RAYFRAN ROCHA LIMA. Aumento dos índices de produtividade no desenvolvimento de software: remodelando o processo de gestão de recursos

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "RAYFRAN ROCHA LIMA. Aumento dos índices de produtividade no desenvolvimento de software: remodelando o processo de gestão de recursos"

Transcrição

1 DEPARTAMENTO DE TECNOLOGIA MESTRADO EM ENGENHARIA DE PRODUÇÃO RAYFRAN ROCHA LIMA Aumento dos índices de produtividade no desenvolvimento de software: remodelando o processo de gestão de recursos

2 enda. INTRODUÇÃO. PROBLEMA DA PESQUISA. OBJETIVOS. CERNE DA PESQUISA. METODOLOGIA. RESULTADOS PARCIAIS. CONSIDERAÇÕES FINAIS. PERGUNTAS

3 TRODUÇÃO evolução da visão econômica los XVII XVIII-XIX XX-XXI Artesanato/Agricultura 2 classes Objetivo: Subsistência Revolução Industrial Capitalismo Objetivo: Lucro Revolução Tecnológ Destruição Criativa Objetivo: Permanên busca por vantagem competitiva Rapidez Custos Flexibilidade Tecnologia Qualidade CRM Inovação senvolver sistemas de informação: Onde? Interno Terceirizado Misto

4 TRODUÇÃO Dificuldade no cumprimento dos prazos e custos contratados. Fatores de sucesso Custo Qualidade Prazo Usabilidade Performance

5 TRODUÇÃO quisas na área de produção de software Freitas (2) Engenharia As principais falhas no desenvolvimento e implantação de sistemas de informação Rabenchini Jr, Carvalho & Laurindo (22) Engenharia de Produção Estudo caso mostranto os fatores críticos na implementação da gestão de projetos e uma organização de pesquisa Moraes (24) Administração Condicionantes de desempenho dos projetos software e a influência da maturidade em gestão de projetos R ISO IEC 1227 (Ciclo de vida de software) A proliferação de normas e formas de gerenciamento de software tem cri dificuldades na gestão e engenharia do software, principalmente na integração produtos e serviços.

6 RNE DA PESQUISA Propor um modelo mais enxuto e adequado as reais necessidades das software houses, criado a partir da revisão de suas práticas FERRAMENTAS DISPONÍVEIS NO MERCADO PDCA CRM... MRP II CMMI ISO 9... SPICE PMBOK TQC... SCM... JUST IN TIME 5S... MPS-BR As ferramentas e metodologias devem ser usadas porque são necessárias e não porque simplesmente existem.

7 OBLEMA DA PESQUISA ergunta da pesquisa: Quais os principais fatores que levam uma fábrica de software, possuidora infra-estrutura composta por alta tecnologia e profissionais qualificados, cumprimento ou não dos prazos e custos dos projetos de software contratado ipótese: Uma possível resposta está no método de gestão adotado pelos gerentes projeto. mparação entre software house e uma orquestra sem maestro + =?

8 JETIVOS jetivo Geral erificar a diferença existente entre teoria e prática no que tange à gestão de cursos adotada pelos gerentes de projeto, propondo diretrizes e ferramentas oltadas para a necessidade das fábricas de software instaladas em Manaus.

9 TODOLOGIA: estrutura geral da pesquisa Passo 1 Fazer um revisão literária Realizar uma pesquisa exploratória entrevistando os líderes dos projetos e analisando os documentos da organização Definir o modelo conceitual e operativo da pesquisa Passo 2 Definir o formato e conteúdo do formulário Submeter o formulário à avaliação do comitê de ética Realizar um pré-teste, sendo feito os ajustes necessários Aplicar o formulário Verificar o preenchimento e tabular os dados coletados Passo 3 Analisar os dados Verificar a hipótese Compilar e apresentar os conhecimentos adquiridos

10

11 TODOLOGIA: análise dos dados das entrevistas presas participantes da pesquisa: 1. FUCAPI - Fundação Centro de Analise, Pesquisa e Inovação Tecnológica 2. FPF - Fundação Paulo Feitosa 3. INDT - Instituto Nokia de Desenvolvimento Tecnológico 4. Instituto Genius 5. MAP Cardoso 6. Quality Informática 7. Nilton Lins 8. Atech da Amazonia 9. DBA Soluções. Microsiga 1. Triad Systems 2. PRODAM mazonsoft - O Pólo de Software do Amazonas 13. FabriQ Soluções 14. Alt Soluções 15. Amazon System 16. AmazonIT - Soluções em TI 17. DR Tech 18. DSI Tecnologia 19. Infosigma - Qualidade em Tecnologia 2. SB Software Brasil

12 TODOLOGIA: modelo conceitual e operativo Modelo P STEP I STEP II STEP III que influenciam no penho dos projetos Opinião dos entrevistados Contraste entre opinião e práticas das atividades diárias Comparação com as prátic publicadas por outras empre criação do modelo de melho atura e experiência o pesquisados Fatores de Sucesso Fatores de Sucesso Fatores de Fracasso Fatores de Fracasso Comparação tros fatores não tos (experiência do entrevistado) Fatores de Sucesso e Fracassos Fatores de Sucesso e Fracasso PMBOK CMM / CMMI MPS-BR ISO 9

13 SULTADOS PARCIAIS - Os projetos que obtiveram sucesso conseguiram atender todos os critérios de liação do sucesso na pergunta anterior? trevistas (formulários) Características da Empresa (5 perguntas) Características do Gerente de Projeto (17 perguntas) Fatores Críticos de Sucesso ou Fracasso (7 categorias e 7 FCSF) alizado al de entrevistados: 18 al de empresas entrevistadas: 4 Restante Total de entrevistados: 38 Total de empresas entrevistadas: 17 crepâncias entre opiniões e atitudes Na sua concepção, o que significa: "Alcançar sucesso no desenvolvimento de um jetos de Software?" Prazo, Custo e Qualidade - Na sua concepção, quantos Projetos de Software desenvolvidos pela sua equipe nçaram sucesso? 5% a 1%

14 SULTADOS PARCIAIS Fatores Críticos de Sucesso Gráfico dos resultados em relação a equipe de desenvolvimento Disc Comp 5 5 Discordo Sem Opiniã Concordo Conc Com ulgação periódica sobre os resultados alcançados e mudanças no projeto (manter a equipe info tivação, dedicação e compromisso da equipe ulgação e entendimento dos objetivos gerais do projeto (metas, critérios de avaliação do sucess bilidades e competências técnicas necessárias à realização do projeto

