i miii um um um um u um um nu nu

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "i miii um um um um u um um nu nu"

Transcrição

1 qo PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE SÃO PAULO ACÓRDÃO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE SÃO PAULO ACÓRDÃO/DECISÃO MONOCRÁTICA REGISTRADO(A) SOB N i miii um um um um u um um nu nu * * Vistos, relatados e discutidos estes autos de Agravo de Instrumento n , da Comarca de São Paulo, em que é agravante DEFENSORIA PÚBLICA DO ESTADO DE SÃO PAULO sendo agravado UNIBANCO UNIÃO DE BANCOS BRASILEIROS S/A. ACORDAM, em 37 a Câmara de Direito Privado do Tribunal de Justiça de São Paulo, proferir a seguinte decisão: "POR MAIORIA DE VOTOS, NEGARAM PROVIMENTO AO RECURSO, VENCIDO O 2 o DESEMBARGADOR. FARÁ DECLARAÇÃO DE VOTO VENCEDOR O 3 DESEMBARGADOR.", de conformidade com o voto do Relator, que integra este acórdão. O julgamento teve a participação dos Desembargadores EDUARDO SIQUEIRA (Presidente sem voto), LUÍS FERNANDO LODI E REIS KUNTZ. São Paulo, 28 de abril de TASSO DUARTE DE MELO RELATOR

2 PODER JUDICIÁRIO Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo 37 a Câmara de Direito Privado 1 AGRAVO DE INSTRUMENTO N ( ) COMARCA: SÃO PAULO - 9 a VC DO F REG DE SANTANA AGRAVANTE: DEFENSORIA PÚBLICA DO ESTADO DE SÃO PAULO AGRAVADO: UNIBANCO UNIÃO DE BANCOS BRASILEIROS S/A VOTON 810 DEFENSORIA PÚBLICA - Nomeação para atuação como curador especial - Adiantamento de honorários indevido - Exercício de função própria ao defensor pública - Impossibilidade de pagamento de honorários para exercício de dever de ofício. Recurso não provido. Trata-se de agravo de instrumento (fls. 02/22) interposto pela Defensoria Pública do Estado de São Paulo contra decisão proferida pelo MM. Juiz da 9 a Vara Cível do Foro Regional de Santana, Comarca da Capital (fls. 58), nos autos da ação de execução movida por Unibanco União de Bancos Brasileiros S/A, que indeferiu o pedido de adiantamento de honorários para atuação de defensor público como curador especial. Sustenta a Agravante a função de curador especial não se confundiria com a assistência judiciária gratuita, não sendo justo que a Defensoria arque com custos que o autor teria condições de pagar. Cita doutrina e jurisprudência. Pugna pela concessão da antecipação dos efeitos da tutela recursal, ou, subsidiariamente, pela atribuição de efeito suspensivo ao recurso e, ao final, pelo seu provimento. Negada a antecipação dos efeitos da tutela recursal e a atribuição de efeito suspensivo ao recurso (fls. 61/62). Agravo de Instrumento n" Voto n" 810

3 PODER JUDICIÁRIO Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo 37 a Câmara de Direito Privado 2 de provimento. Resposta ao recurso a fls. 73/77, pela sua negativa É o relatório. O recurso não comporta provimento. A Defensoria Pública é instituição essencial à função jurisdicional do Estado, nos termos do artigo 134 da Constituição Federal, e tem entre suas funções atuar como curador especial, nos casos previstos em lei, conforme disposto no artigo 4 o, VI da Lei Complementar Federal n 80/94 e 5 o, VIII da Lei Complementar Estadual n 988/06. Os artigos 130, III da Lei Complementar Federal n 80/94 e 165, III da Lei Complementar Estadual n 988/06 vedam expressamente a possibilidade do defensor público estadual "receber, a qualquer título e sob qualquer pretexto, honorários, percentagens ou custas processuais, em razão de suas atribuições". Sendo assim, a atuação de membro da Defensoria Pública como curador especial representa pura e simplesmente o cumprimento de função própria, sendo legalmente vedado o recebimento de qualquer outra remuneração adicional por isso. deste E. Tribunal: Esse é o entendimento da jurisprudência majoritária "Defensoria Pública - Honorários - Valor a ser pago pelo Estado - Diferenciação entre honorários e despesas judiciais - A função de curador especial é atribuição institucional da Defensoria Pública, nos termos do art. 5o, VIII da Lei Complementar Estadual n 988/06, não se confundindo honorários com despesas judiciais. Agravo de Instrumento n Voto n" 810

4 PODER JUDICIÁMO Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo 37 a Câmara de Direito Privado 3 ) O Defensor Público, na qualidade de funcionário público, é remunerado pelo Estado para exercer todas as atribuições previstas em lei. Recurso não provido, v.u." (TJSP, Agravo de Instrumento n /2, Rei. Des. Manoel Justino Bezerra Filho, 35" Câmara de Dir. Privado, j. 04/05/2009) "Agravo de Instrumento - Curador Especial - Nomeação de Defensor Público a réus citados por edital - Decisão que defere o adiantamento dos honorários advocatícios - Impossibilidade - Os Defensores Públicos percebem remuneração do Estado pelo desempenho de suas funções institucionais - Ademais, verba honorária que não se confunde com as despesas previstas no art. 19, 2 o, do CPC, sendo incabível sua antecipação - Decisão reformada - AGRA VO PROVIDO" (TJSP, Agravo de Instrumento n , Rei. Des. Francisco Giaquinto, 20" Câmara de Dir. Privado, j. 23/03/2009) "AÇÃO DE COBRANÇA - CURADOR ESPECIAL - NOMEAÇÃO DE DEFENSOR PUBLICO - pedido de fixação e adiantamento de honorários para atuação de Defensor Público como curador especial, representando o réu revel. Em prol do FUNDEPE - impossibilidade - atuar como curador especial, nos casos estabelecidos em lei. é atribuição institucional da Defensoria Pública do Estado - inteligência dos art 5o. VIII da Lei Complementar Estadual n 988/2006 cc. art. 9o. 2o. do CPC - remuneração do Defensor Público deve ser fixada por lei nos termos do art 39 da CF e do quanto disposto em legislação específica - os honorários advocatícios provenientes da verba sucumbencial não devem ser confundidos com remuneração do curador - remuneração devida somente para advogado não integrante da Defensoria Pública do Estado, ante a ausência de remuneração mensal fixa e respeitados os termos do Convênio firmado entre a Defensoria Pública do Estado e a Ordem dos Agravo de Instrumento n" Voto n" 810 &

