MÓDULO 1 Noções Básicas de Eletricidade

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "MÓDULO 1 Noções Básicas de Eletricidade"

Transcrição

1 Técnico de Gestão de Equipamentos Informáticos ESCOLA SECUNDÁRIA DE TOMAZ PELAYO SANTO TIRSO MÓDULO 1 Noções Básicas de Eletricidade Eletrónica Fundamental Prof.: Erika Costa

2 Estrutura da Matéria Definição de Matéria Podemos definir a Matéria como tudo o que existe na natureza. Tem peso e ocupa um lugar no espaço. A matéria pode encontrar-se no estado sólido, liquido ou gasoso. A Matéria é constituída por moléculas. Moléculas que podemos dividir até ao obter um elemento invisível a olho nu, o Átomo 1 molécula de água 2 átomos de hidrogénio 1 átomo de oxigénio H2O = H2 + O E.Fund 2012/2013 2I

3 Estrutura da Matéria Definição de Átomo O átomo é a mais pequena parte que constitui da matéria, formada por três elementos Neutrões, Protões e Eletrões Órbita electrónica Neutrões - são partículas fi xas sem carga elétrica, que se encontram no núcleo do átomo. Protões - são partículas fixas com carga elétrica positiva, que se encontram no núcleo do átomo. Eletrões - são partículas móveis com carga elétrica negativa, que orbitam em torno do núcleo do átomo. E.Fund 2012/2013 3I

4 Estrutura da Matéria Carga Elétrica do Átomo Neutro Um átomo em equilíbrio é constituído por um número igual de protões e eletrões, isto é o átomo diz-se eletricamente neutro. Carregado positivamente Quando o átomo é constituído por mais protões do que eletrões. Carregado negativamente Noções Básica de Eletricidade Quando o átomo é constituído por mais eletrões do que protões. E.Fund 2012/2013 4I

5 Estrutura da Matéria Valor da Carga Noções Básica de Eletricidade O valor uma carga que compõem o átomo é constante e de valor 1,6x10-19 C Sendo assim o eletrão tem uma carga q=-1,6x10-19 C E o protão tem uma carga q=1,6x10-19 C A quantidade de carga associada a um átomo vai depender do número de eletrões de protões e neutrões. Q=num*e+num*p+num*n(C) E.Fund 2012/2013 5I

6 Estrutura da Matéria Eletrão de Valência Noções Básica de Eletricidade A órbita eletrónica ou camada mais afastada do núcleo é a camada de valência e os eletrões dessa camada são chamados de eletrões de valência. Num átomo, o número máximo de eletrões de valência é de oito. Quando um átomo tem oito eletrões de valência diz-se que o átomo tem estabilidade química ou molecular. Electrão de valência E.Fund 2012/2013 6I

7 Potencial elétrico Definição Capacidade que um corpo tem de receber ou fornecer eletrões de outro elemento. Mede-se em Volt(V) Diferença de Potencial Definição Diferença que existe entre dos corpos com carga elétrica. A diferença de potencial é mais conhecida por tensão elétrica e mede-se também em Volts. E.Fund 2012/2013 7I

8 Conceitos Básicos Intensidade da Corrente Definição i 0 Movimento orientado de eletrões do potencial negativo para o positivo. A força intensidade de uma corrente eléctrica está relacionada com o n.º de cargas que passam numa dada secção transversal de um condutor num certo espaço de tempo, mede-se em Ampére (A) I=Q/t Só existe corrente elétrica se existir diferença de potencial E.Fund 2012/2013 8I

9 Conceitos Básicos Tipos de corrente elétrica Corrente unidirecional Quando a corrente se movimenta do VA para VB Corrente unidirecional Quando a corrente se movimenta do VA para VB e de VB para VA Corrente Continua Corrente Alternada E.Fund 2012/2013 9I

10 Conceitos Básicos Efeitos da corrente elétrica Térmico Luminoso Químico Magnético E.Fund 2012/ I

11 Conceitos Básicos Resistência elétrica Definição Resistência eléctrica de um corpo é a oposição que este faz à passagem da corrente eléctrica, ou seja, maior ou menor facilidade com que se deixa atravessar pelas cargas eléctricas, electrões E.Fund 2012/ I

12 Conceitos Básicos Resistência elétrica Tipos Resistências de carvão são constituídos basicamente de grafite (carvão) comprimida, revestida por uma camada isolante de cerâmica. Resistências bobinadas constituídas por um fio metálico enrolado sobre um suporte isolante E.Fund 2012/ I

13 Conceitos Básicos Resistividade Definição A resistência de um condutor com uma secção uniforme é dependente do material, é diretamente proporcional ao comprimento e inversamente proporcional à área de secção, ou seja: R=ρL/S R - Resistência eléctrica - ( Ω ) ρ- Resistividade do material ( lê-se ró ) - ( Ωm ) L - Comprimento - ( m ) S - Área de secção - ( m2) E.Fund 2012/ I

14 Conceitos Básicos Resistividade Coeficiente de temperatura Então podemos calcular a resistência a uma nova temperatura de acordo com a seguinte formula:: R2=R1[1+α(t2-t1)] R2- resistência final R1- resistência inicial α-coeficiente de temperatura t2 temperatura final t1 temperatura inicial E.Fund 2012/ I

15 Conceitos Básicos Resistência Código de Cores O seu valor nominal de uma resistência é apresentado por faixas coloridas (código de cores) E.Fund 2012/ I

16 Conceitos Básicos Resistência Código de Cores E.Fund 2012/ I

17 Conceitos Básicos Resistência Código de Cores A maneira de identificar é simples: 1 Começam a partir da extremidade que não contenha as cores: prata e dourado; 2 As duas primeiras cores formam um número com 2 algarismos; 3 A 3ª cor representa o expoente da potência de 10 que multiplica pelo número anterior (número de zeros). 4 A 4ª cor indica a tolerância da resistência, em percentagem. E.Fund 2012/ I

18 Conceitos Básicos Condensador Definição: Componente elétrico capaz de armazenar temporariamente energia elétrica. É um componente passivo constituído por duas superfícies condutoras e separada por uma substancia isolante chamada dielétrico. E.Fund 2012/ I

19 Conceitos Básicos Condensador Características: C->Capacidade de carga (F ->Farads) Q->Carga elétrica armazenada (C- >coulombs) U->Tensão aplicada(v- >volts) C=Q/U Tempo de carga do condensador ζ=rc E.Fund 2012/ I

