Capítulo 1 Teoria Geral do Direito de Empresa

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Capítulo 1 Teoria Geral do Direito de Empresa"

Transcrição

1 SUMÁRIO Capítulo 1 Teoria Geral do Direito de Empresa Origens do Direito Empresarial Autonomia do Direito Empresarial Fontes do Direito Empresarial Do Direito de Empresa Atividade empresária e atividade civil Da capacidade para o exercício da atividade empresária Consequências do exercício por impedido Possibilidade de composição de quadro societário por impedido Possibilidade de exercício de atividade empresária por incapaz Possibilidade de nomeação de gerente(s) por representante ou assistente impedido para o exercício da atividade empresária Licitude da sociedade entre marido e mulher Dispensa da outorga conjugal para alienação de imóveis da empresa Averbação de atos passíveis de repercussão no patrimônio social Do sistema de registro Regra Geral Finalidade do registro Consequências da falta de registro Registro do empresário rural Principais espécies de registro Do prazo para o registro da empresa Prepostos do empresário Da escrituração Do Estabelecimento Empresarial Estabelecimento como objeto de direitos e negócios jurídicos... 41

2 10 vol. 37 DIREITO EMPRESARIAL Francisco Penante Jr Trespasse Eficácia Proibição de concorrência Sub-rogação do adquirente Responsabilidade do alienante e do adquirente Cessão de créditos referentes ao estabelecimento empresarial transferido Eficácia erga omnes da alienação, do usufruto e do arrendamento Aviamento Do ponto empresarial e sua proteção legal Freguesia e clientela Proteção do ponto na locação não residencial Da ação de renovação compulsória do contrato de locação Requisitos Prazo para propositura da Ação Renovatória Legitimidade ativa para a ação renovatória Direito de recusa ou exceção de retomada Prazo do novo contrato na hipótese da concessão da renovação compulsória Prazo para desocupação do imóvel na hipótese de negativa ao pedido de renovação Do nome empresarial Espécies Firma (ou Razão) Denominação Denominação das sociedades simples, associações e fundações Título do estabelecimento, marca e nome empresarial Proteção jurídica do nome empresarial Cancelamento da inscrição do nome empresarial Imprescritibilidade da pretensão de anulação de inscrição do nome empresarial Nome e tipo empresarial Quadro sinótico Nome das cooperativas Nome empresarial das microempresas e empresas de pequeno porte... 66

3 SUMÁRIO Vedação a adoção de nome pelas sociedades em conta de participação Inalienabilidade do nome empresarial Alteração obrigatória da firma social em razão de morte, exclusão ou retirada de sócio Perda automática da proteção ao nome empresarial Capítulo 2 Do empresário individual e da Empresa Individual de Responsabilidade Limitada Do empresário individual Da empresa individual de responsabilidade limitada EIRELI Tópico-síntese Capítulo 3 Direito Societário Conceito de sociedade Sociedades personificadas Sociedades simples e sociedades empresárias Tipos societários empresários do direito brasileiro Sociedade em Nome Coletivo Sociedade em Comandita Simples Sociedade Limitada Sociedade em Comandita por Ações Sociedade Anônima ou Companhia Adoção de tipo societário empresário por sociedade simples Sociedade de capital e indústria Sociedades não personificadas Sociedades em Comum Sociedades em Conta de Participação Da classificação das sociedades Quanto ao ato constitutivo Quanto às condições para alienação da participação societária Quanto à responsabilidade dos sócios Da desconsideração da Personalidade Jurídica Tópico-síntese Capítulo 4 Propriedade Intelectual Considerações preliminares Patente

4 12 vol. 37 DIREITO EMPRESARIAL Francisco Penante Jr A invenção O modelo de utilidade Requisitos Prazo de duração Licença de uso ou exploração de patente Registro A marca O desenho industrial Extinção da propriedade industrial Tópico-síntese Capítulo 5 Direito Cambiário Títulos de crédito Conceito Legislação Características principais Negociabilidade Executividade Requisitos fundamentais Cartularidade ou incorporação Literalidade Autonomia Abstração Inoponibilidade das exceções pessoais aos terceiros de boa-fé Da classificação dos títulos de crédito Quanto ao modelo Quanto à estrutura Quanto à circulação Quanto à emissão Espécies de títulos de crédito Letra de câmbio Requisitos formais da letra de câmbio Aceite Recusa parcial do aceite Cláusula não aceitável Aval Endosso

5 SUMÁRIO Ação cambial e prescrição Protesto extrajudicial Nota promissória Requisitos formais da nota promissória Prescrição Cheque Requisitos formais do cheque Cheque (pré) ou pós-datado Modalidades de cheque Endosso Aval Prescrição Duplicata Requisitos formais da duplicata Da cobrança judicial da duplicata Prazo prescricional Tópico-síntese Capítulo 6 Contratos Mercantis Contrato de Faturização Vantagens para o faturizado Responsabilidade pela existência do crédito Eficácia da cessão frente ao devedor Principais modalidades Contrato de franquia Obrigações do franqueador e do franqueado Independência do franqueado Circular de Oferta de Franquia (COF) Extinção do contrato Contrato de Arrendamento Mercantil ( leasing ) Espécies de leasing Valor residual garantido (VRG) Contrato de Alienação Fiduciária Fiduciante como proprietário do bem alienado Natureza bancária Contrato de Representação Comercial (ou Agência) Exclusividade Independência Registro do representante

6 14 vol. 37 DIREITO EMPRESARIAL Francisco Penante Jr Remuneração do representante Despesas com a representação Contrato de Concessão Mercantil Principais obrigações do concedente Principais obrigações do concessionário Acessórios Preço Contrato de Comissão Mercantil Contrato de Mandato Mercantil Contratos Bancários Tópico-síntese Capítulo 7 Direito Falimentar Considerações iniciais Legislação aplicável Raízes históricas Objetos Aplicação Inaplicabilidade Norma antecessora (Dec.-Lei 7.661/45) Objetivos gerais Disposições comuns à recuperação judicial e a falência Competência Da atuação do parquet Obrigações não exigíveis (art. 5º, LRE) As obrigações a título gratuito Despesas com habilitação Órgãos auxiliares do juízo na recuperação judicial e na falência Administrador judicial Nomeação Substituição Responsabilidade, destituição e renúncia Remuneração Assembleia geral de credores Comitê de Credores Da Recuperação Judicial Introdução Objetivos da recuperação judicial (art. 47, LRE) Legitimidade jurídica

7 SUMÁRIO Ativa Ordinária Extraordinária Passiva Momento para o pedido Requisitos para o pedido Créditos sujeitos a recuperação judicial (art. 49, LRE) Pagamento dos créditos não incluídos no plano de RJ Conservação dos direitos do credor em relação aos coobrigados Do pedido de recuperação judicial Do processamento da recuperação judicial Desistência do pedido de recuperação judicial Do plano de recuperação judicial (art. 53 e 54, LRE) Prazo para apresentação do plano Prazo para pagamento das obrigações trabalhistas Deferimento da recuperação judicial Encerramento da recuperação judicial Convolação da recuperação judicial em falência Do Plano de Recuperação Judicial para Microempresas e Empresas de Pequeno Porte Tratamento diferenciado as microempresas e empresas de pequeno porte Legitimidade Faculdade Necessidade de opção expressa pelo plano especial Impossibilidade de desistência e alteração da base do plano Forma e prazo para apresentação do plano especial Requisitos Créditos sujeitos Condições do plano especial Dispensa da assembleia geral de credores Da Recuperação Extrajudicial Conceito Legitimidade jurídica Requisitos para homologação Créditos sujeitos Suspensão das ações e execuções em face do devedor na recuperação extrajudicial Perspectivas da recuperação extrajudicial Recuperação extrajudicial ordinária (REO)