5 PODER JUDICIÁRIO Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo 37 a Câmara de Direito Privado Advogados do Brasil - Seção São Paulo, com observância do quantum fixado no anexo V (Tabela de Honorários) - receita do FUNDEPE constituída, entre outras verbas, do percentual dos honorários advocatícios percebidos por Defensores Públicos no exercício da atividade judicial, em montante a ser definido pelo Conselho (Lei art. 3o. II). RECURSO DA CURADORA ESPECIAL NÃO PROVIDO." (TJSP, Agravo de Instrumento n /4, Rei. Des. Berenice Marcondes César, 27 a Câmara de Dir. Privado, j. 24/03/2009) "Reintegração de posse. Arrendamento mercantil. Defensor Público nomeado como curador especial Pretensão de adiantamento dos honorários advocatícios - Valores que não se enquadram no conceito de despesas judiciais - Função institucional da Defensoria Pública. Decisão mantida. Recurso improvido." (TJSP, Agravo de Instrumento n /8, Rei. Des. Júlio Vidal, 28 a Câmara de Dir. Privado, j. 31/03/2009) Além disso, essa função da Defensoria Pública não se confunde com os serviços prestados pelo perito, auxiliar da Justiça nos termos do artigo 139 do CPC, não sendo possível a determinação de adiantamento de custas, prevista no artigo 19, 2 o do referido diploma legal. Não bastasse, não é razoável reputar como dever processual do autor o adiantamento dos honorários advocatícios daquele que representará o réu, contraparte, em juízo. Nesse sentido: "Assim porque, consoante o entendimento jurisprudencial que reputo mais acertado e convincente, 'não compete ao credor custear o patrocínio da parte adversa. Responsabilidade apenas na hipótese de perder a demanda'" (lj Agravo de Instrumento n" Voto n" 810

6 PODER JUDICIÁRIO Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo 37 a Câmara de Direito Privado q6 TAC-SP - Ag n SP - 2' rei. Morato Andrade - j. 19/06/2002) Câmara "Tal entendimento se revela, de fato, no mínimo mais sensato, na medida em que 'a responsabilidade pela remuneração do curador especial é do Estado, e não da parte contrária', ainda que o advogado não seja integrante do convênio celebrado entre a Ordem dos Advogados do Brasil e a Procuradoria Geral do Estado" (2 o TAC-SP - Ag n /0-2 a Câmara - rei. Andreatta Rizzo - j. 22/09/2003) Diante do exposto, nego provimento ao recurso, mantendo-se a r. decisão agravada na ínte< UART.E Relator Agravo de Instnimento n" Voto n" 810

7 v,/í9*té PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO DECLARAÇÃO DE VOTO VENCEDOR Agravo de Instrumento n (Antigo ) As razões recursais não merecem acolhimento pelos fundamentos a seguir deduzidos. Nos termos da Lei Complementar n 80/94 que organiza a Defensoria Pública da União, do Distrito Federal e dos Territórios e prescreve normas gerais para sua organização nos Estados, bem como da Lei n 988/2006 que institui regime jurídico da carreira de Defensor Público do Estado, a atuação como curador especial faz parte das funções institucionais da Defensoria Pública. E, como bem deduzido pelo nobre Desembargador Relator: "A Defensoria Pública é instituição essencial à função jurisdicional do Estado, nos termos do artigo 134 da Constituição Federal, e tem entre suas funções atuar como curador especial, nos casos previstos em lei, conforme disposto no artigo 4 o, VI da Lei Complementar Federal n 80/94 e 5 o, VIII da Lei Complementar Estadual n 988/06." "... a atuação de membro da Defensoria Pública como curador especial representa pura e simplesmente o

8 PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO cumprimento de função própria, sendo legalmente vedado o recebimento de qualquer outra remuneração adicional por isso." "Além disso, essa função da Defensoria Pública não se confunde com os serviços prestados pelo perito, auxiliar da Justiça nos termos do artigo 139 do CPC, não sendo possível a determinação de adiantamento de custas, prevista no artigo 19, 2 do referido diploma legal." Conclui-se, dessa forma, que efetivamente não é caso de acolhimento do pedido de arbitramento e antecipação de honorários. Nesse sentido os seguintes julgados: AGRAVO DE INSTRUMENTO. HONORÁRIOS ADVOCATÍCIOS. ADIANTAMENTO (CPC, ART.19, 2 ). CURADOR ESPECIAL (CPC, ART.9 0, II). DEFENSORIA PÚBLICA. 1. Arbitramento e adiantamento de honorários advocatícios para exercício da função de curatela por parte da Defensoria Pública. Descabimento. 2. Trata-se de função institucional da Defensoria Pública e verba que não se enquadra no conceito de despesa processual (art.5, VIII, da Lei Complementar Estadual n 988/2006). 3. Agravo de instrumento não provido. (Agravo de Instrumento n , Agravo de Instrumento n (antigo )

9 3 PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO julgamento: 02/03/2010. rel.alexandre Lazzarini - 18 a Câmara de Direito Privado). AGRAVO DE INSTRUMENTO - Defensoria Pública - Réu citado por edital - Nomeação de curador especial, nos termos do art.9, II, CPC - Pretensão de adiantamento de verba - Inadmissibilidade - Função institucional da Defensoria Pública - Exercício de "múnus" público - Lei Complementar 80/94 e Lei Complementar Estadual 988/06 - Possibilidade de a instituição solicitar profissional à OAB - Verba não caracterizada como despesa processual - Recurso desprovido. (Agravo de Instrumento n a Câmara de Direito Privado - rei.maurício Ferreira Leite - julgamento:03/02/2010). E, ainda, agravos de instrumento n ( ) - rei. Ulisses do Valle Ramos; n ( ) - rei. Gilberto dos Santos; n rei. João Carlos Garcia, entre outros. Por fim, oportuno citar trecho do decidido no Agravo de Instrumento n : "...as despesas que devem ser adiantadas limitam-se àquelas intrinsecamente relacionadas ao andamento processual, tais como taxas judiciárias, diligências do oficial de justiça, honorários periciais e outras, da mesma ordem, não abrangendo os honorários advocatícios." Agravo de Instrumento n (antigo ) V

10 4 PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO "Vale ressaltar que a designação de curador especial ao réu revel, citado por edital ou por hora certa, está prevista no art.9, do Código de Processo Civil, enquanto o artigo 4, inciso XVI, da Lei Complementar n.80/94, dispõe que a atuação como curador especial, nos casos previstos em lei, é uma das atribuições institucionais da Defensoria Pública." "Sendo assim, a Defensoria Pública, ao atuar como curadora especial, está exercendo uma de suas funções institucionais, sendo descabida a pretensão de antecipação de despesas." "Não se olvida que o defensor público, atuando como curador especial, faz jus aos honorários advocatícios. Contudo, a verba só será devida em caso de sucumbência da parte contrária, devendo ser fixada de acordo com a atuação do curador durante o curso processual" (rei. Des. Grava Brasil - julgamento: 09/03/ a Câmara de Direito Privado). Diante do exposto, também nego provimento ao agravo. A. REÍSKUNTZ 3 o Juiz Agravo de Instrumento n (antigo )

