Cidade em movimento. área metropolitana Porto

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Cidade em movimento. área metropolitana Porto"

Transcrição

1 Porto Cidade em movimento O Porto vai ser palco de muitas novidades até ao final do ano, a nível de eventos, projectos, iniciativas e de várias medidas que permitam numa melhor capacidade de resposta às necessidades dos cidadãos. A cidade quer ser, nos próximos meses, o centro das atenções de Portugal e do mundo, nomeadamente com a realização do Grande Prémio da Boavista, para o que falta pouco mais de três meses. A prova tem este ano múltiplas novidades, designadamente a realização de uma prova da FIA WTCC. Já em Setembro está previsto o regresso dos eléctricos à baixa. Internamente, a Câmara do Porto está a sofrer uma grande reestruturação tendente à obtenção de uma maior qualidade dos seus serviços. Grande Prémio Circuito da Boavista Durante nove dias a cidade do Porto vai acolher várias provas e corridas, com muita adrenalina à mistura. O circuito deste ano está recheado de novidades, de forma a atrair um público mais vasto. Até ao final do mês vão estar à venda os bilhetes para aquele que será um dos maiores eventos da cidade do Porto. Dois fins-de-semana com muitas corridas para os verdadeiros amantes desta modalidade. De 6 a 8 de Julho decorrem as provas de carros actuais enquanto que o fim-de-semana seguinte é dedicado às viaturas históricas. A grande novidade deste ano é que o Porto conseguiu trazer para o circuito da Boavista o FIA WTCC Campeonato do Mundo FIA de Turismo, o que é uma proeza, referiu Gonçalo Gonçalves, Texto: Carla Nogueira Fotos: cedidas pela CMP/ Rui Meireles vereador de Animação da Câmara do Porto. Na sua opinião, este evento contribuirá imenso para a divulgação da cidade a nível internacional. Em 2005, estima-se que 100 mil pessoas tenham passado pelo Circuito da Boavista, mas para a edição deste ano calcula-se que o número aumente significativamente. Também não vão faltar os motivos para que ao longo destes nove dias de competição as pessoas participem nas múltiplas actividades previstas. Visitas a instituições culturais, festas temáticas, bailes e um desfile de moda são algumas das iniciativas. De destacar, por exemplo, a eleição da Miss Grande Prémio e as várias festas na discoteca Act. A pensar no bem-estar dos pais que queiram assistir às corridas haverá no próprio circuito uma área dedicada às crianças onde elas poderão ficar em segurança. Os bilhetes vão estar à venda no sítio da Câmara Municipal do Porto, no do Circuito da Boavista, no Ticket Line, na Fnac e no Corte Inglês. Este ano as bancadas contam com mais 40% de lugares. Há também novidades quanto aos preçários. Há pacotes com bilhetes para um fim-de-semana ou dois, com valores bastante vantajosos. Por exemplo, com 40 euros na bancada C (a mais barata) pode-se assistir aos seis dias de provas (os dois fins-de-semana). Na edição deste ano, nem só as pessoas que adquiram bilhetes de bancada poderão visitar o Paddock técnico, pois existirá um bilhete próprio para se conhecer as boxes. Há também uma área onde se vão poder encontrar objectos de colecção. Eléctricos de regresso à baixa Setembro será o mês em que os eléctricos vão definitivamente voltar a circular na baixa portuense. Decorrem actualmente várias intervenções na via pública, em diversos arruamentos do centro da cidade, com vista à Cedida pelos STCP

2 Porto Obras na Rua de Ceuta remodelação das infra-estruturas básicas, no que diz respeito ao abastecimento de água, drenagem de esgotos e águas pluviais. Refira-se que as obras de requalificação, da responsabilidade da Câmara do Porto, no âmbito da URBCOM, têm como objectivo remodelar o espaço público. Para minorar o impacto das obras, está a ser aproveitada esta intervenção para serem colocados os carris e a catenária, para que os eléctricos possam circular novamente. Lino Ferreira, vereador do Urbanismo, salientou que se trata de uma gestão de recursos. As obras vão durar menos de um ano, nalgumas frentes não devem ultrapassar os três meses, mas para os comerciantes, esse prazo poderá parecer muito longo. Mas Lino Ferreira explica que esta empreitada só poderia ser feita num período mais curto se se esvaziasse a cidade, a nível de trânsito e movimentação. Como tal, tudo está coordenado para que o impacto seja o menor possível. O traçado dos eléctricos na baixa incluirá a Cordoaria, Clérigos, 31 de Janeiro, Batalha, Santa Catarina, Passos Manuel. D. João I, Elísio Melo, Filipa de Lencastre, Ceuta, José Falcão, Guilherme Gomes Fernandes e Carmo, interligando com o percurso já existente. Para estes percursos vão ser utilizados seis veículos antigos - das décadas de 20, 30 e Virgínia Ferreira 40 que, após algumas adaptações, vão garantir o conforto e segurança dos utentes. Esta frota contará igualmente com mais três veículos, com características turísticas, para as viagens na baixa. Gestor de recursos Sampaio Pimentel é vereador dos pelouros de recursos humanos, protecção civil e actividades económicas da Câmara do Porto (CMP), pastas que tutela tendo por base a gestão dos meios, traduzida na rigorosa aplicação de verbas e no investimento cada vez maior em recursos humanos. Desde que assumiu estes pelouros, apercebeu-se rapidamente que, quer no Batalhão de Sapadores Bombeiros, quer na Policia Municipal (PM), havia um défice de efectivos. Graças à alteração na legislação, no que diz respeito ao recrutamento de bombeiros, foi possível fazer algo para alterar a situação. Brevemente esta lacuna será suprida, pois até ao final do ano vão integrar o Batalhão mais 30 elementos. Na PM irão entrar 30 agentes fruto de um protocolo celebrado entre a CMP e a Direcção Nacional da PSP. Mas outras acções foram desenvolvidas para dotar de mais meios estas duas unidades orgânicas. De salientar, a título de exemplo, o concurso para a adjudicação de duas novas viaturas de socorro, uma destinada a operações de desencarceramento e outra para o apoio a mergulhadores. Foi também recentemente estabelecido um protocolo com a Liberty Seguros, através do qual a Polícia Municipal adquiriu 40 novos coletes antibala. Sampaio Pimentel já teve de tomar algumas medidas complicadas, nomeadamente a alteração do regulamento de horários, em Junho do ano passado, nos Bombeiros Sapadores o que originou alguma celeuma, na medida em que conseguiu reduzir drasticamente o número de horas extraordinárias. Como conseguiu fazê-lo? Vocacionou os Sapadores para a actividade operacional, passando todo o trabalho complementar a ser feito fruto de um protocolo - por duas associações de bombeiros voluntários. Quando estamos num cargo público, temos de ter a capacidade de analisar quais as consequências que as nossas decisões têm ao nível dos meios que nos são dados pelos contribuintes com os seus impostos. Temos de ter em conta que estamos a gastar, poupar ou investir. E eu sou daqueles que aposta na poupança e no investimento ao contrário de muitos que, toldados pela ilusão de resultados imediatos, preferem apenas gastar, salienta o autarca. Apostar nos funcionários e investir no rigor são alguns dos desafios aceites por Sampaio Pimentel. Com esse fim foram celebrados protocolos para reconhecimento, validação e certificação de competências com centros de formação profissional permitindo a equiparação das qualificações, de funcionários camarários, ao 9.º ano. Por outro lado, estão igualmente a ser analisadas e monitorizadas todas as ausências por doença dos trabalhadores. Tem sido feito muito trabalho para aumentar a capacidade de resposta na área da protecção civil. Uma delas prende-se com a criação de conselhos metropolitanos de vereadores por áreas, nomeadamente ambiente, educação, turismo e protecção civil o que, na opinião de Sampaio Pimentel, permitirá uma boa gestão de meios, bem como economia na sua aquisição. A alteração do Plano Municipal de Emergência e Protecção Civil deverá, brevemente, ser revisto/actualizado, pois o que está em vigor data de No âmbito do pelouro Actividades Económicas, Sampaio Pimentel definiu como objectivos apostar na internacionalização do Porto, tendo por base as características da cidade e os seus produtos. Pretende igualmente privilegiar o relacionamento institucional com os agentes económicos da cidade e da região. Pensar global e agir regional, frisa. Sampaio Pimentel sente-se bastante satisfeito com o reconhecimento, à Câmara do Porto, do 1.º nível de excelência da EFQM (European Foundation for Quality Management) Commited to Excelence 2006, estatuto que lhe será atribuído em cerimónia oficial, a 26 de Março, sendo a primeira autarquia portuguesa a consegui-lo

