Novos navios-tanque permitirão a marinha chinesa dar a volta ao mundo

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Novos navios-tanque permitirão a marinha chinesa dar a volta ao mundo"

Transcrição

1 Novos navios-tanque permitirão a marinha chinesa dar a volta ao mundo A Marinha do Exército de Libertação Popular da China, agora tem um porta-aviões, caças novos para voar, novos submarinos e destróieres com mísseis guiados capazes de proteger seu porta-aviões remodelado. E com os bem sucedidos testes de mar, dos dois novos naviostanque, (NT), de 180 metros de comprimento da frota, mantendo abastecidos os navios enquanto navegava por longas distâncias, a marinha poderá em breve ser capaz de aumentar seu número de navios-tanque para ir além das águas costeiras.

2 A taxa de construção de navios-tanque vai ser um termômetro particularmente revelador do futuro plano de intenções expedicionárias,escreveu Andrew Erickson, analista da Faculdade de Guerra Naval dos EUA. Com navios-tanque mais novos, a China será capaz de enviar seus novos navios para vários lugares. Sem reabastecimento, navios podem viajar apenas alguns milhares de quilômetros, já com o reabastecimento de combustível, podem circundar o globo. Os mais recentes navios-tanque, são os da classe Qiandaohu, também conhecidos como Tipo 903, e foram lançados em um estaleiro em Guangzhou e em Xangai na última primavera. Depois do trabalho suplementar, os NTs começaram os testes de mar nos mares da China, testando sistemas mecânicos mais os tanques de armazenamento, válvulas, mangueiras e outros equipamentos para reabastecimento de outros navios no mar. Esta semana, o primeiro deles, o Qiandaohu teria concluído seus testes, tornando-se apto para operar. Quando se trata de preparar novos navios de guerra para o serviço, nove meses não é muito tempo. Muitas embarcações dos

3 EUA levam anos para ir do lançamento através de ensaios para o comissionamento. Um analista militar chinesa, que tem um blog sob o pseudônimo de Coatepeque, chama os ensaios dos Oilers Speedy impressionante. A situação da Marinha da China é ruim e ela tem necessidade desses NTs novos, escreveu Coatepeque. Ele não está errado. Antes da introdução do novo tipo 903, a Marinha do PLA possuía apenas um punhado de NTs menores, incluindo navios soviéticos remodelados e dois de uma versão anterior ao classe Qiandaohu, num total de apenas cinco NTs para apoiar uma frota de combate com não menos do que 75 navios de guerra principais, incluindo fragatas, destróieres, navios de assalto anfíbio e um porta aviões. Os EUA, por outro lado, possui mais de 30 navios de reabastecimento em operação para apoiar cerca de 130 navios de guerra de grande superfície. Externamente semelhante a navios-tanque comerciais, os NTs militares são navios enganosamente simples. Seu equipamento básico não mudou muito em um século, mas as técnicas para usar os NTs são das mais difíceis de dominar em qualquer marinha.

4 Para abastecer um outro navio, o NT e o navio receptor devem coincidir suas velocidades e fechar (se aproximar), dentro de algumas dezenas de metros um do outro. Os tripulantes usam armas especiais para lançar linhas entre os navios, em seguida, usam as linhas para passar as mangueiras de combustível tudo isso enquanto os navios continuam navegando. É preciso uma equipe de bem adestrada, com práticas rígidas de segurança para fazer um reabastecimento acontecer sem incidentes, de acordo com o Comando Militar Marítimo, que opera os NTs dos EUA. A escassez de NTs e também a inexperiência no plano operacional nesses navios, impôs sérias limitações na capacidade da China para implantar as forças navais para além dos mares da China. Patrulhas regulares de combate à pirataria no Oceano Índico mais o exercício ocasional perto do Japão, a Marinha do PLA foi além de sua capacidade. Com apenas cinco NTs em sua frota, ela mal consegue manter-se, escreveu Coatepeque sobre a marinha chinesa. Com a frota existente de Nts tendo que navegar junto com o novo porta aviões Liaoning, Pequim se viu forçado a fazer uma escolha difícil: manter o porta aviões em suas águas ou cortar tanto as patrulhas de combate à pirataria ou os treinamentos de longo alcance. Da mesma forma, os dois novos Tipo 903 darão as opções do Partido Comunista chinês. Para que o porta aviões Liaoning, seus aviões, escoltas e outras forças de apoio funcionem como anunciado e esses é o grande SE a China tem agora um navio de guerra grande, potencialmente poderoso que, com o apoio do NT, poderá navegar milhares de quilômetros de distância para fazer bandeira ou uma guerra. FONTE: Wired.com TRADUÇÃO E ADAPTAÇÃO: Defesa Aérea & Naval NOTA DO EDITOR: Em breve veremos navios de guerra chineses

5 navegando pelo Atlântico Sul, mostrando bandeira na costa africana e quem sabe na costa brasileira também. A presença chinesa é grande nos países africanos e com esse aumento na capacidade da marinha, a presença militar deverá aumentar também.

Tipos de Embarcações, Qualidades Náuticas e Operacionais. Arquitectura Naval

Tipos de Embarcações, Qualidades Náuticas e Operacionais. Arquitectura Naval Tipos de Embarcações, Qualidades Náuticas e Operacionais Classificação dos Navios de Comércio Segundo Natureza do Transporte Os navios de carga podem ser divididos em vários tipos básicos: Navios de Massa

Leia mais

Dragão chinês e Urso russo cortam garras da Águia dos EUA

Dragão chinês e Urso russo cortam garras da Águia dos EUA Dragão chinês e Urso russo cortam garras da Águia dos EUA Os EUA colocaram no Japão 35.000 militares do Comando do Pacífico dos Estados Unidos (USPACOM, sigla inglesa) dois porta-aviões, cinco destroyres

Leia mais

Engenharia. Mecânica. E o Mar. Engenharia Mecânica e o Mar. Transportes marítimos. Transportes marítimos 1M08_03: António Martins, Diogo Perestrelo,

