Manual de Orientação

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Manual de Orientação"

Transcrição

1 Manual de Orientação Fone: (47) Direção de Administração

2 Orientações para solicitação de serviços ou compras I SOLICITAÇÃO DE SERVIÇOS O solicitante deve abrir processo e encaminhar a Coordenadoria de Compras e Licitação com toda a documentação necessária. a) Outros Serviços de Terceiros Pessoa Física (Pró-labore para Palestras ou Conferências, Oficinas para eventos, Minicursos, Bancas de concurso ou de Defesa da Pós-Graduação): a.1) Acrescentar currículo e dados bancários da pessoa. O ofício deverá ter o de acordo do devido Diretor. Os dados do prestador de serviço devem conter: nome, CPF, endereço, banco, agência e número do PIS. a.2) O valor deverá ser consultado na Resolução CONSAD vigente (Atual Resolução 013/2011 CONSAD). ATENÇÃO: Para pagamento de pró-labore, o prestador do serviço deve dirigir-se ao Setor Financeiro do CEPLAN para retirar o EMPENHO (observando a data de compra e entrega da nota, escrita no Empenho), depois dirigir-se à Prefeitura de São Bento do Sul, para a compra de nota fiscal avulsa. b) Outros Serviços de Terceiros Pessoa Jurídica b.1) Hospedagem para convidados externos ao CEPLAN/UDESC O solicitante deve entrar em contato com a Coordenadoria de Licitação e Compras para verificar se há empresa licitada para atender hospedagem de convidados externos. b.2) Passagens Nacionais e Internacionais (terrestres e aéreas) O processo de solicitação tem início nas Chefias de Departamento para os docentes e na Direção de Administração para os Técnicos Universitários e seguem Fone: (47) Direção de Administração

3 o trâmite de verificação orçamentária. As solicitações passam pela aprovação do Diretor Geral, o Setor de Transportes é a última estância do processo. Após aprovação da Direção no Sistema de Requisição de Viagens é realizada a compra das passagens. b.3) Saídas com carro da UDESC O Setor de Transportes autoriza as saídas com base no Sistema de Requisição de Viagens, onde constam as solicitações com justificativa dos motivos da viagem, após aprovação do Diretor Geral. II SOLICITAÇÃO DE COMPRAS As solicitações de compras devem preferencialmente seguir o calendário de licitações divulgado no início do ano. O solicitante deverá entregar ofício com a solicitação, justificativa da compra, juntamente com especificação completa (sem citar marcas) e três orçamentos do material requerido. Solicitações fora do calendário de licitação serão analisadas pontualmente, sendo necessária a mesma documentação acima citada. Os processos de compra deverão ser autorizados pelos Diretores para que a Coordenadoria de Compras possa dar andamento. FLUXO DE SOLICITAÇÃO E RECEBIMENTO DE DIÁRIAS 1. Efetua solicitação de diárias no sistema de viagens, informando horários e meio de transporte desejados, com antecedência de 3 (três) dias úteis (Art. 11 do Decreto 1.127/08). A solicitação deverá conter os deslocamentos previstos e descrever os objetivos da viagem. 2. Recebe confirmação automática da solicitação efetuada. 3. Diretor autoriza a viagem. 4. Recebe confirmação automática de aprovação da viagem. 5. Setor de transportes efetua as adequações necessárias no que se refere a deslocamentos. Ocorrendo modificações (horários ou meio de transporte), setor de transportes informa por . Fone: (47) Direção de Administração

4 6. Cálculo de diárias correspondentes a solicitação. 7. Solicitante recebe confirmação automática. 8. Diária é creditada na conta bancária (a mesma em que recebe o salário) do solicitante. 9. No dia seguinte a viagem o Setor de Transportes disponibiliza os dados efetivos da Ordem de Tráfego 10. Em até 05 (cinco) dias úteis após o retorno (Art. 14 do Decreto 1.127/08), o servidor entrega prestação de contas ao Setor de Transportes. PRESTAÇÃO DE CONTAS DE DIÁRIAS A prestação de contas de diárias passa a ser um processo individual, por pagamento, de responsabilidade exclusiva do beneficiado. O processo deverá conter: 1. Cadastro do processo (capa do processo) 2. Formulário de solicitação de viagem (disponível no Sistema de Viagens) o Após o cálculo de diárias, entrar no sistema de viagens com matrícula e verificar viagens pendentes. Clicar no link correspondente a viagem e imprimir o formulário. Assinar os 2 (dois) campos. 3. Relatório resumo de viagem o Após a impressão do formulário de solicitação, voltar a tela anterior e acessar o link do relatório correspondente. O sistema traz como padrão os dados da solicitação, que deverão ser adequados aos deslocamentos e horários efetivamente ocorridos, baseados na ordem de tráfego e/ou bilhetes de passagem, sendo que todas as alterações deverão ser justificadas. 4. Comprovação do deslocamento: 1. Veículo oficial: Ordem de Tráfego (disponível no Setor de Transportes); 2. Ônibus: Bilhete de passagem; 3. Avião: Comprovante de embarque; 4. Ônibus fretado: Cópia da Nota fiscal e lista de passageiros. Fone: (47) Direção de Administração

5 Não são permitidos deslocamentos com veículos particulares. 5. Comprovação da estada no local: 0. Fotocópia da ata de presença em reunião, lista de frequência, certificado de participação, declaração de participação, etc. (quando houver); e 1. Nota fiscal de hospedagem ou alimentação (emitida na cidade de destino, nominal ao servidor, sem rasuras). * Após montagem do processo, o mesmo deverá ser encaminhado ao Setor de Transportes (inclusive pelo sistema). LIBERAÇÃO PARA NOVAS SOLICITAÇÕES No sistema de viagens (UDESC) não há restrição de quantidade de solicitações, desde que não existam prestações de contas vencidas (mais de 05 dias após o retorno). O SIGEF (Sistema Gerencial do Estado) limitará em até 2 (duas) diárias concomitantes. Para liberar uma nova solicitação, uma das solicitações anteriores deverá ser liberada pelo Setor de Transportes. Para que o Setor de Transportes libere uma prestação, deverá receber o processo CPA com toda a documentação pertinente e obter, junto ao CIASC, o protocolo padrão. Não serão efetuadas liberações baseadas em processos incompletos e/ou com ressalvas. Dia 1 Dia 2 Dia 3 Dia 4 Solicita viagem Valor é Valor é Efetua Diretor aprova creditado disponibilizado Viagem Setor de Transportes executa Reitoria transmite Fone: (47) Direção de Administração

6 OUTRAS INFORMAÇÕES: Não será concedida diária para deslocamentos inferiores a 04 (quatro) horas. Será concedida meia diária desde que o período de deslocamento seja igual ou superior a 04 (quatro) e inferior a 12 (doze) horas. Será concedida diária integral para período de deslocamento igual ou superior a 12 (doze) horas. Por período de deslocamento entende-se o tempo decorrido entre a saída da sede (Campus Ceplan) e o retorno a sede (Campus Ceplan). Caso haja necessidade de complemento de diárias, o servidor deverá solicitar no sistema de viagens, em até 02 (dois) dias úteis após o retorno. Caso haja necessidade de devolução de diárias, o servidor deverá gerar Guia de Depósito Identificado (http://depositoidentificado.sef.sc.gov.br/controles/geradeposito.aspx), informando o código 4522 (UDESC) no campo Órgão, conta X, indicar a data da viagem que deu origem a devolução e preencher as demais informações. Após efetuar o crédito, anexar guia e o comprovante de depósito à prestação de contas. OCOMON Sistema de HELP-DESK (Informática e Prefeitura de Campus) O Ocomon tem como características o cadastro, acompanhamento, controle e consulta de ocorrências de chamados de suporte a informática ou chamados para prefeitura de campus/serviços gerais buscando atender a questões de ordem prática e operacional destas duas áreas. A maneira pela qual as solicitações devem ser realizadas é através do Link: Algumas funções do sistema: abertura de chamados de suporte por área de competência; Fone: (47) Direção de Administração

