Revista Eletrônica da FANESE ISSN

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Revista Eletrônica da FANESE ISSN 2317-3769"

Transcrição

1 UMA PROPOSTA PARA A IMPLANTAÇÃO DE UM ESCRITÓRIO DE PROJETOS NA CONTROLADORIA GERAL DO ESTADO DE SERGIPE CGE Fagner Nascimento dos Santos 1 RESUMO Este artigo apresenta uma proposta de implantação de um escritório de projetos (Project Management Office - PMO) no âmbito da Controladoria Geral do Estado de Sergipe a partir da percepção da dificuldade da organização em gerir seus projetos, bem como lidar com a sua alta demanda diversificada. É sugerida uma estrutura organizacional apoiada na figura do escritório de projetos, pautada numa metodologia específica com foco no acompanhamento e controle de projetos por meio do software de projetos Web2Project. A metodologia utilizada para o modelo apresentado será a pesquisa bibliográfica, a pesquisa documental e o estudo de caso do órgão estudado. O artigo reforça ainda a importância de adotar práticas referentes ao gerenciamento de projetos que propiciem a efetividade da gestão além do racionamento dos recursos públicos contribuindo para o desenvolvimento da gestão de projetos na administração pública estadual. Palavras-chave: Gerenciamento de projetos. Gestão pública. Escritório de projetos. 1 INTRODUÇÃO A cada dia surgem novas práticas e ferramentas de gestão capazes de mudar o rumo das organizações, seja de modo positivo atribuindo valor e agregando competitividade ou de modo negativo, caso sejam utilizadas de forma incorreta ou ainda em um momento inadequado. As organizações que queiram manter-se no mercado de forma competitiva devem estar atentas a essas tendências globais de gestão. A necessidade de atualização imposta pelas demandas do mercado tende a acelerar o surgimento de novas práticas de gestão não só em âmbito privado, mas também na esfera pública. Esta, por ter o dever de servir o cidadão e provê-lo do bem-estar socioeconômico, deve oferecer produtos e serviços de qualidade. No entanto, um agravante, é que estas por não visarem lucro e estarem afundadas na burocracia administrativa da gestão pública tendem a serem as últimas a institucionalizarem as novas práticas. 1 Bacharel em Administração pela Universidade Federal de Sergipe UFS. MBA em Gerência de Projetos pela Faculdade de Negócios de Sergipe FANESE. Assessor Técnico da Controladoria Geral do Estado de Sergipe.

2 Nesse sentido, a gestão pública estadual, inserida no contexto apresentado, não apresenta ainda uma metodologia capaz de reportar o desempenho das metas e objetivos alcançados em cada projeto. Ainda assim, a sobrecarga dos gestores com atividades de cunho administrativo burocrático e o aumento do número de projetos impedem que decisões estratégicas sejam tomadas em relação a estes resultando em desperdício de tempo e recursos públicos. A Controladoria Geral do Estado de Sergipe bem como outras organizações públicas do Estado, apresentam uma estrutura linear tradicional, o que num primeiro momento não favorece a criação de um escritório de projetos inserido nessa estrutura. Visto que, quando tratamos de gerenciamento de projetos, inicialmente, devemos levar em consideração que os resultados serão auferidos em longo prazo não atendendo ao imediatismo do caos da gestão pública. Ainda assim, um processo de implantação de um escritório de projetos bem definido, com o apoio do gestor, trará resultados significativos à gestão pública deixando um legado às próximas administrações. Nesse contexto, das inúmeras práticas existentes, o gerenciamento de projetos surge como uma iniciativa capaz de adequar-se as diferentes estruturas das organizações públicas, tanto pela possibilidade de adaptá-la a estrutura existente sem mudanças drásticas ou ainda utilizar-se do modelo de uma estrutura orientada a projetos. A premissa do gerenciamento de projetos requer apoio incondicional da alta direção, além de uma equipe que conduza a prática dentro da organização. Formalmente, essa equipe deverá trabalhar de forma estruturada com base nas melhores práticas da gestão de projetos. Em outras palavras, a equipe de projetos, conduzida por um gerente deverá ter subsídios humanos, técnicos, financeiros e materiais capazes de auxiliar o trabalho a ser realizado. Essa equipe deverá atuar em local específico a fim de planejar, organizar e controlar as atividades do projeto constituindo assim um escritório de projetos ou no termo em inglês Project Management Office PMO. Esse escritório de projetos, se bem conduzido, tornar-se-á fator de diferenciação em ralação às outras organizações de modo que uma gestão de projetos alinhada estrategicamente aos objetivos otimizará e maximizará os recursos através da uniformização de políticas de gestão, processos e métodos. Com a implantação de um escritório de projetos, os gestores terão maior controle sobre os projetos em andamento bem como a melhoria do fluxo dos processos dando padrão a estes

3 e otimizando tempo e recursos. Ainda assim, com o auxílio de softwares de projetos o gestor poderá acompanhar integralmente todas as fases do projeto além de dar transparência à utilização dos recursos públicos. A efetividade do escritório de projetos favorecerá a gestão do conhecimento na gestão pública aumentando o processo colaborativo entre os diversos setores envolvidos. Nesse sentido, o objetivo deste artigo é propor a Controladoria Geral do Estado de Sergipe a implantação de um escritório de projetos como uma prática de apoio a gestão consolidando políticas e métodos, contribuindo assim para uma maior efetividade da gestão pública. O estudo caracteriza-se como descritivo, onde os fatos são observados, registrados, analisados, classificados e interpretados, sem que o pesquisador interfira neles (ANDRADE, 2003). Através de pesquisa bibliográfica, pesquisa documental e estudo de caso, buscou-se identificar as possibilidades e limitações da implementação desse modelo de gestão no órgão. A conclusão deste artigo aponta um novo enfoque metodológico que reforça ainda mais a necessidade das instituições públicas adotarem ferramentas que aumentem substancialmente a capacidade de gestão, principalmente, no que tange ao controle e monitoramento dos projetos, bem como em obter resultados eficientes e eficazes. 2 O QUE É UM PROJETO? Projeto é o esforço temporário empreendido para alcançar um objetivo específico. E xecutados por pessoas, geralmente com limitações de recursos, e para superá-las são planejados, executados e controlados (PMI, 2008). Projeto, nada mais é, do que um conjunto de ações para realizar algo com um objetivo final, ou nas palavras de Paul Dinsmore (2008), projetos são iniciativas não repetitivas empreendimentos únicos com um começo e um fim. 2.1 Gerenciamento de projetos O gerenciamento de projetos surgiu nos Estados Unidos, na década de 50 em tempos da Segunda Guerra Mundial. Começou a emergir primeiramente como disciplina e logo após foi

4 moldando-se as diferentes demandas e com o surgimento do PMI Project Management Institute em 1969 iniciou o desenvolvimento de uma metodologia de gerenciamento para servir aos interesses das mais diversas empresas. Em 1981, o PMI desenvolve o Project Management Body of Knowledge - PMBOK, um guia contendo os padrões e as linhas práticas de gerenciamento de projetos que passaram a ser amplamente utilizadas e disseminadas por toda a parte. De acordo com PMI (2008), gerenciamento de projetos é a aplicação de conhecimentos, habilidades, ferramentas e técnicas nas atividades do projeto a fim de atender aos seus requisitos. Pode ser melhor explicado através dos processos que o compõem, reunidos em cinco grupos de processos Iniciação, Planejamento, Execução e Controle e Encerramento e em nove Áreas de Conhecimento Gerenciamento da Integração do Projeto, Gerenciamento do Escopo do Projeto, Gerenciamento do Tempo do Projeto, Gerenciamento dos Custos do Projeto, Gerenciamento da Qualidade do Projeto, Gerenciamento dos Recursos Humanos do Projeto, Gerenciamento da Comunicação do Projeto, Gerenciamento dos Riscos do Projeto e Gerenciamento de Aquisições do Projeto. O gerenciamento de projetos surgiu da necessidade de gerenciar planos complexos que num determinado momento se desdobraria em projetos. Estes, por sua vez, necessitariam ser acompanhados de perto a fim de otimizar resultados e reduzir recursos. Com o advento do PMI, as práticas foram disseminadas e são atualizadas constantemente, bem como surgem novas práticas e ferramentas que incrementam a metodologia. O gerenciamento de projetos vem tornando-se febre principalmente no meio privado e iniciando seu ciclo no meio público. Principalmente, devido aos seus resultados cada vez mais satisfatórios como enfatiza Rodrigues (2008), as empresas, há algum tempo, enxergam a gestão de projetos como um baluarte, dito como sustentáculo inserido ao planejamento e às suas ações de tempo determinado, sejam de curto, médio ou longo prazo.

