BIBLIOTECAS ESCOLARES PLANIFICAÇÃO DE ATIVIDADES 2014 / 2015

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "BIBLIOTECAS ESCOLARES PLANIFICAÇÃO DE ATIVIDADES 2014 / 2015"

Transcrição

1 AGRUPAMENTO DE ESCOLAS VIEIRA DE ARAÚJO ESCOLA EB/S VIEIRA DE ARAÚJO VIEIRA DO MINHO BIBLIOTECAS ESCOLARES PLANIFICAÇÃO DE ATIVIDADES / 2015 PROJETO EDUCATIVO Lacunas ao nível da articulação entre ciclos, e da comunicação interna ATIVIDADES / ESTRATÉGIAS/ (por ordem cronológica) - Elaboração de textos de forma articulada (entre s de escolaridade e entre ciclos) - Leituras de textos entre ciclos (2.º e 3.º ciclo) e s de escolaridade (1.º ciclo). -Participa em projetos de articulação interdisciplinar sugerindo atividades que integrem conteúdos de várias áreas disciplinares Domínio MABE A.1.1 Cooperação da BE com as estruturas de coordenação educativa e supervisão pedagógica. OBJETIVOS (por ordem de finalização) iniciativa e autonomia; - Alargar os conhecimentos dos alunos; - Contribuir para o estabelecimento de parcerias e articulação interdisciplinar; - Melhorar a atitude dos alunos em relação à escola; -Contribuir para o estabelecimento de articulações interdisciplinares; -Alargar os conhecimentos dos alunos; INTERVENIENTES (turmas)/(professores)/(outros) desde o 1.º ciclo ao ensino secundário Professores do 1.º Ciclo Professores do do 8º Professores do 8º Recursos / Espaços (orçamento) Sala de professores Data (prevista) Tempo letivo Deficiente nível de relações interpessoais, com demonstração de indisciplina/atitudes incorrectas, bem como pouca sensibilidade em relação às questões de ordem cívica, humanística e ambiental Dia Europeu das Línguas com uma exposição e declamação de poemas em inglês, português, francês e espanhol. Formação dos Utilizadores das Bibliotecas.1 Organização de actividades de formação de utilizadores. iniciativa e autonomia; - Alargar os conhecimentos dos alunos; - Contribuir para o estabelecimento de parcerias e articulação interdisciplinar; - Melhorar a atitude dos alunos em relação à escola; - Fomentar e incutir nos alunos o cumprimento de normas de respeito, convivência, cooperação e trabalho, inerentes ao sistema de organização e funcionamento das Bibliotecas; - Explicar como está organizado o acervo documental das bibliotecas; - Dar a conhecer as diferentes áreas desde o 1.º ciclo ao ensino secundário Professores do 1.º Ciclo Professores do do 4.º do 5.º Biblioteca Municipal Sala de professores Projetor multimédia es Bibliotecas Escolares Mês de outubro de Ano Letivo / Planificação de Atividades

2 Concurso de leitura da obra Ana Saldanha, Ninguém dá prendas ao Pai Natal promoção da leitura funcionais das bibliotecas; - Dar a conhecer os serviços prestados pelas bibliotecas, com destaque para o empréstimo domiciliário; - Criar uma boa imagem das bibliotecas. do 1.º ciclo BERC, BEDA e BERO novembro/ dezembro Concurso de leitura da obra de Sophia de Mello Breyner Andresen, A Fada Oriana Concurso de leitura da obra de Sophia de Mello Breyner Andresen, O Rapaz de Bronze Recolha de lendas e tradições locais: trabalho de articulação com titulares de turma (1.º ciclo) Articulação com a Universidade Sénior de Vieira do Minho C.2.4 Estímulo à participação e mobilização dos pais/ EE no domínio da promoção da leitura e do desenvolvimento de competências das crianças e jovens que frequentam a escola. - Aumentar os níveis de leitura domiciliária. - Incentivar a participação dos Encarregados de Educação nas atividades escolares dos seus educandos; - Promover uma aproximação entre Escola e Família; - Desenvolver competências de pesquisa e seleção de informação; - Conhecer o património oral. do 2.º e 3.º ciclo Professores titulares de turma do 1.º ciclo Encarregados de Educação BEVA novembro/ dezembro Elevada taxa de insucesso aliado à falta de objetivos de vida escolar ( querer ser e querer progredir ) Baixo nível de expectativas dos alunos e dos pais em relação à Escola Falta de acompanhamento Promoção das Literacias da Informação, tecnológica e digital: Divulgação das ferramentas da WEB 2.0; Construção de um Blogue; Abertura de uma conta de ; Divulgação de tutoriais de aplicações/ferramentas web2 2.0 Inquérito a alunos e docentes sobre necessidades de formação em ferramentas WEB 2.0 Formação dos utentes da BEVA sobre como pesquisar na 8.º e 9.º s. Formação de docentes. C.2.5 Abertura da BE à comunidade local. - Melhorar as Competências das Literacias da Informação e comunicação; - Desenvolver competências tecnológicas; - Trabalhar com os professores e os alunos em projetos e atividades; - Apoiar os utilizadores na seleção e utilização de recursos eletrónicos e media de acordo com as suas necessidades; - Fomentar nos alunos a curiosidade, iniciativa, a autonomia e a reflexão crítica, necessárias a uma aprendizagem efetiva; Comunidade educativa Professores de TIC Sala Multimédia Salas de aula de Formação Cívica Ano Letivo / Planificação de Atividades

3 por parte dos PEE Falta de métodos de estudo e de trabalho, escassez de hábitos de leitura e insuficiente domínio de formas de comunicação oral e escrita. Promoção de concursos de leitura sobre obras das metas curriculares Concurso Leitor do Mês Autor do Mês Realização/promoção de oficinas de escrita criativa Hora do Conto Contrato de Leitura Solicitar a colaboração dos encarregados de educação para atividades da Hora do Conto e outras sessões de leitura temáticas (lendas, tradições ) Projeto Amostras para LER+ C.2.4 Estímulo à participação e mobilização dos pais/ EE no domínio da promoção da leitura e do desenvolvimento de competências das crianças e jovens que frequentam a escola.. Criação e promoção da competência leitora e de hábitos de leitura. B.2. Atividades e projetos de treino e melhoria das capacidades associadas à leitura. - Aumentar os níveis de participação dos encarregados de educação nas atividades das bibliotecas; - Promover a leitura na sala de aula e a leitura autónoma; -Desenvolver competências de escrita e de interpretação; -Cativar para outros saberes; - Apelar à Criatividade; - Envolver todos os agentes educativos; - Formar cidadãos livres e responsáveis. Professores de Português e de Apoio ao Estudo do 1.º e do 2.º ciclo Encarregados de educação do 3.º Ciclo do ensino secundário Encarregados de educação Professores titulares de turma Universidade Sénior Recursos hums Livros Cartazes Fantoches Cartões ilustrados PowerPoint Fichas de Leitura Contrato de Leitura Material de escrita Dia da Poesia Declamação de poemas nas bibliotecas Exposição dos poemas dos alunos Criação e divulgação de um livro digital com os poemas dos alunos - Proporcionar momentos de leitura e declamação de poemas; - Sensibilizar a Comunidades Escolar para o texto poético e sua promoção; - Expor os poemas produzidos pelos alunos; - Elaborar e divulgar um livro digital com os poemas dos alunos. e de Português 21 de março Semana da Leitura - Teatro - Palestras - Sessões leitura - Sessões poesia - Exposições de trabalhos - Apresentação de livros/leituras (Contrato de Leitura) Articulação com a : exposições de trabalhos de alunos; permutas de material; palestras e sessões com escritores. Concurso Nacional de Leitura C.2.5 Abertura da BE à comunidade local. - Fomentar atividades diversificadas de promoção do livro, da escrita e da leitura; - Fomentar leitores autónomos, críticos e criativos; - Promover hábitos de leitura junto de alunos, professores, funcionários e encarregados de educação; - Envolver todo o agrupamento em atividades de âmbito literário e cultural; - Articular com os outros grupos disciplinares do Departamento; - Promover a expressão oral. - Envolver os alunos em diferentes contextos de leitura; - Promover hábitos de leitura autónoma - Aproximar alunos de diferentes localidades, como forma de motivação para as atividades da leitura; - Articular com docentes de Português atividades de escrita e leitura. Editoras e escritores (Português) do 3.º ciclo e Secundário Toda a comunidade escolar Universidade Sénior de V.M. Ano Letivo / Planificação de Atividades BEVA Última semana do 2.º Período 2.º Período

