SLIDESHOWS PARA TODOS

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "SLIDESHOWS PARA TODOS"

Transcrição

1 110 JULHO AGOSTO / / EDIÇÃO NO CD E DVD SLIDESHOWS PARA TODOS Aprenda organizar as suas fotos para uma posterior gravação num CD ou DVD. Tudo com excelentes efeitos visuais e com as suas músicas preferidas. Atendência está à vista de todos: a fotografia digital provocou o aparecimento de toda uma nova série de aplicações de software. Existem muitos programas de edição de imagens e há algum tempo começou a surgir uma série de programas que se destinam, primordialmente, à elaboração de slideshows. Pedro Miguel Oliveira Este mês fomos à Internet buscar uma aplicação que é extremamente simples de utilizar. Vai poder encontrar o Memories OnTV no menu Programas do CD/DVD deste mês. Instale-o e fica preparado para seguir este tutorial. Infelizmente, esta versão é demo. Isto quer dizer que vai conseguir fazer todo o processo, mas o slideshow final vai ficar com um incomodativo Versão promocional (isto em inglês) por cima das fotos da sua apresentação. O programa pode ser comprado on-line por 34 euros. Mais pormenores em: Para conseguir concluir com sucesso o tutorial, terá que possuir uma unidade de gravação de CD ou DVD. O Memories OnTV grava em VideoCD e em DVD. Pode optar pelo formato que mais lhe convém. Tenha em atenção que se quiser que os seus amigos vejam o slideshow no DVD de sala, este terá que ter a capacidade de ler o formato final. : BARRA DE MENUS Aceda aqui a todos os controlos do Memories OnTV. CONTROLO DE ÁLBUNS É aqui que deve acrescentar novos álbuns e navegar dentro daqueles que já criou. BARRA DE FERRAMENTAS ÁREA DE VISUALIZAÇÃO Aqui tem a possibilidade de visualizar as imagens que está a introduzir. Repare que existe o símbolo evaluation copy que só desaparece quando regista o produto. LINHA DO TEMPO Componha aqui o seu slideshow, controlando as imagens, as transições e o áudio. BOTÕES DE ACESSO RÁPIDO Utilize estes botões para procurar os seus ficheiros. BARRA DE NAVEGAÇÃO Procure os ficheiros que vai utilizar. TAMANHO DO PROJECTO Veja aqui a dimensão que o seu projecto está a obter. PAINEL DE FICHEIROS Escolha aqui os ficheiros que interessam ao projecto. BARRA DE TAREFAS Navegue rapidamente nas várias etapas do projecto. PRÉ- VISUALIZAÇÃO Pressione este botão para ver como vai ficar o slideshow.

2 AGOSTO JULHO 2004 / EDIÇÃO INSERIR IMAGENS Vamos começar por escolher as imagens que interessam para o projecto. Para isso, clique na opção Import e procure no seu computador o local onde estão guardados os ficheiros. Arraste e large para a zona de visualização. Pode efectuar este processo a partir de um CD/DVD ou de qualquer unidade externa. Com as imagens seleccionadas, accione o botão de visualização e escolha a opção Timeline. A timeline, linha do tempo, é o local onde vamos controlar todo o projecto. Repare que o programa estabelece, automaticamente, uma ordem de fotografias e os respectivos efeitos de transição. Tenha cuidado ao utilizar esta ferramenta. Certifique- -se que a área que vai ficar visível é aquela que pretende mostrar. Pode alterar rapidamente a ordem sugerida. Para isso, basta arrastar e largar a imagem que pretende mudar. Faça isso para todas as imagens que deseje alterar. Em qualquer altura, pode acrescentar novos ficheiros ao projecto. Utilize sempre a opção Import. Pode efectuar crops à imagem. Ou seja, colocar apenas uma parte visível. Para isso, clique duas vezes com o botão esquerdo do rato sobre a imagem que pretende trabalhar. Agora, accione a ferramenta crop/pan. Na caixa de diálogo que surge, mova a roliça até ter visível apenas a área que lhe interessa. Para orientar a imagem na direcção que mais lhe interessa, accione a ferramenta de rotação. Pode optar por um dos sentidos até que a imagem esteja na posição desejada. Tenha atenção que a alteração que está a efectuar vai ser aplicada à imagem original. Também pode pressionar o botão direito do rato na imagem para aceder à opção. Para remover uma imagem do slideshow só tem de seleccionar o ficheiro pretendido e pressionar a tecla delete. Também pode optar por accionar a ferramenta remove pictures.

3 112 JULHO AGOSTO / / EDIÇÃO EDITAR O SLIDESHOW Vamos agora entrar na edição do slideshow. Comece pela escolha dos efeitos de transição. O programa definiu automaticamente uma série. Para alterar a seu gosto, seleccione o slide e pressione uma vez com o botão esquerdo do rato o ícone referente aos efeitos. Escolha aquele que pretende aplicar. Para o ver a funcionar, pressione o botão play. Altere à sua vontade, as vezes que quiser. Pode controlar o tempo de exposição da foto no ecrã e o tempo de duração do efeito de transição. Para isso, pressione os números que estão colocados por debaixo da foto e efeitos, respectivamente.repare que na seta de selecção pode colocar o valor temporal que quiser. Não exagere nestes tempos ou arrisca-se a que a audiência perca o interesse no slideshow. Também pode pressionar o botão effect. As ferramentas de edição são semelhantes às que está habituado a ver num processador de texto, embora mais limitadas. A qualquer momento pode inserir um slide com texto, algo que pode dar muito jeito como introdução, final, ou mesmo para realçar algum momento. Accione o primeiro botão da barra de ferramentas e repare que na linha do tempo surge uma imagem com a letra T. Pressione duas vezes essa imagem e insira o texto que deseja. Tem acesso a algumas ferramentas de formação, mas não muitas. Pode adicionar uma legenda a uma imagem. Clique duas vezes sobre a imagem. Na caixa que surge, escolha a opção Add Text. Escreva o texto que desejar e recorra às mesmas ferramentas de formatação utilizadas no passo anterior para adaptar o texto ao slide escolhido. Dicas essenciais para um bom slideshow! Existem vários cuidados a ter sempre que decida efectuar um slideshow. O essencial é não se esquecer que terá que existir alguma dinâmica. Não há nada pior que conceber uma apresentação de slides que coloque a plateia em estado de sonolência. Por isso, o melhor será conjugar música com a imagem. E isto aplica-se a fotografia e a vídeo. Se conseguir ter elementos multimédia muito variados terá a hipótese de um slideshow com mais sucesso. Não abuse dos efeitos. Os efeitos não devem ser muito variados e a sua duração não deverá ser prolongada. Se opta por colocar efeitos muito variados vai demonstrar algum amadorismo e poderá tornar o slideshow pouco apelativo. Alterne pouco nos efeitos e escolha aqueles que considere mais profissionais. O mesmo se deve aplicar à duração dos efeitos e até à apresentação das imagens. Tente que o seu slideshow seja o mais dinâmico possível. Recorra com frequência a diferentes tracks para colocar músicas variadas. Coloque legendas nas fotos quando achar necessário, mas evite colocar legendas demasiado extensas. Tenha também em atenção que deverá dar tempo de exposição ao slide suficiente para que se consiga ler a legenda. No menu da interface continue a ter cuidados com o aspecto gráfico. Se optar por colocar uma imagem feita por si, tenha atenção em não escolher uma que tenha caracteres ou que o fundo tenha muito ruído. Isto faz com que não seja muito fácil ler os títulos que atribuir a cada botão.