3 Grandes projectos A Câmara Municipal de inaugurou recentemente mais uma obra que vai contribuir para uma melhor qualidade de vida dos seus habitantes. O novo anel rodoviário que fecha a Via de Cintura Interna (VCI), o projecto de requalificação do Centro Histórico de e a segunda fase das obras do Parque da Cidade são outros dos temas a divulgar nesta edição

4 Inaugurado último troço de VCI da Ficou recentemente concluído o anel rodoviário que fecha a VCI, em Vila Nova de. Inaugurado no passado dia 8 de Janeiro, pelo ministro das Obras Públicas, Transportes e Comunicações, Mário Lino, o primeiro troço da Via de Cintura Interna, entre o Nó da Barroca e a Avenida da República, num trajecto com quase dois quilómetros de extensão, permite agora uma maior fluidez de tráfego. Para Luís Filipe Menezes, presidente da Câmara Municipal de, a conclusão da VCI de melhora significativamente a qualidade de vida de milhares de cidadãos, uma vez que será possível percorrer agora em cinco minutos um troço de quase dez quilómetros, e que antes tomava cerca de três quartos de hora. Diz estar orgulhoso, por ter conseguido nove anos e sete ministros das Obras Públicas depois, ver concluída uma obra por si lançada durante o seu primeiro mandato. O troço inaugurado, oferece nós de ligação com as ruas de D. Pedro V, de Pádua Correia e a travessa de José Fortuna. Surge assim uma nova rotunda, próxima do Colégio de, que permite a distribuição do fluxo de trânsito por três saídas, o Centro Histórico/ Soares dos Reis, El Corte Inglês e a parte sul da Avenida da República/ Santo Ovídio. Calcula-se que diariamente comecem aqui a circular cerca de 60 mil automóveis, o que poderá significar uma melhoria brutal no trânsito da cidade, referiu ainda Luís Filipe Menezes. Brasil deve ter papel liderante na CPLP CPLP (Comunidade dos Países de Língua Portuguesa), bem como o apoio português a um país em franco desenvolvimento, como é Cabo Verde, nomeadamente nas áreas de intervenção consideradas prioritárias como o Saneamento e Abastecimento de Água, Ambiente, Acção Social, Saúde, Educação, Cultura, Desporto, Urbanismo e Habitação. Neste encontro, tanto Luís Filipe Menezes como Pedro Pires defenderam que o Brasil deveria ter um papel mais activo e de liderança na CPLP, de forma a retirar a Comunidade do marasmo em que se encontra actualmente. No final do encontro foi feito o convite, ao presidente da República de Cabo Verde, de visitar oficialmente Vila Nova de e de marcar presença nas festividades de S.João deste ano. : a rive gauche da Área Metropolitana A escritura pública entre o Município de Vila Nova de e a Empresa Novopca Construtores Associados, S.A, já foi assinada por ambas as partes, numa cerimónia que decorreu no Salão Nobre da Câmara Municipal. Esta escritura é relativa ao concurso público internacional para a concepção, construção e exploração do futuro Centro Cultural de. Um investimento privado para o Centro Histórico de que ascende aos vinte e cinco milhões de euros. De acordo com Luís Filipe Menezes, só é possível hoje concretizar formalmente mais este investimento, tal como aconteceu com outros no passado recente, como é o caso da parceria estabelecida com o grupo galego Caixanova, no valor de mais de cem mil milhões de euros, a investir de igual modo no Centro Histórico, porque o Município tem uma lógica de gestão empresarial. O presidente da Câmara diz-se convicto das potencialidades deste projecto até porque vai suscitar um dinamismo muito agressivo no Centro Histórico, o que por si só vai atrair mais investimento e mais potencialidades económicas, tornando o Centro Histórico de e toda a margem sul do Douro uma verdadeira rive Presidente da República de Cabo Verde recebe autarca de Luís Filipe Menezes fez uma visita de quatro dias a Cabo Verde, que pela sua importância política se pode considerar uma visita de Estado. O autarca de manteve audiências ao mais alto nível com o Presidente da República de Cabo Verde, Pedro Pires com quem analisou questões como o papel que Portugal possa desempenhar ao nível da 76 77

5 gauche da Área Metropolitana do Porto. Para o autarca de, não há nenhum distrito que tenha numa concentração temporal tão pequena, um volume de investimento tão grande por parte de privados e com os valores tão elevados como no concelho de Vila Nova de, referiu durante a cerimónia. Este projecto tem já definido a data de conclusão que deverá ser em Agosto de A Novopca prevê a reconstrução em toda a zona envolvente aos antigos armazéns da Real Companhia Velha, à beira rio, numa intervenção em cerca de oito mil metros quadrados de solo, onde se poderá encontrar um auditório e salas de cinema, uma unidade hoteleira interligada e complementar às actividades do Centro Cultural, espaços de ensino, como escolas de arte, pintura, dança, canto, moda e design, espaços comerciais temáticos como uma praça coberta e espaços musicais temáticos. 2.ª fase do Parque da Cidade Luís Filipe Menezes, presidiu nos últimos dias, a vários eventos públicos de apresentação, lançamento e inauguração de obras e projectos de vital importância para o concelho de, nomeadamente na área do desporto. Entre elas está o arranque da segunda fase do Complexo Desportivo do Parque da Cidade, uma obra que estará concluída dentro de nove meses. Para o autarca de, este será um espaço de excelência e imagem marcante do ponto de vista da qualidade de vida no concelho. O Complexo Desportivo situa-se na zona central da cidade. Este espaço nobre, ladeado por uma vasta zona verde, acolherá, com a conclusão dos trabalhos do Complexo Desportivo, a prática desportiva nas mais diversas modalidades, possibilitando, entre outros, o fomento e a competição da prática do atletismo, do futebol, do salto em altura, do salto em comprimento e do triplo salto, apoiada pelas infra-estruturas adequadas, proporcionando, em caso de competições aos visitantes e juízes das provas terão condições de conforto e de segurança. O Complexo Desportivo do Parque da Cidade contará com uma área desportiva com campo de jogos para competições e espectáculos, serviços anexos para atletas e técnicos, instalações desportivas complementares, zona de espectadores, instalações para a comunicação social e serviços auxiliares. VL8 será nova via urbana de Luís Filipe Menezes, Presidente da Câmara Municipal de, inaugurou no passado dia 16 de Fevereiro, o nó viário da Arrábida. Trata-se de um investimento global de cerca de 4,5 milhões de euros e que vai alterar toda a lógica de circulação na zona, referiu o autarca, que aproveitou a ocasião para anunciar desde já a próxima grande obra da autarquia na área da mobilidade. De acordo com Luís Filipe Menezes, o próximo grande passo, imprescindível será transformar a VL8, entre a ponte da Arrábida e a rotunda das Devesas, numa via urbana. A obra inaugurada permitirá o acesso directo do Porto à zona noroeste do Concelho, ou seja, as freguesias de Afurada e Canidelo ficarão com acesso directo, sem que os automobilistas sejam obrigados a passar pela zona dos centros comerciais, local de constantes engarrafamentos. No que concerne à VL8, diz Luís Filipe Menezes, será transformada numa via com passeios, jardins e zona de aparcamento. Como contraponto às más notícias que os portugueses estão habituados noutras cidades, o presidente da câmara de disse mesmo que em breve se irá lançar a Via Panorâmica do Centro Histórico, à cota alta, integrada no Programa Polis, e a ligação da Rotunda das Devesas ao nó viário do Fojo. O autarca de fez ainda questão de salientar que é bom que a região e o País percebam que em há uma lógica diferente de governação

