Reabertura da Serra Pelada otimismo, confrontos, assassinatos e denuncias por Simone Helen Drumond de Carvalho

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Reabertura da Serra Pelada otimismo, confrontos, assassinatos e denuncias por Simone Helen Drumond de Carvalho"

Transcrição

1 Nando Oliveira formado em Técnico em Segurança e Medicina do Trabalho pergunta para Simone no Café História Serra Pelada no próximo ano será reaberta de forma mecanizada por capital estrangeiro. O que você pensa sobre essa reabertura? Você acredita que a empresa possa ter um plano de sustentabilidade que venha mudar a realidade daquele local? Simone Helen Drumond 1-1

2 A corrida pelo ouro em Serra Pelada, no Pará, tem data para recomeçar. De acordo com o Ministério de Minas e Energia, a retomada dos trabalhos em Serra Pelada foi negociada com mais de 20 associações, sindicatos e cooperativas desde Concessão autorizada pelo presidente Lula abre espaço para exploração da mina de ouro que vai receber 2 mil garimpeiros do Piauí que já estão cadastrados. A exploração foi concedida pelo governo federal para a empresa Serra Pelada Desenvolvimento Mineral, formada por uma cooperativa de garimpeiros com 45 mil associados e uma companhia canadense de exploração de minérios, a Colossus Minerals, que detém 75% da sociedade. Os brasileiros ficarão com apenas um quarto do que render nas jazidas. Simone Helen Drumond 1-2

3 O marco da migração no país, foi Serra Pelada quem viveu nos seus áureos tempos nos anos 80, levando pessoas de todo o Brasil para a região, todos em busca de riqueza e fortuna. Mas o ouro não apareceu para todos e muitos moradores atuais da área lutam para sobreviver, distantes do ouro que perseguiram. Quem viu o momento de esplendor de Serra Pelada duvida que mais ouro possa ser retirado da região. O dilema entre o otimismo e pessimismo acerca deste contexto é lógico, porém o velho sonho de fazer riqueza da noite para dia reacendeu a violência no sudeste do Pará. Grupos de garimpeiros rivais se enfrentaram nas ruas de Serra Pelada. Afirmo com segurança que os problemas do passado como acidentes de trabalho entre os garimpeiros, como soterramento em conseqüência de quebra de escadas e barrancos, doenças de pele, devido o trabalho com água contaminadas, cortes em membros do corpo, problemas respiratórios em decorrência da queima do ouro com mercúrio, além de doenças na coluna vertebral entre outros, irão ser latentes. Simone Helen Drumond 1-3

4 As noticias sobre este contexto nos mostram confrontos, assassinatos e denuncias que envolvem a Coomigasp. Mecanizado ou não o fato é que é muito difícil controlar aquilo ali. É muita gente armada. Muitos pensam que aquele lago esconde muito ouro e a busca pelo ELDORADO os deixam cegos, já outros pensam que aquele panorama é apenas o cenário de uma futura desilusão. A reabertura deste garimpo irá causar impactos sociais, ambientais e econômicos causados pela atividade garimpeira. Os problemas ambientais, econômicos e sociais que afetam a Amazônia são diversos: entre tantos destaco o avanço do desmatamento, o trabalho escravo, o trabalho degradante, a poluição das águas e dos solos em decorrência da atividade garimpeira e agropecuária, isso apenas para citar alguns, mas existem muitos outros, tanto no campo como na cidade. Simone Helen Drumond 1-4

5 É importante observa que a Constituição Federal no artigo 225, não autoriza a poluição do meio ambiente, mas deixa sobre a responsabilidade de reparar os danos ambientais, àquelas empresas e pessoas "[...] que explorar recursos minerais fica obrigado a recuperar o meio ambiente degrado, de acordo com solução técnica exigida pelo órgão público competente, na forma da lei". A principio quem polui deve recuperar os danos causados ao ambiente. Não é isso que a sociedade vem observando em área onde foi descoberta uma jazida mineral e um grupo de garimpeiros ou uma empresa mineradora começa a explorar os recursos minerais. A sociedade observa uma completo desrespeito à legislação vigente. Simone Helen Drumond 1-5

6 Lei 7.805/89 que alterou o Código de Mineração; é suficiente para inviabilizar a atividade garimpeira em Serra Pelada, pois segundo essa lei só é permitida a garimpagem se houve um estudo sobre os impactos ambientais, que deve ser elaborado por um profissional da área (engenheiro ou técnico ambiental). O representante da cooperativa dos garimpeiros de Serra Pelada demonstrou em sua fala que desconhecia a legislação vigente, quando questionado se possuíam relatório sobre os impactos ambientais e sociais, que a abertura do garimpo poderá possibilitar não apresentou resposta convincente para aos pesquisadores. Constamos, ainda que os garimpeiros são ludibriados por promessa mirabolante de que a qualquer momento receberam uma boa quantia em valores pelo barranco que possuem em Serra Pelada. Além disso, o grupo comandado pelo Curió está negociando com uma empresa norte americana a abertura do garimpo. Assim quem possui barranco ou quem é sócio da cooperativa irá receber uma boa indenização. Para receber essa indenização o garimpeiro precisa está em dia com a cooperativa. Os valores pagos pela indenização serão utilizados na construção de uma vila na proximidade da Serra, para onde os garimpeiros deverão se deslocar. Simone Helen Drumond 1-6

7 O avanço do conhecimento humano e a discussão em torno das questões que afetam diretamente a vida humana são importantes e o estabelecimento de regras e normas que possibilitem ao homem refletir sobre as conseqüências do uso de forma irracional dos recursos que a natureza nos oferece é de grande valia a todos. A utilização da natureza de forma racional possibilita aos seres humanos melhores qualidade de vida na terra. Identificar e compreender os entraves sociais, ambientais, políticos, econômicos e culturais que dificultam o desenvolvimento de ações no âmbito da educação ambiental é dever mundial de todo cidadão. Simone Helen Drumond 1-7

O CASO MARIANA E O CICLO DO OURO DO SÉCULO XVIII AOS DIAS ATUAIS

O CASO MARIANA E O CICLO DO OURO DO SÉCULO XVIII AOS DIAS ATUAIS O CASO MARIANA E O CICLO DO OURO DO SÉCULO XVIII AOS DIAS ATUAIS Descoberta do Ouro A REALIZAÇÃO DO VELHO SONHO PORTUGUÊS Primeiras Descobertas Em meados do século XVII Portugal vivia uma crise econômica

Leia mais

jaguarisgold SIMEXMIN PROGRAMA DE EXPLORAÇÃO MINERAL DO GRUPO JAGUAR MINING INC Jean-Marc Lopez Maio 2012

jaguarisgold SIMEXMIN PROGRAMA DE EXPLORAÇÃO MINERAL DO GRUPO JAGUAR MINING INC Jean-Marc Lopez Maio 2012 SIMEXMIN PROGRAMA DE EXPLORAÇÃO MINERAL DO GRUPO JAGUAR MINING INC Jean-Marc Lopez Maio 2012 1 Quem Somos Mineração Turmalina Ltda MTL Mineração Serras do Oeste Ltda MSOL MCT Mineração Ltda UNIDADE MTL