20 Conceitos Básicos Condensador Associação de condensadores Série Paralelo E.Fund 2012/ I

ELETRICIDADE. Eletrodinâmica. Eletrostática. Eletromagnetismo

ELETRICIDADE. Eletrodinâmica. Eletrostática. Eletromagnetismo ELETRICIDADE Eletrodinâmica Eletrostática Eletromagnetismo Átomo Núcleo Prótons carga positiva (+e). Nêutrons carga neutra. Eletrosfera Eletrons carga negativa (-e). Carga Elétrica Elementar e = 1,6 x

Leia mais

1 - Eletricidade Estática

1 - Eletricidade Estática 5 1 - Eletricidade Estática 1.1 O Átomo Tudo que ocupa lugar no espaço é matéria. A matéria é constituída por partículas muito pequenas chamada de átomos. Os átomos por sua vez são constituídos por partículas

Leia mais

Força Elétrica. A Lei de Coulomb estabelece que duas cargas elétricas pontuais se atraem ou repelem com uma força cuja intensidade é:

Força Elétrica. A Lei de Coulomb estabelece que duas cargas elétricas pontuais se atraem ou repelem com uma força cuja intensidade é: Eletricidade Força Elétrica A Lei de Coulomb estabelece que duas cargas elétricas pontuais se atraem ou repelem com uma força cuja intensidade é: Campo Eléctrico O campo eléctrico é uma medida da ação

Leia mais

Elementos de circuito Circuito é a interligação de vários elementos. Estes, por sua vez, são os blocos básicos de qualquer sistema

Elementos de circuito Circuito é a interligação de vários elementos. Estes, por sua vez, são os blocos básicos de qualquer sistema Elementos de circuito Circuito é a interligação de vários elementos. Estes, por sua vez, são os blocos básicos de qualquer sistema Um elemento pode ser ativo (capaz de gerar energia), passivo (apenas dissipam

Leia mais

Apostila de Física 36 Capacitores

Apostila de Física 36 Capacitores Apostila de Física 36 Capacitores 1.0 Definições Na presença de um condutor neutro, um condutor eletrizado pode armazenar mais cargas elétricas com o mesmo potencial elétrico. Capacitor ou condensador

Leia mais

Aula 3 - Eletrodinâmica Prof. Marcio Kimpara

Aula 3 - Eletrodinâmica Prof. Marcio Kimpara ELETRICIDADE Aula 3 - Eletrodinâmica Prof. Marcio Kimpara Universidade Federal de Mato Grosso do Sul Prof. Marcio Kimpara 2 Eletrodinâmica Na eletrodinâmica, estudaremos o movimento das cargas elétricas

Leia mais

Energia É definida como tudo aquilo capaz de realizar ou produzir trabalho. Ela existe em diversas modalidades sob várias formas:

Energia É definida como tudo aquilo capaz de realizar ou produzir trabalho. Ela existe em diversas modalidades sob várias formas: 1. Instalações Elétricas de Baixa Tensão: 1.1. Introdução A energia elétrica está presente em inúmeras atividades do ser humano. Ela é sinônimo de desenvolvimento de um país e de padrão de vida de sua

Leia mais

Aula 01 Propriedades Gerais dos Materiais

Aula 01 Propriedades Gerais dos Materiais Universidade Federal de Santa Catarina Departamento de Engenharia Elétrica Materiais Elétricos - Teoria Aula 01 Propriedades Gerais dos Materiais Clóvis Antônio Petry, professor. Florianópolis, setembro

Leia mais

Quantização da carga. todos os objectos directamente observados na natureza possuem cargas que são múltiplos inteiros da carga do eletrão

Quantização da carga. todos os objectos directamente observados na natureza possuem cargas que são múltiplos inteiros da carga do eletrão Eletricidade Quantização da carga todos os objectos directamente observados na natureza possuem cargas que são múltiplos inteiros da carga do eletrão a unidade de carga C, é o coulomb A Lei de Coulomb

Leia mais

Eletrodinâmica REVISÃO ENEM CORRENTE ELÉTRICA

Eletrodinâmica REVISÃO ENEM CORRENTE ELÉTRICA REVISÃO ENEM Eletrodinâmica CORRENTE ELÉTRICA Corrente elétrica em um condutor é o movimento ordenado de suas cargas livres devido a ação de um campo elétrico estabelecido no seu interior pela aplicação

Leia mais

Fundamentos de Eletrônica

Fundamentos de Eletrônica 6872 - Fundamentos de Eletrônica Lei de Ohm Última Aula Elvio J. Leonardo Universidade Estadual de Maringá Departamento de Informática Bacharelado em Ciência da Computação Associação de Resistores Análise

Leia mais

Cap. 3 Resistência Elétrica e Lei de Ohm

Cap. 3 Resistência Elétrica e Lei de Ohm Cap. 3 Resistência Elétrica e Lei de Ohm Instituto Federal Sul-rio-grandense Curso Técnico em Eletromecânica Disciplina de Eletricidade Básica Prof. Rodrigo Souza 3.1 Resistência Elétrica Resistência Elétrica

Leia mais

CONDUTORES E ISOLANTES

CONDUTORES E ISOLANTES ELETRICIDADE CONDUTORES E ISOLANTES O FÍSICO INGLÊS STEPHEN GRAY PERCEBEU QUE ALGUNS FIOS CONDUZIAM BEM A ELETRICIDADE E CHAMOU-OS DE CONDUTORES E, AOS QUE NÃO CONDUZIAM OU CONDUZIAM MAL A ELETRICIDADE,

Leia mais

Resistência elétrica de uma barra (prismática ou cilíndrica) de área A e comprimento L

Resistência elétrica de uma barra (prismática ou cilíndrica) de área A e comprimento L Universidade Federal do Paraná Setor de Ciências Exatas Departamento de Física Física III Prof. Dr. Ricardo uiz Viana Referências bibliográficas: H. 28-4, 29-4, 29-6 S. 26-4, 27-2 T. 22-2 ula Resistores

Leia mais

Eletricidade e magnetismo

Eletricidade e magnetismo Eletricidade e magnetismo Circuitos elétricos Prof. Luís Perna 014/15 Corrente elétrica Qual a condição para que haja corrente elétrica entre dois condutores A e B? Que tipo de corrente elétrica se verifica?

