Localiza Rent a Car S.A. Resultados 2T09 e 1S09 (R$ milhões - USGAAP)

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Localiza Rent a Car S.A. Resultados 2T09 e 1S09 (R$ milhões - USGAAP)"

Transcrição

1 Localiza Rent a Car S.A. Resultados 2T09 e 1S09 (R$ milhões - USGAAP) Julho,

2 Divisão de aluguel de carros Receita líquida (R$ milhões) 197,1 271,3 CAGR: 31,3% 357,2 442,7 585,7 278,6 4,8% 291,9 141,0-0,1% 140,8 Frota média alugada (Quantidade) CAGR: 34,6% ,4% ,1% Mesmo num cenário desfavorável a receita cresceu 4,8% no 1S09. 2

3 Divisão de aluguel de frotas Receita líquida (R$ milhões) 127,8 149,2 CAGR: 21,3% 190,2 228,2 276,9 127,7 19,1% 152,1 66,0 15,5% 76,2 Frota média alugada (Quantidade) CAGR: 23,1% ,6% ,9% O aumento da receita decorreu do aumento de volume e de preços. 3

4 Quantidade Investimento em frota Comprados Vendidos Investimento líquido (R$ milhões) 190,1 493,1 303,0 241,8 690,0 448,2 340,0 930,3 590,3 207, ,9 853,2 352, ,3 983,2 208,6 700,3 491,7-260,8 152,3 413,1 252,9-60,2 475,7 222,8 136,1 196,3 Compras (inclui acessórios) Receita de venda A frota da divisão de aluguel de carros já está ajustada. 4

5 Frota no final do período e taxa de utilização Frota no final do período (quantidade) CAGR: 21,5% ,5% S08 1S09 Aluguel de carros Aluguel de frotas Taxa de utilização Divisão de aluguel de carros 69,6% 2,5 p.p. 72,1% 72,8% 3,4 p.p. 76,2% 1S08 1S09 2T08 2T09 Meta para taxa de utilização em 2009: mínimo de 72%. 5

6 Receita líquida consolidada Frota média alugada (quantidade) CAGR: 28,8% ,5% 3,5% Aluguel de carros Aluguel de frotas Receita líquida (R$ milhões) CAGR: 30,8% 876, , ,4 634,4 853,2 590,3 448,2 303,0 331,4 428,7 555,1 678, ,7 983,2 872,5-4,4% 902,8 862,7 491,7 413,1 9,4% 411,1 449,6-3,7% 432,3 416,5 222,8 196,3 209,5 220,2 5,1% Aluguéis Seminovos 6

7 Margem de EBITDA EBITDA consolidado (R$ milhões) CAGR: 26,4% 403,5 504,1 54,5-8,1% 197,5 36,5 161,0 277,9 59,1 218,8 311,3 26,9 284,4 46,4 357,1 449,6 244,4 224,5 33,0 4,7 4,0% 211,4 219,8-11,7% 123,6 109,1 13,2 1,6 110,4 107,5-2,6% Aluguéis Seminovos Divisões S08 1S09 2T08 2T09 Aluguel de carros 40,1% 45,3% 42,0% 44,5% 44,3% 45,5% 39,4% 46,2% 37,9% Aluguel de frotas 63,4% 62,3% 69,1% 68,7% 67,0% 64,3% 67,1% 66,4% 68,8% Aluguel Consolidado 48,6% 51,0% 51,2% 52,6% 51,5% 51,4% 48,9% 52,7% 48,8% Seminovos 12,0% 13,2% 4,6% 5,4% 5,5% 6,7% 1,1% 5,9% 0,8% A margem de EBITDA do Seminovos reflete as atuais condições de mercado. 7

8 Depreciação por carro Divisão de aluguel de carros (R$) 2.546, , ,7 322,9 492,3 939,1 332, S09 2T09 anualizado Divisão de aluguel de frotas (R$) 1.845, , , , , , , S09 2T09 anualizado A taxa de depreciação está ajustada às atuais condições de mercado. 8

9 Lucro líquido (R$ milhões) Lucro líquido 190,2 90,6 106,5 138,2 127,4 107,1-46,5% 57,3 53,6-49,4% 27,1 Reconciliação EBITDA x lucro líquido 1S08 1S09 Var. R$ 2T08 2T09 Var. R$ EBITDA de aluguel de carros e frotas 211,4 219,8 8,4 110,4 107,5 (2,9) EBITDA de seminovos 33,0 4,7 (28,3) 13,2 1,6 (11,6) EBITDA Consolidado 244,4 224,5 (19,9) 123,6 109,1 (14,5) Depreciação de carros (30,4) (70,0) (39,6) (18,5) (40,1) (21,6) Depreciação de outros imobilizados (8,5) (10,7) (2,2) (4,4) (5,4) (1,0) Despesas financeiras, líquidas (52,7) (65,5) (12,8) (24,7) (26,8) (2,1) Imposto de renda e contribuição social (45,7) (21,0) 24,7 (22,4) (9,7) 12,7 Lucro líquido do período 107,1 57,3 (49,8) 53,6 27,1 (26,5) Principais impactos no resultado: aumento da depreciação de carros e queda do EBITDA de seminovos. 9

10 Fluxo de caixa livre - FCF FCF antes do crescimento (R$ milhões) 52,0 58,2 118,2 250,7 205,7 107,4 369,8% 504,6 81,7 172,6% 222,7 Fluxo de Caixa Livre - R$ milhões S08 1S09 EBITDA 197,5 277,9 311,3 403,5 504,1 244,4 224,5 Receita na venda de carros (303,0) (448,2) (590,3) (853,2) (983,2) (491,7) (413,1) Custo dos carros vendidos 248,7 361,2 530,4 760,0 874,5 434,2 384,1 EBITDA sem receita e custo dos carros vendidos 143,2 190,9 251,4 310,3 395,4 186,9 195,5 (-) Imposto de Renda e Contribuição Social - corrente (40,9) (32,7) (42,7) (63,4) (52,8) (38,9) (26,9) Variação do capital de giro 6,2 (24,2) (4,8) 13,3 (44,8) (19,1) (18,8) Caixa gerado antes do capex 108,5 134,0 203,9 260,2 297,8 128,9 149,8 Receita na venda de carros 303,0 448,2 590,3 853,2 983,2 491,7 413,1 Capex de carros para renovação (349,3) (496,0) (643,3) (839,0) (1.035,4) (504,0) (152,3) Variação na conta de fornecedores de carros (capex) ,4 Capex líquido para renovação (46,3) (47,8) (53,0) 14,2 (52,2) (12,3) 359,2 Capex outros imobilizados (10,2) (28,0) (32,7) (23,7) (39,9) (9,2) (4,4) Fluxo de caixa livre antes do crescimento 52,0 58,2 118,2 250,7 205,7 107,4 504,6 Capex de carros para crescimento (143,8) (194,0) (287,0) (221,9) (299,9) (196,3) - Variação na conta de fornecedores de carros (capex) (21,9) (25,5) 222,0 (51,0) (188,9) 61,5 - Fluxo de Caixa Livre (113,7) (161,3) 53,2 (22,2) (283,1) (27,4) 504,6 10

