Tarifa Social de Energia Elétrica

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Tarifa Social de Energia Elétrica"

Transcrição

1 Tarifa Social de Energia Elétrica

2 O que é a TSEE Tarifa Social de Energia Elétrica, regulamentada pela Lei no , de 20 de janeiro de 2010 e pelo Decreto no 7.583, de 13 de outubro de Consiste na redução da tarifa de Energia Elétrica. Para clientes residenciais de baixa renda, o desconto é de até 65% Para indígenas e quilombolas, o desconto pode chegar a 100%. 2

3 Quem tem direito a TSEE Unidade consumidora classificada na Subclasse Residencial Baixa Renda NIS atualizado nos últimos 24 meses; Renda Per capita familiar menor ou igual a ½ salário mínimo; Código familiar aplicado somente em uma única unidade consumidora; O cadastro social deve estar vinculado a área de Concessão da Celpe: Pernambuco e Pedras de Fogo Estado da Paraíba. Família inscrita no Cadastro Único com renda mensal de até 3 (três) SM, que tenha portador de doença ou patologia cujo tratamento ou procedimento médico requeira o uso continuado de aparelhos, equipamentos ou instrumentos que, para o seu funcionamento, demandem consumo de energia elétrica:. NB Receba o BPC com espécie 87 (pessoa com deficiência); Receba o BPC com espécie 88 (pessoa idosa) O cadastro social deve estar vinculado a área de Concessão da Celpe: Pernambuco e Pedras de Fogo Estado da Paraíba. 3

4 Qual a economia obtida com TSEE? DESCONTOS DA TARIFA SOCIAL (Por faixa de consumo) RESIDENCIAL BAIXA RENDA ÍNDIOS E QUILOMBOLAS 0 a 30kWh 65% 0 a 50kWh 100% 31 a 100kWh 40% 51 a 100kWh 40% 101 a 220kWh 10% 101 a 220kWh 10% > 220 kwh 0% > 220 kwh 0% 4

5 Onde solicitar TSEE Após a concessão do benefício, (Carta de Concessão) o consumidor de posse da documentação deve procurar a Celpe através dos canais de relacionamento: Via internet (www.celpe.com.br), só para titular da fatura de energia elétrica; Lojas de Atendimento; Credenciado de atendimento - Celpe Serviços. 5

6 Documentação necessária para solicitar TSEE - NIS: Número de Identificação Social (Folha resumo ou Declaração da prefeitura (comprovando a inscrição no CadÚnico) com Nº do NIS ou Cartão Bolsa Família (ser for beneficiário do Programa); - CPF e Carteira de Identidade ou, na inexistência desta, outro documento de identificação oficial com foto; - Fatura de Energia Elétrica - NB: Número do Benefício (informando a espécie 87 ou 88); - CPF e Carteira de Identidade ou, na inexistência desta, outro documento de identificação oficial com foto; - Caso a família seja quilombola ou indígena, deve apresentar também o NIS e; - Fatura de Energia Elétrica - CPF e Carteira de Identidade ou, na inexistência desta, outro documento de identificação oficial com foto. Para os índios que não possuam esses documentos, será admitido apenas a apresentação do RANI (Registro Administrativo de Nascimento Indígena); - NIS: Número de Identificação Social (Folha resumo ou Declaração da prefeitura (comprovando a inscrição no CadÚnico) com Nº do NIS ou Cartão Bolsa Família (ser for beneficiário do Programa); - Fatura de Energia Elétrica. - CPF e Carteira de Identidade ou, na inexistência desta, outro documento de identificação oficial com foto; - NIS Número de Identificação Social; - Apresentar o relatório e atestado subscrito por profissional médico (homologado pela Secretaria Municipal de Saúde, nos casos em que o médico não atue no âmbito do sistema Único de Saúde SUS ou em estabelecimento particular conveniado), comprovando a necessidade do uso continuado de aparelhos, equipamentos ou instrumentos que, para o seu funcionamento, necessitem de energia elétrica; - Fatura de Energia Elétrica. 6

7 Visita Objetivo: Firmar parcerias, orientar parceiros interno e externo sobre critérios para Concessão do benefício da TSEE e estreitar o relacionamento. Outras ações: Envio de relatório de beneficiários da TSEE para os CRAS com previsão da perda do benefício em função da não atualização do cadastro; Envio de para os gestores do Cadastro Único com orientações sobre TSEE. 7

8 Ações Sociais Projetos Sociais e de Eficiência Energética; Inscrição no Projeto Nova Geladeira 80 unidades para cada Ação; Doação de Lâmpadas LED; Atendimento comercial na Agência Móvel; Negociação de Débitos com condições especiais; Cadastro na Tarifa Social de energia elétrica; 8

9 Parcerias Participação em eventos promovidos pelo poder público com a participação de: gestores municipais, lideranças, dentre outros profissionais dos diversos segmentos da sociedade. Formação de Agente Multiplicador capacitar profissionais que atuam com o público de baixa renda sobre a Tarifa Social de Energia Elétrica e os Canais de Relacionamento disponíveis do grupo Neoenergia (público: gestores municipais, assistente sociais, entrevistadores, etc...). 9

10 Possíveis Dúvidas É necessário ser o titular da Fatura de Energia Elétrica para ter o beneficio da TSEE? Não. O cliente deve dirigir-se uma Loja ou credenciado de atendimento Celpe Serviços com documentação do titular da Fatura de EE (CPF e RG) e do beneficiário do BPC o Nº do NB, CPF e RG (pode ser substituído por outro documento oficial com foto). Cliente sem Benefício da Prestação Continuada - BPC, Lei LOAS: Idosos e/ou deficientes protegidos pela Lei LOAS, que não tenha o BPC devem procurar as agências do INSS e, após obter o número do NB, dirigir-se a uma Agência ou credenciado de atendimento - Celpe Serviços ou pela internet (se for o titular da fatura de energia elétrica) e solicitar seu cadastro na Tarifa Social de Energia Elétrica (TSEE) e garantir seu benefício. Existe limite de prazo para realizar o cadastro na TSEE? Não existe limite de prazo. O consumidor pode se cadastrar a qualquer tempo para usufruir do benefício da Tarifa Social de Energia Elétrica, desde que atenda aos pré-requisitos exigidos pela ANEEL. Obs: Mesmo que o cliente tenha um consumo superior a 220 kwh/mês ele obterá os descontos até a faixa limite. 10

11 Ações na sociedade Leituristas realizam vistorias na tentativa de localizar focos do mosquito Sinalizações: * Fevereiro = * Março = (Parcial até 18/03/16) 910 leituristas

12 Dicas da CELPE para consumo consciente Substitua lâmpadas incandescentes por fluorescentes compactas ou por lâmpadas LED. Não seque roupas atrás da geladeira. Além de sobrecarregar o aparelho e correr risco de levar choque, aumenta o consumo de energia. Procure lavar o máximo de roupas possível de uma só vez. Junte a maior quantidade de roupas possível para passar todas de uma só vez. Não deixe a TV ligada sem necessidade. 12

13 Ana Cláudia de Oliveira Gestora - Unidade de Documentação e Cadastro Obrigada! Joseide Alves Analista Comercial - Unidade de Documentação e Cadastro

NORMA. Estabelecer diretrizes referente à concessão do benefício da tarifa social de energia elétrica.