15 SULTADOS PARCIAIS Fatores Críticos de Sucesso - Entendimento das necessidades e expectativas dos usuários - Negligência perante a opinião dos usuários, ou seja, não considerar sua opinião. - Comprometimento com o projeto. 2 - Suporte técnico permanente no cliente a partir da capacitação de usuário-chave - Divulgação periódica sobre os resultados alcançados e mudanças no projeto Gráfico dos resultados em relação aos usuários Disc Comp 6 Discordo Sem Opiniã Concordo Conc Com

16 SULTADOS PARCIAIS Fatores Críticos de Sucesso Gráfico dos resultados em relação ao projeto Disc Comp Discordo Sem Opiniã 5 Concordo Conc Com Gestão do conflito entre área de informática e demais setores no cliente 2 - Negociação das metas e responsabilidades do fornecedor e do cliente - Alinhamento com os objetivos de relacionamento entre software house e cliente

17 SULTADOS PARCIAIS Fatores Críticos de Fracasso - Definição ou aceite de prazos inviáveis - Compra ou aquisição de tecnologia pelo status - Concepção e desenvolvimento no momento errado - Alinhamento com os objetivos gerais do projeto Gráfico dos resultados em relação ao projeto Disc Comp 6 Discordo Sem Opiniã Concordo 4 4 Conc Com

18 ATUS ATUAL quipe atual cresceu das as empresas já foram contactadas entrevistas continuam sendo realizadas com prazo para encerramento em 12/26 nálise dos dados é simultâneo devido a utilização de uma ferramenta automatizada esquisa faz parte do Curso de Mestrado em Engenharia de Produção A dissertação está sendo confeccionada squisas em andamento: Um estudo de caso sobre a Gestão de Pessoas na produção de software Um estudo de caso sobre a Gestão de Comunicação na produção de software Um estudo de caso sobre a Gestão de Riscos na produção de software Desenvolvimento do GPSI v2.

19 NSIDERAÇÕES FINAIS tende-se criar uma visão que mostre como os profissionais que estão atuando em Man renciam os recursos utilizados na produção de software. caráter evolucionário desta pesquisa é o estudo de múltiplas visões referente ao mes biente: as fábricas de software instaladas em Manaus rificar se as metodologias e modelos adotados em outros centros atende as necessida s empresas de Manaus ou necessitam de algum tipo de adequação moção de sinergia entre as SH de Manaus em busca de aumento da produtividade ncipais dificuldades

20 RGUNTAS??

Aumento da Produtividade no Desenvolvimento de Sistemas de Informação: Remodelando o Processo de Gestão de Recursos

Aumento da Produtividade no Desenvolvimento de Sistemas de Informação: Remodelando o Processo de Gestão de Recursos DEPARTAMENTO DE TECNOLOGIA MESTRADO EM ENGENHARIA DE PRODUÇÃO RAYFRAN ROCHA LIMA Aumento da Produtividade no Desenvolvimento de Sistemas de Informação: Remodelando o Processo de Gestão de Recursos Orientador:

Leia mais

Rede TSQC / SOFTEX Workshop de Aquisição de software Guia de Aquisição MPS.BR

Rede TSQC / SOFTEX Workshop de Aquisição de software Guia de Aquisição MPS.BR Rede TSQC / SOFTEX Workshop de Aquisição de software Guia de Aquisição MPS.BR Danilo Scalet dscalet@yahoo.com.br Editor do Guia de Aquisição 1 2 1 MPS.BR: Desenvolvimento e Aprimoramento do Modelo Realidade

Leia mais

Responsáveis. Conceito. COBIT Control objectives for information and related technology (Controle e governança de TI)

Responsáveis. Conceito. COBIT Control objectives for information and related technology (Controle e governança de TI) COBIT Control objectives for information and related technology (Controle e governança de TI) Responsáveis Information system audit and control association IT Governance Institute Conceito Um conjunto

Leia mais

Padrões de Qualidade de Software

Padrões de Qualidade de Software Universidade Federal do Vale do São Francisco Padrões de Qualidade de Software Engenharia de Software I Aula 4 Ricardo Argenton Ramos Agenda da Aula Introdução (Qualidade de Software) Padrões de Qualidade

Leia mais

Gerência de Configuração. Técnicas e Práticas no Desenvolvimento do Software

Gerência de Configuração. Técnicas e Práticas no Desenvolvimento do Software Gerência de Configuração Técnicas e Práticas no Desenvolvimento do Software Sumário Introdução... 19 Parte 1 - Visão Geral... 23 1 Entendendo a Necessidade de Gerência de Configuração... 25 1.1 Visão Geral

Leia mais

Metodologia de Gerenciamento de Projetos Advancedit

Metodologia de Gerenciamento de Projetos Advancedit Metodologia de Gerenciamento de Projetos Advancedit Compromisso Modificando Métodos Roberto Petry roberto.petry@advancedit.com.br Diretor de Tecnologia da AdvancedIT S/A Sponsor do Projeto Rumo ao CMM

Leia mais

Dificuldades no desenvolvimento de software Características do mercado de software A participação de Minas Gerais no cenário nacional

Dificuldades no desenvolvimento de software Características do mercado de software A participação de Minas Gerais no cenário nacional Promovendo a Melhoria de Processos e a Qualidade de Software em Minas Gerais Ana Liddy Cenni de Castro Magalhães, Fernando Silva Parreiras, Frederico Faria Comitê Gestor do SPIN-BH Direitos reservados

Leia mais

APOSTILAS: NORMAS; ABNT NBR ISO; MPS BR

APOSTILAS: NORMAS; ABNT NBR ISO; MPS BR APOSTILAS: NORMAS; ABNT NBR ISO; MPS BR Fonte: http://www.softex.br/mpsbr/_home/default.asp Apostilas disponíveis no site 1 NORMAS: NBR ISO NBR ISO/IEC CMM SPICE Continuação... 2 NORMAS VISÃO GERAL NBR

Leia mais

Qualidade de Software

Qualidade de Software Qualidade de Software Introdução Qualidade é um dos principais objetivos da Engenharia de Software. Muitos métodos, técnicas e ferramentas são desenvolvidas para apoiar a produção com qualidade. Tem-se

Leia mais

Agenda. Introdução Etapas genéricas Atividades de apoio Ferramentas de apoio Modelos genéricos Modelos de mercado Modelos de melhoria

Agenda. Introdução Etapas genéricas Atividades de apoio Ferramentas de apoio Modelos genéricos Modelos de mercado Modelos de melhoria Agenda Introdução Etapas genéricas Atividades de apoio Ferramentas de apoio Modelos genéricos Modelos de mercado Modelos de melhoria Introdução Processo de software é o conjunto de ferramentas, métodos

Leia mais

Adriano Marum Rômulo. Uma Investigação sobre a Gerência de Projetos de Desenvolvimento de Software em Órgãos do Governo do Ceará com Base no MPS-BR

Adriano Marum Rômulo. Uma Investigação sobre a Gerência de Projetos de Desenvolvimento de Software em Órgãos do Governo do Ceará com Base no MPS-BR Adriano Marum Rômulo 2014 Uma Investigação sobre a Gerência de Projetos de Desenvolvimento de Software em Órgãos do Governo do Ceará com Base no MPS-BR Agenda I. Introdução II. Referencial Teórico III.

