OSHA - FICHA DE DADOS IMPORTANTES. Reduzindo o Perigo da Queda Durante a Construção Civil Residencial: Instalando as Treliças, Caibros do Telhado

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "OSHA - FICHA DE DADOS IMPORTANTES. Reduzindo o Perigo da Queda Durante a Construção Civil Residencial: Instalando as Treliças, Caibros do Telhado"

Transcrição

1 OSHA - FICHA DE DADOS IMPORTANTES Reduzindo o Perigo da Queda Durante a Construção Civil Residencial: Instalando as Treliças, Caibros do Telhado (Reducing Falls During Residential Construction: Installing Roof Trusses) Todos os anos, trabalhadores da construção civil residencial, são vítimas de um grande número de ferimentos causados pelas quedas. A instalação das treliças e caibros nos telhados apresenta vários desafios à proteção dos trabalhadores dessas quedas. Esta ficha destaca alguns dos perigos da instalação desses componentes e dá uma lista de alguns métodos práticos que os empregadores podem usar para proteger os trabalhadores que fazem esse tipo de serviço. Riscos durante a instalação das treliças de caibros Quedas acidentais são a causa líder das mortes dos trabalhadores da construção e a instalação das treliças e dos caibros pode ser particularmente perigosas por duas razoes: (1) a instalação de treliças e caibros, normalmente, ocorre a uma altura bem grande e (2) as treliças e os caibros não são estáveis até serem devidamente fixados. As treliças e os caibros dos telhados estão no ponto mais alta da casa, sendo assim, os trabalhadores da construção civil residencial que os instalam, podem cair e sofrer ferimentos graves e até mesmo morrer. Embora o sistema pessoal de proteção anti-queda (SPPA) seja a forma mais usada de proteção, ele pode não ser adequado quando os trabalhadores começam a instalar as treliças e os caibros no telhado porque pode não haver um ponto estável para o suporte da âncora. As treliças e caibros são desenhados para suportar peso de cima para baixo. Até que devidamente fixados, as treliças e os caibros são frágeis se forem puxados pelos lados (sujeitos às forças laterais) como pode acontecer quando treliças e caibros, onde o sistema de proteção pessoal está instalado, sofrem a pressão do peso total de um trabalhador em queda. O SPPA necessita de pontos de ancoragem resistentes que possam suportar a pressão brusca de um trabalhador em queda. Nenhuma âncora com apenas um ponto de conexão, tal qual uma correia ou uma âncora parafusada, protegerá o trabalhador da queda que está conectado a uma única treliça ou caibro. Outros sistemas, tais quais, andaimes, elevadores e escadas, podem ser usados para proteger os trabalhadores até que uma seção completa de treliças e caibros tenha sido devidamente fixada.

2 A OSHA exige que haja medidas de proteção anti-queda para a construção civil residencial para os trabalhos realizados a 6 pés de altura, ou mais. E, para tal, os empregadores têm que planejar com antecedência para garantir que eles estejam usando o sistema correto e que todos os trabalhadores estejam devidamente treinados antes de iniciarem o trabalho. Dentro do quadro, com a ilustração de um trabalhador preso por um arnês ancorado em uma treliça ou caibro. Sistema Pessoal de Proteção Anti-queda O SPPA foi desenhado para amparar a queda antes que o trabalhador atinja o chão lá em baixo, ou um andar abaixo. Ele inclui três componentes principais: A. Uma ancoragem no qual, outros componentes do SPPA estão acoplados. B. Um arnês de corpo inteiro usado pelo trabalhador. C. Um conector, tal qual, uma fita ou correia, ligando o arnês à ancoragem. Uma fita, ou equipamento de desaceleração, faz normalmente parte do sistema. Para maiores informações sobre as exigências do SPPA, veja a diretriz 29 CFR (d) Lembre-se que para o sistema pessoal de proteção, o trabalhador precisa usar um arnês de corpo inteiro. Os cintos de arnês podem causar ferimentos graves durante uma queda, por isso a OSHA proíbe seu uso como parte do sistema de proteção anti-queda.

3 Quadro com três figuras de um trabalhador caindo Se um trabalhador cair e estiver usando uma única treliça ou caibro como um ponto de ancoragem, todas as treliças e caibros instalados podem cair. Essa falha estrutural põe os trabalhadores e a construção inteira em risco Como reduzir riscos durante a instalação inicial das treliças e caibros Guardrails, redes ou SPPA (proteções convencionais) podem não ser práticos para todas as fases da instalação das treliças e caibros. Sendo assim, os empregadores devem planejar usar outros métodos, tais quais, a montagem desses componentes no chão, os andaimes, os elevadores e as escadas, para manter os trabalhadores seguros. Montagem no chão Ao fazer a montagem de uma seção das treliças e caibros no chão, os empregadores podem reduzir muito o rico de queda para os trabalhadores. Uma seção de treliças e caibros pode ser encaixada ainda no chão. A ancoragem e correias podem ser instaladas previamente antes que a seção de treliças e caibros seja içada para o telhado. Muitos empregadores acham que é eficiente fazer essa montagem no chão e depois içá-la com um guindaste até o telhado e então os trabalhadores podem fazer o trabalho de fixação. Elevadores aéreos Dependendo da construção e do serviço sendo executado, os elevadores aéreos, podem ser uma opção para a montagem das treliças e caibros. Os elevadores aéreos provêm uma plataforma na qual os trabalhadores podem executar sua tarefa. Eles devem seguir todos os procedimentos de segurança e fazerem todo o serviço de dentro do elevador aéreo. Para saber sobre outras medidas ao usar o elevador aéreo veja a diretriz 29 CFR elevadores aéreos. Andaimes Quando montados e usados corretamente, os andaimes internos e externos, podem prover proteção adequada para as tarefas de instalação de treliças e caibros. Como por exemplo o andaime de suporte, montado no lado interior ou exterior da construção, provem uma plataforma espaçosa e estável para o trabalhador andar e trabalhar. Para garantir a segurança, use os limites adequados de carga, de peso, para os andaimes de suporte. Os trabalhadores devem sempre seguir as instruções do fabricante ou consultar uma pessoa especializada. Para outras medidas sobre os andaimes veja a diretriz 29 CFR 1026 Andaimes L.

4 Escadas Para certas atividades de instalações de treliças e caibros, as plataformas e as escadas podem prover uma plataforma estável ao trabalhador. Eles podem ser de grande ajuda quando usadas no interior da construção. Os trabalhadores sempre usam a escada com segurança se seguirem as medidas descritas na diretriz 29 CFR 1926 Subpart X, escadarias e escadas. Espalhador Um espalhador, quando instalado adequadamente de acordo com as instruções do fabricante, distribui a pressão e o peso do SPPA ao longo de várias treliças e caibros. As treliças e os caibros do telhado não precisam estar e fixados para o uso de um espalhador. Estes equipamentos de ancoragem são reusáveis e podem ser instalados e desinstalados rapidamente. Uma pessoa qualificada deve decidir se o espalhador pode ser usado como âncora. Depois que uma seção inteira de treliças e caibros está completamente instalada. Uma vez que a seção de treliças e caibros esteja montada e fixada, ela pode ser usada como ponto de ancoragem, daí, o SPPA pode ser usado para proteger os trabalhadores enquanto eles instalam treliças, caibros adicionais e o telhado. Seção de treliças e caibros Algumas treliças e caibros (normalmente quatro) que estejam interconectados e completamente fixados. Uma seção de treliças e caibros que tenham sido montados, presos e fixados de acordo com as instruções dos fabricantes, pode prover uma estrutura estável para fixar o ponto de ancoragem. Âncoras Âncoras fixas provem um ponto seguro, onde os trabalhadores podem prender suas fitas e correias de segurança como parte do SPPA. As âncoras para o SPPA tem que estar de acordo com a norma de força e resistência de libras ou que, ao menos, esteja sob a supervisão de duas pessoas qualificadas 29 CFR (d)(15). Veja a diretriz Subpart M 29 CFR 1926, proteção anti-queda para mais informações e exigências adicionais. Tipos diferentes de âncoras para este sistema incluem, mas não se limitam a: Âncora de ponta Âncora com correia Âncora parafusada Uma vez que uma seção de treliças e caibros estiver devidamente instalada, presa e fixa, uma âncora de ponta instalada no telhado pode prover um ponto para a amarração de uma corda de segurança. Várias âncoras de ponta instalada no telhado podem proteger diversos trabalhadores.