NORMA. Estabelecer diretrizes referente à concessão do benefício da tarifa social de energia elétrica. 1. OBJETIVO Estabelecer diretrizes referente à concessão do benefício da tarifa social de energia elétrica. 2. ABRANGÊNCIA Esta norma se aplica ao Departamento de Atendimento ao Consumidor da Diretoria

Leia mais

Tarifa Social de Energia Elétrica Conheça as novas regras do Programa!

Tarifa Social de Energia Elétrica Conheça as novas regras do Programa! Tarifa Social de Energia Elétrica Conheça as novas regras do Programa! 1FOLDER_TARIFA_SOCIAL_alt.indd 1 30/11/12 18:25 O que é a Tarifa Social de Energia Elétrica? São descontos na conta de energia elétrica

Leia mais

Cliente Celpe. Seja bem-vindo. Orientações Importantes sobre a Energia Elétrica e o Uso Consciente

Cliente Celpe. Seja bem-vindo. Orientações Importantes sobre a Energia Elétrica e o Uso Consciente Cliente Celpe Seja bem-vindo. Orientações Importantes sobre a Energia Elétrica e o Uso Consciente LIGAÇÃO NOVA Ao construir ou adquirir um imóvel novo, é necessário solicitar que a Celpe faça a ligação

Leia mais

TARIFA SOCIAL. SE LIGA NA INFORMAÇÃO.

TARIFA SOCIAL. SE LIGA NA INFORMAÇÃO. TARIFA SOCIAL. SE LIGA NA INFORMAÇÃO. TARIFA SOCIAL. UM DIREITO DE QUEM USA O ESSENCIAL E NÃO PODE PAGAR PELO SUPÉRFLUO. O QUE É TARIFA SOCIAL DE ENERGIA ELÉTRICA É um desconto na conta de energia criado

Leia mais

AES ELETROPAULO. 2013 COMEÇA COM REDUÇÃO NA CONTA DE LUZ A REDUÇÃO DA TARIFA DE ENERGIA ELÉTRICA PARA AS RESIDÊNCIAS FOI DE 18,25%. (pág.

AES ELETROPAULO. 2013 COMEÇA COM REDUÇÃO NA CONTA DE LUZ A REDUÇÃO DA TARIFA DE ENERGIA ELÉTRICA PARA AS RESIDÊNCIAS FOI DE 18,25%. (pág. SÃO PAULO, FEVEREIRO DE 2013 AES ELETROPAULO N A C O M U N I D A D E Vamos comemorar juntos! Mais de 2 milhões de pessoas beneficiadas pelo Programa de Regularização de Ligações Elétricas nas comunidades

Leia mais

Cadastro Único: um cadastro, vários programas sociais.

Cadastro Único: um cadastro, vários programas sociais. Cadastro Único: um cadastro, vários programas sociais. Secretaria de Estado da Assistência e Desenvolvimento Social. O CADASTRO ÚNICO é a porta de entrada para os Programas Sociais do Governo Federal e

Leia mais

PROGRAMA MINHA CASA, MINHA VIDA PROGRAMA NACIONAL DE HABITAÇÃO URBANA

PROGRAMA MINHA CASA, MINHA VIDA PROGRAMA NACIONAL DE HABITAÇÃO URBANA PROGRAMA MINHA CASA, MINHA VIDA PROGRAMA NACIONAL DE HABITAÇÃO URBANA PROCEDIMENTOS OPERACIONAIS RELACIONADOS COM A IMPLANTAÇÃO DA INFRAESTRUTURA DAS REDES DE ENERGIA ELÉTRICA EMPREENDIMENTOS HABITACIONAIS

Leia mais

DIREITOS E DEVERES DO CONSUMIDOR DE ENERGIA ELÉTRICA. de Ética RESOLUÇÃO NORMATIVA Nº 414 NOVA EDIÇÃO

DIREITOS E DEVERES DO CONSUMIDOR DE ENERGIA ELÉTRICA. de Ética RESOLUÇÃO NORMATIVA Nº 414 NOVA EDIÇÃO DIREITOS E DEVERES DO CONSUMIDOR DE ENERGIA ELÉTRICA Código de Ética NOVA EDIÇÃO RESOLUÇÃO NORMATIVA Nº 414 CONDIÇÕES GERAIS DE FORNECIMENTO DE ENERGIA ELÉTRICA APRESENTAÇÃO A Agência Nacional de Energia

Leia mais

Q UESTIO NÁ RI O DE AVA LI AÇÃO Página 1 de 5

Q UESTIO NÁ RI O DE AVA LI AÇÃO Página 1 de 5 PREFEITURA MUNICIPAL DE MONTES CLAROS PROGRAMA SOCIOECONÔMICO DO MEIO PASSE ESTUDANTIL Q UESTIO NÁ RI O DE AVA LI AÇÃO Página 1 de 5 IDENTIFICAÇÃO: NIS: Nome: Apelido Data de Nascimento/Idade:_ RG CPF_

Leia mais

DIREITOS E DEVERES DO CONSUMIDOR DE ENERGIA ELÉTRICA. de Ética RESOLUÇÃO NORMATIVA Nº 414 CONDIÇÕES GERAIS FORNECIMENTO

DIREITOS E DEVERES DO CONSUMIDOR DE ENERGIA ELÉTRICA. de Ética RESOLUÇÃO NORMATIVA Nº 414 CONDIÇÕES GERAIS FORNECIMENTO DIREITOS E DEVERES DO CONSUMIDOR DE ENERGIA ELÉTRICA Código de Ética RESOLUÇÃO NORMATIVA Nº 414 CONDIÇÕES GERAIS DE FORNECIMENTO DE ENERGIA ELÉTRICA APRESENTAÇÃO A Agência Nacional de Energia Elétrica

Leia mais

REGULAMENTO DE BOLSA DE ESTUDO 2013

REGULAMENTO DE BOLSA DE ESTUDO 2013 REGULAMENTO DE BOLSA DE ESTUDO 2013 CAPÍTULO I - FINALIDADE Art. 1º. O Programa de Bolsa de Estudo Doação, instituído pela Fundação Dom Aguirre, Entidade Mantenedora do Colégio Dom Aguirre, tem como objetivo

Leia mais

A porta de entrada para você receber os benefícios dos programas sociais do Governo Federal.