Engenharia. Mecânica. E o Mar. Engenharia Mecânica e o Mar. Transportes marítimos. Transportes marítimos 1M08_03: António Martins, Diogo Perestrelo, Engenharia Engenharia Mecânica e o Mar Mecânica Transportes marítimos E o Mar 1M08_03: António Martins, Diogo Perestrelo, Helena Pimenta, Hugo Espírito-Santo, Maria Carolina Cunha Supervisor: Abílio Jesus

Leia mais

Luciano Coutinho Presidente

Luciano Coutinho Presidente Panorama e Oportunidades da Indústria de Defesa no Brasil Seminário: As oportunidades da indústria de defesa e a segurança para o Brasil e a região do ABC São Bernardo do Campo, 20 de outubro de 2011 Luciano

Leia mais

O Governo da República Portuguesa e o Governo da Federação da Rússia, a seguir denominados por Partes:

O Governo da República Portuguesa e o Governo da Federação da Rússia, a seguir denominados por Partes: Resolução da Assembleia da República n.º 27/2003 Acordo entre o Governo da República Portuguesa e o Governo da Federação da Rússia para a Prevenção de Incidentes no Mar, fora das Águas Territoriais, assinado

Leia mais

C L I P P I N G. Data Órgão Pág. Tema Expresso 25 Earthrace

C L I P P I N G. Data Órgão Pág. Tema Expresso 25 Earthrace 17.11.07 Expresso 25 Earthrace 16.11.07 Expresso On-line Earthrace Ambiente: Barco futurista quer dar volta ao Mundo em 60 dias Faro, 16 Nov (Lusa) - É capaz de atravessar ondas, parece uma aranha futurista

Leia mais

História das Relações Internacionais BH1335 (4-0-4)

História das Relações Internacionais BH1335 (4-0-4) História das Relações Internacionais BH1335 (4-0-4) Professor Dr. Demétrio G. C. de Toledo BRI demetrio.toledo@ufabc.edu.br UFABC 2016.I Aula 17 2ª-feira, 11 de abril Módulo III: Sistema internacional

Leia mais

ARTILHARIA DE CAMPANHA NO EXÉRCITO BRASILEIRO EM 2007

ARTILHARIA DE CAMPANHA NO EXÉRCITO BRASILEIRO EM 2007 ARTILHARIA DE CAMPANHA NO EXÉRCITO BRASILEIRO EM 2007 A Arma de Artilharia no Exército Brasileiro é dividida em Artilharia Antiaérea e Artilharia de Campanha. A de Campanha é assim definida: A Artilharia

Leia mais

PROJETOS ESTRATÉGICOS DA MARINHA 17 MAIO 2016 FIRJAN / GICAN

PROJETOS ESTRATÉGICOS DA MARINHA 17 MAIO 2016 FIRJAN / GICAN PROJETOS ESTRATÉGICOS DA MARINHA 17 MAIO 2016 FIRJAN / GICAN SUMÁRIO 1. AMAZÔNIA AZUL 2. PROJETOS ESTRATÉGICOS 3. BENEFÍCIOS PARA O PAÍS 4. CONSIDERAÇÕES FINAIS AMAZÔNIA AZUL AMAZÔNIA AZUL 97% DO COMÉRIO

Leia mais

PARTE II REGRAS PARA CONSTRUÇÃO E CLASSIFICAÇÃO DE NAVIOS IDENTIFICADOS POR SUAS MISSÕES CAPÍTULOS ABORDAGEM

PARTE II REGRAS PARA CONSTRUÇÃO E CLASSIFICAÇÃO DE NAVIOS IDENTIFICADOS POR SUAS MISSÕES CAPÍTULOS ABORDAGEM PARTE II REGRAS PARA CONSTRUÇÃO E CLASSIFICAÇÃO DE NAVIOS IDENTIFICADOS POR SUAS MISSÕES TÍTULO 41 NAVIOS PESQUEIROS SEÇÃO 1 ARQUITETURA NAVAL CAPÍTULOS A B C D E F ABORDAGEM DOCUMENTOS, REGULAMENTAÇÃO

Leia mais

O TRANSPORTE DO ETANOL PELA HIDROVIA TIETÊ-PARANÁ

O TRANSPORTE DO ETANOL PELA HIDROVIA TIETÊ-PARANÁ O TRANSPORTE DO ETANOL PELA HIDROVIA TIETÊ-PARANÁ Câmara dos Deputados 2º Seminário de Portos e Vias Navegáveis 22/09/2011 Agenor Junqueira Diretor de Transporte Marítimo Projeção do Aumento da FROTA ANO

Leia mais

Fornecimentos às Forças Armadas russas em 2015

Fornecimentos às Forças Armadas russas em 2015 Fornecimentos às Forças Armadas russas em 2015 De Tatiana Russakova, Gazeta Russa Veículos multifuncionais e armamento para tropas terrestres lideram aquisições. Investir em Defesa é investir no Brasil,

Leia mais

Ministro Jungmann recebe parlamentares de Rondônia e Goiás*

Ministro Jungmann recebe parlamentares de Rondônia e Goiás* Ministro Jungmann recebe parlamentares de Rondônia e Goiás* A importância do Programa Calha Norte foi o tema central da audiência do ministro da Defesa, Raul Jungmann, com parlamentares do estado de Rondônia.

Leia mais

CHRIS JONES/CORBIS/LATINSTOCK. Capítulo 4 Meios de transporte e de comunicação

CHRIS JONES/CORBIS/LATINSTOCK. Capítulo 4 Meios de transporte e de comunicação CHRIS JONES/CORBIS/LATINSTOCK Capítulo 4 Meios de transporte e de comunicação Objetos fixos, fluxos e rede de transporte Do ponto de vista da circulação, o espaço geográfico é uma combinação de objetos

Leia mais

PROGRAMA DE REAPARELHAMENTO DA MARINHA. CAlte PETRONIO Coordenador do PRM

PROGRAMA DE REAPARELHAMENTO DA MARINHA. CAlte PETRONIO Coordenador do PRM PROGRAMA DE REAPARELHAMENTO DA MARINHA CAlte PETRONIO Coordenador do PRM INTRODUÇÃO SUMÁRIO A IMPORTÂNCIA DAS ÁGUAS BRASILEIRAS O PROGRAMA DE REAPARELHAMENTO DA MARINHA CONSIDERAÇÕES FINAIS 2 de 27 BRASIL

