Projeto de Leitura da Biblioteca 2015 Biblioteca do CEU Azul da Cor do Mar Prof. Jossei Toda

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Projeto de Leitura da Biblioteca 2015 Biblioteca do CEU Azul da Cor do Mar Prof. Jossei Toda"

Transcrição

1 Biblioteca do CEU Azul da Cor do Mar Prof. Jossei Toda Inserida no Projeto Quem Lê Sabe Por quê, Encontro Polo, 25 de novembro de 2014 Secretaria Municipal de Educação-SP Coordenação Território CEU / Projetos Especiais Diretoria de Orientação Técnica - DOT

2 A Biblioteca, o CEU e seu entorno Cidade A. E. Carvalho e Jardim Vila Nova Entre Itaquera, Artur Alvim e Ponte Rasa; Bairros irregulares, locais de invasão e habitações de risco. CEU Azul da Cor do Mar Professor Jossei Toda Pertencente à DRE Itaquera; Finalizado em outubro de 2008; Atendendo a região de aproximadamente 100 mil habitantes. Aproximadamente 57m 2 ; 8 mil livros; Equipe e sua comunidade; Muitas boas histórias para contar...

3 Justificativas * Biblioteca e sua comunidade: lutas de ontem, de hoje e de amanhã; * Baixa frequência de práticas de leitura e escrita; * Baixa frequência ou ausência de interações em situações de leitura e escrita na vida cotidiana. * Uma Biblioteca Pública é para todos; * Crianças, adolescentes, jovens, adultos e idosos; * Tantos quanto possível (o céu é o limite!). Objetivo geral: * Oferecer à comunidade condições propícias à apropriação da cultura escrita (leitura-escrita), e à reflexão que esta proporciona. Objetivos Específicos: * Proporcionar momentos de interação com práticas de leitura e escrita; * Fomentar práticas de leitura e a escrita; * Aproximar a leitura e a escrita do cotidiano dos diferentes grupos.

4 Ações para cada subgrupo Se Joga Para crianças e adolescentes; Feira de Troca de Livros Para todas as idades; BiblioPonto de Encontro Para todas as idades; Conta uma história pra mim Para crianças e idosos; Concurso Literário Para todas as idades.

5 Se Joga Atividades lúdicas, com jogos e acompanhamento de um bibliotecário, visando também a estimular comportamento social positivo, desenvolvimento de alguns aspectos da cognição. Objetivo é estimular o desenvolvimento de aspectos da cognição (percepção, criatividade, pensamento abstrato, etc.), desenvolvidas por: * Crianças da Comunidade.

6 Feira de Troca de Livros Visando facilitar para a diversificação dos acervos pessoais dos leitores do entorno. Objetivo é contribuir para a circulação dos diversos títulos entre os participantes / leitores da Comunidade do CEU Azul da Cor do Mar. O espaço e alguns dos recursos da biblioteca, bem como sua equipe estarão disponíveis para realização de atividades e projetos de arte, cultura e educação, desenvolvidas por: * Professores com suas respectivas turmas de unidades escolares da região; * Especialistas de Educação Física na Gestão do CEU; * Turmas de Oficinas, Cursos Profissionalizantes, Extracurriculares, Vocacionais, etc; * ONGs, Associações ou outros grupos semelhantes.

7 BiblioPonto de Encontro Utilização do espaço e recursos da biblioteca pela comunidade com a realização de eventos, reuniões, atividades educativas, etc. Objetivo é fortalecer vínculos com sua comunidade e incentivar o protagonismo. O espaço e alguns dos recursos da biblioteca, bem como sua equipe estarão disponíveis para realização de atividades e projetos de arte, cultura e educação, desenvolvidas por: * Professores com suas respectivas turmas de unidades escolares da região; * Especialistas de Educação Física na Gestão do CEU; * Turmas de Oficinas, Cursos Profissionalizantes, Extracurriculares, Vocacionais, etc; * ONGs, Associações ou outros grupos semelhantes.

8 Conta uma história pra mim Mediação de Leitura individualizada. Objetivo é fortalecer vínculos com sua comunidade e incentivar o protagonismo. O espaço e alguns dos recursos da biblioteca, bem como sua equipe estarão disponíveis para realização de atividades e projetos de arte, cultura e educação, desenvolvidas por: * Professores com suas respectivas turmas de unidades escolares da região; * Especialistas de Educação Física na Gestão do CEU; * Turmas de Oficinas, Cursos Profissionalizantes, Extracurriculares, Vocacionais, etc; * ONGs, Associações ou outros grupos semelhantes.

9 Concurso Literário Atividades de incentivo à leitura e escrita. Objetivo é estimular o protagonismo na comunidade, incentivando também a leitura e a escrita de textos literários, junto com o compartilhamento das produções e experiências, desenvolvidas por: * Toda a Comunidade (CEU, Entorno, Pequenos e Grandes leitores).

10 Metodologia e Avaliação das Ações...

11 Equipe Andréia de Souza Lira Coordenadora de Projetos da Biblioteca; Cássia dos Santos Marostica Especialista em Inf. Téc., Cult. e Desp./Biblioteca; Solange Mendes e Silva Santos Especialista em Inf. Téc., Cult. e Desp./Biblioteca.

IBGE: HABITANTES URBANA: RURAL: AREA 350 KM² 56 comunidades 8 bairros

IBGE: HABITANTES URBANA: RURAL: AREA 350 KM² 56 comunidades 8 bairros IBGE: 2010 16.034 HABITANTES URBANA: 9.871 RURAL:6.150 AREA 350 KM² 56 comunidades 8 bairros Nº Famílias referenciadas: 540 famílias Nº Famílias acompanhadas em grupos: 190 famílias. 1 Coordenadora: 40

Leia mais

Legislação Educacional - RME

Legislação Educacional - RME Diário Oficial de 16/07/2013 página 34 COMUNICADO Nº 990, DE 15 DE JULHO DE 2013 O Secretário Municipal de Educação, no uso de suas atribuições legais, conforme o que lhe representou a Diretora da Diretoria

Leia mais

Agrupamento de Escolas de Diogo Cão. Biblioteca Escolar. (sede) PLANO DE ACTIVIDADES

Agrupamento de Escolas de Diogo Cão. Biblioteca Escolar. (sede) PLANO DE ACTIVIDADES Agrupamento de Escolas de Diogo Cão Biblioteca Escolar (sede) PLANO DE ACTIVIDADES Os poetas e os romancistas são aliados preciosos, e o seu testemunho merece a mais alta consideração, porque eles conhecem,

Leia mais

ENCONTROS DE FORMAÇÃO DE JOVENS MEDIADORES DE LEITURA

ENCONTROS DE FORMAÇÃO DE JOVENS MEDIADORES DE LEITURA PREFEITURA DE SÃO PAULO SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DIRETORIA REGIONAL DE EDUCAÇÃO SÃO MATEUS DIVISÃO PEDAGÓGICA NÚCLEO SALA E ESPAÇOS DE LEITURA ENCONTROS DE FORMAÇÃO DE JOVENS MEDIADORES DE LEITURA

Leia mais

1º Período. Escola Básica do 1º Ciclo com Jardim de Infância Eng. Ressano Garcia PLANO ANUAL DE ACTIVIDADES - 1º CEB