11 Reconciliação da dívida líquida Fluxo de caixa livre 504,6 Dívida líquida 31/12/ ,5-22,4-45,5 Dívida líquida 30/06/ ,8 Dividendos e JCP Juros Var. (R$) R$ milhões Set/08 Dez/08 Mar/09 Jun/09 Dez/Jun Dívida bruta (principal + juros) 1.352, , , ,3-176,1 (-) Caixa 151,0 129,9 185,2 390,5 260,6 Dívida líquida 1.201, , ,6 817,8-436,7 A dívida líquida foi reduzida em R$436,7 milhões. 11

12 Dívida líquida x valor da frota (R$ milhões) 281,3 612,2 535,8 900,2 440, , , , ,5 765,1 817, , S09 Dívida líquida Valor da frota SALDOS EM FINAL DE PERÍODO S09 Dívida líquida / Valor da frota (USGAAP) 46% 60% 36% 51% 72% 57% Dívida líquida / EBITDA (USGAAP) 1,4x 1,9x 1,4x 1,9x 2,5x 1,8x(*) Dívida líquida / EBITDA (BRGAAP) 1,1x 1,5x 1,0x 1,3x 1,8x 1,3x(*) Dívida líquida / Patrimônio líquido (USGAAP) 1,0x 1,4x 0,7x 1,3x 2,0x 1,2x (*) anualizado Os ratios de endividamento melhoraram significativamente no 1S09 em relação a

13 Perfil da dívida Perfil da dívida líquida (Principal R$ milhões) 520,4 2S R$170,4 335,9 0,4 1S R$350,0 110,0 109,6 66, Caixa 390,5 O caixa atual é superior à divida com vencimento no 1S10. 13

14 Performance RENT3 Desempenho RENT3 X IBOVESPA % % Volume RENT3 RENT3 IBOVESPA Volume médio diário (R$ milhões) Volume médio diário (# ações) 13,5 4,6 10,6 8,4 6,9 829,7 729,5 687,5 648,7 670, A RENT3 foi incluída no índice Market Vectors Brazil Small-caps do Van Eck (EUA). 14

15 Destaques Financeiros: Geração de caixa de R$ 504,6 milhões Redução da dívida líquida em R$ 436,7 milhões A forte geração de caixa foi a estratégia adotada para fortalecer a solidez financeira no cenário de baixa liquidez. 15

16 Destaques Frota: Ajuste da frota com redução de carros desde o início da crise Taxa de utilização 76,2% no 2T09 72,1% no 1S09 Reinício da renovação da frota* * Prorrogação da redução do IPI até setembro/09 e retorno gradual a partir de outubro/09 16

17 Ativo diferenciado, líquido e flexível Compra Venda Venda líquida Preço médio de venda 4T S Total Mesmo num cenário desfavorável, a Localiza vendeu carros com uma queda de apenas 3,3% nos preços médios em relação aos praticados antes da crise, com o mercado superaquecido. As despesas de vendas passaram de 5,4% para 8,2% no mesmo período. O modelo de negócios da Localiza através de uma plataforma integrada, único na indústria de aluguel de carros, permite o gerenciamento dos nossos ativos diferenciados, que são líquidos e flexíveis, adaptando rapidamente a companhia às condições macroeconômicas. 17

18 Destaques Distribuição: Aumento do número de agências e lojas # de agências corporação S09 # de lojas para venda de seminovos S09 18

19 Perspectivas para o 2S09 Dívida: Contratação de dívida apenas para alongar o prazo de amortização Queda das despesas financeiras líquidas em decorrência da queda do CDI Divisão de aluguel de carros: Renovação a frota Redução das despesas de manutenção de depreciação Taxa de utilização mínima de 72% em 2009 Divisão de aluguel de frotas: Aumento da tarifa média de aluguel para novos contratos e renovações 19

20 2 8,0 2 0,0 1 2,0 4,0 (4,0) Perspectivas para 2010 Cenário macroeconômico após o Plano Real de 1994 Câmbio fixo Câmbio flutuante 1973: 1ª crise petróleo 1979: 2ª crise petróleo 1987: crash da NYSE 1990: Plano Collor 1994 Crise do México 1995 Criação do PROER 1997 Crise da Ásia 1998 Crise da Rússia 2000 Crash da NASDAQ 2001 Crise da Argentina 2002 Eleição do Lula 2008 Crise do Subprime 2009 Crise de liquidez e -9 Frota da Localiza PIB Juros real (CDI) PIB médio 3,1% 1,9% 4,7% -0,5% Juros real médio 22,0% 10,8% 9,0% 5,2% Frota (CAGR) 10,1% = 3,2X o PIB 15,2% = 8,0X o PIB 22,8% = 4,8X o PIB - Para 2010 a expectativa do mercado é de crescimento de 3,5% do PIB e juros reais de 4,5% (Focus). Fonte: BACEN, Focus e Localiza 20

21 Obrigado! 21

Divulgação de Resultados 4T14 e 2014

Divulgação de Resultados 4T14 e 2014 Divulgação de Resultados 4T14 e 2014 As informações financeiras são apresentadas em milhões de Reais, exceto quando indicado o contrário e, a partir de 2011, têm como base os números preliminares preparados

Leia mais

Localiza Rent a Car S.A. Apresentação dos resultados - 4T07 / 2007 (R$ milhões - USGAAP)

Localiza Rent a Car S.A. Apresentação dos resultados - 4T07 / 2007 (R$ milhões - USGAAP) Localiza Rent a Car S.A. Apresentação dos resultados - 4T07 / 2007 (R$ milhões - USGAAP) 1 Destaques do 4T07 Frota média alugada Receita líquida Quantidade 26.211 12.106 14.105 30,6% 25,9% 34,6% 34.226

Leia mais

Localiza Rent a Car S.A. Resultados 4T08 (R$ milhões - USGAAP)

Localiza Rent a Car S.A. Resultados 4T08 (R$ milhões - USGAAP) Localiza Rent a Car S.A. Resultados 4T08 (R$ milhões - USGAAP) Março, 2009 1 Agenda Companhia Drivers de crescimento Vantagens competitivas Crescimento com rentabilidade Resultados 2008 2 Plataforma integrada

Leia mais

Localiza Rent a Car S.A.