6 investe mais nove milhões de euros em novas vias O Município de Vila Nova de irá investir, em breve, mais nove milhões de euros em novas vias, cujos concursos públicos estão já em curso. O anúncio foi feito no passado dia 21 de Fevereiro, por Luís Filipe Menezes, aquando da inauguração da VL5, ou Avenida Jaime Isidoro, como foi baptizada. Trata-se de uma via de capital importância para o interior do Concelho e que liga transversalmente as freguesias de Grijó e Serzedo numa extensão de cerca de dois quilómetros, e cujo investimento foi de três milhões e meio de euros, dos quais cerca de dois milhões e meio se destinaram a expropriações. Tal facto tornou muito onerosa esta via, referiu o autarca, que permite agora uma rápida ligação, de S. Félix da Marinha e Serzedo ao centro Sul do Concelho. A VL5, facilitará assim a circulação urbana, mais dedicada aos moradores das proximidades e assumirá, simultaneamente e de igual modo um papel importante no mapa das redes viárias do Concelho, estabelecendo um eixo de acesso ao futuro Parque Tecnológico de S. Félix da Marinha. Luís Filipe Menezes aproveitou a ocasião para anunciar, para breve, a obra de prolongamento da VL5 ao IC1 (antiga EN 109). Também a VL3 será apresentada em breve. Uma via que está a ser pensada no âmbito do Masterplan, e que estabelecerá a ligação entre Santo Ovídio e toda a frente de mar, revolucionando a circulação. Filho da terra, Jaime Isidoro emprestou o nome a esta importante via, com mais de sessenta anos dedicados à arte e à pintura, o artista com atelier em, encarou um novo desafio, a criação de um espaço único onde o espólio propriedade do artista Jaime Isidoro, composto por mais de uma centena de obras, possa estar exposta ao público, defendeu Luís Filipe Menezes

especiais por ano, garantindo a máxima capacidade de transporte para jogos de futebol, concertos e outras celebrações de massas.

especiais por ano, garantindo a máxima capacidade de transporte para jogos de futebol, concertos e outras celebrações de massas. O Metro do Porto O Metro é um sistema de transportes públicos da Área Metropolitana do Porto e combina uma rede ferroviária subterrânea, no centro da cidade, com linhas à superfície em meio urbano e diversos

Leia mais

Cerimónia Oficial da XIII - Edição do Festival Músicas do Mundo 22 de Julho 2011. Caros Sineenses Visitantes e participantes do F.M.

Cerimónia Oficial da XIII - Edição do Festival Músicas do Mundo 22 de Julho 2011. Caros Sineenses Visitantes e participantes do F.M. Câmara Municipal Presidência Cerimónia Oficial da XIII - Edição do Festival Músicas do Mundo 22 de Julho 2011. Caros Sineenses Visitantes e participantes do F.M.M de Sines Bem vindos à nossa grande festa

Leia mais

Setembro Dia Europeu Sem Carros 22 Semana Europeia da Mobilidade 16 17 18 19 20 21 22

Setembro Dia Europeu Sem Carros 22 Semana Europeia da Mobilidade 16 17 18 19 20 21 22 Câmara Municipal: Cidade VILA NOVA DE GAIA Vila Nova de Gaia Setembro Dia Europeu Sem Carros 22 Semana Europeia da Mobilidade 16 17 18 19 20 21 22 Área da cidade 600 ha População total 30 hab. Dimensão

Leia mais

RESUMO DAS OBRAS VISITADAS:

RESUMO DAS OBRAS VISITADAS: RESUMO DAS OBRAS VISITADAS: Bairro da Laje, freguesia de Porto Salvo: - Parque Urbano Fase IV Os Arranjos Exteriores do Parque Urbano Fase IV do bairro da Laje, inserem-se num vasto plano de reconversão

Leia mais

Programa Eco-Escolas

Programa Eco-Escolas ESCOLA SEC. D. INÊS DE CASTRO - ALCOBAÇA DIA ESCOLAR SEM CARROS ENCONTRO NACIONAL ESCOLA SEC. D. INÊS DE CASTRO - ALCOBAÇA Principais objectivos deste evento: Promover a mobilidade sustentável. Divulgar

Leia mais

Eng.º José Pinto Leite

Eng.º José Pinto Leite Dia 27 de Maio Investimento e sustentabilidade Eng.º José Pinto Leite Programa Polis Congresso LIDER A 09 Sustentabilidade e o POLIS José Manuel Pinto Leite IST 27/05/2009 1 Sustentabilidade e o POLIS

Leia mais

REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE S. JOÃO DA MADEIRA

REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE S. JOÃO DA MADEIRA 1 REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE S. JOÃO DA MADEIRA ACTA Nº 10/2008 - MAIO --- DATA DA REUNIÃO: Vinte de Maio de dois mil e oito. -------------------------------- --- LOCAL DA REUNIÃO: Sala das

Leia mais

Centro do divertimento e animação

Centro do divertimento e animação Porto O próximo trimestre no Porto será intenso pois haverá muitas iniciativas e uma grande diversidade a nível de oferta nas mais variadas áreas, desde o desporto e a cultura à celebração dos santos populares.

Leia mais

1º de Maio todos os dias

1º de Maio todos os dias Pág: 22 Área: 15,95 x 21,58 cm² Corte: 1 de 5 1º de Maio todos os dias Numa zona verde da cidade de Lisboa, no bairro de Alvalade, o Parque de Jogos 1º de Maio tem um borbulhar de actividade constante.

Leia mais

Projecto REDE CICLÁVEL DO BARREIRO Síntese Descritiva

Projecto REDE CICLÁVEL DO BARREIRO Síntese Descritiva 1. INTRODUÇÃO Pretende-se com o presente trabalho, desenvolver uma rede de percursos cicláveis para todo o território do Município do Barreiro, de modo a promover a integração da bicicleta no sistema de

Leia mais

Debate Quinzenal Economia Intervenção do Primeiro-Ministro José Sócrates

Debate Quinzenal Economia Intervenção do Primeiro-Ministro José Sócrates Debate Quinzenal Economia Intervenção do Primeiro-Ministro José Sócrates 11.02.2009 1. A execução da Iniciativa para o Investimento e o Emprego A resposta do Governo à crise económica segue uma linha de

Leia mais

Gonçalo Gonçalves é o responsável. Área Metropolitana

Gonçalo Gonçalves é o responsável. Área Metropolitana P O R T O Inovação e dinamismo numa cidade em mudança O vereador Gonçalo Gonçalves, um portuense que frisa gostar muito da sua cidade, tutela neste momento importantes pelouros da Câmara do Porto. Desde

Leia mais

Enquadramento Turismo Rural

Enquadramento Turismo Rural Enquadramento Turismo Rural Portugal é um País onde os meios rurais apresentam elevada atratividade quer pelas paisagens agrícolas, quer pela biodiversidade quer pelo património histórico construído o

Leia mais

ANEXO TURISMO SUSTENTÁVEL BASES PARA A DEFINIÇÃO DE UM PROGRAMA DE VER PLANTA CASAS E MONTES AGRÍCOLAS ESTRATÉGIA DE TURISMO SUSTENTÁVEL -

ANEXO TURISMO SUSTENTÁVEL BASES PARA A DEFINIÇÃO DE UM PROGRAMA DE VER PLANTA CASAS E MONTES AGRÍCOLAS ESTRATÉGIA DE TURISMO SUSTENTÁVEL - ANEXO BASES PARA A DEFINIÇÃO DE UM PROGRAMA DE TURISMO SUSTENTÁVEL VER PLANTA CASAS E MONTES AGRÍCOLAS ESTRATÉGIA DE TURISMO SUSTENTÁVEL - ANEXO AO RELATÓRIO 3 ANEXO AO RELATÓRIO 3_ PROGRAMA DE EXECUÇÃO

Leia mais

Câmara Municipal de Almeirim

Câmara Municipal de Almeirim Câmara Municipal de Almeirim Programa de Adesão SEMANA EUROPEIA DA MOBILIDADE 16 a 22 de Setembro de 2007 P r o g r a m a 1 - Aderindo à ECOTROCA ganhe viagens nos TUA (durante toda a semana): - Aderindo

Leia mais

Decreto-Lei n.º 56/2006, de 15 de Março

Decreto-Lei n.º 56/2006, de 15 de Março Decreto-Lei n.º 56/2006, de 15 de Março EXPLORAÇÃO DE JOGOS SOCIAIS (DISTRIBUIÇÃO DOS RESULTADOS LÍQUIDOS) (LOTARIAS - TOTOBOLA TOTOLOTO TOTOGOLO LOTO 2 JOKER - EUROMILHÕES) A afectação das receitas dos

Leia mais

FREGUESIA DE ARRUDA DOS VINHOS

FREGUESIA DE ARRUDA DOS VINHOS FREGUESIA DE ARRUDA DOS VINHOS lano de Activida e es Orçamento PPI 2012 À INTRODUCÃO Para cumprimento do disposto na alínea a) do n 2 do artigo 34 da lei n 169/99 de 18 de Setembro, na redacção que lhe

Leia mais

ESPORTE NÃO É SÓ PARA ALGUNS, É PARA TODOS! Esporte seguro e inclusivo. Nós queremos! Nós podemos!

