2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ TOTVS S/A. 7 - SITE 9 - TELEFONE 14 - FAX TELEFONE 11 - TELEFONE 12 - TELEX

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ TOTVS S/A. 7 - SITE www.totvs.com 9 - TELEFONE 14 - FAX - 10 - TELEFONE 11 - TELEFONE 12 - TELEX"

Transcrição

1 IAN - INFORMAÇÕES ANUAIS Data-Base - 31/12/2008 Reapresentaçã Espntânea O REGISTRO NA CVM NÃO IMPLICA QUALQUER APRECIAÇÃO SOBRE A COMPANHIA, SENDO OS SEUS ADMINISTRADORES RESPONSÁVEIS PELA VERACIDADE DAS INFORMAÇÕES PRESTADAS IDENTIFICAÇÃO 1 - CÓDIGO CVM DENOMINAÇÃO COMERCIAL TOTVS 5 - DENOMINAÇÃO SOCIAL ANTERIOR MICROSIGA SOFTWARE S/A 6 - NIRE DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ TOTVS S/A SITE 8 - DATA DE CONSTITUIÇÃO DA CIA 9 - DATA DE REGISTRO DA CIA NA CVM 13/12/ /03/ SEDE 1 - ENDEREÇO COMPLETO Av. Braz Leme, DDD FAX Sã Paul 7 - TELEFONE TELEFONE FAX TELEFONE FAX BAIRRO OU DISTRITO J. Sã Bent 3 - CEP 4 - MUNICÍPIO 5 - UF 11 - DDD 10 - TELEX SP DEPARTAMENTO DE ACIONISTAS ATENDIMENTO NA EMPRESA 1 - NOME Gilsmar Maia Sebastiã 2 - CARGO Gerente de RI 3 - ENDEREÇO COMPLETO Av. Braz Leme, CEP DDD DDD MUNICÍPIO Sã Paul 9 - TELEFONE FAX FAX BAIRRO OU DISTRITO J. Sã Bent 10 - TELEFONE 11 - TELEFONE 12 - TELEX 16 - FAX UF SP AGENTE EMISSOR / INSTITUIÇÃO FINANCEIRA DEPOSITÁRIA 18 - NOME Banc Itaú S.A 19 - CONTATO Rsana Suza 20 - ENDEREÇO COMPLETO 21 - BAIRRO OU DISTRITO Rua Ba Vista, Sã Paul Centr 22 - CEP 23 - MUNICÍPIO 24 - UF 25 - DDD 26 - TELEFONE 27 - TELEFONE 28 - TELEFONE 29 - TELEX 30 - DDD 31 - FAX 32 - FAX FAX SP 01/04/ :41:03 Pág: 1

2 IAN - INFORMAÇÕES ANUAIS Data-Base - 31/12/2008 Reapresentaçã Espntânea IDENTIFICAÇÃO 1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ OUTROS LOCAIS DE ATENDIMENTO A ACIONISTAS 35 - ITEM 36 - MUNICÍPIO 37- UF 38 - DDD 39 - TELEFONE 40 - TELEFONE 01 Sã Paul SP DIRETOR DE RELAÇÕES COM INVESTIDORES (Endereç para Crrespndência cm a Cmpanhia) 1 - NOME Jsé Rgéri Luiz 2 - ENDEREÇO COMPLETO Av. Braz Leme, CEP Sã Paul 7 - DDD DDD MUNICÍPIO 8 - TELEFONE 13 - FAX TELEFONE 14 - FAX 15 - FAX 17 - DIRETOR BRASILEIRO 18 - CPF 18 - PASSAPORTE SIM BAIRRO OU DISTRITO J. Sã Bent 10 - TELEFONE 11 - TELEX 6 - UF SP REFERÊNCIA / AUDITOR 1 - DATA DE INÍCIO DO ÚLTIMO EXERCÍCIO SOCIAL 01/01/ DATA DE TÉRMINO DO ÚLTIMO EXERCÍCIO SOCIAL 31/12/ DATA DE INÍCIO DO EXERCÍCIO SOCIAL EM CURSO 01/01/ NOME/RAZÃO SOCIAL DO AUDITOR Ernst & Yung Auditres Independentes S.S. Jsé Antni de A. Navarrete CARACTERÍSTICAS DA EMPRESA 1 - BOLSA DE VALORES ONDE POSSUI REGISTRO 4 - DATA DE TÉRMINO DO EXERCÍCIO SOCIAL EM CURSO 31/12/ CÓDIGO CVM NOME DO RESPONSÁVEL TÉCNICO 8 - CPF DO RESP. TÉCNICO BVBAAL BVMESB BVPR BVRJ BVST BVES BVPP BVRG X BOVESPA 2 - MERCADO DE NEGOCIAÇÃO Blsa 3 - TIPO DE SITUAÇÃO Operacinal 4 - CÓDIGO DE ATIVIDADE Cmunicaçã e Infrmática 5 - ATIVIDADE PRINCIPAL DESENVOLVIMENTO DE PROGRAMAS DE INFORMÁTICA 6 - AÇÕES PREF. COM CLASSES NÃO 01/04/ :41:04 Pág: 2

3 IAN - INFORMAÇÕES ANUAIS Data-Base - 31/12/2008 Reapresentaçã Espntânea IDENTIFICAÇÃO 1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ CONTROLE ACIONÁRIO / VALORES MOBILIÁRIOS 1 - NATUREZA DO CONTROLE ACIONÁRIO Privada Nacinal 2 - VALORES MOBILIÁRIOS EMITIDOS PELA CIA. X Ações Certificad de Recebíveis Imbiliáris (CRI) X Debêntures Cnversíveis em Ações Ações Resgatáveis Partes Beneficiárias Debêntures Simples Ntas Prmissórias (NP) BDR Outrs DESCRIÇÃO Bônus de Subscriçã Certificad de Investiment Cletiv (CIC) PUBLICAÇÕES DE DOCUMENTOS 1 - AVISO AOS ACIONISTAS SOBRE DISPONIBILIDADE DAS DFs. 18/02/ ATA DA AGO QUE APROVOU AS DFs. 25/03/ CONVOCAÇÃO DA AGO PARA APROVAÇÃO DAS DFs. 4 - PUBLICAÇÃO DAS DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS 04/03/ /02/ JORNAIS ONDE A CIA. DIVULGA INFORMAÇÕES 1 - ITEM 2 - TÍTULO DO JORNAL 3 - UF 01 Valr Ecnmic SP 02 Diári Oficial d Estad de SP SP DIRETOR DE RELAÇÕES COM INVESTIDORES 1 - DATA 02/07/ ASSINATURA 01/04/ :41:05 Pág: 3

4 IAN - INFORMAÇÕES ANUAIS Data-Base - 31/12/2008 Reapresentaçã Espntânea IDENTIFICAÇÃO 1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ COMPOSIÇÃO ATUAL DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO E DIRETORIA 1 - ITEM 2 - NOME DO ADMINISTRADOR 3 - CPF 4 - DATA 5 - PRAZO DO MANDATO DA ELEIÇÃO 6 - CÓDIGO TIPO DO 7 - ELEITO P/ 8 - CARGO 9 - FUNÇÃO ADMINISTRADOR * CONTROLADOR /FUNÇÃO 01 Laérci Jsé de Lucena Csentin /09/2009 AGO NÃO 30 Presidente d C.A. e Diretr Presidente 02 Laérci Jsé de Lucena Csentin /09/2009 AGO NÃO 39 VP de Estratégia de Mercad 03 Jsé Rgéri Luiz /09/2009 AGO Diretr Vice Presidente/ Superintendente 04 Wilsn de Gdy Sares Júnir /09/2009 AGO Diretr Vice Presidente/ Superintendente 05 Marcel ds Sants /09/2009 AGO Diretr de Marketing 06 Gilsmar Maia Sebastiã /09/2009 AGO Diretr de Planejament 07 Silvi Mta /09/2009 AGO Diretr de Atend. e Rel - Cmercial 09 Maria de Fátima Almeida e Albuquerque /09/2009 AGO Diretra de Relações Humanas 10 Gustav Dutra Basts /09/2009 AGO Diretr de Atend. e Rel. - Serviçs 11 Cláudi Bessa Sacrament /09/2009 AGO Diretr de Alianças e Nvs Neg 12 Rbéri Gualbert Teixeira Lima /09/2009 AGO Diretr de Atend. e Rel - Cmercial 13 Flávi Balestrin de Paiva /09/2009 AGO Diretr de Expansã Internacinal 14 Fábi Giani Orlvas /09/2009 AGO Diretr de Desenvlviment 15 Jean Carl Klaumann /09/2009 AGO Diretr de Atend. e Rel - Cmercial 16 Marcel Jacb /09/2009 AGO Diretr de Atend. e Rel - Cmercial 17 Weber Gerge Canva /09/2009 AGO Diretr Vice Presidente/ Superintendente 18 Patrice Phillipe Ngueira Baptista Etlin /03/2008 AGO NÃO 27 Cnselh de Adm. Independente (Efetiv) 19 Marília Artimnte Rcca /03/2008 AGO NÃO 27 Cnselh de Adm. Independente (Efetiv) 20 Pedr Luiz Barreirs Passs /03/2008 AGO NÃO 27 Cnselh de Adm. Independente (Efetiv) 21 Sérgi Földes Guimarães /03/2008 AGO NÃO 22 Cnselh de Administraçã (Efetiv) 22 Edimilsn Jsé Crrea /09/2009 AGO Diretr de Desenvlviment 23 Marcel Rehder Mnteir /09/2009 AGO Diretr Vice Presidente/ Superintendente * CÓDIGO: 1 - PERTENCE APENAS À DIRETORIA; 2 - PERTENCE APENAS AO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO; 3 - PERTENCE À DIRETORIA E AO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO. 01/04/ :41:06 Pág: 4

5 IAN - INFORMAÇÕES ANUAIS Data-Base - 31/12/2008 Reapresentaçã Espntânea IDENTIFICAÇÃO 1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ COMPOSIÇÃO ATUAL DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO E DIRETORIA 1 - ITEM 2 - NOME DO ADMINISTRADOR 3 - CPF 4 - DATA 5 - PRAZO DO MANDATO DA ELEIÇÃO 6 - CÓDIGO TIPO DO 7 - ELEITO P/ 8 - CARGO 9 - FUNÇÃO ADMINISTRADOR * CONTROLADOR /FUNÇÃO 24 Paul Rbert da Silva /09/2009 AGO Diretr de Gestã de Prjets 25 Gilsinei Valcir Hansen /09/2009 AGO Diretr de Negóci 26 André Bretas Nunes de Lima /09/2009 AGO Diretr de Desenvlviment 27 Alexandre Mafra Guimarães /09/2009 AGO Dir. Fin. e de Serviçs Cmpart. 28 Khalil Kaddissi /09/2009 AGO Diretr Jurídic 29 Givani da Silva Amaral /09/2009 AGO Diretr de Negóci 30 Jsé Rgéri Luiz /09/2009 AGO Diretr de Relações cm Investidres 32 Cléber August Piçarr /09/2009 AGO Diretr de Unidade 34 Filipe Paul Ribeir Frags Rhdes /09/2009 AGO Diretr de Unidade 35 Álvar Emídi Maced Cysneirs /09/2009 AGO Diretr de Unidade 36 Rdrig de Queirós Cabrera Nasser /09/2009 AGO Diretr de Unidade 37 Evandr de Castr Ávila /09/2009 AGO Diretr de Desenvlviment 38 Miguel Abuhab /08/2008 AGO NÃO 22 Cnselh de Administraçã (Efetiv) 39 Rdrig de Queirz Caserta /09/2009 AGO Diretr de Negóci 40 Virgíli Dely Capbianc Gibbn /09/2009 AGO Diretr de Negóci 41 Mári Cesar Pamplna /09/2009 AGO Diretr de Negóci 42 Léli de Suza Júnir /09/2009 AGO Diretr de Negóci 43 Denis Del Bianc /09/2009 AGO Diretr de Negóci 44 Chesley Bernard Buteri /09/2009 AGO Diretr de Negóci * CÓDIGO: 1 - PERTENCE APENAS À DIRETORIA; 2 - PERTENCE APENAS AO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO; 3 - PERTENCE À DIRETORIA E AO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO. 01/04/ :41:06 Pág: 5