4 Promoção de leitura: Dia do Livro - Divulgação de escritores através de exposição nas BE e outros meios de divulgação - Estimular o gosto pela leitura; - Divulgar a importância dos livros. - Divulgar escritores lusófonos. e Professores Português 23 de abril Exposição de Trabalhos Realizados Pelos, referentes a datas comemorativas e conteúdos programáticos ou desenhos/ pinturas da iniciativa dos alunos. - Promover a expressão escrita; - Desenvolver a criatividade; - Estimular o gosto pela pesquisa; - Despertar a imaginação; - Divulgar os trabalhos realizados a toda a comunidade escolar. de todos os ciclos Encarregados de Educação Recursos hums Expositores Impressora Pioneses Fita-cola Todo o Colaboração com artigos e notícias de divulgação e promoção da leitura no Clube de Jornalismo e Revista Vernária A.1.2 Parceria da BE com os docentes responsáveis pelas áreas curriculares não disciplinares (ACND). - Integrar conteúdos programáticos; - Promover a expressão escrita; - Desenvolver a criatividade; - Estimular o gosto pela pesquisa. - Cativar para outros saberes; - Divulgar os trabalhos realizados à comunidade escolar; - Envolver a comunidade educativa no ato de ler. DINAMIZAÇÃO E MANUTENÇÃO DE UMA SALA DE ESTUDO (localizada por cima da BEVA) DINAMIZAÇÃO E MANUTENÇÃO DA SALA MULTIMÉDIA (por cima da BEVA) Apoio aos trabalhos escolares Pesquisas diversas Jogos didáticos fornecidos por docentes Hora do Cinema C.1.1 Apoio à aquisição e desenvolvimento de métodos de trabalho e de estudo autónomos. - Proporcionar aos alunos um espaço em contacto direto com Professores de diversas disciplinas para Apoio ao Estudo, acompanhamento e esclarecimento de dúvidas. - Disponibilizar um espaço calmo, com todas as condições para os alunos poderem estudar. - Proporcionar aos alunos um espaço alternativo, multidisciplinar e complementar da Biblioteca, onde podem conviver, interagir, partilhar de forma saudável e pedagógica com os pares e professores. - Desenvolver atividades de pesquisa; - Realizar jogos didáticos; - Participar na Hora do Cinema. Professores destacados para apoio na sala Professores destacados para apoio na sala es Mesas e cadeiras Livros de vários grupos disciplinares es TV LCD Leitores DVD e VHS Ano letivo Ano letivo A.1.3 -Proporcionar aos alunos do ensino Articulação DINAMIZAÇÃO DE ATIVIDADES PARA ALUNOS especial um espaço alternativo, da BE com os docentes Professoras do Ensino TV DO ENSINO ESPECIAL multidisciplinar e complementar da responsáveis pelos serviços de Especial Leitor de DVD e VHS letivo - PROJEÇÃO DE FILMES E RESPETIVO DEBATE Biblioteca, onde possam interagir e partilhar apoios especializados e do Ensino Especial ideias com os pares e professores educativos (SAE). Ano Letivo / Planificação de Atividades

5 - REFERENCIAL APRENDER COM A BIBLIOTECA Criação de eventos de leitura na rede social fãs da leitura no Facebook -Comparar o modo como um tema ou problema é tratado em diferentes obras. -Desenvolver o gosto pela partilha de experiências de leituras diversificadas. -Construir argumentos em torno das leituras realizadas e dos temas abordados. -Usar diversas ferramentas digitais para expressar as experiências de leitura. -Usar as redes sociais para comunicar e partilhar leituras. Docente da Português Jornalista por um dia Jogo de Pesquisa A brincar também se aprende.. Criação e promoção da competência leitora e de hábitos de leitura. -Conhecer os princípios e procedimentos implicados na construção de uma notícia. -Aplicar os conhecimentos adquiridos na elaboração de uma notícia. -Pesquisar e usar informação para comunicar. Docentes de Ciências Naturais e Português letivo Carência de hábitos de higiene e de vida saudável Articulação com os projetos: PASSE (alimentação), PRESSE (Educação Sexual) e SOBE (Saúde Oral) - Realização de leituras de títulos associados aos projetos; - Visualização de filmes; - Realização de teatro de fantoches C.2.1 Envolvimento da BE em projetos da respectiva escola ou desenvolvidos em parceria, a nível local ou mais amplo. iniciativa, criatividade e autonomia; - Promover hábitos de saúde saudáveis, em ambiente escolar; - Articular com os diferentes ciclos; Professores do Agrupamento Equipa da Saúde Comunidade em geral letivo Abandono escolar precoce - Participação em concursos nacionais associados à leitura e escrita iniciativa, criatividade e autonomia; letivo Ano Letivo / Planificação de Atividades

Plano Anual de Atividades 2015/2016. Bibliotecas do Agrupamento de Escolas D. Maria II

Plano Anual de Atividades 2015/2016. Bibliotecas do Agrupamento de Escolas D. Maria II - Receção aos alunos do pré- escolar, 1º, 5º e 10º anos e Encarregados de Educação - Fomentar o gosto pela leitura e pela frequência da Biblioteca Escolar (BE) - Sensibilizar os encarregados de educação

Leia mais

Afetos intergeracionais - Visita a um lar de idosos; - Elaboração e oferta de um presente simbólico; - Partilha de saberes.