5 Algumas âncoras de ponta podem ser fortes o suficiente para ser usada como ponto de amarração para duas cordas de segurança, mas antes verifique com o fabricante. As âncoras de ponta também podem ser usadas como proteção anti-queda durante as tarefas de acabamento do telhado ou enquanto se está montando uma outra seção de treliças e caibros. Planos de proteção anti-queda por escrito Se o empregador não usar escadas, andaimes ou elevadores aéreos e puderem comprovar que não são viáveis ou que causariam um perigo ainda maior se usasse os equipamentos tradicionais de proteção anti-queda (guardrail, redes de segurança ou SPPA) quando estiver realizando tarefas a uma altura de 6 pés ou mais, ele tem que desenvolver um plano de proteção anti-queda por escrito de acordo com a construção em mãos e em concordância com a diretriz 29 CFR (k). o plano tem que ser preparado por uma pessoa qualificada conforme está definido pela diretriz 29 CFR (m). Esta pessoa pode ser o empreendedor, o supervisor ou um trabalhador que tenha conhecimento especializado, treinamento e experiência com proteção antiqueda e que esteja apto a resolver os problemas relacionados com a proteção anti-queda. Os Estados que tenham os Planos Estaduais Aprovados pela OSHA podem ter exigências adicionais para os planos de proteção anti-queda por escrito. O plano de proteção anti-queda da construção em mãos, tem que descrever cada obra e explicar porque o uso de equipamentos tradicionais de proteção anti-queda não são viáveis ou poque causariam um perigo ainda maior se usados. O plano também tem que descrever os métodos alternativos que o empregador usará para proteger os trabalhadores das quedas. Os trabalhadores e seus supervisores tem que ser treinados para lidar adequadamente com os outros métodos de proteção anti-queda. Os equipamentos tradicionais de proteção anti-queda podem seduzir ou eliminar as chances de uma queda fatal. O planos de proteção anti-queda por escrito da construção em mãos garantem a proteção, mesmo quando os métodos de tradicionais de proteção anti-queda não sejam viáveis. Padrão OSHA Diretriz Subpart M Proteção Anti-queda Está on line no site: http//www.osha.gov/pls/oshaweb/owadisp.show_document?p_table=standard&p_id= Webpage da Proteção Anti-queda na Construção Civil Residencial http//www.osha.gov/doc/residential_fall_protection.html GUIA DE DIRETRIZES DA OSHA Guia de Diretrizes para a Construção Civil Residencial STD (datado de 16/12/2010 Encontrado online: http//www.osha.gov/pls/oshaweb/owadisp.show_document?p_table=directives&p_id=4755

6 Guia de Planos Estaduais: Os Estados que tenham os Planos Estaduais Aprovados pela OSHA podem ter exigências adicionais para a Construção de Telhados da Construção Civil Residencial. Para maiores informações sobre estas exigências veja o site: http//www.osha.gov/dcsp/osp/statestandars.html Ajuda para os empregadores: O Programa de Consulta Online da OSHA oferece aconselhamento grátis e confidencial para as empresas de pequeno e de médio porte em todos os Estados do país, dando prioridade às construções com grandes riscos e perigos. O serviço de Consulta Online está separado do departamento legal e não aplica multas e nem citações legais. Os agentes de organizações estatais e as universidades trabalham junto aos empregadores para identificar os riscos e os perigos da construção, provem aconselhamentos de acordo com as diretrizes da OSHA e dão assistência de como estabelecer sistemas de segurança e de saúde no local de trabalho. Para localizar o Programa de Consulta Online da OSHA mais próximo de sua localidade, ligue para (OSHA) ou acesse o site: http//www.osha.gov/dcsp/smallbusiness/índex.html. NISOH Prevenção Através do Programa de Esquemas http//www.osha.gov/niosh/topics/ptd Esta é uma série de fichas informativas destacando o programa, as políticas ou normas da OSHA. Aqui não são impostos quaisquer novos requisitos de conformidade com as normas da OSHA. Para a lista completa de requisitos de conformidade e de normas ou regulamentos da OSHA, veja a diretriz 29 do Código de Regulamentações Federais. Esta informação estará disponível para pessoas com deficiência sensorial, mediante solicitação. O telefone de voz é (202) , teletyperwriter (TTY) é (887) Declaração: "Este material foi produzido Pelo Centro do Imigrante Brasileiro, sob a concessão número: SH F25 do Occupational Safety and Health Administration OSHA do Departamento do Trabalho dos EUA, e não reflete, necessariamente, a posição e nem as políticas do Departamento do Trabalho dos EUA, nem faz alusão a nomes comerciais, a produtos comerciais ou a organizações que tenham o aval do Governo dos EUA. Concessão.

7

Treinamento de Segurança em Andaimes

Treinamento de Segurança em Andaimes 1 Treinamento de Segurança em Andaimes Definiçao de Andaime Andaime Significa qualquer plataforma elevada temporariamente (apoiada ou suspensa) e sua estrutura de apoio (incluindo pontos de ancoragem),

Leia mais

Programa de Gestão Econômica, Social e Ambiental da Soja Brasileira. Segurança e Saúde em Trabalhos em Altura

Programa de Gestão Econômica, Social e Ambiental da Soja Brasileira. Segurança e Saúde em Trabalhos em Altura Programa de Gestão Econômica, Social e Ambiental da Soja Brasileira Segurança e Saúde em Trabalhos em Altura Porque este assunto preocupa? Impacto dos Acidentes envolvendo Quedas - 40% das fatalidades

Leia mais

Manual para trabalhos em altura.

Manual para trabalhos em altura. Manual para trabalhos em altura. Montagem de andaimes. O trabalho de montagem de andaimes possui características peculiares, pois em geral, os pontos de ancoragem são o próprio andaime, o que requer uma

Leia mais

QUALITY FIX DO BRASIL INDÚSTRIA, COMÉRCIO, IMPORTAÇÃO E EXPORTAÇÃO LTDA. MANUAL DO USUÁRIO CONECTORES QUALITY FIX

QUALITY FIX DO BRASIL INDÚSTRIA, COMÉRCIO, IMPORTAÇÃO E EXPORTAÇÃO LTDA. MANUAL DO USUÁRIO CONECTORES QUALITY FIX MANUAL DO USUÁRIO CONECTORES QUALITY FIX 1 Sumário Treinamento específico e essencial.... 3 Manutenção, serviço e armazenamento.... 3 Inspeção... 3 Uso... 4 Tempo de vida do Produto.... 4 Garantia... 4

Leia mais

Climbing and Working at Heights

Climbing and Working at Heights STANDARD LME-12:001900 Upt Rev A Índice 1 Introdução... 3 2 Requisitos... 3 3 Locais e gerenciamento do local... 4 3.1 Edifícios e Telhados... 4 3.2 Estruturas de suporte de antenas... 4 3.3 Zonas de queda...