1º Período. Escola Básica do 1º Ciclo com Jardim de Infância Eng. Ressano Garcia PLANO ANUAL DE ACTIVIDADES - 1º CEB Básica do 1º Ciclo com Eng. Ressano Garcia 1º Período Sessões de abertura do ano lectivo: - Reuniões com os Pais/ Encarregados de Educação. - Promover estratégias que visem a integração dos diferentes

Leia mais

Futuro Integral. Categoria do projeto: III Projetos finalizados (projetos encerrados) Nome da Instituição/Empresa: SESC Parana Unidade Apucarana

Futuro Integral. Categoria do projeto: III Projetos finalizados (projetos encerrados) Nome da Instituição/Empresa: SESC Parana Unidade Apucarana Futuro Integral Mostra Local de: Apucarana (Municípios do Vale do Ivaí) Categoria do projeto: III Projetos finalizados (projetos encerrados) Nome da Instituição/Empresa: SESC Parana Unidade Apucarana Cidade:

Leia mais

O número de alfabetizandos que vai à sede para realizar as oficinas mostrou-se em significativo crescimento, acontecendo quase que diariamente.

O número de alfabetizandos que vai à sede para realizar as oficinas mostrou-se em significativo crescimento, acontecendo quase que diariamente. RELATÓRIO PREVISTO E REALIZADO PROJETO VARGEM GRANDE: COMUNIDADE SAUDÁVEL ABRIL 2016 1. INTRODUÇÃO Durante o mês de abril, o projeto apresentou grande movimento, em especial das crianças e adolescentes,

Leia mais

RELATÓRIO PREVISTO E REALIZADO PROJETO VARGEM GRANDE: COMUNIDADE SAUDÁVEL AGOSTO INTRODUÇÃO

RELATÓRIO PREVISTO E REALIZADO PROJETO VARGEM GRANDE: COMUNIDADE SAUDÁVEL AGOSTO INTRODUÇÃO RELATÓRIO PREVISTO E REALIZADO PROJETO VARGEM GRANDE: COMUNIDADE SAUDÁVEL AGOSTO 2016 1. INTRODUÇÃO Neste mês, inúmeras transformações aconteceram no projeto. Temos um grande desafio: a mudança de endereço

Leia mais

Projecto Baú de Leitura 2016/ 2017 Concelho de Santa Cruz ENQUADRAMENTO GERAL

Projecto Baú de Leitura 2016/ 2017 Concelho de Santa Cruz ENQUADRAMENTO GERAL ENQUADRAMENTO GERAL O Projeto Baú de Leitura iniciou-se no ano letivo 2001/2002 e atualmente tem como coordenador geral do 1ºciclo e pré-escolar o Dr. João Correia EB1/PE do Caniço e como coordenadora

Leia mais

PROJETO BRINQUEDOTECA PALMAS

PROJETO BRINQUEDOTECA PALMAS PROJETO BRINQUEDOTECA PALMAS INTRODUÇÃO A Brinquedoteca constitui-se em espaço preparado para estimular o educando a brincar, possibilitando o acesso a uma grande variedade de brinquedos, dentro de um

Leia mais

Informativo. Mundo do Trabalho. Rede AICA. Percurso: Abril 2017

Informativo. Mundo do Trabalho. Rede AICA. Percurso: Abril 2017 Informativo Rede de Atendimento Integrado à Criança e ao Adolescente Rede AICA Abril 2017 www.redeaica.org.br facebook/redeaica (27) 3338-5575 Percurso: Mundo do Trabalho O conhecimento sobre o mundo do

Leia mais

CONEXÕES CRIATIVAS - BETIM Projetos inseridos na Lei Rouanet de Incentivo à Cultura

CONEXÕES CRIATIVAS - BETIM Projetos inseridos na Lei Rouanet de Incentivo à Cultura CONEXÕES CRIATIVAS - BETIM Projetos inseridos na Lei Rouanet de Incentivo à Cultura. Conexões para transformar www.planetacultura.com.br Introdução O que é o Conexões Criativas - Betim? Conhecendo o PTB

Leia mais

Agrupamento de Escolas de Pampilhosa Plano de Actividades do Núcleo de Estágio de Matemática Ano lectivo 2006 / 2007

Agrupamento de Escolas de Pampilhosa Plano de Actividades do Núcleo de Estágio de Matemática Ano lectivo 2006 / 2007 Agrupamento de Escolas de Pampilhosa Plano de Actividades do Núcleo de Estágio de Matemática Ano lectivo 2006 / 2007 Actividades Objectivos Descrição Dinamizadores Intervenientes Cartas Tio Papel Palestra

Leia mais

Atividades Extraclasse

Atividades Extraclasse Atividades Extraclasse No Marista Ipanema, o estudante também aprende e desenvolve habilidades além da sala de aula. As turmas das Atividades Extraclasse, para cada modalidade, são divididas de acordo

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE VILA NOVA DE FAMALICÃO PLANO DE ATIVIDADES DO

CÂMARA MUNICIPAL DE VILA NOVA DE FAMALICÃO PLANO DE ATIVIDADES DO PLANO DE ATIVIDADES DO SERVIÇO EDUCATIVO DA CULTURA 2012/2013 BIBLIOTECA MUNICIPAL CAMILO CASTELO BRANCO Coordenador do espaço cultural: Dra. Carla Araújo Contactos Avenida Dr. Carlos Bacelar Apart. 154

Leia mais

Turma Dia Horário Valor Vagas Público. Futebol 7. Turma Dia Horário Valor Vagas Público. Turma Dia Horário Valor Vagas Público

Turma Dia Horário Valor Vagas Público. Futebol 7. Turma Dia Horário Valor Vagas Público. Turma Dia Horário Valor Vagas Público Esportes Futsal, Futebol 7, Handebol, Vôlei e Basquete O que desenvolvem? Habilidades físicas e motoras, sociabilidade, trabalho em equipe, respeito às regras do jogo, compreensão de como trabalhar em

Leia mais

PLANO GESTÃO Números de alunos da escola e sua distribuição por turno, ano e turma.

PLANO GESTÃO Números de alunos da escola e sua distribuição por turno, ano e turma. PLANO GESTÃO 2016 1. Identificação da Unidade Escolar E.E. Professora Conceição Ribeiro Avenida Sinimbu, s/nº - Jardim Vista Alegre Cep: 13056-500 Campinas/SP 1.1 Equipe Gestora Diretor: Sueli Guizzo Bento

Leia mais

REGULAMENTO DA BRINQUEDOTECA - CURSO DE PEDAGOGIA

REGULAMENTO DA BRINQUEDOTECA - CURSO DE PEDAGOGIA REGULAMENTO DA BRINQUEDOTECA - CURSO DE PEDAGOGIA 2017 Página 1 de 5 REGULAMENTO DA BRINQUEDOTECA DO CURSO DE PEDAGOGIA 001/2017 Capítulo I Princípios e Diretrizes Art 1º. A Brinquedoteca do Curso de Pedagogia

Leia mais

Rede Bibliotecas de Braga

Rede Bibliotecas de Braga Rede Bibliotecas de Braga Reunião concelhia 28 de junho CIBE Regina Campos Assuntos da reunião Informações Plano anual de atividades Outros assuntos Documentos de avaliação 1. Base de Dados 2. Relatório

Leia mais

A atuação do Bibliotecário Escolar: perfil, desafio e dilemas éticos. Hivellyse Rodrigues CRB 14/1011

A atuação do Bibliotecário Escolar: perfil, desafio e dilemas éticos. Hivellyse Rodrigues CRB 14/1011 A atuação do Bibliotecário Escolar: perfil, desafio e dilemas éticos Hivellyse Rodrigues CRB 14/1011 Biblioteca Escolar: espaço de aprendizagem e formação A biblioteca escolar é um espaço oferecido pela

Leia mais

MAPEAMENTO COMUNITÁRIO

MAPEAMENTO COMUNITÁRIO MAPEAMENTO COMUNITÁRIO COMUNIDADE 1. Mapa do entorno da escola: Levantamento a pé das oportunidades e potenciais educativos e de rede de atendimento a crianças e adolescentes em um raio de 1km da escola.