Afetos intergeracionais - Visita a um lar de idosos; - Elaboração e oferta de um presente simbólico; - Partilha de saberes. Direcção Regional de Educação do Norte AGRUPAMENTO VERTICAL DE ESCOLAS DE VIEIRA DE ARAÚJO EB/S VIEIRA DE ARAÚJO - 343389 PLANIFICAÇÃO DE ACTIVIDADES 2014/2015 DEPARTAMENTO DE EXPRESSÕES PROJECTO EDUCATIVO

Leia mais

PAA BE-EB 2,3 Aradas Ano Letivo 2016 / 2017

PAA BE-EB 2,3 Aradas Ano Letivo 2016 / 2017 PAA BE-EB 2,3 Aradas Ano Letivo 2016 / 2017 - Ao longo do ano - Manutenção do blogue da BE - Divulgar as actividades no blogue - Promover a integração da BE na Escola -Difusão da informação educativa -

Leia mais

PLANO DO DEPARTAMENTO DE LÍNGUAS

PLANO DO DEPARTAMENTO DE LÍNGUAS PLANO DO DEPARTAMENTO DE LÍNGUAS ANO LECTIVO 2010/2011 Introdução O Plano do Departamento de Línguas tem como pressupostos o Projecto Educativo em vigor da Escola Secundária da Baixa da Banheira cujos

Leia mais

PLANO DE ATIVIDADES

PLANO DE ATIVIDADES Domínio A Currículo, literacias e aprendizagem Desenvolver atividades curriculares com os docentes de História e Português trabalhando de forma transversal as literacias da informação e dos média constantes

Leia mais

Plano Nacional de Leitura

Plano Nacional de Leitura 2012-2014 Plano Nacional de Leitura 1 I. O que motivou o projeto? Centralidade da leitura Leitura como ponto de partida para: - Aprender (competência transversal ao currículo) - Colaborar - Interagir /

Leia mais

Agrupamento de Escolas de Águeda PLANO DE ATIVIDADES Biblioteca Escolar 2013/2014 PLANO DE ATIVIDADES 2013/2014

Agrupamento de Escolas de Águeda PLANO DE ATIVIDADES Biblioteca Escolar 2013/2014 PLANO DE ATIVIDADES 2013/2014 PLANO DE ATIVIDADES 2013/2014 1 DOMÍNIO A Apoio ao desenvolvimento curricular SUBDOMÍNIO: A.1. Curricular da BE com as Estruturas de Coordenação Educativa e Supervisão Pedagógica e os Docentes Escola/comunid.

Leia mais

PLANO ANUAL DE ATIVIDADES

PLANO ANUAL DE ATIVIDADES do Trigal CAMPOS INTERVENÇÃO PROJETO EDUCATIVO ATIVIDADES OBJETIVOS RESPONSÁVEIS DATA LOCAL DESTINATÁRIOS CPI 3 Receção aos novos alunos e formação de utilizadores -Motivar para a utilização da ; -Informar

Leia mais

PLANO DE ACÇÃO DA BIBLIOTECA ESCOLAR

PLANO DE ACÇÃO DA BIBLIOTECA ESCOLAR AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE ÁGUEDA PLANO DE ACÇÃO DA BIBLIOTECA ESCOLAR / a / Dezembro de Profª Bibliotecária: Maria Clara Nogueira de Almeida DEFINIÇÃO Documento que apresenta as linhas orientadoras para

Leia mais

PLANO DE ACTIVIDADES DA BIBLIOTECA ESCOLAR. Ano lectivo de 2013 2014

PLANO DE ACTIVIDADES DA BIBLIOTECA ESCOLAR. Ano lectivo de 2013 2014 PLANO DE ACTIVIDADES DA BIBLIOTECA ESCOLAR Ano lectivo de 2013 2014 A Biblioteca Escolar / Centro de Recursos Educativos, de acordo com o que está definido no Projecto educativo, deste agrupamento (...)

Leia mais

Agrupamento de Escolas de Diogo Cão. Biblioteca Escolar. (sede) PLANO DE ACTIVIDADES

Agrupamento de Escolas de Diogo Cão. Biblioteca Escolar. (sede) PLANO DE ACTIVIDADES Agrupamento de Escolas de Diogo Cão Biblioteca Escolar (sede) PLANO DE ACTIVIDADES Os poetas e os romancistas são aliados preciosos, e o seu testemunho merece a mais alta consideração, porque eles conhecem,

Leia mais

Projecto aler

Projecto aler Área de incidência Estratégia para envolver toda a escola Actividades para envolver toda a comunidade educativa profissional contínuo Relações interdisciplinares Projecto aler+ 2010-2011 Lançamento Uma

Leia mais

Escola Secundária de Penafiel BIBLIOTECA ESCOLAR PLANO ANUAL DE ATIVIDADES

Escola Secundária de Penafiel BIBLIOTECA ESCOLAR PLANO ANUAL DE ATIVIDADES Escola Secundária de Penafiel BIBLIOTECA ESCOLAR PLANO ANUAL DE ATIVIDADES 2013-2014 Formação do Utilizador APOIO AO DESENVOLVIMENTO CURRICULAR Área de Intervenção Atividades Objetivos Responsáveis Destinatários

Leia mais

BIBLIOTECA ESCOLAR PLANO ANUAL DE ATIVIDADES Escola Portuguesa Ruy Cinatti 2014/2015

BIBLIOTECA ESCOLAR PLANO ANUAL DE ATIVIDADES Escola Portuguesa Ruy Cinatti 2014/2015 O Pl Anual de Atividades segue as linhas de orientação propostas pela RBE. Este documento descreve a ação da Biblioteca Escolar e tem como objetivo último tornar os alunos autónomos e eficientes nas diversas

Leia mais

Avaliação da biblioteca escolar

Avaliação da biblioteca escolar Avaliação da biblioteca escolar 2009-2013 2010 B. Leitura e literacia Avaliação 4 2011 D. Gestão da biblioteca escolar Avaliação D.1 Articulação da BE com a escola/agrupamento. Acesso e serviços prestados

Leia mais

Plano de Intervenção

Plano de Intervenção Plano de Intervenção 201415 Os agrupamentos de escolas que já integram a Rede aler+ são convidados a apresentarem um Plano de Intervenção que evidencie a centralidade da leitura e envolva os jardins de

Leia mais

Plano de Formação da Biblioteca Escolar

Plano de Formação da Biblioteca Escolar Agrupamento de Escolas de Santo António Plano de Formação da Biblioteca Escolar Literacias da Informação e Tecnológica Contextualização Perante as necessidades de um contexto informativo mais complexo,

Leia mais

Plano de melhoria (2015/16)

Plano de melhoria (2015/16) Plano de melhoria (2015/16) Introdução Agrupamento Vertical de Portel Escola EB 2,3 de D. João de Portel Quatro domínios de ação da Biblioteca Escolar: A. Currículo, literacias e aprendizagem B. Leitura

Leia mais

PLANO ANUAL DE ACTIVIDADES

PLANO ANUAL DE ACTIVIDADES PLANO ANUAL DE ACTIVIDADES Departamento: BIBLIOTECA ESCOLAR Eio de Intervenção: (Nº) 1;2 Plano Melhoria: Ação/Atividade Objetivos Coordenador/ Colaboradores Público-alvo Calendarização Actividade CNL Actividade

Leia mais

Avaliação da biblioteca escolar

Avaliação da biblioteca escolar Avaliação da biblioteca escolar 29-213 21 B. Leitura e literacia Avaliação 3 211 D. Gestão da biblioteca escolar Avaliação D.1 Articulação da BE com a escola/agrupamento. Acesso e serviços prestados pela

Leia mais

7. Participar em atividades (efemérides, palestras, eventos de leitura, sessões formativas, projetos, clubes, outras)

7. Participar em atividades (efemérides, palestras, eventos de leitura, sessões formativas, projetos, clubes, outras) QA Questionário aos alunos 17 Escola: 1 Identificação: Data: Masculino 2 Frequentas o Feminino Ensino Básico: 3.º 4.º 5.º 6.º 7.º Outros cursos Ensino Secundário: 10.º 11.º 12.º Curso profissional Outros

