BELGO.COM.BR APRENDA A FAZER NÓS E MUITO MAIS! ATENDIMENTO AO CLIENTE: DISTRIBUIDOR: Uma História com Final Muito, Muito Feliz.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "BELGO.COM.BR APRENDA A FAZER NÓS E MUITO MAIS! ATENDIMENTO AO CLIENTE: 0800 151221 DISTRIBUIDOR: Uma História com Final Muito, Muito Feliz."

Transcrição

1 BELGO.COM.BR ATENDIMENTO AO CLIENTE: DISTRIBUIDOR: APRENDA A FAZER NÓS E MUITO MAIS! EDIÇÃO ESPECIAL BELGO PARA ARMADORES E PROFISSIONAIS DA CONSTRUÇÃO CIVIL. Uma História com Final Muito, Muito Feliz.

2 VIDA DE ARMADOR NÃO É FÁCIL! SEMPRE ANDANDO SOBRE ANDAIMES, SUBINDO E DESCENDO NAS OBRAS...

3 4 5 MONTANDO ESTRUTURAS DE PRÉDIOS ALTOS, BAIXOS... DE CASAS E DE TUDO O QUE É CONSTRUÇÃO... TRABALHANDO... SEMPRE... OU QUASE SEMPRE, DA FORMA MAIS PRÁTICA. E PRA PROVAR MINHA PRÁTICA, VOU MOSTRAR PRA VOCÊS OS 7 TIPOS DE NÓS MAIS USADOS. ALIÁS, POR FALAR EM PRÁTICA, NÃO TEM UM TIPO DE NÓ QUE EU NÃO FAÇA E DO MODO MAIS PRÁTICO DOS MAIS FÁCEIS ATÉ OS MAIS DIFÍCEIS! COM OS MEUS NÓS, VERGALHÃO NENHUM SE MEXE NAS ARMADURAS.

4 6 7 O MAIS FÁCIL DELES É O NÓ "PONTO DE LAJE" OU "SIMPLES"... OLHA COMO FAZ!...E NAS ARMADURAS QUE VÃO SER MOVIMENTADAS, O NÓ CERTO É O "NÓ SIMPLES COM RABO DE MACACO". É TAMBÉM MUITO FÁCIL DE FAZER,... É SÓ PRESTAR ATENÇÃO. APLICAÇÃO: USADO PRINCIPALMENTE NA ARMADURA DE LAJES, OU SEJA, EM SITUAÇÕES EM QUE AS BARRAS DE AÇO NÃO ESTÃO SUJEITAS A MUITA MOVIMENTAÇÃO OU DESLOCAMENTOS. APLICAÇÃO: USADO PARA SEGURAR AS BARRAS OU ESTRIBOS HORIZONTAIS EM ARMADURAS VERTICAIS, POR EXEMPLO EM PILARES E CORTINAS. O COMPLEMENTO DO NÓ, CHAMADO DE RABO DE MACACO, É FEITO NA BARRA VERTICAL.... E ESTE AQUI É O NÓ DE CANTO. 4 APLICAÇÃO: MUITO UTILIZADO EM VIGAS, SAPATAS E COLUNAS. COMO O NOME INDICA, É UTILIZADO PARA FIXAR AS BARRAS RETAS NOS CANTOS DAS BARRAS DOBRADAS.

5 8 9 NÓ DE CANTO EM X COM RABO DE MACACO. OLHA AQUI O NÓ DE CANTO COM RABO DE MACACO. 4 APLICAÇÃO: PODE SER USADO EM ARMADURAS MUITO PESADAS, QUE SERÃO IÇADAS NAS OBRAS. DICA: ALTERNAR COM O NÓ DE CANTO EM ARMADURAS DE PESO MÉDIO. NÓ DE CANTO EM X OU XIZADO. VISTA POSTERIOR. APLICAÇÃO: USO SIMILAR AO NÓ DE CANTO COM RABO DE MACACO. E ESTE É O NÓ CRUZADO. VEJA COMO É PRÁTICO. VISTA POSTERIOR. APLICAÇÃO: USO SIMILAR AO NÓ DE CANTO. APLICAÇÃO: SUBSTITUI O NÓ SIMPLES COM RABO DE MACACO EM CORTINAS, PILARES ETC. VISTA POSTERIOR.

6 0 DEPOIS DE UM DIA INTEIRO DE TRABALHO, QUALQUER ROLINHO FICA PESANDO 00 QUILOS. UM DESESPERO! PRONTO! AGORA VOCÊ VAI PODER SAIR POR AÍ SE GABANDO DE SABER FAZER OS PRINCIPAIS TIPOS DE NÓS. MAS VOCÊ VAI TER QUE PRATICAR MUITO PRA SER RÁPIDO NO GATILHO, DIGO, NA TORQUÊS QUE NEM EU. É UM TAL DE CARREGAR ROLO DE ARAME, DAQUELES GRANDÕES... DE 40 QUILOS OU MAIS!... DE CORRER PRA CIMA E PRA BAIXO COM ELES. ENROLANDO E DESENROLANDO FIOS EMBARAÇADOS. MAS, FORA OS NÓS E SEM BRINCADEIRA, QUE PROFISSÃO DIFÍCIL ESSA NOSSA. NÃO É?!?... E MESMO QUE VOCÊ TENHA UM AJUDANTE, O TRABALHO NÃO RENDE... VOCÊ FICA LÁ NO ALTO, PARADO, E O ARAME NÃO VEM...

7 ... E DEPOIS, É MESMO UMA TRABALHEIRA CORTAR O ARAME EM PEDAÇOS, ENROLAR OS FIOS, PRA SÓ ENTÃO COMEÇAR A ARMAÇÃO... É UM TRABALHO MUITO ENROLADO. EMBARAÇADO COMO O DANADO DO ARAME. É MAIS FÁCIL DO QUE QUANDO A GENTE USA A TORQUÊS, MAS NÃO É PRÁTICO. É UMA ATRAPALHAÇÃO, UM DESPERDÍCIO DE TEMPO E DE MATERIAL QUE DEUS ME LIVRE... NÃO ADIANTA NADA A CORRERIA. DEFINITIVAMENTE, NÃO É PRÁTICO!... O TRABALHO NÃO SAI E DEMORA DEMAIS!... NEM QUANDO A GENTE USA A FURADEIRA PRA ENROLAR OS PEDAÇOS DE ARAME POR ISSO, PRA GENTE VER OS PRÉDIOS PRONTOS MAIS DEPRESSA E O NOSSO TRABALHO REALIZADO...