6 IAN - Infrmações Anuais EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL E FORMAÇÃO ACADÊMICA DE CADA CONSELHEIRO (ADMINISTRAÇÃO E FISCAL) E DIRETOR Abaix estã as cupações principais e currículs resumids ds membrs d Cnselh de Administraçã da Cmpanhia: Nme Laérci Jsé de Lucena Csentin Marilia Artimnte Rcca Miguel Abuhab Patrice Philippe Ngueira Baptista Etlin Pedr Luiz Passs Sergi Földes Guimarães Psiçã Presidente Membr Independente Membr Membr Independente Membr Independente Membr Laérci Jsé de Lucena Csentin. Membr d Cnselh de Administraçã desde març de O Sr. Csentin, 48 ans, é Presidente d Cnselh de Administraçã, Presidente e Vice- Presidente de Estratégia de Mercad da Ttvs. Graduu-se em Engenharia Elétrica pela Escla Plitécnica de Engenharia da Universidade de Sã Paul, em Antes de ingressar na Cmpanhia, atuu cm estagiári, prgramadr, analista, e, psterirmente, trnu-se Diretr da SIGA entre 1978 e O Sr. Csentin fundu a Cmpanhia em 1983, atuand cm sóci diretr. O Sr. Csentin é autr ds livrs Dbase II e III, Windws, Brasil nã é Risc é Oprtunidade e Genma Empresarial. Marilia Artimnte Rcca. Membr d Cnselh de Administraçã desde utubr de A Sra. Rcca, 35 ans, graduu-se em Administraçã de Empresas pela Fundaçã Getúli Vargas em Sã Paul e cursu MBA da Clumbia Business Schl, em Nva Irque, EUA. A Sr. Rcca é sócia e diretra d SOLO crp, empresa de capital de risc. Fundadra d Institut Empreender Endeavr, rganizaçã líder n api à empreendedres invadres n Brasil, d qual fi diretra geral durante 5 ans. Antes diss, atuu n Wal Mart pr 4 ans, nde fi Gerente da Área de Operações d primeir hipermercad da empresa n País e depis Crdenadra de Expansã ds supercenters. A Sra. Rcca também é membr d Cnselh de Administraçã da Veris Educacinal (IBMEC e IBTA) e d Institut Empreender Endeavr. Desde de 2006 integra Henry Crwn Fellwship. Miguel Abuhab. Membr d Cnselh de Administraçã desde agst de O Sr. Abuhab, 65 ans, é engenheir mecânic frmad em 1968 pel ITA Institut Tecnlógic da Aernáutica. Entre 1968 e 1971 trabalhu na Swisscnsult e Cônsul antes de fundar a Datasul em Em 2006, iniciu prcess de abertura de capital da Datasul n Nv Mercad da Bvespa. É presidente d cnselh da Negrid e lideru a fusã da empresa cm a Xplan. Patrice Philippe Ngueira Baptista Etlin. Membr d Cnselh de Administraçã desde març de O Sr. Etlin, 45 ans, graduu-se em Engenharia Eletrônica pela Universidade de Sã Paul, em 1987, recebeu títul de mestre em Engenharia Industrial pela Escla Central de Paris, em 1988, e cncluiu MBA n Eurpean Institute Fr Business Administratin / Universidade da França - INSEAD, em Atuu cm engenheir de sistemas e cm representante geral n Brasil de Matra Marcni Space de 1989 a 1994, quand assumiu carg de sóci da empresa Internatinal Venture Partners em Sã Paul. O Sr. Etlin ingressu cm sóci na Advent Internatinal Crpratin em 1997 e é encarregad d escritóri n Brasil. É cnselheir das empresas CSU CardSystem, Atmsfera Gestã, a empresa argentina Prnt!, Grup RA, Grup 01/04/ :41:10 Pág: 6

7 IAN - Infrmações Anuais EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL E FORMAÇÃO ACADÊMICA DE CADA CONSELHEIRO (ADMINISTRAÇÃO E FISCAL) E DIRETOR Viena e Higienizaçã de Têxteis Ltda. e J. Malucelli Seguradra S/A. Fi cnselheir da Prservvi Empreendiments e Atrium Telecmunicações. Pedr Luiz Barreirs Passs. Membr d Cnselh de Administraçã desde març de O Sr. Pedr Passs, 56 ans, graduu-se em Engenharia de Prduçã pela Escla Plitécnica da USP e em Administraçã pela Fundaçã Getúli Vargas (FGV). É C-Presidente d Cnselh de Administraçã da Natura Csmétics, empresa que ingressu em A partir de 1988 trnu-se diretr superintendente d grup assumind em seguida a presidência executiva, carg que deixu em Em 1998, assumiu a vice-presidência d Sindicat da Indústria de Perfumaria e Artigs de Tucadr n Estad de Sã Paul. Em 2003, integru Cnselh Curadr da Fundaçã Nacinal da Qualidade (FNQ), d qual passu a ser presidente em É também membr d Cnselh Administrativ da Câmara Americana de Sã Paul, da Endeavr e da Fundaçã SOS Mata Atlântica. Sergi Földes Guimarães. Membr d Cnselh de Administraçã desde març de O Sr. Földes, 38 ans, graduu-se em Infrmática pela Universidade Federal d Ri de Janeir em 1993 e é mestre em Administraçã cm ênfase em Finanças pela Pntifícia Universidade Católica d Ri de Janeir (PUC/RJ) desde an de Ingressu n BNDES pr cncurs em 1993, tend trabalhad nas áreas Industrial, Financeira e de Mercad de Capitais. Atualmente cupa carg de Chefe de Departament de Mercad de Capitais d BNDES e desde 2005 também exerce a funçã de Cnselheir d INI (institut Nacinal de Investidres). Entre 2005 e 2007, atuu cm Cnselheir d Fund Investidres Institucinais FIA. Diretres da Cmpanhia (cm exceçã ds Diretres que sã membrs d Cnselh de Administraçã): Alexandre Mafra Guimarães. O Sr. Mafra, 36 ans, é Diretr de Planejament da Ttvs. Graduu-se em Engenharia Elétrica em 1994 pela Universidade Federal de Minas Gerais e cncluiu em 1997 sua Pós-Graduaçã em Finanças Empresariais pela Fundaçã Getúli Vargas. Antes de ingressar na Cmpanhia, atuu pr 12 ans na AmBev, nde cmeçu cm trainee e atuu em diversas unidades e na Administraçã Central cm Gerente Administrativ Financeir, Gerente Geral de Fábrica, Gerente Nacinal de Serviçs Financeirs e Planning and Perfrmance Management Directr. O Sr. Alexandre Mafra ingressu na Cmpanhia em març de Álvar Emídi Maced Cysneirs. O Sr. Cysneirs, 37 ans, é Diretr de Unidade Ttvs. Mestrand em Ecnmia, pós-graduad em Gestã de Prjets pela FGV, Qualidade pel CEFET e Análise de Sistemas pela PUC. Graduu-se em Engenharia Elétrica pela Universidade Gama Filh d Ri de Janeir, em Pssui 20 ans de experiência n segment de sftware e serviçs e fi sóci-diretr de empresa de publicidade. Na Ttvs, já atuu cm analista de negócis, crdenadr de prjets, gerente de serviçs e gerente geral da Micrsiga Ri de Janeir. O Sr. Cysneirs pssui também ampla experiência cm dcente em curss de graduaçã e pós graduaçã em Marketing Estratégic e Sistemas de Infrmaçã. André Bretas Nunes de Lima. O Sr. Bretas, 33 ans, é Diretr de Desenvlviment da Ttvs. Graduu-se em Ciência da Cmputaçã em 1997 pela Pntifícia Universidade Católica de Minas Gerais e cncluiu em 2001 a especializaçã em gestã de negócis e TI pela FGV. Antes de ingressar na Cmpanhia, atuu cm cnsultr em arquitetura e desenvlviment de sftware em algumas empresas. O Sr. André Bretas ingressu na Cmpanhia a partir da incrpraçã da RM Sistemas. Na RM, Sr. André Bretas iniciu sua carreira em 1995, tend a prtunidade de atuar 01/04/ :41:10 Pág: 7

8 IAN - Infrmações Anuais EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL E FORMAÇÃO ACADÊMICA DE CADA CONSELHEIRO (ADMINISTRAÇÃO E FISCAL) E DIRETOR cm líder das equipes de desenvlviment de sftware e custmizaçã em Minas Gerais e da equipe de serviçs em Sã Paul. Atuu também cm facilitadr n prjet de invaçã tecnlógica d sftware de gestã e n desenvlviment da metdlgia de implantaçã da marca RM. Chesley Bernard Buteri. O Sr. Buteri, 43 ans, é Diretr de Negóci da TOTVS, cm ênfase em fertas e metdlgias vltadas à gestã empresarial, e cmpõe grup ds executivs respnsáveis pela Unidade de Negócis de Cnsultria. Graduu-se em Engenharia Elétrica pela Universidade Federal d Espírit Sant (UFES) em 1987 e especializu-se em Gestã pela Qualidade Ttal pela AOTS - Japã (Assciatin fr Overseas Technical Schlarship) em Antes de ingressar na Cmpanhia, atuu pr 9 ans na CSN (Cmpanhia Siderúrgica Nacinal), alcançand carg de Assessr da presidência para implantaçã da Gestã pela Qualidade Ttal (TQC) e pr 8 ans na FDG (Fundaçã de Desenvlviment Gerencial), cupand carg de Gerente de prjets de cnsultria. Atuu também, a lng de sua carreira, em diverss prjets estratégics de Cnsultria de Negócis dentr e fra d Brasil. Cláudi Bessa Sacrament. O Sr. Bessa, 45 ans, é Diretr de Marketing, Alianças e Nvs Negócis da Ttvs. Graduu-se em Administraçã de Empresas em 1985 e Ciências Ecnômicas em 1986 pela Pntifícia Universidade Católica de Sã Paul, recebeu títul de mestre em Marketing pela Universidade de Lndres, Inglaterra, em 1988 e cncluiu a pós-graduaçã em Gerência de Prduts pela Fundaçã Getúli Vargas - FGV em Antes de ingressar na Cmpanhia, atuu n segment de pesquisa n Departament Intersindical ds Estuds Estatístics Sóci-Ecnômics - DIEESE em 1984, na área de administraçã de vendas na Mrmasa Ltda. em 1985 e cm gerente de prduts na Brasftware de 1989 a O Sr. Bessa ingressu na Cmpanhia em 1991 cm gerente de cntas tend atuad em diverss cargs entre s quais gerente de nvs negócis e gerente de marketing e alianças. O Sr. Bessa fi prfessr de marketing pela Universidade Paulista n curs de Prpaganda e Marketing entre 1989 e 2004 e é autr d livr Marketing Business t Business, pela editra Makrn Bks e Marketing B2B pela Editra Saraiva. Cléber August Piçarr. O Sr. Piçarr, 40 ans, é Diretr de Unidade TOTVS. Graduu -se em Ciências da Cmputaçã pela PUC-MG e em Administraçã de Empresas pela UFMG. Pós Graduad em Gestã Estratégica pela UFMG e Gestã de Prjets pel IETEC, detém certificad PMP (PMI). Pssui 18 ans de Experiência na área de Infrmática, send 13 ans atuand na RM Sistemas. De 1994 a 1997 atuu cm Desenvlviment de Sistemas, Em 1997 fi Crdenadr de Canais, de 1998 a 2002 fi Gerente de Canais. Desde 2002 assumiu a Diretria de Serviçs, send respnsável pels prjets de implantaçã de sluções de gestã (ERP), metdlgia e prcesss de cntrle de serviçs e treinaments ds sistemas RM. Denis Del Bianc. O Sr. Del Bianc, 33 ans, é Diretr de Negóci da TOTVS, cm ênfase n desenvlviment e aplicaçã de fertas para Recurss Humans, Gestã da Mudança e Gerenciament de Prjets, e cmpõe grup ds executivs respnsáveis pela Unidade de Negócis de Cnsultria desde nvembr de Graduu-se em Infrmática pela Universidade Federal d Ri de Janeir (UFRJ) em 1998 e é pós-graduad em Gestã de Negócis pel IBMEC d Ri de Janeir em Antes de ingressar na Cmpanhia, atuu pr 9 ans na divisã de cnsultria da Accenture d Brasil send s últims 14 meses cm Gerente Sênir para segment de Energia, respnsável pr vendas e desenvlviment de prjets de Tecnlgia e de Reestruturaçã de Prcesss. 01/04/ :41:10 Pág: 8

9 IAN - Infrmações Anuais EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL E FORMAÇÃO ACADÊMICA DE CADA CONSELHEIRO (ADMINISTRAÇÃO E FISCAL) E DIRETOR Edimilsn Crrêa. O Sr. Crrêa, 44 ans, é Diretr de Desenvlviment. É frmad em Ciências da Cmputaçã em 1988 pela UFSC - Universidade Federal de Santa Catarina. Pós-graduad em Planejament e Gerência de Infrmática pel Institut Superir de Pós-Graduaçã - ISPG/PR em 1992 e Pós Graduad em Sistemas de Infrmações pela UFRGS - Universidade Federal d Ri Grande d Sul em A partir de 1995, trabalhu na Datasul nde atuu em diverss prcesss estratégics e na estruturaçã d Prgrama de Franchising. Atuu pr 2 ans na área de Operações América Latina e psterirmente assumiu a Diretria de Prduts e Tecnlgia em Cm a uniã cm a TOTVS, Sr. Crrêa passu a cupar a atual psiçã. Evandr de Castr Ávila. O Sr. Ávila, 36 ans, é Diretr de Negóci da Ttvs. Graduu-se em Administraçã de Empresas pela Faculdade Integrada Izabela Hendrix. Pssui pós-graduaçã em Infrmática e Tecnlgia Internet pela Universidade Sã Paul e em Sistemas de Infrmaçã pela ESA Écle Supérieure dês Affaires em Grenble na França. Antes de ingressar na cmpanhia, atuu cm prgramadr na CEMIG Cmpanhia Energética de Minas Gerais, durante a década de 90. Em 2001 iniciu sua carreira de cnsultr, atuand em prjets de implementaçã SAP. Em 2004, trnu-se sóci diretr da ITS-Prvider, empresa de cnsultria fcada em fabrica de Sftware. Em 2006 trnu-se sóci diretr d grup WA respnsável pela diretria SAP. Fabi Orlvas. O Sr. Orlvas, 36 ans, é Diretr de Desenvlviment da Ttvs. Graduu-se em Marketing pela ESPM Escla Superir de Prpaganda e Marketing em Atuu na área de utsurcing de infra-estrutura, fi gerente de desenvlviment e diretr de aplicações n períd de 7 ans na Ats Origin Brasil. Atuu cm diretr de desenvlviment e manutençã de aplicações da Bearingpint, nde permaneceu pr 3 ans e mei. Filipe Paul Ribeir Frags Rhdes. O Sr. Rhdes, 41 ans, é Diretr de Unidade TOTVS. Graduu-se em Matemática e em Análise de Sistemas. Iniciu sua carreira n Grup na RM Sistemas há 17 ans, fi Gerente de Suprte, Gerente Reginal e Diretr Reginal. Flávi Balestrin de Paiva. O Sr. Paiva, 35 ans, é Diretr de Expansã Internacinal da Ttvs. Graduu-se em Administraçã de Empresas pela Fundaçã Getúli Vargas em 1993, cursu Prgrama de Desenvlviment Empresarial em 1995, especializu-se em Recurss Humans pela FGV-GVPEC em Antes de ingressar na Cmpanhia atuu na empresa júnir da FGV em 1992, atuu n Banc Nacinal S.A. - Unibanc S.A. cm trainee e analista de Recurss Humans de 1994 a 1995, atuu na Accenture d Brasil cm especialista de Recurss Humans atingind carg de Diretr de Recurss Humans de 1995 a 2000, e atuu cm Diretr de Recurss Humans na Avanade d Brasil LTDA entre 2000 e O Sr. Paiva ingressu na Cmpanhia em dezembr de Gilsinei Hansen. O Sr. Hansen, 36 ans, é Diretr de Negócis. Graduu-se em Administraçã de Empresas pela Universidade da Regiã de Jinville em 1995, especializu-se em Marketing, Cmunicaçã & Negócis pela mesma instituiçã e em Engenharia da Prduçã pela Universidade d Estad de Santa Catarina. Iniciu prfissinalmente em 1989 cm analista de sistemas, na área de TI das Indústrias Schneider. Em 1992 passu a desenvlver sua carreira na Datasul, nde atuu em diverss cargs nas áreas de desenvlviment de sftware e serviçs de implementaçã. Em 1999, trnu-se franquead da Datasul, dirigind as áreas de Marketing e Operações da franquia. Em 2006, regressu à Datasul, na gerência da área de fusões e aquisições (M&A), nde lideru prjets de aquisiçã e integraçã de empresas. O Sr. Hansen também fi prfessr das disciplinas de marketing e empreendedrism pelas instituições de ensin superir: Assciaçã Catarinense de Ensin e Faculdade Cenecista de Jinville entre 1998 e Cm a 01/04/ :41:10 Pág: 9