5 3 A CONTROLADORIA GERAL DO ESTADO DE SERGIPE - CGE A Controladoria Geral do Estado de Sergipe CGE foi criada no governo Albano Franco através da Lei nº de 09 de Janeiro de Compete à CGE exercer a plena fiscalização contábil, financeira, orçamentária, operacional e patrimonial dos órgãos e das entidades da Administração Direta e Indireta do Poder Executivo estadual quanto à legalidade, legitimidade, economicidade, aplicação de subvenções e renúncia de receitas, visando à salvaguarda dos bens, à verificação da exatidão e da regularidade das contas e à boa execução do orçamento, bem como exercer outras atividades necessárias ao cumprimento de suas competências. O órgão desenvolve as suas ações de controle com a seguinte missão: orientar e acompanhar a gestão governamental para alcançar a efetividade das políticas públicas e exercer o controle interno para proteger o patrimônio público estadual e assegurar a prevalência do interesse da sociedade. 3.1 Estrutura administrativa X Gerenciamento de projetos A CGE possui um quadro funcional composto por aproximadamente 50 servidores, dos quais efetivos, comissionados, estagiários e terceirizados. Apresenta uma estrutura linear tradicional, dividida em diretorias onde cada diretoria executa tarefas especificas e bem definidas. As linhas formais de comunicação são geralmente com fluxo descendente. Atendem a uma única linha de subordinação e as decisões são centralizadas na figura do Secretário-chefe. Em relação ao ambiente organizacional, a CGE não foge do padrão da administração pública. Culturalmente, ligado à burocracia e ao excesso de processos demorados e defasados. Como toda e qualquer organização pública, elabora e executa projetos do programa de governo, os quais atendem aos mais variados públicos e temas. Projetos esses que, na maioria das vezes, não apresentam um gerenciamento adequado o que gera o desperdício dos recursos. Em suma, a maioria dos órgãos da administração pública estadual ainda não apresentam uma estrutura capaz de gerir, de fato, os complexos e diversificados projetos demandados. De acordo com o PMI (2008) as culturas, o estilo e a estrutura organizacional influenciam a maneira como os projetos são executados. Nesse sentido, é proposta uma estrutura

6 organizacional linear staff. Segundo Picchiai (2010), é o modelo de estrutura em que a(s) unidade(s) diretiva(s) conta(m) com uma unidade especial (órgão ou pessoa-staff), devendo ser independente, com liberdade de opinião e servir de apoio, assessoria e recomendações. Sendo assim, esse órgão especial ou mais especificamente, escritório de projetos proposto, trataria especificamente do gerenciamento dos projetos, bem como da disseminação da prática no órgão. A estrutura proposta não causaria uma mudança brusca do padrão adotado, de forma a contribuir com a internalização da nova metodologia. Para Silveira (2006), quanto maior a quantidade e complexidade de seus projetos, o escritório passa a ser muito mais do que uma proposta para acrescentar valor, tornando-se essencial ao negócio. Secretário Executivo Secretário Chefe Gabinete Assessoria de Comunicação Assessoria Técnica PMO Diretoria A Diretoria B Diretoria C Diretoria D Figura 1: Estrutura proposta Fonte: Autor (2012) 4 ESCRITÓRIO DE PROJETOS (PROJECT MANAGEMENT OFFICE - PMO) PMI (2008), um escritório de projetos (Project Management Office, PMO) é um corpo ou entidade organizacional a qual são atribuídas várias responsabilidades relacionadas ao gerenciamento centralizado e coordenado dos projetos sobre o seu domínio. O PMO pode desempenhar funções que vão desde o suporte até o total gerenciamento do projeto. As funções variam de acordo com o nível de autoridade, bem como o tipo de PMO. Diversos autores discutem quanto às funções do PMO, da mesma forma, ainda não existe um consenso geral entre esses quanto aos tipos de PMO. Nesse sentido, Vargas (2009), classifica o PMO em 3 tipos: Projeto Autônomo é o PMO que é separado das operações e

7 gerencia um projeto ou programa específico; Project Support Office é o PMO de esfera departamental, apoia diversos projetos simultâneos, fornece suporte, ferramentas, recursos técnicos, metodológicos e serviços nas áreas de conhecimento de projetos; e Enterprise Project Support Office é o PMO que está situado na espera corporativa, atua no gerenciamento estratégico dos projetos da organização. Vargas (2009) aponta que, as características que mais justificam a criação de um PMO são o crescimento da complexidade e a pressão nos prazos, respectivamente. Desse modo, como é de caráter da administração pública, o não cumprimento dos prazos nos projetos demandados tornam-se o principal fator para o desperdício de recursos, aliados a má gestão dos mesmos. O autor, sustenta ainda que, os principais fatores chaves para a implantação de um PMO são a sustentabilidade e continuidade no processo e o uso de uma metodologia. No quesito metodologia, Silveira (2006) reforça que, projetos que utilizam uma metodologia têm maiores chances de serem entregues dentro do prazo, orçamento e objetivos planejados. Enfatiza ainda que, a aplicação correta de uma metodologia de gerenciamento de projetos, com processos padrão e técnicas permitem um melhor planejamento, execução e controle das atividades do projeto. O uso de melhores práticas e dos conhecimentos previamente adquiridos gera um ambiente mais ordenado que aumenta as chances de sucesso além de diminuir o tempo de início de novos projetos e facilitar a transferência de conhecimento. De maneira genérica, Quelhas e Barcaui (2003) menciona algumas funções normalmente desempenhadas por um PMO como: suporte ao projeto, treinamento, consultoria, gerenciamento de recursos, implementação de metodologia e padronização de processos. Segundo Ireland e Cleland (2002), um escritório de projetos é o que uma organização quer que ele seja, podendo ser simples, com poucas pessoas preparando e mantendo um cronograma, até várias pessoas realizando planejamento, informes, garantia da qualidade, coleta de informações de desempenho, e funcionar como um centro de comunicação para vários projetos. Conclui que, a centralização das funções no PMO ajuda a organização a ganhar consistência nas práticas metodológicas adotadas a suprimir deficiências em prazo, custo e qualidade em comparação a projetos isolados. A implantação de um PMO numa organização requer antes de mais nada, a participação efetiva da alta administração. O envolvimento do nível hierárquico mais alto é fator preponderante para o sucesso do PMO. Estes, darão aval a inserção da metodologia na

8 organização, bem como são responsáveis pela definição de qual parte da estrutura administrativa o PMO será implantado e da atuação do mesmo. De maneira geral, a implantação de um PMO deve seguir os processos de autorização pela alta administração, definição de escopo, execução do planejado, controle do planejado e encerramento. Para Silveira (2006), o PMO exige método, disciplina e planejamento minucioso, deve contemplar um plano para atender as lacunas existentes entre o estado atual e o desejado em relação a maturidade em gerenciamento de projetos da empresa, o entendimento de sua cultura, que competências precisam ser desenvolvidas, como colaboradores reagem a iniciativas de mudança e quais barreiras ou facilitadores existem para sua aceitação. Outro ponto fundamental no PMO é a figura do gerente de projetos. É ele que vai atuar à frente dos projetos e conduzir o time de projetos a realização das suas funções. É recomendado que este, seja um profissional com habilidades inerentes à pratica da gestão de projetos bem como capacitado e treinado constantemente nas novas tendências que surgem. Atualmente, as organizações estão investindo na capacitação e treinamento desses profissionais certificando-os através de Instituições próprias no assunto, das quais se destacam a Project+, da CompTia, a certificação em gestão de projetos da IPMA (Internacional Project Management Association), o CAPM (Certified Associate in Project Management), a certificação do AIPM (Australiam Institute of Project Managment) e a certificação mais conhecida mundialmente, o PMP (Project Management Professional) do PMI (Project Managment Institute). As organizações buscam ferramentas e práticas que otimizem seus resultados e tragam lucros significativos. Um PMO possibilita diversos benefícios, sejam eles de curto a longo prazo e dependem do seu nível de maturação. Ferreira (2010), salienta que com a implantação de um PMO, vários benefícios são notáveis, dos quais: maior garantia de alcance das metas dos projetos, assegurar transparência de informações, padronizar processos, alinhar ações à estratégia do governo, compartilhar ferramentas e técnicas de gerenciamento de projetos entre todos os envolvidos. otimizar de recursos e pessoas, reduzir desvio de qualidade, incertezas e riscos, diminuindo os custos do projeto, etc. O escritório de projetos agora tem responsabilidade de manter toda a propriedade intelectual relacionada ao gerenciamento de projetos e suportar ativamente o planejamento estratégico

9 da organização (KERZNER, 2005). A grosso modo, os benefícios do PMO são perceptíveis desde os níveis operacionais até o nível estratégico. 4.1 Uma proposta de implantação de um PMO no âmbito da CGE O gerenciamento de projetos vem destacando a importância da implantação de um Escritório de Projetos para garantir incrementos no nível de sucesso dos projetos das organizações [ ] (CARVALHO e HINÇA, 2004). No gerenciamento de projetos, o escritório de projetos é a unidade responsável por gerir os projetos demandados, bem como decidir qual direção seguir em relação a estes, visto que, dependendo da estrutura organizacional esse nível de decisão pode ser mais forte ou mais fraco. Como as organizações estão mergulhadas até o pescoço em projetos, a forma pela qual esses múltiplos esforços são gerenciados determina se as empresas prosperarão ou não. (DINSMORE, 2008). Partindo da premissa de Dinsmore, é evidente a necessidade das instituições gerirem projetos. Nesse sentido, torna-se quase que uma obrigação a implantação de um setor ou alguém que atue como o gestor do projeto. Segundo o PMI (2004), o escritório de projetos está se consagrando como a estrutura responsável por elaborar, disseminar e manter a sistemática de gerenciamento de projetos nas organizações. Em outras palavras, o PMO é responsável por fornecer as ferramentas adequadas para dar respaldo à gestão efetiva de projetos, mantendo o alinhamento com as estratégias corporativas (KERZNER, 2005). No âmbito da CGE, a proposta é de agregar o escritório de projetos ao setor responsável pelo estratégico do órgão. A diretoria de gestão estratégica é órgão de apoio e assessoramento técnico responsável por ações de controle social, por produzir informações e conhecimentos estratégicos que possam subsidiar as atividades das demais unidades e pelo desenvolvimento institucional. Ao desenvolvimento institucional cabe a promoção e coordenação das atividades de modernização administrativo-financeira, de administração dos recursos de informação tecnológica e de recursos humanos, planejar, coordenar e supervisionar a sistematização, padronização e implantação de técnicas e instrumentos de gestão e melhoria de processos, além de formular e implementar estratégias e mecanismos