8 TEM QUE ESTAR DE OLHO NA TECNOLOGIA. É ISSO AÍ... TECNOLOGIA BELGO. CHEGOU BELGO PRÁTICO. A SOLUÇÃO PRÁTICA PRA FACILITAR A NOSSA VIDA.... E CHEGA DE PASSEAR PELA OBRA AO INVÉS DE TRABALHAR. ACABOU A HISTÓRIA DE GUARDAR ROLOS E ROLOS DE ARAME EM TODOS OS CANTOS DA OBRA... BELGO PRÁTICO ACABA COM A CANSEIRA E O DESPERDÍCIO DE TEMPO E DE MATERIAL NA OBRA. CHEGA DE CONFUSÃO E DE PERDA DE TEMPO. BELGO PRÁTICO É PRÁTICO TERMINOU A CANSEIRA DE CARREGAR TODO O DIA TONELADAS DE ARAME, QUE PESAM ATÉ NA CONSCIÊNCIA DA GENTE...

9 6 7 É O PREFERIDO DO ARMADOR DE SUCESSO... VEJA COMO É PRÁTICO E FÁCIL DE USAR. BELGO PRÁTICO É PEQUENO, MAS UM GIGANTE NO TRABALHO SEM ENROLAÇÃO, ACABA COM AS DIFICULDADES DO PASSADO É FÁCIL DE GUARDAR, TRANSPORTAR, E VOCÊ PODE USAR BELGO PRÁTICO NA BANCADA OU DIRETO NA OBRA...

10 O RESULTADO É SEMPRE O MESMO: VOCÊ TRABALHA MELHOR E O PATRÃO FICA FELIZ. Belgo Prático: bitola,4 mm (fio duplo) Belgo Prático: bitola,65 mm (fio simples) COM BELGO PRÁTICO, AS OBRAS CRESCEM MAIS RÁPIDO, SEGURAS E FORTES, COMO A GENTE SEMPRE DESEJOU FAZER.

Soluções em Autoconstrução Praticidade, economia e agilidade na sua obra

Soluções em Autoconstrução Praticidade, economia e agilidade na sua obra Aços Longos Soluções em Autoconstrução Praticidade, economia e agilidade na sua obra Sapatas Arame Recozido Trançadinho Pregos Treliças Nervuradas Murfor Produto Belgo Bekaert Malhas Top Telas Soldadas

Leia mais

AÇO PARA CONSTRUÇÃO CIVIL

AÇO PARA CONSTRUÇÃO CIVIL AÇO PARA CONSTRUÇÃO CIVIL GG 50 O VERGALHÃO QUE ESTÁ POR DENTRO DAS MELHORES OBRAS VERGALHÃO GG 50 GERDAU Para o seu projeto sair do papel com segurança e qualidade, use o vergalhão GG 50. Produzido rigorosamente

Leia mais

AÇO PARA CONSTRUÇÃO CIVIL

AÇO PARA CONSTRUÇÃO CIVIL AÇO PARA CONSTRUÇÃO CIVIL GG 50 O VERGALHÃO QUE ESTÁ POR DENTRO DAS MELHORES OBRAS VERGALHÃO GERDAU GG 50 Para o seu projeto sair do papel com segurança e qualidade, use o Vergalhão Gerdau GG 50. Produzido

Leia mais

ano Literatura, Leitura e Reflexão Se m e s t re A r ua de José Ricardo Moreira

ano Literatura, Leitura e Reflexão Se m e s t re A r ua de José Ricardo Moreira 2- Literatura, Leitura e Reflexão 2- ano o Se m e s t re A r ua de s o n s o d o t José Ricardo Moreira PEI_LLR_2ano_2S_H1.indb 1 12/06/2012 18:18:06 Capítulo 1 A sua rua tem calçada? A minha tem! A sua

Leia mais

PISCINAS EM CONCRETO ARMADO

PISCINAS EM CONCRETO ARMADO PISCINAS EM CONCRETO ARMADO PISCINAS EM CONCRETO ARMADO COM TELAS SOLDADAS CONCEITOS BÁSICOS As telas soldadas são armaduras prontas para concreto armado, produzidas com aço de alta resistência (CA 60),

Leia mais

e-mail: ederaldoazevedo@yahoo.com.br

e-mail: ederaldoazevedo@yahoo.com.br Centro de Ensino Superior do Amapá-CEAP Curso: Arquitetura e Urbanismo Assunto: Cálculo de Pilares Prof. Ederaldo Azevedo Aula 4 e-mail: ederaldoazevedo@yahoo.com.br Centro de Ensino Superior do Amapá-CEAP

Leia mais

Definições. Armação. Armação ou Armadura? Armação: conjunto de atividades relativas à preparação e posicionamento do aço na estrutura.

Definições. Armação. Armação ou Armadura? Armação: conjunto de atividades relativas à preparação e posicionamento do aço na estrutura. Definições Armação ou Armadura? Armação: conjunto de atividades relativas à preparação e posicionamento do aço na estrutura. Armadura: associação das diversas peças de aço, formando um conjunto para um

Leia mais

Em algum lugar de mim

Em algum lugar de mim Em algum lugar de mim (Drama em ato único) Autor: Mailson Soares A - Eu vi um homem... C - Homem? Que homem? A - Um viajante... C - Ele te viu? A - Não, ia muito longe! B - Do que vocês estão falando?

Leia mais

Discurso do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, durante visita às obras da usina hidrelétrica de Jirau

Discurso do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, durante visita às obras da usina hidrelétrica de Jirau , Luiz Inácio Lula da Silva, durante visita às obras da usina hidrelétrica de Jirau Porto Velho-RO, 12 de março de 2009 Gente, uma palavra apenas, de agradecimento. Uma obra dessa envergadura não poderia

Leia mais

EXECUÇÃO DO REVESTIMENTO ARGAMASSA DE FACHADA DE P R O M O Ç Ã O

EXECUÇÃO DO REVESTIMENTO ARGAMASSA DE FACHADA DE P R O M O Ç Ã O EXECUÇÃO DO REVESTIMENTO DE FACHADA DE ARGAMASSA P R O M O Ç Ã O Início dos Serviços Alvenarias concluídas há 30 dias e fixadas internamente há 15 dias Estrutura concluída há 120 dias Contra marcos chumbados

Leia mais

QUESTÃO 26 TRT-3-2009

QUESTÃO 26 TRT-3-2009 QUESTÃO 55 PETROBRÁS DISTRIBUIDORA S.A 2010 Em relação ao projeto de elevadores para o transporte de pessoas, é instruído tecnicamente que o(a) A) conjunto formado por cabine, armação, plataforma e contrapeso

Leia mais

Rio de Janeiro, 18 de junho de 2008

Rio de Janeiro, 18 de junho de 2008 IDENTIFICAÇÃO Rio de Janeiro, 18 de junho de 2008 Meu nome é João Almeida Gonçalves, nasci em Macaé em12 de novembro de 1960. INGRESSO NA PETROBRAS Ingressei na Petrobras, antes de trabalhar na Petrobras.