10 IAN - Infrmações Anuais EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL E FORMAÇÃO ACADÊMICA DE CADA CONSELHEIRO (ADMINISTRAÇÃO E FISCAL) E DIRETOR uniã cm a TOTVS, passu a cupar a atual psiçã e fará a gestã de Segments da Cmpanhia. Gilsmar Maia Sebastiã. O Sr. Maia, 33 ans, é Diretr de Planejament. Graduu-se em Ciências Cntábeis pela Universidade Mackenzie em 2000, cursu pós-graduaçã em Mercad de Capitais pela FEA-USP em 2006 e é mestrand em Finanças e Cntabilidade pela PUC-SP. Antes de ingressar na Cmpanhia, trabalhu durante 8 ans na Ernst & Yung Auditres Independentes e cm gerente de cntrladria da Cimex Trading pr dis ans. Em març 2006 ingressu na Cmpanhia n carg de gerente de prcesss e riscs, send respnsável pelas atividades de auditria interna. Em dezembr de 2007, Sr. Maia assumiu carg de gerente de relações cm investidres e fusões e aquisições. Givani da Silva Amaral. O Sr. Amaral, 42 ans, é Diretr de Negóci. É graduad em Administraçã de Empresas pela FACE/FUMEC, pós-graduad pela UFMG em Gestã da Prduçã e cm MBA em Administraçã Glbal pela UDESC/Universidade de Lisba. Acumulu ampla experiência em diverss segments cm Cnstruçã Civil, Finanças e Indústria antes de se juntar à Datasul pr mais de 13 ans. Na Cmpanhia, fi Diretr Executiv da Datasul Serviçs, unidade da Datasul respnsável pelas ferta de Infra-estrutura, Educaçã, BPO e Sluções. Cm a uniã cm a TOTVS, Sr. Amaral passu a cupar a atual psiçã e fará a gestã de Serviçs. Gustav Dutra Basts. O Sr. Basts, 32 ans, é Diretr de Atendiment e Relacinament Serviçs da Ttvs. Pssui frmaçã técnica em Infrmática Industrial pel Centr Federal de Educaçã Tecnlógica de Minas Gerais e graduu-se em Administraçã pela UFMG Universidade Federal de Minas Gerais, em Pssui 13 ans de experiência na área de TI e desde iníci de sua carreira atuu empresas desenvlvedras de sistemas, cupand funções de prgramadr, analista de negócis e crdenadr de prjets. Ingressu na cmpanhia em 2001, n papel de crdenadr de prjets. Desde entã, atuu também nas funções de arquitet de sluções, gerente de prjets, gerente de pré-venda e gerente de serviçs. Jean Carl Klaumann. O Sr. Klaumann, 34 ans, é Diretr de Atendiment e Relacinament Cmercial. Frmu-se em marketing pela Unisul e participu, em 2007, de prgrama para desenvlviment de dirigentes prmvid pela Fundaçã dm Cabral. Atua a 12 ans n segment de sftware de gestã cm funções em diferentes prcesss cm cnsultria, marketing e vendas. Exerceu papéis de liderança em empresas imprtantes d setr cm IFS, Peplesft e Oracle. Em 2005 ingressu na área de marketing da Datasul. A partir de 2007 assumiu a diretria de perações internacinais e acumulu também a diretria de perações respnsável pela criaçã e desenvlviment de nvs canais n Brasil. Cm a uniã cm a TOTVS, passu a cupar a atual psiçã e fará a gestã das regiões nrte nrdeste, centr-este, Ri de janeir, Minas Gerais e Espírit Sant. Jsé Rgéri Luiz. O Sr. Luiz, 45 ans, é Vice-Presidente Executiv da TOTVS send também CFO (Chief Financial Officer) e Diretr de Relacinament cm Investidres da empresa. Graduuse em Ecnmia pela Universidade de Sã Paul e especializaçã n ADP Gerenciament Geral pela Lndn Business Schl. Cmeçu a carreira na PricewaterhuseCpers, depis atuu cm assessr da diretria financeira da Embraer, vice-presidente de finanças crprativas d Citibank, diretr financeir e de relações cm investidres n Grup Antarctica/AmBev e diretr da Klicknet. Na TOTVS desde 2001, Luiz esteve à frente da bem-sucedida abertura de capital da empresa, lideru s prcesss de aquisiçã e cnslidaçã das marcas que hje frmam a TOTVS: Micrsiga, Lgcenter, RM Sistemas, Midbyte, BCS, TOTVS Cnsulting e TOTVS BPO, TOTVS Infra e recentemente da DATASUL. Em 2008 recebeu Prêmi "O Executiv de Finanças 01/04/ :41:10 Pág: 10

11 IAN - Infrmações Anuais EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL E FORMAÇÃO ACADÊMICA DE CADA CONSELHEIRO (ADMINISTRAÇÃO E FISCAL) E DIRETOR d An" (Trféu "O Equilibrista") d IBEF, n qual desde 2009 atua cm Vice-Presidente Executiv. Khalil Kaddissi. O Sr. Kaddissi, 33 ans, é Diretr Jurídic da Ttvs. Graduu-se em Advcacia pela Pntifícia Universidade Católica de Sã Paul e em Ciências Sciais pela Universidade de Sã Paul. Pssui pós-graduaçã em Direit d Mercad de Capitais pela Universidade de Sã Paul e cursu Prgrama de Mediaçã e Negciaçã da Harvard Law Schl. Antes de ingressar na Cmpanhia, atuu cm advgad nas áreas de fusões e aquisições e de mercad de capitais ns escritóris Ulhôa Cant, Rezende e Guerra Advgads e Suza, Cescn Avedissian, Barrieu e Flesh n períd de 1996 a agst de É vluntári mentr d "Institut Empreender Endeavr", membr d Fórum "Nvs Líderes" e é assciad a grup "Ptencial - Partnership Develpment". Léli de Suza Júnir. O Sr. Léli, 35 ans, é Diretr de Negócis da TOTVS, cm ênfase em fertas e metdlgias vltadas a Tecnlgia de Infrmaçã, e cmpõe grup ds executivs respnsáveis pela Unidade de Negócis de Cnsultria. Graduu-se em Engenharia Mecânica pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) em 1997 e é pós- graduad em Engenharia de Prduçã e certificad APICS/CPIM (Certified in Prductin and Inventry Management). Antes de ingressar na Cmpanhia, atuu pr 3 ans na COONEP (Cperativa Nacinal de Engenharia e Prjets) em prjets de cnsultria para segment de Energia e pr 8 ans na Accenture d Brasil, nde alcançu carg de Gerente Sênir trabalhand intensamente em prjets de tecnlgia vltads a segment de óle e gás dentr e fra d Brasil. Marcel ds Sants. O Sr. ds Sants, 34 ans, é Diretr de Marketing. É frmad em Ciências Cntábeis na Fundaçã Educacinal da Regiã de Jinville, cursu Prgrama de Desenvlviment de Executivs da Fundaçã Cabral e MBA em Gerenciament de Prjets na Fundaçã Getúli Vargas d Ri de Janeir. Iniciu sua carreira prfissinal na Datasul cm Analista Financeir em A partir de 2000 passu a atuar n desenvlviment e ampliaçã das redes de franquias cm Gerente de Planejament de Canais. Em 2001 trabalhu cm Executiv de Vendas na CA, multinacinal de sftware, retrnand psterirmente à Datasul para assumir a Gerencia de Nvs Negócis. Em 2004 assumiu a Gerencia de Cntrladria Cmercial e psterirmente Gerente Geral de Operações. A partir de 2006 assumiu a Diretria de Operações para a América Latina e em 2007 fi eleit Diretr de Marketing e Cmunicaçã. Cm a uniã cm a TOTVS, Sr. ds Sants passu a cupar a atual psiçã. Marcel Jacb. O Sr. Jacb, 44 ans, é Diretr de Atendiment e Relacinament Cmercial da Ttvs. Graduu-se em Administraçã de Empresas pela Pntifícia Universidade Católica em 1985, e especializu-se em Prcessament de Dads pela Kyei Facm em Antes de ingressar na Cmpanhia atuu cm analista prgramadr n Atelier de Sftware de 1986 a O Sr. Jacb ingressu na Cmpanhia em 1987 cm gerente de cntas, em 1991 assumiu a gerência cmercial e, em 1999 a diretria. Marcel Rehder Mnteir. O Sr. Mnteir, 38 ans, é Vice-Presidente de Atendiment e Relacinament da Ttvs. Graduu-se em Engenharia Química pela Escla de Engenharia Mauá em Sã Paul em Pssui Pós-Graduaçã em Administraçã Industrial pela Fundaçã Vanzlini-USP em O Sr. Mnteir atuu na área cmercial da Dw Química entre 1992 e 1996, cm Gerente Cmercial d grup Swatch n Brasil entre 1996 e 1998 e fi respnsável pel iníci da peraçã n segment de cnsum n País da Swarvski Cristais n Brasil em 1998, respndend também pela peraçã d grup em tda a América Latina em Ingressu na Cmpanhia em julh de /04/ :41:10 Pág: 11

12 IAN - Infrmações Anuais EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL E FORMAÇÃO ACADÊMICA DE CADA CONSELHEIRO (ADMINISTRAÇÃO E FISCAL) E DIRETOR Maria de Fátima Almeida e Albuquerque. A Sra. Albuquerque é Diretra de Relações Humanas da Ttvs. 55 ans. Estudu na PUC Campinas. Atuu cm prgramadra e analista e, de 89 a 2002, cm sócia fundadra e diretra em empresa de desenvlviment de sistemas, send neste períd também presidente e diretra em entidades de classe e franqueada Datasul, psterirmente cntratada pela franqueadra para Gestã de Canais e de Cntrladria Cmercial. A partir da Uniã cm a Ttvs em 2008, estruturu a área de Gestã de Atendiment, Relacinament e Canais e desde iníci de 2009 cupa a atual psiçã. Mári Cesar Pamplna. O Sr. Pamplna, 43 ans, é Diretr de Negóci da TOTVS, cm ênfase n desenvlviment e aplicaçã de fertas vltadas para atender as pequenas e médias empresas, e cmpõe grup ds executivs respnsáveis pela Unidade de Negócis de Cnsultria desde nvembr de Graduu-se em Administraçã de Empresas pela Universidade de Jinville (SC) em 1990 e é pós-graduad em Administraçã da Prduçã pela FAE de Curitiba, em Finanças pela FGV de Blumenau e em Marketing pel INPG de Jinville. Antes de ingressar na Cmpanhia, atuu cm executiv das empresas Multibrás, Artex, Electrlux e Datasul, send que em seu últim carg exerceu a Diretria Administrativa Financeira da Datasul Serviçs antes da uniã desta cm a TOTVS. Paul Rbert da Silva. O Sr. Paul Rbert, 43 ans, é Diretr de Gestã de Prjets da Ttvs. Graduu-se em administraçã de Empresas em 1997, e realizu MBA em gestã empresarial pela Fundaçã Getúli Vargas. Atuu cm chefe de lgística pela Frtilit S/A, entre s ans 1990 a 1994, cm chefe de administraçã de vendas pela Tupy Tubs e Cnexões S/A, entre s ans de 1985 a 1990 e cm instrutr de artes gráficas na fundaçã Bradesc de 1979 a Ingressu na Lgcenter em 1994, cm analista de negócis ns prcesss de manufatura e cmercial,, atuu cm crdenadr de prjet, gerente de perações, gerência de cntas base, gerência de utsurcing, diretr de sistemas e diretr de Atendiment e Relacinament para base de clientes, tend ingressad na Cmpanhia cm a incrpraçã da Lgcenter. Rbéri Gualbert Teixeira Lima. O Sr. Lima 42 ans, é Diretr de Atendiment e Relacinament - Cmercial. Frmu-se em Ecnmia pela Universidade Sã Judas, MBA pela FIA-USP e cursu Prgrama de Desenvlviment de Executivs da Fundaçã Dm Cabral. Pssui 17 ans de experiência cm sluções para gestã empresarial em destacadas empresas d setr cm SSA, BAAN e SAP. Atuu inicialmente nas áreas de serviçs, nde teve prtunidade de participar de prjets em diferentes segments de negóci n Brasil e exterir, e psterirmente pr mais de 12 ans na área cmercial. Ingressu na Datasul em 2001 cm Gerente de Operações, em 2006 assumiu a Gerencia Geral de Operações Brasil e em 2007 a Diretria de Operações Brasil Cm a uniã cm a TOTVS, passu a cupar a atual psiçã e é respnsável pel api peracinal e gestã que cmpreende s estads de SP, PR, SC e RS. Rdrig de Queirós Cabrera Nasser. O Sr. Nasser, 29 ans, é Diretr de Unidade TOTVS. Graduu-se em Administraçã de Empresas pela Pntifícia Universidade Católica de Sã Paul - PUC-SP e cncluiu a pós-graduaçã em Administraçã de Empresas pela EAESP - FGV. Fi prfessr cnvidad de gestã estratégica d curs de pós-graduaçã da Pntifícia Universidade Católica de Sã Paul - PUC-SP. Ingressu na TOTVS em 2001, cm analista de implantaçã e atuu nas áreas de Nvs Negócis e Canais, Planejament, Relações cm Investidres e em Fusões e Aquisições antes de assumir a direçã da TOTVS Méxic em Rdrig de Queirz Caserta. O Sr. Caserta, 33 ans, é Diretr de Negócis da TOTVS, cm ênfase em fertas e metdlgias vltadas à Eficiência de Prcesss, e cmpõe grup ds 01/04/ :41:10 Pág: 12