Leia mais

MBA Gestão da Tecnologia de Informação

MBA Gestão da Tecnologia de Informação MBA Gestão da Tecnologia de Informação Informações: Dias e horários das aulas: Segundas e Terças-feiras das 18h00 às 22h00 aulas semanais; Sábados das 08h00 às 12h00 aulas quinzenais. Carga horária: 600

Leia mais

Alinhando Produção de Software e TI Copyright 2004 Jorge H C Fernandes. Todos os direitos Reservados

Alinhando Produção de Software e TI Copyright 2004 Jorge H C Fernandes. Todos os direitos Reservados Alinhando Produção de e TI White paper Prof. Dr. Jorge Henrique Cabral Fernandes jhcf@cic.unb.br Departamento de Ciência da Computação Universidade de Brasília Junho de 2004 Conteúdo 1 - Organizações precisam

Leia mais

SISTEMAS DE GESTÃO - ERP

SISTEMAS DE GESTÃO - ERP A IMPORTÂNCIA DA CONSULTORIA NA SELEÇÃO / IMPLANTAÇÃO DE SISTEMAS DE GESTÃO - ERP Alinhamento das expectativas; O por que diagnosticar; Fases do diagnóstico; Critérios de seleção para um ERP; O papel da

Leia mais

2.12- Criação/Implantação de Processo de Garantia da Qualidade para Empresas de Software de Pequeno Porte

2.12- Criação/Implantação de Processo de Garantia da Qualidade para Empresas de Software de Pequeno Porte 2.12- Criação/Implantação de Processo de Garantia da Qualidade para Empresas de Software de Pequeno Porte O MPS.BR tem como foco, ainda que não exclusivo, atender a micro, pequenas e médias empresas de

Leia mais

CHOQUE DE GESTÃO DE TI Referência estadual quando o assunto é Infraestrutura e Segurança, a Subsecretaria de TI da Prefeitura Municipal de Vila Velha

CHOQUE DE GESTÃO DE TI Referência estadual quando o assunto é Infraestrutura e Segurança, a Subsecretaria de TI da Prefeitura Municipal de Vila Velha CHOQUE DE GESTÃO DE TI Referência estadual quando o assunto é Infraestrutura e Segurança, a Subsecretaria de TI da Prefeitura Municipal de Vila Velha (ES) provocou uma revolução em seu ambiente ao estabelecer

Leia mais

SAM GERENCIAMENTO DE ATIVOS DE SOFTWARE

SAM GERENCIAMENTO DE ATIVOS DE SOFTWARE SAM GERENCIAMENTO DE ATIVOS DE SOFTWARE Modelo de Otimização de SAM Controle, otimize, cresça Em um mercado internacional em constante mudança, as empresas buscam oportunidades de ganhar vantagem competitiva

Leia mais

SISTEMAS DE GESTÃO - ERP

SISTEMAS DE GESTÃO - ERP A IMPORTÂNCIA DA CONSULTORIA NA SELEÇÃO / IMPLANTAÇÃO DE SISTEMAS DE GESTÃO - ERP Para as corporações, as mudanças são absorvidas pelas equipes internas, envolvendo tecnologia, contabilidade, logística

Leia mais

Especialização em Gerenciamento de Projetos em Tecnologia da Informação

Especialização em Gerenciamento de Projetos em Tecnologia da Informação Especialização em Gerenciamento de Projetos em Tecnologia da Informação OBJETIVOS Formar profissionais que possam desempenhar a função estratégica de Gestor da Tecnologia da Informação a partir da abordagem

Leia mais

Seleção de ferramentas para ambientes de desenvolvimento de software

Seleção de ferramentas para ambientes de desenvolvimento de software Seleção de ferramentas para ambientes de desenvolvimento de software Leonardo D. Dias leonardo@evosystems.com.br Felipe Restrepo felipe.rn8@gmail.com Palestrantes Leonardo D. Dias - Engenheiro e mestre

Leia mais

Ângela F. Brodbeck. Ana Maria Rizzo Silva

Ângela F. Brodbeck. Ana Maria Rizzo Silva Alinhamento Estratégico entre TI e Negócio Alinhamento entre Ações Estratégicas, Processos e iniciativas de Tecnologia de Informação Novembro, 2013 Ângela F. Brodbeck Universidade Federal do Rio Grande

Leia mais

Definições. BPM - Business Process Management. BPMN Business Process Modeling Notation. BPMS Business Process Management System

Definições. BPM - Business Process Management. BPMN Business Process Modeling Notation. BPMS Business Process Management System Definições BPM - Business Process Management BPMN Business Process Modeling Notation BPMS Business Process Management System Erros da Gestão de Processos / BPM 1. Fazer a Gestão sem Automação Desenho,

Leia mais

Década de 80, o Instituto de Engenharia de Software (SEI) foi criado.

Década de 80, o Instituto de Engenharia de Software (SEI) foi criado. Aécio Costa CMM Década de 80, o Instituto de Engenharia de Software (SEI) foi criado. Objetivos Fornecer software de qualidade para o Departamento de Defesa dos EUA Aumentar a capacitação da indústria

Leia mais

Qualidade de software

Qualidade de software Qualidade de software É cada dia maior o número de empresas que buscam melhorias em seus processos de desenvolvimento de software. Além do aumento da produtividade e da diminuição do retrabalho, elas buscam

Leia mais

Governança de TI: O que é COBIT?

