RELATÓRIO DE ESTÁGIO CURRICULAR

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "RELATÓRIO DE ESTÁGIO CURRICULAR"

Transcrição

1 Escola Superior de Tecnologia e Gestão Instituto Politécnico da Guarda RELATÓRIO DE ESTÁGIO CURRICULAR Estágio realizado no período de 12 de Julho a 7 de Setembro Nome: Nº: Curso: IMRSI Setembro, 2010

2 Instituto Politécnico da Guarda Escola Superior de Tecnologia e Gestão Relatório de Estágio Realizado na Empresa Soluções e Análise de Sistemas, Lda para Obtenção do Grau de CET em IMRSI (Instalação e Manutenção de Redes e Sistemas Informáticos) nº Guarda, Agosto de 2010

3 Departamento de Informática Instituto Politécnico da Guarda Escola Superior de Tecnologia e Gestão Av. Dr. Francisco Sá Carneiro Guarda Telf Fax: Relatório realizado no período de 12 de Julho a 7 de Setembro sob a orientação do Eng.º José Figueiredo, do Departamento de Informática da Escola Superior de Tecnologia e Gestão do Instituto Politécnico da Guarda.

4 Índice CPITULO I... 3 Agradecimentos... 3 Introdução... 4 Apresentação do Estagio... 5 Apresentação da Empresa... 6 Designação Social e Localização... 6 Missão... 7 Organograma hierárquico da empresa... 8 Objectivos dos Processos de Funcionamento... 9 CAPITULO II Descrição Geral das Tarefas Elaboradas Durante o Estágio Descrição pormenorizada das Tarefas Elaboradas Instalação e configuração de impressoras multifuncionais em rede: Instalação de routers wireless com ligação Adsl e pontos de acesso em pequenas redes de escritório: Elaboração de diagnósticos de problemas de rede: Atribuição de diagnóstico e testes de máquinas para posteriormente proceder á reparação: Substituição de Hardware em portáteis e pc s; CAPITULO III Conclusão Anexos Limpar cooler interno de um portátil Elaboração de um cabo com a finalidade de fazer actualizações em terminais Ingénico Bibliografia

5 Índice de Ilustrações Ilustração 1- Organograma da Empresa... 8 Ilustração 2 - Multifuncional HP Ilustração 3 - Router Wireless com ligação adsl Ilustração 4 - Switch D-Link Ilustração 5 - Cd com software de diagnóstico Ilustração 6 - Motherboard portátil HP Ilustração 7 - Memória portátil Ilustração 8 - Disco de Portátil Ilustração 9 - Processador Portátil Ilustração 10 - Ecrã portátil Ilustração 11 - Microsoft Office Ilustração 12 - Limpeza de impressoras Ilustração 13 Plotter Ilustração 14 - Kit de substituição de rollers Ilustração 15 - Representante da maioria dos sistemas operativos instalados na empresa Ilustração 16 - Norton Ghost (Software de copias de segurança) Ilustração 17 - Microsoft Office Outlook Ilustração 18 - TeamViwer Software de assitencia remota Ilustração 19 - Ferramenta Ilustração 20 - Recipiente de parafusos Ilustração 21 - Esquema de Parafusos Ilustração 22 - Disco Rígido Ilustração 23 - Parafusos por baixo do disco Ilustração 24 - Pastilhas do teclado Ilustração 25 - Remover teclado Ilustração 26 - Fita do teclado Ilustração 27 - Fitas e parafusos que prendem o chassi a motherboard Ilustração 28 - Encaixe de fitas Ilustração 29 - Encaixe de fitas Ilustração 30 - Retirar parte branca do chassi Ilustração 31 - Portatil sem a parte branca do chassi Ilustração 32 Dissipador Ilustração 33 - Dissipador Ilustração 34 - Dissipador Ilustração 35 - Dissipador Ilustração 36 - Ventoinha Ilustração 37 - Processador e dissipador Ilustração 38 - Produtos de Remoção de pasta térmica Ilustração 39 - Base do dissipador com fita cola Ilustração 40 - Base do dissipador com fita-cola e pasta térmica Ilustração 41 - Base do dissipador com pasta térmica espalhada Ilustração 42 - Base do dissipador pronta Ilustração 43 Download Cable Ilustração 44 - Cabo RJ11 - DB

6 CPITULO I Agradecimentos Quero aqui expressar os meus agradecimentos a um conjunto de pessoas que me ajudaram durante a realização deste estágio, tornando-o num projecto aliciante. Ao Eng.º Salvador Lourenço, agradeço a oportunidade de realizar o estágio de final de curso na sua empresa e de todas as actividades desenvolvidas nesta. Aos orientadores, Eng.º José Figueiredo e Eng.º Salvador Lourenço, agradeço o acompanhamento prestado e a grande paciência face às enumeras questões levantadas no decorrer do estágio e todo o interesse e incentivo que sempre dispensaram é realização deste trabalho. Aos meus colegas de estágio e funcionários da empresa (Patrick Saraiva, Cristiano Pais, Eng.º Pedro Morais, Eng.º José Alves, Mário Milheiro, Eng.ª Sara Fernandes, Eng.º Bruno Lindeza, Eng.º Nuno Lopes, Eng.º Miguel Valério, Eng.ª Ana Domingues, Elisabete Morgado, Olga Dantas, Tatiana Matos, Vera Gil, Issam Bouakkaz), agradeço a companhia e ajuda prestada nos momentos mais difíceis. Deixo ainda expressos os meus agradecimentos a todos aqueles que participaram e que de alguma forma contribuíram para a realização do estágio. Guarda, Setembro de

7 Introdução O presente relatório surge na sequência do estágio curricular do Curso de Especialização Tecnológico (CET), do Curso de Instalação e Manutenção de Redes e Sistemas Informáticos. O estágio decorreu na empresa SAS, Lda (Soluções e Análise de Sistemas), esta é composta por dois departamentos o técnico e o comercial sendo que, o meu posto de trabalho durante o estágio era no departamento técnico. Neste estágio era necessária a realização de um relatório, no qual pudesse reflectir acerca da minha prestação durante este estágio. Um relatório é a descrição de factos passados, analisados com o objectivo de orientar o serviço interessado, ou o superior hierárquico imediato, para determinada acção. Este relatório tem por finalidade descrever as experiências, dificuldades e aprendizagens ocorridas durante o estágio. 4

8 Apresentação do Estagio A presente reflexão escrita diz respeito ao estágio curricular que decorreu na empresa SAS Soluções e Análise de Sistemas, Lda. Situada na cidade da Guarda, no âmbito da conclusão do curso CET-IMRSI (Instalação e Manutenção de Redes e Sistemas Informáticos) da Escola Superior de Tecnologia e Gestão do Instituto Politécnico da Guarda. Teve como supervisor de estágio na empresa os gestores da própria, Salvador Lourenço e Rui Gonçalves. O relatório é uma descrição objectiva dos factos, acontecimentos ou actividades, seguida de uma análise rigorosa, com o objectivo de retirar conclusões ou tomar decisões. Deste modo, pode-se afirmar que este se fundamenta do real (factos), pois, não é uma pura elaboração intelectual, já que os factos não se imaginam, registam-se. Não obstante dependerá da acção de quem os relata, do seu trabalho de pesquisador, de observador, de visitante. Nesta acção são implícitos predicados, entre os quais a honestidade, objectividade e fidelidade. Os objectivos gerais deste estágio são aplicar os conhecimentos teóricos e teóricopráticos aprendidos durante o decorrer das aulas. Os objectivos específicos são: - Instalação e manutenção de redes; - Instalação e manutenção de sistemas informáticos; - Análise da anomalia das máquinas bem como a sua manutenção tanto a nível de hardware e software; - Fomentar o espírito de equipa; - Permitir uma maior experiência profissional, contactando com novas pessoas e ideias. 5

9 Apresentação da Empresa Designação Social e Localização A empresa tem como designação social SAS Soluções e Análise de Sistemas, Lda, com sede na Rua Duque de Bragança, 1 A r/c Dtº na Guarda, foi construída em 3 de Setembro de 1992, repartida em partes iguais por 5 sócios entre os quais se incluíam os actuais, com a actividade de Análise de Sistema, construção de software específico, comercialização de soluções integradas de hardware e software, e implementação de soluções de rede. Um dos objectivos estratégicos desta equipa é a qualidade de serviço suportada por um elevado nível de conhecimentos nas áreas em causa, consequência de uma formação especializada. Para tal a empresa possui técnicos qualificados pelas seguintes marcas: 3Com, Cisco, Enterasys, Alcatel, Hewlett Packard, Epson, Microsoft, Sage e Fujitsu Siemens. A empresa tem todos os seus serviços instalados na Rua Duque de Bragança, nº 1 A r/c Dtº na Guarda. Em 1999 foram adquiridas novas instalações, na Rua Duque de Bragança, nº8 Cave, onde foram instalados os serviços técnicos e salas de formação da SAS. Em 2004 a SAS, decidiu alargar a sua área de actuação para o distrito de Castelo Branco, Parque Industrial, Rua D, Lote D1, onde alugou um espaço comercial desde Maio de 2004, onde se encontra um representante. 6