ESPORTE NÃO É SÓ PARA ALGUNS, É PARA TODOS! Esporte seguro e inclusivo. Nós queremos! Nós podemos! ESPORTE NÃO É SÓ PARA ALGUNS, É PARA TODOS! Esporte seguro e inclusivo. Nós queremos! Nós podemos! Documento final aprovado por adolescentes dos Estados do Amazonas, da Bahia, do Ceará, do Mato Grosso,

Leia mais

Desporto e Hábitos de Vida Saudável

Desporto e Hábitos de Vida Saudável Desporto e Hábitos de Vida Saudável SRA PRESIDENTE SRAS E SRS DEPUTADOS SR PRESIDENTE SRA E SRS MEMBROS DO GOVERNO Em primeiro lugar gostaria de cumprimentar a Srª Presidente da Assembleia, desejando-lhe

Leia mais

INICIATIVA ESTRATÉGICA CONHECIMENTO E INOVAÇÃO

INICIATIVA ESTRATÉGICA CONHECIMENTO E INOVAÇÃO INICIATIVA ESTRATÉGICA CONHECIMENTO E INOVAÇÃO Janeiro 2004 INICIATIVA ESTRATÉGICA CONHECIMENTO E INOVAÇÃO 1 - OBJECTIVOS O Conhecimento é fonte de Desenvolvimento. A criação e transmissão do Conhecimento

Leia mais

O projeto da Rede Municipal de Hortas Urbanas de Vila Nova de Gaia. Câmara Municipal de Vila Nova de Gaia

O projeto da Rede Municipal de Hortas Urbanas de Vila Nova de Gaia. Câmara Municipal de Vila Nova de Gaia O projeto da Rede Municipal de Hortas Urbanas de Vila Nova de Gaia Câmara Municipal de Vila Nova de Gaia O CONCEITO DE HORTA URBANA Possui objetivos distintos da atividade agrícola enquanto atividade económica

Leia mais

enewsletter NOVEMBRO`09

enewsletter NOVEMBRO`09 Página Web 1 de 7 enewsletter NOVEMBRO`09 www.centralprojectos.pt Central Projectos conquista estatuto de PME Líder A Central Projectos foi recentemente reconhecida como PME Líder pelo IAPMEI no âmbito

Leia mais

Artigo 1.º. Entre Melgaço e Arbo, sobre o rio Minho, será construída uma ponte internacional que una Portugal e Espanha.

Artigo 1.º. Entre Melgaço e Arbo, sobre o rio Minho, será construída uma ponte internacional que una Portugal e Espanha. Decreto n.º 19/96 de 1 de Julho Convénio entre a República Portuguesa e o Reino de Espanha para a Construção de Uma Ponte Internacional sobre o Rio Minho entre as Localidades de Melgaço (Portugal) e Arbo

Leia mais

Capítulo III Aspectos metodológicos da investigação

Capítulo III Aspectos metodológicos da investigação Capítulo III Aspectos metodológicos da investigação 3.1) Definição do problema Tendo como ponto de partida os considerandos enumerados na Introdução, concretamente: Os motivos de ordem pessoal: Experiência

Leia mais

Reabilitação do Mercado Municipal. Concurso de Ideias. Regulamento

Reabilitação do Mercado Municipal. Concurso de Ideias. Regulamento ARTIGO 1º Enquadramento Reabilitação do Mercado Municipal Concurso de Ideias Regulamento O Concurso de Ideias para a reabilitação do Mercado Municipal (MM), sito na praça do Comércio é uma iniciativa da

Leia mais

ACQUALIVEEXPO. Painel A INTERNACIONALIZAÇÃO DO SECTOR PORTUGUÊS DA ÁGUA EVOLUÇÃO DO SECTOR DA ÁGUA NOS BALCÃS: O EXEMPLO DA SÉRVIA

ACQUALIVEEXPO. Painel A INTERNACIONALIZAÇÃO DO SECTOR PORTUGUÊS DA ÁGUA EVOLUÇÃO DO SECTOR DA ÁGUA NOS BALCÃS: O EXEMPLO DA SÉRVIA ACQUALIVEEXPO Painel A INTERNACIONALIZAÇÃO DO SECTOR PORTUGUÊS DA ÁGUA EVOLUÇÃO DO SECTOR DA ÁGUA NOS BALCÃS: O EXEMPLO DA SÉRVIA Lisboa, 22 de Março de 2012 1 1. Introdução A diplomacia económica é um

Leia mais

PLANO DE MOBILIDADE SUSTENTÁVEL DE MIRANDELA ESBOÇO DA ANÁLISE E DIAGNÓSTICO

PLANO DE MOBILIDADE SUSTENTÁVEL DE MIRANDELA ESBOÇO DA ANÁLISE E DIAGNÓSTICO PLANO DE MOBILIDADE SUSTENTÁVEL DE MIRANDELA ESBOÇO DA ANÁLISE E DIAGNÓSTICO 1. MOTIVAÇÕES E PREOCUPAÇÕES Condicionantes à Mobilidade Problemática Específica Articulação entre as decisões urbanísticas

Leia mais

Exma. Sra. Presidente do Conselho Geral Transitório Exmos. Srs. Conselheiros Exmos. Srs. Professores Exmos. Srs. Funcionários Caros amigos e amigas

Exma. Sra. Presidente do Conselho Geral Transitório Exmos. Srs. Conselheiros Exmos. Srs. Professores Exmos. Srs. Funcionários Caros amigos e amigas Exma. Sra. Presidente do Conselho Geral Transitório Exmos. Srs. Conselheiros Exmos. Srs. Professores Exmos. Srs. Funcionários Caros amigos e amigas Em primeiro lugar gostaria de expressar o meu agradecimento

Leia mais

Aos Órgãos Sociais da FAPODIVEL. Odivelas, 20 de Novembro de 2010. Caros Colegas,

Aos Órgãos Sociais da FAPODIVEL. Odivelas, 20 de Novembro de 2010. Caros Colegas, Aos Órgãos Sociais da FAPODIVEL Odivelas, 20 de Novembro 2010 Caros Colegas, Estando a terminar este ano de trabalho na Federação Concelhia de Odivelas, da qual eu fiz parte dos seus Órgãos Sociais neste

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA DO MONTE DA CAPARICA Curso de Educação e Formação de Adultos NS

ESCOLA SECUNDÁRIA DO MONTE DA CAPARICA Curso de Educação e Formação de Adultos NS 1 de 6 - mobilidade humana e OBJECTIVO: Identifica sistemas de administração territorial e respectivos funcionamentos integrados. O Turismo Guião de Exploração Indicadores sobre o turismo em Portugal 27

Leia mais

PROTOCOLO SIMPLEX AUTÁRQUICO

PROTOCOLO SIMPLEX AUTÁRQUICO CONSIDERANDO QUE: PROTOCOLO SIMPLEX AUTÁRQUICO A simplificação administrativa e a administração electrónica são hoje reconhecidas como instrumentos fundamentais para a melhoria da competitividade e da

Leia mais

3. Caracterização e cadastro do Movimento Associativo do concelho

3. Caracterização e cadastro do Movimento Associativo do concelho De : DCED/DICUL Carlos Anjos Proc. Nº Para : ANA JOSÉ CARVALHO, CHEFE DA DICUL Assunto : PROPOSTA DE PLANO DE ACTIVIDADES DO GRUPO DE TRABALHO PARA O MOVIMENTO ASSOCIATIVO - 2011 Para os efeitos tidos

Leia mais

A rua como elemento central da mobilidade urbana ciclável

A rua como elemento central da mobilidade urbana ciclável A rua como elemento central da mobilidade urbana ciclável 15 de Fevereiro de 2011 José M. Viegas Susana Castelo Mudança de paradigma Necessidade de : 1. Revisão do modelo de Predict & Provide, já que este

Leia mais

2013: ano de grandes emoções no Circuito da Boavista

2013: ano de grandes emoções no Circuito da Boavista 2013: ano de grandes emoções no Circuito da Boavista Dois fins-de-semana com automobilismo do passado e presente A edição 2013 do Circuito da Boavista vai levar ainda mais emoção ao histórico traçado portuense,

