MARTIFER METALLIC CONSTRUCTIONS

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "MARTIFER METALLIC CONSTRUCTIONS"

Transcrição

1 MARTIFER METALLIC CONSTRUCTIONS

2 AGENDA 1. Quem somos? 1.1. Grupo Martifer 1.2. Martifer Metallic Constructions 2. Como fazemos? 2.1. Inovação industrial 2.2 Pessoas e competências Industrial Desenho e gestão 3. O que já fizemos? Construção de elevada complexidade 4. O que estamos a fazer? Projetos em curso 5. Porquê a Martifer? 2 Martifer Metallic Constructions

3 QUEM SOMOS?

4 MARTIFER GROUP Atividades core: Construção Metálica e Energia Solar Aprox. 490 milhões de euros de proveitos operacionais nas suas atividades principais em 2012, dos quais 81 % fora de Portugal Cerca de colaboradores Cotada na Euronext Lisbon desde junho de 2007 OUTRAS Estruturas Metálicas Fachadas em Alumínio e Vidro Inox Engenharia Eólico, Petróleo & Gás Construção & Reparação Naval EPC Soluções FV Distribuição O&M Desenvolvimento de projetos 4 Martifer Metallic Constructions

5 GRUPO MARTIFER HISTÓRIA DE CRESCIMENTO AO LONGO DE 23 ANOS 1990 Fundação da Martifer 1998 Engil (Mota-Engil) passa a ser acionista Expo 98, com a participação da Martifer em várias obras (Ex. Torre Vasco da Gama) 1999 Início da internacionalização com a entrada em Espanha 2002 Construção dos estádios para o Euro 2004 Segunda fábrica em Portugal, Benavente 2003 Criação da fábrica de construções Metálicas na Polónia, 1.ª fora de Portugal 2008 Início de operação das unidades industriais de componentes para parques eólicos, módulos fotovoltaicos e assemblagem de aerogeradores Aquisição da Navalria, especializada no negócio da Construção e Reparação Naval 2007 OPA sobre a REpower Systems AG, em conjunto com a Suzlon Consórcio Ventinveste vence Fase B do Concurso Eólico Nacional (400 MW) Entrada em bolsa (IPO) 2006 Início de atividade no setor Solar FV Criação do Consórcio Ventinveste para o Concurso Eólico Nacional, em parceria com a Galp 2005 Início de atividade nas áreas de Agricultura e Biocombustíveis e Desenvolvimento de Parques Eólicos Aquisição de 25,4% da REpower Systems AG 2004 Início de atividade no sector de equipamentos para Energia Renovável Eólica 2009 Criação de uma joint venture com a Hirschfeld para a produção de componentes para energia eólica nos EUA Martifer Renewables ultrapassa 100 MW de capacidade instalada Martifer Renewables ganha 217 MW no primeiro Leilão eólico no Brasil Venda da participação detida na REpower Systems AG 2010 Alienação de 11 % na Prio Foods e Prio Energy, passando a deter 49 % do seu capital Construção dos dois maiores parques solares fotovoltaicos do Continente Africano, em Cabo-Verde 2011 Início da construção da fábrica de estruturas metálicas em São Paulo, Brasil Adjudicação à Martifer Solar do primeiro projeto fotovoltaico na Índia Venda da participação na Repower Portugal 2012 Início de operação da fábrica de estruturas metálicas no Brasil Martifer Solar expande atividade para a Ucrânia, a Roménia, o México e o Brasil ~ colaboradores Presente em cerca de 30 países 10 Unidades Industriais 5 Martifer Metallic Constructions

6 GRUPO MARTIFER PRESENÇA GLOBAL 6 Martifer Metallic Constructions

7 GRUPO MARTIFER PRESENÇA INDUSTRIAL E COMERCIAL Comercial Portugal Esoanha Itália Irlanda Eslováquia Cabo Verde Bélgica Alemanha República Checa Polónia Canadá Brasil Austrália França Roménia Marrocos Grécia EUA Bulgária Angola Reino Unido Moçambique México Arábia Saudita Chile África do Sul Índia Emirados Árabes Unidos Singapura Ucrânia Colômbia Peru 7 Martifer Metallic Constructions

8 MARTIFER METALLIC CONSTRUCTIONS SEGMENTOS DE NEGÓCIO ESTRUTURAS METÁLICAS Player global no setor da construção metálica, presente em mais de 12 países FACHADAS EM ALUMÍNIO E VIDRO SOLUÇÕES INOX Capacidade para executar trabalhos de grande complexidade, encontrando as melhores soluções, tanto na área de projeto como de engenharia Fabrico de componentes para o setor EÓLICO, PETRÓLEO E GÁS eólico, petróleo e gás, onshore e offshore Fornecedor de soluções chave-na-mão CONSTRUÇÃO E REPARAÇÃO NAVAL Capacidade de produção: mais de toneladas/ano 8 Martifer Metallic Constructions

9 MARTIFER METALLIC CONSTRUCTIONS UNIDADES INDUSTRIAIS A MARTIFER METALLIC CONSTRUCTIONS TEM 10 FÁBRICAS EM TODO O MUNDO COM UMA ÁREA COBERTA DE CERCA DE M 2 9 Martifer Metallic Constructions

10 COMO FAZEMOS? INOVAÇÃO INDUSTRIAL

11 PROJETOS DE I&D ATUAIS Soldadura robotizada SFC Shop Floor Control 6 Sigma 11 Martifer Metallic Constructions

12 SOLDADURA ROBOTIZADA E AUTOMAÇÃO DE PROCESSOS Soldadura por arco submerso longitudinal, tubular e lateral Soldadura MAG robotizada Softwares de corte controlados por CNC Produção baseada em Tekla [ou outros modelos 3D] 12 Martifer Metallic Constructions

13 13 Martifer Metallic Constructions A MAIS MODERNA TECNOLOGIA ROBÓTICA, PARA UMA SOLDADURA PERFEITA E CONDIÇÕES CONTROLADAS

14 COMO FAZEMOS? PESSOAS E COMPETÊNCIAS

15 PESSOAS E COMPETÊNCIAS Os números mais recentes indicam que a Martifer Metallic Constructions conta com colaboradores. Cerca de pessoas trabalham diariamente nas nossas fábricas divididas em três turnos Em Portugal, a média de idades dos colaboradores é de 35 anos A Martifer possui a sua própria escola de soldadura, onde formadores certificados asseguram que os seus alunos se tornam os melhores no seu trabalho 15 Martifer Metallic Constructions

16 PESSOAS E COMPETÊNCIAS 161 engenheiros gerem e analisam detalhadamente cada projeto Uma equipa jovem e motivada com técnicas inovadoras, procura sempre encontrar novas soluções para atingir os objetivos Uma equipa de modelação experiente produz modelos 3D que permitem uma maior precisão no fabrico e na montagem 16 Martifer Metallic Constructions

17 SOLDADURA ROBOTIZADA E AUTOMAÇÃO DE PROCESSOS A MARTIFER UTILIZA SOFTWARES DE VANGUARDA, TAIS COMO: Tekla Robot Autocad Autocad Revit Solidworks Strucad 17 Martifer Metallic Constructions

18 O QUE JÁ FIZEMOS? CONSTRUÇÃO DE ELEVADA COMPLEXIDADE

19 ESTORIL SOL RESIDENCE CASCAIS, PORTUGAL ANO: 2009 DONO DE OBRA: Fundor - Fundo de Investimento Imobiliário CLIENTE: ACE - Somague e Edifer ARQUITETO: Gonçalo Byrne Arquitectos PESO: 900 t INTERVENÇÃO: Este projecto destaca-se pela metodologia de montagem. As três estruturas em consola foram pré-montadas no solo e depois erigidas usando três guinchos de 120 toneladas. 19 Martifer Metallic Constructions

20 HOTEL MELIÁ BRAGA BRAGA, PORTUGAL ANO: 2010 CLIENTE: Britalar ARQUITETO: Fernando Jorge ÁREA: m 2 de fachada; m 2 de revestimentos INTERVENÇÃO: Fachada tradicional, painel compósito de alumínio, serralharias em ferro e inox 20 Martifer Metallic Constructions

