Cinema na escola: O Tempo e o Vento. Trecho da série para TV (1985):

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Cinema na escola: O Tempo e o Vento. Trecho da série para TV (1985):"

Transcrição

1 Cinema na escola: O Tempo e o Vento Desde 1895, filmes foram feitos para emocionar, alegrar e surpreender seu público. Muitos deles mostram personagens com características bem marcadas. Características que podem ter um leve tom cultural. Seja nas gírias, ou no sotaque, seja no modo de viver ou através de fatos relembrados de acordo com seu lugar de origem. Os filmes tem uma importância cultural muito grande, pois é através deles que descobrimos os costumes de terras longínquas, as quais nunca visitamos. Disponível em - Acesso em 27 de julho de Proposta de cinema em sala de aula Filme: O Tempo e o Vento Lançamento: 27 de setembro de 2013 (2h7min) Dirigido por Jayme Monjardim Nacionalidade: Brasil Censura indicada no DVD/ filme: 12 anos Trailer oficial: Trecho da série para TV (1985): Reportagem sobre o filme:

2 Questões para serem trabalhadas com a turma Dica Professor, sugere-se que você escolha aquelas questões que podem ser discutidas, antes do filme, durante o filme e/ou depois do filme como uma atividade de interpretação de texto. Por uma questão didática, todas foram colocadas juntas para a sua escolha. Parte 01 O fazer do filme... QUESTÃO 01 O filme começa com a seguinte explicação inicial: De 1893 a 1985, as terras do sul do Brasil serviram de cenário a violentos combates entre facções políticas opostas Pergunta-se: que facções políticas eram essas? QUESTÃO 02 Você deve ter observado que a linguagem, no início do filme, é diferente do português atual. Você consegue se lembrar de alguma palavra ou expressão usada que se difere da forma de falar de hoje em dia? QUESTÃO 03 Durante o filme, é citado o nome de várias cidades. Cite algumas. Essas cidades existem na vida real?

3 QUESTÃO 04 As tradições gaúchas foram mostradas no filme em diversas cenas. Liste algumas características comuns aos gaúchos que tradicionalmente foram passadas de geração em geração (vestuário, alimentação, relação com os animais, música, maneira de falar...) QUESTÃO 05 O cenário e a iluminação são os grandes chamarizes desse filme. Descreva algumas cenas (locações) que mais tenham chamado sua atenção. QUESTÃO 06 Descreva também a iluminação do filme e como ela interage com os personagens em momentos de tensão e alegria.

4 QUESTÃO 07 Há, no filme, diversas cenas de casas: casas simples (taperas) e casas grandes, como a de Rodrigo Cambará. Como são essas casas? Quantos quartos tinham? Como era a decoração? Como eram as paredes e o piso? Eram claras ou escuras? QUESTÃO 08 As cenas em que as personagens apareciam deitadas nas camas, estavam sempre com muitas cobertas. O que possivelmente isso diz sobre o clima na região sul do Brasil? Parte 01 O que diz o filme... QUESTÃO 09 No início do filme, Bibiana conversa com o Capitão Rodrigo. Como ele está de saúde? QUESTÃO 10 Bibiana conta para Rodrigo sobre Pedro. Por quem Pedro foi criado? Em que lugar? Que habilidades Pedro tinha?

5 QUESTÃO 11 Essa narração acontece ao longo do filme? Como? QUESTÃO 12 Em 1756, o que aconteceu com Pedro, após os exércitos da Espanha e de Portugal destruírem os povos das Missões? QUESTÃO 13 Quem foi Ana Terra?

6 QUESTÃO 14 Por quem Ana Terra se apaixonou? QUESTÃO 15 Que fim levou Pedro? QUESTÃO 16 Quem foi Pedro Terra? QUESTÃO 17 Qual a relação entre Pedro Terra e Bibiana? QUESTÃO 18 Depois de os castelhanos saquearem a estância do pai de Ana Terra, o que ela e seu filho Pedro Terra decidem fazer?

7 QUESTÃO 19 Para onde eles foram? QUESTÃO 20 Apesar de toda a tristeza que se abateu sobre a vida de Ana Terra, o que a motivou a seguir em frente? QUESTÃO 21 A metáfora do tempo passando foi construída no filme pela imagem de uma roca. Como isso foi possível? Qual a relação entre tecer e passar o tempo? QUESTÃO 22 Com a morte de Ana Terra, chega à cidade um certo capitão Rodrigo. Por que ele tinha essa característica - certo?

8 QUESTÃO 23 Qual a relação entre Juvenal Terra e Rodrigo Cambará? QUESTÃO 24 O que o Capitão Rodrigo buscava? QUESTÃO 25 Todos aconselhavam Rodrigo Cambará a ir embora de Santa Fé. Por que eles faziam isso? Por que as pessoas eram resistentes ao certo capitão Rodrigo?

9 QUESTÃO 26 O que é uma adaga? QUESTÃO 27 Como o Capitão Rodrigo quase perdeu a batalha com seu oponente? Seu oponente foi leal? QUESTÃO 28 O que o capitão Rodrigo fez no rosto do seu oponente? QUESTÃO 29 Qual a relação entre Rodrigo Cambará e Bibiana? QUESTÃO 30 Segundo a avó de Bibiana, o destino das mulheres de Santa Fé era Fiar, chorar e esperar. Por que ela dizia isso?

10 QUESTÃO 31 Conversando com o Padre, Rodrigo propunha como ele achava que deveria ser o mundo. Quais eram as proposta de Rodrigo? QUESTÃO 32 Quantos filhos Bibiana teve? Qual era o nome deles? QUESTÃO 33 Rodrigo e Bibiana perdem uma filha. Como ela se chamava? De que ela morreu? Qual foi a reação de Rodrigo, quando soube? QUESTÃO 34 Liberais, como Bento Gonçalves, queriam separar o Rio Grande do Sul do Brasil. O que foi a Guerra dos Farrapos?

11 QUESTÃO 37 Quem foi Bento Gonçalves? QUESTÃO 36 A República Riograndense foi causa de luta de Rodrigo, ou não? Ele lutou pela república ou foi um rebelde separatista, ao lado de Bento Gonçalves? QUESTÃO 37 Bibiana é muito mais velha que Rodrigo e conversava com ele, contando e relembrando a história de várias gerações. Como é possível Bibiana ter ficado mais velha que Rodrigo Cambará? QUESTÃO 38 Ao final, fica claro uma antiga disputa entre famílias. EXPLIQUE como essa disputa foi afetiva e política. QUESTÃO 39 Quem venceu a guerra: os separatistas do Rio Grande do Sul ou a República?