L RICARDÍ PRESIDENTE E RELATOR PODER JUDICIÁRIO

L RICARDÍ PRESIDENTE E RELATOR PODER JUDICIÁRIO 6 PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE SÃO PAULO P, \ TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE SÃO PAULO 114 ACORDAO/DECISÃO MONOCRÁTICA X X^.. REGISTRADO(A) SOB N ACÓRDÃO IIIIH lllll lllll mil lllll um mu um mi mi Vistos,

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE SÃO PAULO

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE SÃO PAULO PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE SÃO PAULO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE SÃO PAULO ACÓRDÃO/DECISÃO MONOCRÁTICA REGISTRADO(A) SOB N ACÓRDÃO i mm mu mu mu um mu mu um nu \\\ "03377558* Vistos, relatados

Leia mais

i mm um mi um um um um mi nu m

i mm um mi um um um um mi nu m í»t. t ri-í! :^"^!í!>^^í m~t PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE SÃO PAULO ACÓRDÃO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE SÃO PAULO ACÓRDÃO/DECISÃO MONOCRÁTICA REGISTRADO(A) SOB N i mm um mi um um um um mi nu m *03788115*

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO ACÓRDÃO

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO ACÓRDÃO Registro: 2014.0000656018 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos de Agravo de Instrumento nº 2148339-76.2014.8.26.0000, da Comarca de São Paulo, em que é agravante LAFAIETE PEREIRA SOBRINHO,

Leia mais

ACÓRDÃO. O julgamento teve a participação dos Exmos. Desembargadores FELIPE FERREIRA (Presidente sem voto), RENATO SARTORELLI E VIANNA COTRIM.

ACÓRDÃO. O julgamento teve a participação dos Exmos. Desembargadores FELIPE FERREIRA (Presidente sem voto), RENATO SARTORELLI E VIANNA COTRIM. 1 Registro: 2016.0000888926 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos do Agravo de Instrumento nº 2223275-04.2016.8.26.0000, da Comarca de Santa Bárbara D Oeste, em que é agravante ELZA DOMINGOS

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO ACÓRDÃO

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO ACÓRDÃO ACÓRDÃO Registro: 2013.0000163433 Vistos, relatados e discutidos estes autos de Apelação nº 0010036-39.2011.8.26.0189, da Comarca de Fernandópolis, em que é apelante CIRCULO DOS TRABALHADORES CRISTAOS

Leia mais

i MUI um mu um m mu mu um mi mi

i MUI um mu um m mu mu um mi mi TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE SÃO PAULO ACÓRDÃO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE SÃO PAULO ACORDAO/DECISÃO MONOCRÁTICA REGISTRADO(A) SOB N i MUI um mu um m mu mu um mi mi Vistos, relatados e discutidos estes autos de Apelação

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO Registro: 2016.0000591378 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos de Agravo de Instrumento nº 2085576-68.2016.8.26.0000, da Comarca de Piracicaba, em que é agravante M.PEREIRA ADVOGADOS ASSOCIADOS,

Leia mais

ACÓRDÃO. O julgamento teve a participação dos Desembargadores JACOB VALENTE (Presidente), TASSO DUARTE DE MELO E SANDRA GALHARDO ESTEVES.

ACÓRDÃO. O julgamento teve a participação dos Desembargadores JACOB VALENTE (Presidente), TASSO DUARTE DE MELO E SANDRA GALHARDO ESTEVES. SÃO PAULO TRIBUNAL DE JUSTIÇA Registro: 2016.0000628437 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos de Agravo de Instrumento nº 2120175-33.2016.8.26.0000, da Comarca de São Paulo, em que é agravante

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO ACÓRDÃO

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO ACÓRDÃO ACÓRDÃO Registro: 2013.0000706157 Vistos, relatados e discutidos estes autos de Agravo de Instrumento nº 2032434-57.2013.8.26.0000, da Comarca de São Paulo, em que é agravante CÍCERO DONHA (ASSISTÊNCIA

Leia mais

Tribunal de Justiça de Minas Gerais

Tribunal de Justiça de Minas Gerais Número do 1.0024.13.024213-4/001 Númeração 0242134- Relator: Relator do Acordão: Data do Julgamento: Data da Publicação: Des.(a) Jair Varão Des.(a) Jair Varão 20/02/2014 14/03/2014 EMENTA: PROCESSUAL CIVIL

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE SÃO PAULO

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE SÃO PAULO PODER JUDICIÁRIO DE SÃO PAULO DE SÃO PAULO ACÓRDÃO/DECISÃO MONOCRÁTICA 154 7 REGISTRADO(A) SOB N {r\ ACÓRDÃO!! 1 *03498880* Vistos, relatados e discutidos estes autos de Apelação n 0110976-27.2007.8.26.0003,

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo Registro: 2017.0000323429 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos de Agravo de Instrumento nº 2059775-19.2017.8.26.0000, da Comarca de Mogi das Cruzes, em que são agravantes LOURDES MARIA DO

Leia mais

APELAÇÃO CÍVEL Nº SOROCABA. APELANTES e reciprocamente APELADOS:

APELAÇÃO CÍVEL Nº SOROCABA. APELANTES e reciprocamente APELADOS: PODER JUDICIÁRIO fls. 1221 ACÓRDÃO Registro: 2017.0000141322 Vistos, relatados e discutidos estes autos de Apelação nº 1006206-65.2014.8.26.0602, da Comarca de Sorocaba, em que é apelante/apelado (JUSTIÇA

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo fls. 95 Registro: 2016.0000224954 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos de Apelação nº 1014607-50.2014.8.26.0506, da Comarca de Ribeirão Preto, em que são apelantes THIAGO RODRIGUES REIS JULIO

Leia mais

APELAÇÃO CÍVEL Nº , DA 9ª VARA CÍVEL DO FORO CENTRAL DA COMARCA DA REGIÃO METROPOLITANA DE CURITIBA.

APELAÇÃO CÍVEL Nº , DA 9ª VARA CÍVEL DO FORO CENTRAL DA COMARCA DA REGIÃO METROPOLITANA DE CURITIBA. APELAÇÃO CÍVEL Nº 1.401.899-0, DA 9ª VARA CÍVEL DO FORO CENTRAL DA COMARCA DA REGIÃO METROPOLITANA DE CURITIBA. APELANTE: CONDOMÍNIO RESIDENCIAL SCHOENSTATT. APELADO: LUIZ ADRIANO DE VEIGA BOABAID. RELATOR:

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO ACÓRDÃO

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO ACÓRDÃO ACÓRDÃO Registro: 2015.0000243412 Vistos, relatados e discutidos estes autos de Recurso Em Sentido Estrito nº 0952363-56.2012.8.26.0506, da Comarca de Ribeirão Preto, em que é recorrente/querelante JOSE

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo Registro: 2014.0000084238 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos do Agravo de Instrumento nº 2063495-33.2013.8.26.0000, da Comarca de São Sebastião,

Leia mais

A assinatura do autor por ANA LUCIA LOURENCO:7865 é inválida

A assinatura do autor por ANA LUCIA LOURENCO:7865 é inválida A assinatura do autor por ANA LUCIA LOURENCO:7865 é inválida 14ª CÂMARA CÍVEL AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº 1.235.714-3 DA 14ª. VARA CÍVEL DO FORO CENTRAL DA COMARCA DA REGIÃO METROPOLITANA

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO DÉCIMA PRIMEIRA CÂMARA CÍVEL

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO DÉCIMA PRIMEIRA CÂMARA CÍVEL 1 TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO DÉCIMA PRIMEIRA CÂMARA CÍVEL AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº 0055178-75.2013.8.19.0000 AGRAVANTE: MUNICÍPIO DE SÃO JOSÉ DO VALE DO RIO PRETO AGRAVADO: YOLANDA

Leia mais

AGRAVANTE: JILSAINE APARECIDA SOARES RELATOR: Juiz Gil Francisco de Paula Xavier Fernandes Guerra (Substituindo o Des.