Leia mais

A fantástica máquina dos bichos

A fantástica máquina dos bichos A fantástica máquina dos bichos Texto: Ruth Rocha Ilustrações: Jean Claude R. Alphen Elaboração Anna Flora Brincadeira 1: Uma máquina fantástica Aviso: O início deste livro faz uma referência aos personagens

Leia mais

Como montar boneco de arame para stopmotion

Como montar boneco de arame para stopmotion Como montar boneco de arame para stopmotion Neste manual, mostraremos como montar bonecos simples para o uso no stopmotion. Existem diversos tipos de técnicas na qual pode-se explorar. -Animação em areia

Leia mais

ÍNDICE DO LIVRO CÁLCULO E DESENHO DE CONCRETO ARMADO autoria de Roberto Magnani SUMÁRIO LAJES

ÍNDICE DO LIVRO CÁLCULO E DESENHO DE CONCRETO ARMADO autoria de Roberto Magnani SUMÁRIO LAJES ÍNDICE DO LIVRO CÁLCULO E DESENHO DE CONCRETO ARMADO autoria de Roberto Magnani SUMÁRIO LAJES 2. VINCULAÇÕES DAS LAJES 3. CARREGAMENTOS DAS LAJES 3.1- Classificação das lajes retangulares 3.2- Cargas acidentais

Leia mais

PRODUÇÃO DA ARMADURA PRODUÇÃO DE ARMADURAS. Barras e fios de aço destinados à armadura. Barras e fios de aço destinados à armadura

PRODUÇÃO DA ARMADURA PRODUÇÃO DE ARMADURAS. Barras e fios de aço destinados à armadura. Barras e fios de aço destinados à armadura DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA DE CONSTRUÇÃO CIVIL PCC 2435 - Tecnologia da Construção de Edifícios I PRODUÇÃO DA ARMADURA PRODUÇÃO DE ARMADURAS Qual a função das armaduras? Estruturar o concreto simples Profs.

Leia mais

SAPATAS ARMADAS Fundações rasas Solos arenosos

SAPATAS ARMADAS Fundações rasas Solos arenosos SAPATAS ARMADAS Fundações rasas Solos arenosos Prof. Marco Pádua Se a superestrutura do edifício for definida por um conjunto de elementos estruturais formados por lajes, vigas e pilares caracterizando

Leia mais

10 simples passos que irão mudar a forma como você tira fotos

10 simples passos que irão mudar a forma como você tira fotos VERSÃO FOTOGRAFIA 10 simples passos que irão mudar a forma como você tira fotos Existem várias formas de alterar o resultado final de uma foto, seja através do ISO, da velocidade do obturador, da abertura

Leia mais

PINHOLE SARDINHA POR MARCOS CAMPOS. www.marcoscampos.com.br - contato@marcoscampos.com.br - www.flickr.com/photos/marcoscampos

PINHOLE SARDINHA POR MARCOS CAMPOS. www.marcoscampos.com.br - contato@marcoscampos.com.br - www.flickr.com/photos/marcoscampos POR MARCOS CAMPOS PINHOLE SARDINHA - - http://creativecommons.org/licenses/by-nc/2.5/br/ MATERIAL NECESSÁRIO 16 15 7 6 4 1 13 14 17 8 9 11 12 5 2 3 4 10 1 - Lata de Sardinha (marca Gomes da Costa) 2 -

Leia mais

ebook Aprenda como aumentar o poder de captação do seu site. por Rodrigo Pereira Publicitário e CEO da Agência Retina Comunicação

ebook Aprenda como aumentar o poder de captação do seu site. por Rodrigo Pereira Publicitário e CEO da Agência Retina Comunicação por Rodrigo Pereira Publicitário e CEO da Agência Retina Comunicação Sobre o Autor: Sempre fui comprometido com um objetivo de vida: TER MINHA PRÓPRIA EMPRESA. Mas assim como você, eu também ralei bastante

Leia mais

Marcos Tolentino revela como se tornou o presidente da Rede Brasil de Televisão - RBTV

Marcos Tolentino revela como se tornou o presidente da Rede Brasil de Televisão - RBTV DINO - Divulgador de Notícias Marcos Tolentino revela como se tornou o presidente da Rede Brasil de Televisão - RBTV Marcos Tolentino conta sua trajetória e revela como o filho de um vendedor de carros

Leia mais

Caderno de Postura. Prof. Luiz Mello

Caderno de Postura. Prof. Luiz Mello Caderno de Postura Prof. Luiz Mello CADERNO DE POSTURA Este caderno de postura tem como objetivo demonstrar os principais pontos relacionados a maneira de como tocar violão e guitarra de uma maneira saudável,

Leia mais

Quanto mais. 15º Plano de aula. 1-Citação as semana: Quanto mais enfrentamos nossos medos, mais eles diminuem.

Quanto mais. 15º Plano de aula. 1-Citação as semana: Quanto mais enfrentamos nossos medos, mais eles diminuem. 15º Plano de aula 1-Citação as semana: Quanto mais enfrentamos nossos medos, mais eles diminuem. 2-Meditação da semana: Meditação para superar o medo 3-História da semana: Abrindo a porta 4-Música da semana:

Leia mais

PISTAS DE TREINAMENTO PARA CANOAGEM SLALOM.

PISTAS DE TREINAMENTO PARA CANOAGEM SLALOM. PISTAS DE TREINAMENTO PARA CANOAGEM SLALOM. Construção, montagem e desmontagem fácil. Guto Merkle, abril de 2008 (Ultima atualização: maio/2008) Esta apostila está disponível em: Português, Español, English

Leia mais

37 3231-4615 www.levemix.com.br GUIA PRÁTICO DE APLICAÇÃO CONCRETO LEVEMIX. Comodidade, economia e segurança ENTREGAMOS PEQUENAS QUANTIDADES

37 3231-4615 www.levemix.com.br GUIA PRÁTICO DE APLICAÇÃO CONCRETO LEVEMIX. Comodidade, economia e segurança ENTREGAMOS PEQUENAS QUANTIDADES GUIA PRÁTICO DE APLICAÇÃO CONCRETO LEVEMIX Orientações técnicas para o melhor desempenho de sua concretagem Comodidade, economia e segurança 37 3231-4615 www.levemix.com.br ENTREGAMOS PEQUENAS QUANTIDADES

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO DE SERVIÇO

ESPECIFICAÇÃO DE SERVIÇO ESPECIFICAÇÃO DE SERVIÇO ARMADURA PARA CONCRETO PROTENDIDO Grupo de Serviço OBRAS D ARTE ESPECIAIS Código DERBA-ES-OAE-18/01 1. OBJETIVO Esta especificação de serviço define os critérios que orientam a

Leia mais

JOSÉ DE SOUZA CASTRO 1

JOSÉ DE SOUZA CASTRO 1 1 JOSÉ DE SOUZA CASTRO 1 ENTREGADOR DE CARGAS 32 ANOS DE TRABALHO Transportadora Fácil Idade: 53 anos, nascido em Quixadá, Ceará Esposa: Raimunda Cruz de Castro Filhos: Marcílio, Liana e Luciana Durante

Leia mais

Curso Piloto de Informação para Operários e Encarregados Módulo: Estruturas de Concreto Armado Aula: Armaduras

Curso Piloto de Informação para Operários e Encarregados Módulo: Estruturas de Concreto Armado Aula: Armaduras Curso Piloto de Informação para Operários e Encarregados Módulo: Estruturas de Concreto Armado Aula: Armaduras Aço o para Concreto O que é o aço a o? O aço é uma combinação de SUCATA, FERRO GUSA E OUTROS.