8 16 vol. 37 DIREITO EMPRESARIAL Francisco Penante Jr Recuperação extrajudicial extraordinária (REE) Desistência Impugnações Consequências do descumprimento do plano homologado O instituto da falência Origem Conceito Hipóteses que justificam o pedido de decretação da falência Impontualidade injustificada Execução frustrada Prática de atos falimentares Sujeito ativo da falência Habilitação Procedimento Da ação revocatória Por ineficácia. (art. 129, LRE) Por fraude (art. 130, LRE) Classificação dos créditos na falência Ordem de preferência no concurso de credores Créditos extraconcursais Da realização do patrimônio ativo do devedor Do encerramento da falência Tópico-síntese Bibliografia

ÍNDICE. Parte 1 Direito Material Empresarial, 19

ÍNDICE. Parte 1 Direito Material Empresarial, 19 ÍNDICE Parte 1 Direito Material Empresarial, 19 Capítulo 1 Teoria Geral do Direito de Empresa, 21 1. Origens do Direito Empresarial, 21 2. Autonomia do Direito Empresarial, 24 3. Fontes do Direito Empresarial,

Leia mais

Sumário COLEÇÃO SINOPSES PARA CONCURSOS GUIA DE LEITURA DA COLEÇÃO... 15

Sumário COLEÇÃO SINOPSES PARA CONCURSOS GUIA DE LEITURA DA COLEÇÃO... 15 COLEÇÃO SINOPSES PARA CONCURSOS... 13 GUIA DE LEITURA DA COLEÇÃO... 15 Capítulo 1 INTRODUÇÃO DO DIREITO EMPRESARIAL... 19 1. Breve histórico do Direito Empresarial... 19 2. A Empresa... 23 3. O Empresário...

Leia mais

MANUAL DE DIREITO EMPRESARIAL

MANUAL DE DIREITO EMPRESARIAL Benigno Cavalcante MANUAL DE DIREITO EMPRESARIAL Sumário Apresentação... 17 Abreviatura... 21 CAPÍTULO I HISTÓRIA DO DIREITO COMERCIAL 1. O Surgimento do Direito Comercial... 25 1.2. Evolução do Direito

Leia mais

Sumário. 6. Fontes do direito empresarial 6.1. O Projeto de Lei 1.572/2011 (novo Código Comercial) 6.2. O novo CPC e o direito empresarial 7.

Sumário. 6. Fontes do direito empresarial 6.1. O Projeto de Lei 1.572/2011 (novo Código Comercial) 6.2. O novo CPC e o direito empresarial 7. Sumário 1. Origens do direito comercial 2. Da definição do regime jurídico dos atos de comércio 2.1. Definição e descrição dos atos de comércio e sua justificação histórica 2.2. Os atos de comércio na

Leia mais

Capítulo II REGRAS GERAIS DO DIREITO DE EMPRESA NO CÓDIGO CIVIL DE 2002

Capítulo II REGRAS GERAIS DO DIREITO DE EMPRESA NO CÓDIGO CIVIL DE 2002 Sumário Capítulo I EVOLUÇÃO HISTÓRICA DO DIREITO COMERCIAL 1. Origens do direito comercial 2. Da definição do regime jurídico dos atos de comércio 2.1. Definição e descrição dos atos de comércio e sua

Leia mais

STJ Ol!dl!G dp IBnUBW. {'BpBSdldw3. 010Vd oys. S10Z - 'V'S SVllV VCIOlIG3

STJ Ol!dl!G dp IBnUBW. {'BpBSdldw3. 010Vd oys. S10Z - 'V'S SVllV VCIOlIG3 S10Z - 'V'S SVllV VCIOlIG3 010Vd oys {'BpBSdldw3 Ol!dl!G dp IBnUBW " I STJ00101622 2005 by Editora Atlas S.A. 1. ed. 2005; 2. ed. 2006; 3. ed. 2008;4. ed. 2009; 5. ed. 2010; 6. ed. 2012; 7. ed. 2013; 8.

Leia mais

Sumário. Capítulo 1 Parte Geral: Comércio e Empresa... 25

Sumário. Capítulo 1 Parte Geral: Comércio e Empresa... 25 Sumário Capítulo 1 Parte Geral: Comércio e Empresa... 25 1.1. Introdução... 25 1.2. Conceito de direito empresarial... 28 1.3. Características distintivas do direito empresarial no âmbito do direito privado...

Leia mais

Programa Analítico de Disciplina DIR322 Direito Empresarial: Direito Cambiário e Concursal

Programa Analítico de Disciplina DIR322 Direito Empresarial: Direito Cambiário e Concursal Catálogo de Graduação 06 da UFV 0 Programa Analítico de Disciplina DIR3 Direito Empresarial: Direito Cambiário e Concursal Departamento de Direito - Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes Número de

Leia mais

Programa Analítico de Disciplina DIR139 Direito de Empresa

Programa Analítico de Disciplina DIR139 Direito de Empresa 0 Programa Analítico de Disciplina DIR139 Direito de Empresa Departamento de Direito - Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes Número de créditos: Teóricas Práticas Total Duração em semanas: 15 Carga

Leia mais

Sumário. Capítulo 1 - Introdução ao Direito Falimentar 1

Sumário. Capítulo 1 - Introdução ao Direito Falimentar 1 Sumário Capítulo 1 - Introdução ao Direito Falimentar 1 1.1. Antecedentes... 1 LU. O princípio...2 1.1.2. Operacionalidade.. 3 1.1.3. Forma... 3 1.2. Justiça distributiva e procedimento concursal... 4

Leia mais

Da Empresa e das Pessoas que a Exercem

Da Empresa e das Pessoas que a Exercem Abreviaturas............................. 9 CAPÍTULO 1 Da Empresa e das Pessoas que a Exercem 1. Plano de estudo..................... 27 2. Teoria da empresa............... 29 3. Perfis da empresa...................

