CEITEC S.A. Informações institucionais

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CEITEC S.A. Informações institucionais"

Transcrição

1 CEITEC S.A. Informações institucionais Inserir Logomarca Representante comercial Pedro Mucillo / Representante de Negócios Telefone: Componentes para aplicações de identificação por Radio Frequência (RFID) nas bandas de frequências LF, HF e UHF; Fabricação de componentes eletrônicos Tecnologia XC06; Teste de wafers ; Afinamento e corte de wafers até 8 polegadas; Encapsulamento de wafers Micromódulos; e Projeto de ASIC's.

2 CEITEC S.A. Proposta de valor para iluminação LED Disponibilização da tecnologia XC06 da CEITEC S.A.; Projeto e fabricação de LED drivers, controladores e atuadores programáveis via RF usando tecnologia nacional; e Afinamento e corte de wafers.

3 Chipus Microeletrônica Informações institucionais

4 Chipus Microeletrônica proposta de valor para iluminação LED

5 Fundação CPqD - C.N.P.J.: / Inserir Logomarca Representante comercial Carlos Salla, Alberto Paradisi, Juliano Oliveira / Diretor, Vice-Presidente, Gerente , , O CPqD é uma instituição independente, focada na inovação com base nas tecnologias da informação e comunicação (TICs), com amplo programa de pesquisa e desenvolvimento, o maior da América Latina em sua área de atuação, gerando soluções em TICs utilizadas em diversos setores: comunicação e multimídia, financeiro, utilities, indústrias, administração pública, defesa e segurança. O CPqD possui fluxo de desenvolvimento de chips com propriedade intelectual (IP) provada em silício. Um qualificado time de 35 engenheiros foi treinado via projetos de chips industriais (financiados pelo BNDES e Funttel). Os chips desenvolvidos visaram aplicações de comunicações ópticas de alta capacidade (100G e além com aproximadamente 22 milhões de transistores), o que implica em um alto desafio tecnológico com relação a aplicações de baixa taxa. ASIC OTN (TSMC 40nm)

6 Fundação CPqD - C.N.P.J.: / PROPOSTA: Desenvolvimento de 2 chips com alta integração, baixo consumo e alto valor agregado para aplicações de iluminação pública. O chip e os IPs serão desenvolvidos no CPqD de acordo com a relação custo benefício (custo chip < $5). Chip 1 [Digital]: Microprocessador*, criptografia, pilha Wifi*/Zigbee; Chip 2 [Mixed signal]: Driver LED, condicionamento de sensores e sensoriamento de consumo energético; Prioridade de fabricação via UNITEC (90nm) visando uso do ecossistema nacional; Processador de rede (Linux embarcado) Criptografia Zigbee ou Wifi Driver LED Condicionamento de sinais para sensores e sensoriamento de consumo energético Joint-Venture Chip Digital Chip Mixed Signal Valor da proposta: Industrialização de chips com tecnologia nacional por meio do ecossistema estabelecido no pais visando aplicações de iluminação pública; Redução de custo visando aplicação industrial e aumento de valor agregado com o desenvolvimento/fabricação no Brasil, além da criação e retenção de especialistas;

7 Instituto Eldorado Informações institucionais Representante comercial Plinio Fernando de Morais / Desenvolvimento de Negócios (19) / (19) Instituto Privado de P&D sem fins econômicos. 750 colaboradores / Sites em Campinas / Brasília e Porto Alegre Foco no desenvolvimento de Produtos de base eletroeletrônica Laboratório Homologação e Certificação: Acreditado no INMETRO / ISO / ANATEL Design House de Circuito Integrado 75 projetistas, domínio de fluxo completo desenvolvimento de CI. Design House de Produtos 150 projetistas utilizando infra laboratorial e ferramentas no estado da arte.

8 Instituto Eldorado Proposta de valor para iluminação LED Desenvolvimento de circuitos integrados com tecnologia nacional nas seguintes áreas: Controladores e microprocessadores Drivers Circuito integrado comunicação wireless Padrão IEEE G (LR-WPAN, 6LoWPAN) Ad hoc network Mesh network Desenvolvimento de produtos e soluções completas Industrial design / projeto mecânico Hardware design / PCB layout / Power / Digital / RF / Mix signal Teste de produtos na área de Iluminação Caracterização e certificação Experiência no desenvolvimento de produtos e circuito integrados aderentes às Portarias MCT Nº 950 de 12/12/2006 e MCTI 1309 de 19/12/2013.

9 Excelchip Informações institucionais Inserir Logomarca Representante comercial Márcio Toma Sócio Diretor Telefone: Criada em 2008 como spin-off do LSI-TEC, a Excelchip Sistemas Eletrônicos Ltda é uma empresa brasileira, privada e com fins lucrativos, especializada em semicondutores, equipamentos eletrônicos e gestão de projetos tecnológicos. Principais produtos e serviços: Chip Driver para Luminárias LED para Iluminação Pública (em estágio avançado de desenvolvimento) - Parceiro: LSI-TEC Chip Driver RGB para Iluminação arquitetural, aeronáutica e telões LED Barras de Led RGB e conversores de potência para uso aeronáutico Controladores de Iluminação RGB Touch Screen com tela LCD - TFT Concepção, projeto e fabricação de equipamentos eletrônicos customizados Gestão de projetos e fornecedores da cadeia de eletrônica/microeletrônica

10 Excelchip Proposta de valor para iluminação LED A Excelchip, juntamente com o LSI-TEC, está finalizando o desenvolvimento de um Chip Driver para Luminárias LED para Iluminação Pública, podendo criar versões customizadas incluindo recursos específicos demandados pelo consórcio. Para o setor de Iluminação LED a Excelchip pode contribuir também com: Projeto e/ou fabricação e/ou comercialização do hardware das luminárias, da sala de controle e de outros subsistemas associados, tanto com chips próprios quanto com os eventualmente desenvolvidos por outras Instituições Científico- Tecnológicas. Gestão do projeto das Luminárias e Hardware associado. Articulação/gestão de fornecedores da cadeia de eletrônica/microeletrônica, ajudando o consórcio a mapear rapidamente instituições e tecnologias disponíveis no mercado brasileiro bem como fazer a interface entre as áreas técnica/de negócio do consórcio com os fornecedores de tecnologia e suas especificidades técnicas e institucionais. Consultoria/Acessoria/Advisoring na área de microeletrônica, eletrônica, sistemas embarcados e hardware em geral.