7 envio automático de para as áreas de competência; acompanhamento do andamento do processo de atendimento das ocorrências; encerramento das ocorrências; controle de pendências para o andamento do chamado; O que solicitar à Prefeitura de Campus: Limpeza de salas, laboratórios, corredores, calçadas escadas etc.; preparação de salas para realização de eventos em geral; reposição de água mineral e café nos departamentos; manutenção em telhados, paredes, pisos, portas, janelas, etc.; manutenção elétrica (iluminação em geral, tomadas, disjuntores, equipamentos, motores e pequenos reparos em aparelhos de condicionadores de ar); manutenção hidráulica (vazamentos na rede de água e esgoto, desentupimento de pias, vasos sanitários e troca em geral de tubos e conexões); transporte de móveis e equipamentos de um departamento para outro; pequenos reparos em móveis, utensílios e equipamentos; serviço de Jardinagem em geral; serviços de chaveiro e confecção de carimbos, também estão sendo encaminhados através da prefeitura. O que solicitar à Coordenadoria de Informática: Verificação, limpeza de ameaças digitais, manutenção de equipamentos, instalação de aplicativos, problemas de conexão de rede, cadastro de equipamentos. Ou seja, tudo aquilo voltado à informática. Política de Segurança A INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 002, de 02 de julho de 2008, regulamenta o uso apropriado dos recursos de Tecnologia da Informação e Comunicação no âmbito da UDESC, promovendo a proteção dos usuários, dos equipamentos e da própria administração do sistema. o_normativa_002_2008_gab. pdf Fone: (47) Direção de Administração

8 COPPTA A Comissão Permanente de Pessoal Técnico Universitário (COPPTA), é um órgão de assessoramento às Direções de Centro e da Reitoria, na formulação e execução das políticas referentes ao pessoal técnico-administrativo. Possui a atribuição de emitir parecer sobre: alteração do regime de trabalho dos servidores técnicos universitários; progressão funcional na carreira dos servidores técnicos universitários; acompanhamento e avaliação do desempenho funcional do servidor técnico universitário participação do servidor técnico universitário em cursos, eventos e/ou estágios com objetivo de formação, atualização e/ou aperfeiçoamento; outros assuntos que envolvam a vida funcional do servidor técnico universitário, a critério da autoridade competente. SOLICITAÇÃO DE ACESSO AO CAMPUS Para a utilização de salas do CEPLAN fora do horário de funcionamento do mesmo, ou seja, pela MANHÃ e FINAIS DE SEMANA (para eventos, cursos, palestras, treinamentos, etc.) deve ser feita solicitação por escrito à Direção de Administração, contendo as seguintes informações: Indicar a(s) sala(s), horários, e mídias necessárias para emissão de notificação aos vigilantes; A lista de participantes quando tratar-se de alunos ou servidores da UDESC; A lista de participantes com CPF e/ou RG quando não houver vínculo com a UDESC. Fone: (47) Direção de Administração

9 TELEFONIA De acordo com o Contrato com a operadora telefônica OI (014), é PROIBIDO: realizar chamadas internacionais; realizar chamadas para o serviço de informação 102; realizar chamadas de longa distância utilizando outra operadora; receber chamadas à cobrar. TELEFONES CEPLAN Almoxarifado Biblioteca (Centenário) Biblioteca (Centro) Chefe Departamento - DSI Chefe Departamento - DTI Coordenação de Estágios Coordenadoria de Informática CRH Dentista Direção de Administração Direção de Ensino Direção de Extensão Direção de Pesquisa e Pós-Graduação Direção Geral EAD UAB Finanças, Licitações e Compras Observatório Patrimônio Protocolo e Malote Sala Professores - DSI Sala Professores - DTI Secretaria Acadêmica Secretária - DSI Setor de Transportes Vigilância Fone: (47) Direção de Administração

10 DIREÇÃO DE ADMINISTRAÇÃO Fone: (47) Diretor de Administração Prof. Flávio Marcello Strelow Técnico Universitário de Suporte Shirlei Stachin Estamos à disposição para melhor atender ou orientar aos docentes, discentes e técnicos universitários do CEPLAN. REFERÊNCIAS Coordenadoria de Finanças e Contas CEPLAN Coordenadoria de Informática CEPLAN Coordenadoria de Licitação e Compras CEPLAN Coordenadoria de Recursos Humanos CEPLAN Direção Geral CEPLAN Fone: (47) Direção de Administração

PROGRAMA DE CAPACITAÇÃO E

PROGRAMA DE CAPACITAÇÃO E PROGRAMA DE CAPACITAÇÃO E QUALIFICAÇÃO - ANEXOS - ANEXO I - PROCEDIMENTOS PARA CAPACITAÇÃO INTERNA DO REQUERIMENTO Art. 1º - A capacitação interna poderá ser proposta pela Reitoria, Pró-Reitorias ou Diretorias

Leia mais

Art. 3º A diária será devida pela metade nos seguintes casos:

Art. 3º A diária será devida pela metade nos seguintes casos: Orientações para Solicitação e Prestação de Contas de Diárias de acordo com o Decreto nº 3328-R, de 17 de junho de 2013. DIÁRIAS Diárias são indenizações pagas antecipadamente para cobrir despesas com

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 007/2009

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 007/2009 INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 007/2009 FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO PROPPG PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO PROPLAN Disciplina no âmbito da UDESC os procedimentos

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ SETOR DE EDUCAÇÃO SOFIN CONCESSÃO DE DIÁRIAS OU HOSPEDAGEM E PASSAGENS PARA BANCA EXTERNA DE CONCURSOS

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ SETOR DE EDUCAÇÃO SOFIN CONCESSÃO DE DIÁRIAS OU HOSPEDAGEM E PASSAGENS PARA BANCA EXTERNA DE CONCURSOS 1. Legislação CONCESSÃO DE DIÁRIAS OU HOSPEDAGEM E PASSAGENS PARA BANCA EXTERNA DE CONCURSOS 1.1 A concessão de Diárias ou Hospedagem e Passagens pelo Setor de Educação da UFPR deverá observar o disposto

Leia mais

ORIENTAÇÕES SOBRE DIÁRIAS, FORMAS DE DESLOCAMENTO E PRESTAÇÃO DE CONTAS

ORIENTAÇÕES SOBRE DIÁRIAS, FORMAS DE DESLOCAMENTO E PRESTAÇÃO DE CONTAS ORIENTAÇÕES SOBRE DIÁRIAS, FORMAS DE DESLOCAMENTO E PRESTAÇÃO DE CONTAS DIÁRIAS De acordo com a Resolução n. 31/2009-GP, que dispõe sobre a concessão e o valor das diárias a magistrados e servidores. Art.

Leia mais

Região Metropolitana de Campinas

Região Metropolitana de Campinas MA-GRC-001 Versão: 01 Vigência: 2015 Página: 1 / 11 Região Metropolitana de Campinas 1 MA-GRC-001 Versão: 01 Vigência: 2015 Página: 2 / 11 ÍNDICE 1. Objetivo... 3 2. Direito de obtenção e utilização...