Leia mais

PROJETOS ESTRATÉGICOS DA MARINHA DO BRASIL CEEEX 22 NOVEMBRO 2016

PROJETOS ESTRATÉGICOS DA MARINHA DO BRASIL CEEEX 22 NOVEMBRO 2016 PROJETOS ESTRATÉGICOS DA MARINHA 22 NOVEMBRO 2016 DO BRASIL CEEEX SUMÁRIO 1. AMAZÔNIA AZUL 2. PROJETOS ESTRATÉGICOS 3. BENEFÍCIOS PARA O PAÍS 4. CONSIDERAÇÕES FINAIS AMAZÔNIA AZUL AMAZÔNIA AZUL 97% DO

Leia mais

Maior batalha de tanques da Segunda Guerra Mundial aconteceu há 70 anos

Maior batalha de tanques da Segunda Guerra Mundial aconteceu há 70 anos Maior batalha de tanques da Segunda Guerra Mundial aconteceu há 70 anos Há 70 anos, no dia 12 de julho de 1943, no campo de Prokhorovka, a 56 quilômetros para norte da cidade de Belgorod, teve lugar a

Leia mais

Flotilha do Amazonas recebe lanchas colombianas LPR-40

Flotilha do Amazonas recebe lanchas colombianas LPR-40 Flotilha do Amazonas recebe lanchas colombianas LPR-40 A Marinha do Brasil, por intermédio do Comando do 9º Distrito Naval, realizou, no dia 11 de março, a Cerimônia de Entrega de duas Lanchas-Patrulha

Leia mais

Não é só aqui! David Cameron nega que MoD não possa financiar novos navios para a RN

Não é só aqui! David Cameron nega que MoD não possa financiar novos navios para a RN Não é só aqui! David Cameron nega que MoD não possa financiar novos navios para a RN Ilustração da futura Fragata Type 26 David Cameron rejeitou as acusações de que um programa de construção naval da Marinha

Leia mais

3º Ciclo de Palestras sobre. Pré-Sal - o Papel da. Defesa do Patrimônio e Alocação de Recursos para essa Finalidade.

3º Ciclo de Palestras sobre. Pré-Sal - o Papel da. Defesa do Patrimônio e Alocação de Recursos para essa Finalidade. 3º Ciclo de Palestras sobre Defesa Nacional Pré-Sal - o Papel da Marinha ih do Brasil na Defesa do Patrimônio e Alocação de Recursos para essa Finalidade. Apresentação para a Comissão de Relações Exteriores

Leia mais

COMDABRA: garantia da soberania nacional do Brasil

COMDABRA: garantia da soberania nacional do Brasil COMDABRA: garantia da soberania nacional do Brasil O Comando de Defesa Aeroespacial Brasileiro (COMDABRA) é um dos mais importantes do país por ser o responsável pela garantia da soberania nacional. Diálogo

Leia mais

Pontos Críticos: CONTACTOS IMPORTANTES:

Pontos Críticos: CONTACTOS IMPORTANTES: Pontos Críticos: Condições de segurança ao navegar junto à costa africana Possibilidade reduzida de ocorrência de mau tempo (as pernas são curtas e as previsões meteorológicas mais fiáveis ) 1 CONTACTOS

Leia mais

Travessia: Madeira-Canárias em mota água já leva 5 horas de viagem

Travessia: Madeira-Canárias em mota água já leva 5 horas de viagem http://www.correiodominho.com/noticias.php?id=8795 Travessia: Madeira-Canárias em mota água já leva 5 horas de viagem Nacional 2009 06 08 O engenheiro mecânico Frederico Rezende que está a ligar a Madeira

Leia mais

HOMENS, DOUTRINAS E ORGANIZAÇÃO

HOMENS, DOUTRINAS E ORGANIZAÇÃO 13 Oto C^ ' ^ HISTÓRIA DA MARINHA PORTUGUESA HOMENS, DOUTRINAS E ORGANIZAÇÃO 1824-1974 (TOMO I) Coordenador e Autor ANTÓNIO JOSÉ JELO ACADEMIA DE MARINHA LISBOA 1999 ÍNDICE SIGLAS E ABREVIATURAS PREFÁCIO

Leia mais

DGS lança nova geração do modelo 650

DGS lança nova geração do modelo 650 DGS lança nova geração do modelo 650 Fabricada pelo estaleiro DGS Defence, que desenvolve projetos e constrói barcos militares exclusivos, a DGS 650 é uma embarcação tubular rígida híbrida Rio de Janeiro,

Leia mais

Estudos de Defesa serão ofertados por instituições de ensino superior do País*

Estudos de Defesa serão ofertados por instituições de ensino superior do País* Estudos de Defesa serão ofertados por instituições de ensino superior do País* Em uma decisão histórica o Ministério da Educação resolveu incluir na grade curricular das universidades o tema de defesa

Leia mais

O 13º navio da MSC Cruzeiros será baptizado a 23 de Março de 2013

O 13º navio da MSC Cruzeiros será baptizado a 23 de Março de 2013 O 13º navio da MSC Cruzeiros será baptizado a 23 de Março de 2013 Honrando uma antiga tradição marítima, na passada manhã de 11 de Outubro realizou-se uma cerimónia nos estaleiros STX em Saint-Nazaire,

Leia mais

Liberdade. in «Antologia Mar», Sophia de Mello Breyner Andresen. LEME - Barómetro PwC da Economia do Mar PwC

Liberdade. in «Antologia Mar», Sophia de Mello Breyner Andresen. LEME - Barómetro PwC da Economia do Mar PwC Liberdade Aqui nesta praia onde Não há nenhum vestígio de impureza, Aqui onde há somente Ondas tombando ininterruptamente, Puro espaço e lúcida unidade, Aqui o tempo apaixonadamente Encontra a própria

Leia mais

Marinha do Brasil realiza Operação Fraterno XXX

Marinha do Brasil realiza Operação Fraterno XXX Marinha do Brasil realiza Operação Fraterno XXX A Marinha do Brasil realizou, em conjunto com a Armada Argentina, a Operação Fraterno XXX, entre os dias 29 de agosto e 11 de setembro, na área marítima

