GazetaInveste. Guia GVcepe-Endeavor Gestores de fundos de PRIVATE EQUITY e VENTURE CAPITAL

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "GazetaInveste. Guia GVcepe-Endeavor 2008. Gestores de fundos de PRIVATE EQUITY e VENTURE CAPITAL"

Transcrição

1 Guia GVcepe-Endeavor 2008 GazetaInveste 127 Gestores de fundos de PRIVATE EQUITY e VENTURE CAPITAL Conheça os perfis de administradores de fundos de PE/VC que responderam ao questionário, elaborado pela Fundação Getúlio Vargas em parceria com o Instituto Endeavor, para dimensionar o tamanho dessa indústria no Brasil 53

2 R E L A T Ó R I O Indústria de private equity e venture capital chega a 1,7% do PIB Nos últimos anos, impulsionada pelo ambiente de liquidez financeira mundial e pela forte expansão dos indicadores econômicos nacionais, a indústria brasileira de private equity e venture capital apresentou uma evolução bastante significativa. O capital comprometido total cresceu à impressionante taxa média de 50% ao ano desde 2004 para atingir US$26,65 bilhões em Junho de Nos últimos 12 meses (junho de 2007 a junho de 2008), o capital comprometido da indústria aumentou de US$15,91 bilhões para US$26,65 bilhões (+68%). O capital comprometido da indústria brasileira de private equity e venture capital em 30 de junho de 2008 representava 1,7% do PIB (Produto Interno Bruto), ante 0,6% em Esse número ainda é menos da metade da média mundial, de 3,7%. Nos Estados Unidos e na Inglaterra, dois países com décadas de tradição em Private Equity e Venture Capital, a proporção dessa indústria em relação ao PIB equivale a 3,7% e 4,7%, respectivamente. O amadurecimento e consolidação da indústria brasileira de private equity e venture capital são indicados pelo fato de 21 organizações gestoras possuírem, no mínimo, 10 anos de atividade. Elas são responsáveis pela administração de cerca de 30% de todo o capital comprometido da indústria. As 10 maiores organizações gestoras respondem por mais da metade de todo o capital comprometido alocado ao Brasil em 30 de Junho de Já as 20 maiores organizações gestoras juntas respondem por quase 75% do capital comprometido da indústria brasileira de private equity e venture capital. É importante notar o substancial aumento da atuação de organizações gestoras no Brasil por meio de seus fundos globais, regionais (América Latina, Mercosul e América do Sul) e para Emerging Markets. Também se destaca a retomada dos investimentos em veículos de private equity e venture capital por parte dos fundos de pensão. A participação relativa dos fundos de pensão nas novas captações atingiu 50%, valor próximo ao recorde histórico de 68% alcançado na época das privatizações. Com isso, a participação dos fundos de pensão corresponde a 27% do total comprometido. Desse percentual, os fundos de pensão nacionais correspondem à maior parcela (24%). 54 GazetaInveste

3 Estágio do investimento Quase a metade dos veículos em atividade no Brasil não possui foco setorial definido, isto é, adotam uma abordagem multi-setorial (44%). Dentre os demais, os veículos buscam investimentos especificamente em um ou mais setores da economia, predominantemente Informática e Eletrônica (13%), Agronegócios (8%), Telecomunicações (8%) e Energia (7%), dentre 26 setores divididos em mais de 40 sub-setores. Cabe também notar que os veículos que atuam em venture capital possuem maior foco em determinados setores de base tecnológica (por exemplo, Informática e Eletrônica, Telecomunicações e Biotecnologia), enquanto os veículos que atuam em private equity, mezanino e PIPE são, com maior freqüência, multi-setoriais. Em Junho de 2008, existiam 481 empresas nos portfólios dos veículos de investimento geridos pelas organizações gestoras, representando um aumento de 19% em relação a 2007 (404 empresas) e 57% em relação a 2004 (306 empresas). A grande diversidade de setores da economia constitui um importante aspecto do modelo de negócios da indústria de private equity e venture capital. Por estágio, observa-se que a indústria privilegiou empresas mais maduras (51%), em especial private equity-expansion (43%), mas realizou considerável volume de negócios em venture capital (34%), com grande ênfase no early stage (17%). Isso denota uma concentração importante nos estágios iniciais e intermediários de desenvolvimento empresarial. Em 30 de Junho de 2008, a indústria brasileira de private equity e venture capital possuía cerca de US$11,5 bilhões de capital comprometido disponível para investimento, dos quais US$ 9,5 bilhões provenientes de veículos que foram criados a partir de Estima-se que as organizações gestoras tenham investido cerca de US$11 bilhões entre janeiro de 2005 e junho de 2008, o que equivale a cerca de 50% de todo capital comprometido levantado no mesmo período. O investimento total em private equity e venture capital no Brasil em 2007 é estimado preliminarmente em US$5,7 bilhões, equivalente a 0,4% do PIB, ante 1,3% da média mundial, 3,5% dos Estados Unidos. Entre 2005 e o 1 semestre de 2008, foi obtida uma amostra de US$ 6 bilhões em investimentos realizados na aquisição de 234 negócios. Embora apenas 6% dos recursos investidos tenham sido destinados a venture capital, esse estágio equivale a 37% do número de negócios realizados naquele Empresas em portfólio 55

4 R E L A T Ó R I O quantidade total (seja por IPOs e vendas decorrentes dos mesmos ou por vendas de suas participações no mercado de ações por fundos de PIPE). Investidores-anjo período. Já os negócios em private equity representaram quase a metade da quantidade (47%) dos investimentos realizados entre 2005 e o 1 semestre de 2008, principalmente private equity-expansion (35%), além de PIPE, com 13%, e Mezanino, 3%. A participação relativa do private equity no volume financeiro da amostra de investimentos realizada entre 2005 e o 1 semestre de 2008 é facilmente explicada pelo maior valor médio (tíquete médio) unitário desses investimentos em relação ao venture capital. O tíquete médio dos negócios de private equity no período foi de US$45 milhões, enquanto o tíquete médio dos negócios de venture capital foi de US$ 4 milhões. Já os tíquetes médios dos negócios de Mezanino e de PIPE foram de US$ 11 milhões e US$ 8 milhões, respectivamente. Embora não sejam considerados organizações gestoras, os investidores-anjo são um importante componente da cadeia de valor da indústria de private equity e venture capital, constituindo o elo inicial para os investimentos de venture capital em empresas no estágio de seed e startup. Atualmente, existem quatro associações de investidoresanjo formadas no Brasil: Bahia Anjos (BA), Floripa Angels (SC), Gávea Angels (RJ) a mais antiga, criada em 2002 e São Paulo Anjos (SP), com o total de 62 associados, 19 profissionais de apoio e um capital estimado em US$ 9 milhões em junho de O valor típico dos investimentos dos investidores-anjo no Brasil vai de US$ 50mil a US$ 500 mil por empresa, podendo chegar a US$ 1 milhão. Em junho de 2008, apenas quatro empresas figuravam no portfólio das associações de investidoresanjo brasileiras. Nos Estados Unidos e Canadá, segundo dados de setembro de 2008 da ACA Angel Capital Association, que reúne 165 grupos de investidores-anjo que totalizam mais de 7 mil membros, os investidores- Desinvestimentos Foi obtida uma amostra de 111 desinvestimentos (85 totais e 26 parciais) no período de 2005 a Junho de Metade da quantidade de negócios desinvestidos foi de private equity e 31% de venture capital. A venda para estratégicos (trade sale) representou cerca de 1/3 do número de desinvestimentos totais pela indústria no período, enquanto que a venda no mercado acionário representou 50% da 56 GazetaInveste

5 anjo investem em aproximadamente 700 novas empresas por ano e possuem atualmente um portfólio de mais de 5 mil empresas de capital fechado. A Inglaterra é o país mais maduro da Europa em investimento-anjo. Conta com 34 associações e mais de 5 mil investidores. Segundo dados da EBAN (European Business Angel Network), a Europa conta com 297 associações e mais 16 mil investidores-anjo. Perspectivas Apesar da atual crise dos mercados mundiais, as perspectivas para a indústria brasileira de private equity e venture capital são bastante positivas. A queda atual no preço dos ativos e a conseqüente acomodação da percepção de valor por parte dos empreendedores estimularão ainda mais os investimentos das organizações gestoras que possuem US$ 11,5 bilhões disponíveis para investir nos próximos três a quatro anos. Isso é confirmado pelo fato de 92% das organi- zações gestoras terem reportado estar ativas em busca de novos investimentos no Brasil e 71% das organizações gestoras esperarem levantar novos fundos nos próximos trêsanos, totalizando US$ 20,9 bilhões, praticamente o mesmo valor esperado de captação para a Índia no mesmo período. Entenda a metodologia da pesquisa A população pesquisada foi o conjunto de todas as organizações gestoras que tenham atuação no Brasil, independente de ter uma presença física (escritório) local e/ou um veículo de investimento já constituído e em atividade. De forma a traçar o correto panorama da Indústria Brasileira de Private Equity e Venture Capital, diversos cuidados foram tomados na identificação da população de organizações gestoras de Private Equity e Venture Capital no Brasil e de seus dados, tais como: (i) inclusão dos FIPs (Fundos de Investimento em Participação) registrados na CVM Comissão de Valores Mobiliários, pois nem todos podem ser considerados veículos de investimento de Private Equity e Venture Capital, (ii) classificação dos veículos do tipo PIPE (Private Investment in Public Equity) e valores de capital comprometido alocados ao país pelos veículos de investimentos não-exclusivos para o Brasil.. A população da Indústria Brasileira de Private Equity e Venture Capital está composta de 142 organizações gestoras que atuam Venture Capital, Private Equity, Mezanino e PIPE, das quais 127 (90% da população) atenderam a todos os requisitos necessários para a participação nesta pesquisa. Adicionalmente, apesar de não serem consideradas organizações gestoras de Private Equity e Venture Capital, foram incluídas na pesquisa, de forma pioneira no Brasil, as 4 associações de investidoresanjos já constituídas e em atuação no país. Essa iniciativa lança bases para estatísticas periódicas e estudos mais aprofundados da indústria de Private Equity e Venture Capital no Brasil. Esperando-se contribuir para a expansão e consolidação desse conhecimento no país. 57

6 R E L A T Ó R I O As 15 gestoras que ficaram fora do guia ATUA Capital Cartesian Capital Group Galicia Investimentos Great Hill Partners Imprimatur Iposeira JER Partners New Enterprise Associates Oliveira Trust Opportunity Orbe Investimentos (PIPE) Palladium Equity Partners Pequot Capital The Capital Group Weston Presidio FICHA TÉCNICA Conselho de Administração do GVcepe Conselheiros Alexandre Saigh (Pátria Investimentos) David Thomas (Intel Capital) Fábio Campos (Sebrae-SP) Luiz Francisco Novelli Viana (TMG Capital Partners) Paulo Henrique de Oliveira Santos (Votorantim Novos Negócios) Patrice Etlin (Advent International) Pedro de Andrade Faria (Tarpon Investment) Cláudio V. Furtado (GVcepe) Pesquisa GVcepe-Endeavor 2008 Direção Executiva Cláudio V. Furtado (GVcepe) Coordenação Geral e de Pesquisa Caio Ramalho (GVcepe) Revisão Técnica André Saito (GVcepe) Caio Ramalho (GVcepe) Cláudio V. Furtado (GVcepe) Rodrigo De Losso da Silveira Bueno (GVcepe) Pesquisa e Revisão Analítica de Dados Bruno Fasanella (GVcepe) Ivan Tormena (GVcepe) Lucas Amoroso Lima (GVcepe) Pedro Lima (GVcepe) Renato Chu (GVcepe) Thábata Borges (Endeavor) Yuri Delmondes (GVcepe) Parceria Endeavor no Projeto Ana Silvia Resende (Endeavor) Allan Mollo (Accelera Technologies) Bianca Martinelli (Endeavor) Paulo Veras (Endeavor) Rodrigo Barrichello (Accelera Technologies) Rodrigo Zampollo (Accelera Technologies) Thomas Graber (Endeavor) 58 GazetaInveste