4 AGOSTO JULHO 2004 / EDIÇÃO COLOQUE SOM E EDITE O MENU Crie várias tracks (linhas de edição). São a única forma de garantir que consegue alternar nas músicas a utilizar. Pode acrescentar músicas ao seu slideshow. Para isso, pressione o botão Import e escolha o ficheiro, ou ficheiros de som que lhe interessam. Infelizmente, só pode ter uma faixa de música para cada track. Ou seja, para cada uma das filas de slides. Quando escolher a música, arraste-a e largue-a na linha do tempo no local que diz: drop audio files here. Para poder colocar músicas em várias fotos, mas ainda dentro do mesmo botão, tem de criar uma nova track. Para isso, pressione o botão direito do rato sobre o ícone do álbum e escolha a opção insert new track. Na nova linha que surge, insira as imagens que deseja com a faixa de música apropriada. As opções que podemos exercer sobre as faixas de áudio são algo limitadas. Aconselhamo-lo a seleccionar a opção Fade out e a não marcar, atenção: Não marcar a opção AutoSync. Esta só deve ser accionada quando quer que o slideshow seja do mesmo tamanho que a duração da faixa de áudio. Pode seleccionar a opção Loop se o ficheiro de áudio for demasiado pequeno. Agora vamos editar a interface do nosso CD/DVD. Pressione o botão Disc Menu. Escolha a imagem que melhor se adequa ao seu slideshow. Pode colocar uma imagem criada por si. Para isso, pressione Browse na opção de Menu background. Repare que a imagem surge de imediato Para ter acesso a mais botões na interface, terá de criar novos álbuns. É a forma ideal de separar temáticas. As ferramentas de edição repetem-se aqui. Utilize o mesmo processo que atrás explicámos. Como pode reparar, existe apenas um botão na interface do menu, isto porque criámos apenas um álbum. Se quiser colocar várias situações num CD/DVD, por exemplo: fotos de férias e fotos de neve, deve criar um segundo álbum. Pressione a tecla direita do rato sobre o ícone de Video Disc e escolha Add new album. Agora, já com dois botões, vamos editar o título de cada botão. Dentro da opção Disc Menu, pressione Edit. Escreva os títulos que pretende para cada botão e edite-os à sua vontade. Não se preocupe se escolher uma template com mais que uma janela. No final só aparecem as que estiverem no projecto.

5 114 JULHO AGOSTO / / EDIÇÃO A GRAVAÇÃO DO CD/DVD Após ter efectuado todos os passos de edição, o utilizador pode ir vendo como é que vai ficar o aspecto final do CD/DVD. Para isso, pressione o botão Preview. Prima 1 ou 2 para despoletar a acção e utilize os comandos habituais do comando para controlar a acção. Carregue em Dismiss para voltar a sair deste ecrã. Depois de confirmar que tudo está como deseja, pressione a opção Burn. Na caixa que surge, vamos começar a definir as opções para o CD/DVD. Tenha em atenção qual o formato que pretende utilizar. Se deseja gravar em CD terá que optar forçosamente pelo formato Video CD (VCD) ou Super Video CD (SVCD). Marque a opção VCD e PAL. Accione a Simulação para ter a certeza que não há erros. O processo é mais lento, mas compensa. O programa vai detectar que drive de gravação tem instalada. Escolha a velocidade máxima de gravação e para ter a certeza que não vai ter dissabores marque a opção simulate first. Se tiver uma drive de gravação de DVD e outra gravação de CD no sistema, escolha aquela que se adequar ao seu projecto. Vamos efectuar mais algumas definições para a gravação. Pressione o botão Advanced Settings e introduza um nome para etiquetar o seu CD/DVD. Escolha se quer o formato 16:9 ou 4:3. Se tiver uma TV mais recente e que suporte o primeiro, escolha-o. O efeito final é melhor. Deixe as outras opções como estão por definição. Para os utilizadores com mais conhecimentos, aconselhamos a pressionar o botão advanced settings Estamos quase a terminar. Agora decida para onde pretende gravar o ficheiro final. Vamos deixar a opção que o Memories OnTV define por defeito. Mas, no seu caso, pode gravar para onde quiser. Basta carregar no botão Set e escolher o local que mais lhe agrada. Para concluir o projecto, pressione o botão Start e espere que o sistema efectue a renderização do slideshow. O ficheiro final fica no local que definiu. Só terá que accionar o seu programa de gravação preferido e inserir um CD vazio. Repare no aviso de gravação. Compensa comprar a versão final do produto. Bom slideshow!

