Criação de emprego - Brasil

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Criação de emprego - Brasil"

Transcrição

1 Ano III Mar/ Dados janeiro reforçam fraqueza do mercado trabalho De acordo com os dados do Cadastro Geral Empregados e Desempregados (CAGED), o Brasil apresentou um cenário marcado por struição vagas no mês janeiro. Foi registrado saldo missões em janeiro, uma reversão em comparação ao registrado em janeiro 2014, quando foram contabilizadas contratações. Comparativamente ao mês zembro 2014, que registrou fechamento vagas, o mês janeiro ao menos reduziu o montante vagas struídas. De todo modo, o resultado aponta continuida da tendência enfraquecimento do mercado trabalho, uma vez que o mês janeiro raramente apresenta saldo negativo na criação vagas. A saceleração do mercado trabalho reflete a fragilida da ativida econômica, além do impacto negativo da recomposição das alíquotas do IPI e dos impostos sobre a folha pagamentos. Soma-se a estes fatores a incerteza gerada pela crise hídrica que atinge diversos estados do país. Setorialmente, a Indústria apresentou o melhor sempenho, com a criação postos emprego a agropecuária também registrou saldo positivo no período. Apesar do saldo positivo, tem-se uma redução na criação vagas em comparação com o mesmo mês do ano anterior, reflexo do fraco sempenho do setor. O pior resultado foi apresentado pelo Comércio, com missões, embora os setores Serviços e Construção Civil também tenham colaborado para o cenário pessimista do período. No que diz respeito ao saldo acumulado em doze meses ( fevereiro 2014 a janeiro ), foram registradas contratações, o que representa forte retração na criação vagas em comparação com o saldo dos doze meses imediatamente anteriores, quando foram registradas novas vagas. Em relação à análise setorial, tem-se a Indústria exibindo o pior sempenho seguido pela Construção Civil, tendo ambos os setores apresentado saldos negativos (struição aproximadamente 200 mil vagas trabalho cada), uma reversão em comparação com o acumulado entre fevereiro 2013 a janeiro 2014, quando foi registrada criação líquida vagas. Apesar dos melhores sempenhos terem sido exibidos pelo setor Serviços seguido pelo Comércio, ambos apresentaram redução no saldo em comparação ao exibido nos doze meses imediatamente anteriores. A Agropecuária teve saldo struição vagas, mas o resultado apresentado pelo setor foi menos sfavorável em relação ao registrado no período fevereiro 2013 a janeiro Criação emprego - Brasil Acumulado fevereiro 2013 a janeiro 2014 Acumulado fevereiro 2014 a janeiro Indústria Comércio Serviços Construção Civil Agropecuária Total

2 Ano III Mar/ O estado São Paulo, por sua vez, registrou em janeiro um saldo missões, montante inferior às missões registradas em zembro No período, houve reversão do cenário observado em janeiro 2014, quando foi registrada criação líquida vagas, comportamento similar ao ocorrido no país como um todo. Quanto à análise setorial, Indústria e Construção Civil registraram redução na criação vagas na comparação com o mesmo mês do ano anterior. Os mais setores apresentaram struição líquida vagas, sendo o pior sempenho obtido pelo Comércio. Com relação ao acumulado fevereiro 2014 a janeiro, o estado São Paulo registrou missões frente às contratações registradas fevereiro 2013 a janeiro Setorialmente, os piores sempenhos foram exibidos pela Indústria, Construção Civil e Agropecuária. Comércio e Serviços, apesar exibirem saldos positivos no acumulado dos últimos doze meses, apresentaram redução na criação novos empregos Criação emprego estado São Paulo Acumulado fevereiro 2013 a janeiro 2014 Acumulado fevereiro 2014 a janeiro Indústria Comércio Serviços Construção Civil Agropecuária Total A Região Administrativa Ribeirão Preto (RARP) registrou contratações em janeiro, o primeiro saldo positivo registrado pela RARP s maio Entretanto, ve-se ressaltar que a recuperação é incipiente, uma vez que o mês janeiro apresenta sazonalida favorável, e o resultado foi inferior ao observado nos últimos anos para este mês. Entre os setores, po-se stacar a Indústria, a Construção Civil e a Agropecuária pelos melhores sempenhos. Os setores Comércio e o Serviços registraram, por sua vez, struição líquida vagas, apresentando reversão em comparação ao mesmo período O acumulado nos últimos doze meses monstra o saquecimento do mercado trabalho na RARP, que apresentou missões no período fevereiro 2014 a janeiro, frente aos novos postos trabalho criados nos doze meses imediatamente anteriores (entre fevereiro 2013 a janeiro 2014). 2

3 BOLETIM Ano III Mar/ Criação emprego Região Administrativa Ribeirão Preto 2014 Acumulado fevereiro 2013 a janeiro 2014 Acumulado fevereiro 2014 a janeiro Indústria Comércio Serviços Construção Civil Agropecuária Total O município Ribeirão Preto, maneira semelhante ao que ocorreu em sua Região Administrativa, registrou em janeiro um saldo 45 contratações, o que monstra uma saceleração do mercado trabalho em comparação ao mesmo período do mês anterior, quando foram registradas 617 novas vagas. Setorialmente, apenas Comércio apresentou saldo negativo, com struição 640 postos emprego. Entre os mais setores, somente a Indústria registou um montante maior vagas criadas em comparação ao registrado em janeiro Entre os principais segmentos atingidos pelo saquecimento nas contratações, tem-se comércio varejista artigos do vestuário e acessórios; comércio varejista calçados e artigos viagem e comércio varejista mercadorias em geral, com predominância produtos alimentícios (Hipermercados e Supermercados). Por outro lado, os segmentos que mais colaboraram para o saldo positivo registrado no município Ribeirão Preto foram a fabricação biscoitos e bolachas; obras acabamento; serviços especializados para construção e fabricação refrigerantes e outras bebidas não alcoólicas. Ao se analisar o acumulado fevereiro 2014 a janeiro, po-se verificar uma retração do mercado trabalho. No período foram registradas 342 contratações frente às admissões registradas nos doze meses imediatamente anteriores. Criação emprego município Ribeirão Preto Acumulado fevereiro Acumulado fevereiro a janeiro a janeiro Indústria Comércio Serviços Construção Civil Agropecuária Total

