Clube Autoeuropa já é um sucesso!

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Clube Autoeuropa já é um sucesso!"

Transcrição

1 Jornal Jornal mensal para todos os colaboradores da Volkswagen Autoeuropa Notícias entre 15 de maio a 15 de junho distribuição gratuita JUNHO EVENTOS DE JUNHO Clube Autoeuropa já é um sucesso! 7 de junho Relações Públicas na inauguração das Festas de Pinhal Novo 21 de junho António Pires, Diretor Geral é orador na conferência A importância do transporte ferroviário internacional de mercadorias para a competitividade da economia promovida da ADFERSIT - Associação Portuguesa para o Desenvolvimento dos Sistemas Integrados de Transportes. 25 de junho Dia da Porta Aberta Dia da Porta Aberta: a nossa fábrica esteve em festa! Os milhares de pessoas que nos visitaram fi caram rendidos à alegria da festa popular e ao profi ssionalismo e organização que constataram nas naves de produção. No próximo jornal, publicamos uma reportagem do grande dia! 18 de maio Foi inaugurada a nova sala que serve de apoio a todas as iniciativas culturais, sociais, desportivas e ambientais do futuro clube Autoeuropa, que está fase de constituição legal. A Loja Freestyle da AutoVision passou a funcionar aqui e já é um sucesso de vendas de artigos, cujos lucros revertem para a conta do clube. Um espaço autoeuropeu para os autoeuropeus! pág. 11 Fundo de Pensões é para ti! Música na fábrica! Embora a maior parte dos 20 de maio colaboradores ainda não A Orquestra Metropolitana pense na reforma, a verdade de Lisboa tocou duas obras é que a tendência clássicas, no jardim junto ao no nosso país é para uma passeio pedonal. Na mudança redução progressiva das de turno, muitos colabo- pensões de reforma da radores pararam uns minutos Segurança Social. para ouvir as melodias. A Volkswagen Autoeuropa Uma iniciativa inédita da acordou com a Comis- equipa de Responsabilidade são de Trabalhadores a Social/Cultura. criação de um Fundo de Pensões para os colaboradores que irá ser Quem disse que espaços industriais e música gerido pela ESAF, Espírito Santo Ativos Financeiros. pág. 04 erudita não combinam? pág. 12

2 Barómetro de Opinião % responderam ao questionário de maio A mobilização interna foi efi caz e positiva: 3044 colaboradores acederam pela Intranet às onze perguntas do questionário de satisfação anual do Grupo Volkswagen, mais 9% do que em Cada colaborador já pode consultar na intranet os resultados da sua equipa, da sua Área e da fábrica em geral. O anonimato das respostas é preservado em termos legais dentro do Grupo Volkswagen e a estrutura de respostas obedece à regra de um mínimo de cinco colaboradores para constituição de equipas de avaliação. Na casa-mãe em Wolfsburg, os estudos comparativos entre fábricas permitirão aferir o índice de satisfação de todos os colaboradores do grupo Volkswagen. Índice de participação 2009: 92% 2010: 95% (objetivo: 93%) 2011: 96% (objetivo: 95%) Índice de satisfação global 2011: 76% (objetivo: 74%) Intervenções de melhoria são necessárias quando. Resultados gerais de satisfação Resultado OK Verifi car necessidade de tomar medidas Em conjunto com as equipas, as chefi as terão que encontrar ideias de melhoria para intervir nas situações em que as respostas a amarelo, laranja e vermelho tenham fi cado com percentagens acima de 33% e em que as respostas a laranja e vermelho tenham dado percentagens acima de 10%. O índice global de satisfação em 2011 é de 76%, e o de intervenção para melhoria é de 24%. Respostas com índice positivo Os meus amigos e conhecidos têm uma boa imagem da minha empresa Gosto de trabalhar na Volkswagen Autoeuropa Atualmente consigo gerir bem a pressão de trabalho e as responsabilidades que me estão atribuídas A relação de trabalho com a minha chefia direta é boa A colaboração dentro da minha equipa é boa Estou satisfeito com o meu trabalho atual Na nossa equipa está a ser feito o suficiente no que respeita à Qualidade A colaboração com colegas de outras equipas é boa Respostas com índice negativo/ pontos a melhorar Considero-me bem informado sobre os assuntos mais importantes da Volkswagen Autoeuropa Falhas e problemas no processo de trabalho são rapidamente solucionadas na minha equipa/área. A discussão dos resultados do Barómetro de Opinião do ano passado ajudou a nossa equipa. 2 JUNHO 11

3 Editorial O Grupo Volkswagen, assume, na sua estratégia global para 2018, a intenção de se tornar o líder mundial na produção de produtos ecologicamente eficientes. Não podemos concretizar a nossa estratégia de crescimento sem a incorporação dos princípios de desenvolvimento sustentável. O pilar do desenvolvimento sustentável da estratégia da Volkswagen Autoeuropa para 2018 materializa um sólido respeito pelo nosso compromisso ambiental e social. Trabalhamos continuamente na redução do impacto ambiental dos processos de produção dos nossos carros através de uma adequada gestão dos consumos de recursos naturais, energia e matérias-primas e da monitorização permanentes das emissões de CO2. Na Volkswagen Autoeuropa, assumimos a ecoeficiência como expressão dos valores da nossa marca: inovação, qualidade e responsabilidade. Pensar azul. É uma atitude transversal a toda a fábrica, desde as áreas de produção, logística, áreas de escritório e comportamento dos colaboradores. É uma atitude que partilhamos com os nossos stakeholders, ajudando a criar uma comunidade mais consciente dos problemas ambientais e dos desafios que se colocam, particularmente, à indústria automóvel. Think Blue. Factory. António Pires Diretor Geral Área de Planeamento, Ambiente e Infraestruturas O que é a xerojardinagem? 5 de junho. Dia do Ambiente Da esqª para a dtª: António Pires, Diretor Geral; António Gouveia, Especialista da Divisão de Infraestruturas e Bruno Torres, Diretor da Área de Planeamento, Ambiente e Infraestruturas. Xerojardinagem significa criar espaços verdes ou arranjos paisagísticos que não necessitem de rega artificial, ou que a reduzam ao mínimo. É um conceito cada vez mais usado em zonas com pouca água, ou quando se pretende reduzir o seu consumo. Recorre não só ao uso de espécies locais, adaptadas ao clima, mas também à utilização de materiais de cobertura do solo que previnam a perda de humidade. Esses materiais podem ser inertes, como gravilha, ou orgânicos, como casca de pinheiro. Podem até ser criados canteiros só de materiais inertes, que servem de enquadramento a árvores e arbustos, gerando espaços visualmente agradáveis, sem necessidade de rega (arranjos paisagísticos). Estas áreas têm também menores custos de manutenção, quando comparados, por exemplo, com a relva, que tem de ser periodicamente cortada e tratada. Como forma simbólica de assinalar o Dia do Ambiente, 5 de junho, foi alterada a zona junto ao telheiro pedonal segundo este novo conceito. Foram mantidas as árvores existentes, e plantados arbustos de baixo consumo de água (junípero, alfazema, santolina). Em prol do ambiente, claro, já que a relva tem um consumo de água muito significativo. Texto de: Paulo Baptista, Área de Planeamento, Ambiente e Infraestruturas Ficha Técnica Publicação de: Volkswagen Autoeuropa, Lda. Quinta da Marquesa Quinta do Anjo Responsável: Jürgen D. Hoffmann Fotografia, pesquisa, redação e visualização: Isabel Carimbo Cartoons: Alberto Pereira Colaboradores diretos nesta edição: (ver junto dos artigos) Maquetização, fotocomposição e impressão: AlexandreGest, Lda. Tiragem: exemplares 3

4 Fundo de pensões: poupa agora para a tua reforma crescer! O Fundo de Pensões da Volkswagen Autoeuropa será gerido pela ESAF- Espirito Santo Ativos Financeiros- e permite atribuir aos colaboradores que atinjam a idade da reforma um benefício monetário acrescido ao da reforma pela Segurança Social. Perguntas e respostas O que é um Fundo de Pensões? É um programa que define as condições de atribuição aos colaboradores de um complemento de reforma, que acresce à pensão de reforma atribuída pela Segurança Social. Quando entra em vigor? A 1 de setembro de Quem está abrangido? Os colaboradores da Volkswagen Autoeuropa com contrato de trabalho permanente que, ao aderir ao Fundo de Pensões, efetuem as respetivas contribuições. Como posso aderir? Através do preenchimento do Boletim de Adesão ao Fundo de Pensões, distribuído a todos os colaboradores, por carta, no início do mês de julho. O que é o salário pensionável mensal? É a remuneração que serve de referência para o cálculo das contribuições mensais efetuadas pelo colaborador e pela empresa a seu favor. São consideradas as seguintes remunerações: salário base mensal ilíquido; a isenção de horário de trabalho; subsídios de turno, Natal e férias; complemento salarial; os prémios de Líder de equipa, desempenho e de objetivos e o pagamento de downdays. Qual a contribuição do colaborador? Para o colaborador participar no Fundo de Pensões tem obrigatoriamente que contribuir com 2% (mínimo) do seu salário pensionável mensal. Se pretender, pode contribuir até um máximo de 10%. Qual a contribuição da empresa? Se o colaborador contribuir para o Fundo de Pensões, as contribuições regulares da empresa a seu favor são iguais a 2% do seu salário pensionável mensal. Como forma de reconhecimento dos anos de serviço de cada participante, a empresa efetuará uma contribuição adicional de 1% do salário pensionável mensal, durante o período equivalente à antiguidade do colaborador na empresa. Por exemplo, se na data da adesão ao Fundo de Pensões a antiguidade do colaborador for de 10 anos, durante os 10 anos seguintes a empresa contribuirá adicionalmente com 1% mensalmente. Que fundos estarão disponíveis para investir? Estarão disponíveis quatro Fundos de Pensões abertos, geridos pela ESAF, Espírito Santo Ativos Financeiros, S.A., com perfis de risco diferentes. O colaborador escolhe o(s) mais adequado(s) em termos de risco e/ou mais adequado(s) à sua idade. As contribuições próprias e da empresa serão canalizadas para estes fundos de investimento. Posso transferir um PPR para o Fundo de Pensões? Não, dado que a legislação não o permite. Quando pode o colaborador ter acesso aos benefícios? Em caso de reforma por antiguidade ou por invalidez total, regidos pelo regime geral de Segurança Social. Em caso de morte, o montante reverterá a favor dos beneficiários legais e/ou indicados pelo colaborador no Boletim de adesão. O que posso levantar quando me reformar? Os benefícios das contribuições da empresa podem ser levantados até 1/3 do valor acumulado, sendo o restante transformado numa renda mensal vitalícia. Os benefícios das contribuições do colaborador podem ser levantados na totalidade ou transformados numa renda vitalícia. Como sei quanto tenho no Fundo de Pensões? A entidade gestora ESAF envia anualmente ao colaborador um extracto reportado a 31 de dezembro do ano anterior, com a informação das suas contas em cada um dos Fundos: Contribuições da empresa; Contribuições Próprias; Mensalmente, o colaborador, ao contribuir para este Fundo de Pensões com uma percentagem do seu salário, a Volkswagen Autoeuropa contribui mensalmente com 2% e ainda acrescenta 1% mensalmente, durante o número de anos de antiguidade do colaborador na empresa, à data em que subscreve o Fundo de Pensões. Taxa de rendimento anual do respetivo Fundo e Saldo a 31 de dezembro. Posso consultar a minha conta de Fundos quando quiser? Sim. O colaborador poderá aceder online ao portal da ESAF, que enviará previamente um Formulário de acesso ESAFonline e uma senha de acesso. Como posso esclarecer dúvidas? Durante a primeira quinzena de julho, a ESAF está na Volkswagen Autoeuropa para esclarecer dúvidas. No expositor à entrada dos escritórios da Área de Recursos Humanos estará disponível um folheto pormenorizado sobre o Fundo de Pensões. ESAF: telefone para atendimento personalizado: ª a 6ªfeira das 9 às 18h A pensar no futuro dos nossos colaboradores Um Fundo de Pensões reforça a sustentabilidade dos colaboradores quando, no futuro, deixarem a empresa por motivo de reforma. É um pequeno esforço no presente, para uma maior qualidade de vida no futuro. Ao contribuir para este Fundo de Pensões, a Volkswagen Autoeuropa promove a motivação e envolvimento do seu mais valioso bem: os seus recursos humanos. - Jürgen D. Hoffmann Membro do Conselho de Gerência Diretor de Recursos Humanos, Finanças e Tecnologias de Informação Para uma reforma com a dignidade que merecem Este Fundo de Pensões agora introduzido vai benefi ciar os trabalhadores que a ele aderirem. Na situação em que a Segurança Social está a ser colocada na Europa é necessário que os trabalhadores optem por alternativas complementares, pois só assim poderão vir a ter uma reforma com a dignidade que merecem no fi nal de anos e anos de trabalho. Esta é uma medida que tardou mas, como diz o povo, mais vale tarde que nunca. A Comissão de Trabalhadores espera da parte dos Trabalhadores uma boa participação neste projeto tendo em conta que todos merecemos ter um fi nal de vida laboral com qualidade. - António Chora, coordenador da Comissão de Trabalhadores Rentabilidade em 2010 Fundo ES Multireforma Capital Garantido: 3,56% Fundo ES Multireforma: -0,16% Fundo ES Multireforma Plus: 4,34% Fundo ES Multireforma Ações: 9,67% Nota: As rentabilidades apresentadas estão disponíveis no site e são líquidas de comissão de gestão fi nanceira e de comissão de banco depositário. Dado que a Volkswagen Autoeuropa negociou com a Entidade Gestora (ESAF) condições especiais relativamente a estas comissões, as rentabilidades serão superiores às apresentadas em 0,8% para os Fundos: ES Capital Garantido; ES Multireforma e ES Multireforma Plus e 1,3% para o Fundo ES Multireforma Ações. 4 JUNHO 11