10 Missão A empresa SAS além de prestar serviços e fornecer soluções inovadoras de elevada qualidade e com óptima relação custo benefícios, tem como missão: - Compreender as necessidades de gestão dos clientes que utilizam os sistemas de informação; - Desenvolver e implementar as melhores soluções para tratamento de informação; - Essas soluções são próprias e usam vectores de relevância e importância dos dados como atributo diferenciador; - Líder Regional, tendo inerente a constante inovação dos serviços a propor, sobretudo aos clientes com potencial para se interligarem e partilharem informação. A SAS tem conseguido levar a bom termo a missão a que se propôs, mediante a escolha de parceiros de negócios de reconhecido prestígio nos meios informáticos, tais como a Microsoft, Intel, 3Com, Epson, Hewlett Packard, Toshiba. Por outro lado, como Parceiro PT Prime para a região da Guarda, fornece serviços na área de telecomunicações, de forma a poder apresentar todas as soluções de conectividade fornecidas pela Telepac destinadas ao mercado de particulares e empresarial. Fruto das nossas parcerias, do know-how adquirido pelos nossos técnicos e do grande leque de clientes de que dispomos, podemos assegurar a nossa aptidão para apresentar ao mercado as soluções mais vantajosas, tanto em preço como em qualidade. 7

11 Organograma hierárquico da empresa Na ilustração seguinte é apresentado o organograma da empresa, no qual estão contidas as secções da empresa, bem como os seus representantes. Ilustração 1- Organograma da Empresa 8

12 Objectivos dos Processos de Funcionamento Em relação aos processos de funcionamento é feita uma breve descrição de cada uma delas, para uma melhor compreensão. - Administrativo e Financeiro: Descrever as actividades da área administrativa e financeira nomeadamente na facturação, cobranças, fornecedores, preparação de documentos para contabilidade e tratamento da correspondência. - Comercial Comercializar todo o tipo de hardware software, consumíveis informáticos, e soluções de rede. - Logístico Descrever as actividades na área da logística nomeadamente na interacção com a área comercial e técnica, tratamento de devoluções de clientes a fornecedores e gestão de stocks. - Técnico Descrever as actividades da área técnica da empresa nomeadamente, instalação, formatação, reparação e manutenção de todo o tipo de software, hardware e redes. Este processo inclui a gestão dos equipamentos e ferramentas. - Responsabilidade da Gestão Definir as políticas da empresa, objectivos e acções para a gestão da SAS. Gestão dos recursos humanos, edifício e serviços de apoio. 9

13 CAPITULO II Descrição Geral das Tarefas Elaboradas Durante o Estágio De seguida estão referidas as tarefas desenvolvidas durante o estagio: - Instalação e configuração de impressoras em rede; - Instalação de routers wireless com ligação Adsl e pontos de acesso em pequenas redes de escritório; - Elaboração de diagnósticos de problemas de rede; - Atribuição de diagnóstico e testes de máquinas para posteriormente proceder á reparação; - Substituição de Hardware em portáteis e pc s; - Motherboards; - Memórias; - Disco; - Processadores; - Dissipadores; - Limpeza do dissipador. - Gráficas; - Teclados; - Ecrãs. - Instalação e configuração de diversos softwares; - Manutenção de Impressoras; - Limpeza; 10

14 - Substituição de peças. - Formatação e reinstalação de pc s ou portáteis com copias de segurança quando assim necessário; - Configuração de contas Outlook; - Apoio aos clientes. Descrição pormenorizada das Tarefas Elaboradas - Instalação e configuração de impressoras multifuncionais em rede: foram efectuadas instalações e configurações de impressoras em diversos clientes. A maior parte das vezes a instalação e configuração consistia em retirar a impressora da caixa, retirar todos os plásticos envolventes, instalar todos componentes. Depois disso a impressora era conectada directamente ao portátil através do cabo de rede, imprimia a página de configuração e via o ip atribuído. Para aceder à impressora através do web browser, era necessário configurar um ip fixo da mesma gama que a impressora. Depois de configurar o ip fixo colocava o ip da impressora no web browser e aparecia-me o menu de configuração. A partir deste momento, era só configurar o ip na mesma gama da rede da empresa, normalmente colocava o ip do último host se disponível, depois configurava a digitalização para o , o cabeçalho de fax, etc Depois de tudo configurado era só ligar o cabo de rede ao router ou a um switch que estivesse ligado a rede e adicionar uma nova impressora nos computadores existentes na empresa, ou no próprio servidor, dependendo do caso. A maioria das vezes tinha que fazer o download do driver pois o que acompanhava a impressora não era compatível com o sistema operativo. 11

15 Ilustração 2 - Multifuncional HP - Instalação de routers wireless com ligação Adsl e pontos de acesso em pequenas redes de escritório: Por várias vezes tive que configurar routers e impressoras em pequenas redes de escritório, era uma tarefa fácil pois já estava habituado, primeiro ligava o cabo de rede ao pc e ao router, depois abria a linha de comandos para verificar o gateway predefinido que é o ip do router, de seguida colocando o ip no ip no web browser acedia ao menu de configuração do router depois era so configurar o tipo de ligação adsl, colocar o nome de utilizador e password colocar uma password de protecção para o wireless como por exemplo uma password wpa2, algumas vezes ainda tive que bloquear e abrir algumas portas, para permitir e negar acesso a determinadas aplicações especificas. No caso dos pontos de acesso era só colocar uma encriptação para o wireless e conectar o cabo de rede, pois todas as outras configurações já tinha sido efectuadas no router. 12

16 Ilustração 3 - Router Wireless com ligação adsl - Elaboração de diagnósticos de problemas de rede: Muitas vezes deparei-me com problemas de rede em que tive que identificar o problema, como por exemplo, um cliente que não conseguia imprimir mas tudo o resto estava a funcionar, então após vários teste conclui que o problema era a porta do switch na qual estava ligada a impressora que estava queimada, logo troquei a porta e o cliente ficou com o problema resolvido. Ilustração 4 - Switch D-Link - Atribuição de diagnóstico e testes de máquinas para posteriormente proceder á reparação: Esta tarefa foi efectuada todos os dias, pois todos os dias apareciam máquinas com problemas para resolver, então eram efectuados testes de diagnóstico substituindo hardware, quando o problema era de software eram utilizadas algumas ferramentas úteis consoante a situação e posteriormente era feito o orçamento e este era entregue ao cliente, caso este aceita-se era feita a reparação. 13

17 Ilustração 5 - Cd com software de diagnóstico - Substituição de Hardware em portáteis e pc s; - Motherboards: quase todos os dias durante o estágio substituía uma motherboard num portátil, esta tarefa inicialmente era complicada pois não tinha ideia que a motherboard de um portátil podia ser substituída, mas ao longo do tempo fui-me habituando pois nem sempre tinha que desmontar os portáteis para trocar a motherboard mas sim também para limpar o dissipador. Ilustração 6 - Motherboard portátil HP tarefa muito simples. - Memórias: muitas vezes substitui ou coloquei memórias, esta é uma 14

18 Ilustração 7 - Memória portátil - Discos: A substituição do disco é uma tarefa muito difícil, o mais complicado é as cópias de segurança, pois é uma tarefa de muita responsabilidade, mas sempre que fazia cópias ligava ao cliente e certificava-me que nada ficava por copiar, depois era só instalar o sistema operativo e repor as cópias de segurança. Ilustração 8 - Disco de Portátil - Processadores: Apenas tive que substituir um processador num portátil mas para substituir o processador tive que desmontar o portátil todo inclusive retirar a motherboard pois encontrava-se na parte traseira da motherboard. Ilustração 9 - Processador Portátil - Dissipadores; - Limpeza do dissipador: esta tarefa também foi das mais desempenhadas durante o estágio pois todos os dias apreciam portáteis que aqueciam de mais, então desmontava o portátil retirava o dissipador limpava, e colocava pasta térmica para este baixar a temperatura do processador e da placa gráfica. (Manual em Anexo) 15

19 - Gráficas: Substitui uma placa gráfica num portátil, uma tarefa muito fácil visto que era so retirar a tampa do chassi e substituir a placa gráfica, pois esta não era on board. - Teclados: também apareciam muitos portáteis com o teclado danificado o qual seria substituído por mim a maior parte das vezes. - Ecrãs: substitui vários ecrãs partidos em portáteis, e muitas vezes troquei o inverter quando os ecrãs não davam imagem. Ilustração 10 - Ecrã portátil - Instalação e configuração de diversos softwares: Diversas Vezes instalei e configurei antivírus e firewall s, instalação de Office 2003/2007/2010, entre outros. Ilustração 11 - Microsoft Office Manutenção de Impressoras; - Limpeza: a limpeza das impressoras era raramente necessária, mas aconteceu algumas vezes ter que efectuar limpeza a impressoras, para isso necessitava de um pincel, um pano, umas luvas, e um aspirador. Basicamente a limpeza era efectuada da seguinte forma: retirava todos os componentes substituíveis e limpava com 16