11 Freescale Semcondutores Brasil Ltda. Informações institucionais TM Representante comercial José Geraldo Alves de Almeida / Gerente de Desenvolvimento de Negócios (11) Produtos Microcontroladores 8,16, 32 bits. #2 no mundo (Gartner Abril 2015) Comunicação sem fio, Medição energia, Controle de Energia, Low power, Uso geral. Processadores Embarcados 32/64 bits #1 no mundo (Gartner Abril 2015) Gateways e Redes de dados (incluindo redes celulares) Potência de RF. #1 no mundo (ABI Research, Apr 2015) Analógicos média Tensão / Automotivos Sensores Acelerômetros, magnetômetros, pressão, giroscópios. Capacidades Tecnologia 90nm (própria), até 28nm (foundries) 3 Fabs próprias, 2 sites encapsulamento/teste final Fusão anunciada com a NXP criará a 4 maior companhia de semicondutores do mundo (excl. Mem)

12 Freescale Proposta de valor para iluminação LED Desenvolvimento, produção, designs de referência e suporte a aplicação de componentes para os subsistemas de: Energia Controle de Retificação, Correção de Fator de Potência, Monitoração de corrente / luminosidade e outros parâmetros Medidores de energia de até 0.2% de precisão, com separação legal de código metrológico. Telemetria e operação remota. Rádios incluindo topologias Mesh em Qualquer banda de ISM e bandas licenciadas. Stacks de SW IPV6 (6LOWPAN), Zigbee, Thread Criptografia e segurança Concentradores e Gateways de Comunicação Computadores embarcados com BSP Linux Aceleração de pacotes, segurança de dados, aplicações acima de layer 2.

13 LSI-TEC Informações institucionais Representante comercial Walter Santana Gerente de Operações e Relacionamento Telefone Fixo: ou Celular: Produtos desenvolvidos na área de energia: Chip para monitoramento de Falta de Energia elétrica Parceiro: CPFL Chip para Medição de Qualidade de Energia Elétrica Parceiro: IMS Chip Driver para Luminárias (em estágio avançado de desenvolvimento) Parceiro: Excelchip A IC Design House do LSI-TEC conta com 40 projetistas de Circuitos Integrados (Chips) e as melhores ferramentas para o desenvolvimento de Chips.

14 LSI-TEC Proposta de valor para iluminação LED O LSI-TEC é uma ICT com registro no CATI. A IC Design House do LSI-TEC atualmente está conduzindo 4 projetos de Chips através do financiamento do FUNTEC (BNDES), além de outros projetos com a iniciativa privada. Estágio avançado de desenvolvimento de um Chip driver para luminárias que poderá incluir recursos específicos do consórcio Parceiro: Excelchip Contribuição nos aspectos sistêmicos da solução de iluminação Possibilidade de desenvolvimento de diversos subsistemas da Rede Metropolitana de Dados: Comunicação Protocolos Redes Segurança de Dados Central de Controle Operacional

15 Empresa SiliconReef Informações institucionais Representante comercial Tiago Lins / Diretor de Tecnologia (11) Fundada em 2008, a SiliconReef projeta e comercializa circuitos integrados responsáveis pelo gerenciamento de energia em dispositivos eletrônicos para os mercados de eletrônica de consumo, automação, telecomunicações, automotivo e iluminação. As duas primeiras família de produtos são destinadas a aplicações de gestão de energia envolvendo energia solar e cinética. Mais recente, diante do potencial local na área de iluminação LED, a empresa iniciou desenvolvimento de uma terceira família de chips destinada a este mercado. Para produção de seus chips a empresa conta com uma cadeia de fornecedores estabelecida e composta por grandes players da indústria global. Ao longo dos anos a equipe da SiliconReef adquiriu o know-how em todas as fases de desenvolvimento de um novo chip, o conhecimento acumulado em projetos de circuitos integrados digitais, analógicos e mistos credenciam a SiliconReef a atender às demandas do mercado local e mundial em microeletrônica.

16 SiliconReef Proposta de valor para iluminação LED Mirando o potencial de mercado para iluminação LED de alta potência, a SiliconReef decidiu investir no desenvolvimento de uma linha de produtos para este segmento. O SRLD01 consiste em um circuito integrado responsável pelo controle de toda eletrônica de potência do driver da luminária LED. As características do chip são: Fonte de tensão de entrada AC e DC Circuito de correção do fator de potência integrado ao chip Potência máxima de 150W Eficiência total >90% Sistema de proteção contra curtocircuito, sobre tensão e alta temperatura Controle de intensidade via 0-10V ou protocolo Dali Comunicação com microcontrolador externo via interface serial Na evolução da linha de CIs para iluminação LED estão dois outros produtos, sendo a integração de um microcontrolador para gestão de periféricos e a comunicação sem fio funcionalidades a serem agregadas. Mais que oferecer seus chips aos fabricantes de luminárias, a SiliconReef está interessada em ouvir suas necessidades e formar parcerias com outros fornecedores, buscando alinhar seu roadmap de produtos a melhor atender as demandas deste setor.

17 SMDH Informações institucionais Representante comercial Carlos Alberto Zaffari/ Diretor Técnico Telefone: / ZR16S08 microcontrolador de 8 bits memória de programa de 1024 posições 6 entradas e 9 saídas digitais 4 entradas analógicas multiplexadas de 0 a 3,3V 3 saídas DAC de corrente (16 níveis) fonte regulada e oscilador internos Capacidade produtiva: > 500 mil/ano Capacitação: projetos de circuitos integrados O ZR16S08 está sendo testado, em campo, pela EXATRON como controlador dos relés usados em iluminação pública. Estamos desenvolvendo uma prova de conceito para projetos usando lâmpadas LED

18 SMDH Proposta de valor para iluminação LED Fornecimento do microcontrolador ZR16S08 Ferramentas de desenvolvimento compostos de Compilador C, Assembler e Simulador Kit de desenvolvimento O ZR16S08 está se cadastrando como projeto 100% nacional atendendo a Portaria 1309 do MCTI Preço unitário variando de US$ 2,02 a US$ 2,71 dependendo da quantidade solicitada Prova de conceito de um projeto de acionamento de lâmpada a LED (70 W), utilizando o microcontrolador ZR16S08, no qual o microcontrolador executa as seguintes funções: ativação/desativação da luminária tanto intensidade luminosa como por comando. dimerização comunicação serial (protocolo MODBUS) fornecimento de informações para o cálculo de consumo comandos e informações para manutenção da luminária A SMDH pode adicionar periféricos tanto analógicos como digitais, ao seu microcontrolador, para agregar outras funcionalidades desejadas/requeridas e eliminar componentes eletrônicos visando a diminuição de custo e volume da parte eletrônica.

19 Unitec semicondutores

20 Unitec Semicondutores

Saulo Finco, Cordenador da DH-CTI, saulo.finco@cti.gov.br Tel.: +55 19 3746-6246 - Fax: +55 19 3746-6028. www.cti.gov.br

Saulo Finco, Cordenador da DH-CTI, saulo.finco@cti.gov.br Tel.: +55 19 3746-6246 - Fax: +55 19 3746-6028. www.cti.gov.br Saulo Finco, Cordenador da DH-CTI, saulo.finco@cti.gov.br Tel.: +55 19 3746-6246 - Fax: +55 19 3746-6028 www.cti.gov.br DH-CTI Introdução Missão Prover o mercado com soluções inovadoras em desenvolvimento

Leia mais

2º Encontro Nacional da Inovação Tecnológica da Indústria Elétrica e Eletrônica ENITEE 2009. Marco Antonio Ongarelli Gestão da Inovação - CPqD

2º Encontro Nacional da Inovação Tecnológica da Indústria Elétrica e Eletrônica ENITEE 2009. Marco Antonio Ongarelli Gestão da Inovação - CPqD 2º Encontro Nacional da Inovação Tecnológica da Indústria Elétrica e Eletrônica ENITEE 2009 Marco Antonio Ongarelli Gestão da Inovação - CPqD O CPqD Instituição, focada na inovação com base nas tecnologias

Leia mais

Soluções LED Driver Gerenciamento térmico Conectividade. Componentes, serviços e soluções Sua parceira em desenvolvimento eletrônico.

