INDÚSTRIA NAVAL BRASILEIRA

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "INDÚSTRIA NAVAL BRASILEIRA"

Transcrição

1 UM NOVO MOMENTO DA INDÚSTRIA NAVAL BRASILEIRA

2 ENSEADA. A QUALIDADE, A PRODUTIVIDADE E A TECNOLOGIA DOS MELHORES ESTALEIROS DO MUNDO AGORA NO BRASIL Resultado da associação entre Odebrecht, OAS, UTC e Kawasaki, a Enseada já nasceu grande. Além de encomendas de 6,5 bilhões de dólares, a Enseada impressiona por outro projeto arrojado: a construção do estaleiro na Unidade Paraguaçu na Bahia. Uma estrutura que une alta tecnologia, gestão focada em resultados e uma forte política ambiental para estar entre os estaleiros mais eficientes e competitivos do mundo. É a produção de navios, sondas e plataformas no Brasil vivendo um novo momento. É a indústria naval brasileira conquistando espaço e respeito internacionais. US$ UNIDADE PARAGUAÇU - BA Concebida para desenvolver projetos complexos de engenharia naval com a mais alta tecnologia e um conceito de sustentabilidade que o diferencia. Sua planta industrial foi criada dentro dos padrões de qualidade, produtividade e tecnologia dos melhores estaleiros do mundo, visando ao máximo de eficiência e ao mínimo de desperdício em todas as etapas operacionais. Carteira de encomendas para construção de seis sondas de perfuração para o pré-sal, totalizando US$ 4,8 bilhões empregos diretos e indiretos no pico das operações. Um dos maiores investimentos privados da Bahia nos últimos 10 anos, no valor de R$ 2,7 bilhões.

3 UNIDADE SÃO ROQUE - BA A Unidade São Roque está localizada no Canteiro de Obras de São Roque do Paraguaçu, construído em 1976 em uma área de metros quadrados. A Unidade possui infraestrutura para construção de módulos, topsides para navios-sonda, plataformas de produção, FPSO e jaquetas. Possui três cais de acabamento com 10 metros de calado, oficinas de solda, pintura, montagem de blocos e corte mecanizado de chapas de aço. Capacidade para processar toneladas de aço. Capacidade para abrigar integrantes. Construirá 8 módulos topsides para o NS Ondina. PRODUTOS E SERVIÇOS UNIDADES DE PRODUÇÃO Construção e conversão de plataformas fixas e flutuantes, além da construção e integração de seus módulos. UNIDADES DE PERFURAÇÃO Construção de sondas de perfuração offshore, principalmente para exploração em águas profundas, como a do petróleo na camada do pré-sal. NAVIOS ESPECIALIZADOS Construção de navios para apoio offshore, como PLSV, MPSV e Construction Support Vessels. REPARO NAVAL Atendimento às embarcações do programa de construção: unidades de perfuração ou produção e navios especializados.

4 PROJETO CONVERSÕES Concluída a etapa de revitalização das instalações do Estaleiro Inhaúma, no Rio de Janeiro, a Enseada realiza a conversão de quatro navios petroleiros nos cascos das futuras plataformas P-74, P-75, P-76 e P-77, que serão destinadas às áreas da Cessão Onerosa no pré-sal da Bacia de Santos. A conversão dos quatro navios em FPSO totalizam US$ 1,7 bilhão e vão gerar empregos diretos no pico das operações de cada plataforma. Esse processo envolve a substituição de toneladas de chapas novas, elétrica e instrumentação e equipamentos, toneladas de tubulações e toneladas de estrutura metálica. Vista aérea do Estaleiro Inhaúma Oficina de caldeiraria do Estaleiro Inhaúma

5 PROJETO SONDAS Na Bahia, a Enseada está construindo seis navios-sonda para a Sete Brasil com objetivo de operar no pré-sal, em lâminas d água de três mil metros. Quatro desses navios Ondina, Pituba, Boipeba e Interlagos serão operados pela Odebrecht Óleo e Gás. Os outros dois Itapema e Comandatuba serão operados pela Etesco/OAS. O valor global do contrato é da ordem de US$ 4,8 bilhões. O navio-sonda Ondina já está em construção e será entregue ao cliente em 2016 e o último, Comandatuba, em Corte de chapa do navio-sonda Ondina Montagem do casco do navio-sonda Ondina Teste de propulsão do navio-sonda Ondina