Leia mais

1 INSOLVÊNCIA 1 O risco de empreender 2 Obrigação e solução 3 Princípio geral da solvabilidade jurídica 4 Execução coletiva 5 Histórico

1 INSOLVÊNCIA 1 O risco de empreender 2 Obrigação e solução 3 Princípio geral da solvabilidade jurídica 4 Execução coletiva 5 Histórico 1 INSOLVÊNCIA 1 O risco de empreender 2 Obrigação e solução 3 Princípio geral da solvabilidade jurídica 4 Execução coletiva 5 Histórico 2 INSOLVÊNCIA EMPRESÁRIA 1 Regime jurídico para a insolvência empresária

Leia mais

Direito Empresarial. Prof. Dr. Érico Hack

Direito Empresarial. Prof. Dr. Érico Hack Direito Empresarial Aula 7 Empresário e estabelecimento empresarial Prof. Dr. Érico Hack PUCPR Evolução - Empresa Teoria subjetiva Corporações de ofício Teoria objetiva atos de comércio lista taxativa

Leia mais

SUMÁRIO PARTE I TEORIA GERAL DO DIREITO EMPRESARIAL

SUMÁRIO PARTE I TEORIA GERAL DO DIREITO EMPRESARIAL SUMÁRIO PARTE I TEORIA GERAL DO DIREITO EMPRESARIAL CAPÍTULO 1 Do Direito Comercial ao Direito Empresarial 3 1. Origem do Direito Comercial... 3 2. Teoria dos atos de comércio (sistema francês)... 4 3.

Leia mais

PARTE GERAL CONTRATO DE SOCIEDADE

PARTE GERAL CONTRATO DE SOCIEDADE PARTE GERAL CONTRATO DE SOCIEDADE 1 CONTRATO DE SOCIEDADE 1 Elementos contratuais 2 Sociedades simples e empresárias 3 Sociedades não personificadas 4 Sociedade em comum 4.1 Patrimônio social e responsabilidade

Leia mais

Exercícios - ESAF Direito Empresarial Exercício Giovani Magalhães Copyright. Curso Agora eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor.

Exercícios - ESAF Direito Empresarial Exercício Giovani Magalhães Copyright. Curso Agora eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor. Exercícios - ESAF Direito Empresarial Exercício Giovani Magalhães 2012 Copyright. Curso Agora eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor. AEP FISCAL: DIREITO EMPRESARIAL Questões Esaf Prof. Giovani

Leia mais

PROVA DAS DISCIPLINAS CORRELATAS DIREITO EMPRESARIAL

PROVA DAS DISCIPLINAS CORRELATAS DIREITO EMPRESARIAL P á g i n a 1 PROVA DAS DISCIPLINAS CORRELATAS DIREITO EMPRESARIAL QUESTÃO 1 - Sobre a disciplina do direito empresarial no Brasil: 1. O adquirente de um estabelecimento comercial jamais responderá pelo

Leia mais

TEORIA GERAL DOS TÍTULOS DE CRÉDITO

TEORIA GERAL DOS TÍTULOS DE CRÉDITO TEORIA GERAL DOS TÍTULOS DE CRÉDITO 1 Conceito Segundo Cesare Vivante: documento necessário para o exercício do direito, literal e autônomo, nele mencionado. 2 Princípios Cartularidade Literalidade Autonomia

Leia mais

PROVA DAS DISCIPLINAS CORRELATAS DIREITO EMPRESARIAL

PROVA DAS DISCIPLINAS CORRELATAS DIREITO EMPRESARIAL P á g i n a 1 PROVA DAS DISCIPLINAS CORRELATAS DIREITO EMPRESARIAL 1. A recuperação extrajudicial é uma modalidade prevista na Lei Nº 11.101/2005, e pode ser adotada pelo empresário em dificuldade e com

Leia mais

Delegado de Policia Civil do Pará - Direito Empresarial Professor: José Humberto Souto Júnior

Delegado de Policia Civil do Pará - Direito Empresarial Professor: José Humberto Souto Júnior Delegado de Policia Civil do Pará - Direito Empresarial Professor: José Humberto Souto Júnior 1 - O título de crédito, documento necessário ao exercício do direito literal e autônomo nele contido, somente

Leia mais

Setor de Tributário. Direito Tributário I

Setor de Tributário. Direito Tributário I Setor de Tributário Direito Tributário I conceito de tributo e suas espécies; hipóteses de incidência dos tributos; competência tributária; fontes do direito tributário; princípios constitucionais do direito

Leia mais

QUESTÕES PARA A PROVA DE DIREITO COMERCIAL IV

QUESTÕES PARA A PROVA DE DIREITO COMERCIAL IV QUESTÕES PARA A PROVA DE DIREITO COMERCIAL IV Prof. José Carlos Vaz e Dias 1º. Semestre de 2009 1) O que é falência e qual é a etimologia deste vocábulo? Explique a falência sobre o ponto de vista jurídico,

Leia mais

As sociedades empresárias no Código Civil. José Rodrigo Dorneles Vieira

As sociedades empresárias no Código Civil. José Rodrigo Dorneles Vieira As sociedades empresárias no Código Civil José Rodrigo Dorneles Vieira jrodrigo@portoweb.com.br 1. A LEGISLAÇÃO EMPRESARIAL: ANÁLISE GERAL 2. CARACTERIZAÇÃO DO EMPRESÁRIO Conceito de empresário A questão

Leia mais

Sumário. Parte I Direito Comercial

Sumário. Parte I Direito Comercial Sumário Parte I Direito Comercial 1 Direito Comercial 1.1 Síntese histórica 1.2 Objeto do direito comercial 1.3 Conceito 1.4 Fontes do Direito Comercial 1.4.1 Fonte primária 1.4.2 Fontes secundárias 1.4.2.1

Leia mais

As sociedades empresárias no Código Civil. José Rodrigo Dorneles Vieira

As sociedades empresárias no Código Civil. José Rodrigo Dorneles Vieira As sociedades empresárias no Código Civil José Rodrigo Dorneles Vieira jrodrigo@portoweb.com.br 1. A LEGISLAÇÃO EMPRESARIAL: ANÁLISE GERAL 2. CARACTERIZAÇÃO DO EMPRESÁRIO Conceito de empresário A questão

Leia mais

EMENTÁRIO Curso: Direito Disciplina: DIREITO EMPRESARIAL IV EMENTA

EMENTÁRIO Curso: Direito Disciplina: DIREITO EMPRESARIAL IV EMENTA EMENTÁRIO Curso: Direito Disciplina: DIREITO EMPRESARIAL IV Período: 6 Carga Horária: 72 h/a EMENTA Teoria geral do direito falimentar. Evolução histórica. Processo falimentar: Requisitos. Fases do processo

Leia mais

Atos de Empresário. Código Descrição Ato Eventos Associados. 080 Inscrição Inscrição Alteração de nome. 002 Alteração

Atos de Empresário. Código Descrição Ato Eventos Associados. 080 Inscrição Inscrição Alteração de nome. 002 Alteração Atos de Empresário 080 Inscrição 080 - Inscrição 002 Alteração (Sede no PB) 020 - Alteração de nome 022 - Alteração de dados e nome 038 - Transferência de sede para outra UF 039 - Inscrição de Transferência

Leia mais

1. DADOS DE IDENTIFICAÇÃO DA DISCIPLINA

1. DADOS DE IDENTIFICAÇÃO DA DISCIPLINA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS FACULDADE DE DIREITO COORDENAÇÃO DO CURSO DE DIREITO 1. DADOS DE IDENTIFICAÇÃO DA DISCIPLINA Departamento / Setor ADMINISTRAÇÃO Nome da Disciplina FSJ06

Leia mais

Licenciatura

Licenciatura Licenciatura 2015-2016 DIREITO COMERCIAL I e II PROFESSOR DOUTOR PEDRO PAES DE VASCONCELOS Primeira Parte Direito Comercial Geral. Sumário Summary I. O Direito Comercial. 1.O Comércio e o Direito Comercial.