Leia mais

E.M.E.F. ANTONIO DUARTE DE ALMEIDA CULTURA E LAZER DO CÉU AZUL DA COR DO MAR

E.M.E.F. ANTONIO DUARTE DE ALMEIDA CULTURA E LAZER DO CÉU AZUL DA COR DO MAR E.M.E.F. ANTONIO DUARTE DE ALMEIDA CULTURA E LAZER DO CÉU AZUL DA COR DO MAR Trabalho apresentado para a conclusão do ciclo autoral. Vitoria Costa dos Santos Ana Caroline de Oliveira Luana Mendes Stephany

Leia mais

Plano de Trabalho e Relatório de atividades. Justificativa:

Plano de Trabalho e Relatório de atividades. Justificativa: Plano de Trabalho e Relatório de atividades Justificativa: Nova Campinas é uma comunidade carente de infraestrutura e de serviços como a pratica de esporte, lazer, cultura, cursos, etc. A Fundação Jesus

Leia mais

Agrupamento de Escolas de Águeda PLANO DE ATIVIDADES Biblioteca Escolar 2013/2014 PLANO DE ATIVIDADES 2013/2014

Agrupamento de Escolas de Águeda PLANO DE ATIVIDADES Biblioteca Escolar 2013/2014 PLANO DE ATIVIDADES 2013/2014 PLANO DE ATIVIDADES 2013/2014 1 DOMÍNIO A Apoio ao desenvolvimento curricular SUBDOMÍNIO: A.1. Curricular da BE com as Estruturas de Coordenação Educativa e Supervisão Pedagógica e os Docentes Escola/comunid.

Leia mais

Jardim de Infância Professor António José Ganhão

Jardim de Infância Professor António José Ganhão Jardim de Infância Professor António José Ganhão Jardim de Infância da Lezíria Jardim de Infância do Centro Escolar de Samora Correia Jardim de Infância do Centro Escolar de Porto Alto Jardim de Infância

Leia mais

- estabelecer um ambiente de relações interpessoais que possibilitem e potencializem

- estabelecer um ambiente de relações interpessoais que possibilitem e potencializem O desenvolvimento social e cognitivo do estudante pressupõe que ele tenha condições, contando com o apoio dos educadores, de criar uma cultura inovadora no colégio, a qual promova o desenvolvimento pessoal

Leia mais

ASSOCIAÇÃO CATARINENSE DE ENSINO FACULDADE GUILHERME GUIMBALA CURSO DE PSICOLOGIA CLAUDIA RIOS NILSETE CAMPOS BRANCO NOELI MARTINS

ASSOCIAÇÃO CATARINENSE DE ENSINO FACULDADE GUILHERME GUIMBALA CURSO DE PSICOLOGIA CLAUDIA RIOS NILSETE CAMPOS BRANCO NOELI MARTINS ASSOCIAÇÃO CATARINENSE DE ENSINO FACULDADE GUILHERME GUIMBALA CURSO DE PSICOLOGIA CLAUDIA RIOS NILSETE CAMPOS BRANCO NOELI MARTINS PROJETO DE ESTÁGIO CASA BRASIL NORTE PROFESSORA ROSNELDA PONICK JOINVILLE

Leia mais

DIRETORIA DE DESENVOLVIMENTO DE POLÍTICAS ESTUDANTIS, CULTURAIS E ESPORTIVAS COORDENAÇÃO DE POLÍTICAS CULTURAIS E DIVERSIDADE

DIRETORIA DE DESENVOLVIMENTO DE POLÍTICAS ESTUDANTIS, CULTURAIS E ESPORTIVAS COORDENAÇÃO DE POLÍTICAS CULTURAIS E DIVERSIDADE DIRETORIA DE DESENVOLVIMENTO DE POLÍTICAS ESTUDANTIS, CULTURAIS E ESPORTIVAS COORDENAÇÃO DE POLÍTICAS CULTURAIS E DIVERSIDADE EDITAL N. 60, Instituto Federal Fluminense, de 4 de abril de 2017. PROCESSO

Leia mais

Rede Mobilizadores. Elaboração de Projetos Sociais: aspectos gerais

Rede Mobilizadores. Elaboração de Projetos Sociais: aspectos gerais Atividade Final: Elaboração de Pré-Projeto Aluno: Maurício Francheschis Negri 1 Identificação do Projeto Rede Mobilizadores Elaboração de Projetos Sociais: aspectos gerais Um dia na escola do meu filho:

Leia mais

REGULAMENTO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO. Licenciatura EM educação básica intercultural TÍTULO I DA CARACTERIZAÇÃO

REGULAMENTO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO. Licenciatura EM educação básica intercultural TÍTULO I DA CARACTERIZAÇÃO REGULAMENTO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO Licenciatura EM educação básica intercultural TÍTULO I DA CARACTERIZAÇÃO Artigo 1º - O Estágio Supervisionado de que trata este regulamento refere-se à formação de

Leia mais

O PAPEL SOCIAL DO BIBLIOTECÁRIO: bullyng versus o patinho feio

O PAPEL SOCIAL DO BIBLIOTECÁRIO: bullyng versus o patinho feio Powered by TCPDF (www.tcpdf.org) O PAPEL SOCIAL DO BIBLIOTECÁRIO: bullyng versus o patinho feio Marcela Tavares de Freitas (UFMT) - mfreitaslima@hotmail.com Mariza Ines da Silva Pinheiro (UFMT) - mariza.ines@terra.com.br

Leia mais

PLANO ANUAL DE ACTIVIDADES

PLANO ANUAL DE ACTIVIDADES PLANO ANUAL DE ACTIVIDADES Departamento: BIBLIOTECA ESCOLAR Eio de Intervenção: (Nº) 1;2 Plano Melhoria: Ação/Atividade Objetivos Coordenador/ Colaboradores Público-alvo Calendarização Actividade CNL Actividade

Leia mais

Ano Letivo 2016/2017 BIBLIOTECA ESCOLAR REGIMENTO INTERNO

Ano Letivo 2016/2017 BIBLIOTECA ESCOLAR REGIMENTO INTERNO Ano Letivo 2016/2017 BIBLIOTECA ESCOLAR REGIMENTO INTERNO ANEXO 1 BIBLIOTECA ESCOLAR REGIMENTO INTERNO 2016-2017 ÍNDICE OBJETO... Erro! Marcador não definido. 1 DEFINIÇÃO... 2 2 OBJETIVOS... 2 3 ACESSO...