Leia mais

LAJES EM CONCRETO ARMADO

LAJES EM CONCRETO ARMADO LAJES EM CONCRETO ARMADO CONCEITOS BÁSICOS As telas soldadas, que são armaduras pré-fabricadas soldadas em todos os pontos de cruzamento, apresentam inúmeras aplicações na construção civil, destacando-se

Leia mais

TUTORIAL. Passo a passo de como criar um vídeo usando o Windows Movie Maker.

TUTORIAL. Passo a passo de como criar um vídeo usando o Windows Movie Maker. TUTORIAL Passo a passo de como criar um vídeo usando o Windows Movie Maker. Abra o Windows Movie Maker clicando em Iniciar > Programas > Windows Movie Maker. Essa será a sua área de trabalho no Editor:

Leia mais

INTERTÍTULO: DIANA + 1 FADE IN EXT. PRAIA/BEIRA MAR DIA

INTERTÍTULO: DIANA + 1 FADE IN EXT. PRAIA/BEIRA MAR DIA DIANA + 3 INTERTÍTULO: DIANA + 1 FADE IN EXT. PRAIA/BEIRA MAR DIA Pablo, rapaz gordinho, 20 anos, está sentado na areia da praia ao lado de Dino, magrinho, de óculos, 18 anos. Pablo tem um violão no colo.

Leia mais

INICIAÇÃO À MÚSICA E AO VIOLÃO

INICIAÇÃO À MÚSICA E AO VIOLÃO INICIAÇÃO À MÚSICA E AO VIOLÃO MARIO SALES SANTOS CAMPO HARMÔNICO São Paulo 2013 SUMARIO O QUE É O CAMPO HARMÔNICO... 02 OUTROS CAMPOS MAIORES... 03 HARMONIZAÇÃO PELO C.H E DICA DE COMPOSIÇÃO... 05 O QUE

Leia mais

ESTRUTURA DE CONCRETO ARMADO REFORMA E ADAPTAÇÃO DA AC TRINDADE- DR/GO

ESTRUTURA DE CONCRETO ARMADO REFORMA E ADAPTAÇÃO DA AC TRINDADE- DR/GO C A D E R N O D E E S P E C I F I C A Ç Õ E S ESTRUTURA DE CONCRETO ARMADO REFORMA E ADAPTAÇÃO DA AC TRINDADE- DR/GO S E Ç Ã O D E P R O J E T O S E O B R A S SEPO/GEREN/DR/GO OBRA: REFORMA E ADAPTAÇÃO

Leia mais

1. Ouça o depoimento de Diana, sem acompanhar a transcrição, e complete as lacunas.

1. Ouça o depoimento de Diana, sem acompanhar a transcrição, e complete as lacunas. Todos os dias Gramática: atividades RESPOSTAS De olho no mercado 1. Ouça o depoimento de Diana, sem acompanhar a transcrição, e complete as lacunas. Diana: E o meu trabalho, eu trabalho numa empresa chamada

Leia mais

APÊNDICE A - Músicas

APÊNDICE A - Músicas APÊNDICE A - Músicas Músicas 1 GUT GUT SEM PARAR Adaptação ao meio líquido Bebeu a água da piscina toda Fui ver quem era, era o João Ele bebia a água da piscina Ele fazia gut gut gut gut gut sem parar

Leia mais

7.1 Análise dos dados da entrevista com os trabalhadores

7.1 Análise dos dados da entrevista com os trabalhadores 7. DISCUSSÃO DOS RESULTADOS 281 7.1 Análise dos dados da entrevista com os trabalhadores De acordo com os dados coletados na pesquisa de campo, por meio de entrevista, a idade dominante dos trabalhadores

Leia mais

Era uma vez um menino muito pobre chamado João, que vivia com o papai e a

Era uma vez um menino muito pobre chamado João, que vivia com o papai e a João do Medo Era uma vez um menino muito pobre chamado João, que vivia com o papai e a mamãe dele. Um dia, esse menino teve um sonho ruim com um monstro bem feio e, quando ele acordou, não encontrou mais

Leia mais

Realizado a partir do Roteiro para grupo focal com monitores - Pesquisa UCA/BA [Escola CETEP/Feira de Santana] 1

Realizado a partir do Roteiro para grupo focal com monitores - Pesquisa UCA/BA [Escola CETEP/Feira de Santana] 1 Realizado a partir do Roteiro para grupo focal com monitores - Pesquisa UCA/BA [Escola CETEP/Feira de Santana] Categorias Apresentação do instrumento [-] Mobilidade/ portabilidade [,] 0 0 Transcrição Alguns

Leia mais

O SONO DO BEBÊ O QUE EU DEVO FAZER?

O SONO DO BEBÊ O QUE EU DEVO FAZER? O SONO DO BEBÊ O QUE EU DEVO FAZER? Tentar, o quanto antes, estabelecer uma rotina de horários e hábitos, para a hora de dormir. Dar um banho, mamar, luzes mais fracas, casa mais silenciosa, e tentar fazer

Leia mais

MERGULHO de Betina Toledo e Thuany Motta

MERGULHO de Betina Toledo e Thuany Motta MERGULHO de Betina Toledo e Thuany Motta Copyright Betina Toledo e Thuany Motta Todos os direitos reservados juventudecabofrio@gmail.com Os 13 Filmes 1 MERGULHO FADE IN: CENA 1 PRAIA DIA Fotografia de

Leia mais

WWW.FSMODELSPORT.COM

WWW.FSMODELSPORT.COM SOLUCIONANDO OS PROBLEMAS DO NT1 Esta semana entrei em contato com algumas pessoas que sempre me ajudaram a solucionar problemas e achar soluções para alguns detalhes de carros elétricos e nitro. Neste

Leia mais

MANUAL DE MONTAGEM (BALANCIM MANUAL)