AGRAVANTE: JILSAINE APARECIDA SOARES RELATOR: Juiz Gil Francisco de Paula Xavier Fernandes Guerra (Substituindo o Des. Certificado digitalmente por: GIL FRANCISCO DE PAULA XAVIER FERNANDES GUERRA Agravo de Instrumento n.º 1.405.708-0 (rvp) 1 11ª CÂMARA CÍVEL AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº 1.405.708-0 (N.U. 0028435-41.2015.8.16.0000)

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo ACÓRDÃO Registro: 2012.0000171474 Vistos, relatados e discutidos estes autos do Agravo de Instrumento nº 0588089-93.2010.8.26.0000, da Comarca de São Paulo,

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO 37ª Câmara de Direito Privado

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO 37ª Câmara de Direito Privado ACÓRDÃO Registro: 2016.0000683259 Vistos, relatados e discutidos estes autos de Agravo de Instrumento nº 2164180-43.2016.8.26.0000, da Comarca de São Paulo, em que é agravante BANCO VOTORANTIM S/A, são

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO ACÓRDÃO

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO ACÓRDÃO Registro: 2017.0000681311 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos de Agravo de Instrumento nº 2106416-65.2017.8.26.0000, da Comarca de Santa Rosa de Viterbo, em que é agravante CID ANDRE RACHETTI,

Leia mais

ACÓRDÃO. O julgamento teve a participação dos Exmos. Desembargadores ERBETTA FILHO (Presidente) e RAUL DE FELICE. São Paulo, 9 de fevereiro de 2017.

ACÓRDÃO. O julgamento teve a participação dos Exmos. Desembargadores ERBETTA FILHO (Presidente) e RAUL DE FELICE. São Paulo, 9 de fevereiro de 2017. Registro: 2017.0000126217 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos de Apelação nº 1005465-02.2015.8.26.0566, da Comarca de São Carlos, em que é apelante PREFEITURA MUNICIPAL DE SAO CARLOS, é

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO. Gabinete do Desembargador Orloff Neves Rocha PRIMEIRA CÂMARA CÍVEL AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº ( )

PODER JUDICIÁRIO. Gabinete do Desembargador Orloff Neves Rocha PRIMEIRA CÂMARA CÍVEL AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº ( ) PRIMEIRA CÂMARA CÍVEL AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº 222331-78.2014.8.09.0000 (201492223310) COMARCA AGRAVANTE AGRAVADO RELATOR :GOIÂNIA :BANCO BRADESCO FINANCIAMENTOS S/A :JESSYCA DE ALMEIDA SILVA :Desembargador

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO ACÓRDÃO

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO ACÓRDÃO fls. 1 ACÓRDÃO Registro: 2014.0000569257 Vistos, relatados e discutidos estes autos de Apelação nº 0043066-51.2012.8.26.0053, da Comarca de São Paulo, em que é apelante FAZENDA DO ESTADO DE SÃO PAULO,

Leia mais

I iiim uni mil mil um um um um mi m

I iiim uni mil mil um um um um mi m PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE SÃO PAULO ACÓRDÃO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE SÃO PAULO ACÓRDÃO/DECISÃO MONOCRÁTICA REGISTRADO(A) SOB N I iiim uni mil mil um um um um mi m Vistos, relatados e discutidos

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO Registro: 2014.0000263328 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos do Apelação / Reexame Necessário nº 3012557-22.2013.8.26.0451, da Comarca de Piracicaba, em que são apelantes FAZENDA DO ESTADO

Leia mais

ACÓRDÃO. Vistos, relatados e discutidos estes autos de Agravo de Instrumento nº

ACÓRDÃO. Vistos, relatados e discutidos estes autos de Agravo de Instrumento nº ACÓRDÃO Registro: 2011.0000283101 Vistos, relatados e discutidos estes autos de Agravo de Instrumento nº 0132681-51.2011.8.26.0000, da Comarca de São José do Rio Preto, em que é agravante BANCO FIBRA S/A

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo ACÓRDÃO Registro: 2017.0000467553 Vistos, relatados e discutidos estes autos do Mandado de Segurança nº 2078012-04.2017.8.26.0000, da Comarca de, em que é impetrante FAZENDA DO ESTADO DE SÃO PAULO, é impetrado

Leia mais

DÉCIMA QUINTA CÂMARA CÍVEL DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO AGRAVO

DÉCIMA QUINTA CÂMARA CÍVEL DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO AGRAVO DÉCIMA QUINTA CÂMARA CÍVEL DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº 0030830-56.2014.8.19.0000 RELATOR: DES. CELSO FERREIRA FILHO AGRAVANTE: CAIXA DE PREVIDÊNCIA DOS FUNCIONÁRIOS

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo fls. 238 Registro: 2014.0000492060 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos do Apelação nº 1005329-60.2013.8.26.0053, da Comarca de, em que é apelante PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO PAULO, é apelado.

Leia mais

Tribunal de Justiça de Minas Gerais

Tribunal de Justiça de Minas Gerais Número do 1.0024.11.165578-3/004 Númeração 0909372- Relator: Relator do Acordão: Data do Julgamento: Data da Publicação: Des.(a) Otávio Portes Des.(a) Otávio Portes 13/07/0016 15/07/2016 EMENTA: AGRAVO

Leia mais

Tribunal de Justiça de Minas Gerais

Tribunal de Justiça de Minas Gerais Número do 1.0145.14.044695-9/002 Númeração 0823209- Relator: Relator do Acordão: Data do Julgamento: Data da Publicação: Des.(a) Pedro Bernardes Des.(a) Pedro Bernardes 26/05/0015 19/06/2015 EMENTA: AGRAVO

Leia mais

ACÓRDÃO. Vistos, relatados e discutidos estes autos de. APELAÇÃO CÍVEL COM REVISÃO r /6-00, da Comarca

