PROGRAMAÇÃO CIENTÍFICA

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PROGRAMAÇÃO CIENTÍFICA"

Transcrição

1 PROGRAMAÇÃO CIENTÍFICA 05/03/2015 SESSÃO 1: O DIAGNÓSTICO DO TRABALHO DE PARTO E SEUS DISTÚRBIOS Presidentes: Gian Carlo Di Renzo (Itália) e Roberto Romero (EUA) 7:30 AVALIAÇÃO DOS PROGRESSOS NO TRABALHO DE PARTO: PARTOGRAMA E SUA EVOLUÇÃO Roberto Romero (Detroit, MI, EUA) 7:55 O SONO PARTOGRAMA Christoph Lees (Cambridge, Reino Unido) 8:15 RESSONÂNCIA MAGNÉTICA DA PELVE MATERNA E DO FETO: PODE SER ÚTIL PARA COMPREENDER O TRABALHO DE PARTO? Tamara Feygin (Filadélfia, PA, EUA) 8:35 DIAGNÓSTICO, SIGNIFICÂNCIA CLÍNICA E GERENCIAMENTO DA FASE LATENTE DO TRABALHO DE PARTO PROLONGADO Guilherme Cecatti (Campinas, Brasil Unicamp) 8:55 QUANDO INICIA A FASE ATIVA DO TRABALHO DE PARTO? E NÓS REALMENTE SABEMOS QUANDO TERMINÁ-LO? Dan Farine (Toronto, Canadá) 9:20 O DIAGNÓSTICO E SIGNIFICADO CLÍNICO DOS DISTÚRBIOS DA FASE ATIVA DO TRABALHO DE PARTO Emily Hamilton (Quebec, Canadá) 9:40 Discussão 10:00 Coffee break, sessão de pôsteres e área de exposições SESSÃO 2: TRATAMENTO E PREVENÇÃO DOS DISTÚRBIOS DO TRABALHO DE PARTO NA FASE ATIVA Presidentes: Roberto Romero (EUA) e William Fraser (Canadá) 10:30 CONDUTA ATIVA NO TRABALHO DE PARTO Michael Robson (Dublin, Irlanda)

2 10:55 PROTOCOLOS PARA ADMINISTRAÇÃO DE OCITOCINA DURANTE O TRABALHO DE PARTO Yariv Yogev (Tel Aviv, Israel) 11:20 A AMNIOTOMIA E A ADMINISTRAÇÃO PRECOCE DA OCITOCINA MELHORAM O RESULTADO DO TRABALHO DE PARTO? William Fraser (Montreal, Canadá) 11:45 SONOPELVIMETRIA PARA PREVER O TRABALHO DE PARTO OBSTRUÍDO Reuven Achiron (Tel Aviv, Israel) 11:05 LACTATO DO LÍQUIDO AMNIÓTICO, UM MÉTODO SIMPLES E RÁPIDO PARA A PREDIÇÃO DA RESULTADO DO TRABALHO DE PARTO Eva Itzel (Estocolmo, Suécia) 12:15 Discussão 12:30 Almoço, sessão de pôsteres e área de exposições SESSÃO 3: O SEGUNDO ESTÁGIO DO TRABALHO DE PARTO Presidentes: Dan Farine (Canadá), Renato de Sá (Rio de Janeiro, Brasil - Universidade Federal Fluminense) 13:30 QUANTO TEMPO O SEGUNDO ESTÁGIO DO TRABALHO DE PARTO PODE DURAR? Melânia Amorin (João Pessoa, Brasil) 13:55 TECNOLOGIA MODERNA PARA MONITORAR A PROGRESSÃO DO TRABALHO DE PARTO Yoav Paltieli (Nesher, Israel) 14:15 ULTRASSON NO TRABALHO DE PARTO: OS PARÂMETROS MAIS SIMPLES PARA DETECTAR DISTOCIA E MALPOSICIONAMENTO FETAL Gian Carlo Di Renzo (Perugia, Itália) e Antonio Malvasi (Bari, Itália) 14:35 O ULTRASSON PARA MONITORAR A PROGRESSÃO DO TRABALHO DE PARTO NO SEGUNDO ESTÁGIO E PARA PREDIZER O SUCESSO DO PARTO OPERATÓRIO. Karim Kalache (Doha, Qatar) 14:55 QUANDO AS MULHERES DEVEM COMEÇAR A FAZER FORÇA E, ISSO FAZ ALGUMA DIFERENÇA? Aaron Caughey (Portland, OR, EUA) 15:20 Discussão 15:45 Coffee break, sessão de pôsteres e área de exposição

3 SESSÃO 4: CONDUTA NO SEGUNDO E TERCEIRO ESTÁGIO DO TRABALHO DE PARTO Presidentes: Per Oloffson (Suécia), Renato de Sá (Brasil) 16:15 VÁCUO EXTRATOR, FÓRCEPES VS PARTO CESÁREO PARA A CONDUÇÃO NOS DISTÚRBIOS DO TRABALHO DE PARTO NO SEGUNDO ESTÁGIO Karim Kalache (Doha, Qatar) 16:40 O DISPOSITIVO ODON PARA AUXILIAR O PARTO VAGINAL Gian Carlo Di Renzo (Perugia, Itália) e Jorge Odon (Buenos Aires, Argentina) 17:00 DISTOCIA DE OMBRO: MECANISMOS DE LESÃO E CONDUTA Edith Gurewitsch (Baltimore, MD, EUA) 17:30 O REPARO DE LACERAÇÕES DE TERCEIRO E QUARTO GRAU E SUAS ARMADILHAS Michale Stark NESA (Berlin, Alemanha) 17:50 EXTENSÃO DA LACERAÇÃO VAGINAL: HEMATOMA PÉLVICO SUBPERITONEAL José Palacios de Jaraquemada, (Buenos Aires, Argentina) 18:15 Discussão 18:30 DISCURSO O NASCIMENTO NA ERA MODERNA: UMA PERSPECTIVA EVOLUCIONÁRIA E MULTI-CULTURAL Karen Rosenberg (Newark, DE, EUA) 19:00 CONCLUSSÕES 19:30-21:30 ABERTURA E RECEPÇÃO DE BOAS VINDAS

4 06/03/2015 SESSÃO 5: AVALIAÇÃO DO BEM-ESTAR FETAL INTRA-PARTO Presidentes: Gerard H. A. Visser (Holanda) e Rossana Pulcinelli (Brasil) 8:00 TODAS AS MULHERES DEVERIAM REALIZAR ULTRASSON NA ADMISSÃO DO TRABALHO DE PARTO E PARTO? Dan Farine (Toronto, Canadá) 8:20 NOMENCLATURA DAS ANORMALIDADES NO MONITORAMENTO DA FREQUÊNCIA CARDÍACA FETAL Justo Alonso (Montevideo, Uruguai) 8:40 ANORMALIDADES DA FREQUÊNCIA CARDÍACA FETAL: RECOMENDAÇÕES DA FIGO Diogo Ayres De Campos (Porto, Portugal) 9:00 AVALIAÇÃO CRÍTICA DA EVIDÊNCIA DO USO DA ANÁLISE ST Per Oloffson (Lund, Suécia) 9:30 A GASOMETRIA E O PH DO CORDÃO UMBILICAL, LACTATO NO SANGUE DO CORDÃO E FLUÍDO AMNIÓTICO: VALORES NORMAIS E INTERPRETAÇÃO DE RESULTADOS Edwin Chandraharan (Londres, Reino Unido) 9:55 Discussão 10:10 PALESTRA O MONITORAMENTO ELETRÔNICO FETAL REDUZ A MORTALIDADE PERINATAL OU INFANTIL? Gerard H. A. Visser (Utrecht, Holanda) 10:30 Coffee break, sessão de pôsteres e área de exposições