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 03, de 14 de abril de 2014.

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 03, de 14 de abril de 2014. INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 03, de 14 de abril de 2014. Regulamenta o Programa de Concessão de Bolsas para a Participação dos Estudantes do Câmpus Restinga em Atividades Curriculares Externas. O Diretor Geral

Leia mais

Roteiro para Pagamento de Auxílio à Estudante: PROAP - 2014 Convênio 806696

Roteiro para Pagamento de Auxílio à Estudante: PROAP - 2014 Convênio 806696 Aluno deverá: Roteiro para Pagamento de Auxílio à Estudante: PROAP 2014 Convênio 806696 1) Atender as condições previstas na Portaria 64 da CAPES e preencher o formulário de requisição de auxílio. 2) Informar

Leia mais

NORMAS PARA SOLICITAÇÃO, AUTORIZAÇÃO, CONCESSÃO E PRESTAÇÃO DE CONTAS DE TRANSPORTE, PASSAGENS, HOSPEDAGEM E ADIANTAMENTO AOS CONSELHEIROS DE SAÚDE

NORMAS PARA SOLICITAÇÃO, AUTORIZAÇÃO, CONCESSÃO E PRESTAÇÃO DE CONTAS DE TRANSPORTE, PASSAGENS, HOSPEDAGEM E ADIANTAMENTO AOS CONSELHEIROS DE SAÚDE RESOLUÇÃO Nº 058/2012 NORMAS PARA SOLICITAÇÃO, AUTORIZAÇÃO, CONCESSÃO E PRESTAÇÃO DE CONTAS DE TRANSPORTE, PASSAGENS, HOSPEDAGEM E ADIANTAMENTO AOS CONSELHEIROS DE SAÚDE O Conselho Municipal de Saúde,

Leia mais

EDITAL 02/2015 EDITAL DE CONCESSÃO DO AUXÍLIO EVENTOS

EDITAL 02/2015 EDITAL DE CONCESSÃO DO AUXÍLIO EVENTOS EDITAL 02/2015 EDITAL DE CONCESSÃO DO AUXÍLIO EVENTOS A Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB), por meio da Pró-Reitoria de Sustentabilidade e Integração Social (PROSIS) torna público o presente EDITAL

Leia mais

MANUAL DE PROCEDIMENTOS PARA SOLICITAÇÃO DE DIÁRIAS E PASSAGENS

MANUAL DE PROCEDIMENTOS PARA SOLICITAÇÃO DE DIÁRIAS E PASSAGENS MANUAL DE PROCEDIMENTOS PARA SOLICITAÇÃO DE DIÁRIAS E PASSAGENS 1 APRESENTAÇÃO A Coordenação de Controle e Expedição de Diárias da Reitoria do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba,

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE M I N UT A EDITAL FOPIN 2015

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE M I N UT A EDITAL FOPIN 2015 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE M I N UT A INSTRUÇÃO DE SERVIÇO PROPPI N o 06 de 09 de Julho de 2015 EDITAL FOPIN 2015 PROGRAMA DE FOMENTO À PESQUISA DAS

Leia mais

RESOLUÇÃO NORMATIVA nº 001/PPGQ/2013

RESOLUÇÃO NORMATIVA nº 001/PPGQ/2013 UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA Centro de Ciências Físicas e Matemáticas PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM QUÍMICA Campus Universitário-Trindade - 88040-900 - Florianópolis - SC - Brasil Fone: (048)

Leia mais

ROTEIRO PARA UTILIZAÇÃO DE RECURSOS CAPES-PROAP CONVÊNIO Nº 80.3875/2014 e-convênios nº 35183

ROTEIRO PARA UTILIZAÇÃO DE RECURSOS CAPES-PROAP CONVÊNIO Nº 80.3875/2014 e-convênios nº 35183 ROTEIRO PARA UTILIZAÇÃO DE RECURSOS CAPES-PROAP CONVÊNIO Nº 80.3875/2014 e-convênios nº 35183 1) Da legislação aplicável - Portaria CAPES nº 156 de 28 de Novembro de 2014 a. Decreto nº 7.692 de 02 de Março

Leia mais

Orientações sobre Adiantamento de Despesas de Pequeno Valor (Versão n.º 03, de 16/09//2013)

Orientações sobre Adiantamento de Despesas de Pequeno Valor (Versão n.º 03, de 16/09//2013) 1. Conceito Orientações sobre Adiantamento de Despesas de Pequeno Valor (Versão n.º 03, de 16/09//2013) 1.1 Adiantamento consiste na entrega de numerário a servidor, sempre precedida de empenho gravado

Leia mais

INSTRUÇÕES PARA UTILIZAÇÃO DOS RECURSOS DO PROAP/CAPES

INSTRUÇÕES PARA UTILIZAÇÃO DOS RECURSOS DO PROAP/CAPES INSTRUÇÕES PARA UTILIZAÇÃO DOS RECURSOS DO PROAP/CAPES PARTICIPAÇÃO EM EVENTOS PESQUISA DE CAMPO(REEMBOLSO DE DESPESAS, PASSAGENS AÉREAS E TX. DE INSCRIÇÃO) Introdução: O recurso PROAP/CAPES permite o

Leia mais

Campus Catalão Prefeitura do CAC

Campus Catalão Prefeitura do CAC Campus Catalão Prefeitura do CAC ORIENTAÇÕES PARA SOLICITAÇÃO DE DIÁRIAS E PASSAGENS Critérios para liberação de diárias e/ou passagens: Para liberação de diária ou passagem, deve-se dar entrada na Prefeitura

Leia mais

SOLICITAÇÕES DE DIÁRIAS/PASSAGENS - SERVIDORES DA UFPB -

SOLICITAÇÕES DE DIÁRIAS/PASSAGENS - SERVIDORES DA UFPB - Página 1 de 5 SOLICITAÇÕES DE DIÁRIAS/PASSAGENS - SERVIDORES DA UFPB - Atualizado em: 18/05/2015 Abaixo segue o passo a passo (dividido em 3 tópicos) para este tipo de solicitação. A partir da página 03

Leia mais

Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná Conselho de Pesquisa e Pós-Graduação.

Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná Conselho de Pesquisa e Pós-Graduação. Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná Conselho de Pesquisa e Pós-Graduação. Resolução nº. 047/13-COPPG Curitiba, 06 de dezembro de 2013 O CONSELHO PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO DA

Leia mais

CONSIDERANDO que deve haver compatibilidade entre o motivo do deslocamento e o interesse público;

CONSIDERANDO que deve haver compatibilidade entre o motivo do deslocamento e o interesse público; ATO DA MESA Nº 500, de 15 de julho de 2015 Dispõe sobre a concessão de diárias e passagens e a respectiva prestação de contas no âmbito da Assembleia Legislativa, e adota outras providências. A MESA DA

Leia mais

Orientações para Pagamento de Diárias e Prestação de Contas Versão nº 05, 06/04/2011

Orientações para Pagamento de Diárias e Prestação de Contas Versão nº 05, 06/04/2011 Orientações para Pagamento de Diárias e Prestação de Contas Versão nº 05, 06/04/20 Sumário I - REQUISIÇÃO DE DIÁRIA / PAGAMENTO DE DIÁRIA... Solicitante (Servidor que irá realizar a viagem)... Aprovador

Leia mais

Cotação de Passagens Aéreas Nacionais e Internacionais

Cotação de Passagens Aéreas Nacionais e Internacionais Cotação de Passagens Aéreas Nacionais e Internacionais Procedimentos Departamento de Projetos Contratos e Convênios Pró-Reitoria de Administração Manual para Cotação de Passagens Aéreas Nacionais e Internacionais

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº010/UNIR/PROPLAN/2014 DE 02 DE JUNHO DE 2014.