Leia mais

BIBLIOTECAS ESCOLARES

BIBLIOTECAS ESCOLARES PLANO DE AÇÃO BIBLIOTECAS ESCOLARES Agrupamento de Escolas da Moita 1 As Bibliotecas Escolares assumem, para além das funções informativa, educativa, cultural e recreativa, o papel de adjuvante do aluno,

Leia mais

Plano de Actividades Ano lectivo 2008/2009 Tema: A aventura dos livros

Plano de Actividades Ano lectivo 2008/2009 Tema: A aventura dos livros Plano de Actividades Ano 2008/2009 Tema: A aventura dos livros 1 ACTIVIDADES DE ORGANIZAÇÃO Actividades Objectivos Intervenientes Calendarização Proceder à gestão de colecções. Organização e gestão do

Leia mais

PLANO DE ATIVIDADES DAS BIBLIOTECAS ESCOLARES

PLANO DE ATIVIDADES DAS BIBLIOTECAS ESCOLARES Agrupamento de Escolas de Grândola PLANO DE ATIVIDADES DAS BIBLIOTECAS ESCOLARES 2015/2016 Pág.1/ 7 INTRODUÇÃO O Plano Anual de das s Escolares do Agrupamento de Escolas de Grândola atende à especificidade

Leia mais

Agrupamento de Escolas de Pinhal de Frades. PLANO DE PROMOÇÃO DA LEITURA Quadriénio

Agrupamento de Escolas de Pinhal de Frades. PLANO DE PROMOÇÃO DA LEITURA Quadriénio Agrupamento de Escolas de Pinhal de Frades PLANO DE PROMOÇÃO DA LEITURA Quadriénio 2014-18 Aprender a ler e ler para aprender é uma questão central no ensino e na aprendizagem. Os programas e metas do

Leia mais

Agrupamento de Escolas de Alcabideche Escola Básica de Alcabideche PLANO ANUAL DE ATIVIDADES ANO LETIVO

Agrupamento de Escolas de Alcabideche Escola Básica de Alcabideche PLANO ANUAL DE ATIVIDADES ANO LETIVO BIBLIOTECA ESCOLAR - ALCABIDECHE E ALTO DA PEÇA - GLOBAL Data Atividades Reuniões entre a Professora Bibliotecária/Coordenadora da Biblioteca Escolar () o Diretor do Agrupamento (DA) e/ou a Coordenadora

Leia mais

Questionários aos docentes

Questionários aos docentes Questionários aos docentes Distribuição das respostas, de escolha fechada, aos questionários recebidos pelo sistema informático e no formulário de registo de dados agrupados. Grupo de recrutamento 200

Leia mais

PLANO DE ATIVIDADES Definir um currículo para o desenvolvimento das literacias da informação adequado aos diferentes anos de escolaridade;

PLANO DE ATIVIDADES Definir um currículo para o desenvolvimento das literacias da informação adequado aos diferentes anos de escolaridade; Acções de melhoria Definir um currículo para o desenvolvimento das literacias da informação adequado aos diferentes s de escolaridade; Criar uma bolsa de recursos para o desenvolvimento das atividades

Leia mais

Biblioteca de Escola Secundária/3ºC de Vendas Novas. Plano de acção Nota introdutória

Biblioteca de Escola Secundária/3ºC de Vendas Novas. Plano de acção Nota introdutória Biblioteca de Escola Secundária/3ºC de Vendas Novas Plano de acção 2009-2013 Nota introdutória O plano de acção é um documento orientador onde se conceptualizam e descrevem as metas a atingir num período

Leia mais

2016/2017 [PLANO ANUAL DE ATIVIDADES - BIBLIOTECA ESCOLAR]

2016/2017 [PLANO ANUAL DE ATIVIDADES - BIBLIOTECA ESCOLAR] Projeto / Atividade Objetivos Intervenientes Recursos/ materiais BE - Vamos Partilh@r (Divulgação/marketing BE através da página, das redes sociais, rádio escolar, jornal escolar) Concurso Nacional de

Leia mais

Agrupamento de Escolas nº4 de Évora Escola Sede: Escola Secundária André de Gouveia 1. ÁREAS DE INTERVENÇÃO

Agrupamento de Escolas nº4 de Évora Escola Sede: Escola Secundária André de Gouveia 1. ÁREAS DE INTERVENÇÃO 1. ÁREAS DE INTERVENÇÃO 1.1. IMPLEMENTAR A ORGANIZAÇÃO E DESENVOLVIMENTO CURRICULAR - Aprimorar ação educativa. Otimizar o desempenho de funções de coordenação. Valorizar a centralidade da escola e do

Leia mais

II Encontro Bibliotecas de Bragança. Ler o Mundo: passaporte para o futuro. Agrupamento de Escolas André Soares. Ler. Projeto de leitura

II Encontro Bibliotecas de Bragança. Ler o Mundo: passaporte para o futuro. Agrupamento de Escolas André Soares. Ler. Projeto de leitura o Mundo: passaporte para o futuro Agrupamento de Escolas André Soares Génese do projeto II Encontro Bibliotecas de Bragança Pontos fracos Decréscimo de participação dos alunos do 3º ciclo nas atividades

Leia mais

Deste modo o domínio privilegiado este ano é o Domínio A- Apoio ao desenvolvimento curricular

Deste modo o domínio privilegiado este ano é o Domínio A- Apoio ao desenvolvimento curricular 1º Período BibliotecaEscolar Agrupamento de Escolasde Águeda PLANO DE ACTIVIDADES 2010/2011 As actividades dinamizadas pela BE em articulação com os diferentes departamentos curriculares têm em vista a

Leia mais

MODELO DE AVALIAÇÃO DA BIBLIOTECA ESCOLAR (MABE)

MODELO DE AVALIAÇÃO DA BIBLIOTECA ESCOLAR (MABE) Agrupamento de Escolas Agualva Mira Sintra EB D. Domingos Jardo MODELO DE AVALIAÇÃO DA BIBLIOTECA ESCOLAR (MABE) Ano letivo 2012/2013 Profª bibliotecária Lígia Freitas Domínio Avaliado: C. Projetos, parcerias

Leia mais

BIBLIOTECA ESCOLAR da Escola Básica 1º ciclo e da Escola Básica e

BIBLIOTECA ESCOLAR da Escola Básica 1º ciclo e da Escola Básica e 2015/2016 BIBLIOTECA ESCOLAR da Escola Básica 1º ciclo e da Escola Básica e Secundária pólo Aquilino Ribeiro e pólo Luís Veiga Leitão DATA LOCAL ATIVIDADES OBJETIVOS/DOMÍNIOS ORGANIZADORES/ INTERVENIENTES

Leia mais

Bibliotecas do Agrupamento de Escolas Lima de Freitas. Balanço Atividades 1ºperíodo 2014/2015

Bibliotecas do Agrupamento de Escolas Lima de Freitas. Balanço Atividades 1ºperíodo 2014/2015 Bibliotecas do Agrupamento de Escolas Lima de Freitas Balanço Atividades 1ºperíodo 2014/2015 Recursos Humanos Professoras bibliotecárias Fátima Pinto Fátima Afonso Equipa da biblioteca Clarinda Chambel

Leia mais

Agrupamento de Escolas José Maria dos Santos

Agrupamento de Escolas José Maria dos Santos Agrupamento de Escolas José Maria dos Santos Carta de Missão 2013/2017 Maria Guilhermina Cruz de Pina Madeira Barros Ramos Compromissos Objetivos Estratégias Metas/Critérios de sucesso C1 Sucesso escolar