MANUAL DE MONTAGEM (BALANCIM MANUAL) MANUAL DE MONTAGEM (BALANCIM MANUAL) MEDIDAS DE SEGURANÇA QUANTO À MONTAGEM E USO DE ANDAIMES SUSPENSOS 1. O andaime não deve ser montado muito próximo à redes de energia elétrica. 2. Não utilizar o andaime

Leia mais

Primeiramente, vamos saber o que foi utilizado para a confecção do elevador, vamos listar as coisas utilizadas mais importantes:

Primeiramente, vamos saber o que foi utilizado para a confecção do elevador, vamos listar as coisas utilizadas mais importantes: Primeiramente, vamos saber o que foi utilizado para sua confecção, vamos listar as coisas mais importantes que foram utilizadas: Primeiramente, vamos saber o que foi utilizado para a confecção do elevador,

Leia mais

e-mail: ederaldoazevedo@yahoo.com.br

e-mail: ederaldoazevedo@yahoo.com.br Centro de Ensino Superior do Amapá-CEAP Curso: Arquitetura e Urbanismo Disciplina: Sistemas Estruturais em Concreto Armado Disciplina: Sistemas Estruturais em Concreto Armado Assunto: Dimensionamento de

Leia mais

Aços Longos. Gabiões Belgo. Produtos

Aços Longos. Gabiões Belgo. Produtos Aços Longos Gabiões Belgo Produtos Gabiões Belgo A mais nova solução para obras geotécnicas e hidráulicas Uma linha de produtos com a qualidade Belgo Bekaert para o mercado de construção civil. São elementos

Leia mais

Entrevistado: Data da Entrevista: Entrevista: 1- Como você percebe o processo de criação de marcas?

Entrevistado: Data da Entrevista: Entrevista: 1- Como você percebe o processo de criação de marcas? Entrevistado: Guto Lacaz Data da Entrevista: 19 de Julho de 2011 Entrevista: Pessoalmente Formado em Arquitetura pela Faculdade de Arquitetura de São José dos Campos, faculdade onde também realizou cursos

Leia mais

Neste texto, faremos o lançamento de armadura de flexão positiva inclinada, armadura de costela e estribo variável, em uma viga.

Neste texto, faremos o lançamento de armadura de flexão positiva inclinada, armadura de costela e estribo variável, em uma viga. Tratamento de ferros inteligente Vigas Neste texto, faremos o lançamento de armadura de flexão positiva inclinada, armadura de costela e estribo variável, em uma viga. Para qualquer detalhamento, a edição

Leia mais

ALVENARIA EXECUÇÃO. Prof. MSc. Eng. Eduardo Henrique da Cunha Engenharia Civil 7º Período Turma A01 Disc. Construção Civil I

ALVENARIA EXECUÇÃO. Prof. MSc. Eng. Eduardo Henrique da Cunha Engenharia Civil 7º Período Turma A01 Disc. Construção Civil I ALVENARIA EXECUÇÃO Prof. MSc. Eng. Eduardo Henrique da Cunha Engenharia Civil 7º Período Turma A01 Disc. Construção Civil I ALVENARIA CONDIÇÕES DE INÍCIO Vigas baldrames impermeabilizadas e niveladas,

Leia mais

Então você vai dar uma FESTA. Que legal! Que tal comemorar de uma forma descolada esse ano?

Então você vai dar uma FESTA. Que legal! Que tal comemorar de uma forma descolada esse ano? Então você vai dar uma FESTA. Que legal! Que tal comemorar de uma forma descolada esse ano? A gente te AJUDA a fazer seu evento fazer muita gente FELIZ! Como? A Presente Consciente é uma plataforma online

Leia mais

Montagem de Kit Loja de Bolos Passo a Passo

Montagem de Kit Loja de Bolos Passo a Passo Montagem de Kit Loja de Bolos Passo a Passo (o kit pode ser adquirido na www.pequenasartes.com.br) O kit é bem completo e vem com praticamente tudo o que você vai precisar para montar, inclusive cola e

Leia mais

O Coração Sujo. Tuca Estávamos falando sobre... hm, que cheiro é esse? Tuca Parece cheiro de gambá morto afogado no esgoto.

O Coração Sujo. Tuca Estávamos falando sobre... hm, que cheiro é esse? Tuca Parece cheiro de gambá morto afogado no esgoto. O Coração Sujo Personagens - Tuca - Teco - Tatá - Tia Tuca e Tatá estão conversando. Teco chega. Teco Oi, meninas, sobre o que vocês estão falando? Tuca Estávamos falando sobre... hm, que cheiro é esse?

Leia mais

http://dinheiroganhe.com

http://dinheiroganhe.com Você pode distribuir, imprimir, compartilhar por e-mail ou citar em seu site ou blog, desde que o conteúdo não seja alterado e que a fonte original seja citada. http://dinheiroganhe.com SUMÁRIO 1. Introdução...3

Leia mais

STOL CH 701. 7R3-1 Rear Skin. Note: Tanto o lado superior como o lado inferior do revestimento estão perpendiculares a dobra longitudinal.

STOL CH 701. 7R3-1 Rear Skin. Note: Tanto o lado superior como o lado inferior do revestimento estão perpendiculares a dobra longitudinal. 7R3-1 Rear Skin Note: Tanto o lado superior como o lado inferior do revestimento estão perpendiculares a dobra longitudinal. Manuseia o revestimento Com muita atenção e delicadeza. desta forma você evitará

Leia mais

TÉRMINUS. AVCTORIS DIREITO AUTORAL & COPYRIGHT - Rafael Martins de Oliveira. CAPA Diego de Oliveira Castro. EDITORAÇÃO Diego de Oliveira Castro

TÉRMINUS. AVCTORIS DIREITO AUTORAL & COPYRIGHT - Rafael Martins de Oliveira. CAPA Diego de Oliveira Castro. EDITORAÇÃO Diego de Oliveira Castro AVCTORIS DIREITO AUTORAL & COPYRIGHT - Rafael Martins de Oliveira CAPA Diego de Oliveira Castro EDITORAÇÃO Diego de Oliveira Castro TÉRMINUS REVISÃO Rafael Martins de Oliveira Oliveira, Rafael Martins,

Leia mais

A ABDUZIDA. CELIORHEIS Página 1

A ABDUZIDA. CELIORHEIS Página 1 CELIORHEIS Página 1 A Abduzida um romance que pretende trazer algumas mensagens Mensagens estas que estarão ora explícitas ora implícitas, dependendo da ótica do leitor e do contexto em que ela se apresentar.