Leia mais

PLANO DE CURSO. CURSO DE DIREITO Componente Curricular: Direito Empresarial II Código: DIR-467

PLANO DE CURSO. CURSO DE DIREITO Componente Curricular: Direito Empresarial II Código: DIR-467 CURSO DE DIREITO Componente Curricular: Direito Empresarial II Código: DIR-467 CH Total: 60 h Pré-requisito: Direito Empresarial I Período Letivo: 2016.1 Turma: 8º semestre Professor: Luciana de Oliveira

Leia mais

Plano 7 Justificação 9 Razão de ordem 11 Abreviaturas mais utilizadas 13

Plano 7 Justificação 9 Razão de ordem 11 Abreviaturas mais utilizadas 13 Plano 7 Justificação 9 Razão de ordem 11 Abreviaturas mais utilizadas 13 INTRODUÇÃO 17 1. Génese e evolução do Direito Comercial. 19 2. Caracterização do Direito Comercial. 25 2.1. Conceito e autonomia

Leia mais

Prof. Ms. Guilherme Martins Teixeira Borges FACE: Guilherme Martins INSTA: Professor Guilherme Martins

Prof. Ms. Guilherme Martins Teixeira Borges FACE: Guilherme Martins INSTA: Professor Guilherme Martins Prof. Ms. Guilherme Martins Teixeira Borges FACE: Guilherme Martins Periscope: @ProfGuilherm INSTA: Professor Guilherme Martins E-mail: g.martins.borges@hotmail.com Ação de Cobrança Ação de Obrigação de

Leia mais

PLANO DE CURSO. CURSO DE DIREITO Componente Curricular: Direito Empresarial II Código: DIR-467

PLANO DE CURSO. CURSO DE DIREITO Componente Curricular: Direito Empresarial II Código: DIR-467 CURSO DE DIREITO Componente Curricular: Direito Empresarial II Código: DIR-467 CH Total: 60 h Pré-requisito: Direito Empresarial I Período Letivo: 2016.2 Turma: 8º semestre Professor: Luciana de Oliveira

Leia mais

CONCEITO DE EMPRESÁRIO

CONCEITO DE EMPRESÁRIO DIREITO EMPRESARIAL NO DIREITO DO TRABALHO DR. JOSÉ RODRIGO DORNELES VIEIRA 1. CARACTERIZAÇÃO DO EMPRESÁRIO Conceito de empresário A questão do registro 2. ESPÉCIES DE EMPRESÁRIO Empresário individual

Leia mais

Direito Empresarial. Aula 16. Os direitos desta obra foram cedidos à Universidade Nove de Julho

Direito Empresarial. Aula 16. Os direitos desta obra foram cedidos à Universidade Nove de Julho Direito Empresarial Aula 16 Os direitos desta obra foram cedidos à Universidade Nove de Julho Este material é parte integrante da disciplina oferecida pela UNINOVE. O acesso às atividades, conteúdos multimídia

Leia mais

Programa da disciplina de Direito Comercial I

Programa da disciplina de Direito Comercial I Universidade de Macau Faculdade de Direito Ano lectivo 2017/2018 Programa da disciplina de Direito Comercial I Regente: Mestre Augusto Teixeira Garcia Assistente: Mestre Miguel Quental Programa da disciplina

Leia mais

COMERCIAL REVISTADOS. Avançado de MARCELO M. BERTOLDI MARCIA CARLA PEREIRA RIBEIRO. Curso TRIBUNAIS~ 9. G edição revista. atualizada e ampliada

COMERCIAL REVISTADOS. Avançado de MARCELO M. BERTOLDI MARCIA CARLA PEREIRA RIBEIRO. Curso TRIBUNAIS~ 9. G edição revista. atualizada e ampliada MARCELO M. BERTOLDI MARCIA CARLA PEREIRA RIBEIRO Curso Avançado de COMERCIAL Teoria Geral do Direito Comercial Direito Societário Empresa Individuai de Responsabilidade Limitada Títulos de Crédito Falência

Leia mais

RECUPERAÇÃO JUDICIAL, EXTRAJUDICIAL E FALÊNCIA

RECUPERAÇÃO JUDICIAL, EXTRAJUDICIAL E FALÊNCIA Luis Felipe Salomão Paulo Penalva Santos RECUPERAÇÃO JUDICIAL, EXTRAJUDICIAL E FALÊNCIA Teoria e Prática a ~ revista. - atualizada edição e ampliada *** ~ & ~~~ \~... FORENSE Rio de Janeiro A EDITORA FORENSE

Leia mais

PROGRAMA ESPECÍFICO TJ/CE PONTO 1. Direito Civil e Processual Civil

PROGRAMA ESPECÍFICO TJ/CE PONTO 1. Direito Civil e Processual Civil PROGRAMA ESPECÍFICO TJ/CE PONTO 1 Direito Civil e Processual Civil DIREITO CIVIL 1. Direito das relações de consumo: Reparação dos danos; Práticas comerciais. 2. Locação de imóveis urbanos: locação residencial.

Leia mais

PROGRAMA DE DISCIPLINA

PROGRAMA DE DISCIPLINA Faculdade Anísio Teixeira de Feira de Santana Autorizada pela Portaria Ministerial nº 552 de 22 de março de 2001 e publicada no Diário Oficial da União de 26 de março de 2001. Endereço: Rua Juracy Magalhães,

Leia mais

Programa Analítico de Disciplina DIR321 Direito Empresarial - Direto Societário

Programa Analítico de Disciplina DIR321 Direito Empresarial - Direto Societário 0 Programa Analítico de Disciplina Departamento de Direito - Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes Número de créditos: 3 Teóricas Práticas Total Duração em semanas: 5 Carga horária semanal 3 Períodos

Leia mais

Unidade II. Direito Comercial. Profª. Vanessa Brihy

Unidade II. Direito Comercial. Profª. Vanessa Brihy Unidade II Direito Comercial Profª. Vanessa Brihy Títulos de Crédito - Origem Teve origem na Idade Média com o intuito de facilitar a circulação da moeda (meio utilizado para a troca de mercadorias em

Leia mais

Sumário NOTA DO AUTOR PARTE GERAL TEORIA GERAL DOS TÍTULOS DE CRÉDITO

Sumário NOTA DO AUTOR PARTE GERAL TEORIA GERAL DOS TÍTULOS DE CRÉDITO Sumário NOTA DO AUTOR PARTE GERAL TEORIA GERAL DOS TÍTULOS DE CRÉDITO 1 ASPECTOS CONCEITUAIS 1 Crédito 2 Título 3 Outros títulos 4 Cambiaridade 5 Emissão e seus efeitos 5.1 Princípio da incorporação 6

Leia mais

Nota do autor, xv. 6 Nome Empresarial, 48 6.1 Conceito e função do nome empresarial, 48 6.2 O nome do empresário individual, 49

Nota do autor, xv. 6 Nome Empresarial, 48 6.1 Conceito e função do nome empresarial, 48 6.2 O nome do empresário individual, 49 Nota do autor, xv Parte I - Teoria Geral da Empresa, 1 1 Introdução ao Direito de Empresa, 3 1.1 Considerações gerais, 3 1.2 Escorço histórico: do direito comercial ao direito de empresa, 4 1.3 Fontes

Leia mais

Sumário APRESENTAÇÃO... 15

Sumário APRESENTAÇÃO... 15 Sumário APRESENTAÇÃO... 15 Capítulo 1 DIREITO EMPRESARIAL... 17 1. Evolução histórica... 17 2. Evolução do Direito Comercial no Brasil... 18 3. Fontes... 21 4. Conceito e autonomia... 22 5. Questões...