20 o aspirador e o pincel, e voltava a colocar os componentes, um a um efectuando também a limpeza destes. No final testava para finalizar a assistência. Ilustração 12 - Limpeza de impressoras - Substituição de peças: Por várias vezes tive que substituir correias em plotters, uma tarefa um pouco complexa, mas nunca tive problemas pois tinha sempre os manuais de serviço. Também substitui várias vezes os rollers, que são a peça que é responsável por puxar o papel. Ilustração 13 Plotter 17

21 Ilustração 14 - Kit de substituição de rollers - Formatação e reinstalação de pc s ou portáteis com copias de segurança quando assim necessário: Quando necessário e a pedido dos clientes as maquinas eram formadas, com ou sem copias de segurança, era instalado o sistema operativo e eram repostas todas as copias de segurança. Ilustração 15 - Representante da maioria dos sistemas operativos instalados na empresa Ilustração 16 - Norton Ghost (Software de copias de segurança) - Configuração de contas do Microsoft Office Outlook: Muitas vezes tive que configurar contas de Outlook e repor backups efectuados. 18

22 Ilustração 17 - Microsoft Office Outlook Apoio aos clientes: Quando um cliente tinha uma dúvida ou precisava de ajuda eu tentava resolver, ou através do telefone ou através de assistência remota. Ilustração 18 - TeamViwer Software de assitencia remota 19

23 CAPITULO III Conclusão Perante este estágio que teve uma duração de 400h desde o período de até Na minha óptica este estágio foi muito instrutivo pois permitiu aplicar todo o conhecimento adquirido ao longo do curso e de adquirir experiência prática. No decorrer do estágio tive também a possibilidade de aprender a desenrascar-me e a ser autodidacta, pois na teoria é tudo muito fácil mas quando passamos para a prática tudo se complica. Consegui, também, perceber que uma assistência fácil pode tornar-se muito complicada, ou porque alguma coisa corre mal ou pela falta de recursos. Foi uma boa experiência, pois consegui resolver todos os problemas que me foram surgindo e deixar uma boa opinião tanto na empresa como perante dos diferentes clientes sobre o meu trabalho. É de salientar todo o apoio da parte dos colaboradores da empresa e dos meus colegas de estágio, e isto também me fez concluir que se existir um bom ambiente de trabalho e apoio dos colegas tudo corre bem. 20

24 Anexos Limpar cooler interno de um portátil Este manual é essencial para limpar o cooler interno de um portátil, mas também para substituir outra peça pois para substituir uma peça é necessário desmontar, e neste caso explica-nos como desmontar um portátil parcialmente. Em portáteis de modelos ou marcas diferente deste, é muito provável que a forma de desmontar seja diferente, mas o princípio é o mesmo. Para começar é necessário ter um estojo de chaves apropriadas para o efeito, de tamanhos pequenos para os pequenos parafusos do portátil. Ilustração 19 - Ferramenta 1. Um recipiente com várias divisórias ou vários recipientes é o ideal para organizar e não se perder parafusos. Ilustração 20 - Recipiente de parafusos 2. Começar por tirar todos os parafusos da base do portátil. 21

25 A vermelho, os parafusos do chassi, a azul os parafusos do teclado e a verde os parafusos do disco rígido. Ilustração 21 - Esquema de Parafusos 3. Retirar o disco rígido para tirar os dois últimos parafusos do chassi. Puxar o disco no sentido das setas. Ilustração 22 - Disco Rígido 22

26 4. Os últimos dois parafusos estão por baixo do disco rígido. Ilustração 23 - Parafusos por baixo do disco 5. Pressionar as patilhas para retirar o teclado. 6. Remover o teclado. Ilustração 24 - Pastilhas do teclado 23

27 Ilustração 25 - Remover teclado 7. Puxar o encaixe para cima, de modo a desprender a fita que liga o teclado à motherboard. Ilustração 26 - Fita do teclado 8. A azul estão as restantes ligações que prendem a parte branca do chassi à motherboard, que vamos desprender, e a vermelho os últimos parafusos. 24

28 Ilustração 27 - Fitas e parafusos que prendem o chassi a motherboard 9. As fitas não devem ser puxadas ou arrancadas à força, basta soltar os encaixes como representado nas imagens. Ilustração 28 - Encaixe de fitas 1 25

29 Ilustração 29 - Encaixe de fitas Desprender os encaixes da parte branca do chassi para a separar da parte preta. Ilustração 30 - Retirar parte branca do chassi 11. Está o caminho livre para o cooler. 26

30 Ilustração 31 - Portátil sem a parte branca do chassi 12. A azul o processador e a vermelho os parafusos a retirar. Ilustração 32 Dissipador Desligar a ventoinha da motherboard, e retirar o cooler para o limpar. 27

31 Ilustração 33 - Dissipador A vermelho os dissipadores de calor a serem limpos. Ilustração 34 - Dissipador 3 Na imagem o dissipador está parcialmente limpo e deve ser bem limpo para a ventoinha conseguir extrair o calor vindo do processador e placa gráfica. 28

32 Ilustração 35 - Dissipador O dissipador limpo, falta só limpar a ventoinha. Ilustração 36 - Ventoinha 16. Ao tirar o dissipador estamos a descolar o cooler do processador como podemos ver na ilustração seguinte, que é fundamental para uma boa dissipação o calor. Como tal, teremos de repor a pasta térmica. O processador, depois de removido, deve ser cuidadosamente colocado numa superfície plana e lisa, como podemos observar na Ilustração seguinte. 29

33 Ilustração 37 - Processador e dissipador 17. A pasta térmica deve ser removida para dár lugar à nova. Para limpar utilizei estes produtos de remoção e purificação (Thermal Remover ArticClean, ilustração seguinte) da Arctic Silver, mas existem várias outras marcas igualmente boas, tanto para pasta térmica como para produtos de remoção. O primeiro serve para remover a pasta, e o segundo para limpar as impurezas das superfícies. Ilustração 38 - Produtos de Remoção de pasta térmica 18. Devem ser colocadas uma ou mais gotas em cima da pasta e esperar que actue 30 a 60 segundos. De seguida deve-se remover tudo, até as 30

34 superfícies ficarem bem limpas. Por último, utilizar o frasco 2 da mesma forma que o anterior, para purificar as superfícies. Devem ser seguidas as instruções do produto utilizado. 19. A pasta térmica pode ser colocada no processador, mas em vez de a colocar na zona em cerâmica do processador decidi colocar na base do dissipador. Para isso, usei fita-cola delineando o espaço a cobrir com a pasta. Ilustração 39 - Base do dissipador com fita cola 20. Para colocar a pasta térmica devem seguir as instrução da marca para saberem a quantidade a colocar. Um tubo de pasta térmica de 3,5 gramas dá para utilizações aproximadamente, por isso uma pequena quantidade chega para cobrir toda a área. Para quem prefere colocar a pasta no processador, deve colocar a mesma quantidade no centro de cerâmica para de seguida montar o dissipador. 31

35 Ilustração 40 - Base do dissipador com fita-cola e pasta térmica 21. Espalhar uniformemente a pasta térmica por toda a base. Para espalhar utilizei um cartão do género dos cartões de crédito (o que interessa é que seja rígido). Ilustração 41 - Base do dissipador com pasta térmica espalhada 22. Depois de retirar a fita-cola do dissipador, está pronto a ser montado. 32

36 Ilustração 42 - Base do dissipador pronta 23. Concluindo tudo isto, é tempo de montar tudo novamente. Para tal basta seguir a ordem inversa. É muito importante ter em atenção a ordem dos diferentes parafusos, pois caso isso não aconteça podemos perfurar alguma das peças do portátil, ficando este assim danificado. Elaboração de um cabo com a finalidade de fazer actualizações em terminais Ingénico. Este foi o esquema pelo qual me regulei: Ilustração 43 Download Cable 33

37 Para fazer o cabo necessitei de 1m de cabo de rede categoria 6 uma ficha RJ11, uma ficha DB9, solda e um ferro de soldar e o resultado final ficou parecido com o da figura seguinte. Ilustração 44 - Cabo RJ11 - DB9 De seguida é só ligar o cabo o conector RJ11 no terminal e o conector DB9 no pc e testar a conectividade. (a ilustração 43 foi fornecida pela Ingénico) 34

