NCE/11/00516 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "NCE/11/00516 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos"

Transcrição

1 NCE/11/00516 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos NCE/11/00516 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos Decisão de Apresentação de Pronúncia ao Relatório da Comissão de Avaliação Externa 1. Tendo recebido o Relatório de Avaliação/Acreditação elaborado pela Comissão de Avaliação Externa relativamente ao novo ciclo de estudos Ergonomia 2. conferente do grau de Mestre 3. a ser leccionado na unidade orgânica (faculdade, escola, instituto, etc.) Faculdade De Motricidade Humana 4. a/o Universidade Técnica De Lisboa 5. decide: Apresentar pronúncia 6. Pronúncia (Português): Ver Ficheiro PDF em anexo 7. Pronúncia (Português e Inglês, PDF, máx. 100kB): (impresso na página seguinte) pág. 1 de 1

2 Anexos

3 Da leitura do relatório preliminar da CAE sobre o Mestrado em Ergonomia, gostaríamos de prestar alguns esclarecimentos relativos a aspetos que constituem recomendações de melhoria do ciclo de estudos proposto. Dos pontos do Relatório Preliminar (RP): Ponto 12.2 alíneas a) e b) (e pontos 3.1.4, 3.3.3) O curso estrutura-se na definição de ergonomia (da International Ergonomics Association, 2012) e na experiência acumulada dos cursos anteriores, tendo o atual plano curricular três domínios de intervenção. Sendo muito heterogénea a formação inicial dos candidatos, para o 1º semestre existem 4 unidades curriculares (UC) opcionais, organizadas em grupos de 2, com o intuito de responder à necessidade de aquisição de novas competências. Assim, os alunos que não provêm do 1º ciclo de Ergonomia, ou de formações similares, deverão optar por um dos seguintes pares de UC: Fundamentos de Ergonomia e Análise Ergonómica em Sistemas Complexos, Fundamentos de Ergonomia e Gestão da Prevenção ou Fundamentos de Ergonomia e Ergonomia Cognitiva. O primeiro par visa dotar os alunos de competências para prosseguir estudos no domínio de estudos em Fatores Humanos, o segundo par para o domínio de Segurança no Trabalho e o terceiro par para o domínio de Usabilidade e Experiência de Utilização. Os alunos que possuem uma formação de 1º ciclo em Ergonomia deverão optar por um par de entre as seguintes 3 UC: Ergonomia Cognitiva, Gestão da Prevenção e Análise Ergonómica em Sistemas Complexos. As UC opcionais do 2º semestre, do 1º ano, encontram-se condicionadas à seleção de um dos seguintes três domínios de especialização: 1) Fatores Humanos; 2) Segurança no Trabalho; 3) Usabilidade e Experiência de Utilização. 1) Domínio de estudos em Fatores Humanos Os estudantes que optarem pelo aprofundamento das competências no domínio de estudos em Fatores Humanos terão de selecionar o seguinte elenco de UC: Ergonomia na Organização do Trabalho, Gestão de Riscos Ocupacionais, Ergonomia Industrial, Epidemiologia em Ergonomia, Design de Sistemas Complexos e Usabilidade de Sistemas de Informação. O conjunto de UC obrigatórias e opcionais apresentado, preconiza uma formação segundo as recomendações internacionais do HETPEP (Harmonising European Trainning Programmes for the Ergonomics Profession), a qual constitui uma das condições de acesso ao título de Ergonomista Europeu atribuído pelo CREE (Centre for Registration of European Ergonomists). Esta estrutura curricular conduz a um perfil de saída objetivo orientado para completar o apetrechamento dos profissionais de Ergonomia para o exercício da prática ergonómica, resultante do aprofundamento de competências para desenvolver, coordenar e intervir em estudos no âmbito da otimização das condições de trabalho, da conceção de sistemas de produção e de produtos e da segurança, higiene e saúde no trabalho em contextos diversificados. Os objetivos específicos do plano de estudos deste domínio são: Aprofundar os conceitos, práticas, tendências e modelos da intervenção ergonómica; Aprofundar o conhecimento de métodos no âmbito da análise ergonómica do trabalho; Aprofundar o conhecimento de metodologias no âmbito da conceção de sistemas e de produtos; Aprofundar as competências de análise sistémica e integrada dos sistemas de trabalho na perspetiva da ergonomia; Aprofundar a capacidade para planear e implementar processos de transformação de sistemas de trabalho e de produtos; Visa ainda uma formação científica na área de Ergonomia que habilita ao desenvolvimento e concretização de trabalhos de investigação. A partir destes objetivos pretende-se que os alunos adquiram as seguintes competências: Dominar novas metodologias de análise ergonómica do trabalho e os requisitos da sua utilização; Dominar novas metodologias e ferramentas no âmbito da conceção de sistemas e produtos; Dominar os modelos de funcionamento dos sistemas e relacioná-los entre si; Dominar os modelos de planeamento e implementar processos de otimização das situações de trabalho;

4 Intervir, individualmente ou integrados em equipas multidisciplinares, com vista à melhoria das condições de trabalho. 2) Domínio de estudos em Segurança no Trabalho Os estudantes que optarem pelo aprofundamento das competências no domínio de estudos em Segurança no Trabalho terão de selecionar o seguinte elenco de UC: Ergonomia na Organização do Trabalho, Gestão de Riscos Ocupacionais, Higiene no Trabalho, Psicossociologia e Gestão das Organizações e Segurança do Trabalho. O conjunto de UC obrigatórias e opcionais apresentado preconiza uma formação segundo as recomendações da Autoridade para as Condições de Trabalho (ACT), para a obtenção do Certificado de Aptidão Profissional de Técnico Superior de Segurança e Higiene no Trabalho (nível V) e do título de Gestor Europeu de Segurança e Saúde no Trabalho, atribuído pela European Network of Safety and Health Professional Organisations. Esta estrutura curricular conduz a um perfil de saída objetivo orientado para preparar profissionais da área de gestão de riscos ocupacionais, nos vários setores de atividade, privilegiando a abordagem ergonómica das situações de trabalho. Os objetivos específicos do plano de estudos deste domínio são: - Proporcionar o domínio dos principais conceitos, práticas, tendências e modelos de análise, relacionados com a segurança do trabalhador e a gestão do risco ocupacional; - Desenvolver a capacidade para identificar novos riscos no domínio da segurança e saúde no trabalho, planear e implementar estratégias de resolução e/ou de investigação e respetiva divulgação; - Fomentar a capacidade de análise sistémica e integrada das questões relacionadas com segurança e saúde no trabalho; A partir destes objetivos pretende-se desenvolver as seguintes competências: - Dominar os processos de desenvolvimento e controlo das atividades de prevenção e proteção contra riscos ocupacionais. - Saber analisar de forma sistémica e integrada os problemas do domínio de SHT; - Ser capaz de planear e implementar estratégias para os resolver e/ou de investigar os problemas no domínio de SHT; - Dominar estratégias de participação em equipas multidisciplinares, com vista à melhoria das condições de SHT. 3) Domínio de estudos em Usabilidade e Experiência de Utilização Os estudantes que optarem pelo aprofundamento das competências no domínio de estudos em Usabilidade e Experiência de Utilização terão de optar pelo seguinte elenco de UC: Usabilidade de Sistemas de Informação, Pesquisa com Utilizadores, Acessibilidade, Design de Jogos Digitais, Design Emocional, Design de Sistemas de Gestão da Aprendizagem, Design de interfaces. Esta estrutura curricular conduz a um perfil de saída objetivo orientado para preparar profissionais com competências para o desenvolvimento de produtos e sistemas com elevado nível de usabilidade e experiência de utilização. Destina-se a profissionais com carreiras nas áreas da interação homem-computador; usabilidade de sistemas, user experience, desenvolvimento de sistemas ubíquos e investigação científica. Os objetivos específicos do plano de estudos deste domínio são: - Proporcionar o domínio dos principais conceitos, práticas, tendências e modelos de análise, relacionados com a usabilidade e experiência de utilização; - Desenvolver soluções de design centrado no utilizador; - Fomentar a capacidade de análise sistémica e integrada dos problemas relacionados com a usabilidade e experiência de utilização. Com os objetivos específicos indicados pretende-se desenvolver as seguintes competências: - Ser capaz de planear e gerir o processo de design centrado no utilizador, junto das organizações; - Ser capaz de identificar e caraterizar os requisitos referentes às organizações e aos potenciais utilizadores para o desenvolvimento de produto; - Conceber soluções de design centrado no utilizador, que proporcionem uma boa experiência de utilização; - Dominar o processo de avaliação a usabilidade de sistemas complexos e de produtos; - Dominar estratégias de participação em equipas multidisciplinares, com vista à melhoria da usabilidade e experiência de utilização. Ponto 12.2 alínea c)