Leia mais

Agrupamento De Escolas Bartolomeu Gusmão E.B.1. Rainha Sta. Isabel

Agrupamento De Escolas Bartolomeu Gusmão E.B.1. Rainha Sta. Isabel Agrupamento De s Bartolomeu Gusmão E.B.1. Rainha Sta. Isabel 1 Introdução Planos anual e plurianual de actividades documentos de planeamento, que definem, em função do projecto educativo, os objectivos,

Leia mais

BALANÇO DO PROJECTO Área de incidência Lançamento Desenvolvimento Uma estratégia para toda a Escola Estratégia para toda a escola

BALANÇO DO PROJECTO Área de incidência Lançamento Desenvolvimento Uma estratégia para toda a Escola Estratégia para toda a escola BALANÇO DO PROJECTO 2009-2010 Área de incidência Lançamento Desenvolvimento Uma estratégia para toda a Escola Estratégia para toda a escola Apresentação do Projecto a Ler+ em Conselho Pedagógico de 1.09.09

Leia mais

Agrupamento de Escolas de São Gonçalo

Agrupamento de Escolas de São Gonçalo Taxa média de retenção no 2.º ano de escolaridade de 12% no ano letivo 2014/2015 e de 11,6% no ano letivo 2015/2016. 1.º e 2.º anos. 3. Designação da Apoio educativo coadjuvante nas turmas de 1.º e 2.º

Leia mais

PROJECTO EDUCAR PARA A SAÚDE

PROJECTO EDUCAR PARA A SAÚDE Ano lectivo 2009/2010 PROJECTO EDUCAR PARA A SAÚDE Equipa: Ana Luísa Leal António Sousa Célia Oliveira Justa Costa PROJECTO EDUCAR PARA A SAÚDE 1º PERÍODO ÁREA de INTERVENÇÃO- HÁBITOS ALIMENTARES DEFICITÁRIOS

Leia mais

PERSPETIVAS DE INTERVENÇÃO

PERSPETIVAS DE INTERVENÇÃO PERSPETIVAS DE INTERVENÇÃO DOMÍNIOS OBJETIVO ESTRATÉGICO 1. RESULTADOS a) Melhorar o sucesso escolar dos alunos Avaliação Interna e Externa b) Promover Atitudes e Comportamentos de Cidadania a) Intensificar

Leia mais

APOIO AO ESTUDO 1º CICLO LINHAS ORIENTADORAS 2015/ INTRODUÇÃO

APOIO AO ESTUDO 1º CICLO LINHAS ORIENTADORAS 2015/ INTRODUÇÃO APOIO AO ESTUDO DEPARTAMENTO CURRICULAR DO 1.º CICLO LINHAS ORIENTADORAS 2015/20164 1º CICLO 1. INTRODUÇÃO O despacho normativo nº7/2013 tem como objetivo conceder maior flexibilidade na constituição das

Leia mais

Fotografar olhos e dedos de alunos (formas de ler visão e Braille)

Fotografar olhos e dedos de alunos (formas de ler visão e Braille) Ação 1 Leio-te Promover a formação do utilizador. Integrar os novos alunos na dinâmica das BE. Criar uma dinâmica renovada no espaço das bibliotecas. Renovar o ambiente, tornando-o mais apelativo e sugestivo.

Leia mais

PLANO ANUAL DE ATIVIDADES 2015-2016 BIBLIOTECA ESCOLAR

PLANO ANUAL DE ATIVIDADES 2015-2016 BIBLIOTECA ESCOLAR 2015-2016 PLANO ANUAL DE ATIVIDADES BIBLIOTECA ESCOLAR DIRETORA DA BIBLIOTECA ESCOLAR, ANA CARVALHO EXTERNATO D. AFONSO HENRIQUES Largo da Igreja, nº 81 4660-227 Resende Índice 1. Introdução... 2 2. Domínio

Leia mais

PLANO DE ATIVIDADES PLANO DE ATIVIDADES 2016/2017

PLANO DE ATIVIDADES PLANO DE ATIVIDADES 2016/2017 PLANO DE ATIVIDADES 2016/2017 O Plano Anual de Atividades deve ser entendido como o instrumento da planificação das Atividades escolares, para um ano letivo, no qual estão plasmadas as decisões sobre os

Leia mais

Plano de Melhoria. Agrupamento de Escolas Joaquim Inácio da Cruz Sobral

Plano de Melhoria. Agrupamento de Escolas Joaquim Inácio da Cruz Sobral Agrupamento de Escolas Joaquim Inácio da Cruz Sobral julho 2015 Introdução O presente Plano de Melhoria insere-se no âmbito do Relatório elaborado pela Equipa de Avaliação Externa da IGEC, em resultado

Leia mais

NA MATEMÁTICA TU CONTAS

NA MATEMÁTICA TU CONTAS PLANO AÇÃO ESTRATÉGICA 41ª MEDIDA NA MATEMÁTICA TU CONTAS OBJETIVO Melhorar o sucesso em Matemática. ANO(S) ESCOLARIDA A ABRANGER - Do 1.º ao 9.º de escolaridade. ATIVIDAS A SENVOLVER NO ÂMBITO DA MEDIDA:

Leia mais

Agrupamento de Escolas de Eugénio de Castro Bibliotecas Escolares

Agrupamento de Escolas de Eugénio de Castro Bibliotecas Escolares grupamento de Escolas de Eugénio de Castro ibliotecas Escolares Professoras bibliotecárias: Paula Fidalgo e Maria João Olaio Plano de acção 2009- Página 0 grupamento de Escolas de Eugénio de Castro ibliotecas

Leia mais

PAAE 2016/17_IV - Serviços - Biblioteca Escolar

PAAE 2016/17_IV - Serviços - Biblioteca Escolar PAAE 2016/17_IV - Serviços - Biblioteca Escolar Domínio de intervenção Denominação Área de Intervenção PEE Calendário Objectivos Avaliação Destinatários Organização e Gestão Prosseguimento do registo na

Leia mais

Calendário de Atividades 2014/15

Calendário de Atividades 2014/15 Proponente (Departamento/Estrutura / Grupo) Bibliotecas Escolares do Agrupamento Enquadramento As bibliotecas escolares do Agrupamento de Escolas Alberto Sampaio assumem-se como lugares privilegiados de

Leia mais

DEPARTAMENTO PRÉ-ESCOLAR - PLANIFICAÇÃO DAS ATIVIDADES

DEPARTAMENTO PRÉ-ESCOLAR - PLANIFICAÇÃO DAS ATIVIDADES 0 DEPARTAMENTO PRÉ-ESCOLAR - PLANIFICAÇÃO DAS ATIVIDADES Na planificação das atividades daremos continuidade ao projeto Crescer, Brincar e Aprender, do Departamento Pré Escolar que se concretizará também

Leia mais

PLANO DE ACTIVIDADES 2010/2011

PLANO DE ACTIVIDADES 2010/2011 PLANO DE ACTIVIDADES 2010/2011 O Plano Anual de Actividades deve ser entendido como o instrumento da planificação das actividades es, para um ano lectivo, no qual estão plasmadas as decisões sobre os objectivos