5 SESSÃO 6: INDUÇÃO DO TRABALHO DE PARTO Presidentes: Aris Antsaklis (Grécia) e Juliana Esteves (Rio de Janeiro, Brasil) 11:00 O PAPEL DA INDUÇÃO DO TRABALHO DE PARTO NA OBSTETRÍCIA MODERNA: INTRODUÇÃO A UM ASSUNTO COMPLEXO E POLÊMICO Aris Antsaklis (Atenas, Grécia) 11:20 MÉTODOS PARA AMADURECIMENTO CERVICAL E INDUÇÃO DO TRABALHO DE PARTO: ABORDAGENS FARMACOLÓGICA E FÍSICA (PROSTAGLANDINAS, LAMINÁRIA, CATETER FOLEY, ETC) Liliana Voto (Buenos Aires, Argentina) 11:45 HÁ UM PAPEL PARA A INDUÇÃO DO TRABALHO DE PARTO COMO ROTINA? CASO HAJA, QUANDO? (TODAS AS MÃES DEVERIAM TER SEU PARTO INDUZIDO COM 39 SEMANAS?) Aaron Caughey (Portland, OR, EUA) 12:10 INDUÇÃO DO TRABALHO DE PARTO EM CASOS DE CESÁREA PRÉVIA, SUSPEITA DE MACROSSOMIA E IUGR SEVERO Yariv Yogev (Tel Aviv, Israel) 12:30 O PAPEL DO VBAC (PARTO VAGINAL APÓS CESARIANA) NA OBSTETRÍCIA MODERNA: QUAL É A NATUREZA DAS EVIDÊNCIAS E COMO FAZER MÉDICOS E PACIENTES ASSUMIREM O RISCO? Eliana Amaral (Campinas, Brasil Unicamp) 12:50 Discussão 13:00 Almoço, sessão de pôsteres e área de exposições SESSÃO PARALELA ESPECIAL: DEPOIMENTO DE HONRA AO PROF. DR. J. GALBA ARAÚJO Abertura: Gian Carlo Di Renzo (Perugia, Itália), Nilson Roberto de Melo (São Paulo, Brasil) 11:00 DR. GALBA ARAÚJO, DE FORTALEZA PARA MICHIGAN (EUA) E O RETORNO. A VIDA DE SERVIÇO A MULHER COM PREMATURO NO MUNDO Federico Mariona (Detroit, MI, EUA) 11:20 A HUMANIZAÇÃO DA OBSTETRÍCIA. O LEGADO GALBA ARAÚJO Antero Coelho Neto, (Organização Pan-Americana da Saúde, Fortaleza, Brasil) 11:40 IMPLEMENTAÇÃO E FUNCIONAMENTO DE PROJETOS DE ATENÇÃO PRIMÁRIA EM PROGRAMAS MATERNO- INFANTIL Silvia Bonfim Hypolito (Fortaleza, Brasil)

6 12:10 GALBA ARAÚJO, NOSSO PAI E MENTOR J. Galba Araújo Filho (Fortaleza, Brasil) 12:30 DECLARAÇÃO FINAL Federico Mariona (Detroit, EUA) Importante: o público está especialmente convidado a visitar o cartaz intitulado "Humanizar o parto, apresentando a vida e o legado do Dr. Galba Araújo, autoria de Theresita Kay de Araújo e Beatriz l. de Araújo Madrazo. SESSÃO ALMOÇO: PARTO INDUZIDO - LESÕES DO ASSOALHO PÉLVICO Presidentes: Jim Dornan (Irlanda do Norte), Francisco Mauad Filho (Ribeirão Preto, Brasil) 13:00 UM ESCORE PARA PROGNOSTICAR LESÕES DE ASSOALHOS PÉLVICOS APÓS O PARTO VAGINAL Jim Dornan (Belfast, Irlanda do Norte) 13:25 ULTRASSONOGRAFIA DA ASSOALHO PÉLVICO E SUA IMPORTÂNCIA CLÍNICA Hans Peter Dietz (Sydney, Austrália) 13:50 Discussão SESSÃO 7: EMERGÊNCIAS NO TRABALHO DE PARTO Presidentes: Yves Ville (França), José Carlos Peraçoli (Brasil) 14:10 EMBOLIA DO LÍQUIDO AMNIÓTICO Frederico G. Rocha (Detroit, MI, EUA) 14:30 DESCOLAMENTO PREMATURO DA PLACENTA: DIAGNÓSTICO E CONDUTA Yves Ville (Paris, França) 14:55 CESÁREA DE EMERGÊNCIA PARA BRADICARDIA FETAL: QUANTO MAIS RÁPIDA MELHOR? Tak Y. Leung (Hong Kong, China) 15:15 RUPTURA UTERINA: PREDIÇÃO E PREVENÇÃO Eduardo Cordioli (São Paulo, Brasil) 15:35 Discussão 15:50 Coffee break, sessão de pôsteres e área de exposições

7 SESSÃO 8: DESAFIOS NO TRABALHO DE PARTO E NO PARTO I Presidentes: Yves Ville (França), Antônio Fernandes Moron (São Paulo, Brasil) 16:20 TERAPIA DA HEMORRAGIA PÓS PARTO: ALÉM DO SANGUE E SUTURAS COMPRESSIVAS José Palacios de Jaraquemada (Buenos Aires, Argentina) 16:40 GERENCIAMENTO DA CIVD E COAGULOPATIA DILUCIONAL (USO DE DERIVADOS SANGUÍNEOS E TRANSFUSÃO) Frederico G. Rocha (Detroit, MI, EUA) 17:00 GÊMEOS E MÚLTIPLOS DE MAIOR ORDEM: DESAFIOS NO TRABALHO DE PARTO E NO PARTO Jon F. Barrett (Toronto, Canadá) 17:30 Discussão SESSÃO 9: O DESAFIO DE PARTOS DE BAIXO RISCO Presidentes: Mike Robosn (Irlanda), Maria Regina Torloni (São Paulo, Brasil) 17:45 PARTO DOMICILIAR: EXISTE ALGUM ESPAÇO NA OBSTETRÍCIA MODERNA? Gerard H. Visser (Utrecht, Holanda) 18:05 UM PROJETO PARA PARTOS DE BAIXO RISCO NUM AMBIENTE HOSPITALAR: O MODELO DAISY Marco Santini (Florença, Itália), Gian Carlo Di Renzo (Perugia, Itália) 18:25 Discussão 18:30 ENCERRAMENTO