Leia mais

Aula02.! Tensão, Corrente Pearson Prentice Hall. Todos os direitos reservados.

Aula02.! Tensão, Corrente Pearson Prentice Hall. Todos os direitos reservados. Aula02 Tensão, Corrente slide 1 OBJETIVOS Tomar conhecimento da estrutura atômica básica de condutores como o cobre e o alumínio e compreender por que eles são usados tão extensivamente nessa área. Compreender

Leia mais

H1- Compreender as grandezas relacionadas com o campo de conhecimento em eletricidade. Aula 1

H1- Compreender as grandezas relacionadas com o campo de conhecimento em eletricidade. Aula 1 H1- Compreender as grandezas relacionadas com o campo de conhecimento em eletricidade. Aula 1 Técnico em Eletromecânica - Agosto o de 2009 Prof. Dr. Emerson S. Serafim 1 Eletrostática: CONTEÚDO Átomo-Lei

Leia mais

Capacitores e Indutores (Aula 7) Prof. Daniel Dotta

Capacitores e Indutores (Aula 7) Prof. Daniel Dotta Capacitores e Indutores (Aula 7) Prof. Daniel Dotta 1 Sumário Capacitor Indutor 2 Capacitor Componente passivo de circuito. Consiste de duas superfícies condutoras separadas por um material não condutor

Leia mais

INTRODUÇÃO A ELETRICIADE BÁSICA

INTRODUÇÃO A ELETRICIADE BÁSICA 1 INTRODUÇÃO A ELETRICIADE BÁSICA Na eletricidade básica existem três grandezas fundamentais que são a tensão elétrica, a corrente elétrica, a resistência elétrica. Para estuda-las utilizaremos o conceito

Leia mais

Cap. 5 - Corrente, Resistência e Força Eletromotriz

Cap. 5 - Corrente, Resistência e Força Eletromotriz Universidade Federal do Rio de Janeiro Instituto de Física Física III 2014/2 Cap. 5 - Corrente, Resistência e Força Eletromotriz Prof. Elvis Soares Nesse capítulo, estudaremos a definição de corrente,

Leia mais

Circuitos eléctricos

Circuitos eléctricos Circuitos eléctricos O que é? n Designa-se de circuito eléctrico o caminho por onde a corrente eléctrica passa. n A corrente eléctrica é um movimento orientado de cargas, que se estabelece num circuito

Leia mais

CAMPO ELÉTRICO. Uma carga elétrica Q produz ao seu redor uma região afetada por sua presença denominada campo elétrico. Criado por cargas elétricas.

CAMPO ELÉTRICO. Uma carga elétrica Q produz ao seu redor uma região afetada por sua presença denominada campo elétrico. Criado por cargas elétricas. CAMPO ELÉTRICO Uma carga elétrica Q produz ao seu redor uma região afetada por sua presença denominada campo elétrico. Campo Elétrico Criado por cargas elétricas. Representado por linhas de campo. Grandeza

Leia mais

Tema 6: O Mundo da Eletricidade. Semestre 2 de 2014

Tema 6: O Mundo da Eletricidade. Semestre 2 de 2014 Tema 6: O Mundo da Eletricidade Semestre 2 de 2014 I ampere Q +q Coulomb Corrente Elétrica Finalmente, chegamos ao fenômeno fundamental da eletricidade: Quando há um movimento ordenado de eletrões livres

Leia mais

Energia e fenómenos elétricos

Energia e fenómenos elétricos Energia e fenómenos elétricos 1. Associa o número do item da coluna I à letra identificativa do elemento da coluna II. Estabelece a correspondência correta entre as grandezas elétricas e os seus significados.

Leia mais

GERADORES E RECEPTORES:

GERADORES E RECEPTORES: COLÉGIO ESTADUAL JOSUÉ BRANDÃO 3º Ano de Formação Geral Física IV Unidade_2009. Professor Alfredo Coelho Resumo Teórico/Exercícios GERADORES E RECEPTORES: Anteriormente estudamos os circuitos sem considerar

Leia mais

Cap. 1 Princípios da Eletrostática

Cap. 1 Princípios da Eletrostática Cap. 1 Princípios da Eletrostática Instituto Federal Sul-rio-grandense Curso Técnico em Eletromecânica Disciplina de Eletricidade Básica Prof. Rodrigo Souza Sumário 1 - Princípios da Eletrostática 1.1

Leia mais

FÍSICA (ELETROMAGNETISMO) CORRENTE ELÉTRICA E RESISTÊNCIA

FÍSICA (ELETROMAGNETISMO) CORRENTE ELÉTRICA E RESISTÊNCIA FÍSICA (ELETROMAGNETISMO) CORRENTE ELÉTRICA E RESISTÊNCIA FÍSICA (Eletromagnetismo) Nos capítulos anteriores estudamos as propriedades de cargas em repouso, assunto da eletrostática. A partir deste capítulo

Leia mais

H1- Compreender as grandezas relacionadas com o campo de conhecimento em eletricidade. Aula 1

H1- Compreender as grandezas relacionadas com o campo de conhecimento em eletricidade. Aula 1 H1- Compreender as grandezas relacionadas com o campo de conhecimento em eletricidade. Aula 1 Técnico em Eletromecânica - Julho de 2010 Prof. Dr. Emerson S. Serafim 1 Eletrostática: CONTEÚDO Átomo-Lei

Leia mais

Princípios de Eletricidade e Magnetismo

Princípios de Eletricidade e Magnetismo Princípios de Eletricidade e Magnetismo Engenharias 1 Ementa Eletrostática Carga Elétrica Condutores e Isolantes Processos de Eletrização Lei de Coulomb Campo Elétrico Potencial Elétrico Circuitos I Tensão

Leia mais

Física e Química. Planificação. Curso Vocacional

Física e Química. Planificação. Curso Vocacional Física e Química Planificação Curso Vocacional 1º ano-2013/2014 2º ano-2014/2015 1º ano - Física Módulo Conteúdos Competências Avaliação Nº de aulas 1. A medida 1. Estimar grandezas físicas: - Estimativas

Leia mais

Módulo de Eletricidade Básica. Odailson Cavalcante de Oliveira IFRN- Campus João Câmara

Módulo de Eletricidade Básica. Odailson Cavalcante de Oliveira IFRN- Campus João Câmara Módulo de Eletricidade Básica Odailson Cavalcante de Oliveira IFRN- Campus João Câmara 1 O que esperar do curso? Identificar as principais grandezas elétricas, fazendo a devida relação entre as mesmas

Leia mais

Aula 5: Propriedades e Ligação Química

Aula 5: Propriedades e Ligação Química Aula 5: Propriedades e Ligação Química Relacionar o tipo de ligação química com as propriedades dos materiais Um entendimento de muitas propriedades físicas dos materiais é previsto através do conhecimento

Leia mais

Um circuito DC é aquele cuja alimentação parte de uma fonte DC (do inglês Direct Current), ou em português, CC (corrente contínua).