13 IAN - Infrmações Anuais EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL E FORMAÇÃO ACADÊMICA DE CADA CONSELHEIRO (ADMINISTRAÇÃO E FISCAL) E DIRETOR executivs respnsáveis pela Unidade de Negócis de Cnsultria. Graduu-se em Engenharia de Prduçã pela Universidade Federal d Ri de Janeir (UFRJ) em 1998 e fez MBA em Finanças Crprativas pel IBMEC d Ri de Janeir em Antes de ingressar na Cmpanhia, atuu pr 10 ans na Accenture d Brasil, nde alcançu carg de Gerente Sênir da divisã de Resurces (Recurss Naturais), e pr 1 an na Webb Cnsultria, cupand carg de Diretr Cmercial para Utilities e Óle & Gás. Além diss atuu, a lng de sua carreira, em diverss prjets estratégics de Cnsultria de Negócis e Sistemas dentr e fra d Brasil. Silvi Mta. O Sr. Mta, 39 ans, é Diretr de Atendiment e Relacinament Cmercial. É Graduad em Engenharia Industrial Mecânica pela UBC, cm pós-graduad em Marketing pela ESPM e psterirmente especializu-se em Gestã Estratégica pela FGV. Iniciu carreira na Datasul em 1996 cm Gerente de Cntas e entre 1999 e 2005 assumiu gerências reginais de vendas na PepleSft e SAS. Em 2005, Sr. Mta retrnu a Datasul cm Gerente de Operações, assumind psterirmente cm Diretr de Operações nde cuidu também da gestã de canais (franquias). Cm a uniã cm a TOTVS, Sr. Mta passu a cupar a atual psiçã. Virgíli Dely Capbianc Gibbn. O Sr. Gibbn, 34 ans, é Diretr de Negóci da TOTVS, cm ênfase na criaçã e desenvlviment de fertas de Estratégia Crprativa, Reestruturaçã Organizacinal e Centr de Serviçs Cmpartilhads, e cmpõe grup ds executivs respnsáveis pela Unidade de Negócis de Cnsultria. Graduu-se em Ecnmia pela Pntifícia Universidade Católica d Ri de Janeir (PUC-RJ) em 1996 e é pós-graduad em Ciências Ecnômicas pela PUC-RJ e FGV em Antes de ingressar na Cmpanhia, atuu pr 2 ans n Banc BRJ cm analista de negócis e pr 7 ans na Accenture d Brasil, nde alcançu carg de Gerente Sênir trabalhand, principalmente, em prjets de Estratégia Crprativa, Reestruturaçã Organizacinal e Implantaçã de Sistemas. Weber Gerge Canva. O Sr. Canva, 45 ans, é Vice-Presidente de Invaçã e Tecnlgia da Ttvs. Cursu Engenharia Eletrônica na Escla de Engenharia Mauá, em Iniciu sua carreira em 1984 cm crdenadr da equipe de prgramaçã da OPT Desenvlviment de Sistemas S/C Ltda. (atualmente Perrti Infrmática), participu d desenvlviment e implantaçã de aplicações internas e de sistemas na AGF Cmpanhia de Segurs Gerais de 1986 a 1988 e fi respnsável pela implantaçã de sistemas, instalaçã e administraçã da rede n Alexander MacFarlane Crretres de Segurs de 1988 a É sóci da W&M Cnsultria e Sistemas de Infrmática desde O Sr. Canva ingressu na Cmpanhia em 1995, atuand cm Crdenadr de Tecnlgia. Wilsn de Gdy Sares Júnir. O Sr. Sares, 43 ans, é Vice-Presidente de Gestã de Desenvlviment da Ttvs. Graduu-se em Engenharia Eletrônica, cm especializaçã em sistemas digitais, pela Escla de Engenharia Mauá em 1986 e especializu-se em Sistemas Digitais e extensã em Sistemas de Infrmaçã pela Centr de Educaçã Cntinuada de Engenharia e Administraçã d Institut Mauá de Tecnlgia/ CECEA IMT, em Antes de ingressar na Cmpanhia, atuu em váris cargs na empresa Máquinas Piratininga S.A., até cupar a psiçã de Supervisr de Sistemas n períd de 1985 a O Sr. Sares ingressu na Cmpanhia, em agst de 1991, e atuu em váris cargs, dentre eles Analista de Suprte, Crdenadr de Desenvlviment, Gerente de Suprte e Diretr Geral de Sistemas e Suprte. 01/04/ :41:10 Pág: 13

14 IAN - INFORMAÇÕES ANUAIS Data-Base - 31/12/2008 Reapresentaçã Espntânea IDENTIFICAÇÃO 1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ EVENTOS RELATIVOS À DISTRIBUIÇÃO DO CAPITAL 1 - EVENTO BASE 2 - DATA DO EVENTO 3 - PESSOAS FÍSICAS E JURÍDICAS 4 - INVESTIDORES INSTITUCIONAIS 5 - ACORDO DE ACIONISTAS 6 - AÇÕES PREFER. COM DIREITO A VOTO Outrs 30/06/ NÃO NÃO 7 - AÇÕES PREFERENCIAIS COM DIREITO A VOTO 8 - DATA DO ÚLTIMO ACORDO DE ACIONISTAS AÇÕES EM CIRCULAÇÃO NO MERCADO 9 - EXISTEM AÇÕES EM CIRCULAÇÃO SIM ORDINÁRIAS 10 - QUANTIDADE (Unidade) 11 - PERCENTUAL ,74 PREFERENCIAIS 0 0,00 TOTAL 12 - QUANTIDADE (Unidade) 13 - PERCENTUAL 14 - QUANTIDADE (Unidade) 15 - PERCENTUAL , AÇÕES PREFERENCIAIS EM CIRCULAÇÃO NO MERCADO 1 - CLASSE 2 - QUANTIDADE (Unidade) 3 - PERCENTUAL 01/04/ :41:12 Pág: 14

15 IAN - INFORMAÇÕES ANUAIS Data-Base - 31/12/2008 Reapresentaçã Espntânea IDENTIFICAÇÃO 1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ POSIÇÃO ACIONÁRIA DOS CONTROLADORES E ACIONISTAS COM 5% OU MAIS DE AÇÕES 1 - ITEM 2 - NOME/RAZÃO SOCIAL 3 - CPF/CNPJ 4 - NACIONALIDADE 5 - UF 6 - AÇÕES ORDINÁRIAS 7 - % 8 - AÇÕES PREFERENCIAIS 9 - % 10 - TOTAL DE AÇÕES (Unidades) (Unidades) (Unidades) 11 - % 12 - COMP.CAP.SOC PART. NO ACORDO DE ACIONISTAS 14 - CONTROLADOR 15/1 - CLASSE 15/2 - QTD. AÇÕES PREFERENCIAIS 15/3 - % PREFERENCIAIS (Unidades) 001 LC EH PARTICIPAÇÕES E EMPREENDIMENTOS SA /32 Brasileira SP ,18 0 0, ,18 10/05/2007 NÃO 002 BNDES PARTICIPAÇÕES S.A BNDESPAR /09 Brasileira RJ ,52 0 0, ,52 NÃO 004 MIGUEL ABUHAB Brasileira SC ,82 0 0, ,82 NÃO 005 YAFO FI EM ACOES /80 Brasileira SC ,53 0 0, ,53 25/09/2008 NÃO 006 LAÉRCIO JOSÉ DE LUCENA COSENTINO Brasileira SP ,22 0 0, ,22 NÃO 007 ERNESTO MÁRIO HABEKORN Brasileira SP ,89 0 0, , HG SENTA PUA FIA /16 Brasileira SP ,03 0 0, ,03 30/06/2008 NÃO 009 DYNAMO ADMINISTRAÇÃO DE RECURSOS LTDA /62 Brasileira RJ ,04 0 0, ,04 14/08/ GENESIS ASSET MANAGERS, LLP Inglesa ,35 0 0, ,35 22/02/ /04/ :41:13 Pág: 15

16 IAN - INFORMAÇÕES ANUAIS Data-Base - 31/12/2008 Reapresentaçã Espntânea IDENTIFICAÇÃO 1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ POSIÇÃO ACIONÁRIA DOS CONTROLADORES E ACIONISTAS COM 5% OU MAIS DE AÇÕES 1 - ITEM 2 - NOME/RAZÃO SOCIAL 3 - CPF/CNPJ 4 - NACIONALIDADE 5 - UF 6 - AÇÕES ORDINÁRIAS 7 - % 8 - AÇÕES PREFERENCIAIS 9 - % 10 - TOTAL DE AÇÕES (Unidades) (Unidades) (Unidades) 11 - % 12 - COMP.CAP.SOC PART. NO ACORDO DE ACIONISTAS 14 - CONTROLADOR 15/1 - CLASSE 15/2 - QTD. AÇÕES PREFERENCIAIS 15/3 - % PREFERENCIAIS (Unidades) 997 AÇÕES EM TESOURARIA 0 0,00 0 0,00 0 0, OUTROS ,42 0 0, , TOTAL ,00 0 0, ,00 01/04/ :41:13 Pág: 16

17 IAN - INFORMAÇÕES ANUAIS Data-Base - 31/12/2008 Reapresentaçã Espntânea IDENTIFICAÇÃO 1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ DISTRIBUIÇÃO DO CAPITAL DOS CONTROLADORES E DOS ACIONISTAS COM 5% OU MAIS DE AÇÕES 1 - ITEM 2 - CONTROLADORA / INVESTIDORA 3 - DATA DE COMP. CAP. SOCIAL 001 LC EH PARTICIPAÇÕES E EMPREENDIMENTOS SA 10/05/ ITEM 2 - NOME/RAZÃO SOCIAL 3 - CPF/CNPJ 4 - NACIONALIDADE 5 - UF 6 - AÇÕES ORDINÁRIAS/ 7 - % 8 - AÇÕES PREFERENCIAIS 9 - % 10 - AÇÕES/COTAS TOTAL 11 - % COTAS (Unidades) (Unidades) (Unidades) 12 - COMP.CAP.SOC Laérci Jsé de Lucena Csentin ,00 0 0, ,00 Ernest Mári Haberkrn ,00 0 0, ,00 TOTAL ,00 0 0, , Brasileir SP Brasileir SP 01/04/ :41:14 Pág: 17

18 IAN - INFORMAÇÕES ANUAIS Data-Base - 31/12/2008 Reapresentaçã Espntânea IDENTIFICAÇÃO 1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ DISTRIBUIÇÃO DO CAPITAL DOS CONTROLADORES E DOS ACIONISTAS COM 5% OU MAIS DE AÇÕES 1 - ITEM 2 - CONTROLADORA / INVESTIDORA 3 - DATA DE COMP. CAP. SOCIAL 005 YAFO FI EM ACOES 25/09/ ITEM 2 - NOME/RAZÃO SOCIAL 3 - CPF/CNPJ 4 - NACIONALIDADE 5 - UF 6 - AÇÕES ORDINÁRIAS/ 7 - % 8 - AÇÕES PREFERENCIAIS 9 - % 10 - AÇÕES/COTAS TOTAL 11 - % COTAS (Unidades) (Unidades) (Unidades) 12 - COMP.CAP.SOC MIGUEL ABUHAB ,00 0 0, ,00 TOTAL ,00 0 0, , Brasileira SC 01/04/ :41:14 Pág: 18

19 IAN - INFORMAÇÕES ANUAIS Data-Base - 31/12/2008 Reapresentaçã Espntânea IDENTIFICAÇÃO 1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ DISTRIBUIÇÃO DO CAPITAL DOS CONTROLADORES E DOS ACIONISTAS COM 5% OU MAIS DE AÇÕES 1 - ITEM 2 - CONTROLADORA / INVESTIDORA 3 - DATA DE COMP. CAP. SOCIAL 008 HG SENTA PUA FIA 30/06/ ITEM 2 - NOME/RAZÃO SOCIAL 3 - CPF/CNPJ 4 - NACIONALIDADE 5 - UF 6 - AÇÕES ORDINÁRIAS/ 7 - % 8 - AÇÕES PREFERENCIAIS 9 - % 10 - AÇÕES/COTAS TOTAL 11 - % COTAS (Unidades) (Unidades) (Unidades) 12 - COMP.CAP.SOC LC EH PARTICIPAÇÕES E EMPREENDIMENTOS SA ,00 0 0, ,00 LAÉRCIO JOSÉ DE LUCENA COSENTINO ,20 0 0, ,20 ERNESTO MÁRIO HABEKORN ,70 0 0, ,70 MARCELO EDUARDO SANT'ANNA COSENTINO ,10 0 0, ,10 TOTAL ,00 0 0, , /32 Brasileira SP Brasileira SP Brasileira SP Brasileira SP 01/04/ :41:14 Pág: 19