1. I n t r o d u ç ã o

1. I n t r o d u ç ã o Curso Ed iição de v íídeo d iig iita ll com o V iideostud iio Partte 1 1. I n t r o d u ç ã o F. T. Ferreira ftferreira@sapo.pt O VideoStudio 1 segue um paradigma passo-a-passo, de forma a ser fácil realizar

Leia mais

7.3. WINDOWS MEDIA PLAYER 12

7.3. WINDOWS MEDIA PLAYER 12 7.3. WINDOWS MEDIA PLAYER 12 Este programa permite gerir toda a sua colecção de músicas, vídeos e até mesmo imagens, estando disponível para download no site da Microsoft, o que significa que mesmo quem

Leia mais

Manual PowerPoint 2000

Manual PowerPoint 2000 Manual PowerPoint 2000 Índice 1. INTRODUÇÃO 1 2. DIRECTRIZES PARA APRESENTAÇÕES DE DIAPOSITIVOS 1 3. ECRÃ INICIAL 2 4. TIPOS DE ESQUEMA 2 5. ÁREA DE TRABALHO 3 5.1. ALTERAR O ESQUEMA AUTOMÁTICO 4 6. MODOS

Leia mais

MICROSOFT POWERPOINT

MICROSOFT POWERPOINT MICROSOFT POWERPOINT CRIAÇÃO DE APRESENTAÇÕES. O QUE É O POWERPOINT? O Microsoft PowerPoint é uma aplicação que permite a criação de slides de ecrã, com cores, imagens, e objectos de outras aplicações,

Leia mais

PAINT SHOP PRO. No mundo do SOLUÇÕES

PAINT SHOP PRO. No mundo do SOLUÇÕES Edição de fotografias SOLUÇÕES No mundo do PAINT SHOP PRO Aprenda a alterar os fundos das suas fotos com muita imaginação. Tudo com o Paint Shop Pro que pode encontrar no CD/DVD deste mês. P n Texto Pedro

Leia mais

Guia do utilizador Ulead Systems, Inc. Janeiro de 2005. DVD MovieFactory

Guia do utilizador Ulead Systems, Inc. Janeiro de 2005. DVD MovieFactory Guia do utilizador Ulead Systems, Inc. Janeiro de 2005 DVD MovieFactory Ulead DVD MovieFactory versão 4 2000-2005 Ulead Systems, Inc. Todos os direitos reservados. Nenhuma parte desta publicação pode ser

Leia mais

CRIAR UMA ANIMAÇÃO BÁSICA NO FLASH MX

CRIAR UMA ANIMAÇÃO BÁSICA NO FLASH MX CRIAR UMA ANIMAÇÃO BÁSICA NO FLASH MX Introdução Este tutorial vai-te ajudar a compreender os princípios básicos do Flash MX - tal como layers, tweens, cores, texto, linhas e formas. No final deste tutorial

Leia mais

UNIDADE 2: Sistema Operativo em Ambiente Gráfico

UNIDADE 2: Sistema Operativo em Ambiente Gráfico Ambiente Gráfico Configurações Acessórios O Sistema Operativo (SO) é o conjunto de programas fundamentais que permitem que o computador funcione e que comunique com o exterior. Actualmente o Windows é

Leia mais

Pesquisa e organização de informação

Pesquisa e organização de informação Pesquisa e organização de informação Capítulo 3 A capacidade e a variedade de dispositivos de armazenamento que qualquer computador atual possui, tornam a pesquisa de informação um desafio cada vez maior

Leia mais

Como Fazer um Vídeo no Windows Movie Maker

Como Fazer um Vídeo no Windows Movie Maker Como Fazer um Vídeo no Windows Movie Maker Versão deste documento: 1 1 Data de edição deste documento: 20 de Julho de 2011 1. Vá ao Iniciar -> Todos os Programas -> Movie Maker 2..Este é o aspecto do Movie

Leia mais

Ferramentas Web, Web 2.0 e Software Livre em EVT

Ferramentas Web, Web 2.0 e Software Livre em EVT E s t u d o s o b r e a i n t e g r a ç ã o d e f e r r a m e n t a s d i g i t a i s n o c u r r í c u l o d a d i s c i p l i n a d e E d u c a ç ã o V i s u a l e T e c n o l ó g i c a Graffiti Creator

Leia mais

Ferramentas Web, Web 2.0 e Software Livre em EVT

Ferramentas Web, Web 2.0 e Software Livre em EVT E s t u d o s o b r e a i n t e g r a ç ã o d e f e r r a m e n t a s d i g i t a i s n o c u r r í c u l o da d i s c i p l i n a d e E d u c a ç ã o V i s u a l e T e c n o l ó g i c a AnimatorDV M a

Leia mais

Neste tutorial irá criar uma animação simples com base num desenho do Mechanical Desktop.

Neste tutorial irá criar uma animação simples com base num desenho do Mechanical Desktop. Neste tutorial irá criar uma animação simples com base num desenho do Mechanical Desktop. Inicialize o 3D Studio VIZ. Faça duplo clique no ícone de 3D Studio VIZ Abre-se a janela da figura seguinte. Esta

Leia mais

NÚCLEO DE TECNOLOGIA E EDUCAÇÃO CURSO: WINDOWS MOVIE MAKER TUTORIAL

NÚCLEO DE TECNOLOGIA E EDUCAÇÃO CURSO: WINDOWS MOVIE MAKER TUTORIAL NÚCLEO DE TECNOLOGIA E EDUCAÇÃO CURSO: WINDOWS MOVIE MAKER TUTORIAL O que é o Windows Movie Maker? É um programa que permite criar nossos próprios filmes com som, músicas, transição e efeito de vídeo.

Leia mais

Windows Live Movie Maker

Windows Live Movie Maker Windows Live Movie Maker Passo-a-passo para Professores Criar um filme com o Windows Live Movie Maker Descarregue o programa 1. Visite o site http://explore.live.com/windows-live-movie-maker e descarregue

Leia mais

1ª Edição Outubro de 2007

1ª Edição Outubro de 2007 1 Ficha Técnica Título: Manual de utilização da ELGG - Aluno Autoria: Célia Tavares Direcção Pedagógica e Técnica: Paula Peres Copyright: Projecto de Apoio On-line 1ª Edição Outubro de 2007 O Manual de

Leia mais

2.1.10. Trabalhar com CDs e DVDs

2.1.10. Trabalhar com CDs e DVDs 2.1.10. Trabalhar com CDs e DVDs Os procedimentos utilizados para gravar informação num CD ou num DVD variam conforme a forma como estes forem formatados. A formatação é efectuada em discos vazios e consiste

Leia mais

Manual de Utilização do Easy Reader versão 6

Manual de Utilização do Easy Reader versão 6 Manual de Utilização do Easy Reader versão 6 Página 1 Índice Manual de Utilização do Easy Reader versão 6 1 O que é o EasyReader? 4 Abrir um livro 5 Abrir um novo livro de um CD/DVD 5 Abrir um novo livro

Leia mais

Ambiente de trabalho. Configurações. Acessórios

Ambiente de trabalho. Configurações. Acessórios Ambiente de trabalho Configurações Acessórios O Sistema Operativo (SO) é o conjunto de programas fundamentais que permitem que o computador funcione e comunique com o exterior. Actualmente, o Windows é