10 de integração, desenvolvimento e fortalecimento institucional. Desse modo, é o setor ideal para alocação do PMO e disseminação das práticas deste. O escritório de projetos atuará como suporte a todos os projetos demandados pelo órgão, bem como disseminará as práticas da gestão de projetos por todo o órgão ou na classificação de Vargas (2009) trata-se de um PMO do tipo Project Support Office. A figura do gerente de projetos será representada por um servidor capacitado alocado especificamente no escritório de projetos, com a possibilidade de incluir pessoas de todas as diretorias no time do projeto de acordo com o projeto demandado. O PMO proposto a CGE, trabalhará de acordo com as práticas estabelecidas no PMBOK a fim de otimizá-las e atender as tendências globais buscando atualização constante na sua metodologia de acordo com o renomado Instituto de gestão de projetos. Para Vargas (2009) o escritório de projetos é a casa do time de projetos, onde todo o suporte está disponível. Na unidade proposta, a equipe contará ainda com um software de gerenciamento de projetos e com subsídios e ferramentas capazes de gerenciar de forma eficaz todo e qualquer projeto demandado pelo órgão. 5 SISTEMA DE INFORMAÇÕES DE PROJETOS Atualmente existem inúmeros sistemas de informações de projetos livres e privados, desde os mais simples que atuam apenas como suporte visual até os mais complexos que além de gerir todas as etapas do projeto servem de apoio a tomada de decisões estratégicas. As organizações que implantam um software de projetos buscam acima de tudo otimizar recursos e melhorar resultados, mas com a premissa de mensuração e acompanhamento e controle dos processos que englobam um projeto. Para Chermont (2001), a mensuração tem sido importante para organizações se esforçarem para atingir níveis superiores de maturidade. Programas de mensuração ajudam as organizações e gerentes de projeto, fornecendo informações significativas com relação à qualidade, adequação e progresso evolutivo de processos, produtos e projetos de software. As mensurações são utilizadas para controlar e melhorar processos. A aplicação correta de uma metodologia de gerenciamento de projetos, com processos padrão e técnicas permitem um melhor planejamento, execução e controle das atividades do projeto.

11 Acreditar que implementar um escritório de projetos é instalar um software é um dos principais erros dos gestores (Vargas, 2009). Um sistema de informações não trabalha sozinho, ele precisa de pessoal capacitado para manuseá-lo e regras definidas. A equipe do PMO deve estar a par do andamento dos projetos, além de contar com uma comunicação eficiente. Nos dias de hoje, a utilização de um software de projetos é essencial no gerenciamento de projetos. O software de projetos proporcionará maior transparência das atividades do projeto a alta gerência, maior controle sobre o andamento do projeto, informações disponíveis atualizadas e com rapidez, relatórios, visão geral dos projetos, melhorar fluxo de comunicação, etc. Outro novo formato que o PMO está assumindo é o virtual. O Virtual PMO funciona sem um espaço pré-definido para o trabalho. Permite ao time o trabalho distribuído, porém com resultados integrados. Tem como alicerce uma forte infraestrutura de tecnologia e informática. Tem por objetivo ser um centro de apoio ao time, oferecer um ambiente de discussões entre o time o e cliente. Representar o repositório de informações o projeto; permitir o trabalho fisicamente distribuído (VARGAS, 2002). 5.1 Web2project - W2P O web2project - W2P é um sistema de gerenciamento de projetos livre orientado ao negócio com interface web. O W2P é semelhante ao Microsoft Project permitindo definir etapas, alocar recursos, agendar atividades por usuário de forma a podermos planejar com o máximo de rigor qualquer projeto independentemente do seu âmbito. Esta plataforma é gratuita, com tradução para português. As principais características do web2project são: Infra-estrutura segura, capaz de gerir qualquer número de projetos, empresas, departamentos e usuários; Ambiente único para todas as informações sobre os projetos para evitar confusão e reduzir os riscos; Sistema de autorização baseada em papéis visando controle minucioso do Gestor de Projetos aos dados sigilosos;

12 Gráficos de Gantt de projeto e de grupos; Calendário unificado baseado em icalendar mostrando todas as atividades relevantes e eventos; Estrutura modular que permite a adição ou remoção de módulos para personalizar os recursos de acordo com as necessidades. A implantação do W2P na CGE trará melhorias significativas na condução dos projetos. Hoje, o órgão não dispõe de ferramentas capazes de gerir os projetos demandados. A condução destes é feita de maneira obsoleta e ineficiente. Os projetos não seguem um padrão, os stakeholders têm pouca ou nenhuma informação do andamento do projeto e quando as tem, não são detalhadas. Com a implantação do software, os projetos seguirão um padrão proposto pelo sistema, propiciará ainda informações detalhadas aos stakeholders sobre o andamento do projeto além da consulta e gestão das etapas. O software ainda possui módulos customizáveis capazes de adequar-se a realidade do órgão. 6 CONCLUSÃO Em relação ao gerenciamento, as organizações vivem hoje um processo de quebra de paradigmas. Com o advento de novas práticas e ferramentas de gestão, é imprescindível que estas acompanhem tais mudanças a fim de atender da maneira mais eficiente as demandas do mercado. A cultura moderna de gestão de projetos veio para impor novos padrões de trabalho promovendo assim, uma mudança na cultura organizacional das organizações privadas e públicas. O grande desafio do gerenciamento de projetos é vencer descentralização das informações. Desse modo, as organizações que administram muitos projetos simultaneamente têm benefícios na implantação de um PMO, pois simplificam e otimizam o gerenciamento dos projetos através de práticas como suporte, treinamento, padronização, implementação e controle de adesão à metodologia de gerenciamento de projetos. Partindo dessa premissa, aliada a um sistema de informações, os PMO's passaram a não serem vistos mais como obrigação para as organizações, mas sim, como altamente necessários para aquelas empresas que precisam e querem ter um bom controle sobre o andamento e os recursos gastos em projetos.

13 REFERÊNCIAS ANDRADE, Maria Margarida de. Introdução à metodologia do trabalho científico: elaboração de trabalhos de graduação. 6º edição. São Paulo: Atlas, p. CARVALHO, Hélio Gomes de. HINÇA, Ariane. Escritório de projetos como ferramenta de gestão do conhecimento. Disponível em: <http://www.pg.utfpr.edu.br/ppgep/ebook/artigos/19.pdf> Acesso em : 29 agosto CHERMONT, Gisele Salgado de. A qualidade na gestão de projetos de sistemas de informação. Rio de Janeiro: COPPE/UFRJ, 2001, 169p. TESE (Mestrado em Engenharia de Produção): Universidade Federal do Rio de Janeiro, Disponível em: <http://portal.crie.coppe.ufrj.br/portal/data/documents/storeddocuments/%7b93787cae-e94c- 45C7-992B-9403F6F40836%7D/%7B3E2009D6-6C A355-07C4617E954A%7D/Tese- Mestrado-Giselle-Chermont.pdf>. Acesso em: 10 setembro CLELAND, David; IRELAND, Lewis. Gerência de projetos. 1 edição. Rio de Janeiro: Reichmann & Affonso Editores, DINSMORE, Paul Campbell. Tudo é Projeto! Tudo no mundo dos negócios ou é um projeto ou está relacionado a um projeto. Agosto, Disponível em :<http://www.dinsmorecorp.com/br/articles/id104/tudo_é_projeto!> Acesso em : 29 agosto FERREIRA, Wildes. Escritório Central de Projetos: Uma proposta para a Implantação no Governo do Estado de Mato Grosso do Sul VI Prêmio Sul-Mato-Grossense de Gestão Pública - Na categoria Acadêmica, os melhores artigos científicos com o tema Gestão e Políticas Públicas em Mato Grosso do Sul. Disponível em: <http://www.escolagov.ms.gov.br/controle/showfile.php?id=75230> Acesso em : 02 setembro KERZNER, Harold. Using the Project Management Maturity Model: Strategic Planning for Project Management (2nd ed.). New York: John Wiley & Sons Inc PICCHIAI, Djair. Estruturas organizacionais: modelos. Universidade Federal de São Paulo. Reitoria. Secretaria de Planejamento disponível em: <http://dgi.unifesp.br/seplan/templates/docs/seplanmodelos_de_estruturas_organizacionais_material.pdf> Acesso em : 29 agosto PROJECT MANAGEMENT INSTITUTE. Um guia do conjunto de conhecimentos em gerenciamento de projetos (PMBok). Newtown, Pennsylvania, 2004b. PROJECT MANAGEMENT INSTITUTE. Um Guia do conjunto de Conhecimentos em Gerenciamentos de Projetos: Guia PMBOK. 4. ed. Pennsylvania: 14 Campus Boulevard, QUELHAS, Osvaldo. BARCAUI, André B. Escritório de Projetos: Uma Visão Geral. Rio de Janeiro, 2003 Disponível em <http://www.bbbrothers.com.br/scripts/artigos/escrit%f3rios%20de%20projeto- Uma%20vis%E3o%20geral.pdf>. Acesso em: 10 setembro 2012.