7 ASSOCIAÇÕES DE INVESTIDORES-ANJO Bahia Angels Venture Capital - Startup/Seed; Venture Capital - Earl arl Stage Sta e Bahia Angels é uma associação para investimento anjo constituída de investidores privados com o interesse de investir tempo e dinheiro em empresas nascentes, preferencialmente de base tecnológica, com competitividade nacional ou internacional. Capital comprometido (Jun/08): US$ 3 milhões empresas que procura: R$ 2 milhões US$ 0,05 milhões US$ 0,5 milhão Categoria: Grupo ou associação de investidores-anjo Início das atividades no Brasil: Nov/07 Endereço: Av. Tancredo Neves, 274, Bloco B, sala 734, Salvador (BA) Telefone: / Fax: Camilo Telles (Gestor) Membros (Jun/08): Associados: 9 / Profissionais de Apoio: 1 Setores de atuação: Comunicação/Midia; Indústrias Diversas; Informática e Eletrônica; Telecomunicações Empresas do portfólio (Jun/08): Floripa Angels Venture Capital Startup/Seed; Venture Capital - Earl Stage A Associação de Business Angels de Florianópolis (Floripa Angels) é uma instituição com foco regional, que busca conectar empreendedores de empresas recém-criadas ou em fase préoperacional e seus associados, investidores privados e informais (business angels). Uma organização de investidores-anjo composta por investidores ativos que busca aportar capital, contribuir com experiência na gestão do negócio e prover oportunidades comerciais através das redes de contatos dos associados. Embora a Floripa Angels reúna investidores com propósitos similares, cada associado define de forma autônoma em quais empresas investir. O foco de investimento preferencial são empresas de base tecnológica, em sua maioria provedoras de serviços de internet, softwares e sistemas digitais. Além do foco em empresas de tecnologia em fase pré-operacional ou recém-criadas e que apresentem alto potencial de crescimento, nosso foco geográfico busca priorizar oportunidades no Estado de Santa Catarina. Capital comprometido (Em Jun/2008): US$ 3,5 milhões empresas que procura: R$ 2,4 milhões US$ 0,05 milhão US$ 1 milhão Categoria: Grupo ou associação de investidores-anjo Início das atividades no Brasil: Dez/07 Endereço: Rua Nivaldo Dias, Florianópolis (SC) Telefone: (48) / Fax: Marcelo Cazado (Diretor Executivo) Membros (Jun/08): Associados: 14 / Profissionais de Apoio: 3 Setores de atuação: Incubadora; Informática e Eletrônica Empresas do portfólio (Jun-08): Gávea Angels Venture Capital - Startup/Seed A Gávea Angels é uma associação privada, sem fins lucrativos, constituída por um número limitado de associados, pessoas físicas e jurídicas, com o propósito de promover o desenvolvimento de empresas nascentes localizadas, geograficamente, dentro de uma circunferência com raio de 200 km, tendo como centro a cidade do Rio de Janeiro. Capital comprometido (Em Jun/2008): US$ 1,5 milhão empresas que procura: US$ 0,6 milhão Categoria: Grupo ou associação de investidores-anjo Início das atividades de PE/VC no Brasil: Dez/02 Endereço: Rua Marquês de S. Vicente, 225, S/L - Ed. Cardeal Leme Rio de Janeiro (RJ) 59

8 Telefone: (21) / Fax: Ernesto Weber (Conselheiro) Membros (Em 30/Jun/2008): Associados: 15 / Profissionais de Apoio: : : : : 0 Dez/07: 3 Mar/08: 3 Jun/08: 3 Bivox (Informática e Eletrônica); Riopasse (Entretenimento/Turismo); Publit (Indústrias Diversas) São Paulo Anjos Venture Capital Startup/Seed; Venture Capital - Earl Stage Associação privada, sem fins lucrativos, que tem o propósito de aproximar investidores-anjo de empreendedores. Ela foi criada em Julho de 2007, fruto da iniciativa de um grupo de profissionais interessados em aplicar recursos no capital empreendedor dentro do Estado de São Paulo. A Associação procura facilitar o acesso dos investidores-anjo a empreendimentos nascentes, com potencial de crescimento e valorização diferenciados e facilitar o acesso de empreendedores aos capitais financeiro e intelectual de que necessitam em sua fase inicial de crescimento. Capital comprometido (Em Jun/2008): US$ 1 milhão empresas que procura: US$ 3 milhões US$ 0,5 milhão Está em busca de investimentos no Brasil? Sim Categoria: Grupo ou associação de investidores-anjo Início das atividades no Brasil: Jul/2007 Endereço: Pça. Gentil Falcão, 108, 6º andar, São Paulo (SP) Telefone: (11) / Fax: Membros (Em 30/Jun/2008): Associados: 35 / Profissionais de Apoio: 2 ; 2005: : : : 1 Dez/07: 0 Mar/08: 1 Jun/08: 1 (Medicina e Estética) GESTORES DE FUNDOS PRIVATE EQUITY E VENTURE CAPITAL AAI Global Equity Private Equit ; PIPE Access America Investments é um fundo híbrido de private equity para investimentos em empresas maduras de porte médio em países emergentes. A AAI atua de duas maneiras. De um lado, busca participações exclusivamente minoritárias entre US$ 5 milhões e US$ 25 milhões. De outra, para transação acima do valor máximo, e junto com seus co-investidores, tem por objetivo assumir participações de controle. no Brasil (Jun/08): US$ 100 milhões para o Brasil (Jun/08): empresas que procura: R$ 35 milhões R$ 500 milhões US$ 5 milhões US$ 25 milhões Início das atividades de PE/VC no Brasil: Fev/07 Origem: Estados Unidos Endereço: R. Pedroso Alvarenga, 1254, cj. 102, São Paulo (SP) Telefone: (11) / Fax: (11) r.26 Jan R. E. Jarne (Regional Partner) Bruno P. da Rocha (Regional Partner) Equipe no Brasil (Jun/08): Gestores e Sócios-Gestores: 2 Profissionais de Apoio: 2 Access America Investments (Limited Partnership), 2006, Regional (Am. Latina) Foco setorial dos veículos de investimento em atividade no Brasil: Multi-setorial Empresas do portfólio (Jun/08): Ace Venture Capital Ventur Capital - Startup/Seed; Venture Capital - Earl Stage 60 GazetaInveste

9 O foco da Ace Venture Capital são os investimentos nas empresas digitais que apresentam vantagens estratégicas e competitivas versus as suas empresas competidoras na economia real. São vantagens competitivas enfatizadas: a redução dos custos e ampliação da distribuição ao mercado consumidor, fortalecendo a geração de caixa a longo prazo. A gestora busca e-commerce (grandes e médias empresas que busquem sociedades para desenvolver com sucesso suas plataformas digitais; negócios de nichos específicos, empresas e profissionais qualificados que, através dos meios digitais, poderão atingir um grande volume de consumidores de um nicho específico, embora geograficamente dispersos). São segmentos focados: marketing digital; varejo em geral; entretenimento digital; serviços. Apóia a administração das empresas investidas, participando desde as decisões estratégicas até a construção das áreas administrativas e operacionais, quando necessário. O perfil das aplicações é participação societária minoritária; maturação dos investimentos entre 2 e 3 anos. Retorno do investimento esperado: 30% a 40% ao ano. Risco: alto, proporcional ao retorno esperado. Liquidez ao término do período acordado. Forte atuação no acompanhamento e controle dos investimentos. no Brasil (Jun/08): US$ 10 milhões América Latina. Investe preferencialmente em empresas com alto potencial de crescimento e faturamento acima de US$ 50 milhões. O tamanho mínimo do investimento do fundo é de US$ 50 milhões. Participa do processo de criação de valor através da formulação estratégica no Conselho de Administração e monitoramento. no Brasil (Jun/08): US$ 450 milhões ao Brasil (Jun/08): empresas que procura: R$ 80 milhões US$ 50 milhões Início das atividades de PE/VC no Brasil: Abr/07 Origem: Inglaterra ao Brasil (Jun/08): US$ 10 milhões Endereço: R. São Tomé, 86, cj. 1701, Vila Olímpia, São Paulo (SP) Telefone: (11) / Fax: (11) empresas que procura: R$ 0,5 milhão R$ 0,2 milhão R$ 2 milhões Início das atividades de PE/VC no Brasil: Mar/05 Endereço: Av. das Américas, 700, bloco 3, sala 121, Rio de Janeiro (RJ) Telefone: (21) / Fax: (21) Marco Antonio Fichtner (Sócio Executivo) Guilherme Lenz Cesar (Sócio) Equipe no Brasil (Jun/08): Gestores e Sócios-Gestores: 2 Profissionais de Apoio: 5 Ace Capital (Holding), Mar/05, Brasil Setores de atuação: Comunicação/Mídia; Educação; Entretenimento/ Turismo; Eletrodomésticos; Leilão Eletrônico; Varejo 2005: : : : 0 Dez/07: 5 Mar/08: 2 Jun/08: 1 Indzooom Estúdio (Comunicação/Mídia) Actis LLP Private Equity Fundo de private equity com foco exclusivo em mercados emergentes, incluindo Índia, China, África, Sudeste Asiático e Patrick Ledoux (Head), Chu Kong (Head) Beatriz Amary (Investment Principal) Denis Pedreira (Investment Principal) Equipe no Brasil (Jun/08): Gestores e Sócios-Gestores: 4 Profissionais de Apoio: 3 Actis Emerging Market Fund III (Limited Partnership), Nov/07, Emerging Markets Empresas do portfólio (Jun/08): Adrenax Capital Venture Capital Startup/Seed; Venture Capital - Earl Stage A Adrenax é um fundo de venture capital focado em seed money e early stage startups. no Brasil (Jun/08): US$ 3 milhões ao Brasil (Jun/08): US$ 3 milhões empresas que procura: R$ 2 milhões US$ 0,3 milhão US$ 1,2 milhão 61

10 Início das atividades de PE/VC no Brasil: Set/06 Endereço: R Gomes de Carvalho, 342, São Paulo (SP) Telefone: (11) / Fax: (11) Augusto Camargo (CEO), Rodolfo Araújo (COO) Caius Camargo (CFO) Equipe no Brasil (Jun/08): Gestores e Sócios-Gestores: 3 Profissionais de Apoio: 10 Adrenax I (Holding), Set/06, Brasil Setores de atuação: Informática e Eletrônica Endereço: Av. Brigadeiro Faria Lima, 3.311, 9º Andar - São Paulo (SP) Telefone: (11) / Fax: (11) Mario Malta (Senior Associate) Newton Maia (Senior Associate), Luiz Antonio Alves (Principal) Frederico Brito e Abreu (Principal), Wilson Rosa (Principal) Equipe no Brasil (Jun/08): Gestores e Sócios-Gestores: 13 Profissionais de Apoio: 5 Latin America Private Equity Fund II - LAPEF II (Limited Partnership), Nov/01, Regional (Am. Latina); Latin America Private Equity Fund III - LAPEF III (Limited Partnership), Jul/05, Regional (Am. Latina); Latin America Private Equity Fund IV - LAPEF IV (Limited Partnership), Ago/07, Regional (Am. Latina) 2005: : : : 2 Dez/07: 6 Mar/08: 6 Jun/08: 6 Empresas do portfólio (Jun/08): Permission Ad Network (Comunicação/Mídia); Bluecore (Comunicação/Mídia); Makesys (Informática e Eletrônica); Abinix (Informática e Eletrônica); MotorSale (Informática e Eletrônica); Justmail (Informática e Eletrônica) Advent International Ltda. Private Equit Fundada em 1984, a Advent International é uma das maiores investidoras independentes do setor de private equity no mundo, com US$ 24 bilhões levantados para capital de risco e 15 escritórios no mundo. Em 1996, a Advent iniciou suas atividades na América Latina com a formação de um fundo regional de US$ 230 milhões. Em 2002, completou o fechamento do segundo fundo (US$ 264 milhões), e, em 2005, fechou seu terceiro fundo, adicionando US$ 375 milhões em recursos para a região. Em julho de 2007, a Advent anunciou a captação de seu quarto fundo para a América Latina (LAPEF-IV), o maior fundo de private equity da história já levantado para investimentos na região, com recursos de US$1,3 bilhão. Os investimentos regionais podem ter suporte dos fundos globais da Advent, incluindo o GPE-VI, fechado em abril de 2008 com capital total de US$ 10,4 bilhões. Atualmente, a Advent possui 3 escritórios na América Latina (São Paulo, Cidade do México e Buenos Aires) e conta com 27 profissionais na área de investimentos sediados na região. no Brasil (Jun/08): US$ milhões para Brasil (Jun/08): US$ milhões empresas que procura: R$ 30 milhões em milhões US$ 10 US$ 150 Origem: Estados Unidos Início das atividades de PE/VC no Brasil: Ago/ : : : : 0 Dez/07: 6 Mar/08: 6 Jun/08: 6 Empresas do portfólio (Jun-08): Atmosfera (Indústrias Diversas); CSU Cardsystem (Serviços Financeiros); Paraná Banco / J. Malucelli Seguradora (Serviços Financeiros); Dufry South America (Varejo); Grupo RA (Varejo); Viena (Varejo) AG Angra Investimentos Private Equit ; PIPE A AG Angra Gestão de Investimentos é uma joint venture entre o Grupo Andrade Gutierrez e a Angra Partners. Atua como uma gestora de recursos de terceiros voltada para a gestão de fundos de private equity. Seu primeiro fundo, o AG Angra Infra-estrutura, foi captado no final de 2006 e tem como foco infra-estrutura no Brasil, principalmente saneamento, transportes, infra-estrutura industrial, petróleo e gás. no Brasil (Jun/08): US$ 420,2 milhões para o Brasil (Jun/08): US$ 420,2 milhões empresas que procura: US$ 20 milhões US$ 140 milhões Início das atividades de PE/VC no Brasil: Out/06 Endereço: Av. Brig. Faria Lima, 2055, 14º andar, São Paulo (SP) Telefone: (11) / Fax: (11) Miguel Noronha (Diretor Executivo) 64 GazetaInveste

