FÓRUM BAJA SAE E FÓRMULA SAE AVALIAÇÕES DE PROJETO BAJA SAE CONSIDERAÇÕES GERAIS. São Paulo, 01 de Outubro de 2014

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "FÓRUM BAJA SAE E FÓRMULA SAE AVALIAÇÕES DE PROJETO BAJA SAE CONSIDERAÇÕES GERAIS. São Paulo, 01 de Outubro de 2014"

Transcrição

1 FÓRUM BAJA SAE E FÓRMULA SAE AVALIAÇÕES DE PROJETO BAJA SAE CONSIDERAÇÕES GERAIS São Paulo, 01 de Outubro de 2014

2 Índice Avaliações de Projeto Importância Estratégica Gestão de Informação Apresentação de Projeto Conceito da Prova Sistemas Tradicionais Avaliados Novos Sistema Avaliados Relatório de Projeto Dimensões da Prova Dicas sobre o Relatório Instruções para entrega do Relatório Final de Projeto Conceito da Prova

3 Avaliações de Projeto - Estratégia Avaliações de Projeto: Relatório de Projeto (150 pontos); Apresentação de Projeto (150 pontos); Finais de Projeto (30 pontos); Total 330 pontos. Inspeção Técnica e de Segurança: Estática (pode tirar pontos!); Dinâmica Frenagem (aprovado/reprovado); Dinâmica Conforto operador (20 pontos) Avaliações de Dinâmicas: Aceleração (60 pontos); Velocidade (60 pontos); Tração (60 pontos); Suspension & Traction (70 pontos); Total 250 pontos. Enduro (400 pontos) Total da Competição (1000 pontos)

4 Gestão de Informação Projeto: Desenvolvido ao longo do ano; Utiliza conceitos e análises de projetos anteriores; Documentar é preciso. Utilidade da documentação: Continuidade da Equipe; Avaliações de Projeto; Documentação: Rastreabilidade; Fácil acesso; Disponível.

5 Dimensão da Prova 20.ª Competição BAJA SAE BRASIL PETROBRAS (2014) Quantidade de Equipes inscritas 72 equipes Quantidade de Relatórios enviados 70 relatórios Quantidade de Correções por Relatório 5 correções / relatório Total de Correções 350 correções Total de Feed-backs 292 feed-backs Quantidade de Juízes 43 juízes Média de Correções por Juiz 8,1 relatório Tempo (entrega para os juízes até competição) 44 dias

6 Dicas sobre os Relatórios Tamanho do Relatório: Capa do Relatório de Projeto (1 página); Corpo do Relatório de Projeto (10 páginas); Anexos do Relatório de Projeto (4 páginas); Total 15 páginas (Capa + 14 páginas); Formato do Relatório Identificar o relatório na capa; Utilizar o formato disponibilizado no site; Anexos: 1 coluna ou 2 colunas; Começo, meio e fim; Imagens / Figuras: Devem ser Legíveis; Legendas e Chamadas no corpo do texto; Desenvolvimento (decisões): Comparativos Custos

7 Instruções para entrega do Relatório 21.ª Competição BAJA SAE BRASIL PETROBRAS (2015) Data limite de entrega Relatório de Projeto (1) 04 de janeiro de 2015 Data limite de entrega Ficha Técnica do Veículo (1) 04 de janeiro de 2015 Forma de envio (2) Informativo completo com informações upload site Competição em breve (1) Relatórios enviados após a data limite, que será informada no site da SAE BRASIL, sofrerão dedução de dez pontos por dia de atraso, a contar da data de envio. (2) Não serão aceitos relatórios entregues na Sede da SAE BRASIL e nem enviados via .

8 Apresentação de Projeto Conceito da prova Apresentação do desenvolvimento técnico realizado pela equipe : Pré-requisitos + desenvolvimento + aplicação Espaço para interação com os juízes ) Elétrica 1) Elétrica 2) Powertrain 2) Powertrain 3) Suspensão / Direção 3) Suspensão / Direção 4) Freios 4) Freios 5) Análises Estruturais / Validação 5) Cálculo Estrutural 6) Estrutura / Ergonomia / Design 6) Design 7) Marketing 0) Gestão

9 Apresentação de Projeto 5) Cálculo Estrutural Contempla a relação de análises realizadas, objetivos e metas destas, teoria sobre os métodos utilizados, entendimento do software utilizado, apresentação da ferramenta desenvolvida, condições de contorno, métodos de cálculo, simplificações, aproximações, discussão dos resultados, aplicação e validade dos resultados obtidos no projeto, etc. Esta prova contempla os cálculos e validações de todos os componentes do projeto (não somente da estrutura). Exemplo: As validações estruturais do disco de freio devem ser apresentadas nesta seção e não na prova de Freio. 6) Design Contempla todos os estudos relacionados ao chassis e a interação entre piloto/veículo. Em relação à design deve ser informado os objetivos e métodos de fabricação da carenagem a fim de explicitar este subsistema.

10 7) Vendas/Marketing Presentation Objective Apresentação de Projeto The objective of the Presentation is for the team to convince the executives of a hypothetical manufacturing company to purchase the team s Baja SAE vehicle design and put it into production at the rate of 4000 units per year. For the purpose of the presentation, teams are to assume that the judges are to be a mixed group of corporate executives who may have experience in marketing, production and finance as well as engineering.

11 Apresentação de Projeto 0) Gestão Não contará como pontuação para as equipes. Será avaliada por Juízes como preparação para 2016 (cada equipe receberá nota afim de avaliar seu desempenho). Objetivo: avaliar a gestão da equipe e suas ferramentas. Cada time deve apresentar como realiza a gestão de conhecimento, tempo, e pessoas bem como os controles relacionados com cada atividade (gestão de recursos $ não entrará nesta avaliação). Deve ser apresentado o que a equipe realmente faz, aproveitem o tempo com os Juízes!

12 Formato: Apresentação de Projeto 5 minutos apresentação + 2 minutos feedback Grupo 1 Grupo 2 Grupo 3 Powertrain Suspensão Cálc. Estrutural Freio Design Gestão Vendas/MKT Elétrica

13 Finais de Projeto Data: Sábado (07/03/2015) Horário: após as Provas Dinâmicas Avaliação: Comparativo entre o Projeto e o desempenho nas Provas de Conforto e Dinâmicas Questionamentos sobre a Apresentação e Relatório de Projeto

14 Instruções para entrega dos Documentos de Segurança 21.ª Competição BAJA SAE BRASIL PETROBRAS (2015) Data limite dos Documento (1) Forma de envio (2) Informativo completo com informações a definir upload site Competição em breve (1) Relatórios enviados após a data limite serão penalizados. Penalizações a ser definida. (2) Não serão aceitos documentos entregues na Sede da SAE BRASIL e nem enviados via .