38 Bibliografia (s.d.). Obtido em 13 de Setembro de 2010, de Toda Oferta: 3BS2F/ _bigPhoto_0.jpg&imgrefurl=http://todaoferta.uol.com.br/com prar/hp-laserjet-m3027x-garantia-hp-brasil-financiamos- 1J7CQ3BS2F&usg= ebc2vevq2sojufgl6trdwf9v "PLOTTER HP 2500 CP". (s.d.). Obtido em 13 de Setembro de 2010, de mercadolivre: Limpar cooler interno de um portátil O ultimo grito em técnologia. (30 de Janeiro de 2010). Obtido em 11 de Setembro de 2010, de O ultimo grito em técnologia: Acesso Remoto. (s.d.). Obtido em 13 de Setembro de 2010, de Hosting: cle&id=106&itemid=129 Equipamentos de Rede. (s.d.). Obtido em 13 de Setembro de 2010, de Freestore Tecnologia: om_virtuemart&itemid=1 Hirens BootCD & Windows XP SP3 USB Criador Bootavel. (s.d.). Obtido em 13 de Setembro de 2010, de vagnarok chrome downloads: usb.html Microsoft Apresenta mais Detalhes sobre seus Containeres de Servidores. (s.d.). Obtido em 13 de Setembro de 2010, de CORUJADETI: microsoft office 2010 build 4536 x86 x64 winbeta. (s.d.). Obtido em 13 de Setembro de 2010, de Baixar Grátis: x86-x64-winbeta/ Microsoft Office Outlook Connector. (s.d.). Obtido em 13 de Setembro de 2010, de Doutor da Midia: motherboard de portatil hp zd8000. (s.d.). Obtido em 13 de Setembro de 2010, de OLX: Norton Ghost SP1 Serial 120 MB. (s.d.). Obtido em 13 de Setembro de 2010, de VIPRASYS: serial-120-mb-direct-link / 35

39 Novo processador portátil Pentium 4 da Intel funciona a 1,7 GHz. (s.d.). Obtido em 13 de Setembro de 2010, de tek.sapo.pt: _intel_ html Vendo Disco Rigido para Portatil IDE GB - Amadora. (s.d.). Obtido em 13 de Setembro de 2010, de OLX: Vendo memória para portátil (x2) PC MB + PC MB. (s.d.). Obtido em 13 de Setembro de 2010, de OLX: pc mb-pc mb-iid Zyxel-P-660HW-D1-Wireless-ADSL-Gateway-Over-POTS. (s.d.). Obtido em 13 de Setembro de 2010, de PC - Rush: res/ jpg&imgrefurl=http://www.pcrush.com/product/routers-and-gateways- Wireless/113575/Zyxel-P-660HW-D1-Wireless-ADSL-Gateway-Over- POTS&usg= UX5kSzlyuvDFoVJtRLKA0uy4mJI=&h=300&w=300& 36

RELATÓRIO DE ESTÁGIO CURRICULAR

RELATÓRIO DE ESTÁGIO CURRICULAR Escola Superior de Tecnologia e Gestão Instituto Politécnico da Guarda RELATÓRIO DE ESTÁGIO CURRICULAR Estágio realizado no período de 12 de Julho a 13 de Setembro Nome: Patrick Saraiva Nº: 1010066 Curso:

Leia mais

Relatório de Estágio

Relatório de Estágio Relatório de Estágio JOHNNY NUNES LOPES RELATÓRIO PARA A OBTENÇÃO DO DIPLOMA DE ESPECIALIZAÇÃO TECNOLÓGICA EM CET IMRSI (Instalação e Manutenção de Redes e Sistemas Informáticos) Setembro/2010 Gesp.007.03

Leia mais

Instalação do Sistema Operativo Windows XP

Instalação do Sistema Operativo Windows XP Curso Profissional - Técnico de Informática de Gestão 10ºB Prof. Pedro Lopes Ficha de Trabalho nº1 S i s t e m a s d e I n f o r m a ç ã o Instalação do Sistema Operativo Windows XP A instalação de um

Leia mais

Relatório da Componente de Formação em Contexto de Trabalho do Curso de Instalação e Manutenção de Redes e Sistemas Informáticos

Relatório da Componente de Formação em Contexto de Trabalho do Curso de Instalação e Manutenção de Redes e Sistemas Informáticos Relatório da Componente de Formação em Contexto de Trabalho do Curso de Instalação e Manutenção de Redes e Sistemas Informáticos Relatório Final de Estagio Luís Manuel Nogueira Marques Município de Fafe

Leia mais

R E L A T Ó R I O D E E S T Á G I O

R E L A T Ó R I O D E E S T Á G I O INSTITUTO POLITÉCNICO DA GUARDA ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO R E L A T Ó R I O D E E S T Á G I O ANTONY CARVALHO, Nº 9063 RELATÓRIO PARA A OBTENÇÃO DO DIPLOMA DE ESPECIALIZAÇÃO TECNOLÓGICA EM

Leia mais

Software da Impressora

Software da Impressora Software da Impressora Acerca do Software da Impressora O software Epson inclui o controlador de impressão e o EPSON Status Monitor 3. O controlador de impressão é um software que permite controlar a impressora

Leia mais

TABELA DE PREÇOS SERVIÇOS

TABELA DE PREÇOS SERVIÇOS SERVIÇOS A COMPUTADORES DESKTOP Análise e Aconselhamento Gratuito Diagnósticos Pc s Desktop [reparado até este valor] 20,00 Taxa de Urgência 25,00 Assemblagem Pc s / Upgrades 25,00 Montagem / Substituição

Leia mais

Manual do Utilizador

Manual do Utilizador Manual do Utilizador Impressora de etiquetas QL-700 Leia e compreenda este manual antes de usar a máquina. Recomendamos que o mantenha num local acessível para futuras consultas. www.brother.com POR ver.

Leia mais

Trabalho realizado por: Rui Rosa, N.º11

Trabalho realizado por: Rui Rosa, N.º11 Trabalho realizado por: Rui Rosa, N.º11 São Roque do Pico, 28 de março de 2014 Índice Introdução 3 Avarias em computadores 4 Problema- O computador não liga 5 Problema O computador liga mas não dá imagem

Leia mais

Inspiron 15. Manual de serviço. 7000 Series. Modelo do computador: Inspiron 15-7559 Modelo normativo: P57F Tipo normativo: P57F002

Inspiron 15. Manual de serviço. 7000 Series. Modelo do computador: Inspiron 15-7559 Modelo normativo: P57F Tipo normativo: P57F002 Inspiron 15 7000 Series Manual de serviço Modelo do computador: Inspiron 15-7559 Modelo normativo: P57F Tipo normativo: P57F002 Notas, avisos e advertências NOTA: Uma NOTA indica informações importantes

Leia mais

INSTALAÇÃO PRINTERTUX Tutorial

INSTALAÇÃO PRINTERTUX Tutorial INSTALAÇÃO PRINTERTUX Tutorial 2 1. O Sistema PrinterTux O Printertux é um sistema para gerenciamento e controle de impressões. O Produto consiste em uma interface web onde o administrador efetua o cadastro

Leia mais

Este manual inclui: Informações de segurança na página 35. Resolução de problemas da configuração na página 36. Obter mais informações na página 40.

Este manual inclui: Informações de segurança na página 35. Resolução de problemas da configuração na página 36. Obter mais informações na página 40. Este manual inclui: Informações de segurança na página 35. Resolução de problemas da configuração na página 36. Obter mais informações na página 40. Informações de segurança Utilize apenas a fonte de alimentação

Leia mais

Dell Inspiron 15/15R Manual do proprietário

Dell Inspiron 15/15R Manual do proprietário Dell Inspiron 15/15R Manual do proprietário Modelo do computador: Inspiron 3521/5521/5537 Modelo regulamentar: P28F Tipo regulamentar: P28F001/P28F003 Notas, Avisos e Advertências NOTA: Uma NOTA indica

Leia mais

PERIVER PLATAFORMA SOFTWARE REQUIREMENT SPECIFICATION. Periver_SoftwareRequirementSpecification_2008-03-31_v1.0.doc. Versão 1.0

PERIVER PLATAFORMA SOFTWARE REQUIREMENT SPECIFICATION. Periver_SoftwareRequirementSpecification_2008-03-31_v1.0.doc. Versão 1.0 PLATAFORMA Versão 1.0 31 de Março de 2008 TABELA DE REVISÕES Versão Autores Descrição da Versão Aprovadores Data António Rocha Cristina Rodrigues André Ligeiro V0.1r Dinis Monteiro Versão inicial António

Leia mais

Prof. Sandrina Correia

Prof. Sandrina Correia Tecnologias de I informação de C omunicação 9º ANO Prof. Sandrina Correia TIC Prof. Sandrina Correia 1 Objectivos Definir os conceitos de Hardware e Software Identificar os elementos que compõem um computador

Leia mais

Utilizar o Cisco UC 320W com o Windows Small Business Server

Utilizar o Cisco UC 320W com o Windows Small Business Server Utilizar o Cisco UC 320W com o Windows Small Business Server Esta nota de aplicação explica como implementar o Cisco UC 320W num ambiente do Windows Small Business Server. Índice Este documento inclui

Leia mais

ZS Rest. Manual Avançado. Instalação em Rede. v2011

ZS Rest. Manual Avançado. Instalação em Rede. v2011 Manual Avançado Instalação em Rede v2011 1 1. Índice 2. Introdução... 2 3. Hardware... 3 b) Servidor:... 3 c) Rede:... 3 d) Pontos de Venda... 4 4. SQL Server... 5 e) Configurar porta estática:... 5 5.