11 Equipe no Brasil (Jun/08): Gestores e Sócios-Gestores: 6 Profissionais de Apoio: 6 AG Angra Infra-Estrututura Fundo de Investimento em Participações (CVM 391), Out/06, Brasil Setores de atuação: Agronegócios; Energia; Saneamento; Transporte; Logística/Distribuição 2005: : : : 2 Dez/07: 0 Mar/08: 0 Jun/08: 2 NovaAgri (Logística/Distribuição); TG-AgroIndustrial (Agronegócios) AIG Private Equity Private Equit O AIG Capital Partners busca investir no mínimo US$ 20 milhões no capital de empresas brasileiras em troca de participações minoritárias ou de controle. Os investimentos são regidos por acordo de acionistas e a participação na empresa busca constantemente agregar valor à mesma. A maturação dos investimentos varia de três a cinco anos e uma estratégia clara de saída é sempre acordada antes da conclusão do investimento. O fundo não possui foco setorial ou regional. A estratégia é de apostar em continuidades ou aproveitar deslocamentos gerados por situações transitórias de mercado ou empresas. Os fundos de investimento do AIG, apesar de direcionados prioritariamente ao Brasil, podem também investir parte de seu capital em alguns países da América Latina. US$ milhões US$ 930 milhões empresas que procura: US$ 20 milhões Categoria: Ligada a instituição financeira Início das atividades de PE/VC no Brasil: Mar/00 Endereço: R. Hungria, 514, 3º andar, São Paulo (SP) Telefone: (11) / Fax: (11) Marcelo Aguiar (Diretor) Cristiano Lauretti (Diretor) Eduardo Sant anna Marrachine (Diretor) Gestores e Sócios-Gestores: 4 Profissionais de Apoio: 5 Origem: Estados Unidos AIG Brazil Special Situations Fund I (Limited Partnership), Mar/00, Regional (Am. Latina); AIG Global Emerging Markets Fund I (Limited Partnership), Jul/97, Emerging Markets; AIG Global Emerging Markets Fund II (Limited Partnership), Set/03, Emerging Markets; AIG Brazil Special Situations Fund II (Limited Partnership), Jun/07, Regional (Am. Latina) 2005: : : : 1 Dez/07: 4 Mar/08: 4 Jun/08: 4 Empresas do portfólio (Jun/08): Providência (Indústrias Diversas); Frigorífico Mercosul (Agronegócios); Advento (Construção Civil/Imóveis); Sendas Distribuidora (Varejo) Albatroz Participações Ltda. Venture Capital - Startup/Seed; Venture Capital - Earl Stage; Private Equit A Albatroz Participações é uma holding focada no setor de tecnologia da informação. A empresa participa ativamente na gestão de seus empreendimentos, provendo assessoria estratégica, comercial e financeira às suas investidas. Os executivos da Albatroz possuem experiência no desenvolvimento de empresas emergentes e uma extensa rede de relacionamentos nos segmentos financeiro, de tecnologia e de grandes corporações. Essas características facilitam o crescimento das empresas, alavancando potenciais parcerias estratégicas. no Brasil (Jun/08): US$ 4,2 milhões para o Brasil (Jun/08): US$ 4,2 milhões empresas que procura: R$ 100 milhões US$ 4,2 milhões Início das atividades de PE/VC no Brasil: Jan/02 Endereço: Av. das Américas, 4.200, bl. 8, cob. 301A, RJ (RJ) Telefone: (21) / Fax: (21) Leonidas Moura (Diretor Financeiro Relacionamento com Investidores) Alexandre Icaza (Diretor Executivo) Equipe no Brasil (Jun/08): Gestores e Sócios-Gestores: 2 Profissionais de Apoio: 3 65

12 Albatroz I (Holding), Jan/02, Brasil Setores de atuação: Informática e Eletrônica Dez/07: 4 Mar/08: 4 Jun/08: 4 Empresas do portfólio (Jun/08): Megadata Computações (Informática e Eletrônica); M-Cash Pagamentos Móveis (Informática e Eletrônica); Netquant Tecnologia de Investimentos (Informática e Eletrônica); Glamour Group (Informática e Eletrônica) Alothon Group Private Equit A Alothon é uma empresa independente de private equity que foca investimentos em mid-to-late-stage buyouts, principalmente no Brasil, mas também no Chile, México e Argentina. A Alothon investiu desde 1993 US$ 499 milhões em 29 buyouts na América Latina, dos quais 70% já foram realizados. A Alothon foi estabelecida em julho de 2004 pelos antigos membros do grupo de private equity para a América Latina do Deutsche Bank. A equipe está baseada em São Paulo e Nova York, também com presença em Santiago, no Chile. A diretoria da Alothon trabalha em conjunto há mais de 10 anos e é formada por uma combinação de profissionais experientes em private equity e gestores de negócios na América Latina, cada um com mais de 20 anos de experiência. A Alothon continua a executar sua estratégia já testada de investir em empresas latino-americanas com ativos ou franchise values que proporcionam retornos superiores, e ao mesmo tempo mantendo seu perfil conservador. A estratégia da Alothon foi extensamente validada em sua trajetória de sucesso em investimento durante os últimos 10 anos. no Brasil (Jun/08): US$ 204 milhões para o Brasil (Jun/08): empresas que procura: US$ 20 milhões US$ 60 milhões Início das atividades de PE/VC no Brasil: Jul/96 Origem: Estados Unidos Endereço: R. Joaquim Floriano, 1.052, cj. 82, São Paulo (SP) Telefone: (11) / Fax: (11) Juan Lucena (Partner) Equipe no Brasil (Jun/08): Gestores e Sócios-Gestores: 6 Profissionais de Apoio: 5 Alothon Fund I (Limited Partnership) Dez/07: 4 Mar/08: 4 Jun/08: 4 Angra Partners Consultoria Empresarial e Participações Ltda. Private Equit A Angra Partners é uma empresa de private equity, gestão e assessoria em investimentos especializada na prestação de serviços de finanças corporativas, fusões e aquisições, reestruturações de empresas (incluindo turnarounds) e gestão de ativos. A Angra Partners foi criada em 2003 por sócios brasileiros reconhecidos pela experiência como administradores e investidores em alguns dos maiores grupos empresariais e financeiros do país. A Angra Partners é associada ao Monitor Capital, uma organização de prestígio e renome internacional, que administra mais de US$ 1,5 bilhão em fundos de investimentos. no Brasil (Jun/2008): US$ milhões Capital comprometido total para Brasil (Jun/08): US$ milhões empresas que procura: R$ 50 milhões US$ 30 milhões US$ 600 milhões Início das atividades de PE/VC no Brasil: Mai/04 Endereço: Av. Brigadeiro Faria Lima, 2.055,14º andar, São Paulo (SP) Telefone: (11) Fax: (11) Marcelo Romero (Analista) Equipe no Brasil (Jun/08): Gestores e Sócios-Gestores: 3 Profissionais de Apoio: 18 Investidores Institucionais: Fundo de Investimento Participações (CVM 409), Set/97, Brasil; PROT - Fundo de Investimento Participações (CVM 391), Abr/08, Brasil Setores de atuação: Saneamento; Telecomunicações; Transporte 2005: : : : 1 66 GazetaInveste

13 Dez/07: 6 Mar/08: 6 Jun/08: 4 Sanepar (Saneamento); Metrô Rio (Transporte); Brasil Telecom (Telecomunicações); JBS S.A. (Alimentos e Bebidas) Antera Gestão de Recursos S/A Venture Capital - Startup/Seed; Venture Capital - Earl Stage A Antera Gestão de Recursos é uma empresa especializada na gestão de fundos de capital semente. Fazemos a gestão de recursos para aquisição de participação acionária temporária em empresas inovadoras em estágio embrionário, normalmente associadas a centros de pesquisa, com alto potencial de crescimento. US$ 60 milhões US$ 60 milhões empresas que procura: R$ 0 R$ 6 milhões US$ 0,01 milhão US$ 3 milhões Início das atividades de PE/VC no Brasil: Fev/05 Endereço: Praia de Botafogo, 228 / 610, Botafogo, Rio de Janeiro (RJ) Telefone: (21) / Fax: (21) Robert E. Binder (Dir. Presidente) Paulo Renato Cabral (Diretor) Alexandre Alves (Diretor); Gustavo Junqueira (Diretor) Gestores e Sócios-Gestores: 5 Profissionais de Apoio: 12 Fundo Criatec (CVM 209), Nov/07, Brasil Setores de atuação: Agronegócios; Biotecnologia; Energia; Indústrias Diversas; Informática; Eletrônica 2005: : : : 5 Dez/07: 0 Mar/08: 3 Jun/08: 5 Rizoflora S/A (Biotecnologia); Vitrovita S/A (Biotecnologia); Celer S/A (Medicina e Estética); In Vitro Cells S/A (Biotecnologia); Subsin S/A (Energia) Apsan Investimentos S.A Private Equit Empresa de Investimentos privada voltada a investimentos minoritários ou de controle nos setores de varejo, farmacêutico, consumo e serviços e Advisoring Financeiro. no Brasil (Jun/08): para o Brasil (Jun-08): empresas que procura: R$ 100 milhões R$ 500 milhões US$ 15 milhões US$ 50 milhões Início das atividades de PE/VC no Brasil: Mai/08 Endereço: Avenida Cidade Jardim, º Andar, São Paulo (SP) Telefone: (11) / Fax: (11) Fabio Rubino (Diretor) Gestores e Sócios-Gestores: 3 Profissionais de Apoio: 12 Apsan Varejo I- FIP (CVM 409): em captação, Brasil Setores de atuação: Biotecnologia; Têxteis; Serviços Financeiros; Mineração Empresas do portfólio (Jun/08): Ascet Investimentos Venture Capital - Startup/Seed; Venture Capital Earl Stage; Private Equit ; PIPE Fundo de private equity que investe em empresas de setores diversos. US$ 200 milhões US$ 200 milhões empresas que procura: US$ 3 milhões US$ 200 milhões 67

14 Início das atividades de PE/VC no Brasil: Jan/00 Endereço: R. Taques Alvim, 172, São Paulo (SP) Telefone: (11) / Fax: (11) Alexandre Saddy Chade (Sócio-Presidente) Otavio Araujo (Associado), Rafael Vieira (Analista), Neil Hirano (Analista) Gestores e Sócios-Gestores: 2 Profissionais de Apoio: 5 Ascet I (CVM 391), Jan/06, Brasil 2005: : : : 0 Dez/07: 4 Mar/08: 4 Jun/08: 4 Dotz (Comunicação/Mídia); Inpar (Construção Civil/Imóveis); Taxi Mania (Comunicação/Mídia); Beach Park (Entretenimento/Turismo) Astella Investimentos Private Equit A Astella Investimentos é uma gestora de recursos independente, que busca criar valor através de aporte de capital e de recursos estratégicos. Com uma abordagem colaborativa e participação ativa, busca oportunidades de crescimento junto a pessoas e negócios de grande potencial. empresas que procura: R$ 100 milhões US$ 20 milhões US$ 40 milhões Início das atividades de PE/VC no Brasil: Dez/07 Endereço: Rua Iguatemi, 354, cj. 32, São Paulo (SP) Telefone: (11) / Fax: (11) Laura Mello (Sócia) Gestores e Sócios-Gestores: 2 Profissionais de Apoio: 2 Astella FIP Crescimento (CVM 391): Em captação, Brasil Setores de atuação: Têxteis, Indústrias Diversas, Informática e Eletrônica, Medicina e Estética, Serviços Financeiros, Telecomunicações Varejo e Logistica/Distribuição Empresas do portfólio (Jun/08): Autonomy Investimentos Venture Capital - Startup/Seed; Private Equit ; Mezanino; PIPE Venture capital voltado a investimentos no setor imobiliário corporativo. A empresa capta recursos de investidores institucionais e family offices do exterior para projetos de real estate no Brasil, com foco em escritórios corporativos e logística. US$ milhões US$ milhões empresas que procura: US$ 15 milhões US$ 100 milhões Início das atividades de PE/VC no Brasil: Jun/06 Origem: Inglaterra Endereço: Avenida Brigadeiro Faria Lima, 2.179, cj. 72, São Paulo (SP) Telefone: (11) / Fax: (11) Henrique de Jesus Coelho (CFO) Gestores e Sócios-Gestores: 4 Profissionais de Apoio: 4 Autonomy Investimentos S.A. (Investimento Direto), Jun/06, Global Setores de atuação: Construção Civil; Imóveis e Logística; Distribuição 2005: : : : 3 Dez/07: 4 Mar/08: 6 Jun/08: 7 Autonomy Investimentos S.A. (Construção Civil/Imóveis); JCA5 Empreendimentos e Participações S.A.( Construção Civil/Imóveis); Atrium Faria Lima Desenvolvimento Imobiliário Ltda. (Construção Civil/Imóveis); Rochaverá Desenvolvimento Imobiliário Ltda. (Construção Civil/Imóveis); Ponswinnecke Empreendimentos e Participações S.A. (Construção Civil/Imóveis); 68 GazetaInveste