Governança de TI: O que é COBIT? Governança de TI: O que é COBIT? Agenda Governança de TI Metodologia COBIT Relacionamento do COBIT com os modelos de melhores práticas Governança de TI em 2006 Estudo de Caso Referências Governança de

Leia mais

Responsáveis. Conceito. COBIT Control objectives for information and related technology (Controle e governança de TI)

Responsáveis. Conceito. COBIT Control objectives for information and related technology (Controle e governança de TI) COBIT Control objectives for information and related technology (Controle e governança de TI) Responsáveis Information system audit and control association IT Governance Institute Conceito Um conjunto

Leia mais

Universidade Federal do Espírito Santo Centro de Ciências Agrárias CCA-UFES Departamento de Computação

Universidade Federal do Espírito Santo Centro de Ciências Agrárias CCA-UFES Departamento de Computação Centro de Ciências Agrárias Departamento de Computação Visão Geral do Processo de Desenvolvimento de Software Introdução à Ciência da Computação Introdução à Ciência da Computação COM06850-2015-II Prof.

Leia mais

27/10/2011. Visão do Papel Integrado dos SI Dentro de uma Organização

27/10/2011. Visão do Papel Integrado dos SI Dentro de uma Organização Visão do Papel Integrado dos SI Dentro de uma Organização 1 Tipos de SI Depende do tipo de apoio a ser oferecido Deve-se levar em consideração: Usuários operações (entrada +processamento + saída) destino

Leia mais

Apresentação do Portfólio da ITWV Soluções Inteligentes em Tecnologia

Apresentação do Portfólio da ITWV Soluções Inteligentes em Tecnologia P ORTFÓ FÓLIO Apresentação do Portfólio da ITWV Soluções Inteligentes em Tecnologia versão 1.1 ÍNDICE 1. A EMPRESA... 3 2. BI (BUSINESS INTELLIGENCE)... 5 3. DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS... 6 3.1. PRODUTOS

Leia mais

Qualidade de Software. Prof. Natália Oliveira M.Sc queiroz.nati@gmail.com

Qualidade de Software. Prof. Natália Oliveira M.Sc queiroz.nati@gmail.com Qualidade de Software Prof. Natália Oliveira M.Sc queiroz.nati@gmail.com Ementa Conceitos sobre Qualidade Qualidade do Produto Qualidade do Processo Garantida da Qualidade X Controle da Qualidade Conceitos

Leia mais

Agenda. Visão Revolução Ágil EduScrum Visão Geral do Método Benefícios Projeto Scrum for Education Sinergias

Agenda. Visão Revolução Ágil EduScrum Visão Geral do Método Benefícios Projeto Scrum for Education Sinergias Agenda Visão Revolução Ágil EduScrum Visão Geral do Método Benefícios Projeto Scrum for Education Sinergias 1 Questão Central Como formar trabalhadores para o Século 21? 2 Visão Desafios do Cenário Atual

Leia mais

APÊNDICE A QUESTIONÁRIO APLICADO AOS GESTORES

APÊNDICE A QUESTIONÁRIO APLICADO AOS GESTORES 202 INSTRUÇÕES DE PREENCHIMENTO ALGUNS COMENTÁRIOS ANTES DE INICIAR O PREENCHIMENTO DO QUESTIONÁRIO: a) Os blocos a seguir visam obter as impressões do ENTREVISTADO quanto aos processos de gestão da Policarbonatos,

Leia mais

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS Curso Superior de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS Curso Superior de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS Curso Superior de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas CMP1141 Processo e qualidade de software I Prof. Me. Elias Ferreira Sala: 210 F Quarta-Feira:

Leia mais

Erros no Gerenciamento de Projetos em Inteligência Competitiva

Erros no Gerenciamento de Projetos em Inteligência Competitiva Erros no Gerenciamento de Projetos em Inteligência Competitiva Daniela Ramos Teixeira Muito já se escreveu sobre gerenciamento de projetos. Mas será que gerenciar projetos de inteligência competitiva (IC)

Leia mais

Qualidade de Processo de Software. Implementação de Melhoria de Processos de Software

Qualidade de Processo de Software. Implementação de Melhoria de Processos de Software Qualidade de Processo de Software Implementação de Melhoria de Processos de Software Sumário Conceitos de Melhoria de Processos de Software (MPS) Implementação de Processos com Modelos e Normas de Qualidade

Leia mais

C O B I T. Gerenciamento dos Riscos Mitigação. Aceitação. Transferência. Evitar/Eliminar.

C O B I T. Gerenciamento dos Riscos Mitigação. Aceitação. Transferência. Evitar/Eliminar. C O B I T Evolução Estratégica A) Provedor de Tecnologia Gerenciamento de Infra-estrutura de TI (ITIM) B) Provedor de Serviços Gerenciamento de Serviços de TI (ITSM) C) Parceiro Estratégico Governança

Leia mais

IC-UNICAMP IC-UNICAMP

IC-UNICAMP IC-UNICAMP Capítulo 3: Qualidade de Produto e a ISO 9126 Capítulo 1: Introdução Capítulo 2: Conceitos Básicos Capítulo 3: Qualidade de Produto (ISO9126) Capítulo 4: ISO9001 e ISO9000-3 Capítulo 5: CMM Capítulo 6:

Leia mais

UTILIZAÇÃO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO COMO FERRAMENTA PARA INTEGRAÇÃO DE PROCESSOS DE NEGÓCIO - ATENDIMENTO A REQUISITOS E MELHORES PRÁTICAS GERENCIAIS

UTILIZAÇÃO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO COMO FERRAMENTA PARA INTEGRAÇÃO DE PROCESSOS DE NEGÓCIO - ATENDIMENTO A REQUISITOS E MELHORES PRÁTICAS GERENCIAIS UTILIZAÇÃO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO COMO FERRAMENTA PARA INTEGRAÇÃO DE PROCESSOS DE NEGÓCIO - ATENDIMENTO A REQUISITOS E MELHORES PRÁTICAS GERENCIAIS Daniel Gueiber (UTFPR) gueiber@copel.com Cezar Augusto

Leia mais

CobiT 4.01 OBJETIVOS DE CONTROLE PARA INFORMAÇÃO E TECNOLOGIAS RELACIONADAS

CobiT 4.01 OBJETIVOS DE CONTROLE PARA INFORMAÇÃO E TECNOLOGIAS RELACIONADAS CobiT 4.01 OBJETIVOS DE CONTROLE PARA INFORMAÇÃO E TECNOLOGIAS RELACIONADAS METODOLOGIA DE AUDITORIA PARA AVALIAÇÃO DE CONTROLES E CUMPRIMENTO DE PROCESSOS DE TI NARDON, NASI AUDITORES E CONSULTORES CobiT