21 AEROPORTO FRANCISCO SÁ-CARNEIRO PORTO, PORTUGAL ANO: 2007 DONO DE OBRA: ANA Aeroportos de Portugal CLIENTE: Mota-Engil Soares da Costa ARQUITETO: ANA - Arq.º João Belo ENGENHARIA: Tal Projecto PESO: t ÁREA: m² INTERVENÇÃO: Estrutura metálica, revestimentos em painel compósito, cobertura, serralharias, fachada VEP- MTA, claraboias VEC e revestimentos em painel compósito PRÉMIOS: European Steel Design Awards 2007 ECCS - European Convention for Construction Steelwork 21 Martifer Metallic Constructions

22 AEROPORTO DE DUBLIN DUBLIN, IRLANDA ANO: 2010 CLIENTE: Dublin Airport Authorities ARQUITETO E PROJETISTA: Pascall and Watson Architects (UK) + ARUP (UK) + Martifer (project design and build) FISCALIZAÇÃO: MACE (UK) PESO: t de estrutura metálica ÁREA: m² de revestimento em sistema Kalzip, m² de revestimento em sistema Alucobond e m² de fachadas envidraçadas INTERVENÇÃO: Estrutura metálica, revestimentos e fachadas 22 Martifer Metallic Constructions

23 LAS ARENAS BARCELONA, ESPANHA ANO: 2010 DONO DE OBRA: Metrovacesa CLIENTE: Dragados ARQUITETO: Luis Alonso - Sergi Balaguer - Richard Rogers PESO: t INTERVENÇÃO: Estrutura metálica de suporte da cobertura e escadas de emergência Na obra Las Arenas, a metodologia de montagem foi um fator decisivo no seu sucesso. A estrutura central da cobertura foi montada e soldada no solo, tendo sido depois erguida com recurso a uma torre de suporte central com um guincho. 23 Martifer Metallic Constructions

24 MOROCCO MALL CASABLANCA, MARROCOS ANO: 2011 DONO DE OBRA: Al Amine Gestion ARQUITETO: Design International PESO: 550 t de estrutura metálica ÁREA: m² de fachadas; m² de claraboias INTERVENÇÃO: Estrutura metálica, claraboias, fachadas, revestimentos 24 Martifer Metallic Constructions

25 ESTÁDIO DO DRAGÃO PORTO, PORTUGAL ANO: 2003 CLIENTE: Somague ARQUITETO: Manuel Salgado PESO: t de estrutura metálica ÁREA: m² de cobertura INTERVENÇÃO: Estrutura metálica, cobertura em painel policarbonato PRÉMIOS: European Steel Design Awards 2005 ECCS - European Convention for Construction Steelwork 25 Martifer Metallic Constructions

26 ESTÁDIO DO CASTELÃO FORTALEZA, BRASIL CLIENTE: Consórcio Castelão PESO: t ÁREA: m² de revestimento de Cobertura (dos quais m² de Sistema Deck com Isolamento e m² de policarbonato ondulado transparente) INTERVENÇÃO: Fabrico, Transporte e Montagem da Estrutura Metálica da Cobertura, instalação da Cobertura 26 Martifer Metallic Constructions

27 PONTE MÓVEL DO PORTO DE LEIXÕES LEIXÕES, PORTUGAL ANO: 2007 CLIENTE: CPTP ARQUITETO : João Motta Guedes PESO: t DISTÂNCIA DO VÃO: 92 m TONELADAS POR TRAMO: 290 t INTERVENÇÃO: Estrutura metálica PRÉMIO: European Steel Design Awards 2007 ECCS - European Convention for Construction Steelwork 27 Martifer Metallic Constructions

28 PONTE EM BASARAB BUCARESTE, ROMÉNIA ANO: 2010 DONO DE OBRA: City Hall Bucharest CLIENTE: FCC - ASTALDI PESO: t INTERVENÇÃO: Estrutura metálica do tabuleiro 28 Martifer Metallic Constructions

29 REFINARIA GALP ENERGIA SINES, PORTUGAL ANO: 2011 DONO DE OBRA: Galp Energia CLIENTE: Técnicas Reunidas PESO: t INTERVENÇÃO: Estrutura metálica em pipe-racks e plataformas, montagem de gradil e chapa de revestimentos 29 Martifer Metallic Constructions

30 RENAULT TÂNGER, MARROCOS ANO: 2011 CLIENTE: Renault PESO: t ÁREA: m² INTERVENÇÃO: Estrutura metálica e revestimento de fachadas e cobertura 30 Martifer Metallic Constructions

31 TORRE 00 BARCELONA, ESPANHA ANO: 2010 DONO DE OBRA: El Consorci Barcelona CLIENTE: FCC ARQUITETO: EMBA Estudi Massip Bosch Arquitectes ÁREA: m² de fachada modular em alumínio INTERVENÇÃO: Estrutura metálica, cobertura e fachada 31 Martifer Metallic Constructions

32 SEDE TELEFÓNICA MADRID, ESPANHA ANO: 2007 DONO DE OBRA: Telefónica de España CLIENTE: Dragados - FCC ARQUITETO: Rafael de La-Hoz Castanys PESO: t ÁREA: m² INTERVENÇÃO: Estrutura metálica das coberturas 32 Martifer Metallic Constructions

33 CENTRO DE ARTE DE ALCOBENDAS MADRID, ESPANHA ANO: 2010 DONO DE OBRA: Ayuntamiento de Alcobendas CLIENTE: FCC Construcción ARQUITETO : LAUD S.L. ÁREA: 575 m² de fachada fotovoltaica; m² de fachadas em vidro; m² de revestimentos; 180 m² de clarabóias INTERVENÇÃO: Fachadas, revestimentos e clarabóias 33 Martifer Metallic Constructions

34 MUSEU DOS COCHES LISBOA, PORTUGAL ANO: 2011 DONO DE OBRA: Frente Tejo ARQUITETO: Arq.º Paulo Mendes da Rocha - Bak Gordon Arquitetos FISCALIZAÇÃO: Proman PESO: t ÁREA: m² de cobertura e piso INTERVENÇÃO: Estrutura metálica, revestimentos de piso e de cobertura 34 Martifer Metallic Constructions

35 CENTRO CHAMPALIMAUD LISBOA, PORTUGAL ANO: 2010 DONO DE OBRA: Fundação Champalimaud CLIENTE: Mota Engil - HCI ARQUITETO: Charles Correa ÁREA: m² de fachada colagem estrutural; m² de fachada Glass Fins; m² e painel compósito; 500 m² de claraboias; 600 m² de sistemas de sombreamento INTERVENÇÃO: Estrutura metálica, fachada, sistemas de sombreamento 35 Martifer Metallic Constructions

36 HOSPITAL DE QUIRÓN MADRID, ESPANHA ANO: 2005 CLIENTE: DRAGADOS ARQUITETO: Pinearq, Estudio de Arquitectura ÁREA: m² de cobertura e piso INTERVENÇÃO: Claraboias, sombreadores e caixilhos de alumínio 36 Martifer Metallic Constructions

37 O QUE ESTAMOS A FAZER? PROJETOS EM CURSO

38 MUSEU DO AMANHÃ RIO DE JANEIRO, BRASIL CLIENTE: Consórcio Porto Novo/ Consórcio Porto Rio ARQUITETURA: Santiago Calatrava PESO: t INTERVENÇÃO: Fornecimento e Montagem da Estrutura Metálica, Aluminios, Sistema Fotovoltaico e Sistema Hidráulico 38 Martifer Metallic Constructions

39 TRANSCARIOCA TRECHO 2 PENHA-GALEÃO RIO DE JANEIRO, BRASIL CLIENTE: Consórcio Transcarioca Rio (construtora OAS ltda (lider); Carioca Christiani Nielsen Engenharia S/A e Contern Construção e Comércio S/A) ARQUITETURA: Camilo Cortesão & Associados PESO: t INTERVENÇÃO: Estrutura metálica 39 Martifer Metallic Constructions

40 SIDERURGIA GV DO BRASIL PINDAMONHANGABA, BRASIL ANO: 2013 CLIENTE: GV do Brasil PESO: t INTERVENÇÃO: Estrutura Metálica 40 Martifer Metallic Constructions