12 QUESTÃO 40 Procure em jornais ou revistas se, ainda hoje, existem ideias separatistas no Brasil. QUESTÃO 41 O filme conta uma história de tempo e de gerações - o respeito pelo passado e a força com que construíram e reconstruíram a vida de pessoas que ergueram esse país. Explique o título O tempo e o vento e qual a relação deste título com um dizer de Ana Terra: Noite de vento, noite de mortos! QUESTÃO 42 Produza um pequeno texto, explicando a ideia de terra, de lugar e sua relação com as pessoas, as ideias e, principalmente, as ideias de pertencimento.

13 Dica final: Há outros filmes e livros que podem trabalhar as mesmas temáticas de O Tempo e o Vento. Filme: O Quatrilho Livro: Martin Fierro

O Tempo e o Vento O TEMPO E O VENTO. Minissérie 3 capítulos com Fernanda Montenegro e Thiago Lacerda, revisita maior obra de Érico Veríssimo

O Tempo e o Vento O TEMPO E O VENTO. Minissérie 3 capítulos com Fernanda Montenegro e Thiago Lacerda, revisita maior obra de Érico Veríssimo O Tempo e o Vento Minissérie 3 capítulos com Fernanda Montenegro e Thiago Lacerda, revisita maior obra de Érico Veríssimo plano comercial ÉPICO RETRATA A FORMAÇÃO DO RIO GRANDE DO SUL A Globo exibe de

Leia mais

Centro de Serviços Educacionais do Pará. Centro de Serviços Educacionais do Pará

Centro de Serviços Educacionais do Pará. Centro de Serviços Educacionais do Pará TURMA: 1º ANO/09 SALA: 105 07:30 às 08:20 08:20 às 09:10 MUSICA 10:20 às 11:10 TURMA: 1º ANO/09 SALA: 105 07:30 às 08:20 08:20 às 09:10 MUSICA 10:20 às 11:10 TURMA: 2º ANO/09 SALA: 104 07:30 às 08:20 08:20

Leia mais

Cinema na escola O Menino Maluquinho e Meu pé de laranja lima

Cinema na escola O Menino Maluquinho e Meu pé de laranja lima Cinema na escola O Menino Maluquinho e Meu pé de laranja lima Proposta de cinema em sala de aula Filmes: 1- O Menino Maluquinho 2- Meu pé de laranja lima Censura livre O Menino Maluquinho O livro O Menino

Leia mais

EDUCAÇÃO INFANTIL - NÍVEL 1 C

EDUCAÇÃO INFANTIL - NÍVEL 1 C EDUCAÇÃO INFANTIL - NÍVEL 1 A Linguagem Música Matemática Estudos Sociais Linguagem Matemática Linguagem Religião Recreação Ciências Ciências Matemática Estudos Sociais EDUCAÇÃO INFANTIL - NÍVEL 1 B Linguagem

Leia mais

Estudo dirigido artes Milton Gomes Segundo ano Ensino Médio. Capítulo 14. A arte no Barroco Europeu. 01 Como foi criado o termo Barroco? R. na p.

Estudo dirigido artes Milton Gomes Segundo ano Ensino Médio. Capítulo 14. A arte no Barroco Europeu. 01 Como foi criado o termo Barroco? R. na p. Estudo dirigido artes Milton Gomes Segundo ano Ensino Médio Capítulo 14 A arte no Barroco Europeu 01 Como foi criado o termo Barroco? R. na p.141 02 No livro, encontramos duas explicações para o surgimento

Leia mais

Viajando pelo Folclore Brasileiro. E.M.E.B. Nossa Senhora Do Loreto. Professor(es) Apresentador(es): Mariane de Oliveira Santos.

Viajando pelo Folclore Brasileiro. E.M.E.B. Nossa Senhora Do Loreto. Professor(es) Apresentador(es): Mariane de Oliveira Santos. Viajando pelo Folclore Brasileiro E.M.E.B. Nossa Senhora Do Loreto Professor(es) Apresentador(es): Mariane de Oliveira Santos Realização: Foco do Projeto Ampliar o repertório do grupo quanto ao tema folclore.

Leia mais

GENEROS TEXTUAIS E O LIVRO DIDÁTICO: DESAFIOS DO TRABALHO

GENEROS TEXTUAIS E O LIVRO DIDÁTICO: DESAFIOS DO TRABALHO GENEROS TEXTUAIS E O LIVRO DIDÁTICO: DESAFIOS DO TRABALHO Fernanda Félix da Costa Batista 1 INTRODUÇÃO O trabalho com gêneros textuais é um grande desafio que a escola tenta vencer, para isso os livros

Leia mais

Ano: 9º Turma: 9.1 e 9.2

Ano: 9º Turma: 9.1 e 9.2 COLÉGIO NOSSA SENHORA DA PIEDADE Programa de Recuperação Paralela 1ª Etapa 2014 Disciplina: HISTORIA Professor (a): RODRIGO CUNHA Ano: 9º Turma: 9.1 e 9.2 Caro aluno, você está recebendo o conteúdo de

Leia mais

Nome: Nº: Turma: Este caderno contém questões de: Português Matemática História Geografia Ciências - Espanhol

Nome: Nº: Turma: Este caderno contém questões de: Português Matemática História Geografia Ciências - Espanhol Nome: Nº: Turma: Este caderno contém questões de: Português Matemática História Geografia Ciências - Espanhol 1 Os exercícios deverão ser feitos no caderno, contendo as páginas dos mesmos. Leitura das

Leia mais

CONCURSO LITERÁRIO - CATEGORIA CONTOS

CONCURSO LITERÁRIO - CATEGORIA CONTOS CONCURSO LITERÁRIO - CATEGORIA CONTOS 1 Objetivo do Concurso: - Oportunizar o aprendizado e o estudo da cultura gaúcha através de contos; - Incentivar os jovens a escreverem mais, e desenvolverem a habilidade

Leia mais

Sequência didática Práticas pedagógicas e cinema: contribuições à Educação Ambiental Crítica

Sequência didática Práticas pedagógicas e cinema: contribuições à Educação Ambiental Crítica Sequência didática Práticas pedagógicas e cinema: contribuições à Educação Ambiental Crítica Objetivos: - Discutir concepções da Educação Ambiental crítica em sala de aula; - Estimular a divulgação de

Leia mais

Colégio Santa Dorotéia

Colégio Santa Dorotéia Colégio Santa Dorotéia Tema Transversal: Cultivar e guardar a Criação Disciplina: Língua Portuguesa / ESTUDOS AUTÔNOMOS Ano: 2º - Ensino Fundamental Aluno(a): N o : Turma: Professora: Data: 14 / 6 / 2017

Leia mais

VENHA PRO NOSSO ARRAIÁ!! 1

VENHA PRO NOSSO ARRAIÁ!! 1 UNIVERSIDADE DE CAXIAS DO SUL PROGRAMA DE LÍNGUAS ESTRANGEIRAS PORTUGUÊS BRASILEIRO COMO LE VENHA PRO NOSSO ARRAIÁ!! 1 Junho é o mês das Festas Juninas. Convidamos você a participar dessas festas, conhecendo