20 IAN - INFORMAÇÕES ANUAIS Data-Base - 31/12/2008 Reapresentaçã Espntânea IDENTIFICAÇÃO 1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ DISTRIBUIÇÃO DO CAPITAL DOS CONTROLADORES E DOS ACIONISTAS COM 5% OU MAIS DE AÇÕES 1 - ITEM 2 - CONTROLADORA / INVESTIDORA 3 - DATA DE COMP. CAP. SOCIAL 009 DYNAMO ADMINISTRAÇÃO DE RECURSOS LTDA. 14/08/ ITEM 2 - NOME/RAZÃO SOCIAL 3 - CPF/CNPJ 4 - NACIONALIDADE 5 - UF 6 - AÇÕES ORDINÁRIAS/ 7 - % 8 - AÇÕES PREFERENCIAIS 9 - % 10 - AÇÕES/COTAS TOTAL 11 - % COTAS (Unidades) (Unidades) (Unidades) 12 - COMP.CAP.SOC. 01/04/ :41:14 Pág: 20

2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ. 7 - SITE www.totvs.com.br 9 - TELEFONE 14 - FAX 10 - TELEFONE 11 - TELEFONE 12 - TELEX

2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ. 7 - SITE www.totvs.com.br 9 - TELEFONE 14 - FAX 10 - TELEFONE 11 - TELEFONE 12 - TELEX IAN - INFORMAÇÕES ANUAIS Data-Base - 31/12/2007 Reapresentaçã Espntânea O REGISTRO NA CVM NÃO IMPLICA QUALQUER APRECIAÇÃO SOBRE A COMPANHIA, SENDO OS SEUS ADMINISTRADORES RESPONSÁVEIS PELA VERACIDADE DAS

Leia mais

2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ ROSSI RESIDENCIAL S/A 9 - TELEFONE 14 - FAX 10 - TELEFONE 11 - TELEFONE 12 - TELEX

2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ ROSSI RESIDENCIAL S/A 9 - TELEFONE 14 - FAX 10 - TELEFONE 11 - TELEFONE 12 - TELEX O REGISTRO NA CVM NÃO IMPLICA QUALQUER APRECIAÇÃO SOBRE A COMPANHIA, SENDO OS SEUS ADMINISTRADORES RESPONSÁVEIS PELA VERACIDADE DAS INFORMAÇÕES PRESTADAS. 1 CÓDIGO CVM 016306 4 DENOMINAÇÃO COMERCIAL 2

Leia mais

DIRETORIA TOTVS S.A. 148.111.988-59 Vice-Presidente de Gestão de Desenvolvimento 071.623.027-50 Vice-Presidente de Estratégia de Mercado

DIRETORIA TOTVS S.A. 148.111.988-59 Vice-Presidente de Gestão de Desenvolvimento 071.623.027-50 Vice-Presidente de Estratégia de Mercado DIRETORIA TOTVS S.A. Nome Idade Profissão CPF Cargo Eletivo Ocupado Laércio José de Lucena Cosentino José Rogerio Luiz Marcelo Rehder Monteiro Rodrigo de Queiroz Caserta Weber George Canova Wilson de Godoy

Leia mais

Data-Base - 31/12/2000

Data-Base - 31/12/2000 IAN - INFORMAÇÕES ANUAIS Data-Base - 31/12/2000 O REGISTRO NA CVM NÃO IMPLICA QUALQUER APRECIAÇÃO SOBRE A COMPANHIA, SENDO OS SEUS ADMINISTRADORES RESPONSÁVEIS PELA VERACIDADE DAS INFORMAÇÕES PRESTADAS.

Leia mais

Data-Base - 31/12/2001

Data-Base - 31/12/2001 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS IAN - INFORMAÇÕES ANUAIS Data-Base - 31/12/2001 Reapresentação Espontânea O REGISTRO NA CVM NÃO IMPLICA QUALQUER APRECIAÇÃO SOBRE A COMPANHIA,

Leia mais

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 7 - SITE 9 - TELEFONE 14 - FAX 10 - TELEFONE 11 - TELEFONE 12 - TELEX

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 7 - SITE 9 - TELEFONE 14 - FAX 10 - TELEFONE 11 - TELEFONE 12 - TELEX SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS IAN - INFORMAÇÕES ANUAIS Data-Base - 31/12/2001 Divulgação Externa Legislação Societária Reapresentação Espontânea O REGISTRO NA CVM NÃO IMPLICA

Leia mais

2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ CENTRAIS ELET STA CATARINA SA 9 - TELEFONE 3231-6222 14 - FAX 3231-6530 10 - TELEFONE 11 - TELEFONE 12 - TELEX

2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ CENTRAIS ELET STA CATARINA SA 9 - TELEFONE 3231-6222 14 - FAX 3231-6530 10 - TELEFONE 11 - TELEFONE 12 - TELEX O REGISTRO NA CVM NÃO IMPLICA QUALQUER APRECIAÇÃO SOBRE A COMPANHIA, SENDO OS SEUS ADMINISTRADORES RESPONSÁVEIS PELA VERACIDADE DAS INFORMAÇÕES PRESTADAS. 1 - CÓDIGO CVM 002461 4 - DENOMINAÇÃO COMERCIAL

Leia mais

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 7 - SITE 9 - TELEFONE 14 - FAX 10 - TELEFONE 11 - TELEFONE 12 - TELEX

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 7 - SITE 9 - TELEFONE 14 - FAX 10 - TELEFONE 11 - TELEFONE 12 - TELEX CVM COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS IAN INFORMAÇÕES ANUAIS DataBase 31/12/1997 O REGISTRO NA CVM NÃO IMPLICA QUALQUER APRECIAÇÃO SOBRE A COMPANHIA, SENDO OS SEUS ADMINISTRADORES RESPONSÁVEIS PELA VERACIDADE

Leia mais

Os novos usos da tecnologia da informação nas empresas Sistemas de Informação

Os novos usos da tecnologia da informação nas empresas Sistemas de Informação Os nvs uss da tecnlgia da infrmaçã nas empresas Sistemas de Infrmaçã Prf. Marcel da Silveira Siedler siedler@gmail.cm SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC PELOTAS Planejament

Leia mais

2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ TOTVS S/A 9 - TELEFONE 14 - FAX 10 - TELEFONE 11 - TELEFONE 12 - TELEX

2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ TOTVS S/A 9 - TELEFONE 14 - FAX 10 - TELEFONE 11 - TELEFONE 12 - TELEX IAN - INFORMAÇÕES ANUAIS Data-Base - 31/12/26 O REGISTRO NA CVM NÃO IMPLICA QUALQUER APRECIAÇÃO SOBRE A COMPANHIA, SENDO OS SEUS ADMINISTRADORES RESPONSÁVEIS PELA VERACIDADE DAS INFORMAÇÕES PRESTADAS.

Leia mais

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 7 - SITE 9 - TELEFONE 14 - FAX 10 - TELEFONE 11 - TELEFONE 12 - TELEX

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 7 - SITE 9 - TELEFONE 14 - FAX 10 - TELEFONE 11 - TELEFONE 12 - TELEX IAN - INFORMAÇÕES ANUAIS Data-Base - 31/12/24 O REGISTRO NA CVM NÃO IMPLICA QUALQUER APRECIAÇÃO SOBRE A COMPANHIA, SENDO OS SEUS ADMINISTRADORES RESPONSÁVEIS PELA VERACIDADE DAS INFORMAÇÕES PRESTADAS.

Leia mais

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 7 - SITE 9 - TELEFONE 14 - FAX 10 - TELEFONE 11 - TELEFONE 12 - TELEX

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 7 - SITE 9 - TELEFONE 14 - FAX 10 - TELEFONE 11 - TELEFONE 12 - TELEX SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS IAN - INFORMAÇÕES ANUAIS Data-Base - 31/12/2003 Divulgação Externa Legislação Societária Reapresentação Espontânea O REGISTRO NA CVM NÃO IMPLICA

Leia mais

INSTITUTO DE EXCELÊNCIA EM EDUCAÇÃO DE SAÚDE IEES. Excelência na Formação através da Experiência e Aplicação MARKETING FARMACÊUTICO PRÁTICO

INSTITUTO DE EXCELÊNCIA EM EDUCAÇÃO DE SAÚDE IEES. Excelência na Formação através da Experiência e Aplicação MARKETING FARMACÊUTICO PRÁTICO E IEES I EDUCAÇÃO DE SAÚDE INSTITUTO DE EXCELÊNCIA EM EDUCAÇÃO DE SAÚDE IEES Excelência na Frmaçã através da Experiência e Aplicaçã MARKETING FARMACÊUTICO PRÁTICO 1.CARGA HORÁRIA 32 Hras 2.DATA E LOCAL

Leia mais

2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 14 - FAX 20 - ENDEREÇO COMPLETO 21 - BAIRRO OU DISTRITO 25 - DDD 26 - TELEFONE 27 - TELEFONE 28 - TELEFONE 29 - TELEX

2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 14 - FAX 20 - ENDEREÇO COMPLETO 21 - BAIRRO OU DISTRITO 25 - DDD 26 - TELEFONE 27 - TELEFONE 28 - TELEFONE 29 - TELEX Data-Base - 31/12/21 O REGISTRO NA CVM NÃO IMPLICA QUALQUER APRECIAÇÃO SOBRE A COMPANHIA, SENDO OS SEUS ADMINISTRADORES RESPONSÁVEIS PELA VERACIDADE DAS INFORMAÇÕES PRESTADAS. 1.1 - IDENTIFICAÇÃO 1 - CÓDIGO

Leia mais

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 01901-1 EMPR. CONCESS. DE RODOVIAS DO NORTE S.A. 02.222.736/0001-30 3 - CEP 4 - MUNICÍPIO 5 - UF

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 01901-1 EMPR. CONCESS. DE RODOVIAS DO NORTE S.A. 02.222.736/0001-30 3 - CEP 4 - MUNICÍPIO 5 - UF ITR - INFORMAÇÕES TRIMESTRAIS Data-Base - 3/9/25 O REGISTRO NA CVM NÃO IMPLICA QUALQUER APRECIAÇÃO SOBRE A COMPANHIA, SENDO OS SEUS ADMINISTRADORES RESPONSÁVEIS PELA VERACIDADE DAS INFORMAÇÕES PRESTADAS.

Leia mais

Serviços. Consultoria Treinamento Logís5ca Reversa

Serviços. Consultoria Treinamento Logís5ca Reversa Serviçs Cnsultria Treinament Lgís5ca Reversa Cnsul'ng Prjets de Supply Chain Implementaçã de Sistemas Lgís5cs Diagnós5c Operacinal Oprtunidades de Reduçã de Cust Reestruturaçã de Operações Lgís5ca Internacinal

Leia mais

2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 9 - TELEFONE - 0 14 - FAX - 0 10 - TELEFONE 11 - TELEFONE 12 - TELEX 20 - ENDEREÇO COMPLETO 21 - BAIRRO OU DISTRITO

2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 9 - TELEFONE - 0 14 - FAX - 0 10 - TELEFONE 11 - TELEFONE 12 - TELEX 20 - ENDEREÇO COMPLETO 21 - BAIRRO OU DISTRITO O REGISTRO NA CVM NÃO IMPLICA QUALQUER APRECIAÇÃO SOBRE A COMPANHIA, SENDO OS SEUS ADMINISTRADORES RESPONSÁVEIS PELA VERACIDADE DAS INFORMAÇÕES PRESTADAS. 1 - CÓDIGO CVM 016306 4 - DENOMINAÇÃO COMERCIAL

Leia mais

2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ. 7 - SITE www.gerdau.com.br 9 - TELEFONE 14 - FAX 10 - TELEFONE 11 - TELEFONE 12 - TELEX

2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ. 7 - SITE www.gerdau.com.br 9 - TELEFONE 14 - FAX 10 - TELEFONE 11 - TELEFONE 12 - TELEX IAN - INFORMAÇÕES ANUAIS Data-Base - 31/12/28 Reapresentação Espontânea O REGISTRO NA CVM NÃO IMPLICA QUALQUER APRECIAÇÃO SOBRE A COMPANHIA, SENDO OS SEUS ADMINISTRADORES RESPONSÁVEIS PELA VERACIDADE DAS

Leia mais

A atuação do Síndico Profissional é a busca do pleno funcionamento do condomínio. Manuel Pereira

A atuação do Síndico Profissional é a busca do pleno funcionamento do condomínio. Manuel Pereira A atuaçã d Síndic Prfissinal é a busca d plen funcinament d cndmíni Manuel Pereira Missã e Atividades Habilidade - Cnhecems prfundamente a rtina ds cndmínis e seus prblemas administrativs. A atuaçã é feita

Leia mais

Academia FI Finanças

Academia FI Finanças Academia FI Finanças A Academia é melhr caminh para especializaçã dentr de um tema n ERP da SAP. Para quem busca uma frmaçã cm certificaçã em finanças, mais indicad é participar da próxima Academia de

Leia mais

Advisory. Audit. Corporate. BPO / Accounting

Advisory. Audit. Corporate. BPO / Accounting BPO / Accunting Audit Advisry TAX Labr Crprate A JCG Cnsultria Para se trnarem cmpetitivas n mund glbalizad e se estabelecerem num mercad em crescente evluçã, a tendência atual nas empresas é a terceirizaçã

Leia mais

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 01991-7 IGARATINGA PARTICIPAÇÕES S.A. 06.977.739/0001-34 3 - CEP 4 - MUNICÍPIO 5 - UF

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 01991-7 IGARATINGA PARTICIPAÇÕES S.A. 06.977.739/0001-34 3 - CEP 4 - MUNICÍPIO 5 - UF ITR - INFORMAÇÕES TRIMESTRAIS Data-Base - 3/6/25 O REGISTRO NA CVM NÃO IMPLICA QUALQUER APRECIAÇÃO SOBRE A COMPANHIA, SENDO OS SEUS ADMINISTRADORES RESPONSÁVEIS PELA VERACIDADE DAS INFORMAÇÕES PRESTADAS.