A porta de entrada para você receber os benefícios dos programas sociais do Governo Federal. A porta de entrada para você receber os benefícios dos programas sociais do Governo Federal. Para que serve o Cadastro Único? O Cadastro Único foi criado para o governo saber melhor quem são e como vivem

Leia mais

Descadastramento do benefício da Tarifa Social de Energia Elétrica Mantenha seus dados atualizados e aproveite os descontos P. 5

Descadastramento do benefício da Tarifa Social de Energia Elétrica Mantenha seus dados atualizados e aproveite os descontos P. 5 Edição nº 03, novembro 2014 Descadastramento do benefício da Tarifa Social de Energia Elétrica Mantenha seus dados atualizados e aproveite os descontos P. 5 Reajuste da tarifa de energia Entenda como funciona

Leia mais

CARTA AO CIDADÃO. Página 0 de 44

CARTA AO CIDADÃO. Página 0 de 44 CARTA AO CIDADÃO Página 0 de 44 Apresentação A Carta de Serviços ao Cidadão da Eletrobras Distribuição Rondônia, elaborada em conformidade com o Decreto nº 6.932 de 11 de agosto de 2009, tem por finalidade,

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO NORTE DO PARANÁ Campus de Jacarezinho

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO NORTE DO PARANÁ Campus de Jacarezinho 1 UNIVERSIDADE ESTADUAL DO NORTE DO PARANÁ Campus de Jacarezinho AGNALDO BATISTA NUNES VOCÊ SABE CALCULAR A SUA CONTA DE LUZ? JACAREZINHO, PR 2008 2 AGNALDO BATISTA NUNES VOCÊ SABE CALCULAR A SUA CONTA

Leia mais

Programa Nacional de Gestão Pública e Desburocratização - GESPÚBLICA. Página 0 de 44

Programa Nacional de Gestão Pública e Desburocratização - GESPÚBLICA. Página 0 de 44 Programa Nacional de Gestão Pública e Desburocratização - GESPÚBLICA Página 0 de 44 CARTA AO CIDADÃO Apresentação A Carta de Serviços ao Cidadão da Eletrobras Distribuição Acre, elaborada em conformidade

Leia mais

EDITAL COPEPS Nº 25/2014

EDITAL COPEPS Nº 25/2014 EDITAL COPEPS Nº 25/2014 Retifica Edital COPEPS Nº 23/2014 que dispõe sobre a comprovação da condição de beneficiário das vagas reservadas, conforme as modalidades de concorrência, referente ao Processo

Leia mais

Análise Social para redução de mensalidade 2015

Análise Social para redução de mensalidade 2015 Análise Social para redução de mensalidade 2015 ORIENTAÇÕES GERAIS 1. Das disposições preliminares 1.1 As bolsas de estudo serão concedidas a alunos selecionados pela Comissão de Bolsas. 1.2 A seleção

Leia mais

EDITAL Residências Universitárias de PATOS

EDITAL Residências Universitárias de PATOS UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CENTRO DE SAÚDE E TECNOLOGIA RURAL RESIDÊNCIA UNIVERSITÁRIA DO SEMI-ÁRIDO NORDESTINO RUSAN CAMPUS DE PATOS EDITAL Residências Universitárias de PATOS A Diretoria

Leia mais

Manual de Consumo Consciente de Energia. Veja se você está aproveitando a energia com todo o conforto e segurança que ela traz.

Manual de Consumo Consciente de Energia. Veja se você está aproveitando a energia com todo o conforto e segurança que ela traz. Manual de Consumo Consciente de Energia. Veja se você está aproveitando a energia com todo o conforto e segurança que ela traz. Quando você utiliza energia de forma eficiente, todo mundo sai ganhando.

Leia mais

EDITAL Nº 019/2015 ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL 2015/2

EDITAL Nº 019/2015 ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL 2015/2 EDITAL Nº 019/2015 ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL 2015/2 Dispõe sobre os Auxílios Permanência pertencentes à Política de Assistência Estudantil do IF Goiano O DIRETOR EM IMPLANTAÇÃO DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO,

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DE PERNAMBUCO PRÓ-REITORIA DE GESTÃO ESTUDANTIL PROGEST PROGRAMA DE APOIO AO INGRESSANTE EDITAL 01/2015

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DE PERNAMBUCO PRÓ-REITORIA DE GESTÃO ESTUDANTIL PROGEST PROGRAMA DE APOIO AO INGRESSANTE EDITAL 01/2015 UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DE PERNAMBUCO PRÓ-REITORIA DE GESTÃO ESTUDANTIL PROGEST PROGRAMA DE APOIO AO INGRESSANTE EDITAL 01/2015 Seleção Pública de bolsistas do Programa de Apoio ao Ingressante PAI para

Leia mais

CARTA AO CIDADÃO. Página 1 de 42

CARTA AO CIDADÃO. Página 1 de 42 CARTA AO CIDADÃO Página 1 de 42 Apresentação A Carta de Serviços ao Cidadão da Eletrobras Distribuição Alagoas, elaborada em conformidade com o Decreto nº6.932 de 11 de agosto de 2009, tem por finalidade,

Leia mais

EDITAL ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL N. 001/2012

EDITAL ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL N. 001/2012 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA GOIANO CAMPUS RIO VERDE EDITAL ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL

Leia mais

de luz está mais transparente. Conheça as bandeiras tarifárias.

de luz está mais transparente. Conheça as bandeiras tarifárias. Agora, a sua conta de luz está mais transparente. Conheça as bandeiras tarifárias. Agora, em todo o país, as bandeiras tarifárias vêm impressas na conta de luz. E, para saber se o valor da sua conta irá

Leia mais

COMUNICADO PROAE PROGRAMA BOLSA PERMANÊNCIA PBP

COMUNICADO PROAE PROGRAMA BOLSA PERMANÊNCIA PBP COMUNICADO PROAE PROGRAMA BOLSA PERMANÊNCIA PBP Informamos que a PROAE constatou a existência, na Universidade Federal da Bahia, de mais 26 (vinte e seis) cursos com carga horária igual ou superior a 5

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DE PERNAMBUCO PRÓ-REITORIA DE GESTÃO ESTUDANTIL PROGEST PROGRAMA DE APOIO AO INGRESSANTE EDITAL 01/2015

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DE PERNAMBUCO PRÓ-REITORIA DE GESTÃO ESTUDANTIL PROGEST PROGRAMA DE APOIO AO INGRESSANTE EDITAL 01/2015 UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DE PERNAMBUCO PRÓ-REITORIA DE GESTÃO ESTUDANTIL PROGEST PROGRAMA DE APOIO AO INGRESSANTE EDITAL 01/2015 Seleção Pública de bolsistas do Programa de Apoio ao Ingressante PAI para

Leia mais

Anexo III - Requisição de Documentos

Anexo III - Requisição de Documentos Anexo III - Requisição de Documentos I - Identificação Documentos de identificação do candidato/aluno e dos membros de seu grupo familiar: 1. Documento de Identidade fornecida pelos órgãos de segurança

Leia mais

Prefeitura Municipal de Taubaté

Prefeitura Municipal de Taubaté EDITAL PARA CONCESSÃO DE BOLSAS DE ESTUDO SIMUBE 2015 CURSOS TÉCNICO-PROFISSIONALIZANTES DE NÍVEL MÉDIO O Conselho de Administração do Fundo Municipal de Bolsas de Estudo, com base na Lei Complementar

Leia mais

EDITAL QP Nº 01.2016 QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL

EDITAL QP Nº 01.2016 QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL EDITAL QP Nº 01.2016 O diretor da SIC-Escola Profissionalizante Santo Agostinho, Clovis Oliveira, no uso de suas atribuições regimentais e em consonância com a legislação em vigor, traz a público, e estabelece

Leia mais

Todas as informações sobre este Processo Seletivo constam neste Edital, portanto não serão fornecidas informações por telefone.