Um circuito DC é aquele cuja alimentação parte de uma fonte DC (do inglês Direct Current), ou em português, CC (corrente contínua). Um circuito DC é aquele cuja alimentação parte de uma fonte DC (do inglês Direct Current), ou em português, CC (corrente contínua). Como vimo anteriormente, para que haja fluxo de corrente pelo circuito,

Leia mais

Critérios Específicos de Classificação da Questão Aula

Critérios Específicos de Classificação da Questão Aula Critérios Específicos de da Questão Aula Curso Profissional de Técnico de Gestão e Programação de Sistemas Informáticos DISCIPLINA: Física e Química Módulo: Q 0/0 0 ºAno de escolaridade Duração: 90 minutos

Leia mais

Corrente Alternada. Circuitos Monofásicos (Parte 2)

Corrente Alternada. Circuitos Monofásicos (Parte 2) Corrente Alternada. Circuitos Monofásicos (Parte 2) SUMÁRIO Sinais Senoidais Circuitos CA Resistivos Circuitos CA Indutivos Circuitos CA Capacitivos Circuitos RLC GERADOR TRIFÁSICO Gerador Monofásico GRÁFICO

Leia mais

Cursos Técnicos em Informática e Redes de computadores. Eletricidade Prof. Msc. Jean Carlos

Cursos Técnicos em Informática e Redes de computadores. Eletricidade Prof. Msc. Jean Carlos Cursos Técnicos em Informática e Redes de computadores Eletricidade 2012.1 Prof. Msc. Jean Carlos Eletricidade Aula_01 Objetivo da aula Revisar potência de dez; Conhecer os Múltiplos e Submúltiplos; O

Leia mais

ÁTOMO: núcleo muito pequeno composto por prótons e nêutrons, que é circundado por elétrons em movimento;

ÁTOMO: núcleo muito pequeno composto por prótons e nêutrons, que é circundado por elétrons em movimento; 1.1 CONCEITOS FUNDAMENTAIS ÁTOMO: núcleo muito pequeno composto por prótons e nêutrons, que é circundado por elétrons em movimento; Elétrons e prótons são eletricamente carregados: 1,60 x 10-19 C; Elétrons:

Leia mais

QUESTÃO 16 QUESTÃO 17 PROVA DE FÍSICA II

QUESTÃO 16 QUESTÃO 17 PROVA DE FÍSICA II 7 PROVA DE FÍSICA II QUESTÃO 16 Uma barra homogênea de massa 4,0 kg e comprimento 1,0 m está apoiada em suas extremidades sobre dois suportes A e B conforme desenho abaixo. Coloca-se a seguir, apoiada

Leia mais

Resistor e resistência

Resistor e resistência LEIS DE OHM Resistor e resistência O resistor é um dispositivo cujas principais funções são: dificultar a passagem da corrente elétrica e transformar energia elétrica em energia térmica por efeito Joule.

Leia mais

Agrupamento de Escolas da Senhora da Hora

Agrupamento de Escolas da Senhora da Hora Agrupamento de Escolas da Senhora da Hora Curso Profissional de Técnico de Gestão de Equipamentos Informáticos Informação Prova da Disciplina de Física e Química - Módulo: 1 Estrutura Atómica. Tabela Periódica.

Leia mais

ELETROTÉCNICA ENGENHARIA

ELETROTÉCNICA ENGENHARIA Aquino, Josué Alexandre. A657e Eletrotécnica : engenharia / Josué Alexandre Aquino. Varginha, 2015. 50 slides; il. Sistema requerido: Adobe Acrobat Reader Modo de Acesso: World Wide Web 1. Eletrotécnica.

Leia mais

FÍSICA E ELETROMAGNETISMO

FÍSICA E ELETROMAGNETISMO FÍSICA E ELETROMAGNETISMO As ciências em geral, e a física em particular pretendem descrever o universo material. Um dos bem sucedidos objetivos da física tem sido a descrição dos constituintes deste universo

Leia mais

Elementos básicos de um circuito eléctrico. Receptores recebem a energia eléctrica e transformam-na noutro tipo de energia.

Elementos básicos de um circuito eléctrico. Receptores recebem a energia eléctrica e transformam-na noutro tipo de energia. Elementos básicos de um circuito eléctrico Fonte de Energia Fornece energia ao circuito. Fios Condutores conduzem a corrente eléctrica. Receptores recebem a energia eléctrica e transformam-na noutro tipo

Leia mais

QUESTÕES DA PROVA DE RÁDIO ELETRICIDADE - PARTE - 2

QUESTÕES DA PROVA DE RÁDIO ELETRICIDADE - PARTE - 2 QUESTÕES DA PROVA DE RÁDIO ELETRICIDADE - PARTE - 2 QUESTÃO 50 Se aumentarmos o valor da corrente através de um fio condutor, o que acontece com o campo magnético: a. Diminui a intensidade b. Aumenta a

Leia mais

Curso Vocacional RAI (Restauro, Administração e Informática) Planificação Anual da Disciplina de Ciências Físico-Químicas 9º Ano Ano letivo

Curso Vocacional RAI (Restauro, Administração e Informática) Planificação Anual da Disciplina de Ciências Físico-Químicas 9º Ano Ano letivo Curso Vocacional RAI (Restauro, Administração e Informática) Planificação Anual da Disciplina de Ciências Físico-Químicas 9º Ano Ano letivo 2015-2016 Elenco Modular Número Designação Duração de referência

Leia mais

Carga elétrica. Carga elétrica é a propriedade física dos corpos caracterizada pelas atrações e repulsões.