Leia mais

FTST Formação Técnica em Segurança do Trabalho. Módulo de Portuária e Construção Civil AULA 4 Prof.ª Marivaldo Oliveira

FTST Formação Técnica em Segurança do Trabalho. Módulo de Portuária e Construção Civil AULA 4 Prof.ª Marivaldo Oliveira FTST Formação Técnica em Segurança do Trabalho Módulo de Portuária e Construção Civil AULA 4 Prof.ª Marivaldo Oliveira COMPETÊNCIAS QUE TRABALHAREMOS NESTE MÓDULO Lançar mão dos recursos e técnicas de

Leia mais

AGENDA PROTEÇÃO DE QUEDAS NR35 TRABALHO EM ALTURA 21/05/2014

AGENDA PROTEÇÃO DE QUEDAS NR35 TRABALHO EM ALTURA 21/05/2014 PROTEÇÃO DE QUEDAS NR35 TRABALHO EM ALTURA Eng. Alberto Delgado Gerente de Treinamento Região América Latina 2 AGENDA Estatísticas dos Acidentes no Trabalho Riscos típicos de Trabalhos em Altura Revisão

Leia mais

de Prevenção de Acidentes) para melhorar as condições de segurança e trabalho na construção Civil.

de Prevenção de Acidentes) para melhorar as condições de segurança e trabalho na construção Civil. FTST Formação Técnica em Segurança do Trabalho Módulo de Portuária e Construção Civil AULA 4 Prof.ª MarivaldoOliveira COMPETÊNCIAS QUE TRABALHAREMOS NESTE MÓDULO Lançar mão dos recursos e técnicas de prevenção

Leia mais

03/01/2015. Sumário. Trabalho em altura. Trabalho em altura; EPI s para trabalho em altura; EPC s; Aplicação do conjunto x trabalho Conclusão.

03/01/2015. Sumário. Trabalho em altura. Trabalho em altura; EPI s para trabalho em altura; EPC s; Aplicação do conjunto x trabalho Conclusão. Andre Cavalcanti Santos Téc. em saúde e segurança do trabalho E-mail: cavalcanti_sst@hotmail.com Sumário Trabalho em altura; EPI s para trabalho em altura; EPC s; Aplicação do conjunto x trabalho Conclusão.

Leia mais

Considerações sobre Proteção Contra Quedas

Considerações sobre Proteção Contra Quedas Para desenvolver e implementar um sistema de proteção contra quedas é importante estar familiarizado com as seguintes considerações e conceitos: Queda Livre: É a distância entre o ponto que o trabalhador

Leia mais

Trabalhos em Altura com a Utilização de Cadeira Suspensa (Balancim)

Trabalhos em Altura com a Utilização de Cadeira Suspensa (Balancim) PROCEDIMENTO DE SMS Trabalhos em Altura com a Utilização de Cadeira Suspensa (Balancim) PR-99-993-CPG-009 Revisão: 00 Aprovação: 30/05/2014 Página: 1/7 1. OBJETIVO Estabelecer requisitos de segurança para

Leia mais

Cinto de segurança para trabalhos em locais elevados. Juarez Sabino da Silva Junior Técnico de Segurança do Trabalho

Cinto de segurança para trabalhos em locais elevados. Juarez Sabino da Silva Junior Técnico de Segurança do Trabalho Cinto de segurança para trabalhos em locais elevados Juarez Sabino da Silva Junior Técnico de Segurança do Trabalho Objetivo Orientar sobre a obrigatoriedade do uso do cinto de segurança para todos que

Leia mais

MEDIDAS DE PROTEÇÃO CONTRA QUEDAS DE ALTURA NA CONSTRUÇÃO CIVIL PROJETO DE SEGURANÇA

MEDIDAS DE PROTEÇÃO CONTRA QUEDAS DE ALTURA NA CONSTRUÇÃO CIVIL PROJETO DE SEGURANÇA MEDIDAS DE PROTEÇÃO CONTRA QUEDAS DE ALTURA NA CONSTRUÇÃO CIVIL PROJETO DE SEGURANÇA Tema B - Estratégias de melhoria para soluções práticas de prevenção relativas a diferentes riscos MARTINS, Miriam Silvério

Leia mais

Manual do Locatário ANDAIME TUBULAR Instruções para Instalação e Operação e Manutenção CARIMBO DO ASSOCIADO ANDAIMES Andaimes são estruturas metálicas tubulares para acesso à altura para trabalho aéreo

Leia mais

Proteção contra Quedas Residenciais

Proteção contra Quedas Residenciais Nós estamos aqui para ajudar! Em caso de emergência: quando contactar a OSHA Para relatar uma emergência ou uma situação de risco de vida iminente, favor de contactar o número gratuíto da OSHA imediatamente:

Leia mais

Bem Vindos ao Work Shop Trabalho em Altura PROT-CAP / CAPITAL SAFETY. Abril de 2012. Fabio Cruz. cruz.fabio@protcap.com.br

Bem Vindos ao Work Shop Trabalho em Altura PROT-CAP / CAPITAL SAFETY. Abril de 2012. Fabio Cruz. cruz.fabio@protcap.com.br Work Shop Trabalho em Altura Bem Vindos ao Work Shop Trabalho em Altura PROT-CAP / CAPITAL SAFETY Abril de 2012 Fabio Cruz cruz.fabio@protcap.com.br Programação Inicio das Atividades Apresentação Prot-Cap

Leia mais

MANUAL DE PROCEDIMENTOS OPERACIONAIS PREVENÇÃO DO RISCO DE QUEDA EM ALTURA EM APOIOS E FACHADAS DA REDE DE DISTRIBUIÇÃO

MANUAL DE PROCEDIMENTOS OPERACIONAIS PREVENÇÃO DO RISCO DE QUEDA EM ALTURA EM APOIOS E FACHADAS DA REDE DE DISTRIBUIÇÃO MANUAL DE PROCEDIMENTOS OPERACIONAIS PREVENÇÃO DO RISCO DE QUEDA EM ALTURA EM APOIOS E FACHADAS DA REDE DE DISTRIBUIÇÃO ÍNDICE 1. PREÂMBULO... 3 2. PO 1 - ACESSO A POSTO EM ALTURA COM ESCADA PORTÁTIL FACHADAS

Leia mais

MANUAL DE OPERAÇÃO. Modelo: BALANCIM INDIVIDUAL GUINCHO DE CABO PASSANTE

MANUAL DE OPERAÇÃO. Modelo: BALANCIM INDIVIDUAL GUINCHO DE CABO PASSANTE MANUAL DE OPERAÇÃO Balancim Individual do Tipo Cadeirinha Mecânica Cabo Passante O Balancim Individual Manual AeroAndaimes é um equipamento para movimentações verticais realizadas através do guincho de

Leia mais

MANUAL DE OPERAÇÃO E SEGURANÇA. Todos os direitos reservados. Proibida reprodução total ou parcial sem autorização Locatec-2012 ANDAIME TUBULAR

MANUAL DE OPERAÇÃO E SEGURANÇA. Todos os direitos reservados. Proibida reprodução total ou parcial sem autorização Locatec-2012 ANDAIME TUBULAR MANUAL DE OPERAÇÃO E SEGURANÇA ANDAIME TUBULAR ÍNDICE INTRODUÇÃO... 2 1. INFORMAÇÃO TÉCNICA... 2 2. PROCEDIMENTOS GERAIS DE SEGURANÇA... 4 2.1. USO DOS ANDAIMES TUBULARES... 5 2.2. MANUTENÇÃO (DIRETRIZES