5 Simulação Simulamos um caso típico de um colaborador da Volkswagen Autoeuropa Simulação Idade: 39 anos, com 10 anos de antiguidade Idade normal de reforma (INR): 65 anos Salário pensionável ano: (14 salários x 1000 ) Contribuição colaborador: 2% Contribuição da empresa: 2% Contribuição antiguidade: 1% Rentabilidade média: 4% ano Taxa de crescimento salarial: 2% ano Resultados da simulação Contribuições do colaborador: valor acumulado na INR: ,19 Contribuições da empresa (+antiguidade): valor acumulado na INR: Renda mensal vitalícia: 168,86 (14 vezes por ano a acumular à da Segurança Social) Nota: Se o colaborador levantar o máximo permitido (1/3 da contribuição da empresa e a totalidade da sua contribuição como colaborador), os 2/3 restantes da contribuição da empresa têm que ser, por lei, transformados em renda vitalícia Os próximos passos 1ª semana de julho: colaboradores com contrato permanente recebem uma carta com formulário para adesão. 1ª e 2ª semana de julho: delegação do ESAF na nossa fábrica para esclarecimentos. Dia 15 de julho: limite de entrega do formulário na Área de Recursos Humanos. Salário de setembro de 2011: 1ª débito do colaborador e 1ª comparticipação da empresa para o Fundo de Pensões. Prémio para o SEAT Alhambra 5-22 de maio Salón Internacional del Automóvil de Barcelona. O SEAT Alhambra continua a acumular prémios e distinções desde o seu re- lançamento no fi nal do ano passado. Uma vez mais, as suas excelentes qualidades de monovolume foram a chave para conseguir o triunfo na II Edição dos Prémios EcoMotor atribuídos pelo jornal espanhol eleconomista, superando, com 13,97%, os votos dos adversários Ford C-Max (12,23%) e Peugeot 5008 (10,66%). Recordamos ainda que nos testes da Euro NCAP, o SEAT Alhambra obteve a melhor pontuação: 5 estrelas. e mais outro O SEAT Alhambra também vai acumulando elogios pelo Reino Unido e prova disso são os dois novos prémios que conquistou. Melhor Monovolume nos Prémios Fleet World 2011, cerimónia anualmente organizada pela referida publicação e que conta com um grande reconhecimento no sector. A revista especializada Diesel Car também premiou o SEAT Alhambra com o título de Melhor Monovolume, prémio justificado pelo design, espaço interior e capacidade de carga. A Diesel Car é uma publicação centrada no mercado dos veículos Diesel e também nos modelos ecológicos, facto que reafirma os altos níveis de eficiência da gama de motores do novo Alhambra. Palmarés Auto Trophy 2010 na Alemanha como o melhor automóvel na categoria monovolumes de importação. Prémio atribuído pelos leitores da revista Auto Zeitung. - Melhor Monovolume do mercado atribuído pela revista inglesa What Car? - Melhor Monovolume importado 2011, segundo os leitores da revista alemã especializada auto motor und sport. - Monovolume do Ano em Portugal, atribuído pelos membros do júrí do Carro do Ano, Troféu Volante de Cristal. - Melhor Monovolume em Espanha na II edição dos prémios Ecomotor - Melhor Monovolume no Reino Unido nos Prémios Fleet World Melhor Monovolume, atribuído pela revista especializada inglesa Diesel Car VW Navarra visita-nos 13 de maio Um grupo heterogéneo de colaboradores da VW Navarra visitou a Volkswagen Autoeuropa para conhecer algumas das nossas práticas em várias áreas de atuação. Da esqª para a dtª., Pedro Valencia, Centro de Formação; César Bonel, Comissão de Trabalhadores/Sindicato UGT; Mikel Rodríguez, colaborador da Área de Infraestruturas; Mikel Herrera, Diretor de Desenvolvimento de Recursos Humanos; Jürgen.D. Hoffmann, Diretor da Área de Recursos Humanos, Finanças e Sistemas de Informação da Volkswagen Autoeuropa; Carlos Escobar, Diretor da Área de Recursos Humanos, VW Navarra; Javier Ordóñez, Comissão de Trabalhadores; Jose Luis Munárriz, Área de Carroçarias/Manutenção; Alberto Lalana, Centro de Formação e Pedro Vidart, Área de Finanças. 5

6 Área de Logística/ Controlo de Produção Logisticamente falando Deixem-me contar-vos uma história Esta página é dedicada às atividades da Área de Logística. Parte da equipa Controlo de Produção. Da esqª para a dtª: Hélder Rodrigues. Sabina Martins, Alda Simões, Carmen Emiliano, Joaquim Jesus, João Pereira, Carmen Guerreiro,Paulo Nobre, João Lobato. Ausentes: Ivo Silva, João Santos, Miguel Alonso,Nuno Moreira, João Reis. Chamo-me Scirocco Chamo-me Scirocco, assim como podia ter sido Eos ou Sharan ou até mesmo Alhambra, mas não, sou mesmo Scirocco. A minha vida começou há algum tempo atrás, mais propriamente quando fui especificado na mente de um cliente Volkswagen, o meu atual dono. Ele não se limitou apenas a especificar-me, deu mais um passo, foi a um stand do grupo e encomendou-me. A partir desse momento estava na minha fase embrionária. Andei de sistema em sistema, fui da terra natal do meu dono direitinho para Wolfsburg e daí para o meu local de nascimento, a Volkswagen Autoeuropa. Fui batizado Já na fábrica, fui batizado com o ken e entregue a uma equipa que acabaria por estar ligada a mim de uma forma muito próxima: a equipa do Controlo de Produção. Esta iria dar o seu melhor para que não houvesse atrasos na minha produção. Agora, já com algumas peças Agora, já com algumas peças, comecei a estar sob a alçada de outro sistema do Controlo de Produção: o Model MIX. Este sistema é responsável por assegurar uma mistura (mix) balanceada entre modelos, garantindo assim uma produção estável. Nada mau! Durante a minha construção, algumas decisões tinham de ser tomadas de acordo com a minha especificação. Por exemplo, o FIS informou os PLC- computadores que controlam os robôs- de que eu teria que ser montado com um teto panorâmico. E foi assim que fiquei com uma vista privilegiada para uma noite estrelada de verão! O meu processo na nave de Carroçarias estava terminado. Etapa seguinte: Pintura! Já agora, e para que saibam, ao longo de todo o fluxo de construção, cada vez que nos movemos entre pontos de verificação, o FIS é atualizado com as nossas novas localizações, através das leituras de cada um dos FIS-Gates. Estes capturam a nossa passagem e informam os PLC, se necessário. Por exemplo, na Área de Pintura foi comunicado via sistema informático a toda a maquinaria qual iria ser o meu código de primário e de cor. Neste seguimento, e a fim de controlar o nosso fluxo de produção (o meu e o dos meus irmãos) -, a equipa utiliza o módulo FHInfo. Este permite fazer todo o tipo de pesquisa, de acordo com a especificação dos códigos de opções (Pr Codes) de cada um de nós. controlada pela equipa. Neste ponto todos os fornecedores JIT (Just in Time), assim como os parceiros logísticos, são informados sobre quais as peças a enviar para a linha de produção. Tudo isto é feito a partir de outros dois sistemas geridos pelo Controlo de Produção: o FIS-Evolution e o LINCS. Já na linha de montagem, e de maneira a dar a conhecer o que deveria ser montado no meu esqueleto, foram impressas várias folhas de especificação. São criadas pela equipa no módulo FIS-FORM, tendo em consideração a especificação de cada um de nós. Para além disso, a equipa gere um outro módulo, o FISeQS, de maneira a recolher todo o tipo de informação relacionada com segurança ou homologação, como por exemplo os números de série do airbag, motor, caixa de velocidades, etc, e também um conjunto de dados relativos à nossa qualidade... FIFO*: First in First Out (primeiro a entrar, primeiro a sair) Sobre rodas Algumas horas depois já me encontrava sobre rodas. Acelerava mas ainda não podia sair da fábrica. Sentia-me ansioso! Após uma bateria de testes e as últimas verificações pela Área de Qualidade, eu chegava ao Carlane. Era agora um carro completamente seguro e fiável, prestes a ver a luz do dia! Próxima paragem: as mãos do meu dono. A aventura continua com o início da minha construção. Na linha de montagem ia logo atrás de uma Sharan. Para que percebam melhor, tenho de vos dizer que fui programado no sistema DISPO através do qual a equipa pode bloquear a construção de outros como eu, assim como controlar o mix entre modelos a implementar no início da Área de Carroçarias. Este software é apenas um dos módulos do sistema FIS (sistema informático da fábrica para a gestão de ordens de compra). Já começava a ser um carro! Via máquinas e robots por todo o lado, era um pouco assustador. Porém, estava descansado, pois sabia que a equipa estava de olho em mim. Juntamente com o FHLeit, módulo que, entre outras particularidades permite trocar ordens de cliente por outras compatíveis, em caso de misbuilds (o Controlo de Produção chama-lhe realocações), a equipa assegura que a fábrica alcance os objetivos propostos. A esta altura eu já tinha uma nova cara. Estava pintado! E que bem que me fica esta cor! Depois entrei numa zona espetacular: o RAS (Random Access Store). Um armazém com capacidade para cerca de 350 carros e que, ao ser controlado pelo modulo Optimo, permite à equipa decidir quais de nós deve enviar para a Área seguinte e em que mix. Isto, de acordo com uma lista de restrições e de disponibilidade de peças. Próxima etapa: FIFO* - o início da Montagem Final A última das Áreas de produção, igualmente E foi assim que nasci! Antes de me despedir, quero deixar um agradecimento muito especial à minha baby-sitter - a equipa do Controlo de Produção que tomou conta de mim durante todo o meu processo de crescimento! Texto de: Paulo Nobre, coordenador da equipa Controlo de Produção/ Área de Logística. 6 JUNHO 11

7 Chefias testam novas tecnologias do Sharan 4 de maio Os Diretores das Áreas de produção reúnem-se mensalmente, num plano de convocação rotativo. Desta vez, na Área de Montagem Final, foi-lhes proposto um teste de estrada com o novo Sharan, em conjunto com os condutores habituais deste teste. Tinham como objetivo explorar e conhecer algumas das funções novas dos MPV e promover internamente a sensibilização para os excelentes equipamentos do novo VW Sharan e SEAT Alhambra! Parqueamento assistido É de facto uma característica brilhante e inovadora! Não posso, no entanto, deixar de assinalar algum nervosismo quando o utilizamos. É que, apesar de estarmos a controlar a aceleração e a travagem, a direção é automaticamente atuada pelo carro. Estamos a estacionar uma viatura no meio de outras duas e o volante a virar sozinho é obra! Necessita de confiança e alguma prática, de resto é como no anúncio do nosso Sharan: Mágico! - José Lopes, Diretor de Produção, Área de Prensas. Autohold / auto bloqueio -Devo dizer que, embora teoricamente já conhecesse a função de autohold, a verdade é que nunca a tinha experimentado! Depois deste teste de estrada passei a utilizá-la no meu carro e dá jeito! Rui Esteves, Diretor de Engenharia de Processo, Área de Carroçarias. As tecnologias testadas Parqueamento assistido Este sistema estaciona o automóvel tanto em posição longitudinal como em posição transversal (vulgo estacionamento em L ) utilizando quarto sensores por ultra-sons que medem a geometria do lugar de estacionamento. O sistema atua somente sobre o volante, sendo que o travão, acelerador e caixa de velocidades são 100% controlados pelo condutor. KESSY - abertura sem chave O sistema KESSY, Keyless Entry and Start System, permite não só abrir e fechar o veículo de forma cómoda, mas também colocar o motor em funcionamento sem utilização direta da chave. Uma antena no puxador exterior da porta detecta a proximidade da chave e viabiliza a abertura da viatura, quando se aciona o puxador. Antenas estrategicamente colocadas no interior da viatura detectam a presença da chave no interior e permitem colocar o motor em funcionamento mediante o acionamento do respectivo botão. Start / Stop O sistema Start/Stop faz parte da tecnologia Bluemotion e tem como função reduzir o consumo de combustível. Para isso, desliga o motor quando o veículo se imobiliza, (num semáforo, por ex.), voltando a ligá-lo de forma automática quando o condutor reinicia a marcha. Para que o sistema possa funcionar em pleno, existem alguns pré-requisitos: velocidade do veículo = 0 km/h; temperatura do liquido de refrigeração do motor entre 25 e Autohold/ Auto-bloqueio Placa identifi cadora na consola central, junto ao switch do travão de mão eléctrico. Quando acionado, o sistema Autohold mantém o veículo travado sempre que este se encontre imobilizado, sem a necessidade de pressionar o pedal do travão. Entre outras, esta função tem a vantagem de facilitar o arranque em subidas, uma vez que mantém o carro travado, libertando o pé direito do condutor para iniciar o arranque da viatura. Tonneau cover- chapeleira No novo Sharan, o tonneau cover, vulgo chapeleira, pode ser montado em duas posições distintas. Mais à frente na confi guração de cinco bancos e mais atrás junto ao portão traseiro na confi guração de sete bancos. 110ºC; diferença entre temperatura interior e temperatura programada no sistema de climatização do veículo menor que 8ºC, entre outros. KESSY- abertura sem chave A função Kessy, ou keyless, de abertura sem chave, embora já conhecida por ter sido implementada por outras marcas, é uma função óptima porque não só facilita a segurança do carro como também alivia o peso dos bolsos poi não necessitamos de chaves. Confesso que as diversas possibilidades de utilização e condicionantes obrigam a ler o manual Mas é certamente uma questão de hábito. - Fausto Santos, Diretor do Departamento Técnico, Área de Pintura. Tonneau cover- chapeleira Em relação ao tonneau cover, vulgo chapeleira, tenho que confessar que não sabia que podia ser montado em duas posições distintas. Pode ser colocada mais à frente, no caso de o carro ter apenas cinco bancos, ou mais na retaguarda, próximo da tampa da mala, quando os sete bancos estão em posição vertical. Desta forma, nunca é necessário deixar a chapeleira em casa ou na garagem, como acontecia nos MPV antigos. É bastante útil e versátil, uma vez que se adapta às duas situações. Rui Neves, Diretor de Produção/Acabamentos Finais, Área de Montagem Final. Start/Stop Com as crescentes preocupações ambientais e com o contínuo aumento do preço dos combustíveis, esta função ganha uma enorme importância, sendo que com a sua aplicação conseguimos simultaneamente reduzir a emissão de gases de escape e poupar combustível. E no novo Sharan, graças à fantástica insonorização, nem se dá pelo sistema entrar em funcionamento! Luís Coelho, Coordenador do Centro de Competência Electrónica, Fábrica Piloto. 7