Todas as informações sobre este Processo Seletivo constam neste Edital, portanto não serão fornecidas informações por telefone. EDITAL Nº 004/2014 PROCESSO SELETIVO PARA CONCESSÃO DE BOLSAS DE ESTUDOS INTEGRAIS PARA OS CURSOS: DE AUXILIAR EM ENFERMAGEM - (MANHÃ E TARDE); TÉCNICO EM ENFERMAGEM (MANHÃ E NOITE); ESPECIALIZAÇÃO EM

Leia mais

COMUNICADO. Assunto: Bolsas de Estudos 2015

COMUNICADO. Assunto: Bolsas de Estudos 2015 COMUNICADO Assunto: Bolsas de Estudos 2015 O Colégio Franciscano Santa Clara informa os critérios para concorrer à bolsa de estudos 2015, aos candidatos que cumprirem com as seguintes condições: 1º Requisitos:

Leia mais

EDITAL Nº 065/2014, DE 18 DE DEZEMBRO DE 2014 SELEÇÃO IF FARROUPILHA 2015/1 Moradia Estudantil

EDITAL Nº 065/2014, DE 18 DE DEZEMBRO DE 2014 SELEÇÃO IF FARROUPILHA 2015/1 Moradia Estudantil EDITAL Nº 065/2014, DE 18 DE DEZEMBRO DE 2014 SELEÇÃO IF FARROUPILHA 2015/1 Moradia Estudantil O Câmpus São Vicente do Sul, no uso de suas atribuições, torna público o EDITAL DE SELEÇÃO PARA MORADIA ESTUDANTIL,

Leia mais

BPC - Benefício de Prestação Continuada

BPC - Benefício de Prestação Continuada BPC - Benefício de Prestação Continuada O que é a Renda Mensal Vitalícia - RMV? A Renda Mensal Vitalícia (RMV) foi criada por meio da Lei nº 6.179/74 como benefício previdenciário destinado às pessoas

Leia mais

DOCUMENTOS OBRIGATÓRIOS

DOCUMENTOS OBRIGATÓRIOS DOCUMENTOS OBRIGATÓRIOS Formulário cadastral contendo assinatura do estudante e foto 3x4 recente colada na parte indicada Cópia legível do documento de identificação oficial do estudante frente e verso

Leia mais

05) Um mesmo assinante poderá ter em casa o acesso normal do STFC e o AICE? - O assinante poderá ter somente um AICE e poderá ter outro plano.

05) Um mesmo assinante poderá ter em casa o acesso normal do STFC e o AICE? - O assinante poderá ter somente um AICE e poderá ter outro plano. 01) O que é AICE? Significa Acesso Individual Classe Especial. É um Plano básico e com regulamentação própria (Regulamentado pela Resolução Nº 586, da ANATEL, de 05 de abril de 2012). Modalidade de telefonia

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO PRÓ-REITORIA PARA ASSUNTOS ESTUDANTIS DIRETORIA DE AÇÕES INTEGRATIVAS NÚCLEO DE ACESSIBILIDADE DA UFPE

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO PRÓ-REITORIA PARA ASSUNTOS ESTUDANTIS DIRETORIA DE AÇÕES INTEGRATIVAS NÚCLEO DE ACESSIBILIDADE DA UFPE BOLSA MANUTENÇÃO INCLUIR 2015.1 A Pró-Reitoria para Assuntos Estudantis (PROAES) torna público que os estudantes dos cursos de graduação presencial da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), interessados

Leia mais

Conquistando Clientes. Comprovantes de Renda

Conquistando Clientes. Comprovantes de Renda Política de Crédito 03 Conquistando Clientes Documentação Necessária Comprovantes de Residência Comprovantes de Renda 06 09 11 25 Preenchimento das Propostas 02 Conquistando Clientes Para lhe auxiliar

Leia mais

PROCESSO SELETIVO PARA A POLÍTICA DE ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL - AUXILIO TRANSPORTE APROVADO PELA RESOLUÇÃO N.º 022/2011 DO CONSELHO SUPERIOR/IFMA

PROCESSO SELETIVO PARA A POLÍTICA DE ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL - AUXILIO TRANSPORTE APROVADO PELA RESOLUÇÃO N.º 022/2011 DO CONSELHO SUPERIOR/IFMA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO DEPARTAMENTO DE DESENVOLVIMENTO DO ENSINO CAMPUS ALCÂNTARA NÚCLEO DE ASSISTÊNCIA AO EDUCANDO PROCESSO SELETIVO PARA

Leia mais

Processo Seletivo de Assistência Estudantil - Campi Marco Zero e Santana 2015 Edital Nº 010/2015/PROEAC/UNIFAP, de 26 de Fevereiro de 2015

Processo Seletivo de Assistência Estudantil - Campi Marco Zero e Santana 2015 Edital Nº 010/2015/PROEAC/UNIFAP, de 26 de Fevereiro de 2015 Processo Seletivo de Assistência Estudantil - Campi Marco Zero e Santana 2015 Edital Nº 010/2015/PROEAC/UNIFAP, de 26 de Fevereiro de 2015 A Universidade Federal do Amapá - Unifap, através da Pró- Reitoria

Leia mais

A VIDA POR UM FIO Por que soltar pipa pode ser tão perigoso? Pag. 8

A VIDA POR UM FIO Por que soltar pipa pode ser tão perigoso? Pag. 8 Edição nº 02, Dezembro 2013 MITOS e VERDADES A VIDA POR UM FIO Por que soltar pipa pode ser tão perigoso? Pag. 8 Secar roupas atrás da geladeira estraga o aparelho? Veja dicas sobre economia e consumo

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAZON AS PRÓ-REITORIA PARA ASSUNTOS COMUNITARIOS DEPARTAMANTO DE APOIO AO ESTUDANTE PROGRAMA BOLSA TRABLHO EDITAL Nº 001/2013

UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAZON AS PRÓ-REITORIA PARA ASSUNTOS COMUNITARIOS DEPARTAMANTO DE APOIO AO ESTUDANTE PROGRAMA BOLSA TRABLHO EDITAL Nº 001/2013 UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAZON AS PRÓ-REITORIA PARA ASSUNTOS COMUNITARIOS DEPARTAMANTO DE APOIO AO ESTUDANTE PROGRAMA BOLSA TRABLHO EDITAL Nº 001/2013 A PRÓ-REITORA DE ASSUNTOS COMUNITÁRIOS DA UNIVERSIDADE

Leia mais

Encontro Regional do Congemas Região Nordeste. Cadastro Único

Encontro Regional do Congemas Região Nordeste. Cadastro Único Encontro Regional do Congemas Região Nordeste Cadastro Único Camaçari/BA, 31 de outubro de 2012 I. Sistema de Cadastro Único - Versão 7 II. Guardião V7 Sistema de Monitoramento da disponibilidade e performance

Leia mais

Aprovado pela Resolução nº. 022/2011 do Conselho Superior/IFMA EDITAL N 89 / 2014

Aprovado pela Resolução nº. 022/2011 do Conselho Superior/IFMA EDITAL N 89 / 2014 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO DIRETORIA DE DESENVOLVIMENTO AO ENSINO NÚCLEO DE ASSISTÊNCIA AO EDUCANDO SELEÇÃO PARA O PROJETO AUXÍLIO TRANPORTE/2014.2

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO DE BOLSAS INTEGRAIS DE ESTUDOS NA FACULDADE DO VALE DO JAGUARIBE.