41 ARENA AMAZÔNIA MANAUS, BRASIL ANO: 2013 CLIENTE: Construtora Andrade Gutierrez S.A. ARQUITETURA: GMP/SBP PESO: t INTERVENÇÃO: Fornecimento e Montagem da Estrutura Metálica, Aparelhos de Apoio e Revestimentos da fachada e cobertura em membrana PTFE 41 Martifer Metallic Constructions

42 SCOTTISH HYDRO ARENA GLASGOW, ESCÓCIA DONO DE OBRA: SECC FISCALIZAÇÃO: Turner and Townsend ARQUITETO: Foster partners PESO: t INTERVENÇÃO: Estrutura metálica da cobertura, revestimento em Kalzip e estrutura de apoio às bancadas 42 Martifer Metallic Constructions

43 KING ABDULLAH SPORTS CITY JEDDAH, ARÁBIA SAUDITA ANO: 2013 CLIENTE: J.V. BESIX Al Muhaidib DONO DE OBRA: SAUDI ARAMCO ARQUITETURA: ARUP PESO: t INTERVENÇÃO: Estrutura metálica da cobertura do Estádio Principal 43 Martifer Metallic Constructions

44 KING ABDULLAH FINANCIAL DISTRICT RIADE, ARÁBIA SAUDITA DONO DE OBRA: Rayadah Investment Company ÁREA: m² de Fachada modelar; m² de Fachadas de Pedra; m² de Fachadas de vidro; m² de Fachadas ventiladas; m² de Fachadas ventiladas de inox; m² de Fachadas ventiladas compósito de alumínio; m² de Lâminas de sombreamento INTERVENÇÃO: Fachadas e revestimentos 44 Martifer Metallic Constructions

45 BIRMINGHAM NEW STREET BIRMINGHAM, INGLATERRA DONO DE OBRA: Network Rail PESO: t de estrutura metálica de fachada e 360 t em claraboia treliçada INTERVENÇÃO: Estrutura metálica da fachada e claraboia 45 Martifer Metallic Constructions

46 CHU AMIENS AMIENS, FRANÇA DONO DE OBRA: CHU Amiens Picardie ARQUITETO: AART PESO: 800 t INTERVENÇÃO: Estrutura metálica 46 Martifer Metallic Constructions

47 AEROPORTO DE CATUMBELA FASE II CATUMBELA, ANGOLA CLIENTE: Somague Engenharia Angola PESO: t ÁREA: m² fachada cortina de alumínio e vidro; m² painel compósito de alumínio; 400 m² palas em vidro agrafado INTERVENÇÃO: Estrutura metálica, painel compósito de alumínio, palas em vidro agrafado 47 Martifer Metallic Constructions

48 PORQUÊ A MARTIFER?

49 PORQUÊ A MARTIFER? EXPERIÊNCIA TECNOLOGIA DE PONTA CAPACIDADE INDUSTRIAL COMPROVADA QUALIDADE ELEVADA DESENHO, PRODUÇÃO E MONTAGEM EQUIPA COMPETENTE 49 Martifer Metallic Constructions

50 Martifer Metallic Constructions SGPS, S.A. Zona Industrial, Apartado Oliveira de Frades Portugal Tel: Fax:

MARTIFER GROUP. Cotada na Euronext Lisbon desde Junho de 2007 METALLIC CONSTRUCTIONS SOLAR

MARTIFER GROUP. Cotada na Euronext Lisbon desde Junho de 2007 METALLIC CONSTRUCTIONS SOLAR MARTIFER GROUP Mais de 600 milhões de euros de Proveitos Operacionais nas suas actividades principais Cerca de 3.000 colaboradores Cotada na Euronext Lisbon desde Junho de 2007 METALLIC CONSTRUCTIONS SOLAR

Leia mais

Nós somos aquilo que fazemos repetidamente. Excelência, então, não é um modo de agir, mas um hábito.

Nós somos aquilo que fazemos repetidamente. Excelência, então, não é um modo de agir, mas um hábito. CONSTRUÇÕES 1 O grupo martifer 5 história 6 Martifer Brasil 8 Pontes e viadutos 14 comerciais 19 industriais 20 Nós somos aquilo que fazemos repetidamente. Excelência, então, não é um modo de agir, mas

Leia mais

Fórum Novas Tecnologias na Soldadura O SOLDADOR NA MARTIFER

Fórum Novas Tecnologias na Soldadura O SOLDADOR NA MARTIFER Fórum Novas Tecnologias na Soldadura O SOLDADOR NA MARTIFER AGENDA 1. O Grupo Martifer 2. As Pessoas na Martifer 4. Iniciativas de Formação 5. Exemplos de Desenvolvimentos Tecnológicos na Área da Soldadura

Leia mais

Planeamento Estratégico. Estratégia, as Pessoas e a Melhoria Contínua

Planeamento Estratégico. Estratégia, as Pessoas e a Melhoria Contínua Planeamento Estratégico Estratégia, as Pessoas e a Melhoria Contínua AGENDA 1. O Grupo Martifer 2. As Pessoas 4. A Estratégia 5. Monitorização Ferramenta Balance Scord Card 2 GRUPO MARTIFER Dimensão: Mais

Leia mais

ANÁLISE DE RESULTADOS PRINCIPAIS MENSAGENS ANEXOS

ANÁLISE DE RESULTADOS PRINCIPAIS MENSAGENS ANEXOS // TO STAY AHEAD// ANÁLISE DE RESULTADOS PRINCIPAIS MENSAGENS ANÁLISE DE RESULTADOS PRINCIPAIS MENSAGENS DESTAQUES DESTAQUES ANÁLISE DE RESULTADOS PRINCIPAIS MENSAGENS página 3 Proveitos operacionais de

Leia mais

Alentejo no horizonte 2020 Desafios e Oportunidades

Alentejo no horizonte 2020 Desafios e Oportunidades Alentejo no horizonte 2020 Desafios e Oportunidades Vendas Novas - 02 de julho de 2013 aicep Portugal Global é uma agência pública de natureza empresarial, cuja missão é: Atrair investimento estrangeiro

Leia mais

O GRUPO MARTIFER MARTIFER GROUP METALLIC CONSTRUCTIONS HOTÉIS E RESIDENCIAL HOTELS AND RESIDENTIAL AEROPORTOS AIRPORTS

O GRUPO MARTIFER MARTIFER GROUP METALLIC CONSTRUCTIONS HOTÉIS E RESIDENCIAL HOTELS AND RESIDENTIAL AEROPORTOS AIRPORTS O GRUPO MARTIFER MARTIFER GROUP 04 METALLIC CONSTRUCTIONS 06 HOTÉIS E RESIDENCIAL HOTELS AND RESIDENTIAL 14 AEROPORTOS AIRPORTS 16 CENTROS COMERCIAIS SHOPPING CENTRES 18 DESPORTO SPORT 20 PONTES E VIADUTOS

Leia mais

As PME do Sector Energético: desafios e estratégias APE/Energy Live Expo Lisboa, Março de 2013

As PME do Sector Energético: desafios e estratégias APE/Energy Live Expo Lisboa, Março de 2013 As PME do Sector Energético: desafios e estratégias APE/Energy Live Expo Lisboa, Março de 2013 Rethinking Energy Worldwide A Internacionalização de uma pequena empresa de serviços Miguel Ferreira Março

Leia mais

CRIAMOS SOLUÇÕES E MATERIALIZAMOS IDEIAS. www.edimetal.pt 1

CRIAMOS SOLUÇÕES E MATERIALIZAMOS IDEIAS. www.edimetal.pt 1 CRIAMOS SOLUÇÕES E MATERIALIZAMOS IDEIAS. www.edimetal.pt 1 CRIAMOS SOLUÇÕES E MATERIALIZAMOS IDEIAS A Edimetal é uma unidade empresarial especializada na concepção, engenharia, produção, instalação e

Leia mais

Powered by. Desenvolvimento

Powered by. Desenvolvimento Desenvolvimento de Sistemas Sustentáveis 1 Urbancraft Energia, S.A. FDO INVESTIMENTOS E PARTICIPAÇÕES, SGPS, S.A. ALEXANDRE BARBOSA BORGES, SGPS, S.A. 50% 50% A URBANCRAFT ENERGIA, S.A é uma sociedade