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº010/UNIR/PROPLAN/2014 DE 02 DE JUNHO DE 2014. INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº010/UNIR/PROPLAN/2014 DE 02 DE JUNHO DE 2014. Regulamenta o processo de solicitação, autorização, concessão e prestação de contas de diárias e passagens no âmbito da Fundação Universidade

Leia mais

Manual de utilização do Relatório de Viagens

Manual de utilização do Relatório de Viagens Manual de utilização do Relatório de Viagens Os Módulos do Sistema de Relatório de Viagens foram criados tendo com base a Regulamentação de Viagem da MGS - Minas Gerais Administração e Serviços S/A (RG/AD/02/10ª).

Leia mais

Orientações para emissão da Guia de Transporte Animal GTA

Orientações para emissão da Guia de Transporte Animal GTA Orientações para emissão da Guia de Transporte Animal GTA O Ministério da Agricultura regulamenta o transporte de animais dentro do Brasil (GTA) e também para fora do pais (CZI). 1 PARA NÃO PERDER TEMPO:

Leia mais

MA-GCF-002 Versão: 01 Vigência: 2013 Página: 1 / 14

MA-GCF-002 Versão: 01 Vigência: 2013 Página: 1 / 14 MA-GCF-002 Versão: 01 Vigência: 2013 Página: 1 / 14 MA-GCF-002 Versão: 01 Vigência: 2013 Página: 2 / 14 ÍNDICE 1. Objetivo... 3 2. Direito de obtenção e utilização... 4 3. Sem direito ao benefício do passe

Leia mais

AUXILIO FINANCEIRO PARA PARTICIPAÇÃO DE DOCENTES E DISCENTES EM EVENTOS CONVÊNIO PROAP/SICONV Nº 806138/2014 EDITAL Nº 08/2014 - PROPG

AUXILIO FINANCEIRO PARA PARTICIPAÇÃO DE DOCENTES E DISCENTES EM EVENTOS CONVÊNIO PROAP/SICONV Nº 806138/2014 EDITAL Nº 08/2014 - PROPG AUXILIO FINANCEIRO PARA PARTICIPAÇÃO DE DOCENTES E DISCENTES EM EVENTOS CONVÊNIO PROAP/SICONV Nº 806138/2014 EDITAL Nº 08/2014 - PROPG A Pró-Reitoria de Pós-Graduação (PROPG), no âmbito de sua atuação

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL GOIANO ASSESSORIA INTERNACIONAL

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL GOIANO ASSESSORIA INTERNACIONAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL GOIANO ASSESSORIA INTERNACIONAL REGULAMENTO GERAL PARA AFASTAMENTO DE SERVIDOR DO INSTITUTO FEDERAL GOIANO PARA

Leia mais

PROJETOS DE PESQUISA CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA NORMAS E PROCEDIMENTOS GERAIS UTILIZAÇÃO DOS RECURSOS http://www.fapemig.br/files/manual.

PROJETOS DE PESQUISA CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA NORMAS E PROCEDIMENTOS GERAIS UTILIZAÇÃO DOS RECURSOS http://www.fapemig.br/files/manual. PROJETOS DE PESQUISA CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA NORMAS E PROCEDIMENTOS GERAIS UTILIZAÇÃO DOS RECURSOS http://www.fapemig.br/files/manual.pdf INFORMAÇÕES GERAIS Duração do projeto O prazo de vigência do projeto

Leia mais

ROTEIRO PARA CRIAÇÃO DE CURSO E OFERTA DE TURMA DE ESPECIALIZAÇÃO

ROTEIRO PARA CRIAÇÃO DE CURSO E OFERTA DE TURMA DE ESPECIALIZAÇÃO ROTEIRO PARA CRIAÇÃO DE CURSO E OFERTA DE TURMA DE ESPECIALIZAÇÃO (Conforme a Resolução 42/03-COUN, de 05 de novembro de 2003 e suas alterações). I. PROCEDIMENTO PARA CRIAÇÃO DE NOVO CURSO: A. ABERTURA

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA - UDESC CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE E DO ESPORTE CEFID DIREÇÃO DE ENSINO DE. Manual do Professor

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA - UDESC CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE E DO ESPORTE CEFID DIREÇÃO DE ENSINO DE. Manual do Professor UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA - UDESC CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE E DO ESPORTE CEFID DIREÇÃO DE ENSINO DE Manual do Professor EQUIPE DIREÇÃO DE ENSINO Horário de Atendimento do setor: 07:30

Leia mais

CANDIDATURA ÀS BOLSAS DE GRADUAÇÃO SANDUICHE NO EXTERIOR CNPQ/ PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS

CANDIDATURA ÀS BOLSAS DE GRADUAÇÃO SANDUICHE NO EXTERIOR CNPQ/ PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS CANDIDATURA ÀS BOLSAS DE GRADUAÇÃO SANDUICHE NO EXTERIOR CNPQ/ PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS CHAMADA INTERNA - N 0 01/2012 REITORIA O IFPR foi selecionado pelo CNPq para participar do programa Ciência

Leia mais

Universidade de Brasília Decanato de Pesquisa e Pós-Graduação

Universidade de Brasília Decanato de Pesquisa e Pós-Graduação EDITAL 06/2012 Universidade de Brasília APOIO À PESQUISA DE CAMPO DE PÓS-GRADUANDOS NO PAÍS 1. Finalidade Apoiar os discentes de pós-graduação bolsistas CAPES, CNPq ou REUNI, regularmente matriculados

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA DE DIÁRIAS DA MGS. Versão 1.0

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA DE DIÁRIAS DA MGS. Versão 1.0 MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA DE DIÁRIAS DA MGS Versão 1.0 SUMÁRIO 1. Descrição do Local de Acesso... 1 2. Módulo Registrar Diárias... 3 3. Módulo Aprovar Diárias... 11 4. Registrar Prestação de Contas...

Leia mais

MATO GROSSO PREFEITURA MUNICIPAL DE CLÁUDIA CONTROLE INTERNO

MATO GROSSO PREFEITURA MUNICIPAL DE CLÁUDIA CONTROLE INTERNO 1/5 1) FINALIDADE: 1.1 - Disciplinar os procedimentos para a concessão de diárias e adiantamentos aos Servidores da Prefeitura Municipal de Cláudia - MT; 1.2 - Permitir um melhor controle sobre os gastos

Leia mais

RETIFICAÇÃO EDITAL Nº 17/2015 AUXÍLIO DE DIÁRIAS PARA PUBLICAÇÃO EM EVENTOS CIENTÍFICOS INTERNACIONAIS

RETIFICAÇÃO EDITAL Nº 17/2015 AUXÍLIO DE DIÁRIAS PARA PUBLICAÇÃO EM EVENTOS CIENTÍFICOS INTERNACIONAIS MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SUL DE MINAS GERAIS RETIFICAÇÃO EDITAL Nº 17/2015 AUXÍLIO DE DIÁRIAS PARA