Carga elétrica. Carga elétrica é a propriedade física dos corpos caracterizada pelas atrações e repulsões. Sumário Unidade II Eletricidade e Magnetismo 1- - Carga elétrica e sua conservação. - Condutores e isoladores. - Processos de eletrização. - Polarização de um isolador. APSA 19 Processos de eletrização

Leia mais

Calendarização da Componente Letiva 9º Ano Físico Química

Calendarização da Componente Letiva 9º Ano Físico Química AGRUPAMENTO DE ESCOLAS ANDRÉ SOARES (150952) Calendarização da Componente Letiva 9º Ano Físico Química 1º 2º 3º Períodos Período Período Período Número de aulas previstas (45 minutos) 39 36 21 Apresentação

Leia mais

Unidade 8. Eletricidade e Magnetismo

Unidade 8. Eletricidade e Magnetismo Unidade 8 Eletricidade e Magnetismo Eletrostática e Eletrodinâmica Os fenômenos elétricos estão associados aos elétrons. Cargas Elétricas As cargas elétricas podem ser positivas ou negativas Cargas opostas

Leia mais

Evolução dos Modelos Atómicos. Pág. 178

Evolução dos Modelos Atómicos. Pág. 178 Evolução dos Modelos Atómicos Pág. 178 Modelo da nuvem electrónica Nuvem electrónica Núcleo Região negativa do átomo onde se movimentam os electrões (carga -1) Carga Nuclear Região positiva do átomo onde

Leia mais

MATERIAIS PARA ENGENHARIA DE PETRÓLEO - EPET069 - Propriedades Elétricas Propriedades Térmicas

MATERIAIS PARA ENGENHARIA DE PETRÓLEO - EPET069 - Propriedades Elétricas Propriedades Térmicas MATERIAIS PARA ENGENHARIA DE PETRÓLEO - EPET069 - Propriedades Elétricas Propriedades Térmicas Condutividade Elétrica 1820 Físicos podiam produzir e detectar correntes elétricas; Medir diferenças de potenciais;

Leia mais

Conceitos Básicos de Teoria dos Circuitos

Conceitos Básicos de Teoria dos Circuitos Teoria dos Circuitos e Fundamentos de Electrónica Conceitos Básicos de Teoria dos Circuitos T.M.lmeida ST-DEEC- CElectrónica Teresa Mendes de lmeida TeresaMlmeida@ist.utl.pt DEEC Área Científica de Electrónica

Leia mais

TESTE GLOBAL AGRUPAMENTO / ESCOLA: NOME: N.º: TURMA: ANO LETIVO: / AVALIAÇÃO: PROFESSOR: ENC. EDUCAÇÃO: GRUPO I

TESTE GLOBAL AGRUPAMENTO / ESCOLA: NOME: N.º: TURMA: ANO LETIVO: / AVALIAÇÃO: PROFESSOR: ENC. EDUCAÇÃO: GRUPO I TESTE GLOBAL AGRUPAMENTO / ESCOLA: NOME: N.º: TURMA: ANO LETIVO: / AVALIAÇÃO: PROFESSOR: ENC. EDUCAÇÃO: GRUPO I 1. O gráfico da figura 1 representa os valores da velocidade em função do tempo, de uma partícula

Leia mais

Exercícios 6 1. real 2. Resp: 3. o sentido convencional Resp: 4. Resp: 5. (a) (b) (c) Resp: (b) (c) Resp:

Exercícios 6 1. real 2. Resp: 3. o sentido convencional Resp: 4. Resp: 5. (a) (b) (c) Resp: (b) (c) Resp: Exercícios 6 1. A corrente elétrica real através de um fio metálico é constituída pelo movimento de: a) Cargas positivas do maior para o menor potencial. b) Cargas positivas. c) Elétrons livres no sentido

Leia mais

Corrente elétrica. GRANDE revolução tecnológica. Definição de corrente Controle do movimento de cargas

Corrente elétrica. GRANDE revolução tecnológica. Definição de corrente Controle do movimento de cargas Definição de corrente Controle do movimento de cargas corrente elétrica{ GANDE revolução tecnológica fi eletrotécnica, eletrônica e microeletrônica (diversidade de aplicações!!) Ex. motores elétricos,

Leia mais

CIRCUITO ELÉTRICO. Um circuito elétrico é um caminho ou itinerário para a corrente elétrica. CORRENTE ELÉTRICA

CIRCUITO ELÉTRICO. Um circuito elétrico é um caminho ou itinerário para a corrente elétrica. CORRENTE ELÉTRICA CIRCUITO ELÉTRICO Um circuito elétrico é um caminho ou itinerário para a corrente elétrica. CORRENTE ELÉTRICA A corrente elétrica é um fluxo de eletrões que transportam energia elétrica. COMPONENTES DE

Leia mais

- Carga elétrica - Força elétrica -Campo elétrico - Potencial elétrico - Corrente elétrica - Campo magnético -Força magnetica

- Carga elétrica - Força elétrica -Campo elétrico - Potencial elétrico - Corrente elétrica - Campo magnético -Força magnetica GOIÂNIA, / / 2016 PROFESSOR: Jonas Tavares DISCIPLINA: Física SÉRIE: 3º ALUNO(a): Trabalho Recuperação 1º semestre No Anhanguera você é + Enem RELAÇÃO DE CONTEÚDOS PARA RECUPERAÇÃO - Carga elétrica - Força

Leia mais

Componentes eletrónicos. Maria do Anjo Albuquerque

Componentes eletrónicos. Maria do Anjo Albuquerque Componentes eletrónicos Motherboard de um computador e respetivos componentes eletrónicos Alguns componentes eletrónicos Características dos díodos de silício São o tipo mais simples de componente eletrónico

Leia mais

Capacitância. Q e V são proporcionais em capacitor. A constante de proporcionalidade é denominada capacitância.

Capacitância. Q e V são proporcionais em capacitor. A constante de proporcionalidade é denominada capacitância. apacitância Dois condutores (chamados de armaduras) carregados formam um capacitor ue, uando carregado, faz com ue os condutores tenham cargas iguais em módulo e sinais contrários. Q e V são proporcionais

Leia mais

Tópico 01: Estudo de circuitos em corrente contínua (CC) Profa.: Ana Vitória de Almeida Macêdo

Tópico 01: Estudo de circuitos em corrente contínua (CC) Profa.: Ana Vitória de Almeida Macêdo Disciplina Eletrotécnica Tópico 01: Estudo de circuitos em corrente contínua (CC) Profa.: Ana Vitória de Almeida Macêdo Conceitos básicos Eletricidade Eletrostática Eletrodinâmica Cargas elétricas em repouso

Leia mais

Duração do exame: 2:30h Leia o enunciado com atenção. Justifique todas as respostas. Identifique e numere todas as folhas da prova.