Leia mais

ENTREVISTA AO EDUCADOR

ENTREVISTA AO EDUCADOR ENTREVISTA AO EDUCADOR I Caracterização do Educador Nome: Sandra Isabel G. Lopes M. Cordeiro Idade: 41 Formação Académica: Licenciada Escola onde se formou: Escola Superior de E. Inf. Maria Ulrich Outras

Leia mais

Plano Estadual do Livro e Leitura da Bahia ( ) Textos de referência

Plano Estadual do Livro e Leitura da Bahia ( ) Textos de referência Plano Estadual do Livro e Leitura da Bahia (2013-2022) Textos de referência 1. PROBLEMAS DIAGNOSTICADOS a. Índices elevados de analfabetismo e baixo nível de escolaridade da população. b. Fragilidade de

Leia mais

ANEXO 1- REGULAMENTO DA BRINQUEDOTECA

ANEXO 1- REGULAMENTO DA BRINQUEDOTECA ANEXO 1- REGULAMENTO DA BRINQUEDOTECA Regulamento da Brinquedoteca IPORÁ 2015 COORDENAÇÃO DE PEDAGOGIA Regulamento da Brinquedoteca Regulamento desenvolvido para o curso de Pedagogia nível Graduação e

Leia mais

JANEIRO EXTERNATO DO PARQUE PLANO ANUAL DE ATIVIDADES 2013/2014. Local. Data Ações a desenvolver Turmas envolvidas 6 jan. Início do 2º período

JANEIRO EXTERNATO DO PARQUE PLANO ANUAL DE ATIVIDADES 2013/2014. Local. Data Ações a desenvolver Turmas envolvidas 6 jan. Início do 2º período JANEIRO Turmas envolvidas 6 jan. Início do 2º período Receção dos alunos e diálogo sobre as férias de Natal Elaboração de um texto sobre as mesmas Prof./Educ. e Responsáveis Dia de Reis Comemoração desta

Leia mais

PLANO DE ACTIVIDADES DA BIBLIOTECA ESCOLAR / CENTRO DE RECURSOS EDUCATIVOS 2008/2009

PLANO DE ACTIVIDADES DA BIBLIOTECA ESCOLAR / CENTRO DE RECURSOS EDUCATIVOS 2008/2009 DIRECÇÃO REGIONAL DE EDUCAÇÃO DO NORTE CENTRO DE ÁREA EDUCATIVA DE VILA REAL Cod. 345696 AGRUPAMENTO VERTICAL DO BAIXO BARROSO PLANO DE ACTIVIDADES DA BIBLIOTECA ESCOLAR / CENTRO DE RECURSOS EDUCATIVOS

Leia mais

PLANO DE AÇÃO ANO 2015

PLANO DE AÇÃO ANO 2015 1 PLANO DE AÇÃO ANO 2015 I Identificação da Entidade: Nome da Entidade: Grupo Cultural AfroReggae - GCAR Endereço da Entidade: Rua Santo Antônio, nº 11 Bairro: Vigário Geral CEP: 21.010-400 Telefone: 21

Leia mais

SELEÇÃO DE ACADÊMICOS PARA VINCULAÇÃO EM PROJETOS DE EXTENSÃO DA FCMMG 2º SEMESTRE/2013

SELEÇÃO DE ACADÊMICOS PARA VINCULAÇÃO EM PROJETOS DE EXTENSÃO DA FCMMG 2º SEMESTRE/2013 SELEÇÃO DE ACADÊMICOS PARA VINCULAÇÃO EM PROJETOS DE EXTENSÃO DA FCMMG 2º SEMESTRE/2013 O Núcleo de Extensão Acadêmica (NEA) da Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais torna público o presente edital

Leia mais

Plano de Actividades Ano lectivo 2008/2009 Tema: A aventura dos livros

Plano de Actividades Ano lectivo 2008/2009 Tema: A aventura dos livros Plano de Actividades Ano 2008/2009 Tema: A aventura dos livros 1 ACTIVIDADES DE ORGANIZAÇÃO Actividades Objectivos Intervenientes Calendarização Proceder à gestão de colecções. Organização e gestão do

Leia mais

REUNIÃO COM OS EDUCADORES DO PRAEJA

REUNIÃO COM OS EDUCADORES DO PRAEJA PREFEITURA MUNICIPAL DE IPATINGA ESTADO DE MINAS GERAIS SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DEPARTAMENTO PEDAGÓGICO/SEÇÃO DE ENSINO NÃO FORMAL REUNIÃO COM OS EDUCADORES DO PRAEJA Não é no silêncio que os

Leia mais

Projecto aler

Projecto aler Área de incidência Estratégia para envolver toda a escola Actividades para envolver toda a comunidade educativa profissional contínuo Relações interdisciplinares Projecto aler+ 2010-2011 Lançamento Uma

Leia mais

SERVIÇO DE PÚBLICOS E DESENVOLVIMENTO CULTURAL DIRECÇÃO DA CULTURA DA SCML

SERVIÇO DE PÚBLICOS E DESENVOLVIMENTO CULTURAL DIRECÇÃO DA CULTURA DA SCML SERVIÇO DE PÚBLICOS E DESENVOLVIMENTO CULTURAL DIRECÇÃO DA CULTURA DA SCML ACTIVIDADES JOVENS 12-18 ANOS DE IDADE Largo Trindade Coelho 1200-470 Lisboa Tel. 213 235 233/824/065 www.scml.pt/ www.museu-saoroque.com

Leia mais

Fotografar olhos e dedos de alunos (formas de ler visão e Braille)

Fotografar olhos e dedos de alunos (formas de ler visão e Braille) Ação 1 Leio-te Promover a formação do utilizador. Integrar os novos alunos na dinâmica das BE. Criar uma dinâmica renovada no espaço das bibliotecas. Renovar o ambiente, tornando-o mais apelativo e sugestivo.

Leia mais

ESCOLA ESTADUAL DR. JOSÉ MANOEL FONTANILLAS FRAGELLI. PROJETO Leitura para ser feita em casa

ESCOLA ESTADUAL DR. JOSÉ MANOEL FONTANILLAS FRAGELLI. PROJETO Leitura para ser feita em casa ESCOLA ESTADUAL DR. JOSÉ MANOEL FONTANILLAS FRAGELLI PROJETO Leitura para ser feita em casa... aprender não é um ato findo. Aprender é um exercício constante de renovação.... Paulo Freire ANGÉLICA MS ABRIL/MAIO

Leia mais

GESTÃO E LEITURA- UMA PARCERIA QUE DÁ CERTO

GESTÃO E LEITURA- UMA PARCERIA QUE DÁ CERTO SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO CULTURA E ESPORTES DE IBIRAMA PRÊMIO AMAVI DE EDUCAÇÃO-2013 GESTÃO E LEITURA- UMA PARCERIA QUE DÁ CERTO CATEGORIA- QUALIDADE EM GESTÃO ANO DE IMPLEMENTAÇÃO- 2013 1 GESTOR