Leia mais

ADIANTAMENTO E REEMBOLSO DE DESPESAS

ADIANTAMENTO E REEMBOLSO DE DESPESAS ADIANTAMENTO E REEMBOLSO DE DESPESAS NÚMERO CIR.FIN.MAT.0001 Elaborada em: 08/08/2011 Atualizada em: - Quant. Páginas DEPARTAMENTO DE ORIGEM Departamento Finanças 5 1 Objetivo Este documento tem como objetivo

Leia mais

Ministério da Educação - MEC Universidade Federal de Santa Maria UFSM Pró-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa PRPGP

Ministério da Educação - MEC Universidade Federal de Santa Maria UFSM Pró-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa PRPGP Ministério da Educação - MEC Universidade Federal de Santa Maria UFSM Pró-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa PRPGP Tutorial de Solicitação de Defesa de MDT Monografia Dissertação Tese AGOSTO DE 2013

Leia mais

Número : IA-PCI-011/01 Assunto : INSTRUÇÃO ADMINISTRATIVA. PASSAGENS AÉREAS Folha : 1 de 7

Número : IA-PCI-011/01 Assunto : INSTRUÇÃO ADMINISTRATIVA. PASSAGENS AÉREAS Folha : 1 de 7 PASSAGENS AÉREAS Folha : 1 de 7 Elaborado por: Daniel Ribeiro / Sérgio Miranda / Vinicius Santos Revisado por : Natureza da Modificação: Aprovado : Leandro L. Trindade Data emissão: 21/07/2014 Data Revisão:

Leia mais

Art. 3º. A concessão de diárias fica condicionada a existência de disponibilidade orçamentária e financeira.

Art. 3º. A concessão de diárias fica condicionada a existência de disponibilidade orçamentária e financeira. LEI Nº 3466/2014, DE 08 DE ABRIL DE 2014. DISPÕE SOBRE AS VIAGENS OFICIAIS E A CONCESSÃO DE DIÁRIAS AOS VEREADORES E SERVIDORES DO PODER LEGISLATIVO MUNICIPAL E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. O PREFEITO MUNICIPAL

Leia mais

MANUAL SOLICITAÇÃO E PRESTAÇÃO DE CONTAS DE DIÁRIAS CERES

MANUAL SOLICITAÇÃO E PRESTAÇÃO DE CONTAS DE DIÁRIAS CERES MANUAL SOLICITAÇÃO E PRESTAÇÃO DE CONTAS DE DIÁRIAS CERES O servidor (efetivo, admitido em caráter temporário, convocado, cedido) que se deslocar temporariamente do município de Laguna a serviço ou para

Leia mais

Norma para pagamento de diária a serviço e solicitação de passagem aérea

Norma para pagamento de diária a serviço e solicitação de passagem aérea Norma para pagamento de diária a serviço e solicitação de passagem aérea Objetivo: A presente norma tem por objetivo formalizar e agilizar os pedidos de diária e passagem a serviço da entidade bem como

Leia mais

Versão de outubro de 2015

Versão de outubro de 2015 Versão de outubro de 2015 Revisado em outubro de 2015 São emitidas passagens para os consultores realizarem atividades previstas em seu Termo de Referência, o qual deve prever realização de viagens como

Leia mais

EDITAL N. 58/2015 INCENTIVO

EDITAL N. 58/2015 INCENTIVO EDITAL N. 58/2015 INCENTIVO À DIVULGAÇÃO E PARTICIPAÇÃO EM EVENTOS CIENTÍFICOS, TECNOLÓGICOS E DE INOVAÇÃO POR SERVIDORES DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE RONDÔNIA. A Direção Geral

Leia mais

A CÂMARA MUNICIPAL DE CASTRO, ESTADO DO PARANÁ decretou e eu PREFEITO MUNICIPAL sanciono a presente LEI: SEÇÃO I.

A CÂMARA MUNICIPAL DE CASTRO, ESTADO DO PARANÁ decretou e eu PREFEITO MUNICIPAL sanciono a presente LEI: SEÇÃO I. LEI Nº 2927/2014 Estabelece o Regime de Diárias e Adiantamentos do Poder Legislativo, normas para o pagamento de despesas e revoga a Lei nº. 2.887/2014. A CÂMARA MUNICIPAL DE CASTRO, ESTADO DO PARANÁ decretou

Leia mais

Código: MAP-DIFIN-003 Versão: 00 Data de Emissão: XX/XX/XXXX. Custo

Código: MAP-DIFIN-003 Versão: 00 Data de Emissão: XX/XX/XXXX. Custo Código: MAP-DIFIN-003 Versão: 00 Data de Emissão: XX/XX/XXXX Elaborado por: Gerência de Execução Orçamentária Aprovado por: Diretoria de Finanças e Informação de Custo 1 OBJETIVO Padroniza e orienta os

Leia mais

Manual do Sistema para abertura de curso de extensão pelos docentes EACH - USP

Manual do Sistema para abertura de curso de extensão pelos docentes EACH - USP Manual do Sistema para abertura de curso de extensão pelos docentes EACH - USP 1.INTRODUÇAO...... 3 2.ONDE CONSEGUIR INFORMAÇÔES?... 4 Normas USP... 4 Site EACH...4 Sistema de atendimento da Comissão de

Leia mais

Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul

Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul EDITAL Nº 031/2015 PROCESSO CLASSIFICATÓRIO DE AFASTAMENTO DE SERVIDORES TÉCNICO-ADMINISTRATIVOS EM EDUCAÇÃO DA UNIDADE ORGANIZACIONAL CAMPUS BENTO GONÇALVES DO IFRS O Diretor-Geral da Unidade Organizacional

Leia mais

Orientações para solicitação de financiamento de projetos Dinter aprovados no Edital Capes nº 13/2012

Orientações para solicitação de financiamento de projetos Dinter aprovados no Edital Capes nº 13/2012 1. Introdução Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Capes Diretoria de Programas e Bolsas no País - DPB Coordenação-Geral de Desenvolvimento Setorial e Institucional - CGSI Coordenação

Leia mais

PEC-PG CNPq e CAPES. 8. Recomendações

PEC-PG CNPq e CAPES. 8. Recomendações PEC-PG CNPq e CAPES 8. Recomendações a) O Estudante-Convênio deverá matricular-se no primeiro semestre letivo do ano imediatamente subseqüente ao que se candidatou ao PEC-PG. Poderá, no entanto, ser concedida

Leia mais

Universidade CEUMA REITORIA Gerência de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão

Universidade CEUMA REITORIA Gerência de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão EDITAL DE APOIO A PARTICIPAÇÃO EM EVENTOS ACADÊMICOS, CIENTÍFICOS E TECNOLÓGICOS, ESTÁGIOS DE CURTA DURAÇÃO E CURSOS DE PÓS- GRADUAÇÃO STRICTO SENSU EDITAL No. 010/GPG/2015 A Universidade CEUMA, por meio

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL CONSELHO REGIONAL DE ENGENHARIA E AGRONOMIA DO ESTADO DE SÃO PAULO CREA-SP

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL CONSELHO REGIONAL DE ENGENHARIA E AGRONOMIA DO ESTADO DE SÃO PAULO CREA-SP Instrução nº 2552 Dispõe sobre o ressarcimento de diárias e transporte aos Senhores Funcionários, quando em viagem a serviço, reuniões, eventos e treinamentos dentro e fora do Estado, formalmente convocados