15 Shaula Empreendimentos e Participações Ltda. (Construção Civil/ Imóveis); MRV Logística (Logística/Distribuição) Axial Participações e Projetos Ltda. Venture Capital - Startup/Seed; Venture Capital - Earl Stage A AxialPar é uma empresa de venture capital especializada em investimento e gestão de negócios voltados à sustentabilidade. Atualmente, a AxialPar conta com 5 negócios em seu portfólio nos ramos de piscicultura, horticultura orgânica, soja para alimentação humana, agricultura sustentável e microcrédito. Alguns setoresalvo: agronegócios sustentáveis, novos materiais, biodiversidade/ biotecnologia, nutrição e biopolímeros. US$ 35 milhões US$ 35 milhões empresas que procura: R$ 3 milhões R$ 50 milhões US$ 1,5 milhão US$ 10 milhões O Axxon Group opera como uma equipe de gestão de recursos de investimentos privados (private equity), identificando mercados e oportunidades de investimento e criando valor através de mudanças estratégicas e operacionais nas empresas em que investe. Busca proporcionar retornos significativos aos investidores através do desenvolvimento de empresas de alta performance onde o envolvimento na construção da equipe de gestão e a percepção dos assuntos estratégicos, operacionais e financeiros adicionem valor significativo ao negócio. O Axxon Group investe em posições de controle e controle compartilhado em médias empresas que são originadas em uma extensa rede de contatos locais e internacionais. O Axxon Group iniciou suas atividades no Brasil em 2001, sendo originário de um time de private equity que está operando na região desde 1993 (com os fundos BISA e TCR, tendo investido US$150 milhões em uma dúzia de médias empresas). O fundo administrado pelo Axxon Group (Natexis Mercosul Fund, de US$100 milhões) começou a operar em 2001 com o grupo francês Natexis Banques Populaire (atualmente Natixis), sendo o principal investidor. US$ 150 milhões US$ 150 milhões empresas que procura: R$ 20 milhões US$ 5 milhões Início das atividades de PE/VC no Brasil: Dez/00 Endereço: R. Arizona, 1349, 5º andar, São Paulo (SP) Telefone: (11) / Fax: (11) Ralph D. Wehrle (Diretor Presidente) Paulo Bellotti (Diretor Executivo) Iranise Pedro (Gerente de Sustentabilidade) André Luis Vitti Mariano (Gerente de Investimentos) Gestores e Sócios-Gestores: 2 Profissionais de Apoio: 2 Axial Participações e Projetos (Holding), Dez/00, Brasil Setores de atuação: Agronegócios; Alimentos e Bebidas; Biotecnologia e Energia Dez/07: 5 Mar/08: 5 Jun/08: 5 Instituto Estrela (Serviços Financeiros); Mar e Terra (Alimentos e Bebidas); Naturalle Agro Mercantil (Agronegócios); Rio de Una S.A. (Alimentos, Bebidas e Fumo); Agricert (Agronegócios) Axxon Group Private Equit Início das atividades de PE/VC no Brasil: Mar/01 Endereço: Ladeira da Glória, 311, Rio de Janeiro (RJ) Telefone: (21) / Fax: (21) Nicolas Wollak (Sócio-fundador) José Augusto de Carvalho (Diretor), Paulo Mordehachvili (Diretor) Fábio Maranhão (Diretor), Maria Isabel Lacombe (Analista) Gestores e Sócios-Gestores: 5 Profissionais de Apoio: 1 Natexis Mercosul Fund (Limited Partnership): Abr/01, Brasil 2005: : : : 3 Dez/07: 2 Mar/08: 3 Jun/08: 4 Instalarme (Equipamentos de Segurança); Mills (Indústrias Diversas), Aspro (Energia); Guerra (Indústrias Diversas) Banco ABN AMRO Real S.A. Private Equit ; Mezanino 69

16 A área de private equity do Banco Real no Brasil existe há nove anos e conta com uma equipe de cinco profissionais. Em julho de 2006, foi lançado o InfraBrasil Fundo de Investimento em Participações e em dezembro de 2006 foi concluído o processo de captação do fundo. O objetivo do InfraBrasil é colaborar com o desenvolvimento da infraestrutura do país, através de investimentos em projetos nas áreas de logística (rodovias, ferrovias, portos, aeroportos), telecomunicações, distribuição e transporte de gás, saneamento e energia (distribuição, transmissão e geração) e outros setores de infra-estrutura, gerando retornos atraentes a riscos moderados para os investidores. O InfraBrasil tem como cotistas alguns dos maiores investidores institucionais do Brasil, como Funcef, Petros, Previ, Valia, BNDESPar, Banco do Brasil Banco de Investimentos e Banesprev, além do Banco ABN AMRO Real, e tem quase R$ 1 bilhão em capacidade de investimentos. no Brasil (Jun/08): US$ 566 milhões para o Brasil (Jun/08): US$ 566 milhões empresas que procura: US$ 20 milhões US$ 65 milhões Categoria: Ligada a instituição financeira Início das atividades de PE/VC no Brasil: Jul/99 Endereço: Av. Paulista, 1374, 9º andar, São Paulo (SP) Telefone: (11) / Fax: (11) Geoffrey Cleaver (Superintendente Executivo) Gustavo Peixoto (Gerente de Investimentos) Carlos José Teixeira Correa (Gerente de Investimentos) Fabio Massao (Analista) Equipe no Brasil (Jun/08): Gestores e Sócios-Gestores: 5 Profissionais de Apoio: 1 InfraBrasil FIP (CVM 391/406), Jul/06, Brasil Origem: Espanha Setores de atuação: Energia; Saneamento e Logística/Distribuição 2005: : : : 1 Dez/07: 3 Mar/08: 5 Jun/08: 5 Empresas do portfólio (Jun/08): Renova (Energia); Companhia Energética Rio da Prata (Energia); PST Energia Renovável (Energia); Enerbrás (Energia); Haztec (Indústrias Diversas) Banco Brascan S.A. Private Equit Fundo Brascan de Petróleo, Gás e Energia (FIP) tem um patrimônio comprometido de R$ 100 milhões e duração de 10 anos. O fundo tem por objetivo o investimento em projetos e/ou empresas que atuem na área de Petróleo, Gás e Energia, com foco nos seguintes itens: exploração e/ou produção de petróleo e gás; geração térmica à base de óleo e gás; geração de energia elétrica; refino e outras atividades relacionadas às refinarias; distribuição de derivados; negócios que aproveitem investimentos já realizados na exploração e/ou produção ou distribuição de petróleo & gás; gasodutos, oleodutos e polidutos; transmissão de energia elétrica. no Brasil (Jun/08): US$ 60 milhões para o Brasil (Jun/08): US$ 60 milhões empresas que procura: US$ 20 milhões Categoria: Ligada a instituição financeira Início das atividades de PE/VC no Brasil: Nov/02 Endereço: Av. Almirante Barroso, 52, 30º andar, Rio de Janeiro (RJ) Telefone: (21) / Fax: (21) Gerson Braune (Consultor do Fundo) Ricardo Mattei (Superintendente) Margarida Fraga (Superintendente) Raphael de Mattos Silva (Estagiário) Equipe no Brasil (Jun/08): Gestores e Sócios-Gestores: 4 Profissionais de Apoio: 5 Fundo Brascan de Petróleo, Gás e Energia - FIP (CVM 391), Nov/02, Brasil Setores de atuação: Energia 2005: : : : 0 Dez/07: 2 Mar/08: 2 Jun/08: 2 Empresas do portfólio (Jun/08): Jaguari Energética S.A. (Energia); Brasoil do Brasil Exploração Petrolífera S.A. (Energia) Banif Private Equity Private Equit O Grupo Banif ingressou no Brasil em 1999, através de sua controlada Banif SGPS, conglomerado financeiro com presença nos continentes europeu, americano e africano. O Grupo Banif vem replicando localmente, desde 2006, o modelo desenvolvido por seu braço de private equity em mercados internacionais, orientado à estruturação e organização de FIPs, com foco e atuação em setores onde a organização detém importante diferencial competitivo, em setores como: Meio Ambiente: FIP Caixa Ambiental e FIP Banif Bio Etanol, ambos em fase de captação; Governança Corporativa: FIP 70 GazetaInveste

17 Banif de Governança Corporativa, em fase de captação; Imobiliário: FIP Banif Real Estate II, em fase de captação; Infra-estrutura: em fase de estruturação interna. O Grupo Banif encontra-se comprometido com o segmento de private equity no Brasil pelas seguintes razões: perfil institucional do grupo, onde são destacados os investimentos de longo prazo em âmbito internacional; disponibilização de equipe exclusiva para os fundos; estratégia de investimentos do grupo em linha com as oportunidades de longo prazo verificadas no Brasil. US$ 602 milhões US$ 602 milhões empresas que procura: R$ 200 milhões R$ 800 milhões US$ 10 milhões US$ 120 milhões gestão ativa de investimentos em participações em empresas (private equity). Ocupa, atualmente, a 22ª colocação no ranking de gestores de fundos de investimentos divulgado pela Associação Nacional de Bancos de Investimentos (Anbid), em setembro de 2008, e a 3ª colocação no ranking de gestores de Fundos de Investimentos em Direitos Creditórios (FIDCs). Segundo números apurados em setembro de 2008, possui sob sua administração um patrimônio total de R$ 4,9 bilhões. empresas que procura: Categoria: Ligada a instituição financeira Origem: Portugal Início das atividades de PE/VC no Brasil: Dez/06 Início das atividades de PE/VC no Brasil: Dez/06 Endereço: Praia de Botafogo, 228, 702, Ala A, Rio de Janeiro (RJ) Telefone: (21) / Fax: (21) Marcos Rechtman (Diretor de Negócios) Joubert Castro Filho (Gerente de Private Equity) Equipe no Brasil (Jun/08): Gestores e Sócios-Gestores: 7 Profissionais de Apoio: 7 Fundo de Investimento em Participações Caixa Ambiental (CVM 391/406), Jan/07, Brasil; Fundo Brasil de Governança Corporativa (CVM 391/406), Mai/07, Brasil Empresas do portfólio (Jun/08): BCSul Verax Serviços Financeiros Fundada em 2003 com a proposta de fornecer gestão sofisticada de investimentos a investidores qualificados. Administra recursos financeiros de forma independente, focada em auxiliar seus clientes na diversificação dos investimentos nos melhores fundos disponíveis no mercado e ainda em outras modalidades de investimento. A Verax busca oportunidades de investimento adequadas às necessidades dos clientes e potenciais clientes. Especialista na gestão de investimentos, através de fundos de gestores avaliados por rigoroso processo de seleção, atua também nas áreas de finanças corporativas (corporate finance) e Endereço: Rua Funchal, 418, cj. 1702, São Paulo (SP) Telefone: (11) / Fax: (11) Thomas Hollnagel (Diretor de Novos Negócios) Gestores e Sócios-Gestores: 4 Profissionais de Apoio: 1 Em captação Setores de atuação: Empresas do portfólio (Jun/08): BDF Management Ltd. Private Equit O BDF Management administra o Bioenergy Development Fund, um fundo de private equity especializado em oportunidades de investimento na indústria de bioenergia. O principal objetivo do fundo é adquirir participações acionárias em companhias brasileiras de capital fechado ligadas ao setor sucroalcooleiro. US$ 100 milhões empresas que procura: R$ 600 milhões 71

