Grupo Relacional Preposição e Conjunção e a Interjeição

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Grupo Relacional Preposição e Conjunção e a Interjeição"

Transcrição

1 Grupo Relacional Preposição e Conjunção e a Interjeição 1. Grupo relacional: preposição e conjunção PREPOSIÇÃ O CONJUNÇÃO Características comuns: Ligam palavras ou orações, por isso, são elementos coesivos, mas não retomam palavras como pronomes e advérbios. São invariáveis. 1

2 Preposição Conjunção Comprei um presente para você. (preposição) Estudamos bastante para que passemos no vestibular. (conjunção, pois estabelece uma relação de finalidade) 1.1 Preposição Semântica das preposições / locuções prepositivas: Gramática Normativa: preposições são vazias de sentido. SERÁ??? Invasão no Iraque. Invasão do Iraque. Sentido básico: indicadoras de movimentação no espaço. 2

3 Preposições / Locuções prepositivas têm valores de: Chora desde seu nascimento. Viemos de Paris. A partir de julho, começam as férias! Percurso a partir de um ponto inicial Eu sei que essa estrada passa por Governador Valadares. Como chegamos a ela? Por alguns fatos: primeiro, alguns desses animais eram representados por uma flecha Percurso visto em seu ponto medial 3

4 Eu não vou chegar em Belo Horizonte no mesmo dia. Ele vai a uma igreja do bairro. Eu trago muito trabalho para casa. Eu tenho que ir até em casa buscar o livro. Final de um percurso O livro está sobre a mesa. Por fim, colocamos a cobertura em cima da massa.. Ele ganha acima de quarenta salários. Posição superior 4

5 Colei um adesivo abaixo do nome. Essa gente está sob pressão. Posição inferior Não posso ficar mudo ante o espetáculo doloroso que acabo de presenciar. Tenho de dar justificativas perante os pais. Diante dessa situação, a melhor alternativa é esta. Espaço anterior 5

6 O lugar que você procura fica após a ponte. Espaço posterior Não moro em Recife, moro em Olinda. Fica mais ou menos entre seis e oito horas daqui. Espaço interior Outros valores para além do espaço: Vestia-se à caipira. Viajam em ritmo de boiada. Modo Morreu com a doença. Cansados de trabalhar, tiraram férias. Causa 6

7 Falou de cinema o tempo todo. Assunto Vendia a dez reais. O quadro foi avaliado em um milhão de reais. Preço Principais Preposições / Locuções Prepositivas (essenciais) A, ante, após, até, com, contra, de, desde, em, entre, para, perante, por, sem, sob, sobre. A partir de, em cima de, abaixo de, diante de, ao lado de, depois de, apesar de, com respeito a, junto a etc. 7

8 Preposições acidentais (podem pertencer a outras classes gramaticais) Afora, consoante, durante, exceto, salvo, segundo, visto, mediante. Contração e Combinação prepositiva Dá-se quando preposições se unem a artigos ou pronomes. Quando, na união há perda de elementos, há uma contração prepositiva. Quando não há perda alguma, há a combinação prepositiva. Vou à igreja. (contração: preposição a + artigo a = à) Vou ao colégio. (combinação: preposição a + artigo o = ao) 8

9 Principais contrações prepositivas: Foi pelo caminho mais longo. (por+o) Jantou no restaurante do pai. (em+o) Foi àquele cinema. (a+aquele) Gosto deste perfume. (de+este) São duas horas da tarde. (de+a) Importante!!! Não se faz contração da preposição com o artigo quando o artigo fizer parte de um sujeito!!! Estava na hora de o garoto fazer o exame. Está na hora de a onça beber água. 9

10 A: Preposição, pronome pessoal ou artigo? Fui a Roma. Fomos a Roma. Nós a convidamos para uma festa. A garota foi aprovada no concurso. 1.2 Conjunção Importante elemento de ligação: relaciona palavras, expressões e orações, estabelecendo entre elas relações de sentido. Só irei ao baile se você for comigo. SE: instaura uma relação de condição 10

11 Tipos de Conjunção CONJUNÇÃO COORDENATIVA SUBORDINATIVA C.Coordenativas X C. Subordinativas Saio feliz e e volto cansada. Independência sintática e semântica: conjunção coordenativa O O menino disse disse que viria à aula. que viria à aula. Dependência sintática e semântica: conjunção subordinativa 11

12 Conjunções Coordenativas AD.AD.AL.CO.EX ADITIVA (E) ADVERSATIVA (MAS) ALTERNATIVA (OU) CONCLUSIVA (PORTANTO) EXPLICATIVA (PORQUE) Estarei em casa, contudo estarei ocupada. (coordenativa adversativa) Ela é muito nova, logo não pode sair desacompanhada. (coordenativa conclusiva) Não brinque com isso que será fatal. (coordenativa explicativa) O rapaz não fica nem sai. (coordenativa aditiva) Ora está triste, ora está alegre. (coordenativa alternativa) 12

13 CONJUNÇÕES SUBORDINATIVAS PRO.CO.CO.FI.CA.CO.CO.I.TEM.CO CONDICIONAL (SE) CAUSAL PORQUE / COMO FINAL (A FIM DE QUE) CONCESSIVA (EMBORA) COMPARATIVA (COMO) PROPORCIONAL (À MEDIDA QUE) INTEGRANTE (QUE/SE) CONSECUTIVA (QUE) CONFORMATIVA (CONFORME) TEMPORAL (QUANDO) Conjunções integrantes: introduzem orações subordinadas substantivas O que são orações subordinadas substantivas? São orações que exercem as possíveis funções sintáticas de um substantivo, na estrutura da frase. Exs: A menina quis um sorvete. (período simples) (Objeto direto) A menina quis / que eu comprasse sorvete. (período composto) (Oração Principal) (Oração Sub. Subst. objetiva direta) Conjunção subordinativa integrante 13

14 Mulher precisa de ajuda. (P. Simples) (objeto indireto) Mulher precisa / de (oração principal) que alguém a ajude. (P. Composto) (oração sub. subst. objetiva indireta) conjunção subordinativa (integrante) Conjunções integrantes que/se iniciam esse tipo de oração; são parafraseáveis por isso / disso. Demais conjunções subordinativas (PRO.CO.CO.FI.CA.CO.CO.TEM.CO): introduzem orações subordinadas adverbiais. O que são orações subordinadas adverbiais? São orações que funcionam como adjunto adverbial. Exs: A aula começará em alguns minutos. (p.simples) (adj. adverbial tempo) A aula começará / assim que os alunos chegarem. (p. composto) (oração principal) (oração subordinada adverbial temporal) Conjunção subordinativa adverbial 14