Leia mais

Everton Saulo Silveira

Everton Saulo Silveira Evertn Saul Silveira 2014 Curriculum Vitae Endereç: Rua Brges Hermidas, 115 Casa 09 Majr Prates E-mails: saul997@yah.cm.br, evertn.silveira@sebraemg.cm.br Celular: (38) 9109-2050 9913-8705 CPF: 053.678.036-60

Leia mais

CONCORRÊNCIA AA Nº 05/2009 BNDES ANEXO II PROJETO BÁSICO: JORNADA AGIR

CONCORRÊNCIA AA Nº 05/2009 BNDES ANEXO II PROJETO BÁSICO: JORNADA AGIR CONCORRÊNCIA AA Nº 05/2009 BNDES ANEXO II PROJETO BÁSICO: JORNADA AGIR 1. Históric da Jrnada AGIR Ns ambientes crprativs atuais, a adçã de um mdel de gestã integrada é uma decisã estratégica n api às tmadas

Leia mais

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 01910-0 CAROACI PARTICIPAÇÕES S.A. 04.032.433/0001-80 3 - CEP 4 - MUNICÍPIO 5 - UF

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 01910-0 CAROACI PARTICIPAÇÕES S.A. 04.032.433/0001-80 3 - CEP 4 - MUNICÍPIO 5 - UF ITR - INFORMAÇÕES TRIMESTRAIS Data-Base - 3/9/22 O REGISTRO NA CVM NÃO IMPLICA QUALQUER APRECIAÇÃO SOBRE A COMPANHIA, SENDO OS SEUS ADMINISTRADORES RESPONSÁVEIS PELA VERACIDADE DAS INFORMAÇÕES PRESTADAS.

Leia mais

Pós-graduação. em Negócios e Marketing de Moda

Pós-graduação. em Negócios e Marketing de Moda Pós-graduaçã em Negócis e Marketing de Mda Pós-graduaçã em Negócis e Marketing de Mda Intrduçã A Faculdade Santa Marcelina é recnhecida nacinalmente pel seu pineirism pr lançar a primeira graduaçã de mda

Leia mais

Proposta. Treinamento Lean Thinking Mentalidade Enxuta. Apresentação Executiva

Proposta. Treinamento Lean Thinking Mentalidade Enxuta. Apresentação Executiva Treinament Lean Thinking Mentalidade Enxuta www.masterhuse.cm.br Prpsta Cm Treinament Lean Thinking Mentalidade Enxuta Apresentaçã Executiva Treinament Lean Thinking Mentalidade Enxuta Cpyright 2011-2012

Leia mais

Principais Informações

Principais Informações Principais Infrmações Quem é Benefix Sistemas? Frmada pr ex-executivs e equipe de tecnlgia da Xerx d Brasil, que desenvlvem e suprtam sluções e estratégias invadras para setr públic, especializada dcuments

Leia mais

SEMINÁRIO FINANÇAS EFINANCIAMENTO VIABILIZANDO INVESTIMENTO NAS PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS 17 DE NOVEMBRO, 2014

SEMINÁRIO FINANÇAS EFINANCIAMENTO VIABILIZANDO INVESTIMENTO NAS PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS 17 DE NOVEMBRO, 2014 SEMINÁRIO FINANÇAS EFINANCIAMENTO VIABILIZANDO INVESTIMENTO NAS PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS 17 DE NOVEMBRO, 2014 ESTRATÉGIA DESEGMENTAÇÃO ESTRATÉGIA DE SEGMENTAÇÃO Estrutura segmentada vltada a estratégia

Leia mais

Faculdade de Tecnologia SENAI Florianópolis e Faculdade de Tecnologia SENAI Jaraguá do Sul EDITAL DE PROCESSO SELETIVO

Faculdade de Tecnologia SENAI Florianópolis e Faculdade de Tecnologia SENAI Jaraguá do Sul EDITAL DE PROCESSO SELETIVO Faculdade de Tecnlgia SENAI Flrianóplis e Faculdade de Tecnlgia SENAI Jaraguá d Sul EDITAL DE PROCESSO SELETIVO Pós-Graduaçã Lat Sensu MBA em Gestã de Prjets A Faculdade de Tecnlgia SENAI/SC em Flrianóplis

Leia mais

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 01176-2 VULCABRAS SA 50.926.955/0001-42 3 - CEP 4 - MUNICÍPIO 5 - UF

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 01176-2 VULCABRAS SA 50.926.955/0001-42 3 - CEP 4 - MUNICÍPIO 5 - UF ITR - INFORMAÇÕES TRIMESTRAIS Data-Base - 3/9/1999 O REGISTRO NA CVM NÃO IMPLICA QUALQUER APRECIAÇÃO SOBRE A COMPANHIA, SENDO OS SEUS ADMINISTRADORES RESPONSÁVEIS PELA VERACIDADE DAS INFORMAÇÕES PRESTADAS.

Leia mais

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 01896-1 MEHIR HOLDINGS S.A. 04.310.392/0001-46 3 - CEP 4 - MUNICÍPIO 5 - UF

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 01896-1 MEHIR HOLDINGS S.A. 04.310.392/0001-46 3 - CEP 4 - MUNICÍPIO 5 - UF SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL ITR - INFORMAÇÕES TRIMESTRAIS Data-Base - 3/9/25 EMPRESA COMERCIAL, INDUSTRIAL E OUTRAS Divulgação Externa O REGISTRO NA CVM NÃO IMPLICA QUALQUER APRECIAÇÃO SOBRE A COMPANHIA, SENDO

Leia mais

Apresentação dos Resultados 1T06. 12 de Maio de 2006

Apresentação dos Resultados 1T06. 12 de Maio de 2006 Apresentação dos Resultados T06 2 de Maio de 2006 Destaques Receita líquida no T06 foi 2,6% superior ao T05 Desempenho Financeiro Receita líquida de R$62,4 milhões Receita bruta de R$69,9 milhões EBITDA

Leia mais

III Seminário do Agronegócio. Financiamento e Marketing 24 e 25 de novembro de 2005 Auditório da Biblioteca Central Universidade Federal de Viçosa

III Seminário do Agronegócio. Financiamento e Marketing 24 e 25 de novembro de 2005 Auditório da Biblioteca Central Universidade Federal de Viçosa III Seminári d Agrnegóci Financiament e Marketing 24 e 25 de nvembr de 2005 Auditóri da Bibliteca Central Universidade Federal de Viçsa RELATÓRIO FINAL O EVENTO O III Seminári d Agrnegóci fi realizad dias

Leia mais

Vensis PCP. Rua Américo Vespúcio, 71 Porto Alegre / RS (51) 3012-4444 comercial@vensis.com.br www.vensis.com.br

Vensis PCP. Rua Américo Vespúcio, 71 Porto Alegre / RS (51) 3012-4444 comercial@vensis.com.br www.vensis.com.br Vensis PCP Vensis PCP O PCP é módul de planejament e cntrle de prduçã da Vensis. Utilizad n segment industrial, módul PCP funcina de frma ttalmente integrada a Vensis ERP e permite às indústrias elabrar

Leia mais

MASTERCOMP ESCOLA DE INFORMÁTICA

MASTERCOMP ESCOLA DE INFORMÁTICA www.mastercmp.net 1 www.mastercmp.net www.mastercmp.net INFORMAÇO ES ADICIONAIS DO CURSO DE PROMODEL E MS PROJECT Prgramaçã: Carga hrária: 32 Hras Lcal: Sã Sebastiã d Paraís MG Prgramas usads n curs: MS

Leia mais

5. PLANEJAMENTO E ORGANIZAÇÃO DA MANUTENÇÃO:

5. PLANEJAMENTO E ORGANIZAÇÃO DA MANUTENÇÃO: 5. PLANEJAMENTO E ORGANIZAÇÃO DA MANUTENÇÃO: 5.1 INTRODUÇÃO A rganizaçã da manutençã era cnceituada, até há puc temp, cm planejament e administraçã ds recurss para a adequaçã à carga de trabalh esperada.

Leia mais

Cm Criar Seu Própri Empreg em Apenas 5 Passs 1 1º Pass: A IDEIA 2º Pass: O CONTACTO COM VÁRIAS INSTITUIÇÕES E ENTIDADES 3º Pass: PLANO DE NEGÓCIOS 4º Pass: CRIAÇÃO DA EMPRESA E INÍCIO DE ACTIVIDADE 5º

Leia mais

2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ TELEMAR NORTE LESTE S/A. 7 - SITE http://www.oi.com.br/ri 9 - TELEFONE 13 - FAX - 14 - FAX

2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ TELEMAR NORTE LESTE S/A. 7 - SITE http://www.oi.com.br/ri 9 - TELEFONE 13 - FAX - 14 - FAX IAN - INFORMAÇÕES ANUAIS O REGISTRO NA CVM NÃO IMPLICA QUALQUER APRECIAÇÃO SOBRE A COMPANHIA, SENDO OS SEUS ADMINISTRADORES RESPONSÁVEIS PELA VERACIDADE DAS INFORMAÇÕES PRESTADAS. 01.01 - IDENTIFICAÇÃO

Leia mais

GESTÃO ESTRATÉGICA DE PESSOAS. Área: Gestão Humana e Social nas Organizações. Coordenadora de Área: Profa Dra Silvia Marcia R De Domenico

GESTÃO ESTRATÉGICA DE PESSOAS. Área: Gestão Humana e Social nas Organizações. Coordenadora de Área: Profa Dra Silvia Marcia R De Domenico CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO GESTÃO ESTRATÉGICA DE PESSOAS Área: Gestã Humana e Scial nas Organizações Crdenadra de Área: Prfa Dra Silvia Marcia R De Dmenic Prfa Respnsável GEP: Dra Silvia M R De Dmenic Sã

Leia mais

Aliança Estratégica com a Delta Dezembro, 2011. Uma Consistente História de Investimento

Aliança Estratégica com a Delta Dezembro, 2011. Uma Consistente História de Investimento Aliança Estratégica cm a Delta Dezembr, 2011 Uma Cnsistente História de Investiment 1 Agenda Resum da Operaçã 1 Benefícis da Operaçã 2 2 Disclaimer O material a seguir é uma apresentaçã cnfidencial cntend

Leia mais

2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ TELECOMUNICAÇÕES DE SÃO PAULO S/A-TELESP 14 - FAX - Rua Martiniano de Carvalho, 851 12º Andar

2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ TELECOMUNICAÇÕES DE SÃO PAULO S/A-TELESP 14 - FAX - Rua Martiniano de Carvalho, 851 12º Andar IAN - INFORMAÇÕES ANUAIS Data-Base - 31/12/24 O REGISTRO NA CVM NÃO IMPLICA QUALQUER APRECIAÇÃO SOBRE A COMPANHIA, SENDO OS SEUS ADMINISTRADORES RESPONSÁVEIS PELA VERACIDADE DAS INFORMAÇÕES PRESTADAS.

Leia mais

FERROVIA CENTRO ATLÂNTICA S.A. Companhia Aberta CNPJ/MF nº 00.924.429/0001-75 NIRE 31.300.011.879 PROPOSTA DA ADMINISTRAÇÃO

FERROVIA CENTRO ATLÂNTICA S.A. Companhia Aberta CNPJ/MF nº 00.924.429/0001-75 NIRE 31.300.011.879 PROPOSTA DA ADMINISTRAÇÃO FERROVIA CENTRO ATLÂNTICA S.A. Companhia Aberta CNPJ/MF nº 00.924.429/0001-75 NIRE 31.300.011.879 PROPOSTA DA ADMINISTRAÇÃO INDICAÇÃO DE MEMBROS PARA ELEIÇÃO E REELEIÇÃO AO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO DA

Leia mais

2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ BANCO CRUZEIRO DO SUL S.A. 4 - BAIRRO OU DISTRITO Rua Funchal 9 - TELEFONE 14 - FAX

2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ BANCO CRUZEIRO DO SUL S.A. 4 - BAIRRO OU DISTRITO Rua Funchal 9 - TELEFONE 14 - FAX IAN - INFORMAÇÕES ANUAIS O REGISTRO NA CVM NÃO IMPLICA QUALQUER APRECIAÇÃO SOBRE A COMPANHIA, SENDO OS SEUS ADMINISTRADORES RESPONSÁVEIS PELA VERACIDADE DAS INFORMAÇÕES PRESTADAS. 01.01 - IDENTIFICAÇÃO

Leia mais

TOTVS S.A. CNPJ/MF nº 53.113.791/0001-22 NIRE 35.300.153.171 ATA DA REUNIÃO DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO REALIZADA EM 11 DE SETEMBRO DE 2006

TOTVS S.A. CNPJ/MF nº 53.113.791/0001-22 NIRE 35.300.153.171 ATA DA REUNIÃO DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO REALIZADA EM 11 DE SETEMBRO DE 2006 TOTVS S.A. CNPJ/MF nº 53.113.791/0001-22 NIRE 35.300.153.171 ATA DA REUNIÃO DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO REALIZADA EM 11 DE SETEMBRO DE 2006 1. - DATA, HORA E LOCAL DA REUNIÃO: Realizada às 10h00 do dia

Leia mais

Projetos, Programas e Portfólios

Projetos, Programas e Portfólios Prjets, Prgramas e Prtfólis pr Juliana Klb em julianaklb.cm Prjet Segund PMBOK (2008): um prjet é um esfrç temprári empreendid para criar um nv prdut, serviç u resultad exclusiv. Esta definiçã, apesar