Leia mais

PRÉ-MOLD RM PRÉ-MOLD RM PRÉ-MOLD RM PRÉ-MOLD RM

PRÉ-MOLD RM PRÉ-MOLD RM PRÉ-MOLD RM PRÉ-MOLD RM Com mais de 20 anos de experiência na fabricação de pré-moldados em concreto, a PRÉ-MOLD RM oferece uma completa linha de produtos para a dinamização de sua obra. Laje Treliçada Bidirecional; Laje Treliçada

Leia mais

érea a A h Lin Linha Aérea

érea a A h Lin Linha Aérea Linha érea Linha érea Linha érea Eletrocalha aramada... 61 Eletrocalhas... 74 Perfilados... 80 Leito para cabos... 85 Eletrocalha ramada Eletrocalha ramada Valemam, também conhecida como leito sanitário,

Leia mais

DIANA + 3. Roteiro de Henry Grazinoli

DIANA + 3. Roteiro de Henry Grazinoli DIANA + 3 Roteiro de Henry Grazinoli EXT. CALÇADA DO PORTINHO DIA Sombra de Pablo e Dino caminhando pela calçada do portinho de Cabo Frio. A calçada típica da cidade, com suas ondinhas e peixes desenhados.

Leia mais

Manual do Usuário TLP-2844

Manual do Usuário TLP-2844 Manual do Usuário TLP-2844 Índice Introdução... 3 Documentação/Acessórios... 4 Instalando o ribbon... 5 Instalando a etiqueta... 12 Utilização do Zebra Designer... 17 2 Introdução: Parabéns por ter adquirido

Leia mais

Como incluir artigos:

Como incluir artigos: Como incluir artigos: O WordPress é uma ferramenta muito flexível, com muitas variações e ajustes que podem torná-lo algo muito simples e também muito sofisticado conforme os recursos que são configurados

Leia mais

A Segurança não é obra do acaso Preserve sua vida.

A Segurança não é obra do acaso Preserve sua vida. A Segurança não é obra do acaso Preserve sua vida. Campanha do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção e do Mobiliário de São Bento do Sul e Campo Alegre contra os Acidentes de Trabalho

Leia mais

CHAT 18/05/2005 Dr. Marcos Viana

CHAT 18/05/2005 Dr. Marcos Viana CHAT 18/05/2005 Dr. Marcos Viana 20:57:48 drmarcos entra na sala 20:58:09 [drmarcos] boa noite 21:03:37 Alessandra entra na sala 21:04:11 [Alessandra] Boa noite 21:04:21 [Alessandra] Dr.? 21:04:37 [drmarcos]

Leia mais

Manual básico para construção de ZAGIs (asas voadoras)

Manual básico para construção de ZAGIs (asas voadoras) Manual básico para construção de ZAGIs Julho de 2008 ATENÇÃO Este manual foi criado para utilização sem fins lucrativos na divulgação do aeromodelismo, e está disponível para baixar gratuitamente em www.e-voo.com/manual

Leia mais

Palavras chaves: Transformador, material de baixo custo.

Palavras chaves: Transformador, material de baixo custo. TRANSFORMADOR * Santos Diez Arribas Departamento de Física UPF Passo Fundo RS Resumo 1 Neste trabalho, será apresentada a construção de um transformador de baixo custo, construído a partir de um transformador

Leia mais

UM BRINQUEDO DAS FORMAS MANUAL DE CONSTRUÇÃO MARCOS TEODORICO PINHEIRO DE ALMEIDA

UM BRINQUEDO DAS FORMAS MANUAL DE CONSTRUÇÃO MARCOS TEODORICO PINHEIRO DE ALMEIDA UM BRINQUEDO DAS FORMAS MANUAL DE CONSTRUÇÃO MARCOS TEODORICO PINHEIRO DE ALMEIDA FORTALEZA CEARÁ - BRASIL AGOSTO - 2003 2 TRACA-TRACA Um brinquedo das formas! Conheci este brinquedo, em minha infância

Leia mais

7 Negócios Lucrativos

7 Negócios Lucrativos 7 Negócios Lucrativos CAPÍTULO 1 Mentalidade Geralmente empreendedores ficam caçando uma maneira nova de ganhar dinheiro constantemente, e de fato é isso que faz com que uns cheguem ao topo e outros não,

Leia mais

Associação Brasileira da Indústria de Materiais de Construção

Associação Brasileira da Indústria de Materiais de Construção Associação Brasileira da Indústria de Materiais de Construção Por que eu devo utilizar equipamentos de segurança e onde encontrá-los? Os Equipamentos de Proteção Individual (EPI) foram feitos para evitar

Leia mais

RELATÓRIO DE ESTÁGIO CURRICULAR OBRIGATÓRIO

RELATÓRIO DE ESTÁGIO CURRICULAR OBRIGATÓRIO UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ COORDENAÇÃO DE ENGENHARIA CIVIL CAMPUS CAMPO MOURÃO ENGENHARIA CIVIL CÉSAR RODIGHERI RELATÓRIO DE ESTÁGIO CURRICULAR OBRIGATÓRIO Relatório de Estágio Curricular

Leia mais

Tutorial para ensinar a mexer pagina modelo da UFPI.

Tutorial para ensinar a mexer pagina modelo da UFPI. Tutorial para ensinar a mexer pagina modelo da UFPI. Este tutorial irá ajudar você a usar a mexer na pagina modelo da UFPI(www.ufpi.br/modelo). Primeiramente abra seu navegador da internet, digite o seguinte

Leia mais

TU TU RMA TURMA LETÍCIA LEVY LELÊ RMA. Pronto! Agora você já conhece a turminha toda! SUPERLEGAL LEGUINHO VOCÊ ESTÁ ENTRANDO NO MUNDO DA

TU TU RMA TURMA LETÍCIA LEVY LELÊ RMA. Pronto! Agora você já conhece a turminha toda! SUPERLEGAL LEGUINHO VOCÊ ESTÁ ENTRANDO NO MUNDO DA TU TU RMA RMA LEVY líder natural da turma, é o mais velho... tem uma ingenuidade franca, sempre acredita em si e nos outros e tem uma curiosidade extrema e contagiante. VOCÊ ESTÁ ENTRANDO NO MUNDO DA LEGAL.