8 Organização e Qualidade Beatas no chão? Não! A par de uma sensibilização a iniciar em breve, para os colaboradores-fumadores deixarem de fumar, a Volkswagen Autoeuropa apela aos fumadores para não deitarem beatas para o chão. Em causa está a boa imagem que todos queremos dar das instalações da empresa e o impacto ambiental nocivo das beatas no circuito dos efl uentes pluviais. Mas o melhor mesmo é deixar de fumar! Beatas no chão? Não! No mundo, são deitadas fora 150 beatas de cigarro por segundo! Num questionário do Centro Médico a 818 colaboradores da Área de Montagem Final que realizaram exames periódicos, constatou-se que 38% são fumadores e destes, 22,5% afirmam fumar nas pausas do período de trabalho. Mais de metade, responderam que consideram sujas, as zonas exteriores e as áreas de fumo. As pontas dos cigarros acumulam-se no chão em alguns locais. Mais do que por uma questão de civismo e de higiene no espaço de circulação comum da fábrica, apela-se aos colaboradores fumadores que coloquem as beatas nos cinzeiros próprios. Ultimamente surgiram mais cinzeiros e mais zonas de fumo junto das naves e escritórios para maior comodidade dos fumadores. Há ainda um trabalho de melhoria a desenvolver, quer na sensibilização aos fumadores para não deitarem beatas no chão quer na proteção dos cinzeiros existentes, para evitar que as beatas caiam para o chão. Uma beata de cigarro tem um volume de 2cm³. Apesar de pequenas, a quantidade de beatas deitadas fora por ano ocupa um volume de m³, equivalente a encher oito piscinas olímpicas por ano! Vale a pena parar de fumar em qualquer idade, apesar dos benefícios serem tanto maiores, quanto mais cedo se parar. Após oito horas, os níveis de monóxido de carbono no organismo baixam e os de oxigénio aumentam. Passadas setenta e duas horas, a capacidade pulmonar aumenta e a respiração torna-se mais fácil; Com cinco anos de abstinência do tabaco, o risco de cancro da boca e do esófago é reduzido para metade. Ao fim de dez anos, o risco de cancro do pulmão é já metade do verificado em fumadores, e o de outros cancros diminui consideravelmente. Ao fim de quinze anos de abstinência, o risco de doença cardiovascular é igual ao de um não fumador do mesmo sexo e idade. A aparência física renovada, o hálito mais fresco, o travar do envelhecimento precoce e a poupança económica são fatores adicionais que podem motivar a tua decisão! Os materiais nocivos das beatas O ciclo das beatas O fi ltro do cigarro é composto por acetato de celulose, tabaco, nicotina, arsénico, cádmio, chumbo, alcatrão e outros químicos poluentes. Todos produtos tóxicos que acompanham a beata na sua viagem até aos oceanos, contaminando peixes, águas e biomassa. No chão Com o vento, 80% das beatas entram na rede pluvial que desemboca nos oceanos ou rios No meio aquático, as beatas demoram um a dois anos a degradar-se. São ingeridas por peixes, que assimilam os componentes tóxicos, passando-os aos consumidores humanos. No cinzeiro Transporte e tratamento Forno de cimento para incineração sem efeitos nocivos para a atmosfera 8 JUNHO 11

9 Área de Engenharia Industrial e Gestão Otimizada / Sistema de Produção Volkswagen Organização e Qualidade: auditorias de maio O antigo sistema de Organização e Limpeza deu este ano lugar ao Sistema de Organização e Qualidade, com novas regras, critérios, equipas e coordenação. Todos os meses, divulgamos alguns exemplos de boas práticas encontradas e também as práticas a melhorar! Boas práticas Auditorias equipas 58 auditores 60 auditorias 3 listas de verificação 70 pontos de verificação Na zona do Clinching Scirocco e MPV da Área de Carroçarias, o rack trilógico acomoda várias peças de produção. Ao substituir vários racks junto à linha, diminui a distância a percorrer pelo Operador para recolher as peças de que necessita em cada ciclo, uma vez que as passa a ter num único rack. Esta imagem ilustra o excelente estado de limpeza e conservação da linha na zona 14 da Área de Montagem Final. As peças destacadas para análise devem estar identifi cadas. Este bom exemplo foi fotografado no escritório do Planeamento de Qualidade, Área de Qualidade. consulta as novas regras na drive de livre acesso: X\O&Q Práticas a melhorar Os novos critérios tudo está exemplar e sem reparos (0 defeitos) pequenos reparos (- 5% da área total) alguns reparos (entre 5% e 30% da área total) reparos consideráveis (entre 30% e 70% da área total) tomar ações é imperativo (mais de 70%) Escritos de poetas e românticos nas portas das casas de banho e dos cacifos são um ponto de demérito nas auditorias das Áreas! Acrílico partido no expositor de informação na máquina de café de um Oásis. Preservar os equipamentos coletivos da fábrica é um dever de todos nós! Nos escritórios e salas de reuniões das várias Áreas continua a existir a necessidade de melhorar os roteamentos dos cabos elétricos. Objetivo 2011: média igual ou superior a 2,5 pontos Objetivo 2011: obter resultados iguais ou superiores a 2,5 Média obtida 2011: 3,40 As auditorias de maio Todas as Áreas foram submetidas primeiramente a uma auditoria piloto e em maio realizou-se a última, à Área de Engenharia Industrial e Gestão Otimizada. Realizaram-se cinco auditorias normais nas Áreas de Prensas (Linhas TP-5 e TP6), Carroçarias (DTB e Metal Finish; Clinching Scirocco), Pintura (Garagem, PDS), Montagem Final (Zona 14), Qualidade (Planeamento e gabinete do Diretor da Área). As Áreas: A: Prensas B: Carroçarias C: Pintura D: Montagem Final E: Logística F: Recursos Humanos G: Qualidade H: Planeamento, Ambiente e Infraestruturas I: Diretor Executivo e Compras J: Finanças L: Direção Geral de Produção M: Engenharia Industrial e Gestão Otimizada N: Média Desde o início em março e até maio, a média está em 3,4 pontos. Todas as Áreas estão acima dos objetivos, apesar de haver ainda caminho a percorrer para a média de excelência de cinco pontos! Objetivo 2011: obter resultados iguais ou superiores a 2,5 Média obtida 2011: 3,40 Chão: o que é preciso ter em conta Com base nas listas de verificação, durante as auditorias é importante verificar se os espaços e equipamentos estão limpos, sem resíduos, sem danos e conforme os padrões. - Chão, juntas e rodapés - Corredores, vias internas - Linhas de delimitação de zonas, corredores, passadeiras, tampas de esgoto - Marcações de equipamentos, racks/carrinhos 9

10 Área de Engenharia Industrial e Gestão Otimizada Sistema de Produção Volkswagen Esta página é dedicada ao Sistema de Produção Volkswagen, nomeadamente à metodologia e descrição das ideias dos colaboradores que participam nos workshops de melhoria contínua KVP Cascata. O objectivo do KVP Cascata é assegurar um processo produtivo robusto, estandardizado, que melhore a qualidade e aumente a produtividade, através da identificação de práticas que acrescentem valor, da redução de desperdício e de um balanceamento de operações eficaz. * K.V.P. Kontinuierliches Verbesserungs programm. Processo de Melhoria Contínua. Onda 1, Passo 2, na Área de Carroçarias Antes A pintura do chão encontra-se em más condições, acusando desgaste acentuado e prejudicando a qualidade da inspeção, por diminuir a quantidade de luz refl ectida. Antes Depois Com uma intervenção, o chão fi cará com uma pintura nova, melhorando a visualização e a qualidade de inspeção. Uma maior extensão de superfície branca e envernizada potencia a refl exão de luz, parâmetro importante para a detecção de pequenas irregularidades na superfície da chapa. Depois Em Janeiro deste ano teve início a implementação do passo 2 da onda 1, respeitante à Área de Carroçarias. Para realizar cá o Passo 2 na Área das Carroçarias, foi necessário que o primeiro projeto tivesse o acompanhamento dos colegas da VW Wolfsburg, responsáveis pelo desenvolvimento deste Passo. Como já é normal, os workshops KVP Cascata têm a participação de várias Áreas, Carroçarias (Produção, Planeamento de Produção, Engenharia de Processo e Planeamento Logístico); Recursos Humanos (Ergonomia e Segurança) e Engenharia Industrial (Sistema de Produção). As diferenças do Passo 1 para o Passo 2 são as seguintes: passamos a ter um projeto onde toda a sub-área é estudada ou seja, temos um workshop por URQ e um workshop fi nal para harmonização das implementações, Os elementos do passo 2 são diferentes e o mote do passo 2 é o movimento. Os elementos do passo 2 As ferramentas não estão num local próprio nem na posição adequada para cada uma delas. Além de difi cultar a movimentação dos Operadores, difi culta o trabalho pois encontram-se longe do ponto de uso. Antes Está prevista a introdução de carrinhos em material tubular (Trilogiq) onde todas as ferramentas de cada Operador são colocadas. Estes carros são guiados junto ao tecto, pela conduta de ar comprimido já existente, não havendo necessidade de instalar guiamento no chão. Depois No Passo 2, o mote é o movimento, com os elementos básicos específi cos da Área de Carroçarias Melhorias nas URQ Doors to Body e Metal Finish A zona escolhida para dar início a este projeto foi a inspeção e acabamento superficial Metal Finish, a última zona da linha de Carroçarias, responsável por fornecer os carros prontos à nave de Pintura. Seguiram-se as duas zonas que fornecem os carros à linha de acabamento, onde são montados os componentes móveis do carro -portas, capô, e portão traseiro- e que recebe a carroçaria com a sua forma e geometria final terminada. O aperto do guarda- lamas era realizado na estação 70, numa posição de trabalho pouco ergonómica. Antes A equipa transferiu a operação para a estação 100, onde o Operador já realiza operações junto da cava da roda utilizando um pequeno banco que lhe permite trabalhar numa posição mais ergonómica. Depois As alterações Algumas das intervenções, como a transferência de operações da estação 70 para a estação 100, foram realizadas no decurso do projeto. Aquelas que implicam alterações mais significativas redesenho das estações e pintura do chão - terão obrigatoriamente de ser realizadas fora do período de produção, e a Produção e o Planeamento estão a acordar a sua calendarização. Todavia, a projeto está previsto ficar terminado durante o shutdown de verão. O capô era montado por dois Operadores na estação 110. Depois de verifi cado, era alinhado, em caso de necessidade, na estação 170. Verifi cava-se o manuseamento repetido da mesma peça. Após alguns testes, foi possível transferir a operação de montagem e alinhamento para a estação 110. O novo método de trabalho permitiu eliminar um manuseamento repetido, conduzindo a um aumento de produtividade. Texto de: Pedro Vasconcelos, Área de Engenharia Industrial e Gestão de Produção Optimizada. 10 JUNHO 11

11 Responsabilidade social Clube Autoeuropa já é um sucesso! 18 de maio A sala do Clube Autoeuropa abriu portas e abriu também os sorrisos dos colaboradores que por lá passam agora para comprar recordações com o logo da marca, para beber um café, requisitar um livro, consultar a internet, confraternizar com colegas. Um espaço autoeuropeu para os autoeuropeus! Dá jeito ter este género de coisas perto do trabalho! Acho bonita a sala. Tem um café diferente, podemos passar aqui e levar o jornal, etc. Antes, a loja Volkswagen ficava muito longe e não tínhamos tempo para lá ir. Ter estas coisas à mão é muito bom para todos nós. - Jorge Silva, Operador, Área de Carroçarias. Estou a comprar um gelado. Embora não seja lá muito boa ideia no que respeita ao nosso Programa Fitness, é bom em relação ao programa Motivação! - Juergen D. Hoffmann, Diretor da Área de Recursos Humanos, Finanças e Tecnologias de Informação. Finalmente, um espaço autoeuropeu, com pequenos serviços e prazeres que dão motivação a todos os que aqui trabalham! Uma iniciativa da Direção da fábrica e da equipa de Responsabilidade Social no âmbito do desenvolvimento de projetos de motivação para os colaboradores e também de apoio à comunidade. As receitas geradas com as vendas neste novo espaço serão aplicadas em novos programas e atividades para os colaboradores e comunidade, considerando os quatro pilares dos Inauguração oficial 18 de maio h. A faixa caiu, as portas abriram-se. O momento mágico foi protagonizado por António Pires, Diretor Geral e por Elsa Careto, Chefe de Departamento Salários e Controle de tempos, Área de Finanças e igualmente responsável pelo projeto de Responsabilidade Social e Sustentabilidade. Opiniões soltas projetos de responsabilidade social empresarial: ambiente, saúde e bem-estar; educação e cultura e interação social, incluindo voluntariado. A equipa está de parabéns. Foi um trabalho bem feito apesar do pouco tempo que tiveram. Quando há vontade, as coisas acontecem! Juergen D. Hoffmann, Diretor da Área de Recursos Humanos, Finanças e Tecnologias de Informação. O que já podes usufruir comprar ou encomendar produtos com o logo Volkswagen na Loja Lifestyle requisitar livros na biblioteca e futura mediateca comprar revistas ou jornais diários aceder à Internet e Intranet (solicita a password ao balcão) comprar gelados, snacks saudáveis e beber café gabinete para utilização dos colaboradores voluntários de projetos de responsabilidade social nas vertentes cultura, social, ambiente, saúde e bem estar às terças feiras, das 10.30h às 12-30h, Sílvia Pratas dá esclarecimentos sobre os Programas para Colaboradores : Secção desportiva; Cartão Galp e BP; Optimus; descontos de compra de carros novos do Grupo; descontos de manutenção automóvel; protocolos com lojas e instituições sociais e culturais, etc. e, em breve, estarão disponíveis mais serviços e programas! Só falta ter chocolates, pastilhas e cachecóis do Benfi ca! É uma perdição haver estas miniaturas de carros! Vou gastar aqui uns euritos! Seria bom terem cá o Euromilhões também! É bom saber que as receitas vão para o nosso clube! Toca a comprar rapaziada! Acho excelente a ideia da biblioteca! Põe os teus livros a mexer É um projeto dos colaboradores, para os colaboradores. Contamos com a participação de todos! Elsa Careto, Chefe de Departamento, Área de Finanças. Responsável pelo projeto de Responsabilidade Social e Sustentabilidade. Gosto do ambiente e dos geladinhos! Ana Borges, Especialista, Área de Qualidade. Pensamos que a loja é uma maisvalia para os trabalhadores. Era uma aspiração antiga da C.T. que veio ajudar a promover uma maior ligação dos trabalhadores com a fábrica, ao disponibilizar serviços e benefícios sociais. Vamos fazer propostas para novos serviços de apoio, nomeadamente o Euromilhões, etc. Fernando Sequeira, Líder de equipa da Área de Montagem Final e membro da Comissão de Trabalhadores. Esta foi uma obra com tempo de execução muito apertado e com alguns obstáculos em relação à entrega de materiais. Mas com o envolvimento e empenho de todos conseguiu-se acabar na data pretendida. O meu obrigado aos fornecedores Autielvolt, Casual, MTS, Revepoxy e Rogério Santos, de eletricidade, construção civil, sprinklers, pinturas e pavimento, respetivamente! - Isabel Nunes, Especialista, Área de Planeamento, Ambiente e Infraestruturas/Departamento Engenharia de Infraestruturas. Livros de todos para todos! Queremos aumentar a quantidade de livros da nossa biblioteca! Põe os teus livros a mexer! Tira-os da prateleira ou do sótão e dá-lhes uma nova vida! Entrega-os a Elisabete Almeida, no Departamento de Salários e Controlo de Tempos (Payroll) edif.8, r/c. ou diretamente na Loja Autoeuropa. 11