Leia mais

Esterofoto Geoengenharia SA. Álvaro Pombo. Administrtador. (www.estereofoto.pt)

Esterofoto Geoengenharia SA. Álvaro Pombo. Administrtador. (www.estereofoto.pt) Esterofoto Geoengenharia SA Álvaro Pombo Administrtador (www.estereofoto.pt) Q. Conte-nos um pouco da historia da empresa, que já tem mais de 30 anos. R. A Esterofoto é uma empresa de raiz, a base da empresa

Leia mais

JUNTA DE FREGUESIA DE CANAVIAIS Concelho de Évora GRANDES OPÇÕES DO PLANO

JUNTA DE FREGUESIA DE CANAVIAIS Concelho de Évora GRANDES OPÇÕES DO PLANO GRANDES OPÇÕES DO PLANO Na continuidade das opções que temos vindo a desenvolver ao longo do nosso mandato, que reflectem nas suas linhas gerais de orientação, uma constante preocupação em proporcionar

Leia mais

1) Breve apresentação do AEV 2011

1) Breve apresentação do AEV 2011 1) Breve apresentação do AEV 2011 O Ano Europeu do Voluntariado 2011 constitui, ao mesmo tempo, uma celebração e um desafio: É uma celebração do compromisso de 94 milhões de voluntários europeus que, nos

Leia mais

INED PROJETO EDUCATIVO INSTITUTO DE EDUCAÇÃO E DESENVOLVIMENTO MAIA

INED PROJETO EDUCATIVO INSTITUTO DE EDUCAÇÃO E DESENVOLVIMENTO MAIA INED INSTITUTO DE EDUCAÇÃO E DESENVOLVIMENTO PROJETO EDUCATIVO MAIA PROJETO EDUCATIVO I. Apresentação do INED O Instituto de Educação e Desenvolvimento (INED) é uma escola secundária a funcionar desde

Leia mais

CENTRO DE FORMAÇÃO DESPORTIVA DE XADREZ

CENTRO DE FORMAÇÃO DESPORTIVA DE XADREZ CENTRO DE FORMAÇÃO DESPORTIVA DE XADREZ Câmara Municipal de Vila Nova de Gaia Gaianima, E. M., Equipamentos Municipais Departamento do Desporto Escolar Escola Profissional de Gaia Academia de Xadrez de

Leia mais

Apresentação do Projecto «Citius» e entrega de computadores portáteis com esta aplicação aos alunos do Centro de Estudos Judiciários Lisboa 2007-09-20

Apresentação do Projecto «Citius» e entrega de computadores portáteis com esta aplicação aos alunos do Centro de Estudos Judiciários Lisboa 2007-09-20 Apresentação do Projecto «Citius» e entrega de computadores portáteis com esta aplicação aos alunos do Centro de Estudos Judiciários Lisboa 2007-09-20 Não tendo podido estar presente na abertura das actividades

Leia mais

GRANDES OPÇÕES DO PLANO E ORÇAMENTO 2011 DA CIM ALTO MINHO RELATÓRIO DE PROGRESSO 31 MARÇO 2011

GRANDES OPÇÕES DO PLANO E ORÇAMENTO 2011 DA CIM ALTO MINHO RELATÓRIO DE PROGRESSO 31 MARÇO 2011 GRANDES OPÇÕES DO PLANO E ORÇAMENTO 2011 DA CIM ALTO MINHO RELATÓRIO DE PROGRESSO 31 MARÇO 2011 Versão Preliminar Este relatório tem por objectivo da conta do que de mais relevante foi realizado no cumprimento

Leia mais

MINISTÉRIO DAS OBRAS PÚBLICAS, TRANSPORTES E COMUNICAÇÕES

MINISTÉRIO DAS OBRAS PÚBLICAS, TRANSPORTES E COMUNICAÇÕES 1783 MINISTÉRIO DAS OBRAS PÚBLICAS, TRANSPORTES E COMUNICAÇÕES Decreto n.º 7/2008 de 27 de Março A rede ferroviária de alta velocidade constitui um empreendimento público de excepcional interesse nacional

Leia mais

5 Um Modelo Inteligente de Cidade 7 Santa Marinha, um Conceito Global 9 Arquitectura 11 O Lugar Ideal Para Viver 13 Espaços 15 Conforto, Harmonia e

5 Um Modelo Inteligente de Cidade 7 Santa Marinha, um Conceito Global 9 Arquitectura 11 O Lugar Ideal Para Viver 13 Espaços 15 Conforto, Harmonia e 5 Um Modelo Inteligente de Cidade 7 Santa Marinha, um Conceito Global 9 Arquitectura 11 O Lugar Ideal Para Viver 13 Espaços 15 Conforto, Harmonia e Bem-Estar 17 A Sede do Seu Negócio 19 Tudo à Distância

Leia mais

ATA N.º 75 Mandato 2009-2013. Data da reunião extraordinária: 12-07-2012 Local da reunião: Sala das reuniões da Câmara Municipal de Santarém

ATA N.º 75 Mandato 2009-2013. Data da reunião extraordinária: 12-07-2012 Local da reunião: Sala das reuniões da Câmara Municipal de Santarém REUNIÃO DO EXECUTIVO MANDATO 2009-2013 DE 12-07-2012 83 Data da reunião extraordinária: 12-07-2012 Local da reunião: Sala das reuniões da Câmara Municipal de Santarém Início da reunião: 09:10 horas Términus

Leia mais

ÍNDICE APRESENTAÇÃO 02 HISTÓRIA 02 OBJECTIVOS 02 CURSOS 04 CONSULTORIA 06 I&D 07 DOCENTES 08 FUNDEC & IST 09 ASSOCIADOS 10 PARCERIAS 12 NÚMEROS 13

ÍNDICE APRESENTAÇÃO 02 HISTÓRIA 02 OBJECTIVOS 02 CURSOS 04 CONSULTORIA 06 I&D 07 DOCENTES 08 FUNDEC & IST 09 ASSOCIADOS 10 PARCERIAS 12 NÚMEROS 13 ÍNDICE APRESENTAÇÃO 02 HISTÓRIA 02 OBJECTIVOS 02 CURSOS 04 CONSULTORIA 06 I&D 07 DOCENTES 08 FUNDEC & IST 09 ASSOCIADOS 10 PARCERIAS 12 NÚMEROS 13 QUEM SOMOS FUNDEC APRESENTAÇÃO HISTÓRIA OBJECTIVOS A

Leia mais

OPTIMIZAR OS COMBOIOS SUBURBANOS DE LISBOA

OPTIMIZAR OS COMBOIOS SUBURBANOS DE LISBOA OPTIMIZAR OS COMBOIOS SUBURBANOS DE LISBOA Diagrama actual Rui Rodrigues Site: www.maquinistas.org (Ver Opinião) Email rrodrigues.5@netcabo.pt Data: Público, 13 de Junho de 2005 OPTIMIZAR OS COMBOIOS SUBURBANOS

Leia mais

INTERVENÇÃO DE S.EXA. O SECRETÁRIO DE ESTADO DO TURISMO, DR.BERNARDO TRINDADE, NA SESSÃO DE ABERTURA DO XXXIII CONGRESSO DA APAVT

INTERVENÇÃO DE S.EXA. O SECRETÁRIO DE ESTADO DO TURISMO, DR.BERNARDO TRINDADE, NA SESSÃO DE ABERTURA DO XXXIII CONGRESSO DA APAVT INTERVENÇÃO DE S.EXA. O SECRETÁRIO DE ESTADO DO TURISMO, DR.BERNARDO TRINDADE, NA SESSÃO DE ABERTURA DO XXXIII CONGRESSO DA APAVT TURISMO: TENDÊNCIAS E SOLUÇÕES Exmos. Senhores Conferencistas, Antes de

Leia mais

REUNIÃO DE CÂMARA DE 06 DE JUNHO

REUNIÃO DE CÂMARA DE 06 DE JUNHO REUNIÃO DE CÂMARA DE 06 DE JUNHO 1. A Câmara Municipal aprovou um voto de congratulação ao Clube do Povo de Esgueira. O Clube do Povo de Esgueira é uma instituição de utilidade pública fundada em 8 Novembro