Soluções LED Driver Gerenciamento térmico Conectividade. Componentes, serviços e soluções Sua parceira em desenvolvimento eletrônico. Soluções LED Driver Gerenciamento térmico Conectividade Componentes, serviços e soluções Sua parceira em desenvolvimento eletrônico. Introdução TCT Brasil Desde 1992 a TCT Brasil é distribuidora autorizada

Leia mais

A ESCOLHA CERTA EM COMUNICAÇÕES WIRELESS

A ESCOLHA CERTA EM COMUNICAÇÕES WIRELESS A ESCOLHA CERTA EM COMUNICAÇÕES WIRELESS Descrição As necessidades de telemedição (ou telemetria) e telecomando têm sido cada vez mais utilizadas nas mais variadas aplicações, principalmente onde o volume

Leia mais

Agenda. Motorola: Presença Mundial e no Brasil. Pesquisa e Desenvolvimento no Brasil. Parcerias no Brasil. Comentários Finais. - Sistemas Celulares

Agenda. Motorola: Presença Mundial e no Brasil. Pesquisa e Desenvolvimento no Brasil. Parcerias no Brasil. Comentários Finais. - Sistemas Celulares Agenda Motorola: Presença Mundial e no Brasil Pesquisa e Desenvolvimento no Brasil - Sistemas Celulares - Semicondutores Parcerias no Brasil Comentários Finais Motorola: Presença Mundial e no Brasil Pesquisa

Leia mais

INOVA ENERGIA. Plano Conjunto de Apoio à Inovação Propostas para atuação ANEEL BNDES FINEP

INOVA ENERGIA. Plano Conjunto de Apoio à Inovação Propostas para atuação ANEEL BNDES FINEP INOVA ENERGIA Plano Conjunto de Apoio à Inovação Propostas para atuação ANEEL BNDES FINEP Elementos de Articulação INOVA ENERGIA: Elementos da Proposta Fontes de Recursos Linhas Temáticas Subvenção, Crédito

Leia mais

Alessandro F. Cunha O que são sistemas embarcados?

Alessandro F. Cunha O que são sistemas embarcados? Alessandro F. Cunha O que são sistemas embarcados? 1. Introdução Alguma vez você já se deu conta que o microondas de sua casa tem uma capacidade computacional maior do que tinha o projeto Apolo, que levou

Leia mais

automação residencial module neocontrol

automação residencial module neocontrol automação residencial module neocontrol 2014 www.neocontrol.com.br A Neocontrol S/A, indústria brasileira, oferece produtos e soluções para o mercado de automação residencial e predial. Com mais de 215

Leia mais

Rodrigo Baleeiro Silva Engenheiro de Controle e Automação. Introdução à Engenharia de Controle e Automação

Rodrigo Baleeiro Silva Engenheiro de Controle e Automação. Introdução à Engenharia de Controle e Automação Rodrigo Baleeiro Silva Engenheiro de Controle e Automação (do latim Automatus, que significa mover-se por si) ; Uso de máquinas para controlar e executar suas tarefas quase sem interferência humana, empregando

Leia mais

Projeto CITAR Circuitos Integrados Tolerantes à Radiação

Projeto CITAR Circuitos Integrados Tolerantes à Radiação Projeto CITAR Circuitos Integrados Tolerantes à Radiação Saulo Finco Chefe da DCSH saulo.finco@cti.gov.br Tel.: (19) 3746-6246 - Fax: (19) 3746-6028 www.cti.gov.br Projeto CITAR Circuitos Integrados Tolerantes

Leia mais

Sistemas Embarcados. Introdução aos sistemas embarcados

Sistemas Embarcados. Introdução aos sistemas embarcados Sistemas Embarcados Introdução aos sistemas embarcados Introdução aos Sistemas embarcados Definição de um sistema embarcado Exemplos de sistemas embarcados Processadores utilizados em sistemas embarcados

Leia mais

II Seminário Resultados da Lei da Informática

II Seminário Resultados da Lei da Informática II Seminário Resultados da Lei da Informática Rodrigo Pinto Diretor de P&D 29 de março de 2006 Agenda A Solectron Estratégia Organização Realizações Resultados entre 1998 2003 Resultados entre 2004-2005

Leia mais

Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social - BNDES

Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social - BNDES Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social - BNDES Apoio do BNDES ao Projeto de Circuitos Integrados Departamento de Indústria Eletrônica Área Industrial março/2007 BNDES: Dados Gerais Fundado

Leia mais

Design House especializada em Circuitos Integrados para os setores Aeroespacial, de Defesa e de Comunicações

Design House especializada em Circuitos Integrados para os setores Aeroespacial, de Defesa e de Comunicações Design House especializada em Circuitos Integrados para os setores Aeroespacial, de Defesa e de Comunicações Gustavo Fernando Dessbesell Líder de Equipe Tópicos SMDH Projetos Necessidades Perspectivas

Leia mais

Conteúdo. Projetos Em conclusão: Altus e

Conteúdo. Projetos Em conclusão: Altus e CI Brazil - CEITEC Conteúdo Missão/Visão Introdução Gestão e Estratégia Organograma Marketing e Desenvolvimento de Negócios Recursos Humanos Parcerias Infra-estrutura Hardware Ferramentas Recursos Projetos

Leia mais

A EMPRESA. A Future Technology é uma divisão da Do Carmo voltada para o mercado de soluções em tecnologia.