Leia mais

Corveta Barroso parte pela segunda vez para o Líbano*

Corveta Barroso parte pela segunda vez para o Líbano* Corveta Barroso parte pela segunda vez para o Líbano* Familiares e amigos dos militares que compõem a tripulação da "Barroso" estiveram neste domingo (06), na Base Naval, em Niterói, para acompanhar o

Leia mais

Os Simuladores de Treino na Marinha 16MAR2010

Os Simuladores de Treino na Marinha 16MAR2010 Os Simuladores de Treino na Marinha CMG EMA Cancela Roque Agenda Introdução Tipos de simuladores Tipos de treino A definição de requisitos Alguns simuladores Perspectivas de evolução Conclusões 2 Conceitos

Leia mais

Seis tecnologias automotivas que vieram dos aviões Freios ABS

Seis tecnologias automotivas que vieram dos aviões Freios ABS Portal RCP - Notícias Seis tecnologias automotivas que vieram dos aviões Freios ABS Já imaginou ter de parar um Antonov 225 sem freios ABS? (Reprodução) Devido aos pesos, velocidades e distâncias envolvidas,

Leia mais

FA-18E/F UMA OPÇÃO ADEQUADA PARA A FAB

FA-18E/F UMA OPÇÃO ADEQUADA PARA A FAB FA-18E/F UMA OPÇÃO ADEQUADA PARA A FAB Roberto Portella Bertazzo, Bacharel em História pela UFJF, Membro da Sociedade Latino Americana de Historiadores Aeronáuticos (LAAHS), Membro do Centro de Pesquisas

Leia mais

Tempo inóspito não permite pouso de avião na Antártica

Tempo inóspito não permite pouso de avião na Antártica Tempo inóspito não permite pouso de avião na Antártica Aeronave sobrevoou continente por 2h, mas não conseguiu visualizar pista. Nova tentativa será feita nesta quinta-feira. A quarta-feira (6) foi marcada

Leia mais

Roteiro da atividade. fase 1. Gráfico

Roteiro da atividade. fase 1. Gráfico Roteiro da atividade Título da animação: Fazendo um plano de vôo Autor: Carmen Tereza Pagy Felipe dos Reis, Celso de Oliveira Faria e Walter Spinelli Texto: fase 1 Gráfico Olá amigos. Agora você será o

Leia mais

AULA CHINA. Programas e Doutrinas Nucleares. Flávio Rocha de Oliveira UFABC Energia Nuclear e Relações Internacionais

AULA CHINA. Programas e Doutrinas Nucleares. Flávio Rocha de Oliveira UFABC Energia Nuclear e Relações Internacionais AULA CHINA Programas e Doutrinas Nucleares Flávio Rocha de Oliveira UFABC Energia Nuclear e Relações Internacionais Geopolítica a Situação Mundial Fim da II Guerra Guerra Civil PC Chinês e Kuomitang Guerra

Leia mais

ENTREVISTA José Luís Fiori Atlântico Sul: militarismo revisitado

ENTREVISTA José Luís Fiori Atlântico Sul: militarismo revisitado ENTREVISTA José Luís Fiori Atlântico Sul: militarismo revisitado Nem todos sabem. Mas, nas barbas do litoral brasileiro, há uma rotina complexa de bases e exercícios militares empreendidos pelas forças

Leia mais

O Pacífico como zona de competição militar

O Pacífico como zona de competição militar O Pacífico como zona de competição militar Os EUA continuam aumentando seu poderio naval no oceano Pacífico. Neste oceano já se encontram 60% dos seus submarinos equipados com armas nucleares. O reforço

Leia mais

MIRAGE 2000 UM BOM NEGÓCIO?

MIRAGE 2000 UM BOM NEGÓCIO? MIRAGE 2000 UM BOM NEGÓCIO? Roberto Portella Bertazzo, Bacharel em História pela UFJF e Membro da Sociedade Latino Americana de Historiadores Aeronáuticos (LAAHS) robertobertazzo@hotmail.com A compra de

Leia mais

CONFLITOS E TENSÕES ATUAIS

CONFLITOS E TENSÕES ATUAIS CONFLITOS E TENSÕES ATUAIS GUERRA DA COREIA 1950/53 ANTECEDENTES DO CONFLITO Coreia do Norte Novo sócio do clube atômico Em 2002, o presidente do Estados Unidos, George W Bush, afirmou que a Coreia

Leia mais

Ministros da Defesa e do GSI participam de reunião sobre segurança no Centro de Inteligência dos Jogos Rio 2016*

Ministros da Defesa e do GSI participam de reunião sobre segurança no Centro de Inteligência dos Jogos Rio 2016* Ministros da Defesa e do GSI participam de reunião sobre segurança no Centro de Inteligência dos Jogos Rio 2016* Os ministros da Defesa, Raul Jungmann, e do Gabinete da Segurança Institucional (GSI) da

Leia mais

Por que os Estados Unidos. combater o Estado Islâmico (ISIS)

Por que os Estados Unidos. combater o Estado Islâmico (ISIS) Por que os Estados Unidos devem usar forças de operações especiais para combater o Estado Islâmico (ISIS) Por Tenente-Coronel Rocco Vergara Lancellotti* As Forças de Operações Especiais (SOF, na sigla

Leia mais

06/06/1944 Dia D marca a chegada dos Aliados à França

06/06/1944 Dia D marca a chegada dos Aliados à França 06/06/1944 Dia D marca a chegada dos Aliados à França Embora o termo Dia D seja rotineiramente usado em um contexto militar para o dia de uma operação ou um evento planejado, para muitas pessoas esta expressão

Leia mais

Reflexões sobre o Impacto da Catástrofe Japonesa na Política Internacional, por Yu Zhiming

Reflexões sobre o Impacto da Catástrofe Japonesa na Política Internacional, por Yu Zhiming Reflexões sobre o Impacto da Catástrofe Japonesa na Política Internacional, por Yu Zhiming No mês de março de 2011, o mundo assistiu a um Japão em pane, inundado sob as águas e sob o perigo da radiação

Leia mais

Colégio FAAT Ensino Fundamental e Médio

Colégio FAAT Ensino Fundamental e Médio Colégio FAAT Ensino Fundamental e Médio Lista de Exercícios 2_2 BIMESTRE Nome: Nº Turma: 1 EM Profa Kelly Data: Conteúdo: Queda livre e lançamentos verticais; Princípios fundamentais da dinâmica Parte