Duração do exame: 2:30h Leia o enunciado com atenção. Justifique todas as respostas. Identifique e numere todas as folhas da prova. Duração do exame: :3h Leia o enunciado com atenção. Justifique todas as respostas. Identifique e numere todas as folhas da prova. Problema Licenciatura em Engenharia e Arquitetura Naval Mestrado Integrado

Leia mais

Carga elétrica. Carga elétrica é a propriedade física dos corpos caracterizada pelas atrações e repulsões.

Carga elétrica. Carga elétrica é a propriedade física dos corpos caracterizada pelas atrações e repulsões. Sumário Unidade II Eletricidade e Magnetismo 1- - Carga elétrica e sua conservação. - Condutores e isoladores. - Processos de eletrização. - Polarização de um isolador. APSA 20 Processos de eletrização.

Leia mais

Propriedades elétricas em Materiais

Propriedades elétricas em Materiais FACULDADE SUDOESTE PAULISTA Ciência e Tecnologia de Materiais Prof. Msc. Patrícia Correa Propriedades elétricas em Materiais PROPRIEDADES ELÉTRICAS CONDUTIVIDADE e RESISTIVIDADE ELÉTRICA ( ) É o movimento

Leia mais

Módulo inicial Materiais: Diversidade e Constituição. Química 10.º ano Ano lectivo 2007/2008

Módulo inicial Materiais: Diversidade e Constituição. Química 10.º ano Ano lectivo 2007/2008 Química 10.º ano Ano lectivo 2007/2008 Escola Secundária José Saramago Marta Paulino e Ângela Patrício O que é um Material? É algo que tem massa e ocupa espaço. Classificação Materiais: Componentes Origem

Leia mais

Ciência e Tecnologia dos Materiais Elétricos. Aula 1. Prof.ª Letícia chaves Fonseca

Ciência e Tecnologia dos Materiais Elétricos. Aula 1. Prof.ª Letícia chaves Fonseca Ciência e Tecnologia dos Materiais Elétricos Aula 1 Prof.ª Letícia chaves Fonseca Capítulo 1 PROPRIEDADES DOS MATERIAIS USADOS EM ENGENHARIA 2 1.1 Introdução Distinguir e recomendar os materiais Correlacionar:

Leia mais

AULA 02 PRIMEIRA LEI DE OHM APOSTILA 1 FSC-C

AULA 02 PRIMEIRA LEI DE OHM APOSTILA 1 FSC-C AULA 02 PRIMEIRA LEI DE OHM APOSTILA 1 FSC-C DIFERENÇA DE POTENCIAL (DDP) CRIAR UMA DIFERENÇA ENTRE DOIS PONTOS. NUM DOS PONTOS HÁ EXCESSO E NO OUTRO FALTA DE ELETRONS QUANTO MAIOR A DIFERENÇA, MAIOR VAI

Leia mais

Unidade 2 ELETRICIDADE. Físico químicas - 9º ano de escolaridade

Unidade 2 ELETRICIDADE. Físico químicas - 9º ano de escolaridade Físico químicas - 9º ano de escolaridade Unidade 2 ELETRICIDADE Compreender o que é a corrente elétrica. Conhecer as regras de segurança elétrica. Identificar os principais componentes de um circuito e

Leia mais

Resistividade A A R A Equação 2

Resistividade A A R A Equação 2 Resistividade A R A A Equação 2 Condutividade Elétrica Metais bons condutores 10 7 (Ω.m) -1 Isolantes 10-10 e10-20 (Ω.m) -1 Semicondutores 10-6 e 10 4 (Ω.m) -1 Condução Eletrônica e Iônica No interior

Leia mais

Planificação Anual GR 510 Disciplina Física e Química 9.º Ano

Planificação Anual GR 510 Disciplina Física e Química 9.º Ano Planificação Anual GR 510 Disciplina Física e Química 9.º Ano Estratégias / Processos de operacionalização Módulo M5: Reações Químicas. 1 1P Indicar que a matéria é constituída por corpúsculos submicroscópicos

Leia mais

Electromagnetismo. Campo Magnético:

Electromagnetismo. Campo Magnético: Campo Magnético: http://www.cartoonstock.com/lowres/hkh0154l.jpg Campo Magnético: Existência de ímans Corrente eléctrica A bússola é desviada http://bugman123.com/physics/oppositepoles large.jpg Observação

Leia mais

Química 4 Módulo 5. Módulo 6 COMENTÁRIOS ATIVIDADES PARA SALA COMENTÁRIOS ATIVIDADES PROPOSTAS CLASSIFICAÇÃO PERIÓDICA CLASSIFICAÇÃO DOS ELEMENTOS

Química 4 Módulo 5. Módulo 6 COMENTÁRIOS ATIVIDADES PARA SALA COMENTÁRIOS ATIVIDADES PROPOSTAS CLASSIFICAÇÃO PERIÓDICA CLASSIFICAÇÃO DOS ELEMENTOS Química 4 Módulo 5 CLSSIFICÇÃO PERIÓDIC Elementos de um mesmo grupo ou família apresentam o mesmo número de elétrons na última camada Em 93, o inglês Henry G J Moseley (884-95 estabeleceu o conceito de

Leia mais

Aula 5_3. Condutores, Isolantes, Semicondutores e Supercondutores. Física Geral e Experimental III Prof. Cláudio Graça Capítulo 5

Aula 5_3. Condutores, Isolantes, Semicondutores e Supercondutores. Física Geral e Experimental III Prof. Cláudio Graça Capítulo 5 Aula 5_3 Condutores, Isolantes, Semicondutores e Supercondutores Física Geral e Experimental III Prof. Cláudio Graça Capítulo 5 Conteúdo Semicondutores Supercondutores Capítulo: 5, 10 Isolantes, Semicondutores

Leia mais

Elementos de Circuitos Elétricos

Elementos de Circuitos Elétricos Elementos de Circuitos Elétricos Corrente e Lei de Ohm Consideremos um condutor cilíndrico de seção reta de área S. Quando uma corrente flui pelo condutor, cargas se movem e existe um campo elétrico. A

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA DE CASQUILHOS CRITÉRIOS DE CORREÇÃO 4.º Teste Sumativo de Física 15. março. 2016

ESCOLA SECUNDÁRIA DE CASQUILHOS CRITÉRIOS DE CORREÇÃO 4.º Teste Sumativo de Física 15. março. 2016 ESCOLA SECUNDÁRIA DE CASQUILHOS CRITÉRIOS DE CORREÇÃO 4.º Teste Sumativo de Física 15. março. 2016 12.º Ano Turma A e B Maria do Anjo Albuquerque Duração da prova: 90 minutos. Este teste é constituído

Leia mais

Etapa 1: Questões relativas aos resultados Lei de Ohm. 1.1 A partir dos dados tabelados, calcule o valor médio da resistência do resistor.