15 Perguntas?

16 Dúvidas, críticas e sugestões Contatos: Daniel Bueno Comitê Técnico Baja SAE Brasil Diretor Geral Gustavo Rondinelli / Gibran Santos / Jackson Rosa / Marcelo Mello Comitê Técnico Baja SAE Brasil Subcomitê de Avaliações de Projeto

17 MUITO OBRIGADO!

Informativo 06. Com o objetivo de melhorar o formato da competição Baja SAE BRASIL Etapa Sul a edição de 2015 esta trazendo algumas modificações.

Informativo 06. Com o objetivo de melhorar o formato da competição Baja SAE BRASIL Etapa Sul a edição de 2015 esta trazendo algumas modificações. Informativo 06 São Paulo, 04 de novembro de 2015 Ref.: Número do Carro. REF.: PROVAS COMPETIÇÃO BAJA SUL Com o objetivo de melhorar o formato da competição Baja SAE BRASIL Etapa Sul a edição de 2015 esta

Leia mais

Workshop : Organização de Equipe. Desenvolvimento de Produto. André Soares

Workshop : Organização de Equipe. Desenvolvimento de Produto. André Soares Workshop : Organização de Equipe Desenvolvimento de Produto André Soares André Soares Participação na SAE desde 1997 Membro do comitê FSAE Brasil desde 2003 Juiz credenciado de segurança Baja Brasil Engenheiro

Leia mais

REGULAMENTO BAJA SAE BRASIL CAPÍTULO 9 AVALIAÇÕES E PONTUAÇÃO

REGULAMENTO BAJA SAE BRASIL CAPÍTULO 9 AVALIAÇÕES E PONTUAÇÃO REGULAMENTO BAJA SAE BRASIL CAPÍTULO 9 AVALIAÇÕES E PONTUAÇÃO RBSB 9 EMENDA 2 DATA DE EFETIVIDADE: 01 DE DEZEMBRO DE 2010 2/16 CONTROLE DE REVISÃO Emenda Data de Efetividade 0 01 de Janeiro de 2010 1 01

Leia mais

Aplicação de QFD num projeto de fórmula SAE considerando a cadeia de suprimentos

Aplicação de QFD num projeto de fórmula SAE considerando a cadeia de suprimentos Aplicação de QFD num projeto de fórmula SAE considerando a cadeia de suprimentos Maria Clara da Costa Teixeira (EESC USP) mclara@sc.usp.br Álvaro Costa Neto (EESC USP) costa@sc.usp.br Resumo Diante das

Leia mais

Informativo 27. Ref.: Informações sobre as provas da competição Baja SAE BRASIL 2015

Informativo 27. Ref.: Informações sobre as provas da competição Baja SAE BRASIL 2015 Informativo 27 São Paulo, 03 de Março de 2015 Ref.: Informações sobre as provas da competição Baja SAE BRASIL 2015 Prezadas Equipes Sejam bem-vindas à 21ª Competição Baja SAE BRASIL. Aguardamos todos vocês

Leia mais

PROJETO MINI BAJA UNIARARAS Apresentação Simplificada

PROJETO MINI BAJA UNIARARAS Apresentação Simplificada PROJETO MINI BAJA UNIARARAS Apresentação Simplificada Apresentação do projeto MINI BAJA UNIARARAS de forma resumida para entendimento de nossos futuros parceiros. Equipe Mini Baja SUMÁRIO QUEM SOMOS?...

Leia mais

Evolução da Prova no triênio 2014-2016

Evolução da Prova no triênio 2014-2016 Comitê BAJA SAE BRASIL Subcomitê de Avaliações de Projeto Relatório de Projeto Evolução da Prova no triênio 2014-2016 São Paulo, 2016-03-23 Comitê BAJA SAE BRASIL Subcomitê de Avaliações de Projeto Relatório

Leia mais

1 Concurso de Pitch para Empresas Juniores da UEG

1 Concurso de Pitch para Empresas Juniores da UEG 1 Concurso de Pitch para Empresas Juniores da UEG REGULAMENTO CAPÍTULO 1 DA APRESENTAÇÃO E DOS OBJETIVOS Art. 1 O 1 Concurso de Pitch para Empresas Juniores da UEG é uma realização da Pró-Reitoria de Extensão,

Leia mais

Curso de planilhas eletrônicas na modalidade EAD: Um relato de experiência

Curso de planilhas eletrônicas na modalidade EAD: Um relato de experiência ÁREA TEMÁTICA: EDUCAÇÃO Curso de planilhas eletrônicas na modalidade EAD: Um relato de experiência Luis Henrique Chiczta (luischiczta@gmail.com) Diolete Marcante Latti Cerutti (diolete@uepg.br) Adilson

Leia mais

Introdução ao Projeto de Aeronaves. Aula 39 Relatório de Projeto Técnicas de Estruturação

Introdução ao Projeto de Aeronaves. Aula 39 Relatório de Projeto Técnicas de Estruturação Introdução ao Projeto de Aeronaves Aula 39 Relatório de Projeto Técnicas de Estruturação Tópicos Abordados Relatório de Projeto. Técnicas de Estruturação para uma boa Avaliação. Elaboração do Relatório

Leia mais

Portfólio de Patrocínio. Equipe SUPERBAJA

Portfólio de Patrocínio. Equipe SUPERBAJA Portfólio de Patrocínio Equipe SUPERBAJA Apresentação O projeto Mini-Baja tem como objetivo projetar e construir um veículo monoposto, off-road atrativo ao mercado consumidor pelo seu visual, desempenho,

Leia mais

Comunicação documentos de transporte AT via Webservice Singest Sistema Integrado de Gestão. 22-05-2013 Cambragest Serviços de Gestão e Software

Comunicação documentos de transporte AT via Webservice Singest Sistema Integrado de Gestão. 22-05-2013 Cambragest Serviços de Gestão e Software Comunicação documentos de transporte AT via Webservice 22-05-2013 Cambragest Serviços de Gestão e Software I. Índice I. Índice... 1 II. Introdução... 2 III. Configuração de documentos de transporte...