Leia mais

OZEAN ESCOLA NÁUTICA CAPÍTULO 13 NORMAS DA AUTORIDADE MARÍTIMA (NORMAM 03/2003)

OZEAN ESCOLA NÁUTICA  CAPÍTULO 13 NORMAS DA AUTORIDADE MARÍTIMA (NORMAM 03/2003) OZEAN ESCOLA NÁUTICA CAPÍTULO 13 NORMAS DA AUTORIDADE MARÍTIMA (NORMAM 03/2003) Conforme mencionado no Cap. 9, a Lei n 9.537, de 11 de dezembro de 1997 que dispõe sobre a SEGURANÇA DO TRÁFEGO AQUAVIÁRIO

Leia mais

José Alberto Azeredo Lopes. Ministro da Defesa Nacional

José Alberto Azeredo Lopes. Ministro da Defesa Nacional José Alberto Azeredo Lopes Ministro da Defesa Nacional Intervenção do Ministro da Defesa Nacional, José Alberto Azeredo Lopes, no workshop Viver o Douro com mais segurança, organizado pela Autoridade Marítima

Leia mais

Uma USV multifuncional para salvar vidas, economizar dinheiro, economizar tempo e coletar dados sobre o ambiente onde vivemos.

Uma USV multifuncional para salvar vidas, economizar dinheiro, economizar tempo e coletar dados sobre o ambiente onde vivemos. B7 The Beagle Embarcação de Superfície Não Tripulada (USV) Uma USV multifuncional para salvar vidas, economizar dinheiro, economizar tempo e coletar dados sobre o ambiente onde vivemos. A B-7 é uma embarcação

Leia mais

CHINA Política e Economia

CHINA Política e Economia China séculos XIX e XX Exportadora de produtos primários para países capitalistas mais desenvolvidos Canela, seda, chá (produtos de exportação chineses) Guerra do Ópio contra a Inglaterra (1839 1842, 1856

Leia mais

O COMBATE À POLUIÇÃO DO MEIO MARINHO (Marine Pollution Response)

O COMBATE À POLUIÇÃO DO MEIO MARINHO (Marine Pollution Response) O COMBATE À POLUIÇÃO DO MEIO MARINHO JORGE SILVA PAULO Capitão-de-Mar-e-Guerra ECN Chefe do Serviço de Combate à Poluição do Mar por Hidrocarbonetos (SCPMH) Direcção-Geral da Autoridade Marítima (DGAM)

Leia mais

MANUAL PARA USO DO FORMULÁRIO SUL- AMERICANO DE INVENTÁRIOS MILITARES (FOSIM) CONSELHO DE DEFESA SUL-AMERICANO 2015

MANUAL PARA USO DO FORMULÁRIO SUL- AMERICANO DE INVENTÁRIOS MILITARES (FOSIM) CONSELHO DE DEFESA SUL-AMERICANO 2015 MANUAL PARA USO DO FORMULÁRIO SUL- AMERICANO DE INVENTÁRIOS MILITARES (FOSIM) CONSELHO DE DEFESA SUL-AMERICANO 2015 (Versão otimizada: Modificações na Metodologia para Transparentar o Inventário Militar

Leia mais

QUESTÕES MARÍTIMAS PÓS CNUDM UMA BREVE ANÁLISE EM PERSPECTIVA COOPERATIVA

QUESTÕES MARÍTIMAS PÓS CNUDM UMA BREVE ANÁLISE EM PERSPECTIVA COOPERATIVA UMA BREVE ANÁLISE EM PERSPECTIVA COOPERATIVA Professora Drª Daniele Dionisio da Silva Graduação em Defesa e Gestão Estratégica Internacional UFRJ Laboratório de Simulações e Cenários EGN/Marinha do Brasil

Leia mais

CONFIDENCIAL CONFIDENCIAL

CONFIDENCIAL CONFIDENCIAL Data de Emissão do Certificado Nº do Certificado Tipo de Certificação Descrição do Fornecimento % Conteúdo Local Documento Fiscal Data Final de Validade (bens seriados ou configuráveis) CNPJ Fornecedor

Leia mais

Contra pirataria, Brasil expande ação naval na África

Contra pirataria, Brasil expande ação naval na África Contra pirataria, Brasil expande ação naval na África Para proteger riquezas marítimas como as reservas do pré-sal e combater crescentes ameaças de pirataria e narcotráfico no Atlântico Sul, a Marinha

Leia mais

EMBRAER BANDEIRANTE O DESBRAVADOR

EMBRAER BANDEIRANTE O DESBRAVADOR EMBRAER BANDEIRANTE O DESBRAVADOR Roberto Portella Bertazzo, Bacharel em História pela UFJF e Membro da Sociedade Latino Americana de Historiadores Aeronáuticos (LAAHS) robertobertazzo@hotmail.com Logo

Leia mais

Marinha chilena promove conferência de meteorologistas militares

Marinha chilena promove conferência de meteorologistas militares Marinha chilena promove conferência de meteorologistas militares A 5ª Oficina Internacional de Oficiais Meteorologistas Portuários, realizada pela Comissão Técnica Mista de Oceanografia e Meteorologia

Leia mais

Tudo que você precisa saber sobre a instalação da sua bomba. Requisitos sobre instalações de bombas

Tudo que você precisa saber sobre a instalação da sua bomba. Requisitos sobre instalações de bombas Requisitos sobre instalações de bombas Tudo que você precisa saber sobre a instalação da sua bomba. Wayne.com Austin, Texas, EUA Malmö, Suécia Rio de Janeiro, Brasil Xangai, China 2017. Wayne, a logomarca

Leia mais

Israel planeja acelerar introdução de caças F-35*

Israel planeja acelerar introdução de caças F-35* Israel planeja acelerar introdução de caças F-35* De acordo com fontes da imprensa de Israel, a Força Aérea daquele país planeja alcançar o status operacional pleno de seus aviões de combate Lockheed Martin

Leia mais

Autoridade Marítima do Quênia Por: Joyce Marangu Awino Autoridade Marítima do Quênia