5 No que respeita aos comentários apresentados neste ponto, cumpre-nos informar: 1) várias UC têm prevista ligação às empresas protocoladas com a FMH, através da realização de trabalhos de campo, visitas de estudo e workshops com os profissionais das mesmas; 2) no seguimento desta ligação às empresas, no primeiro ano do ciclo de estudos, prevê-se, no segundo ano, aquando da elaboração de dissertações, a realização de trabalho de campo para recolha de dados, o qual assumirá um formato idêntico a um estágio profissional, contribuindo para a realização da tese. No entanto, será equacionada a possibilidade dos ECTS do 2º ano poderem ser cumpridos sob a forma de um estágio profissional, como alternativa, correspondendo à discussão pública de um relatório de estágio. Ponto 12.2 alínea d) (e ponto 4.6) Tem sido uma preocupação do grupo de docentes a publicação em revistas internacionais com fator de impacto. Em 2012, já temos publicados 11 artigos em revistas desta natureza. Trata-se de um processo evolutivo para o qual a nova dinâmica do mestrado dará o seu contributo. Ponto A área disciplinar de Psicologia e Comportamento Motor existente na Faculdade de Motricidade Humana enquadra a maioria das disciplinas de Ergonomia pelo que a componente da psicologia no curso está sempre presente. No que se refere à área da biologia humana, os nossos candidatos provêm predominantemente da área da saúde. Ponto 6.6 Existe um grupo de investigação do CIPER designado Human Factors onde a investigação em ergonomia é enquadrada. Ponto 8.6 Em 2011 foi criado na FMH um observatório de empregabilidade que prevê o acompanhamento dos diplomados de 1º e 2º ciclo, não havendo ainda, neste momento, dados disponíveis. Pontos 9.4 e 9.6 Seguiram-se os princípios estabelecidos pelo Conselho Científico para que exista a uniformização de todos os mestrados da FMH em relação a critérios e parâmetros de cálculo. Pontos e As recomendações relativas: - À alteração da designação da UC Noções de Probabilidades e Estatística está a ser analisada pelos professores da área científica dos métodos matemáticos, juntamente com o conselho científico da FMH. - Ao peso excessivo do exame final em algumas disciplinas, estão a ser consideradas no sentido de se incluir a realização de trabalhos práticos centrados na resolução de problemas. Inglês Regarding the preliminary CAE report of the Master in Ergonomics, we would like to render some explanations about the aspects pointed out in the improvement recommendations for this study cycle. From the preliminary report: Point 12.2 a) and b) (and points 3.1.4, 3.3.3) This course is structured in the Ergonomics definition (from the International Ergonomics Association, 2012) and in the accumulated experience of previous courses, having the actual plan of disciplines three domains of intervention. Like the candidates initial training is very heterogeneous, for the first semester there are four optional UC, organized in groups of two, in order to acquire new competencies. Thus the candidates that didn t have a

6 first cycle in Ergonomics, or similar trainings, must chose one of the following pairs of disciplines: Ergonomics Fundamentals and Ergonomic Analysis in Complex Systems, Ergonomics Fundamentals and Prevention Management or Ergonomics Fundamentals and Cognitive Ergonomics. The first pair aims to give the students the skills to pursuit studies in the Human Factors domain, the second pair in the Safety at Work domain and the third pair in the Usability and User Experience domain. The students that already have the first cycle in Ergonomics must chose a pair between the following 3 UC: Cognitive Ergonomics, Prevention Management and Ergonomic Analysis in Complex Systems. The optional disciplines of the first year s second semester are conditioned to the selection of one of the following three areas of specialization: 1) Human Factors; 2) Safety at Work; 3) Usability and User Experience. 1) Human Factors studies domain Students who opt for further development of skills in the Human Factors domain will need to select the following set of UC: Ergonomics in Work Organisation, Management of Occupational Risks, Industrial Ergonomics, Epidemiology in Ergonomics, Design of Complex Systems and Usability of Information Systems. The set of curricular units it s in accordance with HETPEP (Harmonising European Training Programmes for the Ergonomics Profession), being one of the requirements to access to European Ergonomic title assigned by CREE (Centre for Registration of European Ergonomists). This curriculum leads to a precise output profile, oriented to complete and deepen the knowledge of ergonomics practitioners in what concerns to develop, coordinate and act in optimizing the work conditions, in design of production systems and products, in safety, hygiene and health at work in different contexts. The specific objectives of the syllabus in this domain are: To deepen the concepts, practices, trends and models of ergonomic intervention; To deepen the knowledge of methods in the domain of ergonomic work analysis; To deepen the knowledge of methodologies in the domain of design of systems and products; To deepen the systemic and integrated analysis skills of work systems in an ergonomic perspective; To deepen the ability of plan and implement change processes on work systems and products. This study plan has also the aim of prepare students to execute research studies in the scientific area of ergonomics. From these objectives it is intended that students acquire the following skills: Dominate new methods of ergonomic work analysis and requirements for their use; Dominate new methods and instruments in what concerns the design of systems and products; Dominate systems functioning models and relate them to each other; Dominate planning models and execute optimizing processes of work situations; Acting, individually or integrated in multidisciplinary teams, with the aim of improve work conditions. 2) Safety at Work studies domain Students choosing to strength their skills on safety at work domain should take the following optional disciplines: Ergonomics in Work Organization, Occupational Hygiene, Psychosociology and Organizations Management, and Safety at Work. The complete set of disciplines is in accordance with the training profile recommended by the Portuguese Authority for the Working Conditions (ACT), in order to obtain the title of Superior Health & Safety Technician (Level V), as well as the title of EurOSHM (European Occupational Safety and Health Manager) from the European Network of Safety and Health Professional Organisations. The course structure is oriented to prepare high level professionals in the domain of occupational risk management to work in different activity sectors, using the ergonomics approach of the work situations. The specific objectives of this particular study domain are: To provide the students with the main concepts, practices, trends and analysis models related to the worker s safety and the occupational risk management; To develop the ability to identify new occupational health & safety risks, to plan and implement solving and/or researching strategies, and to communicate them to the stakeholders; To promote the ability to analyse all occupational health & safety issues in a systemic and integrated way. At the end of the course, students should be able:

7 - To master the processes of developing and controlling both prevention and protection against occupational risks; - To analyse health & safety issues in a systemic and integrated way; - To plan and implement strategies to solve and/or research occupational & health issues; - To master strategies of participation in multidisciplinary teams, regarding the improvement of occupational health & safety conditions. 3) Usability and User Experience studies domain - Students who choose for competence development in Usability and User Experience domain, will have to select the following UC: Usability of Information Systems, User Research, Accessibility, Digital Games Design, Emotional Design, Design E-Learning Systems, Interface Design. This curriculum structure leads to an output profile oriented to prepare professionals with competencies, to develop products and systems with a high level of usability and user experience. It is intended for professionals with careers in the areas of human-computer interaction, systems usability, user experience, development of ubiquitous systems and scientific research. The specific objectives of this syllabus are: - Provide the domain of the main concepts, practices, trends and analysis models, related to usability and user experience; - Develop solutions for user-centered design; - Promote the capacity of systemic and integrated analysis of the problems, related to usability and user experience. These specific objectives, will develop the following competencies: - Be able to plan and manage the organizations process of user-centered design, in the organizations; - Be able to identify and characterize the requirements of the organizations and the potential users, for product development; - Design solutions of user-centered design, providing a good user experience; - Mastering the process of evaluating the usability of complex systems and products; - Mastering strategies for participation in multidisciplinary teams, to improve usability and user experience. Point 12.2 c) 1) Several UC have a link with some companies that have a protocol with FMH, namely through the realization of fieldwork, visits and workshops with their professionals; 2) following this connection with companies in the first year, in the second year it is previewed fieldwork to data collection, with a similar format of a professional stage, contributing for the thesis. However, the possibility of the second year s ECTS being accomplished, in alternative, with a professional stage is being considered, corresponding to the public discussion of a stage report. Point 12.2 d) (and point 4.6) It has been a preoccupation of the teaching staff the publication in international journals with impact factor. In 2012 we have already published 11 papers in such journals. It is an evolutionary process, to which, the dynamic of this new course will contribute. Point The scientific area of Psychology and Motor Behaviour that exist in FMH fits the majority of the Ergonomics disciplines, whereby the psychology component is always present. Regarding Human Biology area, our candidates come predominantly from the health domain. Point 6.6 There exists a Human Factors research group in CIPER where the research in Ergonomics is framed. Point 8.6 In 2011 it has been created in FMH an employability observatory that intends to follow the first and second cycle graduates, but in this moment data is not yet available.

8 Points 9.4 and 9.6 The principles established by the Scientific Council were followed to ensure the standardization of all FMH second cycle courses, regarding criteria and calculation parameters. Points and Recommendations regarding: - The change of the UC name Fundamentals of Probability and Statistics is being considered by the teaching staff of the Mathematical Methods area jointly with the FMH Scientific Council. - The excessive weight in evaluation of the final exam in some disciplines, are being considered, trying to include practical work centred in problems resolution.

NCE/09/00492 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos

NCE/09/00492 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos NCE/09/00492 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos NCE/09/00492 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos Decisão de Apresentação de Pronúncia ao Relatório da

Leia mais

SUPLEMENTO AO DIPLOMA DA UNIVERSIDADE DO MINHO (MESTRADO EM ENGENHARIA URBANA) (2º CICLO)

SUPLEMENTO AO DIPLOMA DA UNIVERSIDADE DO MINHO (MESTRADO EM ENGENHARIA URBANA) (2º CICLO) SUPLEMENTO AO DIPLOMA DA UNIVERSIDADE DO MINHO (MESTRADO EM ENGENHARIA URBANA) (2º CICLO) 1 Principal(ais) área(s) de estudo da qualificação: Engenharia Civil - Planeamento Urbanístico Engenharia Civil

Leia mais

2. Conhecer a diversidade e complexidade de temáticas que podem ser abrangidas por esta área de conhecimento.

2. Conhecer a diversidade e complexidade de temáticas que podem ser abrangidas por esta área de conhecimento. Ficha de Unidade Curricular 1. Unidade curricular / Curricular Unit Psicologia Geral / General Psychology 2. Designação do Ciclo de Estudos em que se insere a Unidade Curricular (com semestre e ano lectivo)

Leia mais

Hidráulica Urbana. Urban Hydraulics. Semestre do plano de estudos 2

Hidráulica Urbana. Urban Hydraulics. Semestre do plano de estudos 2 Nome UC Hidráulica Urbana CU Name Código UC 725 Curso MEC Semestre do plano de estudos 2 Área científica Engenharia Civil Duração Semestral Horas de trabalho 164 ECTS 6 Horas de contacto T - 22,5; PL -

Leia mais

Ficha de unidade curricular Curso de Doutoramento

Ficha de unidade curricular Curso de Doutoramento Ficha de unidade curricular Curso de Doutoramento Unidade curricular História do Direito Português I (Doutoramento - 1º semestre) Docente responsável e respectiva carga lectiva na unidade curricular Prof.

Leia mais

ACEF/1112/04062 Decisão de apresentação de pronúncia

ACEF/1112/04062 Decisão de apresentação de pronúncia ACEF/1112/04062 Decisão de apresentação de pronúncia ACEF/1112/04062 Decisão de apresentação de pronúncia Decisão de Apresentação de Pronúncia ao Relatório da Comissão de Avaliação Externa 1. Tendo recebido

Leia mais

Mestrado em Ciências Jurídicas Especialização em História do Direito 2015-16

Mestrado em Ciências Jurídicas Especialização em História do Direito 2015-16 Mestrado em Ciências Jurídicas Especialização em História do Direito Unidade curricular História do Direito Português I (1º sem). Docente responsável e respectiva carga lectiva na unidade curricular Prof.