Leia mais

Plano de Patrocínio 2010

Plano de Patrocínio 2010 Plano de Patrocínio 2010 2 Apresentação É com grande entusiasmo que apresentamos este material base para a 16ª Temporada do Baja SAE, que Inclui a etapa nacional no começo do 1 semestre de 2010, a etapa

Leia mais

Quando extrair o ficheiro SAFT

Quando extrair o ficheiro SAFT Conheça o seu ficheiro SAFT Quando extrair o ficheiro SAFT A partir de Janeiro de 2014 muitas empresas que não eram obrigadas a utilizar software de faturação certificado passaram a ser, tendo assim de

Leia mais

www.poliracing.com.br Novembro 2011

www.poliracing.com.br Novembro 2011 Lançamento FP-03 No dia 05/11 a equipe realizou o lançamento de seu novo carro, FP-03. Apresentamos o progresso do nosso trabalho durante o ano até a finalização do projeto. Agradecemos a todos que estiveram

Leia mais

Plano de Patrocínio. Equipe de Baja do CAP-UFSJ

Plano de Patrocínio. Equipe de Baja do CAP-UFSJ Plano de Patrocínio Equipe de Baja do CAP-UFSJ Projeto 2013/2014 Plano de Patrocínio 2013/2014 APRESENTAÇÃO A competição BAJA SAE foi criada na Universidade da Carolina do Sul, Estados Unidos, no ano de

Leia mais

Regulamento. Competição Sua Ideia na Prática. Edição Rio de Janeiro 2015.2

Regulamento. Competição Sua Ideia na Prática. Edição Rio de Janeiro 2015.2 Competição Sua Ideia na Prática Edição Rio de Janeiro 2015.2 1. Objetivo: A competição de empreendedorismo universitária Sua Ideia na Prática tem como objetivo desenvolver a confiança empreendedora no

Leia mais

Sistema de Avaliação. Manual do Usuário

Sistema de Avaliação. Manual do Usuário Sistema de Avaliação Manual do Usuário Versão 2011 / 2012 1. Apresentação Neste Manual do Sistema de Avaliação estão contidas as instruções para a realização da Avaliação de Desempenho dos empregados da

Leia mais

Curso de Graduação em Administração. Administração da Produção e Operações I

Curso de Graduação em Administração. Administração da Produção e Operações I Curso de Graduação em Administração Administração da Produção e Operações I 18º e 19º Encontro 27 e 30/04/2012 18:50 às 20:30h 2º CRÉDITO Datas das Atividades 1a Dinâmica - LEGO 16/04/12 ok.valor: 0,5

Leia mais

Polo de Desenvolvimento Giovanni Agnelli

Polo de Desenvolvimento Giovanni Agnelli Polo de Desenvolvimento Giovanni Agnelli Gilmar Laignier 20 Novembre, 2010 23.500m² Offices - Laboratories - Shops Total de funcionários: 1046 2 2 FIASA ENGENHARIA DO PRODUTO Style Chassis Body Interiors

Leia mais

Como é feita a inscrição do reparador? Certificado Como acessar a área da concessionária? Lista de inscritos Ficha de avaliação Material Técnico Kit

Como é feita a inscrição do reparador? Certificado Como acessar a área da concessionária? Lista de inscritos Ficha de avaliação Material Técnico Kit Como é feita a inscrição do reparador? Certificado Como acessar a área da concessionária? Lista de inscritos Ficha de avaliação Material Técnico Kit Divulgação Transmissão Via Internet Chat Orientações

Leia mais

Step by step guide Activity #3 2015, january

Step by step guide Activity #3 2015, january BUSINESS SIMULATION GAME Step by step guide Activity #3 2015, january o que Cada membro da equipe fará:: Diretor Tarefa a fazer Tarefa que será feita em alguns casos PRESIDENTE Tarefa 3 DIRETOR DE MARKETING

Leia mais

DESCRIÇÃO VALOR UNIDADE Comprimento máximo

DESCRIÇÃO VALOR UNIDADE Comprimento máximo CAPA Na capa da Ficha Técnica devem estar claramente as informações para identificação da equipe, escola, número do carro, semelhante às capas utilizadas nos relatórios de projeto da competição nacional.

Leia mais

ENGENHARIA AUTOMOTIVA. Universidade Federal de Santa Catarina Campus Joinville Centro de Engenharias da Mobilidade

ENGENHARIA AUTOMOTIVA. Universidade Federal de Santa Catarina Campus Joinville Centro de Engenharias da Mobilidade ENGENHARIA AUTOMOTIVA CONTEXTO No âmbito do Programa de Apoio a Planos de Reestruturação e Expansão das Universidades Federais REUNI -, o Governo Federal implantou o campus de Joinville da Universidade

Leia mais

Apresentação do Curso

Apresentação do Curso Apresentação do Curso INFORMAÇÕES INICIAIS 2 COMO IREMOS TRABALHAR 3 REQUISITOS PARA ACESSAR O CURSO 3 DIAS E HORÁRIOS DAS AULAS 4 CALENDÁRIO E CONTEÚDOS 4 AULA INAUGURAL 6 INVESTIMENTO E CONDIÇÕES DE

Leia mais

2ª Olimpíada de Empreendedorismo Universitário

2ª Olimpíada de Empreendedorismo Universitário 2ª Olimpíada de Empreendedorismo Universitário da Universidade Federal de Goiás CATEGORIA 1 EMPREENDEDORISMO DE NEGÓCIOS Agosto de 2015 REGULAMENTO CATEGORIA 1 EMPREENDEDORISMO DE NEGOCIOS 1. APRESENTAÇÃO

Leia mais

EDITAL PROCESSO SELETIVO PARA AUXILIAR DE LIMPEZA ESF - SORRI BAURU MARÇO 2015

EDITAL PROCESSO SELETIVO PARA AUXILIAR DE LIMPEZA ESF - SORRI BAURU MARÇO 2015 EDITAL PROCESSO SELETIVO PARA AUXILIAR DE LIMPEZA ESF - SORRI BAURU MARÇO 2015 A SORRI BAURU, por meio de sua Diretoria Executiva, convoca os interessados a participar do processo seletivo para a contratação

Leia mais

Sistemas de Engenharia - Automação e Instrumentação Grupo 1 2012/2013. <1.0> Elaborado por: Ricardo Almeida

Sistemas de Engenharia - Automação e Instrumentação Grupo 1 2012/2013. <Inscrição no Formula Student> <1.0> Elaborado por: Ricardo Almeida Sistemas de Engenharia - Automação e Instrumentação Grupo 1 2012/2013 Elaborado por: Ricardo Almeida Índice Introdução... 3 Sobre o Processo de Registo... 3 Critério

