAPA I 0 DESPESAS INICIAIS, TAXAS DIVERSAS E ADMIN. LOCAL - - - - - - 0.1 Despesas iniciais e Taxas diversas - - - - - - 0.1.1 Despesas iniciais 0.1.1.1 Despesas iniciais de mobilização unid - - - - -

Leia mais

Instalações Elétricas Prediais A

Instalações Elétricas Prediais A Instalações Elétricas Prediais A ENG04482 Prof. Luiz Fernando Gonçalves AULA 9 Divisão da Instalação em Circuitos Porto Alegre - 2012 Tópicos Quadros de distribuição Disjuntores Divisão da instalação elétrica

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO PAX-PERDIZES

MEMORIAL DESCRITIVO PAX-PERDIZES MEMORIAL DESCRITIVO PAX-PERDIZES PAX_PERDIZES é composto por 1 torre residencial com 8 pavimentos com 4 unidades cada. As vagas de estacionamento estão distribuídas em 2 subsolos. O acesso ao Empreendimento

Leia mais

Catálogo Técnico 2013

Catálogo Técnico 2013 Catálogo Técnico 203 Tudo o que se espera em material elétrico Identificação Esquema de ligação Interruptor imples - 0A/250V~ 2 FAE Permite comandar uma o u m a i s l â m p a d a s exclusivamente de um

Leia mais

ESTADO DE MATO GROSSO SECRETARIA DE SEGURANÇA PÚBLICA DEPARTAMENTO ESTADUAL DE TRÂNSITO MEMORIAL DESCRITIVO 40ª CIRETRAN PRÉDIO-SEDE

ESTADO DE MATO GROSSO SECRETARIA DE SEGURANÇA PÚBLICA DEPARTAMENTO ESTADUAL DE TRÂNSITO MEMORIAL DESCRITIVO 40ª CIRETRAN PRÉDIO-SEDE MEMORIAL DESCRITIVO 40ª CIRETRAN PRÉDIO-SEDE Local: Município: Área Estim.: 271,18 m² Av. Cascavel, Quadra 39, Lote 14, Bairro Primavera II Primavera do Leste MT SETEMBRO / 2008 SUMÁRIO 1 INFORMAÇÕES GERAIS:

Leia mais

A DESATIVAÇÃO OU REMOÇÃO DA CHAVE SIGNIFICA A ELIMINAÇÃO DA MEDIDA PROTETORA CONTRA CHOQUES ELÉTRICOS E RISCO DE VIDA PARA OS USUÁRIOS DA INSTALAÇÃO.

A DESATIVAÇÃO OU REMOÇÃO DA CHAVE SIGNIFICA A ELIMINAÇÃO DA MEDIDA PROTETORA CONTRA CHOQUES ELÉTRICOS E RISCO DE VIDA PARA OS USUÁRIOS DA INSTALAÇÃO. Fornecimento de Energia Elétrica Nos banheiros deverão ser instalados um disjuntor bifásico no quadro de energia existente de cada quadrante conforme projeto. Deste quadro sairá a alimentação para os banheiros.

Leia mais

Ar Condicionado Central VRF Ar de Confiança

Ar Condicionado Central VRF Ar de Confiança Impression TM Ar Condicionado Central VRF Ar de Confiança Impression Ar condicionado Central VRF Perfil do Produto A linha de produtos Impression é um novo conceito de condicionador de ar inteligente VRF

Leia mais

RELATÓRIO (outubro à dezembro)

RELATÓRIO (outubro à dezembro) RELATÓRIO (outubro à dezembro) Dando continuidade aos serviços de manutenção e conservação do condomínio, observa-se o proveito dos resultados dos esforços de toda a equipe de colaboradores, através da

Leia mais

Facilidades: OPTION PARA O SEU IMÓVEL FICAR COMO VOCÊ SEMPRE SONHOU, CONHEÇA E APROVEITE MAIS UM

Facilidades: OPTION PARA O SEU IMÓVEL FICAR COMO VOCÊ SEMPRE SONHOU, CONHEÇA E APROVEITE MAIS UM K I T S D E P E R S O N A L I Z A Ç Ã O OPTION PARA O SEU IMÓVEL FICAR COMO VOCÊ SEMPRE SONHOU, CONHEÇA E APROVEITE MAIS UM MUITO MAIS PRATICIDADE E PERSONALIDADE. SERVIÇO DA SOLUÇÃO COMPLETA EBM, O PERSONALITY

Leia mais

Projeto Arquitetônico: AUTORA: Arq. Eneida Aparecida da Silva AUTOR: Arq. Ronaldo José da Silva CREA-GO 14923/D