Leia mais

Instruções para preenchimento

Instruções para preenchimento Instruções para preenchimento Submissão de Projetos de Pesquisa (via Internet) http://www3.mackenzie.com.br/mackpesqsol/login.php Observações: 1) O projeto poderá ser cadastrado aos poucos, porém deverá

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE - FURG SECRETARIA EXECUTIVA DOS CONSELHOS

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE - FURG SECRETARIA EXECUTIVA DOS CONSELHOS SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE - FURG SECRETARIA EXECUTIVA DOS CONSELHOS DELIBERAÇÃO Nº 039/2015 CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA, EXTENSÃO E ADMINISTRAÇÃO

Leia mais

Solicitação de aprovação de cursos de Pós-Graduação Lato Sensu Especialização

Solicitação de aprovação de cursos de Pós-Graduação Lato Sensu Especialização Solicitação de aprovação de cursos de Pós-Graduação Lato Sensu Especialização Objetivo Avaliar propostas de curso de pós-graduação lato sensu especialização. Objetivo Avaliar propostas de curso de pós-graduação

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 3.736, DE 15 DE SETEMBRO DE 2011

RESOLUÇÃO Nº 3.736, DE 15 DE SETEMBRO DE 2011 UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO UNIRIO RESOLUÇÃO Nº 3.736, DE 15 DE SETEMBRO DE 2011 Dispõe sobre o afastamento do país e concessão de passagens para servidores da UNIRIO. O Conselho de

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DE RONDÔNIA GOVERNADORIA

GOVERNO DO ESTADO DE RONDÔNIA GOVERNADORIA DECRETO N.15964, DE 14 DE JUNHO DE 2011. DIÁRIO N 1754 PUBLICADO EM 15 DE JUNHO DE 2011. Dispõe sobre a Regulamentação da Concessão de Diárias, e dá outras providências. O GOVERNADOR DO ESTADO DE RONDÔNIA,

Leia mais

PROCEDIMENTOS DE CONTAS A PAGAR

PROCEDIMENTOS DE CONTAS A PAGAR São Paulo, 6 de dezembro de 2013 PROCEDIMENTOS DE CONTAS A PAGAR Este procedimento visa estabelecer o processo, prazos e orientações aos funcionários do Instituto Ethos para recebimento de notas fiscais

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SUL DE MINAS GERAIS

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SUL DE MINAS GERAIS MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SUL DE MINAS GERAIS EDITAL Nº 09/2014 AUXÍLIO PARA PUBLICAÇÃO EM EVENTOS

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE PONTA GROSSA EDITAL Nº 018/14 PROEX

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE PONTA GROSSA EDITAL Nº 018/14 PROEX EDITAL Nº 018/14 PROEX PROGRAMA INSTITUCIONAL DE APOIO À ORGANIZAÇÃO DE EVENTOS DE EXTENSÃO E DE DIFUSÃO ACADÊMICA A Universidade Estadual de Ponta Grossa por meio da Pró-Reitoria de Extensão e Assuntos

Leia mais

PORTARIA Nº 979/2009. RESOLVE editar a seguinte Portaria:

PORTARIA Nº 979/2009. RESOLVE editar a seguinte Portaria: MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL Gabinete da Procuradora Chefe PORTARIA Nº 979/2009 Disciplina, no âmbito da PR/SP, o procedimento de encaminhamento das solicitações de diárias. A PROCURADORA CHEFE DA PROCURADORIA

Leia mais

SIPAC. Sistema Integrado de Patrimônio, Administração e Contratos MÓDULO ATENDIMENTO DE REQUISIÇÕES

SIPAC. Sistema Integrado de Patrimônio, Administração e Contratos MÓDULO ATENDIMENTO DE REQUISIÇÕES SIPAC Sistema Integrado de Patrimônio, Administração e Contratos MÓDULO ATENDIMENTO DE REQUISIÇÕES Responsável pela análise, gerência e operações de alguns tipos de requisições: Diárias Hospedagem Passagem

Leia mais

Região Metropolitana de São Paulo

Região Metropolitana de São Paulo MA-GCF-002 Versão: 02 Vigência: 2015 Página: 1 / 14 2015 Região Metropolitana de São Paulo MA-GCF-002 Versão: 02 Vigência: 2015 Página: 2 / 14 ÍNDICE 1. Objetivo... 3 2. Direito de obtenção e utilização...

Leia mais

1 - AQUISIÇÃO DO CARTÃO BB PESQUISA

1 - AQUISIÇÃO DO CARTÃO BB PESQUISA 1 - AQUISIÇÃO DO CARTÃO BB PESQUISA 1º PASSO: Recebimento do e-mail de aprovação do projeto. 2º PASSO: Preenchimento e assinatura do Termo de Aceitação de Apoio Financeiro e do Cadastro de Portador, que

Leia mais

BOLSA PDSE PROGRAMA INSTITUCIONAL DE DOUTORADO SANDUÍCHE NO EXTERIOR

BOLSA PDSE PROGRAMA INSTITUCIONAL DE DOUTORADO SANDUÍCHE NO EXTERIOR Program a de Pós-Graduação em Enfermagem SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE BOLSA PDSE PROGRAMA INSTITUCIONAL DE DOUTORADO SANDUÍCHE NO EXTERIOR

Leia mais

ORIENTAÇÕES GERAIS PARA UTILIZAÇÃO DE RECURSOS DO PROEX (2015)

ORIENTAÇÕES GERAIS PARA UTILIZAÇÃO DE RECURSOS DO PROEX (2015) UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO Instituto de Medicina Social Rua São Francisco Xavier, 524 / 7º andar / Bloco D - Maracanã CEP: 20550-013 - Rio de Janeiro - BRASIL TEL: 55-021- 2334-0235 FAX:

Leia mais

NORMATIZAÇÃO PARA REQUISIÇÃO DE CERTIFICADO DE ESPECIALIZAÇÃO

NORMATIZAÇÃO PARA REQUISIÇÃO DE CERTIFICADO DE ESPECIALIZAÇÃO NORMATIZAÇÃO PARA REQUISIÇÃO DE CERTIFICADO DE ESPECIALIZAÇÃO Os discentes que concluíram com êxito um dos cursos de especialização da Unilab, poderão solicitar o certificado, através do Núcleo de Acompanhamento

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL PORTARIA Nº 1.382 DE 23 DE OUTUBRO DE 2012

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL PORTARIA Nº 1.382 DE 23 DE OUTUBRO DE 2012 PORTARIA Nº 1.382 DE 23 DE OUTUBRO DE 2012 O Reitor da Universidade Federal de UNIFAL-MG, no uso de suas atribuições vem, nos termos do inciso XI do art. 26 do Regimento Geral da UNIFAL-MG e do art. 119

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL VALE DO ACARAÚ UVA PRÓ-REITORIA DE ASSUNTOS ESTUDANTIS - PROARES. Edital 04/2014

UNIVERSIDADE ESTADUAL VALE DO ACARAÚ UVA PRÓ-REITORIA DE ASSUNTOS ESTUDANTIS - PROARES. Edital 04/2014 UNIVERSIDADE ESTADUAL VALE DO ACARAÚ UVA PRÓ-REITORIA DE ASSUNTOS ESTUDANTIS - PROARES Edital 04/2014 Dispõe sobre a disposição e liberação de recursos para a participação de discentes em eventos científico-culturais

Leia mais

EDITAL Nº 14, DE 02 DE SETEMBRO DE 2015. Edital para Auxílio à Tradução e Publicação de Artigo Científico, Campus Ariquemes