8 07/03/2015 Organizado pelo: PREISchool Educational Academy Program SESSÃO 10: TRABALHO DE PARTO PREMATURO: DIAGNÓSTICO, TRATAMENTO E PREVENÇÃO Presidentes: Roberto Romero (EUA) e Ana Bianchi (Uruguai) 8:00 ULTRASSOM CERVICAL, FIBRONECTINA FETAL, IGFBP1, PAMG-1, SLUDGE E OUTROS MÉTODOS DIAGNÓSTICOS Roberto Romero (Detroit, MI, EUA) 8:25 TOCÓLISE E MÚLTIPLOS CURSOS DE ESTERÓIDES: UMA AVALIAÇÃO CRÍTICA Gerard H. A. Visser (Utrecht, Holanda) 8:50 O COLO UTERINO, A CERCLAGEM E PROGESTÁGENOS NA PREVENÇÃO DO PARTO PREMATURO Eduardo Borges da Fonseca (João Pessoa, Brasil) 9:15 O PESSÁRIO CERVICAL PARA PREVENIR O NASCIMENTO PREMATURO EM GESTAÇÕES ÚNICAS E MÚLTIPLAS Luiz Cabero Roura (Barcelona, Espanha) 9:35 COMO E ONDE PARIR UM FETO PREMATURO? Michael Robson (Dublin, Irlanda) 9:55 Discussão 10:10 Coffee break, sessão de pôsteres e área de exposições SESSÃO 11: PARTO CESÁREA: UM DILEMA CONTEMPORÂNEO Presidentes: Diogo Ayres de Campos (Portugal) e Mário Dias Correa (Belo Horizonte, Brasil) 10:40 PARTO CESÁREA ELETIVO A PEDIDO MATERNO: UM PROBLEMA MUNDIAL? Guilherme Cecatti (Campinas, Brasil) 11:00 ESTRATÉGIAS PARA REDUZIR CESÁREAS Michael Robson (Dublin, Irlanda) 11:25 ANOMALIAS PLACENTÁRIAS (ACRETA, PERCRETA, INCRETA) REQUEREM PARTO CESÁREA José Palacios de Jaraquemada (Buenos Aires, Argentina)

9 11:50 OS DESAFIOS DE UM ÚTERO COM CICATRIZ Andrea Tinelli (Lecce, Itália) 12:10 O DESAFIO DO PARTO CESÁREO NA PACIENTE OBESA MÓRBIDA Dan Farine (Toronto, Canadá) 12:30 Discussão 12:45 Almoço, sessão de pôsteres e área de exposição. SESSÃO 12: TÉCNICA CIRÚRGICA PARA PARTO CESÁREO Presidentes: Gian Carlo Di Renzo (Itália) e Edson Lucena (Fortaleza, Brasil) 13:40 ABORDAGEM MODERNA PARA A TÉCNICA DE PARTO CESÁREO Michael Stark (Berlin, Alemanha) 14:00 UMA ABORDAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS NA CESARIANA (PERITÔNIO, FECHAMENTO UTERINO, PREGA VESICAL E O FECHAMENTO DA PELE) Eduardo Cordioli (São Paulo, Brasil) 14:20 PREVENÇÃO DA HEMORRAGIA PÓS-PARTO DURANTE O PARTO CESÁREO José Palacios de Jaraquemada (Buenos Aires, Argentina) 14:45 O USO DO BALÃO DE TAMPONAMENTO: INDICAÇÕES E ARMADILHAS Iakov Zhukovsky (Moscou, Rússia) 15:00 ANESTESIA PARA CESARIANA: O QUE TEMOS DE PRESTAR ATENÇÃO? Justo Alonso (Montevideo, Uruguai) 15:20 HISTERECTOMIA CESÁREA Carlos Fuchner (Santa Cruz de La Sierra, Bolívia) 15:40 Discussão 16:00 Coffee break, sessão de pôsteres e área de exposições

10 07/03/2015 SESSÃO PARALELA ESPECIAL PARA OBSTETRIZES E ENFERMAGEM - TRABALHO DE PARTO E PARTO: CUIDADO DA MULHER EM TRABALHO DE PARTO Presidentes: Renato de Sá (Rio de Janeiro, Brasil), Marcos Dias (Rio de Janeiro, Brasil), Kleyde Ventura (Belo Horizonte, Brasil) 10:40 NASCER NO BRASIL Maria do Carmo Leal (Rio de Janeiro, Brasil) 11:00 DOULA E SUPORTE DA FAMÍLIA PARA O TRABALHO DE PARTO E O PARTO Marcos Dias (Rio de Janeiro - Brasil) 11:15 ACUPUNTURA PARA INDUÇÃO DO PARTO Gisele Gribel (Rio de Janeiro, Brasil) 11:30 ALTERNATIVAS PARA ANESTESIA EPIDURAL E PERIDURAL: MÉTODOS NÃO FARMACOLÓGICOS, PARA ALÍVIO DA DOR Ana Cristina Duarte (São Paulo, Brasil) 11:45 A ORGANIZAÇÃO E OS PARTICIPANTES DE UM "CENTRO DE PARTO" Octávio Vargens (Rio de Janeiro, Brasil) 12:00 DESSENSIBILIZAÇÃO DA EQUIPE DE ASSISTÊNCIA Kleyde Ventura (Belo Horizonte, Brasil) 12:15 PROMOVENDO O ALEITAMENTO MATERNO Marcus Renato (Rio de Janeiro, Brasil) Discussão CONCLUSÕES

11 SESSÃO 13: DESAFIOS NO TRABALHO DE PARTO E NO PARTO II Presidentes: Geraldo Duarte (Brasil) e a confirmar 16:30 ADMINISTRAÇÃO DE ANTIBIÓTICOS E PREVENÇÃO DA TRANSMISSÃO VERTICAL DE GBS Gian Carlo Di Renzo (Perugia, Itália) 16:50 CORIOAMNIONITE: CONDUTA NO TRABALHO DE PARTO? Juan Pedro Kusanovic (Santiago, Chile) 17:10 A PACIENTE COM HIV, HERPES HEPATITE OU HPV Claudia Hanson (Londres, Reino Unido Dar es Salaam, Tanzania0 17:30 CONDUTA NA PACIENTE DIABÉTICA E OBESA Huixa Yang (Beijing, China) 17:50 Discussão 18:00 PALESTRA DE ENCERRAMENTO LESÃO DO ASSOALHO PÉLVICO PÓS PARTO VAGINAL Hans Peter Dietz (Sydney, Austrália) 18:30 CONSIDERAÇÕES FINAIS Roberto Romero (EUA) e Gian Carlo Di Renzo (Itália)

12 INFORMAÇÕES GERAIS DATAS E LOCAL DO EVENTO 05 À 07 DE Março de 2015 Centro de Eventos do Ceará Av. Washington Soares, Edson Queiroz Fortaleza, Brasil PRESIDENTES GIAN CARLO DI RENZO MD, PhD, FRCOG (hon.), FACOG (hon.) Professor e presidente do Departamento de Obstetrícia / Ginecologia Diretor, Centro de Medicina Reprodutiva e Perinatal Diretor, Escola de Obstetrícia, Universidade de Perugia Secretário Geral Hon., FIGO Editor-chefe, Jornal de Medicina Materna, Fetal e Neonatal Vice-Presidente, Associação Mundial de Medicina Perinatal Diretor, Escola Européia Internacional Permanente em Medicina Perinatal, Neonatal e Reprodutiva (PREIS) Presidente, Sociedade Internacional de Chocolate, Cacau e Medicina (ISCHOM) Diretoria, Escola de Ultrassonografia Ian Donald Secretário-geral, Nova Academia Cirúrgica Européia (NESA) Presidente do Birth Brasil Roberto Romero Chefe, Área de Pesquisa em Perinatologia Diretor do Programa de Pesquisa Perinatal e Obstetrícia Intramural Division, NICHD, NIH, DHHS Professor de Ginecologia e Obstetrícia da Universidade de Michigan, Ann Arbor, Michigan, EUA Professor de Epidemiologia e Bioestatística da Universidade do Estado de Michigan, Lansing, Michigan, EUA Redator Chefe, American Journal of Obstetrics & Gynecology Presidente do Birth Brasil