Leia mais

1ª EDIÇÃO. Regulamento

1ª EDIÇÃO. Regulamento 1ª EDIÇÃO Regulament 1. OBJETIVO O Prêmi BRASILIDADE é uma iniciativa d Serviç de Api às Micr e Pequenas Empresas n Estad d Ri de Janeir SEBRAE/RJ, idealizad pr Izabella Figueired Braunschweiger e cm a

Leia mais

ALTOS DIRIGENTES VISEU (PORTUGAL), - 2/3 2013 2-3 DEZEMBRO

ALTOS DIRIGENTES VISEU (PORTUGAL), - 2/3 2013 2-3 DEZEMBRO Encntr de Alt Dirigentes - Viseu 2/3 Dez 2013 Cm Invar para Ser Mais Cmpetitiv ENCONTRO de ALTOS DIRIGENTES VISEU (PORTUGAL), 2-3 DEZEMBRO 2013 Apresentaçã Crprativa Cnfidencial Cnclusões finais Página

Leia mais

FUNDAÇÃO CHAMPAGNAT RELATÓRIO DE ATIVIDADES 2014

FUNDAÇÃO CHAMPAGNAT RELATÓRIO DE ATIVIDADES 2014 FUNDAÇÃO CHAMPAGNAT RELATÓRIO DE ATIVIDADES 2014 Març 2015 FUNDAÇÃO CHAMPAGNAT MORADA Estrada de Benfica, nº 372 - Lisba Tel./Fax. 217780073 Email funda_champagnat@maristascmpstela.rg Índice I. Intrduçã.1

Leia mais

é a introdução de algo novo, que atua como um vetor para o desenvolvimento humano e melhoria da qualidade de vida

é a introdução de algo novo, que atua como um vetor para o desenvolvimento humano e melhoria da qualidade de vida O que é invaçã? Para a atividade humana: é a intrduçã de alg nv, que atua cm um vetr para desenvlviment human e melhria da qualidade de vida Para as empresas: invar significa intrduzir alg nv u mdificar

Leia mais

Onde estamos. Campus Santa Rita do Sapucaí MG. Escritório São Paulo SP WTC - World Trade Center - 18º andar

Onde estamos. Campus Santa Rita do Sapucaí MG. Escritório São Paulo SP WTC - World Trade Center - 18º andar Onde estams Campus Santa Rita d Sapucaí MG Escritóri Sã Paul SP WTC - Wrld Trade Center - 18º andar Santa Rita d Sapucaí MG Vale da Eletrônica +40 mil Habitantes R$ 2.7 bi Faturament d setr em 2014 +14.000

Leia mais

PIM TECNOLOGIA EM GERENCIAMENTO DE REDES DE COMPUTADORES (GR3P30)

PIM TECNOLOGIA EM GERENCIAMENTO DE REDES DE COMPUTADORES (GR3P30) UNIP Brasília - Crdenaçã CG/CW/GR/AD Senhres Aluns, Seguem infrmações imprtantes sbre PIM: 1. O QUE É? - Os PIM (Prjet Integrad Multidisciplinar) sã prjets brigatóris realizads els aluns ds curss de graduaçã

Leia mais

PROJETO 22ª MOSTRA ESTUDANTIL TECNOLÓGICA Dias 22 e 23 DE OUTUBRO DE 2014 CURSO: GESTÃO EMPRESARIAL

PROJETO 22ª MOSTRA ESTUDANTIL TECNOLÓGICA Dias 22 e 23 DE OUTUBRO DE 2014 CURSO: GESTÃO EMPRESARIAL PROJETO 22ª MOSTRA ESTUDANTIL TECNOLÓGICA Dias 22 e 23 DE OUTUBRO DE 2014 CURSO: GESTÃO EMPRESARIAL Objetivs: Gestã Empresarial Desenvlver cmpetências para atuar n gerenciament de prjets, prestand cnsultria

Leia mais

Antropologia do Consumo no Marketing

Antropologia do Consumo no Marketing Antrplgia d Cnsum n Marketing Objetivs Demnstrar cm as influências culturais estã relacinadas cm s hábits de cnsum, a relaçã cm as Marcas e cmprtament de cmpra, evidenciand assim, prcess fundamental para

Leia mais

REGULAMENTO DE ESTÁGIO DE INICIAÇÃO PROFISSIONAL

REGULAMENTO DE ESTÁGIO DE INICIAÇÃO PROFISSIONAL REGULAMENTO DE ESTÁGIO DE INICIAÇÃO PROFISSIONAL Intrduçã O presente Regulament cnstitui um dcument intern d curs de Ciências Cntábeis e tem pr bjetiv reger as atividades relativas a Estági de Iniciaçã

Leia mais

ANGELO MOLINO JUNIOR Franquias BR

ANGELO MOLINO JUNIOR Franquias BR Frmaçã Acadêmica u Prfissinal Graduad em Marketing pela ESPM / 1998 Graduad em Matemática pela USP / 2008 Outrs Curss Abril/ 2013 - Cnstruçã de Marcas USP; Març/ 2012 - Branding: Cnstruçã e Gestã de Marcas

Leia mais

CURSO COMPLETO SOBRE O NOVO SISTEMA TESOURO GERENCIAL

CURSO COMPLETO SOBRE O NOVO SISTEMA TESOURO GERENCIAL CURSO DE CAPACITAÇÃO E APERFEIÇOAMENTO CURSO COMPLETO SOBRE O NOVO SISTEMA TESOURO GERENCIAL Carga Hrária: 16 hras/atividade Hrári: 8h30 às 18h (cm interval para almç) Brasília, 26 e 27 de nvembr de 2015

Leia mais

TREINAMENTO. Instrumentos Financeiros, Derivativos e Contabilidade de Hedge para Bancos

TREINAMENTO. Instrumentos Financeiros, Derivativos e Contabilidade de Hedge para Bancos C ésar Rams & Cia Auditria e Cnsultria César Rams & Cia Ltda Edifíci Mnument Avenida Brigadeir Faria Lima nº 1478 CEP 01451-001, Sã Paul, Brasi Telefne: +5511 35897580 TREINAMENTO Instruments Financeirs,

Leia mais

Gestor de Inovação e Empreendedorismo (m/f) GIE /15 P

Gestor de Inovação e Empreendedorismo (m/f) GIE /15 P A Pessas e Sistemas, empresa de Cnsultria na área da Gestã e ds Recurss Humans e cm atividade nas áreas de Recrutament e Seleçã, Frmaçã e Cnsultria, prcura para a Câmara Municipal de Amarante - Agência

Leia mais

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 02003-6 BRASILAGRO CIA BRAS PROPRIEDADES AGRICOL 07.628.528/0001-59 3 - CEP 4 - MUNICÍPIO 5 - UF

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 02003-6 BRASILAGRO CIA BRAS PROPRIEDADES AGRICOL 07.628.528/0001-59 3 - CEP 4 - MUNICÍPIO 5 - UF SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS ITR - INFORMAÇÕES TRIMESTRAIS Data-Base - 31/3/26 EMPRESA COMERCIAL, INDUSTRIAL E OUTRAS Divulgação Externa Legislação Societária O REGISTRO

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS FACULDADE DE CIÊNCIAS APLICADAS Cidade Universitária de Limeira

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS FACULDADE DE CIÊNCIAS APLICADAS Cidade Universitária de Limeira DIRETRIZES PARA ESTÁGIO CURRICULAR OBRIGATÓRIO DOS CURSOS DE GESTÃO 1 Sumári I. O Estági em Gestã...3 II. O Estági curricular...4 III. Acmpanhament e avaliaçã...5 IV. Mdels de Plan de Atividades e de Relatóri...5

Leia mais

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO www.passencncurs.cm.br Infrmações sbre Cncurs Inscrições: 10/11/2014 a 10/12/2014 Carg: Analista de Desenvlviment Taxa de Inscriçã: R$ 75,00 Salári/Remuneraçã: até R$ 5.218,56 Nº Vagas: 15 + Cadastr de

Leia mais

Reconhecer as ferramentas de sistemas de informação e seu uso na gestão empresarial;

Reconhecer as ferramentas de sistemas de informação e seu uso na gestão empresarial; CURSO: ADMINISTRAÇÃO SEMESTRE: 5 DISCIPLINA: ADMINISTRAÇÃO DE CARGA HORARIA: 80 HORAS / AULAS SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Ementári: Nções de sistemas de infrmaçã e seus cmpnentes, seus tips e principais aplicações

Leia mais

BANCO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO E SOCIAL - BNDES CIRCULAR AC Nº 07/2015

BANCO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO E SOCIAL - BNDES CIRCULAR AC Nº 07/2015 BANCO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO E SOCIAL - BNDES CIRCULAR AC Nº 07/2015 Atualiza a Lista de Prduts, Linhas e Prgramas Passíveis de Outrga de Garantia pel Fund Garantidr para Investiments FGI.

Leia mais

Formulário de Referência - 2011 - DURATEX S.A. Versão : 6. 3.3 - Eventos subsequentes às últimas demonstrações financeiras 1

Formulário de Referência - 2011 - DURATEX S.A. Versão : 6. 3.3 - Eventos subsequentes às últimas demonstrações financeiras 1 Índice 3. Informações financ. selecionadas 3.3 - Eventos subsequentes às últimas demonstrações financeiras 1 18. Valores mobiliários 18.5 - Descrição dos outros valores mobiliários emitidos 2 19. Planos

Leia mais

2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ CYRELA BRAZIL REALTY S.A. EMP. E PART. 7 - SITE www.cyrela.com.br 9 - TELEFONE 14 - FAX

2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ CYRELA BRAZIL REALTY S.A. EMP. E PART. 7 - SITE www.cyrela.com.br 9 - TELEFONE 14 - FAX IAN - INFORMAÇÕES ANUAIS Data-Base - 31/12/2008 Reapresentação Espontânea O REGISTRO NA CVM NÃO IMPLICA QUALQUER APRECIAÇÃO SOBRE A COMPANHIA, SENDO OS SEUS ADMINISTRADORES RESPONSÁVEIS PELA VERACIDADE

Leia mais

2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ WLM INDÚSTRIA E COMÉRCIO S/A. 7 - SITE www.wlm.com.br 9 - TELEFONE 14 - FAX 10 - TELEFONE 11 - TELEFONE 12 - TELEX

2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ WLM INDÚSTRIA E COMÉRCIO S/A. 7 - SITE www.wlm.com.br 9 - TELEFONE 14 - FAX 10 - TELEFONE 11 - TELEFONE 12 - TELEX IAN - INFORMAÇÕES ANUAIS Data-Base - 31/12/2006 Reapresentação Espontânea O REGISTRO NA CVM NÃO IMPLICA QUALQUER APRECIAÇÃO SOBRE A COMPANHIA, SENDO OS SEUS ADMINISTRADORES RESPONSÁVEIS PELA VERACIDADE

Leia mais

PREGÃO ELETRÔNICO AA Nº 30/2009 BNDES ANEXO I - INTRODUÇÃO

PREGÃO ELETRÔNICO AA Nº 30/2009 BNDES ANEXO I - INTRODUÇÃO PREGÃO ELETRÔNICO AA Nº 30/2009 BNDES ANEXO I - INTRODUÇÃO 1. INTRODUÇÃO 1.1. Infrmações Institucinais 1.1.1 Caracterizaçã, Missã e Objetivs O BNDES é uma empresa pública federal dtada de persnalidade

Leia mais

OUTRAS SOCIEDADES EM QUE OS MEMBROS DOS ORGÃOS SOCIAIS EXERCEM CARGOS

OUTRAS SOCIEDADES EM QUE OS MEMBROS DOS ORGÃOS SOCIAIS EXERCEM CARGOS OUTRAS SOCIEDADES EM QUE OS MEMBROS DOS ORGÃOS SOCIAIS EXERCEM CARGOS MEMBROS DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO Dr. Jã Manuel de Queved Pereira Cutinh Outrs cargs desempenhads em Entidades d Grup SAG Presidente

Leia mais

MODALIDADE DE FORMAÇÃO

MODALIDADE DE FORMAÇÃO CURSO 7855 PLANO DE NEGÓCIO - CRIAÇÃO DE PEQUENOS E MÉDIOS NEGÓCIOS Iníci ------ Duraçã 50h Hrári(s) ------ OBJECTIVOS GERAIS - Identificar s principais métds e técnicas de gestã d temp e d trabalh. -

Leia mais

2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 9 - TELEFONE 14 - FAX - 10 - TELEFONE 11 - TELEFONE 12 - TELEX 20 - ENDEREÇO COMPLETO 21 - BAIRRO OU DISTRITO

2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 9 - TELEFONE 14 - FAX - 10 - TELEFONE 11 - TELEFONE 12 - TELEX 20 - ENDEREÇO COMPLETO 21 - BAIRRO OU DISTRITO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL IAN - INFORMAÇÕES ANUAIS Data-Base - 31/12/2001 Divulgação Externa O REGISTRO NA CVM NÃO IMPLICA QUALQUER APRECIAÇÃO SOBRE A COMPANHIA, SENDO OS SEUS ADMINISTRADORES RESPONSÁVEIS

Leia mais

INTRODUÇÃO A LOGICA DE PROGRAMAÇÃO

INTRODUÇÃO A LOGICA DE PROGRAMAÇÃO INTRODUÇÃO A LOGICA DE PROGRAMAÇÃO A Lógica de Prgramaçã é necessária à tdas as pessas que ingressam u pretendem ingressar na área de Tecnlgia da Infrmaçã, send cm prgramadr, analista de sistemas u suprte.