Leia mais

NCE/11/01206 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos

NCE/11/01206 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos NCE/11/01206 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos NCE/11/01206 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos Decisão de Apresentação de Pronúncia ao Relatório da

Leia mais

Semestre do plano de estudos 1

Semestre do plano de estudos 1 Nome UC Inglês CU Name Código UC 6 Curso LEC Semestre do plano de estudos 1 Área científica Gestão Duração Semestral Horas de trabalho 54 ECTS 2 Horas de contacto TP - 22,5 Observações n.a. Docente responsável

Leia mais

NCE/09/01342 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos

NCE/09/01342 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos NCE/09/01342 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos NCE/09/01342 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos Decisão de Apresentação de Pronúncia ao Relatório da

Leia mais

ACEF/1112/02477 Decisão de apresentação de pronúncia

ACEF/1112/02477 Decisão de apresentação de pronúncia ACEF/1112/02477 Decisão de apresentação de pronúncia ACEF/1112/02477 Decisão de apresentação de pronúncia Decisão de Apresentação de Pronúncia ao Relatório da Comissão de Avaliação Externa 1. Tendo recebido

Leia mais

Ficha de Unidade Curricular Ano letivo 2014/15

Ficha de Unidade Curricular Ano letivo 2014/15 Ficha de Unidade Curricular Ano letivo 2014/15 Unidade curricular: / Curricular Unit: Sociologia da Comunicação Sociology of Communication Docente responsável e respectivas horas de contacto na unidade

Leia mais

FICHAS DE UNIDADES CURRICULARES

FICHAS DE UNIDADES CURRICULARES FICHAS DE UNIDADES CURRICULARES a. Unidade curricular Course unit title: Construção da Imagem Fílmica Construction of the Filmic Image Código: 01343927 Code: 01343927 b. ECTS: 5.0 c. Horas de contacto

Leia mais

Ficha de Unidade Curricular Ano letivo 2014/2015

Ficha de Unidade Curricular Ano letivo 2014/2015 6.2.1.1. Unidade curricular: Curricular Unit: Ficha de Unidade Curricular Ano letivo 2014/2015 Design de Interface Interface Design 6.2.1.2. Docente responsável e respectivas horas de contacto na unidade

Leia mais

NCE/10/00806 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos

NCE/10/00806 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos NCE/10/00806 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos NCE/10/00806 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos Decisão de Apresentação de Pronúncia ao Relatório da

Leia mais

Construção, Território e Ambiente. Construction, Planning and Environment. Semestre do plano de estudos 2

Construção, Território e Ambiente. Construction, Planning and Environment. Semestre do plano de estudos 2 Nome UC Construção, Território e Ambiente CU Name Código UC 11 Curso LEC Semestre do plano de estudos 2 Área científica Engenharia Civil Duração Semestral Horas de trabalho 95 ECTS 3.5 Horas de contacto

Leia mais

Informática e Programação. Computer Science and Programming. Semestre do plano de estudos 1

Informática e Programação. Computer Science and Programming. Semestre do plano de estudos 1 Nome UC Informática e Programação CU Name Código UC 4 Curso LEC Semestre do plano de estudos 1 Área científica Informática Duração Semestral Horas de trabalho 135 ECTS 5 Horas de contacto TP - 67,5 Observações

Leia mais

SAÚDE GLOBAL, SAÚDE DAS POPULAÇÕES E DETERMINANTES SOCIAIS / GLOBAL HEALTH, POPULATION HEALTH AND SOCIAL DETERMINANTS

SAÚDE GLOBAL, SAÚDE DAS POPULAÇÕES E DETERMINANTES SOCIAIS / GLOBAL HEALTH, POPULATION HEALTH AND SOCIAL DETERMINANTS SAÚDE GLOBAL, SAÚDE DAS POPULAÇÕES E DETERMINANTES SOCIAIS / GLOBAL HEALTH, POPULATION HEALTH AND SOCIAL DETERMINANTS 1. Unidade curricular: Saúde global, saúde das populações e determinantes sociais /

Leia mais

Ficha da Unidade Curricular

Ficha da Unidade Curricular ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO DE FELGUEIRAS Ficha da Unidade Curricular CURSO Mestrado em U.C. SISTEMAS INTEGRADOS DE Gestão Integrada da Qualidade,Ambiente e Segurança GESTÃO Horas presenciais

Leia mais

Ficha de Unidade Curricular

Ficha de Unidade Curricular 6.2.1.1. Unidade curricular: Curricular Unit: Ficha de Unidade Curricular Comunicação Multimédia (Desenvolvimento) Multimedia Communication (Development) 6.2.1.2. Docente responsável e respectivas horas

Leia mais

NCE/13/00986 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos

NCE/13/00986 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos NCE/13/00986 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos NCE/13/00986 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos Decisão de Apresentação de Pronúncia ao Relatório da

Leia mais

ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO DE FELGUEIRAS

ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO DE FELGUEIRAS Curricular Unit Plan ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO DE FELGUEIRAS CURSO Licenciatura em Engenharia Informática U.C. GESTÃO DE PROJECTOS INFORMÁTICOS Horas presenciais / Ano 56 Ano Lectivo 2010

Leia mais

Ficha da Unidade Curricular

Ficha da Unidade Curricular ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO DE FELGUEIRAS CURSO Licenciatura em Engenharia Informática U.C. FÍSICA APLICADA Ficha da Unidade Curricular Horas presenciais / Ano 56 Ano Lectivo 2010 / 2011 Horas

Leia mais

Serviço Social VII: Administração e gestão de serviços sociais. 6 ECTS Social work VII: Social services administration and management

Serviço Social VII: Administração e gestão de serviços sociais. 6 ECTS Social work VII: Social services administration and management Ficha de Unidade Curricular [FUC] 1. Unidade curricular / Curricular Unit (com ECTS) Serviço Social VII: Administração e gestão de serviços sociais 6 ECTS Social work VII: Social services administration

Leia mais

Course Computer Science Academic year 2012/2013 Subject Social Aspects of Computers ECTS 5

Course Computer Science Academic year 2012/2013 Subject Social Aspects of Computers ECTS 5 Course Computer Science Academic year 2012/2013 Subject Social Aspects of Computers ECTS 5 Type of course Compulsory Year 2º Semester 2nd sem Student Workload: Professor(s) Natalia Gomes, Ascensão Maria

Leia mais

User interface evaluation experiences: A brief comparison between usability and communicability testing

User interface evaluation experiences: A brief comparison between usability and communicability testing User interface evaluation experiences: A brief comparison between usability and communicability testing Kern, Bryan; B.S.; The State University of New York at Oswego kern@oswego.edu Tavares, Tatiana; PhD;

Leia mais

Capital Humano e Capital Social: Construir Capacidades para o Desenvolvimento dos Territórios

Capital Humano e Capital Social: Construir Capacidades para o Desenvolvimento dos Territórios UNIVERSIDADE DE LISBOA FACULDADE DE LETRAS DEPARTAMENTO DE GEOGRAFIA Capital Humano e Capital Social: Construir Capacidades para o Desenvolvimento dos Territórios Sandra Sofia Brito da Silva Dissertação

Leia mais

Ficha da Unidade Curricular

Ficha da Unidade Curricular ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO DE FELGUEIRAS CURSO Licenciatura em Engenharia Informática U.C. SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Ficha da Unidade Curricular Horas presenciais / Ano 56 Ano Lectivo 2010 / 2011

Leia mais

Analysis, development and monitoring of business processes in Corporate environment

Analysis, development and monitoring of business processes in Corporate environment Analysis, development and monitoring of business processes in Corporate environment SAFIRA is an IT consulting boutique known for transforming the way organizations do business, or fulfil their missions,

Leia mais

Proposta de Criação do Mestrado em Gestão Logística. III - Informação Relativa ao Suplemento ao Diploma

Proposta de Criação do Mestrado em Gestão Logística. III - Informação Relativa ao Suplemento ao Diploma Proposta de Criação do Mestrado em Logística III - Informação Relativa ao Suplemento ao Diploma De acordo com o Despacho RT 41/2005 de 19 de Setembro Universidade do Minho Escola de Economia e Departamento

Leia mais

FICHA DE UNIDADE CURRICULAR (UC)