ACÓRDÃO. Vistos, relatados e discutidos estes autos de. APELAÇÃO CÍVEL COM REVISÃO r /6-00, da Comarca TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE a i ACÓRDÃO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE ACÓRDÃO/DECISÃO M0N0CRAT1CA REGISTRADO(A) SOB N 3 Vistos, relatados e discutidos estes autos de APELAÇÃO CÍVEL COM REVISÃO r. 350.94 0-5/6-00,

Leia mais

APELAÇÃO CÍVEL nº /PE ( )

APELAÇÃO CÍVEL nº /PE ( ) APTE : MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL APDO : SIULLE DE SÁ ROSA DE CASTRO CUNHA ORIGEM : 17ª VARA FEDERAL DE PERNAMBUCO (COMPETENTE P/ EXECUçõES PENAIS) RELATOR : DESEMBARGADOR FEDERAL PAULO GADELHA - Segunda

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo

PODER JUDICIÁRIO Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo Registro: 2017.0000658154 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos do Agravo de Instrumento nº 2099453-41.2017.8.26.0000, da Comarca de São José do Rio Preto, em que é agravante QUALLT SERVIÇOS

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo ACÓRDÃO Registro: 2014.0000189143 Vistos, relatados e discutidos estes autos do Agravo de Instrumento nº 2010131-15.2014.8.26.0000, da Comarca de Nova Granada, em que é agravante FAZENDA DO ESTADO DE SÃO

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo Registro: 2014.0000280397 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos do Agravo de Instrumento nº 2035271-85.2013.8.26.0000, da Comarca de São José dos Campos, em que é agravante MUNICÍPIO DE SÃO

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO. Registro: ACÓRDÃO

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO. Registro: ACÓRDÃO Registro: 2017.0000288380 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos de Agravo de Instrumento nº 2177070-14.2016.8.26.0000, da Comarca de São Paulo, em que são agravantes JUAREZ SEVERINO DA SILVA,

Leia mais

ACÓRDÃO. O julgamento teve a participação dos Desembargadores JAYME QUEIROZ LOPES (Presidente) e ARANTES THEODORO. São Paulo, 21 de novembro de 2017.

ACÓRDÃO. O julgamento teve a participação dos Desembargadores JAYME QUEIROZ LOPES (Presidente) e ARANTES THEODORO. São Paulo, 21 de novembro de 2017. fls. 114 Registro: 2017.0000889920 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos de Agravo de Instrumento nº 2202157-35.2017.8.26.0000, da Comarca de São Paulo, em que é agravante BANCO SANTANDER

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo Registro: 2017.0000320784 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos de Apelação nº 1082065-07.2015.8.26.0100, da Comarca de, em que são apelantes JOSÉ AUGUSTO LIMA DE CARVALHO FRANCO, VERA FRANCO

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO ACÓRDÃO

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO ACÓRDÃO Registro: 2016.0000586445 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos de Agravo de Instrumento nº 2150913-38.2015.8.26.0000, da Comarca de São Paulo, em que é agravante HATSUE HIGA (INVENTARIANTE),

Leia mais

Relatório. Estado do Paraná

Relatório. Estado do Paraná Estado do Paraná APELAÇÃO CÍVEL Nº 1328815-6, DA 24ª VARA CÍVEL DO FORO CENTRAL DA COMARCA DA REGIÃO METROPOLITANA DE CURITIBA. Apelante: Apelado: Relator: Revisor: INSTITUTO DE NEUROLOGIA DE CURITIBA

Leia mais

Aula 48. Gratuidade de Justiça

Aula 48. Gratuidade de Justiça Turma e Ano: Direito Processual Civil - NCPC (2016) Matéria / Aula: Gratuidade de Justiça (Parte I) / 48 Professor: Edward Carlyle Monitora: Laryssa Marques Aula 48 Gratuidade de Justiça Tem previsão nos

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO 38ª CÂMARA DE DIREITO PRIVADO. Registro: ACÓRDÃO

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO 38ª CÂMARA DE DIREITO PRIVADO. Registro: ACÓRDÃO ACÓRDÃO Registro: 2012.0000390065 Vistos, relatados e discutidos estes autos de Apelação nº 0035685-43.2010.8.26.0576, da Comarca de São José do Rio Preto, em que são apelantes ARANTES ALIMENTOS LTDA.

Leia mais

ACÓRDÃO. O julgamento teve a participação dos Exmos. Desembargadores ERBETTA FILHO (Presidente) e RAUL DE FELICE. São Paulo, 4 de maio de 2017.

ACÓRDÃO. O julgamento teve a participação dos Exmos. Desembargadores ERBETTA FILHO (Presidente) e RAUL DE FELICE. São Paulo, 4 de maio de 2017. Registro: 2017.0000327714 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos de Apelação nº 1023287-36.2014.8.26.0114, da Comarca de Campinas, em que é apelante ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA IGREJA DE JESUS CRISTO

Leia mais

Supremo Tribunal Federal

Supremo Tribunal Federal Ementa e Acórdão Inteiro Teor do Acórdão - Página 1 de 6 25/04/2017 SEGUNDA TURMA AG.REG. NO RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.021.376 SÃO RELATOR AGTE.(S) PROC.(A/S)(ES) AGDO.(A/S) ADV.(A/S) : MIN.

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo Câmara Especial ACÓRDÃO

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo Câmara Especial ACÓRDÃO Registro: 2013.0000030144 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos do Conflito de Competência nº 0123755-47.2012.8.26.0000, da Comarca de Cotia, em que é suscitante FEVA MÁQUINAS FERDINAND VADERS

Leia mais

SEGUNDA CÂMARA CÍVEL RECURSO DE APELAÇÃO CÍVEL Nº 8785/2004 CLASSE II COMARCA DE SINOP APELANTE: BRASIL TELECOM S. A.

SEGUNDA CÂMARA CÍVEL RECURSO DE APELAÇÃO CÍVEL Nº 8785/2004 CLASSE II COMARCA DE SINOP APELANTE: BRASIL TELECOM S. A. APELANTE: BRASIL TELECOM S. A. APELADO: STELA MARIS SCHUTZ Número do Protocolo : 8785/2004 Data de Julgamento : 29-6-2004 EMENTA APELAÇÃO CÍVEL DECLARATÓRIA DE INEXISTÊNCIA DE DÉBITO TELEFÔNICO COMBINADA

Leia mais

ACÓRDÃO. O julgamento teve a participação dos Exmos. Desembargadores EDSON FERREIRA (Presidente), OSVALDO DE OLIVEIRA E VENICIO SALLES.