Leia mais

Sumário. Proposta da Coleção Leis Especiais para Concursos Apresentação Introdução Aplicabilidade... 21

Sumário. Proposta da Coleção Leis Especiais para Concursos Apresentação Introdução Aplicabilidade... 21 Sumário Proposta da Coleção Leis Especiais para Concursos... 15 Apresentação... 17 Introdução... 19 Aplicabilidade... 21 CAPÍTULO I Características e Natureza da Companhia ou Sociedade Anônima Características...

Leia mais

CRÉDITO: 04 CARGA HORÁRIA SEMANAL: 04 CARGA HORÁRIA SEMESTRAL: 60 PERÍODO: 8º NOME DA DISCIPLINA: DIREITO COMERCIAL III NOME DO CURSO: DIREITO

CRÉDITO: 04 CARGA HORÁRIA SEMANAL: 04 CARGA HORÁRIA SEMESTRAL: 60 PERÍODO: 8º NOME DA DISCIPLINA: DIREITO COMERCIAL III NOME DO CURSO: DIREITO 1. IDENTIFICAÇÃO CÓDIGO DA DISCIPLINA: D. 40 CRÉDITO: 04 CARGA HORÁRIA SEMANAL: 04 CARGA HORÁRIA SEMESTRAL: 60 PERÍODO: 8º NOME DA DISCIPLINA: DIREITO COMERCIAL III NOME DO CURSO: DIREITO 2. EMENTA RECUPERAÇÃO

Leia mais

Instituições de Direito Pessoas Jurídicas (i)

Instituições de Direito Pessoas Jurídicas (i) Instituições de Direito Pessoas Jurídicas (i) CAMILA VILLARD DURAN! Pessoa jurídica! Personalidade! Capacidade para adquirir direitos e contrair obrigações! Registro dos atos constitutivos 1 ! Pessoas

Leia mais

Associação Jataiense de Educação Faculdade de Administração PLANO DE ENSINO

Associação Jataiense de Educação Faculdade de Administração PLANO DE ENSINO EMENTA Direito Comercial; Definição de Direito Comercial; Atos de comércio e a teoria da empresa; Direito de Empresa; Nome Empresarial; Estabelecimento Empresarial; Sociedades Empresariais Dos Vários tipos

Leia mais

Sumário. Capítulo Breves Noções Históricas A Contabilidade no Brasil O Símbolo da Contabilidade...4

Sumário. Capítulo Breves Noções Históricas A Contabilidade no Brasil O Símbolo da Contabilidade...4 Sumário Capítulo 1 Breves Noções Históricas...1 1.1. Breves Noções Históricas...1 1.2. A Contabilidade no Brasil...3 1.3. O Símbolo da Contabilidade...4 Capítulo 2 Conceitos Iniciais...5 2.1. A Definição

Leia mais

Atividades Não Empresariais. Por definição legal algumas atividades não são consideradas empresariais.

Atividades Não Empresariais. Por definição legal algumas atividades não são consideradas empresariais. Atividades Não Empresariais Por definição legal algumas atividades não são consideradas empresariais. Atividades Não Empresariais Profissionais liberais que prestam os serviços de forma direta e profissionais

Leia mais

Letra de Câmbio, Duplicata, Cheque e Nota Promissória. José Rodrigo Dorneles Vieira

Letra de Câmbio, Duplicata, Cheque e Nota Promissória. José Rodrigo Dorneles Vieira Letra de Câmbio, Duplicata, Cheque e Nota Promissória José Rodrigo Dorneles Vieira jrodrigo@portoweb.com.br Cesare Vivante: Documento necessário para o exercício do direito literal e autônomo nele mencionado.

Leia mais

PLANO DE ENSINO. EMENTA Teoria Geral do Direito Civil: capacidade civil, pessoas: natural e jurídica, negócio jurídico, contrato,

PLANO DE ENSINO. EMENTA Teoria Geral do Direito Civil: capacidade civil, pessoas: natural e jurídica, negócio jurídico, contrato, PLANO DE ENSINO FACULDADE: Faculdade de Ciências Humanas e Exatas de Juiz de Fora CURSO: Administração Período: 3º DISCIPLINA: Direito Empresarial Data: 2016 CARGA HORÁRIA: 40 h/a SEMANAL: 02 aulas TOTAL:

Leia mais

DIREITO EMPRESARIAL DIREITO EMPRESARIAL

DIREITO EMPRESARIAL DIREITO EMPRESARIAL A SOCIEDADE NO CÓDIGO CIVIL DE 2002 Art. 981. Celebram contrato de sociedade as pessoas que reciprocamente se obrigam a contribuir, com bens ou serviços, para o exercício de atividade econômica e a partilha,

Leia mais

Conteúdo Programático Contabilidade Geral Básica - CGB [2ª Edição]

Conteúdo Programático Contabilidade Geral Básica - CGB [2ª Edição] Conteúdo Programático Contabilidade Geral Básica - CGB [2ª Edição] CAPÍTULO I. Introdução ao Curso de Contabilidade Introdução ao Curso de Contabilidade 1. Contabilidade. 2. Contabiliza.se o quê. 3. O

Leia mais

SERVIÇOS PRESTADOS PELA JUNTA COMERCIAL DO ESTADO DE SÃO PAULO

SERVIÇOS PRESTADOS PELA JUNTA COMERCIAL DO ESTADO DE SÃO PAULO 01 EMPRESÁRIO Inscrição (registro inicial), até 4 vias; Alteração R$ 24,00 R$ 2,05 01.1 Abertura de filial (códigos de evento: 023, 029 e 032) R$ 24,00 Por via adicional 02 SOCIEDADES EMPRESÁRIAS, EXCETO

Leia mais

DIREITO EMPRESARIAL. Exame de Ordem Prova Prático-Profissional 1 PEÇA PROFISSIONAL

DIREITO EMPRESARIAL. Exame de Ordem Prova Prático-Profissional 1 PEÇA PROFISSIONAL DIREITO EMPRESARIAL PEÇA PROFISSIONAL Um representante legal de cooperativa de crédito, com sede e principal estabelecimento localizados no Distrito Federal, voltada precipuamente para a realização de

Leia mais

Do saque, ou seja, da emissão da letra de câmbio, decorre o surgimento de três situações jurídicas distintas:

Do saque, ou seja, da emissão da letra de câmbio, decorre o surgimento de três situações jurídicas distintas: Direito Empresarial II 6º Semestre CURSO: DIREITO LETRA DE CÂMBIO HISTÓRICO DA LETRA DE CÂMBIO A Letra de Câmbio é uma ordem de pagamento. Do saque, ou seja, da emissão da letra de câmbio, decorre o surgimento

Leia mais

UNIDADE 5 NOTA PROMISSÓRIA

UNIDADE 5 NOTA PROMISSÓRIA UNIDADE 5 NOTA PROMISSÓRIA Profª Roberta C. de M. Siqueira Direito Empresarial III ATENÇÃO: Este material é meramente informativo e não exaure a matéria. Foi retirado da bibliografia do curso constante

Leia mais

As sociedades empresárias no Código Civil. José Rodrigo Dorneles Vieira

As sociedades empresárias no Código Civil. José Rodrigo Dorneles Vieira As sociedades empresárias no Código Civil José Rodrigo Dorneles Vieira jrodrigo@portoweb.com.br 1. ESPÉCIES DE EMPRESÁRIO 2. SOCIEDADES EMPRESÁRIAS TIPOS SOCIETÁRIOS Sociedade em Comum Sociedade em Conta

Leia mais

PROGRAMA DE DISCIPLINA

PROGRAMA DE DISCIPLINA Faculdade Anísio Teixeira de Feira de Santana Autorizada pela Portaria Ministerial nº 552 de 22 de março de 2001 e publicada no Diário Oficial da União de 26 de março de 2001. Endereço: Rua Juracy Magalhães,

Leia mais

Literalidade: a obrigação representada pelo título de crédito restringe-se àquilo que estiver nele escrito (não valem convenções em apartado);

Literalidade: a obrigação representada pelo título de crédito restringe-se àquilo que estiver nele escrito (não valem convenções em apartado); Resumo Aula-tema 04: Títulos de crédito Título de crédito é um documento necessário ao exercício de direito literal e autônomo nele contido. Trata-se de conceito inspirado na clássica concepção do italiano

Leia mais

DIREITO COMERCIAL II. Professor LUIZ GONZAGA MODESTO DE PAULA DIREITO COMERCIAL II TÍTULOS DE CRÉDITO

DIREITO COMERCIAL II. Professor LUIZ GONZAGA MODESTO DE PAULA DIREITO COMERCIAL II TÍTULOS DE CRÉDITO 1 DIREITO COMERCIAL II Professor LUIZ GONZAGA MODESTO DE PAULA modesto@pucsp.br 2 TÍTULOS DE CRÉDITO 3 P R O G R A M A 4 AULA 1 CONCEITO DE CRÉDITO CONCEITO TRADICIONAL DE TÍTULO DE CRÉDITO NOVO CONCEITO

Leia mais

CONCEITO O ARTIGO 887 DO CCB: CONTIDO DOCUMENTO NECESSÁRIO PARA O EXERCÍCIO DO DIREITO LITERAL E AUTÔNOMO NELE MENCIONADO (VIVANTE)

CONCEITO O ARTIGO 887 DO CCB: CONTIDO DOCUMENTO NECESSÁRIO PARA O EXERCÍCIO DO DIREITO LITERAL E AUTÔNOMO NELE MENCIONADO (VIVANTE) O ARTIGO 887 DO CCB: CONTIDO DOCUMENTO NECESSÁRIO PARA O EXERCÍCIO DO DIREITO LITERAL E AUTÔNOMO NELE MENCIONADO (VIVANTE) CARACTERÍSTICAS CARTULARIDADE a necessidade de exibição LITERALIDADE vale pelo

Leia mais

Ficha de Unidade Curricular (FUC) de Direito das Empresas

Ficha de Unidade Curricular (FUC) de Direito das Empresas INSTITUTO POLITÉCNICO DE COIMBRA INSTITUTO SUPERIOR DE CONTABILIDADE E ADMINISTRAÇÂO DE COIMBRA Aprovação do Conselho Pedagógico 30/3/2016 Aprovação do Conselho Técnico-Científico 20/4/2016 Ficha de Unidade

Leia mais

CURSO DE GESTÃO JURÍDICA EMPRESARIAL PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU (ESPECIALIZAÇÃO)

CURSO DE GESTÃO JURÍDICA EMPRESARIAL PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU (ESPECIALIZAÇÃO) FACULDADE DE DIREITO Centro de Pós-Graduação em Direito - CPGD CURSO DE GESTÃO JURÍDICA EMPRESARIAL PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU (ESPECIALIZAÇÃO) Ementa: Fomentar a reflexão e o estudo do sistema normativo

Leia mais

SUMÁRIO. Capítulo 1 INTRODUÇÃO AO DIREITO PROCESSUAL DO TRABALHO. Capítulo 2 JUSTIÇA DO TRABALHO E MINISTÉRIO PÚBLICO DO TRABALHO

SUMÁRIO. Capítulo 1 INTRODUÇÃO AO DIREITO PROCESSUAL DO TRABALHO. Capítulo 2 JUSTIÇA DO TRABALHO E MINISTÉRIO PÚBLICO DO TRABALHO SUMÁRIO Capítulo 1 INTRODUÇÃO AO DIREITO PROCESSUAL DO TRABALHO 1.1 Evolução histórica... 19 1.2 Direito estrangeiro... 22 1.3 Denominação... 25 1.4 Conceito... 25 1.5 Abrangência... 26 1.6 Autonomia...

Leia mais

Proposta de Reforma da Lei /2005

Proposta de Reforma da Lei /2005 Proposta de Reforma da Lei 11.101/2005 Francisco Satiro Paulo Fernando Campos Salles de Toledo Sheila Cristina Neder Cerezzetti Cassio Cavalli Ampliação da disponibilidade da Recuperação Judicial Lei 11.101/2005

Leia mais

Direito Empresarial Dr. José Rodrigo

Direito Empresarial Dr. José Rodrigo 1 1. Considera-se estabelecimento empresarial: Títulos de crédito a) Todo complexo de bens organizado, usado pelo empresário, ou sociedade empresária, para o exercício da sua atividade. b) Todo complexo

Leia mais

CURSO PREPARATÓRIO DELEGADO DE POLÍCIA CIVIL PROF. GUILHERME MARTINS DIREITO EMPRESARIAL

CURSO PREPARATÓRIO DELEGADO DE POLÍCIA CIVIL PROF. GUILHERME MARTINS DIREITO EMPRESARIAL 1 PROFESSOR GUILHERME MARTINS APRESENTA EMAIL; g.martins.borges@hotmail.com FACE: Guilherme Martins INSTA: Professor Guilherme Martins Periscope: @ProfGuilherm 2 I TEORIA GERAL DA EMPRESA PONTOS DO EDITAL:

Leia mais

Programa Analítico de Disciplina DIR320 Direito Empresarial I - Parte Geral

Programa Analítico de Disciplina DIR320 Direito Empresarial I - Parte Geral Catálogo de Graduação 06 da UFV 0 Programa Analítico de Disciplina Departamento de Direito - Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes Número de créditos: 4 Teóricas Práticas Total Duração em semanas:

Leia mais

ARMINDO DE CASTRO JÚNIOR

ARMINDO DE CASTRO JÚNIOR Conceito de falência DIREITO FALIMENTAR Falência (do latim fallere e do grego sphallein ): falha, defeito, carência, engano ou omissão ARMINDO DE CASTRO JÚNIOR E-mail: armindocastro@uol.com.br Homepage:

Leia mais

Institutos de Direito Aula - Garantias

Institutos de Direito Aula - Garantias Institutos de Direito Aula - Garantias CAMILA VILLARD DURAN CAMILADURAN@USP.BR Garantias! Conceito e classificação! Garantias reais e pessoais 1% Garantias! Conceito! Direitos e obrigações acessórios (em

Leia mais

SUMÁRIO. Capítulo 2 JUSTIÇA DO TRABALHO E MINISTÉRIO PÚBLICO DO TRABALHO 2.1 Organização da Justiça do Trabalho... 59

SUMÁRIO. Capítulo 2 JUSTIÇA DO TRABALHO E MINISTÉRIO PÚBLICO DO TRABALHO 2.1 Organização da Justiça do Trabalho... 59 SUMÁRIO Capítulo 1 INTRODUÇÃO AO DIREITO PROCESSUAL DO TRABALHO 1.1 Evolução histórica... 19 1.2 Direito estrangeiro... 22 1.3 Denominação... 25 1.4 Conceito... 25 1.5 Abrangência... 26 1.6 Autonomia...

Leia mais

Programa Analítico de Disciplina DIR323 Direito Empresarial IV - Recuperações e Falência

Programa Analítico de Disciplina DIR323 Direito Empresarial IV - Recuperações e Falência Catálogo de Graduação 016 da UFV 0 Programa Analítico de Disciplina DIR33 Direito Empresarial IV - Recuperações e Falência Departamento de Direito - Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes Número de

Leia mais

Capítulo 5. Quem serão os meus aliados?

Capítulo 5. Quem serão os meus aliados? PESSOA FÍSICA OU PESSOA JURÍDICA Pessoa física É o indivíduo ou pessoa individual com seus direitos e obrigações perante o Estado. Pessoa jurídica Éaassociaçãodeduasoumaispessoasemumaentidade,comseus direitos

Leia mais

Direito Empresarial. Aula 17. Os direitos desta obra foram cedidos à Universidade Nove de Julho

Direito Empresarial. Aula 17. Os direitos desta obra foram cedidos à Universidade Nove de Julho Direito Empresarial Aula 17 Os direitos desta obra foram cedidos à Universidade Nove de Julho Este material é parte integrante da disciplina oferecida pela UNINOVE. O acesso às atividades, conteúdos multimídia

Leia mais

CURSO ONLINE APERFEIÇOAMENTO EM RECUPERAÇÃO JUDICIAL DE EMPRESAS

CURSO ONLINE APERFEIÇOAMENTO EM RECUPERAÇÃO JUDICIAL DE EMPRESAS CURSO ONLINE APERFEIÇOAMENTO EM RECUPERAÇÃO JUDICIAL DE EMPRESAS 1 1 2 AULA 7 - MEIOS DE RECUPERAÇÃO - ALIENAÇÃO DE UPI - GESTÃO DEMOCRÁTICA Parte 1 MEIOS DE RECUPERAÇÃO DA EMPRESA ALIENAÇÃO DE UPI GESTÃO

Leia mais

Aula de 16/03/15. a) Total; b) Parcial (resolução da sociedade em relação a um sócio).

Aula de 16/03/15. a) Total; b) Parcial (resolução da sociedade em relação a um sócio). Aula de 16/03/15 14. DISSOLUÇÃO DE SOCIEDADE CONTRATUAL - Espécies: a) Total; b) Parcial (resolução da sociedade em relação a um sócio). Todas as duas hipóteses podem ocorrer de forma judicial ou extrajudicial.

Leia mais

SUMÁRIO. Capítulo 5 RESPONSABILIDADE DO SÓCIO RETIRANTE Capítulo 6 PRESCRIÇÃO... 41

SUMÁRIO. Capítulo 5 RESPONSABILIDADE DO SÓCIO RETIRANTE Capítulo 6 PRESCRIÇÃO... 41 SUMÁRIO Capítulo 1 INTRODUÇÃO... 17 Capítulo 2 GRUPO ECONÔMICO... 21 Capítulo 3 TEMPO À DISPOSIÇÃO DO EMPREGADOR... 29 Capítulo 4 DIREITO COMUM E JURISPRUDÊNCIA... 31 4.1 Direito Comum como fonte subsidiária...

Leia mais

EDITAL ESQUEMATIZADO PARA OAB ÉTICA PROFISSIONAL LEI E.A R

EDITAL ESQUEMATIZADO PARA OAB ÉTICA PROFISSIONAL LEI E.A R ÉTICA PROFISSIONAL LEI E.A R 1.1 Da Inscrição. 1.2 Da atividade de advocacia 1.3 Dos direitos do advogado 1.4 Da Sociedade de advogados 1.5 Do advogado empregado 1.6 Dos honorários advocatícios 1.7 Das

Leia mais

CIRCULAR N 14/2005 CÓDIGO TRIBUTÁRIO NACIONAL ALTERÇÃO AJUSTE À LEI DE FALÊNCIA PENHORA ON-LINE

CIRCULAR N 14/2005 CÓDIGO TRIBUTÁRIO NACIONAL ALTERÇÃO AJUSTE À LEI DE FALÊNCIA PENHORA ON-LINE São Paulo, 16 de Fevereiro de 2.005 DE: PARA: ASSESSORIA JURÍDICA ASSOCIADOS CIRCULAR N 14/2005 CÓDIGO TRIBUTÁRIO NACIONAL ALTERÇÃO AJUSTE À LEI DE FALÊNCIA PENHORA ON-LINE Anexamos, para conhecimento,

Leia mais

EDITAL ATAC/FDRP Nº 19/2017 ABERTURA DE INSCRIÇÕES PARA PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO

EDITAL ATAC/FDRP Nº 19/2017 ABERTURA DE INSCRIÇÕES PARA PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO EDITAL ATAC/FDRP Nº 19/2017 ABERTURA DE INSCRIÇÕES PARA PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO O(a) Diretor(a) da Faculdade de Direito de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo torna público a todos os interessados

Leia mais

I. CONTRATOS EM GERAL

I. CONTRATOS EM GERAL S UMÁRIO I. CONTRATOS EM GERAL 1. INTRODUÇÃO AO DIREITO DAS OBRIGAÇÕES... 25 1.1. Conceitos de obrigação... 28 1.2. Obrigação de dar (coisa certa ou incerta)... 28 1.2.1. Obrigação de dar coisa certa...