Leia mais

Aleph 18.01 Manual de utilização do Módulo de Catalogação

Aleph 18.01 Manual de utilização do Módulo de Catalogação Aleph 18.01 Manual de utilização do Módulo de Catalogação Elaborado por: Amélia Janeiro e Ana Cosmelli SDUL 2008 Índice Apresentação... 3 1. Criar novos registos... 4 1.1 Abrir Template... 4 1.2 Usar Registo

Leia mais

Índice. 1. Introdução 3. 2. Instalação e desinstalação do GENIUS VOIP MOUSE 4. 2.2 IMs suportados pelo GENIUS VOIP MOUSE 5

Índice. 1. Introdução 3. 2. Instalação e desinstalação do GENIUS VOIP MOUSE 4. 2.2 IMs suportados pelo GENIUS VOIP MOUSE 5 Índice 1. Introdução 3 2. Instalação e desinstalação do GENIUS VOIP MOUSE 4 2.1 Requisitos do sistema 4 2.2 IMs suportados pelo GENIUS VOIP MOUSE 5 2.3 Website de cada IM para download 5 2.4 Instalação

Leia mais

Manual do Nero ControlCenter

Manual do Nero ControlCenter Manual do Nero ControlCenter Nero AG Informações sobre direitos de autor e marcas O manual do Nero ControlCenter e todo o seu conteúdo estão protegidos pelos direitos de autor e são propriedade da Nero

Leia mais

Google Sites. A g r u p a m e n t o C a m p o A b e r t o 2 0 1 0 / 2 0 1 1

Google Sites. A g r u p a m e n t o C a m p o A b e r t o 2 0 1 0 / 2 0 1 1 Google Sites A g r u p a m e n t o C a m p o A b e r t o 2 0 1 0 / 2 0 1 1 1. Google Sites A Google veio anunciar que, para melhorar as funcionalidades centrais do Grupos Google, como listas de discussão

Leia mais

Introdução à Informática

Introdução à Informática Introdução à Informática Noções Básicas de Informática Componentes de hardware Monitor : permite visualizar informação na forma de imagem ou vídeo; todo o trabalho desenvolvido com o computador pode ser

Leia mais

ALBUM DE FOTOGRAFIAS NO POWER POINT

ALBUM DE FOTOGRAFIAS NO POWER POINT ALBUM DE FOTOGRAFIAS NO POWER POINT O PowerPoint é uma poderosa ferramenta que faz parte do pacote Office da Microsoft. O principal uso desse programa é a criação de apresentação de slides, para mostrar

Leia mais

Acer econsole Manual do Utilizador

Acer econsole Manual do Utilizador Acer econsole Manual do Utilizador 1 Informações sobre software de outras empresas ou software gratuito O software pré-instalado, integrado ou distribuído com os produtos fornecidos pela Acer contém programas

Leia mais

Alguns truques do Excel. 1- Títulos com inclinação. 2- Preencha automaticamente células em branco

Alguns truques do Excel. 1- Títulos com inclinação. 2- Preencha automaticamente células em branco Alguns truques do Excel 1- Títulos com inclinação No Excel é possível colocar o conteúdo das células na vertical. Para além disto, pode-se escolher o grau de inclinação. Para isto, seleccione as células

Leia mais

Manual do Utilizador. PowerPoint 2013. Carlos Diniz

Manual do Utilizador. PowerPoint 2013. Carlos Diniz Manual do Utilizador PowerPoint 2013 Carlos Diniz Índice 1. Acerca do PowerPoint 2013... 3 1.1. Principais caraterísticas do PowerPoint 2013... 3 2. Trabalhar no interface do PowerPoint 2013... 3 2.1.

Leia mais

Microsoft PowerPoint. Prof. Rafael Vieira

Microsoft PowerPoint. Prof. Rafael Vieira Microsoft PowerPoint Prof. Rafael Vieira Características do Microsoft PowerPoint O que é? Éuma aplicação utilizada sobretudo para criar apresentações Permite utilizar animação, efeitos de transição entre

Leia mais

ZS Rest. Manual Profissional. BackOffice Mapa de Mesas. v2011

ZS Rest. Manual Profissional. BackOffice Mapa de Mesas. v2011 Manual Profissional BackOffice Mapa de Mesas v2011 1 1. Índice 2. Introdução... 2 3. Iniciar ZSRest Backoffice... 3 4. Confirmar desenho de mesas... 4 b) Activar mapa de mesas... 4 c) Zonas... 4 5. Desenhar

Leia mais

Motic Images Plus Versão 2.0 ML Guia de Consulta Rápida. Português

Motic Images Plus Versão 2.0 ML Guia de Consulta Rápida. Português Motic Images Plus Versão 2.0 ML Guia de Consulta Rápida Português Índice Instalação do Software... 1 Instalação do Controlador e Actualização do Controlador... 4 Motic Images Plus 2.0 ML...11 Calibração

Leia mais

WINDOWS. O Windows funciona como um Sistema Operativo, responsável pelo arranque do computador.

WINDOWS. O Windows funciona como um Sistema Operativo, responsável pelo arranque do computador. WINDOWS O AMBIENTE DE TRABALHO DO WINDOWS O Windows funciona como um Sistema Operativo, responsável pelo arranque do computador. Um computador que tenha o Windows instalado, quando arranca, entra directamente

Leia mais

Conteúdo. 1 Introdução 5. 2 Pré-configuração 6. 3 Configurar a Interface do Utilizador 7. 4 Configurar as opções internas 9

Conteúdo. 1 Introdução 5. 2 Pré-configuração 6. 3 Configurar a Interface do Utilizador 7. 4 Configurar as opções internas 9 Esta documentação foi convertida a partir da Base de Utilizadores do KDE para o K3b a 2011-01-20. Actualização para o 2.1 pela Equipa de Documentação do KDE Tradução: José Pires 2 Conteúdo 1 Introdução

Leia mais

Instruções para Administração do Site do Jornal de Oleiros... 2 Recomendações e Sugestões Técnicas... 2 Aceder à Zona de Administração do Site...

Instruções para Administração do Site do Jornal de Oleiros... 2 Recomendações e Sugestões Técnicas... 2 Aceder à Zona de Administração do Site... Instruções para Administração do Site do Jornal de Oleiros... 2 Recomendações e Sugestões Técnicas... 2 Aceder à Zona de Administração do Site... 2 Gerir Notícias no Site... 4 Inserir uma Notícia no Site...