Leia mais

UFRN PIBID Subprojeto PIBID-Pedagogia SEQUENCIAS DIDÁTICAS

UFRN PIBID Subprojeto PIBID-Pedagogia SEQUENCIAS DIDÁTICAS SEQUENCIAS DIDÁTICAS EXPRESSÃO CORPORAL E ARTÍSTICA Para explorar outras formas de expressão... Produção textual através do texto de imagem por meio da obra: Ritinha Bonitinha - Eva Furnari. Apresentação

Leia mais

Você não precisa decorar nada

Você não precisa decorar nada Que aprender inglês é importante e vai mudar a sua vida você já sabe, mas como aprender inglês e como fazer isso por conta própria? Nós separamos abaixo algumas dicas inéditas e que sem dúvida vão fazer

Leia mais

Cinema na escola: Rio 2. Propostas de atividades para o Ensino Fundamental Anos Iniciais e Anos Finais Tema: Desmatamento na Amazônia

Cinema na escola: Rio 2. Propostas de atividades para o Ensino Fundamental Anos Iniciais e Anos Finais Tema: Desmatamento na Amazônia Cinema na escola: Rio 2 Propostas de atividades para o Ensino Fundamental Anos Iniciais e Anos Finais Tema: Desmatamento na Amazônia Filme: Rio 2 Lançamento: 27 de março de 2014 (1h42min) Dirigido por:

Leia mais

Ensino do Telejornalismo: uma experiência pedagógica laboratorial 1Paulo Eduardo Silva Lins Cajazeira

Ensino do Telejornalismo: uma experiência pedagógica laboratorial 1Paulo Eduardo Silva Lins Cajazeira 1 FÓRUM NACIONAL DE PROFESSORES DE JORNALISMO (FNPJ) XIV ENCONTRO NACIONAL DE PROFESSORES DE JORNALISMO X CICLO NACIONAL DE PESQUISA EM JORNALISMO MODALIDADE DO TRABALHO: Relato de Experiência GRUPO DE

Leia mais

( ) Os trabalhos nas minas eram realizados apenas por mulheres. ( ) Os trabalhadores escravizados eram de origem africana.

( ) Os trabalhos nas minas eram realizados apenas por mulheres. ( ) Os trabalhadores escravizados eram de origem africana. SOCIEDADE MINEIRA DE CULTURA Mantenedora da PUC Minas e do COLÉGIO SANTA MARIA DATA: 0 / 2 / 206 III ETAPA AVALIAÇÃO ESPECIAL DE HISTÓRIA 4.º ANO/EF UNIDADE: ALUNO(A): N.º: TURMA: PROFESSOR(A): VALOR:

Leia mais

Quartos de menino por Leo Di Caprio

Quartos de menino por Leo Di Caprio Quartos de menino por Leo Di Caprio Eles não são mais crianças, mas também não são adultos. Nessa fase transitória da vida, o quarto tem uma importância fundamental. É nele que os adolescentes arquitetam

Leia mais

COLÉGIO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA. Programa de Recuperação Final

COLÉGIO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA. Programa de Recuperação Final COLÉGIO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA Programa de Recuperação Final 3ª Etapa 2010 Disciplina: Professor (a): Carlos Kalani Aluno (a): Valor: 10 pontos Ano: 2 Turma: 2AD-FG Nota: Caro aluno, você está recebendo

Leia mais

SUGESTÕES DE AVALIAÇÃO

SUGESTÕES DE AVALIAÇÃO UNIDADE 1 EU E OS OUTROS *Perceber a diversidade étnica física e de gênero no seu meio de convivência. *Reconhecer mudanças e permanências nas vivências humanas, presentes na sua realidade e em outras

Leia mais

Exemplo de questionário para avaliar como sua escola aborda o racismo

Exemplo de questionário para avaliar como sua escola aborda o racismo Questionário; Racismo Exemplo de questionário para avaliar como sua escola aborda o racismo Adaptadas do modelo da CMEB Mário Leal da Silva, as perguntas abaixo auxiliam você a fazer um diagnóstico, junto

Leia mais

PETRA NASCEU COMO TODAS AS CRIANÇAS. ERA UMA

PETRA NASCEU COMO TODAS AS CRIANÇAS. ERA UMA A menina PETRA NASCEU COMO TODAS AS CRIANÇAS. ERA UMA menina alegre e muito curiosa. O que a diferenciava das outras crianças é que desde muito pequenina ela passava horas na Floresta do Sol conversando

Leia mais

Unidade II Poder, Estado e Instituições Aula 8.2 Conteúdo O processo de independência; A Constituição dos Estados Unidos.

Unidade II Poder, Estado e Instituições Aula 8.2 Conteúdo O processo de independência; A Constituição dos Estados Unidos. A A Unidade II Poder, Estado e Instituições Aula 8.2 Conteúdo O processo de independência; A Constituição dos Estados Unidos. 2 A A Habilidades: Relacionar o processo de independência dos Estados Unidos

Leia mais

EQUIPAMENTOS BÁSICOS. Iluminação natural

EQUIPAMENTOS BÁSICOS. Iluminação natural AULA 2 EQUIPAMENTOS BÁSICOS Celular, câmera fotográfica, tablet ou outro equipamento portátil para captação de imagens [e áudio, se não tiver gravador separado] Iluminação natural Equipamento portátil

Leia mais

LÍNGUA PORTUGUESA 6 ANO ENSINO FUNDAMENTAL PROF.ª DINANCI SILVA PROF. MARIO PAIXÃO

LÍNGUA PORTUGUESA 6 ANO ENSINO FUNDAMENTAL PROF.ª DINANCI SILVA PROF. MARIO PAIXÃO LÍNGUA PORTUGUESA 6 ANO ENSINO FUNDAMENTAL PROF.ª DINANCI SILVA PROF. MARIO PAIXÃO CONTEÚDOS E HABILIDADES Unidade II Cultura: a pluralidade na expressão humana. 2 CONTEÚDOS E HABILIDADES Aula 11.1 Conteúdos

Leia mais

Cinema na escola - Os desafinados

Cinema na escola - Os desafinados Cinema na escola - Os desafinados A Bossa Nova surgiu em 1950 na cidade do Rio de Janeiro, veio do samba e tem uma grande influência do jazz estadunidense. A Bossa Nova é considerada, até hoje, o estilo

Leia mais

Universidade Federal do Rio Grande do Norte Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência PIBID/Letras Escola Estadual Prof.