18 US$ 40 milhões US$ 75 milhões Gestores e Sócios-Gestores: 22 Profissionais de Apoio: 32 (sede em Grand Cayman) Início das atividades de PE/VC no Brasil: Jan/06 BNDESPar (Investimento Direto): Mai-88, Brasil Endereço: Av. Faria Lima, 2.927, 9º andar, São Paulo (SP) Telefone: (11) / Fax: (11) Patrick Funaro (CEO) Gestores e Sócios-Gestores: 1 Profissionais de Apoio: 6 Bioenergy Development Fund (Limited Partnership), Jan/06, Regional (Am. Latina) Setores de atuação: Agronegócios BNDES Participações Venture Capital - Earl Stage; Private Equit A BNDESPar (BNDES Participações) é uma subsidiária integral do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social), criada com a função de possibilitar a subscrição de valores mobiliários no mercado de capitais brasileiro. O BNDES é uma empresa pública federal e tem como objetivo apoiar empreendimentos que contribuam para o desenvolvimento do Brasil. US$ 481,74 milhões US$ 481,74 milhões empresas que procura: R$ 6 milhões R$ 250 milhões US$ 3 milhões US$ 100 milhões Categoria: Organização do setor público Início das atividades de PE/VC no Brasil: Mai/88 Endereço: Av. República do Chile, 100, Rio de Janeiro (RJ) Telefone: (21) / Fax: (21) : : : : 6 Dez/07: 36 Mar/08: 38 Jun/08: 40 Águia Part. (Indústrias Diversas); Alfatest Ind. e Com. de Produtos Eletrônico (Informática e Eletrônica); Autel Telecomunicações (Telecomunicações); Bematech (Informática e Eletrônica); Bio Fill Produtos Biotecnológicos (Biotecnologia); Biomm (Indústrias Diversas); Bionnovation Produtos Biomédicos (Medicina e Estética); BRQ Soluções em Informática (Informática e Eletrônica); CBPAK Embalagens Eco-sustentáveis (Indústrias Diversas); CI&T Software (Informática e Eletrônica); Clamper Ind. e Com. (Informática e Eletrônica); Comtrafo Ind. de Transformadores Elétricos (Indústrias Diversas); Extratos Naturais do Brasil Ind. e Com. (Biotecnologia); Fóton Informática (Informática e Eletrônica); Genoa Biotecnologia (Biotecnologia); Gran Sapore Brasil (Alimentos, Bebidas e Fumo); Grano Alimentos (Alimentos, Bebidas e Fumo); Ibema Cia. Brasileira de Papel (Indústrias Diversas); Ind. de Alimentos Nilza (Alimentos, Bebidas e Fumo) Klick Net (Telecomunicações); Laticínios Bom Gosto (Alimentos, Bebidas e Fumo); Lifemed Ind. de Equip. e Art. Médicos e Hospitalares (Medicina e Estética); Lupatech (Indústrias Diversas); Mectron Engenharia, Ind. e Com. (Indústrias Diversas); MWI Sistemas de Comunicação (Telecomunicações); Nanocore Biotecnologia (Biotecnologia); Netuno Alimentos (Alimentos, Bebidas e Fumo); Nortec Química (Indústrias Diversas); Nutriplant Ind. e Com. (Agronegócios); Orbisat da Amazônia Ind. e Aerolevantamento (Informática e Eletrônica); Ouro Fino Part. e Empreendimentos (Biotecnologia); Quality Software (Informática e Eletrônica); Reivax Automação e Controle (Informática e Eletrônica); Relastomer Tecnologia e Part (Indústrias Diversas); Rooster Ind. de Equip. (Informática e Eletrônica); Senior Solution(Informática e Eletrônica); Setal Telecom (Telecomunicações); Taum Chemie Ind. e Com. de Produtos Químicos (Indústrias Diversas); Teikon Tecnologia Industrial (Informática e Eletrônica); Totvs (Informática e Eletrônica) BRZ Investimentos Private Equit ; PIPE A BRZ Investimentos é uma administradora de recursos brasileira independente com R$ 2,6 bilhões sob gestão em quatro áreas de negócios: multimercado, ações líquidas, crédito privado e investimentos de longo prazo. A BRZ é controlada pela GP Investiments, atuando de maneira independente. 72 GazetaInveste

19 US$ 448,2 milhões US$ 448,2 milhões empresas que procura: R$ 50 milhões R$ 150 milhões US$ 12 milhões US$ 54 milhões Início das atividades de PE/VC no Brasil: Nov/03 Endereço: Rua Leopoldo Couto de Magalhães Jr, 758 Conj. 52, São Paulo (SP) Telefone: (11) / Fax: (11) Nelson Rozental (Sócio-Diretor) Otávio Ottoni (Sócio) Ricardo Propheta (Sócio) Gestores e Sócios-Gestores: 5 Profissionais de Apoio: 4 Empreendedor Brasil FMIEE (CVM 209), Ago/07, Brasil Mag FIP (CVM 391), Jan/08, Brasil Logística Brasil FIP (CVM 391), Ago/06, Brasil 2005: : : : 3 Dez/07: 4 Mar/08: 7 4 Jun/08: 7 Santal (Agronegócios); Master Rental (Transporte); Poit Energia (Energia); Tesc (Transporte); Itapoá (Transporte); Magnesita (Indústrias Diversas); (Transporte) Buffalo Investimentos Private equity com foco em distress companies (empresas em recuperação judicial, mas com diferencial de marca ou market share) e LBOs (aquisições alavancadas de empresas altamente rentáveis). US$ 50 milhões US$ 50 milhões empresas que procura: Início das atividades de PE/VC no Brasil: Out/03 Endereço: R. Joaquim Floriano, 466, 13º andar, cj.1302, São Paulo (SP) Telefone: (11) / Fax: (11) Equipe no Brasil (Jun/08): Gestores e Sócios-Gestores: 6 Profissionais de Apoio: 35 SPC Off Shore (Limited Partnership): SPE Brasil (Limited Partnership): Setores de atuação: Dez/07: 8 Mar/08: 8 Jun/08: 8 Elice Indústria Comércio Ltda. (Indústrias Diversas); Maxiis Brasil Indústria e Comércio Ltda. (Indústrias Diversas); Babylandia (Indústrias Diversas); Vetorpel Embalagens Ltda. (Indústrias Diversas); Totalpack Indústria e Comércio Ltda. (Ind. Diversas); GAPbr - General Auto Parts do Brasil S.A. (Indústrias Diversas); Braincast Marketing Integrado (Comunicação/ Mídia); GAPcn - General Auto Parts China Corp. (Indústrias Diversas) Busato S.A. Participações Venture Capital - Startup/Seed; Venture Capital - Earl Stage; Private Equit Participações em outras empresas. Private equity e venture capital US$ 3,01 milhões US$ 3,01 milhões empresas que procura: R$ 1,2 milhão R$ 20 milhões US$ 0,1 milhão US$ 3 milhões Início das atividades de PE/VC no Brasil: Ago/99 Endereço: Av. Sete de Setembro, 5.011, cj. 901, Curitiba (PR) Telefone: (41) / Fax: (41) Contato: Marcelo Luiz Busato (Diretor Financeiro) Gestores e Sócios-Gestores: 1 Profissionais de Apoio: 2 73

20 Busato S.A. Participações (Holding), Ago/99, Brasil Setores de atuação: Agronegócios; Construção Civil/Imóveis; Educação e Serviços Financeiros Dez/07: 2 Mar/08: 2 Jun/08: 1 União de Ensino Vila Velha S.C (Educação) Cartica Capital Private Equit ; PIPE A Cartica Capital e uma gestora de investimentos focada nos mercados emergentes globais. A firma investe em equity em troca de participações minoritárias em empresas abertas ou fechadas (incluindo PIPEs) e utiliza uma estratégia de investimentos baseada na melhoria da governanca corporativa das empresas na sua carteira. US$ 400 milhões (em captação) empresas que procura: US$ 20 milhões US$ 100 milhões Início das atividades de PE/VC no Brasil: Nov/07 Origem: Estados Unidos Endereço: 1775 Eye Street, NW, Suite 800, Washington (DC), USA Telefone: +1 (202) / Fax: Carlos Botelho (Managing Director) Mike Lubrano (Managing Director) Gestores e Sócios-Gestores: 2 Profissionais de Apoio: 2 Cartica Capital (Limited Partnership); em captação, Emerging Markets CEF- Caixa Econômica Federal Private Equit ; Mezanino Asset de Banco Público de Direito Privado que inicia suas atividades em administração e gestão de PE/VC. empresas que procura: Categoria: Organização do setor público Início das atividades de PE/VC no Brasil: Jun/07 Endereço: Av. Paulista, 2300, 11 andar, São Paulo (SP) Telefone: (11) / Fax: (11) Roberto Carlos Madoglio (Gerente Nacional) Flávio Eduardo Arakakim (Gerente Operacional) Gestores e Sócios-Gestores: 3 Profissionais de Apoio: 7 Fundo de Investimento do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (Outra),, Brasil Setores de atuação: Energia; Saneamento; Transporte; Logística/Distribuição Centerless Competence Network - CCN Venture Capital - Earl Stage - Private Equit Organização especializada em duas áreas: investimentos na área de Mobilidade e Infra-Estrutura; empresa de gestão de turnaround com investimentos próprios e/ou em parcerias com outros fundos de VC. US$ 25 milhões US$ 25 milhões 74 GazetaInveste

REDETEC. Marcio Spata rea de Mercado de Capitais. Analista Área. Rio de Janeiro - Novembro/2007

REDETEC. Marcio Spata rea de Mercado de Capitais. Analista Área. Rio de Janeiro - Novembro/2007 REDETEC Analista Área Marcio Spata rea de Mercado de Capitais Rio de Janeiro - Novembro/2007 BNDES em NúmerosN Evolução dos Desembolsos (R$ bilhões) 47 52,3 37 35 40 31,2 18 19 18 23 25 7 10 1995 1997

Leia mais

SEMINÁRIO DE NEGÓCIOS NOS TRILHOS ENCONTREM 2006. Investimentos em Participações de Longo Prazo para Investidores Institucionais

SEMINÁRIO DE NEGÓCIOS NOS TRILHOS ENCONTREM 2006. Investimentos em Participações de Longo Prazo para Investidores Institucionais SEMINÁRIO DE NEGÓCIOS NOS TRILHOS ENCONTREM 2006 Investimentos em Participações de Longo Prazo para Investidores Institucionais Carlos Alberto Rosa Coordenador de Participações 07/11/2006 FUNCEF Visão

Leia mais

O apoio do BNDES à Inovação por meio do Capital de Risco

O apoio do BNDES à Inovação por meio do Capital de Risco O apoio do BNDES à Inovação por meio do Capital de Risco CNI-MEI São Paulo, 19 de outubro de 2015 Agenda Atuação da BNDESPAR em Capital de Risco Participações diretas Participações por meio de Fundos de

Leia mais

O Brasil Plural é um Grupo Financeiro fundado em 2009 que possui escritórios no Rio de Janeiro, São Paulo e Nova York. Nossos sócios possuem um amplo

O Brasil Plural é um Grupo Financeiro fundado em 2009 que possui escritórios no Rio de Janeiro, São Paulo e Nova York. Nossos sócios possuem um amplo O Brasil Plural é um Grupo Financeiro fundado em 2009 que possui escritórios no Rio de Janeiro, São Paulo e Nova York. Nossos sócios possuem um amplo histórico de sucesso no mercado de capitais brasileiro

Leia mais

Oportunidades do Private Equity no Brasil

Oportunidades do Private Equity no Brasil Oportunidades do Private Equity no Brasil Leonardo L. Ribeiro Swisscam 4 de agosto de 2010 Confidencial Agenda Tópicos 1. O que é Private Equity? 2. Mercado brasileiro 3. Transações recentes 4. Caso 5.

Leia mais

Start Up. Relatório: Startups

Start Up. Relatório: Startups Start Up Introdução O conceito de inovação é amplamente utilizado no setor de tecnologia para aperfeiçoar a gestão de negócios, gerar maior rentabilidade em projetos e dinamizar os recursos existentes

Leia mais

ões A A Visão dos Fundos de Investimento (PE/VC) Belo Horizonte, 12 maio 2010.

ões A A Visão dos Fundos de Investimento (PE/VC) Belo Horizonte, 12 maio 2010. Seminário IBRADEMP MG sobre Fusões e Aquisições ões A A Visão dos Fundos de Investimento (PE/VC) Belo Horizonte, 12 maio 2010. Histórico 1988 1989 1990 1991 1992 1993 1994 1995 1996 1997 1998 1999 2000

Leia mais

Apresentação Institucional

Apresentação Institucional Apresentação Institucional Av. Paulista -SP Eco s Natureza Clube- SP UP Residence Macaé (RJ) Porto Pinheiros- SP Terraço Empresarial Jd Sul - SP Set Cabral -Curitiba Connect Campos de Goytacazes(RJ) In

Leia mais

Fundo Criatec II. Press Release. 1 O Projeto CRIATEC do BNDES. 2 O Fundo CRIATEC I. 3 O Fundo Criatec II. Rio de Janeiro, 14 de novembro de 2013

Fundo Criatec II. Press Release. 1 O Projeto CRIATEC do BNDES. 2 O Fundo CRIATEC I. 3 O Fundo Criatec II. Rio de Janeiro, 14 de novembro de 2013 1 O Projeto CRIATEC do BNDES Fundo Criatec II Press Release Rio de Janeiro, 14 de novembro de 2013 Em Dezembro de 2006, a Diretoria do BNDES aprovou a criação do Programa CRIATEC, focado no apoio às empresas

Leia mais

BNDES Fomento ao Empreendedorismo e à Inovação em Renda Variável. 21 de fevereiro de 2014

BNDES Fomento ao Empreendedorismo e à Inovação em Renda Variável. 21 de fevereiro de 2014 BNDES Fomento ao Empreendedorismo e à Inovação em Renda Variável 21 de fevereiro de 2014 Em seus 60 anos, o BNDES expandiu sua atuação e tem voltado sua atenção para novos desafios 6ª maior indústria automotiva

Leia mais

Desenvolvendo a Governança Corporativa. Eduardo Rath Fingerl Diretor

Desenvolvendo a Governança Corporativa. Eduardo Rath Fingerl Diretor Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social BNDES Área de Mercado de Capitais BNDES Desenvolvendo a Governança Corporativa Eduardo Rath Fingerl Diretor 02/06/2006 www.bndes.gov.br 1 de 23 Atuação

Leia mais

Disclaimer. Advertências

Disclaimer. Advertências Disclaimer Advertências O investimento em ativos financeiros envolve riscos sobre os quais o investidor deve buscar informar-se lendo a documentação obrigatória referente a cada ativo. Fundos de investimento

Leia mais

consultoria empresarial (Re)Estruturação Processos Finanças Estratégia

consultoria empresarial (Re)Estruturação Processos Finanças Estratégia consultoria empresarial (Re)Estruturação Processos Finanças Estratégia Quem Somos Constituída em 2006, no Rio Grande do Sul, a RM2 Consultoria atua em projetos nacionais e internacionais. Analisamos processos,

Leia mais

BNDESPAR INGRESSA NO CAPITAL SOCIAL DA RENOVA ENERGIA

BNDESPAR INGRESSA NO CAPITAL SOCIAL DA RENOVA ENERGIA BNDESPAR INGRESSA NO CAPITAL SOCIAL DA RENOVA ENERGIA Por meio de um investimento estratégico de até R$314,7 milhões, a BNDESPAR ingressa no capital social da Renova Energia. Parceria de Longo Prazo A

Leia mais

EDITAL DA PRIMEIRA CHAMADA MULTISSETORIAL PARA A SELEÇÃO DE FUNDOS DE INVESTIMENTO

EDITAL DA PRIMEIRA CHAMADA MULTISSETORIAL PARA A SELEÇÃO DE FUNDOS DE INVESTIMENTO EDITAL DA PRIMEIRA CHAMADA MULTISSETORIAL PARA A SELEÇÃO DE FUNDOS DE INVESTIMENTO 1. OBJETIVO A BNDES PARTICIPAÇÕES S.A. BNDESPAR, sociedade por ações constituída como subsidiária integral do BANCO NACIONAL

Leia mais

EM PAUTA O QUE É PRECISO FAZER PARA VIABILIZAR O ACESSO DE PEQUENAS & MÉDIAS EMPRESAS AO MERCADO DE CAPITAIS NO BRASIL?