Leia mais

ManSafe para a indústria

ManSafe para a indústria Brochura sobre aplicações ManSafe para a indústria Sistemas de proteção contra queda para aplicações industriais Sistemas de suspensão Sistemas horizontais LadderLatch VersiRail Trava quedas retrátil (SRL,

Leia mais

Dispositivo de ancoragem com braço giratório SkyORB TM

Dispositivo de ancoragem com braço giratório SkyORB TM Dispositivo de ancoragem com braço giratório SkyORB TM Descrição O Miller SkyORB TM é um dispositivo de ancoragem portátil com braço giratório especialmente projetado para sistemas de elonamento, carregamento/

Leia mais

TÍTULO: Segurança nos Trabalhos em Altura. AUTORIA: Paula Mendes. PUBLICAÇÕES: TECNOMETAL n.º 165 (Julho/Agosto de 2006) INTRODUÇÃO

TÍTULO: Segurança nos Trabalhos em Altura. AUTORIA: Paula Mendes. PUBLICAÇÕES: TECNOMETAL n.º 165 (Julho/Agosto de 2006) INTRODUÇÃO TÍTULO: Segurança nos Trabalhos em Altura AUTORIA: Paula Mendes PUBLICAÇÕES: TECNOMETAL n.º 165 (Julho/Agosto de 2006) INTRODUÇÃO A execução de trabalhos em altura expõe os trabalhadores a riscos elevados,

Leia mais

I - PROCESSO DO DESENVOLVIMENTO DO PROGRAMA. Os primeiros passos da equipe devem ser dados para a obtenção de informações sobre o que determina a

I - PROCESSO DO DESENVOLVIMENTO DO PROGRAMA. Os primeiros passos da equipe devem ser dados para a obtenção de informações sobre o que determina a A aplicação de uma competente estratégia pode desempenhar um papel importante no desenvolvimento de um programa de proteção contra quedas, bem como justificar o tempo investido em sua elaboração e administração.

Leia mais

MANUAL DO UTILIZADORDA CAIXA TM

MANUAL DO UTILIZADORDA CAIXA TM MANUAL DO UTILIZADORDA CAIXA TM 1 www.visionaudiovisual.com/techmount/tm-cage 2 DECLARAÇÃO DE CONFORMIDADE Quando aplicável, os produtos Vision são certificados e cumprem todos os regulamentos locais conhecidos

Leia mais

MANUAL TÉCNICO. Segurança e Saúde no Trabalho ANDAIME TUBULAR ANDAIME TUBULAR. Andaimes setembro/2012. Andaime Fachadeiro.

MANUAL TÉCNICO. Segurança e Saúde no Trabalho ANDAIME TUBULAR ANDAIME TUBULAR. Andaimes setembro/2012. Andaime Fachadeiro. e MANUAL TÉCNICO ANDAIME TUBULAR ANDAIME TUBULAR e ANDAIME TUBULAR Objetivo Estabelecer os procedimentos que devem ser obedecidos na liberação de montagem / desmontagem de andaimes com a finalidade de

Leia mais

REGISTRO DE ATIVIDADES DO PROCESSO - RAP

REGISTRO DE ATIVIDADES DO PROCESSO - RAP PCMSO/GEAP 6.1.23.1 Providenciar atestados e exames Todo trabalho em eletricidade deve ser planejado, organizado e executado por empregado capacitado e autorizado. Para executar trabalhos em altura, o

Leia mais

PONTOS ALTOS. Cinco maneiras de reduzir riscos nos sítios de construção. Para sítios de construções pequenos. Para pequenas empresas de construção

PONTOS ALTOS. Cinco maneiras de reduzir riscos nos sítios de construção. Para sítios de construções pequenos. Para pequenas empresas de construção OS 5 PONTOS ALTOS Cinco maneiras de reduzir riscos nos sítios de construção Para sítios de construções pequenos Para pequenas empresas de construção Para trabalhadores H S E Como Trabalhar Bem Juntos A

Leia mais

A Segurança não é obra do acaso Preserve sua vida.

A Segurança não é obra do acaso Preserve sua vida. A Segurança não é obra do acaso Preserve sua vida. Campanha do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção e do Mobiliário de São Bento do Sul e Campo Alegre contra os Acidentes de Trabalho

Leia mais

Treinamento e qualificação de operadores de Plataformas de Trabalho Aéreo

Treinamento e qualificação de operadores de Plataformas de Trabalho Aéreo Treinamento e qualificação de operadores de Plataformas de Trabalho Aéreo Principais tipos de plataformas aéreas Mastro Telescópica Tesoura Unipessoal Articulada A segurança As plataformas foram desenvolvidas

Leia mais

MANUAL DE OPERAÇÃO E SEGURANÇA. Todos os direitos reservados. Proibida reprodução total ou parcial sem autorização Locatec-2012. GUINCHO VELOX e HUCK

MANUAL DE OPERAÇÃO E SEGURANÇA. Todos os direitos reservados. Proibida reprodução total ou parcial sem autorização Locatec-2012. GUINCHO VELOX e HUCK MANUAL DE OPERAÇÃO E SEGURANÇA GUINCHO VELOX e HUCK ÍNDICE INTRODUÇÃO... 2 1. INFORMAÇÕES TÉCNICAS... 2 2. PROCEDIMENTOS GERAIS DE SEGURANÇA... 2 2.1. USO DOS GUINCHOS... 3 2.2. LUBRIFICAÇÃO... 3 2.3.

Leia mais

a) garantir a efetiva implementação das medidas de proteção estabelecidas nesta Norma;

a) garantir a efetiva implementação das medidas de proteção estabelecidas nesta Norma; TRABALHO EM ALTURA 36.1 Objetivo e Campo de Aplicação 36.1 Objetivo e Definição 36.1.1 Esta Norma tem como objetivo estabelecer os requisitos mínimos e as medidas de proteção para o trabalho em altura,

Leia mais

manual TÉCNICO ANDAIME TUBULAR 2011 Andmax, todos os direitos reservados. Material de distribuição restrita, proibida reprodução total ou parcial.

manual TÉCNICO ANDAIME TUBULAR 2011 Andmax, todos os direitos reservados. Material de distribuição restrita, proibida reprodução total ou parcial. manual TÉCNICO ANDAIME TUBULAR Sumário Andaime Tubular...03 Montagem Especial...04 Acessórios...05 Modos e Pontos de Ancoragem...06 Dicas Importantes...07 Acesso dos Andaimes...08 Informações de Segurança...09

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO ESCADAS ESCADOTES

MANUAL DE UTILIZAÇÃO ESCADAS ESCADOTES MANUAL DE UTILIZAÇÃO ESCADAS ESCADOTES 2 ESCADAS / ESCADOTES Antes de utilizar uma escada ou escadote, leia cuidadosamente estas intruções! Guarde estes textos em local de fácil acesso para futuras consultas.

Leia mais

Vantagens das Telhas Spot

Vantagens das Telhas Spot Vantagens das Telhas Spot Resistência e Longevidade A alta qualidade dos materiais e a tecnologia do processo produtivo da Spot, possibilitam uma resistência superior a 250 kgf, garantindo assim a longevidade

Leia mais

TRABALHO EM ESTRUTURAS ESPACIAIS

TRABALHO EM ESTRUTURAS ESPACIAIS TRABALHO EM ESTRUTURAS ESPACIAIS INTRODUÇÃO: O crescente desenvolvimento das técnicas de montagem das estruturas espaciais torna, a cada dia, mais rápida a colocação das colunas e vigas, porém, os atuais

Leia mais

Considerações no projeto de estruturas metálicas para construção segura

Considerações no projeto de estruturas metálicas para construção segura Considerações no projeto de estruturas metálicas para construção segura Autora: Roberta Carvalho Machado Engenheira de Segurança do Trabalho e Arquiteta- Mestre e doutoranda em Construções metálicas Coautores:

Leia mais

Aquecedor Solar Tubos de Vácuo.