14 RODRIGUES, Marcos Tadeu. Gestão de Projetos - Abordagem Conceitual. Maio, Disponível em: <http://www.administradores.com.br/informe-se/artigos/gestao-de-projetosabordagem-conceitual/22772/> Acesso em : 06 setembro SILVEIRA, Andre L. C. Escritório de projetos, sua empresa está pronta? Expleo. Fev Disponível em <http://www.expleo.com.br/pdf/pmo_empresapronta.pdf> Acesso em : 06 setembro SILVEIRA, André L. C. Quinze motivos para você adotar Gerenciamento de Projetos. Expleo. Jun Disponível em: <http://www.expleo.com.br/pdf/15_motivos_p_adotar_gp.pdf> Acesso em : 06 setembro VARGAS, Ricardo Viana. Estabelecendo um Escritorio de Projetos. Abril, Disponível em: <http://www.slideshare.net/ricardo.vargas/ricardo-vargas-estabelecendoescritorio-projetos-pt > Acesso em : 29 agosto VARGAS, Ricardo V. Virtual Project Management Office: rompendo as barreiras geográficas em projetos Disponível em <http://www.aec.com.br/vpmo.> Acesso em : 29 agosto 2012.

Trilhas Técnicas SBSI - 2014

Trilhas Técnicas SBSI - 2014 brunoronha@gmail.com, germanofenner@gmail.com, albertosampaio@ufc.br Brito (2012), os escritórios de gerenciamento de projetos são importantes para o fomento de mudanças, bem como para a melhoria da eficiência

Leia mais

Escritório de Projetos

Escritório de Projetos 1 Escritório de Projetos Módulo 3 Gestão de Projetos Aluno: Humberto Rocha de Almeida Neto hran@cin.ufpe.br Professores: Hermano Perrelli e Alexandre Vasconcelos 19 de outubro de 2009 Agenda Índice do

Leia mais

Análise de Processos do PMBOK em uma Fábrica de Software Um Estudo de Caso

Análise de Processos do PMBOK em uma Fábrica de Software Um Estudo de Caso Análise de Processos do PMBOK em uma Fábrica de Software Um Estudo de Caso Carlos Alberto Rovedder, Gustavo Zanini Kantorski Curso de Sistemas de Informação Universidade Luterana do Brasil (ULBRA) Campus

Leia mais

Gerenciamento de Projetos Modulo I Conceitos Iniciais

Gerenciamento de Projetos Modulo I Conceitos Iniciais Gerenciamento de Projetos Modulo I Conceitos Iniciais Prof. Walter Cunha falecomigo@waltercunha.com http://waltercunha.com Bibliografia* Project Management Institute. Conjunto de Conhecimentos em Gerenciamento

Leia mais

A estrutura do gerenciamento de projetos

A estrutura do gerenciamento de projetos A estrutura do gerenciamento de projetos Introdução O Guia do Conhecimento em Gerenciamento de Projetos (Guia PMBOK ) é uma norma reconhecida para a profissão de gerenciamento de projetos. Um padrão é

Leia mais

2. Gerenciamento de projetos

2. Gerenciamento de projetos 2. Gerenciamento de projetos Este capítulo contém conceitos e definições gerais sobre gerenciamento de projetos, assim como as principais características e funções relevantes reconhecidas como úteis em

Leia mais

04/02/2009. Curso Superior de Tecnologia: Redes de Computadores. Disciplina: Gestão de Projetos de TI. Prof.: Fernando Hadad Zaidan. Unidade 1.

04/02/2009. Curso Superior de Tecnologia: Redes de Computadores. Disciplina: Gestão de Projetos de TI. Prof.: Fernando Hadad Zaidan. Unidade 1. Faculdade INED Curso Superior de Tecnologia: Redes de Computadores Disciplina: Gestão de Projetos de TI Prof.: Fernando Hadad Zaidan 1 Unidade 1.1 2 Introdução ao Gerenciamento de Projetos 3 1 Leitura

Leia mais

GUIA PMBOK PARA GERENCIAMENTO DE PROJETOS

GUIA PMBOK PARA GERENCIAMENTO DE PROJETOS ISSN 1984-9354 GUIA PMBOK PARA GERENCIAMENTO DE PROJETOS Emerson Augusto Priamo Moraes (UFF) Resumo Os projetos fazem parte do cotidiano de diversas organizações, públicas e privadas, dos mais diversos

Leia mais

Ministério Público do Estado de Goiás

Ministério Público do Estado de Goiás Ministério Público do Estado de Goiás Apresentação Inicial PMO Institucional MP-GO 1 Um projeto é um esforço temporário empreendido para criar um produto, serviço ou resultado exclusivo. Em muitos casos

Leia mais

Como concluir um projeto com sucesso?

Como concluir um projeto com sucesso? Como concluir um projeto com sucesso? Luiz Eduardo Cunha, Eng. Professor da FAAP e do IMT 1 Luiz Eduardo Cunha Graduado em Engenharia de Produção EPUSP Pós-Graduado em Gestão do Conhecimento e Inteligência

Leia mais

Gerenciamento de Projetos Modulo I Conceitos Iniciais

Gerenciamento de Projetos Modulo I Conceitos Iniciais Gerenciamento de Projetos Modulo I Conceitos Iniciais Prof. Walter Cunha falecomigo@waltercunha.com http://waltercunha.com Bibliografia* Project Management Institute. Conjunto de Conhecimentos em Gerenciamento

Leia mais

PMBOK 4ª Edição I. Introdução

PMBOK 4ª Edição I. Introdução PMBOK 4ª Edição I Introdução 1 PMBOK 4ª Edição Um Guia do Conhecimento em Gerenciamento de Projetos Seção I A estrutura do gerenciamento de projetos 2 O que é o PMBOK? ( Project Management Body of Knowledge

Leia mais

Gerenciamento de Projetos

Gerenciamento de Projetos Gerenciamento de Projetos Em conformidade com a metodologia PMI 1 Apresentações Paulo César Mei, MBA, PMP Especialista em planejamento, gestão e controle de projetos e portfólios, sempre aplicando as melhores

Leia mais

Estabelecendo um Escritório de Projetos

Estabelecendo um Escritório de Projetos Estabelecendo um Escritório de Projetos Ricardo Viana Vargas, MSc, IPMA-B, PMP ricardo.vargas@macrosolutions.com.br Ricardo Viana Vargas, MSc, IPMA-B, PMP Ricardo Vargas é especialista em gerenciamento

Leia mais

ESCRITÓRIO DE PROJETOS: UM INSTRUMENTO DE GESTÃO ESTRATÉGICA PARA UMA NOVA UNIVERSIDADE NO INTERIOR DA AMAZÔNIA

ESCRITÓRIO DE PROJETOS: UM INSTRUMENTO DE GESTÃO ESTRATÉGICA PARA UMA NOVA UNIVERSIDADE NO INTERIOR DA AMAZÔNIA Centro de Convenções Ulysses Guimarães Brasília/DF 16, 17 e 18 de abril de 2013 ESCRITÓRIO DE : UM INSTRUMENTO DE GESTÃO ESTRATÉGICA PARA UMA NOVA UNIVERSIDADE NO INTERIOR DA AMAZÔNIA Amanda Monteiro Sizo

Leia mais

GERENCIAMENTO DE PROJETOS

GERENCIAMENTO DE PROJETOS GERENCIAMENTO DE PROJETOS Professora: Valéria Vargens Email: valeriapitagoras@gmail.com A Importância do Gerenciamento de Projetos O que estes eventos têm em comum? Como estudar Gerenciamento de projetos?