EM PAUTA O QUE É PRECISO FAZER PARA VIABILIZAR O ACESSO DE PEQUENAS & MÉDIAS EMPRESAS AO MERCADO DE CAPITAIS NO BRASIL? O QUE É PRECISO FAZER PARA VIABILIZAR O ACESSO DE PEQUENAS & MÉDIAS EMPRESAS AO MERCADO DE CAPITAIS NO BRASIL? 8 REVISTA RI Setembro 2013 É o mercado de capitais brasileiro que precisa das pequenas e médias

Leia mais

Fusões e Aquisições. Fusões e aquisições movimentam R$ 43 bi no primeiro semestre. Destaque. Fusões e Aquisições

Fusões e Aquisições. Fusões e aquisições movimentam R$ 43 bi no primeiro semestre. Destaque. Fusões e Aquisições Fusões e Boletim Ano VIII Nº 9 Primeiro Semestre de 03 Fusões e aquisições movimentam R$ 3 bi no primeiro semestre Fusões e Anúncios Fusões,, OPAs e Reest. Societárias R$ bilhões N o º Semestre/ 3 3,0

Leia mais

Introdução ao Investimento-Anjo

Introdução ao Investimento-Anjo Introdução ao Investimento-Anjo (preliminar) Investidor-Anjo no Brasil Cabeça de Bacalhau? Investidor-Anjo no Brasil O que é Investimento-Anjo? Investimento-anjo é a categoria que designa o investimento

Leia mais

Conferência de Investimento Alternativo: FIDC, FII E FIP. São Paulo, 11 de dezembro de 2012. Hotel Caesar Park. Patrocínio

Conferência de Investimento Alternativo: FIDC, FII E FIP. São Paulo, 11 de dezembro de 2012. Hotel Caesar Park. Patrocínio Conferência de Investimento Alternativo: FIDC, FII E FIP São Paulo, 11 de dezembro de 2012 Hotel Caesar Park Patrocínio Estratégia FUNCEF Investimentos Estruturados Diversificação de carteira de Fundos

Leia mais

Recursos Próprios. Amigos e Familiares

Recursos Próprios. Amigos e Familiares Recursos Próprios Chamado de booststrapping, geralmente é a primeira fonte de capital utilizada pelos empreendedores. São recursos sem custos financeiros. O empreendedor tem total autonomia na tomada de

Leia mais

Consultoria de estratégia empresarial e finanças corporativas

Consultoria de estratégia empresarial e finanças corporativas 1. Institucional Consultoria de estratégia empresarial e finanças corporativas Somos uma consultoria de estratégia empresarial e finanças corporativas, com soluções para decisões operacionais, societárias

Leia mais

PDG Realty aumenta para 50% sua participação na CHL

PDG Realty aumenta para 50% sua participação na CHL PDG Realty aumenta para 50% sua participação na CHL Relações com Investidores: Michel Wurman Diretor de Relações com Investidores João Mallet Gerente de Relações com Investidores Telefone: (21) 3804 3800

Leia mais

Pesquisa de Private Equity na América Latina

Pesquisa de Private Equity na América Latina Pesquisa de Private Equity na América Latina 1 UMA PERSPECTIVA ÚNICA SOBRE OS DESAFIOS E OPORTUNIDADES QUE ENCONTRAM OS INVESTIDORES EM PRIVATE EQUITY NA AMÉRICA LATINA Coller Capital/LAVCA Pesquisa de

Leia mais

EM PAUTA PRIVATE EQUITY & VENTURE CAPITAL OPORTUNIDADES EM MEIO À CRISE NO BRASIL

EM PAUTA PRIVATE EQUITY & VENTURE CAPITAL OPORTUNIDADES EM MEIO À CRISE NO BRASIL EM PAUTA PRIVATE EQUITY & VENTURE CAPITAL OPORTUNIDADES EM MEIO À CRISE NO BRASIL 14 REVISTA RI Abril 2015 É sabido que 2015 vai ser um ano difícil diante de uma economia com perspectiva de recessão. No

Leia mais

ENCONTRO ANUAL DO PAEX

ENCONTRO ANUAL DO PAEX ENCONTRO ANUAL DO PAEX Sustentabilidade Financeira para a Competitividade Prof. Haroldo Mota 2007 O CONFORTO DE CURTO PRAZO Empresa Acomodada Ano 1 Ano 2 Ano 3 Ano 4 EBITDA 940 890 820 800 ( ) Var. NCG

Leia mais

Reunião APIMEC 2013. São Paulo, 19 de dezembro de 2013

Reunião APIMEC 2013. São Paulo, 19 de dezembro de 2013 Reunião São Paulo, 19 de dezembro de Importante O presente material tem caráter somente informacional. Não constitui uma oferta ou solicitação de investimento em qualquer fundo aqui mencionado ou quaisquer

Leia mais

Cenário. Ibovespa 60.000 50.000 40.000 30.000 20.000 10.000. set-02. set-06. set-04. set-05. set-03. jan-02. jan-04. jan-03. jan-05. jan-06.

Cenário. Ibovespa 60.000 50.000 40.000 30.000 20.000 10.000. set-02. set-06. set-04. set-05. set-03. jan-02. jan-04. jan-03. jan-05. jan-06. Data Base: jun/07 Cenário O Brasil está começando a firmar-se como economia estável e previsível. A queda dos juros vem diminuindo o atrativo dos investimentos em títulos do Governo. Quanto mais credibilidade

Leia mais

Consolidação de Dados da Indústria de Private Equity e Venture Capital no Brasil

Consolidação de Dados da Indústria de Private Equity e Venture Capital no Brasil Consolidação de Dados da Indústria de Private Equity e Venture Capital no Brasil 2011 2012 201 kpmg.com/br www.abvcap.com.br Consolidação de Dados da Indústria de Private Equity e Venture Capital no Brasil

Leia mais

Apresentação da Companhia. Setembro de 2010

Apresentação da Companhia. Setembro de 2010 Apresentação da Companhia Setembro de 2010 Comprovada capacidade de execução Visão geral da Inpar Empreendimentos por segmento (1) Modelo de negócios integrado (incorporação, construção e venda) Comercial

Leia mais

Apresentação Institucional

Apresentação Institucional Apresentação Institucional O GRUPO O Grupo MultinvestCapital é formado pelas seguintes empresas MultinvestCapital Administradora de Recursos, MultinvestCapital Agentes Autônomos de Investimentos e MultinvestCapital

Leia mais

Março de 2012. Destaques dos Investimentos Brasileiros no Exterior. Destaques dos Investimentos Estrangeiros Diretos no Brasil

Março de 2012. Destaques dos Investimentos Brasileiros no Exterior. Destaques dos Investimentos Estrangeiros Diretos no Brasil Março de 2012 Destaques dos Investimentos Brasileiros no Exterior Retorno do Investimento Brasileiro Direto Líquido se acentua no ano: Os dados apurados no mês de março, de US$ 5,0 bilhões, acentuaram

Leia mais

2ª Conferência de Investimentos Alternativos: FIDC, FII E FIP

2ª Conferência de Investimentos Alternativos: FIDC, FII E FIP 2ª Conferência de Investimentos Alternativos: FIDC, FII E FIP São Paulo, 21 de Agosto de 2013 Hotel Caesar Park Patrocínio Investimentos Alternativos 10 de Junho de 2.010 2ª. Conferência de Investimentos

Leia mais

Apresentação Institucional

Apresentação Institucional Apresentação Institucional O GRUPO O Grupo MultinvestCapital é formado pelas seguintes empresas MultinvestCapital Administradora de Recursos, MultinvestCapital Agentes Autônomos de Investimentos e MultinvestCapital

Leia mais

Em 2014, IED registra queda de 2,3%

Em 2014, IED registra queda de 2,3% São Paulo, 04 de fevereiro de 2015. Dezembro de 2014 Em 2014, IED registra queda de 2,3% O total de investimentos estrangeiros diretos (IED) que ingressou no Brasil em 2014 foi de US$ 62,5 bilhões, uma

Leia mais

Apresentação Institucional

Apresentação Institucional Apresentação Institucional O GRUPO O Grupo MultinvestCapital está inserido no mercado financeiro e de capitais que, ao longo das últimas décadas, vem evoluindo e aprimorando os padrões e procedimentos

Leia mais

BTG Pactual. Administração de Fundos Agosto 2012. Para informações adicionais, favor observar a página ao final desta apresentação.

BTG Pactual. Administração de Fundos Agosto 2012. Para informações adicionais, favor observar a página ao final desta apresentação. BTG Pactual Administração de Fundos Agosto 2012 Para informações adicionais, favor observar a página ao final desta apresentação. Histórico do BTG Pactual 2012 Aquisição da Celfin Capital no Chile 1983-86

Leia mais

2005 Corretora em Nova York. Diversificação do portfólio. 2007 Expansão em Investment Bank, Consignado e Cartões. Estrutura acionária 3

2005 Corretora em Nova York. Diversificação do portfólio. 2007 Expansão em Investment Bank, Consignado e Cartões. Estrutura acionária 3 VISÃO GERAL - 2T5 Histórico 99 Início das operações como banco múltiplo 2002 Agência em Nassau 2005 Corretora em Nova York 2009 Início da parceria estratégica com o Banco do Brasil 205 BV Promotora (Consignado

Leia mais

Infraestrutura no Brasil

Infraestrutura no Brasil www.pwc.com.br Infraestrutura no Brasil Como agregar valor e gerenciar a complexidade de ativos de capital, programas ou portfólios de médio a grande porte (greenfield ou brownfield). O contexto de infraestrutura

Leia mais

Governança Corporativa Profa. Patricia Maria Bortolon

Governança Corporativa Profa. Patricia Maria Bortolon Governança Corporativa Investidores Institucionais e Governança Corporativa Aula 11 Participação Acionária de Investidores Institucionais No Reino Unido: Tipo de Investidor 1963 % 2006 % Indivíduos 54

Leia mais

A GP no mercado imobiliário

A GP no mercado imobiliário A GP no mercado imobiliário A experiência singular acumulada pela GP Investments em diferentes segmentos do setor imobiliário confere importante diferencial competitivo para a Companhia capturar novas

Leia mais

FINANCIADORA DE ESTUDOS E PROJETOS - FINEP INCUBADORA DE FUNDOS INOVAR 10ª CHAMADA DE FUNDOS

FINANCIADORA DE ESTUDOS E PROJETOS - FINEP INCUBADORA DE FUNDOS INOVAR 10ª CHAMADA DE FUNDOS FINANCIADORA DE ESTUDOS E PROJETOS - FINEP INCUBADORA DE FUNDOS INOVAR 10ª CHAMADA DE FUNDOS 1. OBJETO A Financiadora de Estudos e Projetos, na qualidade de Secretaria Executiva da Incubadora de Fundos

Leia mais

Governança corporativa: vida real Governança corporativa em empresa de capital aberto (Bovespa Mais) Julho de 2015

Governança corporativa: vida real Governança corporativa em empresa de capital aberto (Bovespa Mais) Julho de 2015 Governança corporativa: vida real Governança corporativa em empresa de capital aberto (Bovespa Mais) Julho de 2015 Introdução A Senior Solution é a principal fornecedora de softwares aplicativos para o