Leia mais

O EBITDA no 4T13 foi de 9,6 M, o que corresponde a uma margem EBITDA de 7 %

O EBITDA no 4T13 foi de 9,6 M, o que corresponde a uma margem EBITDA de 7 % DESTAQUES página 3 O total de Proveitos Operacionais foi de 592,9 M, a registar uma subida de 15 % quando comparado com o ano anterior, a refletir um crescimento significativo no volume de negócio das

Leia mais

NewVision Enquadramento do projecto de Qualificação e Internacionalização de PME

NewVision Enquadramento do projecto de Qualificação e Internacionalização de PME NewVision Enquadramento do projecto de Qualificação e Internacionalização de PME 15.06.2010 Institucional \ Breve Introdução A NEWVISION é uma empresa Portuguesa de base tecnológica, que tem como objectivo

Leia mais

117 INFORMAÇÃO FINANCEIRA INDIVIDUAL 04 RELATÓRIO ÚNICO DE GESTÃO INFORMAÇÃO OBRIGATÓRIA 57 INFORMAÇÃO FINANCEIRA CONSOLIDADA

117 INFORMAÇÃO FINANCEIRA INDIVIDUAL 04 RELATÓRIO ÚNICO DE GESTÃO INFORMAÇÃO OBRIGATÓRIA 57 INFORMAÇÃO FINANCEIRA CONSOLIDADA 3 04 53 RELATÓRIO ÚNICO DE GESTÃO INFORMAÇÃO OBRIGATÓRIA 57 INFORMAÇÃO FINANCEIRA CONSOLIDADA 117 INFORMAÇÃO FINANCEIRA INDIVIDUAL 141 RELATÓRIOS DE AUDITORIA E FISCALIZAÇÃO 07 GRUPO MARTIFER Mensagem

Leia mais

SEMINÁRIO EXPORTAR, EXPORTAR, EXPORTAR. Viana do Castelo, 11de Fevereiro

SEMINÁRIO EXPORTAR, EXPORTAR, EXPORTAR. Viana do Castelo, 11de Fevereiro SEMINÁRIO EXPORTAR, EXPORTAR, EXPORTAR Viana do Castelo, 11de Fevereiro www.cosec.pt COSEC Companhia de Seguro de Créditos, S.A. 2014 Índice Sobre a COSEC Seguro de Créditos Soluções à medida em resumo

Leia mais

Cruz do Peso 3740-209 Sever do Vouga. E.N.1 Zona Industrial dos Areeiros Lugar dos Pisões 3800 200 Albergaria a - Velha. Counterfess@gmail.

Cruz do Peso 3740-209 Sever do Vouga. E.N.1 Zona Industrial dos Areeiros Lugar dos Pisões 3800 200 Albergaria a - Velha. Counterfess@gmail. 1 Posicionamento da Counterfess 1.1 Dados de identificação da empresa DESIGNAÇÃO SOCIAL SEDE FABRICA TELEFONE/ FAX E-MAIL COUNTERFESS ESTRUTURAS METÁLICAS, LDA. Cruz do Peso 3740-209 Sever do Vouga E.N.1

Leia mais

O papel da AICEP na Internacionalização das Empresas Portuguesas

O papel da AICEP na Internacionalização das Empresas Portuguesas O papel da AICEP na Internacionalização das Empresas Portuguesas Porto, 28 de Janeiro de 2014 Índice 1. Enquadramento 2. A aicep Portugal Global 3. Produtos e serviços AICEP Enquadramento Enquadramento

Leia mais

Náutica. Desenvolvimento Económico e Cultura Marítima. Lisboa, 8 de Fevereiro de 2012

Náutica. Desenvolvimento Económico e Cultura Marítima. Lisboa, 8 de Fevereiro de 2012 Náutica Desenvolvimento Económico e Cultura Marítima Lisboa, 8 de Fevereiro de 2012 Aicep Portugal Global é uma agência pública de natureza empresarial, cuja missão é: Atrair investimento estrangeiro para

Leia mais

ÍNDICE. Pag. 4 MENSAGEM DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO. Pag. 6 RELATÓRIO DE GESTÃO CONSOLIDADO RELATÓRIO DE GOVERNO SOCIETÁRIO. Pag.

ÍNDICE. Pag. 4 MENSAGEM DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO. Pag. 6 RELATÓRIO DE GESTÃO CONSOLIDADO RELATÓRIO DE GOVERNO SOCIETÁRIO. Pag. ÍNDICE 01 02 03 04 05 06 MENSAGEM DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO RELATÓRIO DE GESTÃO CONSOLIDADO RELATÓRIO DE GOVERNO SOCIETÁRIO INFORMAÇÃO OBRIGATÓRIA INFORMAÇÃO FINANCEIRA CONSOLIDADA RELATÓRIOS DE FISCALIZAÇÃO

Leia mais

RELATÓRIO E CONTAS CONSOLIDADAS 1º SEMESTRE DE 2008

RELATÓRIO E CONTAS CONSOLIDADAS 1º SEMESTRE DE 2008 RELATÓRIO E CONTAS CONSOLIDADAS 1º SEMESTRE DE 2008 ÍNDICE Relatório de Gestão Consolidado Intercalar 3 Destaques 3 Análise EconómicoFinanceira 4 Análise por Áreas de Negócio 7 Riscos e Incertezas para

Leia mais

O programa de Instaladores Qualificados da PROINSO ultrapassa as 2.000 empresas integradas em todo o mundo

O programa de Instaladores Qualificados da PROINSO ultrapassa as 2.000 empresas integradas em todo o mundo O programa de Instaladores Qualificados da PROINSO ultrapassa as 2.000 empresas integradas em todo o mundo PROINSO consolida assim a sua liderança internacional Desde a sua colocação em marcha, em 2010,

Leia mais

Newvision Quando a Internacionalizaçao faz parte do código genético. Marketing 07.10.2010

Newvision Quando a Internacionalizaçao faz parte do código genético. Marketing 07.10.2010 Newvision Quando a Internacionalizaçao faz parte do código genético. Marketing 07.10.2010 Institucional \ Quem Somos A NEWVISION é uma empresa Portuguesa de base tecnológica, que tem como objectivo disponibilizar

Leia mais

STADIUM BALTIC ARENA 44 000 seats 5 400 tonnes EURO 2012 Gdansk Poland

STADIUM BALTIC ARENA 44 000 seats 5 400 tonnes EURO 2012 Gdansk Poland STADIUM BALTIC ARENA 44 000 seats 5 400 tonnes EURO 2012 Gdansk Poland O GRUPO MARTIFER MARTIFER GROUP 06 METALLIC CONSTRUCTION 08 EÓLICO, PETRÓLEO E GÁS WIND, OIL AND GAS 18 HOTÉIS E RESIDENCIAL HOTELS

Leia mais

WEST SEA projetos de elevada complexidade e. Elle propose des Solutions mondiales et

WEST SEA projetos de elevada complexidade e. Elle propose des Solutions mondiales et WE VE BEEN Building martifer group PT EN ES FR A Martifer iniciou a sua atividade em 1990, no setor das estruturas metálicas. Hoje, é um grupo industrial global focado na área de Construção Metálica. A

Leia mais

INTERNACIONALIZAR EM PARCERIA

INTERNACIONALIZAR EM PARCERIA INTERNACIONALIZAR EM PARCERIA 2 PROGRAMA INTERNACIONALIZAR EM PARCERIA A Mota-Engil Indústria e Inovação e a Caixa Capital celebraram um acordo para a concretização de um Programa, designado Internacionalizar

Leia mais

Ação Cultural Externa Relatório Anual 2011 - Indicadores DSPDCE - 2012

Ação Cultural Externa Relatório Anual 2011 - Indicadores DSPDCE - 2012 Ação Cultural Externa Relatório Anual 0 Indicadores DSPDCE 0 .Iniciativas apoiadas pelo IC a) Número (total): 0 b) Montante global:.0,0,* Áreas Geográficas África América Ásia Europa Médio Oriente e Magrebe

Leia mais

// TO STAY AHEAD RELATÓRIO & CONTAS 1T2012

// TO STAY AHEAD RELATÓRIO & CONTAS 1T2012 // TO STAY AHEAD MAIO 2012 ÍNDICE RELATÓRIO DE GESTÃO 03 01 GRUPO MARTIFER 05 Destaques 06 Principais Indicadores Financeiros 06 Principais Acontecimentos 07 02 DESEMPENHO FINANCEIRO 09 Análise de Resultados