Localiza Rent a Car S.A. Localiza Rent a Car S.A. Resultados 2T10 R$ milhões, USGAAP Agência Aeroporto Internacional de Guarulhos São Paulo Brasil Inauguração: 11/06/2010 14 de julho de 2010 1 Destaques 2T10 R$ milhões 2T09 2T10

Leia mais

O flexível modelo de negócios da Localiza mostrou-se eficaz durante o período de crise.

O flexível modelo de negócios da Localiza mostrou-se eficaz durante o período de crise. Localiza Rent a Car S.A. Resultados 4T09 e 2009 R$ milhões, USGAAP O flexível modelo de negócios da Localiza mostrouse eficaz durante o período de crise. Março, 2010 1 Plataforma integrada de negócios

Leia mais

Destaques Abertura de Capital, 100% primária e listagem no Novo Mercado, com captação bruta de R$ 477,9 milhões

Destaques Abertura de Capital, 100% primária e listagem no Novo Mercado, com captação bruta de R$ 477,9 milhões Reunião Pública com APIMEC - SP Resultados 2010 e 4T10 06 de Abril de 2011 Destaques 2010 Abertura de Capital, 100% primária e listagem no Novo Mercado, com captação bruta de R$ 477,9 milhões Receita Bruta

Leia mais

Você espera o melhor. A gente faz. Locamerica Day

Você espera o melhor. A gente faz. Locamerica Day Você espera o melhor. A gente faz. Locamerica Day SEÇÃO 1 Visão Geral da Companhia História de Empreendedorismo e Crescimento 2015/16 1993 Fundação com 16 carros 2008 PRIVATE EQUITY Maior disciplina financeira

Leia mais

2T15. Comentários de Desempenho. DESTAQUES FINANCEIROS E OPERACIONAIS 2T15 e 1S15

2T15. Comentários de Desempenho. DESTAQUES FINANCEIROS E OPERACIONAIS 2T15 e 1S15 São Paulo, 03 de Agosto de 2015 - A Unidas S.A. ( Companhia ou Unidas ) anuncia os seus resultados do segundo trimestre de 2015 (2T15) e do primeiro semestre de 2015 (1S15). As informações financeiras

Leia mais

Resultados 4T10. CONTATOS: Flávio Rocha Presidente da Riachuelo e Diretor de RI Tulio Queiroz Controller e RI

Resultados 4T10. CONTATOS: Flávio Rocha Presidente da Riachuelo e Diretor de RI Tulio Queiroz Controller e RI Resultados 4T10 CONTATOS: Flávio Rocha Presidente da Riachuelo e Diretor de RI Tulio Queiroz Controller e RI ri@riachuelo.com.br Esta apresentação contém considerações futuras referentes às perspectivas

Leia mais

Localiza Rent a Car S.A.

Localiza Rent a Car S.A. Localiza Rent a Car S.A. Resultados 1T10 - R$ milhões, USGAAP Goldman Sachs: The BRICs Nifty 50: The EM e DM winners, novembro de 2009 Maio, 2010 1 A Localiza começou suas atividades em 1973 com 6 fuscas

Leia mais

Resultados 1º Trimestre de de Maio de 2015

Resultados 1º Trimestre de de Maio de 2015 Resultados 1º Trimestre de 2015 8 de Maio de 2015 Receita líquida avança 14,8%, com sólido crescimento orgânico Cnova Receita líquida: +14,8% Vendas mesmas lojas: +4,0% EBITDA (1) : R$ 1,057 bilhão Margem

Leia mais

3º Trimestre de 2015 Resultados Tupy

3º Trimestre de 2015 Resultados Tupy 3º Trimestre de 2015 Resultados Tupy São Paulo, 13 de novembro de 2015 1 DISCLAIMER Esta Apresentação pode conter declarações prospectivas, as quais estão sujeitas a riscos e incertezas, pois foram baseadas

Leia mais

Conference Call Resultados 4T13 e 2013

Conference Call Resultados 4T13 e 2013 Conference Call Resultados 4T13 e 2013 1 Juros 2013 Inflação * : Geral: 5,91% Serviços: 8,75% Desvalorização do Real Em um ano complexo para os negócios, especialmente para calçados, a Alpargatas cresce

Leia mais

Teleconferência dos Resultados 3T2009 Gerdau S.A. Consolidado IFRS

Teleconferência dos Resultados 3T2009 Gerdau S.A. Consolidado IFRS Teleconferência dos Resultados 3T2009 Gerdau S.A. Consolidado IFRS André Gerdau Johannpeter Diretor-Presidente e CEO Osvaldo B. Schirmer Vice-presidente e Diretor de RI 5 de novembro de 2009 Teleconferência

Leia mais

COMENTÁRIO DE DESEMPENHO DA COMPANHIA NO TRIMESTRE

COMENTÁRIO DE DESEMPENHO DA COMPANHIA NO TRIMESTRE COMENTÁRIO DE DESEMPENHO DA COMPANHIA NO TRIMESTRE As informações a seguir estão apresentadas de forma consolidada. Os valores estão apresentados de acordo com as normas expedidas pela CVM Comissão de

Leia mais

Teleconferência Resultados 3T07

Teleconferência Resultados 3T07 Teleconferência Resultados 3T07 Destaques no trimestre Crescimento orgânico da receita bruta de 31,4% no 3T07 e 36,6% nos12 mesesatésetembrode 2007 Impulsionado pelo crescimento de vendas no MI de 58,4%

Leia mais

Teleconferência de Resultados 1T16. 6 de maio de Magazine Luiza

Teleconferência de Resultados 1T16. 6 de maio de Magazine Luiza Teleconferência de Resultados 6 de maio de 2016 Magazine Luiza Destaques Vendas E-commerce Margem Bruta EBITDA e Lucro Líquido Capital de Giro Endividamento Luizacred Aumento da receita bruta de 3% totalizando

Leia mais

Estruturação e Organização de Empresas. Valuation. Consultoria para empresas em recuperação judicial. Consultoria em Planejamento Estratégico

Estruturação e Organização de Empresas. Valuation. Consultoria para empresas em recuperação judicial. Consultoria em Planejamento Estratégico Estruturação e Organização de Empresas Consultoria em Planejamento Estratégico Valuation Consultoria para empresas em recuperação judicial ASCENSÃO E QUEDA DO NEGÓCIO MATURIDADE CRESCIMENTO CRESCIMENTO

Leia mais

Confab Anuncia Resultados para o Segundo Trimestre de 2006

Confab Anuncia Resultados para o Segundo Trimestre de 2006 Confab Anuncia Resultados para o Segundo Trimestre de 2006 São Paulo, 03 de agosto de 2006. Confab Industrial S.A. (BOVESPA:CNFB4), uma empresa Tenaris, anunciou hoje os resultados correspondentes aos

Leia mais

Resultados do ano de 2015

Resultados do ano de 2015 Resultados do ano de 2015 2 de março de 2016 Disclaimer Esta apresentação pode incluir declarações que representem expectativas sobre eventos ou resultados futuros de acordo com a regulamentação de valores

Leia mais

Localiza Rent a Car S.A.