Leia mais

Volume de IED acumulado no ano é de US$ 32,7 bi

Volume de IED acumulado no ano é de US$ 32,7 bi São Paulo, 31 de agosto de 2015 JULHO DE 2015 Volume de IED acumulado no ano é de US$ 32,7 bi Entre janeiro e julho de 2015, os fluxos de investimento estrangeiro direto (IED) no Brasil totalizaram US$

Leia mais

A TRINITY INVESTIMENTOS assessora investidores individuais, institucionais e corporativos na prospecção, identificação, qualificação e condução de

A TRINITY INVESTIMENTOS assessora investidores individuais, institucionais e corporativos na prospecção, identificação, qualificação e condução de FATO RELEVANTE Do ponto de vista da Teoria de Finanças, as oportunidades de investimento em PE/VC permitem que o mercado se torne mais completo, melhorando a relação risco/retorno, alterando a fronteira

Leia mais

Conteúdo. 1 Institucional 03. 2 Nossos Serviços 07. 3 Atuação 10. 4 Credenciais 14. 5 Equipe 22

Conteúdo. 1 Institucional 03. 2 Nossos Serviços 07. 3 Atuação 10. 4 Credenciais 14. 5 Equipe 22 Conteúdo 1 Institucional 03 2 Nossos Serviços 07 3 Atuação 10 4 Credenciais 14 5 Equipe 22 2 1. Institucional Institucional Somos uma consultoria com foco em finanças corporativas. Temos soluções às decisões

Leia mais

INOVAÇÃO TECNOLÓGICA E A ESTRATÉGIA DO SENAI PARA APOIAR A COMPETITIVIDADE DA INDÚSTRIA BRASILEIRA

INOVAÇÃO TECNOLÓGICA E A ESTRATÉGIA DO SENAI PARA APOIAR A COMPETITIVIDADE DA INDÚSTRIA BRASILEIRA INOVAÇÃO TECNOLÓGICA E A ESTRATÉGIA DO SENAI PARA APOIAR A COMPETITIVIDADE DA INDÚSTRIA BRASILEIRA Inovação é o que distingue um líder de um seguidor. Steven Paul Jobs Grandes ideias mudam o mundo. Missão

Leia mais

PDG Realty aumenta para 70% sua participação na Goldfarb

PDG Realty aumenta para 70% sua participação na Goldfarb PDG Realty aumenta para 70% sua participação na Goldfarb Relações com Investidores: Michel Wurman Diretor de Relações com Investidores João Mallet Gerente de Relações com Investidores Telefone: (21) 3504

Leia mais

PANORAMA DA INDÚSTRIA DE PE&VC E ASPECTOS OPERACIONAIS DOS FUNDOS DE INVESTIMENTO

PANORAMA DA INDÚSTRIA DE PE&VC E ASPECTOS OPERACIONAIS DOS FUNDOS DE INVESTIMENTO I Curso de Férias do Grupo de Estudos de Direito Empresarial - Direito UFMG PANORAMA DA INDÚSTRIA DE PE&VC E ASPECTOS OPERACIONAIS DOS Leandro Andrade Senior Associate da FIR Capital Partners Bacharel

Leia mais

APRESENTAÇÃO CORPORATIVA

APRESENTAÇÃO CORPORATIVA APRESENTAÇÃO CORPORATIVA Julho 2009 Apoio Corporativo Áreas de Atuação Companhias Abertas 65,5% Incorporação 5,8% Aço 28,4% Energia Geração & Distribuição 68 anos de operação; Liderança em diversos mercados;

Leia mais

Profissionais Portugueses no Brasil. Empresas Familiares

Profissionais Portugueses no Brasil. Empresas Familiares Profissionais Portugueses no Brasil Empresas Familiares Tópicos Abordados As Gerações e o Mercado de Trabalho Empresas Familiares no Brasil Cenário Brasileiro e Estatísticas de Emprego no Brasil Características

Leia mais

Apresentação Institucional

Apresentação Institucional Apresentação Institucional O GRUPO O Grupo MultinvestCapital é formado pelas seguintes empresas MultinvestCapital Administradora de Recursos, MultinvestCapital Agentes Autônomos de Investimentos e MultinvestCapital

Leia mais

PARCEIROS PARA A EXCELÊNCIA - PAEX

PARCEIROS PARA A EXCELÊNCIA - PAEX É difícil imaginar o jornal Estado de Minas fora do PAEX da FDC. Essa parceria encontra-se numa fase madura, já absorvemos os principais fundamentos do planejamento estratégico e suas ramificações. Nosso

Leia mais

Valor do portfólio da Temasek atinge recorde de R$ 250 bilhões

Valor do portfólio da Temasek atinge recorde de R$ 250 bilhões Comunicado à Imprensa Valor do portfólio da Temasek atinge recorde de R$ 250 bilhões - O portfólio apresentou um retorno total de 9% aos acionistas no período de 10 anos - Os investimentos realizados após

Leia mais

FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO COM FOCO EM TÍTULOS DE CRÉDITO IMOBILIÁRIO ESTRUTURADO REIT RIVIERA FII

FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO COM FOCO EM TÍTULOS DE CRÉDITO IMOBILIÁRIO ESTRUTURADO REIT RIVIERA FII FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO COM FOCO EM TÍTULOS DE CRÉDITO IMOBILIÁRIO ESTRUTURADO REIT RIVIERA FII Crédito lastreado em imóveis, alta rentabilidade e fluxo de caixa constante, com a solidez do concreto.

Leia mais

Apresentação Corporativa. Novembro de 2010

Apresentação Corporativa. Novembro de 2010 Apresentação Corporativa Novembro de 2010 Estácio: Breve Histórico Crescimento orgânico Consolidação para liderança nacional IPO Companhia listada Turn around e preparação para o crescimento futuro # de

Leia mais

4278866 - O ESTADO DE S. PAULO - NOTAS E INFORMAÇÕES - SÃO PAULO - SP - 16/04/2014 - Pág A3

4278866 - O ESTADO DE S. PAULO - NOTAS E INFORMAÇÕES - SÃO PAULO - SP - 16/04/2014 - Pág A3 Investimentos em queda 4278866 - O ESTADO DE S. PAULO - NOTAS E INFORMAÇÕES - SÃO PAULO - SP - 16/04/2014 - Pág A3 As mudanças de atitude do governo em relação ao novo Código de Mineração tornaram mais

Leia mais

EMPRESAS BRADESCO SEGUROS, PREVIDÊNCIA E CAPITALIZAÇÃO

EMPRESAS BRADESCO SEGUROS, PREVIDÊNCIA E CAPITALIZAÇÃO L2 0 0 6 R E L AT Ó R I O A N U A EMPRESAS BRADESCO SEGUROS, PREVIDÊNCIA E CAPITALIZAÇÃO Prêmio de Seguros Participação no Mercado (em %) Mercado 74,2% Fonte: Susep e ANS Base: Nov/2006 Bradesco 25,8%

Leia mais

Vinci Partners Apresentação

Vinci Partners Apresentação Vinci Partners Apresentação Gestora totalmente independente Fundada em 2009 por ex-profissionais seniores do UBS Pactual que ocuparam cargos relevantes nesta instituição; Equipe experiente e coesa Administrada

Leia mais

Acumulado de IED até setembro é de US$ 41,8 bi

Acumulado de IED até setembro é de US$ 41,8 bi São Paulo, 04 de novembro de 2015 SETEMBRO DE 2015 Acumulado de IED até setembro é de US$ 41,8 bi Ao final do terceiro trimestre de 2015, os fluxos de investimento estrangeiro direto (IED) no Brasil totalizaram

Leia mais

Entendendo o Venture Capital

Entendendo o Venture Capital Semana Global de Empreendedorismo - ANPROTEC 21 de novembro de 2008 São Paulo, SP Entendendo o Venture Capital André Saito Vice-coordenador acadêmico, GVcepe GVcepe Primeiro centro de estudos em PE/VC

Leia mais

Por uma nova etapa da cooperação econômica Brasil - Japão Câmara de Comércio e Indústria Japonesa do Brasil São Paulo, 11 de Julho de 2014

Por uma nova etapa da cooperação econômica Brasil - Japão Câmara de Comércio e Indústria Japonesa do Brasil São Paulo, 11 de Julho de 2014 1 Por uma nova etapa da cooperação econômica Brasil - Japão Câmara de Comércio e Indústria Japonesa do Brasil São Paulo, 11 de Julho de 2014 Brasil: Fundamentos Macroeconômicos (1) Reservas International

Leia mais

A Retomada dos Investimentos e o Mercado de Capitais Instituto IBMEC 18.08.2015

A Retomada dos Investimentos e o Mercado de Capitais Instituto IBMEC 18.08.2015 A Retomada dos Investimentos e o Mercado de Capitais Instituto IBMEC 18.08.2015 A RETOMADA DOS INVESTIMENTOS E O MERCADO DE CAPITAIS Sumário I. O MERCADO DE TÍTULOS DE DÍVIDA PRIVADA NO BRASIL II. A AGENDA

Leia mais

Incorporação de Business Angels e Venture Capital como accionista:

Incorporação de Business Angels e Venture Capital como accionista: Dossier de Imprensa Quem Somos Quem Somos Agile Content é uma empresa de tecnologia com soluções para gerenciamento de vídeo e Big Data Audience Management com modelo de Software (SaaS), nas quais permitem

Leia mais

Pé na tábua. De olho em empreendimentos com potencial de crescimento rápido e ideias inovadoras, aceleradoras ganham espaço no cenário nacional

Pé na tábua. De olho em empreendimentos com potencial de crescimento rápido e ideias inovadoras, aceleradoras ganham espaço no cenário nacional Shutterstock Pé na tábua De olho em empreendimentos com potencial de crescimento rápido e ideias inovadoras, aceleradoras ganham espaço no cenário nacional POR CAMILA AUGUSTO Já existem dezenas delas nos

Leia mais

PDG Realty aumenta para 70% sua participação na CHL e adquire opção para a compra de adicionais 30% atingindo 100%

PDG Realty aumenta para 70% sua participação na CHL e adquire opção para a compra de adicionais 30% atingindo 100% PDG Realty aumenta para 70% sua participação na CHL e adquire opção para a compra adicionais 30% atingindo 100% Relações com Investidores: Michel Wurman Diretor Vice-Presinte Financeiro e RI João Mallet,

Leia mais

Brasil. 1º Congresso de Engenheiros da Língua Portuguesa

Brasil. 1º Congresso de Engenheiros da Língua Portuguesa Brasil 1º Congresso de Engenheiros da Língua Portuguesa Maurício Muniz Secretário do Programa de Aceleração do Crescimento SEPAC Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão PAC PROGRAMA DE ACELERAÇÃO

Leia mais

Estruturação de Fundos de Private Equity e Venture Capital. Fundos Offshore, suas Operações e a Captação Internacional de Recursos

Estruturação de Fundos de Private Equity e Venture Capital. Fundos Offshore, suas Operações e a Captação Internacional de Recursos Estruturação de Fundos de Private Equity e Venture Capital Fundos Offshore, suas Operações e a Captação Internacional de Recursos 06 de novembro de 2012 SOBRE A LIONS Administradora de fundos independente,

Leia mais

Fusões e Aquisições. Coletiva de Imprensa 2011 15/02/2012. Classificação da Informação: Pública

Fusões e Aquisições. Coletiva de Imprensa 2011 15/02/2012. Classificação da Informação: Pública Fusões e Aquisições Coletiva de Imprensa 2011 15/02/2012 Principais Características da Metodologia de Fusões e Aquisições 2 Fusões e Aquisições Metodologia A partir de 2010, os critérios da metodologia

Leia mais

Apoio à Inovação. Junho de 2013

Apoio à Inovação. Junho de 2013 Apoio à Inovação Junho de 2013 Inovação: Conceito (...) implementação de um produto (bem ou serviço) novo ou significativamente aprimorado, ou um processo, ou um novo método de marketing, ou um novo método

Leia mais

Novo Mercado de Acesso no Brasil: Bovespa Mais e Bovespa Mais Nível 2

Novo Mercado de Acesso no Brasil: Bovespa Mais e Bovespa Mais Nível 2 Novo Mercado de Acesso no Brasil: Bovespa Mais e Bovespa Mais Nível 2 MERCADO jun/15 E O AMBIENTE PARA IPOS NO BRASIL Confidencial Restrita Confidencial Uso Interno X Público 1 HISTÓRICO DO MERCADO DE

Leia mais

ROTEIRO DE INFORMAÇÕES PARA SELEÇÃO E ENQUADRAMENTO DE FUNDOS DE INVESTIMENTO

ROTEIRO DE INFORMAÇÕES PARA SELEÇÃO E ENQUADRAMENTO DE FUNDOS DE INVESTIMENTO ROTEIRO DE INFORMAÇÕES PARA SELEÇÃO E ENQUADRAMENTO DE FUNDOS DE INVESTIMENTO A Procedimentos para Encaminhamento das Propostas As solicitações para a participação no processo seletivo de escolha do fundo

Leia mais

A popularização e expansão do mercado de capitais. Diretoria de Desenvolvimento e Fomento de Negócios Maio/2010