4 Ano III Mar/ O município Franca registrou contratações em janeiro. Assim como observado no Brasil e no estado São Paulo, o saldo registrado em janeiro representa um montante inferior ao saldo exibido no mesmo mês do ano anterior, quando foram contabilizadas novas vagas, caracterizando saceleração no mercado trabalho. Po-se stacar o sempenho da Indústria como o melhor entre os setores, registrando a criação novos postos trabalho, apesar da criação novas vagas no setor ter sofrido redução em comparação ao registrado no mesmo mês O setor Serviços também apresentou redução no número contratações, enquanto a Agropecuária foi o único setor que apresentou aumento no montante contrações em comparação a janeiro 2014 (embora os valores absolutos sejam pequenos). Os setores Comércio e Construção Civil, por sua vez, apresentaram uma reversão, passando a registrar struição líquida vagas. Os segmentos mais impactados pela retração do mercado trabalho foram comércio varejista artigos do vestuário e acessórios; comércio varejista mercadorias em geral, com predominância produtos alimentícios (Hipermercados e Supermercados) e construção edifícios. Os segmentos que apresentaram melhor sempenho no mercado trabalho foram a fabricação calçados couro; fabricação partes para calçados qualquer material; fabricação artefatos couro; a contratação profissionais da educação infantil (creche) e curtimento e outras preparações couro. No que diz respeito ao saldo acumulado fevereiro 2014 a janeiro, tem-se o registro missões, uma reversão do cenário criação vagas exibido nos doze meses imediatamente anteriores, em que foram registradas contratações. Setorialmente, a Indústria staca-se com o pior sempenho, contabilizando missões. A Construção Civil e a Agropecuária também apresentaram struição líquida vagas, enquanto o Comércio e Serviços apresentaram saldos positivos mas que representam retração nas contratações em comparação ao saldo acumulado fevereiro 2013 a janeiro Criação emprego município Franca Acumulado fevereiro Acumulado fevereiro a janeiro a janeiro Indústria Comércio Serviços Construção Civil Agropecuária Total

5 Ano III Mar/ O município Campinas encerrou o mês janeiro com struição vagas, registrando um saldo 822 missões. Os piores sempenhos foram exibidos pelos setores Comércio, Construção Civil e Agropecuária. Os mais setores apresentaram um saldo positivo e ainda um montante superior ao registrado no mesmo mês Os segmentos mais impactados pela retração do mercado trabalho foram construção rodovias e ferrovias; comércio varejista artigos do vestuário e acessórios e; comércio varejista mercadorias em geral, com predominância produtos alimentícios (Hipermercados e Supermercados). O acumulado fevereiro 2014 a janeiro registrou missões frente às contratações registradas no acumulado fevereiro 2013 a janeiro Entre os setores, o único que não apresentou struição vagas foi o setor Serviços e, apesar seu saldo positivo, o valor representa uma redução na criação novas vagas em comparação aos doze meses imediatamente anteriores. Os piores sempenhos foram exibidos pela Construção Civil e pela Indústria, contabilizando e missões respectivamente. Criação emprego município Campinas Acumulado fevereiro Acumulado fevereiro a janeiro a janeiro Indústria Comércio Serviços Construção Civil Agropecuária Total Por fim, o município São José do Rio Preto encerrou o mês janeiro registrando 202 missões, apresentando um cenário struição vagas semelhante ao município Campinas. O número missões foi superior ao exibido em janeiro 2014, quando ocorreram 54 sligamentos. Os piores setores foram o Comércio, a Construção Civil e a Agropecuária. Apesar a Indústria exibir saldo 34 contratações, houve uma redução na criação novas vagas em comparação com o mesmo mês do ano anterior. O setor Serviços apresentou o melhor sempenho, com um saldo 191 novos postos trabalho, uma reversão positiva em comparação com as 114 missões registradas em janeiro Os segmentos que apresentaram pior sempenho foram construção rodovias e ferrovias, comércio varejista artigos do vestuário e acessórios e Administração Pública em geral. Por outro lado, os segmentos que apresentaram melhor sempenho no município foram construção edifícios e contratação profissionais do ensino fundamental. No que se refere à análise do acumulado fevereiro 2014 a janeiro, São José do Rio Preto obteve um saldo contratações, um aumento em comparação ao saldo acumulado fevereiro 2013 a janeiro Setorialmente, os piores sempenhos foram exibidos pela Indústria e Agropecuária, enquanto o melhor sempenho foi o do setor Serviços, contabilizando novas vagas. 5

6 Ano III Mar/ Criação emprego município São José do Rio Preto Acumulado fevereiro Acumulado fevereiro a janeiro a janeiro Indústria Comércio Serviços Construção Civil Agropecuária Total A análise dos dados monstra a permanência do cenário saceleração do mercado trabalho no Brasil, que se reflete na Região Administrativa Ribeirão Preto (RARP). A Indústria, em âmbito nacional, estadual e nos municípios aqui analisados registrou criação vagas, beneficiada pela sazonalida favorável do período. Quando comparados aos resultados janeiro 2014, os dados mais recentes não indicam sinais recuperação. No caso da RARP, é provável que muitas das vagas criadas sejam contratos temporários vido à entressafra da cana--açúcar e manutenção usinas. O setor Comércio foi marcado por struição vagas em todas as localidas analisadas, muitas stas relacionadas a empregos temporários recorrentes no período que antece o Natal. Outros fatores corroboram para a saceleração do mercado trabalho no setor, como a elevação do endividamento das famílias, o aumento dos impostos que incim sobre a folha pagamentos e a maior fraqueza do consumo. A Agricultura ainda sofre os efeitos da crise sucroalcooleira, elevada mecanização com substituição do trabalho manual e problemas climáticos que dificultam o aquecimento do setor. A RARP mostrou um resultado positivo no primeiro mês e superior ao observado em janeiro do último ano, mas os sinais recuperação ainda são incipientes. 6

Trabalho. Mercado BOLETIM. Ribeirão Preto/SP. Prof. Dr. Sergio Naruhiko Sakurai Gabriel Tamancoldi Couto e Jenifer Barbosa

Trabalho. Mercado BOLETIM. Ribeirão Preto/SP. Prof. Dr. Sergio Naruhiko Sakurai Gabriel Tamancoldi Couto e Jenifer Barbosa Ano III Mai/ Criação líquida empregos é positiva em março, mas mercado trabalho segue frágil Os dados março do Cadastro Geral Empregados e Desempregados (CAGED) mostram um mercado trabalho ainda com sinais

Leia mais

Criação de emprego - Brasil. Acumulado outubro-12 a setembro-13

Criação de emprego - Brasil. Acumulado outubro-12 a setembro-13 BOLETIM Cenário regional termina o mês setembro com struição vagas em todos os setores De acordo com os dados do Cadastro Geral Empregados (queda 71,67%) e Indústria (queda 61,80%). e Desempregados (CAGED),

Leia mais

Mercado. Trabalho BOLETIM. Ribeirão Preto/SP. Prof. Dr. Sergio Naruhiko Sakurai Gabriel Tamancoldi Couto e Jenifer Barbosa

Mercado. Trabalho BOLETIM. Ribeirão Preto/SP. Prof. Dr. Sergio Naruhiko Sakurai Gabriel Tamancoldi Couto e Jenifer Barbosa Dados acumulados dos últimos doze meses reforçam retração do mercado trabalho Os dados maio do Cadastro Geral Empregados e Desempregados (CAGED) mostram o aprofundamento do cenário fraqueza no mercado

Leia mais

Criação de emprego - Brasil. Acumulado setembro-12 a agosto-13

Criação de emprego - Brasil. Acumulado setembro-12 a agosto-13 BOLETIM Destruição vagas na indústria marca o cenário brasileiro De acordo com os dados do Cadastro Geral Empregados e Desempregados (CAGED), o Brasil apresentou um quadro marcado por saceleração do mercado