Etapa 1: Questões relativas aos resultados Lei de Ohm. 1.1 A partir dos dados tabelados, calcule o valor médio da resistência do resistor. Respostas Questões relativas ao resultado Etapa 1: Questões relativas aos resultados Lei de Ohm 1.1 A partir dos dados tabelados, calcule o valor médio da resistência do resistor. Resposta: O valor encontrado

Leia mais

RADIOELETRICIDADE. O candidato deverá acertar, no mínimo: Classe B 50% Classe A 70% TESTE DE AVALIAÇÃO CORRIGIDO CONFORME A ERRATA

RADIOELETRICIDADE. O candidato deverá acertar, no mínimo: Classe B 50% Classe A 70% TESTE DE AVALIAÇÃO CORRIGIDO CONFORME A ERRATA Dados: ANATEL - DEZ/2008 RADIOELETRICIDADE TESTE DE AVALIAÇÃO 1 RADIOELETRICIDADE O candidato deverá acertar, no mínimo: Classe B 50% Classe A 70% TESTE DE AVALIAÇÃO CORRIGIDO CONFORME A ERRATA Fonte:

Leia mais

Agrupamento de Escolas da Senhora da Hora

Agrupamento de Escolas da Senhora da Hora Agrupamento de Escolas da Senhora da Hora Curso Profissional de Técnico de Gestão de Equipamentos Informáticos Informação Prova da Disciplina de Física e Química - Módulo: 4 Circuitos elétricos. Modalidade

Leia mais

4. A eletrosfera de um átomo estável de ferro contém 26 elétrons. Determinar a carga elétrica de sua eletrosfera. Resp.: 4,1652.

4. A eletrosfera de um átomo estável de ferro contém 26 elétrons. Determinar a carga elétrica de sua eletrosfera. Resp.: 4,1652. 1 Eletricidade ndustrial Prof. Vernetti Lista de exercícios 1 1. Estrutura da matéria e carga elétrica 1. Segundo o modelo de Bohr da estrutura atômica dos elementos, os elétrons de um átomo ocupam determinados

Leia mais

Capacitância C = Q / V [F]

Capacitância C = Q / V [F] Capacitância Na figura abaixo, como exemplo, tem-se duas placas paralelas, feitas de um material condutor e separadas por um espaço vazio. Essas placas estão ligadas a uma fonte de tensão contínua através

Leia mais

Corrente elétricas. i= Δ Q Δ t [ A ]

Corrente elétricas. i= Δ Q Δ t [ A ] Corrente elétricas A partir do modelo atômico de Bohr, que o define pela junção de prótons, nêutrons e elétrons, é possível explicar a alta condutividade dos metais, devida à presença dos elétrons livres.

Leia mais

Capacitância e Dielétricos

Capacitância e Dielétricos Capacitância e Dielétricos 1 Um capacitor é um sistema constituído por dois condutores separados por um isolante (ou imersos no vácuo). Placas condutoras Carga elétrica Isolante (ou vácuo) Símbolos Em

Leia mais

PLANO DE ENSINO IDENTIFICAÇÃO DA DISCIPLINA

PLANO DE ENSINO IDENTIFICAÇÃO DA DISCIPLINA 1 PLANO DE ENSINO IDENTIFICAÇÃO DA DISCIPLINA Curso: SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM SISTEMAS DE TELECOMUNICAÇÔES Nome da disciplina: ELETRICIDADE E MAGNETISMO Código: 54155 Carga horária: 83 horas Semestre

Leia mais

Eletrodinâmica. CORRENTE ELÉTRICA é o movimento ordenado dos portadores de cargas elétricas, ou seja, um fluxo de cargas elétricas.

Eletrodinâmica. CORRENTE ELÉTRICA é o movimento ordenado dos portadores de cargas elétricas, ou seja, um fluxo de cargas elétricas. Corrente Elétrica Eletrodinâmica Nos condutores metálicos, existe, movimentando-se desordenadamente uma verdadeira nuvem de elétrons, os elétrons livres. Em certas condições, esses elétrons podem ser colocados

Leia mais

INDUÇÃO ELETROMAGNÉTICA

INDUÇÃO ELETROMAGNÉTICA Eletricidade INDUÇÃO ELETROMAGNÉTICA O uso de motores elétricos e circuitos de corrente alternada revolucionou a sociedade moderna. Hoje, seu uso é tão disseminado que é difícil imaginar a vida sem eletricidade.

Leia mais

Roteiros de Práticas Laboratoriais Curso Engenharia Elétrica 5º Período Materiais Elétricos. Concepção Professor Eng. Alexandre Dezem Bertozzi, Esp

Roteiros de Práticas Laboratoriais Curso Engenharia Elétrica 5º Período Materiais Elétricos. Concepção Professor Eng. Alexandre Dezem Bertozzi, Esp Roteiros de Práticas Laboratoriais Curso Engenharia Elétrica 5º Período Materiais Elétricos Concepção Professor Eng. Alexandre Dezem Bertozzi, Esp ATIVIDADE EXPERIMENTAL Laboratório de Eletricidade e Eletrônica

Leia mais

3ª Ficha. Corrente, resistência e circuitos de corrente contínua

3ª Ficha. Corrente, resistência e circuitos de corrente contínua 3ª Ficha Corrente, resistência e circuitos de corrente contínua 1- Um condutor eléctrico projectado para transportar corrente elevadas possui um comprimento de 14.0 m e uma secção recta circular com diâmetro

Leia mais

Ohmímetro, Amperímetro e Voltímetro

Ohmímetro, Amperímetro e Voltímetro PONTIFÍCI UNIERSIDDE CTÓLIC DE GOIÁS ESCOL DE ENGENHRI Engenharia de Controle e utomação (Mecatrônica) Exper. 1 Ohmímetro, mperímetro e oltímetro Objetivo Realizar medidas de resistência, tensão e corrente

Leia mais

CARGA ELÉTRICA E CORRENTE ELÉTRICA

CARGA ELÉTRICA E CORRENTE ELÉTRICA CARGA ELÉTRICA E CORRENTE ELÉTRICA 1- CARGA ELÉTRICA AULA 20 Como sabemos, os átomos são constituídos por várias partículas elementares e, para o nosso estudo, interessa o elétron o próton e o nêutron.