15 Identifique o valor das conjunções subordinativas abaixo: Não falei nada porque ela gritou. (subordinativa causal) João teimou como um burro. (subordinativa comparativa) Eu cozinharia desde que comessem. (subordinativa condicional) Conforme disse, espero essa vaga. (subordinativa conformativa) Fiz a tarefa para que o professor me desse nota. (subordinativa final) Ela falou tanto que perdeu a voz. (subordinativa consecutiva) Quanto mais preciso de dinheiro, menos ganho. (subordinativa proporcional) Quando o filme começou, as luzes se apagaram. (subordinativa temporal) Vou viajar em abril, mesmo que não tenha dinheiro. (subordinativa concessiva) 15

16 POLISSEMIA DAS CONJUNÇÕES Saiu do escritório e atravessou a rua. (adição) Estudou muito e não passou. (adversidade) Estudou muito e passou! (conclusão) Tocava como Chopin. (comparação) Como era pobre, não pôde estudar. (causa) Ensinava como o mestre o orientou. (conformidade) Preferiu dormir porque estava cansada. (causa) Parem de falar porque vocês já estão me irritando!!! (explicação) 16

17 Diferença entre oração subordinada adverbial causal e coordenada sindética explicativa a) Geralmente, a oração que antecede a oração coordenada explicativa tem o verbo no modo imperativo. "Fiquem quietos, que o professor já vem." b) A oração subordinada adverbial causal pode ser colocada no início do período, introduzida pela conjunção como, o que não ocorre com a coordenada sindética explicativa: "Não vim à aula PORQUE ESTAVA DOENTE." "COMO ESTAVA DOENTE, não vim à aula." Belo Horizonte, 28 de julho de Meu caro Mário, Estou te escrevendo rapidamente, se bem que haja muitíssima coisa que eu quero te falar (a respeito da Conferência, que acabei de ler agora). Vem-me uma vontade imensa de desabafar com você tudo o que ela me fez sentir. Mas é longo, não tenho o direito de tomar seu tempo e te chatear. Fernando Sabino. No texto, o conectivo se bem que estabelece relação de a) conformidade. b) condição. c) concessão. d) alternância. e) consequência. 17

18 2. Interjeição 18

PERÍODO COMPOSTO PRO R FES E SORA: A :F ER E NA N N A D N A D A SA S N A T N O T S 1

PERÍODO COMPOSTO PRO R FES E SORA: A :F ER E NA N N A D N A D A SA S N A T N O T S 1 PERÍODO COMPOSTO PROFESSORA: FERNANDA SANTOS 1 CONJUNÇÃO É a palavra ou locução invariável que liga orações ou termos semelhantes da mesma oração. Exemplos: ANÁLISE DO QUE Todos os alunos disseram que

Leia mais

Artigo, Preposição, Conjunção

Artigo, Preposição, Conjunção Língua Portuguesa Artigo, Preposição, Conjunção Artigo Certa vez, ao passar por uma rua, encontrei uma menina chorando. A rua estava muito movimentada e a menina, sozinha, pediu-me auxílio. Definidos:

Leia mais

Lista de exercícios de LP 4-6º ano

Lista de exercícios de LP 4-6º ano DATA DE ENTREGA: 30 DE OUTUBRO 1) Conectivos: preposições p. 174 2) Conectivos: conjunções p. 199 Lista de exercícios de LP 4-6º ano CONECTIVOS: PREPOSIÇÃO E CONJUNÇÃO PREPOSIÇÃO Preposições: ligam palavras

Leia mais

As conjunções são palavras invariáveis que servem para conectar orações ou dois termos de mesmo valor gramatical, estabelecendo entre eles uma

As conjunções são palavras invariáveis que servem para conectar orações ou dois termos de mesmo valor gramatical, estabelecendo entre eles uma CONJUNÇÕES As conjunções são palavras invariáveis que servem para conectar orações ou dois termos de mesmo valor gramatical, estabelecendo entre eles uma relação de dependência ou de simples coordenação.

Leia mais

Orações subordinadas adverbiais: principais casos. Gramática - Semi

Orações subordinadas adverbiais: principais casos. Gramática - Semi Orações subordinadas adverbiais: principais casos Gramática - Semi Orações subordinadas adverbiais I - Como identificá-las? São introduzidas por conjunções subordinativas que expressam circunstâncias (causa,

Leia mais

Período composto por coordenação

Período composto por coordenação Período composto por coordenação É o período composto por duas ou mais orações independentes. Estas orações podem ser assindéticas ou sindéticas. Orações coordenadas assindéticas Não apresentam conectivos

Leia mais

CONJUNÇÃO. É a palavra invariável que liga duas orações ou dois termos semelhantes de uma mesma oração.

CONJUNÇÃO. É a palavra invariável que liga duas orações ou dois termos semelhantes de uma mesma oração. CONJUNÇÃO É a palavra invariável que liga duas orações ou dois termos semelhantes de uma mesma oração. De acordo com o tipo de relação que estabelecem, as conjunções podem ser classificadas em coordenativas

Leia mais

Drummond escreveu poemas e entrou para a história.

Drummond escreveu poemas e entrou para a história. Conjunção Pode-se definir a conjunção como um termo invariável, de natureza conectiva que pode criar relações de sentido (nexos) entre palavras ou orações. Usualmente, as provas costumam cobrar as relações

Leia mais

Preposição e conjunção

Preposição e conjunção PORTUGUÊS aula Preposição e conjunção Preposição É a palavra invariável que une dois termos ou orações, estabelecendo uma relação de sentido e de dependência. Não desempenha função sintática, é um conectivo:

Leia mais

LÍNGUA PORTUGUESA PROFESSOR EDUARDO BELMONTE 2º ANO E. M.