Leia mais

Palestra 1 Mudança Organizacional. Texto base: 10 +1 Mandamentos para ter sucesso em um mundo em constantes mudanças

Palestra 1 Mudança Organizacional. Texto base: 10 +1 Mandamentos para ter sucesso em um mundo em constantes mudanças Palestra 1 Mudança Organizacional Texto base: 10 +1 Mandamentos para ter sucesso em um mundo em constantes mudanças 02 de Dezembro de 2009 10 +1 Mandamentos para ter sucesso em um mundo em constantes mudanças

Leia mais

TUTORIAL PARA PREPARO DE AMBIENTE DE RECEPÇÃO DE PLATAFORMA HIDRÁULICA TIPO PL-G DA DWA

TUTORIAL PARA PREPARO DE AMBIENTE DE RECEPÇÃO DE PLATAFORMA HIDRÁULICA TIPO PL-G DA DWA 2014 DWA CONSTRUÇÕES ELETROMECÂNICAS LTDA. TUTORIAL PARA PREPARO DE AMBIENTE DE RECEPÇÃO DE PLATAFORMA HIDRÁULICA TIPO PL-G DA DWA Orientação ao construtor para preparo do ambiente que irá receber a plataforma

Leia mais

Mais que nunca é preciso cortar

Mais que nunca é preciso cortar Mais que nunca é preciso cortar Quando suas unhas estão compridas e é necessário apará-las, qual o modo mais rápido de fazê-lo? Lixando ou cortando? Naturalmente, se você lixar, o acabamento será melhor.

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO

MANUAL DE INSTALAÇÃO MANUAL DE INSTALAÇÃO Revisão 03 INSTALAÇÃO DO DISCO SOLAR Parabéns por adquirir um dos mais tecnológicos meios de aquecimento de água existentes no mercado. O Disco Solar é por sua natureza uma tecnologia

Leia mais

Uma Conexão Visual entre Trabalhadores da Lavoura de Cana-de-Açúcar, no Brasil, e Suas Famílias

Uma Conexão Visual entre Trabalhadores da Lavoura de Cana-de-Açúcar, no Brasil, e Suas Famílias 1/35 Pai, Estou Te Esperando Uma Conexão Visual entre Trabalhadores da Lavoura de Cana-de-Açúcar, no Brasil, e Suas Famílias Fotos de Emma Raynes, 2007 2/35 Retratos dos Trabalhadores da Lavoura de Cana-de-Açúcar

Leia mais

Dicas simples. fotos de viagem. para melhorar suas. por Daniel Duclos www.ducsamsterdam.net

Dicas simples. fotos de viagem. para melhorar suas. por Daniel Duclos www.ducsamsterdam.net Dicas simples para melhorar suas fotos de viagem por Daniel Duclos www.ducsamsterdam.net Apesar da tensão sempre existente entre fotografar e vivenciar uma viagem, todo turista é um fotógrafo. Fiquei com

Leia mais

Fim da exuberância Humberto Freitas, diretor executivo de Logística e Pesquisa Mineral da Vale

Fim da exuberância Humberto Freitas, diretor executivo de Logística e Pesquisa Mineral da Vale Fim da exuberância Humberto Freitas, diretor executivo de Logística e Pesquisa Mineral da Vale Terceira maior mineradora do mundo, a Vale completou este ano 73 anos. O Rio Doce ficou num passado já distante,

Leia mais

SUMÁRIO 1. AULA 7 INTRODUÇÃO À REDES PONTO A PONTO = PARTE 1:... 2

SUMÁRIO 1. AULA 7 INTRODUÇÃO À REDES PONTO A PONTO = PARTE 1:... 2 SUMÁRIO 1. AULA 7 INTRODUÇÃO À REDES PONTO A PONTO = PARTE 1:... 2 1.1 Introdução... 2 1.2 Montando Redes Ponto-a-Ponto... 3 1.2.1 Parte lógica... 3 1.2.2 Escolhendo o sistema operacional... 3 1.2.3 Instalação

Leia mais

A Torre de Hanói e o Princípio da Indução Matemática

A Torre de Hanói e o Princípio da Indução Matemática A Torre de Hanói e o Princípio da Indução Matemática I. O jogo A Torre de Hanói consiste de uma base com três pinos e um certo número n de discos de diâmetros diferentes, colocados um sobre o outro em

Leia mais

Vivendo e aprendendo em família

Vivendo e aprendendo em família Vivendo e aprendendo em família VERSÍCULO BÍBLICO Que todas estas palavras que hoje lhe ordeno estejam em seu coração. Ensine-as com persistência a seus filhos. Converse sobre elas quando estiver sentado

Leia mais

Aventuras do Vampiro Carioca. Lucia Chataignier

Aventuras do Vampiro Carioca. Lucia Chataignier Aventuras do Vampiro Carioca Lucia Chataignier editora multifoco Simmer & Amorim Edição e Comunicação Ltda. Av. Mem de Sá, 126, Lapa Rio de Janeiro - RJ CEP 20230-152 capa diagramação Luísa Ulhoa Aventuras

Leia mais

2.5.1 Tecnologia de formas de madeira convencionais

2.5.1 Tecnologia de formas de madeira convencionais 34 2.5 Tecnologia empregada Nesta seção, inicialmente, serão expostas as nomenclaturas empregadas nas peças componentes das formas e escoramento em madeira, conforme a bibliografia descreve. A seguir,

Leia mais

G-Bar. Módulo Básico Versão 4.0

G-Bar. Módulo Básico Versão 4.0 G-Bar Software para Gerenciamento de Centrais de Corte e Dobra de Aço Módulo Básico Versão 4.0 Pedidos de Vendas Manual do Usuário 1 As informações contidas neste documento, incluindo links, telas e funcionamento

Leia mais

PASSOS INICIAIS PARA CRIAR O SEU NEGÓCIO DIGITAL. Aprenda os primeiros passos para criar seu negócio digital

PASSOS INICIAIS PARA CRIAR O SEU NEGÓCIO DIGITAL. Aprenda os primeiros passos para criar seu negócio digital PASSOS INICIAIS PARA CRIAR O SEU NEGÓCIO DIGITAL Aprenda os primeiros passos para criar seu negócio digital Conteúdo PRIMEIROS PASSOS COM BLOG:... 3 Primeiro:... 3 Segundo:... 4 Terceiro:... 5 Quarto:...

Leia mais

Projeto de Avicultura Colonial PAC/ 2009 Embrapa Clima Temperado Aviário para 300 Aves de Postura, com captação de água pluvial.