Leia mais

I SOLETRANDO ROSEIRA SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO

I SOLETRANDO ROSEIRA SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO I SOLETRANDO ROSEIRA SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO Professor(es) Apresentador(es): MARIA NAZARÉ DE CAMARGO ALVES DOS SANTOS LEONÁRIA RODRIGUES DE SOUSA CORRÊA Realização: Foco do Projeto Foco do Projeto

Leia mais

Agrupamento de Escolas de São Gonçalo

Agrupamento de Escolas de São Gonçalo Taxa média de retenção no 2.º ano de escolaridade de 12% no ano letivo 2014/2015 e de 11,6% no ano letivo 2015/2016. 1.º e 2.º anos. 3. Designação da Apoio educativo coadjuvante nas turmas de 1.º e 2.º

Leia mais

GRUPO DE VOLUNTÁRIAS AMIGO DA CRIANÇA DO HOSPITAL MATERNIDADE INTERLAGOS PROJETO CONTAR HISTÓRIAS, A ARTE DE HUMANIZAR

GRUPO DE VOLUNTÁRIAS AMIGO DA CRIANÇA DO HOSPITAL MATERNIDADE INTERLAGOS PROJETO CONTAR HISTÓRIAS, A ARTE DE HUMANIZAR GRUPO DE VOLUNTÁRIAS AMIGO DA CRIANÇA DO HOSPITAL MATERNIDADE INTERLAGOS PROJETO CONTAR HISTÓRIAS, A ARTE DE HUMANIZAR PROJETO CONTAR HISTÓRIAS, A ARTE DE HUMANIZAR. Missão Fomentar a Educação e Cultura

Leia mais

1 Introdução Dimensões do Pprojeto Educativo 3. 3 Objetivos Fundamentação Metodologia 4. 6 Atividades a desenvolver, 4

1 Introdução Dimensões do Pprojeto Educativo 3. 3 Objetivos Fundamentação Metodologia 4. 6 Atividades a desenvolver, 4 Índice 1 Introdução. 3 2 Dimensões do Pprojeto Educativo 3 3 Objetivos.. 3 4 Fundamentação. 4 5 Metodologia 4 6 Atividades a desenvolver, 4 7 Recursos/Orçamento 6 8 Parcerias.. 7 9 Avaliação do Projecto

Leia mais

Agrupamento de Escolas de Samora Correia 2012/2013

Agrupamento de Escolas de Samora Correia 2012/2013 Plano Anual de Actividades Jardins de Infância Organização do Ambiente Educativo e espaços comuns. (de 03 a 13 de Setembro) Cada educadora prepara a sua sala Organizar o Ambiente Educativo Todas as educadoras

Leia mais

PLANO ANUAL DE ATIVIDADES

PLANO ANUAL DE ATIVIDADES do Trigal CAMPOS INTERVENÇÃO PROJETO EDUCATIVO ATIVIDADES OBJETIVOS RESPONSÁVEIS DATA LOCAL DESTINATÁRIOS CPI 3 Receção aos novos alunos e formação de utilizadores -Motivar para a utilização da ; -Informar

Leia mais

REGULAMENTO DOS ESTÁGIOS UNICRUZ - UNIVERSIDADE DE CRUZ ALTA CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA - LICENCIATURA REGULAMENTO DOS ESTÁGIOS CURRICULARES

REGULAMENTO DOS ESTÁGIOS UNICRUZ - UNIVERSIDADE DE CRUZ ALTA CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA - LICENCIATURA REGULAMENTO DOS ESTÁGIOS CURRICULARES REGULAMENTO DOS ESTÁGIOS UNICRUZ - UNIVERSIDADE DE CRUZ ALTA CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA - LICENCIATURA REGULAMENTO DOS ESTÁGIOS CURRICULARES Art. 1º - O presente regulamento estabelece as normas para a efetivação

Leia mais

RESOLUÇÃO UnC-CONSUN 033/2013 (PARECER Nº 033/2013 CONSUN)

RESOLUÇÃO UnC-CONSUN 033/2013 (PARECER Nº 033/2013 CONSUN) RESOLUÇÃO UnC-CONSUN 033/2013 (PARECER Nº 033/2013 CONSUN) Dispõe sobre a adequação do Programa Nacional de Incentivo à Leitura PROLER-UnC. O Presidente do Conselho Universitário CONSUN da Universidade

Leia mais

PROGRAMA DE INTEGRAÇÃO CULTURAL

PROGRAMA DE INTEGRAÇÃO CULTURAL PROGRAMA DE INTEGRAÇÃO CULTURAL. Conexões para transformar Projeto aprovado na Lei Rouanet de Incentivo à Cultura www.planetacultura.com.br SUMÁRIO Introdução O Programa de Integração Cultural Escopo Circuito

Leia mais

Projeto: FEIRA DE CIÊNCIAS ARTE CULTURA

Projeto: FEIRA DE CIÊNCIAS ARTE CULTURA Introdução A Coordenação Pedagógica do Centro de Ensino Fundamental 02 torna pública a realização da Feira de Ciências Arte Cultura, uma das ações propostas para a Semana Nacional de Ciência e Tecnologia,

Leia mais

Sementes do Amanhã. Proposta de Projeto Esportivo. Proposta de Patrocínio via Lei de Incentivo ao Esporte (100% dedutível de 1% do IR)

Sementes do Amanhã. Proposta de Projeto Esportivo. Proposta de Patrocínio via Lei de Incentivo ao Esporte (100% dedutível de 1% do IR) Proposta de Projeto Esportivo Sementes do Amanhã Proposta de Patrocínio via Lei de Incentivo ao Esporte (100% dedutível de 1% do IR) PROPONENTE: GESTÃO: APOIO: COLABORADOR: PANORAMA Futebol Clube Proposta

Leia mais

TRABALHANDO A BOA ALIMENTAÇÃO NAS FASES INICIAIS DA VIDA RESUMO

TRABALHANDO A BOA ALIMENTAÇÃO NAS FASES INICIAIS DA VIDA RESUMO TRABALHANDO A BOA ALIMENTAÇÃO NAS FASES INICIAIS DA VIDA Ana Paula Scherer de Brum* Valéria Grifante** RESUMO Este projeto buscou acompanhar o estado nutricional das crianças e contribuir para o planejamento

Leia mais

Instituto Equipav viabiliza ação social em municípios atendidos pela Aegea. Carlos Henrique Paganetto Roma Junior

Instituto Equipav viabiliza ação social em municípios atendidos pela Aegea. Carlos Henrique Paganetto Roma Junior Instituto Equipav viabiliza ação social em municípios atendidos pela Aegea Carlos Henrique Paganetto Roma Junior SUSTENTABILIDADE NA SOCIEDADE Problemas centrais Uso insustentável e predatório dos recursos

Leia mais

UNIFLOR E PREFEITURA DE MATUPÁ: JUNTOS NUMA JORNADA DE CIDADANIA

UNIFLOR E PREFEITURA DE MATUPÁ: JUNTOS NUMA JORNADA DE CIDADANIA UNIFLOR E PREFEITURA DE MATUPÁ: JUNTOS NUMA JORNADA DE CIDADANIA Guarantã do Norte 2013 DADOS DE IDENTIFICAÇÃO IES: Faculdade de Ciências Sociais de Guarantã do Norte PARCERIA: Prefeitura Municipal de