ACÓRDÃO. O julgamento teve a participação dos Exmos. Desembargadores EDSON FERREIRA (Presidente), OSVALDO DE OLIVEIRA E VENICIO SALLES. fls. 1 ACÓRDÃO Registro: 2013.0000671824 Vistos, relatados e discutidos estes autos de Apelação nº 0010990-20.2012.8.26.0361, da Comarca de Mogi das Cruzes, em que é apelante JOSE EDUARDO SANTANA LEITE,

Leia mais

ACÓRDÃO. São Paulo, 12 de abril de Salles Rossi Relator Assinatura Eletrônica

ACÓRDÃO. São Paulo, 12 de abril de Salles Rossi Relator Assinatura Eletrônica fls. 106 Registro: 2016.0000239471 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos de Apelação nº 1056413-22.2014.8.26.0100, da Comarca de São Paulo, em que são apelantes ALEXANDRE SILVA D AMBROSIO

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO ACÓRDÃO

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO ACÓRDÃO PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO ACÓRDÃO Registro: 2012.0000215995 Vistos, relatados e discutidos estes autos de Agravo de Instrumento nº 0288327-54.2011.8.26.0000, da Comarca

Leia mais

l llllll mil mil um mu mu um IIÍU MI mi

l llllll mil mil um mu mu um IIÍU MI mi TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE SÃO PAULO ACÓRDÃO T *J5w - DE JUST ÇA DE SÃO PAULO ACORDAO/DECISAO MONOCRÁTICA REGISTRADO(A) SOB N l llllll mil mil um mu mu um IIÍU MI mi Vistos, relatados e discutidos estes autos

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo fls. 1 Registro: 2014.0000017069 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos do Mandado de Segurança nº 2039481-82.2013.8.26.0000, da Comarca de Rio Claro, em que são impetrantes CLÁUDIO ANTONIO

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE SÃO PAULO ACÓRDÃO/DECISÃO MONOCRATICA REGISTRADO(A) SOB N "02164124* ACÓRDÃO Medida Cautelar de Exibição de Documentos - Decisão que declinou de oficio de sua competência, determinando

Leia mais

Registro: ACÓRDÃO

Registro: ACÓRDÃO Registro: 2017.0000137519 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos do Apelação / Reexame Necessário nº 1036219-74.2016.8.26.0053, da Comarca de São Paulo, em que são apelantes FAZENDA PÚBLICA

Leia mais

AGRAVO DE INSTRUMENTO n /1-00, da Comarca de SÃO. MANOEL, em que é agravante NILDA TERESINHA PARAÍSO FURUKAWA

AGRAVO DE INSTRUMENTO n /1-00, da Comarca de SÃO. MANOEL, em que é agravante NILDA TERESINHA PARAÍSO FURUKAWA TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE SÃO PAULO TRIRUNAL DE JUSTIÇA DE SÃO PAULO ACÓRDÃO/DECISÃO MONOCRÁTICA ACÓRDÃO REGISTRADO(A) SOB N Vistos, relatados e discutidos estes autos de AGRAVO DE INSTRUMENTO n 524.319-4/1-00,

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO. Registro: ACÓRDÃO

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO. Registro: ACÓRDÃO fls. 1 ACÓRDÃO Registro: 2016.0000239070 Vistos, relatados e discutidos estes autos do Apelação nº 0001629-31.2015.8.26.0439, da Comarca de Pereira Barreto, em que é apelante MARIA APARECIDA DA SILVA,

Leia mais

ACÓRDÃO. São Paulo, 30 de março de Marcelo Berthe Relator Assinatura Eletrônica

ACÓRDÃO. São Paulo, 30 de março de Marcelo Berthe Relator Assinatura Eletrônica fls. 120 Registro: 2016.0000204302 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos de Agravo de Instrumento nº 2235136-21.2015.8.26.0000, da Comarca de Taboão da Serra, em que é agravante BAG BRAS INDÚSTRIA

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO ACÓRDÃO

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO ACÓRDÃO Registro:2011.0000284910 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos destes autos do Agravo de Instrumento nº, da Comarca São Paulo, em que é agravante J COHEN EMPREENDIMENTOS COMÉRCIO E REPRESENTAÇÕES LTDA

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO. Registro: ACÓRDÃO

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO. Registro: ACÓRDÃO ACÓRDÃO Registro: 2017.0000000482 Vistos, relatados e discutidos estes autos de Apelação nº 1013875-84.2015.8.26.0037, da Comarca de Araraquara, em que são apelados FABIANO FERNANDO DA SILVA (JUSTIÇA GRATUITA)

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO - SEÇÃO DE DIREITO PRIVADO. 26* Câmara

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO - SEÇÃO DE DIREITO PRIVADO. 26* Câmara TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO - SEÇÃO DE DIREITO PRIVADO 26* Câmara AGRAVO DE INSTRUMENTO NO.1177738-0/4 Comarca de SÃO PAULO Processo 127075/08 31.V.CÍVEL TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE SÃO PAULO

Leia mais

D E C I S Ã O M O N O C R Á T I C A

D E C I S Ã O M O N O C R Á T I C A AGRAVO DE INSTRUMENTO. EXECUÇÃO DE TÍTULO JUDICIAL. HONORÁRIOS ADVOCATÍCIOS. GRATUIDADE JUDICIÁRIA. INDEFERIMENTO. ADVOGADO AUTUANTE. AUSÊNCIA DE PROVA ACERCA DA ALEGADA NECESSIDADE. Não tendo a recorrente,

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo TRIBUNAL DE JUSTIÇA São Paulo Registro: 2013.0000704054 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos de Agravo de Instrumento nº 2028795-31.2013.8.26.0000, da Comarca de Poá, em que é agravante ROSILENE

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo Registro: 2014.0000566560 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos do Apelação nº 9295174-21.2008.8.26.0000, da Comarca de Guarulhos, em que são apelantes ADRIANA PAULINO COSTA (JUSTIÇA GRATUITA),

Leia mais

Nº COMARCA DE GUAÍBA A C Ó R D Ã O

Nº COMARCA DE GUAÍBA A C Ó R D Ã O AGRAVO DE INSTRUMENTO. DISSOLUÇÃO DE UNIÃO ESTÁVEL. VISITAS. ACORDO HOMOLOGADO. DESCUMPRIMENTO PELO PAI VISITANTE, QUE NÃO BUSCA QUALQUER CONTATO COM OS FILHOS. FIXAÇÃO DE MULTA. DESCABIMENTO. É de pensar

Leia mais

ACÓRDÃO. Rebouças de Carvalho RELATOR Assinatura Eletrônica

ACÓRDÃO. Rebouças de Carvalho RELATOR Assinatura Eletrônica fls. 1 PODER JUDICIÁRIO Registro: 2014.0000440193 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos de Apelação / Reexame Necessário nº 0009179-42.2013.8.26.0053, da Comarca de São Paulo, em que são apelantes

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO. Registro: ACÓRDÃO

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO. Registro: ACÓRDÃO fls. 1 ACÓRDÃO Registro: 2014.0000183381 Vistos, relatados e discutidos estes autos de Apelação nº 0017189-98.2011.8.26.0068, da Comarca de Barueri, em que é apelante MARGRAF EDITORA E INDÚSTRIA GRÁFICA

Leia mais

29/09/2017 SEGUNDA TURMA : MIN. GILMAR MENDES (29179/SC OAB)

29/09/2017 SEGUNDA TURMA : MIN. GILMAR MENDES (29179/SC OAB) Ementa e Acórdão Inteiro Teor do Acórdão - Página 1 de 6 29/09/2017 SEGUNDA TURMA SANTA CATARINA RELATOR AGTE.(S) PROC.(A/S)(ES) AGDO.(A/S) ADV.(A/S) : MIN. GILMAR MENDES :ESTADO DE SANTA CATARINA :PROCURADOR-GERAL

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE SÃO PAULO. 2 9a Câmara APELAÇÃO S/ REVISÃO N /4. Comarca de SÃO JOSÉ DO RIO PRETO 4. V.