LÍNGUA PORTUGUESA PROFESSOR EDUARDO BELMONTE 2º ANO E. M. LÍNGUA PORTUGUESA PROFESSOR EDUARDO BELMONTE 2º ANO E. M. PERÍODO COMPOSTO POR COORDENAÇÃO Cheguei atrasado, PORQUE o trânsito estava caótico. Oração assindética Conjunção coordenativa Oração coordenada

Leia mais

Bárbara da Silva. Português. Aula 39 Conjunções I

Bárbara da Silva. Português. Aula 39 Conjunções I Bárbara da Silva Português Aula 39 Conjunções I Conjunção Além da preposição, há outra palavra que, na frase, é usada como elemento de ligação: a conjunção. Por exemplo: A menina segurou a bola e mostrou

Leia mais

Sumário. Apresentação. Parte 1 Período simples 1 Quadro geral dos termos da oração 3 Frase, oração e período 3

Sumário. Apresentação. Parte 1 Período simples 1 Quadro geral dos termos da oração 3 Frase, oração e período 3 Sumário Prefácio Apresentação XIII XV Parte 1 Período simples 1 Quadro geral dos termos da oração 3 Frase, oração e período 3 1. Tipologia do sujeito 6 Método para identificar o sujeito 6 Sujeito simples

Leia mais

AULA 9 CLASSES DE PALAVRAS V MINISTÉRIO DA FAZENDA

AULA 9 CLASSES DE PALAVRAS V MINISTÉRIO DA FAZENDA AULA 9 CLASSES DE PALAVRAS V MINISTÉRIO DA FAZENDA Professor Marlus Geronasso PREPOSIÇÃO Preposição é uma palavra invariável que serve para ligar termos ou orações. Quando esta ligação acontece, normalmente

Leia mais

Frase simples e frase complexa

Frase simples e frase complexa Frase simples e frase complexa Orações coordenadas e subordinadas 1 I. Frase simples O O José telefonou à Joana. A A senhora traz umas flores. Eu saio. O O meu vizinho foi ao médico. Cada uma destas frases

Leia mais

Conjunções Subordinativas

Conjunções Subordinativas Conjunções Subordinativas Conjunções Subordinativas São aquelas que ligam duas orações, sendo uma delas dependente da outra. A oração dependente, introduzida pelas conjunções subordinativas, recebe o nome

Leia mais

LÍNGUA PORTUGUESA PROFESSOR EDUARDO BELMONTE 1º ANO E. M.

LÍNGUA PORTUGUESA PROFESSOR EDUARDO BELMONTE 1º ANO E. M. LÍNGUA PORTUGUESA PROFESSOR EDUARDO BELMONTE 1º ANO E. M. FRASE NOMINAL: enunciado sem verbo. Pois não, senhor... ; senhoras e senhores,... FRASE VERBAL/ORAÇÃO: enunciado COM verbo. Ivo viu a uva.... O

Leia mais

CLASSIFICAÇÃO DAS CONJUNÇÕES SUBORDINATIVAS

CLASSIFICAÇÃO DAS CONJUNÇÕES SUBORDINATIVAS CLASSIFICAÇÃO DAS CONJUNÇÕES SUBORDINATIVAS CAUSAIS Principais conjunções causais: porque, visto que, já que, uma vez que, como (= porque). Exemplos: - Não pude comprar o CD porque estava em falta. - Ele

Leia mais

Coordenação e subordinação. Porto Editora

Coordenação e subordinação. Porto Editora Coordenação e subordinação Frase simples complexa Frase simples Constituída apenas por um verbo ou por um complexo verbal. Ex.: A Maria brinca muito com o irmão. frase simples (constituída por um verbo)

Leia mais

ORAÇÕES COORDENADAS E SUBORDINADAS

ORAÇÕES COORDENADAS E SUBORDINADAS ORAÇÕES COORDENADAS E SUBORDINADAS FRASE SIMPLES E FRASE COMPLEXA A frase pode ser constituída por uma ou mais orações. Uma oração é a unidade gramatical organizada à volta de um verbo. FRASE SIMPLES E

Leia mais

Professora Lucimar CONJUNÇÕES E PERÍODOS

Professora Lucimar CONJUNÇÕES E PERÍODOS Professora Lucimar CONJUNÇÕES E PERÍODOS Conjunção é a palavra invariável que liga duas orações ou dois termos semelhantes de uma mesma oração. Locução Conjuntiva - Duas ou mais palavras empregadas com

Leia mais

Aula 7: Período composto por coordenação e período composto por subordinação

Aula 7: Período composto por coordenação e período composto por subordinação APOIO PEDAGÓGICO AO NÚCLEO COMUM Aula 7: Período composto por coordenação e período composto por subordinação Tutora: Ariana de Carvalho Orações coordenadas As luzes apagam-se, abrem-se as cortinas e começa

Leia mais

Coordenação e subordinação

Coordenação e subordinação Coordenação e subordinação As frases complexas podem relacionar-se por coordenação ou por subordinação. A coordenação consiste numa relação entre duas orações da mesma categoria por meio de conjunções

Leia mais

ORAÇÕES SUBORDINADAS. Professor: Aramis de Cássio

ORAÇÕES SUBORDINADAS. Professor: Aramis de Cássio ORAÇÕES SUBORDINADAS Professor: Aramis de Cássio ORAÇÕES SUBORDINADAS ORAÇÕES SUBORDINADAS As ORAÇÕES SUBORDINADAS funcionam sempre como um termo essencial, integrante e acessório da oração principal.

Leia mais

Lista 6 - Língua Portuguesa 1

Lista 6 - Língua Portuguesa 1 Lista 6 - Língua Portuguesa 1 Períodos compostos LISTA 6 - LP 1 - PERÍODOS COMPOSTOS Períodos compostos Em listas anteriores, vimos alguns conceitos sintáticos importantes para o domínio da norma culta

Leia mais

ORAÇÕES COORDENADAS E SUBORDINADAS

ORAÇÕES COORDENADAS E SUBORDINADAS ORAÇÕES COORDENADAS E SUBORDINADAS Prof. Marcos Lima Língua portuguesa, 9ºano FRASE COMPLEXA Numa frase complexa há duas (ou mais) orações ligadas por uma conjunção (ou locução conjuncional). Ex: Fui à

Leia mais

PARTÍCULA EXPLETIVA OU DE REALCE

PARTÍCULA EXPLETIVA OU DE REALCE FUNÇÕES DO QUE? Aqui estudaremos todas as classes gramaticais a que a palavra que pertence. SUBSTANTIVO A palavra que será substantivo, quando tiver o sentido de qualquer coisa ou alguma coisa, é sempre

Leia mais

Coordenação e subordinação

Coordenação e subordinação Coordenação e subordinação As frases complexas podem relacionar-se por coordenação ou por subordinação. A coordenação consiste numa relação entre duas orações da mesma categoria por meio de conjunções

Leia mais

Colégio Diocesano Seridoense Disciplina: Língua Portuguesa / 2 Ano Professora: Lusia Raquel. Orações Subordinadas Adverbiais.