Leia mais

Redes de Computadores. Trabalho de Laboratório Nº3

Redes de Computadores. Trabalho de Laboratório Nº3 Redes de Computadores Curso de Eng. Informática Curso de Eng. Electrotécnica e Computadores Trabalho de Laboratório Nº3 Rede Ponto-a-Ponto; Rede Cliente-Servidor; WAN básica com Routers 1 Objectivo Criar

Leia mais

Comunicação sem fios (somente em alguns modelos) Manual do utilizador

Comunicação sem fios (somente em alguns modelos) Manual do utilizador Comunicação sem fios (somente em alguns modelos) Manual do utilizador Copyright 2007 Hewlett-Packard Development Company, L.P. Windows é uma marca registada da Microsoft Corporation nos E.U.A. Bluetooth

Leia mais

Este manual utiliza duas unidades de medição. Este equipamento utiliza a versão métrica.

Este manual utiliza duas unidades de medição. Este equipamento utiliza a versão métrica. Guia de Rede Para uma utilização segura e correcta, certifique-se de que lê as Informações de Segurança em "Referência de Cópia" antes de utilizar o equipamento. Introdução Este manual contém instruções

Leia mais

Estrutura e Funcionamento de um Computador

Estrutura e Funcionamento de um Computador Estrutura e Funcionamento de um Computador ESE Viseu 2009/2010 Docente: Maribel Miranda Pinto O hardware é a parte física do computador, a parte palpável do computador, ou seja, é o conjunto de componentes

Leia mais

Lumitester PD-20. Manual de uso. Índice. Software de controlo

Lumitester PD-20. Manual de uso. Índice. Software de controlo Índice Lumitester PD-20 Software de controlo Manual de uso Muito obrigado por comprar o aparelho Lumitester PD-20. Antes de pôr em operação este manual deve ser lido na sua totalidade para o uso seguro

Leia mais

Reconhecer a estrutura de um sistema operativo. Definir um plano de instalação de um servidor de rede local.

Reconhecer a estrutura de um sistema operativo. Definir um plano de instalação de um servidor de rede local. FICHA TÉCNICA Exercício nº 7 Data de Aplicação 12/02/2009 NOME DO EXERCÍCIO Selecção de Hardware para Rede Local 773 DESTINATÁRIOS Duração Pré Requisitos Recursos / Equipamentos Orientações Pedagógicas

Leia mais

Manual de Substituição de Hardware Lenovo 3000 J Series. Tipos 7387, 7388, 7389, 7393, 7394, 7395

Manual de Substituição de Hardware Lenovo 3000 J Series. Tipos 7387, 7388, 7389, 7393, 7394, 7395 Manual de Substituição de Hardware Lenovo 3000 J Series Tipos 7387, 7388, 7389, 7393, 7394, 7395 Lenovo 3000 J Series Primeira Edição (Julho de 2006) Copyright Lenovo 2005, 2006. Portions Copyright International

Leia mais

www.tacas-software.com Guia de Instalação e Manual do Utilizador TACAS-SOFTWARE - Guia de Instalação e Manual do Utilizador

www.tacas-software.com Guia de Instalação e Manual do Utilizador TACAS-SOFTWARE - Guia de Instalação e Manual do Utilizador www.tacas-software.com Guia de Instalação e Manual do Página 1 de 37 Software de Gestão Comercial Portátil NOTA IMPORTANTE: O SEU SOFTWARE DE GESTÃO É FORNECIDO COM UM NUMERO DE IDENTIFICAÇÃO QUE SE ENCONTRA

Leia mais

Dualinfor Formação e Serviços Informáticos, Lda.

Dualinfor Formação e Serviços Informáticos, Lda. Dualinfor Formação e Serviços Informáticos, Lda. Sobre Nós Estamos no mercado desde 1998 e temos registado um crescimento sustentado, alavancado por uma equipa que integra profissionais com muitos anos

Leia mais

Manual de Instalação Solução Alinex Salas TIC Pág. 1/32

Manual de Instalação Solução Alinex Salas TIC Pág. 1/32 Í n d i c e 1) Pré-requisitos...5 2) Apresentação da solução...5 3) Instruções Passo a Passo de instalação da Solução...6 4) Primeiros passos...7 a) Preparar o equipamento...7 b) Configuração RAID em Servidores

Leia mais

Sem fios (somente em alguns modelos)

Sem fios (somente em alguns modelos) Sem fios (somente em alguns modelos) Manual do utilizador Copyright 2006 Hewlett-Packard Development Company, L.P. Microsoft e Windows são marcas registadas da Microsoft Corporation nos EUA. Bluetooth

Leia mais

PHC ControlDoc CS BENEFÍCIOS. _Fim do papel a circular na empresa. _Rapidez na pesquisa de documentos. _Segurança detalhada no acesso aos documentos

PHC ControlDoc CS BENEFÍCIOS. _Fim do papel a circular na empresa. _Rapidez na pesquisa de documentos. _Segurança detalhada no acesso aos documentos Com o PHC ControlDoc pode arquivar digitalmente todo o tipo de ficheiros (Imagens, Word, Excel, PDF, etc.) e relacioná-los com os dados existentes nas restantes aplicações. PHC ControlDoc CS Reduza os

Leia mais

PHC ControlDoc CS. ππ Empresas e organizações que desejem acabar com a circulação de papel BENEFÍCIOS SOLUCÃO DESTINATÁRIOS

PHC ControlDoc CS. ππ Empresas e organizações que desejem acabar com a circulação de papel BENEFÍCIOS SOLUCÃO DESTINATÁRIOS Com o PHC ControlDoc pode arquivar digitalmente todo o tipo de ficheiros (Imagens, Word, Excel, PDF, etc.) e relacioná-los com os dados existentes nas restantes aplicações. PHC ControlDoc CS Reduza os

Leia mais

Instalar o Software da Impressora... 2. Consulte o Manual do Usuário para obter informações e instruções detalhadas não abordadas neste manual.

Instalar o Software da Impressora... 2. Consulte o Manual do Usuário para obter informações e instruções detalhadas não abordadas neste manual. GUIA RÁPIDO para o utilizador do Windows Vista ÍNDICE Capítulo 1: REQUISITOS DO SISTEMA... 1 Capítulo 2:... 2 Instalar o Software da Impressora... 2 Instalar o Software para a Impressão em Rede... 5 Capítulo

Leia mais

Solução Base. Descrição do Serviço. A melhor solução de Internet e Voz para Profissionais e Empresas.

Solução Base. Descrição do Serviço. A melhor solução de Internet e Voz para Profissionais e Empresas. Solução Base Descrição do Serviço A melhor solução de Internet e Voz para Profissionais e Empresas. O acesso Internet Banda Larga que evolui com as suas necessidades. Características Solução adequada para:

Leia mais

ZSRest. Manual de Configuração ZSPDA. V2011-Certificado

ZSRest. Manual de Configuração ZSPDA. V2011-Certificado Manual de Configuração ZSPDA V2011-Certificado 1 1. Índice 2. Introdução... 2 3. Pré-requisitos... 3 a) Base de dados... 3 b) Firewall... 3 c) Licença... 3 d) Rede sem fios... 3 e) PDA... 4 4. ZSPDA Interface...

Leia mais

Comece aqui. Alinhar os tinteiros sem um computador

Comece aqui. Alinhar os tinteiros sem um computador Comece aqui Alinhar os tinteiros sem um computador Certifique-se de que segue os passos descritos na Folha de Instalação para instalar o hardware. Para optimizar a qualidade de impressão, proceda do modo

Leia mais

Algumas informações sobre a rede informática do ISA

Algumas informações sobre a rede informática do ISA Algumas informações sobre a rede informática do ISA Fernanda Valente Graça Abrantes A grande maioria dos computadores do Instituto Superior de Agronomia estão ligados entre si constituindo uma Intranet,

Leia mais

Manual de Substituição de Hardware Tipos 8012, 8794, 8798, 8802 Tipos 8806, 8811, 8816

Manual de Substituição de Hardware Tipos 8012, 8794, 8798, 8802 Tipos 8806, 8811, 8816 Manual de Substituição de Hardware Tipos 8012, 8794, 8798, 8802 Tipos 8806, 8811, 8816 Manual de Substituição de Hardware Tipos 8012, 8794, 8798, 8802 Tipos 8806, 8811, 8816 Primeira Edição (Julho 2006)

Leia mais

EW7033 caixa para discos rígidos SATA de 2,5 USB 3.0

EW7033 caixa para discos rígidos SATA de 2,5 USB 3.0 EW7033 caixa para discos rígidos SATA de 2,5 USB 3.0 2 PORTUGUÊS EW7033 Caixa para discos rígidos SATA de 2,5" USB 3.0 Índice 1.0 Introdução... 2 1.1 Funções e funcionalidades... 2 1.2 Conteúdo da embalagem...