Localiza Rent a Car S.A. Localiza Rent a Car S.A. Resultados 2T10 R$ milhões, USGAAP Agência Aeroporto Internacional de Guarulhos São Paulo Brasil Inauguração: 11/06/2010 Julho, 2010 1 A Localiza começou suas atividades em 1973

Leia mais

2º TRIMESTRE DE 2016 DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS

2º TRIMESTRE DE 2016 DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS fg 2º TRIMESTRE DE 2016 Retomada do crescimento de vendas totais e mesmas lojas, aliada a ganho consistente de market share no mercado total a. A receita líquida totalizou R$4,3 bilhões no 2T16, com retomada

Leia mais

Nivelamento de Conceitos Contábeis

Nivelamento de Conceitos Contábeis Nivelamento de Conceitos Contábeis Demonstrações Contábeis Balanço Patrimonial - BP Demonstração de Resultado do Exercício - DRE Demonstração dos Fluxos de Caixa DFC Substituiu a Demonstração das Origens

Leia mais

resultados 2T08 25 de julho de 2008

resultados 2T08 25 de julho de 2008 resultados 2T08 25 de julho de 2008 1 mercado alvo CF&T - Brasil > Mercado Alvo 1 Receita Líquida (R$ bilhões, nominal) CAGR (2003-2007) = 15,9% 14 13,0 12 10 8 7,2 8,7 10,1 11,4 +13,2% 6 4 3,6 4,1 2 +12,0%

Leia mais

Teleconferência de Resultados 3T14

Teleconferência de Resultados 3T14 Teleconferência de Resultados 3T14 André B. Gerdau Johannpeter Diretor-Presidente e CEO André Pires de Oliveira Dias Vice-Presidente e Diretor de RI Construção de planta de perfis estruturais no México

Leia mais

Divulgação de Resultados 1T16. 06 de Maio de 2016

Divulgação de Resultados 1T16. 06 de Maio de 2016 Divulgação de Resultados 06 de Maio de 2016 Aviso Importante Algumas das afirmações aqui contidas se baseiam nas hipóteses e perspectivas atuais da administração da Companhia que poderiam ocasionar variações

Leia mais

resultados 3T08 24 de outubro de 2008

resultados 3T08 24 de outubro de 2008 resultados 3T08 1 24 de outubro de 2008 mercado alvo CF&T - Brasil > Mercado Alvo 1 Receita Líquida (R$ bilhões, nominal) CAGR (2003-2007) = 15,9% 14 12 10 8 6 7,2 8,7 10,1 11,4 +13,2% 13,0 5,7 6,4 4 +12,0%

Leia mais

Comentário do Desempenho

Comentário do Desempenho Gerdau S.A. Comentário do Desempenho Controladora 1T16 Desempenho no 1º trimestre Controladora A Gerdau S.A. é uma sociedade anônima de capital aberto, com sede no Rio de Janeiro, capital. A Companhia

Leia mais

Comentários de DESTAQUES FINANCEIROS E OPERACIONAIS - 4T12 E 2012

Comentários de DESTAQUES FINANCEIROS E OPERACIONAIS - 4T12 E 2012 São Paulo, 13 de maio de 2013 A Unidas S.A. anuncia os seus resultados do quarto trimestre de 2012 (4T12) e do ano de 2012. As informações financeiras são apresentadas em milhões de Reais, exceto quando

Leia mais

Grande base de clientes, com CRM visando a fidelização e retenção de clientes

Grande base de clientes, com CRM visando a fidelização e retenção de clientes 1 Pilares Estratégicos 1 Forte cultura corporativa, cujo principal foco é a valorização das pessoas 2 Plataforma de vendas integrada, com múltiplos canais de venda 3 Grande base de clientes, com CRM visando

Leia mais

DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS 1º Trimestre Coletiva de Imprensa 12 de Maio de 2016

DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS 1º Trimestre Coletiva de Imprensa 12 de Maio de 2016 DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS 1º Trimestre 2016 Coletiva de Imprensa 12 de Maio de 2016 Avisos Estas apresentações podem conter previsões acerca de eventos futuros. Tais previsões refletem apenas expectativas

Leia mais

Divulgação de Resultados do 4T12 e 2012

Divulgação de Resultados do 4T12 e 2012 Divulgação de Resultados do 4T12 e 2012 As informações financeiras são apresentadas em milhões de Reais, exceto quando indicado o contrário e, a partir de 2011, têm como base os números preliminares preparados

Leia mais

Localiza Rent a Car S.A.

Localiza Rent a Car S.A. Localiza Rent a Car S.A. Apresentação Institucional Setembro, 2014 1 Agenda 1. Visão geral da Companhia 2. Principais divisões de negócios Aluguel de carros Gestão de frotas Seminovos 3. Consolidado 4.