EDITAL DE SELEÇÃO DE BOLSAS INTEGRAIS DE ESTUDOS NA FACULDADE DO VALE DO JAGUARIBE. EDITAL DE SELEÇÃO DE BOLSAS INTEGRAIS DE ESTUDOS NA FACULDADE DO VALE DO JAGUARIBE. Edital 01/2014/COMISA A Prefeitura Municipal de Aracati e a Secretaria Municipal de Educação de Aracati, por meio da

Leia mais

Manual de Formalização Cartão Consignado Público Área responsável: Gerência de Produtos Consignados

Manual de Formalização Cartão Consignado Público Área responsável: Gerência de Produtos Consignados Manual de Formalização Cartão Consignado Público Área responsável: Gerência de Produtos Consignados ÍNDICE 1. OBJETIVO... 3 2. DEFINIÇÕES... 3 2.1. Definições Gerais... 3 3. CARACTERÍSTICAS GERAIS... 3

Leia mais

PROCEDIMENTO PARA CADASTRAMENTO DE CLIENTES

PROCEDIMENTO PARA CADASTRAMENTO DE CLIENTES PROCEDIMENTO PARA CADASTRAMENTO DE CLIENTES Gestores: BNY MELLON ARX, JGP, BBM e POLLUX 1) PESSOA FÍSICA: 1.1) Ficha Cadastral: (i) Dados do Titular (1): preencher todos os campos. (ii) Informações Profissionais:

Leia mais

de Prestação Continuada da Assistência Social BPC, direito de cidadania, instituído pela Constituição Federal de 1988, garantido no âmbito da

de Prestação Continuada da Assistência Social BPC, direito de cidadania, instituído pela Constituição Federal de 1988, garantido no âmbito da C a r t i l h a APRESENTAÇÃO Esta cartilha tem por finalidade fornecer informações sobre o Benefício de Prestação Continuada da Assistência Social BPC, direito de cidadania, instituído pela Constituição

Leia mais

Curso de Extensão em Direito Previdenciário

Curso de Extensão em Direito Previdenciário Curso de Extensão em Direito Previdenciário Teoria Básica dos Benefícios Previdenciários Requisitos específicos g) Aposentadoria por idade Art. 48 da Lei 8.213/91: A aposentadoria por idade será devida

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO PIAUÍ UNIVERSIDADE ESTADUAL DO PIAUÍ-UESPI PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO, ASSUNTOS ESTUDANTIS E COMUNITÁRIOS PREX EDITAL Nº 001/2015

GOVERNO DO ESTADO DO PIAUÍ UNIVERSIDADE ESTADUAL DO PIAUÍ-UESPI PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO, ASSUNTOS ESTUDANTIS E COMUNITÁRIOS PREX EDITAL Nº 001/2015 EDITAL Nº 001/2015 A Universidade Estadual do Piauí - UESPI, através da Pró-Reitoria de Extensão, Assuntos Estudantis e Comunitários PREX, torna público o presente Edital que define o Processo de Seleção

Leia mais

BENEFICIOS ASSISTENCIAIS. Cartilha elaborada por: Centro Mineiro de Reabilitação Auditiva CEMEAR. Assistente social. Márcia Izabel Silva Mendes

BENEFICIOS ASSISTENCIAIS. Cartilha elaborada por: Centro Mineiro de Reabilitação Auditiva CEMEAR. Assistente social. Márcia Izabel Silva Mendes BENEFICIOS ASSISTENCIAIS Cartilha elaborada por: Centro Mineiro de Reabilitação Auditiva CEMEAR. Assistente social Márcia Izabel Silva Mendes Natália Fagundes de Freitas Moraes Benefício de Prestação Continuada

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DE PERNAMBUCO PRÓ-REITORIA DE GESTÃO ESTUDANTIL FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DE PERNAMBUCO PRÓ-REITORIA DE GESTÃO ESTUDANTIL FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DE PERNAMBUCO PRÓ-REITORIA DE GESTÃO ESTUDANTIL FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO PROGRAMA DE RESIDÊNCIA ESTUDANTIL Os programas de assistência estudantil da UFRPE

Leia mais

EDITAL 002/2014-SE. 1.2 O Edital de seleção e matrícula tem como objetivos específicos:

EDITAL 002/2014-SE. 1.2 O Edital de seleção e matrícula tem como objetivos específicos: EDITAL 002/2014-SE Dispõe sobre as diretrizes do processo de seleção e matrícula da Educação Infantil para o ano letivo de 2015, nas unidades escolares da Rede Municipal de Ensino de Joinville. O Secretário

Leia mais

EDITAL no. 02/2015. Referente a procedimentos para Renovação de Bolsa Filantrópica ou Bolsa Mantenedora 2º Semestre 2015.

EDITAL no. 02/2015. Referente a procedimentos para Renovação de Bolsa Filantrópica ou Bolsa Mantenedora 2º Semestre 2015. EDITAL no. 02/2015 Referente a procedimentos para Renovação de Bolsa Filantrópica ou Bolsa Mantenedora 2º Semestre 2015. A Faculdade Canção Nova, através da Diretora Geral e do Diretor Executivo, da Mantenedora,

Leia mais

EDITAL Nº. 001/2011 PROGRAMA DE ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL PAE DO IFSP CAMPUS SÃO CARLOS

EDITAL Nº. 001/2011 PROGRAMA DE ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL PAE DO IFSP CAMPUS SÃO CARLOS 1. ABERTURA EDITAL Nº. 001/2011 PROGRAMA DE ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL PAE DO IFSP CAMPUS SÃO CARLOS 1.1 O Diretor Geral do Campus São Carlos do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo,

Leia mais

Tutorial Parceria FAEL com Programa Educa Mais Brasil

Tutorial Parceria FAEL com Programa Educa Mais Brasil Tutorial Parceria FAEL com Programa Educa Mais Brasil Procedimentos de candidatos e parceiros FAEL 1 - Para se inscrever, o candidato deve acessar o site: www.educamaisbrasil.com.br, e selecionar o botão

Leia mais

EDITAL INSCRIÇÃO PARA O PROGRAMA MINHA CASA MINHA VIDA Nº 01 /SEMUP-DEPTº HABITAÇÃO/2013

EDITAL INSCRIÇÃO PARA O PROGRAMA MINHA CASA MINHA VIDA Nº 01 /SEMUP-DEPTº HABITAÇÃO/2013 EDITAL INSCRIÇÃO PARA O PROGRAMA MINHA CASA MINHA VIDA Nº 01 /SEMUP-DEPTº HABITAÇÃO/2013 A PREFEITURA MUNICIPAL DE ITAJUBÁ-MG torna público que realizará INSCRIÇÃO PARA PRÉ- SELEÇÃO DE FAMILIAS PARA O