Colégio Diocesano Seridoense Disciplina: Língua Portuguesa / 2 Ano Professora: Lusia Raquel. Orações Subordinadas Adverbiais. Colégio Diocesano Seridoense Disciplina: Língua Portuguesa / 2 Ano Professora: Lusia Raquel Orações Subordinadas Adverbiais Caicó RN 2018 CLASSIFICAÇÃO CLASSIFICAÇÃO ORAÇÕES SUBORDINADAS ADVERBIAIS SÃO

Leia mais

PERÍODO SIMPLES. Observe alguns exemplos de períodos simples e compostos e veja a diferença entre eles:

PERÍODO SIMPLES. Observe alguns exemplos de períodos simples e compostos e veja a diferença entre eles: PERÍODO SIMPLES Período simples é um enunciado de sentido completo construído com uma oração absoluta, ou seja, apenas um verbo. O período é um enunciado de sentido completo formado por duas ou mais orações.

Leia mais

ATENÇÃO! Material retirado da Internet, que eu considero de fonte segura e confiável. Os endereços estão no fim de cada assunto.

ATENÇÃO! Material retirado da Internet, que eu considero de fonte segura e confiável. Os endereços estão no fim de cada assunto. ATENÇÃO! Material retirado da Internet, que eu considero de fonte segura e confiável. Os endereços estão no fim de cada assunto. Conjunção As conjunções são vocábulos de função estritamente gramatical

Leia mais

ÍNDICE TEXTO E DISCURSO 4 CLASSES DE PALAVRAS 20 FUNÇÕES SINTÁTICAS 66

ÍNDICE TEXTO E DISCURSO 4 CLASSES DE PALAVRAS 20 FUNÇÕES SINTÁTICAS 66 ÍNDICE 1 TEXTO E DISCURSO 4 1.1. Coesão e coerência textual organização de parágrafos 4 1.2. Pontuação 7 1.3. Discurso direto / discurso indireto 10 1.4. Frase ativa / frase passiva 13 CONSOLIDAÇÃO: EXERCÍCIOS

Leia mais

Conjunção (junção) Palavra invariável que liga orações ou palavras de uma mesma oração.

Conjunção (junção) Palavra invariável que liga orações ou palavras de uma mesma oração. Conjunção (junção) Palavra invariável que liga orações ou palavras de uma mesma oração. Veja: Ex.1: Você quer açúcar ou adoçante? Ex.2: Preste atenção ou saia da sala. Classificação: a- Conjunções coordenativas:

Leia mais

Professor Marlos Pires Gonçalves

Professor Marlos Pires Gonçalves PREPOSIÇÃO DE, PARA, COM, essas pequenas palavras têm grande importância para nossa língua. Elas são usadas como elementos de ligação entre duas outras palavras e as chamamos de preposição. Preposição»

Leia mais

ORAÇÕES COORDENADAS & SUBORDINADAS

ORAÇÕES COORDENADAS & SUBORDINADAS ORAÇÕES COORDENADAS & SUBORDINADAS GRAMÁTICA ORAÇÕES COORDENADAS & SUBORDINADAS As orações coordenadas e subordinadas fazem parte do período composto, ou seja, o período em que temos duas ou mais orações.

Leia mais

Preposição e Conjunção. Língua Portuguesa 2ª Série Profª Marianna Aguiar

Preposição e Conjunção. Língua Portuguesa 2ª Série Profª Marianna Aguiar Preposição e Conjunção Língua Portuguesa 2ª Série Profª Marianna Aguiar Preposição Conectam os termos dos sintagmas Locuções prepositivas são duas ou mais palavras que funcionam como preposição. Em uma

Leia mais

Português. Conjunções. Professor Arthur Scandelari.

Português. Conjunções. Professor Arthur Scandelari. Português Conjunções Professor Arthur Scandelari www.acasadoconcurseiro.com.br Português CONJUNÇÕES PARTE 1 1. (CESPE SDS-PE 2016) É importante, pois, que o médico estabeleça o momento de ocorrência do

Leia mais

Preposiçãoé a palavra que une dois ou mais termos da oração, assim estabelecendo entre eles uma relação de subordinação em que o segundo termo

Preposiçãoé a palavra que une dois ou mais termos da oração, assim estabelecendo entre eles uma relação de subordinação em que o segundo termo Preposiçãoé a palavra que une dois ou mais termos da oração, assim estabelecendo entre eles uma relação de subordinação em que o segundo termo depende do primeiro. Assim, se esses elementos não estiverem

Leia mais

Alternativas Introduzem uma ideia de opção, alternância. As conjunções mais comuns são OU...OU, ORA...ORA, QUER...QUER, SEJA...SEJA. Ex.

Alternativas Introduzem uma ideia de opção, alternância. As conjunções mais comuns são OU...OU, ORA...ORA, QUER...QUER, SEJA...SEJA. Ex. Alternativas Introduzem uma ideia de opção, alternância. As conjunções mais comuns são OU...OU, ORA...ORA, QUER...QUER, SEJA...SEJA. Ex.: "Ou paga ou eu mando sangrá-lo devagarinho" (Graciliano Ramos).

Leia mais

Língua Portuguesa. Mara Rúbia

Língua Portuguesa. Mara Rúbia Língua Portuguesa Mara Rúbia Atenção! Pare! Um vulto cresce na escuridão. Clarissa se encolhe. É Vasco. Convém que te apresses. Período Composto por Coordenação - Orações sintaticamente independentes.

Leia mais

CONJUNÇÕES SUBORDINATIVAS ADVERBIAIS

CONJUNÇÕES SUBORDINATIVAS ADVERBIAIS CONJUNÇÕES SUBORDINATIVAS ADVERBIAIS Causais Introduzem uma ideia de CAUSA. É fundamental relatar que aqui se inicia a relação causa-efeito. Toda causa representa o fato anterior. Já o efeito, o fato posterior.