EDITAL Nº 14, DE 02 DE SETEMBRO DE 2015. Edital para Auxílio à Tradução e Publicação de Artigo Científico, Campus Ariquemes MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE RONDÔNIA DEPARTAMENTO DE PESQUISA, INOVAÇÃO E PÓS-GRADUAÇÃO - CAMPUS ARIQUEMES

Leia mais

EDITAL CAPES N 004/2012/ CAPES. Seleção pública de propostas de projetos de eventos voltados ao Programa de Apoio a Eventos no País - PAEP

EDITAL CAPES N 004/2012/ CAPES. Seleção pública de propostas de projetos de eventos voltados ao Programa de Apoio a Eventos no País - PAEP PAEP Programa de Apoio a Eventos no País EDITAL CAPES N 004/2012/ CAPES Seleção pública de propostas de projetos de eventos voltados ao Programa de Apoio a Eventos no País - PAEP A Fundação Coordenação

Leia mais

Original assinado Vicente Pereira de Almeida Presidente do CS

Original assinado Vicente Pereira de Almeida Presidente do CS SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA GOIANO CONSELHO SUPERIOR RESOLUÇÃO Nº 037/2013 DE 27

Leia mais

Instruções para utilização do sistema PROEXWEB Passos para propor uma nova atividade de extensão ou reofertar uma atividade no sistema PROEXWEB

Instruções para utilização do sistema PROEXWEB Passos para propor uma nova atividade de extensão ou reofertar uma atividade no sistema PROEXWEB Instruções para utilização do sistema PROEXWEB Passos para propor uma nova atividade de extensão ou reofertar uma atividade no sistema PROEXWEB 1- NOVA ATIVIDADE - Entrar no sistema PROEXWEB no endereço

Leia mais

Manual de Procedimentos

Manual de Procedimentos UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA Manual de Procedimentos 1º TREINAMENTO DO ESCRITÓRIO REGIONAL DE APOIO À PESQUISA Faculdade de Ciências Farmacêuticas Setembro 2012 Faculdade de Ciências Farmacêuticas 1

Leia mais

EDITAL Nº 30, DE 15 DE AGOSTO DE 2014

EDITAL Nº 30, DE 15 DE AGOSTO DE 2014 EDITAL Nº 30, DE 15 DE AGOSTO DE 2014 A DIRETORA GERAL Pro-tempore DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO SUL (IFRS) -, por intermédio da Coordenação de Extensão, no uso

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA N 05/2011/GABINETE Florianópolis, 27 de junho de 2011. Assunto: Solicitação de Afastamento do País (VIAGENS INTERNACIONAIS)

INSTRUÇÃO NORMATIVA N 05/2011/GABINETE Florianópolis, 27 de junho de 2011. Assunto: Solicitação de Afastamento do País (VIAGENS INTERNACIONAIS) INSTRUÇÃO NORMATIVA N 05/2011/GABINETE Florianópolis, 27 de junho de 2011. Assunto: Solicitação de Afastamento do País (VIAGENS INTERNACIONAIS) A Reitora do IF-SC no uso das atribuições que lhe foram conferidas

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA INTEGRAÇÃO LATINO-AMERICANA UNILA EDITAL PROGRAD Nº 79 DE 15 DE SETEMBRO DE 2014

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA INTEGRAÇÃO LATINO-AMERICANA UNILA EDITAL PROGRAD Nº 79 DE 15 DE SETEMBRO DE 2014 EDITAL PROGRAD Nº 79 DE 15 DE SETEMBRO DE 2014 CONSIDERANDO as normas estabelecidas pela Resolução COSUEN 013/2014, de 23 de julho de 2014, a Pró-Reitoria de Graduação, no uso de suas atribuições, torna

Leia mais

Campus Planaltina. DIARIAS E PASSAGENS PARA CAPACITAÇÃO DE SERVIDORES EDITAL Nº 02/2015 DE 18 DE AGOSTO DE 2015

Campus Planaltina. DIARIAS E PASSAGENS PARA CAPACITAÇÃO DE SERVIDORES EDITAL Nº 02/2015 DE 18 DE AGOSTO DE 2015 DIARIAS E PASSAGENS PARA CAPACITAÇÃO DE SERVIDORES EDITAL Nº 02/2015 DE 18 DE AGOSTO DE 2015 A DIRETORA GERAL DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE BRASÍLIA, nomeada pela portaria 148

Leia mais

04/05/2010. Segundo a Rede de Pesquisa e Inovação em Tecnologias Digitais (RENAPI)

04/05/2010. Segundo a Rede de Pesquisa e Inovação em Tecnologias Digitais (RENAPI) Agenda MINISTERIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCACÃO PROFISSIONAL ETECNOLÓGICA IFBAIANO Sistema Integrado de Gestão Acadêmica Administrativo SIGA-ADM ADM Módulo de Protocolo TREINAMENTO (Geral) O Sistema

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA N 009, de 29 de junho de 2007. FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO / CONTROLE INTERNO

INSTRUÇÃO NORMATIVA N 009, de 29 de junho de 2007. FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO / CONTROLE INTERNO INSTRUÇÃO NORMATIVA N 009, de 29 de junho de 2007. FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO / CONTROLE INTERNO Estabelece normas sobre a abertura e tramitação de processos

Leia mais

REGRAS PARA A UTILIZAÇÃO DOS RECURSOS PROAP/CAPES

REGRAS PARA A UTILIZAÇÃO DOS RECURSOS PROAP/CAPES REGRAS PARA A UTILIZAÇÃO DOS RECURSOS PROAP/CAPES Baseado no que determina a Portaria 64 da CAPES I) Informações gerais: Para entendimento e melhor uso dos recursos provenientes do Programa de Apoio a

Leia mais

Procedimento Administrativo de Incentivo à Participação em Eventos e Cursos para Capacitação dos Servidores do IFG 2013

Procedimento Administrativo de Incentivo à Participação em Eventos e Cursos para Capacitação dos Servidores do IFG 2013 Procedimento Administrativo de Incentivo à Participação em Eventos e Cursos para Capacitação dos Servidores do IFG 2013 O Programa Institucional de Incentivo à Participação em Eventos e Cursos para Capacitação

Leia mais

EDITAL Nº 01/2015, DE 15 DE ABRIL DE

EDITAL Nº 01/2015, DE 15 DE ABRIL DE Edital nº 01, de 15 de abril de 2015, da Universidade Federal de Pelotas UFPEL, referente ao processo seletivo simplificado, para a função temporária de TUTOR PRESENCIAL para atuar no Curso de Especialização

Leia mais

Material de apoio. Portaria SNJ nº 252, de 27/ 12/ 12, publicada no D.O.U. de 31/ 12 /12. Manual do usuário. Manual da nova comprovação de vínculo.

Material de apoio. Portaria SNJ nº 252, de 27/ 12/ 12, publicada no D.O.U. de 31/ 12 /12. Manual do usuário. Manual da nova comprovação de vínculo. Material de apoio Material de apoio Portaria SNJ nº 252, de 27/ 12/ 12, publicada no D.O.U. de 31/ 12 /12. Manual do usuário. Manual da nova comprovação de vínculo. Informações Gerais O sistema CNES/MJ

Leia mais

EDITAL Nº 18 de 11 de dezembro de 2014

EDITAL Nº 18 de 11 de dezembro de 2014 EDITAL Nº 18 de 11 de dezembro de 2014 A Pró-Reitoria de Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação (PROPPI) do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Goiano (IF Goiano), comunica aos interessados

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA N.º 002, de 12 de março de 2014.