Leia mais

1º EDITAL DE SELEÇÃO PARA INGRESSO NO PROGRAMA DEASSISTÊNCIA ESTUDANTIL DA UNIFEI / 2015 - Auxílio Permanência

1º EDITAL DE SELEÇÃO PARA INGRESSO NO PROGRAMA DEASSISTÊNCIA ESTUDANTIL DA UNIFEI / 2015 - Auxílio Permanência 1 1º EDITAL DE SELEÇÃO PARA INGRESSO NO PROGRAMA DEASSISTÊNCIA ESTUDANTIL DA UNIFEI / 2015 - Auxílio Permanência A Pró-Reitoria de Graduação (PRG) e a (DAE) tornam público o lançamento do presente edital

Leia mais

D O N D O M Ê N I C O

D O N D O M Ê N I C O FACULDADE DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIAS E LETRAS DON DOMÊNICO. REGULAMENTO PARA CONCESSÃO E RENOVAÇÃO DE BOLSAS 2014-1 Art. 1º - Fica instituído o Regulamento para concessão de bolsas de estudo aos alunos da Don

Leia mais

GUIA DO SEGURADO da Previdência Social

GUIA DO SEGURADO da Previdência Social CÂMARA DOS DEPUTADOS GUIA DO SEGURADO da Previdência Social Conheça os direitos do seu seguro social. ANTONIO BULHÕES Deputado Federal PRB/SP BRASÍLIA Abril/2009 GUIA DO SEGURADO da Previdência Social

Leia mais

PROVIMENTO Nº 031/2015 GR

PROVIMENTO Nº 031/2015 GR PROVIMENTO Nº 031/2015 GR O REITOR EM EXERCÍCIO DA UNIVERSIDADE REGIONAL DO CARIRI URCA, no uso das atribuições que lhe confere o Art. 15, inciso XIII do Estatuto desta Universidade, aprovado pelo Decreto

Leia mais

Tipo: Aquecimento Solar Nome do Projeto: Instalação de Aquecedor Solar no Lar Maria Luiza. Situação: Concluído - Aprovado oficio nº688/2014 SPE ANEEL

Tipo: Aquecimento Solar Nome do Projeto: Instalação de Aquecedor Solar no Lar Maria Luiza. Situação: Concluído - Aprovado oficio nº688/2014 SPE ANEEL Tipo: Aquecimento Solar Nome do Projeto: Instalação de Aquecedor Solar no Lar Maria Luiza. Situação: Concluído - Aprovado oficio nº688/2014 SPE ANEEL 1) Objetivos do projeto Instalação de um sistema de

Leia mais

Procedimento de distribuição de vagas em conformidade a Lei Nº 12.711/2012 segundo o Curso ofertado

Procedimento de distribuição de vagas em conformidade a Lei Nº 12.711/2012 segundo o Curso ofertado TOTAL DE VAGAS ANEXO I Distribuição das Vagas Reservadas pela Lei n 12.711/2012 e pelo Decreto n 7824 Observação: Procedimento de distribuição de vagas em conformidade a Lei Nº 12.711/2012 segundo o Curso

Leia mais

PROGRAMA DE COMPROMETIMENTO E GRATUIDADE PCG- 2015 EDITAL 002/2015-PCG/SESC/AC

PROGRAMA DE COMPROMETIMENTO E GRATUIDADE PCG- 2015 EDITAL 002/2015-PCG/SESC/AC PROGRAMA DE COMPROMETIMENTO E GRATUIDADE PCG- 2015 EDITAL 002/2015-PCG/SESC/AC A Diretora do Departamento Regional do Serviço Social do Comércio/SESC- Administração Regional no Estado do Acre, no uso de

Leia mais

PNAD 2011. Acesso à Internet e Posse de Telefone Móvel Celular para Uso Pessoal

PNAD 2011. Acesso à Internet e Posse de Telefone Móvel Celular para Uso Pessoal PNAD 2011 Acesso à Internet e Posse de Telefone Móvel Celular para Uso Pessoal Rio de Janeiro, 16/05/2013 1 Características Em 2011 foram visitados 146 mil domicílios e entrevistadas 359 mil pessoas. 2

Leia mais

PROGRAMA BOLSA PERMANÊNCIA (PBP) DO MINISTÉIO DA EDUCAÇÃO

PROGRAMA BOLSA PERMANÊNCIA (PBP) DO MINISTÉIO DA EDUCAÇÃO PRÓ-REITORIA DE ASSISTÊNCIA E PROMOÇÃO AO ESTUDANTE PROGRAMA BOLSA PERMANÊNCIA (PBP) DO MINISTÉIO DA EDUCAÇÃO (Instituído pela Portaria MEC n.º 389, de 9 de maio de 2013) MANUAL DE GESTÃO DO PBP NA UFPB

Leia mais

EDITAL Nº. 01/2015/SEMAST/CACOAL

EDITAL Nº. 01/2015/SEMAST/CACOAL EDITAL Nº. 01/2015/SEMAST/CACOAL A PREFEITURA MUNICIPAL DE CACOAL, ATRAVÉS DA SECRETARIA DE MUNICIPAL ASSISTÊNCIA SOCIAL E TRABALHO SEMAST, TORNA PÚBLICO QUE REALIZARÁ INSCRIÇÃO PARA PRÉ-SELEÇÃO DE FAMÍLIAS

Leia mais

Quadro resumo 12 13 16 16 17

Quadro resumo 12 13 16 16 17 MANUAL Quadro resumo 12 13 16 16 17 e proteção civil. M Cartão deverá designar: O representante autorizado, responsável pela gestão dos recursos repassados pelo Ministério da Integração Nacional em sua

Leia mais

FUNDAÇÃO FÉ E ALEGRIA DO BRASIL EDITAL DE INSCRIÇÃO E SELEÇÃO PARA JOVENS APRENDIZES PROJETO AMIGOS DO SABER 2015

FUNDAÇÃO FÉ E ALEGRIA DO BRASIL EDITAL DE INSCRIÇÃO E SELEÇÃO PARA JOVENS APRENDIZES PROJETO AMIGOS DO SABER 2015 FUNDAÇÃO FÉ E ALEGRIA DO BRASIL EDITAL DE INSCRIÇÃO E SELEÇÃO PARA JOVENS APRENDIZES PROJETO AMIGOS DO SABER 2015 A Fundação Fé e Alegria do Brasil Unidade Pernambuco, no uso de suas atribuições resolve

Leia mais

Secretaria Nacional de Renda de Cidadania. Capacitação Novos Formulários do Cadastro Único

Secretaria Nacional de Renda de Cidadania. Capacitação Novos Formulários do Cadastro Único Capacitação Novos Formulários do Cadastro Único 1 O que é o Cadastro Único? O Cadastro Único para Programas Sociais (Cadastro Único) é instrumento de identificação e caracterização socioeconômica das famílias