Leia mais

Criação de empregos Brasil

Criação de empregos Brasil Renata Lacerda Antunes Borges Apesar do pior mês em 2014 no saldo criação empregos, Ribeirão Preto ainda apresenta crescimento no mercado trabalho no acumulado do ano O Brasil refletiu uma forte saceleração

Leia mais

Criação de emprego - Brasil. Acumulado julho- 12 a junho-13

Criação de emprego - Brasil. Acumulado julho- 12 a junho-13 Primeiro semestre 2014 tem o pior saldo criação novos postos trabalho s 2009. Efeito Copa não amenizou os resultados negativos sobre o emprego De acordo com os dados do Cadastro Geral Empregados e Desempregados

Leia mais

Brasil criação de empregos Acumulado fev/12 a jan/13

Brasil criação de empregos Acumulado fev/12 a jan/13 Renata Lacerda Antunes Borges A criação emprego no país no mês janeiro 2014, acordo com os dados do CAGED, apresentou saldo positivo (diferentemente do mês anterior), atingindo um total 29.595 novas vagas,

Leia mais

Agropecuária é o setor que mais contratou em maio de 2016, favorecida pela sazonalidade. RARP cria postos de trabalho em maio de 2016

Agropecuária é o setor que mais contratou em maio de 2016, favorecida pela sazonalidade. RARP cria postos de trabalho em maio de 2016 Agropecuária é o setor que mais contratou em maio de 2016, favorecida pela sazonalidade Os dados de maio de 2016 do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED) indicaram resultados pouco otimistas

Leia mais

Ano IV Out./2016. Construção Civil tem o pior desempenho entre os setores em Agosto de 2016

Ano IV Out./2016. Construção Civil tem o pior desempenho entre os setores em Agosto de 2016 Construção Civil tem o pior desempenho entre os setores em Agosto de 2016 Os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED) indicam destruição de postos de trabalho em nível nacional e estadual

Leia mais

Região Administrativa de Ribeirão Preto cria vagas em Janeiro de 2017

Região Administrativa de Ribeirão Preto cria vagas em Janeiro de 2017 Brasil e estado de São Paulo persistem com demissões líquidas no início de 2017 Os dados de Janeiro de 2017 do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED) indicam destruição de vagas pelo vigésimo

Leia mais

Comércio cria postos de trabalho no estado de SP, RARP e município de RP

Comércio cria postos de trabalho no estado de SP, RARP e município de RP Serviços foi o setor com o pior desempenho em Julho de 2016 Os dados de Julho de 2016 do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED) continuam indicando baixo desempenho do mercado de trabalho.

Leia mais

Criação de empregos Brasil

Criação de empregos Brasil O mês março, acordo com os dados do CAGED, foi caracterizado por um intenso saquecimento do mercado trabalho. O país finalizou o mês com saldo apenas 13.117 admissões, resultado que se contrapõe ao forte

Leia mais

RARP e municípios analisados destroem vagas em Junho de 2017

RARP e municípios analisados destroem vagas em Junho de 2017 Agropecuária é o único setor que contrata no Brasil, estado de São Paulo e RARP Os dados de Junho de 2017 do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED) indicam criação líquida de vagas em âmbito

Leia mais

Indústria e Comércio comprometem o desempenho da RARP em setembro de 2015

Indústria e Comércio comprometem o desempenho da RARP em setembro de 2015 Brasil, RARP e município de Ribeirão Preto fecham vagas em todos os setores Os dados do mês de setembro de 2015 do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED) reforçam o cenário de pouco otimismo,

Leia mais

Setor de Serviços tem o melhor desempenho na RARP

Setor de Serviços tem o melhor desempenho na RARP Brasil e estado de São Paulo criam vagas pelo quarto mês consecutivo em Julho de 2017 Os dados de Julho de 2017 do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED) indicam destruição líquida de vagas

Leia mais

Criação de emprego - Brasil. Acumulado out/11 a

Criação de emprego - Brasil. Acumulado out/11 a A criação emprego no país no mês setembro surpreenu o mercado e apresentou 211.068 mil gerações líquidas vagas, um aumento 65,3% nas em relação à agosto, acordo com os dados do CAGED. A mediana das projeções

Leia mais

Serviços tem o melhor desempenho entre os setores em agosto de 2017

Serviços tem o melhor desempenho entre os setores em agosto de 2017 Serviços tem o melhor desempenho entre os setores em agosto de 2017 Os dados de agosto do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED) indicam criação líquida de vagas em âmbito nacional e no estado

Leia mais

Brasil e SP fecharam postos de trabalho em todos os setores da economia

Brasil e SP fecharam postos de trabalho em todos os setores da economia Brasil e SP fecharam postos de trabalho em todos os setores da economia Os dados de março de 2016 do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED) reafirmam a desaceleração do mercado de trabalho.

Leia mais

Setor de Serviços cria postos de trabalho em Fevereiro de 2016

Setor de Serviços cria postos de trabalho em Fevereiro de 2016 Brasil e estado de São Paulo contratam após 22 meses consecutivos de demissões Os dados de Fevereiro de 2017 do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED) sinalizam um cenário mais otimista para

Leia mais

A Construção Civil destrói postos de trabalho em Setembro de 2016

A Construção Civil destrói postos de trabalho em Setembro de 2016 A Construção Civil destrói postos de trabalho em Setembro de 2016 Os dados de Setembro de 2016 do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED) indicam destruição de vagas nas regiões analisadas,

Leia mais

Brasil - Criação de emprego acumulado Jan-Out (CAGED)

Brasil - Criação de emprego acumulado Jan-Out (CAGED) Ano I Nov/ O boletim sse mês staca principalmente o resultado acumulado no ano, ou seja, a criação empregos janeiro a outubro comparando os anos a, com base nos dados do Cadastro Geral Empregados e Desempregados

Leia mais

ÍNDICE. 1. Desempenho Estadual Desempenho por Atividade Desempenho por Região Melhores e Piores Regiões...

ÍNDICE. 1. Desempenho Estadual Desempenho por Atividade Desempenho por Região Melhores e Piores Regiões... OUTUBRO DE 2016 ÍNDICE 1. Desempenho Estadual... 3 2. Desempenho por Atividade... 7 3. Desempenho por Região... 10 3.1. Melhores e Piores Regiões... 13 4. Conclusão... 15 5. Nota Metodológica... 16 1.

Leia mais

EMPREGO INDUSTRIAL ABRIL DE 2013

EMPREGO INDUSTRIAL ABRIL DE 2013 EMPREGO INDUSTRIAL ABRIL DE 2013 SUMÁRIO EXECUTIVO INDÚSTRIA FOI O SETOR QUE MAIS CONTRATOU EM ABRIL. O número de assalariados com carteira assinada da indústria de transformação catarinense cresceu 0,7%

Leia mais

ÍNDICE. 1. Desempenho Estadual Desempenho por Atividade Desempenho por Região Melhores e Piores Regiões...