Leia mais

EW7011 Estação de ancoragem USB 3.0 para discos rígidos SATA de 2,5" e 3,5"

EW7011 Estação de ancoragem USB 3.0 para discos rígidos SATA de 2,5 e 3,5 EW7011 Estação de ancoragem USB 3.0 para discos rígidos SATA de 2,5" e 3,5" 2 PORTUGUÊS Estação de Ancoragem USB 3.0 EW7011 para discos rígidos SATA de 2,5" e 3,5" Índice 1.0 Introdução... 2 1.1 Funções

Leia mais

O GUIA PRÁTICO DAS REDES LOCAIS E WIRELESS

O GUIA PRÁTICO DAS REDES LOCAIS E WIRELESS ANTÓNIO EDUARDO MARQUES O GUIA PRÁTICO DAS REDES LOCAIS E WIRELESS Portugal/2007 Reservados todos os direitos por Centro Atlântico, Lda. Qualquer reprodução, incluindo fotocópia, só pode ser feita com

Leia mais

Manual de detecção e Reparação de avarias em Equipamentos Informáticos. Instalação e Reparação de Computadores - Hugo Alves

Manual de detecção e Reparação de avarias em Equipamentos Informáticos. Instalação e Reparação de Computadores - Hugo Alves Manual de detecção e Reparação de avarias em Equipamentos Informáticos 1 Sintoma: O PC Não Liga Procedimentos/testes: Verificar se o PC está correctamente ligado á tomada de alimentação Problemas: PC está

Leia mais

www.bematech.com.br Guia de Referência Rápida da Impressora MP-4200 TH. P/N: 501002500 - Rev.1.3 (WEB) (Junho de 2009 - Primeira edição)

www.bematech.com.br Guia de Referência Rápida da Impressora MP-4200 TH. P/N: 501002500 - Rev.1.3 (WEB) (Junho de 2009 - Primeira edição) Este Guia de Referência Rápida contém uma breve descrição sobre a Impressora MP-4200 TH, e inclui algumas inforçações básicas sobre sua instalação e operação. Para mais detalhes sobre o produto, consulte

Leia mais

Instituto do Emprego e Formação Profissional

Instituto do Emprego e Formação Profissional Instituto do Emprego e Formação Profissional Curso de Instalação e Manutenção de Sistemas Informáticos/ Técnicos de Informática Módulo de Rede Local Administração (0775/RLA) Projeto de Administração de

Leia mais

PHC ControlDoc BENEFÍCIOS. _Fim do papel a circular na empresa. _Rapidez de encontrar um documento

PHC ControlDoc BENEFÍCIOS. _Fim do papel a circular na empresa. _Rapidez de encontrar um documento Com o ControlDoc pode arquivar digitalmente todo o tipo de ficheiros (Imagens, Word, Excel, PDF, etc.) e relacioná-los com os dados existentes nas restantes aplicações. PHC ControlDoc Reduza os custos

Leia mais

Laboratório de Sistemas e Redes. Nota sobre a Utilização do Laboratório

Laboratório de Sistemas e Redes. Nota sobre a Utilização do Laboratório Nota sobre a Utilização do Laboratório 1. Introdução O laboratório de Sistemas e Redes foi criado com o objectivo de fornecer um complemento prático de qualidade ao ensino das cadeiras do ramo Sistemas

Leia mais

Porque as suas regras de negócio são específicas, precisa de uma sua solução de gestão que permite gerir essa diferença.

Porque as suas regras de negócio são específicas, precisa de uma sua solução de gestão que permite gerir essa diferença. Porquê NEXT Vision Porque as suas regras de negócio são específicas, precisa de uma sua solução de gestão que permite gerir essa diferença.... Poder de adaptação Porque cabe a si decidir como pretende

Leia mais

Planificação Anual. Planificação de Médio Prazo (1.º Período) Tecnologias da Informação e Comunicação. 9º Ano

Planificação Anual. Planificação de Médio Prazo (1.º Período) Tecnologias da Informação e Comunicação. 9º Ano Escola Básica do 2º e 3º Ciclos João Afonso de Aveiro Departamento de Matemática e Ciências Experimentais Secção de Informática Planificação Anual (1.º Período) Ano lectivo 2010/2011 Tecnologias da Informação

Leia mais

Seu manual do usuário EPSON LQ-630 http://pt.yourpdfguides.com/dref/1120693

Seu manual do usuário EPSON LQ-630 http://pt.yourpdfguides.com/dref/1120693 Você pode ler as recomendações contidas no guia do usuário, no guia de técnico ou no guia de instalação para. Você vai encontrar as respostas a todas suas perguntas sobre a no manual do usuário (informação,

Leia mais

Sistemas de informação (S.I.)

Sistemas de informação (S.I.) Sistemas de informação (S.I.) Índice geral: Contents Índice geral: 1 SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Sistemas de Gestão Empresarial 3 TIPOS DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO 5 SEGURANÇA NOS SISTEMAS DE INFORMAÇÃO 6 Noções

Leia mais

TABELA 3.1 Requisitos do Windows Server 2008 Standard

TABELA 3.1 Requisitos do Windows Server 2008 Standard 3 3INSTALAÇÃO DE UM SERVIDOR 2008 Feita a apresentação das funcionalidades do Windows Server 2008, eis que chega a hora mais desejada: a da implementação do nosso servidor. No entanto não é de todo recomendável

Leia mais

Série de CÂMARA IR EM REDE EXTERIOR

Série de CÂMARA IR EM REDE EXTERIOR Série de CÂMARA IR EM REDE EXTERIOR MANUAL DE INSTALAÇÃO Ler estas instruções na sua totalidade antes de colocar em funcionamento e devem ser guardadas para consulta futura. 1. GENERALIDADES 1.1 Conteúdo

Leia mais

Formação Modular Certificada. Arquitetura interna do computador. Hardware e Software UFCD - 0769. Joaquim Frias

Formação Modular Certificada. Arquitetura interna do computador. Hardware e Software UFCD - 0769. Joaquim Frias Formação Modular Certificada Arquitetura interna do computador Hardware e Software UFCD - 0769 Joaquim Frias Computador É um conjunto de dispositivos eletrónicos capaz de aceitar dados e instruções, executa

Leia mais

Boot Camp Manual de Instalação e Configuração

Boot Camp Manual de Instalação e Configuração Boot Camp Manual de Instalação e Configuração Contéudo 3 Introdução 4 Elementos necessários 5 Descrição geral da instalação 5 Passo 1: Verificar se existem actualizações 5 Passo 2: Preparar o computador

Leia mais

CÂMARA DE VIGILÂNCIA DE REDE AVANÇADA COM ABÓBADA MANUAL DE INSTALAÇÃO

CÂMARA DE VIGILÂNCIA DE REDE AVANÇADA COM ABÓBADA MANUAL DE INSTALAÇÃO CÂMARA DE VIGILÂNCIA DE REDE AVANÇADA COM ABÓBADA MANUAL DE INSTALAÇÃO Ler estas instruções na sua totalidade antes de colocar em funcionamento e devem ser guardadas para consulta futura. 1. GENERALIDADES

Leia mais

SAFT para siscom. Manual do Utilizador. Data última versão: 07.11.2008 Versão: 1.01. Data criação: 21.12.2007

SAFT para siscom. Manual do Utilizador. Data última versão: 07.11.2008 Versão: 1.01. Data criação: 21.12.2007 Manual do Utilizador SAFT para siscom Data última versão: 07.11.2008 Versão: 1.01 Data criação: 21.12.2007 Faro R. Dr. José Filipe Alvares, 31 8005-220 FARO Telf. +351 289 899 620 Fax. +351 289 899 629

Leia mais

Sugestões importantes

Sugestões importantes Sugestões importantes Comuns ao N91 e N91 8GB Nokia PC Suite (especialmente para o Nokia Audio Manager) O Nokia PC Suite foi optimizado para a gestão dos dados existentes na memória do telefone [C:]. O

Leia mais

Introdução. Nokia N77-1 1ª Edição PT

Introdução. Nokia N77-1 1ª Edição PT Introdução Nokia N77-1 1ª Edição PT Teclas e componentes (frente e lateral) Número do modelo: Nokia N77-1. A seguir referido como Nokia N77. 1 Sensor de luz 2 Câmara secundária com menor resolução 3 Teclas

Leia mais

Manual de Comunicações de Rede e Internet Desktops empresariais

Manual de Comunicações de Rede e Internet Desktops empresariais Manual de Comunicações de Rede e Internet Desktops empresariais Número de peça do documento: 312968-131 Fevereiro de 2003 Este manual fornece definições e instruções para utilização das funcionalidades

Leia mais

ESPECIFICANDO ITENS DO SUPORTE

ESPECIFICANDO ITENS DO SUPORTE ESPECIFICANDO ITENS DO SUPORTE RUA DO BOM PASTOR, 47; Sala 202; IPUTINGA RECIFE - PE CEP: 50670-260 - CNPJ: 14.668.041/0001-65 Fone: +55 (81) 3048-5649 / +55 (81) 4102-0316 Fax: +55 (81) 3048-5649 Email:

Leia mais

QUALIFICAÇÃO TÉCNICA EM HARDWARE

QUALIFICAÇÃO TÉCNICA EM HARDWARE OPORTUNIDADE Estamos diante de um fato: o computador está presente em estabelecimentos dos mais diversos ramos e em muitos lares brasileiros. Sem dúvida este dado revela uma grande oportunidade no mercado