Leia mais

EDITAL Nº 29 de 20 de junho de 2014: RETIFICAÇÃO do EDITAL Nº55, de 02 de dezembro de 2013, DOS AUXÍLIOS ESTUDANTIS DO PERÍODO LETIVO DE 2014

EDITAL Nº 29 de 20 de junho de 2014: RETIFICAÇÃO do EDITAL Nº55, de 02 de dezembro de 2013, DOS AUXÍLIOS ESTUDANTIS DO PERÍODO LETIVO DE 2014 EDITAL Nº 29 de 20 de junho de 2014: RETIFICAÇÃO do EDITAL Nº55, de 02 de dezembro de 2013, DOS AUXÍLIOS ESTUDANTIS DO PERÍODO LETIVO DE 2014 O Diretor geral do do Instituto Federal de Educação, Ciência

Leia mais

Categoria de uso Classe de consumo Tarifas codigo Faixa Agua esgoto (m3/mês.econ) (R$ m3) (R$ m3) Residencial R1 00 a 15 0,40 x TRA 0,40 x TRE R2 16 a 30 1,00 x TRA 1,00 x TRE R3 31 a 60 1,50 x TRA 1,50

Leia mais

NA COMUNIDADE AES ELETROPAULO. Perigo à vista. Reajuste Tarifário. Recicle mais, pague menos. Novos clientes

NA COMUNIDADE AES ELETROPAULO. Perigo à vista. Reajuste Tarifário. Recicle mais, pague menos. Novos clientes EDIÇÃO 0 4 JULHO 2015 AES ELETROPAULO AVISOS ECONOMIA MEIO AMBIENTE Reajuste Tarifário Entenda o aumento na conta de energia e como funcionam as bandeiras Garanta seu benefício de Tarifa Social de Energia

Leia mais

Carolina Romano Brocco

Carolina Romano Brocco Carolina Romano Brocco ORIGEM DA PROTEÇÃO SOCIAL Famílias assistência voluntária. Grupos de mútuo associações para a proteção contra os riscos sociais. Lei dos Pobres (Poor Law) de 1601 Inglaterra as Igrejas

Leia mais

EDITAL N 01/2015 PROCESSO SELETIVO INTERNO DE DISCENTES PARA O PROGRAMA DE ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL NO CAMPUS RIO DE JANEIRO DO IFRJ

EDITAL N 01/2015 PROCESSO SELETIVO INTERNO DE DISCENTES PARA O PROGRAMA DE ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL NO CAMPUS RIO DE JANEIRO DO IFRJ MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO DE JANEIRO EDITAL N 01/2015 PROCESSO SELETIVO INTERNO DE DISCENTES PARA

Leia mais

NORMAS E PROCEDIMENTOS PARA MATRÍCULA PROGRAMA SENAC DE GRATUIDADE

NORMAS E PROCEDIMENTOS PARA MATRÍCULA PROGRAMA SENAC DE GRATUIDADE NORMAS E PROCEDIMENTOS PARA MATRÍCULA PROGRAMA SENAC DE GRATUIDADE 1. DO PROGRAMA 1.1 Os cursos gratuitos do Programa Senac de Gratuidade (PSG) destinam-se a pessoas de baixa renda, na condição de alunos

Leia mais

REGULAMENTO DO PROGRAMA FAMÍLIA SOCIAL CAPÍTULO I DA FINALIDADE

REGULAMENTO DO PROGRAMA FAMÍLIA SOCIAL CAPÍTULO I DA FINALIDADE REGULAMENTO DO PROGRAMA FAMÍLIA SOCIAL CAPÍTULO I DA FINALIDADE Art. 1. O presente Regulamento estabelece as regras de funcionamento do Programa Família FSBA, uma iniciativa de estímulo à indicação de

Leia mais

Documentação Live TIM Dedicado

Documentação Live TIM Dedicado Documentação Live TIM Dedicado . PROPOSTA APROVADA SISTEMA ANÁLISE LISTA 1. Documentos básicos necessários por tipo de empresa: Sociedades Limitadas Validação Documentação Última Alteração Contratual arquivada

Leia mais

BANDEIRAS TARIFÁRIAS ENTENDA COMO FUNCIONA

BANDEIRAS TARIFÁRIAS ENTENDA COMO FUNCIONA BANDEIRAS TARIFÁRIAS ENTENDA COMO FUNCIONA BANDEIRAS TARIFÁRIAS O QUE É A BANDEIRA TARIFÁRIA? A bandeira tarifária é uma forma mais clara de demonstrar o quanto custa a geração de energia, permintindo

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE BELÉM DO SÃO FRANCISCO GABINETE DO PREFEITO

PREFEITURA MUNICIPAL DE BELÉM DO SÃO FRANCISCO GABINETE DO PREFEITO ANEXO II DECRETO MUNICIPAL N. 011, DE 15 DE MARÇO DE 2012 Regulamenta a Lei Municipal Nº. 436/2009, que dispõe sobre a concessão de Bolsas de Estudo pelo Poder Executivo Municipal e dá outras providencias.

Leia mais

REGULAMENTO PROGRAMA CLARO UP

REGULAMENTO PROGRAMA CLARO UP REGULAMENTO PROGRAMA CLARO UP A CLARO S/A, inscrita no CNPJ sob o nº 40.432.544/0001-47, com sede na Rua Flórida, 1970 Brooklin São Paulo - SP - CEP: 04665-001, denominada neste instrumento simplesmente

Leia mais

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME Instrução Operacional Conjunta SENARC/SNAS/MDS nº 06 de 29 de outubro de 2010. Assunto: Estabelece instruções para a inserção, no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (Cadastro Único),

Leia mais

Município de Taquari Estado do Rio Grande do Sul

Município de Taquari Estado do Rio Grande do Sul Lei nº. 3.662, de 24 de dezembro de 2013. DISPÕE SOBRE BENEFÍCIOS EVENTUAIS NO MUNICÍPIO DE TAQUARI, E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. EMANUEL HASSEN DE JESUS, Prefeito Municipal de Taquari, Estado do Rio Grande

Leia mais

Universidade Federal da Bahia. Sistema de Desenvolvimento Institucional PO - Procedimento Operacional

Universidade Federal da Bahia. Sistema de Desenvolvimento Institucional PO - Procedimento Operacional Unidade Processo Universidade Federal da Bahia Pró-Reitoria de Ações Afirmativas e Assistência Estudantil Programa de Bolsa Permanência Sistema de Desenvolvimento Institucional PO - Procedimento Operacional

Leia mais

A EXPERIÊNCIA BRASILEIRA NA CONSTRUÇÃO DE UM REGISTRO ÚNICO

A EXPERIÊNCIA BRASILEIRA NA CONSTRUÇÃO DE UM REGISTRO ÚNICO A EXPERIÊNCIA BRASILEIRA NA CONSTRUÇÃO DE UM REGISTRO ÚNICO Com um registro único para programas sociais é possível saber quem são as pessoas mais vulneráveis, suas necessidades e onde elas moram. É possível