A popularização e expansão do mercado de capitais. Diretoria de Desenvolvimento e Fomento de Negócios Maio/2010 A popularização e expansão do mercado de capitais Diretoria de Desenvolvimento e Fomento de Negócios Maio/2010 POPULARIZAÇÃO Objetivos dos Programas de Popularização Divulgar os segmentos de atuação da

Leia mais

Estruturação de Fundos FIDCs e FIPs para empresas

Estruturação de Fundos FIDCs e FIPs para empresas Grupo Keyassociados Estruturação de Fundos FIDCs e FIPs para empresas Brasília 06/06/2013 Marco Antônio Fujihara Agenda 1. Overview da Indústria de Private Equity e Venture Capital 2. Mapa Global do Empreendedorismo

Leia mais

Sociedade Lusa de Negócios

Sociedade Lusa de Negócios Sociedade Lusa de Negócios Estrutura do Grupo: Estrutura Acionária: A SLN, holding do grupo, detém 100% do Grupo BPN. Os acionistas diretos e indiretos da SLN, os quais totalizam 500, não possuem participação

Leia mais

Mellon FAMA Private Equity I Fundo de Investimento em Quotas de Fundos de Investimento Multimercado

Mellon FAMA Private Equity I Fundo de Investimento em Quotas de Fundos de Investimento Multimercado Mellon FAMA Private Equity I Fundo de Investimento em Quotas de Fundos de Investimento Multimercado Março 2008 Private Equity A Oportunidade Diversificação Acessível ao Varejo O Mellon FAMA Private Equity

Leia mais

Programa Inovar Seed Forum e Forum de Anjos como Politica Pública de Promoção do Empreendedorismo Inovador

Programa Inovar Seed Forum e Forum de Anjos como Politica Pública de Promoção do Empreendedorismo Inovador Programa Inovar Seed Forum e Forum de Anjos como Politica Pública de Promoção do Empreendedorismo Inovador Rochester Gomes da Costa Chefe do Departamento de Empreendedorismo Inovador Area de Investimentos

Leia mais

Primeiro trimestre registra US$ 12,1 bi em IED*

Primeiro trimestre registra US$ 12,1 bi em IED* São Paulo, 29 de abril de 2015 Março de 2015 Primeiro trimestre registra US$ 12,1 bi em IED* No primeiro trimestre de 2015, os fluxos de investimento estrangeiro direto (IED) no Brasil registraram um total

Leia mais

Consolidação de Dados da Indústria de Private Equity e Venture Capital no Brasil

Consolidação de Dados da Indústria de Private Equity e Venture Capital no Brasil Consolidação de Dados da Indústria de Private Equity e Venture Capital no Brasil 2011/2012 kpmg.com/br www.abvcap.com.br 2 Consolidação de Dados da Indústria de Private Equity e Venture Capital no Brasil

Leia mais

CSHG Real Estate FII. O Fundo. Rentabilidade. Distribuição de Rendimentos CREDIT SUISSE HEDGING-GRIFFO

CSHG Real Estate FII. O Fundo. Rentabilidade. Distribuição de Rendimentos CREDIT SUISSE HEDGING-GRIFFO CREDIT SUISSE HEDGING-GRIFFO CSHG Real Estate FII Setembro 2012 O Fundo O CSHG Real Estate FII, 2º Fundo de Investimento Imobiliário constituído pela Credit Suisse Hedging Griffo, tem como objetivo auferir

Leia mais

PESQUISA de HONORÁRIOS e TENDÊNCIAS da CONSULTORIA no BRASIL 11ª edição- 2011 / 2012

PESQUISA de HONORÁRIOS e TENDÊNCIAS da CONSULTORIA no BRASIL 11ª edição- 2011 / 2012 Member of ICMCI International Council of Management Consulting Institutes PESQUISA de HONORÁRIOS e TENDÊNCIAS da CONSULTORIA no BRASIL 11ª edição 2011 / 2012 Av. Paulista, 326 Conj. 77 Bela Vista CEP 01310902

Leia mais

8 dicas para quem vai abrir uma gestora de fundos

8 dicas para quem vai abrir uma gestora de fundos 8 dicas para quem vai abrir uma gestora de fundos Neste guia, apresentaremos alguns itens que devem ser observados ao abrir uma gestora independente. Por que montar uma gestora independente? Existem várias

Leia mais

FINANCIADORA DE ESTUDOS E PROJETOS - FINEP INCUBADORA DE FUNDOS INOVAR 9ª CHAMADA DE FUNDOS

FINANCIADORA DE ESTUDOS E PROJETOS - FINEP INCUBADORA DE FUNDOS INOVAR 9ª CHAMADA DE FUNDOS FINANCIADORA DE ESTUDOS E PROJETOS - FINEP INCUBADORA DE FUNDOS INOVAR 9ª CHAMADA DE FUNDOS 1. OBJETO A Financiadora de Estudos e Projetos, na qualidade de Secretaria Executiva da Incubadora de s INOVAR,

Leia mais

Contax. Operação com Portugal Telecom e Dedic GPTI. Janeiro de 2011

Contax. Operação com Portugal Telecom e Dedic GPTI. Janeiro de 2011 Contax Operação com Portugal Telecom e Dedic GPTI Janeiro de 2011 SEÇÃO 1 Racional da Transação 2 A Líder no Mercado de Contact Center no Brasil A Contax Líder no mercado com ampla base de clientes Fundada

Leia mais

11. Empresas de base tecnológica

11. Empresas de base tecnológica 1 11. Empresas de base tecnológica 11.1 Fontes de captação de recursos das empresas Conforme já foi visto anteriormente, uma empresa S.A. aberta pode financiar seus projetos de investimentos com empréstimos

Leia mais

Apimec Florianópolis. Dezembro 2013

Apimec Florianópolis. Dezembro 2013 Apimec Florianópolis Dezembro 2013 Exoneração de Responsabilidades Esta apresentação não constitui uma oferta, convite ou pedido de qualquer forma, para a subscrição ou compra de ações ou qualquer outro

Leia mais

Infraestrutura. Mattos Filho, Veiga Filho, Marrey Jr. e Quiroga Advogados. Todos os direitos reservados.

Infraestrutura. Mattos Filho, Veiga Filho, Marrey Jr. e Quiroga Advogados. Todos os direitos reservados. Infraestrutura Mattos Filho, Veiga Filho, Marrey Jr. e Quiroga Advogados. Todos os direitos reservados. Nossos serviços Mattos Filho é o one-stop-shop em questões regulatórias e transacionais para investidores,

Leia mais

20 de dezembro de 2010. Perguntas e Respostas

20 de dezembro de 2010. Perguntas e Respostas Perguntas e Respostas Índice 1. Qual é a participação de mercado da ALL no mercado de contêineres? Quantos contêineres ela transporta por ano?... 4 2. Transportar por ferrovia não é mais barato do que

Leia mais

F r e i t a s L e i t e S o l u ç õ e s t ã o e x c l u s i v a s q u a n t o s e u s d e s a f i o s w w w. f r e i t a s l e i t e. c o m.

F r e i t a s L e i t e S o l u ç õ e s t ã o e x c l u s i v a s q u a n t o s e u s d e s a f i o s w w w. f r e i t a s l e i t e. c o m. F r e i t a s L e i t e S o l u ç õ e s t ã o e x c l u s i v a s q u a n t o s e u s d e s a f i o s w w w. f r e i t a s l e i t e. c o m. b r Fundado em 1997, FreitasLeite possui grande experiência

Leia mais

Bancos Públicos e Desenvolvimento

Bancos Públicos e Desenvolvimento Bancos Públicos e Desenvolvimento Ministro Guido Mantega junho 2009 Seminário Valor Econômico e CEF 1 IMPORTÂNCIA DOS BANCOS PÚBLICOS Crise financeira demostrou a bancos públicos. importância dos Economias

Leia mais

Apresentação institucional

Apresentação institucional Apresentação institucional 2010 Institucional Quem somos Nossos valores Áreas de atuação Equipe Parcerias Contato Quem somos Sociedade de advogados com foco de atendimento em direito empresarial, compreendendo

Leia mais

Av. Ataulfo de Paiva, 245-3º andar Leblon CEP: 22440-032 www.animaeducacao.com.br/ri Rio de Janeiro Tel.: +55 (21) 3550-1630. www.genuscapital.com.

Av. Ataulfo de Paiva, 245-3º andar Leblon CEP: 22440-032 www.animaeducacao.com.br/ri Rio de Janeiro Tel.: +55 (21) 3550-1630. www.genuscapital.com. Av. Ataulfo de Paiva, 245-3º andar Leblon CEP: 22440-032 Rio de Janeiro Tel.: +55 (21) 3550-1630 www.genuscapital.com.br A EMPRESA A Genus Capital Group é uma gestora independente centrada em produtos

Leia mais

WWW.WIPRO.COM A WIPRO NO BRASIL. Habilitando Os Clientes A Fazerem Negócios Melhor. DO BUSINESS BETTER

WWW.WIPRO.COM A WIPRO NO BRASIL. Habilitando Os Clientes A Fazerem Negócios Melhor. DO BUSINESS BETTER WWW.WIPRO.COM A WIPRO NO BRASIL Habilitando Os Clientes A Fazerem Negócios Melhor. DO BUSINESS BETTER A WIPRO NO BRASIL O Brasil esteve sob o foco da Wipro desde 2006, quando a companhia iniciou as suas

Leia mais

Democratizando o Investimento em startups

Democratizando o Investimento em startups Democratizando o Investimento em startups Queremos inspirar Inovação facilitando conexões e eliminando barreiras para que novas idéias possam mudar o mundo. Atuamos em rede com a primeira plataforma eletrônica

Leia mais

Apresentação Institucional

Apresentação Institucional Apresentação Institucional O Grupo O Grupo MultinvestCapital está inserido no mercado financeiro e de capitais que, ao longo das últimas décadas, vem evoluindo e aprimorando os padrões e procedimentos

Leia mais

SeminárioADI-2012. Inclusão financeira inovação para as MPE s

SeminárioADI-2012. Inclusão financeira inovação para as MPE s SeminárioADI-2012 Inclusão financeira inovação para as MPE s Guilherme Lacerda Diretor de Infraestrutura Social, Meio Ambiente, Agropecuária e Inclusão Social Barcelona Outubro 2012 1. Diagnóstico Não

Leia mais

ponto Frio Ponto Frio (GLOB3 e GLOB4) faz parte do Grupo Pão de Açúcar desde 2009. Saiba qual é o futuro da empresa e se suas ações podem se valorizar

ponto Frio Ponto Frio (GLOB3 e GLOB4) faz parte do Grupo Pão de Açúcar desde 2009. Saiba qual é o futuro da empresa e se suas ações podem se valorizar pág. 08 DOUGLAS DUEK COMO AS EMPRESAS PODEM CHEGAR À BOLSA? pág. 12 TRENDS O QUE PODE ATRAPALHAR A BOLSA EM 2011 A REVISTA DO INVESTIDOR NA BOLSA ANO 3 MAR 11 #36 R$ 12,00 9 771982 835003 0 3 0 3 6 EXEMPLAR

Leia mais

Financiamento para SUSTENTABILIDADE

Financiamento para SUSTENTABILIDADE Financiamento para SUSTENTABILIDADE POSICIONAMENTO DO SANTANDER Gerar RESULTADOS para o negócio e para todos, com práticas de gestão e soluções financeiras transformadoras que perenizem o meio ambiente

Leia mais

BANIF - SGPS S.A. ASSEMBLEIA GERAL DE 14 DE OUTUBRO DE 2011 Alínea b) do n.º 1 do Art.º 289.º do CÓDIGO DAS SOCIEDADES COMERCIAIS

BANIF - SGPS S.A. ASSEMBLEIA GERAL DE 14 DE OUTUBRO DE 2011 Alínea b) do n.º 1 do Art.º 289.º do CÓDIGO DAS SOCIEDADES COMERCIAIS BANIF - SGPS S.A. Sociedade Aberta Matriculada na Conservatória do Registo Comercial do Funchal Sede Social: Rua de João Tavira, 30 9004 509 Funchal Capital Social: 570.000.000 Euros * Número único de

Leia mais

Conforme instrução CVM nº 480/09 e Ofício Circular CVM nº 001/2010, a atualização do Formulário de Referência itens 12.6 e 12.8.

Conforme instrução CVM nº 480/09 e Ofício Circular CVM nº 001/2010, a atualização do Formulário de Referência itens 12.6 e 12.8. Conforme instrução CVM nº 480/09 e Ofício Circular CVM nº 001/2010, a atualização do Formulário de Referência itens 12.6 e 12.8. 12.6. Administradores e membros do conselho fiscal 12.7. Membros dos comitês

Leia mais

As diretrizes de consumo no Brasil

As diretrizes de consumo no Brasil As diretrizes de consumo no Brasil A visão do consumidor Luiz Goes A GS&MD Gouvêa de Souza Consultoria Empresarial Canais de distribuição / Centrais e redes de negócios/ Controladoria e finanças / Crédito

Leia mais