Leia mais

GERENCIAMENTO DE PORTFÓLIO DE PROGRAMAS DE EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA: UMA PERSPECTIVA PARA A IMPLANTAÇÃO DO ESCRITÓRIO DE PROJETOS

GERENCIAMENTO DE PORTFÓLIO DE PROGRAMAS DE EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA: UMA PERSPECTIVA PARA A IMPLANTAÇÃO DO ESCRITÓRIO DE PROJETOS GERENCIAMENTO DE PORTFÓLIO DE PROGRAMAS DE EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA: UMA PERSPECTIVA PARA A IMPLANTAÇÃO DO ESCRITÓRIO DE PROJETOS Luis Fernando Vitorino 1, Moacir José dos Santos 2, Monica Franchi Carniello

Leia mais

PMI-SP PMI-SC PMI-RS PMI PMI-PR PMI-PE

PMI-SP PMI-SC PMI-RS PMI PMI-PR PMI-PE ESTUDO DE BENCHMARKING EM GERENCIAMENTO DE PROJETOS 2009 Brasil Uma realização dos Chapters Brasileiros do PMI - Project Management Institute PMI-SP PMI-RJ PMI-AM PMI-SC PMI-BA ANEXO 2 PMI-RS PMI PMI-CE

Leia mais

Metodologia de Gerenciamento de Projetos e Captação de Recursos. Secretaria das Cidades. Secretaria do Meio Ambiente e Recursos Hídricos

Metodologia de Gerenciamento de Projetos e Captação de Recursos. Secretaria das Cidades. Secretaria do Meio Ambiente e Recursos Hídricos Metodologia de Gerenciamento de Projetos e Captação de Recursos Secretaria das Cidades Secretaria do Meio Ambiente e Recursos Hídricos Evolução da Administração no Setor Público Melhores práticas de gestão

Leia mais

DESENVOLVIMENTO DE UMA PROPOSTA PARA GERENCIAMENTO DA EXECUÇÃO DE PROJETOS DE CABEAMENTO ESTRUTURADO BASEADO NOS PARÂMETROS DA METODOLOGIA PMI

DESENVOLVIMENTO DE UMA PROPOSTA PARA GERENCIAMENTO DA EXECUÇÃO DE PROJETOS DE CABEAMENTO ESTRUTURADO BASEADO NOS PARÂMETROS DA METODOLOGIA PMI UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ DEPARTAMENTO ACADÊMICO DE ELETROTÉCNICA CURSO DE ENGENHARIA INDUSTRIAL ELÉTRICA/AUTOMAÇÃO HENRY MEINELECKI BUENO BARBOSA LUCAS PEVIDOR DE CARVALHO CAVALLARI MURILO

Leia mais

MANUAL DE GESTÃO DE PROJETOS: Guia de referência do sistema de gestão de projetos do Tribunal Regional do Trabalho da 8ª Região

MANUAL DE GESTÃO DE PROJETOS: Guia de referência do sistema de gestão de projetos do Tribunal Regional do Trabalho da 8ª Região MANUAL DE GESTÃO DE PROJETOS: Guia de referência do sistema de gestão de projetos do Tribunal Regional do Trabalho da 8ª Região Belém PA 2013 MANUAL DE GESTÃO DE PROJETOS: Guia de referência do sistema

Leia mais

PMI-SP PMI-SC PMI-RS PMI PMI-PR PMI-PE

PMI-SP PMI-SC PMI-RS PMI PMI-PR PMI-PE ESTUDO DE BENCHMARKING EM GERENCIAMENTO DE PROJETOS 2009 Brasil Uma realização dos Chapters Brasileiros do PMI - Project Management Institute PMI-SP PMI-RJ PMI-AM PMI-SC PMI-BA ANEXO 1 PMI-RS PMI PMI-CE

Leia mais

Aula Nº 9 Gerenciamento de Recursos Humanos em projetos

Aula Nº 9 Gerenciamento de Recursos Humanos em projetos Aula Nº 9 Gerenciamento de Recursos Humanos em projetos Objetivos da Aula: Os objetivos desta aula visam tratar da identificação bem como do estabelecimento de uma estrutura organizacional apropriada ao

Leia mais

Gerenciamento de Projetos

Gerenciamento de Projetos Gerenciamento de Projetos PMI, PMP e PMBOK PMI (Project Management Institute) Estabelecido em 1969 e sediado na Filadélfia, Pensilvânia EUA, o PMI é a principal associação mundial, sem fins lucrativos,

Leia mais

Prof. Emerson Ricardo Furlaneto Gerente de Projetos e Coordenador de PMO emerson.furlaneto@gmail.com Emerson Furlaneto

Prof. Emerson Ricardo Furlaneto Gerente de Projetos e Coordenador de PMO emerson.furlaneto@gmail.com Emerson Furlaneto Componente Curricular PRZ Prazo, Custo e Risco Prof. Emerson Ricardo Furlaneto Gerente de Projetos e Coordenador de PMO emerson.furlaneto@gmail.com Ementa (Escopo) Apresentação e aplicação de ferramentas,

Leia mais

PMI Project Management Institute

PMI Project Management Institute PMP - Project Management Professional desde 1998 Presidente do Project Management Institute RS 00/04 Coordenador Latino-Americano do PMI-ISSIG por Projetos na Abordagem PMI Vice-Presidente da SUCESU-RS

Leia mais

Oficina de Gestão de Portifólio

Oficina de Gestão de Portifólio Oficina de Gestão de Portifólio Alinhando ESTRATÉGIAS com PROJETOS através da GESTÃO DE PORTFÓLIO Gestão de portfólio de projetos pode ser definida como a arte e a ciência de aplicar um conjunto de conhecimentos,

Leia mais

Escritório de Gerenciamento de Projetos ( Project Management Office PMO)

Escritório de Gerenciamento de Projetos ( Project Management Office PMO) MBA em Gestão de Projetos Escritório de Gerenciamento de Projetos ( Project Management Office PMO) Flávio Feitosa Costa, MSc. PMP (flaviopmp@gmail.com) MBA em Gerência de Projetos Escritório de Gerenciamento

Leia mais

CARTILHA DE GERENCIAMENTO DE PROJETOS

CARTILHA DE GERENCIAMENTO DE PROJETOS CARTILHA DE GERENCIAMENTO DE PROJETOS 1ª edição - 2015 ÍNDICE INTRODUÇÃO...03 O QUE É UM PROJETO?...04 O QUE É UM PROGRAMA?...07 ESTUDOS E PROJETOS...08 O QUE É O GERENCIAMENTO DE PROJETOS...09 QUEM É

Leia mais

A APLICAÇÃO DA GESTÃO DE MUDANÇAS DE ESCOPO E A SUA INFLUÊNCIA NAS RELAÇÕES GERENCIAIS. Marcelo Pereira da Conceição

A APLICAÇÃO DA GESTÃO DE MUDANÇAS DE ESCOPO E A SUA INFLUÊNCIA NAS RELAÇÕES GERENCIAIS. Marcelo Pereira da Conceição A APLICAÇÃO DA GESTÃO DE MUDANÇAS DE ESCOPO E A SUA INFLUÊNCIA NAS RELAÇÕES GERENCIAIS Marcelo Pereira da Conceição Resumo Respostas rápidas as mudanças pode ser uma ação de sobrevivência, este fato leva

Leia mais

Aula 3 Fase de Iniciação de projetos

Aula 3 Fase de Iniciação de projetos Aula 3 Fase de Iniciação de projetos Objetivos da Aula: Os objetivos desta aula são, basicamente, apresentar as atividades que constituem a fase inicial dos projetos. Alem disso, vamos discorrer sobre

Leia mais

PRÁTICA O ESCRITÓRIO DE PROJETOS DA SUPERINTENDÊNCIA CENTRAL DE PLANEJAMENTO COMO INSTRUMENTO DE GESTÃO ESTRATÉGICA DOS PROJETOS PRIORITÁRIOS DO PAI

PRÁTICA O ESCRITÓRIO DE PROJETOS DA SUPERINTENDÊNCIA CENTRAL DE PLANEJAMENTO COMO INSTRUMENTO DE GESTÃO ESTRATÉGICA DOS PROJETOS PRIORITÁRIOS DO PAI PRÁTICA O ESCRITÓRIO DE PROJETOS DA SUPERINTENDÊNCIA CENTRAL DE PLANEJAMENTO COMO INSTRUMENTO DE GESTÃO ESTRATÉGICA DOS PROJETOS PRIORITÁRIOS DO PAI Secretaria/Órgão: Secretaria de Estado de Gestão e Planejamento

Leia mais

Projetos (PMO) : Oportunidades de Sinergia

Projetos (PMO) : Oportunidades de Sinergia Escritórios de Processos (BPM Office) e de Projetos (PMO) : Oportunidades de Sinergia Introdução...2 Uniformizando o entendimento dos conceitos... 4 Entendendo as principais similaridades... 5 Entendendo

Leia mais

Simulações em Aplicativos

Simulações em Aplicativos Simulações em Aplicativos Uso Avançado de Aplicativos Prof. Marco Pozam mpozam@gmail.com A U L A 0 1 Simulações em Aplicativos Uso Avançado de Aplicativos Apresentação da Disciplina Sobre o professor Marco

Leia mais

Aula Nº 10 Planejamento da Comunicação

Aula Nº 10 Planejamento da Comunicação Aula Nº 10 Planejamento da Comunicação Objetivos da Aula: Os objetivos desta aula visam analisar as necessidades de informação para se manter os stakeholders internos e externos bem como a equipe de projetos

Leia mais

Implantação PMO na Secretaria da Fazenda do Estado da Bahia

Implantação PMO na Secretaria da Fazenda do Estado da Bahia Implantação PMO na Secretaria da Fazenda do Estado da Bahia Marta Sueli da Silva Gaino mgaino@sefaz.ba.gov.br Resumo Este artigo apresenta a experiência de implantação do Escritório de Gerenciamento de

Leia mais

O Gerenciamento de Projetos na abordagem do

O Gerenciamento de Projetos na abordagem do Seminário de Desenvolvimento de Gestores de Programas e Projetos Fórum QPC O Gerenciamento de Projetos na abordagem do PMI - Project Management Institute Marco Antônio Kappel Ribeiro Presidente do PMI-RS

Leia mais

Projetos: Terminologia e Aplicações

Projetos: Terminologia e Aplicações Capítulo 1 Projetos: Terminologia e Aplicações A profissionalização da área de Gerenciamento de Projetos é cada vez maior, não somente no Brasil, mas de modo universal. Tal fato é evidenciado observando-se