Leia mais

GPA e Viavarejo 18/10/2013 RESULTADOS 3T13

GPA e Viavarejo 18/10/2013 RESULTADOS 3T13 GPA e Viavarejo 18/10/2013 RESULTADOS 3T13 GPA Consolidado Destaques: Foco na expansão: abertura de 20 novas lojas no 3T13. Nos 9M13, foram abertas 78 lojas, o que representou 2,8% de aumento de área de

Leia mais

Conference Call Resultados 2T12. 8 de agosto de 2012

Conference Call Resultados 2T12. 8 de agosto de 2012 Conference Call Resultados 2T12 8 de agosto de 2012 Márcio Utsch 2 2T12: Crescimento em linha com o Plano Estratégico VOLUME DE VENDAS 1) Volume consolidado foi 10,9% maior: Mercado doméstico: cresceu

Leia mais

4T15 Apresentação de Resultados

4T15 Apresentação de Resultados Apresentação de Resultados 02 de Fevereiro de 2016 Tais declarações têm como base crenças e suposições de nossa Administração tomadas dentro do nosso melhor conhecimento e informações a que a Companhia

Leia mais

JBS S.A. JBS S.A. Resultado do 3º Trimestre de Reunião Pública com Analistas e Investidores 16 de novembro de 2009

JBS S.A. JBS S.A. Resultado do 3º Trimestre de Reunião Pública com Analistas e Investidores 16 de novembro de 2009 Resultado do 3º Trimestre de 2009 Reunião Pública com Analistas e Investidores 16 de novembro de 2009 JBS S.A. JBS S.A. Confiamos em Deus, respeitamos a natureza Apresentadores Joesley Mendonça Batista

Leia mais

Agenda. Brasil Cenário macroeconômico Earnings release 2T12

Agenda. Brasil Cenário macroeconômico Earnings release 2T12 Outubro, 2012 1 Agenda 1. Visão geral da Companhia 2. Principais divisões de negócios Aluguel de carros Aluguel de frotas Seminovos 3. Consolidado 4. Dívida e caixa 5. Apêndice Brasil Cenário macroeconômico

Leia mais

Divulgação de Resultados do 4T13 e 2013

Divulgação de Resultados do 4T13 e 2013 R$ milhões R$ milhões R$ milhões R$ milhões Divulgação de Resultados do 4T13 e 2013 As informações financeiras são apresentadas em milhões de Reais, exceto quando indicado o contrário e, a partir de 2011,

Leia mais

Apresentação de Resultados 3T16

Apresentação de Resultados 3T16 Estação de Tratamento de Esgoto Arrudas Apresentação de Resultados 3T16 11 de Novembro de 2016 AVISO Eventuais declarações que possam ser feitas durante esta apresentação, relativas às perspectivas de

Leia mais

Índice. e. Fontes de financiamento para capital de giro e para investimentos em ativos nãocirculantes

Índice. e. Fontes de financiamento para capital de giro e para investimentos em ativos nãocirculantes Formulário de Referência Item 10 Comentário dos Diretores Índice 10.1 Comentários dos diretores 01 a. Condições financeiras e patrimoniais gerais 01 b. Estrutura de capital e possibilidade de resgate de

Leia mais

ULTRAPAR ULTRAPAR. Grupo Santander Banespa Quarta Conferência Anual Junho/03

ULTRAPAR ULTRAPAR. Grupo Santander Banespa Quarta Conferência Anual Junho/03 ULTRAPAR ULTRAPAR Grupo Santander Banespa Quarta Conferência Anual Junho/03 de negócios ULTRAPAR ULTRAGAZ Distribuidora de GLP (gás de cozinha) no Brasil OXITENO Produtora de químicos e petroquímicos ULTRACARGO

Leia mais

Ambiente econômico nacional e internacional

Ambiente econômico nacional e internacional Ambiente econômico nacional e internacional Apresentação para elaboração do documento referencial 2015-19 no Ministério do Turismo Manoel Pires - MF Cenário internacional O mundo se recupera da crise,

Leia mais

Receita Bruta de R$ 103,6 milhões. Variação negativa de 2,5% na comparação com o 3T09;

Receita Bruta de R$ 103,6 milhões. Variação negativa de 2,5% na comparação com o 3T09; Apresentação Aviso Importante Esta apresentação pode incluir declarações que representem expectativas sobre eventos ou resultados futuros de acordo com a regulamentação de valores mobiliários brasileira

Leia mais

Teleconferência de resultados

Teleconferência de resultados Teleconferência de resultados 2 Aviso importante Este material foi preparado pela Linx S.A. ( Linx ou Companhia ) e pode incluir declarações que representem expectativas sobre eventos ou resultados futuros.

Leia mais

ReuniãoAPIMEC. São Paulo, 8 de dezembro, 2010

ReuniãoAPIMEC. São Paulo, 8 de dezembro, 2010 ReuniãoAPIMEC São Paulo, 8 de dezembro, 2010 Visão geral da Companhia QUEM SOMOS Líder mundial na fabricação de produtos têxteis de cama e banho para o lar Fundada em 1967 Líder no mercado brasileiro de

Leia mais

Resultados do 2T15 Agosto, 2015

Resultados do 2T15 Agosto, 2015 Resultados do Agosto, 2015 Destaques Operacional Redução de 0,61 p.p. nas perdas totais no vs., totalizando 9,3% FEC de 3,50 vezes, 14,6% menor do que no ; DEC de 9,97 horas, 22,2% maior do que Investimentos

Leia mais

RELATÓRIO DA ADMINISTRAÇÃO

RELATÓRIO DA ADMINISTRAÇÃO RELATÓRIO DA ADMINISTRAÇÃO Senhores acionistas, A CVC Brasil Operadora e Agência de Viagens S.A., ( CVC ou Companhia ) apresenta a seguir seu Relatório da Administração e as informações contábeis intermediárias

Leia mais

A Política Fiscal Brasileira em Tempos de Crise

A Política Fiscal Brasileira em Tempos de Crise Ministério da A Política Fiscal Brasileira em Tempos de Crise Encontro de Política Fiscal - FGV Ministro Guido Mantega Brasília, 7 de novembro de 2014 Antes de 2008, Brasil tinha Situação Fiscal Confortável

Leia mais

GRUPO TECHNOS ANUNCIA OS RESULTADOS DO 1º TRIMESTRE DE 2016

GRUPO TECHNOS ANUNCIA OS RESULTADOS DO 1º TRIMESTRE DE 2016 RESULTADO 1T16 GRUPO TECHNOS ANUNCIA OS RESULTADOS DO 1º TRIMESTRE DE 2016 Rio de Janeiro, 28 de abril de 2016 - As informações financeiras e operacionais a seguir são apresentadas em base consolidada,

Leia mais

ANEXO DE METAS FISCAIS PARA 2010

ANEXO DE METAS FISCAIS PARA 2010 ANEXO DE METAS FISCAIS PARA 2010 METAS RECEITAS DESPESAS VALORES VALORES CONSTANTES 2010 2010 2011 2011 PIB 2012 PIB 2012 PIB Nota : O cálculo das metas acima descritas foi realizado considerando-se o

Leia mais

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/ AMBEV S.A. Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/ AMBEV S.A. Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 5 Demonstração do Resultado 8 Demonstração do Resultado Abrangente

Leia mais

Teleconferência de resultados

Teleconferência de resultados Teleconferência de resultados 2 Aviso importante Este material foi preparado pela Linx S.A. ( Linx ou Companhia ) e pode incluir declarações que representem expectativas sobre eventos ou resultados futuros.