A EMPRESA. A Future Technology é uma divisão da Do Carmo voltada para o mercado de soluções em tecnologia. A EMPRESA A Future Technology é uma divisão da Do Carmo voltada para o mercado de soluções em tecnologia. A experiência da Future Technology nas diversas áreas de TI disponibiliza aos mercados público

Leia mais

Seminário de Lei de Informática. Francisco Siqueira de Sousa Gerente Comercial

Seminário de Lei de Informática. Francisco Siqueira de Sousa Gerente Comercial Seminário de Lei de Informática Francisco Siqueira de Sousa Gerente Comercial Conteúdo Introdução Casos de Sucesso IMPORTÂNCIA DA LEI Estabelece uma Política de Desenvolvimento Nacional; Estimula a inserção

Leia mais

Desenho Técnico Fundamentos do desenho técnico; Construções geométricas; Desenho eletroeletrônico;

Desenho Técnico Fundamentos do desenho técnico; Construções geométricas; Desenho eletroeletrônico; EMENTA DE CONTEÚDOS Eletricidade Conceitos fundamentais da eletricidade; Circuitos elétricos de corrente contínua; Tensão alternada; Gerador de funções; Operação do osciloscópio; Tensão e corrente alternadas

Leia mais

Visão geral das redes sem fio

Visão geral das redes sem fio Visão geral das redes sem fio 1 - Introdução O termo redes de dados sem fio pode ser utilizado para referenciar desde dispositivos de curto alcance como o Bluetooth à sistemas de altas taxas de transmissão

Leia mais

CONTROLE DE DISPOSITIVOS EM REDE SEM FIO INTELIGENTE NO PADRAO DE COMUNICAÇAO ZIGBEE (IEEE 802.15.4)

CONTROLE DE DISPOSITIVOS EM REDE SEM FIO INTELIGENTE NO PADRAO DE COMUNICAÇAO ZIGBEE (IEEE 802.15.4) 25 a 28 de Outubro de 2011 ISBN 978-85-8084-055-1 CONTROLE DE DISPOSITIVOS EM REDE SEM FIO INTELIGENTE NO PADRAO DE COMUNICAÇAO ZIGBEE (IEEE 802.15.4) Saulo Menechine 1, Munif Gebara Junior 2 RESUMO: Com

Leia mais

Sistemas embarcados. Paulo Urbano paulo.urbano@cesar.org.br

Sistemas embarcados. Paulo Urbano paulo.urbano@cesar.org.br Sistemas embarcados Paulo Urbano paulo.urbano@cesar.org.br Sobre o palestrante... Ciência da Computação, Departamento de Informática, UFPE, 1998 Mestrado em Tecnologia da Informação, Universität Stuttgart,

Leia mais

Apoio do BNDES à Inovação em Eletrônica

Apoio do BNDES à Inovação em Eletrônica Apoio do BNDES à Inovação em Eletrônica BNDES - Departamento de Indústria Eletrônica Lilian Ribeiro Mendes - lilian@bndes.gov.br II Workshop sobre os Efeitos das Radiações Ionizantes em Componentes Eletrônicos

Leia mais

Wireless Solutions BROCHURE

Wireless Solutions BROCHURE Wireless Solutions BROCHURE JUNHO 203 info@novus.com.br www.novus.com.br REV0803 Produto beneficiado pela Legislação de Informática. Transmissor de Temperatura e Umidade RHT-Air ISO 900 EMPRESA CERTIFICADA

Leia mais

Certificado Aberto em Microeletrônica

Certificado Aberto em Microeletrônica Certificado Aberto em Microeletrônica Frank Sill Torres Professor Adjunto OptMA lab / ART Departamento de Engenharia Eletrônica Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Brasil 1 Assuntos 1. Introdução

Leia mais

Novo Modelo de apoio à Inovação. Alvaro J Abackerli alvaro.abackerli@embrapii.org.br Coordenação de Acompanhamento Técnico

Novo Modelo de apoio à Inovação. Alvaro J Abackerli alvaro.abackerli@embrapii.org.br Coordenação de Acompanhamento Técnico Novo Modelo de apoio à Inovação Alvaro J Abackerli alvaro.abackerli@embrapii.org.br Coordenação de Acompanhamento Técnico Objetivos do Sistema EMBRAPII Contribuir para: Aumento do investimento privado

Leia mais

A Experiência do LIT / INPE

A Experiência do LIT / INPE A Experiência do LIT / INPE Elaborado por Heyder Hey & Geilson Loureiro 1 O INPE e o MCT MCT Ministério da Ciência e Tecnologia Órgãos da Assistência Direta (Secretaria Executiva, Gabinete, Assessoria

Leia mais

Sistema de Identificação, Rastreamento e Autenticação de Mercadorias

Sistema de Identificação, Rastreamento e Autenticação de Mercadorias São Paulo, 21 de setembro de 2010 Sistema de Identificação, Rastreamento e Autenticação de Mercadorias e Dario Thober Centro de Pesquisas von Braun Centro de Pesquisa sem fins lucrativos Soluções inovadoras

Leia mais

INTERNALIZAÇÃO DA INDÚSTRIA MICROELETRÔNICA NO BRASIL

INTERNALIZAÇÃO DA INDÚSTRIA MICROELETRÔNICA NO BRASIL INTERNALIZAÇÃO DA INDÚSTRIA MICROELETRÔNICA NO BRASIL Josiane Fachini Falvo (CNI ) josifalvo@yahoo.com.br Marco Antonio Silveira (CTI/GAIA ) marco.silveira@cti.gov.br A indústria microeletrônica é considerada

Leia mais

Solução para coleta de dados e análise de consumo para controlar e otimizar os custos

Solução para coleta de dados e análise de consumo para controlar e otimizar os custos Solução para coleta de dados e análise de consumo para controlar e otimizar os custos Quem é a Zaruc? Empresa que atua desde 2008 no desenvolvimento de projetos tecnológicos inovadores oferecendo soluções

Leia mais

MEDIÇÃO INTELIGENTE. www.ecilenergia.com.br

MEDIÇÃO INTELIGENTE. www.ecilenergia.com.br MEDIÇÃO INTELIGENTE Medidores BT Direto e Indireto (Monofásico, Bifásico e Trifásico) Medidor Indireto THS Medidor de Balanço Gateways para Rede FAN Santana de Parnaíba - SP/ Brasil Alameda Europa, 54

Leia mais

Congresso Neocontrol 2010

Congresso Neocontrol 2010 Congresso Neocontrol 2010 Posicionamento. Busca contínua de parcerias. Pioneirismo. Integradores. Construtoras. Relacionamento. Obras realizadas em 4 continentes. Busca contínua por inovações. A Neocontrol

Leia mais

ASPECTOS DE EFICIÊNCIA ENERGÉTICA EM REDES INTELIGENTES SMART GRIDS PROJETO DE PESQUISA 01: ANÁLISE DA MEDIÇÃO INTELIGENTE DE ENERGIA VIA PLC

ASPECTOS DE EFICIÊNCIA ENERGÉTICA EM REDES INTELIGENTES SMART GRIDS PROJETO DE PESQUISA 01: ANÁLISE DA MEDIÇÃO INTELIGENTE DE ENERGIA VIA PLC PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE CAMPINAS CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS, AMBIENTAIS E DE TECNOLOGIAS CEATEC PUC-CAMPINAS ASPECTOS DE EFICIÊNCIA ENERGÉTICA EM REDES INTELIGENTES SMART GRIDS PROJETO DE PESQUISA

Leia mais

Estrutura Curricular do 2º Ciclo do Mestrado integrado em Engenharia Eletrotécnica e Computadores (MIEEC)

Estrutura Curricular do 2º Ciclo do Mestrado integrado em Engenharia Eletrotécnica e Computadores (MIEEC) Estrutura Curricular do 2º Ciclo do Mestrado integrado em Engenharia Eletrotécnica e Computadores (MIEEC) No segundo Ciclo do Mestrado em Engenharia Eletrotécnica e Computadores (MIEEC), i.e, 7º a 10º