Leia mais

GESTÃO DE PROJETOS. Prof. Anderson Valadares

GESTÃO DE PROJETOS. Prof. Anderson Valadares GESTÃO DE PROJETOS Prof. Anderson Valadares Projeto Empreendimento temporário Realizado por pessoas Restrições de recursos Cria produtos, ou serviços ou resultado exclusivo Planejado, executado e controlado

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO AMAZONAS MANUAL DE GESTÃO DE PORTFÓLIO DE INICIATIVAS

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO AMAZONAS MANUAL DE GESTÃO DE PORTFÓLIO DE INICIATIVAS MANUAL DE GESTÃO DE PORTFÓLIO DE INICIATIVAS ESTRATÉGICAS MANUAL DE GESTÃO DE PORTFÓLIO DE INICIATIVAS ESTRATÉGICAS Elaborado pela Divisão de Planejamento e Gestão Estratégica. 2012 APRESENTAÇÃO Desde

Leia mais

Cartilha. Gestão de Projetos. Superintendência de Planejamento e Gestão SUPLAN Ministério Público do Estado de Goiás

Cartilha. Gestão de Projetos. Superintendência de Planejamento e Gestão SUPLAN Ministério Público do Estado de Goiás Cartilha Gestão de Projetos SUPLAN Ministério Público do Estado de Goiás Esta cartilha tem como objetivo transmitir os conceitos básicos relacionados ao Gerenciamento de Projetos e compartilhar da metodologia

Leia mais

O IMPACTO DA UTILIZAÇÃO DE UM SOFTWARE DE GERENCIAMENTO ELETRÔNICO DE PROJETOS NAS EMPRESAS

O IMPACTO DA UTILIZAÇÃO DE UM SOFTWARE DE GERENCIAMENTO ELETRÔNICO DE PROJETOS NAS EMPRESAS O IMPACTO DA UTILIZAÇÃO DE UM SOFTWARE DE GERENCIAMENTO ELETRÔNICO DE PROJETOS NAS EMPRESAS Nadia Al-Bdywoui (nadia_alb@hotmail.com) Cássia Ribeiro Sola (cassiaribs@yahoo.com.br) Resumo: Com a constante

Leia mais

FORMAÇÃO DA CULTURA EM GESTÃO POR PROJETOS: O CASO DE UMA ORGANIZAÇÃO PRIVADA DE FINALIDADE PÚBLICA

FORMAÇÃO DA CULTURA EM GESTÃO POR PROJETOS: O CASO DE UMA ORGANIZAÇÃO PRIVADA DE FINALIDADE PÚBLICA FORMAÇÃO DA CULTURA EM GESTÃO POR PROJETOS: O CASO DE UMA ORGANIZAÇÃO PRIVADA DE FINALIDADE PÚBLICA Jorge Luciano Gil Kolotelo (UTFPR) kolotelo@uol.com.br Pedro Carlos Carmona Gallego (FESP) carmona@fesppr.br

Leia mais

MBA ARQUITETURA DE INTERIORES

MBA ARQUITETURA DE INTERIORES MBA ARQUITETURA DE INTERIORES Coordenador: Carlos Russo Professor: Fábio Cavicchioli Netto, PMP 1 APRESENTAÇÃO DO PROFESSOR CONHECENDO OS PARTICIPANTES EXPECTATIVAS DO GRUPO 2 SUMÁRIO PMI / PMBoK / Certificados

Leia mais

Principais Desafios na Implementação de Escritórios de Programas e Projetos (PMO)

Principais Desafios na Implementação de Escritórios de Programas e Projetos (PMO) Principais Desafios na Implementação de Escritórios de Programas e Projetos (PMO) 3º. Seminário de Gerenciamento de Projetos PMI-GO José Carlos Gomes Torquato, PMP genda Conceitos de PMO Tipos e Funções

Leia mais

PMBOK e Gerenciamento de Projetos

PMBOK e Gerenciamento de Projetos PMBOK e Gerenciamento de Projetos Gerenciamento de projetos (GP) é uma área de atuação e conhecimento que tem ganhado, nos últimos anos, cada vez mais reconhecimento e importância. Um dos principais difusores

Leia mais

GESTÃO DE PROJETOS. "Quando o mar está calmo, qualquer barco navega bem." O que é um projeto? Prof. Me. Francisco César Vendrame. W.

GESTÃO DE PROJETOS. Quando o mar está calmo, qualquer barco navega bem. O que é um projeto? Prof. Me. Francisco César Vendrame. W. GESTÃO DE PROJETOS Prof. Me. Francisco César Vendrame "Quando o mar está calmo, qualquer barco navega bem." W. Shakespeare O que é um projeto? Projeto é um empreendimento não repetitivo (único), caracterizado

Leia mais

IMPLANTAÇÃO DE ESCRITÓRIO DE PROJETOS (PMO)

IMPLANTAÇÃO DE ESCRITÓRIO DE PROJETOS (PMO) IMPLANTAÇÃO DE ESCRITÓRIO DE PROJETOS (PMO) Msc. Cassio Germano, PMP Diretor PORTFOLIO Gestão e Capacitação Presidente Project Management Institute Seção Ceará 06/11/2009 Apresentação Prof. Msc. Cassio

Leia mais

PMO - Project Management Office (Escritório de Projetos) 16 horas

PMO - Project Management Office (Escritório de Projetos) 16 horas PMO - Project Management Office (Escritório de Projetos) 16 horas As organizações precisam mudar de um enfoque funcional para um enfoque orientado a projetos, o que demanda mudanças na estrutura organizacional

Leia mais

Manual de Gerenciamento de Projetos

Manual de Gerenciamento de Projetos TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 4ª REGIÃO ASSESSORIA DE GESTÃO ESTRATÉGICA ESCRITÓRIO DE PROJETOS ESTRATÉGICOS (EPE) Manual de Gerenciamento de Projetos SISTEMA DE GESTÃO ESTRATÉGICA Anexo da Portaria

Leia mais

Portifólio de Serviços

Portifólio de Serviços Portifólio de Serviços A PM11K conta com uma abrangência de mercado muito grande graças ao seu modelo inovador. Aqui você contrata um consultor e, junto dele, mais centenas de outros consultores em rede,

Leia mais

Certificações em Gerenciamento de Projetos. Daniel Tadeu Martínez Castello Branco, PMP MBA

Certificações em Gerenciamento de Projetos. Daniel Tadeu Martínez Castello Branco, PMP MBA Certificações em Gerenciamento de Projetos Daniel Tadeu Martínez Castello Branco, PMP MBA Dúvida Quantos aqui atuam como Gerentes de Projeto? Quantos tem investido na carreira de Gerente de Projeto? Tempo

Leia mais

GERENCIAMENTO DE PROJETOS PROJECT MANAGEMENT INSTITUTE

GERENCIAMENTO DE PROJETOS PROJECT MANAGEMENT INSTITUTE GERENCIAMENTO DE PROJETOS PROJECT MANAGEMENT INSTITUTE O PMI e a Certificação PMP Visão Geral sobre o Modelo PMI APRESENTAÇÃO DO PMI O PMI - Project Management Institute é uma instituição sem fins lucrativos,

Leia mais

CURSOS GERENCIAIS 20/12/2010 Antonio Roberto Grazzia, MBA, PMP

CURSOS GERENCIAIS 20/12/2010 Antonio Roberto Grazzia, MBA, PMP CURSOS GERENCIAIS 20/12/2010 Antonio Roberto Grazzia, MBA, PMP Em um ambiente de negócios competitivo, a condução de projetos de forma eficiente e sem desperdícios é um grande diferencial para o sucesso.

Leia mais

fagury.com.br. PMBoK 2004

fagury.com.br. PMBoK 2004 Este material é distribuído por Thiago Fagury através de uma licença Creative Commons 2.5. É permitido o uso e atribuição para fim nãocomercial. É vedada a criação de obras derivadas sem comunicação prévia

Leia mais

Universidade de Pernambuco Escola Politécnica de Pernambuco Engenharia Civil. Planejamento Operacional de Obras. Gerenciamento de Escopo

Universidade de Pernambuco Escola Politécnica de Pernambuco Engenharia Civil. Planejamento Operacional de Obras. Gerenciamento de Escopo Universidade de Pernambuco Escola Politécnica de Pernambuco Engenharia Civil Planejamento Operacional de Obras Gerenciamento de Escopo 1 GERENCIAMENTO DE PROJETOS INTRODUÇÃO PROCESSOS DE GERENCIAMENTO

Leia mais

Aula Nº 06 Determinação do Orçamento

Aula Nº 06 Determinação do Orçamento Aula Nº 06 Determinação do Orçamento Objetivos da Aula: Os objetivos desta aula são, basicamente, apresentar os processos aplicados que possibilitem identificar os recursos necessários para se conduzir

Leia mais

FINANÇAS EM PROJETOS DE TI

FINANÇAS EM PROJETOS DE TI FINANÇAS EM PROJETOS DE TI 2012 Material 1 Prof. Luiz Carlos Valeretto Jr. 1 E-mail valeretto@yahoo.com.br Objetivo Objetivos desta disciplina são: reconhecer as bases da administração financeira das empresas,