Leia mais

Brasil. Características da Look 312P. Instalação da Look 312P

Brasil. Características da Look 312P. Instalação da Look 312P Características da Look 312P 1 2 3 Lente Foco manual pelo ajuste da lente. Bolso Você pode colocar o cabo no bolso. Corpo dobrável Ajuste a Look 312P em diferentes posições. Instalação da Look 312P 1.

Leia mais

Objectivos Gerais da Aplicação 5 Requisitos Mínimos e Recomendados 5 Processo de Instalação 6

Objectivos Gerais da Aplicação 5 Requisitos Mínimos e Recomendados 5 Processo de Instalação 6 MANUAL DO UTILIZADOR A informação contida neste manual, pode ser alterada sem qualquer aviso prévio. A Estratega Software, apesar dos esforços constantes de actualização deste manual e do produto de software,

Leia mais

Microsoft PowerPoint 2003

Microsoft PowerPoint 2003 Página 1 de 36 Índice Conteúdo Nº de página Introdução 3 Área de Trabalho 5 Criando uma nova apresentação 7 Guardar Apresentação 8 Inserir Diapositivos 10 Fechar Apresentação 12 Abrindo Documentos 13 Configurar

Leia mais

Menú Iniciar -> Programas -> Internet Explorer Entre no site da uarte: http://www.uarte.mct.pt/ajuda/manuais/

Menú Iniciar -> Programas -> Internet Explorer Entre no site da uarte: http://www.uarte.mct.pt/ajuda/manuais/ Crie uma pasta (0) no ambiente de trabalho com o seu nome. Inicie o Internet Explorer através do: W O R K S H O P Menú Iniciar -> Programas -> Internet Explorer Entre no site da uarte: http://www.uarte.mct.pt/ajuda/manuais/

Leia mais

Aplicações de Escritório Electrónico

Aplicações de Escritório Electrónico Universidade de Aveiro Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Águeda Curso de Especialização Tecnológica em Práticas Administrativas e Tradução Aplicações de Escritório Electrónico Folha de trabalho

Leia mais

Outlook 2003. Nivel 1. Rui Camacho

Outlook 2003. Nivel 1. Rui Camacho Outlook 2003 Nivel 1 Objectivos gerais Enviar e Responder a mensagens de correio electrónico, e gestão de contactos, marcação de compromissos e trabalhar com notas. Objectivos específicos Começar a trabalhar

Leia mais

Sumário. 6.3.1. Text Color...14 6.3.2. Background Color...14 6.3.3. Text Properties...14. 6.4. Effects... 15

Sumário. 6.3.1. Text Color...14 6.3.2. Background Color...14 6.3.3. Text Properties...14. 6.4. Effects... 15 1 Sumário 1. Criando um projeto novo... 4 2. Interface:... 4 3. Abas... 5 3.1. Explorer... 5 3.2. Project Media... 6 3.3. Video Fx... 6 3.4. Transitions... 6 3.5. Customizar... 6 4. Timeline... 6 4.1.

Leia mais

Criação de web sites com o Microsoft Frontpage

Criação de web sites com o Microsoft Frontpage Criação de web sites com o Microsoft Frontpage Fernando Ferreira 1. Iniciação do Frontpage Porquê criar páginas web? A World Wide Web é a melhor forma das pessoas comunicarem umas com as outras. É Nos

Leia mais

Manual do Aluno Plataforma de e-learning Moodle

Manual do Aluno Plataforma de e-learning Moodle Manual do Aluno Plataforma de e-learning Moodle i Índice Índice de Figuras 3 Introdução 4 Parte I - Acesso à Plataforma 5 1 - Entrar na Plataforma 6 1.1 - Alterar a senha 7 Parte II - Utilização da Plataforma

Leia mais

Microsoft Windows: # 1

Microsoft Windows: # 1 Microsoft Windows Microsoft Windows: # 1 Ambiente de trabalho Microsoft Windows: # 2 Botão Iniciar I Lado Esquerdo Para guardar atalhos para as aplicações mais genéricas (Internet, E-mail) e para aquelas

Leia mais

Memeo Instant Backup Guia Rápido de Introdução

Memeo Instant Backup Guia Rápido de Introdução Introdução O Memeo Instant Backup é uma solução de cópias de segurança simples para um mundo digital complexo. O Memeo Instant Backup protege os seus dados, realizando automática e continuamente uma cópia

Leia mais

MICROSOFT ACCESS MICROSOFT ACCESS. Professor Rafael Vieira Professor Rafael Vieira

MICROSOFT ACCESS MICROSOFT ACCESS. Professor Rafael Vieira Professor Rafael Vieira MICROSOFT ACCESS MICROSOFT ACCESS Professor Rafael Vieira Professor Rafael Vieira - Access - Programa de base de dados relacional funciona em Windows Elementos de uma Base de Dados: Tabelas Consultas Formulários

Leia mais

Manual de Utilização do Easy Reader Versão 6

Manual de Utilização do Easy Reader Versão 6 Manual de Utilização do Easy Reader Versão 6 Página 1 Conteúdo Manual de Utilização do Easy Reader Versão 6... 1 O que é o EasyReader?... 4 Atalhos Gerais do Windows... 5 Teclas de Atalho para Windows...

Leia mais

Tecnologias da Informação e Comunicação: Sistema Operativo em Ambiente Gráfico

Tecnologias da Informação e Comunicação: Sistema Operativo em Ambiente Gráfico Tecnologias da Informação e Comunicação UNIDADE 1 Tecnologias da Informação e Comunicação: Sistema Operativo em Ambiente Gráfico 1º Período Elementos básicos da interface gráfica do Windows (continuação).

Leia mais

MICROSOFT WINDOWS XP Sistema Operativo

MICROSOFT WINDOWS XP Sistema Operativo MICROSOFT WINDOWS XP Sistema Operativo Índice 1. O que é o Windows XP 1 2. Para que serve o Windows XP 1 3. O Ambiente de Trabalho 2 4. Menu Iniciar 3 5. Janelas 4 6. Vistas 5 7. Iniciar 10 8. Encerrar

Leia mais

O AMBIENTE DE TRABALHO DO WINDOWS

O AMBIENTE DE TRABALHO DO WINDOWS O AMBIENTE DE TRABALHO DO WINDOWS O Windows funciona como um Sistema Operativo, responsável pelo arranque do computador. Um computador que tenha o Windows instalado, quando arranca, entra directamente

Leia mais

Audacity. Os primeiros passos com o Audacity!

Audacity. Os primeiros passos com o Audacity! Audacity Os primeiros passos com o Audacity! João Torres joao.torres@dgidc.min-edu.pt Milena Jorge milena.jorge@dgidc.min-edu.pt Dezembro de 2009 Conteúdo 1 Sobre este documento 2 2 O que é o Audacity?