Leia mais

PROCESSO SELETIVO 2015 Manual do Candidato

PROCESSO SELETIVO 2015 Manual do Candidato PROCESSO SELETIVO 2015 Manual do Candidato O cursinho pré-vestibular comunitário VestJr O cursinho pré-vestibular VestJr surgiu em 2003 seguindo a ideia já em curso da política de implementação de cursinhos

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Brasília

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Brasília EDITAL UNIFICADO Nº 011 CSAM/IFB, DE 20 DE AGOSTO DE 2014 PROGRAMAS DE PROMOÇÃO A PERMANÊNCIA 2 SEMESTRE/2014 A DIRETORA DO CAMPUS SAMAMBAIA DO INSTITUTO FEDERAL DE BRASÍLIA, nomeado pela Portaria Nº 1213,

Leia mais

EDITAL INSCRIÇÃO PARA O PROGRAMA MINHA CASA MINHA VIDA Nº 01/2015/FMAS

EDITAL INSCRIÇÃO PARA O PROGRAMA MINHA CASA MINHA VIDA Nº 01/2015/FMAS EDITAL INSCRIÇÃO PARA O PROGRAMA MINHA CASA MINHA VIDA Nº 01/2015/FMAS A Prefeitura Municipal de Barra dos Coqueiros torna público que realizará INSCRIÇÃO para pré-seleção de famílias para o PROGRAMA MINHA

Leia mais

EDITAL Nº 60/2015, DE 04 DE NOVEMBRO DE 2015

EDITAL Nº 60/2015, DE 04 DE NOVEMBRO DE 2015 EDITAL Nº 60/2015, DE 04 DE NOVEMBRO DE 2015 O DIRETOR-GERAL SUBSTITUTO DO CAMPUS SERTÃO, INTEGRANTE DA ESTRUTURA DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO SUL, no uso de

Leia mais

PERGUNTAS E RESPOSTAS

PERGUNTAS E RESPOSTAS PERGUNTAS E RESPOSTAS Palestra Imposto de Renda: "entenda as novas regras para os profissionais da Odontologia" Abril/2015 Palestra Imposto de Renda 2015 A Receita Federal do Brasil RFB para o exercício

Leia mais

XVIII Seminário Nacional de Distribuição de Energia Elétrica. Ação Integrada Celpe

XVIII Seminário Nacional de Distribuição de Energia Elétrica. Ação Integrada Celpe XVIII Seminário Nacional de Distribuição de Energia Elétrica SENDI 2008-06 a 10 de outubro Olinda - Pernambuco - Brasil Ação Integrada Celpe Gutemberg Alves Betânia Lyra Ralphilane Mascarenhas Celpe Celpe

Leia mais

EDITAL - BOLSA DE ESTUDO ENSINO MÉDIO E SUPERIOR

EDITAL - BOLSA DE ESTUDO ENSINO MÉDIO E SUPERIOR EDITAL - BOLSA DE ESTUDO ENSINO MÉDIO E SUPERIOR Inscrições disponíveis no site da Prefeitura Municipal de Joinville Entrega de formulário preenchido e documentação exigida: Servidores Lotados nas demais

Leia mais

RELAÇÃO DE SERVIÇOS DISPONIBILIZADOS PELA ELETROBRÁS NO ESPAÇO DA CIDADANIA DE TERESINA

RELAÇÃO DE SERVIÇOS DISPONIBILIZADOS PELA ELETROBRÁS NO ESPAÇO DA CIDADANIA DE TERESINA RELAÇÃO DE SERVIÇOS DISPONIBILIZADOS PELA ELETROBRÁS NO ESPAÇO DA CIDADANIA DE TERESINA 1 PARCELAMENTO DE DÉBITO 1.1 No caso de titular da conta 1. Original e cópia do RG ou da Carteira de Habilitação;

Leia mais

ThaO que é o FIES? Quem pode solicitar o FIES?

ThaO que é o FIES? Quem pode solicitar o FIES? ThaO que é o FIES? O Fundo de Financiamento Estudantil (FIES) é um programa do Ministério da Educação (MEC) destinado à concessão de financiamento a estudantes regularmente matriculados em cursos superiores

Leia mais

Conviver Rural Jaíba. Para se ter eficiência energética é preciso ter inteligência. Grandes resultados para os pequenos produtores do Jaíba.

Conviver Rural Jaíba. Para se ter eficiência energética é preciso ter inteligência. Grandes resultados para os pequenos produtores do Jaíba. Para se ter eficiência energética é preciso ter inteligência Desde 1998, por lei, toda distribuidora de energia precisa investir em ações que reduzam o desperdício de energia elétrica. Uma determinação

Leia mais

REGULAMENTO PROGRAMA DE RELACIONAMENTO VIVO VALORIZA

REGULAMENTO PROGRAMA DE RELACIONAMENTO VIVO VALORIZA REGULAMENTO PROGRAMA DE RELACIONAMENTO VIVO VALORIZA AL, CE, RN, PE, PB, PI, AM, PA, RR, MA A TELEFÔNICA BRASIL S/A, inscrita no CNPJ sob o nº 02.558.157/0001-62, com sede na Av. Engenheiro Luiz Carlos

Leia mais

Pacote de Serviços - Universitários

Pacote de Serviços - Universitários Pacote de Serviços - Universitários Confira abaixo a composição do Pacote de Serviços Universitários: Pacotes de Serviços 1, 2 e 3 Saques 4 10 12,60 Fornecimento de Folhas de 10 1,50-2 11,40 22,80 ou pessoal,

Leia mais

SELEÇÃO PARA O PROGRAMA SOCIOASSISTENCIAL ESTUDANTIL 2015/2 SEMESTRE

SELEÇÃO PARA O PROGRAMA SOCIOASSISTENCIAL ESTUDANTIL 2015/2 SEMESTRE EDITAL N 02/2015/DG/IFAM/CAMPUS COARI, DE 12 DE AGOSTO DE 2015. SELEÇÃO PARA O PROGRAMA SOCIOASSISTENCIAL ESTUDANTIL 2015/2 SEMESTRE A DIRETORA GERAL SUBSTITUTA DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO CIÊNCIA

Leia mais

REGULAMENTO DA PROMOÇÃO COMBO MULTI 2013

REGULAMENTO DA PROMOÇÃO COMBO MULTI 2013 REGULAMENTO DA PROMOÇÃO COMBO MULTI 2013 O presente Regulamento tem por objeto regular as relações entre a NET, CLARO e EMBRATEL e os participantes da Promoção COMBO MULTI 2013. 1. CONDIÇÕES GERAIS 1.1

Leia mais

Características Básicas do Produto Aposentados e Pensionistas que recebem benefício do INSS.

Características Básicas do Produto Aposentados e Pensionistas que recebem benefício do INSS. 1/8 Roteiro Operacional (Externo) CARTAO CONSIGNADO INTERMEDIUM INSS Público Alvo: Bandeira: Taxa: Limite Cartão: Margem: Qtde de Cartões: Tarifas de Fatura: Anuidade: Validade: Plano: Idade Mín. E Máx.

Leia mais