Leia mais

Metodologias de Gestão de Projetos no Escritório de Inovação Tecnológica (EIT) da Universidade Federal de Mato Grosso

Metodologias de Gestão de Projetos no Escritório de Inovação Tecnológica (EIT) da Universidade Federal de Mato Grosso Metodologias de Gestão de Projetos no Escritório de Inovação Tecnológica (EIT) da Universidade Federal de Mato Grosso INTRODUÇÃO GESTÃO DE PROJETOS; IMPORTÂNCIA DA GP PARA O CONTEXTO ATUAL DAS ORGANIZAÇÕES;

Leia mais

Questionário de Avaliação de Maturidade Setorial: Modelo de Maturidade Prado-MMGP

Questionário de Avaliação de Maturidade Setorial: Modelo de Maturidade Prado-MMGP DARCI PRADO Questionário de Avaliação de Maturidade Setorial: Modelo de Maturidade Prado-MMGP Versão 2.0.0 Janeiro 2014 Extraído do Livro "Maturidade em Gerenciamento de Projetos" 3ª Edição (a publicar)

Leia mais

Aula 7 Elaboração do Plano de Gerenciamento da Qualidade

Aula 7 Elaboração do Plano de Gerenciamento da Qualidade Aula 7 Elaboração do Plano de Gerenciamento da Qualidade Objetivos da Aula: Os objetivos desta aula visam definir termos e conceitos da qualidade. Para tal, pretende-se discutir a relação que se estabelece

Leia mais

Capítulo 1. Introdução ao Gerenciamento de Projetos

Capítulo 1. Introdução ao Gerenciamento de Projetos Capítulo 1 Introdução ao Gerenciamento de Projetos 2 1.1 DEFINIÇÃO DE PROJETOS O projeto é entendido como um conjunto de ações, executadas de forma coordenada por uma organização transitória, ao qual são

Leia mais

ELABORAÇÃO E ANÁLISE DE PROJETOS MÓDULO 11

ELABORAÇÃO E ANÁLISE DE PROJETOS MÓDULO 11 ELABORAÇÃO E ANÁLISE DE PROJETOS MÓDULO 11 Índice 1. Gerenciamento de riscos do projeto...3 2. Gerenciamento de aquisições do projeto...4 Referências bibliográficas...5 2 1. GERENCIAMENTO DE RISCOS DO

Leia mais

3 Gerenciamento de Projetos

3 Gerenciamento de Projetos 34 3 Gerenciamento de Projetos Neste capítulo, será abordado o tema de gerenciamento de projetos, iniciando na seção 3.1 um estudo de bibliografia sobre a definição do tema e a origem deste estudo. Na

Leia mais

Gestão de Projetos Ferramentas e Softwares para Gerenciamento de Projetos

Gestão de Projetos Ferramentas e Softwares para Gerenciamento de Projetos Gestão de Projetos Ferramentas e Softwares para Gerenciamento de Projetos Aula 1 Prof. Rodrigo Rocha prof.rodrigorocha@yahoo.com http://www.bolinhabolinha.com Apresentação Prof. Rodrigo Rocha prof.rodrigorocha@yahoo.com

Leia mais

"A experiência da implantação do PMO na Secretaria da Fazenda do Estado da Bahia" Marta Gaino Coordenadora PMO

A experiência da implantação do PMO na Secretaria da Fazenda do Estado da Bahia Marta Gaino Coordenadora PMO "A experiência da implantação do PMO na Secretaria da Fazenda do Estado da Bahia" Marta Gaino Coordenadora PMO Secretaria da Fazenda do Estado da Bahia A Sefaz/BA é um órgão da Administração Pública Direta

Leia mais

ESCRITÓRIO RIO DE PROJETOS

ESCRITÓRIO RIO DE PROJETOS PMO PROJETOS PROCESSOS MELHORIA CONTÍNUA PMI SCRUM COBIT ITIL LEAN SIX SIGMA BSC ESCRITÓRIO RIO DE PROJETOS DESAFIOS CULTURAIS PARA IMPLANTAÇÃO DANIEL AQUERE DE OLIVEIRA, PMP, MBA daniel.aquere@pmpartner.com.br

Leia mais

Módulo: Empreendedorismo Gestão de Projetos. Agenda da Teleaula. Vídeo. Logística 28/8/2012

Módulo: Empreendedorismo Gestão de Projetos. Agenda da Teleaula. Vídeo. Logística 28/8/2012 Logística Profª. Paula Emiko Kuwamoto Módulo: Empreendedorismo Gestão de Projetos Agenda da Teleaula Reforçar a importância dos projetos no cenário atual. Apresentar os principais conceitos envolvendo

Leia mais

Produto 2. Proposta de PPM (Project and Portfólio Management) alinhando os conceitos, processos e melhores práticas à plataforma Microsoft EPM 2013

Produto 2. Proposta de PPM (Project and Portfólio Management) alinhando os conceitos, processos e melhores práticas à plataforma Microsoft EPM 2013 Produto 2 Proposta de PPM (Project and Portfólio Management) alinhando os conceitos, processos e melhores práticas à plataforma Microsoft EPM 2013 Autor: Carlos Eduardo Freire Gurgel Sumário 1. Introdução...

Leia mais

Carlos Henrique Santos da Silva

Carlos Henrique Santos da Silva GOVERNANÇA DE TI Carlos Henrique Santos da Silva Mestre em Informática em Sistemas de Informação UFRJ/IM Certificado em Project Management Professional (PMP) PMI Certificado em IT Services Management ITIL

Leia mais

CASE - Implantação de Gestão de Projetos com Software Colaborativo

CASE - Implantação de Gestão de Projetos com Software Colaborativo CASE - Implantação de Gestão de Projetos com Software Colaborativo Alcides Pietro, PMP 1 Objetivos da Palestra Divulgar o caso Principais Passos Principais Decisões Principais Resultados Servir de exemplo

Leia mais

MSI 2007 MBA em Sistemas de Informação Plano de Aulas de Gerenciamento de Projetos

MSI 2007 MBA em Sistemas de Informação Plano de Aulas de Gerenciamento de Projetos MSI 2007 MBA em Sistemas de Informação Plano de Aulas de Gerenciamento de Projetos Data Aula Conteúdo 4/6 1 Apresentação: Professor, Sistemática de Ensino e Plano de Aulas PMBOK cap 1 - Introdução PMBOK

Leia mais

Tipos de Escritórios de Projeto (PMO)

Tipos de Escritórios de Projeto (PMO) Tipos de Escritórios de Projeto (PMO) Ricardo Viana Vargas, MSc, IPMA-B, PMP ricardo.vargas@macrosolutions.com.br Ricardo Viana Vargas, MSc, IPMA-B, PMP Ricardo Vargas é especialista em gerenciamento de

Leia mais

Planejamento e Gestão de Projetos

Planejamento e Gestão de Projetos MBA em EXCELÊNCIA EM GESTÃO DE PROJETOS E PROCESSOS ORGANIZACIONAIS Planejamento e Gestão de s Planejamento e Gestão de s Prof. Msc. Maria C Lage Prof. Newman Serrano, PMP Visão geral da disciplina Objetivos

Leia mais

Modelo de escritório de projetos de pesquisa financiados por órgãos de fomento

Modelo de escritório de projetos de pesquisa financiados por órgãos de fomento 1 Modelo de escritório de projetos de pesquisa financiados por órgãos de fomento Maria Hortência da Costa Telles 1 Stella Regina Reis da Costa 2 mhtelles@inmetro.gov.br 1 stellare@ig.com.br 2 1 Instituto

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO GERAL GESTÃO DE PROJETOS

ADMINISTRAÇÃO GERAL GESTÃO DE PROJETOS ADMINISTRAÇÃO GERAL GESTÃO DE PROJETOS Atualizado em 31/12/2015 GESTÃO DE PROJETOS PROJETO Para o PMBOK, projeto é um esforço temporário empreendido para criar um produto, serviço ou resultado exclusivo.