Leia mais

Sistemas de Aquisição de Dados Baseado em Microcontroladores

Sistemas de Aquisição de Dados Baseado em Microcontroladores Universidade Federal do Pará Laboratório de Sensores e Sistemas Embarcados (LASSE) Sistemas de Aquisição de Dados Baseado em Microcontroladores Rodrigo Williams Rodrigues Ataíde rodrigowra@ufpa.br 26 de

Leia mais

Lei de Informática - Incentivos Fiscais para Investimentos em Tecnologia e Inovação

Lei de Informática - Incentivos Fiscais para Investimentos em Tecnologia e Inovação Lei de Informática - Incentivos Fiscais para Investimentos em Tecnologia e Inovação Prof. Dr. Elvis Fusco 2014 Prefeitura Municipal de Garça Apresentação Prof. Dr. Elvis Fusco Centro Universitário Eurípides

Leia mais

Soluções em semicondutores para o desenvolvimento da Internet das Coisas no Brasil

Soluções em semicondutores para o desenvolvimento da Internet das Coisas no Brasil Soluções em semicondutores para o desenvolvimento da Internet das Coisas no Brasil Diretor de Design e Relações Institucionais Presidente Interino MARCELO LUBASZEWSKI Agenda 1. Internet das Coisas 2. Mercado

Leia mais

Projeto Gráfico de Sistemas. Tecnologias e Aplicações na Indústria Pesquisa e Ensino

Projeto Gráfico de Sistemas. Tecnologias e Aplicações na Indústria Pesquisa e Ensino Projeto Gráfico de Sistemas Tecnologias e Aplicações na Indústria Pesquisa e Ensino Arnaldo Clemente André Oliveira Perfil Líderes em Medição e Automação Baseados em PC Longa história de crescimento e

Leia mais

Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas. Automação Interfaces de Operação (IHMs)

Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas. Automação Interfaces de Operação (IHMs) Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas Automação Interfaces de Operação (IHMs) Tecnologia que Simplifica Processos As Interfaces de Operação WEG são projetadas para atender aos processos

Leia mais

para cargas críticas.

para cargas críticas. 50 anos NO-BREAKS & ESTABILIZADORES DE TENSÃO Soluções em sistemas de pura ENERGIA para cargas críticas. www.amplimag.com.br EMPRESA Amplimag Controles Eletrônicos Ltda. Empresa 100% Nacional, desde 1962

Leia mais

Padtec S/A. Início de operação em Agosto de 2001. Maior fabricante de sistemas de transmissão óptica no Brasil.

Padtec S/A. Início de operação em Agosto de 2001. Maior fabricante de sistemas de transmissão óptica no Brasil. Redes Ópticas Convergentes Do Backbone ao Acesso Nicholas Gimenes Marketing de Produto nicholas@padtec.com Cel.: (19) 2104.9744 Apresentação Institucional padtec.com.br Padtec S/A Início de operação em

Leia mais

Os Sistemas Electrónicos

Os Sistemas Electrónicos Os Sistemas Electrónicos Helena Sarmento 1 Sistema Electrónico Equipamento Electrónico Componentes Electrónicos Placa de Circuito Impresso Transístor Lei de Moore Sumário Projecto de Sistemas Electrónicos

Leia mais

Redes Inteligentes. Como passo inicial do Conceito Smart Grid. Belo Horizonte - 11/08/2010

Redes Inteligentes. Como passo inicial do Conceito Smart Grid. Belo Horizonte - 11/08/2010 Redes Inteligentes Como passo inicial do Conceito Smart Grid Belo Horizonte - 11/08/2010 A Rede Elétrica ONS Mercado De Energia NOSSO FOCO Geração Geração renovável Armazenamento Rede de Distribuição Negócio

Leia mais

Rede Autónoma Wireless Owlet Controlador de Luminária LuCo-AD 1-10V/DALI Ficha Técnica

Rede Autónoma Wireless Owlet Controlador de Luminária LuCo-AD 1-10V/DALI Ficha Técnica Descrição O LuCo-AD é um controlador inteligente e autónomo preparado para ser instalado numa luminária de exterior com aplicação residencial, viária e urbana. LuCo-AD controla o Driver/Balastro através

Leia mais

Soluções de Automação e Segurança Predial. Taígo Soares taigo.soares@telemont.com.br

Soluções de Automação e Segurança Predial. Taígo Soares taigo.soares@telemont.com.br Soluções de Automação e Segurança Predial Taígo Soares taigo.soares@telemont.com.br Veículo de Emergência A Telemont Overview Automação Predial Vídeo Monitoramento Controle de Acesso Taígo Soares taigo.soares@telemont.com.br

Leia mais

UMG 104-Mais do que um simples Multímetro UMG 104

UMG 104-Mais do que um simples Multímetro UMG 104 UMG 104 UMG 104-Mais do que um ples Multímetro O UMG 104 equipado com um DSP de 500 MHz (processador de sinal digital) é um analisador de tensão muito rápido e potente. A varredura contínua dos 8 canais

Leia mais

1. CAPÍTULO COMPUTADORES

1. CAPÍTULO COMPUTADORES 1. CAPÍTULO COMPUTADORES 1.1. Computadores Denomina-se computador uma máquina capaz de executar variados tipos de tratamento automático de informações ou processamento de dados. Os primeiros eram capazes

Leia mais

Buscamos sempre a solução mais eficaz, de acordo com o avanço tecnológico dos sistemas de Telecomunicações e Tecnologia da Informação.

Buscamos sempre a solução mais eficaz, de acordo com o avanço tecnológico dos sistemas de Telecomunicações e Tecnologia da Informação. A T7 Solutions Informática e Telecomunicações atua como prestadora de serviços de Infraestrutura de TI e Telecom, com foco no desenvolvimento e implementação de soluções de Infraestrutura, Dados e Voz.

Leia mais

A. LUMINÁRIAS LED UTILIZADAS NA PPP DE ILUMINAÇÃO PÚBLICA DO MUNICÍPIO DE SÃO PAULO

A. LUMINÁRIAS LED UTILIZADAS NA PPP DE ILUMINAÇÃO PÚBLICA DO MUNICÍPIO DE SÃO PAULO Metodologia para Credenciamento e Apuração de Conteúdo Local de Luminárias LED no Credenciamento de Fabricantes Informatizado CFI do BNDES para apoio financeiro a PPP de Iluminação Pública de São Paulo

Leia mais

Sistema de Monitoramento e Supervisão de Vibração HYMV05

Sistema de Monitoramento e Supervisão de Vibração HYMV05 Sistema de Monitoramento e Supervisão de Vibração Revisão 1 Mai2005 O é um sistema inteligente de Monitoramento, Aquisição de Dados e Supervisão Local para utilização com os softwares da linha Dynamic.