Leia mais

UNIDADE OFFSHORE TECHINT - UOT TECNOLOGIA COM CONTEÚDO LOCAL COMPETITIVO

UNIDADE OFFSHORE TECHINT - UOT TECNOLOGIA COM CONTEÚDO LOCAL COMPETITIVO UNIDADE OFFSHORE TECHINT - UOT TECNOLOGIA COM CONTEÚDO LOCAL COMPETITIVO 1 2 _ 22.000 COLABORADORES _ 70.000 KM DE DUTOS (18 DOS QUAIS CRUZAM A CORDILHEIRA DOS ANDES) _ 450 PLANTAS DE PROCESSAMENTO DE

Leia mais

Portugal Leaping forward

Portugal Leaping forward Portugal Leaping forward Dr. Pedro Reis Presidente da AICEP Lisboa, 16 de Março 2012 Enquadramento internacional Fonte: EIU (Fev 2012) Nota: PIB a preços de mercado Variação (%) Enquadramento internacional

Leia mais

TLC 60 TORRE LUMINOSA COMPACTA

TLC 60 TORRE LUMINOSA COMPACTA TLC 60 TORRE LUMINOSA COMPACTA TLC-60 Torre Luminosa Compacta Desenvolvida para ser a melhor opção em custo/benefício, a Torre Luminosa Compacta - TLC-60 combina tecnologia e performance na medida ideal

Leia mais

JORGE SUKARIE NETO Campos de Jordão. 19 de Setembro

JORGE SUKARIE NETO Campos de Jordão. 19 de Setembro JORGE SUKARIE NETO Campos de Jordão. 19 de Setembro HORÁRIO ATIVIDADE LOCAL 07h00 Café da Manhã Restaurante Principal 08h45 Abertura Brasoftware Salão Tangará 10h00 Business Suite Salão Nobre 13h00 Almoço

Leia mais

ÍNDICE RELATÓRIO ÚNICO DE GESTÃO 05

ÍNDICE RELATÓRIO ÚNICO DE GESTÃO 05 RELATÓRIO E CONTAS 2013 ÍNDICE RELATÓRIO ÚNICO DE GESTÃO 05 01 GRUPO MARTIFER 07 Mensagem do Conselho de Administração 08 Destaques 09 Principais Indicadores Financeiros 09 Principais Acontecimentos 11

Leia mais

Portugal Investimento

Portugal Investimento Portugal Investimento O Investimento Bruto atingiu os 32 mil milhões de euros e o acumulado 71,7 mil milhões de euros o que significa um crescimento de quase 50% nos últimos 5 anos. Cerca de 32% do IDE

Leia mais

Serviços Adicionais. 12400 - Portal de Voz

Serviços Adicionais. 12400 - Portal de Voz Serviços Adicionais 12400 - Portal de Voz Descrição Totoloto, Totobola, Lotarias e Euro Milhões Pode conhecer os números do Euro Milhões meia hora antes do sorteio na TV. Saiba os resultados e o valor

Leia mais

JORGE SUKARIE NETO Campos de Jordão. 23 de Maio

JORGE SUKARIE NETO Campos de Jordão. 23 de Maio JORGE SUKARIE NETO Campos de Jordão. 23 de Maio AGENDA HORÁRIO ATIVIDADE LOCAL 07h00 Café da Manhã Restaurante Principal 08h45 Abertura Brasoftware Salão Tangará 10h00 Business Suite Salão Nobre 13h00

Leia mais

ENGENHARIA E CONSTRUÇÃO PARA O MUNDO

ENGENHARIA E CONSTRUÇÃO PARA O MUNDO ENGENHARIA E CONSTRUÇÃO PARA O MUNDO ESTAMOS COMPROMETIDOS COM A SEGURANÇA DOS NOSSOS COLABORADORES E COM O DESENVOLVIMENTO DOS PAÍSES ONDE ATUAMOS, BUSCANDO O BEM-ESTAR DAS COMUNIDADES E O CUIDADO COM

Leia mais

RELATÓRIO ÚNICO DE GESTÃO

RELATÓRIO ÚNICO DE GESTÃO RELATÓRIO ÚNICO DE GESTÃO 01 GRUPO MARTIFER Mensagem do Conselho de Administração Destaques Principais Indicadores Financeiros Principais Acontecimentos 02 ENQUADRAMENTO Atividade Presença Internacional

Leia mais

ANTÓNIO MEIRELES, SA Sede / Fábrica Headquarters / Factory Rua D. Afonso Henriques, 235 4585-322 Gandra PRD Portugal

ANTÓNIO MEIRELES, SA Sede / Fábrica Headquarters / Factory Rua D. Afonso Henriques, 235 4585-322 Gandra PRD Portugal ANTÓNIO MEIRELES, SA Sede / Fábrica Headquarters / Factory Rua D. Afonso Henriques, 235 4585-322 Gandra PRD Portugal Apartado 49 4584-909 Paredes Portugal T +351 22 411 9130 F +351 22 411 91 48/57/9200

Leia mais

CONHEÇA A ADT. A empresa que protege seus bens e sua família.

CONHEÇA A ADT. A empresa que protege seus bens e sua família. CONHEÇA A ADT A empresa que protege seus bens e sua família. NOSSA EMPRESA MAIOR EMPRESA ESPECIALIZADA EM SEGURANÇA E INCÊNDIO A ADT pertence à Tyco, a maior empresa de segurança e incêndio do mundo, com

Leia mais

Começar Global e Internacionalização

Começar Global e Internacionalização Começar Global e Internacionalização Artur Alves Pereira Assessor do Conselho de Administração, AICEP Portugal Global Fevereiro 06, 2014 1 A aicep Portugal Global Missão. A aicep Portugal Global é uma

Leia mais

MAIS PROTEÇÃO PARA O SEU NEGÓCIO. CÁ DENTRO E LÁ FORA.

MAIS PROTEÇÃO PARA O SEU NEGÓCIO. CÁ DENTRO E LÁ FORA. MAIS PROTEÇÃO PARA O SEU NEGÓCIO. CÁ DENTRO E LÁ FORA. www.cosec.pt COSEC Companhia de Seguro de Créditos, S.A. 2014 Índice Sobre a COSEC Porquê a COSEC Seguro de Créditos Soluções à medida COSEC em resumo

Leia mais

Apresentação da empresa Setembro de 2013

Apresentação da empresa Setembro de 2013 Apresentação da empresa Setembro de 2013 1 ORGANIZAÇÃO DA R&C SGPS R&C, SGPS 80% RARI 80% CEDI 78% OVO Solutions 80% VSD 100% RARI GmbH 100% OVO Solutions S.L 100% OVO Service 2 HISTÓRIA DA R&C SGPS A

Leia mais

Engenharia para a transformação de bobinas metálicas

Engenharia para a transformação de bobinas metálicas Engenharia para a transformação de bobinas metálicas Maquinária BONAK S.A. é uma empresa de engenharia especializada no desenho, construção, montagem e comissionamento de maquinária dedicada à conformação

Leia mais

CRESCER COM SEGURANÇA. CÁ DENTRO E LÁ FORA. www.cosec.pt

CRESCER COM SEGURANÇA. CÁ DENTRO E LÁ FORA. www.cosec.pt CRESCER COM SEGURANÇA. CÁ DENTRO E LÁ FORA. www.cosec.pt COSEC Companhia de Seguro de Créditos, S.A. 2014 Índice Sobre a COSEC Porquê a COSEC Seguro de Créditos Soluções à medida 2 Sobre a COSEC Quem somos

Leia mais

Redes de apoio às empresas portuguesas no estrangeiro

Redes de apoio às empresas portuguesas no estrangeiro SERVIÇOS DE INTELIGÊNCIA ECONÓMICA Documento de Inteligência Económica TEMA: Redes de apoio às empresas portuguesas no estrangeiro 1. Importância para as empresas em processo de internacionalização A ação

Leia mais

"Faça tudo o mais simples possível, mas com qualidade." (Adaptado livremente de A. Einstein)