Leia mais

Direito Empresarial Promotor de Justiça - 4ª fase

Direito Empresarial Promotor de Justiça - 4ª fase CEM CADERNO DE EXERCÍCIOS MASTER Direito Empresarial Promotor de Justiça - 4ª fase Falência e Recuperação Judicial de Empresas Período 2006-2016 1) Comissão Examinadora Promotor de Justiça - MPE SP (2013)

Leia mais

FACULDADE DE DIREITO UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE

FACULDADE DE DIREITO UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE PLANO DE AULA PROFESSOR: Alessandra Benedito Disciplina: Direito Empresarial I Etapa: ()1ª ( ) 2ª (X) 3ª Turmas: (X) F - (X) G - (X) P ( ) F ( ) G ( ) P 1-OBJETIVOS: Capacitar os discentes para serem profissionais

Leia mais

Curso Direito Empresarial Ciências Contábeis

Curso Direito Empresarial Ciências Contábeis AULA 5 Sociedades. Empresárias ou simples. Personificadas e não personificadas. Sociedades empresárias, espécies. 5.1. Desconsideração da personalidade jurídica da empresa Em algumas situações, o patrimônio

Leia mais

Direito Empresarial. Professora Carolina Lima. (facebook idem)

Direito Empresarial. Professora Carolina Lima. (facebook idem) Turma e Ano: Regular/2015 Matéria / Aula: Direito Empresarial Professora: Carolina Lima AULA 01 Direito Empresarial Professora Carolina Lima (facebook idem) Bibliografia: a professora recomenda ler o caderno.

Leia mais

CRÉDITO: 04 CARGA HORÁRIA SEMANAL: 04 CARGA HORÁRIA SEMESTRAL: 60 PERÍODO: 9º NOME DA DISCIPLINA: DIREITO EMPRESARIAL IV NOME DO CURSO: DIREITO

CRÉDITO: 04 CARGA HORÁRIA SEMANAL: 04 CARGA HORÁRIA SEMESTRAL: 60 PERÍODO: 9º NOME DA DISCIPLINA: DIREITO EMPRESARIAL IV NOME DO CURSO: DIREITO 1. IDENTIFICAÇÃO CÓDIGO DA DISCIPLINA: D. 40 CRÉDITO: 04 CARGA HORÁRIA SEMANAL: 04 CARGA HORÁRIA SEMESTRAL: 60 PERÍODO: 9º NOME DA DISCIPLINA: DIREITO EMPRESARIAL IV NOME DO CURSO: DIREITO 2. EMENTA RECUPERAÇÃO

Leia mais

Ficha de Unidade Curricular (FUC) de Direito Comercial e das Sociedades

Ficha de Unidade Curricular (FUC) de Direito Comercial e das Sociedades INSTITUTO POLITÉCNICO DE COIMBRA INSTITUTO SUPERIOR DE CONTABILIDADE E ADMINISTRAÇÂO DE COIMBRA Aprovação do Conselho Pedagógico 23/10/2013 Aprovação do Conselho Técnico-Científico 26/2/2014 Ficha de Unidade

Leia mais

Nota do autor, xix. 5 Dissolução e liquidação, 77 1 Resolução da sociedade em relação a um sócio, 77

Nota do autor, xix. 5 Dissolução e liquidação, 77 1 Resolução da sociedade em relação a um sócio, 77 Nota do autor, xix 1 Empresa, 1 1 Empreender, 1 2 Noções históricas, 2 3 Teoria da empresa, 3 4 Registro, 8 4.1 Redesim, 10 4.2 Usos e práticas mercantis, 14 4.3 Empresário rural, 15 5 Firma individual,

Leia mais

Certificados de Crédito Cooperativo (CCC)

Certificados de Crédito Cooperativo (CCC) Certificados de Crédito Cooperativo (CCC) Conceito: título de crédito nominativo, transferível e de livre negociação, que representa promessa de pagamento em dinheiro e constitui título executivo extrajudicial.

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação Junta Comercial do Estado de São Paulo

GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação Junta Comercial do Estado de São Paulo TABELA DE PREÇOS DA JUNTA COMERCIAL DO ESTADO DE SÃO PAULO JUCESP RATIFICADA, NOS TERMOS DO ARTIGO 4º DA DELIBERAÇÃO JUCESP N. 1/2015, PELO COLÉGIO DE VOGAIS DA JUCESP EM SESSÃO PLENÁRIA REALIZADA EM 22/12/2015.

Leia mais

PROGRAMA DE DISCIPLINA

PROGRAMA DE DISCIPLINA Faculdade Anísio Teixeira de Feira de Santana Autorizada pela Portaria Ministerial nº 552 de 22 de março de 2001 e publicada no Diário Oficial da União de 26 de março de 2001. Endereço: Rua Juracy Magalhães,

Leia mais

Direito Empresarial. Prof. Dr. Érico Hack

Direito Empresarial. Prof. Dr. Érico Hack Direito Empresarial Aula 6 Personalidade e direitos pessoa física e jurídica Prof. Dr. Érico Hack PUCPR Personalidade pessoas naturais Código Civil pessoa física sujeito de direitos e deveres Pessoas naturais

Leia mais

PLANO DE ENSINO DE GRADUACÃO Curso Semestral Disciplina FALÊNCIA E RECUPERAÇÃO DE EMPRESAS. Período 5º Período

PLANO DE ENSINO DE GRADUACÃO Curso Semestral Disciplina FALÊNCIA E RECUPERAÇÃO DE EMPRESAS. Período 5º Período Página 1 de 5 DE GRADUACÃO Curso Semestral Disciplina FALÊNCIA E RECUPERAÇÃO DE EMPRESAS Código 92 Curso Graduação Período 5º Período Eixo de Formação Eixo de formação profissional Docente: Prof. Dr. Elias

Leia mais

2º Encontro ABRASCA de Direito das Companhias Abertas Tendências Regulatórias

2º Encontro ABRASCA de Direito das Companhias Abertas Tendências Regulatórias 2º Encontro ABRASCA de Direito das Companhias Abertas Tendências Regulatórias Padronização de Debêntures GT ANBIMA Outubro de 2015 Grupo de Trabalho de Padronização de Debêntures é formado por representantes

Leia mais

CURSO ONLINE APERFEIÇOAMENTO EM RECUPERAÇÃO JUDICIAL DE EMPRESAS

CURSO ONLINE APERFEIÇOAMENTO EM RECUPERAÇÃO JUDICIAL DE EMPRESAS CURSO ONLINE APERFEIÇOAMENTO EM RECUPERAÇÃO JUDICIAL DE EMPRESAS 1 1 2 Aula 6 - RECUPERAÇÃO DE EMPRESAS - STAY - CRÉDITOS EXCLUÍDOS - TRAVA BANCÁRIA Parte 4 3 Travas bancárias alienação fiduciária e penhor

Leia mais

MANUAL DE DIREITO TRIBUTÁRIO

MANUAL DE DIREITO TRIBUTÁRIO MARCELO ALEXANDRINO Auditor Fiscal da Receita Federal desde 1997, exerce suas atribuições na Divisão de Tributação da Superintendência da Receita Federal, no Rio Grande do Sul. Professor de Direito Tributário

Leia mais

PLANO DE CURSO 2010/2

PLANO DE CURSO 2010/2 Este Plano de Curso poderá sofrer alterações a critério do professor e / ou da Coordenação. 1 DISCIPLINA: DIREITO EMPRESARIAL I PROFESSOR: EZIO CARLOS S. BAPTISTA TURMA: 4º ANO INTEGRAL UNIDADES CONTEÚDOS

Leia mais