Autoridade Marítima do Quênia Por: Joyce Marangu Awino Autoridade Marítima do Quênia REDE DE COMPARTILHAMENTO DE INFORMAÇÕES DO CÓDICO DE CONDUTA DE DJIBUTI (DCOC): LIÇÕES APRENDIDAS Autoridade Marítima do Quênia Por: Joyce Marangu Awino Autoridade Marítima do Quênia ESBOÇO DE APRESENTAÇÃO

Leia mais

Marinha do Brasil e Armada da Argentina incrementam os laços de amizade e cooperação na Operação Fraterno

Marinha do Brasil e Armada da Argentina incrementam os laços de amizade e cooperação na Operação Fraterno Marinha do Brasil e Armada da Argentina incrementam os laços de amizade e cooperação na Operação Fraterno Após cinco dias de comissão e diversos exercícios operativos, chega ao fim a Operação Fraterno

Leia mais

VEÍCULOS AÉREOS NÃO TRIPULADOS (VANT) NA AGRICULTURA E MEIO AMBIENTE

VEÍCULOS AÉREOS NÃO TRIPULADOS (VANT) NA AGRICULTURA E MEIO AMBIENTE VEÍCULOS AÉREOS NÃO TRIPULADOS (VANT) NA AGRICULTURA E MEIO AMBIENTE Daniel Gomes Eng. Agrônomo, Dr., PqC do Polo Regional Leste Paulista/APTA daniel.gomes@apta.sp.gov.br Um Veículo Aéreo Não Tripulado

Leia mais

É a tecnologia que permite a obtenção de imagens e outros tipos de dados da superfície terrestre.

É a tecnologia que permite a obtenção de imagens e outros tipos de dados da superfície terrestre. O que é Sensoriamento Remoto? É a tecnologia que permite a obtenção de imagens e outros tipos de dados da superfície terrestre. É feita a distância, através da captação e do registro da energia refletida

Leia mais

Ministro da Defesa participa da Operação Amazônia*

Ministro da Defesa participa da Operação Amazônia* Ministro da Defesa participa da Operação Amazônia* Brasília, 14/10/2016 O ministro da Defesa, Raul Jungmann, participa, nos dias 15 e 16 de outubro, da Operação Amazônia, em Iranduba (AM), a 40 Km de distância

Leia mais

Marinha nigeriana mata 12 piratas que tentavam fugir de navio que sequestraram

Marinha nigeriana mata 12 piratas que tentavam fugir de navio que sequestraram Marinha nigeriana mata 12 piratas que tentavam fugir de navio que sequestraram A Marinha nigeriana matou, esta segunda-feira, 12 piratas que tentavam fugir de um navio petroleiro que tinham sequestrado

Leia mais

A esfera é colocada em repouso na pista, na posição de abscissa x x 1,

A esfera é colocada em repouso na pista, na posição de abscissa x x 1, 1. (G1 - ifsc 015) A figura desta questão mostra uma bola de gude, de massa m, presa por uma barra rígida de massa desprezível, de comprimento, a uma haste engastada na parede. Considerando a aceleração

Leia mais

Incidente no Campo Frade

Incidente no Campo Frade Incidente no Campo Frade Chevron Brasil Petróleo Ltda. 29 de novembro de 2011 As melhores parcerias Atingindo Resultados da Maneira Correta Os alicerces da nossa empresa são os nossos valores, que nos

Leia mais

Marinha chinesa e norteamericana. conjuntos para combater piratas

Marinha chinesa e norteamericana. conjuntos para combater piratas Marinha chinesa e norteamericana realizam exercícios conjuntos para combater piratas Forças de infliltração americanas e chinesas discutem táticas a bordo do Destróier Harbin (DDG 112) A 14ª frota de escolta

Leia mais

O presidente do Perú preside cerimônia de batimento de quilha de navio multipropósito

O presidente do Perú preside cerimônia de batimento de quilha de navio multipropósito O presidente do Perú preside cerimônia de batimento de quilha de navio multipropósito Nas instalações do Serviço Industrial da Marinha SIMA SA na Base Naval de Callao, foi realizada no dia 12 de julho,

Leia mais

Instituto de Educação Infantil e Juvenil Verão, Londrina, Nome: Ano: Tempo Início: Término: Total: Edição 3 MMXVII Fase 3 Grupo C

Instituto de Educação Infantil e Juvenil Verão, Londrina, Nome: Ano: Tempo Início: Término: Total: Edição 3 MMXVII Fase 3 Grupo C Instituto de Educação Infantil e Juvenil Verão, 2017. Londrina, Nome: de Ano: Tempo Início: Término: Total: Edição 3 MMXVII Fase 3 Grupo C SALVADOR DOS MARES Questão 1 I. Associe corretamente cada oceano

Leia mais

Visita à FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE

Visita à FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE Visita à FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE 26/11/2014 Sumário Introdução Estrutura e Funcionamento Áreas de Competência e Principais Projetos Perspectivas Futuras Sumário Introdução Estrutura

Leia mais

Breve Historial. Criada em Julho MBO Junho Situação de Falência técnica 1999/2000. José A. Rodrigues

Breve Historial. Criada em Julho MBO Junho Situação de Falência técnica 1999/2000. José A. Rodrigues Setúbal, 19 de Setembro de 2008 José A. Rodrigues Breve Historial Criada em Julho 1997 Na sequência Plano Reestruturação Indústria Naval, sucedendo à antiga Lisnave criada em 1961 MBO Junho 2000 - Encerramento

Leia mais

06/06/1944 Dia D marca a chegada dos Aliados à França

06/06/1944 Dia D marca a chegada dos Aliados à França 06/06/1944 Dia D marca a chegada dos Aliados à França Embora o termo Dia D seja rotineiramente usado em um contexto militar para o dia de uma operação ou um evento planejado, para muitas pessoas esta expressão

Leia mais

Projeto Travessias entre cidades da Baixada Santista

Projeto Travessias entre cidades da Baixada Santista Projeto Travessias entre cidades da Baixada Santista O potencial para o transporte de passageiros por meios aquaviários no Brasil é imenso e pouco explorado. A embarcação de transporte de passageiros em

Leia mais

Após quase dois anos no espaço, o avião militar X-37 B dos Estados Unidos está de. volta à Terra, gerando especulações sobre sua missão misteriosa.