FICHA DE UNIDADE CURRICULAR (UC) FICHA DE UNIDADE CURRICULAR (UC) Ano letivo 2014/2015 Ano/Semestre curricular 2º ano/3º semestre Unidade Curricular [designação e tipo/se é do tipo obrigatório ou optativo] (máx100 caracteres) Língua de

Leia mais

SUPLEMENTO AO DIPLOMA DA UNIVERSIDADE DO MINHO MESTRADO EM CONSTRUÇÃO E REABILITAÇÃO SUSTENTÁVEIS (2º CICLO)

SUPLEMENTO AO DIPLOMA DA UNIVERSIDADE DO MINHO MESTRADO EM CONSTRUÇÃO E REABILITAÇÃO SUSTENTÁVEIS (2º CICLO) SUPLEMENTO AO DIPLOMA DA UNIVERSIDADE DO MINHO MESTRADO EM CONSTRUÇÃO E REABILITAÇÃO SUSTENTÁVEIS (2º CICLO) 1 Principal(ais) área(s) de estudo da qualificação: Engenharia Civil 2 Língua(s) de aprendizagem/avaliação:

Leia mais

Digital Cartographic Generalization for Database of Cadastral Maps

Digital Cartographic Generalization for Database of Cadastral Maps Mariane Alves Dal Santo marianedalsanto@udesc.br Francisco Henrique de Oliveira chicoliver@yahoo.com.br Carlos Loch cloch@ecv.ufsc.br Laboratório de Geoprocessamento GeoLab Universidade do Estado de Santa

Leia mais

design para a inovação social

design para a inovação social design para a inovação social mestrado em design - 15 16 universidade de aveiro gonçalo gomes março de 2016 s.1 ergonomia ergonomia > definição Ergonomia A ergonomia (do grego "ergon": trabalho; e "nomos":

Leia mais

Estudar o Inglês Quando a Língua Materna é o Português/ Studying English as a Portuguese Native Speaker

Estudar o Inglês Quando a Língua Materna é o Português/ Studying English as a Portuguese Native Speaker Ficha de Unidade Curricular [FUC] 1 1. Unidade curricular / Curricular Unit Estudar o Inglês Quando a Língua Materna é o Português/ Studying English as a Portuguese Native Speaker 2. Designação do Ciclo

Leia mais

Transportes. Transportation. Semestre do plano de estudos 1

Transportes. Transportation. Semestre do plano de estudos 1 Nome UC Transportes CU Name Código UC 706 Curso MEC Semestre do plano de estudos 1 Área científica Engenharia Civil Duração Semestral Horas de trabalho 120 ECTS 4.5 Horas de contacto T - 22,5; TP - 22,5

Leia mais

Mecânica dos Sólidos III. Solid Mechanics III. Semestre do plano de estudos 3

Mecânica dos Sólidos III. Solid Mechanics III. Semestre do plano de estudos 3 Nome UC Mecânica dos Sólidos III CU Name Código UC 721 Curso MEC Semestre do plano de estudos 3 Área científica Engenharia Civil Duração Semestral Horas de trabalho 130 ECTS 5 Horas de contacto TP 45 Observações

Leia mais

ACEF/1314/18522 Decisão de apresentação de pronúncia

ACEF/1314/18522 Decisão de apresentação de pronúncia ACEF/131/18522 Decisão de apresentação de pronúncia ACEF/131/18522 Decisão de apresentação de pronúncia Decisão de Apresentação de Pronúncia ao Relatório da Comissão de Avaliação Externa 1. Tendo recebido

Leia mais

CEF/0910/25706 Decisão de Apresentação de Pronúncia (Univ) - Ciclo de estudos em funcionamento

CEF/0910/25706 Decisão de Apresentação de Pronúncia (Univ) - Ciclo de estudos em funcionamento CEF/0910/25706 Decisão de Apresentação de Pronúncia (Univ) - Ciclo de estudos em funcionamento CEF/0910/25706 Decisão de Apresentação de Pronúncia (Univ) - Ciclo de estudos em funcionamento Decisão de

Leia mais

A meus pais, Ari e Célia, sempre presentes, todo o meu amor incondicional!

A meus pais, Ari e Célia, sempre presentes, todo o meu amor incondicional! ii A meus pais, Ari e Célia, sempre presentes, todo o meu amor incondicional! iii Agradeço à Deus, esta força maior, pela vida, pela sabedoria e pelo amor. Mas, sobretudo, por me ensinar saber fazer ser

Leia mais

UAb Session on Institutional Change Students and Teachers. Lina Morgado

UAb Session on Institutional Change Students and Teachers. Lina Morgado UAb Session on Institutional Change Students and Teachers Lina Morgado Lina Morgado l SUMMARY 1 1. Pedagogical Model : Innovation Change 2. The context of teachers training program at UAb.pt 3. The teachers

Leia mais

Usabilidade e Ergonomia. Usabilidade de Software. Ergonomia. Usabilidade. Ergonomia (International Ergonomics Association em 2000)

Usabilidade e Ergonomia. Usabilidade de Software. Ergonomia. Usabilidade. Ergonomia (International Ergonomics Association em 2000) Usabilidade e Ergonomia Usabilidade de Software INF01043 Interação Homem-Computador 2006/2 Ergonomia (International Ergonomics Association em 2000) Ergonomics (or human factors) is the scientific discipline

Leia mais

Erasmus Student Work Placement

Erasmus Student Work Placement Erasmus Student Work Placement EMPLOYER INFORMATION Name of organisation Address Post code Country SPORT LISBOA E BENFICA AV. GENERAL NORTON DE MATOS, 1500-313 LISBOA PORTUGAL Telephone 21 721 95 09 Fax

Leia mais

NCE/12/00061 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos

NCE/12/00061 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos NCE/12/00061 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos NCE/12/00061 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos Decisão de Apresentação de Pronúncia ao Relatório da

Leia mais

NCE/11/00726 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos

NCE/11/00726 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos NCE/11/00726 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos NCE/11/00726 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos Decisão de Apresentação de Pronúncia ao Relatório da

Leia mais

Project Management Activities

Project Management Activities Id Name Duração Início Término Predecessoras 1 Project Management Activities 36 dias Sex 05/10/12 Sex 23/11/12 2 Plan the Project 36 dias Sex 05/10/12 Sex 23/11/12 3 Define the work 15 dias Sex 05/10/12

Leia mais

As Novas Tecnologias como componente da. Formação, de 1º ciclo, em Serviço Social

As Novas Tecnologias como componente da. Formação, de 1º ciclo, em Serviço Social Instituto Superior Miguel Torga Escola Superior de Altos Estudos Cláudia Sofia da Costa Duarte As Novas Tecnologias como componente da Formação, de 1º ciclo, em Serviço Social Dissertação de Mestrado em

Leia mais

Universidade do Minho. Escola de Engenharia. UC transversais Programas Doutorais 1º semestre 2012-13. 11 de outubro 2012

Universidade do Minho. Escola de Engenharia. UC transversais Programas Doutorais 1º semestre 2012-13. 11 de outubro 2012 Universidade do Minho Escola de Engenharia UC transversais Programas Doutorais 1º semestre 2012-13 11 de outubro 2012 1 2 2 courses offered in the first semestre: Métodos de Investigação em Engenharia