Leia mais

EDITAL 1. APRESENTAÇÃO

EDITAL 1. APRESENTAÇÃO 1 EDITAL MONITORAMENTO INDEPENDENTE DA COBERTURA VEGETAL DO TERRITÓRIO DE IDENTIDADE EXTREMO SUL / COSTA DAS BALEIAS, ÁREA DE ATUAÇÃO DA FIBRIA E DA SUZANO NO EXTREMO SUL DA BAHIA 1. APRESENTAÇÃO A Fibria

Leia mais

Projeto Pé na Dança. www.penadanca.com. Bruno Barros Comunicador Visual. bruno@brunobarros.com www.brunobarros.com 21 2704 3991 / 9605 0589

Projeto Pé na Dança. www.penadanca.com. Bruno Barros Comunicador Visual. bruno@brunobarros.com www.brunobarros.com 21 2704 3991 / 9605 0589 Projeto Pé na Dança www.penadanca.com 1 Sumário I. Esta proposta... 3 II. Metodologia de trabalho... 5 III. Investimento... 6 IV. Cronograma... 6 V. Termos e Condições... 7 VI. Manutenção do site... 7

Leia mais

Guia para produção de conteúdo

Guia para produção de conteúdo Guia para produção de conteúdo www.pinheirospirapora.org.br Abril de 2008 Projeto Fortalecimento Institucional do Sub Comitê Pinheiros Pirapora Texto 5 Elementos Cybermind Oficina 5 Elementos Financiamento

Leia mais

EDITAL nº 01/2015 Submissão de Trabalhos. VII Chamada de Trabalhos. X Semana de Petróleo e Gás SPE/UFRJ 10ª SPEtro

EDITAL nº 01/2015 Submissão de Trabalhos. VII Chamada de Trabalhos. X Semana de Petróleo e Gás SPE/UFRJ 10ª SPEtro EDITAL nº 01/2015 Submissão de Trabalhos VII Chamada de Trabalhos X Semana de Petróleo e Gás SPE/UFRJ 10ª SPEtro O Capítulo de Estudantes SPE da UFRJ torna público o presente Edital para a comunidade técnico-científica

Leia mais

4UNIVERSIDADE DO CORRETOR

4UNIVERSIDADE DO CORRETOR 1 Conteúdo exclusivo 2 Cases e exemplos do mercado imobiliário 3 Ferramentas para melhorar os resultados 4 Técnicas e Atitudes em vendas para o CORRETOR DE IMÓVEIS VENDER MAIS! ESTUDE DE QUALQUER LUGAR

Leia mais

Utilidade Pública Desportiva - Despacho 49/94, de 9.9.1994. REGULAMENTO de COMPETIÇÃO

Utilidade Pública Desportiva - Despacho 49/94, de 9.9.1994. REGULAMENTO de COMPETIÇÃO REGULAMENTO de COMPETIÇÃO Regulamento da Taça de Portugal de ing 2015 INDICE Capitulo I Definição e Âmbito Capitulo II Objectivos e Títulos Capitulo III Categorias e escalões etários integrantes Capitulo

Leia mais

CONCURSO DE IDEIAS DE NEGÓCIO DA ECONOMIA SOCIAL EM MEIO RURAL. Para promover o desenvolvimento local sustentável em meio Rural

CONCURSO DE IDEIAS DE NEGÓCIO DA ECONOMIA SOCIAL EM MEIO RURAL. Para promover o desenvolvimento local sustentável em meio Rural CONCURSO DE IDEIAS DE NEGÓCIO DA ECONOMIA SOCIAL EM MEIO RURAL Para promover o desenvolvimento local sustentável em meio Rural MANUAL/REGULAMENTO DO CONCURSO DE IDEIAS 2014/2015 Introdução O concurso de

Leia mais

DEPARTAMENTO DE FORMAÇÃO E CERTIFICAÇÃO DE PROFISSIONAIS CAPACIDADE PROFISSIONAL PARA A ACTIVIDADE DE TRANSPORTES RODOVIÁRIOS DE MERCADORIAS

DEPARTAMENTO DE FORMAÇÃO E CERTIFICAÇÃO DE PROFISSIONAIS CAPACIDADE PROFISSIONAL PARA A ACTIVIDADE DE TRANSPORTES RODOVIÁRIOS DE MERCADORIAS DEPARTAMENTO DE FORMAÇÃO E CERTIFICAÇÃO DE PROFISSIONAIS CAPACIDADE PROFISSIONAL PARA A ACTIVIDADE DE TRANSPORTES RODOVIÁRIOS DE MERCADORIAS MANUAL DE INSTRUÇÕES PARA AS ENTIDADES FORMADORAS ÍNDICE OBJECTIVOS

Leia mais

PROPOSTA DE REGULAMENTO QUIZ AMB 60 ANOS

PROPOSTA DE REGULAMENTO QUIZ AMB 60 ANOS PROPOSTA DE REGULAMENTO QUIZ AMB 60 ANOS APRESENTAÇÃO Este concurso cultural/recreativo é promovido pela Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB), sociedade civil sediada em Brasília, capital do Distrito

Leia mais

Roteiro para apresentação do Plano de Negócio. Preparamos este roteiro para ajudá-lo(a) a preparar seu Plano de Negócio.

Roteiro para apresentação do Plano de Negócio. Preparamos este roteiro para ajudá-lo(a) a preparar seu Plano de Negócio. Roteiro para apresentação do Plano de Negócio Preparamos este roteiro para ajudá-lo(a) a preparar seu Plano de Negócio. Abaixo encontra-se a estrutura recomendada no Empreenda! O Plano de Negócio deverá

Leia mais

Índice Apresentação... 3 Mensagens... 4 Tickets... 6 Cadastro de Tickets... 6 Acompanhamento de Tickets:...9 Entregas... 11 Storage...

Índice Apresentação... 3 Mensagens... 4 Tickets... 6 Cadastro de Tickets... 6 Acompanhamento de Tickets:...9 Entregas... 11 Storage... Índice Apresentação... 3 Mensagens... 4 Tickets... 6 Cadastro de Tickets... 6 Acompanhamento de Tickets:...9 Entregas... 11 Storage... 12 Apresentação O Pitstop foi desenvolvido pela Interact com o objetivo

Leia mais

DISTRIBUIÇÃO E ARMAZENAGEM

DISTRIBUIÇÃO E ARMAZENAGEM DISTRIBUIÇÃO E ARMAZENAGEM WMS WAREHOUSE MANAGEMENT SYSTEM SISTEMA DE GERENCIAMENTO DE ARMAZÉM/DEP M/DEPÓSITO WMS Software de gerenciamento de depósito que auxilia as empresas na busca de melhorias nos