12 Responsabilidade social Cultura Música anima mudança de turno! 20 de maio A equipa de Responsabilidade Social/ Cultura iniciou uma parceria com a Orquestra Metropolitana de Lisboa, apoiando as suas intervenções culturais no país através da cedência de um VW Sharan para o transporte dos músicos. Ao som de música clássica Foram imagens pouco comuns na nossa fábrica: músicos, trompetes, flautas, tambores, violinos e até uma harpa Os quarenta elementos da Orquestra Metropolitana de Lisboa atuaram na nossa empresa, para deleite de muitos colaboradores que passavam pelo telheiro pedonal à entrada, ou saída, do seu turno de trabalho. O contraste entre o ambiente industrial e a música erudita surpreendeu todos positivamente. Orquestra Metropolitana de Lisboa Maestro: Reinaldo Guerreiro Compositores Obras José Pablo Mooncayo Huapango Darius Milhaud O boi no telhado, Op.58 Depoimentos Em vez de as pessoas virem até nós, saímos nós para os espaços onde as pessoas trabalham. Desde 2010, o projeto Pausa para concerto já atuou na Editora Leya, na Câmara Municipal de Lisboa e nos escritórios da Nestlé, RTP e Dyrup Ibérica. - António Diegues Ramos, Diretor de Comunicação e Imagem da Orquestra Metropolitana de Lisboa. Adorei! Uma pausa de descontração no trabalho. È agradável sentir que a Volkswagen Autoeuropa se preocupa em dar momentos de bem-estar aos colaboradores. - Sandra Duque, Especialista da Área de Compras. Foi um sonho tornado realidade. Ter uma orquestra sinfónica a tocar para todos nós, num dos nossos jardins, é fantástico. Os músicos, como trabalhadores que são, terem aceite tocar sem as condições acústicas a que estão habituados mostraram uma enorme solidariedade para connosco e é assim que se constrói o futuro de mãos dadas. Rosário Ribeiro, Especialista da Área de Compras e responsável pela Cultura na equipa Responsabilidade Social. A nível da acústica, o som dissipa-se muito, mas gosto de tocar ao ar livre! Pedro Santos, trombonista da Orquestra Metropolitana de Lisboa. É sempre interessante, o ambiente é mais descontraído, as partituras voam Porque não aproveitar este bom tempo ouvindo música clássica? Ana Cláudia Serrão, violoncelista da Orquestra Metropolitana de Lisboa. Responsabilidade Social / Autovision AutoVision apoia Loja Lifestyle A AutoVision apoia as várias atividades do Clube Autoeuropa - culturais, solidariedade e voluntariado, ambiente, saúde e bem estar - através do resultado das vendas da Loja Lifestyle. Os colaboradores destacados na loja também ajudam na gestão da biblioteca, edição da TV e na divulgação das atividades do clube. A nível individual, os colaboradores da AutoVision podem voluntariar-se para integrar ações do âmbito da responsabilidade social e sustentabilidade. São um grande parceiro estratégico neste projeto e sem eles teria seria muito difícil termos o nosso clube tão rapidamente. - Elsa Careto, responsável pelo projeto Responsabilidade Social e Sustentabilidade. Maio: top de vendas Produtos VW Porta-chaves VW com enrolador Bolas anti-stress Blocos de notas Vendas gerais Gelados Cornetto Classico) Jornais e Revistas (A Bola e Record) Alimentação (Activia Break) 12 JUNHO 11

13 Responsabilidade social Pirilampo Mágico 30 de maio Entrega ao Professor José Salazar, da APD A.P.D.C.A.D.M CAD Mde um cheque de euros referente ao montante angariado na nossa fábrica com a campanha Pirilampo Mágico Os concelhos de Setúbal e Palmela são aqueles onde incide a nossa intervenção. Obrigada pela excelente contribuição para as instituições regionais de apoio a cidadãos e crianças com deficiência mental. respondeu o Professor José Salazar. Na foto, as nossas colegas pirilampos que se voluntariaram nesta campanha interna: Anabela Serra, Gina Guerreiro, Paula Metelo, Elisabete Esteves, Elsa Careto, Célia Freire, Sandra Alcape- Meyer, Paulina Santos, Elisabete Almeida, Maria Graça Calvo e Claudia Sofia Mendes. Um bem haja para todas elas! Para o ano, contamos multiplicar os pirilampos! Contacta-as e oferece-te como voluntário/a! O pirilampo viajou Alguns colegas que estão destacados em várias unidades da Volkswagen pelo mundo associaram-se à campanha e enviaram-nos uma foto! Vitor Jesus, USA.. O pirilampo no volante do novo Passat, na VW Chatanooga. Miguel Sanches, México. Um pirilampo mariachi, em VW Puebla. Ana Paula Verdes, Itália. O pirilampo de cabelos ao vento, em cima de um Lamborghini. João Melo, Rússia. Um pirilampo em VW Kaluga. Luis Rodrigues, Volkswagen of America. Um pirilampo na entrada da NASA, em Houston Tio Zé por terras do Douro Artistas inauguram a sua exposição 18 de maio Alguns dos artistas da casa que estiveram em fevereiro a pintar na nave de Montagem Final inauguraram o novo espaço dedicado às exposições temporárias, no corredor da cantina principal. António Pires agradeceu a todos a participação e envolvimento em mais uma iniciativa que aproxima os colaboradores à empresa. Grupo Volkswagen ganha Prémio de Responsabilidade Social 14 de maio O Tio Zé visitou instituições do distrito de Vila Real. Mais um enorme sucesso junto das crianças, que se divertiram com a criativa personagem deste projeto solidário. Os Lares de Santa Casa da Misericórdia do Peso da Régua e a Escola de Artes e Ofícios de Chaves foram os contemplados com a visita e os livrinhos solidários do Tio Zé Foram doados à biblioteca do futuro Clube Volkswagen Autoeuropa os dois livros de José Almeida, Área de Qualidade: No Reino de Drakis e Fábula, o Pequeno Golfi nho Roaz. Podes requisitá-los para dedicares algum tempo de leitura aos teus fi lhos! Estugarda, abril. O Grupo Volkswagen ganhou o prémio alemão de Responsabilidade Social Corporativa (RSC) Jornalistas da área económica escolheram o vencedor de entre várias grandes empresas com envolvimento social, reconhecendo o Grupo Volkswagen como um parceiro relevante em várias vertentes: sociais, culturais, desportivas e de proteção ambiental. Gerhard Praetorius, responsável pela Coordenação RSC e Sustentabilidade do Grupo Volkswagen, afirmou É parte integrante da cultura Volkswagen conduzir atividades de responsabilidade social com seriedade. Desenvolvemos sistematicamente as nossas atividades de RSC nos últimos anos e estamos muito gratos por vermos os nossos projetos reconhecidos pela imprensa económica. A responsabilidade social é central na estratégia de sustentabilidade do Grupo Volkswagen e consolida-se através de apoios em 62 localidades no mundo a iniciativas que promovem a cultura, educação e desporto. Exemplos incluem os projetos A chance to play, na África do Sul e AMENOR, um projeto de formação vocacional e profissional em Curitiba, Brasil. 13

14 14 JUNHO 11

15 Área de Prensas Carros de automação coloridos Bancada de testes hidráulicos Para estampar cada peça é necessário ter a automação certa para a transportar corretamente entre as várias operações que se sucedem para a sua produção. A cada peça, corresponde um conjunto de automação que ora é necessário montar nas barras de transfer ora é necessário desmontar e acondicionar devidamente nuns carros especificamente construídos para o efeito, aguardando aí até serem necessárias para nova produção. O elevado número de carros de automação e a sua semelhança entre si, tem vindo a originar sucessivos melhoramentos na sua identificação, visando evitar erros com as ferramentas. Estes erros, que ocorrem pontualmente, danificam quer as automações quer as ferramentas e originam importantes perdas de tempo - para reposição das condições iniciais e da qualidade das peças. A equipa de Automação resolveu agora otimizar a identificação dos carros de automação e atribuiu a cada modelo uma cor: verde para o Scirocco, azul para o Sharan/Alhambra e lilás para o Eos. Com essas cores, pintaram os pilares dos carros, permitindo aos Operadores uma muito mais fácil identificação de quais são os carros dedicados às automações de cada modelo, reduzindo drasticamente a possibilidade de montagem errada de automações e os problemas que acarretam. E ainda conseguiram que a nave ficasse mais colorida! Texto de: Joaquim Escoval, Área de Prensas Linhas de corte mais seguras Bernardo Vinhas e João Abreu, ambos finalistas do curso de Engenharia de Máquinas Marítimas da Escola Superior Náutica Infante D. Henrique de Paço d Arcos, concluíram os respetivos estágios académicos no Departamento de Manutenção de Prensas e Engenharia de Equipamento. Durante o período de estágio académico e em paralelo com diversas outras atividades, os alunos finalistas da ENIDH projetaram e construíram uma bancada de teste de equipamentos hidráulicos: válvulas, cilindros, pressostatos, manómetros, limitadores, etc. No âmbito do projeto e da construção deste equipamento foi incluída uma visita a uma empresa fornecedora de componentes hidráulicos onde recolheram informação sobre os componentes a utilizar no seu projeto. É importante referir que a pressão máxima de trabalho permitida pela bancada de teste são 350 bar, o que implicou uma atenção especial na seleção dos componentes hidráulicos. Foi um trabalho bem feito e muito útil para a Equipa da Manutenção que anteriormente recorria a fornecedores externos para calibrar e reparar os equipamentos. - Carlos Teixeira, Supervisor da Equipa de Manutenção. Segundo os estagiários, O estágio foi um trabalho muito compensador. Não só pela componente técnica como também pelos laços de amizade e cooperação que criámos com toda a equipa!. As prensas no Zêzere A equipa das URQ 8 e 9 das linhas de corte blanking line e coil shear line, resolveram dar o melhor uso à velha, mas sábia máxima de que mais vale prevenir que remediar. Entre estes equipamentos de corte, existe uma zona de armazenamento para paletes vazias que aguardam pela necessidade da sua utilização. O seu empilhamento por vezes não era efetuado na perfeição, começando a causar receios nos membros da equipa. O deslizamento e queda das paletes superiores, poderia acontecer. Este possível, ainda que remoto cenário, era potenciado também pela elevada vibração provocada pelo intenso ritmo com que algumas bobines (coils) são cortadas. Como esta zona é limítrofe de outras onde os trabalhadores destas URQ se movimentam - seja para tratar das facas, afinar cassetes ou colocar ou retirar platinas master, havia o perigo potencial de um dia acontecer um acidente de trabalho. Resolveram o problema. Executaram e instalaram três pilares com dimensões suficientes para suster qualquer deslizamento das paletes armazenadas e ainda servem de delimitadores eficazes daquela área, libertando as outras adjacentes para as funções a que realmente se destinam. Ficou toda a área mais arrumada e, sobretudo, mais segura. Texto de: Joaquim Escoval, Área de Prensas 28 de maio. A iniciativa já tem um crescimento exponencial. Os 70 e poucos participantes do ano transato deram este ano lugar a um total de 106 bravos remadores e a mais um bom punhado de outros participantes que não quiseram ou não puderam descer o rio mas que se juntaram para o almoço conjunto, perfazendo o bonito número de 134 participantes nesta iniciativa do pessoal das prensas! Trabalhadores familiares e amigos, novinhos, novos e menos novos, homens e mulheres enfrentaram alegre e estoicamente a chuva intensa, vestiram os coletes salva vidas, agarraram-se às pagaias e, com mais ou menos jeito, foi tempo de apreciar as margens verdejantes e vencer as águas ora calmas ora rápidas do rio Zêzere, desde Castelo do Bode até Constância. Depois, já com um sol bonito e bem luminoso, foi hora de repor as energias e deixar no osso, o porco que no espeto fora assando enquanto decorria a descida do rio. A todos ficou a recordação e o proveito de um sábado bem passado, num convívio saudável, bonito e amistoso, que apetece repetir. Texto de: Joaquim Escoval, Área de Prensas. 15

16 Área de Recursos Humanos / Ergonomia e Centro Médico Ginástica laboral em várias frentes Abril-junho. Três estudantes* da Escola Superior de Saúde estão a desenvolver o seu projeto de fi m de curso, com grande mais-valia para a nossa empresa. Cerca de cento e seis colaboradores da Área de Montagem Final e doze da Área de Finanças integram o Programa Agir para Prevenir, realizando exercícios de alongamento específi cos, resultantes de uma análise prévia aos seus postos de trabalho. Todos eles recebem aconselhamento postural para evitar futuras lesões músculo-esqueléticas. *- André Félix, Luis Gregório e João Parreira do 4º ano da licenciatura em Fisioterapia no Instituto Politécnico de Setúbal. Quais as vantagens dos exercícios de alongamento no local de trabalho? Para além de permitirem o aumento da circulação de sangue nos músculos e articulações, diminuem a tensão muscular e promovem o aumento da mobilidade e flexibilidade. O colaborador fica preparado para tolerar melhor as exigências físicas do trabalho. Índice de Massa Corporal A nossa intenção é que os colaboradores executem estes exercícios individualmente todos os dias no início, nas pausas e no fi m do trabalho. Natércia Domingues, Área de Recursos Humanos/ Ergonomia, mentora deste projeto. Índice de desconforto Exercícios de alongamento Alguns alongamentos para os colaboradores da linha de montagem. Devem manter o alongamento durante segundos e realizá-lo, pelo menos, no início e no fi nal do turno. Alongamento para o ombro Levar a mão esquerda atrás das costas. Com a mão direita, agarre o antebraço esquerdo e puxe para a direita. Troque e faça também com o outro braço. Alongamento do punho Com o cotovelo dobrado e braço rodado para ti, leva a mão para trás, auxiliando com a outra mão que empurra os dedos, até sentires um ligeiro desconforto e os músculos do antebraço a alongar. Alongamento do punho Com o cotovelo dobrado, o braço rodado para ti e com a palma da mão virada para cima, dobra o punho. Com a outra mão empurre os dedos, até sentir um ligeiro desconforto e os músculos do antebraço a alongar. Na Área de Montagem Final, 57% dos colaboradores apresentam um IMC normal (entre 18,5 e 24,9); 38 % entre 25,0 e 29,9, ou seja, são Pré-Obesos; 4% apresentam entre 30,0 e 34,9, Obesidade de Grau I e apenas 1% apresenta Magreza, com um valor inferior a 18,5. À direita, na Área de Finanças/ Plant Controllers, 67% apresentam um IMC normal (entre 18,5 a 24,9) e 33% apresentam um IMC entre 30,0 e 34,9, ou seja apresentam Obesidade Grau I. Finanças de costas direitas O exercício para os punhos e os alongamentos do pescoço foram os que gostei mais. Sente-se logo um alívio da tensão muscular! - Ana Guerra, Controller. Os colaboradores da Área de Montagem Final referem a presença de dor e desconforto principalmente ao nível do pescoço/cervical, ombros e punho /mão/dedos; região dorsal e lombar. Os colaboradores da Área de Finanças referem a presença de dor ou desconforto no pescoço/ cervical, ombros e região dorsal, punho/ mãos/dedos e região lombar. Montagem Final: boas articulações Alongamento da cervical Leva a orelha direita em direção do ombro direito. Auxilia com a mão direita colocandoa do lado esquerdo da cabeça. Força a inclinação da cabeça até sentires um ligeiro desconforto no lado esquerdo do pescoço. Troca e alonga o lado direito. Leva o queixo ao peito. Coloca as duas mãos atrás da cabeça forçando o movimento até sentires um ligeiro desconforto na zona posterior do pescoço Alongamento do ombro Coloca a mão esquerda no cotovelo direito e, mantendo o cotovelo esticado, empurra-o para ti até sentires um ligeiro desconforto e alongamento na região do ombro. Troca e alonga o ombro esquerdo. Exercícios, dúvidas, comentários André Félix e Luis Gregório exemplifi cam e os colegas Controllers repetem. Já marcámos dez minutos, três vezes por semana, para fazer estes exercícios. Todos eles, mais de vinte, ajudam-nos na nossa postura ao computador, onde passamos muitas horas de trabalho. - afi rmou Sofi a Diniz, Chefe de Departamento de Controlling. João Parreira exemplifi ca e o nosso colega Mário Carlos, Operador da Zona B2 da Área de Montagem Final, repete. Todos os dias agora faço os exercícios que estão no folheto que me deram. Faço-os no balneário, antes de entrar para o serviço, e já me sinto melhor. Tenho menos dores nos punhos e antebraços. Consulta os blogues: (para Área de Montagem Final) (para Área de Finanças) 16 JUNHO 11