Projeto Arquitetônico: AUTORA: Arq. Eneida Aparecida da Silva AUTOR: Arq. Ronaldo José da Silva CREA-GO 14923/D MEMORIAL DESCRITIVO INFORMAÇÕES GERAIS Nome do empreendimento: Residencial Villaggio Amazonas Realização, Construção e Incorporação: SERCA CONSTRUTORA LTDA. Endereço do empreendimento: Rua Uirapuru, quadra

Leia mais

PLATAFORMA ELEVATÓRIA MODELO ACCESS BASIC ACIONAMENTO POR FUSO

PLATAFORMA ELEVATÓRIA MODELO ACCESS BASIC ACIONAMENTO POR FUSO PLATAFORMA ELEVATÓRIA MODELO ACCESS BASIC ACIONAMENTO POR FUSO PLATAFORMA ELEVATÓRIA MODELO ACCESS BASIC Indicação Indicada para permitir acesso a desníveis de até 2m. Acesso a mezaninos, entradas de edifícios

Leia mais

Padrão de Entrada. prof.arbex@gmail.com

Padrão de Entrada. prof.arbex@gmail.com Padrão de Entrada Professor Cristiano prof.arbex@gmail.com Introdução O objetivo deste material é orientar os projetistas no que se refere ao projeto e dimensionamento do padrão de entrada, de acordo com

Leia mais

Exemplo de uma planta de distribuição elétrica utilizando parte da simbologia acima.

Exemplo de uma planta de distribuição elétrica utilizando parte da simbologia acima. TOMADA NO PISO PONTO DE FORÇA 2 3 3w 4w INTERRUPTOR DE 1 SEÇÃO INTERRUPTOR DE 2 SEÇÕES INTERRUPTOR DE 3 SEÇÕES INTERRUPTOR THREE-WAY PARALELO INTERRUPTOR FR-WAY INTERMEDIÁRIO ACIONADOR DE CIGARRA CIGARRA

Leia mais

RECOMENDAÇÕES PARA INSTALADORES SISTEMAS DE DETECÇÃO E ALARME DE INCÊNDIO MODELO SAFIRA

RECOMENDAÇÕES PARA INSTALADORES SISTEMAS DE DETECÇÃO E ALARME DE INCÊNDIO MODELO SAFIRA RECOMENDAÇÕES PARA INSTALADORES SISTEMAS DE DETECÇÃO E ALARME DE INCÊNDIO MODELO SAFIRA 1. INSTALAÇÃO E INFRAESTRUTURA A Central de alarme e detecção de incêndio Safira exige cuidados importantes na hora

Leia mais

ESPECIFICAÇÕES DE MATERIAIS PROJETO DE INSTALAÇÕES ELÉTRICOS, ESPECIAIS E TELEFONE

ESPECIFICAÇÕES DE MATERIAIS PROJETO DE INSTALAÇÕES ELÉTRICOS, ESPECIAIS E TELEFONE ESPECIFICAÇÕES DE MATERIAIS PROJETO DE INSTALAÇÕES ELÉTRICOS, ESPECIAIS E TELEFONE Contratante: PEFORMANCE Obra: BANGU Local: RUA 405 RIO DE JANEIRO RJ Arquivo: PERFORMANCE 0-ELE-PE-2-DOC-ESPC Emissão

Leia mais

CONJUNTOS DE FACAS DE AR WINDJET

CONJUNTOS DE FACAS DE AR WINDJET CONJUNTOS DE FACAS WINDJET CONJUNTO DE FACAS WINDJET SOPRADORES CONJUNTOS DE FACAS WINDJET SUMÁRIO Página Visão geral dos pacotes de facas de ar Windjet 4 Soprador Regenerativo 4 Facas de ar Windjet 4

Leia mais

RECOMENDAÇÕES PARA REFORMA DE INSTALAÇÕES ELETRICAS TEATRO SERRADOR

RECOMENDAÇÕES PARA REFORMA DE INSTALAÇÕES ELETRICAS TEATRO SERRADOR RECOMENDAÇÕES PARA REFORMA DE INSTALAÇÕES ELETRICAS TEATRO SERRADOR Tel.: (021) 2583 6737 Fax.: (021) 2583 6737 Cel.: (021) 9159 4057 dsp@dsp-rj.com.br 1 / 9 Sumário 1 OBJETIVO... 3 2- NORMAS APLICÁVEIS...