Projeto de Avicultura Colonial PAC/ 2009 Embrapa Clima Temperado Aviário para 300 Aves de Postura, com captação de água pluvial. Projeto de Avicultura Colonial PAC/ 2009 Embrapa Clima Temperado Aviário para 300 Aves de Postura, com captação de água pluvial. Responsável: : João Pedro Zabaleta Pesquisador II, Agricultura Familiar

Leia mais

COMO CONSTRUIR SEU PRÓPRIO MICROFONE PRA GAITA

COMO CONSTRUIR SEU PRÓPRIO MICROFONE PRA GAITA COMO CONSTRUIR SEU PRÓPRIO MICROFONE PRA GAITA Materiais: - cápsula receptora Aqui estão alguns tipos de cápsulas. No topo está um tipo de cápsula de telefone e em baixo dois tipos de cápsulas de fone

Leia mais

FATEC - SP Faculdade de Tecnologia de São Paulo

FATEC - SP Faculdade de Tecnologia de São Paulo FATEC - SP Faculdade de Tecnologia de São Paulo Disciplina: EXECUÇÃO DA ESTRUTURA DE CONCRETO professor: Manuel Vitor critério de avaliação: (P1 + P2)/2 + 0,2xSemin. Programa: - leitura, interpretação

Leia mais

ÍNDICE Parte I Instalação do Software Tela Laje IBTS v. 5.0 Parte II Registro para Utilização do Software Tela Laje IBTS v 5.0

ÍNDICE Parte I Instalação do Software Tela Laje IBTS v. 5.0 Parte II Registro para Utilização do Software Tela Laje IBTS v 5.0 ÍNDICE Parte I Instalação do Software Tela Laje IBTS v. 5.0... 4 1 Configurações mínimas para o funcionamento do software... 4 2 Instalar o software... 5 3 Desinstalar o software... 5 Parte II Registro

Leia mais

Escrito por Engª Lidiane Faccio de Faveri Qui, 12 de Março de 2015 19:19 - Última revisão Sex, 13 de Março de 2015

Escrito por Engª Lidiane Faccio de Faveri Qui, 12 de Março de 2015 19:19 - Última revisão Sex, 13 de Março de 2015 1. Introdução O conceito de ferro inteligente foi introduzido na V18 dos sistemas TQS, mas ao visualizar a aparência de um desenho de armação de viga gerado nesta versão, a impressão inicial é de que nada

Leia mais

Colégio Estadual Dr. Xavier da Silva EF e EM. PIBID - FÍSICA Disciplina: Física 1º Ano EM Turma:A Atividade Experimental Conteúdo: Colisões

Colégio Estadual Dr. Xavier da Silva EF e EM. PIBID - FÍSICA Disciplina: Física 1º Ano EM Turma:A Atividade Experimental Conteúdo: Colisões Colégio Estadual Dr. Xavier da Silva EF e EM. PIBID - FÍSICA Disciplina: Física 1º Ano EM Turma:A Atividade Experimental Conteúdo: Colisões Aluno(a): Nº: Data: / /2014 INTRODUÇÃO: a) Se você pudesse escolher

Leia mais

Atira mais em cima! O pessoal está reunido na casa de Gaspar e

Atira mais em cima! O pessoal está reunido na casa de Gaspar e A U A UL LA Atira mais em cima! O pessoal está reunido na casa de Gaspar e Alberta. O almoço acabou e todos conversam em torno da mesa. - Eu soube que você está interessado em ótica - diz Gaspar a Ernesto.

Leia mais

6 RESULTADOS OBTIDOS. 6.1 Sistematização do SHTM. 6.1.1 Modelagem sistêmica

6 RESULTADOS OBTIDOS. 6.1 Sistematização do SHTM. 6.1.1 Modelagem sistêmica 182 6 RESULTADOS OBTIDOS 6.1 Sistematização do SHTM 6.1.1 Modelagem sistêmica A tarefa de se construir prédios depende de um sistema organizado que funcione. Para que um prédio seja erguido, é necessário,

Leia mais

Você, no entanto, pode nos ajudar!

Você, no entanto, pode nos ajudar! Este livro pode ser adquirido por educação, negócios, vendas ou uso promocional. Embora toda precaução tenha sido tomada na preparação deste livro, o autor não assume nenhuma responsabilidade por erros

Leia mais

Produzindo e divulgando fotos e vídeos. Aula 1 Criando um vídeo

Produzindo e divulgando fotos e vídeos. Aula 1 Criando um vídeo Produzindo e divulgando fotos e vídeos Aula 1 Criando um vídeo Objetivos 1 Conhecer um pouco da história dos filmes. 2 Identificar a importância de um planejamento. 3 Entender como criar um roteiro. 4

Leia mais

ANDAIMES SUSPENSOS (Alterado pela Portaria SIT n.º 30, de 20 de dezembro de 2001)

ANDAIMES SUSPENSOS (Alterado pela Portaria SIT n.º 30, de 20 de dezembro de 2001) NR-18 Andaime Suspenso Mecânico ANDAIMES SUSPENSOS (Alterado pela Portaria SIT n.º 30, de 20 de dezembro de 2001) NR-18.15.30 Os sistemas de fixação e sustentação e as estruturas de apoio dos andaimes

Leia mais

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM JOGOS DIGITAIS

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM JOGOS DIGITAIS PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM JOGOS DIGITAIS ÍTALO VICTOR MATSUTANI INOUE LIMA TRABALHO DE LINGUAGEM AUDIOVISUAL STORYBOARD SÃO PAULO 2014 CENA PRINCIPAL A1 A2 A3 B1 B2 B3

Leia mais

Aços Longos. Soluções Lajes

Aços Longos. Soluções Lajes Aços Longos Soluções Lajes Soluções Lajes Dentre os desafios da engenharia civil, o sistema construtivo de lajes deve atender à eficiência estrutural, visando a soluções seguras, economicamente viáveis

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO. Argox OS-214TT

MANUAL DO USUÁRIO. Argox OS-214TT MANUAL DO USUÁRIO Argox OS-214TT Índice Introdução... 3 Documentação... 4 Acessórios que acompanham a impressora... 5 Instalação do ribbon... 6 Instalação da etiqueta... 14 Teste básico de impressão...

Leia mais

Crianças e Meios Digitais Móveis TIC KIDS ONLINE NO TEMPO DOS MEIOS MÓVEIS: OLHARES DO BRASIL PARA CRIANÇAS DE 11-12 ANOS

Crianças e Meios Digitais Móveis TIC KIDS ONLINE NO TEMPO DOS MEIOS MÓVEIS: OLHARES DO BRASIL PARA CRIANÇAS DE 11-12 ANOS Crianças e Meios Digitais Móveis Lisboa, 29 de novembro de 2014 TIC KIDS ONLINE NO TEMPO DOS MEIOS MÓVEIS: OLHARES DO BRASIL PARA CRIANÇAS DE 11-12 ANOS Educação para o uso crítico da mídia 1. Contexto

Leia mais

REVESTIMENTO DEFACHADA. Prof. MSc. Eng. Eduardo Henrique da Cunha Engenharia Civil 7º Período Turma A01 Disc. Construção Civil I

REVESTIMENTO DEFACHADA. Prof. MSc. Eng. Eduardo Henrique da Cunha Engenharia Civil 7º Período Turma A01 Disc. Construção Civil I REVESTIMENTO DEFACHADA Prof. MSc. Eng. Eduardo Henrique da Cunha Engenharia Civil 7º Período Turma A01 Disc. Construção Civil I FUNÇÕES DO REVESTIMENTO DE FACHADA Estanqueida de Estética CONDIÇÕES DE INÍCIO

Leia mais