Leia mais

IW10. Rev.: 02. Especificações Técnicas

IW10. Rev.: 02. Especificações Técnicas IW10 Rev.: 02 Especificações Técnicas Sumário 1. INTRODUÇÃO... 1 2. COMPOSIÇÃO DO IW10... 2 2.1 Placa Principal... 2 2.2 Módulos de Sensores... 5 3. APLICAÇÕES... 6 3.1 Monitoramento Local... 7 3.2 Monitoramento

Leia mais

Relé de proteção do diferencial 865

Relé de proteção do diferencial 865 Relé de proteção do diferencial 865 Para a proteção do diferencial de motores, transformadores e geradores Boletim 865, Série A Guia de especificações Sumário Página de descrição da seção 1.0 Características

Leia mais

AUTOMAҪÃO INDUSTRIAL E LINHAS DE PRODUҪÃO FLEXÍVEIS

AUTOMAҪÃO INDUSTRIAL E LINHAS DE PRODUҪÃO FLEXÍVEIS CENTRO FEDERAL DE ENSINO TECNOLÓGICO MG CONTEXTO SOCIAL E PROFISSIONAL DA ENGENHARIA MECATRÔNICA AUTOMAҪÃO INDUSTRIAL E LINHAS DE PRODUҪÃO FLEXÍVEIS COMPONENTES: Guilherme Márcio Matheus Sakamoto Rafael

Leia mais

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE Unidade Universitária Escola de Engenharia Curso Engenharia Mecânica com formação específica em Mecatrônica Disciplina Microprocessadores I Professor(es) Ivair Reis Neves Abreu Carga horária 2 aulas semanais

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N. 4.640, DE 25 DE FEVEREIRO DE 2015

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N. 4.640, DE 25 DE FEVEREIRO DE 2015 1 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N. 4.640, DE 25 DE FEVEREIRO DE 2015 Aprova o Projeto Pedagógico do Curso de Bacharelado

Leia mais

Microcontroladores ARM Cortex-M3 - XM 700 -

Microcontroladores ARM Cortex-M3 - XM 700 - T e c n o l o g i a Microcontroladores ARM Cortex-M3 - XM 700 - Os melhores e mais modernos MÓDULOS DIDÁTICOS para um ensino tecnológico de qualidade. INTRODUÇÃO Microcontroladores ARM Cortex-M3 - XM 700

Leia mais

Parcerias Tecnológicas e Inovação nas PMEs

Parcerias Tecnológicas e Inovação nas PMEs Parcerias Tecnológicas e Inovação nas PMEs Eng. Fabián Yaksic Presidente do IPD Eletron Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento Tecnológico do Complexo Eletroeletrônico e Tecnologia da Informação Associação

Leia mais

SISTEMAS DE MEDIÇÃO CENTRALIZADA

SISTEMAS DE MEDIÇÃO CENTRALIZADA SISTEMAS DE MEDIÇÃO CENTRALIZADA Estado da arte Aplicações atuais Perspectivas Landulfo Mosqueira Alvarenga Consultor Técnico Diretoria de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação CEPEL 1 Seminário Internacional

Leia mais

Sistemas Embarcados. 1. Introdução. www.sbajovem.org Este Material é livre e não pode ser comercializado 1

Sistemas Embarcados. 1. Introdução. www.sbajovem.org Este Material é livre e não pode ser comercializado 1 Escrito por: Otavio Chase Em 12/2007 www.sbajovem.org SBAJovem 2010 Sistemas Embarcados 1. Introdução Segundo alguns dados estimados por pesquisas em alta tecnologia, mais de 90% dos microprocessadores

Leia mais

Mensagem da Administração

Mensagem da Administração Mensagem da Administração Quanto à área das Comunicações Wireless, o projeto Wavesys é o resultado de 3 anos de investigação e desenvolvimento e de 12 anos de experiência acumulada com a implementação

Leia mais

PROJETO DE UM MICRO INVERSOR INTEGRADO AOS PAINÉIS SOLARES PARA APLICAÇÃO EM CONSUMIDORES RESIDENCIAIS Solução n o 411

PROJETO DE UM MICRO INVERSOR INTEGRADO AOS PAINÉIS SOLARES PARA APLICAÇÃO EM CONSUMIDORES RESIDENCIAIS Solução n o 411 PROJETO DE UM MICRO INVERSOR INTEGRADO AOS PAINÉIS SOLARES PARA APLICAÇÃO EM CONSUMIDORES RESIDENCIAIS Solução n o 411 Eng. João Marcos Castro Soares (Diretor de P&D) São Paulo, 29 de abril de 2015 REIVAX

Leia mais

Título da Apresentação

Título da Apresentação Título da Apresentação FINEP Financiadora de Estudos e Projetos Agência Brasileira de Inovação Ciência, Tecnologia e Inovação no Brasil Departamento de Tecnologias da Informação e Serviços DTIS Área de

Leia mais

Application Note FBEE Comunicação Serial Wireless REV01. - 1 - Rev01

Application Note FBEE Comunicação Serial Wireless REV01. - 1 - Rev01 Application Note FBEE Comunicação Serial Wireless REV01-1 - Rev01 1. INTRODUÇÃO Aplicações com redes sem fio vêm se tornando bastante comuns. De aplicações industriais a projetos específicos, criou-se

Leia mais

Descubra as soluções EXSTO de EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA

Descubra as soluções EXSTO de EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA T e c n o l o g i a Descubra as soluções EXSTO de EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA ATAS de Registro de Preços 2014 Ao Depto. Compras / Licitações A empresa MAX LTDA, inscrita sob o CNPJ 17.320.313/0001-20 vem por

Leia mais

Monitor Cardíaco. Universidade Federal de Santa Maria Centro de Tecnologia Departamento de Eletrônica e Computação

Monitor Cardíaco. Universidade Federal de Santa Maria Centro de Tecnologia Departamento de Eletrônica e Computação Universidade Federal de Santa Maria Centro de Tecnologia Departamento de Eletrônica e Computação Monitor Cardíaco Proposta de Trabalho de Conclusão de Curso Prof. Giovani Baratto Santa Maria Agosto de

Leia mais

Mensagem da Administração

Mensagem da Administração Mensagem da Administração Quanto à área das Comunicações Wireless, o projeto Wavesys é o resultado de 3 anos de investigação e desenvolvimento e de 12 anos de experiência acumulada com a implementação

Leia mais

Medidor Eletrônico de Energia em Baixa Tensão com Teleleitura via Tecnologia Bluetooth

Medidor Eletrônico de Energia em Baixa Tensão com Teleleitura via Tecnologia Bluetooth Medidor Eletrônico de Energia em Baixa Tensão com Teleleitura via Tecnologia Bluetooth Bose, R.C. 1 ; Kolm, D. 1 ; Paim, F. 1 ; Caetano,C.D.C. 2 ; Garbelotto,L.A. 2 ; Moraes, R. 1 1 - Engenharia Elétrica

Leia mais

Apresentação institucional. Claudio A Violato Vice-Presidente de Tecnologia

Apresentação institucional. Claudio A Violato Vice-Presidente de Tecnologia Apresentação institucional Claudio A Violato Vice-Presidente de Tecnologia O CPqD Aumento da competitividade e inclusão digital do País Uma organização focada na inovação com base em Tecnologias de Informação