Leia mais

HISTÓRICO PRINCÍPIOS AMBIENTAIS CONSTITUIÇÃO FEDERAL LEGISLAÇÃO AMBIENTAL

HISTÓRICO PRINCÍPIOS AMBIENTAIS CONSTITUIÇÃO FEDERAL LEGISLAÇÃO AMBIENTAL DIREITO AMBIENTAL HISTÓRICO PRINCÍPIOS AMBIENTAIS CONSTITUIÇÃO FEDERAL LEGISLAÇÃO AMBIENTAL HISTÓRICO Período Pré-Colonial e Colonial 1500/1530 Exploração do Pau-Brasil e Tráfico de Animais Silvestres

Leia mais

LEGISLAÇÃO MINERÁRIA BRASILEIRA: Avaliação e Perspectivas. ANA SALETT MARQUES GULLI Procuradora-Chefe/DNPM

LEGISLAÇÃO MINERÁRIA BRASILEIRA: Avaliação e Perspectivas. ANA SALETT MARQUES GULLI Procuradora-Chefe/DNPM LEGISLAÇÃO MINERÁRIA BRASILEIRA: Avaliação e Perspectivas ANA SALETT MARQUES GULLI Procuradora-Chefe/DNPM Junho/2010 Relevância da atividade mineral A atividade mineral apresenta-se como uma atividade

Leia mais

Práticas de controle e fiscalização da CFEM

Práticas de controle e fiscalização da CFEM Práticas de controle e fiscalização da CFEM Marcos Antonio Cordeiro / DNPM-PA Eng. de Minas Belém-PA março de 2013 CONSTITUIÇÃO FEDERAL 1988: Art. 20 - São bens da União: IX - os recursos minerais, inclusive

Leia mais

Ouro e Serra Pelada (A Corrida pelo Ouro e a problemática ambiental) Mariana Antunes Vieira

Ouro e Serra Pelada (A Corrida pelo Ouro e a problemática ambiental) Mariana Antunes Vieira (A Corrida pelo Ouro e a problemática ambiental) Mariana Antunes Vieira Este documento tem nível de compartilhamento de acordo com a licença 2.5 do Creative Commons. http://creativecommons.org.br http://creativecommons.org/licenses/by/2.5/br/

Leia mais

Mineração. João Eduardo Laurent Alphonse Rafael Almeida

Mineração. João Eduardo Laurent Alphonse Rafael Almeida + Mineração João Eduardo Laurent Alphonse Rafael Almeida + 1. Histórico 2. Carajás 3. Aspectos Gerais Agenda + Histórico -Um solo, uma nação + Histórico 1500 1700: exploração de Au, Fe e diamantes 1603:

Leia mais

O Direito Minerário na Constituição de 1988 e seus aspectos jurídicos

O Direito Minerário na Constituição de 1988 e seus aspectos jurídicos Aula Direito e legislação Mineral Da evolução e do Perfil atual da propriedade mineraria; (Divisão Solo e Subsolo) ex.: Desapropriação. Do Direito Minerário e Ambiental; Da propriedade constitucional dos

Leia mais

CÂMARA BRITÂNICA DE COMÉRCIO E INDÚSTRIA NO BRASIL

CÂMARA BRITÂNICA DE COMÉRCIO E INDÚSTRIA NO BRASIL CÂMARA BRITÂNICA DE COMÉRCIO E INDÚSTRIA NO BRASIL TÍTULO: O Novo Marco Regulatório da Mineração Brasileira. Por: Hildebrando Herrmann Local: Rua da Candelária, 09, Centro - Rio de Janeiro - RJ Data: 10

Leia mais

Pressionado, governo anuncia novo decreto sobre exploração mineral na Amazônia

Pressionado, governo anuncia novo decreto sobre exploração mineral na Amazônia Pressionado, governo anuncia novo decreto sobre exploração mineral na Amazônia Decreto mantém a extinção da Renca e apenas reforça o que já prevê a legislação ambiental para mineração em áreas protegidas;

Leia mais

Professora Sikandra Silveira

Professora Sikandra Silveira De que materiais são feitos os objetos da imagem? De onde são retirados? MINERAIS E MINÉRIOS Professora Sikandra Silveira MINERAIS E MINÉRIOS Hematita (minério de ferro): Ferro + Oxigênio Galena (minério

Leia mais

PROF. DR. MARCELO JOSÉ DE OLIVEIRA UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPÁ

PROF. DR. MARCELO JOSÉ DE OLIVEIRA UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPÁ PROF. DR. MARCELO JOSÉ DE OLIVEIRA UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPÁ CONSIDERAÇÕES IMPORTANTES 1º MINERAR ATIVIDADE DE EXTRAIR RECURSOS MINERAIS DO SUBSOLO LOGO NÃO HÁ MINERAÇÃO SEM DESMATAMENTO, PARA SE CHEGAR

Leia mais

EQUACIONAMENTO JURÍDICO E AMBIENTAL DA RENCA VII ENCONTRO DE EXECUTIVOS DE EXPLORAÇÃO MINERAL A AGENDA MINERAL BRASILEIRA ADIMB 29 DE JUNHO DE 2017

EQUACIONAMENTO JURÍDICO E AMBIENTAL DA RENCA VII ENCONTRO DE EXECUTIVOS DE EXPLORAÇÃO MINERAL A AGENDA MINERAL BRASILEIRA ADIMB 29 DE JUNHO DE 2017 EQUACIONAMENTO JURÍDICO E AMBIENTAL DA RENCA VII ENCONTRO DE EXECUTIVOS DE EXPLORAÇÃO MINERAL A AGENDA MINERAL BRASILEIRA ADIMB 29 DE JUNHO DE 2017 No Brasil, prevalece um sistema desde a Constituição

Leia mais

Mineração brasileira perspectivas e desafios. Geólogo Elmer Prata Salomão

Mineração brasileira perspectivas e desafios. Geólogo Elmer Prata Salomão Mineração brasileira perspectivas e desafios Geólogo Elmer Prata Salomão SUMÁRIO A MINERAÇÃO VISTA PELA SOCIEDADE O NOVO MARCO LEGAL DA MINERAÇÃO A EXPLORAÇÃO MINERAL NO BRASIL 2 A MINERAÇÃO VISTA PELA

Leia mais

MINERAÇÃO REGIME LEGAL

MINERAÇÃO REGIME LEGAL MINERAÇÃO REGIME LEGAL Adriano Drummond Cançado Trindade Faculdade de Direito Universidade de Brasília Setembro/2014 Recursos Minerais Conteúdo econômico Conteúdo político/estratégico Conteúdo jurídico