Leia mais

EDITAL PROCESSO SELETIVO PARA AUXILIAR ADMINISTRATIVO ESF BAURU Agosto de 2012

EDITAL PROCESSO SELETIVO PARA AUXILIAR ADMINISTRATIVO ESF BAURU Agosto de 2012 EDITAL PROCESSO SELETIVO PARA AUXILIAR ADMINISTRATIVO ESF BAURU Agosto de 2012 A SORRI BAURU, por meio de sua Diretoria Executiva convoca os interessados a participar do processo seletivo para a contratação

Leia mais

INFORMATIVO 08 - INFORMATIVO GERAL

INFORMATIVO 08 - INFORMATIVO GERAL INFORMATIVO 08 - INFORMATIVO GERAL Porto Alegre, 10 de Novembro de 2015 Ref.: Informações gerais. Prezadas Equipes, Abaixo algumas informações importantes: 1. Local do Evento O evento será realizado na

Leia mais

SONY BRASIL LTDA RUA WERNER VON SIEMENS, 111 Prédio 1, LAPA - SÃO PAULO SP CEP 05069-010 CNPJ 43.447.044-0004/10

SONY BRASIL LTDA RUA WERNER VON SIEMENS, 111 Prédio 1, LAPA - SÃO PAULO SP CEP 05069-010 CNPJ 43.447.044-0004/10 REGULAMENTO TV 4K SONY CAMPANHA DE FIDELIZAÇÃO SONY BRASIL LTDA RUA WERNER VON SIEMENS, 111 Prédio 1, LAPA - SÃO PAULO SP CEP 05069-010 CNPJ 43.447.044-0004/10 1. DA CAMPANHA DE FIDELIZAÇÃO 1.1 Será disponibilizado

Leia mais

Capacifar Saúde Pública 1ª Turma Centro-Oeste

Capacifar Saúde Pública 1ª Turma Centro-Oeste Capacifar Saúde Pública 1ª Turma Centro-Oeste DO OBJETIVO Prover os profissionais farmacêuticos de informações, competências e habilidades, tendo em vista o exercício de suas atribuições no âmbito da Saúde

Leia mais

Marketing. Gestão de Produção. Gestão de Produção. Função Produção. Prof. Angelo Polizzi

Marketing. Gestão de Produção. Gestão de Produção. Função Produção. Prof. Angelo Polizzi Marketing Prof. Angelo Polizzi Gestão de Produção Gestão de Produção Objetivos: Mostrar que produtos (bens e serviços) consumidos, são produzidos em uma ordem lógica, evitando a perda ou falta de insumos

Leia mais

Categoria Desafio IMPORT

Categoria Desafio IMPORT Categoria Desafio IMPORT 1 - NORMAS TÉCNICAS: A categoria Desafio IMPORT deverá seguir as normas técnicas constantes neste regulamento especifico. 2 - DEFINIÇÃO: a) Poderão participar desta categoria veículos

Leia mais

Fábrica Digital - Como a Tecnologia da Informação suporta a Inovação. Daniel Bio SAP Brasil

Fábrica Digital - Como a Tecnologia da Informação suporta a Inovação. Daniel Bio SAP Brasil Fábrica Digital - Como a Tecnologia da Informação suporta a Inovação Daniel Bio SAP Brasil Atuação e presença em +120 países, 37 idiomas Cerca de 54.000 funcionários 7 Centros Globais de Suporte, oferecendo

Leia mais

FTAD Formação Técnica em Administração de Empresas. Módulo: Administração de Materiais. Profª Neuza

FTAD Formação Técnica em Administração de Empresas. Módulo: Administração de Materiais. Profª Neuza FTAD Formação Técnica em Administração de Empresas Módulo: Administração de Materiais Profª Neuza AULA ANTERIOR: Compras O que é??? É uma atividade de aquisição que visa garantir o abastecimento da empresa

Leia mais

Programa de Bolsas de Iniciação Científica - CNPq 2015/2016 CHAMADA PÚBLICA PRPGP - URCA 04/2015 - PIBIC-CNPq

Programa de Bolsas de Iniciação Científica - CNPq 2015/2016 CHAMADA PÚBLICA PRPGP - URCA 04/2015 - PIBIC-CNPq Programa de Bolsas de Iniciação Científica - CNPq 2015/2016 CHAMADA PÚBLICA PRPGP - URCA 04/2015 - PIBIC-CNPq A Pró-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa da Universidade Regional do Cariri URCA, no uso

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO DE PESSOAL Nº 06/2015

EDITAL DE SELEÇÃO DE PESSOAL Nº 06/2015 EDITAL DE SELEÇÃO DE PESSOAL Nº 06/2015 PROCESSO DE SELEÇÃO Nº 06/2015 PREÂMBULO A Confederação Nacional de Municípios CNM, inscrita no CNPJ/MF sob o nº 00.703.157/0001-83, com sede no SCRS 505, Bloco

Leia mais

Dinâmica e Regras de Participação

Dinâmica e Regras de Participação Dinâmica e Regras de Participação 1. Objetivo O Programa Avançado de Planejamento Financeiro Pessoal promovido pelo IBCPF visa proporcionar aos participantes a experiência de desenvolver, na prática, um

Leia mais

Inspeção Técnica e de Segurança

Inspeção Técnica e de Segurança Esta planilha é apresentada somente como um documento de referência. Os veículos devem cumprir todas as regras, presentes ou não nesta planilha. Os juízes poderão a qualquer momento adicionar ou modificar

Leia mais

Gespública 2015 - Reunião Periódica do Comitê Gestor do Núcleo - Jun/15 Relatório de Participação em Evento

Gespública 2015 - Reunião Periódica do Comitê Gestor do Núcleo - Jun/15 Relatório de Participação em Evento Gespública 2015 - Reunião Periódica do Comitê Gestor do Núcleo - Jun/15 Relatório de Participação em Evento Versão 1.2 Histórico de Revisões Data Versão Descrição Autor 17/06/2015 1.0 Criação do Documento

Leia mais

COMUNICAÇÃO INTEGRADA

COMUNICAÇÃO INTEGRADA FESTIVAL BRASILEIRO DE PUBLICIDADE DIAS 26 e 27 DE MARÇO DE 2014 HOTEL SOFITEL RIO DE JANEIRO COMUNICAÇÃO INTEGRADA A categoria Comunicação Integrada, por definição, deve contemplar no mínimo três meios

Leia mais

CONCURSO DE IDEIAS PARA A CRIAÇÃO DE EMPRESAS INOVADORAS REGULAMENTO

CONCURSO DE IDEIAS PARA A CRIAÇÃO DE EMPRESAS INOVADORAS REGULAMENTO REGULAMENTO Artigo 1.º - Enquadramento O Concurso de Ideias para a Criação de Empresas Inovadoras é uma iniciativa do BICMINHO no âmbito da execução da operação n.º NORTE-07-0364-FEDER-000006 Apoio à Criação