Leia mais

O MODELO PRADO-MMGP V4

O MODELO PRADO-MMGP V4 O MODELO PRADO-MMGP V4 Existem, atualmente, diversos modelos de maturidade para gerenciamento de projetos. Todos eles apresentam cinco níveis, mas diferem um pouco no conteúdo de cada nível [1,4,5]. Além

Leia mais

Tribunal Regional Eleitoral do Ceará. ProjeTRE: sistema de informações para gestão de projetos

Tribunal Regional Eleitoral do Ceará. ProjeTRE: sistema de informações para gestão de projetos Tribunal Regional Eleitoral do Ceará ProjeTRE: sistema de informações para gestão de projetos Tema: Gestão Estratégica Luthiano Sande Lima Vasconcelos Escritório Corporativo de Projetos luthiano@tre-ce.gov.br

Leia mais

Tutorial de Gerenciamento de Projetos. Erika Yamagishi Semana de Qualidade e Gestão Unicamp/FT 13 de maio de 2011

Tutorial de Gerenciamento de Projetos. Erika Yamagishi Semana de Qualidade e Gestão Unicamp/FT 13 de maio de 2011 Tutorial de Gerenciamento de Projetos Erika Yamagishi Semana de Qualidade e Gestão Unicamp/FT 13 de maio de 2011 Apresentação Erika Yamagishi Engenheira de Computação pela UNICAMP Consultora associada

Leia mais

A TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E A GESTÃO DAS ORGANIZAÇÕES. Evolução do TI e Gestão das Organizações Gestão de Projetos Métodos Ágeis

A TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E A GESTÃO DAS ORGANIZAÇÕES. Evolução do TI e Gestão das Organizações Gestão de Projetos Métodos Ágeis A TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E A GESTÃO DAS ORGANIZAÇÕES Evolução do TI e Gestão das Organizações Gestão de Projetos Métodos Ágeis Vamos nos conhecer e definir as diretrizes de nosso curso??? www.eadistancia.com.br

Leia mais

Aula 2 Governança do projeto Papéis e Responsabilidades

Aula 2 Governança do projeto Papéis e Responsabilidades Aula 2 Governança do projeto Papéis e Responsabilidades Objetivos da Aula: Nesta aula, iremos conhecer os diversos papéis e responsabilidades das pessoas ou grupos de pessoas envolvidas na realização de

Leia mais

GRUPOS TEMÁTICOS: I - Monitoramento & Avaliação dos Programas do

GRUPOS TEMÁTICOS: I - Monitoramento & Avaliação dos Programas do GRUPOS TEMÁTICOS: I - Monitoramento & Avaliação dos Programas do Governo e II - Plano de Governo / Planejamento Estratégico 1. Em que situação encontra-se o produto em seu Estado? Em contratação; Em construção

Leia mais

Pós-graduação em Gerenciamento de Projetos práticas do PMI

Pós-graduação em Gerenciamento de Projetos práticas do PMI Pós-graduação em Gerenciamento de Projetos práticas do PMI Planejamento do Gerenciamento das Comunicações (10) e das Partes Interessadas (13) 2 Gerente Sênior de Projetos e Processos, 18 anos de experiência

Leia mais

METODOLOGIA HSM Centrada nos participantes com professores com experiência executiva, materiais especialmente desenvolvidos e infraestrutura tecnológica privilegiada. O conteúdo exclusivo dos especialistas

Leia mais

Proposta. Gerenciando Projetos com Microsoft Project. Apresentação Executiva. Gerenciando Projetos com Ms-Project

Proposta. Gerenciando Projetos com Microsoft Project. Apresentação Executiva. Gerenciando Projetos com Ms-Project Gerenciando Projetos com Microsoft Project Apresentação Executiva 1 O Microsoft Project é utilizado principalmente para o planejamento e controle de projetos. Atualmente é a ferramenta mais utilizada no

Leia mais

GLOSSÁRIO. Atividade: ação, em geral repetitiva, que permite gerar um determinado produto (bens e serviços), estendendo-se por tempo indeterminado.

GLOSSÁRIO. Atividade: ação, em geral repetitiva, que permite gerar um determinado produto (bens e serviços), estendendo-se por tempo indeterminado. GLOSSÁRIO Accountability: obrigação de prestar contas. Responsabilização. Envolve não apenas a transparência dos processos como também a definição de responsabilidades e identificação dos responsáveis.

Leia mais

Gerenciamento de Projetos de TI. Alércio Bressano, MBA

Gerenciamento de Projetos de TI. Alércio Bressano, MBA Gerenciamento de Projetos de TI Alércio Bressano, MBA Os projetos possuem em seu código genético o fracasso! Eles nasceram para dar errado! Nós é que temos a responsabilidade de conduzí-los ao sucesso!

Leia mais

GERENCIAMENTO DE PROJETOS EM AGÊNCIAS WEB BASEADO NO PMI E METODOLOGIAS ÁGEIS 1

GERENCIAMENTO DE PROJETOS EM AGÊNCIAS WEB BASEADO NO PMI E METODOLOGIAS ÁGEIS 1 1 GERENCIAMENTO DE PROJETOS EM AGÊNCIAS WEB BASEADO NO PMI E METODOLOGIAS ÁGEIS 1 Peter Rizzon 2 Resumo: Com a crescente demanda no desenvolvimento de softwares baseados na plataforma web, as empresas

Leia mais

CARACTERÍSTICAS DE UM PROJETO

CARACTERÍSTICAS DE UM PROJETO CARACTERÍSTICAS DE UM PROJETO Temporário: significa que cada projeto tem um início e um fim muito bem definidos. Um projeto é fundamentalmente diferente: porque ele termina quando seus objetivos propostos

Leia mais

PMO e Agile Team Um link forte e vital nos projetos O impacto da maturidade nos Projetos de TI

PMO e Agile Team Um link forte e vital nos projetos O impacto da maturidade nos Projetos de TI PMO e Agile Team Um link forte e vital nos projetos O impacto da maturidade nos Projetos de TI Introdução Este artigo é o resultado de minha experiência com projetos de software em empresas do setor público,

Leia mais

Workshop em Gerenciamento de Projetos

Workshop em Gerenciamento de Projetos Workshop em Gerenciamento de Projetos 1 Agenda MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO Introdução Apresentação do Palestrante Introdução Conceituação Melhores Práticas Histórico (PMI, PMBok, PMO) Grupos de Processos

Leia mais

IDENTIFICAÇÃO E DESENVOLVIMENTO DE COMPETÊNCIAS PARA A GESTÃO DE PROJETOS

IDENTIFICAÇÃO E DESENVOLVIMENTO DE COMPETÊNCIAS PARA A GESTÃO DE PROJETOS IDENTIFICAÇÃO E DESENVOLVIMENTO DE COMPETÊNCIAS PARA A GESTÃO DE PROJETOS Claudio Oliveira Aplicações de CRM Claudio Oliveira Apresentação Claudio Oliveira (cloliveira@usp.br) Professor da Fundação Vanzolini

Leia mais

Gerenciamento de Projetos Web. Professor: Guilherme Luiz Frufrek Email: frufrek@utfpr.edu.br http://paginapessoal.utfpr.edu.

Gerenciamento de Projetos Web. Professor: Guilherme Luiz Frufrek Email: frufrek@utfpr.edu.br http://paginapessoal.utfpr.edu. Gerenciamento de Projetos Web Professor: Guilherme Luiz Frufrek Email: frufrek@utfpr.edu.br http://paginapessoal.utfpr.edu.br/frufrek Possui Especialização em Engenharia de Software e Banco de Dados pela

Leia mais

OTIMIZAÇÃO DE RECURSOS E INVESTIMENTOS ATRAVÉS DO GERENCIAMENTO DE PROGRAMAS CONSULTORIA

OTIMIZAÇÃO DE RECURSOS E INVESTIMENTOS ATRAVÉS DO GERENCIAMENTO DE PROGRAMAS CONSULTORIA OTIMIZAÇÃO DE RECURSOS E INVESTIMENTOS ATRAVÉS DO GERENCIAMENTO DE PROGRAMAS CONSULTORIA SOBRE A CONSULTORIA Alcance melhores resultados através da gestão integrada de projetos relacionados ou que compartilham

Leia mais

Gerenciamento de Projetos

Gerenciamento de Projetos Gerenciamento de Projetos Profa Msc Lidiane Reis -lreis@radial.br Plano de Ensino / Aula Inaugural Onde você quer chegar??? Por quê estudar Gestão de Projetos??? O que vamos estudar? (Ementa) O aluno aprenderá

Leia mais

GERÊNCIA DE INTEGRAÇÃO DO PROJETO

GERÊNCIA DE INTEGRAÇÃO DO PROJETO GERÊNCIA DE INTEGRAÇÃO DO PROJETO Estevanir Sausen¹, Patricia Mozzaquatro² ¹Acadêmico do Curso de Ciência da Computação ²Professor(a) do Curso de Ciência da Computação Universidade de Cruz Alta (UNICRUZ)

Leia mais

Gestão estratégica por KPIs 1

Gestão estratégica por KPIs 1 Gestão estratégica por KPIs 1 Sumário Introdução 03 Por que usar indicadores na gestão 05 Dado, informação ou indicadores? 07 KPI: Os indicadores chave de desempenho 09 KPIs do PMO Conclusão Sobre a Project

Leia mais

Treinamento. Elaboração e Gerenciamento de Projetos

Treinamento. Elaboração e Gerenciamento de Projetos Treinamento Elaboração e Gerenciamento de Projetos Treinamento em Gerenciamento de Projetos 2 Sumário Capítulo 1 Introdução 5 1.1 O que é um Projeto? 5 1.2 O Que é Gerenciamento de Projetos 6 Stakeholders

Leia mais

Qual Será o PMO do Futuro?

Qual Será o PMO do Futuro? Qual Será o PMO do Futuro? Ricardo Viana Vargas, MSc, IPMA-B, PMP ricardo.vargas@macrosolutions.com.br Ricardo Viana Vargas, MSc, IPMA-B, PMP Ricardo Vargas é especialista em gerenciamento de projetos,

Leia mais

8/3/2009. Empreendimento temporário que tem por finalidade criar um produto, serviço ou resultado exclusivo.

8/3/2009. Empreendimento temporário que tem por finalidade criar um produto, serviço ou resultado exclusivo. FAE S.J. dos Pinhais Projeto e Desenvolvimento de Software Conceitos Básicos Prof. Anderson D. Moura O que é um projeto? Conjunto de atividades que: 1. Objetivo específico que pode ser concluído 2. Tem

Leia mais