Universidade Federal do Rio Grande do Norte Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência PIBID/Letras Escola Estadual Prof. Universidade Federal do Rio Grande do Norte Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência PIBID/Letras Escola Estadual Prof. José Fernandes Machado Professor Supervisor: Ladmires Carvalho Bolsistas:

Leia mais

Bloco de Recuperação Paralela DISCIPLINA: História

Bloco de Recuperação Paralela DISCIPLINA: História COLÉGIO NOSSA SENHORA DA PIEDADE Bloco de Recuperação Paralela DISCIPLINA: História Nome: Ano: 4º Ano 1º Etapa 2014 Colégio Nossa Senhora da Piedade Área do Conhecimento: Ciências Humanas Disciplina: História

Leia mais

LeYa Leituras Projeto de Leitura

LeYa Leituras Projeto de Leitura LeYa Leituras Projeto de Leitura Nome do livro: O meu primeiro livro Autor: Pedro Reisinho Currículo do autor: Jovem escritor português, editor da Gailivro em Portugal. Editou os best Sellers da saga Twilight,

Leia mais

PLANO DE CURSO DISCIPLINA:História ÁREA DE ENSINO: Fundamental I SÉRIE/ANO: 2 ANO DESCRITORES CONTEÚDOS SUGESTÕES DE PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS

PLANO DE CURSO DISCIPLINA:História ÁREA DE ENSINO: Fundamental I SÉRIE/ANO: 2 ANO DESCRITORES CONTEÚDOS SUGESTÕES DE PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS UNIDADE 1 MUITO PRAZER, EU SOU CRIANÇA. *Conhecer e estabelecer relações entre a própria história e a de outras pessoas,refletindo sobre diferenças e semelhanças. *Respeitar e valorizar a diversidade étnico

Leia mais

1ª edição Projeto Timóteo Como Pregar Mensagens Bíblicas Apostila do Orientador

1ª edição Projeto Timóteo Como Pregar Mensagens Bíblicas Apostila do Orientador Como Pregar Mensagens Bíblicas Projeto Timóteo Apostila do Orientador Como Pregar Mensagens Bíblicas Projeto Timóteo Coordenador do Projeto Dr. John Barry Dyer Equipe Pedagógica Marivete Zanoni Kunz Tereza

Leia mais

Uso de Metáforas em Poesia e Canção

Uso de Metáforas em Poesia e Canção Uso de Metáforas em Poesia e Canção Ângela Gonçalves Trevisol Tamara dos Santos A partir de observações em sala de aula para a disciplina de Seminário para o ensino de literatura brasileira percebemos

Leia mais

Livro Os Ciganos: História e Cultura - crianças e jovens - 12/15 anos

Livro Os Ciganos: História e Cultura - crianças e jovens - 12/15 anos Sugestões pedagógicas para orientar a leitura dos livros da Biblioteca Digital Livro Os Ciganos: História e Cultura - crianças e jovens - 12/15 anos Atividades para trabalhar os temas: Tolerância intercultural

Leia mais

O Labirinto do Fauno

O Labirinto do Fauno Laboratórios Didáticos da Faculdade de Educação da USP (LabEduc) Laboratório de Ciências Humanas e Meios de Condução de Trabalhos Práticos e Similares (LabCH) Cinema e o Ensino de História Coordenação:

Leia mais

Nome: Nº: Turma: Este caderno contém questões de: Português Matemática História Geografia Ciências - Inglês

Nome: Nº: Turma: Este caderno contém questões de: Português Matemática História Geografia Ciências - Inglês Nome: Nº: Turma: Este caderno contém questões de: Português Matemática História Geografia Ciências - Inglês 1 Caderno de Atividades 17 Os exercícios deverão ser feitos no livro e / ou no caderno. Livro

Leia mais

PLANOS DE AULAS. 2º BIMESTRE - AULA 01 - Data: 22/05/ Tempo de duração: 1 hora 40 TEMA DA AULA: INTRODUÇÃO À ILUMINAÇÃO

PLANOS DE AULAS. 2º BIMESTRE - AULA 01 - Data: 22/05/ Tempo de duração: 1 hora 40 TEMA DA AULA: INTRODUÇÃO À ILUMINAÇÃO ESCOLA MUNICIPAL PROFESSOR LAÉRCIO FERNANDES MONTEIRO DISCIPLINA: TEATRO / TURMA: 4º ANO D SUPERVISOR: FELIPE FAGUNDES ESTAGIÁRIOS: ELIZZABETH KHADIJA/FÁTIMA ÉRIKA PLANOS DE AULAS 2º BIMESTRE - AULA 01

Leia mais

Nome: Nº: Turma: Este caderno contém questões de: Português Matemática História Geografia Ciências - Espanhol

Nome: Nº: Turma: Este caderno contém questões de: Português Matemática História Geografia Ciências - Espanhol Nome: Nº: Turma: Este caderno contém questões de: Português Matemática História Geografia Ciências - Espanhol 1 Fazer os exercícios no livro de Português. Leitura do texto - páginas 100 e 101. Interpretação

Leia mais

EMENTA ESCOLAR I Trimestre Ano 2016

EMENTA ESCOLAR I Trimestre Ano 2016 Disciplina: EMENTA ESCOLAR I Trimestre Ano 2016 História Professor: Rodrigo Bento Turma: 3º série Ensino Médio Data Conteúdo 11/fevereiro APRESENTAÇÃO DA DISCIPLINA CAPITULO I HG HISTORIOGRAFIA E PRE HISTORIA

Leia mais

PLANO BIMESTRAL DE ENSINO: 3º BIMESTRE/2016

PLANO BIMESTRAL DE ENSINO: 3º BIMESTRE/2016 ESCOLA ESTADUAL FERNANDO NOBRE Endereço: Rua Riacho Grande nº 50 Jd. Guerreiro Cotia SP E mail: e010509a@see.sp.gov.br Blog : HTTP://oficinanobre.blogspot.com Fone: 4702 2326/4617 4305 Disciplina : Atividades

Leia mais

4º ano. Atividade de Estudo de Português 07/10/2016

4º ano. Atividade de Estudo de Português 07/10/2016 Atividade de Estudo de Português 07/10/2016 4º ano Leia o texto abaixo. ANIVERSÁRIO Aniversário é uma palavra latina que significa aquilo que volta todos os anos. Anniversarius vem de annus (ano) e vertere

Leia mais

Canto do homem por João Armentano

Canto do homem por João Armentano Canto do homem por João Armentano Um espaço só dele, onde é permitido fumar charutos à vontade, colocar os pés calçados sobre a mesinha de centro, jogar pôquer com os amigos até altas horas sem importunar

Leia mais

Olívia e o mau humor

Olívia e o mau humor Olívia e o mau humor Texto e ilustrações de Tor Freeman Tradução: Gilda de Aquino Projeto: leitura e produção de texto Indicação: Educação Infantil e Fundamental 1 Elaborado por: Ana Lúcia Maestrello Temas:

Leia mais

TECENDO SENTIDOS: PLANEJAMENTO DE AULA SOBRE O CONTO A MOÇA TECELÃ, DE MARINA COLASANTI

TECENDO SENTIDOS: PLANEJAMENTO DE AULA SOBRE O CONTO A MOÇA TECELÃ, DE MARINA COLASANTI TECENDO SENTIDOS: PLANEJAMENTO DE AULA SOBRE O CONTO A MOÇA TECELÃ, DE MARINA COLASANTI Público-alvo: alunos do 8º ano do Ensino Fundamental Tempo estimado: duas semanas (cerca de 10h/aula) Objetivo geral