Leia mais

Língua portuguesa. Professora Iara Martins. Exercícios. Período composto por coordenação e subordinação

Língua portuguesa. Professora Iara Martins. Exercícios. Período composto por coordenação e subordinação Língua portuguesa Professora Iara Martins Exercícios Período composto por coordenação e subordinação 1. O amor não só traz alegria como também alimenta. Neste período, a conjunção é: a. Subordinativa causal

Leia mais

Linguagem Língua portuguesa. Preposição e sua construção de sentido

Linguagem Língua portuguesa. Preposição e sua construção de sentido Linguagem Língua portuguesa Preposição e sua construção de sentido Conceito Preposições: ligam palavras e orações, isoladamente NÃO possuem função sintática, possuem na frase um valor semântico. A função

Leia mais

Língua. Portuguesa. Sintaxe do Período

Língua. Portuguesa. Sintaxe do Período Língua Portuguesa Sintaxe do Período Orações Subordinadas Substantivas É necessário o seu auxílio. 1) Subjetivas: É necessário que me auxilie. Convém que me auxilie. Observou-se que foi um golpe de mestre.

Leia mais

Concurseiro. Espaço do. Português Prof. Joaquim Bispo. Sinta-se a vontade para estudar conosco. O seu espaço de preparação para concursos públicos

Concurseiro. Espaço do. Português Prof. Joaquim Bispo. Sinta-se a vontade para estudar conosco. O seu espaço de preparação para concursos públicos Espaço do Concurseiro Sinta-se a vontade para estudar conosco Português Prof. Joaquim Bispo O seu espaço de preparação para concursos públicos 1 Aulas Aula Conteúdo Página 1 Emprego das classes e palavras

Leia mais

Funções morfológicas do FUNÇÕES DO QUE QUE

Funções morfológicas do FUNÇÕES DO QUE QUE Funções morfológicas do FUNÇÕES DO QUE QUE 1. Substantivo Notei um quê estranho em sua voz. Sofia tinha aquele quê sedutor de algumas mulheres. Havia somente dois quês empregados no texto. 2. Advérbio

Leia mais

INTERPRETAÇÃO DE TEXTOS MECANISMOS DE COESÃO TEXTUAL (PARTE III)

INTERPRETAÇÃO DE TEXTOS MECANISMOS DE COESÃO TEXTUAL (PARTE III) INTERPRETAÇÃO DE TEXTOS MECANISMOS DE COESÃO TEXTUAL (PARTE III) Veja como as preposições influenciam os sentidos atribuídos pelos verbos: Vender ao mercado/vender no mercado Lutar contra/lutar por Brotar

Leia mais

Ex. A garota com quem simpatizei está à sua procura. Os alunos cujas redações foram escolhidas receberão um prêmio.

Ex. A garota com quem simpatizei está à sua procura. Os alunos cujas redações foram escolhidas receberão um prêmio. A) Restritiva: é aquela que limita, restringe o sentido do substantivo ou pronome a que se refere. A restritiva funciona como adjunto adnominal de um termo da oração principal e não pode ser isolada por

Leia mais

COERÊNCIA. Harmonia entre situações, acontecimentos ou ideias dentro de um texto. É fator determinante para seu total entendimento.

COERÊNCIA. Harmonia entre situações, acontecimentos ou ideias dentro de um texto. É fator determinante para seu total entendimento. COERÊNCIA Harmonia entre situações, acontecimentos ou ideias dentro de um texto. É fator determinante para seu total entendimento. Subi a porta e fechei a escada. Tirei minhas orações e recitei meus sapatos.

Leia mais

PERÍODO COMPOSTO POR COORDENAÇÃO

PERÍODO COMPOSTO POR COORDENAÇÃO PERÍODO COMPOSTO POR COORDENAÇÃO O período composto por coordenação é constituído por orações coordenadas. Chamamos oração coordenada por não exercer nenhuma função sintática em outra oração, daí ser chamada

Leia mais

Português. Sintaxe do Período. Professor Carlos Zambeli.

Português. Sintaxe do Período. Professor Carlos Zambeli. Português Sintaxe do Período Professor Carlos Zambeli www.acasadoconcurseiro.com.br Português SINTAXE DO PERÍODO Coordenativas: Ligam orações independentes, ou seja, que possuem sentido completo. 1. Aditivas:

Leia mais

Sintaxe do Período Composto

Sintaxe do Período Composto Sintaxe do Período Composto Gramática Material Complementar Saudações, guerreiro (a) do concurso, tudo bem? Aqui é o professor Pablo Jamilk. Nós teremos alguns momentos juntos doravante. Por isso, segure

Leia mais

Expressão 1 conjunção Expressão 2. Ex.: Comprei um carro hoje, mas vou vendê-lo amanhã.

Expressão 1 conjunção Expressão 2. Ex.: Comprei um carro hoje, mas vou vendê-lo amanhã. Expressão 1 conjunção Expressão 2 Ex.: João e Maria foram à praia. S V C ADJ. ADV. conjun ção S V C ADJ. ADV. Ex.: Comprei um carro hoje, mas vou vendê-lo amanhã. CONJUNÇÕES COORDENATIVAS Aditivas Estabelecem

Leia mais

ORIENTAÇÃO DE ESTUDOS

ORIENTAÇÃO DE ESTUDOS ORIENTAÇÃO DE ESTUDOS RECUPERAÇÃO SEMESTRAL 9º Ano do Ensino Fundamental Disciplina: Português 1- Classifique as orações subordinadas substantivas destacadas em subjetivas ou objetivas diretas. a) Acredita-se

Leia mais

ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS. Exerce a função de sujeito do verbo da oração principal.

ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS. Exerce a função de sujeito do verbo da oração principal. ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS ORAÇÃO SUBORDINADA SUBSTANTIVA SUBJETIVA Exerce a função de sujeito do verbo da oração principal. É necessário que você se apresente ao serviço amanhã. Foi anunciado que

Leia mais

Prof. Valber Freitas. Língua Portuguesa. Sintaxe Período Composto

Prof. Valber Freitas. Língua Portuguesa. Sintaxe Período Composto Prof. Valber Freitas Língua Portuguesa Sintaxe Período Composto Período Composto Coordenação Subordinação Orações subordinadas São orações sintaticamente dependentes uma das outras. As orações subordinadas

Leia mais

Capítulo 2 - Acentuação gráfica Regras gerais...10 Casos especiais...10 Prosódia...12 Exercícios...14

Capítulo 2 - Acentuação gráfica Regras gerais...10 Casos especiais...10 Prosódia...12 Exercícios...14 Sumário Capítulo 1 - Noções de fonética... 2 Fonemas...2 Letra...2 Sílaba...2 Número de sílabas...3 Tonicidade...3 Posição da sílaba tônica...3 Dígrafos...3 Encontros consonantais...3 Encontros vocálicos...4

Leia mais

Apresentação 11 Lista de abreviações 13. Parte I: NATUREZA, ESTRUTURA E FUNCIONAMENTO DA LINGUAGEM

Apresentação 11 Lista de abreviações 13. Parte I: NATUREZA, ESTRUTURA E FUNCIONAMENTO DA LINGUAGEM Sumário Apresentação 11 Lista de abreviações 13 Parte I: NATUREZA, ESTRUTURA E FUNCIONAMENTO DA LINGUAGEM O homem, a linguagem e o conhecimento ( 1-6) O processo da comunicação humana ( 7-11) Funções da

Leia mais

REVISÃO E AVALIAÇÃO DA UNIDADE II

REVISÃO E AVALIAÇÃO DA UNIDADE II AULA 16.1 REVISÃO E AVALIAÇÃO DA UNIDADE II Segunda Geração: os ultrarromânticos O sentimentalismo, a imaginação e o egocentrismo atingiram seu ponto culminante nesta geração, que experimentou as formas

Leia mais

Preparação para a. Prova de Aferição. Português. 8.º ano

Preparação para a. Prova de Aferição. Português. 8.º ano Preparação para a Prova de Aferição Português Oo 8.º ano 72 II. Leitura Entrevista A entrevista é um texto conversacional, em que o jornalista, através de perguntas previamente elaboradas (em guião), procura

Leia mais

Preparatório - Concurso Bombeiro Militar do Pará Língua Portuguesa

Preparatório - Concurso Bombeiro Militar do Pará Língua Portuguesa Preparatório - Concurso Bombeiro Militar do Pará Língua Portuguesa Aula IV Conhecimentos Linguísticos: Período Composto por Coordenação Período Composto por Subordinação PERÍODO COMPOSTO O período composto

Leia mais

Quando desprovidas de conjunções coordenativas, são denominadas orações coordenadas assindéticas:

Quando desprovidas de conjunções coordenativas, são denominadas orações coordenadas assindéticas: LÍNGUA PORTUGUESA PROFESSOR JEAN AQUINO ORAÇÕES COORDENADAS E CONJUNÇÕES COORDENATIVAS O período composto por coordenação é formado por orações sintaticamente independentes, denominadas orações coordenadas:

Leia mais

Patrícia Rocha Lopes

Patrícia Rocha Lopes Patrícia Rocha Lopes Uma oração subordinada adverbial é aquela que exerce a função de adjunto adverbial do verbo da oração principal. Dessa forma, pode exprimir circunstância de tempo, finalidade, causa,

Leia mais

@profdecioterror Décio Terror Filho (32)

@profdecioterror Décio Terror Filho (32) @profdecioterror Décio Terror Filho (32) 98447 5981 Compreensão de texto contemporâneo. Reconhecimento de modos de organização de diferentes gêneros de texto. Reconhecimento do uso significativo dos diferentes

Leia mais

Prof. José Antônio Sansevero Martins (Zé Laranja)

Prof. José Antônio Sansevero Martins (Zé Laranja) Prof. José Antônio Sansevero Martins (Zé Laranja) PERÍODO COMPOSTO 1. ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS Oração principal (incompleta) Oração subordinada substantiva (aquilo que falta na or. Principal)

Leia mais

Funções do que e do se

Funções do que e do se Funções do que e do se Há muitas dúvidas quanto ao emprego do que e do se, pois podem ser empregados em várias funções morfossintáticas. Portanto, iremos analisar cada termo individualmente, a fim de que

Leia mais

LÍNGUA PORTUGUESA. Professora Rosane Reis. MÓDULO 15 Palavras QUE e SE

LÍNGUA PORTUGUESA. Professora Rosane Reis. MÓDULO 15 Palavras QUE e SE LÍNGUA PORTUGUESA Professora Rosane Reis MÓDULO 15 Palavras QUE e SE AS PALAVRAS QUE E SE É acentuado e substituível por alguma coisa, qualquer coisa etc.; vem precedido de artigo ou numeral. Este professor

Leia mais

LÍNGUA PORTUGUESA. Professora Rosane Reis. MÓDULO 11 Palavras QUE e SE

LÍNGUA PORTUGUESA. Professora Rosane Reis. MÓDULO 11 Palavras QUE e SE LÍNGUA PORTUGUESA Professora Rosane Reis MÓDULO 11 Palavras QUE e SE AS PALAVRAS QUE E SE É acentuado e substituível por alguma coisa, qualquer coisa etc.; vem precedido de artigo ou numeral. Este professor

Leia mais

Pra começo de conversa... ORAÇÃO PERÍODO

Pra começo de conversa... ORAÇÃO PERÍODO Orações Coordenadas Pra começo de conversa... FRASE ORAÇÃO PERÍODO FRASE Enunciado com sentido completo... Socorro! Socorro! Silêncio! A aula da professora Marisa é maravilhosa. Nós adoramos Gramática.