Após quase dois anos no espaço, o avião militar X-37 B dos Estados Unidos está de. volta à Terra, gerando especulações sobre sua missão misteriosa. Avião militar americano volta de missão misteriosa após dois anos no espaço Desde seu primeiro voo, em 2010, gerou todos os tipos de especulação sobre o seu verdadeiro propósito. Matéria publicada em 11

Leia mais

Evolução dos Corpos de Bombeiros Apresentação do Serviço Aéreo Organograma As viaturas que operamos Estatísticas Características do Serviço Aéreo

Evolução dos Corpos de Bombeiros Apresentação do Serviço Aéreo Organograma As viaturas que operamos Estatísticas Características do Serviço Aéreo Evolução dos Corpos de Bombeiros Apresentação do Serviço Aéreo Organograma As viaturas que operamos Estatísticas Características do Serviço Aéreo Aviação de Segurança Pública no Cenário Nacional Publicação

Leia mais

Hyundai celebra a abertura da Primeira Linha Mundial de Produção em Série de veículos com Pilha de Combustível a Hidrogénio (Fuel Cell) Emissões Zero

Hyundai celebra a abertura da Primeira Linha Mundial de Produção em Série de veículos com Pilha de Combustível a Hidrogénio (Fuel Cell) Emissões Zero Hyundai celebra a abertura da Primeira Linha Mundial de Produção em Série de veículos com Pilha de Combustível a Hidrogénio (Fuel Cell) Emissões Zero A Hyundai produz o primeiro ix35 com pilha de combustível

Leia mais

Projeto de Comunicação Social Atividade de Perfuração e Produção de Petróleo e Gás - Campo de Frade

Projeto de Comunicação Social Atividade de Perfuração e Produção de Petróleo e Gás - Campo de Frade Comunicação Social Atividade de Perfuração e Produção de Petróleo e Gás - Campo de Frade - 2017 Este material informativo faz parte do Comunicação Social - PCS - e é uma exigência do licenciamento ambiental

Leia mais

Ministro Jungmann inspeciona atividades da Operação Carro- Pipa e obras de transposição do São Francisco*

Ministro Jungmann inspeciona atividades da Operação Carro- Pipa e obras de transposição do São Francisco* Ministro Jungmann inspeciona atividades da Operação Carro- Pipa e obras de transposição do São Francisco* O ministro da Defesa, Raul Jungmann, verificará nesta quarta-feira (08) as atividades da Operação

Leia mais

3ª PROVA PARCIAL DE FÍSICA QUESTÕES FECHADAS. Ano: 2º Turma: Data 23/11/17 Nota: Professor(a): Miguel Valor da Prova: 20 pontos. Orientações gerais:

3ª PROVA PARCIAL DE FÍSICA QUESTÕES FECHADAS. Ano: 2º Turma: Data 23/11/17 Nota: Professor(a): Miguel Valor da Prova: 20 pontos. Orientações gerais: Colégio XIX de Março Educação do jeito que deve ser 2017 3ª PROVA PARCIAL DE FÍSICA QUESTÕES FECHADAS Aluno(a): Nº Ano: 2º Turma: Data 23/11/17 Nota: Professor(a): Miguel Valor da Prova: 20 pontos Orientações

Leia mais

Seção Artigos Técnicos

Seção Artigos Técnicos Seção Artigos Técnicos Título do Artigo: Frecce Tricolore Grupo de Demonstração e Acrobacia da Força Aérea Italiana. Autor: Guilherme Siltori Acosta Revista Eletrônica AeroDesign Magazine Volume 4 Número

Leia mais

DESAFIO ÁFRICA DO SUL 2018 CUSCO BALDOSO SONECA. Um dia é preciso parar de sonhar e, de algum modo, partir.

DESAFIO ÁFRICA DO SUL 2018 CUSCO BALDOSO SONECA. Um dia é preciso parar de sonhar e, de algum modo, partir. DESAFIO ÁFRICA DO SUL 2018 CUSCO BALDOSO SONECA Um dia é preciso parar de sonhar e, de algum modo, partir. Amyr Klink Objetivo: travessia ida e volta do Atlântico Sul, a bordo de um veleiro, partindo da

Leia mais

As frotas de pesca caracterizam-se de acordo com:

As frotas de pesca caracterizam-se de acordo com: As frotas de pesca caracterizam-se de acordo com: Tempo de permanência no mar. A dimensão das embarcações. O número de tripulantes. Assim, podemos classificar os tipos de pesca em: 1. Pesca Artesanal (de

Leia mais

Plano de curso Tecnologia em Manipulador Telescópico

Plano de curso Tecnologia em Manipulador Telescópico PLANO DE CURSO MSOBRFDMTE08 PAG1 Plano de curso Tecnologia em Manipulador Telescópico Justificativa do Curso Em vários segmentos da indústria o manipulador telescópico desempenha um papel muito importante,

Leia mais

Para mais informações sobre o livro e/ou temas tratados, visite o nosso website ou entre em contato conosco. www.veraxc.com

Para mais informações sobre o livro e/ou temas tratados, visite o nosso website ou entre em contato conosco. www.veraxc.com Para mais informações sobre o livro e/ou temas tratados, visite o nosso website ou entre em contato conosco. www.veraxc.com Sumário Lista de Tabelas............................................. 10 Lista

Leia mais

ONU em Vancouver reconhece profissionalismo das Forças Armadas do Brasil em Operações de Paz. Por Adriana Fortes

ONU em Vancouver reconhece profissionalismo das Forças Armadas do Brasil em Operações de Paz. Por Adriana Fortes ONU em Vancouver reconhece profissionalismo das Forças Armadas do Brasil em Operações de Paz Por Adriana Fortes Brasília, 17/11/2017 - A última agenda do ministro da Defesa, Raul Jungmann, em Vancouver

Leia mais

ABASTECIMENTO VIAÇÃO SÃO GABRIEL V.001

ABASTECIMENTO VIAÇÃO SÃO GABRIEL V.001 ABASTECIMENTO VIAÇÃO SÃO GABRIEL V.001 ITENS QUE FORAM FEITOS/CORRIDOS DO MÓDULO ABASTECIMENTO 1- Foram configurados uma série de parâmetros dentro do sistema para que evite erros de digitação e fraudes,