Leia mais

Características Gerais

Características Gerais Características Gerais Área: 3.8 milhões de km², (cerca de 45,25% do território nacional); População: 17,2 milhões de habitantes (2014); Estados formadores: Acre, Amapá, Amazonas, Pará, Rondônia, Roraima

Leia mais

Reportagem Especial: Fechamento de Mina: Aspectos Legais

Reportagem Especial: Fechamento de Mina: Aspectos Legais Reportagem Especial: Fechamento de Mina: Aspectos Legais (Marcelo Gomes de Souza) O fenômeno mundial da proteção ao meio ambiente vem exigindo uma nova abordagem para a questão do fechamento de mina (internacionalmente

Leia mais

Origem & Definição. No Brasil a riqueza de recursos minerais é um. resultado direto de dois fatores conjugados: a

Origem & Definição. No Brasil a riqueza de recursos minerais é um. resultado direto de dois fatores conjugados: a Origem & Definição Os minerais e rochas de nosso planeta originaramse juntamente com a solidificação da crosta a cerca de 4,6 bilhões de anos. Os como sendo compostos sólidos, inorgânicos, de composição

Leia mais

Ministério de de Minas Minas e e Energia PROPOSTA DE NOVO MARCO DA MINERAÇÃO

Ministério de de Minas Minas e e Energia PROPOSTA DE NOVO MARCO DA MINERAÇÃO Ministério de de Minas Minas e PROPOSTA DE NOVO MARCO DA MINERAÇÃO 18 de Junho de 2013 Sumário 1 1. OBJETIVOS DA PROPOSTA 2. MODIFICAÇÕES INSTITUCIONAIS CONSELHO NACIONAL DE POLÍTICA MINERAL (CNPM) PODER

Leia mais

Organização da Aula. Recuperação de Áreas Degradadas. Aula 4. Recuperação de Áreas Degradadas pela Mineração. Contextualização

Organização da Aula. Recuperação de Áreas Degradadas. Aula 4. Recuperação de Áreas Degradadas pela Mineração. Contextualização Recuperação de Áreas Degradadas Aula 4 Prof. Francisco W. von Hartenthal Organização da Aula Recuperação de Áreas Degradadas (RAD) pela Mineração 1. Histórico da atividade no Brasil 2. Os tipos de mineração

Leia mais

Resolução Socioambiental 4.327/14. Alexandre Reis Junho/2015

Resolução Socioambiental 4.327/14. Alexandre Reis Junho/2015 Resolução Socioambiental 4.327/14 Alexandre Reis Junho/2015 Agenda Resolução 4.327/14 Levantamento demanda por crédito Soluções Serasa Experian 2 Resolução 4.327/2014 Público e Pilares Emitida em 25 de

Leia mais

Economia e Meio Ambiente A questão ambiental no âmbito da economia e benefícios de uma política ambiental

Economia e Meio Ambiente A questão ambiental no âmbito da economia e benefícios de uma política ambiental PHA3001 Introdução à Engenharia Ambiental Universidade de São Paulo Escola Politécnica da Universidade de São Paulo Economia e Meio Ambiente A questão ambiental no âmbito da economia e benefícios de uma

Leia mais

Clipping Sindiminério

Clipping Sindiminério Clipping Sindiminério Mineradores de MT participam de audiência com o ministro Edison Lobão Jornal Expressão http://www.expressaonoticias.com.br/?pg=noticia&idn=8329 Dia 08/10/3013 Mineradores de Mato

Leia mais

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO II ETAPA LETIVA HISTÓRIA 4.º ANO/EF 2015

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO II ETAPA LETIVA HISTÓRIA 4.º ANO/EF 2015 SOCIEDADE MINEIRA DE CULTURA MANTENEDORA DA PUC Minas E DO COLÉGIO SANTA MARIA ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO II ETAPA LETIVA HISTÓRIA 4.º ANO/EF 2015 Caro(a) aluno(a), É tempo de conferir os conteúdos estudados

Leia mais

CFEM: ALTERAÇÕES INTRODUZIDAS PELA MEDIDA PROVISÓRIA Nº 789/2017

CFEM: ALTERAÇÕES INTRODUZIDAS PELA MEDIDA PROVISÓRIA Nº 789/2017 Operação entre estabelecimentos da mesma empresa ou empresas coligadas ou pertencentes ao mesmo grupo econômico CFEM: ALTERAÇÕES INTRODUZIDAS PELA MEDIDA PROVISÓRIA Nº 789/2017 CFEM - DEFINIÇÕES TRAZIDAS

Leia mais

Fechamento de Mina Aspectos Ambientais e Sócio-econômicos

Fechamento de Mina Aspectos Ambientais e Sócio-econômicos Fechamento de Mina Aspectos Ambientais e Sócio-econômicos Centro Mineiro de Referência em Resíduos, Belo Horizonte 28 e 29 de maio de 2008 João César de Freitas Pinheiro Geólogo, Ph.D. Diretor Geral Adjunto

Leia mais

Economia e Meio Ambiente A questão ambiental no âmbito da economia e benefícios de uma política ambiental

Economia e Meio Ambiente A questão ambiental no âmbito da economia e benefícios de uma política ambiental PHA2218 Introdução à Engenharia Ambiental Universidade de São Paulo Escola Politécnica da Universidade de São Paulo Economia e Meio Ambiente A questão ambiental no âmbito da economia e benefícios de uma

Leia mais

Do litoral para o interior do país Séculos XVI e XVII

Do litoral para o interior do país Séculos XVI e XVII Do litoral para o interior do país Séculos XVI e XVII As entradas : expedições montadas por pessoas que partiam de vários locais do país e se aventuravam pelo sertão à procura de ouro e pedras preciosas.

Leia mais

Do litoral para o interior do país Séculos XVI e XVII

Do litoral para o interior do país Séculos XVI e XVII Do litoral para o interior do país Séculos XVI e XVII As entradas : expedições montadas por pessoas que partiam de vários locais do país e se aventuravam pelo sertão à procura de ouro e pedras preciosas.