Leia mais

26. Lista das conjunções (Aulas 2 e 3: conjunções) Pelo seu significado e pelo nome da conjunção Conjunções são palavras usadas para ligar duas orações na mesma frase. Coordenativas As conjunções coordenativas

Leia mais

EXERCÍCIOS 2 ORAÇÕES SUBORDINADAS ADVERBIAIS

EXERCÍCIOS 2 ORAÇÕES SUBORDINADAS ADVERBIAIS EXERCÍCIOS 2 ORAÇÕES SUBORDINADAS ADVERBIAIS 1- Classifique as Orações Subordinadas Adverbiais em destaque abaixo: a) À medida que crescia, mais bobo ficava. b) Choveu tanto que ficamos assustados. c)

Leia mais

Emprego de palavras e expressões

Emprego de palavras e expressões Emprego de palavras e expressões Livro 01 Prof. Eugênio Torres Módulo 02 POR QUE POR QUÊ PORQUE PORQUÊ o Por que- Emprega-se quando equivale a por qual motivo ou a pelo qual. Usado também no início ou

Leia mais

PERÍODO COMPOSTO POR SUBORDINAÇÃO ORAÇÕES ADVERBIAIS

PERÍODO COMPOSTO POR SUBORDINAÇÃO ORAÇÕES ADVERBIAIS PORTUGUÊS SÉRIE: Pré-Vestibular PERÍODO COMPOSTO POR SUBORDINAÇÃO ORAÇÕES ADVERBIAIS Profª Raquel Sampaio LÍNGUA PORTUGUESA GRAMÁTICA PERÍODO COMPOSTO POR SUBORDINAÇÃO ORAÇÕES ADVERBIAIS Profª. Raquel

Leia mais

Período Composto por Coordenação

Período Composto por Coordenação Período Composto por Coordenação O período composto por coordenação é constituído de orações coordenadas. Na coordenação não há relação de dependência entre as orações. Uma oração independe da(s) outra(s).

Leia mais

O que é uma preposição?

O que é uma preposição? O que é uma preposição? Preposições são palavras que estabelecem conexões com vários sentidos entre dois termos de uma oração. São indispensáveis para a construção e compreensão dos textos, conferindo-lhes

Leia mais

Bárbara da Silva. Português. Aula 37 Preposições I

Bárbara da Silva. Português. Aula 37 Preposições I Bárbara da Silva Português Aula 37 Preposições I Preposição - Preposição é a palavra que estabelece uma relação entre dois ou mais termos da oração. - Essa relação é do tipo subordinativa, ou seja, entre

Leia mais

Programa de Educação Continuada (PEC)

Programa de Educação Continuada (PEC) Programa de Educação Continuada (PEC) Curso de Morfossintaxe Odette G.L.Altmann de Souza Campos* Construções que se alternam Ontem vimos Você sair Que você saiu Sua saída Você saindo É preciso Que você

Leia mais

PERÍODO COMPOSTO POR SUBORDINAÇÃO ORAÇÕES ADVERBIAIS

PERÍODO COMPOSTO POR SUBORDINAÇÃO ORAÇÕES ADVERBIAIS LÍNGUA PORTUGUESA GRAMÁTICA FRENTE B PERÍODO COMPOSTO POR SUBORDINAÇÃO ORAÇÕES ADVERBIAIS Profª. Raquel Freitas Sampaio ORAÇÕES SUBORDINADAS ADVERBIAIS É aquela que se encaixa na oração principal, funcionando

Leia mais

MORFOLOGIA CLASSE GRAMATICAL. SUBSTANTIVO: é o que dá nome a todos os seres: vivos, inanimados, racionais, irracionais a fim de identificação.

MORFOLOGIA CLASSE GRAMATICAL. SUBSTANTIVO: é o que dá nome a todos os seres: vivos, inanimados, racionais, irracionais a fim de identificação. MORFOLOGIA CLASSE GRAMATICAL SUBSTANTIVO: é o que dá nome a todos os seres: vivos, inanimados, racionais, irracionais a fim de identificação. PREPOSIÇÃO É a classe de palavras que liga palavras entre si;

Leia mais

PERÍODO COMPOSTO POR SUBORDINAÇÃO Profª Giovana Uggioni Silveira

PERÍODO COMPOSTO POR SUBORDINAÇÃO Profª Giovana Uggioni Silveira PERÍODO COMPOSTO POR SUBORDINAÇÃO Profª Giovana Uggioni Silveira ORAÇÕES SUBORDINADAS Exercem função sintática sobre as outras. Oração principal, orações desenvolvidas ou reduzidas. ORAÇÕES SUBORDINADAS

Leia mais

Orações Subordinadas Adverbiais

Orações Subordinadas Adverbiais Orações Subordinadas Adverbiais A oração subordinada adverbial desempenha a função de adjunto adverbial: indica uma circunstância em que ocorre a ação do verbo da oração à qual se liga. Observe: Normalmente

Leia mais

ÁTILA ABIORANA LÍNGUA PORTUGUESA

ÁTILA ABIORANA LÍNGUA PORTUGUESA ÁTILA ABIORANA LÍNGUA PORTUGUESA No que se refere às ideias e aos aspectos linguísticos do texto acima, julgue os itens subsequentes. 1) Não haveria prejuízo à correção gramatical ou alteração o sentido

Leia mais

CONJUNÇÕES COORDENATIVAS DANIELE LEITE

CONJUNÇÕES COORDENATIVAS DANIELE LEITE CONJUNÇÕES COORDENATIVAS DANIELE LEITE O QUE É UMA CONJUNÇÃO? Do ponto de vista semântico é uma palavra que traz um sentido nela implícito ( ou mais de um); [exceto a conjunção integrante, que não traz

Leia mais

Polícia Civil - MG Língua Portuguesa Estrutura das Palavras Macedo Martins

Polícia Civil - MG Língua Portuguesa Estrutura das Palavras Macedo Martins Polícia Civil - MG Língua Portuguesa Estrutura das Palavras Macedo Martins 2014 2014 Copyright. Curso Agora Eu Eu Passo - - Todos os direitos reservados ao ao autor. Estudo das Orações Só pode haver oração

Leia mais

Adjetivo (Adjunto Adnominal)

Adjetivo (Adjunto Adnominal) PROFESSOR(A): DISCIPLINA: ALUNO(A): Nº SÉRIE: TURMA: TURNO: DATA: / /2017. ORAÇÕES SUBORDINADAS ADJETIVAS Uma oração subordinada adjetiva é aquela que possui valor e função de adjetivo, ou seja, que a

Leia mais

Professor Marlos Pires Gonçalves

Professor Marlos Pires Gonçalves PERÍODO COMPOSTO POR COORDENAÇÃO O período composto por coordenação é constituído por orações coordenadas. Chamamos oração coordenada por não exercer nenhuma função sintática em outra oração, daí ser chamada

Leia mais

Programação Anual. 7 ọ ano (Regime 9 anos) 6 ạ série (Regime 8 anos) VOLUME VOLUME