Faça tudo o mais simples possível, mas com qualidade. (Adaptado livremente de A. Einstein) Fácil assim. 12345 "Faça tudo o mais simples possível, mas com qualidade." (Adaptado livremente de A. Einstein) 12345 Tudo é mais fácil com Lenze. O forte dinamismo dos tempos atuais o coloca em confronto

Leia mais

Soluções de seguro de créditos no apoio à exportação. COSEC - Estamos onde estiver o seu negócio. www.cosec.pt

Soluções de seguro de créditos no apoio à exportação. COSEC - Estamos onde estiver o seu negócio. www.cosec.pt Soluções de seguro de créditos no apoio à exportação. COSEC - Estamos onde estiver o seu negócio. www.cosec.pt COSEC Companhia de Seguro de Créditos 2012 1 2 Sobre a COSEC O que é o Seguro de Créditos

Leia mais

Projemato / Metalvolt

Projemato / Metalvolt Projemato / Metalvolt O Grupo O grupo Projemato / Metalvolt está fortemente implantado no mercado desde 2003. O grupo exerce atividades dentro dos vários setores da indústria metalomecânica e elétrica,

Leia mais

Preçário dos Cartões Telefónicos PT

Preçário dos Cartões Telefónicos PT Preçário dos Cartões Telefónicos PT Cartão Telefónico PT 5 e (Continente)... 2 Cartão Telefónico PT 5 e (Região Autónoma dos Açores)... 6 Cartão Telefónico PT 5 e (Região Autónoma da Madeira)... 10 Cartão

Leia mais

INTERNACIONALIZAR EM PARCERIA

INTERNACIONALIZAR EM PARCERIA INTERNACIONALIZAR EM PARCERIA 2 PROGRAMA INTERNACIONALIZAR EM PARCERIA A Portugal Ventures, Caixa Capital e Mota-Engil Industria e Inovação celebraram um acordo para a concretização de um Programa, designado

Leia mais

PT PRIME PREÇÁRIOS DE VOZ EMPRESARIAL 2006. PT Prime Preçário Voz Empresarial 2006

PT PRIME PREÇÁRIOS DE VOZ EMPRESARIAL 2006. PT Prime Preçário Voz Empresarial 2006 PT PRIME PREÇÁRIOS DE VOZ EMPRESARIAL 2006 Versão: 1.0 Pág.: 1/7 1. ACESSO DIRECTO Chamadas DENTRO DO PAÍS Não Corp Corp Local 0,0201 0,0079 Local Alargado 0,0287 0,0105 Nacional 0,0287 0,0105 FIXO MÓVEL

Leia mais

01 GRUPO MARTIFER Mensagem do Conselho de Administração Destaques Principais Indicadores Financeiros Principais Acontecimentos 02 ENQUADRAMENTO

01 GRUPO MARTIFER Mensagem do Conselho de Administração Destaques Principais Indicadores Financeiros Principais Acontecimentos 02 ENQUADRAMENTO 01 GRUPO MARTIFER Mensagem do Conselho de Administração Destaques Principais Indicadores Financeiros Principais Acontecimentos 02 ENQUADRAMENTO Atividade Presença Internacional Histórico Envolvente de

Leia mais

Uma Rede de apoio à competitividade das empresas. 30 de abril de 2014, ISCTE-IUL, Lisboa

Uma Rede de apoio à competitividade das empresas. 30 de abril de 2014, ISCTE-IUL, Lisboa Uma Rede de apoio à competitividade das empresas 30 de abril de 2014, ISCTE-IUL, Lisboa Quem somos Quem somos? Onde estamos? Criada pela Comissão Europeia no âmbito do Programa Quadro para a Competitividade

Leia mais

Apresentação da Empresa

Apresentação da Empresa Apresentação da Empresa Apresentamos a Coversteel S.A., uma nova Empresa constituída em Dezembro de 2011, dirigida a uma oportunidade que apareceu no mercado nacional, na área dos revestimentos metálicos

Leia mais

PÚBLICO ALVO: Promotores de viagens; agentes de viagens; consultores de viagens; operadores de emissivo e receptivo; atendentes.

PÚBLICO ALVO: Promotores de viagens; agentes de viagens; consultores de viagens; operadores de emissivo e receptivo; atendentes. 3. Geografia Turística 3.1 Geografia Turística: Brasil de Ponta a Ponta Proporcionar ao participante melhor compreensão geográfica do país; Apresentar as principais especificidades existentes nos continentes

Leia mais

Rigor, rapidez e qualidade de execução.

Rigor, rapidez e qualidade de execução. Rigor, rapidez e qualidade de execução. FAUSTINO E FERREIRA CONSTRUÇÕES METÁLICAS, SA 04 COMPONENTES E CONSTRUÇÕES METÁLICAS Somos uma empresa da indústria metalomecânica, especializada na concepção e

Leia mais

Portugal o parceiro económico da Polónia 2015-10-25 17:26:25

Portugal o parceiro económico da Polónia 2015-10-25 17:26:25 Portugal o parceiro económico da Polónia 2015-10-25 17:26:25 2 Portugal o parceiro económico da Polónia Quadro legal de relações económicas luso-polacas - Tratado de Adesão da Polónia com as Comunidades

Leia mais

Conferência Alemanha Europeia / Europa Alemã. 26 de novembro de 2014

Conferência Alemanha Europeia / Europa Alemã. 26 de novembro de 2014 Conferência Alemanha Europeia / Europa Alemã 26 de novembro de 2014 1. Empresas Alemãs em Portugal 2. Investimento Direto Alemão em Portugal 3. Exportação / Importação 1. Empresas Alemãs em Portugal Perspetiva

Leia mais

Conferência SIMA Lisboa Março 2007 José Couto Director Recursos Humanos Delphi Confidencial

Conferência SIMA Lisboa Março 2007 José Couto Director Recursos Humanos Delphi Confidencial Moldando a Tecnologia do Futuro Conferência SIMA Lisboa Março 2007 José Couto Director Recursos Humanos Delphi Confidencial Introdução e Visão Líder Mundial em electrónica automóvel, subsistemas integrados,

Leia mais

7LUDJHP. 3iJ. 3DtV 3RUWXJDO &RUHV &RU. 3HULRG 'LiULD. ÈUHD [ FPð. ÆPELWR (FRQRPLD 1HJyFLRV H &RUWH GH

7LUDJHP. 3iJ. 3DtV 3RUWXJDO &RUHV &RU. 3HULRG 'LiULD. ÈUHD [ FPð. ÆPELWR (FRQRPLD 1HJyFLRV H &RUWH GH 7LUDJHP 3iJ 3DtV 3RUWXJDO &RUHV &RU 3HULRG 'LiULD ÈUHD [ FPð ÆPELWR (FRQRPLD 1HJyFLRV H &RUWH GH VERSÃO COMPLETA Diário Económico Online 03/09/2009 O ciclo político não altera a estratégia da Martifer

Leia mais

DIÁLOGOS DE INTERNACIONALIZAÇÃO AICEP PME em Consórcio Alavanca para a Internacionalização. Maria Isolina Mesquita Vice-Presidente da Bluepharma S.A.