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE SÃO PAULO. 2 9a Câmara APELAÇÃO S/ REVISÃO N /4. Comarca de SÃO JOSÉ DO RIO PRETO 4. V. TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE SÃO PAULO 2 9a Câmara APELAÇÃO S/ REVISÃO N 1 2 4 1 4 9 0-0/4 Comarca de SÃO JOSÉ DO RIO PRETO 4. V. CÍVEL P r o c e s s o 38380/08 APTE RAIMUNDA AUGUSTA LIMA ALVES APDO MARÍTIMA

Leia mais

AGRAVO DE INSTRUMENTO n /4-00, da Comarca de SÃO. PAULO, em que é agravante SANDRA REGINA DE JESUS SALLES

AGRAVO DE INSTRUMENTO n /4-00, da Comarca de SÃO. PAULO, em que é agravante SANDRA REGINA DE JESUS SALLES TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE SÃO PAULO T AI?^- DE ~ JUSTIÇA DE SÃO PAULO ACÓRDAO/DECISAO MONOCRATICA ACÓRDÃO REGISTRADO(A) SOB N mipui Vistos, relatados e discutidos estes autos de AGRAVO DE INSTRUMENTO n 4

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO Registro: 2017.0000225011 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos de Apelação nº 0071692-91.2012.8.26.0114, da Comarca de Campinas, em que é apelante

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo Registro: 2016.0000545787 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos de Agravo de Instrumento nº 2139705-23.2016.8.26.0000, da Comarca de Praia Grande, em que é agravante HENRIQUE AUGUSTO MARTINS,

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo Registro: 2012.0000111145 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos do Agravo de Instrumento nº 0260447-87.2011.8.26.0000, da Comarca de, em que são agravantes DENISSON MOURA DE FREITAS e MARIA

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO ACÓRDÃO

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO ACÓRDÃO Registro: 2017.0000534523 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos de Apelação nº 0061765-38.2011.8.26.0114, da Comarca de Campinas, em que é apelante MARCELO DE ANDRADE VIEIRA LOUREIRO, é apelado

Leia mais

A C Ó R D Ã O Nº XXXXXXXXX (N XXXXXXXXXXXXXXXXXXX) COMARCA DE XXXXXXXXXX VVVVVVV.. YYYYYYY.. AGRAVANTE AGRAVADO

A C Ó R D Ã O Nº XXXXXXXXX (N XXXXXXXXXXXXXXXXXXX) COMARCA DE XXXXXXXXXX VVVVVVV.. YYYYYYY.. AGRAVANTE AGRAVADO AGRAVO DE INSTRUMENTO. AÇÃO DE INTERDIÇÃO. PROPOSITURA DA DEMANDA POR MEIO DE ADVOGADO PRIVADO COM CONTRATAÇÃO DE HONORÁRIOS. POSSIBILIDADE. A curadora provisória tentou buscar a interdição pela Defensoria

Leia mais

ACÓRDÃO. O julgamento teve a participação dos Exmos. Desembargadores LUIS CARLOS DE BARROS (Presidente sem voto), ÁLVARO TORRES JÚNIOR E CORREIA LIMA.

ACÓRDÃO. O julgamento teve a participação dos Exmos. Desembargadores LUIS CARLOS DE BARROS (Presidente sem voto), ÁLVARO TORRES JÚNIOR E CORREIA LIMA. ACÓRDÃO Registro: 2012.0000626196 Vistos, relatados e discutidos estes autos de Apelação nº 0001752-55.2011.8.26.0411, da Comarca de Pacaembu, em que é apelante M. G. CALÇADOS DE PACAEMBU INDUSTRIA E COMERCIO

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça AgRg no AGRAVO EM RECURSO ESPECIAL Nº 158.184 - SP (2012/0055988-6) RELATOR AGRAVANTE ADVOGADO AGRAVADO ADVOGADO INTERES. : MINISTRO CESAR ASFOR ROCHA : COMPANHIA DE SANEAMENTO BÁSICO DO ESTADO DE SÃO

Leia mais

AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº ( ) DE ANÁPOLIS

AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº ( ) DE ANÁPOLIS AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº 90425-67.2011.8.09.0000 (201190904250) DE ANÁPOLIS AGRAVANTE AGRAVADO CÂMARA VILMAR FERREIRA PRODUTOS ALIMENTÍCIOS ORLÂNDIA S/A COMÉRCIO E INDÚSTRIA DESEMBARGADOR CARLOS ESCHER

Leia mais

R E L A T Ó R I O O EXMO. SR. DESEMBARGADOR FEDERAL LÁZARO

R E L A T Ó R I O O EXMO. SR. DESEMBARGADOR FEDERAL LÁZARO R E L A T Ó R I O GUIMARÃES (RELATOR): O EXMO. SR. DESEMBARGADOR FEDERAL LÁZARO Trata-se de agravo inominado interposto ante decisão que negou seguimento ao recurso, impugnando decisum proferido pelo MM.

Leia mais

ACÓRDÃO. O julgamento teve a participação dos Exmos. Desembargadores HUGO CREPALDI (Presidente sem voto), SEBASTIÃO FLÁVIO E MARCONDES D'ANGELO.

ACÓRDÃO. O julgamento teve a participação dos Exmos. Desembargadores HUGO CREPALDI (Presidente sem voto), SEBASTIÃO FLÁVIO E MARCONDES D'ANGELO. ACÓRDÃO Registro: 2013.0000037870 Vistos, relatados e discutidos estes autos de Agravo de Instrumento nº 0269569-90.2012.8.26.0000, da Comarca de São Paulo, em que é agravante ERNANI BARBAGLIO (E OUTROS(AS)),

Leia mais

Décima Sexta Câmara Cível Gabinete do Desembargador Marco Aurélio Bezerra De Melo

Décima Sexta Câmara Cível Gabinete do Desembargador Marco Aurélio Bezerra De Melo AGRAVO DE INSTRUMENTO. DECISÃO AGRAVADA QUE DEFERE ANTECIPAÇÃO DE TUTELA PARA DETERMINAR AO MUNICÍPIO DE NOVA FRIBURGO A DISPONIBILIZAÇÃO DE CONSULTA MÉDICA DE NEUROLOGISTA. RECURSO DO RÉU. Direito à Saúde.