ÍNDICE. 1. Desempenho Estadual Desempenho por Atividade Desempenho por Região Melhores e Piores Regiões... SETEMBRO DE 2016 ÍNDICE 1. Desempenho Estadual... 3 2. Desempenho por Atividade... 7 3. Desempenho por Região... 9 3.1. Melhores e Piores Regiões... 10 4. Conclusão... 13 5. Nota Metodológica... 14 1.

Leia mais

GERAÇÃO DE EMPREGOS FORMAIS - ABRIL/2015

GERAÇÃO DE EMPREGOS FORMAIS - ABRIL/2015 Saldo (Admissão - Desligamentos) Saldo (Admissão - Desligamentos) GERAÇÃO DE EMPREGOS FORMAIS - ABRIL/215 1. Geração de Empregos no Brasil - Mercado de Trabalho volta a Demitir O Ministério do Trabalho

Leia mais

EMPREGO INDUSTRIAL SUMÁRIO EXECUTIVO EMPREGO MAIO DE 2013 A INDÚSTRIA FOI O SETOR QUE MAIS CONTRATOU EM MAIO E NO ACUMULADO DO ANO.

EMPREGO INDUSTRIAL SUMÁRIO EXECUTIVO EMPREGO MAIO DE 2013 A INDÚSTRIA FOI O SETOR QUE MAIS CONTRATOU EM MAIO E NO ACUMULADO DO ANO. EMPREGO INDUSTRIAL MAIO DE 2013 SUMÁRIO EXECUTIVO A INDÚSTRIA FOI O SETOR QUE MAIS CONTRATOU EM MAIO E NO ACUMULADO DO ANO. FORAM GERADAS 31.531 VAGAS ENTE JANEIRO E MAIO, correspondendo a um acréscimo

Leia mais

Mercado de trabalho enfrentou cenário difícil durante todo o ano de 2015

Mercado de trabalho enfrentou cenário difícil durante todo o ano de 2015 Mercado de trabalho enfrentou cenário difícil durante todo o ano de 2015 Neste edição especial do boletim Mercado de trabalho do CEPER-FUNDACE, serão comparados dados do Cadastro Geral de Empregados e

Leia mais

SANTA CATARINA REGISTRA O SEGUNDO MENOR SALDO DE EMPREGOS PARA O MÊS DE JUNHO DESDE 2002

SANTA CATARINA REGISTRA O SEGUNDO MENOR SALDO DE EMPREGOS PARA O MÊS DE JUNHO DESDE 2002 Informação e Análise do Mercado de Trabalho Informativo Mensal de Emprego CAGED nº 07/2012 1 23/07/2012 SANTA CATARINA REGISTRA O SEGUNDO MENOR SALDO DE EMPREGOS PARA O MÊS DE JUNHO DESDE 2002 Os dados

Leia mais

Emprego Industrial em Mato Grosso do Sul

Emprego Industrial em Mato Grosso do Sul Comportamento do emprego formal na Indústria em Mato Grosso do Sul Outubro registrou o oitavo mês consecutivo com redução de postos de trabalho na Indústria sul-matogrossense. No mês, o saldo negativo

Leia mais

Emprego industrial 25 de Fevereiro de 2014 FEDERAÇÃO DAS INDÚSTRIAS DO ESTADO DE SANTA CATARINA. Indústria Janeiro/2014

Emprego industrial 25 de Fevereiro de 2014 FEDERAÇÃO DAS INDÚSTRIAS DO ESTADO DE SANTA CATARINA. Indústria Janeiro/2014 EMPREGO INDUSTRIAL Janeiro de 2014 Emprego industrial 25 de Fevereiro de 2014 FEDERAÇÃO DAS INDÚSTRIAS DO ESTADO DE SANTA CATARINA SUMÁRIO EXECUTIVO A INDÚSTRIA DE TRANSFORMAÇÃO APRESENTOU O MELHOR DESEMPENHO

Leia mais

PESP PESQUISA DE EMPREGO NO COMÉRCIO VAREJISTA DE SÃO PAULO

PESP PESQUISA DE EMPREGO NO COMÉRCIO VAREJISTA DE SÃO PAULO PESP PESQUISA DE EMPREGO NO COMÉRCIO VAREJISTA DE SÃO PAULO JULHO DE 2016 ÍNDICE 1. Desempenho Estadual... 3 2. Desempenho por Atividade... 7 3. Desempenho por Região... 9 3.1. Melhores e Piores Regiões...

Leia mais

Emprego Industrial em Mato Grosso do Sul

Emprego Industrial em Mato Grosso do Sul Comportamento do emprego formal na Indústria em Mato Grosso do Sul O emprego formal na Indústria sul-mato-grossense encerrou mais um mês com redução liquida de postos de trabalho. Em abril, o conjunto

Leia mais

EMPREGO INDUSTRIAL SUMÁRIO EXECUTIVO EMPREGO FEVEREIRO DE Eego industrial FEVEREIRO DE 2013

EMPREGO INDUSTRIAL SUMÁRIO EXECUTIVO EMPREGO FEVEREIRO DE Eego industrial FEVEREIRO DE 2013 EMPREGO INDUSTRIAL FEVEREIRO DE 2013 FEVEREIRO DE 2013 Eego industrial SUMÁRIO EXECUTIVO O número de assalariados com carteira assinada da indústria de transformação catarinense cresceu 1,50% em fevereiro

Leia mais

Emprego Industrial em Mato Grosso do Sul

Emprego Industrial em Mato Grosso do Sul Comportamento do emprego formal na Indústria em Mato Grosso do Sul Julho registrou o quinto mês consecutivo com redução de postos de trabalho na Indústria sul-matogrossense. No mês, o saldo negativo para

Leia mais

Emprego Industrial em Mato Grosso do Sul

Emprego Industrial em Mato Grosso do Sul Comportamento do emprego formal na Indústria em Mato Grosso do Sul A indústria voltou a registrar saldo positivo na geração de empregos. Até o momento, em 2016, o saldo das contratações nas atividades

Leia mais

NOTA TÉCNICA Nº 0033_V1_2014 CADASTRO GERAL DE EMPREGO E DESEMPREGO DA CIDADE DE JARAGUÁ DO SUL - JUNHO DE

NOTA TÉCNICA Nº 0033_V1_2014 CADASTRO GERAL DE EMPREGO E DESEMPREGO DA CIDADE DE JARAGUÁ DO SUL - JUNHO DE NOTA TÉCNICA Nº 0033_V1_2014 CADASTRO GERAL DE EMPREGO E DESEMPREGO DA CIDADE DE JARAGUÁ DO SUL - JUNHO DE 2014 - Jaraguá do Sul (SC), Julho de 2014. ALINHAMENTO ESTRATÉGICO Jaraguá Ativa: Cidade inteligente

Leia mais

Boletim Mensal de Emprego Formal do Estado de São Paulo Fevereiro de 2016

Boletim Mensal de Emprego Formal do Estado de São Paulo Fevereiro de 2016 2016 Boletim Mensal de Emprego Formal do Estado de São Paulo Fevereiro de 2016 Balanço do trabalho formal para o Mês de Fevereiro de 2016 Secretaria do Emprego e Relações do Trabalho do Estado de São Paulo.