Leia mais

Prof. Fábio de Oliveira Borges

Prof. Fábio de Oliveira Borges Corrente Elétrica Prof. Fábio de Oliveira Borges Curso de Física II Instituto de Física, Universidade Federal Fluminense Niterói, Rio de Janeiro, Brasil http://cursos.if.uff.br/fisica2-0116/ Corrente elétrica

Leia mais

02/10/2013. Ewaldo Luiz de Mattos Mehl. Departamento de Engenharia Elétrica

02/10/2013. Ewaldo Luiz de Mattos Mehl. Departamento de Engenharia Elétrica Ewaldo Luiz de Mattos Mehl Departamento de Engenharia Elétrica mehl@ufpr.br 1 genda: Materiais condutores Elétrons livres Natureza da corrente elétrica nos metais Corrente elétrica Densidade da corrente

Leia mais

ELETRÔNICA X ELETROTÉCNICA

ELETRÔNICA X ELETROTÉCNICA ELETRÔNICA X ELETROTÉCNICA ELETRÔNICA É a ciência que estuda a forma de controlar a energia elétrica por meios elétricos nos quais os elétrons têm papel fundamental. Divide-se em analógica e em digital

Leia mais

Aquino, Josué Alexandre.

Aquino, Josué Alexandre. Aquino, Josué Alexandre. A657e Eletrotécnica para engenharia de produção : análise de circuitos : corrente e tensão alternada / Josué Alexandre Aquino. Varginha, 2015. 53 slides; il. Sistema requerido:

Leia mais

SIMULADO Radioeletricidade

SIMULADO Radioeletricidade 73 questões PY1IB SIMULADO Radioeletricidade 1ª Pergunta: Dois corpos carregados eletricamente com cargas, respectivamente, positiva e negativa exercem entre si uma força que tende a: A Aproximá los. B

Leia mais

RESISTOR É O ELEMENTO DE CIRCUITO CUJA ÚNICA FUNÇÃO É CONVERTER A ENERGIA ELÉTRICA EM CALOR.

RESISTOR É O ELEMENTO DE CIRCUITO CUJA ÚNICA FUNÇÃO É CONVERTER A ENERGIA ELÉTRICA EM CALOR. Resistores A existência de uma estrutura cristalina nos condutores que a corrente elétrica percorre faz com que pelo menos uma parte da energia elétrica se transforme em energia na forma de calor, as partículas

Leia mais

Corrente elétrica, potência, resistores e leis de Ohm

Corrente elétrica, potência, resistores e leis de Ohm Corrente elétrica, potência, resistores e leis de Ohm Corrente elétrica Num condutor metálico em equilíbrio eletrostático, o movimento dos elétrons livres é desordenado. Em destaque, a representação de

Leia mais

Princípios de Circuitos Elétricos. Prof. Me. Luciane Agnoletti dos Santos Pedotti

Princípios de Circuitos Elétricos. Prof. Me. Luciane Agnoletti dos Santos Pedotti Princípios de Circuitos Elétricos Prof. Me. Luciane Agnoletti dos Santos Pedotti Resistência, Indutância e Capacitância Resistor: permite variações bruscas de corrente e tensão Dissipa energia Capacitor:

Leia mais

TEORIAS ATÔMICAS. Menor partícula possível de um elemento (Grécia antiga) John Dalton (1807)

TEORIAS ATÔMICAS. Menor partícula possível de um elemento (Grécia antiga) John Dalton (1807) TEORIAS ATÔMICAS Átomo Menor partícula possível de um elemento (Grécia antiga) John Dalton (1807) 1. Os elementos são constituídos por partículas extremamente pequenas chamadas átomos; 2. Todos os átomos

Leia mais

ANALOGIA ENTRE INTENSIDADE DE CORRENTE ELÉCRICA E CAUDAL DE UM LÍQUIDO

ANALOGIA ENTRE INTENSIDADE DE CORRENTE ELÉCRICA E CAUDAL DE UM LÍQUIDO ANALOGA ENTRE NTENSDADE DE CORRENTE ELÉCRCA E CADAL DE M LÍQDO Exemplo de revisão do conceito de caudal: Para medir o caudal de uma torneira, podemos encher um balde com água e medir o tempo que o balde

Leia mais

Estrutura atômica e ligação interatômica. Profa. Daniela Becker

Estrutura atômica e ligação interatômica. Profa. Daniela Becker Estrutura atômica e ligação interatômica Profa. Daniela Becker Referências Callister Jr., W. D. Ciência e engenharia de materiais: Uma introdução. LTC, 5ed., cap 2, 2002. Shackelford, J.F. Ciências dos

Leia mais

Ligação covalente em moléculas diatómicas

Ligação covalente em moléculas diatómicas Ligação covalente em moléculas diatómicas Os átomos tal como a Natureza regemse pelo princípio de energia mínima. Ligação covalente em moléculas diatómicas r e distância internuclear de equilíbrio r e

Leia mais

ELETRICIDADE CAPÍTULO 2 ELEMENTOS DOS CIRCUITOS ELÉTRICOS

ELETRICIDADE CAPÍTULO 2 ELEMENTOS DOS CIRCUITOS ELÉTRICOS ELETRICIDADE CAPÍTULO 2 ELEMENTOS DOS CIRCUITOS ELÉTRICOS 2.1 - INTRODUÇÃO - EXISTEM CINCO ELEMENTOS BÁSICOS IDEAIS QUE SÃO UTILIZADOS EM CIRCUITOS ELÉTRICOS. - ELEMENTOS ATIVOS (GERAM ENERGIA ELÉTRICA)

Leia mais