6 A ENSEADA TAMBÉM CONSTRÓI UMA POLÍTICA DE SUSTENTABILIDADE Aqui o foco da responsabilidade social está nas pessoas e na sua interação com a empresa, o ambiente físico, a cultura, as crenças e as tradições. Por isso, em todas as unidades, a Enseada investe na capacitação profissional e no diálogo com as comunidades, incentivando a sua participação ativa e também desenvolvendo uma relação de confiança e transparência com todos os stakeholders do empreendimento. Interação com a comunidade Restauração da igreja Capacitação profissional da comunidade Treinamento da comunidade no Japão

7 REFERÊNCIA EM QUALIDADE, PRODUTIVIDADE E TECNOLOGIA Com a associação da Kawasaki, em 2012, houve uma grande transferência de tecnologia, garantindo melhores condições e prazos para a entrega dos equipamentos de alta complexidade. Esse diferencial tecnológico trouxe mais eficiência e qualificação para os profissionais, que estão sendo capacitados nos centros de formação da empresa no Japão. Transferência de tecnologia Kawasaki CULTURA DE SEGURANÇA A qualidade e a produtividade envolvem o compromisso com a integridade dos colaboradores, a proteção do meio ambiente e a conservação dos equipamentos. MELHORIA CONTÍNUA Com o compromisso de gerar valor para clientes, acionistas, integrantes e comunidades onde atua, a Enseada trabalha com uma estrutura descentralizada, baseada na confiança e na parceria entre líderes e liderados. Por isso, empenha-se em garantir bem-estar e crescimento profissional através da educação pelo trabalho. Maquete da Unidade Paraguaçu

8 Versão Agosto BAHIA UNIDADE PARAGUAÇU - MATRIZ Rua A, Fazenda Boa Vista do Gurjão e Dendê, Anexo 2, Enseada do Paraguaçu, Maragojipe-BA / CEP (+55 75) UNIDADE SÃO ROQUE Rua Santa Cruz, Quadra 19, Lote 01, Distrito São Roque do Paraguaçu, Maragojipe-BA / CEP (+55 75) ESCRITÓRIO Avenida Tancredo Neves, nº 2.227, Cond. Salvador Prime, 11º e 15º andares, Caminho das Árvores, Salvador-BA / CEP (+55 71) / 8030 RIO DE JANEIRO ESTALEIRO INHAÚMA - PROJETO CONVERSÕES Rua General Gurjão, nº 2 - Parte, Caju, Rio de Janeiro-RJ / CEP: (+55 21) ESCRITÓRIO Avenida República do Chile, nº 230, 6º andar, Centro, Rio de Janeiro-RJ / CEP: Tel. (+55 21) /

Conselho de Administração do EEP e acionistas em dois momentos. No alto, em encontro com o Sr. Norberto Odebrecht durante a oficialização de parceria

Conselho de Administração do EEP e acionistas em dois momentos. No alto, em encontro com o Sr. Norberto Odebrecht durante a oficialização de parceria Conselho de Administração do EEP e acionistas em dois momentos. No alto, em encontro com o Sr. Norberto Odebrecht durante a oficialização de parceria tecnológica com a Kawasaki na sede da Odebrecht S.A.

Leia mais

Encontro para fomento da Micro e Pequena Empresa no entorno do EEP SICM Salvador - 04/06/2013

Encontro para fomento da Micro e Pequena Empresa no entorno do EEP SICM Salvador - 04/06/2013 Encontro para fomento da Micro e Pequena Empresa no entorno do EEP SICM Salvador - 04/06/2013 Gerente de Relações Institucionais Marcio Mendonça Cruz Revitalização Revitalização da da indústria indústria

Leia mais

1º Workshop Tecnológico PLATEC Sondas de Perfuração Marítima Vitoria/ES

1º Workshop Tecnológico PLATEC Sondas de Perfuração Marítima Vitoria/ES 1º Workshop Tecnológico PLATEC Sondas de Perfuração Marítima Vitoria/ES FEV - 2013 Mercado de atuação do EEP descobertas do pré-sal: o Brasil se transformou no grande mercado para diversos equipamentos

Leia mais

construção naval e offshore no Brasil

construção naval e offshore no Brasil construção naval e offshore no Brasil 1 agenda a indústria naval e offshore no Brasil a indústria naval e offshore no mundo visão do negócio empresas Brasileiras demanda Petrobras gestão de engenharia