Leia mais

Emprego Industrial em Mato Grosso do Sul

Emprego Industrial em Mato Grosso do Sul Comportamento do emprego formal na Indústria em Mato Grosso do Sul A indústria registrou mais um mês com saldo positivo na geração de empregos. Até o momento, em 2016, o saldo das contratações nas atividades

Leia mais

Emprego Industrial em Mato Grosso do Sul

Emprego Industrial em Mato Grosso do Sul Comportamento do emprego formal na Indústria em Mato Grosso do Sul 2017 1) Setembro 2017: Fechamento de 185 postos de trabalho na indústria estadual. Resultado de 4.823 contratações e 5.008 demissões;

Leia mais

Em junho foram criados empregos formais em Santa Catarina

Em junho foram criados empregos formais em Santa Catarina Informativo Caged nº 07/2009 16/07/2009 Em junho foram criados 1.121 empregos formais em Santa Catarina No 1º semestre foram abertas 11,7 mil vagas e foi o pior resultado para o acumulado no primeiro semestre

Leia mais

EMPREGO INDUSTRIAL Dezembro de 2013

EMPREGO INDUSTRIAL Dezembro de 2013 EMPREGO INDUSTRIAL Dezembro de 2013 Emprego industrial 28 de Janeiro de 2014 FEDERAÇÃO DAS INDÚSTRIAS DO ESTADO DE SANTA CATARINA SUMÁRIO EXECUTIVO INDÚSTRIA DE TRANSFORMAÇÃO - no acumulado do ano, foi

Leia mais

Emprego Industrial em Mato Grosso do Sul

Emprego Industrial em Mato Grosso do Sul Comportamento do emprego formal na Indústria em Mato Grosso do Sul 2017 1) Julho 2017: Fechamento de 541 postos de trabalho na indústria estadual. Resultado de 4.613 contratações e 5.154 demissões; Maiores

Leia mais

Alexsandre Lira Cavalcante *

Alexsandre Lira Cavalcante * 1. Volume de vendas do comércio varejista Alexsandre Lira Cavalcante * De acordo com dados da Pesquisa Mensal do Comércio (PMC), realizada pelo IBGE, o volume de vendas do comércio varejista comum cearense

Leia mais

Informativo Mensal de Emprego CAGED. Nº 1, janeiro de 2013 Mês de referência: dezembro de 2012

Informativo Mensal de Emprego CAGED. Nº 1, janeiro de 2013 Mês de referência: dezembro de 2012 SECRETARIA DE ESTADO DA ASSISTÊNCIA SOCIAL, TRABALHO E HABITAÇÃO SST DIRETORIA DE TRABALHO E EMPREGO SETOR DE INFORMAÇÃO E ANÁLISE DO MERCADO DE TRABALHO Informativo Mensal de Emprego CAGED Nº 1, janeiro

Leia mais

Nível de Emprego Formal Celetista

Nível de Emprego Formal Celetista Nível de Emprego Formal Celetista Cadastro Geral de Empregados e Desempregados CAGED FEVEREIRO de 2014 1 Geração de Empregos Formais Celetistas Total de Admissões em fevereiro de 2014... 1.989.181 Total

Leia mais

GRÁFICO 1: Evolução do Emprego com Carteira Assinada, saldo líquido em dezembro Santa Catarina,

GRÁFICO 1: Evolução do Emprego com Carteira Assinada, saldo líquido em dezembro Santa Catarina, Informativo Caged nº 01/2012 24/01/2012 SANTA CATARINA CONTABILIZA A GERAÇÃO DE 82.406 EMPREGOS FORMAIS EM 2011 Apesar do nível do emprego formal apresentar crescimento no ano passado, o mês de dezembro

Leia mais

Informativo Mensal de Emprego nº 06/2014

Informativo Mensal de Emprego nº 06/2014 SECRETARIA DE ESTADO DA ASSISTÊNCIA SOCIAL, TRABALHO E HABITAÇÃO SST DIRETORIA DE TRABALHO E EMPREGO SETOR DE INFORMAÇÃO E ANÁLISE DO MERCADO DE TRABALHO Informativo Mensal de Emprego nº 06/2014 Mês de

Leia mais

A Mulher e a Participação no Mercado de Trabalho de Mato Grosso do Sul

A Mulher e a Participação no Mercado de Trabalho de Mato Grosso do Sul A Mulher e a Participação no Mercado de Trabalho de Mato Grosso do Sul O Sebrae/MS realizou um estudo sobre a Mulher e o Mercado de trabalho no MS, utilizando as seguintes fontes: Ministério do Trabalho

Leia mais

Informativo Mensal de Emprego CAGED. nº 10, outubro de 2012

Informativo Mensal de Emprego CAGED. nº 10, outubro de 2012 SECRETARIA DE ESTADO DA ASSISTÊNCIA SOCIAL, TRABALHO E HABITAÇÃO SST DIRETORIA DE TRABALHO E EMPREGO SETOR DE INFORMAÇÃO E ANÁLISE DO MERCADO DE TRABALHO Informativo Mensal de Emprego CAGED nº 10, outubro

Leia mais

Emprego Industrial em Mato Grosso do Sul

Emprego Industrial em Mato Grosso do Sul Comportamento do emprego formal na Indústria em Mato Grosso do Sul O emprego formal na Indústria sul-mato-grossense começou 2015 do mesmo modo que terminou 2014, com redução liquida de postos de trabalho.

Leia mais

Comércio Varejista Resultados de Junho de 2012

Comércio Varejista Resultados de Junho de 2012 Comércio Varejista Resultados de Junho de 2012 1. No mês de Junho, o comércio varejista cresceu 1,5% no volume de vendas e 1,9% no faturamento (receita nominal), em relação a Maio. No comparativo com Junho

Leia mais

Emprego Industrial Julho de 2014

Emprego Industrial Julho de 2014 Emprego Industrial Julho de 2014 SUMÁRIO EXECUTIVO No acumulado do ano (jan-jul), a indústria de transformação foi a atividade econômica que mais gerou empregos em Santa Catarina (25.147), de um total

Leia mais

Emprego Industrial em Mato Grosso do Sul

Emprego Industrial em Mato Grosso do Sul Comportamento do emprego formal na Indústria em Mato Grosso do Sul 2017 1) Outubro 2017: Fechamento de 584 postos de trabalho na indústria estadual. Resultado de 4.158 contratações e 4.742 demissões; Maiores

Leia mais

SAQUES NAS CONTAS DO FGTS INJETARAM R$ 10,8 BI NO VAREJO

SAQUES NAS CONTAS DO FGTS INJETARAM R$ 10,8 BI NO VAREJO SAQUES NAS CONTAS DO FGTS INJETARAM R$ 10,8 BI NO VAREJO Do total de R$ 44 bilhões sacados das contas inativas entre março e julho deste ano, 25% chegaram ao varejo. De acordo com levantamento da Confederação

Leia mais

Na comparação com o mesmo mês, foi o menor saldo de empregos da indústria de transformação para fevereiro desde 2010.