Leia mais

BENEFÍCIOS DO GERENCIAMENTO DE PROJETOS. Por Maria Luiza Panchihak

BENEFÍCIOS DO GERENCIAMENTO DE PROJETOS. Por Maria Luiza Panchihak BENEFÍCIOS DO GERENCIAMENTO DE PROJETOS Por Maria Luiza Panchihak Este artigo apresenta os benefícios do gerenciamento de projetos e mostra a importância desse processo, dentro de uma organização, para

Leia mais

Plano de Governança de Tecnologia de Informação

Plano de Governança de Tecnologia de Informação Plano de Governança de Tecnologia de Informação Julho/2012 Junho/2014 1 Universidade Federal Fluminense Superintendência de Tecnologia da Informação Fernando Cesar Cunha Gonçalves Superintendência de Tecnologia

Leia mais

Estrutura Hierárquica de Planejamento e Controle da Produção Estratégico Entradas Ações Saídas Fonte

Estrutura Hierárquica de Planejamento e Controle da Produção Estratégico Entradas Ações Saídas Fonte Estratégico Previsão do Negócio Estrutura Hierárquica de Planejamento e Controle da Produção Estratégico Entradas Ações Saídas Fonte Mercados e demandas de longo prazo. Competidores. Fatores econômicos,

Leia mais

Indústria. SIQ - Qualidade que traz Resultados!

Indústria. SIQ - Qualidade que traz Resultados! Indústria SIQ - Qualidade que traz Resultados! Panorama atual Modelo de gestão não estruturada Como as soluções atuam Onde atuam Soluções SIQ Modelo de Gestão Estruturada Todas as Suítes Fluxos Estimativa

Leia mais

A EVOLUÇÃO DOS PROFISSIONAIS DE TI PARA ATENDER AS NECESSIDADES EMPRESARIAIS

A EVOLUÇÃO DOS PROFISSIONAIS DE TI PARA ATENDER AS NECESSIDADES EMPRESARIAIS INSTITUTO DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA PÓS-GRADUAÇÃO Gestão e Tecnologia da Informação IFTI1402 T25 A EVOLUÇÃO DOS PROFISSIONAIS DE TI PARA ATENDER AS NECESSIDADES EMPRESARIAIS Marcelo Eustáquio dos Santos

Leia mais

Como vai a Governança de TI no Brasil? Resultados de pesquisa com 652 profissionais

Como vai a Governança de TI no Brasil? Resultados de pesquisa com 652 profissionais Fórum de Governança Tecnologia e Inovação LabGTI/UFLA Como vai a Governança de TI no Brasil? Resultados de pesquisa com 652 profissionais Pamela A. Santos pam.santos91@gmail.com Paulo H. S. Bermejo bermejo@dcc.ufla.br

Leia mais

Projetos na área de TI. Prof. Hélio Engholm Jr

Projetos na área de TI. Prof. Hélio Engholm Jr Projetos na área de TI Prof. Hélio Engholm Jr Projetos de Software Ciclo de Vida do Projeto Concepção Iniciação Encerramento Planejamento Execução e Controle Revisão Ciclo de Vida do Produto Processos

Leia mais

Programas de Transformação de TI em Seguradoras Carlos Figueiredo Fabio Pereira

Programas de Transformação de TI em Seguradoras Carlos Figueiredo Fabio Pereira Programas de Transformação de TI em Seguradoras Carlos Figueiredo Fabio Pereira Programas de transformação de TI em Seguradoras: Tendências e Desafios Tech Trends 2015 Exponenciais Principais problemas

Leia mais

Introdução Fatores de Qualidade Garantia de Qualidade Rivisões de Software Conclusão. Qualidade. Plácido A. S. Neto 1

Introdução Fatores de Qualidade Garantia de Qualidade Rivisões de Software Conclusão. Qualidade. Plácido A. S. Neto 1 Qualidade Plácido A. S. Neto 1 1 Gerência Educacional de Tecnologia da Informação Centro Federal de Educação Tecnologia do Rio Grande do Norte 2006.1 - Planejamento e Gerência de Projetos Agenda Introdução

Leia mais

Padrões de Qualidade de Software e Métricas de Software

Padrões de Qualidade de Software e Métricas de Software Universidade Federal do Vale do São Francisco Padrões de Qualidade de Software e Métricas de Software Engenharia de Software I Aula 3 e 4 Ricardo Argenton Ramos Agenda da Aula Introdução (Qualidade de

Leia mais

Sobre a Prime Control

Sobre a Prime Control Sobre a Prime Control A Prime Control é uma empresa focada e especializada em serviços de qualidade e testes de software. Somos capacitados para garantir, através de sofisticadas técnicas, a qualidade

Leia mais

O uso de métodos e normas na garantia de qualidade do processo de especificação de requisitos de software

O uso de métodos e normas na garantia de qualidade do processo de especificação de requisitos de software O uso de métodos e normas na garantia de qualidade do processo de especificação de requisitos de software Maria Angela Coser (UTFPR/CEFETES) macoser@cefetes.br Helio Gomes de Carvalho (UTFPR) helio@utfpr.edu.br

Leia mais

Unidade II GERENCIAMENTO DE SISTEMAS. Prof. Roberto Marcello

Unidade II GERENCIAMENTO DE SISTEMAS. Prof. Roberto Marcello Unidade II GERENCIAMENTO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Prof. Roberto Marcello SI Sistemas de gestão A Gestão dos Sistemas Integrados é uma forma organizada e sistemática de buscar a melhoria de resultados.

Leia mais

Cap a í p t í ul u o l o 8 : 8 C on o c n l c u l s u ã s o IC-UNICAMP Capítulo 8: Conclusão

Cap a í p t í ul u o l o 8 : 8 C on o c n l c u l s u ã s o IC-UNICAMP Capítulo 8: Conclusão Capítulo 8: Conclusão Capítulo 1: Introdução Capítulo 2: Conceitos Básicos Capítulo 3: Qualidade de Produto (ISO9126) Capítulo 4: ISO9001 e ISO90003 Capítulo 5: CMMI Capítulo 6: PSP Capítulo 7: SPICE Capítulo

Leia mais

BM&FBOVESPA aperfeiçoa práticas de gerenciamento de projetos com CA Clarity PPM

BM&FBOVESPA aperfeiçoa práticas de gerenciamento de projetos com CA Clarity PPM CUSTOMER SUCCESS STORY BM&FBOVESPA aperfeiçoa práticas de gerenciamento de projetos com CA Clarity PPM PERFIL DEL CLIENTE Indústria: Serviços financeiros Companhia: BM&FBOVESPA Empregados: 1.400+ Faturamento