Leia mais

Cartilha Operação Assistida CliqCCEE

Cartilha Operação Assistida CliqCCEE Cartilha Operação Assistida CliqCCEE Outubro/2012 Projeto financiado pela Financiadora de Estudos e Projetos - Finep Conteúdo Digital Não utilizar para impressão Detalhes da Operação Assistida O que é

Leia mais

Concessionárias Adaptação de Dispositivo de Fixação de Contêiner (DIF)

Concessionárias Adaptação de Dispositivo de Fixação de Contêiner (DIF) PROCEDIMENTO SL - 002 Página 1 de 6 EDIÇÃO 11/12 Título: Concessionárias Adaptação de Dispositivo de Fixação de Contêiner (DIF) Rev.: 00 Data: 11/12 Emitido Por Verificado Verificado Aprovado Nome Marcos

Leia mais

XXII JORNADA ACADÊMICA DE MEDICINA Edital Para Envio de Trabalhos Científicos

XXII JORNADA ACADÊMICA DE MEDICINA Edital Para Envio de Trabalhos Científicos XXII JORNADA ACADÊMICA DE MEDICINA Edital Para Envio de Trabalhos Científicos 1) DISPOSIÇÕES GERAIS 1.1. O prazo para inscrição de trabalhos científicos terá início em 30 de Março de 2015 às 00:00 e prazo

Leia mais

Regulamento da 2 a Edição do Programa 100 Open Startups

Regulamento da 2 a Edição do Programa 100 Open Startups Regulamento da 2 a Edição do Programa 100 Open Startups 1. SOBRE O PROGRAMA: 100 Open Startups é uma rede que conecta comunidades e competições de startups com desafios e programas de inovação aberta propostos

Leia mais

Tópicos Abordados. Pesquisa de Mercado. Aula 1. Contextualização

Tópicos Abordados. Pesquisa de Mercado. Aula 1. Contextualização Pesquisa de Mercado Aula 1 Prof. Me. Ricieri Garbelini Tópicos Abordados 1. Identificação do problema ou situação 2. Construção de hipóteses ou determinação dos objetivos 3. Tipos de pesquisa 4. Métodos

Leia mais

Ano de vigência 2012/2013. Juiz de Fora - 2011. Comissão Municipal de Segurança e Educação no Trânsito

Ano de vigência 2012/2013. Juiz de Fora - 2011. Comissão Municipal de Segurança e Educação no Trânsito Ano de vigência 2012/2013 Juiz de Fora - 2011 Comissão Municipal de Segurança e Educação no Trânsito 1- INTRODUÇÃO A COMSET (Comissão Municipal de Educação e Segurança no Trânsito) tem como principal atribuição

Leia mais

SORTEIO DE BOLSAS DE ESTUDO (50%) CAPACITAÇÃO EM DIVERSAS ÁREAS DE ATUAÇÃO PROFISSIONAL OBJETIVOS Disponibilizar ao profissionais farmacêuticos do estado de Minas Gerais capacitações nas diversas áreas

Leia mais

COPA BRASIL DE PARACICLISMO 3ª Etapa Curitiba/PR 17 a 19 de outubro de 2014

COPA BRASIL DE PARACICLISMO 3ª Etapa Curitiba/PR 17 a 19 de outubro de 2014 COPA BRASIL DE PARACICLISMO 3ª Etapa Curitiba/PR 17 a 19 de outubro de 2014 Recebemos os participantes da Copa Brasil de Paraciclismo, desejando as boas vindas, sorte nas competições, e acima de tudo que

Leia mais

EDITAL PROCESSO SELETIVO PARA TÉCNICO DE INFORMÁTICA SORRI-BAURU Julho de 2012

EDITAL PROCESSO SELETIVO PARA TÉCNICO DE INFORMÁTICA SORRI-BAURU Julho de 2012 EDITAL PROCESSO SELETIVO PARA TÉCNICO DE INFORMÁTICA SORRI-BAURU Julho de 2012 A SORRI BAURU, por meio de sua Diretoria Executiva convoca os interessados a participar do processo seletivo para a contratação

Leia mais

Estamos muito felizes por compartilhar com você este novo serviço educacional do Centro Universitário de Patos de Minas.

Estamos muito felizes por compartilhar com você este novo serviço educacional do Centro Universitário de Patos de Minas. PALAVRA DO COORDENADOR Estimado, aluno(a): Seja muito bem-vindo aos Cursos Livres do UNIPAM. Estamos muito felizes por compartilhar com você este novo serviço educacional do Centro Universitário de Patos

Leia mais

Resumo do Contrato de seu Cartão de Crédito Instituto HSBC Solidariedade

Resumo do Contrato de seu Cartão de Crédito Instituto HSBC Solidariedade Resumo do Contrato de seu Cartão de Crédito Instituto HSBC Solidariedade Leia estas informações importantes para aproveitar todas as vantagens do seu novo cartão de crédito. Resumo do Contrato de seu

Leia mais

Projeto Impacto. Edital

Projeto Impacto. Edital Projeto Impacto Edital Introdução Iniciado em 2012, o Projeto Impacto é um projeto do Paraná Júnior que visa conectar o Movimento Empresa Júnior e setores da sociedade que precisam de apoio. Até o ano

Leia mais

Festival de Vitória 21º Vitória Cine Vídeo. 16º Concurso de Roteiro Capixaba

Festival de Vitória 21º Vitória Cine Vídeo. 16º Concurso de Roteiro Capixaba 1 Festival de Vitória 21º Vitória Cine Vídeo 16º Concurso de Roteiro Capixaba A GALPÃO PRODUÇÕES, empresa privada com sede à Rua Professora Maria Cândida da Silva, nº 115 - Bairro República Vitória - Espírito

Leia mais

Informatização dos processos no Setor de Medicina do Trabalho gera resultados positivos para a Teksid do Brasil

Informatização dos processos no Setor de Medicina do Trabalho gera resultados positivos para a Teksid do Brasil Informatização dos processos no Setor de Medicina do Trabalho gera resultados positivos para a Teksid do Brasil Perfil O Grupo Teksid é o maior em fundição de autopeças do mundo, com capacidade produtiva

Leia mais

Manual do Participante

Manual do Participante Manual do Participante Sumário Considerações Gerais... 3 Introdução... 4 Funções do seu Painel de Controle... 4 Interagindo com outros participantes... 5 Descrição Geral do DNA... 5 Critérios de classificação