Leia mais

Microsoft Windows. Aspectos gerais

Microsoft Windows. Aspectos gerais Aspectos gerais É um sistema operativo desenvolvido pela Microsoft Foi desenhado de modo a ser fundamentalmente utilizado em computadores pessoais Veio substituir o sistema operativo MS-DOS e as anteriores

Leia mais

C D. C) Coleções: é usada para organizar o conteúdo de áudio, vídeo e imagens em pastas, buscando facilitar a montagem do storyboard.

C D. C) Coleções: é usada para organizar o conteúdo de áudio, vídeo e imagens em pastas, buscando facilitar a montagem do storyboard. 1 Windows Movie Maker XP O Windows Movie Maker é um software de edição de vídeos que permite criar e editar filmes caseiros, inserindo efeitos, músicas, legendas e transições. O vídeo pode ser criado a

Leia mais

O Stage onde estão os gráficos, videos, botões etc que irão aparecer durante o play back.

O Stage onde estão os gráficos, videos, botões etc que irão aparecer durante o play back. O que é o Flash? Copyright 2006/2007 Jorge Mota- Multimédia I/ISTEC O flash é uma ferramenta autor, que pode ser usada por designers, editores de conteúdos, engenheiros multimédia e programadores para

Leia mais

604 wifi. Visite www.archos.com/manuals para transferir a versão mais recente deste manual.

604 wifi. Visite www.archos.com/manuals para transferir a versão mais recente deste manual. 604 wifi FUNÇÕES WIFI e Internet Suplemento ao Manual do Utilizador ARCHOS 504/604 Versão 1.2 Visite www.archos.com/manuals para transferir a versão mais recente deste manual. Este manual contém informações

Leia mais

Início Rápido. Nero SoundTrax. Ahead Software AG

Início Rápido. Nero SoundTrax. Ahead Software AG Início Rápido Nero SoundTrax Ahead Software AG Informações sobre copyright e marcas comerciais O manual do utilizador Nero Soundtrax e a totalidade do respectivo conteúdo estão protegidos por copyright

Leia mais

Sistema Operativo em Ambiente Gráfico

Sistema Operativo em Ambiente Gráfico Sistema Operativo em Ambiente Gráfico Sistema Operativo Conjunto de programas fundamentais que permitem que o computador funcione e comunique com o exterior; Windows: sistema operativo mais utilizado nos

Leia mais

GUIA DE CRIAÇÃO DE APRESENTAÇÕES MICROSOFT POWER POINT

GUIA DE CRIAÇÃO DE APRESENTAÇÕES MICROSOFT POWER POINT Nuno Azevedo 2005/06 ESCOLA BÁSICA B INTEGRADA DE ANGRA DO HEROÍSMO GUIA DE CRIAÇÃO DE APRESENTAÇÕES MICROSOFT POWER POINT A Janela de apresentação do Programa Barras de menus, padrão e de formatação Área

Leia mais

Apostila de Windows Movie Maker

Apostila de Windows Movie Maker Apostila de Windows Movie Maker Autor: João Paulo da Silva Apostila de Windows Movie Maker Autor: João Paulo da Silva 2 Índice Introdução ao Windows Movie Maker...03 O que é o Windows Movie Maker?...03

Leia mais

1.1. Clique no botão Iniciar, seleccione Todos os programas, Microsoft Office e no submenu aberto escolha o programa Microsoft FrontPage.

1.1. Clique no botão Iniciar, seleccione Todos os programas, Microsoft Office e no submenu aberto escolha o programa Microsoft FrontPage. Objectivos: Identificar os elementos do Ambiente de trabalho do Microsoft FrontPage Criar um website Fechar um website Abrir um website Modos de visualização de um website Criar, eliminar, abrir e fechar

Leia mais

1. Criem um novo documento no Flash MX 2004. Atribuam as dimensões do filme, Width e Height para 300 e 200.

1. Criem um novo documento no Flash MX 2004. Atribuam as dimensões do filme, Width e Height para 300 e 200. Timeline Effects Uma das evoluções que se denotam logo à partida no Flash MX 2004, são os efeitos da timeline. Os efeitos da timeline são uma colecção de efeitos especiais que podem ser personalizados

Leia mais

ZS Rest. Manual de Iniciação. BackOffice

ZS Rest. Manual de Iniciação. BackOffice Manual de Iniciação BackOffice 1 1. Índice 2. Introdução... 2 3. Iniciar o ZSRest... 3 a) BackOffice:... 4 b) Acesso BackOffice:... 4 4. Zonas... 6 c) Criar Zona:... 7 d) Modificar Zona:... 8 e) Remover

Leia mais

GUARDING EXPERT (ANDROID) SOFTWARE PARA TELEMÓVEIS

GUARDING EXPERT (ANDROID) SOFTWARE PARA TELEMÓVEIS 1 GUARDING EXPERT (ANDROID) SOFTWARE PARA TELEMÓVEIS Visão Geral O software para telemóvel Guarding Expert (Android) V3.2, foi projetado para telemóveis com base no sistema operativo Android (versão 2.3.3

Leia mais

Menus do Norton Ghost

Menus do Norton Ghost Menus do Norton Ghost O Norton Ghost é formado por 3 Opções: *Ghost Basic *Ghost Advanced *Ghost Utilities 9 Ghost Basic Tem as operações básicas do software. Este menu é constituído por 3 opções: Backup

Leia mais

Conceitos importantes

Conceitos importantes Conceitos importantes Informática Informação + Automática Tratamento ou processamento da informação, utilizando meios automáticos. Computador (Provem da palavra latina: computare, que significa contar)

Leia mais

PROGRAMAÇÃO Microsoft WINDOWS XP

PROGRAMAÇÃO Microsoft WINDOWS XP Mais que um Sistema Operativo, o MS-Windows é um ambiente de trabalho que simula no ecrã o trabalho diário sobre uma secretária. A ideia base do MS-Windows foi a de esconder a organização do MS-DOS e apresentar

Leia mais

Manual de utilização do Moodle

Manual de utilização do Moodle Manual de utilização do Moodle Docentes Universidade Atlântica 1 Introdução O conceito do Moodle (Modular Object Oriented Dynamic Learning Environment) foi criado em 2001 por Martin Dougiamas, o conceito

Leia mais

Objectivos Gerais da Aplicação 5 Requisitos Mínimos e Recomendados 5 Processo de Instalação 6