Leia mais

ETNOMATEMÁTICA NO GARIMPO: UMA PROPOSTA PARA O ENSINO DE MATEMÁTICA NA EDUCAÇÃO BÁSICA

ETNOMATEMÁTICA NO GARIMPO: UMA PROPOSTA PARA O ENSINO DE MATEMÁTICA NA EDUCAÇÃO BÁSICA ETNOMATEMÁTICA NO GARIMPO: UMA PROPOSTA PARA O ENSINO DE MATEMÁTICA NA EDUCAÇÃO BÁSICA Freudson Dantas de Lima 1 ; Francisco de Assis Bandeira 2 Mestrando em Ensino de Matemática pelo Programa de Pós-Graduação

Leia mais

Legislação Ambiental / EIA RIMA Legislação

Legislação Ambiental / EIA RIMA Legislação Legislação Segundo legislação brasileira considera-se impacto ambiental: "qualquer alteração das propriedades físicas, químicas e biológicas do meio ambiente causada por qualquer forma de matéria ou energia

Leia mais

Mineração- Brasil século XVIII

Mineração- Brasil século XVIII Mineração- Brasil século XVIII O controle da exploração das minas pela coroa. HISTÓRIA 5º ano Fonte: Gilberto Cotrim História Global Brasil e Geral, ed. saraiva Mineração A exploração do Ouro No século

Leia mais

Brasil: diversidades regionais. Brasil Divisão regional segundo o IBGE A REGIÃO SUDESTE

Brasil: diversidades regionais. Brasil Divisão regional segundo o IBGE A REGIÃO SUDESTE REGIÃO SUDESTE Brasil Divisão regional segundo o IBGE A REGIÃO SUDESTE A REGIÃO SUDESTE 10,8% do território nacional 80,3 milhões de habitantes 42,1% da população brasileira Concentra a maior parte da

Leia mais

Arábia Saudita quer empresas brasileiras no setor de mineração

Arábia Saudita quer empresas brasileiras no setor de mineração Agência de Notícias Brasil-Árabe - SP 06/02/2006-07:00 Arábia Saudita quer empresas brasileiras no setor de mineração O governo do país árabe abriu o segmento à exploração privada e o presidente da mineradora

Leia mais

Avaliação de risco e legislação ambiental

Avaliação de risco e legislação ambiental VII Seminário Internacional sobre Remediação e Revitalização de Áreas Contaminadas Avaliação de risco e legislação ambiental Ana Luiza Silva Spínola 21 de outubro de 2010 Contextualização Planejamento

Leia mais

A ECONOMIA MINERAL BRASILEIRA E AS PERSPECTIVAS DE CARAJÁS

A ECONOMIA MINERAL BRASILEIRA E AS PERSPECTIVAS DE CARAJÁS A ECONOMIA MINERAL BRASILEIRA E AS PERSPECTIVAS DE CARAJÁS Marcelo Ling Tosta A descoberta do ferro na região da Província Mineral de Carajás foi anunciada pela empresa americana United State Steel (US

Leia mais

Direito Ambiental. Competências Legislativa e Material. Professor Mateus Silveira.

Direito Ambiental. Competências Legislativa e Material.  Professor Mateus Silveira. Direito Ambiental Competências Legislativa e Material Professor Mateus Silveira www.acasadoconcurseiro.com.br direito ambiental COMPETÊNCIAS LEGISLATIVA E MATERIAL COMPETÊNCIA EM MATÉRIA AMBIENTAL: COMPETÊNCIA

Leia mais

RAS-RL LT 230 KV SERRA DA BABILÔNIA MORRO DO CHAPÉU II Relatório Ambiental Simplificado - RAS Organização Social...

RAS-RL LT 230 KV SERRA DA BABILÔNIA MORRO DO CHAPÉU II Relatório Ambiental Simplificado - RAS Organização Social... 3117-00-RAS-RL-0001-00 LT 230 KV SERRA DA BABILÔNIA MORRO DO CHAPÉU II ÍNDICE 6.3.6 - Organização Social... 1/4 6.3.6.1 - Organizações Sociais Identificadas... 1/4 6.3.6.2 - Tensões e Conflitos... 3/4

Leia mais

Responsabilidade Civil Ambiental. Fernando Nabais da Furriela Advogado

Responsabilidade Civil Ambiental. Fernando Nabais da Furriela Advogado Responsabilidade Civil Ambiental Fernando Nabais da Furriela Advogado ffurriel@furriela.adv.br Legislação Ambiental Brasileira Constituição Federal Código Civil Legislação Especial Constituição Federal

Leia mais

EXPLORAÇÃO MINERAL. O papel da Tecnologia Mineral na viabilização e aproveitamento econômico de Jazimentos Minerais

EXPLORAÇÃO MINERAL. O papel da Tecnologia Mineral na viabilização e aproveitamento econômico de Jazimentos Minerais VI Simpósio Brasileiro de Exploração Mineral Maio 2014 Arthur Lakschevitz EXPLORAÇÃO MINERAL O papel da Tecnologia Mineral na viabilização e aproveitamento econômico de Jazimentos Minerais 1. INTRODUÇÃO

Leia mais

CONSIDERAÇÕES SOBRE A EXTINÇÃO DA RESERVA NACIONAL DO COBRE E ASSOCIADOS - RENCA

CONSIDERAÇÕES SOBRE A EXTINÇÃO DA RESERVA NACIONAL DO COBRE E ASSOCIADOS - RENCA CONSIDERAÇÕES SOBRE A EXTINÇÃO DA RESERVA NACIONAL DO COBRE E ASSOCIADOS - RENCA 01/09/2017 João Raso Foram recentemente emanados pelo Governo Federal os Decretos n s 9142/2017 e 9147/2017, que promoveram

Leia mais

CONTEÚDOS HISTÓRIA 4º ANO COLEÇÃO INTERAGIR E CRESCER

CONTEÚDOS HISTÓRIA 4º ANO COLEÇÃO INTERAGIR E CRESCER CONTEÚDOS HISTÓRIA 4º ANO COLEÇÃO INTERAGIR E CRESCER UNIDADE 1 O TEMPO E AS ORIGENS DO BRASIL 1. Contando o tempo Instrumentos de medida do tempo Medidas de tempo: década, século, milênio Linha do tempo

Leia mais

CP/CAEM/2004 1ª PROVA FORMATIVA FICHA AUXILIAR DE CORREÇÃO

CP/CAEM/2004 1ª PROVA FORMATIVA FICHA AUXILIAR DE CORREÇÃO CP/CAEM/2004 1ª PROVA FORMATIVA FICHA AUXILIAR DE CORREÇÃO GEOGRAFIA DO BRASIL 1ª QUESTÃO ( 6,0 ) Analisar os fatores fisiográficos do espaço brasileiro, concluindo sobre a influência destes fatores na

Leia mais

PEA 2200 Energia, Meio Ambiente e Sustentabilidade

PEA 2200 Energia, Meio Ambiente e Sustentabilidade PEA 2200 Energia, Meio Ambiente e Sustentabilidade Aula 14 e 15 Energia e Meio Ambiente: As Causas Profa. Eliane Fadigas Prof. Alberto Bianchi slide 1 / 30 Recordar é viver Fontes convencionais Termoeletricidade

Leia mais

POLÍTICA MINERAL & NOVO MARCO REGULATÓRIO DA MINERAÇÃO

POLÍTICA MINERAL & NOVO MARCO REGULATÓRIO DA MINERAÇÃO Seminário Novo Marco Regulatório da Mineração Os interesses em jogo na hora da verdade POLÍTICA MINERAL & NOVO MARCO REGULATÓRIO DA MINERAÇÃO Telton Elber Corrêa Secretaria de Geologia, Mineração e Transformação

Leia mais

Obs.: *Fazer a leitura de todo o conteúdo (P.06 a 24), em seguida responda as questões. * Depois revise com atenção tirando as duvidas.