17 Área de Carroçarias Ginástica experimental 16 a 20 de maio Uma ampla zona da nave de carroçarias, junto ao novos supermercados, foi transformada em ginásio improvisado. No fi nal do turno e no início do outro, durante 10 minutos, os Operadores repetiram com entusiasmo os exercícios de aquecimento e relaxamento muscular indicados pelos monitores da empresa Workwell. Depois da Área de Pintura em abril, esta ação piloto na Área de Carroçarias serviu para avaliar a reação dos colaboradores e confi gurar uma possível continuidade. Foi divertido e descontraímos física e mentalmente! É um bom incentivo para a prática do desporto e ajuda a relaxar depois de um dia de trabalho! Sandro Rocha, Operador do Clinching. Ao volante Iniciamos uma rúbrica de conselhos e informações úteis para os autoeuropeus serem condutores respeitadores e respeitados! Aos 50 anos tens de renovar a carta! Revalidação da carta Categoria de veículos A, A1, B1, B, B+E C, C1, C+E e C1+E D, D1, D+E, D1+E Fonte: IMMT Idade 50, 60, 65, 70 anos e posteriormente, de dois em dois anos. 40, 45, 50, 55, 60, 65, 68 e posteriormente, de dois em dois anos. 40, 45, 50, 55, 60 anos. Ano de revalidação Ano de nascimento Situação , 1936, 1938, 1943, 1948, , 1935, 1937, 1039, 1944, 1949, , 1936, 1938, 1940, 1945, 1950, , 1937, 1939, 1941, 1946, 1951, , 1938, 1940, 1942, 19437, 1952, Na legislação que entrou em vigor no dia 1 de janeiro de 2008, foram introduzidas alterações nas idades para a renovação da carta de condução. A principal alteração está na carta de ligeiros e motociclos (cat. B e A), cujo período de revalidação era aos 65 anos na legislação anterior, e passou a ser aos 50 anos de idade. Por falta de conhecimento ou informação, a maioria das pessoas entre os 50 e os 65 anos não se apercebeu que a sua carta de condução está caducada. A sua carta já não está válida Deve revalidar a carta até fi nal de 2011 Deve revalidar a carta em breve A sua carta vai caducar este ano Prepare-se para renovar a sua carta O que sucede se for detetado com uma carta caducada? Há dois cenários possíveis. Se a carta tiver caducado há dois anos ou menos, estás a cometer uma contraordenação e, por isso, podes estar sujeito a uma coima entre os 120 e 600 euros. A caducidade da carta tem um período de dois anos após o qual o título é considerado inexistente. Neste caso, serás detido e alvo de um processo-crime, no âmbito do qual podes incorrer numa pena de dois anos de prisão ou 240 dias de multa. Em ambos os casos, para voltar a conduzir, terás de realizar novo exame. Independentemente do ano que conste no título de condução, o condutor terá de revalidar a carta aos 50 anos, aos 60, aos 65, aos 70 e, a seguir, de dois em dois anos. A lei prevalece sempre em relação à data de validade. O novo exame inclui exames de código e de condução? Caso a carta esteja caducada há mais de dois anos, existe a obrigação de fazer novo exame de condução. Para tal, pode recorrer a uma escola de condução ou auto propor-se junto do Instituto da Mobilidade e dos Transportes Terrestres, IMTT. Caso não consiga passar duas vezes no exame prático, é necessário frequentar a escola de condução e fazer os exames de código e de condução para tirar de novo a carta. Quanto custa a revalidação A revalidação deve ser efetuada nos seis meses que antecedem a sua caducidade. Os condutores com 70 anos ou mais que têm de renovar a carta de dois em dois anos, pagam uma taxa de 15 euros. Até aos 70 anos, são cobrados 30 euros. Os impressos e tabelas podem ser obtidos na internet, em condutores-cartas de condução-revalidação. O processo pode ser tratado no IMTT ou nas Lojas do Cidadão Informação gentilmente cedida pela Escola de Condução de Palmela. Telefone:

18 Área de Carroçarias A pedalar, por terras de mato Não é para todos. É mesmo só para quem tem pedalada! Texto: 29 de maio. Dezassete colaboradores da Área de Carroçarias, integraram-se na equipa sadina Os Golfi nhos -BTT, Rio Azul e participaram na 7ª edição da maratona de BTT Por Terras de Mato, integrada no troféu João Bento, na localidade alentejana de Cabeça Gorda, Beja. A saudável aventura dinamizada por João Narciso, contou com colaboradores de outras Áreas, inclusive da ATEC. Quando regressamos à localidade de Cabeça Gorda, esperava-nos um belo churrasco, abrilhantado pelo artista setubalense Jorge Nice. No final, decorreu a entrega dos prémios. A Troféu na vitrina 8 de junho. João Narciso, o colega da Área de Carroçarias que dinamizou internamente este evento desportivo, entrega a António Pires, Diretor Geral, o troféu assinado pela equipa com mais participantes na 7ª edição da maratona de BTT Por Terras de Mato, integrada no troféu em memória ao falecido ciclista João Bento. O troféu é mais um que fica exposto na vitrina de troféus e ofertas, à entrada dos gabinetes dos Diretores do Conselho de Gerência. Excelente organização! Contem comigo no próximo ano A equipa Volkswagen Autoeuropa: da esqª. para a dtª: João Narciso, Paulo Anjos, André Maia (ATEC), Marreiros, Vidigal, Varela, Ratinho, Gouveia, Fernando. Em cima, da esqª para a dtª: Nuno Silva, Pedro Oliveira (Bóia). No chão, Vidreiro, P. Pereira, Pável Pedaço, Miguel Maia e Pedro Oliveira. Eis o relato de um dos participantes, Pável Pedaço. A prova foi dividida em duas distâncias: 45e 75 quilómetros. A grande maioria dos autoeuropeus optou pelos 45, mas houve sete corajosos que desafiaram os 75. A prova partiu de Cabeça Gorda e estendeuse pela planície alentejana - quem disse que o Alentejo era uma planície nunca lá andou de bicicleta- num sobe e desce constante até chegarmos ao Guadiana, onde fizemos uma Superei-me, para o ano volto cá! incursão pelo seu leito, num circuito bastante agradável à vista. Sim, à vista, porque às pernas, nem tanto. Passado este obstáculo, subimos novamente em direção à segunda zona de abastecimento, a Herdade do Espanhol, onde tínhamos à nossa espera: donuts, sandes de chourição, bananas e laranjas, quadrados de queijo alentejano e chouriços servidos por umas ceifeiras alentejanas! Um pitéu! Daí, prosseguimos pelo tal sobe e desce pela Herdade do Espanhol e admirámos com um sorriso os vasos de flores que penduram nos chaparros. Ao km 36 deu-se a separação dos circuitos. equipa Golfinhos- BTT Rio Azul, recebeu o prémio de equipa com mais participantes. João Narciso, líder da equipa, destacou a boa Junto ao Guadiana, por terras de mato. disposição que os colegas da Volkswagen Autoeuropa trouxeram à equipa e ao evento. Para o ano ficou a promessa de voltar ainda com mais participantes. Os colegas da Adoro estes convívios! Volkswagen Autoeuropa, agradecem o apoio logístico que a empresa prestou, disponibilizando uma Sharan e oferecendo bonés com o logótipo da empresa. Em boa forma para uma vida saudável! Código de condução para ciclistas Sabias que se atravessares uma passadeira de peões, perdes a prioridade perante os automóveis? Segundo o Código da Estrada, tens que passar a pé, para teres prioridade! Bicicleta sem pedais, para crianças A B`Twin é uma bicicleta sem pedais para crianças dos 2 aos 4 anos (66cm a 1m). Com a nova tecnologia, para avançar, a criança tem de fazer força com os pés e aprende a equilibrar-se nas duas rodas, sem precisar das duas rodinhas atrás. Já é comercializada em Portugal. Pormenores: Assim que o tempo fica bom, vamos de bicicleta para o trabalho! Francisca e José Maruta partilham o local de trabalho e uma vida saudável. Assim que começa o tempo bom, este ano foi logo em abril, pegamos na bicicleta e fazemos o percurso pelas estradas secundárias, desde o Barreiro até à Volkswagen Autoeuropa e vice-versa. Em meia hora percorrem os 11 km. Fatos de cor garrida, capacete, luvas e joelheiras ajudam á segurança, até porque de manhã, quando saem às 6h de casa, ainda o dia não viu o sol. Fazemos também caminhadas com amigos pela serra da Arrábida e Mata da Machada e eu participo em passeios de BTT organizados pela Câmara do Barreiro. comenta José, Líder de equipa da Área de Carroçarias/ Estrutura do MPV e Scirocco. Faz-me sentir bem, é bom para a respiração e para os nossos músculos. Francisca Maruta, Operadora da Área de Pintura/Garagem, CP8, na nave de Montagem Final. Esperamos que o saudável exemplo destes colegas motive os outros que vivem nos arredores! 18 JUNHO 11

19 Área de Finanças e Tecnologias de Informação Novo serviço de acesso ao Helpdesk O Departamento de Sistemas de Informação disponibiliza a todos os utilizadores de computador um serviço de acesso a pedidos de Helpdesk através da intranet, com mais funcionalidades e visibilidade. - Podes dar a sua opinião para melhorar o serviço - Visibilidade total sobre as ações referentes ao pedido Vantagens para a Volkswagen Autoeuropa - Permite a medição dos serviços de IT prestados - Acompanhamento preciso dos pedidos - Melhoria da qualidade do serviço - Melhoria de acordo com as necessidades da fábrica Como utilizar? Clica em cada um dos link em cima e tens toda a informação de como utilizar os serviços. Para aceder no Internet Explorer Caso te seja solicitado, usa o mesmo user e password do teu PC As novas funcionalidades - Efetuar pedidos ao Helpdesk - Editar os teus dados - Visualizar pedidos abertos pelo próprio - Visualizar pedidos fechados pelo próprio - Pesquisar pedidos de acordo com critérios (status, data, número, etc ) - Acesso às questões mais frequentes (FAQ) - Acesso a manuais para ações mais frequentes (How To) - Avaliar o serviço prestado Vantagens para o colaborador - O pedido fica registado imediatamente no sistema - O tempo de resposta é medido, logo após ter sido comunicado O que podes consultar na nova intranet? A equipa de Tecnologias de Informação, em conjunto com colaboradores de todas as Áreas da fábrica, remodelaram os acessos e os conteúdos da Intranet. O novo design arrancou dia 9 de maio e está em permanente atualização e melhoria. Áreas apresentam o seu âmbito de trabalho; organigrama, reuniões, funções, objetivos, etc. Serviços dos carros de frota; menu cantina,; tradução online, Petty Políticas Ambiental, Qualidade, Segurança, Viagens, Segurança/IT, Recursos Humanos cash voucher; autocarros; cartão Citibank; SMS; Secretariado Relatórios de Produção, Logística e Qualidade Aplicações Prensas, Logística, Finanças Reuniões de rotina. Protocolos SI Procedimentos e objetivos da Segurança Industrial Telefones de emergência; lista telefónica VW Sustentabilidade SGA; Materiais químicos; Consumos e custos de energia SGQ Sistema de Qualidade para as várias Áreas KPI Indicadores de desempenho fabril das Áreas Informação, Calendário fabril; Vagas internas; Publicações do grupo VW; Localização e mapas; Saúde e Bem estar; Newsletters das Áreas; Wolfsburg news; videos; Programas Empregados Secção Desportiva Protocolos; Frota; Descontos lojas; Saúde e Bem-estar História e cronologia de eventos da fábrica Monitorização de Produção Relatórios online Novidades Campanhas especiais temporárias 19

20 Scirocco para a GNR 30 de maio No contexto de uma parceria que a Volkswagen Autoeuropa mantém com a GNR, foi entregue um Volkswagen Scirocco ao destacamento da GNR de Coina para ser utilizado como carro patrulha. Este carro foi preparado pelo Centro de Veículos Especiais da AutoVision, no edifício 10. Características: 2.0 L gasolina, turbo, 265 CV; sistema de vigilância Provida 2000, luzes strobes azuis, sirene, placa de texto, rádio e comunicações. O Comandante Operacional da GNR, Major General José Romão Mourato Caldeira e o Diretor-Geral da Volkswagen Autoeuropa, António Pires. Famílias dentro da família Volkswagen Autoeuropa A família Mira Autoeuropeus com estórias autoeuropeias São muitos os colaboradores que colecionam na sua vida profi ssional pequenas histórias daquelas que nunca mais vão esquecer. Fazem parte da história da empresa, e enriquecem a nossa memória coletiva. São já bastantes os colaboradores que têm familiares na fábrica. Um sinal da identifi cação com a empresa, de confi ança e de reconhecimento da sua sustentabilidade. Em todos os jornais, vamos conhecer as famílias, da nossa grande família! É vantajoso. Em casa conversamos e conseguimos compreender melhor os problemas que sentimos no dia a dia. Temos mais sentido de realidade e tolerância para compreender as limitações familiares, por exemplo, com o trabalho em turnos rotativos. A família Mira: Carla Mira, Especialista na Área de Qualidade; António Mira, seu marido, Líder de Equipa da URQ2 da Área de Prensas/Manutenção e Manuel Mira, irmão gémeo, Técnico III da URQ 2, Área de Prensas Nome: Paulo Murteira Função: Técnico na Área de Qualidade/ Peças Compradas, Interior, Carpetes e Mala. Antiguidade: Entrei em 1993, saí e voltei em junho de Hóbis: Família, cadela, mota (a cadela anda comigo de mota), arranjar/estragar aparelhos e, como principal hóbi, sou formador de Quiromassagem numa escola profi ssional (CEFAD) em Lisboa, Setúbal e Faro onde já formei centenas de alunos na arte de fazer as pessoas sentirem-se bem. Para isso ensino anatomia e técnicas de massagem. A estória de Paulo Murteira Tenho uma estória da qual ainda me riu quando penso nela: quando vim para a Volkswagen Autoeuropa em 1996, fi quei a trabalhar com um senhor alemão que só falava em alemão comigo. E, até eu ter lições de alemão três meses depois, não entendia nada, mesmo nada do que ele me dizia. E quando me perguntava algo ele só ouviu da minha boca e sempre uma única palavra: Ya! Há ainda uma outra estória que guardo na memória com algum orgulho. Numa viagem que fi z, quando passei por cima da fábrica de avião, lá do alto, lembreime porque não sugerir a inclusão do logótipo da Volkswagen numa das rotundas do teste de estrada para poder ser visto lá de cima por qualquer avião. E assim foi. Fiz a sugestão ao Bruno Torres e ao Paulo Pereira e nas obras que houve na altura, foi incluído o símbolo na rotunda principal com toneladas de brita azul escura e branca! 20 JUNHO 11