Leia mais

COLÉGIO ADVENTISTA DE ALTAMIRA Ementa de Curso para Portfólio

COLÉGIO ADVENTISTA DE ALTAMIRA Ementa de Curso para Portfólio DISCIPLINA:. Língua Portuguesa SÉRIE/ TURMA:. 9º ano A/B BIMESTRE: 4º 1 e 2 - Texto Perder, ganhar, viver. Pag.( 230, 231 e 232) Leitura do texto; discussão; atividade escrita. Pag. ( 232 e 233) - Atividade

Leia mais

Centro Conjunto de Operações de Paz do Brasil. Centro Sergio Vieira de Mello

Centro Conjunto de Operações de Paz do Brasil. Centro Sergio Vieira de Mello Centro Conjunto de Operações de Paz do Brasil Centro Sergio Vieira de Mello Unidade 4 Parte 3 Respeito pela Diversidade Valores Organizacionais Essenciais da ONU Integridade Profissionalismo Respeito pela

Leia mais

SUMÁRIO. Introdução... 2 Objetivos... 2 Possibilidades de Trabalho... 3

SUMÁRIO. Introdução... 2 Objetivos... 2 Possibilidades de Trabalho... 3 SUMÁRIO Introdução............................................ 2 Objetivos............................................. 2 Possibilidades de Trabalho........................... 3 Conhecimento Religioso

Leia mais

Bloco de Recuperação Paralela DISCIPLINA: Geografia

Bloco de Recuperação Paralela DISCIPLINA: Geografia COLÉGIO NOSSA SENHORA DA PIEDADE Bloco de Recuperação Paralela DISCIPLINA: Geografia Nome: Ano: 2º Ano 2º Etapa 2014 Colégio Nossa Senhora da Piedade Área do Conhecimento: Ciências Humanas Disciplina:

Leia mais

[25 de Abril: Dia da Liberdade / 25. April: Nelkenrevolution]

[25 de Abril: Dia da Liberdade / 25. April: Nelkenrevolution] [25 de Abril: Dia da Liberdade / 25. April: Nelkenrevolution] 1. Observa as seguintes imagens. O que te sugerem? 2. Completa a seguinte frase. Para mim, a liberdade é II. 1. Lê atentamente o seguinte texto.

Leia mais

PROJETOS CRIATIVOS TURNO 2016

PROJETOS CRIATIVOS TURNO 2016 PROJETOS CRIATIVOS TURNO 2016 Tema: Comunicação não verbal Mês: Outubro Habilidade Sócio emocional: Este projeto visa promover atividades e dinâmicas que estimule os alunos a comunicação não violenta através

Leia mais

Ano: 9º Turma: 9.1 e 9.2

Ano: 9º Turma: 9.1 e 9.2 COLÉGIO NOSSA SENHORA DA PIEDADE Programa de Recuperação Paralela 1ª Etapa 2014 Disciplina: HISTORIA Professor (a): RODRIGO CUNHA Ano: 9º Turma: 9.1 e 9.2 Caro aluno, você está recebendo o conteúdo de

Leia mais

Nome: ALADIM E A LÂMPADA MARAVILHOSA

Nome: ALADIM E A LÂMPADA MARAVILHOSA 1 o ano Ensino Fundamental Data: / / Nome: Com ajuda de sua professora, leia este texto. ALADIM E A LÂMPADA MARAVILHOSA Longe, muito longe, num reino perto da China, viviam Aladim e a mãe dele. Um dia,

Leia mais

Bíblia para crianças apresenta SAMUEL, O MENINO SERVO DE DEUS

Bíblia para crianças apresenta SAMUEL, O MENINO SERVO DE DEUS Bíblia para crianças apresenta SAMUEL, O MENINO SERVO DE DEUS Escrito por: Edward Hughes Ilustrado por: Janie Forest Adaptado por: Lyn Doerksen O texto bíblico desta história é extraído ou adaptado da

Leia mais

BRASIL IMPÉRIO. Primeiro e Segundo Reinados. Prof. Rodrigo Toledo

BRASIL IMPÉRIO. Primeiro e Segundo Reinados. Prof. Rodrigo Toledo BRASIL IMPÉRIO Primeiro e Segundo Reinados Prof. Rodrigo Toledo PRIMEIRO REINADO Definição O primeiro Reinado do Brasil é o nome dado ao período em que D. Pedro I governou o Brasil como Imperador, entre

Leia mais

Leia com calma as questões e responda com carinho, fazendo pausas até a conclusão, se achar necessário.

Leia com calma as questões e responda com carinho, fazendo pausas até a conclusão, se achar necessário. Questionário FIS - Felicidade Interna Sustentável CARACTERIZAÇÃO DA AMOSTRA Idade Sexo ( )M ( )F Grau de Instrução ( )Básico ( )Médio ( )Universitário ( )Especialização ( )Mestrado ( )Doutorado ( )Outros

Leia mais

BRASIL IMPÉRIO REVOLTAS REGENCIAIS. Professor: Edson Martins

BRASIL IMPÉRIO REVOLTAS REGENCIAIS. Professor: Edson Martins BRASIL IMPÉRIO REVOLTAS REGENCIAIS Professor: Edson Martins Cabanagem (1835 1840) A rebelião explodiu no Pará Causas: revolta dos liberais contra o presidente nomeado pelo governo regencial situação de

Leia mais

MATEMÁTICA. 1. Recorte e cole o anexo 1 em seu caderno de Matemática, em seguida, faça as operações com capricho e atenção. Não se esqueça do Q.V.L.

MATEMÁTICA. 1. Recorte e cole o anexo 1 em seu caderno de Matemática, em seguida, faça as operações com capricho e atenção. Não se esqueça do Q.V.L. 10- Roteiro de tarefas- semana de 11 a 22 de abril -4º ANO COLÉGIO EXTERNATO SÃO JOSÉ Goiânia, de de 2016. Nome: nº: Turma: Professor (a): ROTEIRO DE TAREFAS SEMANA DE 11 A 22 DE ABRIL ACESSO AO ROTEIRO

Leia mais

INSTRUÇÕES PARA A REALIZAÇÃO DA PROVA LEIA COM MUITA ATENÇÃO

INSTRUÇÕES PARA A REALIZAÇÃO DA PROVA LEIA COM MUITA ATENÇÃO 8º História Carol Av. Subst./Optat. 24/11/14 INSTRUÇÕES PARA A REALIZAÇÃO DA PROVA LEIA COM MUITA ATENÇÃO 1. Verifique, no cabeçalho desta prova, se seu nome, número e turma estão corretos. 2. Esta prova