Leia mais

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão de Tecnologia da Informação

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão de Tecnologia da Informação Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão de Tecnologia da Informação Apresentação O programa de Pós-graduação Lato Sensu em Gestão de Tecnologia da Informação tem por fornecer conhecimento

Leia mais

Sumário. Modelo de Maturidade vs Tomadores de Decisão: Reduzindo o Gap Através do Método UTA

Sumário. Modelo de Maturidade vs Tomadores de Decisão: Reduzindo o Gap Através do Método UTA Modelo de Maturidade vs Tomadores de Decisão: Reduzindo o Gap Através do Método UTA Fabio Reginaldo 1 Sumário - Introdução Contexto de Projetos Modelos de Maturidade O Problema O Objetivo Método Utilizado

Leia mais

Faça mais, com menos: Como crescer em um mercado de trabalho desafiador

Faça mais, com menos: Como crescer em um mercado de trabalho desafiador Faça mais, com menos: Como crescer em um mercado de trabalho desafiador Investir em pessoal com um programa de gestão de desempenho permite que uma operação de abastecimento não só sobreviva, mas cresça

Leia mais

o desenvolvimento, o crescimento e a disseminação moral, honestidade e cooperação real transparência, alta qualidade e preços justos

o desenvolvimento, o crescimento e a disseminação moral, honestidade e cooperação real transparência, alta qualidade e preços justos Desde Junho do ano 2000, trabalhamos muito e buscamos crescer, em nossa sede e em capital. Mas todo nosso crescimento só foi e é possível porque nunca deixamos de lado o desenvolvimento, o crescimento

Leia mais

Engenharia de Software Qualidade de Software

Engenharia de Software Qualidade de Software Engenharia de Software Qualidade de Software O termo qualidade assumiu diferentes significados, em engenharia de software, tem o significado de está em conformidade com os requisitos explícitos e implícitos

Leia mais

Governança AMIGA. Para baixar o modelo de como fazer PDTI: www.microsoft.com/brasil/setorpublico/governanca/pdti

Governança AMIGA. Para baixar o modelo de como fazer PDTI: www.microsoft.com/brasil/setorpublico/governanca/pdti e d a id 4 m IN r fo a n m Co co M a n ua l Governança AMIGA Para baixar o modelo de como fazer PDTI: www.microsoft.com/brasil/setorpublico/governanca/pdti Um dos grandes desafios atuais da administração

Leia mais

ERP Enterprise Resource Planning

ERP Enterprise Resource Planning ERP Enterprise Resource Planning Planejamento de Recursos da Empresa Sistema Integrado de Gestão Corporativa Prof. Francisco José Lopes Rodovalho 1 Um breve histórico sobre o surgimento do software ERP

Leia mais

Metodologia para Análise de Maturidade de Governança de TI. Soluções em Gestão e TI que adicionam valor aos negócios

Metodologia para Análise de Maturidade de Governança de TI. Soluções em Gestão e TI que adicionam valor aos negócios Metodologia para Análise de Maturidade de Governança de TI Soluções em Gestão e TI que adicionam valor aos negócios Garanta a eficiência e a competitividade da sua empresa Análise de Maturidade de Governança

Leia mais

A relação da Governança de TI (COBIT), Gerenciamento de Serviços (ITIL) e Gerenciamento de Projetos (PMI)

A relação da Governança de TI (COBIT), Gerenciamento de Serviços (ITIL) e Gerenciamento de Projetos (PMI) A relação da Governança de TI (COBIT), Gerenciamento de Serviços (ITIL) e Gerenciamento de Projetos (PMI) Os principais modelos de melhores práticas em TI Carlos Henrique Santos da Silva, MSc, PMP, ITIL

Leia mais

14 Os principais documentos de um projeto são: o termo de. 15 Elemento integrante do gerenciamento do escopo do projeto,

14 Os principais documentos de um projeto são: o termo de. 15 Elemento integrante do gerenciamento do escopo do projeto, De acordo com o comando a que cada um dos itens de 1 a 70 se refira, marque, na folha de respostas, para cada item: o campo designado com o código C, caso julgue o item CERTO; ou o campo designado com

Leia mais

No que se refere a conceitos básicos do gerenciamento de projetos, segundo o PMBoK, julgue os itens a seguir.

No que se refere a conceitos básicos do gerenciamento de projetos, segundo o PMBoK, julgue os itens a seguir. De acordo com o comando a que cada um dos itens de 1 a 70 se refira, marque, na folha de respostas, para cada item: o campo designado com o código C, caso julgue o item CERTO; ou o campo designado com

Leia mais

Reduza custos. Potencialize o valor da TI em seus negócios.

Reduza custos. Potencialize o valor da TI em seus negócios. Reduza custos. Potencialize o valor da TI em seus negócios. Autor: Douglas Marcos da Silva 7 Sumário Executivo Nas últimas décadas, a evolução tecnológica, a interdependência dos mercados e a intensificação

Leia mais

TRIAD SYSTEMS DESTAQUES. Desenvolvimento para Dispositivos Móveis. Metodologia Ágil. Expertise em. Fábrica de Testes Mobile.

TRIAD SYSTEMS DESTAQUES. Desenvolvimento para Dispositivos Móveis. Metodologia Ágil. Expertise em. Fábrica de Testes Mobile. Expertise em Metodologia Ágil Desenvolvimento para Dispositivos Móveis Fábrica de Testes Mobile Aderência a Cloud e Big Data DESTAQUES TRIAD SYSTEMS Nós somos a TRIAD SYSTEMS, uma empresa de TI, 100% brasileira,

Leia mais

AUDITORIA DO PROCESSO DE MANUTENÇÃO PROATIVA TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO

AUDITORIA DO PROCESSO DE MANUTENÇÃO PROATIVA TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ DEPARTAMENTO ACADÊMICO DE ELETROTÉCNICA CURSO DE ENGENHARIA INDUSTRIAL ELÉTRICA ÊNFASE ELETROTÉCNICA NICOLAS MACIEL SOARES WANDERLEY ANTONIO FAUSTINO JUNIOR AUDITORIA

Leia mais

.Desenvolvimento de Sistemas

.Desenvolvimento de Sistemas .Quem Somos A BS é uma empresa brasileira e referência em soluções inovadoras, flexíveis e customizadas em tecnologia da informação, consultoria e outsourcing. A BS oferece soluções inteligentes proporcionando