BOGE AIR. THE AIR TO WORK. Soluções Chaves na mão

BOGE AIR. THE AIR TO WORK. Soluções Chaves na mão BOGE AIR. THE AIR TO WORK. Soluções Chaves na mão Soluções personalizadas chaves na mão para instalações completas de ar comprimido. Projetado e construído por BOGE. SOMOS O SEU FORNECEDOR PARA TODO O

Leia mais

Indicadores Ambientais

Indicadores Ambientais Indicadores Ambientais / Desempenho Em, publicámos o nosso primeiro Relatório Ambiental, como forma de divulgar os nossos esforços e resultados na área da protecção ambiental. A presente publicação deve

Leia mais

Agora não posso atender. Estou no. Vou comprar o último livro do José Luís Peixoto. Posso usar a tua gravata azul? A Ana Maria vai ser nossa

Agora não posso atender. Estou no. Vou comprar o último livro do José Luís Peixoto. Posso usar a tua gravata azul? A Ana Maria vai ser nossa MODELO 1 Compreensão da Leitura e Expressão Escrita Parte 1 Questões 1 20 O Luís enviou cinco mensagens através do telemóvel. Leia as frases 1 a 5. A cada frase corresponde uma mensagem enviada pelo Luís.

Leia mais

Bem-vindos à Volkswagen Autoeuropa Encontro com a Imprensa 20 de março de 2013. Volkswagen Autoeuropa

Bem-vindos à Volkswagen Autoeuropa Encontro com a Imprensa 20 de março de 2013. Volkswagen Autoeuropa Bem-vindos à Encontro com a Imprensa 20 de março de 2013 Intervenção do eng.º António de Melo Pires Diretor-Geral Agenda Resultados do Grupo Volkswagen Resultados da Recursos Humanos A estratégia do Grupo

Leia mais

Dinâmica e Animação de Grupo

Dinâmica e Animação de Grupo Dinâmica e Animação de Grupo Desenvolvimento de Competências Turma G3D Leandro Diogo da Silva Neves 4848 Índice 1. Introdução... 3 2. Planeamento de desenvolvimento individual... 4 2.1 Competências...

Leia mais

Recupere a saúde financeira e. garanta um futuro tranquilo Reitoria da UNESP, 13/05/2015

Recupere a saúde financeira e. garanta um futuro tranquilo Reitoria da UNESP, 13/05/2015 Recupere a saúde financeira e garanta um futuro tranquilo Reitoria da UNESP, 13/05/2015 Objetivo geral Disseminar conhecimento financeiro e previdenciário dentro e fora da SP-PREVCOM buscando contribuir

Leia mais

PROGRAMA DE VOLUNTARIADO SERRALVES EM FESTA 2012

PROGRAMA DE VOLUNTARIADO SERRALVES EM FESTA 2012 PROGRAMA DE VOLUNTARIADO SERRALVES EM FESTA 2012 VOLUNTARIADO SERRALVES EM FESTA 2012 Preparado para mais um Serralves em Festa? É já nos dias 2 e 3 de Junho que se realiza mais uma edição do Serralves

Leia mais

Inovações Tecnológicas em Veículos

Inovações Tecnológicas em Veículos Especialização em Transportes e Vias de Comunicação Sistemas e Tecnologias Inteligentes de Transportes Painel Lisboa 10 outubro 2012 Inovações Tecnológicas em Veículos Pedro Paula Pinto (Director Pós-Venda

Leia mais

RELATÓRIO DE ACTIVIDADES 2014

RELATÓRIO DE ACTIVIDADES 2014 RELATÓRIO DE ACTIVIDADES 2014 I Apresentação O BANCO ALIMENTAR CONTRA A FOME DE VIANA DO CASTELO, continuou em 2014 a sua política interna para fazer mais, com menos, prestando um serviço público, contratualizado

Leia mais

CENTRAL DE COMPRAS PORTUGAL MAIS

CENTRAL DE COMPRAS PORTUGAL MAIS CENTRAL DE COMPRAS PORTUGAL MAIS APRESENTAÇÃO PARCEIROS: Introdução Preparámos-lhe esta apresentação porque acreditamos que são importantes para si e para a sua Entidade os seguintes princípios: OPORTUNIDADE

Leia mais

Praça José Fontana, 4-5º 1050-129 Lisboa T 213 156 200 808 202 922 microcredito@microcredito.com.pt

Praça José Fontana, 4-5º 1050-129 Lisboa T 213 156 200 808 202 922 microcredito@microcredito.com.pt Praça José Fontana, 4-5º 1050-129 Lisboa T 213 156 200 808 202 922 microcredito@microcredito.com.pt Com o Apoio : 2014 RELATÓRIO Notas introdutórias O ano de 2014 foi um ano marcado por uma recuperação

Leia mais

intra Perfil do Gestor

intra Perfil do Gestor Perfil do Gestor 35 Entrevista Dinah J. Kamiske, Autoeuropa A internacionalização economia obriga as empresas a tornarem-se mais competitivas. Entrevista de José Branco Dados publicados recentemente prevêem

Leia mais

ZS Rest. Manual de Iniciação. FrontOffice (ponto de venda)

ZS Rest. Manual de Iniciação. FrontOffice (ponto de venda) Manual de Iniciação FrontOffice (ponto de venda) 1 1. Índice 2. Introdução... 3 3. Iniciar o ZSRest FrontOffice... 4 4. Início de Operador... 5 b) Fazer login de Empregado:... 5 c) Botões de Acção:...

Leia mais

Fundo de Pensões. Ordem dos Economistas 2012

Fundo de Pensões. Ordem dos Economistas 2012 Fundo de Pensões Ordem dos Economistas 2012 1 Agenda Plano de Pensões da Ordem dos Economistas Fundos de Pensões Site BPI Pensões 2 Âmbito A Ordem dos Economistas decidiu constituir um Plano de Pensões

Leia mais

NEWSLETTER. Nesta Edição. Não pode haver maior dom do que o de dar o próprio tempo e energia para ajudar os outros, sem esperar nada em troca.

NEWSLETTER. Nesta Edição. Não pode haver maior dom do que o de dar o próprio tempo e energia para ajudar os outros, sem esperar nada em troca. A R O NEWSLETTER BANCO ALIMENTAR CONTRA A FOME - COIMBRA JANEIRO 2014 Após algum tempo, reaparece hoje o órgão de informação do Banco Alimentar Contra a Fome Coimbra, A BROA. Tendo em conta a generalização

Leia mais

Aluguer Operacional e Gestão de Frotas

Aluguer Operacional e Gestão de Frotas the world leading fleet and vehicle management company LeasePlan Portugal Lagoas Park - Edifício 6-2740-244 Porto Salvo Ed. Cristal Douro - R. do Campo Alegre, nº 830 - sala 35-4150-171 Porto Tel.: 707

Leia mais

RELATÓRIO DE ACTIVIDADES ANO DE 2004

RELATÓRIO DE ACTIVIDADES ANO DE 2004 APD- DELEGAÇÃO LOCAL DE MEM MARTINS RELATÓRIO DE ACTIVIDADES ANO DE 2004 INTRODUÇÃO O ano de 2004 ficou marcado por alguns acontecimentos relevantes, sinal de que, apesar do passar dos anos, a Delegação

Leia mais

Plano de Ação - GASA- 2012

Plano de Ação - GASA- 2012 Plano de Ação - GASA- 2012 O GASA vem atuando durante 7 anos no Colégio Impacto, com os alunos voluntários, como um grupo de ação sócio ambiental. Na área social, o GASA, sempre contribuiu com campanhas

Leia mais

RESPONSABILIDADE SOCIAL

RESPONSABILIDADE SOCIAL RESPONSABILIDADE SOCIAL Instituto Português de Corporate Governance Auditório Victoria 27 de novembro 2013 Ana de Sá Leal economista Abordagem 1. Responsabilidade Social 2. Dimensão 3. Criar Valor 4. Outro

Leia mais

questionários de avaliação da satisfação CLIENTES, COLABORADORES, PARCEIROS

questionários de avaliação da satisfação CLIENTES, COLABORADORES, PARCEIROS questionários de avaliação da satisfação creche CLIENTES, COLABORADORES, PARCEIROS 2ª edição (revista) UNIÃO EUROPEIA Fundo Social Europeu Governo da República Portuguesa SEGURANÇA SOCIAL INSTITUTO DA

Leia mais

O melhor crédito para você

O melhor crédito para você 1016324-4 - abr/2012 Quer saber mais sobre como usar melhor o seu dinheiro? No site www.itau.com.br/usoconsciente, você encontra vídeos, testes e informações para uma gestão financeira eficiente. Acesse

Leia mais

interpares ajuda editorial NADA SOBRE NÓS, SEM NÓS 02 Outubro 2007 Desde que o documento, Direitos e Necessidades das Pessoas com

interpares ajuda editorial NADA SOBRE NÓS, SEM NÓS 02 Outubro 2007 Desde que o documento, Direitos e Necessidades das Pessoas com ajuda 02 Outubro 2007 interpares NADA SOBRE NÓS, SEM NÓS editorial Desde que o documento, Direitos e Necessidades das Pessoas com Experiência de Doença Mental, elaborado pela Rede Nacional de Pessoas com

Leia mais

Inovação TECNOLÓGICA DAS MOTORIZAÇÕES

Inovação TECNOLÓGICA DAS MOTORIZAÇÕES Inovação EVOLUÇÃO TECNOLÓGICA DAS MOTORIZAÇÕES DOSSIER 13 JORGE LIZARDO NEVES O futuro é sem dúvida eléctrico Vem aí a Era de motores menos poluentes e mais eficientes. Quem o diz é o Jorge Lizardo Neves,

Leia mais

REGULAMENTO MARÇO 2013

REGULAMENTO MARÇO 2013 PROGRAMA DE VOLUNTÁRIO E ESTAGIÁRIOS MUSEU NACIONAL DE HISTÓRIA NATURAL E DA CIÊNCIA UNIVERSIDADE DE LISBOA REGULAMENTO MARÇO 2013 1 CONDIÇÕES GERAIS DE ADMISSÃO Voluntariado 1. Qualquer cidadão maior

Leia mais

VI Jornadas técnicas de segurança no trabalho da AEVA

VI Jornadas técnicas de segurança no trabalho da AEVA VI Jornadas técnicas de segurança no trabalho da AEVA Agenda Volkswagen Autoeuropa em Portugal Produtos e produção Recursos Humanos Boas práticas preventivas 2/32 Volkswagen Autoeuropa em Portugal 3/32

Leia mais

NÃO HÁ DUAS SEM TRÊS: CARTÃO, MANUAL E DIRETRIZES PARA OS SERVIÇOS DE EMERGÊNCIA.

NÃO HÁ DUAS SEM TRÊS: CARTÃO, MANUAL E DIRETRIZES PARA OS SERVIÇOS DE EMERGÊNCIA. NÃO HÁ DUAS SEM TRÊS: CARTÃO, MANUAL E DIRETRIZES PARA OS SERVIÇOS DE EMERGÊNCIA. Diretrizes com uma visão geral. Cartão e manual para os serviços de emergência com instruções detalhadas e vinculativas

Leia mais

GestoFinal Travessa da Barrosa Nº 225 11C 4400-042 Vila Nova de Gaia Tel.. 93 256 45 85 224078089 www.gestofinal.com info@gestofinal.

GestoFinal Travessa da Barrosa Nº 225 11C 4400-042 Vila Nova de Gaia Tel.. 93 256 45 85 224078089 www.gestofinal.com info@gestofinal. Projecto de Informatização Instituto de Beleza O meu Salão GestoFinal Travessa da Barrosa Nº 225 11C 4400-042 Vila Nova de Gaia Tel.. 93 256 45 85 224078089 www.gestofinal.com info@gestofinal.com Versão

Leia mais

Automóvel Club de Portugal Uma grande causa, muitos benefícios.

Automóvel Club de Portugal Uma grande causa, muitos benefícios. Automóvel Club de Portugal Uma grande causa, muitos benefícios. Bem vindo ao maior clube de Portugal Existimos para melhorar a sua experiência de mobilidade e de vida. Juntos, podemos fazer de Portugal

Leia mais

TPM Total Productive Maintenance. ENG 90017 Manutenção e Confiabilidade Flávio Fogliatto

TPM Total Productive Maintenance. ENG 90017 Manutenção e Confiabilidade Flávio Fogliatto TPM Total Productive Maintenance ENG 90017 Manutenção e Confiabilidade Flávio Fogliatto Histórico e panorâmica da sistemática Surgida no Japão, é considerada evolução natural da manutenção corretiva (reativa)

Leia mais

Vantagens em Todo o Trajecto. Pacote de Efi ciência DIWA

Vantagens em Todo o Trajecto. Pacote de Efi ciência DIWA Vantagens em Todo o Trajecto. Pacote de Efi ciência DIWA 1 Poupando combustível. Reduzindo Emissões. Aumentando a Disponibilidade. Menor consumo de combustível, menor complexidade, maior conforto de condução,

Leia mais

Vox4all Manual de Utilização http://arca.imagina.pt/manuais/manual Vox4all BR.pdf

Vox4all Manual de Utilização http://arca.imagina.pt/manuais/manual Vox4all BR.pdf Vox4all Manual de Utilização http://arca.imagina.pt/manuais/manual Vox4all BR.pdf A voz ao seu alcance! Software de comunicação aumentativa e alternativa para smartphone e tablet Projeto co financiado

Leia mais

Gerando idéias de negócio

Gerando idéias de negócio NEGÓCIO CERTO COMO CRIAR E ADMINISTRAR BEM SUA EMPRESA Gerando idéias de negócio Manual Etapa 1/Parte 1 Bem-vindo! É um prazer ter você na Etapa 1 do Programa de Auto-Atendimento Negócio Certo do Sebrae.