INSTRUÇÃO NORMATIVA N.º 002, de 12 de março de 2014. INSTRUÇÃO NORMATIVA N.º 002, de 12 de março de 2014. FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA GABINETE DO REITOR PRÓ-REITORIA DE ADMINISTRAÇÃO - PROAD Disciplina no âmbito da UDESC os procedimentos

Leia mais

Orientações Básicas. FAPERGS Edital 16/2013 TECNOVA/RS

Orientações Básicas. FAPERGS Edital 16/2013 TECNOVA/RS 1 FAPERGS Edital 16/2013 Orientações Básicas Execução Financeira dos Recursos de Subvenção Econômica FAPERGS Edital 16/2013 TECNOVA/RS 2 1. Regras Básicas Vedado alteração do objeto do Termo de Subvenção

Leia mais

EDITAL N. 57/2015. II. Incentivar a divulgação dos resultados de pesquisa e inovação realizadas no âmbito do IFRO Campus Cacoal;

EDITAL N. 57/2015. II. Incentivar a divulgação dos resultados de pesquisa e inovação realizadas no âmbito do IFRO Campus Cacoal; EDITAL N. 57/2015 INCENTIVO A DIVULGAÇÃO E PARTICIPAÇÃO EM EVENTOS CIENTÍFICOS, TECNOLÓGICOS E DE INOVAÇÃO POR SERVIDORES DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE RONDÔNIA CAMPUS CACOAL.

Leia mais

Instituto de Previdência e Assistência dos Servidores do Município de Vitória

Instituto de Previdência e Assistência dos Servidores do Município de Vitória Instituto de Previdência e Assistência dos Servidores do Município de Vitória INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 03/2009 Dispõe sobre os procedimentos para realização de despesas com concessão de passagens e diárias

Leia mais

Manual Operacional do Sistema de Concessão de Diárias e Passagens - SCDP Autoridades e Execução Financeira (AGOSTO 2010)

Manual Operacional do Sistema de Concessão de Diárias e Passagens - SCDP Autoridades e Execução Financeira (AGOSTO 2010) Manual Operacional do Sistema de Concessão de Diárias e Passagens - SCDP Autoridades e Execução Financeira (AGOSTO 2010) Índice 1. Aprovação...03 1.1. Proponente / Autoridade Concedente...03 1.2. Autoridade

Leia mais

Atendimentos Externos

Atendimentos Externos Aprovado por Comitê da Qualidade Analisado criticamente por Chefe do Departamento de Atendimento ao Usuário 1. OBJETIVOS Orientar os técnicos N2 quanto ao procedimento de atendimento aos usuários do MPGO

Leia mais

PROCEDIMENTOS PARA ORGANIZAÇÃO DO EXAME DE DEFESA PELO MESTRANDO (PRÉ-DEFESA)

PROCEDIMENTOS PARA ORGANIZAÇÃO DO EXAME DE DEFESA PELO MESTRANDO (PRÉ-DEFESA) PROCEDIMENTOS PARA ORGANIZAÇÃO DO EXAME DE DEFESA PELO MESTRANDO (PRÉ-DEFESA) Este roteiro não dispensa a leitura da Norma Complementar Nº007 (05/09/2012) e do Regimento Interno do PPGEP-S 1. Sobre os

Leia mais

DECRETO Nº 951 DE 23 DE JULHO DE 2014.

DECRETO Nº 951 DE 23 DE JULHO DE 2014. DECRETO Nº 951 DE 23 DE JULHO DE 2014. Regulamenta a Lei nº 2.054 de 12 de junho de 2014 para dispor sobre o custeio de transporte, hospedagem e alimentação do colaborador eventual e do profissional técnico

Leia mais

PORTARIA UFERSA/GAB Nº 428/2009, 04 de Maio de 2009

PORTARIA UFERSA/GAB Nº 428/2009, 04 de Maio de 2009 PORTARIA UFERSA/GAB Nº 428/2009, 04 de Maio de 2009 O Reitor da Universidade Federal Rural do Semi-Árido, no uso das atribuições que lhe confere o Decreto do Ministério da Educação de 30 de julho de 2008,

Leia mais

2.2. Cada grupo proponente poderá apresentar apenas 1 (uma) proposta no âmbito deste edital.

2.2. Cada grupo proponente poderá apresentar apenas 1 (uma) proposta no âmbito deste edital. Objetivo Apoiar a elaboração de propostas de novos Programas de Pós-graduação stricto sensu na UFSJ, formuladas por grupos de pesquisadores da Instituição, através de visita de professores/pesquisadores

Leia mais

PROGRAMA DE APOIO À PUBLICAÇÃO QUALIFICADA - PAPQ

PROGRAMA DE APOIO À PUBLICAÇÃO QUALIFICADA - PAPQ EDITAL 01/2016 PROPESP PROGRAMA DE APOIO À PUBLICAÇÃO QUALIFICADA - PAPQ A Pró- Reitoria de Pesquisa e Pós- Graduação (PROPESP) torna pública a seleção de propostas no âmbito do Programa de Apoio à Publicação

Leia mais

Serviço Público Federal. Pró-Reitoria de Pós-Graduação (PROPG) da UFRGS

Serviço Público Federal. Pró-Reitoria de Pós-Graduação (PROPG) da UFRGS Pró-Reitoria de Pós-Graduação (PROPG) da UFRGS EDITAL 001/2012: Missão científica de curta duração no exterior para estudantes dos Programas de Pós-Graduação da UFRGS PROGRAMA DE ESTÍMULO À INSERÇÃO INTERNACIONAL

Leia mais

EDITAL 05/2015 PROPESP/FADESP PROGRAMA DE APOIO À COOPERAÇÃO INTERINSTITUCIONAL PACI SUBPROGRAMA COOPERAÇÃO INTERNACIONAL

EDITAL 05/2015 PROPESP/FADESP PROGRAMA DE APOIO À COOPERAÇÃO INTERINSTITUCIONAL PACI SUBPROGRAMA COOPERAÇÃO INTERNACIONAL EDITAL 05/2015 PROPESP/FADESP PROGRAMA DE APOIO À COOPERAÇÃO INTERINSTITUCIONAL PACI SUBPROGRAMA COOPERAÇÃO INTERNACIONAL A Pró- Reitoria de Pesquisa e Pós- Graduação (PROPESP) e a Fundação de Amparo e

Leia mais

ORIENTAÇÕES GERAIS PARA CADASTRO DE AÇÃO DE EXTENSÃO DO LOGIN AO FORMULÁRIO DE CADASTRO... 3

ORIENTAÇÕES GERAIS PARA CADASTRO DE AÇÃO DE EXTENSÃO DO LOGIN AO FORMULÁRIO DE CADASTRO... 3 TUTORIAL SIEX ORIENTAÇÕES GERAIS PARA CADASTRO DE AÇÃO DE EXTENSÃO DO LOGIN AO FORMULÁRIO DE CADASTRO... 3 1. Como acessar ao formulário de inscrição de proposta... 3 2. Quais os passos de preenchimento

Leia mais

POLÍTICA INSTITUCIONAL DE VIAGENS

POLÍTICA INSTITUCIONAL DE VIAGENS POLÍTICA INSTITUCIONAL DE VIAGENS 1 INTRODUÇÃO A ANEC Associação Nacional de Educação Católica do Brasil, através de sua estrutura organizacional e de seus colaboradores, tem avançado muito no cumprimento

Leia mais