Leia mais

PLANO DE PROMOÇÃO DE LEITURA DO AGRUPAMENTO

PLANO DE PROMOÇÃO DE LEITURA DO AGRUPAMENTO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS MOSTEIRO E CÁVADO PLANO DE PROMOÇÃO DE LEITURA DO AGRUPAMENTO A leitura um bem essencial Para viver com autonomia, com plena consciência de si próprio e dos outros, para poder tomar

Leia mais

Avaliação Interna. Agrupamento de Escolas de Briteiros 2013/ 2017

Avaliação Interna. Agrupamento de Escolas de Briteiros 2013/ 2017 Avaliação Interna Agrupamento de Escolas de Briteiros 2013/ 2017 Apresentação da Equipa Agradecemos a todos os Alunos, Assistentes Operacionais Administrativos, Docentes, Pais e Encarregados de Educação,

Leia mais

5 de setembro 2017 REUNIÃO GERAL

5 de setembro 2017 REUNIÃO GERAL Subdiretor Sérgio Laranjinho Adjunta da Diretora Cláudia Suzano Diretora Paula Maria Figueira diretor@avp.pt Adjunto da Diretora Luís Silva Adjunta da Diretora Mª José Serelha 5 de setembro 2017 REUNIÃO

Leia mais

BIBLIOTECAS ESCOLARES: Plano de Ação 2010/2013 PLANO DE AÇÃO BIBLIOTECAS ESCOLARES. Agrupamento de Escolas da Moita. Agrupamento de Escolas da Moita

BIBLIOTECAS ESCOLARES: Plano de Ação 2010/2013 PLANO DE AÇÃO BIBLIOTECAS ESCOLARES. Agrupamento de Escolas da Moita. Agrupamento de Escolas da Moita PLANO DE AÇÃO BIBLIOTECAS ESCOLARES Agrupamento de Escolas da Moita 1 As Bibliotecas Escolares assumem, para além das funções informativa, educativa, cultural e recreativa, o papel de adjuvante do aluno,

Leia mais

2014/2015 [PLANO ANUAL DE ATIVIDADES - BIBLIOTECA ESCOLAR]

2014/2015 [PLANO ANUAL DE ATIVIDADES - BIBLIOTECA ESCOLAR] Projeto / Atividade Objetivos Intervenientes Recursos/ materiais BE - Vamos Partilh@r (Divulgação/marketing BE através da página, blogues, rádio escolar, catálogo online) Dinamizar os blogues das várias

Leia mais

Agrupamento de Escolas Amadeo de Souza-Cardoso

Agrupamento de Escolas Amadeo de Souza-Cardoso ANO LETIVO: 2016/2017 Amadeo de Souza-Cardoso Critérios Gerais de Avaliação do Agrupamento Dando cumprimento ao disposto no Decreto-Lei 139/2012, na sua redação atual, e no Despacho normativo nº 1-F/2016,

Leia mais

PLANO TIC 1

PLANO TIC 1 2015-2016 PLANO TIC 1 Agrupamento de Escolas de Fornos de Algodres Estrada Nacional n.º 16 6370-147 Fornos de Algodres Tel.: 271700110 Fax: 271700118 www.ae-fa.pt e-mail: aefa.og@ae-fa.pt 2 Equipa PTE

Leia mais

PLANIFICAÇÃO ANUAL DA BIBLIOTECA DE AGRUPAMENTO À BEIRA DOURO

PLANIFICAÇÃO ANUAL DA BIBLIOTECA DE AGRUPAMENTO À BEIRA DOURO Domínio A: Apoio ao desenvolvimento curricular PLANIFICAÇÃO ANUAL DA BIBLIOTECA DE AGRUPAMENTO À BEIRA DOURO 2012-2013 A.1 Articulação curricular da biblioteca escolar com as estruturas de coordenação

Leia mais

Plano Anual de Atividades. Mesmo entre Iguais somos Diferentes

Plano Anual de Atividades. Mesmo entre Iguais somos Diferentes Plano Anual de Atividades Mesmo entre Iguais somos Diferentes OBJETIVO: Adquirir consciência de si próprio Conhecer culturas diferentes, procurando sensibilizar a comunidade educativa para a emergência

Leia mais

MEDIATECA PLANO DE ACTIVIDADES 2010/2011

MEDIATECA PLANO DE ACTIVIDADES 2010/2011 Mediateca Plano de Actividades 2010/2011 pág. 1/7 Introdução MEDIATECA PLANO DE ACTIVIDADES 2010/2011 A Mediateca estrutura-se como um sector essencial do desenvolvimento do currículo escolar e as suas

Leia mais

PLANO DE INTERVENÇÃO

PLANO DE INTERVENÇÃO PLANO DE INTERVENÇÃO Área de intervenção Resultados escolares: promoção do sucesso e da excelência Objetivos Metas Atividades Indicadores Situação inicial Atingir em 95% os Elaboração dos PDI segundo Cumprimento

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE BRAGA OESTE

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE BRAGA OESTE AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE BRAGA OESTE PLANO DE MELHORIA EQUIPA DE AVALIAÇÃO INTERNA 2015/2017 EqAI - 2015 Página 1 de 6 1. Resultados Em Português: incentivar a leitura; recontar as Académicos: histórias

Leia mais

AGRUPAMENTO VERTICAL DE OURIQUE

AGRUPAMENTO VERTICAL DE OURIQUE AGRUPAMENTO VERTICAL DE OURIQUE Relatório de Reflexão Critica do Plano Anual de Atividades Ano Letivo 2011/2012 1ºPeríodo Índice Índice 2 Introdução 3 Grau execução e de satisfação 4 Participação dos agentes

Leia mais

Plano de Atividades das Bibliotecas do Agrupamento de Escolas de Póvoa de Lanhoso 2016/2017

Plano de Atividades das Bibliotecas do Agrupamento de Escolas de Póvoa de Lanhoso 2016/2017 AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE PÓVOA DE LANHOSO 150915 Domínios Iniciativas/Atividades Calendarização Responsáveis Públicoalvo Recursos materiais Recursos Financeiros A Apoio ao Desenvolvimento Curricular Iniciação

Leia mais

Departamento do 1.º Ciclo Ano Letivo

Departamento do 1.º Ciclo Ano Letivo e Departamento do 1.º Ciclo Ano Letivo 2011-2012 Agrupamento de Escolas de Águeda Departamento do 1.º Ciclo Ano Letivo 2011-2012 PLANO DE AÇÃO DO PLANO NACIONAL DE LEITURA 2011/2012 O Plano Nacional de

Leia mais

Disciplina de Cidadania 6º Ano Turma A

Disciplina de Cidadania 6º Ano Turma A Disciplina de Cidadania 6º Ano Turma A Conteúdos programáticos e aulas previstas 1º 2º 3º TOTAIS Nº de aulas previstas 13 12 9 34 Nº de aulas para apresentação e autoavaliação 2 1 1 4 Nº de aulas para

Leia mais

PLANO DE AÇÃO DO DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA E CIÊNCIAS EXPERIMENTAIS

PLANO DE AÇÃO DO DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA E CIÊNCIAS EXPERIMENTAIS PLANO DE AÇÃO DO DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA E CIÊNCIAS EXPERIMENTAIS OBJETIVOS EDUCAR EM CIDADANIA 1. RESULTADOS ESCOLARES Alcançar os resultados esperados de acordo com o contexto do agrupamento. Melhorar

Leia mais

E.B. 2, 3 do Cávado. Biblioteca: Morada: Lugar da Veiguinha. Panoias - Braga. Semana da Leitura: 21/03/2011 a 25/ 03/ Telefone:

E.B. 2, 3 do Cávado. Biblioteca: Morada: Lugar da Veiguinha. Panoias - Braga. Semana da Leitura: 21/03/2011 a 25/ 03/ Telefone: FICHA DE IDENTIFICAÇÃO E.B. 2, 3 do Cávado Biblioteca: Distrito: Braga Concelho: Braga Morada: Lugar da Veiguinha Panoias - Braga Telefone:253300620 Fax:253623600 E-mail: becremosteiroecavado@gmail.com

Leia mais

Plano de Ações de Melhoria

Plano de Ações de Melhoria Plano de Ações de Escola Básica Elias Garcia Escola Básica Miquelina Pombo J. I. da Sobreda 2014/2015 1 INTRODUÇÃO O presente plano de ações de melhoria 2014/15 - resulta da avaliação do plano de ações

Leia mais

Definição do plano de desenvolvimento em função dos Domínios do Projeto e dos aspetos positivos e negativos referidos no balanço realizado --

Definição do plano de desenvolvimento em função dos Domínios do Projeto e dos aspetos positivos e negativos referidos no balanço realizado -- Projeto aler+ Continuidade em 2016/2017 2 - PROJETO Designação do Projeto André Soares a ALer+ 6.1. Plano de desenvolvimento do Projeto Definição do plano de desenvolvimento em função dos Domínios do Projeto

Leia mais

Projeto Atividade Objetivo/Finalidade Recursos Intervenientes Público-alvo Responsáveis Calendarização. Sandra Correia Elisa Mosquito Sofia Ferreira

Projeto Atividade Objetivo/Finalidade Recursos Intervenientes Público-alvo Responsáveis Calendarização. Sandra Correia Elisa Mosquito Sofia Ferreira Colégio de Santa Doroteia Plano anual de atividades da Biblioteca do Secundário- 2º Piso 2014-2015 Projeto Atividade Objetivo/Finalidade Recursos Intervenientes Público-alvo Responsáveis Calendarização

Leia mais

PROPOSTA II DO GRUPO DE TRABALHO

PROPOSTA II DO GRUPO DE TRABALHO SCOLA SECUNDÁRIA JOSÉ AFONSO SEIXAL CÓDIGO 401481 Av. José Afonso Cavaquinhas Arrentela 2840 268 Seixal -- Tel. 212276600 Fax. 212224355 PROJETO EDUCATIVO DE ESCOLA PROPOSTA II DO GRUPO DE TRABALHO 2014-2017

Leia mais

APRENDIZAGEM, EDUCAÇÃO e CIDADANIA Um Caminho de Sucesso

APRENDIZAGEM, EDUCAÇÃO e CIDADANIA Um Caminho de Sucesso Plano Plurianual de Melhoria APRENDIZAGEM, EDUCAÇÃO e CIDADANIA Um Caminho de Sucesso 1 18 de setembro de 2015 26 de abril de 2013 Organização do Agrupamento de Escolas da Caparica - AEC Secundária do

Leia mais

AGRUPAMENTO de ESCOLAS José Maria dos Santos E.B.Salgueiro Maia PLANO ANUAL DE ACTIVIDADES 2011 / 2012 BE

AGRUPAMENTO de ESCOLAS José Maria dos Santos E.B.Salgueiro Maia PLANO ANUAL DE ACTIVIDADES 2011 / 2012 BE APOIO AO DESENVOLVI CURRICULAR AGRUPA de ESCOLAS José Maria dos Santos E.B.Salgueiro Maia PLANO ANUAL DE 2011 / 2012 BE OBJECTIVOS GERAIS PÚBLICO- ALVO RECURSOS DATA INSTRUMEN- TOS DE OR ÇA- MEN TO - Estimular

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA FERREIRA DIAS AGUALVA- SINTRA PLANO ANUAL DE ATIVIDADES DA BIBLIOTECA ESCOLAR 2013/2014

ESCOLA SECUNDÁRIA FERREIRA DIAS AGUALVA- SINTRA PLANO ANUAL DE ATIVIDADES DA BIBLIOTECA ESCOLAR 2013/2014 ESCOLA SECUNDÁRIA FERREIRA DIAS AGUALVA- SINTRA PLANO ANUAL DE ATIVIDADES DA ILIOTECA ESCOLAR 2013/2014 Professora ibliotecária/equipa Maria dos Anjos Fernandes 0 ATIVIDADES DESCRIÇÃO 1º PERÍODO INTERVENIENTES/

Leia mais

PLANO DE ARTICULAÇÃO. Agrupamento de Escolas Rio Arade. Ano letivo 2012/2013 [Escolha a data] Plano de Articulação / 2013

PLANO DE ARTICULAÇÃO. Agrupamento de Escolas Rio Arade. Ano letivo 2012/2013 [Escolha a data] Plano de Articulação / 2013 Agrupamento de Escolas Rio Arade PLANO DE ARTICULAÇÃO Ano letivo 2012/2013 [Escolha a data] 1 / 9 Índice Nota introdutória... 3 Objetivos Gerais... 4 Estratégias de intervenção... 5 Organização... 6 Procedimentos

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA C/3º CICLO ALEXANDRE HERCULANO Biblioteca Escolar/Centro de Recursos Educativos

ESCOLA SECUNDÁRIA C/3º CICLO ALEXANDRE HERCULANO Biblioteca Escolar/Centro de Recursos Educativos Biblioteca /Centro de Recursos Educativos OBJECTIVOS ACTIVIDADES DATA LOCAL DINAMIZADORES DESTINATÁRIOS AVALIAÇÃO Divulgar as instalações, os documentos existentes e as modalidades de utilização dos mesmos

Leia mais

Agrupamento de Escolas de Eugénio de Castro Bibliotecas Escolares. PLANO ANUAL DE ATIVIDADES 2012/2013 ESBOÇO Isabel Torre e Nazarete Catré

Agrupamento de Escolas de Eugénio de Castro Bibliotecas Escolares. PLANO ANUAL DE ATIVIDADES 2012/2013 ESBOÇO Isabel Torre e Nazarete Catré Agrupamento de Escolas de Eugénio de astro ibliotecas Escolares PLANO ANUAL E ATIVIAES 2012/2013 ESOÇO Isabel Torre e Nazarete atré Agrupamento de Escolas de Eugénio de astro ibliotecas Escolares Isabel

Leia mais

EDUCAÇÃO ESPECIAL RESPOSTAS EDUCATIVAS

EDUCAÇÃO ESPECIAL RESPOSTAS EDUCATIVAS INSPEÇÃO-GERAL DA EDUCAÇÃO E CIÊNCIA PROGRAMA ACOMPANHAMENTO EDUCAÇÃO ESPECIAL RESPOSTAS EDUCATIVAS RELATÓRIO Agrupamento de Escolas de Fajões 2014-2015 RELATÓRIO DE ESCOLA Agrupamento de Escolas de Fajões

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA DR. FR ANCISCO FERNANDES LOPES BIBLIOTECA ESCOLAR PLANO DE ACÇÃO

ESCOLA SECUNDÁRIA DR. FR ANCISCO FERNANDES LOPES BIBLIOTECA ESCOLAR PLANO DE ACÇÃO ESCOLA SECUNDÁRIA DR. FR ANCISCO FERNANDES LOPES BIBLIOTECA ESCOLAR PLANO DE ACÇÃO 2009-2013 Introdução O Plano de Acção da Biblioteca Escolar para o quadriénio 2009/2013 encontra-se dividido em quatro