Obs.: *Fazer a leitura de todo o conteúdo (P.06 a 24), em seguida responda as questões. * Depois revise com atenção tirando as duvidas. /06/2014 Mariano Rolindo da Cruz 5º 1. Preencha o cabeçalho da avaliação com nome e sobrenome e o número. 2. Verifique se o número de questões e paginação estão corretos. 3. Cada questão possui sua pontuação,

Leia mais

Módulo 2. Requisitos Legais Identificação da Legislação Aplicável Requisito da norma ISO Exercícios.

Módulo 2. Requisitos Legais Identificação da Legislação Aplicável Requisito da norma ISO Exercícios. Módulo 2 Requisitos Legais 2.1. Identificação da Legislação Aplicável. 2.2. Requisito 4.3.1. da norma ISO 14001. Exercícios. 2.1. Identificação da Legislação Aplicável Aspectos e Impactos Ambientais Identificação

Leia mais

ANÁLISE DE PRÉ-VIABILIDADE TÉCNICA, ECONÔMICA E AMBIENTAL DA IMPLANTAÇÃO DE UMA USINA SOLAR FOTOVOLTAICA EM CONSÓRCIO COM A REABILITAÇÃO DE ÁREAS

ANÁLISE DE PRÉ-VIABILIDADE TÉCNICA, ECONÔMICA E AMBIENTAL DA IMPLANTAÇÃO DE UMA USINA SOLAR FOTOVOLTAICA EM CONSÓRCIO COM A REABILITAÇÃO DE ÁREAS ANÁLISE DE PRÉ-VIABILIDADE TÉCNICA, ECONÔMICA E AMBIENTAL DA IMPLANTAÇÃO DE UMA USINA SOLAR FOTOVOLTAICA EM CONSÓRCIO COM A REABILITAÇÃO DE ÁREAS DEGRADADAS SUMÁRIO ESTIMATIVA DE CUSTOS S S INTRODUÇÃO

Leia mais

Exploração Conjunta de Direitos Minerários Contíguos - Unitização

Exploração Conjunta de Direitos Minerários Contíguos - Unitização CONGRESSO INTERNACIONAL DE DIREITO MINERÁRIO Exploração Conjunta de Direitos Minerários Contíguos - Unitização José Antonio Alves dos Santos Salvador, 08 de junho de 2010 INTRODUÇÃO No início da indústria

Leia mais

CERM Manual do Usuário

CERM Manual do Usuário Governo do Estado do Pará Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Mineração e Energia SEDEME Diretoria de Geologia, Mineração e Transformação Mineral DIGEM SISTEMA ESTADUAL DE CADASTRO DE RECURSOS

Leia mais

Mercado de Trabalho... 5

Mercado de Trabalho... 5 Introdução... 3 Geologia... 4 Mercado de Trabalho... 5 O curso... 7 O que você pode fazer... 8 Opiniões dos estudantes... 10 Bibliografia... 11 Durante esse trabalho, você irá ver um pouco sobre a faculdade

Leia mais

ALVARÁ DE PESQUISA (Versão.01) [2017]

ALVARÁ DE PESQUISA (Versão.01) [2017] Diretoria de Geologia, Mineração e Transformação Mineral DIGEM Sistema de Cadastro Estadual de Controle, Acompanhamento e Fiscalização das Atividades de Pesquisa, Lavra, Exploração e Aproveitamento de

Leia mais

15º Congresso Brasileiro de Mineração e EXPOSIBRAM 2013

15º Congresso Brasileiro de Mineração e EXPOSIBRAM 2013 15º Congresso Brasileiro de Mineração e EXPOSIBRAM 2013 Subsecretaria de Mineração Secretaria de Energia do Estado de São Paulo São Paulo Setembro/2013 HISTÓRICO INSTITUCIONAL Até 1990, as políticas públicas

Leia mais

POLÍTICAS PÚBLICAS PARA GEOLOGIA E MINERAÇÃO OESTE DO PARÁ

POLÍTICAS PÚBLICAS PARA GEOLOGIA E MINERAÇÃO OESTE DO PARÁ PLANO DE MINERAÇÃO DO ESTADO DO PARÁ 10ª OFICINA POLÍTICAS PÚBLICAS PARA GEOLOGIA E MINERAÇÃO OESTE DO PARÁ 28 de maio de 2013 UFOPA / Santarém-PA Scliar, C. Peregovich, B. Santos, L. Gomes R. 1965 - I

Leia mais

( ) Os trabalhos nas minas eram realizados apenas por mulheres. ( ) Os trabalhadores escravizados eram de origem africana.

( ) Os trabalhos nas minas eram realizados apenas por mulheres. ( ) Os trabalhadores escravizados eram de origem africana. SOCIEDADE MINEIRA DE CULTURA Mantenedora da PUC Minas e do COLÉGIO SANTA MARIA DATA: 0 / 2 / 206 III ETAPA AVALIAÇÃO ESPECIAL DE HISTÓRIA 4.º ANO/EF UNIDADE: ALUNO(A): N.º: TURMA: PROFESSOR(A): VALOR:

Leia mais

02. A atividade mineradora ao longo de todo o século XVIII alterou a paisagem no ambiente da área mineradora.

02. A atividade mineradora ao longo de todo o século XVIII alterou a paisagem no ambiente da área mineradora. SOCIEDADE MINEIRA DE CULTURA Mantenedora da PUC Minas e do COLÉGIO SANTA MARIA UNIDADE: DATA: 0 / 2 / 205 III ETAPA AVALIAÇÃO ESPECIAL DE HISTÓRIA 4.º ANO/EF ALUNO(A): N.º: TURMA: PROFESSOR(A): VALOR:

Leia mais

SIMEXMIN 2012 A QUESTÃO AMBIENTAL NA MINERAÇÃO E SUAS CONSEQUÊNCIAS. Ricardo Carneiro

SIMEXMIN 2012 A QUESTÃO AMBIENTAL NA MINERAÇÃO E SUAS CONSEQUÊNCIAS. Ricardo Carneiro SIMEXMIN 2012 A QUESTÃO AMBIENTAL NA MINERAÇÃO E SUAS CONSEQUÊNCIAS Ricardo Carneiro APROVEITAMENTO DOS RECURSOS MINERAIS E DOS POTENCIAIS HIDRÁULICOS APROVEITAMENTO DOS RECURSOS MINERAIS E DOS POTENCIAIS