Leia mais

REVOLUÇÃO FARROUPILHA OU GUERRAS DOS FARRAPOS. 20 de setembro de de setembro de 1845 LOCAL RIO GRANDE DO SUL

REVOLUÇÃO FARROUPILHA OU GUERRAS DOS FARRAPOS. 20 de setembro de de setembro de 1845 LOCAL RIO GRANDE DO SUL REVOLUÇÃO FARROUPILHA OU GUERRAS DOS FARRAPOS 20 de setembro de 1835-11 de setembro de 1845 LOCAL RIO GRANDE DO SUL FOI O MAIOR E MAIS SANGRENTO CONFLITO ARMADO DA HISTÓRIA DO BRASIL GOVERNO PADRE FEIJÓ

Leia mais

COLÉGIOO NOSSA SENHORA DE SION. O reizinho mandão

COLÉGIOO NOSSA SENHORA DE SION. O reizinho mandão COLÉGIOO NOSSA SENHORA DE SION Troca do livro Segunda-feira Curitiba, 5 de maio de 2014. Leia o texto abaixo: Lições de Língua Portuguesa, História e Vivência Religiosa- 4º ano Eu vou contar pra vocês

Leia mais

Bible Animacao Professor Eliseu Aluno: Rodrigo Gallucci Naufal RA

Bible Animacao Professor Eliseu Aluno: Rodrigo Gallucci Naufal RA Bible Animacao Professor Eliseu Aluno: Rodrigo Gallucci Naufal RA 00147614 Efeitos sonoros: https://www.youtube.com/watch?v=iryixkv8_sm A musica, um instrumental, iria tocar do inicio ate aproximadamente

Leia mais

PLANOS DE AULAS. 2º BIMESTRE - AULA 01 - Data: 24/04/ Tempo de duração: 1 hora 40 TEMA DA AULA: CARACTERIZAÇÃO DA PERSONAGEM

PLANOS DE AULAS. 2º BIMESTRE - AULA 01 - Data: 24/04/ Tempo de duração: 1 hora 40 TEMA DA AULA: CARACTERIZAÇÃO DA PERSONAGEM ESCOLA MUNICIPAL PROFESSOR LAÉRCIO FERNANDES MONTEIRO DISCIPLINA: TEATRO / TURMA: 4º ANO D SUPERVISOR: FELIPE FAGUNDES BOLSISTAS: SUAME MEDEIROS / ILDISNEI MEDEIROS *Vale ressaltar que os demais bolsistas

Leia mais

História das bandeiras de Portugal

História das bandeiras de Portugal 1 de 7 História das bandeiras de Portugal Desde o tempo de D. Henrique. pai de D. Afonso Henríques que hove bandeiras que simbolizaram o reino. Depois da implantação da República a bandeira tomou um significado

Leia mais

Meditação Sala Verde MISSÕES NA ÁFRICA. Nome: Professor: Telefone Versículo para Decorar (Estamos usando a Bíblia na Nova Versão Internacional)

Meditação Sala Verde MISSÕES NA ÁFRICA. Nome: Professor: Telefone Versículo para Decorar (Estamos usando a Bíblia na Nova Versão Internacional) 1ª Semana Mês das Missões Meditação Sala Verde MISSÕES NA ÁFRICA Nome: Professor: Telefone Versículo para Decorar (Estamos usando a Bíblia na Nova Versão Internacional) Vão pelo mundo todo e preguem o

Leia mais

ARTE TÊXTIL ABROLHOS/MACRAMÊ, APPLIQUÊ, FUXICO, FELTRO, BORDADOS, CROCHÊ, TAPEÇARIA ARTESANAL, TRICÔ. A quem se destina. Objetivo.

ARTE TÊXTIL ABROLHOS/MACRAMÊ, APPLIQUÊ, FUXICO, FELTRO, BORDADOS, CROCHÊ, TAPEÇARIA ARTESANAL, TRICÔ. A quem se destina. Objetivo. ARTE TÊXTIL ABROLHOS/MACRAMÊ, APPLIQUÊ, FUXICO, FELTRO, BORDADOS, CROCHÊ, TAPEÇARIA ARTESANAL, TRICÔ Objetivo Conhecer os diferentes tipos de técnicas artesanais têxteis para a aplicação em peças decorativas

Leia mais

CONVENÇÃO BATISTA FLUMINENSE Revista Palavra e Vida Sugestões Didáticas - 3º Trimestre/2013. Maximinizar as potencialidades do nosso aluno.

CONVENÇÃO BATISTA FLUMINENSE Revista Palavra e Vida Sugestões Didáticas - 3º Trimestre/2013. Maximinizar as potencialidades do nosso aluno. ENSINAR É... CONVENÇÃO BATISTA FLUMINENSE Revista Palavra e Vida Sugestões Didáticas - 3º Trimestre/2013 Maximinizar as potencialidades do nosso aluno. LIÇÃO 4 JOSUÉ CONDUZINDO O POVO A SANTIFICAÇÃO Base

Leia mais

COLÉGIO NOSSA SENHORA DA PIEDADE. Programa de Recuperação Paralela. 2ª Etapa ª Série Turma: FG

COLÉGIO NOSSA SENHORA DA PIEDADE. Programa de Recuperação Paralela. 2ª Etapa ª Série Turma: FG COLÉGIO NOSSA SENHORA DA PIEDADE Programa de Recuperação Paralela 2ª Etapa 2014 Disciplina: Geografia Professor: Carlos Alexandre 3 ª Série Turma: FG Caro aluno, você está recebendo o conteúdo de recuperação.

Leia mais

4. Articulação com outras disciplinas, contextos ou áreas do conhecimento

4. Articulação com outras disciplinas, contextos ou áreas do conhecimento Sequência Didática Oxirredução com um problemão Autores: Karoline dos Santos Tarnowski e Cleomar Copatti Série: 2 ano do Ensino Médio Número de aulas: 3 de 40 min Origem: Trabalho apresentado à disciplina

Leia mais

- que tenha uma boa justificativa (Por que é necessário pesquisar isso? Quais são as motivações e qual é a relevância do trabalho?

- que tenha uma boa justificativa (Por que é necessário pesquisar isso? Quais são as motivações e qual é a relevância do trabalho? Orientações para a elaboração de pôsteres Linguística: história e teoria 1/2013 O que é uma sessão de pôsteres? Em Congressos e eventos acadêmicos semelhantes, existem vários formatos de apresentação de

Leia mais

HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO FÍSICA E ESPORTE IMPÉRIO ROMANO

HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO FÍSICA E ESPORTE IMPÉRIO ROMANO HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO FÍSICA E ESPORTE IMPÉRIO ROMANO REPÚBLICA ROMANA Surgiu durante a civilização grega, com a união de tribos que viviam às margens do Rio Tiber; O governo era baseado na democracia e

Leia mais

2 EDUCAÇÃO INFANTIL NATUREZA E SOCIEDADE PARA FICAR LIMPINHO. Guia Didático do Objeto Educacional Digital

2 EDUCAÇÃO INFANTIL NATUREZA E SOCIEDADE PARA FICAR LIMPINHO. Guia Didático do Objeto Educacional Digital Guia Didático do Objeto Educacional Digital NATUREZA E SOCIEDADE 2 EDUCAÇÃO INFANTIL PARA FICAR LIMPINHO Este Objeto Educacional Digital (OED) está relacionado ao conteúdo da página 17 do Livro do Aluno.