DIÁLOGOS DE INTERNACIONALIZAÇÃO AICEP PME em Consórcio Alavanca para a Internacionalização. Maria Isolina Mesquita Vice-Presidente da Bluepharma S.A. PMEs em Consórcio DIÁLOGOS DE INTERNACIONALIZAÇÃO AICEP PME em Consórcio Alavanca para a Internacionalização Maria Isolina Mesquita Vice-Presidente da Bluepharma S.A. Novos Mercados: O desafio de um novo

Leia mais

UMA REVISTA EDITADA PELA GERIL INVESTIMENTOS IMOBILIÁRIOS LDA. www.pessoas.com.pt

UMA REVISTA EDITADA PELA GERIL INVESTIMENTOS IMOBILIÁRIOS LDA. www.pessoas.com.pt UMA REVISTA EDITADA PELA GERIL INVESTIMENTOS IMOBILIÁRIOS LDA. www.pessoas.com.pt Bem-vindo a um mundo de estilo e comodidade. O Edifício Fernando Pessoa, no Parque das Nações, oferece-lhe a possibilidade

Leia mais

A construir o futuro com segurança. Sede: Av. Avelino Ferreira Torres n.81 - Freixo 4630-090 Marco de Canaveses. Tel/Fax: 255 531 961

A construir o futuro com segurança. Sede: Av. Avelino Ferreira Torres n.81 - Freixo 4630-090 Marco de Canaveses. Tel/Fax: 255 531 961 A construir o futuro com segurança 2011 Sede: Av. Avelino Ferreira Torres n.81 - Freixo 4630-090 Marco de Canaveses Tel/Fax: 255 531 961 Carlos Moreira: 917 729 323 Site: www.morsa.eu E-mail: geral@morsa.eu

Leia mais

Financiamento para SUSTENTABILIDADE

Financiamento para SUSTENTABILIDADE Financiamento para SUSTENTABILIDADE POSICIONAMENTO DO SANTANDER Gerar RESULTADOS para o negócio e para todos, com práticas de gestão e soluções financeiras transformadoras que perenizem o meio ambiente

Leia mais

Nosso Negócio. Tintas líquidas e em pó e vernizes eletroisolantes. Serviços. Variação de Velocidade. Geração De Energia. Subestações.

Nosso Negócio. Tintas líquidas e em pó e vernizes eletroisolantes. Serviços. Variação de Velocidade. Geração De Energia. Subestações. 1. INSTITUCIONAL Nosso Negócio Serviços Geração De Energia Variação de Velocidade Subestações Motores Transformadores Componentes elétricos Geradores Quadros Elétricos Automação Industrial Tintas líquidas

Leia mais

mídiakit www.tvgazeta.com.br

mídiakit www.tvgazeta.com.br mídiakit www.tvgazeta.com.br JUNHO / 2015 #HISTÓRIA Fundada no aniversário da cidade de São Paulo, a TV Gazeta fala com uma metrópole globalizada com a intimidade de quem esteve presente na vida e no coração

Leia mais

Inteligência Competitiva Uma Solução Estratégica. Jaime Quesado

Inteligência Competitiva Uma Solução Estratégica. Jaime Quesado VII Encontro da PASC Plataforma Activa da Sociedade Civil 2 de Março de 2011 Sala do Senado da Reitoria da UNL Inteligência Competitiva Uma Solução Estratégica Jaime Quesado Patrocinadores Globais Inteligência

Leia mais

TECNASOL. 2011. Abril. TECNASOL Abril. 2011

TECNASOL. 2011. Abril. TECNASOL Abril. 2011 2011. Abril TECNASOL Abril. 2011 Overview 2011. Abril 2 As origens da Edifer remontam aos anos de 1940, década em que os seus Fundadores iniciaram a actividade profissional na construção. Ainda hoje a

Leia mais

Tributação Internacional Junho 2014

Tributação Internacional Junho 2014 www.pwc.pt/tax Tributação Internacional Junho 2014 Perante a aldeia global em que vivemos, atuar apenas no mercado doméstico não é suficiente. De facto, a internacionalização é um requisito obrigatório

Leia mais

SOLUÇÕES DE ARMAZENAGEM

SOLUÇÕES DE ARMAZENAGEM SOLUÇÕES DE ARMAZENAGEM O GRUPO MECALUX O GRUPO MECALUX A segunda maior empresa do setor a nível mundial. Faturamento EUR 531,1 milhões em 2006. Vendas em mais de 70 países de todo o mundo. Posição dominante

Leia mais

Desafios de Valor numa Economia Inteligente

Desafios de Valor numa Economia Inteligente Desafios de Valor numa Economia Inteligente Desafios de Valor numa Economia Inteligente Desafios de Valor numa Economia Inteligente As Novas Redes Colaborativas Os Novos Processos de Intermediação A Gestão

Leia mais

Internacionalização da Economia Portuguesa e a Transformação da Indústria Portuguesa. Coimbra, 19 de Novembro de 2010

Internacionalização da Economia Portuguesa e a Transformação da Indústria Portuguesa. Coimbra, 19 de Novembro de 2010 Internacionalização da Economia Portuguesa e a Transformação da Indústria Portuguesa Coimbra, 19 de Novembro de 2010 Enquadramento Enquadramento A importância da Internacionalização na vertente das exportações

Leia mais

CONHECENDO O CHILE ATRAVÉS DE SEU SETOR SERVIÇOS. www.prochile.gob.cl

CONHECENDO O CHILE ATRAVÉS DE SEU SETOR SERVIÇOS. www.prochile.gob.cl CONHECENDO O CHILE ATRAVÉS DE SEU SETOR SERVIÇOS www.prochile.gob.cl O Chile surpreende pela sua variada geografia. Suas montanhas, vales, desertos, florestas e milhares de quilômetros de costa, o beneficiam

Leia mais

Cisco Systems Incorporation

Cisco Systems Incorporation Cisco Systems Incorporation 1. Principais Características Matriz: Cisco Systems Inc. Localização: São José, Califórnia, Estados Unidos Ano de fundação: 1984 Internet: www.cisco.com Faturamento (2000):

Leia mais

ACESSOS À BVS-PSI MEDIDOS PELO GOOGLE ANALYTICS

ACESSOS À BVS-PSI MEDIDOS PELO GOOGLE ANALYTICS ACESSOS À BVS-PSI MEDIDOS PELO GOOGLE ANALYTICS 1º. Semestre 2013 O Google Analytics é um serviço gratuito oferecido pelo Google que permite analisar as estatísticas de visitação de um site. Este é o primeiro

Leia mais

Números Significativos: Certificados emitidos

Números Significativos: Certificados emitidos Números Significativos: Certificados emitidos Qualidade: 24.672 ISO 9000 523 ISO/TS 16949 86 EN 9100 MEIO AMBIENTE: 5.923 ISO 14000 99 Cadeia de Custodia madeira 553 EMAS 1.069.038,29 Ha Gestão Florestal

Leia mais

esta oportunidade é para você

esta oportunidade é para você esta oportunidade é para você 26.000 colaboradores em mais de Empresa listada na FORTUNE países Projetos sociais na AMÉRICA DO SUL beneficiam mais de 230.000 PESSOAS POR ANO QUARTA EMPRESA MAIS INOVADORA

Leia mais

COMÉRCIO INTERNACIONAL 2014

COMÉRCIO INTERNACIONAL 2014 EXPORTAÇÕES (POR CAPÍTULO) 2013 2014 50 Artigos de seda 462 282-38,9% 51 Artigos de lã 60.801 63.996 5,3% 52 Artigos de algodão 145.006 154.454 6,5% 53 Outras fibras têxteis vegetais 4.839 4.169-13,8%

Leia mais

Exportar, Exportar, Exportar A Experiência dos Principais Clusters Regionais

Exportar, Exportar, Exportar A Experiência dos Principais Clusters Regionais Lanheses Exportar, Exportar, Exportar A Experiência dos Principais Clusters Regionais Especializações Inteligentes e Clusters Regionais: como exportar, com que apoios e para que mercados? Viana do Castelo

Leia mais

Entrevista com Omnitrade, Revestimentos Metálicos, SA. Diogo Osório Administrador Patrícia Carvalho Administradora. www.omnitrade.

Entrevista com Omnitrade, Revestimentos Metálicos, SA. Diogo Osório Administrador Patrícia Carvalho Administradora. www.omnitrade. Entrevista com Omnitrade, Revestimentos Metálicos, SA Diogo Osório Administrador Patrícia Carvalho Administradora www.omnitrade.pt Quality Media Press O que representa a empresa o mercado português? R.

Leia mais

FIL 2015. promova o seu negócio! 22A25DEOUT LUANDA ANGOLA. projectar o futuro, construindo o presente

FIL 2015. promova o seu negócio! 22A25DEOUT LUANDA ANGOLA. projectar o futuro, construindo o presente 22A25DEOUT Feira Internacional de Equipamentos e Materiais para a Construção Civil, Obras Públicas, Urbanismo e Arquitectura projectar o futuro, construindo o presente FIL 2015 LUANDA ANGOLA promova o

Leia mais

apresentação PORTRISA, S.A. iniciou a sua actividade em 2003, dando origem a um projecto cujas principais actividades se prendem correr. 1:2006.

apresentação PORTRISA, S.A. iniciou a sua actividade em 2003, dando origem a um projecto cujas principais actividades se prendem correr. 1:2006. www.portrisa.com PORTRISA apresentação PORTRISA, S.A. iniciou a sua actividade em 2003, dando origem a um projecto cujas principais actividades se prendem com a produção e comercialização de: Portas de

Leia mais

Es t i m a t i v a s

Es t i m a t i v a s Brasileiros no Mundo Es t i m a t i v a s Ministério das Relações Exteriores - MRE Subsecretaria Geral das Comunidades Brasileiras no Exterior - SGEB Departamento Consular e de Brasileiros no Exterior

Leia mais

Acreditamos que o seu sucesso é o nosso sucesso: Porque o todo é maior que a soma das partes.