13 PRESIDENTES LOCAIS NILSON ROBERTO DE MELO Professor Livre Docente em Ginecologia pela Faculdade de Medicina da USP Diretor Científico da Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia - FEBRASGO Presidente Honorário da Federación Latino-Americana das Sociedades de Climatério y Menopausia -FLASCYM Comissão Organizadora do Birth 2015 Brasil EDUARDO BORGES DA FONSECA Professor Adjunto da Universidade Federal da Paraíba Livre Docente em Obstetrícia pela Faculdade de Medicina da USP Especialista Presidente da Comissão de Perinatologia da FEBRASGO Comissão Organizadora do Birth 2015 Brasil COMISSÃO ORGANIZADORA RENATO AUGUSTO MOREIRA DE SA (Rio de Janeiro), Presidente Mestre e Doutor em Ginecologia e Obstetricia Professor Associado de Obstetricia da Universidade Federal Fluminense Presidente da Comissão de Medicina Fetal da FEBRASGO Vice Presidente da Sociedade de Ginecologia e Obstetricia do Rio de Janeiro Coordenador de Obstetrícia da Clinica Perinatal - Rio de Janeiro Comissão Organizadora do Birth 2015 Brasil CARLOS MENEZES (Salvador - BA) FRANCISCO MAUAD FILHO (Riberão Preto SP) EDSON LUCENA (Fortaleza CE) FLÁVIO IBIAPINA (Fortaleza CE) MARIA REGINA TORLONI (São Paulo - SP) OLÍMPIO MORAES FILHO (Recife PE)

14 INFORMAÇÕES CIENTÍIFICAS O Comitê Científico convida médicos e pesquisadores que estão interessados em partilhar o seu trabalho com os participantes do evento para apresentar os seus trabalhos através dos abstracts. Detalhes estão disponíveis no site: Os abstracts aceitos para apresentação serão exibidos apenas em formato poster. Mudanças nos abstracts não poderão ser realizadas feita após a submissão. Por favor, verifique se cada item foi concluído e siga as instruções descritas no site. Prazo para submissão dos abstracts: 15 de fevereiro de 2015 (14:45) INSCRIÇÕES Datas Categoria* Euro USD Valor promocional (Inscrições antecipadas) Até 30 de Novembro de 2014 Médicos 182,00 $ 250,00 Enfermeiras e outros profissionais 131,00 $ 180,00 Residentes 95,00 $ 130,00 Médicos 291,00 $ 400,00 Valores após 30 de novembro de 2014 Enfermeiras e outros profissionais 219,00 $ 300,00 *estudantes: 10% de desconto sobre o preço para residentes. Residentes 145,50 $ 200,00 Os valores incluem: Acesso a todas as Sessões Científicas Kit do congresso e crachá Programa Científico Final Certificado de participação Recepção de boas vindas

15 ORGANIZADORAS / SECRETARIAS Organizadora e Secretaria Oficial MCA SCIENTIFIC EVENTS MCA Events s.r.l. Milan, Italy Ph Fax Organizadora e Secretaria Local Sao Paulo, Brazil Tel. +55 (11)

PROGRAMAÇÃO CIENTÍFICA

PROGRAMAÇÃO CIENTÍFICA PROGRAMAÇÃO CIENTÍFICA 05/03/2015 SESSÃO 1: O DIAGNÓSTICO DO TRABALHO DE PARTO E SEUS DISTÚRBIOS Presidentes: Gian Carlo Di Renzo (Itália) e Roberto Romero (EUA) 7:30 AVALIAÇÃO DOS PROGRESSOS NO TRABALHO

Leia mais

PROGRAMAÇÃO CIENTÍFICA

PROGRAMAÇÃO CIENTÍFICA PROGRAMAÇÃO CIENTÍFICA 05/03/2015 SESSÃO 1: O DIAGNÓSTICO DO TRABALHO DE PARTO E SEUS DISTÚRBIOS Presidentes: Gian Carlo Di Renzo (Itália) e Roberto Romero (EUA) 7:30 AVALIAÇÃO DOS PROGRESSOS NO TRABALHO

Leia mais

PROGRAMAÇÃO CIENTÍFICA. 5 Março 2015

PROGRAMAÇÃO CIENTÍFICA. 5 Março 2015 PROGRAMAÇÃO CIENTÍFICA 5 Março 2015 SESSÃO 1: O DIAGNÓSTICO DO TRABALHO DE PARTO E SEUS DISTÚRBIOS Presidentes: Gian Carlo Di Renzo (Itália) - Roberto Romero (EUA) 8.00 am DISCURSO DE ABERTURA O NASCIMENTO

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAIBA DEPARTAMENTO DE OBSTETRÍCIA E GINECOLOGIA

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAIBA DEPARTAMENTO DE OBSTETRÍCIA E GINECOLOGIA UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAIBA DEPARTAMENTO DE OBSTETRÍCIA E GINECOLOGIA PÓS PARTO HEMORRAGIA PAULO ROBERTO MUNIZ DANTAS Universidade Federal da Paraíba CONSIDERAÇÕES HEMORAGIA PÓS PARTO SITUAÇÃO DRAMÁTICA

Leia mais

Boas práticas de atenção ao parto e ao nascimento

Boas práticas de atenção ao parto e ao nascimento Boas práticas de atenção ao parto e ao nascimento Em 1996, a Organização Mundial da Saúde (OMS) desenvolveu uma classificação das práticas comuns na condução do parto normal, orientando para o que deve

Leia mais

TERMO DE ESCLARECIMENTO E CONSENTIMENTO LIVRE E INFORMADO PARA PARTO

TERMO DE ESCLARECIMENTO E CONSENTIMENTO LIVRE E INFORMADO PARA PARTO TERMO DE ESCLARECIMENTO E CONSENTIMENTO LIVRE E INFORMADO PARA PARTO O objetivo deste Termo de Esclarecimento e Consentimento Informado, utilizado pelo HOSPITAL E MATERNIDADE SANTA JOANA, é esclarecer

Leia mais

TUTORIAL DE ANESTESIA DA SEMANA MONITORIZAÇÃO DOS BATIMENTOS CARDÍACOS FETAIS PRINCIPIOS DA INTERPRETAÇÃO DA CARDIOTOCOGRAFIA

TUTORIAL DE ANESTESIA DA SEMANA MONITORIZAÇÃO DOS BATIMENTOS CARDÍACOS FETAIS PRINCIPIOS DA INTERPRETAÇÃO DA CARDIOTOCOGRAFIA TUTORIAL DE ANESTESIA DA SEMANA MONITORIZAÇÃO DOS BATIMENTOS CARDÍACOS FETAIS PRINCIPIOS DA INTERPRETAÇÃO DA CARDIOTOCOGRAFIA Dr Claire Todd Dr Matthew Rucklidge Miss Tracey Kay Royal Devon and Exeter

Leia mais

BH - REDE ASSISTENCIAL

BH - REDE ASSISTENCIAL BH - REDE ASSISTENCIAL 2.300.000 habitantes 9 Distritos Sanitários 147 Centros de Saúde 544 ESF cobertura 80% 2.420 ACS CERSAM e UPA regionais 34 hospitais 7 maternidades SUS Assistência - Regulação -

Leia mais

A presença simultânea, de 2 ou mais conceptos.