Aquecedor Solar Tubos de Vácuo. Aquecedor Solar Tubos de Vácuo. Manual de instalação Ultrasolar Tel: (11) 3361 3328 Fax: (11) 3361 5810 www.ultrasolar.com.br Aquecedor Solar de Agua. Os aquecedores solares de água a vácuo Ultrasolar,

Leia mais

EnErgia Elétrica Em tudo Ensino Fundamental I

EnErgia Elétrica Em tudo Ensino Fundamental I em tudo Energia elétrica Ensino Fundamental I Em tudo, energia elétrica. 1 Para chegar até nossas casas, ela passa pelos cabos elétricos instalados nas torres e nos postes e deve sempre percorrer seu caminho

Leia mais

CADERNO DE PROTEÇÕES COLETIVAS

CADERNO DE PROTEÇÕES COLETIVAS Quando edificares uma casa nova, farás um parapeito, no eirado, para que não ponhas culpa de sangue na tua casa, se alguém de algum modo cair dela. Moisés (1473 A.C.). Deuteronômio 22.8 CADERNO DE PROTEÇÕES

Leia mais

ANDAIMES E PLATAFORMAS DE TRABALHO

ANDAIMES E PLATAFORMAS DE TRABALHO Página: 1 de 5 ITEM TEXTO ATUAL TEXTO PROPOSTO 18.15.1 Manter 18.15.1.1 18.15.2 Os andaimes devem ser dimensionados e construídos de modo a suportar, com segurança, as cargas de trabalho a que estarão

Leia mais

Riscos adicionais. Riscos adicionais. Altura COMISSÃO TRIPARTITE PERMANENTE DE NEGOCIAÇÃO DO SETOR ELETRICO NO ESTADO DE SP - 1

Riscos adicionais. Riscos adicionais. Altura COMISSÃO TRIPARTITE PERMANENTE DE NEGOCIAÇÃO DO SETOR ELETRICO NO ESTADO DE SP - 1 Riscos adicionais Riscos adicionais De altura; De ambientes confinados; De áreas classificadas; De umidade; Condições atmosféricas; Ataque de animais peçonhentos/domésticos. Altura Trabalho em altura é

Leia mais

Forças geradas por uma queda

Forças geradas por uma queda Forças geradas por uma queda Avaliar os riscos envolvidos em cada uma das etapas de trabalho e usar o equipamento adequado nem sempre é procedimento suficiente para impedir um acidente. É preciso considerar

Leia mais

ANDAIME FACHADEIRO ANDAIME FACHADEIRO

ANDAIME FACHADEIRO ANDAIME FACHADEIRO e MANUAL TÉCNICO ANDAIME FACHADEIRO ANDAIME FACHADEIRO Trabalho em Altura Uma das principais causas de acidentes de trabalho graves e fatais se deve a eventos envolvendo quedas de trabalhadores de diferentes

Leia mais

MANUAL TÉCNICO TUBO EQUIPADO

MANUAL TÉCNICO TUBO EQUIPADO MANUAL TÉCNICO TUBO EQUIPADO Andaime Tubo Equipado...03 Acessórios...04 Modos e Pontos de Ancoragem...05 Dicas Importantes...07 Acesso dos Andaimes...08 Informações de Segurança...09 Fotos Obras...10 Atualização

Leia mais

Anexo 3 - Questionário específico - construção

Anexo 3 - Questionário específico - construção Anexo 3 - Questionário específico - construção 85 Empresa: Morada: Localidade: Cód. Postal: Distrito: Telefone: NIF: Código de CAE-Rev. 2/92: Actividade principal da empresa: Categoria da Actividade: Número

Leia mais

GUIA DE INSTALAÇÃO DO SUPORTE PARA VEÍCULO CRD TC7X CVCD1 01

GUIA DE INSTALAÇÃO DO SUPORTE PARA VEÍCULO CRD TC7X CVCD1 01 GUIA DE INSTALAÇÃO DO SUPORTE PARA VEÍCULO CRD TC7X CVCD1 01 2 Suporte para Veículo CRD-TC7X-CVCD1-01 A Zebra reserva o direito de fazer alterações em qualquer produto para melhorar a confiabilidade, as

Leia mais

Riscos Nos Trabalhos Em Altura e Respectivas Medidas de Protecção a Adoptar A Segurança no Trabalho em Altura é uma Questão de Formação!

Riscos Nos Trabalhos Em Altura e Respectivas Medidas de Protecção a Adoptar A Segurança no Trabalho em Altura é uma Questão de Formação! Riscos Nos Trabalhos Em Altura e Respectivas Medidas de Protecção a Adoptar A Segurança no Trabalho em Altura é uma Questão de Formação! Ruben Santos No ano de 2011 morreram 1,7 milhões de pessoas com

Leia mais

MANUAL TÉCNICO ANDAIME FACHADEIRO

MANUAL TÉCNICO ANDAIME FACHADEIRO MANUAL TÉCNICO ANDAIME FACHADEIRO 1 SUMÁRIO Acessórios 03 Instruções de montagem 04 Dicas Importantes 10 Acesso dos Andaimes 11 Informações de Segurança 12 2 ACESSÓRIOS 3 ANDAIME FACHADEIRO INSTRUÇÕES

Leia mais

CEMIG DISTRIBUIÇÃO. Autores. Alex Antonio Costa Carlos Miguel Trevisan Noal Eustáquio do Nascimento Amorim Jorge Pereira de Souza Renato Claro Martins

CEMIG DISTRIBUIÇÃO. Autores. Alex Antonio Costa Carlos Miguel Trevisan Noal Eustáquio do Nascimento Amorim Jorge Pereira de Souza Renato Claro Martins A INTEGRAÇÃO DO SESMT COM A ENGENHARIA CIVIL NA ADEQUAÇÃO DAS INSTALAÇÕES VISANDO REALIZAÇÃO DE ATIVIDADES DE CONSERVAÇÃO E LIMPEZA EXECUTADAS EM DIFERENÇA DE NÍVEL Autores Alex Antonio Costa Carlos Miguel

Leia mais

INSTRUÇÃO DE EXAMES CANDIDATO INS-002

INSTRUÇÃO DE EXAMES CANDIDATO INS-002 Página 1 de 14 1. OBJETIVO Fornecer ao candidato as instruções necessárias para execução do exame prático de Acesso por Corda de acordo com o Sistema de Certificação ANEAC. 2. DOCUMENTOS APLICÁVEIS - NAC-005

Leia mais

Guia de instalação. Siga as instruções deste Guia para instalar corretamente as telhas Onduline. Só assim a garantia é válida.

Guia de instalação. Siga as instruções deste Guia para instalar corretamente as telhas Onduline. Só assim a garantia é válida. Guia de instalação Sua escolha inteligente em telhas Siga as instruções deste Guia para instalar corretamente as telhas Onduline. Só assim a garantia é válida. Sucesso em mais de 100 países. Agora, no

Leia mais

RKM 2001 ALPIN RKM 2300 ALPIN RKA 2500 ALPIN RKE 2500N EASY ALPIN EPI 25

RKM 2001 ALPIN RKM 2300 ALPIN RKA 2500 ALPIN RKE 2500N EASY ALPIN EPI 25 Estrutura de Suporte dos Coletores RKM 2001 ALPIN RKM 2300 ALPIN RKA 2500 ALPIN RKE 2500N EASY ALPIN EPI 25 Terraço Plano Parque Industrial e Comercial de Loulé, Lote 11 A Índice 1 - Recomendações de segurança...