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo Registro: 2014.0000279160 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos do Agravo de Instrumento nº 2012499-94.2014.8.26.0000, da Comarca de, em que é agravante DALLAS RENT A CAR (EM RECUPERAÇÃO JUDICIA),

Leia mais

O julgamento teve a participação dos Exmos. Desembargadores ENIO ZULIANI (Presidente), FRANCISCO LOUREIRO E CESAR CIAMPOLINI.

O julgamento teve a participação dos Exmos. Desembargadores ENIO ZULIANI (Presidente), FRANCISCO LOUREIRO E CESAR CIAMPOLINI. Registro: 2016.0000698256 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos do Agravo de Instrumento nº 2095653-39.2016.8.26.0000, da Comarca de São Paulo, em que são agravantes PETROLEO BRASILEIRO S.A

Leia mais

Nº COMARCA DE PORTO ALEGRE

Nº COMARCA DE PORTO ALEGRE AGRAVO DE INSTRUMENTO. ENSINO PARTICULAR. EXECUÇÃO. PENHORA ON LINE. VERBAS DE NATUREZA ALIMENTAR. IMPENHORABILIDADE. 1. É inadmissível a penhora de valores de natureza alimentar, em decorrência da regra

Leia mais

AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº ( ) GOIÂNIA

AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº ( ) GOIÂNIA AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº 172440-59.2012.8.09.0000 (201291724400) GOIÂNIA AGRAVANTE: AGRAVADO: RELATOR: CÂMARA: VALDEMAR PARREIRA ALVES SÔNIA MARIA AREAS E OUTROS EUDÉLCIO MACHADO FAGUNDES JUIZ SUBSTITUTO

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO DÉCIMA PRIMEIRA CÂMARA CÍVEL

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO DÉCIMA PRIMEIRA CÂMARA CÍVEL 1 TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO DÉCIMA PRIMEIRA CÂMARA CÍVEL AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº 0006422-98.2014.8.19.0000 AGRAVANTE: DENISE GUARINO MOREIRA FOLETTO AGRAVADO 1: CONDOMÍNIO DO EDIFÍCIO

Leia mais

Rio de Janeiro, 16 de maio de 2017.

Rio de Janeiro, 16 de maio de 2017. Agravante: CLARO S.A. Agravado: FABIANO LUIZ SOMBRA Relator: DES. CARLOS EDUARDO MOREIRA DA SILVA ACÓRDÃO Agravo de Instrumento. Processo civil. Ação de obrigação de não fazer. Requerimento de concessão

Leia mais

ACÓRDÃO. Vistos, relatados e discutidos estes autos de Apelação nº , da Comarca de Sorocaba, em que é

ACÓRDÃO. Vistos, relatados e discutidos estes autos de Apelação nº , da Comarca de Sorocaba, em que é DE ACÓRDÃO Registro: 2014.0000828525 Vistos, relatados e discutidos estes autos de Apelação nº 0053422-15.2009.8.26.0602, da Comarca de Sorocaba, em que é apelante MUNICIPALIDADE DE SOROCABA, é apelado

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO ACÓRDÃO

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO ACÓRDÃO Registro: 2016.0000736616 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos de Apelação / Reexame Necessário nº 1005651-12.2014.8.26.0032, da Comarca de Araçatuba, em que são apelantes FAZENDA DO ESTADO

Leia mais

ACÓRDÃO. O julgamento teve a participação dos Desembargadores LUÍS DE CARVALHO (Presidente), PEREIRA CALÇAS E FRANCISCO THOMAZ.

ACÓRDÃO. O julgamento teve a participação dos Desembargadores LUÍS DE CARVALHO (Presidente), PEREIRA CALÇAS E FRANCISCO THOMAZ. DE SÃO PAULO ACÓRDÃO DE SÃO PAULO ACORDAO/DECISÃO MONOCRÁTICA REGISTRADO(A) SOB N I MUI lllll lllll mil um um mu um mi In! Vistos, relatados e discutidos estes autos de Agravo de Instrumento n 990.09.318362-5,

Leia mais

ACORDAM, em 13 a Câmara de Direito Privado do Tribunal de Justiça de São Paulo, proferir a seguinte

ACORDAM, em 13 a Câmara de Direito Privado do Tribunal de Justiça de São Paulo, proferir a seguinte TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE SÃO PAULO ACÓRDÃO/DECISÃO MONOCRÁTICA REGISTRADO(A) SOB N *03073182* PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE SÃO PAULO ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos de Apelação

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO. Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo ACÓRDÃO

PODER JUDICIÁRIO. Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo ACÓRDÃO ACÓRDÃO Registro: 2012.0000106018 Vistos, relatados e discutidos estes autos de Agravo Regimental nº 0293578-53.2011.8.26.0000/50000, da Comarca de Jundiaí, em que é agravante DAAP INDUSTRIA METALURGICA

Leia mais

ACÓRDÃO , da Comarca de Santana de Parnaíba, em que é agravante EMK

ACÓRDÃO , da Comarca de Santana de Parnaíba, em que é agravante EMK fls. 45 PODER JUDICIÁRIO Registro: 2016.0000434735 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos do Agravo de Instrumento nº 2105998-64.2016.8.26.0000, da Comarca de Santana de Parnaíba, em que é

Leia mais

ACÓRDÃO. O julgamento teve a participação dos Exmos. Desembargadores GILBERTO LEME (Presidente) e ARTUR MARQUES. São Paulo, 14 de agosto de 2017.

ACÓRDÃO. O julgamento teve a participação dos Exmos. Desembargadores GILBERTO LEME (Presidente) e ARTUR MARQUES. São Paulo, 14 de agosto de 2017. ACÓRDÃO Registro: 2017.0000597071 Vistos, relatados e discutidos estes autos de Apelação nº 1116258-14.2016.8.26.0100, da Comarca de São Paulo, em que é apelante APPLE COMPUTER DO BRASIL LTDA, é apelado

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo Registro: 2016.0000832335 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos de Agravo de Instrumento nº 2131075-75.2016.8.26.0000, da Comarca de Pereira Barreto, em que é agravante NATHAN FERNANDES, são

Leia mais

ACÓRDÃO. São Paulo, 14 de março de Cristina Cotrofe Relatora Assinatura Eletrônica

ACÓRDÃO. São Paulo, 14 de março de Cristina Cotrofe Relatora Assinatura Eletrônica Registro: 2016.0000161420 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos de Agravo de Instrumento nº 2005417-41.2016.8.26.0000, da Comarca de Piracicaba, em que é agravante RENATO ANDRE ZUIN, é agravado

Leia mais

ANDRÉ LUIZ M. BITTENCOURT.

ANDRÉ LUIZ M. BITTENCOURT. ANDRÉ LUIZ M. BITTENCOURT IMPORTÂNCIA DA ATRIBUIÇÃO DO VALOR DA CAUSA Art.291. Atodacausaserá atribuídovalorcerto,ainda que não tenha conteúdo econômico imediatamente aferível. IMPORTÂNCIA DA ATRIBUIÇÃO

Leia mais