A presença simultânea, de 2 ou mais conceptos. PROTOCOLO - OBS - 017 DATA: 10/01/2005 PÁG: 1 / 4 1. CONCEITO - PRENHEZ MÚLTIPLA A presença simultânea, de 2 ou mais conceptos. - GEMELIDADE MONOZIGÓTICA: fecundação de 1 óvulo com 1 espermatozóide, que

Leia mais

GESTANTE HIV* ACOMPANHAMENTO NO TRABALHO DE PARTO E PARTO. Recomendações do Ministério da Saúde Profª.Marília da Glória Martins

GESTANTE HIV* ACOMPANHAMENTO NO TRABALHO DE PARTO E PARTO. Recomendações do Ministério da Saúde Profª.Marília da Glória Martins GESTANTE HIV* ACOMPANHAMENTO NO TRABALHO DE PARTO E PARTO Recomendações do Ministério da Saúde Profª.Marília da Glória Martins Cerca de 65% dos casos de transmissão vertical do HIV ocorrem durante o trabalho

Leia mais

Dr. Fernando Ganem Doutor pela Faculdade de Medicina da USP Diretor do Serviço de Pronto-Atendimento do Hospital Sírio-Libanês

Dr. Fernando Ganem Doutor pela Faculdade de Medicina da USP Diretor do Serviço de Pronto-Atendimento do Hospital Sírio-Libanês Coordenação Dr. Fernando Ganem Doutor pela Faculdade de Medicina da USP Diretor do Serviço de Pronto-Atendimento do Hospital Sírio-Libanês Prof. Dr. Augusto Scalabrini Neto Professor Associado pela Faculdade

Leia mais

Plano de parto e. Roseli Nomura

Plano de parto e. Roseli Nomura Plano de parto e Parto humanizado Roseli Nomura Professora Adjunta da Escola Paulista de Medicina - Universidade Federal de São Paulo Profa Associada da Faculdade de Medicina da USP Assistência ao Parto

Leia mais

7 10 de maio, 2014 Hotel Royal Tulip Rio de Janeiro, Brasil PRIMEIRO ANÚNCIO. www.hivamericas.org

7 10 de maio, 2014 Hotel Royal Tulip Rio de Janeiro, Brasil PRIMEIRO ANÚNCIO. www.hivamericas.org 7 10 de maio, 2014 Hotel Royal Tulip Rio de Janeiro, Brasil PRIMEIRO ANÚNCIO www.hivamericas.org Datas chave para a sua agenda Data limite para inscrição pela taxa antecipada sexta-feira, 31 de janeiro

Leia mais

Do nascimento até 28 dias de vida.

Do nascimento até 28 dias de vida. Do nascimento até 28 dias de vida. CONDIÇÕES MATERNAS Idade : Menor de 16 anos, maior de 40. Fatores Sociais: Pobreza,Tabagismo, Abuso de drogas, Alcoolismo. Má nutrição História Clínica: Diabetes materna,

Leia mais

PARTO NORMAL: A NATUREZA SE ENCARREGA, MAMÃE E BEBÊ AGRADECEM

PARTO NORMAL: A NATUREZA SE ENCARREGA, MAMÃE E BEBÊ AGRADECEM PARTO NORMAL: A NATUREZA SE ENCARREGA, MAMÃE E BEBÊ AGRADECEM Hospital Materno Infantil Público Tia Dedé *Merielle Barbosa Lobo São nove meses de expectativa e durante a gestação a barriga cresce e a mãe

Leia mais

Declaração da OMS sobre Taxas de Cesáreas

Declaração da OMS sobre Taxas de Cesáreas Declaração da OMS sobre Taxas de Cesáreas Os esforços devem se concentrar em garantir que cesáreas sejam feitas nos casos em que são necessárias, em vez de buscar atingir uma taxa específica de cesáreas.

Leia mais

NOTA TÉCNICA BOAS PRÁTICAS DO PARTO E NASCIMENTO Diário Oficial do Estado Nº 84, Seção 1 sexta-feira, 8 de Maio de 2015.

NOTA TÉCNICA BOAS PRÁTICAS DO PARTO E NASCIMENTO Diário Oficial do Estado Nº 84, Seção 1 sexta-feira, 8 de Maio de 2015. 24º Congresso FEHOSP 12 à 15 de Maio/2015 Royal Palm Plaza Campinas/SP Circular 159/2015 São Paulo, 08 de Maio de 2015. PROVEDOR(A) ADMINISTRADOR(A) NOTA TÉCNICA BOAS PRÁTICAS DO PARTO E NASCIMENTO Diário

Leia mais

PRIMEIRO ANÚNCIO. www.hivamericas.org. 7 10 de maio, 2014 Hotel Royal Tulip Rio de Janeiro, Brasil

PRIMEIRO ANÚNCIO. www.hivamericas.org. 7 10 de maio, 2014 Hotel Royal Tulip Rio de Janeiro, Brasil 7 10 de maio, 2014 Hotel Royal Tulip Rio de Janeiro, Brasil PRIMEIRO ANÚNCIO www.hivamericas.org CONLATAM14 First An_Portuguese_Email_v1b.indd 1 14/10/2013 13:29 Convite dos Presidentes do congresso Em

Leia mais

MINISTÉRIO DA SAÚDE FUNDAÇÃO OSWALDO CRUZ INSTITUTO FERNANDES FIGUEIRA - IFF SOCIEDADE BRASILEIRA DE MASTOLOGIA ESCOLA BRASILEIRA DE MASTOLOGIA

MINISTÉRIO DA SAÚDE FUNDAÇÃO OSWALDO CRUZ INSTITUTO FERNANDES FIGUEIRA - IFF SOCIEDADE BRASILEIRA DE MASTOLOGIA ESCOLA BRASILEIRA DE MASTOLOGIA Ministério da Saúde Fundação Oswaldo Cruz Instituto Fernandes Figueira Projeto Câncer de Mama e Genética MINISTÉRIO DA SAÚDE FUNDAÇÃO OSWALDO CRUZ INSTITUTO FERNANDES FIGUEIRA - IFF SOCIEDADE BRASILEIRA

Leia mais

Alexandre O. Chieppe

Alexandre O. Chieppe Transmissão Vertical da Sífilis S e do HIV Alexandre O. Chieppe Coordenação Estadual de DST/AIDS-CVE Secretaria de Estado de Saúde do Rio de Janeiro Câmara Técnica de AIDS do CREMERJ Do Início da Epidemia

Leia mais

Política Municipal de Saúde Perinatal. Secretaria Municipal de Saúde Belo Horizonte

Política Municipal de Saúde Perinatal. Secretaria Municipal de Saúde Belo Horizonte Política Municipal de Saúde Perinatal Secretaria Municipal de Saúde Belo Horizonte BH -REDE ASSISTENCIAL 9 Distritos Sanitários 147 Centros de Saúde 544 ESF 2.420 ACS CERSAM, UPA, outros 34 hospitais conveniados

Leia mais

HIV no período neonatal prevenção e conduta

HIV no período neonatal prevenção e conduta HIV no período neonatal prevenção e conduta O HIV, agente causador da AIDS, ataca as células do sistema imune, especialmente as marcadas com receptor de superfície CD4 resultando na redução do número e

Leia mais

CAMPANHA PARTO NORMAL. Parto Normal. Deixe a vida acontecer naturalmente.