Leia mais

Marines vão fazer tour pela América do Sul a bordo do USS 'América' LHA-6

Marines vão fazer tour pela América do Sul a bordo do USS 'América' LHA-6 Marines vão fazer tour pela América do Sul a bordo do USS 'América' LHA-6 Marines irão ajudar a testar as capacidades do novo navio de assalto anfíbio da Marinha americana, o USS América LHA-6, em seu

Leia mais

Marinha do Brasil envia fragata para integrar Força da ONU no Líbano

Marinha do Brasil envia fragata para integrar Força da ONU no Líbano Marinha do Brasil envia fragata para integrar Força da ONU no Líbano A Fragata Constituição (F 42) deixou, nesta terçafeira, a Base Naval do Rio de Janeiro para integrar a Força Interina das Nações Unidas

Leia mais

Sistema de defesa antimíssil THAAD estremece as relações entre Coreia do Sul e China

Sistema de defesa antimíssil THAAD estremece as relações entre Coreia do Sul e China Sistema de defesa antimíssil THAAD estremece as relações entre Coreia do Sul e China A Coreia do Sul que sempre conseguiu manter o equilíbrio entre os EUA e a China, se apoiando nos EUA nas questões da

Leia mais

Revista de Imprensa. Força Aèrea resgata tripulante holandês

Revista de Imprensa. Força Aèrea resgata tripulante holandês Revista de Imprensa Força Aèrea resgata tripulante holandês Quinta-feira, 20 de Fevereiro de 2014 ÍNDICE Título Fonte Data Pág/Hora Viana do Castelo Holandês de 17 anos retirado de helicóptero de navio

Leia mais

PROJETOS ESTRATÉGICOS DA MARINHA

PROJETOS ESTRATÉGICOS DA MARINHA PROJETOS ESTRATÉGICOS DA MARINHA Projetos Estratégicos da Marinha SUMÁRIO AMAZÔNIA AZUL - Patrimônio Nacional PROJETOS ESTRATÉGICOS CONSIDERAÇÕES FINAIS Amazônia Azul, um patrimônio a ser preservado 3

Leia mais

2. (Faculdade Albert Einstein 2016) Jetpack para corredores os fará correr 1,6 km em quatro minutos

2. (Faculdade Albert Einstein 2016) Jetpack para corredores os fará correr 1,6 km em quatro minutos 1. (G1 - ifsp 2016) Um atleta participou de uma corrida em sua cidade com um percurso de 12 quilômetros completando a prova em 40 minutos. A velocidade média desenvolvida pelo atleta foi de: a) 15 km h.

Leia mais

Nicarágua: Muro de contenção contra o narcotráfico

Nicarágua: Muro de contenção contra o narcotráfico Nicarágua: Muro de contenção contra o narcotráfico Embora atualmente estejam em evidência os países do Triângulo Norte da América Central Guatemala, El Salvador e Honduras pelos resultados positivos da

Leia mais

Asteroide se aproxima da Terra - desta vez a distância ainda menor. O Estado de S. Paulo

Asteroide se aproxima da Terra - desta vez a distância ainda menor. O Estado de S. Paulo Asteroide se aproxima da Terra - desta vez a distância ainda menor O Estado de S. Paulo 19 Fevereiro 2016 07h 00 - Atualizado: 19 Fevereiro 2016 07h 00 No dia 5 de março, rocha espacial pode ficar a 'apenas'

Leia mais

O crescimento da China e seus reflexos em termos de capacidade militar

O crescimento da China e seus reflexos em termos de capacidade militar O crescimento da China e seus reflexos em termos de capacidade militar Análise Ásia Segurança Daniel Poltronieri 25 de Setembro de 2010 O crescimento da China e seus reflexos em termos de capacidade militar

Leia mais

Como veículos marítimos não tripulados poderiam desempenhar um papel nos requisitos de vigilância costeira do Brasil

Como veículos marítimos não tripulados poderiam desempenhar um papel nos requisitos de vigilância costeira do Brasil Como veículos marítimos não tripulados poderiam desempenhar um papel nos requisitos de vigilância costeira do Brasil Wave Glider SV3 - Pequeno Notável Um exemplo potencial para o ditado os melhores perfumes

Leia mais

Navio hospital americano traz alívio à Nicarágua

Navio hospital americano traz alívio à Nicarágua Navio hospital americano traz alívio à Nicarágua Depois de mais de três anos convivendo com a catarata, o agricultor José Martinez, cujo rosto mostra os sinais de uma longa vida de trabalho honesto sob

Leia mais

11ª Edição PIBID FÍSICA A FÍSICA ONTEM. Abril de 2015

11ª Edição PIBID FÍSICA A FÍSICA ONTEM. Abril de 2015 11ª Edição PIBID FÍSICA A FÍSICA ONTEM E HOJE Abril de 2015 A ES T A Ç Ã O ES P A C I A L A F I N A L, O Q U E É U M A ES T A Ç Ã O ES P A C I A L? [ P Á G 2 ] O R I G EM D E EN ER G I A EM U M A ES T

Leia mais

Professor Ticiano Alves. Assunto: Introdução à Navegação Marítima Carta Náutica (teoria) Agulhas Náuticas

Professor Ticiano Alves. Assunto: Introdução à Navegação Marítima Carta Náutica (teoria) Agulhas Náuticas Professor Ticiano Alves Assunto: Introdução à Navegação Marítima Carta Náutica (teoria) Agulhas Náuticas Introdução Conceito de Navegação Marítima de superfície Tipos e Métodos de Navegação Classificação

Leia mais

Velocidade Vetorial. a) 4 m/s b) 6 m/s c) 8 m/s d) 10 m/s e) 14 m/s

Velocidade Vetorial. a) 4 m/s b) 6 m/s c) 8 m/s d) 10 m/s e) 14 m/s Velocidade Vetorial 1. (Mackenzie 2012) Um avião, após deslocar-se 120 km para nordeste (NE), desloca-se 160 km para sudeste (SE). Sendo um quarto de hora, o tempo total dessa viagem, o módulo da velocidade

Leia mais