Objectivos Gerais da Aplicação 5 Requisitos Mínimos e Recomendados 5 Processo de Instalação 6 MANUAL DO UTILIZADOR A informação contida neste manual, pode ser alterada sem qualquer aviso prévio. A Estratega Software, apesar dos esforços constantes de actualização deste manual e do produto de software,

Leia mais

Unidade 2. ROM BIOS (Basic Input/Output System) Sistema Operativo. Interacção entre as diferentes partes num computador: software e hardware

Unidade 2. ROM BIOS (Basic Input/Output System) Sistema Operativo. Interacção entre as diferentes partes num computador: software e hardware Interacção entre as diferentes partes num computador: software e hardware Unidade 2 Utilização do ambiente operativo Windows Aplicações Sistema Operativo ROM BIOS Processador+memória+... Software aplicacional

Leia mais

Utilizar o Microsoft Offi ce OneNote 2003: Iniciação rápida

Utilizar o Microsoft Offi ce OneNote 2003: Iniciação rápida Utilizar o Microsoft Offi ce OneNote 2003: Iniciação rápida Utilizar a iniciação ao OneNote 1 O MICROSOFT OFFICE ONENOTE 2003 OPTIMIZA A PRODUTIVIDADE AO PERMITIR QUE OS UTILIZADORES CAPTEM, ORGANIZEM

Leia mais

Aleph 18.01 Manual de utilização do módulo de circulação e empréstimos

Aleph 18.01 Manual de utilização do módulo de circulação e empréstimos Aleph 18.01 Manual de utilização do módulo de circulação e empréstimos Elaborado por: Amélia Janeiro e Ana Cosmelli SDUL 2008 Índice Apresentação... 3 1. Gestão de leitores... 5 1.1 Pesquisa de leitores...

Leia mais

PORTUGUÊS. Mesa Digitalizadora. Manual do Utilizador. Windows 2000 / XP / Vista

PORTUGUÊS. Mesa Digitalizadora. Manual do Utilizador. Windows 2000 / XP / Vista Mesa Digitalizadora Manual do Utilizador Windows 2000 / XP / Vista 1 I. Informação Geral 1. Visão Geral Bem-vindo ao mundo das canetas digitais! Irá descobrir que é muito fácil controlar o seu computador

Leia mais

Brasil. Características da VideoCAM GF112. Instalação da VideoCAM GF112

Brasil. Características da VideoCAM GF112. Instalação da VideoCAM GF112 Características da VideoCAM GF112 Botão SnapShot 1 (INSTANTÂNEO) 2 Lente 3 Base ajustável Instalação da VideoCAM GF112 1. Instale primeiro o driver e somente então conecte a VideoCAM GF112 à porta USB.

Leia mais

CRIAÇÃO DE UM SITE COMPLETO EM FLASH

CRIAÇÃO DE UM SITE COMPLETO EM FLASH CRIAÇÃO DE UM SITE COMPLETO EM FLASH Introdução A criação de sites completamente em Flash é uma boa indicadora do grau de experiência que alguém pode ter com este software. Escusado será dizer que a criação

Leia mais

Ferramentas Web, Web 2.0 e Software Livre em EVT

Ferramentas Web, Web 2.0 e Software Livre em EVT E s t u d o s o b r e a i n t e g r a ç ã o d e f e r r a m e n t a s d i g i t a i s n o c u r r í c u l o d a d i s c i p l i n a d e E d u c a ç ã o V i s u a l e T e c n o l ó g i c a MonkeyJam M a

Leia mais

Guia Rápido do TVR 12

Guia Rápido do TVR 12 Guia Rápido do TVR 12 Figura 1: Ligações do painel traseiro 1. "Loop through" para um máximo de 16 câmaras analógicas (consoante o modelo de DVR). 2. Ligar a um dispositivo RS-232. 3. Ligar até quatro

Leia mais

Oficina de Construção de Páginas Web

Oficina de Construção de Páginas Web COMPETÊNCIAS BÁSICAS EM TIC NAS EB1 Oficina de Construção de Páginas Web Criação e Publicação Actividades de exploração Objectivo Explorar as funcionalidades essenciais do Programa, na perspectiva da construção/actualização

Leia mais

No final desta sessão o formando deverá ser capaz de aceder ao Word e iniciar um novo documento.

No final desta sessão o formando deverá ser capaz de aceder ao Word e iniciar um novo documento. Sessão nº 2 Iniciar um novo documento Objectivos: No final desta sessão o formando deverá ser capaz de aceder ao Word e iniciar um novo documento. Iniciar um novo documento Ao iniciar-se o Word, este apresenta

Leia mais

17:47:08. Introdução à Informática com Software Livre

17:47:08. Introdução à Informática com Software Livre 17:47:08 Introdução à Informática com Software Livre 1 17:47:09 Audacity 2 Audacity 17:47:09 Audacity é um Software Livre de edição digital de áudio, disponível principalmente nas plataformas: Windows,

Leia mais

Seu manual do usuário EPSON LQ-630 http://pt.yourpdfguides.com/dref/1120693

Seu manual do usuário EPSON LQ-630 http://pt.yourpdfguides.com/dref/1120693 Você pode ler as recomendações contidas no guia do usuário, no guia de técnico ou no guia de instalação para. Você vai encontrar as respostas a todas suas perguntas sobre a no manual do usuário (informação,

Leia mais

Microsoft Office FrontPage 2003

Microsoft Office FrontPage 2003 Instituto Politécnico de Tomar Escola Superior de Gestão Área Interdepartamental de Tecnologias de Informação e Comunicação Microsoft Office FrontPage 2003 1 Microsoft Office FrontPage 2003 O Microsoft

Leia mais

- MÓDULO I. Os primeiros passos. Navegar no meu computador e na Internet. Comunicar.