Na comparação com o mesmo mês, foi o menor saldo de empregos da indústria de transformação para fevereiro desde 2010. Sumário Executivo FEV/2016 No mês de fevereiro de 2016, o saldo de empregos em Santa Catarina aumentou em relação a janeiro (4.793 postos e variação de 0,2%). A indústria de transformação também teve desempenho

Leia mais

BOLETIM DO EMPREGO DE UBERLÂNDIA - MG

BOLETIM DO EMPREGO DE UBERLÂNDIA - MG BOLETIM DO EMPREGO DE UBERLÂNDIA - MG Ano 6 - Nº 16 - Maio/2017 APRESENTAÇÃO O Boletim do Emprego de Uberlândia, elaborado pelo Centro de Estudos, Pesquisas e Projetos Econômico-Sociais (CEPES) do Instituto

Leia mais

GERAÇÃO DE EMPREGOS NOTA CONJUNTURAL DO OBSERVATÓRIO DAS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO, JULHO DE 2012

GERAÇÃO DE EMPREGOS NOTA CONJUNTURAL DO OBSERVATÓRIO DAS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO, JULHO DE 2012 GERAÇÃO DE EMPREGOS For no Rio de Janeiro 1º Semestre de 2012 NOTA CONJUNTURAL DO OBSERVATÓRIO DAS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO, JULHO DE 2012 13 2012 O ano de 2011 foi marcado

Leia mais

MOVIMENTAÇÃO NACIONAL DO EMPREGO NO SEGMENTO DA ARQUITETURA E ENGENHARIA CONSULTIVA

MOVIMENTAÇÃO NACIONAL DO EMPREGO NO SEGMENTO DA ARQUITETURA E ENGENHARIA CONSULTIVA MOVIMENTAÇÃO NACIONAL DO EMPREGO NO SEGMENTO DA ARQUITETURA E ENGENHARIA CONSULTIVA São Paulo 2010 Sumário 1. Movimentação Nacional do Emprego no segmento da Arquitetura e Engenharia Consultiva 2010...

Leia mais

Santa Catarina gera novos empregos formais em setembro

Santa Catarina gera novos empregos formais em setembro 1996 1997 1998 1999 2000 2001 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 SINE/SC - SISTEMA NACIONAL DE EMPREGO Informativo Caged nº 10/2011 18/10/2011 Santa Catarina gera 10.297 novos empregos formais

Leia mais

Informativo Mensal de Emprego CAGED. nº 12, dezembro de 2012

Informativo Mensal de Emprego CAGED. nº 12, dezembro de 2012 SECRETARIA DE ESTADO DA ASSISTÊNCIA SOCIAL, TRABALHO E HABITAÇÃO SST DIRETORIA DE TRABALHO E EMPREGO SETOR DE INFORMAÇÃO E ANÁLISE DO MERCADO DE TRABALHO Informativo Mensal de Emprego CAGED nº 12, dezembro

Leia mais

Emprego Industrial Agosto de 2014

Emprego Industrial Agosto de 2014 Emprego Industrial Agosto de 2014 SUMÁRIO EXECUTIVO No mês de agosto de 2014, o saldo de emprego em Santa Catarina voltou a crescer (6.599 postos e variação de 0,3% em relação ao estoque de julho). A indústria

Leia mais

Produto Interno Bruto Estado de São Paulo Fevereiro de 2016

Produto Interno Bruto Estado de São Paulo Fevereiro de 2016 Produto Interno Bruto Estado de São Paulo Fevereiro de 2016 Diretoria Adjunta de Análise e Disseminação de Informações Gerência de Indicadores Econômicos Em fevereiro de 2016, no acumulado de 12 meses,

Leia mais

MOVIMENTAÇÃO NACIONAL DO EMPREGO NO SEGMENTO DA ARQUITETURA E ENGENHARIA CONSULTIVA

MOVIMENTAÇÃO NACIONAL DO EMPREGO NO SEGMENTO DA ARQUITETURA E ENGENHARIA CONSULTIVA MOVIMENTAÇÃO NACIONAL DO EMPREGO NO SEGMENTO DA ARQUITETURA E ENGENHARIA CONSULTIVA São Paulo 211 Conteúdo INTRODUÇÃO... 3 1. MOVIMENTAÇÃO NACIONAL DO EMPREGO NO SEGMENTO DA ARQUITETURA E ENGENHARIA CONSULTIVA

Leia mais

EMPREGO INDUSTRIAL Novembro de 2013

EMPREGO INDUSTRIAL Novembro de 2013 EMPREGO INDUSTRIAL Novembro de 2013 Emprego industrial 02 de Janeiro de 2014 FEDERAÇÃO DAS INDÚSTRIAS DO ESTADO DE SANTA CATARINA SUMÁRIO EXECUTIVO A INDÚSTRIA DE TRANSFORMAÇÃO APRESENTOU O SEGUNDO MELHOR

Leia mais

A Conjuntura do Emprego na Zona Sul

A Conjuntura do Emprego na Zona Sul Universidade Federal de Pelotas Instituto de Filosofia, Sociologia e Política OBSERVATÓRIO SOCIAL DO TRABALHO BOLETIM INFORMATIVO A Conjuntura do Emprego na Zona Sul (Novembro de 2014) Nº 12, Ano III -

Leia mais

CAGED Cadastro Geral de Empregados e Desempregados do segmento econômico da Arquitetura e Engenharia Consultiva

CAGED Cadastro Geral de Empregados e Desempregados do segmento econômico da Arquitetura e Engenharia Consultiva CAGED Cadastro Geral de Empregados e Desempregados do segmento econômico da Arquitetura e Engenharia Consultiva São Paulo 2009 CONTEÚDO 1.MOVIMENTAÇÃO DO EMPREGO DO SEGMENTO DA ARQUITETURA E ENGENHARIA

Leia mais

Emprego Industrial em Mato Grosso do Sul

Emprego Industrial em Mato Grosso do Sul Comportamento do emprego formal na Indústria em Mato Grosso do Sul Dezembro 2016 A indústria estadual regularmente apresenta saldos negativos de contratação no último mês do ano. E esse comportamento se

Leia mais

DEPECON Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos. Cenário Econômico e Desempenho Mensal da Indústria

DEPECON Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos. Cenário Econômico e Desempenho Mensal da Indústria DEPECON Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos Cenário Econômico e Desempenho Mensal da Indústria Fevereiro de 2017 Este relatório visa a fornecer informações econômicas sobre a Indústria de Transformação

Leia mais

Acompanhamento do Mercado Formal de Trabalho Fluminense 1 Trimestre de 2012

Acompanhamento do Mercado Formal de Trabalho Fluminense 1 Trimestre de 2012 Gerência de Estudos Econômicos nº 05 Maio. 2012 Acompanhamento do Mercado Formal de Trabalho Fluminense 1 Trimestre de 2012 No primeiro trimestre de 2012 foram gerados 381.241 novos postos de trabalho

Leia mais

Emprego Industrial Junho de 2015

Emprego Industrial Junho de 2015 Emprego Industrial Junho de 2015 SUMÁRIO EXECUTIVO No mês de junho de 2015, o saldo de empregos em Santa Catarina reduziu em relação ao estoque de maio (-7.922 postos e variação de -0,4%). A indústria

Leia mais

ICVA REGISTRA RETRAÇÃO DE 4,8% PARA O VAREJO EM 2016

ICVA REGISTRA RETRAÇÃO DE 4,8% PARA O VAREJO EM 2016 CIELO S.A. CNPJ/MF 01.027.058/0001-91 Comunicado ao Mercado ICVA REGISTRA RETRAÇÃO DE 4,8% PARA O VAREJO EM 2016 Indicador considera a receita deflacionada de vendas do varejo em relação ao ano de 2015.