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE CARMO DA CACHOEIRA ESTADO DE MINAS GERAIS GABINETE DO PREFEITO

PREFEITURA MUNICIPAL DE CARMO DA CACHOEIRA ESTADO DE MINAS GERAIS GABINETE DO PREFEITO 1 Dispõe sobre a criação da SECRETARIA MUNICIPAL DE CULTURA, ESPORTES E TURISMO, e dá outras providencias. 2009. Projeto de Lei n.º, de 05 de fevereiro de A Câmara Municipal de Carmo da Cachoeira, por

Leia mais

1. António Costa promete mudança política, Antena 1 - Notícias, 07-04-2015 1

1. António Costa promete mudança política, Antena 1 - Notícias, 07-04-2015 1 Radios_8_Abril_2015 Revista de Imprensa 1. António Costa promete mudança política, Antena 1 - Notícias, 07-04-2015 1 2. Sindicatos da PSP enviam proposta conjunta ao ministério, TSF - Notícias, 07-04-2015

Leia mais

6º Congresso Nacional da Administração Pública

6º Congresso Nacional da Administração Pública 6º Congresso Nacional da Administração Pública João Proença 30/10/08 Desenvolvimento e Competitividade: O Papel da Administração Pública A competitividade é um factor-chave para a melhoria das condições

Leia mais

REGULAMENTO MUNICIPAL

REGULAMENTO MUNICIPAL REGULAMENTO MUNICIPAL REALIZAÇÃO DE ESPECTÁCULOS DE NATUREZA DESPORTIVA E DE DIVERTIMENTOS PÚBLICOS NAS VIAS, JARDINS E DEMAIS LUGARES PÚBLICOS AO AR LIVRE REALIZAÇÃO DE ESPECTÁCULOS DE NATUREZA DESPORTIVA

Leia mais

REGULAMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE SAÚDE. (Aprovado na 23ª Reunião Ordinária de Câmara Municipal, realizada em 21 de Novembro de 2001)

REGULAMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE SAÚDE. (Aprovado na 23ª Reunião Ordinária de Câmara Municipal, realizada em 21 de Novembro de 2001) REGULAMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE SAÚDE (Aprovado na 23ª Reunião Ordinária de Câmara Municipal, realizada em 21 de Novembro de 2001) REGULAMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE SAÚDE (Aprovado na 23ª Reunião

Leia mais

Associação para o Desenvolvimento do Baixo Guadiana

Associação para o Desenvolvimento do Baixo Guadiana Associação para o Desenvolvimento do Baixo Guadiana A Associação Odiana Esta Associação, sem fins lucrativos, fundada pelos municípios de Alcoutim, Castro Marim e Vila Real de Santo António em Dezembro

Leia mais

Percepção de Portugal no mundo

Percepção de Portugal no mundo Percepção de Portugal no mundo Na sequência da questão levantada pelo Senhor Dr. Francisco Mantero na reunião do Grupo de Trabalho na Aicep, no passado dia 25 de Agosto, sobre a percepção da imagem de

Leia mais

Plano Intermunicipal de Mobilidade e Transportes da Região de Aveiro

Plano Intermunicipal de Mobilidade e Transportes da Região de Aveiro Plano Intermunicipal de Mobilidade e Transportes da Região de Aveiro www.regiaodeaveiro.pt PIMT de Aveiro, Aveiro TIS.PT Transportes Inovação e Sistemas, S.A. 1 16 Breve enquadramento A Comunidade Intermunicipal

Leia mais

MINISTÉRIO DAS OBRAS PÚBLICAS, TRANSPORTES E COMUNICAÇÕES Gabinete do Ministro INTERVENÇÃO DE SUA EXCELÊNCIA O MINISTRO DAS

MINISTÉRIO DAS OBRAS PÚBLICAS, TRANSPORTES E COMUNICAÇÕES Gabinete do Ministro INTERVENÇÃO DE SUA EXCELÊNCIA O MINISTRO DAS INTERVENÇÃO DE SUA EXCELÊNCIA O MINISTRO DAS OBRAS PÚBLICAS, TRANSPORTES E COMUNICAÇÕES Eng.º Mário Lino por ocasião da Sessão REDES DE NOVA GERAÇÃO 2009 Fundação das Comunicações, 7 Janeiro 2009 (Vale

Leia mais

Plano de Acção. Rede Social 2011/2012

Plano de Acção. Rede Social 2011/2012 Plano de Acção - Rede Social Plano de Acção Rede Social Conselho Local da Acção Social de Figueira de Castelo Plano de Acção Rede Social Acções a desenvolver Objectivos Resultados esperados Calendarização

Leia mais

Entrevista com BPN Imofundos. António Coutinho Rebelo. Presidente. www.bpnimofundos.pt. Com quality media press para LA VANGUARDIA

Entrevista com BPN Imofundos. António Coutinho Rebelo. Presidente. www.bpnimofundos.pt. Com quality media press para LA VANGUARDIA Entrevista com BPN Imofundos António Coutinho Rebelo Presidente www.bpnimofundos.pt Com quality media press para LA VANGUARDIA Esta transcrição reproduz fiel e integralmente a entrevista. As respostas

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DO CRATO EDITAL

CÂMARA MUNICIPAL DO CRATO EDITAL CÂMARA MUNICIPAL DO CRATO EDITAL João Teresa Ribeiro, Presidente da Câmara Municipal do Crato, em cumprimento do disposto no artigo 91.º da Lei n.º 169/99 de 18 de setembro, torna público que na 27.ª reunião

Leia mais

Regulamento Municipal de Apoio ao Cooperativismo

Regulamento Municipal de Apoio ao Cooperativismo Regulamento Municipal de Apoio ao Cooperativismo Considerando a necessidade de apoiar a criação e a consolidação de cooperativas residentes no concelho. Considerando a necessidade de incentivar a expansão

Leia mais

REUNIÃO EXTRAORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE S. JOÃO DA

REUNIÃO EXTRAORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE S. JOÃO DA 1 REUNIÃO EXTRAORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE S. JOÃO DA MADEIRA ACTA Nº 26/2006 - DEZEMBRO --- DATA DA REUNIÃO: Sete de Dezembro de dois mil e seis. ------------------------- --- LOCAL DA REUNIÃO: Sala

Leia mais

Trabalho Prático. Breve descrição de conceitos e desenvolvimento teórico da temática

Trabalho Prático. Breve descrição de conceitos e desenvolvimento teórico da temática Trabalho Prático Designação do Projecto Proposta de Valorização da Zona Ribeirinha do Montijo Tema Cidades Saudáveis e Respostas Locais Breve descrição de conceitos e desenvolvimento teórico da temática

Leia mais

Projecto Integrado da Baixa da Banheira

Projecto Integrado da Baixa da Banheira Projecto Integrado da Baixa da Banheira 1. INTRODUÇÃO O Projecto Integrado da Baixa da Banheira nasce de uma parceria entre a Câmara Municipal da Moita e o ICE tendo em vista induzir as Associações da

Leia mais

Requalificação Urbana pela Iluminação Pública (Efficient Lighting) Nuno Canta Vice Presidente Município de Montijo

Requalificação Urbana pela Iluminação Pública (Efficient Lighting) Nuno Canta Vice Presidente Município de Montijo Requalificação Urbana pela Iluminação Pública (Efficient Lighting) Nuno Canta Vice Presidente Município de Montijo Resumo Município de Montijo Desafios Globais Visão Acção Local Boas Práticas Conclusões

Leia mais

Nos termos da alínea c) do n.º 1 do artigo 200.º da Constituição, o Governo decreta o seguinte: Artigo único

Nos termos da alínea c) do n.º 1 do artigo 200.º da Constituição, o Governo decreta o seguinte: Artigo único Decreto n.º 18/97 Acordo de Cooperação no Domínio do Turismo entre o Governo da República Portuguesa e o Governo dos Estados Unidos Mexicanos, assinado na Cidade do México em 6 de Novembro de 1996 Nos

Leia mais

Agenda 21 Local de Arganil 3ª Sessão do Fórum Participativo

Agenda 21 Local de Arganil 3ª Sessão do Fórum Participativo Agenda 21 Local de Arganil 3ª Sessão do Fórum Participativo 22 de Fevereiro 2010 Índice Índice PARTE I SÍNTESE DO 2º FÓRUM PARTICIPATIVO (10 minutos) PARTE II SÍNTESE DA ESTRATÉGIA DE SUSTENTABILIDADE

Leia mais

Ora, é hoje do conhecimento geral, que há cada vez mais mulheres licenciadas, com mestrado, doutoramentos, pós-docs e MBA s.