Leia mais

Informações sobre a Economia Mineral do Estado do Pará

Informações sobre a Economia Mineral do Estado do Pará Informações sobre a Economia Mineral do Estado do Pará Atualizado em Julho de 2013 Distribuição da Produção Mineral no Pará Fonte: IBRAM Amazônia. Balança Mineral do Estado do PA A balança mineral do Pará

Leia mais

PERCURSO 14 Região Norte: a construção de espaços geográficos. Prof. Gabriel Rocha 7º ano - EBS

PERCURSO 14 Região Norte: a construção de espaços geográficos. Prof. Gabriel Rocha 7º ano - EBS PERCURSO 14 Região Norte: a construção de espaços geográficos. Prof. Gabriel Rocha 7º ano - EBS 1 A construção do espaço geográfico de 1500 a 1930 A ocupação da Amazônia não despertava tanto interesse

Leia mais

Ciclo da Mineração: Período de Extração de ouro no Brasil século XVII-XVIII ( fim do século 17 e 18) Ouro de Aluvião: Ouro encontrado nos leitos dos

Ciclo da Mineração: Período de Extração de ouro no Brasil século XVII-XVIII ( fim do século 17 e 18) Ouro de Aluvião: Ouro encontrado nos leitos dos Ciclo da Mineração: Período de Extração de ouro no Brasil século XVII-XVIII ( fim do século 17 e 18) Ouro de Aluvião: Ouro encontrado nos leitos dos rios misturado a material sedimentar. Para obtê-lo,

Leia mais

Região Norte: Apresentação e aspectos físicos

Região Norte: Apresentação e aspectos físicos Região Norte Região Norte: Apresentação e aspectos físicos Região Norte e Amazônia Com uma superfície de 3.853.327 km 2, a Região Norte, definida pelo IBGE, corresponde a quase metade do território brasileiro.

Leia mais

PROJETO EM REDEORGANIZAÇÃO E INSTITUCIONALIDADE NA MINERAÇÃO EM PEQUENA ESCALA E ARTESANAL NA AMÉRICA LATINA E CARIBE O CASO DO BRASIL

PROJETO EM REDEORGANIZAÇÃO E INSTITUCIONALIDADE NA MINERAÇÃO EM PEQUENA ESCALA E ARTESANAL NA AMÉRICA LATINA E CARIBE O CASO DO BRASIL Resumo Executivo O presente projeto buscou estudar a organização e a institucionalização na mineração em pequena escala e artesanal (MPE) no Brasil. A organização de atividades na MPE através da criação

Leia mais

Direito Ambiental Constitucional. Inclui Princípios constitucionais correlatos

Direito Ambiental Constitucional. Inclui Princípios constitucionais correlatos Direito Ambiental Constitucional Inclui Princípios constitucionais correlatos Constituição de 1988 Conceito jurídico de meio ambienteconstituição Art. 3º. Para os fins previstos nesta Lei, entende-se por:

Leia mais

NRM - Normas Regulamentadoras da Mineração - Especificidade na Indústria de Areia e Brita NRM 02. Lavra a Céu Aberto

NRM - Normas Regulamentadoras da Mineração - Especificidade na Indústria de Areia e Brita NRM 02. Lavra a Céu Aberto NRM - Normas Regulamentadoras da Mineração - Especificidade na Indústria de Areia e Brita NRM 02 Lavra a Céu Aberto Introdução NRM 02 2.1 Generalidades 2.2 Bancadas e Taludes 2.3 Controle Topográficos

Leia mais

Estudo de acidentalidade na mineração do Estado de Minas Gerais

Estudo de acidentalidade na mineração do Estado de Minas Gerais Estudo de acidentalidade na mineração do Estado de Minas Gerais Renan Collantes Candia; Vitor Moreira Campos. Departamento de Engenharia de Minas Universidade Federal de Minas Gerais Mário Parreiras de

Leia mais

SEMINÁRIO INTERNACIONAL Direito Ambiental Aprofundado: Teoria e Jurisprudência

SEMINÁRIO INTERNACIONAL Direito Ambiental Aprofundado: Teoria e Jurisprudência SEMINÁRIO INTERNACIONAL Direito Ambiental Aprofundado: Teoria e Jurisprudência Mineração e Meio Ambiente Juliano de Barros Araújo Goiânia, 22 de abril de 2016 Promoção: Apoio: Mineração e Meio Ambiente

Leia mais

PROJETO: II JORNADA DE DIREITO PENAL Criminologia na Amazônia e Zona de Fronteira: Prevenção, Combate, Defesa, Segurança e Desenvolvimento.

PROJETO: II JORNADA DE DIREITO PENAL Criminologia na Amazônia e Zona de Fronteira: Prevenção, Combate, Defesa, Segurança e Desenvolvimento. UNIVERSIDADE FEDERAL DO OESTE DO PARÁ INSTITUTO DE CIÊNCIAS DA SOCIEDADE PROGRAMA DE CIÊNCIAS JURÍDICAS PROJETO: II JORNADA DE DIREITO PENAL Criminologia na Amazônia e Zona de Fronteira: Prevenção, Combate,

Leia mais

= {números irracionais} = {números reais positivos} = {números reais negativos} = {números reais não positivos} = {números reais não negativos}

= {números irracionais} = {números reais positivos} = {números reais negativos} = {números reais não positivos} = {números reais não negativos} = {números irracionais} = {números reais positivos} = {números reais negativos} = {números reais não positivos} = {números reais não negativos} 2 2 = 1 + 1 = 2 = 2 = 2 2 3 + 2 3 2 < > < > < < < > > > 3

Leia mais

PROFº. SÉRGIO RICARDO CHUVA ÁCIDA

PROFº. SÉRGIO RICARDO CHUVA ÁCIDA PROFº. SÉRGIO RICARDO CHUVA ÁCIDA A Chuva Ácida A medida da acidez da chuva é feita na escala de ph: quanto menor o ph, maior a sua acidez. O ph é igual a sete (7) para material neutro. Veja abaixo, alguns

Leia mais

CONTAMINAÇÃO DE SOLOS: LEGISLAÇÃO APLICÁVEL

CONTAMINAÇÃO DE SOLOS: LEGISLAÇÃO APLICÁVEL CONTAMINAÇÃO DE SOLOS: LEGISLAÇÃO APLICÁVEL Otávio Eurico de Aquino Branco Março de 2015 INTRODUÇÃO SUMÁRIO BASE LEGAL DA AVALIAÇÃO DA CONTAMINAÇÃO DE SOLOS GERENCIAMENTO DE ÁREAS CONTAMINADAS FUNDAMENTOS

Leia mais

PLANO DE CURSO DISCIPLINA:História ÁREA DE ENSINO: Fundamental I SÉRIE/ANO: 5 ANO DESCRITORES CONTEÚDOS SUGESTÕES DE PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS

PLANO DE CURSO DISCIPLINA:História ÁREA DE ENSINO: Fundamental I SÉRIE/ANO: 5 ANO DESCRITORES CONTEÚDOS SUGESTÕES DE PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS UNIDADE 1 COLÔNIA PLANO DE CURSO VIVER NO BRASIL *Identificar os agentes de ocupação das bandeiras *Conhecer e valorizar a história da capoeira *Analisar a exploração da Mata Atlântica *Compreender a administração

Leia mais

Gestor dos Recursos Minerais do Brasil Compete ao Departamento Nacional de Produção Mineral a execução do Código de Mineração e dos seus Diplomas

Gestor dos Recursos Minerais do Brasil Compete ao Departamento Nacional de Produção Mineral a execução do Código de Mineração e dos seus Diplomas Gestor dos Recursos Minerais do Brasil Compete ao Departamento Nacional de Produção Mineral a execução do Código de Mineração e dos seus Diplomas Legais Complementares Departamento Nacional de Produção

Leia mais

Efeitos do mercúrio à saúde e no ambiente

Efeitos do mercúrio à saúde e no ambiente IV SEMINÁRIO HOSPITAIS SAUDÁVEIS - SHS 2011 São Paulo - 26 e 27 de setembro de 2011 Efeitos do mercúrio à saúde e no ambiente Gilmar da Cunha Trivelato Pesquisador Titular Fundação Jorge Duprat Figueiredo

Leia mais

ÁREAS DE ATUAÇÃO PROFISSIONAL DE CIÊNCIAS SOCIAIS

ÁREAS DE ATUAÇÃO PROFISSIONAL DE CIÊNCIAS SOCIAIS Mesa Redonda Possibilidades de atuação para o bacharel em Ciências Sociais ÁREAS DE ATUAÇÃO PROFISSIONAL DE CIÊNCIAS SOCIAIS Paulo A. Melo do Nascimento Sociólogo Especialista em Gestão Ambiental Mestre

Leia mais

O SISTEMA SINDICAL BRASILEIRO EM NÚMEROS

O SISTEMA SINDICAL BRASILEIRO EM NÚMEROS O SISTEMA SINDICAL BRASILEIRO EM NÚMEROS Prezados, Diante o cenário turbulento que o setor empresarial sindical atravessa nesse momento é importante termos números sólidos para embasar a discussão da importância

Leia mais

MEMORIAIS. República do Paraguai. Manuel Maria Cáceres Agente Paraguaio. José Emílio Gorostiaga Conselheiro Paraguaio.

MEMORIAIS. República do Paraguai. Manuel Maria Cáceres Agente Paraguaio. José Emílio Gorostiaga Conselheiro Paraguaio. MEMORIAIS República do Paraguai Manuel Maria Cáceres Agente Paraguaio José Emílio Gorostiaga Conselheiro Paraguaio Fundamentação A República do Paraguai, na data de 03 de abril de 1998, apresentou, perante

Leia mais

Disciplina: História. Período: I. Professor (a): Liliane Cristina de Oliveira Vieira e Maria Aparecida Holanda Veloso

Disciplina: História. Período: I. Professor (a): Liliane Cristina de Oliveira Vieira e Maria Aparecida Holanda Veloso COLÉGIO LA SALLE BRASILIA Associação Brasileira de Educadores Lassalistas ABEL SGAS Q. 906 Conj. E C.P. 320 Fone: (061) 3443-7878 CEP: 70390-060 BRASÍLIA DISTRITO FEDERAL Disciplina: História Período:

Leia mais

Claudimara Thomazella Gerente de Geoinformação e Estudos Geológicos. Sara do Socorro Silva Gerente de Operações do FUNMINERAL

Claudimara Thomazella Gerente de Geoinformação e Estudos Geológicos. Sara do Socorro Silva Gerente de Operações do FUNMINERAL Secretaria de Estado de Indústria e Comércio Claudimara Thomazella Gerente de Geoinformação e Estudos Geológicos Sara do Socorro Silva Gerente de Operações do FUNMINERAL Primeira metade do Séc. XX legislação

Leia mais

Licenciamento Ambiental e Meio Ambiente Ações da SGM

Licenciamento Ambiental e Meio Ambiente Ações da SGM Encontro de Mineração da ABPM Brasília, 22 de março de 2017 Licenciamento Ambiental e Meio Ambiente Ações da SGM Departamento de Desenvolvimento Sustentável na Mineração Secretaria de Geologia, Mineração

Leia mais

Aula 5 Recursos Minerais

Aula 5 Recursos Minerais Aula 5 Recursos Minerais Conceitos Mineral: conjunto de elementos químicos. Metal: minerais com características específicas (brilho, dureza). Rocha: aglomerado de um ou mais minerais. Minério: rocha contendo

Leia mais

O QUE É REPACTUAR? A META AGORA É 2/3 REABERTURA DA REPACTUAÇÃO

O QUE É REPACTUAR? A META AGORA É 2/3 REABERTURA DA REPACTUAÇÃO folder_repactuacao_a5.indd 1 22.01.07 16:30:30 REABERTURA DA REPACTUAÇÃO A proposta da Petrobras é resultado de um esforço conjunto da companhia, da FUP e representantes dos empregados na busca de uma

Leia mais

Em que continente fica o Brasil?

Em que continente fica o Brasil? Em que continente fica o Brasil? (América do Sul) Qual a capital política do Brasil? (Brasília) Qual a maior cidade do Brasil? (São Paulo 19 milhões habitantes) Quantos habitantes tem o Brasil? (193 milhões)

Leia mais

Migrações - Mobilidade Espacial. Externas, internas, causas e consequências.

Migrações - Mobilidade Espacial. Externas, internas, causas e consequências. Migrações - Mobilidade Espacial Externas, internas, causas e consequências. Classificação Internas: dentro de um país. Externas: de um país para outro. De retorno: de volta ao país de origem Imigração:

Leia mais

Gestão de Recursos Hídricos na Mineração

Gestão de Recursos Hídricos na Mineração Conceição Mine / Itabira, MG (2012) Gestão de Recursos Hídricos na Mineração Maria Luiza Silva Ramos 1 1. Panorama da produção da Vale e a Importância da Água na Mineração de Ferro 3. Monitoramento dos

Leia mais

REVISÃO PROVA TRIMESTRAL 3º TRIMESTRE GEOGRAFIA PROFESSOR GABRIEL

REVISÃO PROVA TRIMESTRAL 3º TRIMESTRE GEOGRAFIA PROFESSOR GABRIEL REVISÃO PROVA TRIMESTRAL 3º TRIMESTRE GEOGRAFIA PROFESSOR GABRIEL Módulo 15. BRASIL: UM PAÍS MULTICULTURAL O QUE É ETNIA? O termo etnia se refere às pessoas que tem uma cultura e também características