Leia mais

GERAÇÃO DE VAGAS ATINGIU MAIS DA METADE DOS SUBSETORES NO 1º TRIMESTRE

GERAÇÃO DE VAGAS ATINGIU MAIS DA METADE DOS SUBSETORES NO 1º TRIMESTRE GERAÇÃO DE VAGAS ATINGIU MAIS DA METADE DOS SUBSETORES NO 1º TRIMESTRE Apesar do saldo agregado negativo nos três primeiros meses do ano, 13 dos 25 subsetores de atividade geraram postos formais de trabalho.

Leia mais

PESP PESQUISA DE EMPREGO NO COMÉRCIO VAREJISTA DE SÃO PAULO JANEIRO

PESP PESQUISA DE EMPREGO NO COMÉRCIO VAREJISTA DE SÃO PAULO JANEIRO PESP PESQUISA DE EMPREGO NO COMÉRCIO VAREJISTA DE SÃO PAULO JANEIRO Índice 1. Desempenho estadual 2. Desempenho por atividade 3. Desempenho por região 4. Melhores e piores regiões 5. Todas as regiões a.

Leia mais

PAINEL DO MERCADO DE TRABALHO

PAINEL DO MERCADO DE TRABALHO PAINEL DO MERCADO DE TRABALHO JANEIRO DE 212 - CAGED Emprego Formal na Economia Emprego no mês de Janeiro 213 - Ocorreu um saldo positivo de 28.9 postos de emprego e no comparativo dos meses de janeiro,

Leia mais

COMENTÁRIOS comércio varejista comércio varejista ampliado

COMENTÁRIOS comércio varejista comércio varejista ampliado COMENTÁRIOS Em junho de 2015, o comércio varejista nacional registrou variação de -0,4% no volume de vendas frente ao mês imediatamente anterior, na série livre de influências sazonais, quinta taxa negativa

Leia mais

NOTA TÉCNICA Nº 0025_V1_2014 CADASTRO GERAL DE EMPREGO E DESEMPREGO DA CIDADE DE JARAGUÁ DO SUL - JANEIRO DE

NOTA TÉCNICA Nº 0025_V1_2014 CADASTRO GERAL DE EMPREGO E DESEMPREGO DA CIDADE DE JARAGUÁ DO SUL - JANEIRO DE NOTA TÉCNICA Nº 0025_V1_2014 CADASTRO GERAL DE EMPREGO E DESEMPREGO DA CIDADE DE JARAGUÁ DO SUL - JANEIRO DE 2014 - Jaraguá do Sul (SC), Fevereiro, 2014. ALINHAMENTO ESTRATÉGICO Jaraguá Ativa: Cidade inteligente

Leia mais

Emprego com carteira no RN tem primeiro saldo positivo depois de nove meses

Emprego com carteira no RN tem primeiro saldo positivo depois de nove meses Emprego com carteira no RN tem primeiro saldo positivo depois de nove meses Depois de nove meses com saldo negativo, o mercado de trabalho formal do Rio Grande do Norte criou 453 vagas com carteira assinada

Leia mais

EMPREGO INDUSTRIAL Maio de 2014

EMPREGO INDUSTRIAL Maio de 2014 EMPREGO INDUSTRIAL Maio de 2014 EMPREGO INDUSTRIAL FEDERAÇÃO DAS INDÚSTRIAS DO ESTADO DE SANTA CATARINA SUMÁRIO EXECUTIVO O mercado de trabalho catarinense não cresceu em maio. A INDÚSTRIA DE TRANSFORMAÇÃO

Leia mais

173/15 30/10/2015. Análise Setorial. Fabricação de artefatos de borracha Reforma de pneumáticos usados

173/15 30/10/2015. Análise Setorial. Fabricação de artefatos de borracha Reforma de pneumáticos usados 173/15 30/10/2015 Análise Setorial Fabricação de artefatos de borracha Reforma de pneumáticos usados Outubro de 2015 Sumário 1. Perspectivas do Cenário Econômico em 2015... 3 2. Balança Comercial de Setembro

Leia mais

Boletim informativo do Mercado de Trabalho Formal do Recife

Boletim informativo do Mercado de Trabalho Formal do Recife Secretaria de Ciência, Tecnologia e Desenvolvimento Econômico Boletim informativo do Mercado de Trabalho Formal do Recife JULHO DE 2012 PÁGINA 2 BOLETIM INFORMATIVO JULHO/2012 Nesta edição 1 No Brasil,

Leia mais

SAQUES NAS CONTAS DO FGTS JÁ INJETARAM R$ 7,2 BI NO VAREJO

SAQUES NAS CONTAS DO FGTS JÁ INJETARAM R$ 7,2 BI NO VAREJO SAQUES NAS CONTAS DO FGTS JÁ INJETARAM R$ 7,2 BI NO VAREJO Do total de R$ 16,6 bilhões sacados das contas inativas entre março e abril deste ano, 43% chegaram ao varejo. De acordo com levantamento da Confederação

Leia mais

Abril Divulgado em 16 de maio de 2016.

Abril Divulgado em 16 de maio de 2016. Abril - 2016 Divulgado em 16 de maio de 2016. VAREJO REGISTRA RETRAÇÃO DE 5,2% EM ABRIL, APONTA ICVA Indicador considera a receita deflacionada de vendas do varejo em relação a abril de 2015. Descontados

Leia mais

Junho Divulgado em 15 de julho de 2016.