Ora, é hoje do conhecimento geral, que há cada vez mais mulheres licenciadas, com mestrado, doutoramentos, pós-docs e MBA s. Bom dia a todos e a todas, Não é difícil apontar vantagens económicas às medidas de gestão empresarial centradas na igualdade de género. Em primeiro lugar, porque permitem atrair e reter os melhores talentos;

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE ARCOS DE VALDEVEZ MINUTA DA ACTA DA REUNIÃO EXTRAORDINÁRIA DE 06 DE JULHO DE 2009

CÂMARA MUNICIPAL DE ARCOS DE VALDEVEZ MINUTA DA ACTA DA REUNIÃO EXTRAORDINÁRIA DE 06 DE JULHO DE 2009 CÂMARA MUNICIPAL DE ARCOS DE VALDEVEZ MINUTA DA ACTA DA REUNIÃO EXTRAORDINÁRIA DE 06 DE JULHO DE 2009 PRESIDÊNCIA: DR. FRANCISCO RODRIGUES DE ARAÚJO VEREADORES PRESENTES: DR. JOÃO MANUEL DO AMARAL ESTEVES

Leia mais

Permitam-me algum informalismo e que leve à risca o Protocolo.

Permitam-me algum informalismo e que leve à risca o Protocolo. 1 - Gostaria de pedir um minuto de silêncio em memória de todos os Bombeiros já falecidos e particularmente de Franquelim Gonçalves, que faleceu no desempenho das suas funções; 25 de maio Inauguração do

Leia mais

D. Virgílio Antunes no Centro Social do Senhor da Serra. Bispo de Coimbra na bênção oficial da Residência Cristo Redentor

D. Virgílio Antunes no Centro Social do Senhor da Serra. Bispo de Coimbra na bênção oficial da Residência Cristo Redentor D. Virgílio Antunes no Centro Social do Senhor da Serra Bispo de Coimbra na bênção oficial da Residência Cristo Redentor O bispo da diocese de Coimbra, D. Virgílio Antunes, procedeu à bênção oficial da

Leia mais

PROTOCOLO ENTRE A FUNDAÇÃO INATEL E A UNIVERSIDADE DO PORTO. Lisboa, pessoa colectiva n. 500 122 237 neste acto representada pelo seu Presidente do

PROTOCOLO ENTRE A FUNDAÇÃO INATEL E A UNIVERSIDADE DO PORTO. Lisboa, pessoa colectiva n. 500 122 237 neste acto representada pelo seu Presidente do NATEL N ÍL PROTOCOLO ENTRE A FUNDAÇÃO INATEL E A ENTRE: PRIMEIRO FUNDAÇÃO INATEL, com domicílio na Calçada de Santana n 180 em Lisboa, pessoa colectiva n. 500 122 237 neste acto representada pelo seu Presidente

Leia mais

Senhor Presidente da Assembleia, Senhoras e Senhores Deputados, Senhor Presidente, Senhora e Senhores membros do Governo.

Senhor Presidente da Assembleia, Senhoras e Senhores Deputados, Senhor Presidente, Senhora e Senhores membros do Governo. Intervenção proferida pelo Deputado Luís Henrique Silva, na Sessão Plenária de Novembro de 2006 Senhor Presidente da Assembleia, Senhoras e Senhores Deputados, Senhor Presidente, Senhora e Senhores membros

Leia mais

Apoio a crianças e jovens em situação de risco

Apoio a crianças e jovens em situação de risco Ficha de Projecto Dezembro/2006 Designação Parceria Acordo de Parceiros de 20.12.05 Gabinete para a Cooperação do Ministério do Trabalho e da Solidariedade Social de Portugal Gabinete do Ministro do Trabalho,

Leia mais

Federação Portuguesa de Canoagem

Federação Portuguesa de Canoagem Federação Portuguesa de Canoagem Eleições Ciclo Olímpico 2012 a 2016 Carlos Cunha de Sousa Este documento serve para apresentar a todos, as linhas orientadoras para o mandato que me proponho fazer enquanto

Leia mais

PARTIDO COMUNISTA PORTUGUÊS Grupo Parlamentar. Projeto de Lei nº 65/XIII-1.ª

PARTIDO COMUNISTA PORTUGUÊS Grupo Parlamentar. Projeto de Lei nº 65/XIII-1.ª PARTIDO COMUNISTA PORTUGUÊS Grupo Parlamentar Projeto de Lei nº 65/XIII-1.ª Aprova medidas para a criação de uma rede de centros de recolha oficial de animais e para a modernização dos serviços municipais

Leia mais

INTERVENÇÃO DO SENHOR SECRETÁRIO DE ESTADO DO TURISMO NO SEMINÁRIO DA APAVT: QUAL O VALOR DA SUA AGÊNCIA DE VIAGENS?

INTERVENÇÃO DO SENHOR SECRETÁRIO DE ESTADO DO TURISMO NO SEMINÁRIO DA APAVT: QUAL O VALOR DA SUA AGÊNCIA DE VIAGENS? INTERVENÇÃO DO SENHOR SECRETÁRIO DE ESTADO DO TURISMO NO SEMINÁRIO DA APAVT: QUAL O VALOR DA SUA AGÊNCIA DE VIAGENS? HOTEL TIVOLI LISBOA, 18 de Maio de 2005 1 Exmos Senhores ( ) Antes de mais nada gostaria

Leia mais

A sustentabilidade da economia requer em grande medida, a criação duma. capacidade própria de produção e fornecimento de bens e equipamentos,

A sustentabilidade da economia requer em grande medida, a criação duma. capacidade própria de produção e fornecimento de bens e equipamentos, REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE -------- MINISTÉRIO DA ENERGIA GABINETE DO MINISTRO INTERVENÇÃO DE S.EXA SALVADOR NAMBURETE, MINISTRO DA ENERGIA, POR OCASIÃO DA INAUGURAÇÃO DA FÁBRICA DE CONTADORES DA ELECTRO-SUL

Leia mais

Mesa Redonda Ouvir a Cidade: as Propostas dos Cidadãos

Mesa Redonda Ouvir a Cidade: as Propostas dos Cidadãos 4.ª edição da Conferência da Mobilidade Urbana MUDE Museu do Design e da Moda Preparar a Cidade para a Mobilidade do Futuro: dos Modos Suaves à Mobilidade Eléctrica Mesa Redonda Ouvir a Cidade: as Propostas

Leia mais

TEXTO DA COMUNICAÇÃO. Palmela THEKA: Aprender Partilhando, Partilhar Aprendendo

TEXTO DA COMUNICAÇÃO. Palmela THEKA: Aprender Partilhando, Partilhar Aprendendo TEXTO DA COMUNICAÇÃO Palmela THEKA: Aprender Partilhando, Partilhar Aprendendo Este projecto foi concebido no início do ano escolar de 2004/2005 quando decorria o segundo ano do processo de constituição

Leia mais

ISAL INSTITUTO SUPERIOR DE ADMINISTRAÇÃO E LÍNGUAS PLANO DE ATIVIDADES

ISAL INSTITUTO SUPERIOR DE ADMINISTRAÇÃO E LÍNGUAS PLANO DE ATIVIDADES ISAL INSTITUTO SUPERIOR DE ADMINISTRAÇÃO E LÍNGUAS PLANO DE ATIVIDADES 2015 2 Formar gestores e quadros técnicos superiores, preparados científica e tecnicamente para o exercício de funções na empresa

Leia mais

2.ª CONFERÊNCIA MOBILIDADE URBANA

2.ª CONFERÊNCIA MOBILIDADE URBANA 2.ª CONFERÊNCIA MOBILIDADE URBANA Gestão Inteligente e Competitividade 15 de Setembro 2011 Museu da Carris Conheça as estratégias nacionais e internacionais para uma gestão eficiente da mobilidade urbana

Leia mais

PLANO DE ACÇÃO E ORÇAMENTO PARA 2008

PLANO DE ACÇÃO E ORÇAMENTO PARA 2008 PLANO DE ACÇÃO E ORÇAMENTO PARA 2008 O ano de 2008 é marcado, em termos internacionais, pela comemoração dos vinte anos do Movimento Internacional de Cidades Saudáveis. Esta efeméride terá lugar em Zagreb,

Leia mais

Câmara Municipal Gondomar REGULAMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE GONDOMAR