Leia mais

EDIÇAONº1 OUTUBRODE2012

EDIÇAONº1 OUTUBRODE2012 Códigode Conduta EDIÇAONº1 OUTUBRODE2012 2 Manual de conduta lamil Códigode Conduta Manual de conduta lamil 3 APRESENTAÇÃO O presente manual deve servir como orientação aos colaboradores da Lamil quanto

Leia mais

AS BASES DA REGIÃO CONCENTRADA... COMPLEXO CENTRO-SUL

AS BASES DA REGIÃO CONCENTRADA... COMPLEXO CENTRO-SUL AS BASES DA REGIÃO CONCENTRADA... COMPLEXO CENTRO-SUL CENTRO-SUL Posição de Centro no sistema capitalista brasileiro. É a Região mais dinâmica em termos econômicos, financeiros e educacionais. Concentra

Leia mais

HISTÓRIA - 1 o ANO MÓDULO 15 A MINERAÇÃO: ECONOMIA

HISTÓRIA - 1 o ANO MÓDULO 15 A MINERAÇÃO: ECONOMIA HISTÓRIA - 1 o ANO MÓDULO 15 A MINERAÇÃO: ECONOMIA Fixação 1) (UFRN) No século XVIII, teve início a exploração da região mineradora no Brasil, provocando transformações importantes na economia colonial,

Leia mais

História 5 o ano Unidade 9

História 5 o ano Unidade 9 História 5 o ano Unidade 9 Nome: Unidade 9 Data: 1. Com o fim da ditadura militar e o retorno da democracia no Brasil, o presidente do país passou a ser escolhido pelo voto direto. O que significa voto

Leia mais

A experiência do Estado de São Paulo e a visão da Câmara dos Deputados. Deputado Federal Arnaldo Jardim

A experiência do Estado de São Paulo e a visão da Câmara dos Deputados. Deputado Federal Arnaldo Jardim ABES Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental 2º Seminário Regional Sudeste sobre Resíduos Sólidos Desafios das Políticas para uma Gestão Integrada de Resíduos Sólidos A experiência do

Leia mais

SOCIEDADE DO OURO. Prof. Victor Creti Bruzadelli

SOCIEDADE DO OURO. Prof. Victor Creti Bruzadelli SOCIEDADE DO OURO Prof. Victor Creti Bruzadelli O Brasil antes do ouro Capitania de São Vicente: Atual cidade de São Paulo; Pequena agricultura: Pobreza generalizada; Considerada a principal entrada para

Leia mais

Brasil: características naturais - litosfera. Páginas 12 à 27

Brasil: características naturais - litosfera. Páginas 12 à 27 Brasil: características naturais - litosfera Páginas 12 à 27 Refúgio Ecológico Caiman Miranda - MS Parque Nacional do Monte Roraima - RR Serra dos Órgãos Teresópolis - RJ Parque Nacional dos Aparados da

Leia mais

QUÍMICA ANALÍTICA AMBIENTAL Prof. Marcelo da Rosa Alexandre

QUÍMICA ANALÍTICA AMBIENTAL Prof. Marcelo da Rosa Alexandre QUÍMICA ANALÍTICA AMBIENTAL 106213 Prof. Marcelo da Rosa Alexandre INFLUÊNCIA HUMANA SOBRE O MEIO AMBIENTE Industrialização Efeitos sobre habitat e saúde Preocupação ambiental Poluentes no Meio Ambiente

Leia mais

Regulatory Compliance What is required to be done?

Regulatory Compliance What is required to be done? Regulatory Compliance What is required to be done? Setembro de 2016 Regulatory Compliance What is required to be done? According to the Environment Agency Setembro de 2016 Sumário 1. Papel da União 2.

Leia mais

Alterações ao Código de Mineração Promovidas pela MP Nº 790/2017

Alterações ao Código de Mineração Promovidas pela MP Nº 790/2017 ENCONTRO DE DIRIGENTES DO DNPM Alterações ao Código de Mineração Promovidas pela MP Nº 790/2017 José Antonio Alves dos Santos Brasília, 26 de julho de 2017 MOTIVAÇÃO DA ALTERAÇÃO O atual Código de Mineração,

Leia mais

ATO NORMATIVO Nº CREA-GO Dispõe sobre o registro de empresa de mineração no CREA-GO, e dá outras providências.

ATO NORMATIVO Nº CREA-GO Dispõe sobre o registro de empresa de mineração no CREA-GO, e dá outras providências. ATO NORMATIVO Nº 05-98 - CREA-GO Dispõe sobre o registro de empresa de mineração no CREA-GO, e dá outras providências. O CONSELHO REGIONAL DE ENGENHARIA, ARQUITETURA E AGRONOMIA DE GOIÁS CREA-GO, em sua

Leia mais

CONTAMINAÇÃO DE SOLOS: LEGISLAÇÃO APLICÁVEL. Otávio Eurico de Aquino Branco Maio de 2016

CONTAMINAÇÃO DE SOLOS: LEGISLAÇÃO APLICÁVEL. Otávio Eurico de Aquino Branco Maio de 2016 CONTAMINAÇÃO DE SOLOS: LEGISLAÇÃO APLICÁVEL Otávio Eurico de Aquino Branco Maio de 2016 SUMÁRIO INTRODUÇÃO BASE LEGAL DA AVALIAÇÃO DA CONTAMINAÇÃO DE SOLOS GERENCIAMENTO DE ÁREAS CONTAMINADAS COMENTARIOS

Leia mais

GRADE HORÁRIA 1º SEMESTRE DE 2017

GRADE HORÁRIA 1º SEMESTRE DE 2017 1 º Período - 1 º Semestre Turno: Noite Sala: N º de Alunos: Introdução ao Cálculo Química Geral Introdução ao Cálculo Introdução à Engenharia Geometria Analítica e Álgebra Linear Introdução ao Cálculo

Leia mais

O FORTALECIMENTO DA REDE DE ATENÇÃO PSICOSSOCIAL DE ATENÇÃO EM ÁLCOOL E OUTRAS DROGAS NA COMUNIDADE QUILOMBOLA KALUNGA DE CAVALCANTE-GO.

O FORTALECIMENTO DA REDE DE ATENÇÃO PSICOSSOCIAL DE ATENÇÃO EM ÁLCOOL E OUTRAS DROGAS NA COMUNIDADE QUILOMBOLA KALUNGA DE CAVALCANTE-GO. O FORTALECIMENTO DA REDE DE ATENÇÃO PSICOSSOCIAL DE ATENÇÃO EM ÁLCOOL E OUTRAS DROGAS NA COMUNIDADE QUILOMBOLA KALUNGA DE CAVALCANTE-GO Apoios: Aproximação... Aproximação... Aproximação... Aproximação...

Leia mais

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO ACORDO COLETIVO DE TRABALHO A Petrobras Transporte S.A. Transpetro, doravante denominada Companhia, representada neste ato pela Gerente Executiva de Recursos Humanos MARIA CAROLINA PEREIRA GOMES VILAS

Leia mais