Leia mais

A INDÚSTRIA NAVAL NO BRASIL

A INDÚSTRIA NAVAL NO BRASIL A INDÚSTRIA NAVAL NO BRASIL SUMÁRIO O Potencial do Setor de Óleo e Gás no Brasil Renascimento da Indústria Naval Brasileira Setor Naval Brasileiro Uma Realidade Desaceleração da Economia e Impacto no Setor

Leia mais

Odebrecht Mobilidade: mais investimentos em transporte público

Odebrecht Mobilidade: mais investimentos em transporte público nº 345 novembro 2014 Odebrecht Mobilidade: mais investimentos em transporte público Odebrecht 70 anos: histórico e perspectivas em Óleo e Gás Foz Saneatins passa a se chamar Odebrecht Ambiental Saneatins

Leia mais

Análise Geral da Situação da Construção de Sondas por Estaleiros

Análise Geral da Situação da Construção de Sondas por Estaleiros Análise Geral da Situação da Construção de Sondas por Estaleiros Estaleiro Atlântico Sul EAS Ipojuca - Pernambuco Controle Acionário 33,3% Queiroz Galvão 33,3% Camargo Corrêa 33,3% IHI Ishikawajima HI

Leia mais

Augusto Mendonça Presidente

Augusto Mendonça Presidente Augusto Mendonça Presidente Quem somos ABENAV - Associação Brasileira das Empresas de Construção Naval e Offshore A ABENAV foi criada por uma iniciativa do SINAVAL e os principais estaleiros nacionais

Leia mais

Polo Produtivo 2 de Julho

Polo Produtivo 2 de Julho Polo Produtivo 2 de Julho Cadeia de Óleo & Gás offshore, onshore e Indústria Naval Recôncavo - Bahia Apoio: OBJETIVO Implantação de um complexo Industrial para atender a crescente demanda da Indústria

Leia mais

A Indústria naval e offshore no Estado do Rio De Janeiro

A Indústria naval e offshore no Estado do Rio De Janeiro A Indústria naval e offshore no Estado do Rio De Janeiro Rio de Janeiro Localização Sudeste do Brasil (56% do PIB nacional) Área 43.90 km 2 (0,5% do território brasileiro) População 5,4 Mi (8,4% do total)

Leia mais

Isaias Quaresma Masetti. Gerente Geral de Desenvolvimento e Inovação Tecnológica masetti@petrobras.com.br

Isaias Quaresma Masetti. Gerente Geral de Desenvolvimento e Inovação Tecnológica masetti@petrobras.com.br Inovação Tecnológica Frente aos Desafios da Indústria Naval Brasileira Isaias Quaresma Masetti Gerente Geral de Desenvolvimento e Inovação Tecnológica masetti@petrobras.com.br ... O maior obstáculo à indústria

Leia mais

SINAVAL SINDICATO NACIONAL DA INDÚSTRIA DA CONSTRUÇÃO E REPARAÇÃO NAVAL E OFFSHORE. Apresentação SINAVAL

SINAVAL SINDICATO NACIONAL DA INDÚSTRIA DA CONSTRUÇÃO E REPARAÇÃO NAVAL E OFFSHORE. Apresentação SINAVAL Apresentação SINAVAL Conteúdo Demandas a atender pela Indústria Naval nacional Recursos humanos Conteúdo local Ações institucionais SINAVAL Norte e Nordeste Visão geral dos estaleiros do Brasil Conteúdo

Leia mais

EXPLORAÇÃO & PRODUÇÃO EXPLORAÇÃO & PRODUÇÃO

EXPLORAÇÃO & PRODUÇÃO EXPLORAÇÃO & PRODUÇÃO Objetivo Maximizar a participação da indústria nacional de bens e serviços, em bases competitivas e sustentáveis, na implantação de projetos de óleo e gás no Brasil e no exterior. 1 Desafios Históricos:

Leia mais

Conteúdo Local na Construção Naval e Offshore Brasileira: O papel da ANP

Conteúdo Local na Construção Naval e Offshore Brasileira: O papel da ANP Conteúdo Local na Construção Naval e Offshore Brasileira: O papel da ANP Coordenadoria de Conteúdo Local Marintec South America / 12ª Navalshore, 12/08/15 A Política de Conteúdo Local Definição: Política

Leia mais

Panorama do setor de construção naval e offshore: balanço e perspectivas.