Leia mais

Sementes do Amanhã. Proposta de Projeto Esportivo. Proposta de Patrocínio via Lei de Incentivo ao Esporte (100% dedutível de 1% do IR)

Sementes do Amanhã. Proposta de Projeto Esportivo. Proposta de Patrocínio via Lei de Incentivo ao Esporte (100% dedutível de 1% do IR) Proposta de Projeto Esportivo Sementes do Amanhã Proposta de Patrocínio via Lei de Incentivo ao Esporte (100% dedutível de 1% do IR) PROPONENTE: GESTÃO: APOIO: COLABORADOR: PANORAMA Futebol Clube Proposta

Leia mais

Faculdade Jesuíta de Filosofia e Teologia Departamento de Teologia. Orientações para o Estágio Obrigatório Supervisionado

Faculdade Jesuíta de Filosofia e Teologia Departamento de Teologia. Orientações para o Estágio Obrigatório Supervisionado 1 Faculdade Jesuíta de Filosofia e Teologia Departamento de Teologia Orientações para o Estágio Obrigatório Supervisionado O Estágio Supervisionado se desenvolve ao longo dos três anos de teologia totalizando

Leia mais

CENTRO DE ESTUDOS PORTUGUESES HÉLIO SIMÕES ESTATUTO

CENTRO DE ESTUDOS PORTUGUESES HÉLIO SIMÕES ESTATUTO CENTRO DE ESTUDOS PORTUGUESES HÉLIO SIMÕES ESTATUTO Capítulo I. Da Constituição e Finalidades Art. 1º - O Centro de Estudos Portugueses Hélio Simões (CEPHS) é sediado na Universidade Estadual de Santa

Leia mais

O Curso de Avaliação Econômica de Projetos Sociais

O Curso de Avaliação Econômica de Projetos Sociais O Curso de Avaliação Econômica de Projetos Sociais Betânia Peixoto Brasília, Junho de 2013 Público Alvo e Requisitos Exigidos Gestores / Coordenadores de ONGs ou OSCIPs; Secretários ou técnicos de secretarias

Leia mais

APRENDIZAGEM, EDUCAÇÃO e CIDADANIA Um Caminho de Sucesso

APRENDIZAGEM, EDUCAÇÃO e CIDADANIA Um Caminho de Sucesso Plano Plurianual de Melhoria APRENDIZAGEM, EDUCAÇÃO e CIDADANIA Um Caminho de Sucesso 1 18 de setembro de 2015 26 de abril de 2013 Organização do Agrupamento de Escolas da Caparica - AEC Secundária do

Leia mais

PROJETO DE LEI COMPLEMENTAR nº PLC/0012.0/2011

PROJETO DE LEI COMPLEMENTAR nº PLC/0012.0/2011 PROJETO DE LEI COMPLEMENTAR nº PLC/0012.0/2011 Altera a Lei Complementar Promulgada nº 1.139, de 28 de outubro de 1992, criando o cargo de Bibliotecário Escolar nas unidades escolares da rede pública estadual.

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE VOLTA REDONDA SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO DEPARTAMENTO DE ORÇAMENTO E CONTROLE PROGRAMA Nº- 108

PREFEITURA MUNICIPAL DE VOLTA REDONDA SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO DEPARTAMENTO DE ORÇAMENTO E CONTROLE PROGRAMA Nº- 108 PROGRAMA Nº- 108 AMPLIAÇÃO DO PROJETO VOLTA REDONDA CIDADE DA MÚSICA SUB-FUNÇÃO: 361 ENSINO FUNDAMENTAL Proporcionar aos alunos da Rede Pública Municipal de Volta Redonda atividades musicais diversas nos

Leia mais

RELATÓRIO DAS ATIVIDADES DE JULHO A SETEMBRO DE 2016

RELATÓRIO DAS ATIVIDADES DE JULHO A SETEMBRO DE 2016 RELATÓRIO DAS ATIVIDADES DE JULHO A SETEMBRO DE 2016 Belém / Pará Setembro/ 2016 Relatório das atividades do Projeto Escola Viva OBJETIVO 1: Efetivar diagnóstico acerca do uso de álcool, outras drogas

Leia mais

Investimento Social no Entorno do Cenpes. Edson Cunha - Geólogo (UERJ) Msc. em Sensoriamento Remoto (INPE)

Investimento Social no Entorno do Cenpes. Edson Cunha - Geólogo (UERJ) Msc. em Sensoriamento Remoto (INPE) Investimento Social no Entorno do Cenpes Edson Cunha - Geólogo (UERJ) Msc. em Sensoriamento Remoto (INPE) MBA em Desenvolvimento Sustentável (Universidade Petrobras) Abril / 2010 PETR ROBRAS RESPONSABILIDADE

Leia mais

Título: Viajando pelo Universo da Leitura Justificativa:

Título: Viajando pelo Universo da Leitura Justificativa: Título: Viajando pelo Universo da Leitura Justificativa: Sabendo que o aluno tem pouco contato com a leitura em seu ambiente familiar, apresentando na escola dificuldades de aprendizagem, decorrentes dessa

Leia mais

DIRETORIA DE DESENVOLVIMENTO DE POLÍTICAS ESTUDANTIS, CULTURAIS E ESPORTIVAS COORDENAÇÃO DE POLÍTICAS CULTURAIS E DIVERSIDADE

DIRETORIA DE DESENVOLVIMENTO DE POLÍTICAS ESTUDANTIS, CULTURAIS E ESPORTIVAS COORDENAÇÃO DE POLÍTICAS CULTURAIS E DIVERSIDADE DIRETORIA DE DESENVOLVIMENTO DE POLÍTICAS ESTUDANTIS, CULTURAIS E ESPORTIVAS COORDENAÇÃO DE POLÍTICAS CULTURAIS E DIVERSIDADE EDITAL N.º 59, Instituto Federal Fluminense, de 4 de abril de 2017 PROCESSO

Leia mais

DEPARTAMENTO DE DESENVOLVIMENTO SOCIAL

DEPARTAMENTO DE DESENVOLVIMENTO SOCIAL DEPARTAMENTO DE DESENVOLVIMENTO SOCIAL APRESENTAÇÃO A Associação Cristã de Moços de Sorocaba tem como premissa atender à comunidade sorocabana em seus anseios de caráter físico, mental e espiritual, através

Leia mais

PLANO DE GOVERNO PREFEITO VALDEMIR JOSÉ DOS SANTOS VICE ALEXANDRE GOMES DA SILVA NETO. Partido Pátria Livre PPL Nº.54 PLANEJAMENTO E INFRAESTRUTURA

PLANO DE GOVERNO PREFEITO VALDEMIR JOSÉ DOS SANTOS VICE ALEXANDRE GOMES DA SILVA NETO. Partido Pátria Livre PPL Nº.54 PLANEJAMENTO E INFRAESTRUTURA PLANO DE GOVERNO PREFEITO VALDEMIR JOSÉ DOS SANTOS VICE ALEXANDRE GOMES DA SILVA NETO Partido Pátria Livre PPL Nº.54 PLANEJAMENTO E INFRAESTRUTURA SANEAMENTO BÁSICO Dar autonomia ao Departamento de Água