Leia mais

DIVULGAÇÃO DOS RESULTADOS DE 2014

DIVULGAÇÃO DOS RESULTADOS DE 2014 Relações com Investidores DIVULGAÇÃO DOS RESULTADOS DE 2014 Apresentação: José Rubens de la Rosa CEO José Antonio Valiati CFO & Diretor de Relações com Investidores Thiago Arrué Deiro Gerente Financeiro

Leia mais

Divulgação Resultados 1T09. Conference Call 2T12

Divulgação Resultados 1T09. Conference Call 2T12 Divulgação Resultados 1T09 Conference Call 2T12 Agenda Highlights Overview Iguatemi Projetos em Andamento- Resultados Guidance 2 Destaques Gerais 2T 2012 EBITDA de R$ 82,4 milhões com margem de 84,9% (+

Leia mais

AGENDA. Destaques. Desempenho Operacional. Desempenho Econômico- Financeiro. Perspectivas

AGENDA. Destaques. Desempenho Operacional. Desempenho Econômico- Financeiro. Perspectivas Disclaimer Nossas estimativas e declarações futuras têm por embasamento, em grande parte, expectativas atuais e projeções sobre eventos futuros e tendências financeiras que afetam ou podem afetar o nosso

Leia mais

Resultados do 4T15 e 2015

Resultados do 4T15 e 2015 Resultados do 4T15 e 2015 Rogério Melzi Presidente Virgílio Gibbon Diretor Financeiro e DRI Destaques 2015 Crescimento base de alunos (+15,2%) e Receita Líquida Recorrente (+23,4%) Crescimento sustentável

Leia mais

Luiz Augusto de Oliveira Candiota

Luiz Augusto de Oliveira Candiota Luiz Augusto de Oliveira Candiota Por que investir em ações agora?" Lacan Investimentos Índice Contexto Macroeconômico Por quê? Riscos Oportunidades Como? Gestão Ativa x Gestão Passiva [3] Contexto Macroeconômico

Leia mais

RELATÓRIO DA ADMINISTRAÇÃO 1T16

RELATÓRIO DA ADMINISTRAÇÃO 1T16 1) VISÃO GERAL DA COMPANHIA A Iochpe-Maxion é uma companhia global, líder mundial na produção de rodas automotivas, um dos principais produtores de componentes estruturais automotivos nas Américas e também

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 31/03/ ODONTOPREV S/A Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2. Balanço Patrimonial Ativo 3

ITR - Informações Trimestrais - 31/03/ ODONTOPREV S/A Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2. Balanço Patrimonial Ativo 3 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 5 Demonstração do Resultado 7 Demonstração do Resultado Abrangente

Leia mais

INDX apresenta alta de 2,67% em março

INDX apresenta alta de 2,67% em março INDX apresenta alta de 2,67% em março Dados de Março/11 Número 51 São Paulo O Índice do Setor Industrial (INDX), composto pelas ações mais representativas do segmento, encerrou o mês de março de 2010,

Leia mais

Resultado do 3 o Trimestre de 2016

Resultado do 3 o Trimestre de 2016 Resultado do 3 o Trimestre de 2016 Teleconferência - 11/11/2016 João Silveira - CEO Marcus Martino - CFO e Diretor de RI Disclaimers Esta apresentação contém informações sobre os negócios da Par Corretora,

Leia mais

25 de abril de 2016 LOJAS RENNER S.A. (BM&FBOVESPA: LREN3), maior varejista de moda no Brasil, anuncia seus resultados do primeiro trimestre (1T16).

25 de abril de 2016 LOJAS RENNER S.A. (BM&FBOVESPA: LREN3), maior varejista de moda no Brasil, anuncia seus resultados do primeiro trimestre (1T16). 25 de abril de 2016 LOJAS RENNER S.A. (BM&FBOVESPA: LREN3), maior varejista de moda no Brasil, anuncia seus resultados do primeiro trimestre (1T16). COMENTÁRIOS DA ADMINISTRAÇÃO Informações Consolidadas

Leia mais

Resultados 3T11. * Os dados da ANFAVEA não incluem mais os números da exportação de veículos desmontados (CKD).

Resultados 3T11. * Os dados da ANFAVEA não incluem mais os números da exportação de veículos desmontados (CKD). 1) DESTAQUES DO TERCEIRO TRIMESTRE DE 2011 Receita operacional líquida consolidada de R$ 827,0 milhões, um aumento de 35,3% em relação ao terceiro trimestre de 2010; Geração bruta de caixa (EBITDA) de

Leia mais

1. ANÁLISE DE DESEMPENHO OPERACIONAL DA AUTOBAN. Janeiro a Março/2013

1. ANÁLISE DE DESEMPENHO OPERACIONAL DA AUTOBAN. Janeiro a Março/2013 1. ANÁLISE DE DESEMPENHO OPERACIONAL DA AUTOBAN Janeiro a Março/2013 As informações financeiras e operacionais abaixo são apresentadas de acordo com a Legislação Societária e as comparações são referentes

Leia mais

Aviso. atualmente disponíveis para a Companhia.

Aviso. atualmente disponíveis para a Companhia. Aviso Eventuais declarações que possam ser feitas durante esta apresentação, relativas às perspectivas de negócios da Companhia, projeções e metas operacionais e financeiras, constituem se em crenças e

Leia mais

Resultado Consolidado Resultados refletem Eficiência Operacional e Estratégia de Sucesso

Resultado Consolidado Resultados refletem Eficiência Operacional e Estratégia de Sucesso Resultado Consolidado 2010 Resultados refletem Eficiência Operacional e Estratégia de Sucesso Aviso Legal As demonstrações financeiras individuais e consolidadas foram elaboradas de acordo com as práticas

Leia mais

Apresentação do Roadshow Teleconferência de Resultados 2T16

Apresentação do Roadshow Teleconferência de Resultados 2T16 Apresentação do Roadshow Teleconferência de Resultados 2T16 1 Nota Importante As declarações a respeito de perspectivas futuras sobre os negócios e projeções de resultados operacionais e financeiros da

Leia mais

Apresentação dos Resultados do 1º Trimestre 2009

Apresentação dos Resultados do 1º Trimestre 2009 Slide 1 Apresentação dos Resultados do 1º Trimestre 2009 Conference Call 19/05/2009 16:00 horas Slide 2 Destaques do Trimestre Márcio Utsch CEO 1 OPERAÇÕES NACIONAIS Slide 3 1º TRIMESTRE 2009 Varejo de

Leia mais

Brasil: Conjuntura e Perspectivas. Prof. Dr. Fernando Sarti

Brasil: Conjuntura e Perspectivas. Prof. Dr. Fernando Sarti Brasil: Conjuntura e Perspectivas Prof. Dr. Fernando Sarti Centro Altos Estudos Brasil Século XXI - UNICAMP Fundação Desenvolvimento da Unicamp-FUNCAMP Brasília, Se da Andifes, 25 fevereiro 2016 Estrutura

Leia mais

Resultados do 3T13. 7 de Novembro de 2013

Resultados do 3T13. 7 de Novembro de 2013 Resultados do 7 de Novembro de 2013 2 Grupo Eucatex Destaques Gerais do Receita Líquida R$ 292,9 milhões, crescimento de 17,5% EBITDA Recorrente R$ 60,7 milhões, aumento de 22,9% Margem EBITDA 20,7%, elevação

Leia mais

ULTRAPAR PARTICIPAÇÕES S.A.