- MÓDULO I. Os primeiros passos. Navegar no meu computador e na Internet. Comunicar. - MÓDULO I Os primeiros passos. Navegar no meu computador e na Internet. Comunicar. Santarém, Março de 2002 Cristina Novo/João Galego/Maurício Dias/Nuno Pacheco/Teresa Pacheco A. CONHECER O COMPUTADOR

Leia mais

POS significa Point of Sale Posto de Venda um local onde ocorre uma transação financeira, por exemplo,

POS significa Point of Sale Posto de Venda um local onde ocorre uma transação financeira, por exemplo, Módulo POS Loja O que é um POS? Para que serve? POS significa Point of Sale Posto de Venda um local onde ocorre uma transação financeira, por exemplo, uma Loja que efetue venda ao público. Por outras palavras,

Leia mais

Manual de Utilização do Livromédia

Manual de Utilização do Livromédia Manual de Utilização do Livromédia Índice O que é o Livromédia? 3 Como está organizado o Livromédia? 4 Barra de conteúdos 5 Barra de navegação 6 Botões da barra de navegação 7 Barra de ferramentas 8 Botões

Leia mais

Centro Atlântico. O Guia do. Internet Explorer 5

Centro Atlântico. O Guia do. Internet Explorer 5 Centro Atlântico O Guia do Internet Explorer 5 Pedro Remoaldo Centro Atlântico O Guia do Internet Explorer 5 Edições Centro Atlântico Portugal/1999 Reservados todos os direitos por Centro Atlântico, Lda.

Leia mais

INTRODUÇÃO AO WINDOWS

INTRODUÇÃO AO WINDOWS INTRODUÇÃO AO WINDOWS Paulo José De Fazzio Júnior 1 Noções de Windows INICIANDO O WINDOWS...3 ÍCONES...4 BARRA DE TAREFAS...5 BOTÃO...5 ÁREA DE NOTIFICAÇÃO...5 BOTÃO INICIAR...6 INICIANDO PROGRAMAS...7

Leia mais

TINA. Projecto de Tecnologias de Informação para Netos e Avós. Manual de TIC

TINA. Projecto de Tecnologias de Informação para Netos e Avós. Manual de TIC TINA Projecto de Tecnologias de Informação para Netos e Avós Manual de TIC Abril 2010 Manual de Formação Básica em TIC Vitor Gonçalves Raquel Patrício Abril 2010 2 ÍNDICE Introdução... 2 Windows... 2 Word...

Leia mais

Ferramentas Web, Web 2.0 e Software Livre em EVT

Ferramentas Web, Web 2.0 e Software Livre em EVT E s t u d o s o b r e a i n t e g r a ç ã o d e f e r r a m e n t a s d i g i t a i s n o c u r r í c u l o d a d i s c i p l i n a d e E d u c a ç ã o V i s u a l e T e c n o l ó g i c a Animoto M a n

Leia mais

Editor HTML. Composer

Editor HTML. Composer 6 Editor HTML 6 Composer Onde criar Páginas Web no Netscape Communicator? 142 A estrutura visual do Composer 143 Os ecrãs de apoio 144 Configurando o Composer 146 A edição de Páginas 148 Publicando a sua

Leia mais

Instalação e Manutenção de Microcomputadores (COI)

Instalação e Manutenção de Microcomputadores (COI) Instalação e Manutenção de Microcomputadores (COI) 4. Montagem do Computador Disco rígido limpeza; Disco rígido verificação de erros (modo gráfico); Disco rígido verificação de erros (linha de comandos;

Leia mais

ZS Rest. Manual Avançado. Menus. v2011 - Certificado

ZS Rest. Manual Avançado. Menus. v2011 - Certificado Manual Avançado Menus v2011 - Certificado 1 1. Índice 2. Introdução... 2 3. Iniciar o ZSRest... 3 4. Menus... 4 b) Novo Produto:... 5 i. Separador Geral.... 5 ii. Separador Preços e Impostos... 7 iii.

Leia mais

Os elementos básicos do Word

Os elementos básicos do Word Os elementos básicos do Word 1 Barra de Menus: Permite aceder aos diferentes menus. Barra de ferramentas-padrão As ferramentas de acesso a Ficheiros: Ficheiro novo, Abertura de um documento existente e

Leia mais

Administração da disciplina

Administração da disciplina Administração da disciplina Agrupamento Vertical de Escolas de Tarouca Documento disponível em: http://avetar.no-ip.org 1.Acesso e utilização da plataforma:. Seleccione a opção Entrar, que se encontra

Leia mais

OpenBook reconhecimento de caracteres para voz

OpenBook reconhecimento de caracteres para voz OpenBook reconhecimento de caracteres para voz MANUAL DO UTILIZADOR O OpenBook é um software que transforma o seu computador pessoal e scanner numa máquina de leitura multifacetada. Utilize qualquer dos

Leia mais

MANUAL DO XTRA CONTROLLER PRO

MANUAL DO XTRA CONTROLLER PRO MANUAL DO XTRA CONTROLLER PRO Manual do Xtra Controller Pro 1/10 ÍNDICE Clique em qualquer título deste índice para avançar até à secção correspondente 1. INTRODUÇÃO...3 2. FUNÇÃO TRAVELLING ZOOM...5 3.

Leia mais

Capítulo 1: Introdução

Capítulo 1: Introdução Capítulo 1: Introdução 1.1 Conteúdo da embalagem Quando receber a sua TVGo A03, certifique-se que os seguintes itens se encontram na embalagem da Mini Super TV USB. TVGo A03 CD do controlador Controlo

Leia mais

Manual de Administração Intranet BNI

Manual de Administração Intranet BNI Manual de Administração Intranet BNI Fevereiro - 2010 Índice 1. Apresentação... 3 2. Conceitos... 5 3. Funcionamento base da intranet... 7 3.1. Autenticação...8 3.2. Entrada na intranet...8 3.3. O ecrã

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DA PLATAFORMA MOODLE

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DA PLATAFORMA MOODLE MANUAL DE UTILIZAÇÃO DA PLATAFORMA MOODLE A EQUIPA DO PTE 2009/2010 Índice 1. Entrar na plataforma Moodle 3 2. Editar o Perfil 3 3. Configurar disciplina 4 3.1. Alterar definições 4 3.2. Inscrever alunos

Leia mais

Ferramentas Web, Web 2.0 e Software Livre em EVT

Ferramentas Web, Web 2.0 e Software Livre em EVT E s t u d o s o b r e a i n t e g r a ç ã o d e f e r r a m e n t a s d i g i t a i s n o c u r r í c u l o da d i s c i p l i n a d e E d u c a ç ã o V i s u a l e T e c n o l ó g i c a Muvizu M a n u

Leia mais

ZS Rest. Manual Avançado. Monitor de Publicidade. v2011

ZS Rest. Manual Avançado. Monitor de Publicidade. v2011 Manual Avançado Monitor de Publicidade v2011 1. Índice 2. INTRODUÇÃO... 2 3. HARDWARE... 3 1 4. DEFINIÇÃO... 4 b) Definição dos monitores... 4 c) Definições ZSRest... 4 d) Aspecto Monitor... 5 i. Sim 5

Leia mais