Leia mais

CONDOMÍNIO LINK RESIDENCIAL MORUMBI MEMORIAL DESCRITIVO I ESPECIFICAÇÕES

CONDOMÍNIO LINK RESIDENCIAL MORUMBI MEMORIAL DESCRITIVO I ESPECIFICAÇÕES CONDOMÍNIO LINK RESIDENCIAL MORUMBI MEMORIAL DESCRITIVO I ESPECIFICAÇÕES 1. SEGURANÇA PATRIMONIAL E EMERGÊNCIA CONTROLE DE ACESSO DE VEÍCULOS E PEDESTRES Portão automatizado de acesso para veículos e pedestres

Leia mais

ÁREA TOTAL CASA: 67,50m² ÁREA DE INFILTRAÇÃO: 80,20m² ITEM ESPECIFICAÇÕES DOS SERVIÇOS

ÁREA TOTAL CASA: 67,50m² ÁREA DE INFILTRAÇÃO: 80,20m² ITEM ESPECIFICAÇÕES DOS SERVIÇOS ENDEREÇO: Rua nº 01 - Loteamento Maria Laura ÁREA TOTAL CASA: 67,50m² 1 INSTALAÇÃO DO CANTEIRO DE OBRA 1.1 Abrigo provisório de madeira executada na obra para alojamento e depósitos de materiais e ferramentas

Leia mais

ESTUDO DE ADEQUAÇÃO DO IMÓVEL LOCADO PELA UNIFESP CAMPUS GUARULHOS

ESTUDO DE ADEQUAÇÃO DO IMÓVEL LOCADO PELA UNIFESP CAMPUS GUARULHOS ESTUDO DE ADEQUAÇÃO DO IMÓVEL LOCADO PELA UNIFESP CAMPUS GUARULHOS Fevereiro 2013 Estudo de Viabilidade Situação Atual: Hoje o Campus de Guarulhos da UNIFESP abriga as escolas de Filosofia, Letras e Ciências

Leia mais

VOCÊ NÃO PRECISA ESCOLHER!

VOCÊ NÃO PRECISA ESCOLHER! VOCÊ NÃO PRECISA ESCOLHER! Fachada com tijolo tipo inglês rústico com revestimento que proporciona o conforto térmico e acústico. Ficha Técnica Tipologia da unidade privativa: Aptos de 4 ou 5 suítes

Leia mais

2 OBJETIVO DA CONTRATAÇÃO

2 OBJETIVO DA CONTRATAÇÃO ANEXO II TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE CONSULTORIA TÉCNICA PARA ELABORAR O PROJETO DE RENOVAÇÃO DOS SISTEMAS ELÉTRICOS PREDIAIS, EM NÍVEL EXECUTIVO, DO BLOCO B DA ESPLANADA DOS MINISTÉRIOS (SEDE

Leia mais

Macro Localização. Shop. D&D - 4 min. Etna /C&C 5 Min. Shop. Morumbi 6 min. Shop. Market Place 9 min

Macro Localização. Shop. D&D - 4 min. Etna /C&C 5 Min. Shop. Morumbi 6 min. Shop. Market Place 9 min LOCALIZAÇÃO Macro Localização Shop. D&D - 4 min Etna /C&C 5 Min Shop. Market Place 9 min Shop. Morumbi 6 min Futuras Estações Linha Lilás Estação Água Espraiada Estação Brooklin Campo Belo Micro Localização

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA SUMÁRIO CONTEÚDO PG.. Instalações Elétricas Gerais 02.1. Geral 02.2. Normas 02.3. Escopo de Fornecimento 02.4. Características Elétricas para Iluminação de Uso Geral 02.4.1. Geral 02.4.2. Tensões de Alimentação

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO PROPRIETÁRIO...AUTARQUIA MUNICIPAL DE TURISMO - GRAMADOTUR

MEMORIAL DESCRITIVO PROPRIETÁRIO...AUTARQUIA MUNICIPAL DE TURISMO - GRAMADOTUR MEMORIAL DESCRITIVO PROPRIETÁRIO...AUTARQUIA MUNICIPAL DE TURISMO - GRAMADOTUR OBJETO...CONTRATAÇÃO DE EMPRESA HABILITADA PARA REFORMA DAS INSTALAÇÕES ELÉTRICAS DOS PAVILHÕES 1 E 2 EVENTOS...CENTRO DE

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES Luminária para lâmpadas fluorescentes compactas, ou Luminária LED

MANUAL DE INSTRUÇÕES Luminária para lâmpadas fluorescentes compactas, ou Luminária LED 11/2013 MANUAL DE INSTRUÇÕES Luminária para lâmpadas fluorescentes compactas, ou Luminária LED O ventilador de teto Aliseu Duo oferece ao usuário alto desempenho de ventilação e baixo ruído. Foi desenvolvido

Leia mais

Gás LP x Energia Elétrica Aquecimento de água. Estudo comparativo feito pelo Instituto de Eletrotécnica e Energia da USP

Gás LP x Energia Elétrica Aquecimento de água. Estudo comparativo feito pelo Instituto de Eletrotécnica e Energia da USP x Energia Elétrica Aquecimento de água Estudo comparativo feito pelo Instituto de Eletrotécnica e Energia da USP Apresentação O projeto Análise de custos de infra-estrutura Análise de custos para o cliente

Leia mais