Acreditamos que o seu sucesso é o nosso sucesso: Porque o todo é maior que a soma das partes. Acreditamos que o seu sucesso é o nosso sucesso: Porque o todo é maior que a soma das partes. Com 17 anos de história a Onebiz representa 6 áreas de negócio Conjunto de marcas Serviços especializados Liderança

Leia mais

A Angola de amanhã precisa de respostas sustentáveis.

A Angola de amanhã precisa de respostas sustentáveis. A Angola de amanhã precisa de respostas sustentáveis. É por essa razão que estamos a construí-las hoje, com clientes em todo o continente. www.siemens.co.ao As actividades da Siemens em África remontam

Leia mais

Anuário Estatístico de Turismo - 2015

Anuário Estatístico de Turismo - 2015 Secretaria Nacional de Políticas de Turismo Ministério do Turismo Anuário Estatístico de Turismo - 2015 Volume 42 Ano base 2014 Sumário I Turismo receptivo 1. Chegadas de turistas ao Brasil - 2013-2014

Leia mais

1. (PT) - Diário Económico, 22/02/2013, Martifer aposta na inovação como pilar estratégico 1

1. (PT) - Diário Económico, 22/02/2013, Martifer aposta na inovação como pilar estratégico 1 Tema de Pesquisa: Construção 22 de Fevereiro de 2013 Revista de Imprensa 22-02-2013 1. (PT) - Diário Económico, 22/02/2013, Martifer aposta na inovação como pilar estratégico 1 2. (PT) - i, 22/02/2013,

Leia mais

dar ao consumidor a opção de escolha Ana Luísa Pinho Auditório do NERPOR, Portalegre, 4 de Março de 2008

dar ao consumidor a opção de escolha Ana Luísa Pinho Auditório do NERPOR, Portalegre, 4 de Março de 2008 Biodiesel: dar ao consumidor a opção de escolha Ana Luísa Pinho Auditório do NERPOR, Portalegre, 4 de Março de 2008 Prio Uma empresa do Grupo Martifer Líder ibérica na construção de estruturas metálicas

Leia mais

PLC 116/10. Eduardo Levy

PLC 116/10. Eduardo Levy PLC 116/10 Senado Federal Comissão de Ciência, Tecnologia, Inovação, Comunicação e Informática Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania Comissão de Assuntos Econômicos Comissão de Educação, Cultura

Leia mais

18 ANOS. Janelas para a vida

18 ANOS. Janelas para a vida 18 ANOS Janelas para a vida 1 EVOLUÇÃO HISTÓRICA 2 CAIXIAVE GROUP NO PRESENTE 3 PRODUÇÃO 4 QUALIDADE 5 UNIDADES DE NEGÓCIO 6 PRODUTOS 7 REFERÊNCIAS 1 EVOLUÇÃO HISTÓRICA 1993 1994 1996 1997 2001 2003 2004

Leia mais

MOEDAS, JUROS, BOLSAS INTERNACIONAIS E COMMODITIES

MOEDAS, JUROS, BOLSAS INTERNACIONAIS E COMMODITIES MOEDAS, JUROS, BOLSAS INTERNACIONAIS E COMMODITIES 05/11/10 05/12/10 05/01/11 05/02/11 05/03/11 05/04/11 05/05/11 05/06/11 05/07/11 05/08/11 05/09/11 05/10/11 05/11/11 05/12/11 05/01/12 05/02/12 05/03/12

Leia mais

Apresentação ao Senado Telefônica Antônio Carlos Valente 23 de maio de 2007

Apresentação ao Senado Telefônica Antônio Carlos Valente 23 de maio de 2007 Apresentação ao Senado Telefônica Antônio Carlos Valente 23 de maio de 2007 Agenda I. Panorama do Setor II. Convergência e Consolidações 2 O mercado de telecomunicações no mundo alcançou 1,3bi de linhas

Leia mais

Innovators in steel buildings. Innovators in steel buildings DELTA +

Innovators in steel buildings. Innovators in steel buildings DELTA + Innovators in steel buildings Innovators in steel buildings DELTA + Apenas Na Frisomat para um bom desempenho são necessários apenas 2. Somente 2 pessoas são suficientes para montar uma construção Frisomat,

Leia mais

ÍNDICE PERFIL MERCADOS ONDE A A400 ESTÁ PRESENTE VOLUME DE NEGÓCIOS CERTIFICAÇÕES PROJECTOS DE REFERÊNCIA CONTACTOS

ÍNDICE PERFIL MERCADOS ONDE A A400 ESTÁ PRESENTE VOLUME DE NEGÓCIOS CERTIFICAÇÕES PROJECTOS DE REFERÊNCIA CONTACTOS DOSSIER DE IMPRENSA ÍNDICE 1 PERFIL - A Empresa - Os Colaboradores - Os serviços 2 MERCADOS ONDE A A400 ESTÁ PRESENTE - A Internacionalização VOLUME DE NEGÓCIOS 4 CERTIFICAÇÕES 5 PROJECTOS DE REFERÊNCIA

Leia mais

Uma Estratégia de Internacionalização para a Fileira dos Materiais de Construção

Uma Estratégia de Internacionalização para a Fileira dos Materiais de Construção Uma Estratégia de Internacionalização para a Fileira dos Materiais de Construção 1 Os Mercados-Alvo e as diferentes estratégias 2 Os Serviços da APCMC 3 O Plano de Ação para 2014-2015 1 Os Mercados-Alvo

Leia mais

CHAVES DE FIM DE CURSO. Linha Pesada 441, 461 e 500 Linha à Prova de Explosão

CHAVES DE FIM DE CURSO. Linha Pesada 441, 461 e 500 Linha à Prova de Explosão CHAVES DE FIM DE CURSO Linha Pesada 441, 461 e 500 Linha à Prova de Explosão Índice Importância das Normas Técnicas página 3 Produtos Especiais página 4 Chaves de Emergência Linha 500 página 5 Chaves de

Leia mais

TIMBER ENGINEERING EUROPE

TIMBER ENGINEERING EUROPE TIMBER ENGINEERING EUROPE Tecnologia de construção no seu melhor Desenhado, fabricado e montado segundo as necessidades do cliente www.timberengineeringeurope.com Bem-vindos a Timber Engineering Europe

Leia mais

Financiamentos à exportação 2003-2015

Financiamentos à exportação 2003-2015 Financiamentos à exportação 2003-2015 BNDES participa de política de Estado Sistema brasileiro de apoio às exportações Conselho de Ministros Comitê Operacional Seguro de crédito à exportação Financiamento

Leia mais

Hidrocarbonetos nos mares da lusofonia

Hidrocarbonetos nos mares da lusofonia Hidrocarbonetos nos mares da lusofonia José Eduardo Sequeira Nunes Chefe do Gabinete da Presidência Lisboa, 29 de outubro de 2013 Operador integrado de energia focado na exploração e produção Subida do

Leia mais

CONFIAR CONHECER COMUNICAR CRESCER DESENVOLVER PROMOVER ENVOLVER INOVAR

CONFIAR CONHECER COMUNICAR CRESCER DESENVOLVER PROMOVER ENVOLVER INOVAR CONFIAR CONHECER COMUNICAR CRESCER DESENVOLVER PROMOVER ENVOLVER INOVAR PORQUE CONFIAMOS NO QUE FAZEMOS 2008 RELATÓRIO DE SUSTENTABILIDADE MARTIFER GROUP 3 CONFIAR PORQUE CONFIAMOS NO QUE FAZEMOS O conceito

Leia mais