Leia mais

A ARTE DE CONTAR HISTÓRIAS E.M. Cléia Carmelo da Silva

A ARTE DE CONTAR HISTÓRIAS E.M. Cléia Carmelo da Silva A ARTE DE CONTAR HISTÓRIAS E.M. Cléia Carmelo da Silva Professor(es) Apresentador(es): Sandra Mara De Jesus Miquelini Fernandes Realização: Foco do Projeto Utilização dos contos de fada e de brincadeiras

Leia mais

PROJETO BAÚ DE LEITURA

PROJETO BAÚ DE LEITURA PROJETO BAÚ DE LEITURA PLANO ANUAL DE ATIVIDADES ANO LETIVO 2016/2017 Introdução Objetivo principal: Pretende-se com este projeto promover junto dos alunos do pré-escolar, 1.º, 2.º e 3.º ciclos do ensino

Leia mais

Piraí é mais Cultura. Categoria do projeto: I Projetos em andamento (projetos em execução atualmente)

Piraí é mais Cultura. Categoria do projeto: I Projetos em andamento (projetos em execução atualmente) Piraí é mais Cultura Mostra Local de: Piraí do Sul Categoria do projeto: I Projetos em andamento (projetos em execução atualmente) Nome da Instituição/Empresa: Secretaria de Cultura de Piraí do Sul Cidade:

Leia mais

BIBLIOTECA PÚBLICA ESTADUAL LUIZ DE BESSA PROGRAMAÇÃO de NOVEMBRO 2015

BIBLIOTECA PÚBLICA ESTADUAL LUIZ DE BESSA PROGRAMAÇÃO de NOVEMBRO 2015 BIBLIOTECA PÚBLICA ESTADUAL LUIZ DE BESSA PROGRAMAÇÃO de NOVEMBRO 2015 7 NOV SÁBADO 10h Abertura da exposição literária: Quem tem medo de bruxa? e Roda de Leitura: As bruxas de Harry Potter Entrada gratuita.

Leia mais

EDITAL Nº 03/2016 ABERTURA DE INSCRIÇÕES AOS MÓDULOS DE NIVELAMENTO DA FACULDADE DE QUATRO MARCO - FQM

EDITAL Nº 03/2016 ABERTURA DE INSCRIÇÕES AOS MÓDULOS DE NIVELAMENTO DA FACULDADE DE QUATRO MARCO - FQM EDITAL Nº 03/2016 ABERTURA DE INSCRIÇÕES AOS MÓDULOS DE NIVELAMENTO DA FACULDADE DE QUATRO MARCO - FQM 1. ABERTURA A Faculdade de Quatro Marcos FQM, em São José dos Quatro Marcos MT, credenciada pela Portaria

Leia mais

Fundação Presidente Antônio Carlos - FUPAC Faculdade Presidente Antônio Carlos de Aimorés

Fundação Presidente Antônio Carlos - FUPAC Faculdade Presidente Antônio Carlos de Aimorés REGULAMENTO DO NÚCLEO DE ATENDIMENTO PSICOPEDAGÓGICO DA FACULDADE PRESIDENTE ANTÔNIO CARLOS DE AIMORÉS Regulamenta o funcionamento do Núcleo de Atendimento Psicopedagógico no âmbito da Faculdade Presidente

Leia mais

Potenciar o desenvolvimento de uma rede nacional de volutariado na área da leitura. Apoiar iniciativas; Estimular a adesão de voluntários:

Potenciar o desenvolvimento de uma rede nacional de volutariado na área da leitura. Apoiar iniciativas; Estimular a adesão de voluntários: O Projeto Um projeto de cidadania Missão Potenciar o desenvolvimento de uma rede nacional de volutariado na área da leitura. Objetivos Apoiar iniciativas; Estimular a adesão de voluntários: Disponibilizar

Leia mais

ELEIÇÕES 2012 DIRETRIZES DO PROGRAMA DE GOVERNO DO CANDIDATO JOSÉ SIMÃO DE SOUSA PARA A PREFEITURA DE MANAÍRA/PB ZÉ SIMÃO 45 - PREFEITO

ELEIÇÕES 2012 DIRETRIZES DO PROGRAMA DE GOVERNO DO CANDIDATO JOSÉ SIMÃO DE SOUSA PARA A PREFEITURA DE MANAÍRA/PB ZÉ SIMÃO 45 - PREFEITO ELEIÇÕES 2012 DIRETRIZES DO PROGRAMA DE GOVERNO DO CANDIDATO JOSÉ SIMÃO DE SOUSA PARA A PREFEITURA DE MANAÍRA/PB ZÉ SIMÃO 45 - PREFEITO OBJETIVOS DO GOVERNO: Consolidar e aprofundar os projetos e ações

Leia mais

PLANO DE ACÇÃO DA BIBLIOTECA ESCOLAR

PLANO DE ACÇÃO DA BIBLIOTECA ESCOLAR AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE ÁGUEDA PLANO DE ACÇÃO DA BIBLIOTECA ESCOLAR / a / Dezembro de Profª Bibliotecária: Maria Clara Nogueira de Almeida DEFINIÇÃO Documento que apresenta as linhas orientadoras para

Leia mais

e produtivo (CEDES 1. Centro de Desenv envolvimento Social ESP) Conv nvênio 260 pessoas frequentaram os cursos de:

e produtivo (CEDES 1. Centro de Desenv envolvimento Social ESP) Conv nvênio 260 pessoas frequentaram os cursos de: Relatório Despertar 2016 2 Apoiada na crença de que é possível contribuir para o desenvolvimento humano na totalidade dos seus potenciais, a Associação Comunitária Despertar, realiza anualmente ações que

Leia mais

ASSOCIAÇÃO PIRIPIRIENSE DE ENSINO SUPERIOR APES CHRISTUS FACULDADE DO PIAUÍ - CHRISFAPI EDITAL Nº 001/2016

ASSOCIAÇÃO PIRIPIRIENSE DE ENSINO SUPERIOR APES CHRISTUS FACULDADE DO PIAUÍ - CHRISFAPI EDITAL Nº 001/2016 ASSOCIAÇÃO PIRIPIRIENSE DE ENSINO SUPERIOR APES CHRISTUS FACULDADE DO PIAUÍ - CHRISFAPI DIRETORIA DE ENSINO EDITAL Nº 001/2016 PROCESSO SELETIVO INTERNO PARA PROJETOS DE EXTENSÃO O Núcleo de Iniciação

Leia mais

Projetos para os municípios Motivação

Projetos para os municípios Motivação PROJETOS Projetos para os municípios Motivação A FNP é referência na interlocução com os municípios, envolvendo diretamente os prefeitos e prefeitas na coordenação política dos projetos. Por isso, é constantemente

Leia mais

RESOLUÇÃO CONSUNI-ILACVN Nº 06/2017, de 29 de junho de 2017.