Leia mais

ACEF/1112/12687 Guião para a auto avaliação

ACEF/1112/12687 Guião para a auto avaliação ACEF/1112/12687 Guião para a auto avaliação Caracterização do ciclo de estudos. A1. Instituição de ensino superior / Entidade instituidora: ISPA, Crl A1.a. Descrição da instituição de ensino superior /

Leia mais

PROPRIEDADE INDUSTRIAL E CONCORRÊNCIA DESLEAL

PROPRIEDADE INDUSTRIAL E CONCORRÊNCIA DESLEAL PROPRIEDADE INDUSTRIAL E CONCORRÊNCIA DESLEAL / INDUSTRIAL PROPERTY AND UNFAIR COMPETITION provisório ELEMENTOS DA DISCIPLINA / COURSE DETAILS Docência/ Faculty Evaristo Mendes Ano Lectivo / Academic year:

Leia mais

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE EDUCAÇÃO JOÃO FÁBIO PORTO. Diálogo e interatividade em videoaulas de matemática

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE EDUCAÇÃO JOÃO FÁBIO PORTO. Diálogo e interatividade em videoaulas de matemática UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE EDUCAÇÃO JOÃO FÁBIO PORTO Diálogo e interatividade em videoaulas de matemática São Paulo 2010 JOÃO FÁBIO PORTO Diálogo e interatividade em videoaulas de matemática

Leia mais

Gestão e Análise Financeira. Managment and Financial Analysis. Semestre do plano de estudos 5

Gestão e Análise Financeira. Managment and Financial Analysis. Semestre do plano de estudos 5 Nome UC Gestão e Análise Financeira CU Name Código UC 28 Curso LEC Semestre do plano de estudos 5 Área científica Gestão Duração Semestral Horas de trabalho 106 ECTS 4 Horas de contacto T - 22,5; TP -

Leia mais

Unidade curricular: Sistemas de Informação para a Gestão Nº horas: 75 ECTS: 7 1.º ano

Unidade curricular: Sistemas de Informação para a Gestão Nº horas: 75 ECTS: 7 1.º ano Licenciatura em Gestão (1º ciclo) First Cycle Degree in Management Unidade curricular: Sistemas de Informação para a Gestão Nº horas: 75 ECTS: 7 1.º ano Curricular Unit: Information Systems for Management

Leia mais

PROGRAMA DAS UNIDADES CURRICULARES

PROGRAMA DAS UNIDADES CURRICULARES 1. Unidade Curricular (máx. 100 caracteres) Modelação de Dados Curricular Unit (máx. 100 caracteres) Data Modelling 2. Ciclo de Estudos (máx. 100 caracteres) Comunicação e Design Multimédia Study Cycle

Leia mais

Topografia Aplicada. Applied Topography. Semestre do plano de estudos 1

Topografia Aplicada. Applied Topography. Semestre do plano de estudos 1 Nome UC Topografia Aplicada CU Name Código UC 736 Curso MEC Semestre do plano de estudos 1 Área científica Engenharia Civil Duração Semestral Horas de trabalho 124 ECTS 4.5 Horas de contacto T - 22,5;

Leia mais

TUTORIA INTERCULTURAL NUM CLUBE DE PORTUGUÊS

TUTORIA INTERCULTURAL NUM CLUBE DE PORTUGUÊS UNIVERSIDADE DE LISBOA FACULDADE DE PSICOLOGIA E DE CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO TUTORIA INTERCULTURAL NUM CLUBE DE PORTUGUÊS SANDRA MARIA MORAIS VALENTE DISSERTAÇÃO DE MESTRADO EM CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO Área de

Leia mais

Ficha de unidade curricular Curso de Mestrado Científico

Ficha de unidade curricular Curso de Mestrado Científico Ficha de unidade curricular Curso de Mestrado Científico Unidade curricular Direito Constitucional I Docente responsável e respetiva carga letiva na unidade curricular José Alberto de Melo Alexandrino

Leia mais

e-lab: a didactic interactive experiment An approach to the Boyle-Mariotte law

e-lab: a didactic interactive experiment An approach to the Boyle-Mariotte law Sérgio Leal a,b, João Paulo Leal a,c Horácio Fernandes d a Departamento de Química e Bioquímica, FCUL, Lisboa, Portugal b Escola Secundária com 3.º ciclo Padre António Vieira, Lisboa, Portugal c Unidade

Leia mais

Estereoscopia Digital no Ensino da Química AGRADECIMENTOS

Estereoscopia Digital no Ensino da Química AGRADECIMENTOS AGRADECIMENTOS O findar desta dissertação é o momento indicado para agradecer ao Professor Doutor João Carlos de Matos Paiva pela sua grande ajuda, pela disponibilidade sempre manifestada, pelo seu empenho

Leia mais

A COMUNICAÇÃO NA TRANSIÇÃO PARA CUIDADOS PALIATIVOS:

A COMUNICAÇÃO NA TRANSIÇÃO PARA CUIDADOS PALIATIVOS: BIOÉTICA ANA BERNARDO SEARA CARDOSO A COMUNICAÇÃO NA TRANSIÇÃO PARA CUIDADOS PALIATIVOS: UM ESTUDO EXPLORATÓRIO DA REALIDADE PORTUGUESA Resumo da dissertação apresentada para a obtenção do grau de Mestre

Leia mais

Marketing e Publicidade / Marketing and Advertising (5,5 ECTS)

Marketing e Publicidade / Marketing and Advertising (5,5 ECTS) Ficha de Unidade Curricular [FUC] 1. Unidade curricular / Curricular Unit Marketing e Publicidade / Marketing and Advertising (5,5 ECTS) 2. Designação do Ciclo de Estudos em que se insere a Unidade Curricular

Leia mais

Pré-Inscrição On-line» [Versão em português] Online Registration» [English version] Programa Syllabus

Pré-Inscrição On-line» [Versão em português] Online Registration» [English version] Programa Syllabus Pré-Inscrição On-line» [Versão em português] Online Registration» [English version] Programa Syllabus Código Code Unidade Curricular Course Unit Português para Estrangeiros nível intermédio B Portuguese

Leia mais

The Brazil United States Consumer Product Safety Conference Brazil United States Joint Press Statement June 10, 2011 Rio de Janeiro, Brazil Common Interests Ensuring a high level of consumer product safety

Leia mais

4. PLACEMENT OFFERED Number of Placement offered: Two places in the Romantic Museum of Macieirinha Farm.

4. PLACEMENT OFFERED Number of Placement offered: Two places in the Romantic Museum of Macieirinha Farm. 1. COMPANY Porto City Hall - www.cm-porto.pt Municipal Department of Museums and Cultural Heritage 2. LOCATION Rua Entre Quintas, 219 4050-240 Porto Portugal 3. MAIN ACTIVITY The Municipal Department of

Leia mais

Ficha das Unidades Curriculares (UC)

Ficha das Unidades Curriculares (UC) Ficha das Unidades Curriculares (UC) Ano letivo/ Semestre: 1º ano, 2º semestre Programa Doutoral em: Sociologia 1. Unidade Curricular: Ciência na sociedade optatitva 2. Docente Responsável Horas de contato