Leia mais

INSTITUTO POLITÉCNICO DA GUARDA ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO

INSTITUTO POLITÉCNICO DA GUARDA ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO INSTITUTO POLITÉCNICO DA GUARDA ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO R E L A T Ó R I O D E E S T Á G I O CARLA SOFIA ESTEVES GERALDES RELATÓRIO PARA A OBTENÇÃO DO GRAU DE ESPECIALIZAÇÃO TECNOLÓGICA EM

Leia mais

Escola Básica 2, 3 de Lamaçães Planificação Anual 2007/08 Tecnologias de Informação e Comunicação

Escola Básica 2, 3 de Lamaçães Planificação Anual 2007/08 Tecnologias de Informação e Comunicação Escola Básica 2, 3 de Lamaçães Planificação Anual 2007/08 Tecnologias de Informação e Comunicação Unidade de Ensino/Aprendizagem Tecnologias da Informação e Comunicação Conceitos Introdutórios Conceitos

Leia mais

Scanner Compacto SnapScan S1300i

Scanner Compacto SnapScan S1300i Scanner Compacto SnapScan S1300i Especificações Funcionais Velocidade de digitalização melhorada (12 páginas por minuto) Sincronize facilmente com dispositivos ipad/iphone e Android Conecte-se facilmente

Leia mais

Objectivos Gerais da Aplicação 5 Requisitos Mínimos e Recomendados 5 Processo de Instalação 6

Objectivos Gerais da Aplicação 5 Requisitos Mínimos e Recomendados 5 Processo de Instalação 6 MANUAL DO UTILIZADOR A informação contida neste manual, pode ser alterada sem qualquer aviso prévio. A Estratega Software, apesar dos esforços constantes de actualização deste manual e do produto de software,

Leia mais

Caderno de Encargos - Ref. AGO/2009 Assistência Técnica. Parte I Cláusulas Jurídicas. Artigo 1.º

Caderno de Encargos - Ref. AGO/2009 Assistência Técnica. Parte I Cláusulas Jurídicas. Artigo 1.º Caderno de Encargos - Ref. AGO/2009 Assistência Técnica Parte I Cláusulas Jurídicas Artigo 1.º Objecto 1 - O presente Caderno de Encargos tem por objecto a aquisição de serviços de assistência técnica

Leia mais

Vodafone ADSL Station Manual de Utilizador. Viva o momento

Vodafone ADSL Station Manual de Utilizador. Viva o momento Vodafone ADSL Station Manual de Utilizador Viva o momento 3 4 5 5 6 6 7 8 9 12 12 14 16 17 18 19 20 21 22 22 23 23 24 24 24 25 26 27 Ligar o Router LEDs Configuração do Router Aceder à ferramenta de configuração

Leia mais

APRESENTAÇÃO...Página 05. LICENÇA...Página 07. GUIA DE INSTALAÇÃO DO SERVIDOR...Página 09. GUIA DE INSTALAÇÃO DO PONTO DE REDE...

APRESENTAÇÃO...Página 05. LICENÇA...Página 07. GUIA DE INSTALAÇÃO DO SERVIDOR...Página 09. GUIA DE INSTALAÇÃO DO PONTO DE REDE... GUIA DE INSTALAÇÃO GUIA DE INSTALAÇÃO ÍNDICE - 4 ÍNDICE PASSO - APRESENTAÇÃO...Página 05 - Aproveite o XDental 2012 LICENÇA...Página 07 - Contrato de Licenciamento de Uso do Software GUIA DE INSTALAÇÃO

Leia mais

Mac OS X 10.6 Snow Leopard Manual de Instalação e Configuração

Mac OS X 10.6 Snow Leopard Manual de Instalação e Configuração Mac OS X 10.6 Snow Leopard Manual de Instalação e Configuração Leia este documento antes de instalar o Mac OS X. Ele inclui informações importantes acerca da instalação do Mac OS X. Requisitos de sistema

Leia mais

Comunicação sem fios (somente em alguns modelos)

Comunicação sem fios (somente em alguns modelos) Comunicação sem fios (somente em alguns modelos) Manual do utilizador Copyright 2007 Hewlett-Packard Development Company, L.P. Windows é uma marca comercial registada da Microsoft Corporation nos EUA.

Leia mais

ZSRest. Manual de Configuração. CheckOutPDA. V2011-Certificado

ZSRest. Manual de Configuração. CheckOutPDA. V2011-Certificado Manual de Configuração CheckOutPDA V2011-Certificado 1 1. Índice 2. Introdução... 2 3. Pré-requisitos... 3 a) Base de dados... 3 b) Firewall... 3 c) Rede sem fios... 3 d) PDA... 3 4. Instalar PDA... 4

Leia mais

Sistema Operativo em Ambiente Gráfico

Sistema Operativo em Ambiente Gráfico Sistema Operativo em Ambiente Gráfico Configuração do computador com o sistema operativo de interface gráfico O Windows permite configurar o computador de várias maneiras, quer através do Painel de controlo

Leia mais

Guia DIE-100 para ADSL e sistema operacional Windows 98

Guia DIE-100 para ADSL e sistema operacional Windows 98 Guia DIE-100 para ADSL e sistema operacional Windows 98 O Express First Net Internet Kit da D-Link permitirá que você conecte seu escritório com o mundo, compartilhe o acesso à Internet com grande velocidade

Leia mais

Verificando os componentes

Verificando os componentes PPC-4542-01PT Agradecemos a aquisição do scanner de imagem em cores fi-65f. Este manual descreve os preparativos necessários para o uso deste produto. Siga os procedimentos aqui descritos. Certifique-se

Leia mais

INSTITUTO POLITÉCNICO DA GUARDA ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO RELATÓRIO DE ESTÁGIO. Luís Miguel Nicolau Valente.

INSTITUTO POLITÉCNICO DA GUARDA ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO RELATÓRIO DE ESTÁGIO. Luís Miguel Nicolau Valente. INSTITUTO POLITÉCNICO DA GUARDA ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO RELATÓRIO DE ESTÁGIO Luís Miguel Nicolau Valente Julho de 2008 RELATÓRIO FINAL PARA A OBTENÇÃO DO GRAU DE NÍVEL IV EM DESENVOLVIMENTO

Leia mais

Guia de Instalação Máquina Bin VX 680. Bem simples. Bem próximo.

Guia de Instalação Máquina Bin VX 680. Bem simples. Bem próximo. Guia de Instalação Máquina Bin Bem simples. Bem próximo. TM TM Índice 1. Kit de instalação 2. Vista frontal da máquina 3. Instalando e desinstalando a bateria inteligente 4. Instalando a bobina 5. Conectando

Leia mais

PONTDOC. Sistema de Gestão Documental. Dossier de Produto 02.01.2009 DP10.02. www.pontual.pt UGD 1 de 13

PONTDOC. Sistema de Gestão Documental. Dossier de Produto 02.01.2009 DP10.02. www.pontual.pt UGD 1 de 13 PONTDOC Sistema de Gestão Documental Dossier de Produto DP10.02 02.01.2009 www.pontual.pt UGD 1 de 13 PONTDoc Sistema de Gestão Documental A Pontual A Pontual é uma empresa de capitais 100% nacionais,

Leia mais

Conceitos básicos sobre TIC

Conceitos básicos sobre TIC Conceitos básicos sobre TIC Origem da palavra Informática Informação + Automática Informática Significado: Tratamento ou processamento da informação utilizando meios automáticos, nomeadamente o computador.

Leia mais

SOFTWARE OPTAC. Manual do Utilizador

SOFTWARE OPTAC. Manual do Utilizador SOFTWARE OPTAC Manual do Utilizador Stoneridge Limited Claverhouse Industrial Park Dundee DD4 9UB Help-line Telephone Number: 800860008 E-Mail: optacpt@stoneridge.com Document version 4.0 Part Number:

Leia mais

GUIA DE INSTALAÇÃO & PRIMEIROS PASSOS ANALOGON SOFTWARE

GUIA DE INSTALAÇÃO & PRIMEIROS PASSOS ANALOGON SOFTWARE GUIA DE INSTALAÇÃO & PRIMEIROS PASSOS ANALOGON SOFTWARE 1 Manual do utilizador Guia Analogon Analogon Software 2012 Intensidade Global, Lda 1 V3/2012 1 Intensidade Global, Lda Rua Dr. Eduardo Gonçalves,

Leia mais

Realizado por: Fábio Rebeca Nº6. Iuri Santos Nº8. Telmo Santos Nº23

Realizado por: Fábio Rebeca Nº6. Iuri Santos Nº8. Telmo Santos Nº23 Realizado por: Fábio Rebeca Nº6 Iuri Santos Nº8 Telmo Santos Nº23 1 Tutorial de instalação e partilha de ficheiros no Ubuntu Índice Índice... 1 Introdução... 2 Material que iremos utilizar... 3 Instalação

Leia mais

RELATÓRIO DE ESTÁGIO M e g a D e s p e r t a r I n f o r m á t i c a

RELATÓRIO DE ESTÁGIO M e g a D e s p e r t a r I n f o r m á t i c a RELATÓRIO DE ESTÁGIO Mega Despertar Informática Identificação Nome do Projecto: Site Publicitário Vinhos Cláudia Cristina Ferreira Morgado N.º 9449 CET, Produtos de Desenvolvimento para a Multimédia IPG

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES. Disco rígido. com ligação USB 1.1/2.0 e IEEE 1394. Copyright 2005, Eures GmbH. Reservados todos los derechos.