CAMPANHA PARTO NORMAL. Parto Normal. Deixe a vida acontecer naturalmente. CAMPANHA PARTO NORMAL Parto Normal. Deixe a vida acontecer naturalmente. Cenário Dados fornecidos à ANS pelas empresas que comercializam planos de assistência à saúde demonstram que a proporção de cesarianas

Leia mais

Agenda. Escola de Enfermagem da USP promove ciclo de seminários no Programa de Aperfeiçoamento de Ensino

Agenda. Escola de Enfermagem da USP promove ciclo de seminários no Programa de Aperfeiçoamento de Ensino Serviços Agenda Programe-se para participar dos principais eventos da Enfermagem Escola de Enfermagem da USP promove ciclo de seminários no Programa de Aperfeiçoamento de Ensino A Escola de Enfermagem

Leia mais

ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DOS ENFERMEIROS OBSTETRAS

ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DOS ENFERMEIROS OBSTETRAS ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DOS ENFERMEIROS OBSTETRAS Encontro Nacional da Associação Portuguesa dos Enfermeiros Obstetras XVII Encontro Nacional da APEO/ 1º Encontro Nacional da APEO Livro de Resumos Coimbra

Leia mais

Métodos de indução do trabalho de parto

Métodos de indução do trabalho de parto CAPÍTULO 40 Métodos de indução do trabalho de parto 1 Introdução 2 Métodos mecânicos 2.1 Descolamento das membranas 2.2 Outros métodos mecânicos 3 Amniotomia 3.1 Amniotomia usada isoladamente 3.2 Amniotomia

Leia mais

Parto vaginal após cirurgia cesariana

Parto vaginal após cirurgia cesariana Parto vaginal após cirurgia cesariana Um guia para a ajudar a decidir-se C A R E N E W E N G L A N D Se tiver dado à luz a um ou dois bebês pela cirurgia cesariana no passado, você pode ter duas opções

Leia mais

Ultramedical realiza solenidade de lançamento do curso. de Pós-Graduação

Ultramedical realiza solenidade de lançamento do curso. de Pós-Graduação Ultramedical realiza solenidade de lançamento do curso de Pós-Graduação A Ultramedical realizou nessa última quinta-feira, 11, uma solenidade de lançamento da Pós-Graduação em Ultrassonografia, que terá

Leia mais

UNILUS CENTRO UNIVERSITÁRIO LUSÍADA PLANO ANUAL DE ENSINO ANO 2010

UNILUS CENTRO UNIVERSITÁRIO LUSÍADA PLANO ANUAL DE ENSINO ANO 2010 UNILUS CENTRO UNIVERSITÁRIO LUSÍADA PLANO ANUAL DE ENSINO ANO 2010 CURSO: Fisioterapia DEPARTAMENTO: Fisioterapia DISCIPLINA: Uroginecologia e Obstetrícia SÉRIE: 3º. Ano PROFESSOR RESPONSÁVEL: Prof. Esp.

Leia mais

PARTO NORMAL NA SAÚDE SUPLEMENTAR

PARTO NORMAL NA SAÚDE SUPLEMENTAR PROMOÇÃO DO PARTO NORMAL NA SAÚDE SUPLEMENTAR Ações já realizadas pela ANS desde 2004 Sensibilização do setor, promoção e participação ii em eventos para discussão com especialistas nacionais e internacionais

Leia mais

Médicos da idoneidade e da capacidade formativa para ministrar o Ciclo de Estudos Especiais de Neonatologia.

Médicos da idoneidade e da capacidade formativa para ministrar o Ciclo de Estudos Especiais de Neonatologia. Regulamento do Colégio de Subespecialidade de Neonatologia da Ordem dos Médicos para reconhecimento de Idoneidade e Capacidade Formativa para ministrar o Ciclo de Estudos Especiais de Neonatologia - Versão

Leia mais

MINI-CURRICULUM. Dia: 26 de Novembro de 2011 Local: Thermas Hotel & Resort Mossoró/RN. Mini-curriculum

MINI-CURRICULUM. Dia: 26 de Novembro de 2011 Local: Thermas Hotel & Resort Mossoró/RN. Mini-curriculum MINI-CURRICULUM Levi Jales - RN ipens@supercabo.com.br : Médico do Hospital Universitário Onofre Lopes HUOL/RN com doutorado em Ciências da saúde CCS/UFRN, Membro Fundador e atual Presidente da Sociedade

Leia mais

SANGRAMENTO DO TERCEIRO TRIMESTRE Rossana Maria Alves Carlos Augusto Alencar Júnior

SANGRAMENTO DO TERCEIRO TRIMESTRE Rossana Maria Alves Carlos Augusto Alencar Júnior SANGRAMENTO DO TERCEIRO TRIMESTRE Rossana Maria Alves Carlos Augusto Alencar Júnior A hemorragia no terceiro trimestre da gestação é grave ameaça à saúde e vida da mãe e feto. Junto com hipertensão e infecção

Leia mais

5ª feira - 7/07/2011

5ª feira - 7/07/2011 5ª feira - 7/07/2011 7h00 Credenciamento/Welcome Coffee 8h00 Abertura 8h30 Conferência Internacional Henrique Parsons/MD Anderson Center - Texas EUA Cuidado Paliativo e atualidade 9h15 Mesa Redonda Cuidados

Leia mais

EDITAL N 37/2013 1 - Das áreas 2- Das vagas 3- Dos Requisitos 4- Das inscrições 5 - Da seleção 1ª Etapa: Data: Resultado da 1ª Etapa:

EDITAL N 37/2013 1 - Das áreas 2- Das vagas 3- Dos Requisitos 4- Das inscrições 5 - Da seleção 1ª Etapa: Data: Resultado da 1ª Etapa: EDITAL N 37/2013 A Diretoria Acadêmica da Associação Caruaruense de Ensino Superior, mantenedora da Faculdade ASCES, torna público a realização do processo seletivo destinado ao recrutamento de profissional

Leia mais

Dr. Hans Smola Germany - Heidnheim Germany Especialista em Dermatologia Médico e Professor da Universidade de Cologne

Dr. Hans Smola Germany - Heidnheim Germany Especialista em Dermatologia Médico e Professor da Universidade de Cologne Coordenação Prof. Dr. Marcus Castro Ferreira Professor Titular de Cirurgia Plástica da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo Chefe da Divisão de Cirurgia Plástica do Hospital das Clínicas