Leia mais

Projeto Pedagógico e de Animação

Projeto Pedagógico e de Animação Projeto Pedagógico e de Animação 1 - Memória Descritiva 2 Identificação e Caracterização da Instituição Promotora 3 - Objetivos Gerais 4 - Objetivos Específicos 5 - Princípios educacionais 6 Metodologias

Leia mais

3.ª CONFERÊNCIA MOBILIDADE URBANA. Das Novas Tecnologias à Eficiência dos Sistemas. 18 de Setembro MUDE Museu do Design e da Moda, Lisboa PARCERIA

3.ª CONFERÊNCIA MOBILIDADE URBANA. Das Novas Tecnologias à Eficiência dos Sistemas. 18 de Setembro MUDE Museu do Design e da Moda, Lisboa PARCERIA 3.ª CONFERÊNCIA MOBILIDADE URBANA ORGANIZAÇÃO PARCERIA UMA PUBLICAÇÃO Das Novas Tecnologias à Eficiência dos Sistemas 18 de Setembro MUDE Museu do Design e da Moda, Lisboa APRESENTAÇÃO Depois de duas edições,

Leia mais

OFERTAS DE EMPREGO PROFISSÃO MOTORISTA DE VEÍCULOS PESADOS DE MERCADORIAS. Unidade Emissora: Data de Emissão N.º de Folhas GONDOMAR GONDOMAR

OFERTAS DE EMPREGO PROFISSÃO MOTORISTA DE VEÍCULOS PESADOS DE MERCADORIAS. Unidade Emissora: Data de Emissão N.º de Folhas GONDOMAR GONDOMAR 1 / 5 588527603 588530888 588534907 588542553 588545096 588545545 MOTORISTA DE VEÍCULOS PESADOS DE MERCADORIAS INSTALADOR DE AR CONDICIONADO E DE SISTEMAS DE REFRIGERAÇÃO SERRALHEIRO CIVIL PROFESSOR DOS

Leia mais

RIPCURL PRO PORTUGAL 2011

RIPCURL PRO PORTUGAL 2011 RIPCURL PRO PORTUGAL 2011 Memória Descritiva O ASP World Tour é o circuito correspondente à primeira divisão do surf mundial masculino e feminino. O Rip Curl Pro Search, chegou a Peniche em 2009, sendo

Leia mais

Software de Gestão Manutenção e Produção

Software de Gestão Manutenção e Produção Software de Gestão Manutenção e Produção Parceiro global para toda a área de Tecnologias da sua empresa ENQUADRAMENTO A ALIDATA e a SENDYS são empresas 100% portuguesas, no mercado há mais de 30 anos,

Leia mais

MEU TIO MATOU UM CARA

MEU TIO MATOU UM CARA MEU TIO MATOU UM CARA M eu tio matou um cara. Pelo menos foi isso que ele disse. Eu estava assistindo televisão, um programa idiota em que umas garotas muito gostosas ficavam dançando. O interfone tocou.

Leia mais

PROPOSTA DE VALOR PARA MEMBROS DA ORDEM DOS ADVOGADOS CONDIÇÕES

PROPOSTA DE VALOR PARA MEMBROS DA ORDEM DOS ADVOGADOS CONDIÇÕES PROPOSTA DE VALOR PARA MEMBROS DA ORDEM DOS ADVOGADOS CONDIÇÕES Cartão Ordem dos Advogados Um cartão de crédito PERSONALIZADO E DIFERENCIADOR com vantagens únicas para a classe profissional COMPRE AGORA

Leia mais

Senhor Presidente do Instituto da Mobilidade e dos. Senhor Vereador da Câmara Municipal de Lisboa. Senhor Vereador da Câmara Municipal do Porto

Senhor Presidente do Instituto da Mobilidade e dos. Senhor Vereador da Câmara Municipal de Lisboa. Senhor Vereador da Câmara Municipal do Porto Senhor Presidente do Instituto da Mobilidade e dos Transportes Terrestres Senhor Vereador da Câmara Municipal de Lisboa Senhor Vereador da Câmara Municipal do Porto Senhores representantes das associações

Leia mais

PARCEIROS Modelo de Negócio

PARCEIROS Modelo de Negócio PARCEIROS Modelo de Negócio YouBIZ Telecom O YouBIZ Telecom é um negócio da empresa YouBIZ, parceira da. Somos uma empresa líder no canal de Marketing de Rede, com uma quota de mercado superior a 85%.

Leia mais

OFERTAS DE EMPREGO PROFISSÃO PASTELEIRO ENGENHEIRO MECÂNICO

OFERTAS DE EMPREGO PROFISSÃO PASTELEIRO ENGENHEIRO MECÂNICO 1 / 5 588466123 588466568 588466715 588466758 588466783 588466835 PASTELEIRO ENGENHEIRO MECÂNICO ASSISTENTE DE VENDA DE ALIMENTOS AO BALCÃO ASSISTENTE DE VENDA DE ALIMENTOS AO BALCÃO CANALIZADOR EMPREGADO

Leia mais

mais PAIXÃO mais ACÇÃO mais ENERGIA mais VANTAGENS mais ACP

mais PAIXÃO mais ACÇÃO mais ENERGIA mais VANTAGENS mais ACP PAIXÃO mais ACÇÃO mais ENERGIA mais VANTAGENS mais ACP VOTE CARLOS BARBOSA 2011/2015 ÓRGÃOS SOCIAIS DIRECÇÃO PRESIDENTE Carlos de Alpoim Vieira Barbosa, sócio 14294 Miguel António Igrejas Horta e Costa

Leia mais

FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO

FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO Organização Auchan Portugal Hipermercados Diretor(a) Clara Costa Setor de Atividade Distribuição Número de Efetivos 7308 (total = 7871) NIF 502607920 Morada Travessa Teixeira Junior,

Leia mais

LOCALIZAÇÃO DE viaturas. ampligest

LOCALIZAÇÃO DE viaturas. ampligest LOCALIZAÇÃO DE viaturas ampligest ampligest Índice A solução mais completa Vantagens Destinatários / utilizadores Apresentação Gestão de frota Outras opções de controlo www.ampliretorno.com Tecnologia

Leia mais

Segmentos da Entrevista do Protocolo 5: Alunos do Pré-Escolar

Segmentos da Entrevista do Protocolo 5: Alunos do Pré-Escolar Segmentos da Entrevista do Protocolo 5: Alunos do Pré-Escolar CATEGORIAS OBJECTIVOS ESPECÍFICOS S. C. Sim, porque vou para a beira de um amigo, o Y. P5/E1/UR1 Vou jogar à bola, vou aprender coisas. E,

Leia mais

SPOT BATTERY EXCHANGER

SPOT BATTERY EXCHANGER SPOT BATTERY ECHANGER SBE RACK V2.0 V2.0 MANUAL DE INSTRUÇÕES A DOERS é propriedade da: SPOT JET Serviços de Manutenção Industrial, Sociedade Unipessoal, Lda. Rua D. Luís de Noronha 22, 4º Dto. 1050-072

Leia mais

NOTA TÉCNICA. Diagnóstico com Osciloscópio. Diagnóstico na Caixa de Fusíveis INTRODUÇÃO. Com a colaboração do

NOTA TÉCNICA. Diagnóstico com Osciloscópio. Diagnóstico na Caixa de Fusíveis INTRODUÇÃO. Com a colaboração do NOTA TÉCNICA Diagnóstico com Osciloscópio www.iberequipe.com N.º 5-2015 Com a colaboração do Diagnóstico na Caixa de Fusíveis INTRODUÇÃO Os osciloscópios são usados intensivamente no diagnóstico pela simples

Leia mais

Projeto Silver - antecedentes

Projeto Silver - antecedentes Projeto Silver - antecedentes Passámos 25 anos fantásticos no Four Seasons Fairways e, após as nossas celebrações de bodas de prata em 2014, é importante continuar a construir este sucesso. A decoração

Leia mais

NOVA IMAGEM. NOVA TECNOLOGIA. NOVOS OBJECTIVOS

NOVA IMAGEM. NOVA TECNOLOGIA. NOVOS OBJECTIVOS NOVA IMAGEM. NOVA TECNOLOGIA. NOVOS OBJECTIVOS O PROJECTO COMO NASCEU O CARTÃO SOLIDÁRIO O projecto Cartão Solidário nasceu da vontade de responder de forma contínua e sustentável às necessidades das Instituições

Leia mais

Assim, irás montar modelos da fischertechnik corretamente

Assim, irás montar modelos da fischertechnik corretamente I N D U S T R Y R O B O T S II F O L H E T O P Robô 1 eixo 2 eixos 3 eixos Assim, irás montar modelos da fischertechnik corretamente Assim, procederás da melhor maneira: Informar Testar Pensar Experimentar

Leia mais

PHC Logística CS. A gestão total da logística de armazém

PHC Logística CS. A gestão total da logística de armazém PHC Logística CS A gestão total da logística de armazém A solução para diminuir os custos de armazém, melhorar o aprovisionamento, racionalizar o espaço físico e automatizar o processo de expedição. BUSINESS

Leia mais

SIATRON CONDOMÍNIO. Um Sistema desenvolvido para maior segurança e bem-estar dos condôminos.

SIATRON CONDOMÍNIO. Um Sistema desenvolvido para maior segurança e bem-estar dos condôminos. SIATRON CONDOMÍNIO Um Sistema desenvolvido para maior segurança e bem-estar dos condôminos. O sistema é modular, podendo ser adquirido e instalado na sua totalidade ou personalizado de acordo com as necessidades

Leia mais

Poupar com inteligência

Poupar com inteligência Poupar com inteligência Setembro - Dezembro 2012 Volkswagen Service Para que o seu Volkswagen seja sempre um Volkswagen. Melvar Automóveis e Peças S.A. Oficina 1 Oficina 2 Azinhaga dos Lameiros, Rua Dom

Leia mais

Existe um catálogo físico ou virtual para ver os produtos?

Existe um catálogo físico ou virtual para ver os produtos? O que é HIPERCASHonline? HIPERCASHonline é uma nova oportunidade de ganhar rendimentos extra, manipulando somente produtos de primeira necessidade, onde podemos obter os mesmos artigos que já estamos habituados

Leia mais

CONVERTEMOS A TECNOLOGIA EM CONFORTO E SEGURANÇA

CONVERTEMOS A TECNOLOGIA EM CONFORTO E SEGURANÇA soluções hotéis CONVERTEMOS A TECNOLOGIA EM CONFORTO E SEGURANÇA Confiança: A segurança que só um grande grupo empresarial com presença em todo o mundo lhe pode oferecer. A Simon Holding, com quase 90

Leia mais

Donauer Solar SyStemS o Seu parceiro certo.

Donauer Solar SyStemS o Seu parceiro certo. Donauer Solar Systems Solar Fotovoltaico Solar Térmico E-Mobility www.donauer.eu Donauer Solar SyStemS o Seu parceiro certo. 2 3 o Sol É a nossa inspiração. Tudo começa quando nos levantamos. Acendemos

Leia mais

DOSSIER FRANCHISING 3iNFOR

DOSSIER FRANCHISING 3iNFOR DOSSIER FRANCHISING 3iNFOR Rua Henrique Bravo, 6929 e 6967 4465-167 S. Mamede de Infesta Portugal 1 Filosofia/Historial A 3infor é uma empresa especializada em software profissional, com um produto inovador

Leia mais

Manual de Operação e Manutenção ADVERTÊNCIA

Manual de Operação e Manutenção ADVERTÊNCIA Manual de Operação e Manutenção LG958L/LG959 ADVERTÊNCIA Os operadores e o pessoal de manutenção devem ler este manual com cuidado e entender as instruções antes de usar a carregadeira de rodas, para evitar

Leia mais

BRASILCHINA Imp. E Exp.

BRASILCHINA Imp. E Exp. BRASILCHINA Imp. E Exp. www.brasilchina.ind.br Telefone: (34) 3215-6477 083002 Máquina automática para empilhar galões de 20 litros Chinesa Resumo: Esta máquina paletizador automática de cinco litros de

Leia mais

MANUAL DE USO MODELO LONDRES

MANUAL DE USO MODELO LONDRES MANUAL DE USO MODELO LONDRES 1 Parabéns pela escolha das bicicletas ebike-stock. Para aproveitar esta bicicleta e ser capaz de lidar com isso de forma segura por favor leia todas as instruções deste manual

Leia mais

S1 Seiri Separar o desnecessário. Resultado esperado Um local de trabalho desimpedido. Definição Remover objectos não essenciais do local de trabalho

S1 Seiri Separar o desnecessário. Resultado esperado Um local de trabalho desimpedido. Definição Remover objectos não essenciais do local de trabalho S1 Seiri Separar o desnecessário Remover objectos não essenciais do local de trabalho 1. Tirar fotografias à área onde se inicia o projecto 5S; 2. Rever os critérios para separar os objectos desnecessários;

Leia mais

REGULAMENTO DO CAMPO DE FÉRIAS DO MUNICIPIO DE VILA POUCA DE AGUIAR

REGULAMENTO DO CAMPO DE FÉRIAS DO MUNICIPIO DE VILA POUCA DE AGUIAR REGULAMENTO DO CAMPO DE FÉRIAS DO MUNICIPIO DE VILA POUCA DE AGUIAR O presente regulamento, tem como objetivo principal ocupar o tempo livre das crianças com idades compreendidas entre os 6 e os is anos,

Leia mais

Gimob.Net. Exportação para portais imobiliários. Documento de suporte. Versão: 2.0. Actualizado em: 18.01.20133

Gimob.Net. Exportação para portais imobiliários. Documento de suporte. Versão: 2.0. Actualizado em: 18.01.20133 Gimob.Net Exportação para portais imobiliários Versão: 2.0 Actualizado em: 18.01.20133 Copyright by Improxy 2013 Geral Telefone: 223 749 100 Fax: 223 749 109 Email: geral@improxy.pt Departamento Comercial

Leia mais

unicipal de Vila Pouca d Gabinete Acção Social

unicipal de Vila Pouca d Gabinete Acção Social unicipal de Vila Pouca d Gabinete Acção Social BANCO DE ECURSOS' REGULAMENTO DO BANCO DE RECURSOS DO MUNICÍPIO DE VILA POUCA DE AGUIAR PREÂMBULO Ao abrigo do quadro legal de atribuições e competências

Leia mais

NORMAS DE FUNCIONAMENTO PROGRAMA VIVER SOLIDÁRIO. Programa Viver Solidário/ Normas Página 1

NORMAS DE FUNCIONAMENTO PROGRAMA VIVER SOLIDÁRIO. Programa Viver Solidário/ Normas Página 1 NORMAS DE FUNCIONAMENTO PROGRAMA VIVER SOLIDÁRIO Programa Viver Solidário/ Normas Página 1 PROGRAMA VIVER SOLIDÁRIO NORMAS DE FUNCIONAMENTO 1.INTRODUÇÃO A prática de actividades de animação regular e sistemática,

Leia mais

CTT Correios de Portugal Frota Postal e Prevenção Rodoviária José Guilherme

CTT Correios de Portugal Frota Postal e Prevenção Rodoviária José Guilherme CTT Correios de Portugal Frota Postal e Prevenção Rodoviária José Guilherme IV Congresso Rodoviário Português Estoril, 5 a 7 de Abril de 2006 Apresentação 6 Novembro 1520 Carta Régia D. Manuel I (Ofício

Leia mais

Dos documentos que se seguem quais os necessários para abrir uma conta num banco?