Câmara Municipal Gondomar REGULAMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE GONDOMAR Câmara Municipal Gondomar REGULAMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE GONDOMAR Aprovado pela Câmara em 6/02/2003, alterado em Reunião de Câmara de 18/09/2003 Aprovado pela Assembleia Municipal em

Leia mais

Mensagem do Presidente

Mensagem do Presidente Mensagem do Presidente MENSAGEM DO PRESIDENTE PRESTAÇÃO DE CONTAS 2014 www.cm-estarreja.pt Os documentos relativos ao Relatório de Atividades e Prestação de Contas 2014 do município de Estarreja têm, como

Leia mais

ILUSTRES PARTICIPANTES DO FÓRUM EM CIÊNCIAS

ILUSTRES PARTICIPANTES DO FÓRUM EM CIÊNCIAS DISCURSO PRONUNCIADO POR SUA EXCELÊNCIA JOSÉ EDUARDO DOS SANTOS, PRESIDENTE DA REPÚBLICA DE ANGOLA, NA SESSÃO DE ENCERRAMENTO DO FÓRUM EM CIÊNCIAS DO DESPORTO APLICADAS AO FUTEBOL Luanda, 29 de Agosto

Leia mais

Introdução. Os comportamentos adquiridos serão mais sólidos e duradouros, se tiverem início nos primeiros anos de escolaridade.

Introdução. Os comportamentos adquiridos serão mais sólidos e duradouros, se tiverem início nos primeiros anos de escolaridade. Conteúdos Introdução Objectivos Projecto O camião O circuito Os veículos Descrição da Acção O jogo da Educação Rodoviária Conclusão Equipamento e serviços Introdução Introdução Sendo as crianças um dos

Leia mais

A Participação Voluntária No Planeamento, Execução E Controlo Social Do Orçamento. Participativo

A Participação Voluntária No Planeamento, Execução E Controlo Social Do Orçamento. Participativo Cecília Branco Programa Urbal Red 9 Projecto Orçamento Participativo Reunião de Diadema Fevereiro 2007 A Participação Voluntária No Planeamento, Execução E Controlo Social Do Orçamento Participativo Município

Leia mais

ONLINE. www.leiriareg iaodig ital.p t. Serviços on-line para cidadãos e empresas. Nerlei

ONLINE. www.leiriareg iaodig ital.p t. Serviços on-line para cidadãos e empresas. Nerlei www.leiriareg iaodig ital.p t U M ONLINE COM A R E G I Ã O A VIDA Leiria Região Digital Serviços on-line para cidadãos e empresas Nerlei Sumário Parceiros do Leiria Região Digital (LRD) Zona de abrangência

Leia mais

E O CITY MARKETING O NOSSO CONTRIBUTO PARA FAZER CIDADE

E O CITY MARKETING O NOSSO CONTRIBUTO PARA FAZER CIDADE E O CITY MARKETING O NOSSO CONTRIBUTO PARA FAZER CIDADE O Contributo da Reabilitação da Baixa Portuense e do Centro Histórico para a Cidade do Porto Como Cidade Competitiva Como Cidade Pátria Como Cidade

Leia mais

Hotel 4 estrelas + Moradias em Malanje -Estudo Prévio

Hotel 4 estrelas + Moradias em Malanje -Estudo Prévio Tendo como base o programa fornecido, o presente estudo tem como objectivo dar a conhecer as intenções da nossa proposta para a elaboração do projecto para um Hotel 4 estrelas, mais moradias em Malanje

Leia mais

ACGD vai aproveitar a 14a edição

ACGD vai aproveitar a 14a edição CGD vai leiloar casas no SIL com descontos de 25 % A 14 a edição do Salão Imobiliário de Lisboa (11 a 16 de Outubro) é marcada pelos leilões de 237 imóveis da CGD. A Century 21 venderá 230 imóveis da banca.

Leia mais

Regulamento do Conselho Municipal de Educação do Fundão. Preâmbulo

Regulamento do Conselho Municipal de Educação do Fundão. Preâmbulo REGULAMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DO FUNDÃO Publicação II SÉRIE N.º 98 20 de Maio de 2010 Regulamento do Conselho Municipal de Educação do Fundão Preâmbulo A Lei de Bases do Sistema Educativo

Leia mais

PROJECTO DE LEI N.º 247/IX CRIA O PASSE SOCIAL INTERMODAL NA ÁREA METROPOLITANA DO PORTO

PROJECTO DE LEI N.º 247/IX CRIA O PASSE SOCIAL INTERMODAL NA ÁREA METROPOLITANA DO PORTO PROJECTO DE LEI N.º 247/IX CRIA O PASSE SOCIAL INTERMODAL NA ÁREA METROPOLITANA DO PORTO A população da Área Metropolitana do Porto nunca teve a possibilidade de aceder a um título de transporte colectivo

Leia mais

entre o Senhor Secretário Regional da Economia, Vasco Cordeiro, e o Senhor Ministro da Economia e Trabalho, Álvaro dos Santos Pereira, tendo

entre o Senhor Secretário Regional da Economia, Vasco Cordeiro, e o Senhor Ministro da Economia e Trabalho, Álvaro dos Santos Pereira, tendo Exma. Senhora Presidente da Assembleia Ex. mas Senhoras e Senhores Deputados. Ex. mo Senhor Presidente do Governo, Senhoras e Senhores membros do Governo, Foi no dia 18 Agosto de 2011, em Lisboa, que ocorreu

Leia mais

1 Newsletter. Março-Maio 2015 RUA SOAR DE CIMA ( MUSEU ALMEIDA MOREIRA) 3500-211 VISEU

1 Newsletter. Março-Maio 2015 RUA SOAR DE CIMA ( MUSEU ALMEIDA MOREIRA) 3500-211 VISEU 1 Newsletter 1. Quem Somos 2. Objetivos 3. Os Parceiros 4. Inauguração do Gabinete de Apoio - BEIRA AMIGA 5. Visita ao Gabinete de Inserção Profissional (da UGT) 6. Participação no Brainstorming Setorial

Leia mais

PROGRAMA VOCAÇÃO 2012

PROGRAMA VOCAÇÃO 2012 PROGRAMA VOCAÇÃO 2012 Preâmbulo A ocupação dos tempos livres dos jovens em tempo de aulas, através de actividades que contribuam significativamente para o enriquecimento da sua formação pessoal, funcionando

Leia mais

OPÇÕES DO PLANO 2015:2018 datas 2015 2016 2017 2018. conclusão. Respons. início 1 EDUCAÇÃO 207.000,00 186.840,00 191.282,00 196.

OPÇÕES DO PLANO 2015:2018 datas 2015 2016 2017 2018. conclusão. Respons. início 1 EDUCAÇÃO 207.000,00 186.840,00 191.282,00 196. 1 EDUCAÇÃO 207.000,00 186.840,00 191.282,00 196.916,00 1 ENSINO PRÉ-ESCOLAR E DO 1º CICLO 116.500,00 93.625,00 100.574,00 103.487,00 1 Apoios e subsídios CM 13 18 5 05-06-02-03-99 1.000,00 1.030,00 2.122,00

Leia mais

PROJECTO DE RESOLUÇÃO N.º 347/XI/2ª (PSD)

PROJECTO DE RESOLUÇÃO N.º 347/XI/2ª (PSD) PROJECTO DE RESOLUÇÃO N.º 347/XI/2ª (PSD) Recomenda ao Governo que utilize sistemas de teleconferência e videoconferência em substituição de reuniões presenciais I - Exposição de motivos A proposta de

Leia mais

NEWSLETTER Nº 13 JANEIRO CONHECIMENTO INOVAÇÃO CRIATIVIDADE EFICIÊNCIA VALOR POTENCIAMOS O VALOR DAS ORGANIZAÇÕES EM DESTAQUE

NEWSLETTER Nº 13 JANEIRO CONHECIMENTO INOVAÇÃO CRIATIVIDADE EFICIÊNCIA VALOR POTENCIAMOS O VALOR DAS ORGANIZAÇÕES EM DESTAQUE NEWSLETTER Nº 13 JANEIRO CONHECIMENTO INOVAÇÃO CRIATIVIDADE EFICIÊNCIA VALOR POTENCIAMOS O VALOR DAS ORGANIZAÇÕES EM DESTAQUE A LINK THINK AVANÇA COM PROGRAMA DE FORMAÇÃO PROFISSONAL PARA 2012 A LINK THINK,

Leia mais