Leia mais

UNIVERSIDADE DE RIO VERDE PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO, CULTURA E ASSUNTOS ESTUDANTIS

UNIVERSIDADE DE RIO VERDE PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO, CULTURA E ASSUNTOS ESTUDANTIS UNIVERSIDADE DE RIO VERDE PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO, CULTURA E ASSUNTOS ESTUDANTIS FORMULÁRIO DAS AÇÕES DE EXTENSÃO 2015 FORMULÁRIO PARA PROJETOS DAS AÇÕES DE EXTENSÃO E CULTURA I - IDENTIFICAÇÃO DA PROPOSTA

Leia mais

INSTRUÇÕES NORMATIVAS

INSTRUÇÕES NORMATIVAS INSTRUÇÕES NORMATIVAS INSCRIÇÃO DE TRABALHOS ATÉ 30/09/2015 A Comissão organizadora da XIX Jornada Científica sugere que, antes de iniciarem o processo de inscrição, todos os autores leiam as orientações

Leia mais

Escola Superior da Magistratura Tocantinense

Escola Superior da Magistratura Tocantinense ESCOLA SUPERIOR DA MAGISTRATURA TOCANTINENSE INTERCÂMBIO DE ATUALIZAÇÃO EM DIREITO Programa de Aperfeiçoamento Judicial Universidade de Roma Tor Vergata EDITAL Nº20/2012 O Diretor Geral da Escola Superior

Leia mais

Regulamento do III PRÊMIO EDLP DE PRODUTIVIDADE DO CLIENTE FERROVIÁRIO

Regulamento do III PRÊMIO EDLP DE PRODUTIVIDADE DO CLIENTE FERROVIÁRIO Regulamento do III PRÊMIO EDLP DE PRODUTIVIDADE DO CLIENTE FERROVIÁRIO 1. Elegibilidade 1.1. Poderão apresentar trabalhos os empregados de qualquer nível (com exceção de ocupantes de cargos de diretoria),

Leia mais

VIVA RIO SAÚDE EDITAL N 01/2015 PROCESSO SELETIVO PARA CONTRATAÇÃO DE EQUIPE CONSULTORIO NA RUA A.P 3.3

VIVA RIO SAÚDE EDITAL N 01/2015 PROCESSO SELETIVO PARA CONTRATAÇÃO DE EQUIPE CONSULTORIO NA RUA A.P 3.3 VIVA RIO SAÚDE EDITAL N 01/2015 PROCESSO SELETIVO PARA CONTRATAÇÃO DE EQUIPE CONSULTORIO NA RUA A.P 3.3 A Organização Social em Saúde (OSS) VIVA RIO, por meio do presente Edital, torna pública a abertura

Leia mais

Prémio Redes para o Desenvolvimento

Prémio Redes para o Desenvolvimento Prémio Redes para o Desenvolvimento Regulamento 6 de outubro de 2015 www.redesparaodesenvolvimento.org Este Prémio é lançado no âmbito do Projeto Redes para o Desenvolvimento: Educação Global para uma

Leia mais

Regulamento da Promoção Receitas Saudáveis Flormel

Regulamento da Promoção Receitas Saudáveis Flormel Regulamento da Promoção Receitas Saudáveis Flormel 1. DA PROMOÇÃO. 1.1. A promoção será realizada pela marca Flormel (Flormel Indústria de Alimentos Ltda EPP) com sede na Rua: Vicente Richinho, n 321 Bairro

Leia mais

(NOME DO PROVEDOR), (QUALIFICAÇÃO DO PROVEDOR), doravante denominada simplesmente PROVEDOR.

(NOME DO PROVEDOR), (QUALIFICAÇÃO DO PROVEDOR), doravante denominada simplesmente PROVEDOR. CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE BILHETAGEM E VALORAÇÃO DE CHAMADAS PARA INTERNET, ATENDIMENTO À CLIENTES E LANÇAMENTO DE CRÉDITO EM CONTA TELEFÔNICA, firmado entre TELEMAR NORTE LESTE S/A de um lado

Leia mais

1.1.3. Encontros presenciais para aprimoramento do modelo de negócio das startups, rede de relacionamento e capacitação dos empreendedores;

1.1.3. Encontros presenciais para aprimoramento do modelo de negócio das startups, rede de relacionamento e capacitação dos empreendedores; 1. SOBRE O PROGRAMA: Regulamento da 10 a Edição do Programa Desafio Brasil Desafio Brasil é um programa de âmbito nacional voltado a criação e suporte de novos negócios inovadores de alto impacto (startups).

Leia mais

Resumo do Contrato de seu Cartão de Crédito do HSBC

Resumo do Contrato de seu Cartão de Crédito do HSBC Resumo do Contrato de seu Cartão de Crédito do HSBC Leia estas informações importantes para aproveitar todas as vantagens do seu novo cartão de crédito. Resumo do Contrato de seu Cartão de Crédito do

Leia mais

2. INFORMAÇÕES E SIGILO

2. INFORMAÇÕES E SIGILO TERMO DE ADESÃO Para melhor comunicação e transparência ao cliente Plantafácil, disponibilizamos abaixo o termo de adesão de nossos produtos e serviços disponibilizados no site, de protocolo cartorial,

Leia mais

Inicie a disciplina apresentando novamente o objetivo geral e agora os específicos para esta aula que estão no Plano

Inicie a disciplina apresentando novamente o objetivo geral e agora os específicos para esta aula que estão no Plano Inicie a disciplina apresentando novamente o objetivo geral e agora os específicos para esta aula que estão no Plano de Aula Teórica da disciplina de Legislação de Trânsito 14, neste material. 115 Para

Leia mais

Motivar pessoas para o foco da organização

Motivar pessoas para o foco da organização PORTWAY Motivar pessoas para o foco da organização Série 4 pilares da liderança Volume 3 4 pilares da liderança Motivar pessoas para o foco da organização E m Julho de 2014, fui procurado por algumas diretoras

Leia mais

REGRAS II Desafio Acadêmico Internacional SAMPE Brasil 2015

REGRAS II Desafio Acadêmico Internacional SAMPE Brasil 2015 REGRAS II Desafio Acadêmico Internacional SAMPE Brasil 2015 1. Introdução O Desafio Acadêmico Internacional SAMPE Brasil foi criado para ser disputado somente entre alunos de Universidades. As seguintes

Leia mais

ADENDO DE REGULAMENTO DO TOP DE MARKETING ADVB/RS 2014

ADENDO DE REGULAMENTO DO TOP DE MARKETING ADVB/RS 2014 ADENDO DE REGULAMENTO DO TOP DE MARKETING ADVB/RS 2014 PRÊMIOS-INCENTIVO ADVB/RS - TOP MINIEMPRESA ESCOLA E TOP STARTUP ADENDO DE REGULAMENTO DO TOP DE MARKETING ADVB/RS 2014 PRÊMIOS-INCENTIVO ADVB/RS

Leia mais

I Seleção de Projetos A Quatro G incentiva a sua pesquisa científica.