Dos documentos que se seguem quais os necessários para abrir uma conta num banco? Quais as principais funções de um banco? A Captar depósitos e gerir a poupança dos seus clientes. B Conceder empréstimos a empresas, particulares e ao Estado. C Disponibilizar meios e formas de pagamento

Leia mais

A App Millennium é a estrela do Natal, com smartphones e tablets para si!

A App Millennium é a estrela do Natal, com smartphones e tablets para si! nº 82 - dezembro 2014 Ainda vai a tempo de se habilitar a um tablet Samsung GALAXY Tab S 10.5 ou a um smartphone Samsung GALAXY Alpha. Para além da carta, terá de realizar pequenas tarefas na App Millennium

Leia mais

INSTITUTO SUPERIOR DE ECONOMIA E GESTÃO LICENCIATURA EM GESTÃO LICENCIATURA EM MAEG LICENCIATURA EM FINANÇAS

INSTITUTO SUPERIOR DE ECONOMIA E GESTÃO LICENCIATURA EM GESTÃO LICENCIATURA EM MAEG LICENCIATURA EM FINANÇAS INSTITUTO SUPERIOR DE ECONOMIA E GESTÃO LICENCIATURA EM GESTÃO LICENCIATURA EM MAEG LICENCIATURA EM FINANÇAS CONTABILIDADE GERAL I III - CADERNO DE EXERCÍCIOS Terceiros e Antecipações Exercício 17 A empresa

Leia mais

Ficha Técnica. Colecção Guia de Seguros e Fundos de Pensões. Título Fundos de Pensões. Edição Instituto de Seguros de Portugal

Ficha Técnica. Colecção Guia de Seguros e Fundos de Pensões. Título Fundos de Pensões. Edição Instituto de Seguros de Portugal Ficha Técnica Colecção Guia de Seguros e Fundos de Pensões Título Fundos de Pensões Edição Instituto de Seguros de Portugal Coordenação editorial Direcção de Comunicação e Relações com os Consumidores

Leia mais

Senhor representante do Secretariado Geral da União do Magrebe Árabe. Senhor Secretário Geral Adjunto da União para o Mediterrâneo

Senhor representante do Secretariado Geral da União do Magrebe Árabe. Senhor Secretário Geral Adjunto da União para o Mediterrâneo Senhores Ministros Senhores Embaixadores Senhor representante do Secretariado Geral da União do Magrebe Árabe Senhor Secretário Geral Adjunto da União para o Mediterrâneo Senhora representante da Comissão

Leia mais

Dicas para você e sua família

Dicas para você e sua família Dicas para você e sua família Dicas de Segurança O gás natural Você já sabe que o gás natural é mais leve que o ar e se dissipa rapidamente na atmosfera e que as tubulações de gás possuem dispositivos

Leia mais

PHC TeamControl CS. A gestão de equipas e de departamentos

PHC TeamControl CS. A gestão de equipas e de departamentos PHC TeamControl CS A gestão de equipas e de departamentos A solução que permite concretizar projetos no tempo previsto e nos valores orçamentados contemplando: planeamento; gestão; coordenação; colaboração

Leia mais

Questionário para Aplicação da Pesquisa de Campo

Questionário para Aplicação da Pesquisa de Campo Pesquisa Origem e Destino de Carga no Município de São Paulo Questionário para Aplicação da Pesquisa de Campo Modelo Empresas Grandes e Médias Junho de 2014 Introdução Questionário da Pesquisa OD de São

Leia mais

OPAL. Manual do Utilizador AMPLIADOR PORTÁTIL. (ref. 5010) Freedom Scientific

OPAL. Manual do Utilizador AMPLIADOR PORTÁTIL. (ref. 5010) Freedom Scientific OPAL AMPLIADOR PORTÁTIL Manual do Utilizador (ref. 5010) Freedom Scientific Setembro de 2006 Introdução Parabéns por ter adquirido o OPAL TM! O OPAL é um sistema de ampliação vídeo portátil que lhe permite

Leia mais

O complexo das Piscinas Municipais de Pombal inclui as seguintes instalações:

O complexo das Piscinas Municipais de Pombal inclui as seguintes instalações: I DISPOSIÇÕES GERAIS Preâmbulo O presente regulamento estabelece as normas gerais e as condições de cedência e utilização do complexo de piscinas municipais de Pombal, subordinando-se às disposições legais

Leia mais

Descontar para a reforma na Suíça e a sua situação em caso de divórcio em Portugal

Descontar para a reforma na Suíça e a sua situação em caso de divórcio em Portugal Descontar para a reforma na Suíça e a sua situação em caso de divórcio em Portugal 1. Fundamento A reforma na Suíça apoia se em três pilares, a saber a AHV ("Eidgenössische Invaliden und Hinterlassenenverswicherung"

Leia mais

Várias Publicações. LusaTV: Aumento da carga fiscal melhorou qualidade da Segurança Social - Sec. Estado

Várias Publicações. LusaTV: Aumento da carga fiscal melhorou qualidade da Segurança Social - Sec. Estado 17-03-2006 13:11:00. Fonte LUSA. Notícia SIR-7829164 Temas: economia portugal finanças sociedade LusaTV: Aumento da carga fiscal melhorou qualidade da Segurança Social - Sec. Estado DATA:. ASSUNTO: Conferência

Leia mais

Desenvolva o potencial das comunicações imediatas com mensagens SMS PHC

Desenvolva o potencial das comunicações imediatas com mensagens SMS PHC PHC Mensagens SMS CS DESCRITIVO O módulo PHC Mensagens SMS CS permite o envio de mensagens a múltiplos destinatários em simultâneo, sem ser necessário criar e enviar uma a uma. Comunique com mais sucesso:

Leia mais

Informações Gerais. 34 parceiros de mídia e publicidade. 220 expositores. + de 500 marcas. + de 20 mil m 2. 35 mil visitantes

Informações Gerais. 34 parceiros de mídia e publicidade. 220 expositores. + de 500 marcas. + de 20 mil m 2. 35 mil visitantes O Evento A PHOTOIMAGE BRASIL, maior feira de imagem da América Latina, reuniu mais de 35 mil participantes ligados ao segmento e provou nesta sua 22ª edição que soube se adaptar às rápidas mudanças do

Leia mais

3.ª CONFERÊNCIA MOBILIDADE URBANA. Das Novas Tecnologias à Eficiência dos Sistemas. 18 de Setembro MUDE Museu do Design e da Moda, Lisboa

3.ª CONFERÊNCIA MOBILIDADE URBANA. Das Novas Tecnologias à Eficiência dos Sistemas. 18 de Setembro MUDE Museu do Design e da Moda, Lisboa INICIATIVA INSERIDA NA EVENTO 3.ª CONFERÊNCIA MOBILIDADE URBANA ORGANIZAÇÃO APOIOS UMA PUBLICAÇÃO ALTO PATROCÍNIO Das Novas Tecnologias à Eficiência dos Sistemas 18 de Setembro MUDE Museu do Design e da

Leia mais

PRÉMIO INFANTE D. HENRIQUE. Membro do international award for young people

PRÉMIO INFANTE D. HENRIQUE. Membro do international award for young people PRÉMIO INFANTE D. HENRIQUE Membro do international award for young people Onde e como? Apoio às quintas feiras das 17h30 às 19h no gabinete de Artes Visuais, piso zero. Só quando sentir necessidade, não

Leia mais

Caros Pais, Cordialmente, Seus amigos da

Caros Pais, Cordialmente, Seus amigos da Caros Pais, Nós, da Candide, sempre pensamos em um brinquedo seguro que estimule a criatividade e dê alegria às crianças, motivo pelo qual nos dedicamos permanentemente à pesquisa para o aprimoramento

Leia mais

DL-1500. Manual de Operação. www.dlock.com.br

DL-1500. Manual de Operação. www.dlock.com.br DL-1500 Manual de Operação Agradecemos por ter adquirido este produto Leia o manual por completo antes de utilizar o produto Guarde este manual para futuras referências www.dlock.com.br Observações: 1.

Leia mais

I. Complete o texto seguinte com as formas correctas dos verbos ser ou estar. (5 pontos)

I. Complete o texto seguinte com as formas correctas dos verbos ser ou estar. (5 pontos) I. Complete o texto seguinte com as formas correctas dos verbos ser ou estar. Hoje. domingo e o tempo. bom. Por isso nós. todos fora de casa.. a passear à beira-mar.. agradável passar um pouco de tempo

Leia mais

INTRODUÇÃO. Noções de Eco-Driving

INTRODUÇÃO. Noções de Eco-Driving INTRODUÇÃO Noções de Eco-Driving O desenvolvimento sustentável depende grandemente da adopção de melhores tecnologias (veículos mais eficientes), melhores infra-estruturas (estradas) e sobretudo de mudanças

Leia mais

LEONARDO DA VINCI PROGRAMME

LEONARDO DA VINCI PROGRAMME Anexo C ao Módulo C3 MANUAL DO FORMANDO Página 1 de 13 PLANEAMENTO DE RECURSOS PARA A ORGANIZAÇÃO DE EVENTOS DESCRIÇÃO GERAL DO MÓDULO Para produzir um evento, os organizadores contam com a utilização

Leia mais

Manual do Voluntariado da Cidade Europeia do Desporto - Guimarães 2013

Manual do Voluntariado da Cidade Europeia do Desporto - Guimarães 2013 Manual do Voluntariado da Cidade Europeia do Desporto - Guimarães 2013 Preâmbulo De acordo com o disposto no art.º 2.º da Lei n.º 71/98, de 3 de Novembro, o voluntariado é o conjunto de ações de interesse

Leia mais

# Confiança Planeamento e Gestão de Investimentos. segurança do seu património. Para isso contamos com o nosso trabalho, no

# Confiança Planeamento e Gestão de Investimentos. segurança do seu património. Para isso contamos com o nosso trabalho, no Caritas Dioces ana de Coim bra Condições válidas para Caritas Diocesana de Coimbra Oferta de Cooperação Barclays at Work Saiba mais em www.barclays.pt/compromissopremier # Confiança Planeamento e Gestão

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO

MANUAL DE UTILIZAÇÃO MANUAL DE UTILIZAÇÃO Termos Básicos Pesquisa Registo Fazendo Propostas A Minha Conta Pedindo Cotações Ajuda: Geral Bem-vindo! No texto que se segue iremos transmitir noções básicas sobre os termos e modos

Leia mais

viseu.tv televisão regional na internet

viseu.tv televisão regional na internet viseu.tv televisão regional na internet Projecto realizado no âmbito de estágio do Curso de Especialização Tecnológico de Técnicos de Desenvolvimento de Produtos Multimédia VTV Viseu.tv, Lda Aluna: Pedro

Leia mais

PERGUNTAS FREQUENTES O QUE É O PROGRAMA DE VOLUNTARIADO

PERGUNTAS FREQUENTES O QUE É O PROGRAMA DE VOLUNTARIADO PERGUNTAS FREQUENTES O QUE É O PROGRAMA DE VOLUNTARIADO Como surgiu o Programa de Voluntariado de Serralves? Desde a criação da Fundação, a inserção na Comunidade foi assumida como intrínseca à natureza

Leia mais

Os pneus de qualidade Premium são um melhor investimento a longo-prazo do que os Low-Budget

Os pneus de qualidade Premium são um melhor investimento a longo-prazo do que os Low-Budget Comunicado de imprensa Os pneus de qualidade Premium são um melhor investimento a longo-prazo do que os Low-Budget Hannover, Junho de 2008. Relatório do Utilizador A WLS Spedition, sedeada em Steinhagen,

Leia mais

Assim nasce uma empresa.

Assim nasce uma empresa. Assim nasce uma empresa. Uma história para você que tem, ou pensa em, um dia, ter seu próprio negócio. 1 "Non nobis, Domine, non nobis, sed nomini Tuo da gloriam" (Sl 115,1) 2 Sem o ar Torna-te aquilo

Leia mais

todos fôssemos jardineiros"

todos fôssemos jardineiros ALEGAÇÕES FINAIS JARDIM BOTÂNICO DA AJUDA, EM LISBOA "O País era mais feliz se todos fôssemos jardineiros" INÊS BANHA jardineiro há nove anos no Jardim Botânico da Ajuda, em Lisboa, que este fim de semana

Leia mais

AGENDA DA GERENTE E GESTÃO DA EQUIPE DE LOJA

AGENDA DA GERENTE E GESTÃO DA EQUIPE DE LOJA AGENDA DA GERENTE E GESTÃO DA EQUIPE DE LOJA Entregar a informação atrasada, cometer pequenos erros todos os dias, não conseguir atingir as metas, ter de resolver assuntos urgentes a todo o momento, entre

Leia mais

12 Dicas Para Montar Um Negócio De Sucesso

12 Dicas Para Montar Um Negócio De Sucesso Novo Negócio 12 Dicas Para Montar Um Negócio De Sucesso Vinícius Gonçalves Equipe Novo Negócio Espero sinceramente que você leia este PDF até o final, pois aqui tem informações muito importantes e que

Leia mais

Oficina Pedagógica COMO CONSTRUIR E GERIR UM ORÇAMENTO FAMILIAR. 10.11.2011 Formadora: Olga Fernandes

Oficina Pedagógica COMO CONSTRUIR E GERIR UM ORÇAMENTO FAMILIAR. 10.11.2011 Formadora: Olga Fernandes Oficina Pedagógica COMO CONSTRUIR E GERIR UM ORÇAMENTO FAMILIAR Formadora: Olga Fernandes 1 ORÇAMENTO FAMILIAR PROGRAMA 19.00 H -Abertura 19.05 H Visionamento de um vídeo sobre Orçamento Familiar 19.15

Leia mais

Meio Ambiente: Piloto Automático O Piloto Automático é uma ótima opção e pode economizar gasolina, mas você tem que usá-lo de forma segura.

Meio Ambiente: Piloto Automático O Piloto Automático é uma ótima opção e pode economizar gasolina, mas você tem que usá-lo de forma segura. Visão Geral Família e Passageiros: Roupas Reflexivas Quanto mais claro e brilhante, melhor! É isso mesmo, quanto mais brilhante e clara for sua roupa, melhor são suas chances de ser visto. Segurança Pessoal:

Leia mais