Leia mais

VÍDEO DE BOLSO Prêmio Betinho Imagens de Cidadania curso rápido edição especial

VÍDEO DE BOLSO Prêmio Betinho Imagens de Cidadania curso rápido edição especial VÍDEO DE BOLSO Prêmio Betinho Imagens de Cidadania 2017 curso rápido edição especial Bem-vindo (a) ao curso rápido Vídeo de Bolso, nesta edição especial para o Prêmio Betinho Imagens de Cidadania. VÍDEO

Leia mais

Patricia de Jesus Araujo. Relatório

Patricia de Jesus Araujo. Relatório Patricia de Jesus Araujo Relatório Outubro de 2012 Reuniões do Grupo PIBID dias 02, 03, 04, 09, 16, 22, 30. O QUE Nas datas acima, foram realizadas reuniões com o grupo PIBID Pedagogia Educação Ambiental.

Leia mais

"Caixa de Saída" Roteiro de. Jean Carlo Bris da Rosa

Caixa de Saída Roteiro de. Jean Carlo Bris da Rosa "Caixa de Saída" Roteiro de Jean Carlo Bris da Rosa Copyright 2011. Todos os direitos reservados. Você não pode copiar, exibir, distribuir. executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta

Leia mais

PLANO DE ATIVIDADES - ANUAL

PLANO DE ATIVIDADES - ANUAL MÊS ATIVIDADE OBSERVAÇÕES Janeiro Dia 6 Dia de reis -Cantar as janeiras - Relembrar hábitos, costumes, vivências e experiências - Promover o convívio intergeracional Fevereiro Março Dia 13 Visita Pastoral

Leia mais

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO I ETAPA LETIVA CIÊNCIAS 2.º ANO/EF 2017

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO I ETAPA LETIVA CIÊNCIAS 2.º ANO/EF 2017 SOCIEDADE MINEIRA DE CULTURA MANTENEDORA DA PUC Minas E DO COLÉGIO SANTA MARIA ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO I ETAPA LETIVA CIÊNCIAS 2.º ANO/EF 2017 Caro(a) aluno(a), É tempo de conferir os conteúdos estudados

Leia mais

Slides por Carlos Daniel S. Vieira

Slides por Carlos Daniel S. Vieira Slides por Carlos Daniel S. Vieira Portugal (início do século XX) invasão das tropas de Napoleão vinda da Família Real para o Brasil Reino Unido a Portugal e Algarve A burguesia de Portugal entra em crise

Leia mais

a cobronça, a princesa e a supresa

a cobronça, a princesa e a supresa projeto pedagógico a cobronça, a princesa e a supresa Rua Tito, 479 Lapa São Paulo SP CEP 05051-000 divulgação escolar (11) 3874-0884 divulga@melhoramentos.com.br Fê ilustrações e Celso Linck www.editoramelhoramentos.com.br

Leia mais

O Brasil e o Oscar: quando quase chegamos lá!

O Brasil e o Oscar: quando quase chegamos lá! O Brasil e o Oscar: quando quase chegamos lá! O Pagador de Promessas A entrega das estatuetas do Oscar pela Academia já é mais que uma premiação lendária e em sua 89ª edição pode se concluir com segurança

Leia mais

AS HISTÓRIAS EM QUADRINHOS NO PROCESSO DE ENSINO E APRENDIZAGEM: NO ENSINO DE HISTÓRIA

AS HISTÓRIAS EM QUADRINHOS NO PROCESSO DE ENSINO E APRENDIZAGEM: NO ENSINO DE HISTÓRIA AS HISTÓRIAS EM QUADRINHOS NO PROCESSO DE ENSINO E APRENDIZAGEM: NO ENSINO DE HISTÓRIA Renan de Oliveira Silva Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) rennanoliver8@gmail.com Magna Flora de Melo de Almeida

Leia mais

SAMUEL, O MENINO SERVO DE DEUS

SAMUEL, O MENINO SERVO DE DEUS Bíblia para crianças apresenta SAMUEL, O MENINO SERVO DE DEUS Escrito por: Edward Hughes Ilustradopor:Janie Forest Adaptado por: Lyn Doerksen O texto bíblico desta história é extraído ou adaptado da Bíblia

Leia mais

6º ANO BRASIL. 1º Horário: Português Conteúdo: Interpretação do texto: O pintinho. Atividade: Correção coletiva. Tarefa: ***

6º ANO BRASIL. 1º Horário: Português Conteúdo: Interpretação do texto: O pintinho. Atividade: Correção coletiva. Tarefa: *** 6º ANO BRASIL 1º Horário: Português Conteúdo: Interpretação do texto: O pintinho. Atividade: Correção coletiva. 2º Horário: Ed. Física 3º Horário: História Conteúdo: Análise da cultura do povo Nok. 4º

Leia mais

Dica: Planejamento anual para as aulas de Sociologia do Ensino Médio

Dica: Planejamento anual para as aulas de Sociologia do Ensino Médio Dica: Planejamento anual para as aulas de Sociologia do Ensino Médio Que tal ter uma apostila de Sociologia que lhe auxilie na organização das aulas de Sociologia do Ensino Médio? O Blog Café com Sociologia

Leia mais

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO I ETAPA LETIVA HISTÓRIA 4.º ANO/EF 2017

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO I ETAPA LETIVA HISTÓRIA 4.º ANO/EF 2017 SOCIEDADE MINEIRA DE CULTURA MANTENEDORA DA PUC Minas E DO COLÉGIO SANTA MARIA ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO I ETAPA LETIVA HISTÓRIA 4.º ANO/EF 2017 Caro(a) aluno(a), É tempo de conferir os conteúdos estudados

Leia mais

1º AULÃO ENEM Sociologia 1) SAS. 2 ENEM

1º AULÃO ENEM Sociologia 1) SAS.  2 ENEM 1º AULÃO 2016 1) SAS 2 1º AULÃO 2016 Na tirinha, Mafalda, após ler o conceito de democracia, não consegue mais parar de rir. Dentre várias interpretações sociológicas sobre as razões do riso contínuo da

Leia mais

CENTRO EDUCACIONAL SIGMA

CENTRO EDUCACIONAL SIGMA 2ºAno 1.2 HISTÓRIA E GEOGRAFIA 1º período 15 de abril de 2016 Cuide da organização da sua prova. Escreva de forma legível. Fique atento à ortografia e elabore respostas claras. Tudo isso será considerado