Leia mais

Lorena Crusellas Socióloga e Presidente da Associação Prevenir. Marta Costa da Cruz Psicóloga Clínica e Adjunta da Direção da Associação Prevenir

Lorena Crusellas Socióloga e Presidente da Associação Prevenir. Marta Costa da Cruz Psicóloga Clínica e Adjunta da Direção da Associação Prevenir PREVENIR um modelo de intervenção longitudinal PREVENIR a longitudinal intervention model Lorena Crusellas Socióloga e Presidente da Associação Prevenir Marta Costa da Cruz Psicóloga Clínica e Adjunta

Leia mais

Prova de Seleção Mestrado LINGUA INGLESA 15/02/2016

Prova de Seleção Mestrado LINGUA INGLESA 15/02/2016 Prova de Seleção Mestrado LINGUA INGLESA 15/02/2016 Instruções aos candidatos: (1) Preencher somente o número de inscrição em todas as folhas. (2) Usar caneta preta ou azul. 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12

Leia mais

NORMAS PARA AUTORES. As normas a seguir descritas não dispensam a leitura do Regulamento da Revista Portuguesa de Marketing, disponível em www.rpm.pt.

NORMAS PARA AUTORES. As normas a seguir descritas não dispensam a leitura do Regulamento da Revista Portuguesa de Marketing, disponível em www.rpm.pt. NORMAS PARA AUTORES As normas a seguir descritas não dispensam a leitura do Regulamento da Revista Portuguesa de Marketing, disponível em www.rpm.pt. COPYRIGHT Um artigo submetido à Revista Portuguesa

Leia mais

PRINCE2 FOUNDATION AND PRACTITIONER INNOVATIVE LEARNING SOLUTIONS WWW.PYLCROW.COM PORTUGAL - BRAZIL - MOZAMBIQUE

PRINCE2 FOUNDATION AND PRACTITIONER INNOVATIVE LEARNING SOLUTIONS WWW.PYLCROW.COM PORTUGAL - BRAZIL - MOZAMBIQUE PYLCROW Portugal LISBOA Email: info.pt@pylcrow.com Telefone: +351 21 247 46 00 http://www.pylcrow.com/portugal WWW.PYLCROW.COM PORTUGAL - BRAZIL - MOZAMBIQUE FOUNDATION AND PRACTITIONER INNOVATIVE LEARNING

Leia mais

2 - Develop the ability to analyze and articulate the different sources of the Economic and Financial Law;

2 - Develop the ability to analyze and articulate the different sources of the Economic and Financial Law; ECONOMIC AND FINANCIAL LAW [8175124] GENERAL Lective Year: 201516 Disciplinay Group: Ciências Jurídico-Administrativas e Fiscais ECTS: 5,0 Period: Daytime classes, Evening classes Semester: S2 OBJECTIVES

Leia mais

Formação continuada de professores em escolas organizadas em ciclo

Formação continuada de professores em escolas organizadas em ciclo Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro PUC Elisangela da Silva Bernado Formação continuada de professores em escolas organizadas em ciclo Dissertação de Mestrado Dissertação apresentada como

Leia mais

Young Talent for Sciences Program

Young Talent for Sciences Program 1 Young Talent for Sciences Program J. B. M. Maria, Oliveira P. R. M., Oliveira P. A. W, M. S. Dahmouche, V. Cascon (presenter), V. F. Guimarães and P.C. B. Arantes Fundação CECIERJ Rua Visconde de Niterói,

Leia mais

Português 207 Portuguese for Business

Português 207 Portuguese for Business Português 207 Portuguese for Business Spring 2012: Porugal and the EU Instructor: Jared Hendrickson Office: 1149 Van Hise Office Hours: Monday and Thursday, 11:00 am-12:00 pm e-mail: jwhendrickso@wisc.edu

Leia mais

Online Collaborative Learning Design

Online Collaborative Learning Design "Online Collaborative Learning Design" Course to be offered by Charlotte N. Lani Gunawardena, Ph.D. Regents Professor University of New Mexico, Albuquerque, New Mexico, USA July 7- August 14, 2014 Course

Leia mais

BIBLIOGRAFIA. Faupel, A. & Sharp, P. (2003). Promoting emotional literacy. Guidelines for schools, local authorities and

BIBLIOGRAFIA. Faupel, A. & Sharp, P. (2003). Promoting emotional literacy. Guidelines for schools, local authorities and RESUMO EXPANDIDO Pode definir-se Literacia Emocional como a capacidade para reconhecer, compreender, expressar e gerir estados emocionais, do próprio e de outras pessoas, existindo associações entre esta

Leia mais

Organização Sete de Setembro de Cultura e Ensino - LTDA Faculdade Sete de Setembro FASETE Bacharelado em Administração

Organização Sete de Setembro de Cultura e Ensino - LTDA Faculdade Sete de Setembro FASETE Bacharelado em Administração Organização Sete de Setembro de Cultura e Ensino - LTDA Faculdade Sete de Setembro FASETE Bacharelado em Administração VICTOR HUGO SANTANA ARAÚJO ANÁLISE DAS FORÇAS DE PORTER NUMA EMPRESA DO RAMO FARMACÊUTICO:

Leia mais

Ficha de unidade curricular. Curso de Mestrado em Direito - Profissionalizante

Ficha de unidade curricular. Curso de Mestrado em Direito - Profissionalizante Unidade curricular Direito das Sociedades Comerciais Ficha de unidade curricular Curso de Mestrado em Direito - Profissionalizante Docente responsável e respetiva carga letiva na unidade curricular (preencher

Leia mais

Institutional Skills. Sessão informativa INSTITUTIONAL SKILLS. Passo a passo. www.britishcouncil.org.br

Institutional Skills. Sessão informativa INSTITUTIONAL SKILLS. Passo a passo. www.britishcouncil.org.br Institutional Skills Sessão informativa INSTITUTIONAL SKILLS Passo a passo 2 2 British Council e Newton Fund O British Council é a organização internacional do Reino Unido para relações culturais e oportunidades

Leia mais

SPICE e ISO 15504. Jorge H C Fernandes 2004

SPICE e ISO 15504. Jorge H C Fernandes 2004 SPICE e ISO 15504 Jorge H C Fernandes 2004 SPICE: Um Framework para a Avaliação Integrada de Processos de Software [SPICE 1] Process Identifies changes to Is examined by Process Assessment Identifies capability

Leia mais

José Benedito Alves Junior

José Benedito Alves Junior 1 José Benedito Alves Junior Gerenciamento de Projetos de TI: Uma análise sobre a possibilidade de aplicação da estrutura motivacional sugerida pelo Project Management Body of Knowledge - PMBOK - em uma

Leia mais

Formação de professores: constrangimentos e potencialidades

Formação de professores: constrangimentos e potencialidades Universidade do Minho Formação de professores: constrangimentos e potencialidades Maria Assunção Flores aflores@ie.uminho.pt Formação inicial: relevância e diversidade Diversidade de modelos, de contextos

Leia mais

Ficha de Unidade Curricular 2014/2015

Ficha de Unidade Curricular 2014/2015 6.2.1.1. Unidade curricular: Curricular Unit: Ficha de Unidade Curricular 2014/2015 Gestão de Projetos Audiovisuais e Multimédia Audiovisual and Multimedia Project Management 6.2.1.2. Docente responsável