Junho Divulgado em 15 de julho de 2016. Junho - 2016 Divulgado em 15 de julho de 2016. ICVA REGISTRA RETRAÇÃO DE 3,1% PARA O VAREJO EM JUNHO Indicador considera a receita deflacionada de vendas do varejo em relação a junho de 2015 A receita

Leia mais

SANTA CATARINA REGISTRA RECORDE NA CRIAÇÃO DE NOVAS VAGAS DE EMPREGO CELETISTAS PARA O MÊS DE MARÇO

SANTA CATARINA REGISTRA RECORDE NA CRIAÇÃO DE NOVAS VAGAS DE EMPREGO CELETISTAS PARA O MÊS DE MARÇO Informativo Caged nº 04/2012 16/04/2012 SANTA CATARINA REGISTRA RECORDE NA CRIAÇÃO DE NOVAS VAGAS DE EMPREGO CELETISTAS PARA O MÊS DE MARÇO Com a geração de quase dez mil vagas neste mês, o Estado obtém

Leia mais

Análise Setorial. Fabricação de artefatos de borracha Reforma de pneumáticos usados

Análise Setorial. Fabricação de artefatos de borracha Reforma de pneumáticos usados Análise Setorial Fabricação de artefatos de borracha Reforma de pneumáticos usados Dezembro de 2014 Sumário 1. Perspectivas do Cenário Econômico em 2015... 3 2. Balança Comercial no Ano de 2014... 4 3.

Leia mais

Fonte: Elaboração Própria com base nos dados do Alice Web / MDIC.

Fonte: Elaboração Própria com base nos dados do Alice Web / MDIC. O Gráfico 1 nos mostra a evolução das exportações do Brasil, estado de São Paulo e estado de São Paulo sem região metropolitana. O número 1 (um) após o nome de cada região na legenda da Figura 1 indica

Leia mais

Alexsandre Lira Cavalcante *

Alexsandre Lira Cavalcante * 1. Volume de vendas do comércio varejista Alexsandre Lira Cavalcante * Segundo dados da Pesquisa Mensal do Comércio (PMC), realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o Comércio

Leia mais

Junho Divulgado em 17 de julho de 2017

Junho Divulgado em 17 de julho de 2017 Junho - 2017 Divulgado em 17 de julho de 2017 ICVA REGISTRA RETRAÇÃO DE 0,1% PARA O VAREJO EM JUNHO Receita de vendas no varejo apresenta a menor queda desde julho de 2015; indicador, calculado pela Cielo,

Leia mais

BOLETIM DO EMPREGO EM UBERLÂNDIA. Ano 5 Nº 13 Maio/2016

BOLETIM DO EMPREGO EM UBERLÂNDIA. Ano 5 Nº 13 Maio/2016 BOLETIM DO EMPREGO EM UBERLÂNDIA Ano 5 Nº 13 Maio/2016 Apresentação O Boletim do Emprego em Uberlândia, elaborado pelo Centro de Estudos, Pesquisas e Projetos Econômico-sociais (CEPES) do Instituto de

Leia mais

43,85 43,67 43,50 43,26 43,03 42,76 42,45 42,35 42,11 41,96 41,93 41,91

43,85 43,67 43,50 43,26 43,03 42,76 42,45 42,35 42,11 41,96 41,93 41,91 Os dados divulgados pelo Banco Central do (BCB) até Mar./2017 permitem uma análise do endividamento das famílias brasileiras e a elaboração de um panorama do comportamento de diversas modalidades de crédito

Leia mais

O setor de Serviços foi o maior gerador de empregos formais no mês de julho (1.372 postos), seguido da Construção Civil (564 postos).

O setor de Serviços foi o maior gerador de empregos formais no mês de julho (1.372 postos), seguido da Construção Civil (564 postos). EMPREGO INDUSTRIAL JULHO DE 2013 SUMÁRIO EXECUTIVO A INDÚSTRIA DE TRANSFORMAÇÃO CATARINENSE APRESENTOU DIMINUIÇÃO DO EMPREGO EM JULHO. O número de demissões foi maior que o de admissões resultando em um

Leia mais

GERAÇÃO DE EMPREGOS FORMAIS

GERAÇÃO DE EMPREGOS FORMAIS GERAÇÃO DE EMPREGOS FORMAIS no Estado do Rio de Janeiro em 2013 FEVEREIRO DE 2014 RESUMO O país criou 730.687 novos postos de trabalho em 2013, desempenho este 16% menor do que o apresentado em 2012. No

Leia mais

Março Divulgado em 14 de abril de 2016.

Março Divulgado em 14 de abril de 2016. Março - 2016 Divulgado em 14 de abril de 2016. ICVA REGISTRA RETRAÇÃO DE 5,8% PARA O VAREJO EM MARÇO Indicador considera a receita deflacionada de vendas do varejo em relação a março de 2015. Sem os efeitos

Leia mais

PESP PESQUISA DE EMPREGO NO COMÉRCIO VAREJISTA DE SÃO PAULO FEVEREIRO

PESP PESQUISA DE EMPREGO NO COMÉRCIO VAREJISTA DE SÃO PAULO FEVEREIRO PESP PESQUISA DE EMPREGO NO COMÉRCIO VAREJISTA DE SÃO PAULO FEVEREIRO Índice 1. Desempenho estadual 2. Desempenho por atividade 3. Desempenho por região 4. Melhores e piores regiões 5. Todas as regiões

Leia mais

Segundo o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados

Segundo o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados EMPREGO FORMAL Estado de São Paulo 1 o trimestre de 2015 Segundo o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), os empregos formais celetistas no Estado

Leia mais

Coeficientes de Exportação e Importação da Indústria de Transformação. 1º Trimestre/2017

Coeficientes de Exportação e Importação da Indústria de Transformação. 1º Trimestre/2017 Coeficientes de Exportação e Importação da Indústria de Transformação 1º Trimestre/2017 Os Coeficientes de Exportação e de Importação tem como objetivo analisar de forma integrada a produção industrial

Leia mais

GOVERNADOR DO ESTADO DO MARANHÃO

GOVERNADOR DO ESTADO DO MARANHÃO Not a Mer cado detr abal ho Janei r o-201 6 GOVERNADOR DO ESTADO DO MARANHÃO Flávio Dino de Castro e Costa SECRETÁRIA DE ESTADO DO PLANEJAMENTO E ORÇAMENTO Cynthia Celina de Carvalho Mota Lima PRESIDENTE

Leia mais

Informativo Mensal de Emprego

Informativo Mensal de Emprego Informação e Análise do Mercado de Trabalho SECRETARIA DE ESTADO DA ASSISTÊNCIA SOCIAL, TRABALHO E HABITAÇÃO SST DIRETORIA DE TRABALHO E EMPREGO SETOR DE INFORMAÇÃO E ANÁLISE DO MERCADO DE TRABALHO Informativo

Leia mais

Fonte: Elaboração Própria com base nos dados do Alice Web / MDIC.

Fonte: Elaboração Própria com base nos dados do Alice Web / MDIC. O Gráfico 1 nos mostra a evolução das exportações do Brasil, estado de São Paulo e estado de São Paulo sem região metropolitana. O número 1 (um) após o nome de cada região na legenda da Figura 1 indica

Leia mais

Boletim de Conjuntura Econômica Fevereiro Tema: Emprego

Boletim de Conjuntura Econômica Fevereiro Tema: Emprego Boletim de Conjuntura Econômica Fevereiro Tema: Emprego Setor de Serviços lidera a geração de empregos com 48% dos empregos Gerados em Janeiro O setor de Serviços lidera a geração de empregos em 211, começou

Leia mais