Leia mais

Comprimento...420 mm. Largura...330 mm. Telhas por m²...10,4 pçs. Peso médio por telha... 4,7 Kg. Distância máx entre ripas...

Comprimento...420 mm. Largura...330 mm. Telhas por m²...10,4 pçs. Peso médio por telha... 4,7 Kg. Distância máx entre ripas... Infomações Técnicas TELHAS As telhas de concreto CASA FORTE são do tipo Coppo Vêneto e são fabricadas em conformidade com a NBR 13.858-1 e atendem as especificações da NBR 13.858-2. Possuem encaixes perfeitos

Leia mais

R O B Ó T I C A. Sensor Smart. Seguidor de Linha. Versão Hardware: 1.0 Versão Firmware: 2.0 REVISÃO 1211.19. www.robouno.com.br

R O B Ó T I C A. Sensor Smart. Seguidor de Linha. Versão Hardware: 1.0 Versão Firmware: 2.0 REVISÃO 1211.19. www.robouno.com.br R O B Ó T I C A Sensor Smart Seguidor de Linha Versão Hardware: 1.0 Versão Firmware: 2.0 REVISÃO 1211.19 Sensor Smart Seguidor de Linha 1. Introdução Os sensores seguidores de linha são sensores que detectam

Leia mais

ANÁLISE PRELIMINAR DE RISCO APR

ANÁLISE PRELIMINAR DE RISCO APR LOGO DA EMPRESA EMPRESA: DESCRIÇÃO DA ATIVIDADE: LOCAL DA ATIVIDADE: ANÁLISE PRELIMINAR DE RISCO APR FOLHA: 01 DE 10. DATA DE EMISSÃO: DATA DE APROVAÇÂO: REVISÃO: HORÁRIO: ASSINATURA DOS ENVOLVIDOS NA

Leia mais

Implantação da NR 35 nos canteiros de obras

Implantação da NR 35 nos canteiros de obras SEMINÁRIO GESTÃO DE SEGURANÇA E SAÚDE NOS CANTEIROS DE OBRA Implantação da NR 35 nos canteiros de obras BH 17/08/2012 Atividades dos Trabalhos em Altura Construção civil Taludes e Telhados Telecomunicações

Leia mais

CERTIFICAÇÃO DE PROFISSIONAL DE TRABALHO EM ALTURA NAC-001

CERTIFICAÇÃO DE PROFISSIONAL DE TRABALHO EM ALTURA NAC-001 Página 1 de 8 1. OBJETIVO Esta Norma estabelece as regras adotadas pela Associação Nacional das Empresas de Acesso por Corda ANEAC, para a certificação de profissionais de Trabalho em Altura que atuam

Leia mais

ATENÇÃO: OS ENCAIXES SUPERIORES DOS GUARDA-CORPOS JUNTO ÀS CABECEIRAS DO ANDAIME E/OU AO CABIDE DE UNIÃO DEVERÃO SER TRAVADOS COM UM PARAFUSO DE

ATENÇÃO: OS ENCAIXES SUPERIORES DOS GUARDA-CORPOS JUNTO ÀS CABECEIRAS DO ANDAIME E/OU AO CABIDE DE UNIÃO DEVERÃO SER TRAVADOS COM UM PARAFUSO DE ATENÇÃO: OS ENCAIXES SUPERIORES DOS GUARDA-CORPOS JUNTO ÀS CABECEIRAS DO ANDAIME E/OU AO CABIDE DE UNIÃO DEVERÃO SER TRAVADOS COM UM PARAFUSO DE PROTEÇÃO. ESTA MEDIDA É OBRIGATÓRIA E DEVE SER FEITA ANTES

Leia mais

A Importância dos Projetos de Sistemas de Proteções Coletivas Engº José Carlos de Arruda Sampaio

A Importância dos Projetos de Sistemas de Proteções Coletivas Engº José Carlos de Arruda Sampaio A Importância dos Projetos de Sistemas de Proteções Coletivas Engº José Carlos de Arruda Sampaio Ciclo de Vida do Empreendimento: Todos os empreendimentos tem um ciclo de vida - têm um início, um crescimento

Leia mais

Cartilha de segurança. Seleção e utilização de EPI para trabalho em altura

Cartilha de segurança. Seleção e utilização de EPI para trabalho em altura Cartilha de segurança Seleção e utilização de EPI para trabalho em altura Cartilha de segurança Seleção e utilização de EPI para trabalho em altura 2ª edição Realização: Curitiba Set/2011 A reprodução

Leia mais

Plataformas e Superfícies de Trabalho ANTONIO PEREIRA DO NASCIMENTO

Plataformas e Superfícies de Trabalho ANTONIO PEREIRA DO NASCIMENTO Plataformas e Superfícies de Trabalho ANTONIO PEREIRA DO NASCIMENTO Andaimes (Classificação) Simplesmente apoiados Fachadeiros Móveis Em balanço Suspensos mecânicos Suspensos

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO. Slackline Kikos 15m X 5cm ABSL-003

MANUAL DO USUÁRIO. Slackline Kikos 15m X 5cm ABSL-003 MANUAL DO USUÁRIO Slackline Kikos 15m X 5cm ABSL-003 IMPORTANTE! Por favor, leia este manual atentamente antes de começar o exercício. Guarde esse manual para um futuro uso. As especificações deste produto

Leia mais

ANEXO X. Referente ao Edital de Tomada de Preços nº. 001/2016

ANEXO X. Referente ao Edital de Tomada de Preços nº. 001/2016 ANEXO X Referente ao Edital de Tomada de Preços nº. 001/2016 NORMAS E PROCEDIMENTOS DE SEGURANÇA E MEDICINA DO TRABALHO Página 1 de 5 1 - CONDIÇÕES BÁSICAS 1.1 As normas aplicáveis aos serviços a serem

Leia mais

PLANO DE TRABALHOS COM RISCOS ESPECIAIS Execução de pinturas

PLANO DE TRABALHOS COM RISCOS ESPECIAIS Execução de pinturas Página 1 de 7 PLANO DE TRABALHOS COM RISCOS ESPECIAIS Execução de pinturas Página 2 de 7 PROCESSO CONSTRUTIVO 1. EECUÇÃO DE PINTURAS Esta actividade consiste nos trabalhos de pinturas nas paredes simples

Leia mais

DOU 201 21/01/2011 24/01/2011) * O

DOU 201 21/01/2011 24/01/2011) * O 18.15. Andaimes. 18.15.1.1 Os projetos de andaimes do tipo fachadeiro, suspensos e em balanço devem ser acompanhados pela respectiva Anotação de Responsabilidade Técnica. (Nova redação dada pela Portaria

Leia mais

LUIZ SPINELLI. Acesso por cordas é trabalho em altura, mas trabalho em altura não é acesso por cordas. INFORMATIVO TÉCNICO NÚMERO 7 Julho de 2014

LUIZ SPINELLI. Acesso por cordas é trabalho em altura, mas trabalho em altura não é acesso por cordas. INFORMATIVO TÉCNICO NÚMERO 7 Julho de 2014 A ideia para o título deste artigo vem das confusões que surgiram com as interpretações do anexo 1 da NR 35 (acesso por cordas). Existem empregadores e contratantes exigindo a qualificação e a certificação