Leia mais

Solução Completa em Automação. FieldLogger. Registro e Aquisição de Dados

Solução Completa em Automação. FieldLogger. Registro e Aquisição de Dados Solução Completa em Automação FieldLogger Registro e Aquisição de Dados Ethernet & USB Até 16GB de memória Conversor A/D 24 bits Até 1000 amostras por segundo Apresentação FieldLogger O FieldLogger é um

Leia mais

Pequenas e médias empresas de base tecnológica: Acesso ao mercado e à tecnologia

Pequenas e médias empresas de base tecnológica: Acesso ao mercado e à tecnologia Pequenas e médias empresas de base tecnológica: Acesso ao mercado e à tecnologia Carlos I. Z. Mammana ABINEE TEC 2007 Fórum Brasil-Europa de Inovação Tecnológica no Setor Eletroeletrônico Parcerias Tecnológicas

Leia mais

X SIMPASE Temário TEMA 1. Automação e digitalização de usinas, subestações, redes de distribuição e instalações de grandes consumidores, tais como:

X SIMPASE Temário TEMA 1. Automação e digitalização de usinas, subestações, redes de distribuição e instalações de grandes consumidores, tais como: X SIMPASE Temário TEMA 1 Automação e digitalização de usinas, subestações, redes de distribuição e instalações de grandes consumidores, tais como: - Implantação, operação e manutenção de sistemas de automação

Leia mais

Performance e Qualidade em Medição de Alta Precisão

Performance e Qualidade em Medição de Alta Precisão Performance e Qualidade em Medição de Alta Precisão A PACE Electronics, fundada em 1995, tem seu maior diferencial na busca pela alta tecnologia e qualidade em seus produtos com a satisfação plena de seus

Leia mais

Radiocrafts Embedded Wireless Solutions

Radiocrafts Embedded Wireless Solutions Radiocrafts Embedded Wireless Solutions Módulos sem fio para Smart Metering Por Peder Martin Evjen, M.Sc.E.E., Managing Director, Radiocrafts AS A tendência em AMR e Smart Metering é utilizar tecnologia

Leia mais

Projeto Cidades do Futuro Convênio D423 Cemig D

Projeto Cidades do Futuro Convênio D423 Cemig D Projeto Cidades do Futuro Convênio D423 Cemig D Tadeu Batista Coordenador Projeto Cidades do Futuro tbatista@cemig.com.br cidadesdofuturo@cemig.com.br www.cemig.com.br/smartgrid facebook.com/cemig.energia

Leia mais

Etec Rubens de Faria e Souza

Etec Rubens de Faria e Souza ETEC RUBENS DE FARIA E SOUZA SOROCABA PROCESSO SELETIVO DE DOCENTES, NOS TERMOS DO COMUNICADO CEETEPS N 1/2009, E SUAS ALTERAÇÕES. AVISO N 017/01/2015 DE 13/03/2015. PROCESSO Nº 1797/2015 AVISO DE DEFERIMENTO

Leia mais

Tecnologia em displays de cristal líquido

Tecnologia em displays de cristal líquido Tecnologia em displays de cristal líquido Médico-hospitalar Telecomunicações Controle de acesso Segurança Eletrônica Automação Comercial Automação Bancária Automação Residencial Automação Agrícola Automação

Leia mais

Seminário: Resultados da Lei de Informática. Atividades de Pesquisa e Desenvolvimento e as Contract Manufacturer: resultados

Seminário: Resultados da Lei de Informática. Atividades de Pesquisa e Desenvolvimento e as Contract Manufacturer: resultados Seminário: Resultados da Lei de Informática Atividades de Pesquisa e Desenvolvimento e as Contract Manufacturer: resultados Josias de Souza - Gestão de P&D Agenda A Flextronics Evolução da Flextronics

Leia mais

PROJETO DE PESQUISA. Automação residencial utilizando dispositivos móveis e microcontroladores.

PROJETO DE PESQUISA. Automação residencial utilizando dispositivos móveis e microcontroladores. PROJETO DE PESQUISA 1. Título do projeto Automação residencial utilizando dispositivos móveis e microcontroladores. 2. Questão ou problema identificado Controlar remotamente luminárias, tomadas e acesso

Leia mais

CONSTRUÇÃO DE VEÍCULO MECATRÔNICO COMANDADO REMOTAMENTE

CONSTRUÇÃO DE VEÍCULO MECATRÔNICO COMANDADO REMOTAMENTE CONSTRUÇÃO DE VEÍCULO MECATRÔNICO COMANDADO REMOTAMENTE Roland Yuri Schreiber 1 ; Tiago Andrade Camacho 2 ; Tiago Boechel 3 ; Vinicio Alexandre Bogo Nagel 4 INTRODUÇÃO Nos últimos anos, a área de Sistemas

Leia mais

LNet Mobility WIRELESS SOLUTIONS

LNet Mobility WIRELESS SOLUTIONS LNet Mobility WIRELESS SOLUTIONS INTRODUÇÃO: Entende-se por Mobilidade a possibilidade de poder se comunicar em qualquer momento e de qualquer lugar. Ela é possível graças às redes wireless, que podem

Leia mais

Wi-Fi, Saúde e Segurança

Wi-Fi, Saúde e Segurança Wi-Fi, Saúde e Segurança O Wi-Fi está no centro da experiência conectada de hoje. Utilizado em 25% dos lares em todo o mundo 1, o Wi-Fi continua se expandindo como a tecnologia escolhida para redes tradicionais

Leia mais

AULA1 Introdução a Microprocessadores gerais

AULA1 Introdução a Microprocessadores gerais AULA1 Introdução a Microprocessadores gerais Disciplina: Aplicações Avançadas de Microprocessadores (AAM) Prof. Eduardo Henrique Couto ehcouto@hotmail.com 2014/1 Apresentação do Professor: Cronograma:

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI-ÁRIDO PRO-REITORIA DE GRADUAÇÃO PROGRAMA GERAL DE DISCIPLINA

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI-ÁRIDO PRO-REITORIA DE GRADUAÇÃO PROGRAMA GERAL DE DISCIPLINA SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI-ÁRIDO PRO-REITORIA DE GRADUAÇÃO PROGRAMA GERAL DE DISCIPLINA IDENTIFICAÇÃO (20140119) CURSOS A QUE ATENDE ENGENHARIA AGRIC

Leia mais

AUTOMAÇÃO DE AMBIENTES, INSTALAÇÃO

AUTOMAÇÃO DE AMBIENTES, INSTALAÇÃO Santo André, 14 de Outubro de 2013. À Via Varejo Casas Bahia Ponto Frio Ao Departamento Tecnologia da Informação A/C: Sr. Fernando Santino Pereira Tel.: (11) 4225-6705 Prezado Fernando, Pela presente temos

Leia mais

Easy Lab. Manual do usuário Revisão 1.2 01/11/14. www.dma.ind.br. DMA Electronics 1

Easy Lab. Manual do usuário Revisão 1.2 01/11/14. www.dma.ind.br. DMA Electronics 1 Easy Lab Manual do usuário Revisão 1.2 01/11/14 www.dma.ind.br DMA Electronics 1 A DMA ELECTRONICS projeta e fabrica sistemas para aquisição e registro de dados com conexão a um computador do tipo PC.