ULTRAPAR PARTICIPAÇÕES S.A. MD&A - ANÁLISE DOS RESULTADOS CONSOLIDADOS Primeiro Trimestre 2012 (1) Informações financeiras selecionadas: (R$ milhões) 1º Tri 12 1º Tri 11 4º Tri 11 Variação 1T12 X 1T11 Variação 1T12 X 4T11 Receita

Leia mais

Resultados do ano de 2008

Resultados do ano de 2008 Resultados do ano de 2008 Disclaimer Esta apresentação pode incluir declarações que representem expectativas sobre eventos ou resultados futuros de acordo com a regulamentação de valores mobiliários brasileira

Leia mais

ULTRAPAR PARTICIPAÇÕES S.A.

ULTRAPAR PARTICIPAÇÕES S.A. ULTRAPAR PARTICIPAÇÕES S.A. (BOVESPA:UGPA4/NYSE: UGP) INFORMAÇÕES E RESULTADOS DO PRIMEIRO TRIMESTRE DE 2006 (São Paulo, Brasil, 10 de maio de 2006) Diversas iniciativas gerenciais de contenção de custos

Leia mais

EBITDA atinge R$60,7 milhões no 1T16 com Margem EBITDA de 61,1%, ambos recordes históricos para a Companhia

EBITDA atinge R$60,7 milhões no 1T16 com Margem EBITDA de 61,1%, ambos recordes históricos para a Companhia Resultados 1T16 EBITDA atinge R$60,7 milhões no 1T16 com Margem EBITDA de 61,1%, ambos recordes históricos para a Companhia Belo Horizonte, 26 de abril de 2016 - A Companhia de Locação das Américas (Locamerica)

Leia mais

Resultado do 1 o Trimestre de 2016

Resultado do 1 o Trimestre de 2016 Resultado do 1 o Trimestre de 2016 Teleconferência - 12/05/2016 João Silveira - CEO João Villas - CFO e Diretor de RI Disclaimers Esta apresentação contêm informações sobre os negócios da Par Corretora,

Leia mais

CET - BALANÇO PATRIMONIAL EM 28 DE FEVEREIRO DE 2011 (Em R$ Mil)

CET - BALANÇO PATRIMONIAL EM 28 DE FEVEREIRO DE 2011 (Em R$ Mil) CNPJ 47.902.648/0001-17 CET - BALANÇO PATRIMONIAL EM 28 DE FEVEREIRO DE 2011 ATIVO PASSIVO ATIVO CIRCULANTE PASSIVO CIRCULANTE Caixa e Bancos 46 Fornecedores 41.785 Aplicações Financeiras 5.541 Provisão

Leia mais

AGENDA DESEMPENHO FINANCEIRO NOSSO NEGÓCIO VANTAGENS COMPETITIVAS OPORTUNIDADES

AGENDA DESEMPENHO FINANCEIRO NOSSO NEGÓCIO VANTAGENS COMPETITIVAS OPORTUNIDADES Dezembro de 2015 1 DISCLAIMER Esta apresentação pode incluir declarações que representem expectativas sobre eventos ou resultados futuros de acordo com a regulamentação de valores mobiliários brasileira

Leia mais

Teleconferência de Resultados do 2T15 14 de agosto, 2015

Teleconferência de Resultados do 2T15 14 de agosto, 2015 Teleconferência de Resultados do 2T15 14 de agosto, 2015 Disclaimer O material divulgado pela Companhia reflete as expectativas dos administradores e poderá conter estimativas sobre eventos futuros. Quaisquer

Leia mais

Gas Brasiliano Distribuidora S.A.

Gas Brasiliano Distribuidora S.A. Balanço patrimonial em 31 de março (não auditado) Ativo 2016 2015 Passivo e patrimônio líquido 2016 2015 Circulante Circulante Caixa e equivalentes de caixa 78.050 132.536 Fornecedores 23.096 19.064 Contas

Leia mais

ISBE 3 - Uberlândia Novo INSTRUÇÕES DA PROVA

ISBE 3 - Uberlândia Novo INSTRUÇÕES DA PROVA Assinatura: Nº Questão: 5 INSTRUÇÕES DA PROVA A prova é individual e intransferível, confira os seus dados. Responda dentro da área reservada ao aluno. Não escreva fora das margens ou atrás da folha. Textos

Leia mais

Resultados 3º Trimestre de de Outubro de 2016

Resultados 3º Trimestre de de Outubro de 2016 Resultados 3º Trimestre de 2016 28 de Outubro de 2016 3T16: Receita líquida: R$ 15,1 bilhões EBITDA ajustado (1) : R$ 619 milhões Número de lojas: 2.089 (2) Inclui R$ 1.824 milhões de recebíveis de cartão

Leia mais

Perspectivas econômicas

Perspectivas econômicas Perspectivas econômicas 5º seminário Abecip Ilan Goldfajn Economista-chefe e Sócio Itaú Unibanco Maio, 2015 2 Roteiro Recuperação em curso nas economias desenvolvidas. O Fed vem adiando o início do ciclo

Leia mais

ANÁLISE DAS DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS. Aula 9- Unidade II - A análise tradicional das demonstrações contábeis. Prof.