MANUAL DE INSTRUÇÕES. Disco rígido. com ligação USB 1.1/2.0 e IEEE 1394. Copyright 2005, Eures GmbH. Reservados todos los derechos. MANUAL DE INSTRUÇÕES Disco rígido com ligação USB 1.1/2.0 e IEEE 1394 Copyright 2005, Eures GmbH. Reservados todos los derechos. Reservado el derecho de modificación técnica. Las marcas comerciales son

Leia mais

Guia de Instalação para Windows Vista

Guia de Instalação para Windows Vista Guia de Instalação para Windows Vista Antes de utilizar o aparelho, tem de configurar o hardware e instalar o controlador. Leia o Guia de Instalação Rápida e este Guia de Instalação para Windows Vista

Leia mais

Formação em Contexto de Trabalho

Formação em Contexto de Trabalho Relatório da Componente de Formação em Contexto de Trabalho do Curso de Especialização Tecnológica de Gestão de Redes e Sistemas Informáticos Formação em Contexto de Trabalho José Ricardo Gonçalves de

Leia mais

Manual de primeiros socorros para computadores

Manual de primeiros socorros para computadores Manual de primeiros socorros para computadores Manual prático com procedimentos de manutenção, configuração e dicas de emergência para computadores de mesa. Por : www.confrariadigital.com Distribuição

Leia mais

Módulo de Estatísticas MANUAL DO UTILIZADOR

Módulo de Estatísticas MANUAL DO UTILIZADOR MANUAL DO UTILIZADOR Versão 1.4 ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO 2 2. REQUISITOS DO SISTEMA 3 3. CONTROLOS GERAIS DO WINDOWS 4 3.1 ESTRUTURA HIERÁRQUICA 4 3.2 CONTROLO DE DATA 5 4. INÍCIO DA UTILIZAÇÃO 8 5. IDENTIFICAÇÃO

Leia mais

PADRÃO DE INFRAESTRUTURA DE TECNOLOGIA PARA PRESTADORES DA UNIMED RIO VERDE

PADRÃO DE INFRAESTRUTURA DE TECNOLOGIA PARA PRESTADORES DA UNIMED RIO VERDE PADRÃO DE INFRAESTRUTURA DE TECNOLOGIA PARA PRESTADORES DA UNIMED RIO VERDE Versão 1.0 Data: 09/12/2013 Desenvolvido por: - TI Unimed Rio Verde 1 ÍNDICE 1. Objetivo... 4 2. Requsitos de Infraestrutura

Leia mais

Suporte Informática com 1 visita 12 meses

Suporte Informática com 1 visita 12 meses Suporte Informática com 1 visita 12 meses Suporte informática para configuração inicial, tirar dúvidas ou problemas de informática por telefone, acesso remoto e tirar máximo proveito do computador. Quando

Leia mais

Tabela de Preços. 10 - Computador com tela preta ou azul = R$ 110 / R$ 180 (problemas de software)

Tabela de Preços. 10 - Computador com tela preta ou azul = R$ 110 / R$ 180 (problemas de software) Tabela de Preços DETALHES DOS SERVIÇOS MAIS COMUNS PC WINDOWS 01 - Laudo técnico/diagnóstico = R$ 50 02 - Troca de fonte: R$110 + peça 03 - Super-aquecimento = R$110 04 - Configuração wireless = R$ 110

Leia mais

Dell Inspiron 14R Manual do proprietário

Dell Inspiron 14R Manual do proprietário Dell Inspiron 14R Manual do proprietário Modelo do computador: Inspiron 5420/7420 Modelo regulamentar: P33G Tipo regulamentar: P33G001 Notas, Avisos e Advertências NOTA: Uma NOTA indica informações importantes

Leia mais

Perguntas Frequentes para o Transformer TF201

Perguntas Frequentes para o Transformer TF201 Perguntas Frequentes para o Transformer TF201 PG7211 Gerir ficheiros... 2 Como acedo aos meus dados armazenados no cartão microsd, SD e dispositivo USB?... 2 Como movo o ficheiro seleccionado para outra

Leia mais

UPGRADES. Uma das melhores características do PC é o facto de ser uma arquitectura aberta, que permite a substituição de componentes com facilidade.

UPGRADES. Uma das melhores características do PC é o facto de ser uma arquitectura aberta, que permite a substituição de componentes com facilidade. IMEI UPGRADES Prof. Luís Moreira UPGRADES Uma das melhores características do PC é o facto de ser uma arquitectura aberta, que permite a substituição de componentes com facilidade. Do velho se faz novo.

Leia mais

Manual do Utilizador

Manual do Utilizador Manual do Utilizador Norton 360 Online Manual do Utilizador Documentação versão 2.0 Copyright 2008 Symantec Corporation. Todos os direitos reservados. O Software Licenciado e a Documentação são considerados

Leia mais

Se faltar algum dos artigos supracitados, contacte o fornecedor.

Se faltar algum dos artigos supracitados, contacte o fornecedor. M A N U A L S I - 7 0 7 1 2 5 1 C O N T E Ú D O D A E M B A L A G E M 4 E S P E C I F I C A Ç Õ E S T É C N I C A S 4 R E Q U I S I T O S D O S I S T E M A 4 I N S TA L A Ç Ã O D O H A R D W A R E 5 I

Leia mais

Manual de Procedimentos:

Manual de Procedimentos: Manual de Procedimentos: Laboratório de Fotografia Digital sala 43 Descrição: O Laboratório de Fotografia Digital é constituído por três scanners de transparências, um Nikon Super Coolscan 8000 ED, dois

Leia mais

A versão básica disponibiliza a informação criada no Microsoft Navision em unidades de informação

A versão básica disponibiliza a informação criada no Microsoft Navision em unidades de informação O Business Analytics for Microsoft Business Solutions Navision ajuda-o a ter maior controlo do seu negócio, tomar rapidamente melhores decisões e equipar os seus funcionários para que estes possam contribuir

Leia mais

Guia de Instalação para Windows Vista /Windows 7

Guia de Instalação para Windows Vista /Windows 7 Guia de Instalação para Windows Vista / 7 Antes de utilizar o aparelho, tem de configurar o hardware e instalar o controlador. Leia o Guia de Instalação Rápida e este Guia de Instalação para Windows Vista

Leia mais

BREVE MANUAL WIRELESS

BREVE MANUAL WIRELESS BREVE MANUAL WIRELESS Introdução O Projecto Municipal Seixal Digital pretende dotar o município do Seixal de equipamentos e infraestruturas que permitam o acesso às tecnologias de informação e comunicação.

Leia mais

MANUAL DE UTILIZADOR Aplicativo: Análise do Estudo da Lição da Escola Sabatina. 0. INTRODUÇÃO... 2 1. ARRANQUE DO APLICATIVO... 2 1.1. Início...

MANUAL DE UTILIZADOR Aplicativo: Análise do Estudo da Lição da Escola Sabatina. 0. INTRODUÇÃO... 2 1. ARRANQUE DO APLICATIVO... 2 1.1. Início... Índice 0. INTRODUÇÃO... 2 1. ARRANQUE DO APLICATIVO... 2 1.1. Início... 2 1.2. Perguntas de segurança... 2 2. FORMULÁRIO PRINCIPAL DO APLICATIVO... 4 2.1. Caixa de Texto: Nome da Igreja... 4 2.2. Botão:

Leia mais

Conteúdo do pacote. Lista de terminologia. Powerline Adapter

Conteúdo do pacote. Lista de terminologia. Powerline Adapter Powerline Adapter Note! Não expor o Powerline Adapter a temperaturas extremas. Não deixar o dispositivo sob a luz solar directa ou próximo a elementos aquecidos. Não usar o Powerline Adapter em ambientes

Leia mais

O REGISTO DO ACORDO OU DA PROVA DE COMPRA É NECESSÁRIO ANTES DE A SONY EFECTUAR QUALQUER SERVIÇO DE ASSISTÊNCIA.

O REGISTO DO ACORDO OU DA PROVA DE COMPRA É NECESSÁRIO ANTES DE A SONY EFECTUAR QUALQUER SERVIÇO DE ASSISTÊNCIA. Acordo PrimeSupport PS.UPDR200.123.1 / PS.UPDR200.12X.1 Versão 1.0 10/2008 Este documento fornece informações sobre o Acordo PrimeSupport ao Cliente. Leia-o cuidadosamente. Para activar os serviços de

Leia mais