Programação Anual. 7 ọ ano (Regime 9 anos) 6 ạ série (Regime 8 anos) VOLUME VOLUME Programação Anual 7 ọ ano (Regime 9 anos) 6 ạ série (Regime 8 anos) 1 ọ 2 ọ 1. Amarrando as idéias COESÃO Introdução ao conceito de coesão Introdução aos mecanismos básicos de coesão Ordem das palavras

Leia mais

REGÊNCIA VERBAL PROF. OSMAR EDUARDO SENS

REGÊNCIA VERBAL PROF. OSMAR EDUARDO SENS REGÊNCIA VERBAL PROF. OSMAR EDUARDO SENS REGÊNCIA VERBAL Para se entender a regência verbal ou nominal é necessário conhecer as preposições. Por isso complete: 1. a) Preposição é uma palavra invariável

Leia mais

EXERCÍCIO COMPLEMENTAR. Uma aventura na floresta

EXERCÍCIO COMPLEMENTAR. Uma aventura na floresta COLÉGIO DE APLICAÇÃO DOM HÉLDER CÂMARA EXERCÍCIOS COMPLEMENTARES III DATA DE ENTREGA: / /2017 DISCIPLINA: PORTUGUÊS PROFESSOR(A): ALUNO (A):. SÉRIE: 4º ANO 1. Leia o texto. EXERCÍCIO COMPLEMENTAR Uma aventura

Leia mais

Bárbara da Silva. Português. Aula 13 Período composto por subordinação

Bárbara da Silva. Português. Aula 13 Período composto por subordinação Bárbara da Silva Português Aula 13 Período composto por subordinação No período composto por subordinação existe pelo menos uma oração principal e uma subordinada. A oração principal é sempre incompleta,

Leia mais

Concurseiro. Espaço do. Português Prof. Joaquim Bispo. Sinta-se a vontade para estudar conosco. O seu espaço de preparação para concursos públicos

Concurseiro. Espaço do. Português Prof. Joaquim Bispo. Sinta-se a vontade para estudar conosco. O seu espaço de preparação para concursos públicos Espaço do Concurseiro Sinta-se a vontade para estudar conosco Português Prof. Joaquim Bispo O seu espaço de preparação para concursos públicos 1 SINTAXE DO PERÍDO Aula 6 As conjunções podem ser classificadas

Leia mais

Exercícios de gramática do uso da língua portuguesa do Brasil

Exercícios de gramática do uso da língua portuguesa do Brasil Sugestão: estes exercícios devem ser feitos depois de estudar a Unidade 4 por completo do livrotexto Muito Prazer Unidade 4 I Verbos regulares no futuro do presente simples indicativo Estar Ser Ir Eu estarei

Leia mais

CLASSES GRAMATICAIS. Parte 2. Professora Idilvânia

CLASSES GRAMATICAIS. Parte 2. Professora Idilvânia CLASSES GRAMATICAIS Parte 2 Professora Idilvânia 1 Existem 10 Classes Gramaticais Artigo Substantivo Adjetivo Advérbio Preposição Pronomes Verbo Conjunção Numeral Interjeição 2 PRONOME São estruturas que

Leia mais

Período Composto por Subordinação

Período Composto por Subordinação Período Composto por Subordinação Todo período composto por subordinação contém uma oração principal, acompanhada de uma ou mais orações subordinadas. A oração principal é a que encerra o sentido fundamental

Leia mais

ROTEIRO DE ESTUDOS DISCIPLINA: QUÍMICA RECUPERAÇÃO FINAL SÉRIE: 2º EM DATA DA PROVA: /12/2016 CONTEÚDO:

ROTEIRO DE ESTUDOS DISCIPLINA: QUÍMICA RECUPERAÇÃO FINAL SÉRIE: 2º EM DATA DA PROVA: /12/2016 CONTEÚDO: DISCIPLINA: QUÍMICA RECUPERAÇÃO FINAL SÉRIE: 2º EM 1) Balanceamento pelo método das tentativas; 2) Leis de Lavoisier e Proust; 3) Cálculo estequiométrico; 4) Estudo dos gases; 5) Soluções Estudo das concentrações;

Leia mais

LÍNGUA PORTUGUESA. Professora Rosane Reis. MÓDULO 10 Sintaxe III

LÍNGUA PORTUGUESA. Professora Rosane Reis. MÓDULO 10 Sintaxe III LÍNGUA PORTUGUESA Professora Rosane Reis MÓDULO 10 Sintaxe III A SUBORDINAÇÃO No período composto por subordinação, há uma que traz presa a si, como dependente, outra ou outras. Dependentes porque cada

Leia mais

Prof. André Moraes A PALAVRA QUE

Prof. André Moraes A PALAVRA QUE Prof. André Moraes A PALAVRA QUE 1) Substantivo - vem determinada por artigo ou outro determinante e será acentuada. Ex.: Vi um quê (alguma coisa) de sarcástico. 2) Interjeição exprime sentimento, admiração,

Leia mais

ADVÉRBIOS. Profa. Luana Lemos

ADVÉRBIOS. Profa. Luana Lemos ADVÉRBIOS Profa. Luana Lemos DEFINIÇÃO Do ponto de vista sintático: vem associado a verbo, adjetivo ou ao próprio advérbio; Do ponto de vista mórfico: é invariável; Do ponto de vista semântico denota circunstância

Leia mais

XI Encontro de Iniciação à Docência

XI Encontro de Iniciação à Docência 4CCHLADLCVMT01 COORDENAÇÃO E SUBORDINAÇÃO NO PORTUGUÊS DO BRASIL: DA VISÃO TRADICIONAL À ABORDAGEM LINGÜÍSTICA Maria do Carmo Melo Aguiar Neta (2), Maria de Fátima Benício de Melo (3) Centro de Ciências

Leia mais

QUESTÕES DE PORTUGUÊS BANCA : EPL - CONCURSOS

QUESTÕES DE PORTUGUÊS BANCA : EPL - CONCURSOS QUESTÕES DE PORTUGUÊS BANCA : EPL - CONCURSOS 1. Leia o texto abaixo para responder a questão - Em "Estima-se que os jogos das 32 seleções serão vistos por três milhões de torcedores nos 12 estádios que

Leia mais