Leia mais

Regionalização do Brasil; População; Urbanização 5,0

Regionalização do Brasil; População; Urbanização 5,0 Nome Nº Ano/Série Ensino Turma 7º Fund. Disciplina Professor Natureza Código / Tipo Trimestre / Ano Data Geografia Bruna Roteiro de estudos RE/I 2º/2016 24/06/16 Tema Valor da atividade Regionalização

Leia mais

CALENDÁRIO DE AVALIAÇÕES 3º TRIMESTRE OUTUBRO/2015 TURMA 311. Professora Ana Paula

CALENDÁRIO DE AVALIAÇÕES 3º TRIMESTRE OUTUBRO/2015 TURMA 311. Professora Ana Paula TURMA 1 Professora Ana Paula 18 19 20 21 22 23 24 27 Vestuário/ cores/ localização 28 29 30 TURMA 2 Professora Bruna 18 19 20 21 22 23 24 Vestuário/ cores/ localização 27 28 29 30 TURMA 411 Professora

Leia mais

Bebês que dormem pouco podem sofrer com sobrepeso no futuro, diz estudo Veja dicas para ajudar seu filho a dormir melhor

Bebês que dormem pouco podem sofrer com sobrepeso no futuro, diz estudo Veja dicas para ajudar seu filho a dormir melhor Bebês que dormem pouco podem sofrer com sobrepeso no futuro, diz estudo Veja dicas para ajudar seu filho a dormir melhor Matéria publicada em 07 de Junho de 2014 Tem coisa melhor que uma noite bem dormida?

Leia mais

DECORAR. com fotos. quarto do bebê. dicas para

DECORAR. com fotos. quarto do bebê. dicas para dicas para DECORAR quarto do bebê com fotos 1. decida o LUGAR onde você quer mostrar suas fotos Um dos motivos que fazem você apreciar um ambiente decorado é principalmente como ele é coordenado. Como

Leia mais

DIÁRIO DE SALA 2º ANO A 3º BIMESTRE 2017

DIÁRIO DE SALA 2º ANO A 3º BIMESTRE 2017 TA DIÁRIO DE 2º ANO A 3º BIMESTRE 2017 TA CONTEÚDO E TAREFAS QUE FORAM TRABALHADOS EM DESCRIÇÃO TAREFA PARA CASA GEOGRAFIA 01/08 Introdução ao módulo - - INGLÊS 01/08 Calendário semestral - - FÍSICA 01/08

Leia mais

BARROCO PINTURA Caravaggio Andrea Pozzo

BARROCO PINTURA Caravaggio Andrea Pozzo BARROCO A arte barroca originou-se na Itália (séc. XVII), mas não tardou a irradiar-se por outros países da Europa e a chegar também ao continente americano, trazida pelos colonizadores portugueses e espanhóis.

Leia mais

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO I ETAPA LETIVA HISTÓRIA 4.º ANO/EF

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO I ETAPA LETIVA HISTÓRIA 4.º ANO/EF SOCIEDADE MINEIRA DE CULTURA MANTENEDORA DA PUC Minas E DO COLÉGIO SANTA MARIA ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO I ETAPA LETIVA HISTÓRIA 4.º ANO/EF 2016 Caro(a) aluno(a), É tempo de conferir os conteúdos estudados

Leia mais

AÇÃO COLÉGIO E CURSO ATIVIDADE EXTRA DE GEOGRAFIA PROFESSOR: JULIANO MOREIRA TURMA: 6 ANO PONTOS EXTRAS:

AÇÃO COLÉGIO E CURSO ATIVIDADE EXTRA DE GEOGRAFIA PROFESSOR: JULIANO MOREIRA TURMA: 6 ANO PONTOS EXTRAS: AÇÃO COLÉGIO E CURSO ATIVIDADE EXTRA DE GEOGRAFIA PROFESSOR: JULIANO MOREIRA TURMA: 6 ANO PONTOS EXTRAS: até 3,0 na nota QUALITATIVA DATA DA ENTREGA DO TRABALHO COMPLETO: 15 DE MARÇO DE 2016 EQUIPE: ETAPAS:

Leia mais

PROCESSO SELETIVO 2011

PROCESSO SELETIVO 2011 PROCESSO SELETIVO 2011 Anos 06/12/2010 INSTRUÇÕES 1. Confira, abaixo, o seu número de inscrição, turma e nome. Assine no local indicado. 2. Aguarde autorização para abrir o caderno de prova. Antes de iniciar

Leia mais

PARTE COLETIVA CADERNO DE QUESTÕES

PARTE COLETIVA CADERNO DE QUESTÕES MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E DO DESPORTO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR Certificado de Proficiência em Língua Portuguesa para Estrangeiros PARTE COLETIVA CADERNO DE QUESTÕES PRODUÇÃO ESCRITA A PARTIR DE ÁUDIO

Leia mais

Atividade em Grupo Fundamentos de Física n Nomes Turma

Atividade em Grupo Fundamentos de Física n Nomes Turma 1 FORÇAS 1 Atividade em Grupo Fundamentos de Física n Nomes Turma 1 2 3 4 1 Forças 1.1 Identificando forças Duas pessoas tentam mover uma caixa grande. A caixa, entretanto, não se move. Cristina está empurrando

Leia mais

DATA: / / 2016 III ETAPA AVALIAÇÃO ESPECIAL DE EDUCAÇÃO RELIGIOSA 3.º ANO/EF ALUNO(A): N.º: TURMA: VALOR: 10,0

DATA: / / 2016 III ETAPA AVALIAÇÃO ESPECIAL DE EDUCAÇÃO RELIGIOSA 3.º ANO/EF ALUNO(A): N.º: TURMA: VALOR: 10,0 SOCIEDADE MINEIRA DE CULTURA Mantenedora da PUC Minas e do COLÉGIO SANTA MARIA DATA: / / 206 UNIDADE: III ETAPA AVALIAÇÃO ESPECIAL DE EDUCAÇÃO RELIGIOSA 3.º ANO/EF ALUNO(A): N.º: TURMA: PROFESSOR(A): VALOR:

Leia mais

Design de Interface - Avaliação Final

Design de Interface - Avaliação Final Design de Interface - Avaliação Final A proposta deste trabalho era adaptar a interface gráfica de um jogo de tabuleiro clássico tomando como base os conhecimentos de Consistência, Hierarquia e Personalidade.

Leia mais

PROJETOS CRIATIVOS TURNO 2016

PROJETOS CRIATIVOS TURNO 2016 PROJETOS CRIATIVOS TURNO 2016 Tema: Gratidão e celebração Mês: Dezembro Habilidade Sócio emocional: Este projeto visa promover o encerramento do ano de 2016, em que os alunos terão a oportunidade de resgatar

Leia mais