RESOLUÇÃO CONSUNI-ILACVN Nº 06/2017, de 29 de junho de 2017. RESOLUÇÃO CONSUNI-ILACVN Nº 06/2017, de 29 de junho de 2017. Dispõe sobre a criação do Núcleo de Informática em Ciências da Saúde, bem como aprova seu Regimento Interno. O CONSELHO DO INSTITUTO LATINO-AMERICANO

Leia mais

Texto: Silvia Queiroz Projeto gráfico e arte: Rose Sardin Ilustrações: Freepik e acervo da autora Coordenação: Maria Regina Canever Domingues

Texto: Silvia Queiroz Projeto gráfico e arte: Rose Sardin Ilustrações: Freepik e acervo da autora Coordenação: Maria Regina Canever Domingues Clubinho de Leitura 2 Texto: Silvia Queiroz Projeto gráfico e arte: Rose Sardin Ilustrações: Freepik e acervo da autora Coordenação: Maria Regina Canever Domingues Realização: Universidade Corporativa

Leia mais

CONSELHO PEDAGÓGICO - COP RESOLUÇÃO Nº 135 DE 19 DE SETEMBRO DE RESOLVE

CONSELHO PEDAGÓGICO - COP RESOLUÇÃO Nº 135 DE 19 DE SETEMBRO DE RESOLVE CONSELHO PEDAGÓGICO - COP RESOLUÇÃO Nº 135 DE 19 DE SETEMBRO DE 2013. Aprova Regulamento para funcionamento da Brinquedoteca, espaço compartilhado do Colégio e do Curso de Pedagogia - Licenciatura da Faculdade

Leia mais

PROGRAMA DO DIA. Boas-vindas / Programação Abertura. Fundamentos e Objetivos do VL Relatório de Pesquisa Panorama do VL 2013

PROGRAMA DO DIA. Boas-vindas / Programação Abertura. Fundamentos e Objetivos do VL Relatório de Pesquisa Panorama do VL 2013 PROGRAMA DO DIA 9h 9h20 10h10 Boas-vindas / Programação Abertura Fundamentos e Objetivos do VL Relatório de Pesquisa Panorama do VL 2013 Painéis / Experiências (6 cidades) PROGRAMA DO DIA 11h20 11h50-13h

Leia mais

VITOR HUGO BITTENCOURT DA SILVA PROJETO SOCIAL: REFORÇO ESCOLAR DE LÍNGUA PORTUGUESA RESPONSABILIDADE SOCIAL

VITOR HUGO BITTENCOURT DA SILVA PROJETO SOCIAL: REFORÇO ESCOLAR DE LÍNGUA PORTUGUESA RESPONSABILIDADE SOCIAL VITOR HUGO BITTENCOURT DA SILVA PROJETO SOCIAL: REFORÇO ESCOLAR DE LÍNGUA PORTUGUESA RESPONSABILIDADE SOCIAL Porto Alegre 2013 VITOR HUGO BITTENCOPURT DA SILVA PROJETO SOCIAL: REFORÇO ESCOLAR DE LÍNGUA

Leia mais

PLANO DE INTERVENÇÃO DO GABINETE DE PSICOLOGIA ANO LETIVO 2016/2017. Psicólogas do Externato

PLANO DE INTERVENÇÃO DO GABINETE DE PSICOLOGIA ANO LETIVO 2016/2017. Psicólogas do Externato 1 PLANO DE INTERVENÇÃO DO GABINETE DE PSICOLOGIA ANO LETIVO 2016/2017 Psicólogas do Externato Pré-Escolar Vera Almeida 1º Ciclo Vera Almeida 2º Ciclo Manuela Pires 3º Ciclo Irene Cardoso Ensino Secundário

Leia mais

Concurso Literário João Grave

Concurso Literário João Grave Concurso Literário João Grave Normas Secção I Introdução A Câmara Municipal de Vagos, enquanto promotora da Cultura Vaguense e parceira da Comunidade Educativa do Concelho, e a Rede de Bibliotecas de Vagos

Leia mais

CURSO DE PEDAGOGIA REGULAMENTO

CURSO DE PEDAGOGIA REGULAMENTO ESTÁGIO SUPERVISIONADO CURSO DE PEDAGOGIA REGULAMENTO CAPÍTULO I - DA DEFINIÇÃO DO ESTÁGIO Artigo 01 - O Estágio Supervisionado constitui disciplina obrigatória do Currículo dos Cursos de Licenciatura.

Leia mais

A ATIVIDADE LÚDICA NOS PROJETOS SOCIAIS: UM RELATO DE EXPERIÊNCIA DO PROJETO BOLA E CIDADANIA

A ATIVIDADE LÚDICA NOS PROJETOS SOCIAIS: UM RELATO DE EXPERIÊNCIA DO PROJETO BOLA E CIDADANIA A ATIVIDADE LÚDICA NOS PROJETOS SOCIAIS: UM RELATO DE EXPERIÊNCIA DO PROJETO BOLA E CIDADANIA Prof. Bruno Martins Andrade Prof. Esp. Tiago Aquino da Costa e Silva FMU Faculdades Metropolitanas Unidas/SP

Leia mais

CENTRO DE REFERÊNCIA DE ASSISTÊNCIA SOCIAL-CRAS DRA. ZILDA ARNS NEUMANN

CENTRO DE REFERÊNCIA DE ASSISTÊNCIA SOCIAL-CRAS DRA. ZILDA ARNS NEUMANN CENTRO DE REFERÊNCIA DE ASSISTÊNCIA SOCIAL-CRAS DRA. ZILDA ARNS NEUMANN PROJETO PILOTO PROMOTORES DE CIDADANIA Maio/2016 Gaspar - Santa Catarina Sumário 1. INTRODUÇÃO... 3 2. OBJETIVO GERAL... 3 3. OBJETIVO

Leia mais

PLANO BÁSICO DE GOVERNO ADMINISTRAÇÃO MUNICIPAL 2013/2016. Coligação UNIÃO, TRABALHO, PROGRESSO E DESENVOLVIMENTO PT PTB PPS PDT - PT

PLANO BÁSICO DE GOVERNO ADMINISTRAÇÃO MUNICIPAL 2013/2016. Coligação UNIÃO, TRABALHO, PROGRESSO E DESENVOLVIMENTO PT PTB PPS PDT - PT PLANO BÁSICO DE GOVERNO ADMINISTRAÇÃO MUNICIPAL 2013/2016 Coligação UNIÃO, TRABALHO, PROGRESSO E DESENVOLVIMENTO PT PTB PPS PDT - PT APARICIO MENDES DE FIGUEIREDO e ROGÉRIO GARCIA DUTRA, candidatos, respectivamente,

Leia mais

Regulamento Gincana TransFORMAR FEI Junior

Regulamento Gincana TransFORMAR FEI Junior Regulamento Gincana TransFORMAR FEI Junior Criada e desenvolvida pela FEI Júnior, empresa júnior ligada ao curso de Administração e Negócios do Centro Universitário FEI - campus São Paulo, o TransFORMAR

Leia mais

FACULDADE DE ARACRUZ FAACZ CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS REGULAMENTO DAS ATIVIDADES DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA NA FACULDADE DE ARACRUZ

FACULDADE DE ARACRUZ FAACZ CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS REGULAMENTO DAS ATIVIDADES DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA NA FACULDADE DE ARACRUZ FACULDADE DE ARACRUZ FAACZ CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS REGULAMENTO DAS ATIVIDADES DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA NA FACULDADE DE ARACRUZ ARACRUZ 2010 INTRODUÇÃO A Iniciação Científica, segundo o Conselho Nacional

Leia mais