Leia mais

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS O diodo de junção possui duas regiões de materiais semicondutores dos tipos N e P. Esse dispositivo é amplamente aplicado em circuitos chaveados, como, por exemplo, fontes de

Leia mais

ANÁLISE DE REDES HIERÁRQUICAS PARA ATENDIMENTO DE LOCAIS REMOTOS

ANÁLISE DE REDES HIERÁRQUICAS PARA ATENDIMENTO DE LOCAIS REMOTOS ANÁLISE DE REDES HIERÁRQUICAS PARA ATENDIMENTO DE LOCAIS REMOTOS Fabiana da Silva Podeleski Faculdade de Engenharia Elétrica CEATEC podeleski@yahoo.com.br Prof. Dr. Omar Carvalho Branquinho Grupo de Pesquisa

Leia mais

Estratégia de Desenvolvimento da Nanoeletrônica (Eletrônica do Futuro)

Estratégia de Desenvolvimento da Nanoeletrônica (Eletrônica do Futuro) ESTUDOS E PESQUISAS Nº 597 Estratégia de Desenvolvimento da Nanoeletrônica (Eletrônica do Futuro) Roberto Faria e Marco Cremona * XXVII Fórum Nacional A Hora e Vez do Brasil: (Povo Brasileiro) Diante da

Leia mais

ABINEE TEC 2005. Padrão Digital TV e Rádio. Padrão Digital Visão da Indústria de Componentes. Toshihiko Komatsu

ABINEE TEC 2005. Padrão Digital TV e Rádio. Padrão Digital Visão da Indústria de Componentes. Toshihiko Komatsu Padrão Digital TV e Rádio Padrão Digital Visão da Indústria de Componentes Toshihiko Komatsu Vice-Diretor da Área de Componentes Elétricos e Eletrônicos ABINEE Associação Brasileira da Indústria Elétrica

Leia mais

A Atuação da Finep em Energia e Tecnologias Limpas DENE

A Atuação da Finep em Energia e Tecnologias Limpas DENE A Atuação da Finep em Energia e Tecnologias Limpas DENE Agenda FINEP Departamento de Energia e Tecnologias Limpas DENE Programas Setoriais Inova Energia A Finep A Finep é uma empresa pública vinculada

Leia mais

Características técnicas Baseado no ATMega da empresa AVR, fabricante de micro-controladores em plena ascensão e concorrente do PIC Pode usar ATMega

Características técnicas Baseado no ATMega da empresa AVR, fabricante de micro-controladores em plena ascensão e concorrente do PIC Pode usar ATMega ARDUINO O que é Arduino Arduino foi criado na Itália por Máximo Banzi com o objetivo de fomentar a computação física, cujo conceito é aumentar as formas de interação física entre nós e os computadores.

Leia mais

Soluções em Sensores e Sistemas

Soluções em Sensores e Sistemas Soluções em Sensores e Sistemas Balluff 30 anos no Brasil Com uma história de sucesso de mais de 90 anos, iniciada em 1921, em Neuhausen, Alemanha, a Balluff é especializada na fabricação de sensores e

Leia mais

Monitor de Temperatura M96

Monitor de Temperatura M96 ELECTRON TECNOLOGIA DIGITAL LTDA Página 1/5 INTRODUÇÃO O Monitor de Temperatura M96 foi desenvolvido para supervisionar até 8 (oito) canais de temperatura simultaneamente, ele é utilizado para proteger

Leia mais

Política Industrial para o setor de TI: resultados, abrangência e aperfeiçoamentos

Política Industrial para o setor de TI: resultados, abrangência e aperfeiçoamentos Ministério da Ciência e Tecnologia Política Industrial para o setor de TI: resultados, abrangência e aperfeiçoamentos Augusto Gadelha Secretário de Política de Informática Câmara dos Deputados Comissão

Leia mais

Apresentação do Inatel. Ronaldo Sirosse Desenvolvimento de Negócios

Apresentação do Inatel. Ronaldo Sirosse Desenvolvimento de Negócios Ronaldo Sirosse Desenvolvimento de Negócios O Inatel Caracterização Instituição de Educação Superior, voltada ao Ensino, à PD&I e à Extensão Comunitária, credenciada como tal pelo Ministério da Educação

Leia mais

Introdução à Computação Móvel. Carlos Maurício Seródio Figueiredo

Introdução à Computação Móvel. Carlos Maurício Seródio Figueiredo Introdução à Computação Móvel Carlos Maurício Seródio Figueiredo Sumário Visão da Computação Móvel Oportunidades de Pesquisa Alguns Interesses de Pesquisas Futuras Visão da Computação Móvel O que é Computação

Leia mais

Objetivos. Missão. Simplicidade. Transparência. Segurança no Negócio. Qualidade. Produtividade. Respeito pelo Ser Humano.

Objetivos. Missão. Simplicidade. Transparência. Segurança no Negócio. Qualidade. Produtividade. Respeito pelo Ser Humano. Intelbras S.A. Objetivos Missão Ser uma empresa competitiva internacionalmente, atuando no mercado de telecomunicações, mantendo padrões de qualidade e rentabilidade que satisfaçam clientes, colaboradores

Leia mais

Bancada Didática para CLP SIEMENS (LOGO!) - XC123 -

Bancada Didática para CLP SIEMENS (LOGO!) - XC123 - T e c n o l o g i a Bancada Didática para CLP SIEMENS (LOGO!) - XC123 - Os melhores e mais modernos MÓDULOS DIDÁTICOS para um ensino tecnológico de qualidade. Bancada Didática para CLP SIEMENS (LOGO!)

Leia mais

Overview. Distribuidora de equipamentos

Overview. Distribuidora de equipamentos Mikrotik Solutions on Digital Cities applications Overview Distribuidora de equipamentos Wireless, dowi-fiaowimax Monitoramento por câmeras, do Analógico ao IP Telefonia sobre IP, do ATA ao IP-PABX Especializada

Leia mais

A Visão das Indústrias do Setor Eletroeletrônico de Base Tecnológica no Brasil

A Visão das Indústrias do Setor Eletroeletrônico de Base Tecnológica no Brasil A Visão das Indústrias do Setor Eletroeletrônico de Base Tecnológica no Brasil Por que Tecnologia Nacional? Ficou demonstrado no estudo do BNDES: a agregação de valor das empresas com TN é superior à das

Leia mais

CEFET/RJ UnED Petrópolis

CEFET/RJ UnED Petrópolis CEFET/RJ UnED Petrópolis Relatório de Estágio Supervisionado Empresa: CEFET/RJ UnED Petrópolis Curso: Técnico em Telecomunicações/TV Digital Estagiária: Dayana Kelly Turquetti de Moraes Telefones: (24)

Leia mais