Leia mais

EB1/PE DE ÁGUA DE PENA

EB1/PE DE ÁGUA DE PENA EB1/PE DE ÁGUA DE PENA 2010 2014 1.Introdução 2.Enquadramento legal 3.Diagnóstico avaliação do projecto anterior 4.Identificação de prioridades de intervenção 5.Disposições finais 6.Avaliação 1.Introdução

Leia mais

CLUBE de Informática e Robótica

CLUBE de Informática e Robótica (A PREENCHER PELA COMISSÃO DO PAA) Atividade Nº AGRUPAMENTO VERTICAL DE ESCOLAS DE FRAGOSO Projeto CLUBE de Informática e Robótica (CIR) Equipa Dinamizadora: Clara Fernandes Marina Ribeiro Ano letivo 2016/2017

Leia mais

PLANO ANUAL DE ATIVIDADES PRÉ ESCOLAR

PLANO ANUAL DE ATIVIDADES PRÉ ESCOLAR AGRUPAMENTO DE ESCOLAS VIEIRA DE ARAÚJO ESCOLA EB/S VIEIRA DE ARAÚJO VIEIRA DO MINHO PLANO ANUAL DE ATIVIDADES PRÉ ESCOLAR 2013-2014 Ciência Criativa Preservação e sustentabilidade da Água da Terra e do

Leia mais

REGULAMENTO INTERNO DA BIBLIOTECA ESCOLAR

REGULAMENTO INTERNO DA BIBLIOTECA ESCOLAR 1. A BIBLIOTECA ESCOLAR REGULAMENTO INTERNO DA BIBLIOTECA ESCOLAR 1.1. DEFINIÇÃO DA BIBLIOTECA ESCOLAR A Biblioteca Escolar (BE) constitui um espaço que proporciona a democratização do acesso a uma variada

Leia mais

Plano de Actividades da Biblioteca Escolar de Valongo do Vouga

Plano de Actividades da Biblioteca Escolar de Valongo do Vouga Plano de Actividades da Biblioteca Escolar de Valongo do Vouga Plano de Actividades da Biblioteca Escolar de Valongo do Vouga A BE deve ser complemento e núcleo da vida da escola, um recurso indispensável

Leia mais

MODELO DE AUTO-AVALIAÇÃO DA BIBLIOTECA ESCOLAR - INSTRUMENTO PEDAGÓGICO DE MELHORIA CONTÍNUA

MODELO DE AUTO-AVALIAÇÃO DA BIBLIOTECA ESCOLAR - INSTRUMENTO PEDAGÓGICO DE MELHORIA CONTÍNUA MODELO DE AUTO-AVALIAÇÃO DA BIBLIOTECA ESCOLAR - INSTRUMENTO PEDAGÓGICO DE MELHORIA CONTÍNUA Luísa Correia. Modelos e práticas de Auto-avaliação de Bibliotecas Escolares RBE Outubro/Dezembro 2010 Pressupostos

Leia mais

PROJETO EDUCATIVO 2012/ /16

PROJETO EDUCATIVO 2012/ /16 ESCOLA SECUNDÁRIA/3º CEB POETA AL BERTO, SINES PROJETO EDUCATIVO 2012/13-2015/16 Aprovado pelo Conselho Geral a 8 de abril de 2013. ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO... 3 2. MISSÃO... 3 3. VISÃO... 3 4. VALORES..4

Leia mais

Modelo de autoavaliação (RBE)

Modelo de autoavaliação (RBE) Modelo de autoavaliação (RBE) B I B L I O T E C A S D O A G R U P A M E N T O D E E S C O L A S D E E U G É N I O D E C A S T R O E S C O L A B Á S I C A D E E U G É N I O D E C A S T R O Índice 2 1. Pertinência

Leia mais

Relatório - março 2017

Relatório - março 2017 N.º Total Utilizadores ZONA A Leitura / Tpc ZONA B Tv /Filmes Relatório - março 2017 ZONA C Jogos/Revistas utilizadores / Zonas ZONA D Tic s 3369 1512 1076 211 900 826 809 421 480 833 5º 6º 7º 8º 9º Leitura

Leia mais

Escrito por Administrador Quinta, 05 Fevereiro :48 - Actualizado em Terça, 10 Novembro :11

Escrito por Administrador Quinta, 05 Fevereiro :48 - Actualizado em Terça, 10 Novembro :11 Plano de Ação e Plano Estratégico do Agrupamento 1.Plano de Ação Para dar consecução à missão e aos valores, pretende o Agrupamento desenvolver uma ação educativa alicerçada num conjunto de princípios

Leia mais

1ª Medida- Crescer a Comunicar

1ª Medida- Crescer a Comunicar 1ª Medida- Crescer a Comunicar 2- Anos de Escolaridade a 3- Designação da Crescer a Comunicar a da execução da ) Atendendo às orientações curriculares/ metas da educação pré -escolar verifica-se que um

Leia mais

Responsabilidade / Organização. Refª Atividade Objetivo Estratégico. Participantes Calendarização Avaliação Custos

Responsabilidade / Organização. Refª Atividade Objetivo Estratégico. Participantes Calendarização Avaliação Custos 043 Aprendizagem em ambientes 3 Aumentar a utilização de tecnologias digitais (articulação curricular e inovadoras/ambientes de promoção da literacia da trabalho digitais no Informação e dos média): processo

Leia mais

PLANO DE ATIVIDADES 2011/2012

PLANO DE ATIVIDADES 2011/2012 1º Período BibliotecaEscolar Agrupamento de Escolasde Águeda PLANO DE ATIVIDADES 2011/2012 Ações/Atividades Responsáveis/ dinamizadores Público alvo Avaliação/ Evidências Domínios/ subdomínios setembro/

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS PROFESSOR PAULA NOGUEIRA

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS PROFESSOR PAULA NOGUEIRA AGRUPAMENTO DE ESCOLAS PROFESSOR PAULA NOGUEIRA Plano de Formação do Agrupamento 2015/2018 Índice 1. Nota Introdutória... 3 2. Enquadramento do Plano de Formação... 4 3. Diagnóstico... 6 4. Objetivos Gerais...

Leia mais

Uma história lida por uma história contada

Uma história lida por uma história contada Projeto Uma história lida por uma história contada O projeto Uma história lida por uma história contada surgiu de uma atividade desenvolvida pelo Clube de Leitura dinamizado pela Biblioteca Escolar e foi

Leia mais

PLANO DE DESENVOLVIMENTO EUROPEU

PLANO DE DESENVOLVIMENTO EUROPEU PLANO DE DESENVOLVIMENTO EUROPEU 2015-2017 AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE ARRIFANA, SANTA MARIA DA FEIRA PLANO DE DESENVOLVIMENTO EUROPEU AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE ARRIFANA, SANTA MARIA DA FEIRA 2015-2017 Aprovado

Leia mais

Diretrizes para as bibliotecas escolares (IFLA/UNESCO)

Diretrizes para as bibliotecas escolares (IFLA/UNESCO) Diretrizes para as bibliotecas escolares (IFLA/UNESCO) 1.1 Missão Capítulo 1. Missão e Política A biblioteca escolar no ensino-aprendizagem para todos. A biblioteca escolar proporciona informação e ideias

Leia mais