Leia mais

PROGRAMA DE DISCIPLINA

PROGRAMA DE DISCIPLINA 1/6 PROGRAMA DE DISCIPLINA DISCIPLINA: SAÚDE DA MULHER CÓDIGO: EMI026 CARGA HORÁRIA TEÓRICA 30H CARGA HORÁRIA PRÁTICA 90H CRÉDITOS 8 VERSÃO CURRICULAR: 2010/2 PERÍODO: 7º DEPTO: EMI PRÉ-REQUISITOS Fundamentos

Leia mais

PROGRAMAÇÃO CIENTÍFICA

PROGRAMAÇÃO CIENTÍFICA PROGRAMAÇÃO CIENTÍFICA DATA: 1 a 3 de SETEMBRO LOCAL: HOTEL GOLDEN TULIP / VITÓRIA-ES Realização: Tema: O Envolvimento Interdisciplinar na Qualidade de Assistência e na Segurança do Paciente COMISSÃO ORGANIZADORA

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico Etec Etec: : PROFESSOR MASSUYUKI KAWANO Código: 136 Município: Tupã Eixo Tecnológico: Ambiente e Saúde Habilitação Profissional:Técnico em enfermagem Qualificação:

Leia mais

CURSO BÁSICO DE CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM DE FARMÁCIAS COM FOCO EM RESULTADOS ESPECIALIZAÇÃO EM ATENÇÃO ESPECIALIZAÇÃO EM

CURSO BÁSICO DE CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM DE FARMÁCIAS COM FOCO EM RESULTADOS ESPECIALIZAÇÃO EM ATENÇÃO ESPECIALIZAÇÃO EM ATENÇÃO FARMACÊUTICA CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM Assistência Farmacêutica COM Ênfase em Atenção Farmacêutica 5ª turma Início: março de 2008 ATENÇÃO FARMACÊUTICA Alfenas (Unifal) Alfenas (MG) Informações:

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE ENFERMAGEM DE SÃO PAULO

CONSELHO REGIONAL DE ENFERMAGEM DE SÃO PAULO PARECER COREN-SP GEFIS Nº 29 / 2010 Abordagem Sindrômica. Participação Legal do Enfermeiro. Programa de Controle das Doenças Sexualmente Transmissíveis. Programa de Atenção Integral em Doenças Prevalentes

Leia mais

INDICADORES DE SAÚDE II

INDICADORES DE SAÚDE II Universidade Federal do Rio de Janeiro Centro de Ciências da Saúde Faculdade de Medicina Departamento Medicina Preventiva Disciplina de Epidemiologia INDICADORES DE SAÚDE II 2005 Taxa de mortalidade infantil

Leia mais

Termo de Consentimento Livre e Esclarecido

Termo de Consentimento Livre e Esclarecido 6. CONCLUSÕES Conclusões 49 Os resultados deste estudo indicam boa reprodutibilidade do exame de ressonância magnética, por meio da análise da variabilidade intra e interobservadores, na aferição do comprimento

Leia mais

Mostra de Projetos 2011. Projeto de elaboração de meios para a integração da assistência à gestação, parto, puerpério e puericultura

Mostra de Projetos 2011. Projeto de elaboração de meios para a integração da assistência à gestação, parto, puerpério e puericultura Mostra de Projetos 2011 Projeto de elaboração de meios para a integração da assistência à gestação, parto, puerpério e puericultura Mostra Local de: Umuarama Categoria do projeto: I - Projetos em implantação,

Leia mais

PALAVRAS-CHAVE: Mortalidade Infantil. Epidemiologia dos Serviços de Saúde. Causas de Morte.

PALAVRAS-CHAVE: Mortalidade Infantil. Epidemiologia dos Serviços de Saúde. Causas de Morte. ISSN 2238-9113 ÁREA TEMÁTICA: ( ) COMUNICAÇÃO ( ) CULTURA ( ) DIREITOS HUMANOS E JUSTIÇA ( ) EDUCAÇÃO ( ) MEIO AMBIENTE ( X) SAÚDE ( ) TRABALHO ( ) TECNOLOGIA Jessica Neves Pereira (latiifa@hotmail.com)

Leia mais

DIREITO À VIDA A GESTÃO DA QUALIDADE E DA INTEGRALIDADE DO CUIDADO EM SAÚDE PARA A MULHER E A CRIANÇA NO SUS-BH: a experiência da Comissão Perinatal

DIREITO À VIDA A GESTÃO DA QUALIDADE E DA INTEGRALIDADE DO CUIDADO EM SAÚDE PARA A MULHER E A CRIANÇA NO SUS-BH: a experiência da Comissão Perinatal DIREITO À VIDA A GESTÃO DA QUALIDADE E DA INTEGRALIDADE DO CUIDADO EM SAÚDE PARA A MULHER E A CRIANÇA NO SUS-BH: a experiência da Comissão Perinatal Grupo temático: Direito à vida, à saúde e a condições

Leia mais

Coordenação. Prof. Dr. Sérgio Carlos Nahas

Coordenação. Prof. Dr. Sérgio Carlos Nahas Coordenação Prof. Dr. Sérgio Carlos Nahas Professor livre docente da disciplina de Coloproctologia da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo. Diretor do Serviço de Cirurgia do Cólon e Reto

Leia mais

CURSO DE CAPACITAÇÃO DE DOULAS 2011

CURSO DE CAPACITAÇÃO DE DOULAS 2011 CURSO DE CAPACITAÇÃO DE DOULAS 2011 Objetivos Capacitar mulheres de diversas formações / profissões para atuarem como doulas autônomas em partos domiciliares e hospitalares. Contribuir para uma assistência

Leia mais

3 a 5 de dezembro de 2009 Rio de Janeiro - RJ

3 a 5 de dezembro de 2009 Rio de Janeiro - RJ 3 a 5 de dezembro de 2009 Rio de Janeiro - RJ Windsor Barra Hotel & Congressos Av. Sernambetiba, 2630 Barra da Tijuca José Gomes Temporão Presidente de Honra Marcos Moraes Presidente do Congresso Luiz

Leia mais

Potencialidades da simulação no ensino da reanimação Miguel Félix (Presidente do Conselho Português de Ressuscitação)

Potencialidades da simulação no ensino da reanimação Miguel Félix (Presidente do Conselho Português de Ressuscitação) Programa Científico Dia 16 de Novembro, Sexta-feira Auditório 1 10:30 (30 minutos) Sessão de abertura e apresentação do congresso 11:00 (90 minutos) Simulação em Medicina de Emergência Moderadores: Álvaro

Leia mais

MATERNIDADE UNIMED UNIDADE GRAJAÚ

MATERNIDADE UNIMED UNIDADE GRAJAÚ MATERNIDADE UNIMED UNIDADE GRAJAÚ Larissa Fernanda Silva Borges de Carvalho Enfermeira, Especialista em Gestão de Serviços de Saúde Gerente Assistencial da Maternidade Unimed BH Unidade Grajaú Governança

Leia mais

Medidas para estímulo ao parto normal na saúde suplementar

Medidas para estímulo ao parto normal na saúde suplementar Medidas para estímulo ao parto normal na saúde suplementar janeiro/2015 A importância do estímulo ao parto normal Parto é uma questão de saúde e a escolha do modelo deve ser pelo método mais adequado para