Leia mais

Visão Geral da Certificação CERTICS

Visão Geral da Certificação CERTICS Projeto 0113009300 - Implementação da CERTICS - Certificação de Tecnologia Nacional de Software IX Workshop Anual do MPS WAMPS 2013 Visão Geral da Certificação CERTICS Palestrante: Adalberto Nobiato Crespo

Leia mais

Prof.: Gilberto Onodera

Prof.: Gilberto Onodera Automação de Sistemas Prof.: Gilberto Onodera Aula 21-maio maio-2007 Revisão Conceitos de Macro-economia: Globalização Objetivo: Entender os principais drivers de mercado Economia de escala Paradigma da

Leia mais

LAPS Um Modelo Estruturado de Serviços para Avaliação de Produtos de Software

LAPS Um Modelo Estruturado de Serviços para Avaliação de Produtos de Software PBQP-SW Ciclo de Projetos 2005 LAPS Um Modelo Estruturado de Serviços para Avaliação de Produtos de Software Hermano Perrelli de Moura A Título LAPS Um Modelo Estruturado de Serviços para Avaliação de

Leia mais

Gerenciamento Verde de Projetos. GreenPM

Gerenciamento Verde de Projetos. GreenPM Departamento de Manutenção e Serviços Gerais - DESEG E S C R T Ó R I O D E P R O J E T O S Gerenciamento Verde de Projetos GreenPM PJMAN2013080 Introdução O Ambientalismo é um neologismo, que utiliza-se

Leia mais

FINANÇAS EM PROJETOS DE TI

FINANÇAS EM PROJETOS DE TI FINANÇAS EM PROJETOS DE TI 2012 Material 1 Prof. Luiz Carlos Valeretto Jr. 1 E-mail valeretto@yahoo.com.br Objetivo Objetivos desta disciplina são: reconhecer as bases da administração financeira das empresas,

Leia mais

CobiT: Visão Geral e domínio Monitorar e Avaliar. Daniel Baptista Dias Ernando Eduardo da Silva Leandro Kaoru Sakamoto Paolo Victor Leite e Posso

CobiT: Visão Geral e domínio Monitorar e Avaliar. Daniel Baptista Dias Ernando Eduardo da Silva Leandro Kaoru Sakamoto Paolo Victor Leite e Posso CobiT: Visão Geral e domínio Monitorar e Avaliar Daniel Baptista Dias Ernando Eduardo da Silva Leandro Kaoru Sakamoto Paolo Victor Leite e Posso CobiT O que é? Um framework contendo boas práticas para

Leia mais

Gestão de Clientes no Mercado de Consórcios

Gestão de Clientes no Mercado de Consórcios Relatório de pesquisa Gestão de Clientes no Mercado de Consórcios Via Consulting Maio de 2009 1 Caro leitor, Gostaria de convidá-lo a conhecer o resultado de uma pesquisa patrocinada pela Via Consulting

Leia mais

Competitividade e Resultados: conseqüência do alinhamento de estratégia, cultura e competências.

Competitividade e Resultados: conseqüência do alinhamento de estratégia, cultura e competências. 1 Programa Liderar O Grupo Solvi é um conglomerado de 30 empresas que atua nas áreas de saneamento, valorização energética e resíduos. Como alicerce primordial de seu crescimento encontrase o desenvolvimento

Leia mais

SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO

SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO NBR ISO/IEC 27002: 2005 (antiga NBR ISO/IEC 17799) NBR ISO/IEC 27002:2005 (Antiga NBR ISO/IEC 17799); 27002:2013. Metodologias e Melhores Práticas em SI CobiT; Prof. Me. Marcel

Leia mais

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Business Intelligence (BI)

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Business Intelligence (BI) Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Business Intelligence (BI) Apresentação O programa de Pós-graduação Lato Sensu em Business Intelligence Inteligência Competitiva tem por fornecer conhecimento

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA No XXX Contrato por Produto - Nacional. Elaboração de Plano de Diretor de Tecnologia da Informação e Comunicação.

TERMO DE REFERÊNCIA No XXX Contrato por Produto - Nacional. Elaboração de Plano de Diretor de Tecnologia da Informação e Comunicação. TERMO DE REFERÊNCIA No XXX Contrato por Produto - Nacional 1. Função no Projeto: Elaboração de Plano de Diretor de Tecnologia da Informação e Comunicação. 2. Nosso Número BRA/12/010 3. Antecedentes A missão

Leia mais

Universidade Federal de Goiás Instituto de Informática Sistemas de Informação Código da Matriz Curricular: 109P1NB

Universidade Federal de Goiás Instituto de Informática Sistemas de Informação Código da Matriz Curricular: 109P1NB Universidade Federal de Goiás Instituto de Informática Sistemas de Informação Código da Matriz Curricular: 109P1NB Plano de Disciplina Ano Letivo: 2013-1 º Semestre Dados da Disciplina Código Disc. Nome

Leia mais

..: FormSus :.. http://formsus.datasus.gov.br/site/popup_unidade_detalhe.php?id_aplica...

..: FormSus :.. http://formsus.datasus.gov.br/site/popup_unidade_detalhe.php?id_aplica... 1 de 1 19/4/212 17:17 EGTI 211/212 - Autodiagnostico 21 Imprimir Identificação 1. Qual a identificação do órgão? AGÊNCIA NACIONAL DE TRANSPORTES AQUAVIÁRIOS 2. Qual o âmbito de preenchimento do formulário?

Leia mais

INSTRUMENTO DE AVALIAÇÃO NO APOIO A GESTÃO DE SERVIÇOS

INSTRUMENTO DE AVALIAÇÃO NO APOIO A GESTÃO DE SERVIÇOS INSTRUMENTO DE AVALIAÇÃO NO APOIO A GESTÃO DE SERVIÇOS Eng. Esp. Elias G. Teixeira Prof. Antônio F. Neto, PhD engelias.teixeira@gmail.com antfarianeto@gmail.com Departamento de Engenharia Mecânica da Universidade

Leia mais

Políticas de Qualidade em TI

Políticas de Qualidade em TI Políticas de Qualidade em TI Prof. www.edilms.eti.br edilms@yahoo.com Aula 03 CMMI Capability Maturity Model Integration Parte I Agenda Processos CMMI Definição Histórico Objetivos Características Representações

Leia mais

Introdução ao MPS.BR Guia Geral. Prof. Elias Batista Ferreira

Introdução ao MPS.BR Guia Geral. Prof. Elias Batista Ferreira Introdução ao MPS.BR Guia Geral Prof. Elias Batista Ferreira IMPORTANTE Este NÃO é um curso oficial do MPS.BR. Este curso NÃO é apoiado pela Softex. Objetivo deste Curso Descrever os processos e resultados

Leia mais

Melhores Práticas em TI

Melhores Práticas em TI Melhores Práticas em TI Referências Implantando a Governança de TI - Da Estratégia à Gestão de Processos e Serviços - 2ª Edição Edição - AGUINALDO ARAGON FERNANDES, VLADIMIR FERRAZ DE ABREU. An Introductory

Leia mais

USE O PODER DA NUVEM. VEJA COMO A NUVEM PODE TRANSFORMAR SEUS NEGÓCIOS.