ANÁLISE DAS DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS. Aula 9- Unidade II - A análise tradicional das demonstrações contábeis. Prof. ANÁLISE DAS DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS Aula 9- Unidade II - A análise tradicional das demonstrações contábeis Prof.: Marcelo Valverde Unidade II. Análise tradicional das demonstrações contábeis 2.4. Análise

Leia mais

CAMBUCI S.A. Resultado do 1º trimestre de 2014

CAMBUCI S.A. Resultado do 1º trimestre de 2014 Resultado do 1º trimestre de 2014 São Paulo, 09 de Maio de 2014 A CAMBUCI (BM&FBOVESPA: CAMB4), divulga o resultado acumulado do 1º trimestre de 2014. As informações são apresentadas de forma consolidada

Leia mais

Contabilidade CRISE. Planejamento Financeiro 25/08/2016. Escreve, oficializa É a ciência que registra os

Contabilidade CRISE. Planejamento Financeiro 25/08/2016. Escreve, oficializa É a ciência que registra os CRISE Contabilidade Escreve, oficializa É a ciência que registra os Possuem denominador financeiro comum acontecimentos verificados no patrimônio de uma entidade Conjunto de bens direitos e obrigações

Leia mais

7. Análise da Viabilidade Econômica de. Projetos

7. Análise da Viabilidade Econômica de. Projetos 7. Análise da Viabilidade Econômica de Projetos 7. Análise da Viabilidade Econômica de Terminologia em Custos: Gasto Investimento Custo Despesa Perda Desembolso 1 7. Análise da Viabilidade Econômica de

Leia mais

Teleconferência de Resultados 3T de Novembro de 2016 Relações com Investidores

Teleconferência de Resultados 3T de Novembro de 2016 Relações com Investidores Teleconferência de Resultados 11 de Novembro de 2016 Relações com Investidores 1 Disclaimer Este material constitui uma apresentação de informações gerais sobre a Marfrig Global Foods S.A. e suas controladas

Leia mais

LUCRATIVIDADE : CRESCER, SOBREVIVER OU MORRER

LUCRATIVIDADE : CRESCER, SOBREVIVER OU MORRER LUCRATIVIDADE : CRESCER, SOBREVIVER OU MORRER SALVADOR SERRATO salvadors@sebraesp.com.br O SEBRAE E O QUE ELE PODE FAZER PELO SEU NEGÓCIO Orientar na implantação e no desenvolvimento de seu negócio de

Leia mais

resultados 3T09 23 de outubro de 2009

resultados 3T09 23 de outubro de 2009 resultados 3T09 23 de outubro de 2009 1 mercado alvo CF&T - Brasil > Mercado Alvo 1 Receita Líquida (R$ bilhões, nominal) CAGR (2004-2008) = 15,0% 16,0 15,2 14,0 13,0 12,0 11,5 10,0 8,0 8,7 10,1 +17,3%

Leia mais

LOCALIZA RENT A CAR S.A.

LOCALIZA RENT A CAR S.A. LOCALIZA RENT A CAR S.A. 2ª Emissão Pública de Debêntures Junho 2007 1 Agenda A Localiza Rent a Car Oportunidades de crescimento e Vantagens competitivas Informações Financeiras e Operacionais A Emissão

Leia mais

Localiza Rent a Car e o Mercado de Capitais FIEMG / APIMEC-MG

Localiza Rent a Car e o Mercado de Capitais FIEMG / APIMEC-MG Localiza Rent a Car e o Mercado de Capitais FIEMG / APIMEC-MG Dezembro de 2005 O Mercado de capitais brasileiro ressurgiu em 2004... ... com inúmeras aberturas de capital Fazer a abertura de capital é

Leia mais

* Sujeito à aprovação dos Órgãos Reguladores. Aquisição do HSBC Brasil * 03 de Agosto de 2015

* Sujeito à aprovação dos Órgãos Reguladores. Aquisição do HSBC Brasil * 03 de Agosto de 2015 * Sujeito à aprovação dos Órgãos Reguladores Aquisição do HSBC Brasil * 03 de Agosto de 2015 Destaques da transação Ativo único 5,0 milhões de correntistas e mais de R$61 bilhões em depósitos Presença

Leia mais

Desempenho no 3º trimestre de 2016 Controladora

Desempenho no 3º trimestre de 2016 Controladora Desempenho no 3º trimestre Controladora A Metalúrgica Gerdau S.A. é uma empresa holding que controla direta ou indiretamente todas as empresas Gerdau no Brasil e no exterior. É uma sociedade anônima de

Leia mais

Os Valores financeiros estão em R$ Milhões, a menos que indicado de outra forma. Dados financeiros refletem a adoção do IFRS.

Os Valores financeiros estão em R$ Milhões, a menos que indicado de outra forma. Dados financeiros refletem a adoção do IFRS. Algumas declarações e estimativas contidas neste material podem representar expectativas sobre eventos ou resultados futuros que estão sujeitas a riscos e incertezas ambos conhecidos e desconhecidos. Não

Leia mais

Contabilidade na crise: O impacto da política monetária na preparação dos balanços e seus reflexos para acionistas. Edison Carlos Fernandes

Contabilidade na crise: O impacto da política monetária na preparação dos balanços e seus reflexos para acionistas. Edison Carlos Fernandes Contabilidade na crise: O impacto da política monetária na preparação dos balanços e seus reflexos para acionistas Edison Carlos Fernandes Esta exposição não trata ou propõe teoria sobre política econômica;

Leia mais

Reunião Pública com Analistas e Investidores

Reunião Pública com Analistas e Investidores 2014 Reunião Pública com Analistas e Investidores Grupo São Martinho 300.000 Ha Área agrícola de colheita 4 usinas São Martinho, Iracema, Santa Cruz e Boa Vista 20 milhões de toneladas Capacidade de processamento

Leia mais

4T14 APRESENTAÇÃO DE RESULTADOS

4T14 APRESENTAÇÃO DE RESULTADOS 4T14 APRESENTAÇÃO DE RESULTADOS 29 de Janeiro de 2014 AVISO LEGAL A COMPANHIA FAZ DECLARAÇÕES SOBRE EVENTOS FUTUROS QUE ESTÃO SUJEITAS A RISCOS E INCERTEZAS Tais declarações têm como base crenças e suposições

Leia mais

Lucratividade: Crescer, Sobreviver ou Morrer

Lucratividade: Crescer, Sobreviver ou Morrer Lucratividade: Crescer, Sobreviver ou Morrer Foco da Palestra Orientar e esclarecer os conceitos de Lucratividade e a importância para existência e sucesso das empresas. Proporcionar aos participantes

Leia mais

Divulgação de Resultado 1T15

Divulgação de Resultado 1T15 Divulgação de Resultado 1T15 1 Dados de mercado em 07/05/2015 Cotação: R$2,35 Valor de Mercado: R$155.302.955,40 T e l e c o n f e r ê n c i a 1T15 Teleconferência em português 08 de maio de 2015 Sexta-feira,

Leia mais