Leia mais

PROGRAMAÇÃO CIENTÍFICA PRELIMINAR. 08:00-08:30 Inscrições e Entrega de Material. 08:30-10:30 Mesa Redonda: Gravidez na Adolescência

PROGRAMAÇÃO CIENTÍFICA PRELIMINAR. 08:00-08:30 Inscrições e Entrega de Material. 08:30-10:30 Mesa Redonda: Gravidez na Adolescência PROGRAMAÇÃO CIENTÍFICA PRELIMINAR DIA 27/11/2014 (QUINTA-FEIRA) - AUDITÓRIO AUDITÓRIO CREMEGO 08:00-08:30 Inscrições e Entrega de Material 08:30-10:30 Mesa Redonda: Gravidez na Adolescência Maria Laura

Leia mais

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO DA PÓS- GRADUAÇÃO LATO-SENSU EM MEDICINA FETAL

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO DA PÓS- GRADUAÇÃO LATO-SENSU EM MEDICINA FETAL DA PÓS- GRADUAÇÃO LATO-SENSU EM MEDICINA FETAL 2014 1 PROJETO PEDAGÓGICO CALENDÁRIO ESCOLAR CALENDÁRIO PÓS-GRADUAÇÃO MEDICINA FETAL PERINATAL/ESTÁCIO - 2014 AULAS TEÓRICAS AOS SÁBADOS E DOMINGOS DAS 08:00

Leia mais

Ruptura das membranas antes do trabalho de parto (amniorrexe prematura)

Ruptura das membranas antes do trabalho de parto (amniorrexe prematura) CAPÍTULO 23 Ruptura das membranas antes do trabalho de parto (amniorrexe prematura) 1 Introdução 2 Diagnóstico 2.1 Ruptura das membranas 2.2 Exame vaginal 2.3 Avaliação do risco de infecção 2.4 Avaliação

Leia mais

CURSO DE HABILIDADES PRÁTICAS EM MEDICINA INTENSIVA 8 e 9 de agosto de 2014 03 e 04 de outubro de 2014

CURSO DE HABILIDADES PRÁTICAS EM MEDICINA INTENSIVA 8 e 9 de agosto de 2014 03 e 04 de outubro de 2014 CURSO DE HABILIDADES PRÁTICAS EM MEDICINA INTENSIVA 8 e 9 de agosto de 2014 03 e 04 de outubro de 2014 Coordenação Dr. Luciano Cesar Pontes Azevedo Doutor em medicina pela Universidade de São Paulo - USP

Leia mais

Indução do parto Informação destinada às mulheres grávidas, aos seus companheiros e familiares.

Indução do parto Informação destinada às mulheres grávidas, aos seus companheiros e familiares. Portuguese translation of Induction of labour - Information for pregnant women, their partners and families Indução do parto Informação destinada às mulheres grávidas, aos seus companheiros e familiares.

Leia mais

Uma área em expansão. Radiologia

Uma área em expansão. Radiologia Uma área em expansão Conhecimento especializado e treinamento em novas tecnologias abrem caminho para equipes de Enfermagem nos serviços de diagnóstico por imagem e radiologia A atuação da Enfermagem em

Leia mais

ESTADO DO MARANHÃO PREFEITURA MUNICIPAL DE CAXIAS SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO SEMEDUC SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE SMS PROGRAMA SAÚDE NA ESCOLA

ESTADO DO MARANHÃO PREFEITURA MUNICIPAL DE CAXIAS SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO SEMEDUC SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE SMS PROGRAMA SAÚDE NA ESCOLA Caxias-MA 2015 EDITAL DE DIVULGAÇÃO III MOSTRA CIENTIFICA DO PROGRAMA SAUDE NA ESCOLA- PSE CAXIAS - MA Fortalecer e integrar redes para a promoção da saúde e educação 1-APRESENTAÇÃO O Programa Saúde na

Leia mais

Antes da hora. Cesarianas desnecessárias contribuem para o nascimento de bebês imaturos

Antes da hora. Cesarianas desnecessárias contribuem para o nascimento de bebês imaturos 18 fevereiro DE 2015 capa Antes da hora Cesarianas desnecessárias contribuem para o nascimento de bebês imaturos Alice Giraldi e Ricardo Zorzetto ilustração mariana zanetti No início de janeiro o Ministério

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 5. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento.

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 5. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento. SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento Etapas do Processo Seletivo Pág. 5 Matrícula Cronograma de Aulas Pág. PÓS-GRADUAÇÃO EM ORTOPEDIA MULTIDISCIPLINAR Unidade Dias

Leia mais

SESSÃO I. APRESENTAÇÃO POSTER

SESSÃO I. APRESENTAÇÃO POSTER SESSÃO I. APRESENTAÇÃO POSTER 1. Riscos e causas de contaminação na Central de Material de Juliana Santos Andrade Esterilização: uma análise teórico-reflexiva 2. Biossegurança e Higienização das mãos:

Leia mais

CURSO DE REABILITAÇAO VESTIBULAR: FUNDAMENTOS E PRÁTICA

CURSO DE REABILITAÇAO VESTIBULAR: FUNDAMENTOS E PRÁTICA CURSO DE REABILITAÇAO VESTIBULAR: FUNDAMENTOS E PRÁTICA 14 e 15 de novembro de 2015 São Paulo - SP Brasil Local: INSTITUTO VITA UNIDADE HIGIENÓPOLIS RUA MATO GROSSO, 306 1º ANDAR SÃO PAULO / SP Sábado,

Leia mais

Curso Teórico-Prático de Mini-Implantes Ortodônticos. Prof. Carlo Marassi

Curso Teórico-Prático de Mini-Implantes Ortodônticos. Prof. Carlo Marassi Curso Teórico-Prático de Mini-Implantes Ortodônticos Prof. Carlo Marassi Informações sobre o Curso: Teórico e Prático de Mini-implantes Ortodônticos P R O F. C A R L O M A R A S S I Especialista em Ortodontia

Leia mais

Vivência Holística da Gravidez e Parto

Vivência Holística da Gravidez e Parto Vivência Holística da Gravidez e Parto Preparação para o Nascimento Acreditamos que existem outras formas de olhar para a chegada de um novo Ser, de vivenciar a gravidez e de experienciar o parto de forma

Leia mais

Assistência humanizada a gestação, parto e nascimento: Comissão Perinatal a experiência de Belo Horizonte

Assistência humanizada a gestação, parto e nascimento: Comissão Perinatal a experiência de Belo Horizonte Assistência humanizada a gestação, parto e nascimento: Comissão Perinatal a experiência de Belo Horizonte Rosângela Durso Perillo Seminário Integrado do Paraná Novembro 2009 População: 2.424.292 - (IBGE/2007)

Leia mais

Eventos da área da Saúde no Brasil no ano de 2012

Eventos da área da Saúde no Brasil no ano de 2012 Eventos da área da Saúde no Brasil no ano de 2012 Evento Data Local Congresso Latino Americano de 29 a Hotelaria Hospitalar 31/03/12 Seminário Avaliação da Lesão Crônica e Indicação de Curativo 30/03/2012

Leia mais