USE O PODER DA NUVEM. VEJA COMO A NUVEM PODE TRANSFORMAR SEUS NEGÓCIOS. USE O PODER DA NUVEM. VEJA COMO A NUVEM PODE TRANSFORMAR SEUS NEGÓCIOS. A computação em nuvem é uma mudança de paradigma no gerenciamento de TI e de datacenters, além de representar a capacidade da TI

Leia mais

2009/04 - Pesquisa sobre Metodologias de Desenvolvimento de Sistemas

2009/04 - Pesquisa sobre Metodologias de Desenvolvimento de Sistemas 2009/04 - Pesquisa sobre Metodologias de Desenvolvimento de Sistemas Pesquisa realiada pelo site http://www.mbi.com.br/ Esta pesquisa foi focada em grandes e médias empresas que possuem equipes de desenvolvimento

Leia mais

Sistemas Integrados de Gestão Empresarial. Prof. Dr. Adilson de Oliveira Computer Engineering Ph.D Project Management Professional (PMP)

Sistemas Integrados de Gestão Empresarial. Prof. Dr. Adilson de Oliveira Computer Engineering Ph.D Project Management Professional (PMP) Sistemas Integrados de Gestão Empresarial Prof. Dr. Adilson de Oliveira Computer Engineering Ph.D Project Management Professional (PMP) Evolução da TI nas Organizações Estágios de Evolução da TI nas Organizações

Leia mais

AGNALDO IZIDORO DE SOUZA UNIPAR agnaldo@unipar.br JAIR OTT UNIPAR jairott@gmail.com PABLO A. MICHEL UNIPAR pamichel@unipar.br

AGNALDO IZIDORO DE SOUZA UNIPAR agnaldo@unipar.br JAIR OTT UNIPAR jairott@gmail.com PABLO A. MICHEL UNIPAR pamichel@unipar.br A importância da aplicação de técnicas de gerenciamento de riscos em projetos de desenvolvimento de software: estudo de caso do sistema de controle de veículos AGNALDO IZIDORO DE SOUZA UNIPAR agnaldo@unipar.br

Leia mais

FACULDADE SENAC GOIÂNIA

FACULDADE SENAC GOIÂNIA FACULDADE SENAC GOIÂNIA NORMA ISO 12.207 Curso: GTI Matéria: Auditoria e Qualidade de Software Professor: Elias Ferreira Acadêmico: Luan Bueno Almeida Goiânia, 2015 CERTIFICAÇÃO PARA O MERCADO BRASILEIRO

Leia mais

1 Introdução 1.1. Motivação

1 Introdução 1.1. Motivação 9 1 Introdução 1.1. Motivação Ao longo das últimas décadas, observou-se um aumento enorme na complexidade dos sistemas de software desenvolvidos, no número de profissionais que trabalham nesta área, na

Leia mais

Estudo de caso na indústria automotiva: as estruturas organizacionais como um diferencial no gerenciamento de projetos

Estudo de caso na indústria automotiva: as estruturas organizacionais como um diferencial no gerenciamento de projetos Estudo de caso na indústria automotiva: as estruturas organizacionais como um diferencial no gerenciamento de projetos Narã Vieira Vetter nara.vetter@volkswagen.com.br MAN Latin America Dalton Angelo da

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA UDESC CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DO ALTO VALE DO ITAJAÍ CEAVI DIREÇÃO DE ENSINO DEN PLANO DE ENSINO

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA UDESC CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DO ALTO VALE DO ITAJAÍ CEAVI DIREÇÃO DE ENSINO DEN PLANO DE ENSINO UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA UDESC CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DO ALTO VALE DO ITAJAÍ CEAVI DIREÇÃO DE ENSINO DEN DEPARTAMENTO: SISTEMAS DE INFORMAÇÃO PLANO DE ENSINO DISCIPLINA: GERÊNCIA DE

Leia mais

ANEXO II - Termo de Referência ANEXO III CRITÉRIO DE AVALIAÇÃO

ANEXO II - Termo de Referência ANEXO III CRITÉRIO DE AVALIAÇÃO ANEXO II - Termo de Referência E ANEXO III CRITÉRIO DE AVALIAÇÃO 1. Antecedentes Com a crescente demanda por novos sistemas informatizados e a pressão contínua dos usuários por maior rapidez no atendimento

Leia mais

Gestão de Projetos Ferramentas e Softwares para Gerenciamento de Projetos

Gestão de Projetos Ferramentas e Softwares para Gerenciamento de Projetos Gestão de Projetos Ferramentas e Softwares para Gerenciamento de Projetos Aula 1 Prof. Rodrigo Rocha prof.rodrigorocha@yahoo.com http://www.bolinhabolinha.com Apresentação Prof. Rodrigo Rocha prof.rodrigorocha@yahoo.com

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA UDESC CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DO ALTO VALE DO ITAJAÍ CEAVI DIREÇÃO DE ENSINO DEN PLANO DE ENSINO

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA UDESC CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DO ALTO VALE DO ITAJAÍ CEAVI DIREÇÃO DE ENSINO DEN PLANO DE ENSINO Departamento: Disciplina: Pré-Requisitos: - I D E N T I F I C A Ç Ã O Sistemas de Informação Gerência de Projetos (GEP) CH: 72 h/a Curso: Bacharelado em Sistemas de Informação Semestre: 2011/1 Fase: 8ª

Leia mais

POLÍTICA. Localizador Revisão Folha:

POLÍTICA. Localizador Revisão Folha: 1/13 1. INTRODUÇÃO Esta norma tem por finalidade descrever os deveres do EPG para o cumprimento de seu trabalho diário dentro dos objetivos da Instituição. 2. OBJETIVO Estabelecer as regras para a realização

Leia mais