Leia mais

Diretivas de transporte, embalagem e manuseio

Diretivas de transporte, embalagem e manuseio Diretivas de transporte, embalagem e manuseio Esta diretiva compreende orientações gerais relativas ao transporte, embalagem e manuseio de máquinas e fornecimentos da empresa KraussMaffei Technologies

Leia mais

PREVENÇÃO DE ACIDENTE NOS TRABALHOS EM ALTURA

PREVENÇÃO DE ACIDENTE NOS TRABALHOS EM ALTURA PALESTRA PREVENÇÃO DE ACIDENTE NOS TRABALHOS EM ALTURA OBJETIVO: PASSAR CONHECIMENTO E EXPERIÊNCIA ADQUIRIDA NA PREVENÇÃO DE ACIDENTES EM TRABALHO EM ALTURA O QUE DIZ A LEI SEGUNDO A LEI, A CULPA ESTÁ

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO CAMA ELÁSTICA LINHA HOME

MANUAL DO USUÁRIO CAMA ELÁSTICA LINHA HOME MANUAL DO USUÁRIO CAMA ELÁSTICA LINHA HOME Índice APRESENTAÇÃO 1 INSTRUÇÕES GERAIS DE SEGURANÇA 2 INFORMAÇÕES SOBRE USOS DA CAMA ELÁSTICA 3 DICAS PARA REDUZIR RISCOS DE ACIDENTES 4 INSTRUÇÕES DE SEGURANÇA

Leia mais

\\\\\\\\\\\\\\\\\\ \\\\\\\\\\\\\\\ MANUAL DE INSTRUÇÕES

\\\\\\\\\\\\\\\\\\ \\\\\\\\\\\\\\\ MANUAL DE INSTRUÇÕES \\\\\\\\\\\\\\\\\\ \\\\\\\\\\\\\\\ MANUAL DE INSTRUÇÕES FLEX MACA FLEX ATENÇÃO NÃO PERMITIR CONTATO COM MATERIAIS CORROSIVOS OU AGRESSIVOS. MANTER MACA E COMPONENTES AFASTADOS DE FONTES DE CALOR. INSPECIONAR

Leia mais

Segtreinne 5.0 - PROTEÇÃO LATERAL:

Segtreinne 5.0 - PROTEÇÃO LATERAL: 1.0 - OBJETIVO: Estabelecer procedimentos seguros para montagem, desmontagem e utilização de andaimes, em serviços de manutenção nas áreas da fábrica. 2.0 - APLICAÇÃO: Este procedimento se aplica à montagem,

Leia mais

Manual de Instalação de Sistemas Fotovoltaicos em Telhados - PHB

Manual de Instalação de Sistemas Fotovoltaicos em Telhados - PHB Manual de Instalação de Sistemas Fotovoltaicos em Telhados - PHB Índice Capítulo Título Página 1 Informações Gerais 3 2 Segurança 4 3 Especificações Técnicas 5 4 Ferramentas, Instrumentos e Materiais 6

Leia mais

Instruções para Carrinho de Bebê Multifuncional SONHO

Instruções para Carrinho de Bebê Multifuncional SONHO Instruções para Carrinho de Bebê Multifuncional SONHO Carrinho SONHO Manual Carrinho Sonho- Dardara - 2 as ilustrações são apenas representações. o design e o estilo podem variar. Antes de usar o carrinho,

Leia mais

CONSTRUÇÃO CIVIL E A REDE ELÉTRICA

CONSTRUÇÃO CIVIL E A REDE ELÉTRICA CONSTRUÇÃO CIVIL E A REDE ELÉTRICA O QUE É A COCEL? A COCEL leva energia elétrica a toda Campo Largo. É esta energia que permite que as fábricas, o comércio e todo o setor produtivo funcionem. É graças

Leia mais

MTS Criterion Série 40 Manual Title

MTS Criterion Série 40 Manual Title MTS Criterion Série 40 Manual Title Instruções para Levantamento Additional e Movimentação Information be certain. 100-238-293 A Informações sobre Direitos Autorais Informações sobre Marca Registrada Informação

Leia mais

Verano. guarda-sóis manual de troca de corda

Verano. guarda-sóis manual de troca de corda Verano guarda-sóis manual de troca de corda Verano guarda-sóis manual de troca de corda Instruções gerais e de segurança Leia as instruções de montagem Apesar dos produtos Stobag serem de fácil montagem,

Leia mais

STAR. Modelo N106 Grupos I, II e III. SAC: (11) 4072 4000 www.infanti.com.br

STAR. Modelo N106 Grupos I, II e III. SAC: (11) 4072 4000 www.infanti.com.br STAR Modelo N106 Grupos I, II e III SAC: (11) 4072 4000 www.infanti.com.br Conheça seu Assento de Segurança Cuidados e Manutenção A B C Encosto Guia lateral do cinto de segurança Braçadeiras do cinto (pres.

Leia mais

GUINDASTE Agnaldo, Camila, Fábio, José Rubens, Luiz Henrique, Rodrigo, Wesley Amaral e Wesley Moreti

GUINDASTE Agnaldo, Camila, Fábio, José Rubens, Luiz Henrique, Rodrigo, Wesley Amaral e Wesley Moreti Agnaldo, Camila, Fábio, José Rubens, Luiz Henrique, Rodrigo, Wesley Amaral e Wesley Moreti Assuntos: História e Definição; Tipos de Guindaste; Capacidade de Carga; Plano de Rigging; Operação do Guindaste;

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES DO USUÁRIO GUINCHOS SALALIFT E SALALIFT II

MANUAL DE INSTRUÇÕES DO USUÁRIO GUINCHOS SALALIFT E SALALIFT II The Ultimate in Fall Protection Instruções para os produtos dos seguintes serviços: Guinchos Salalift e Salalift II (Ver números de modelo específicos na última página.) MANUAL DE INSTRUÇÕES DO USUÁRIO

Leia mais

LISTA DE CHECAGEM ANDAIMES FACHADEIROS

LISTA DE CHECAGEM ANDAIMES FACHADEIROS LISTA DE CHECAGEM DE ANDAIMES FACHADEIROS Autor DEOGLEDES MONTICUCO Iniciou aos 14 anos como Mensageiro. 1974 - Engenheiro Civil e 1975 - Engenheiro de Segurança do Trabalho. Obras de construções: Hidrelétrica;

Leia mais

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR INSTITUTO NACIONAL DE METROLOGIA, NORMALIZAÇÃO E QUALIDADE INDUSTRIAL INMETRO

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR INSTITUTO NACIONAL DE METROLOGIA, NORMALIZAÇÃO E QUALIDADE INDUSTRIAL INMETRO Serviço Público Federal MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR INSTITUTO NACIONAL DE METROLOGIA, NORMALIZAÇÃO E QUALIDADE INDUSTRIAL INMETRO PROGRAMA DE ANÁLISE DE PRODUTOS: RELATÓRIO

Leia mais

Antes de usar os andaimes pela primeira vez, recomendamos ler minuciosamente este manual de uso, além de guardar-lo para quando for necessário.