Leia mais

Faculdade de Tecnologia SENAI Florianópolis e Faculdade de Tecnologia SENAI Jaraguá do Sul EDITAL DE PROCESSO SELETIVO

Faculdade de Tecnologia SENAI Florianópolis e Faculdade de Tecnologia SENAI Jaraguá do Sul EDITAL DE PROCESSO SELETIVO Faculdade de Tecnlgia SENAI Flrianóplis e Faculdade de Tecnlgia SENAI Jaraguá d Sul EDITAL DE PROCESSO SELETIVO Pós-Graduaçã Lat Sensu em Gestã da Segurança da Infrmaçã em Redes de Cmputadres A Faculdade

Leia mais

WORKSHOP SOBRE PARCERIAS PÚBLICO- PRIVADAS E CONCESSÕES

WORKSHOP SOBRE PARCERIAS PÚBLICO- PRIVADAS E CONCESSÕES WORKSHOP SOBRE PARCERIAS PÚBLICO- PRIVADAS E CONCESSÕES Tribunal de Cntas da Uniã Marcel Pachec ds Guaranys Brasília, 22.11.2011 ROTEIRO Dads d setr Infraestrutura aeprtuária: desafis Definiçã da mdalidade

Leia mais

Plano de curso Planejamento e Controle da Manutenção de Máquinas e Equipamentos

Plano de curso Planejamento e Controle da Manutenção de Máquinas e Equipamentos PLANO DE CURSO MSOBRPCMME PAG1 Plan de curs Planejament e Cntrle da Manutençã de Máquinas e Equipaments Justificativa d curs Nã é fácil encntrar uma definiçã cmpleta para Gestã da manutençã de máquinas

Leia mais

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO www.passencncurs.cm.br Infrmações sbre Cncurs Inscrições: 01/09/2014 a 07/10/2014 Carg: Analista Financeir Cntábil Taxa de Inscriçã: R$ 75,00 Salári/Remuneraçã: R$ 7.491,32 Nº Vagas: 01 Data da Prva: 30/11/2014

Leia mais

A UERGS E O PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS

A UERGS E O PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS A UERGS E O PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS O Prgrama Ciência sem Frnteiras, lançad n dia 26 de julh de 2011, é um prgrama d Gvern Federal que busca prmver a cnslidaçã, a expansã e a internacinalizaçã

Leia mais

Orientações e Recomendações Orientações relativas à informação periódica a apresentar à ESMA pelas Agências de notação de risco

Orientações e Recomendações Orientações relativas à informação periódica a apresentar à ESMA pelas Agências de notação de risco Orientações e Recmendações Orientações relativas à infrmaçã periódica a apresentar à ESMA pelas Agências de ntaçã de risc 23/06/15 ESMA/2015/609 Índice 1 Âmbit de aplicaçã... 3 2 Definições... 3 3 Objetiv

Leia mais

ENCONTROCAS 2º SEMESTRE 2012 - ORIENTAÇÕES GERAIS PARA O CURSO DE PEDAGOGIA. O ENCONTROCAS é um evento semestral realizado pelo Instituto Superior de

ENCONTROCAS 2º SEMESTRE 2012 - ORIENTAÇÕES GERAIS PARA O CURSO DE PEDAGOGIA. O ENCONTROCAS é um evento semestral realizado pelo Instituto Superior de Faculdade de Ciências Sciais Aplicadas de Bel Hriznte Institut Superir de Educaçã Curs de Pedaggia ENCONTROCAS 2º SEMESTRE 2012 - ORIENTAÇÕES GERAIS PARA O CURSO DE PEDAGOGIA O ENCONTROCAS é um event semestral

Leia mais

CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS Autorizado pela Portaria nº 1.393 de 04/07/01 DOU de 09/07/01 Componente Curricular: CONTROLADORIA PLANO DE CURSO

CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS Autorizado pela Portaria nº 1.393 de 04/07/01 DOU de 09/07/01 Componente Curricular: CONTROLADORIA PLANO DE CURSO Faculdade Independente d Nrdeste Credenciada pela Prtaria MEC 1.393, de 04/07/2001 publicada n D.O.U. de 09/07/2001. CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS Autrizad pela Prtaria nº 1.393 de 04/07/01 DOU de 09/07/01

Leia mais

Volume I: Tecnologia Sesi cultura e as leis de incentivo à cultura. Brasília: SESI/DN, 2007, 50p.

Volume I: Tecnologia Sesi cultura e as leis de incentivo à cultura. Brasília: SESI/DN, 2007, 50p. Data de elabraçã da ficha: Jun 2007 SESI Serviç Scial da Indústria Dads da rganizaçã Nme: SESI Serviç Scial da Indústria Endereç: Av Paulista, 1313, Sã Paul, SP Site: www.sesi.rg.br Telefne: (11) 3146-7405

Leia mais

ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA CONVOCAÇÃO

ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA CONVOCAÇÃO COMPANHIA ENERGÉTICA DE MINAS GERAIS-CEMIG COMPANHIA ABERTA CNPJ 17.155.730/0001-64 - NIRE 31300040127 ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA CONVOCAÇÃO Ficam os senhores acionistas convocados para se reunirem

Leia mais

designado "Fundo"). STK Capital Gestora de Recursos Ltda. (adiante designada STK) não distribui ou negocia ações em fundos ou qualquer outro ativo

designado Fundo). STK Capital Gestora de Recursos Ltda. (adiante designada STK) não distribui ou negocia ações em fundos ou qualquer outro ativo 1 O material a seguir nã cnstitui uma ferta de venda u subscriçã de investiment em um fund de investiment (adiante designad "Fund"). STK Capital Gestra de Recurss Ltda. (adiante designada STK) nã distribui

Leia mais

www.highskills.pt geral@highskills.pt

www.highskills.pt geral@highskills.pt www.highskills.pt geral@highskills.pt Índice Designaçã d Curs... 2 Duraçã Ttal d Curs de Frmaçã... 2 Destinatáris... 2 Objetiv Geral... 2 Objetivs Específics... 2 Estrutura mdular e respectiva carga hrária...

Leia mais

1. Objetivo Geral. Página 1 de 5 CURSO LEADER COACH BELÉM. SESI Serviço Social da Indústria. IEL Instituto Euvaldo Lodi

1. Objetivo Geral. Página 1 de 5 CURSO LEADER COACH BELÉM. SESI Serviço Social da Indústria. IEL Instituto Euvaldo Lodi O país d futur parece estar chegand para muits brasileirs que investiram em qualidade e prdutividade prfissinal, empresarial e pessal ns últims ans. O gigante adrmecid parece estar despertand. Dads d Centr

Leia mais

01462-1 NET SERVIÇOS DE COMUNICAÇÃO S.A. 00.108.786/0001-65

01462-1 NET SERVIÇOS DE COMUNICAÇÃO S.A. 00.108.786/0001-65 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL IAN - INFORMAÇÕES ANUAIS Data-Base - 31/12/22 Divulgação Externa O REGISTRO NA CVM NÃO IMPLICA QUALQUER APRECIAÇÃO SOBRE A COMPANHIA, SENDO OS SEUS ADMINISTRADORES RESPONSÁVEIS

Leia mais

Formulário Cadastral - 2011 - BRASIL INSURANCE PARTICIPAÇÕES E ADMINISTRAÇÃO S/A Versão : 5. Dados gerais 1. Endereço 2. Valores mobiliários 3

Formulário Cadastral - 2011 - BRASIL INSURANCE PARTICIPAÇÕES E ADMINISTRAÇÃO S/A Versão : 5. Dados gerais 1. Endereço 2. Valores mobiliários 3 Índice Dados Cadastrais Dados gerais 1 Endereço 2 Valores mobiliários 3 Auditor 4 Escriturador de ações 5 DRI ou pessoa equiparada 6 Departamento de acionistas 7 1. Dados gerais Nome empresarial Data de

Leia mais

CAPACITAÇÃO EM SIMULAÇÃO PARA O MUNDO REAL DA SAÚDE

CAPACITAÇÃO EM SIMULAÇÃO PARA O MUNDO REAL DA SAÚDE CAPACITAÇÃO EM SIMULAÇÃO PARA O MUNDO REAL DA SAÚDE Institut Instituiçã fcada na geraçã de sluções para a implementaçã e gestã pedagógica de Núcles de Treinament e Capacitaçã de prfissinais e acadêmics

Leia mais

DIRETORIA DE UNIDADE COORDENAÇÃO DE CURSOS

DIRETORIA DE UNIDADE COORDENAÇÃO DE CURSOS DIRETORIA DE UNIDADE COORDENAÇÃO DE CURSOS PROJETO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES PROJETO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA (X) PROJETO DE PESQUISA PROJETO DE EXTENSÃO Acadêmic ; Scial PROJETO DE INTERDISCIPLINARIDADE

Leia mais

Dados Gerais. Código / Nome do Curso. 196 / Escola de Gestores- Curso de Especialização em Gestão Escolar. Gestão Educacional

Dados Gerais. Código / Nome do Curso. 196 / Escola de Gestores- Curso de Especialização em Gestão Escolar. Gestão Educacional Códig / Nme d Curs Status Códig - Área Subárea Especialida Dads Gerais 196 / Escla Gestres- Curs Especializaçã em Gestã Esclar Ativ 49 / Educaçã Gestã Educacinal Gestã Esclar Nivel d Curs Especializaçã

Leia mais

MANUAL DE ASSEMBLEIA 2015

MANUAL DE ASSEMBLEIA 2015 Título do documento MANUAL DE ASSEMBLEIA 2015 Informações sobre a Assembleia Geral Extraordinária de 15 de dezembro de 2015 às 10:00 horas. Local: Avenida Bráz Leme, 1717, São Paulo (SP) 1 SUMÁRIO Título

Leia mais

WORKSHOPS SOBRE AS POSSIBILIDADES DE COOPERAÇÃO / CONCENTRAÇÃO NO SECTOR AUXILIAR NAVAL

WORKSHOPS SOBRE AS POSSIBILIDADES DE COOPERAÇÃO / CONCENTRAÇÃO NO SECTOR AUXILIAR NAVAL WORKSHOPS SOBRE AS POSSIBILIDADES DE COOPERAÇÃO / CONCENTRAÇÃO NO SECTOR AUXILIAR NAVAL ÍNDICE I. Apresentaçã e bjectivs d wrkshp II. III. Resultads ds inquérits Ambiente cmpetitiv Negóci Suprte Prcesss

Leia mais

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 7 - SITE 9 - TELEFONE 14 - FAX 10 - TELEFONE 11 - TELEFONE 12 - TELEX

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 7 - SITE 9 - TELEFONE 14 - FAX 10 - TELEFONE 11 - TELEFONE 12 - TELEX IAN - INFORMAÇÕES ANUAIS Data-Base - 31/12/2006 O REGISTRO NA CVM NÃO IMPLICA QUALQUER APRECIAÇÃO SOBRE A COMPANHIA, SENDO OS SEUS ADMINISTRADORES RESPONSÁVEIS PELA VERACIDADE DAS INFORMAÇÕES PRESTADAS.

Leia mais

2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ CIA DE SANEAMENTO DE MINAS GERAIS 9 - TELEFONE 14 - FAX - 10 - TELEFONE 11 - TELEFONE 12 - TELEX

2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ CIA DE SANEAMENTO DE MINAS GERAIS 9 - TELEFONE 14 - FAX - 10 - TELEFONE 11 - TELEFONE 12 - TELEX IAN - INFORMAÇÕES ANUAIS O REGISTRO NA CVM NÃO IMPLICA QUALQUER APRECIAÇÃO SOBRE A COMPANHIA, SENDO OS SEUS ADMINISTRADORES RESPONSÁVEIS PELA VERACIDADE DAS INFORMAÇÕES PRESTADAS. 01.01 - IDENTIFICAÇÃO

Leia mais

Glossário das Metas Prioritárias 2010 Versão 1.2.14 Agosto/2010

Glossário das Metas Prioritárias 2010 Versão 1.2.14 Agosto/2010 Meta Priritária 5 Implantar métd de gerenciament de rtinas (gestã de prcesss de trabalh) em pel mens 50% das unidades judiciárias de 1º grau. Esclareciment da Meta Nã estã sujeits a esta meta s tribunais

Leia mais

Objetivos. A quem se destina. Programa. Comportamento de Compra do Shopper. Natureza da compra. Lógica de escolha. Compras planejadas e não planejadas

Objetivos. A quem se destina. Programa. Comportamento de Compra do Shopper. Natureza da compra. Lógica de escolha. Compras planejadas e não planejadas Sluções in Stre Objetivs Evidenciar s pilares fundamentais para desenvlviment de um trabalh cm categrias e marcas n Pnt de Venda, munind s participantes de infrmações que permitam cnhecer shpper e sua

Leia mais

Sua hora chegou. Faça a sua jogada. REGULAMENTO. Prêmio de Empreendedorismo James McGuire 2016

Sua hora chegou. Faça a sua jogada. REGULAMENTO. Prêmio de Empreendedorismo James McGuire 2016 Sua hra chegu. Faça a sua jgada. REGULAMENTO Prêmi de Empreendedrism James McGuire 2016 Salvadr, nvembr de 2015. REGULAMENTO Prêmi de Empreendedrism James McGuire 2016 é uma cmpetiçã interna da Laureate

Leia mais

GUIA RÁPIDO DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO FINANCEIRA

GUIA RÁPIDO DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO FINANCEIRA GUIA RÁPIDO DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GUIA RÁPIDO DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM UNIVERSIDADE ANHEMBI MORUMBI Fundada em 1970 cm intuit de ferecer primeir curs superir de Turism d Brasil,

Leia mais

Seminário Pontificia Universidade Católica do Rio Grande do Sul PUCRS 20 a 22 de Outubro de 2014. Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação

Seminário Pontificia Universidade Católica do Rio Grande do Sul PUCRS 20 a 22 de Outubro de 2014. Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação Seminári Pntificia Universidade Católica d Ri Grande d Sul PUCRS 20 a 22 de Outubr de 2014 Ministéri da Ciência, Tecnlgia e Invaçã ÍNDICE Cm funcina CNPq? Sistema de Avaliaçã Prjets e Blsas. Platafrmas

Leia mais