Leia mais

A. Situação / Situation

A. Situação / Situation A. Situação / Situation A Assembleia Mundial da Saúde (OMS) aprova em 1969 o Regulamento Sanitário Internacional, revisto pela quarta vez em 2005. Esta última versão entrou em vigor no plano internacional

Leia mais

CULTURAS, POLÍTICAS E PRÁTICAS INCLUSIVAS NO SECTOR PÚBLICO E PRIVADO UM ESTUDO DE CASO EM DUAS ESCOLAS DO 1.º CICLO, DO CONCELHO DE SINTRA

CULTURAS, POLÍTICAS E PRÁTICAS INCLUSIVAS NO SECTOR PÚBLICO E PRIVADO UM ESTUDO DE CASO EM DUAS ESCOLAS DO 1.º CICLO, DO CONCELHO DE SINTRA UNIVERSIDADE TÉCNICA DE LISBOA FACULDADE DE MOTRICIDADE HUMANA CULTURAS, POLÍTICAS E PRÁTICAS INCLUSIVAS NO SECTOR PÚBLICO E PRIVADO UM ESTUDO DE CASO EM DUAS ESCOLAS DO 1.º CICLO, DO CONCELHO DE SINTRA

Leia mais

Ficha da Unidade Curricular

Ficha da Unidade Curricular ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO DE FELGUEIRAS CURSO Licenciatura em Engenharia Informática U.C. ENGENHARIA DE SOFTWARE I Ficha da Unidade Curricular Horas presenciais / Ano 56 Ano Lectivo 2010 /

Leia mais

NCE/10/00391 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos

NCE/10/00391 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos NCE/10/00391 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos NCE/10/00391 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos Decisão de Apresentação de Pronúncia ao Relatório da

Leia mais

NCE/09/02327 Relatório preliminar da CAE - Novo ciclo de estudos

NCE/09/02327 Relatório preliminar da CAE - Novo ciclo de estudos NCE/09/02327 Relatório preliminar da CAE - Novo ciclo de estudos Caracterização do pedido Perguntas 1 a 7 1. Instituição de ensino superior / Entidade instituidora: UNL + UCP 1.a. Descrição da Instituição

Leia mais

O INTÉRPRETE EM SEU MEIO PROFISSIONAL

O INTÉRPRETE EM SEU MEIO PROFISSIONAL Rebecca Frances Atkinson O INTÉRPRETE EM SEU MEIO PROFISSIONAL Por uma voz mais alta Dissertação de Mestrado Dissertação apresentada ao Programa de Pósgraduação em Letras da PUC-Rio como requisito parcial

Leia mais

INSTRUÇÕES INSTRUCTIONS

INSTRUÇÕES INSTRUCTIONS INSTRUÇÕES INSTRUCTIONS DOCUMENTAÇÃO A APRESENTAR PELOS CANDIDATOS PARA AVALIAÇÃO Os candidatos devem apresentar para avaliação da candidatura a seguinte documentação: a) Prova da nacionalidade (BI, passaporte.);

Leia mais

Acelerar o desenvolvimento das cidades inteligentes em Portugal. Concurso Cidades Analíticas 2015 Urban Analytics Award 2015

Acelerar o desenvolvimento das cidades inteligentes em Portugal. Concurso Cidades Analíticas 2015 Urban Analytics Award 2015 Cidades Analíticas Acelerar o desenvolvimento das cidades inteligentes em Portugal Concurso Cidades Analíticas 2015 Urban Analytics Award 2015 Apresentação da candidatura: Candidato Luis Maia Oliveira

Leia mais

Projeto pedagógico para um curso de Mestrado em Ciência e Tecnologia de Alimentos com aplicação de ABP Virtual

Projeto pedagógico para um curso de Mestrado em Ciência e Tecnologia de Alimentos com aplicação de ABP Virtual Projeto pedagógico para um curso de Mestrado em Ciência e Tecnologia de Alimentos com aplicação de ABP Virtual Silvane Guimarães Silva Gomes, Frederico José Vieira Passos Universidade Federal de Viçosa

Leia mais

// gaiato private label

// gaiato private label // gaiato private label // a empresa // the company A Calçado Gaiato é uma empresa prestadora de serviços no setor de calçado, criada em 2000 por Luís Pinto Oliveira e Mário Pinto Oliveira, sócios-fundadores

Leia mais

Gestão de Obras e Estaleiros. Semestre do plano de estudos 6

Gestão de Obras e Estaleiros. Semestre do plano de estudos 6 Nome UC Gestão de Obras e Estaleiros CU Name Código UC 32 Curso LEC Semestre do plano de estudos 6 Área científica Gestão Duração Semestral Horas de trabalho 136 ECTS 5 Horas de contacto T - 45; TP - 22,5

Leia mais

Estruturas de Suporte e Fundações I. Retaining Structures and Foundations I. Semestre do plano de estudos 1

Estruturas de Suporte e Fundações I. Retaining Structures and Foundations I. Semestre do plano de estudos 1 Nome UC Estruturas de Suporte e Fundações I CU Name Código UC 705 Curso MEC Semestre do plano de estudos 1 Área científica Engenharia Civil Duração Semestral Horas de trabalho 120 ECTS 4.5 Horas de contacto

Leia mais

Ficha de Unidade Curricular 2014/2015

Ficha de Unidade Curricular 2014/2015 6.2.1.1. Unidade curricular: Curricular Unit: Ficha de Unidade Curricular 2014/2015 Design de Identidade Identity design 6.2.1.2. Docente responsável e respetivas horas de contacto na unidade curricular

Leia mais

Geração automática de suíte de teste para GUI a partir de Rede de Petri

Geração automática de suíte de teste para GUI a partir de Rede de Petri Raquel Jauffret Guilhon Geração automática de suíte de teste para GUI a partir de Rede de Petri Dissertação de Mestrado Dissertação apresentada como requisito parcial para obtenção do grau de Mestre pelo

Leia mais

Licenciatura em Gestão (1º ciclo) First Cycle Degree in Management Unidade curricular: Nº horas: 60 ECTS: 6 3.º ano Curricular Unit:

Licenciatura em Gestão (1º ciclo) First Cycle Degree in Management Unidade curricular: Nº horas: 60 ECTS: 6 3.º ano Curricular Unit: Licenciatura em Gestão (1º ciclo) First Cycle Degree in Management Unidade curricular: Opção V - Estratégia Empresarial e Empreendedorismo Nº horas: 60 ECTS: 6 3.º ano Curricular Unit: Option V - Business

Leia mais

Sandra Manuela Arrais de Oliveira Palhares

Sandra Manuela Arrais de Oliveira Palhares A Internet e a Educação para a Sexualidade: uma actividade on-line Sandra Manuela Arrais de Oliveira Palhares PORTO Abril de 2005 A Internet e a Educação para a Sexualidade: uma actividade on-line Sandra

Leia mais

Information technology specialist (systems integration) Especialista em tecnologia da informação (integração de sistemas)

Information technology specialist (systems integration) Especialista em tecnologia da informação (integração de sistemas) Information technology specialist (systems integration) Especialista em tecnologia da informação (integração de sistemas) Professional activities/tasks Design and produce complex ICT systems by integrating

Leia mais