Antes de usar os andaimes pela primeira vez, recomendamos ler minuciosamente este manual de uso, além de guardar-lo para quando for necessário. Antes de usar os andaimes pela primeira vez, recomendamos ler minuciosamente este manual de uso, além de guardar-lo para quando for necessário. Somente trabalhadores devidamente treinados e capacitados

Leia mais

Guia de Puericultura. Alimentação

Guia de Puericultura. Alimentação Guia de Puericultura Com o nascimento do bebé, os pais necessitam de adquirir uma série de artigos. A oferta no mercado é cada vez maior, por isso é importante estar informado: com este guia ajudamo-la

Leia mais

MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO SECRETARIA DE INSPEÇÃO DO TRABALHO

MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO SECRETARIA DE INSPEÇÃO DO TRABALHO MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO SECRETARIA DE INSPEÇÃO DO TRABALHO PORTARIA N.º 201 DE 21 DE JANEIRO DE 2011 (D.O.U. de 24/01/2011 Seção 1 págs 100 e 101) Altera a Norma Regulamentadora n.º 18, aprovada

Leia mais

Procedimento Operacional

Procedimento Operacional 1/ 11 Nº revisão Descrição da Revisão 00 Elaboração inicial do documento Gestão de Contratos Service/Qualidade Demais envolvidos na análise e aprovação Área / Processo Responsável Rubrica Administrativo

Leia mais

manual TÉCNICO ANDAIME FACHADEIRO 2011 Andmax, todos os direitos reservados. Material de distribuição restrita, proibida reprodução total ou parcial.

manual TÉCNICO ANDAIME FACHADEIRO 2011 Andmax, todos os direitos reservados. Material de distribuição restrita, proibida reprodução total ou parcial. manual TÉCNICO ANDAIME FACHADEIRO Sumário Andaime Fachadeiro...03 Instrução de Montagem...04 Acessórios...06 Modos e Pontos de Ancoragem...07 Dicas Importantes...08 Acesso dos Andaimes...09 Informações

Leia mais

Desvio com Servo Motor Acionado com uma simples chave HH

Desvio com Servo Motor Acionado com uma simples chave HH Desvio com Servo Motor Acionado com uma simples chave HH Eu nunca gostei das bobinas como forma de acionamento dos desvios, por vários motivos: os movimentos são bruscos (é uma pancada ), usam chaves por

Leia mais

Direção Regional do Trabalho

Direção Regional do Trabalho Direção Regional do Trabalho Newsletter n.º 4 novembro/dezembro 2013 Serviço de Segurança e Saúde Ocupacional S emana Europeia para a Segurança e Saúde no Trabalho 2013 A Semana Europeia para a Segurança

Leia mais

Análise de Sistema de Gestão de Segurança e Saúde na Construção Civil e os Acidentes Fatais.

Análise de Sistema de Gestão de Segurança e Saúde na Construção Civil e os Acidentes Fatais. Análise de Sistema de Gestão de Segurança e Saúde na Construção Civil e os Acidentes Fatais. Lie Tjiap Liung e Marcelo Tacitano Ministério do Trabalho e Emprego. 1- Introdução e Objetivo As mudanças que

Leia mais

Limpeza e manutenção. Conheça a Minicadeira para Carro. Informações complementares

Limpeza e manutenção. Conheça a Minicadeira para Carro. Informações complementares Conheça a Minicadeira para Carro Tira de cinto de segurança para os ombros Tira de ajuste Guarde este manual de instruções para eventuais consultas. 2 Alça para carregar Botão de ajuste na alça Em todos

Leia mais

MANUAL DE USO TREINOS E EQUIPAMENTOS

MANUAL DE USO TREINOS E EQUIPAMENTOS 2015 MANUAL DE USO TREINOS E EQUIPAMENTOS FITA SUSPENSA BOLA SUIÇA FAIXA ELÁSTICA CORDA PROFISSIONAL TAPETE DE EXERCÍCIOS MOCHILA SACO Nossos equipamentos são leves, práticos e simples de usar para que

Leia mais

CÁLCULOS TELHADO. Prof. Eliseu Figueiredo Neto

CÁLCULOS TELHADO. Prof. Eliseu Figueiredo Neto CÁLCULOS TELHADO Prof. Eliseu Figueiredo Neto TELHADO 1) Conhecer o peso de cada telha; 2) Calcular quantas telhas vão. Telhado de meia água de 50 m2, quantas telhas de cerâmica eu usarei e qual o peso

Leia mais

Figura 1: Plataforma de trabalho do andaime. Figura 2: Piso metálico da plataforma de trabalho.

Figura 1: Plataforma de trabalho do andaime. Figura 2: Piso metálico da plataforma de trabalho. INSTRUÇÕES DE USO ANDAIME TUBULAR 1. Devem ser tomadas precauções especiais, quando da montagem, desmontagem e movimentação de andaimes próximos às redes elétricas. 2. O piso de trabalho dos andaimes deve

Leia mais

CATÁLOGO 2015 LOCAÇÃO DE EQUIPAMENTOS PARA SUA OBRA. Metro Form System

CATÁLOGO 2015 LOCAÇÃO DE EQUIPAMENTOS PARA SUA OBRA. Metro Form System LOCAÇÃO DE EQUIPAMENTOS PARA SUA OBRA CATÁLOGO 2015 Metro Form System São Paulo Matriz Rua Maria Paula Motta, 239 CEP 07171-140 Guarulhos SP Brasil Fone: (11) 2431-6666 Rio de Janeiro Filial Rua Agaí,

Leia mais

MANUAL TÉCNICO. (Proteção Periférica Primária e Secundária)

MANUAL TÉCNICO. (Proteção Periférica Primária e Secundária) MANUAL TÉCNICO (Proteção Periférica Primária e Secundária). 2 SUMÁRIO Proteção Periférica Primária e Secundária...03 Descrição Técnica...04 Sistema de Ancoragem...06 Norma Regulamentadora NR-18...07 Atualização

Leia mais

Andaime fachadeiro plettac SL70

Andaime fachadeiro plettac SL70 Andaime fachadeiro plettac S70 - Modelo padrão - Edição: Junho de 2011 ATRAD plettac assco GmbH plettac Platz 1 58840 Plettenberg - Alemanha Andaime fachadeiro plettac S70 Página 1 Índice 1. Disposições

Leia mais

Soluções técnicas para trabalho em altura. Seminário Técnico 29/04/2011

Soluções técnicas para trabalho em altura. Seminário Técnico 29/04/2011 Soluções técnicas para trabalho em altura. Seminário Técnico 29/04/2011 Kleber Machello Sales Executive Terex Latin America Pontos que iremos abordar Normativa NR18 Portaria SIT/DSS n 15 de 03/07/07 Anexo

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES MODELO ABC DESIGN 3 TEC

MANUAL DE INSTRUÇÕES MODELO ABC DESIGN 3 TEC MANUAL DE INSTRUÇÕES MODELO ABC DESIGN 3 TEC Utilização 3 em 1 (sistema travel system) bebê conforto adaptável ao carrinho Altura regulável das alças para empurrar o carrinho 3 posições de regulagem de

Leia mais

Prevenção de risco de queda em altura no setor da construção mediante a utilização de andaimes. Pedro Vasco AECOPS - OPWAY

Prevenção de risco de queda em altura no setor da construção mediante a utilização de andaimes. Pedro Vasco AECOPS - OPWAY Prevenção de risco de queda em altura no setor da construção mediante a utilização de andaimes Pedro Vasco AECOPS - OPWAY A prevenção do risco de queda em altura na construção, e para o caso específico

Leia mais

Fire Prevention STANDARD. LME-12:001905 Upt Rev A

Fire Prevention STANDARD. LME-12:001905 Upt Rev A STANDARD LME-12:001905 Upt Rev A Índice 1 Introdução... 3 2 Requisitos... 3 3 Normas de Operação Segura... 4 3.1 Procedimentos de Evacuação em Incêndio... 4 3.2 Caminhos de Escape Designados... 4 3.3 Pontos

Leia mais