I Seleção de Projetos A Quatro G incentiva a sua pesquisa científica. A Quatro G Pesquisa & Desenvolvimento Ltda. (Quatro G P&D) torna pública a I Seleção de Projetos de Mestrado e Doutorado e convida alunos a apresentarem seus projetos a fim de receber o fornecimento de

Leia mais

APLICACAÇÃO DE METRICAS E INDICADORES NO MODELO DE REFERENCIA CMMI-Dev NIVEL 2

APLICACAÇÃO DE METRICAS E INDICADORES NO MODELO DE REFERENCIA CMMI-Dev NIVEL 2 APLICACAÇÃO DE METRICAS E INDICADORES NO MODELO DE REFERENCIA CMMI-Dev NIVEL 2 Renan J. Borges 1, Késsia R. C. Marchi 1 1 Universidade Paranaense (UNIPAR) Paranavaí, PR Brasil renanjborges@gmail.com, kessia@unipar.br

Leia mais

Apresentação do Sistema GPS integrado com o Sistema TopSolid Punch/Cut

Apresentação do Sistema GPS integrado com o Sistema TopSolid Punch/Cut Apresentação do Sistema GPS integrado com o Sistema TopSolid Punch/Cut Objetivo Esta apresentação tem como objetivo mostrar o software GPS, um produto francês da empresa Missler Software que se especializou

Leia mais

PRÊMIO. Identificação da Experiência: Qualidade com segurança e Satisfação do cliente.

PRÊMIO. Identificação da Experiência: Qualidade com segurança e Satisfação do cliente. PRÊMIO 2012 Empresa: Pluma Conforto e Turismo S/A Categoria da Experiência: Atendimento ao Cliente Identificação da Experiência: Qualidade com segurança e Satisfação do cliente. Período da Experiência:

Leia mais

Fundamentos de Teste de Software

Fundamentos de Teste de Software Núcleo de Excelência em Testes de Sistemas Fundamentos de Teste de Software Módulo 2- Teste Estático e Teste Dinâmico Aula 3 Teste Estático SUMÁRIO INTRODUÇÃO... 3 1. Definição... 3 2. Custo Versus Benefício...

Leia mais

MIEC MESTRADO INTEGRADO EM ENGENHARIA CIVIL 2014/2015 PROPOSTA DE TEMAS PARA DISSERTAÇÃO RAMO DE ESPECIALIZAÇÃO/ ÁREA CIENTÍFICA: ESTRUTURAS

MIEC MESTRADO INTEGRADO EM ENGENHARIA CIVIL 2014/2015 PROPOSTA DE TEMAS PARA DISSERTAÇÃO RAMO DE ESPECIALIZAÇÃO/ ÁREA CIENTÍFICA: ESTRUTURAS 1 EST1 AVALIAÇÃO DA CAPACIDADE DE DEFORMAÇÃO DE ELEMENTOS TUBULARES EM AÇO José Miguel Castro CO Um dos passos essenciais no processo de avaliação da segurança sísmica de estruturas consiste na comparação

Leia mais

Valorizando ideias e experiências participativas que promovam o direito humano à educação REGULAMENTO

Valorizando ideias e experiências participativas que promovam o direito humano à educação REGULAMENTO REGULAMENTO 1. O RECONHECIMENTO PÚBLICO DE OLHO NOS PLANOS 1.1. O Reconhecimento Público é uma ação da iniciativa De Olho nos Planos, composta pelos seguintes parceiros: Ação Educativa, UNICEF, Campanha

Leia mais

Pesquisa Internacional sobre Documentos Arquivísticos Autênticos Permanentes em Sistemas. CS03 REGISTROS AUDIOVISUAIS: Programas de TV

Pesquisa Internacional sobre Documentos Arquivísticos Autênticos Permanentes em Sistemas. CS03 REGISTROS AUDIOVISUAIS: Programas de TV Pesquisa Internacional sobre Documentos Arquivísticos Autênticos Permanentes em Sistemas CS03 REGISTROS AUDIOVISUAIS: Programas de TV Rádio e Televisão da Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) Maria

Leia mais

PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO CENTEC Nº: 002/2015

PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO CENTEC Nº: 002/2015 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO CENTEC Nº: 002/2015 Processo Seletivo Simplificado, para contratação de estagiário para a área de Jornalismo / Comunicação Social, com lotação na Assessoria de Marketing

Leia mais

Gestão de Projetos. Alessandro Almeida www.alessandroalmeida.com 11/08/2014

Gestão de Projetos. Alessandro Almeida www.alessandroalmeida.com 11/08/2014 Gestão de Projetos Alessandro Almeida www.alessandroalmeida.com 11/08/2014 Parabéns e bem-vindos ao sétimo semestre! Falta pouco!!!! Somente 2 semestres... TCC: Uma das missões dos próximos meses! Não

Leia mais

5.4 Manufacturing Resources Planning

5.4 Manufacturing Resources Planning 5.4 Manufacturing Resources Planning 5.4 Manufacturing Resources Planning O Planejamento dos Recursos de Manufatura (Manufacturing Resourdes Panning, em inglês, ou MRP II) representa um esforço para expandir

Leia mais

PROTOCOLO DO 5º PROGRAMA DE ENSAIOS DE PROFICIÊNCIA COMPARAÇÃO INTERLABORATORIAL DE MASSA

PROTOCOLO DO 5º PROGRAMA DE ENSAIOS DE PROFICIÊNCIA COMPARAÇÃO INTERLABORATORIAL DE MASSA PROTOCOLO DO 5º PROGRAMA DE ENSAIOS DE PROFICIÊNCIA COMPARAÇÃO INTERLABORATORIAL DE MASSA Revisão 01-15 de abril de 2013 Fol. 1 de 8 INTRODUÇÃO A SETTING CALIBRATION LABORATORIES iniciou suas atividades

Leia mais

Regime de IVA de Caixa

Regime de IVA de Caixa Regime de IVA de Caixa Versão 1.4 maio de 2014 (Última atualização a 05.05.2014) Índice Índice... 2 Introdução... 3 Notas prévias... 4 Configurações Gerais... 4 Administrador...4 ERP PRIMAVERA...8 Perfis

Leia mais