Panorama do setor de construção naval e offshore: balanço e perspectivas. 12ª Navalshore Maritech South America Panorama do setor de construção naval e offshore: balanço e perspectivas. Enseada Indústria Naval S.A. Humberto Rangel - Diretor de Relações Institucionais e de Sustentabilidade

Leia mais

Projetos Atuais e Futuros da CAIXA RS junto ao mercado Naval e Portuário. Porto Alegre, agosto de 2010.

Projetos Atuais e Futuros da CAIXA RS junto ao mercado Naval e Portuário. Porto Alegre, agosto de 2010. Projetos Atuais e Futuros da CAIXA RS junto ao mercado Naval e Portuário Porto Alegre, agosto de 2010. APOIO AO Polo Naval - Rio Grande Atuação integrada do Governo, por meio da SEINFRA e SEDAI, voltada

Leia mais

SINAVAL Cenário do 1º trimestre de 2013

SINAVAL Cenário do 1º trimestre de 2013 Apresentação Sindicato Nacional da Indústria da Construção e Reparação Naval e Offshore SINAVAL Petroleiro Zumbi dos Palmares Plataforma P-61 SINAVAL maio 2013 1 Conteúdo Sindicato Nacional da Indústria

Leia mais

Augusto Mendonça Presidente

Augusto Mendonça Presidente Augusto Mendonça Presidente Quem somos SINAVAL - Sindicato Nacional da Indústria da Construção e Reparação Naval e Offshore O SINAVAL é a instituição que representa os estaleiros do setor Naval e Offshore

Leia mais

Augusto Mendonça Presidente

Augusto Mendonça Presidente Augusto Mendonça Presidente Quem somos ABENAV - Associação Brasileira das Empresas de Construção Naval e Offshore A ABENAV foi criada por uma iniciativa do SINAVAL e os principais estaleiros nacionais

Leia mais

SINDICATO NACIONAL DA INDÚSTRIA DA CONSTRUÇÃO E REPARAÇÃO NAVAL E OFFSHORE

SINDICATO NACIONAL DA INDÚSTRIA DA CONSTRUÇÃO E REPARAÇÃO NAVAL E OFFSHORE 1 A demanda por plataformas de produção de petróleo Abril 2010 A demanda por plataformas de produção de diversos tipos é estimada em cerca de 150 unidades até 2020. A demanda estimada da Petrobras é de

Leia mais

OSX Apresentação Institucional. Agosto, 2011

OSX Apresentação Institucional. Agosto, 2011 OSX Apresentação Institucional Agosto, 20 Estrutura da OSX Estrutura Organizacional 78,9%* Free Float 2,% Holding Provedor de equipamentos e serviços integrados para exploração e produção de petróleo e

Leia mais

Análise Geral da Situação da Construção de Sondas

Análise Geral da Situação da Construção de Sondas SINDICATO NACIONAL DA INDÚSTRIA DA CONSTRUÇÃO E REPARAÇÃO NAVAL E OFFSHORE Análise Geral da Situação da Construção de Sondas 12 de maio de 2015 1 SINAVAL diz que estaleiros cumpriram programa de construção

Leia mais

SINDICATO NACIONAL DA INDÚSTRIA DA CONSTRUÇÃO E REPARAÇÃO NAVAL E OFFSHORE Resultados da Indústria da Construção Naval Brasileira 2010

SINDICATO NACIONAL DA INDÚSTRIA DA CONSTRUÇÃO E REPARAÇÃO NAVAL E OFFSHORE Resultados da Indústria da Construção Naval Brasileira 2010 1 Carteiras de encomendas dos estaleiros brasileiros 2010 Obras em andamento Carteiras de encomendas dos estaleiros RJ Empreendimentos TPB Particip. % Rio de Janeiro EISA 26 1.276.600 Rio Nave 2 3.000

Leia mais

Indústria Naval e Offshore no Brasil

Indústria Naval e Offshore no Brasil Indústria Naval e Offshore no Brasil Agenda 1. A Política de Conteúdo Local e a Retomada da Indústria Naval no Brasil. 2. Cadeia Produtiva do Setor Naval (Navipeças). 3. Produtividade da Indústria Naval

Leia mais

UNIDADE OFFSHORE TECHINT - UOT TECNOLOGIA COM CONTEÚDO LOCAL COMPETITIVO

UNIDADE OFFSHORE TECHINT - UOT TECNOLOGIA COM CONTEÚDO LOCAL COMPETITIVO UNIDADE OFFSHORE TECHINT - UOT TECNOLOGIA COM CONTEÚDO LOCAL COMPETITIVO 1 2 _ 22.000 COLABORADORES _ 70.000 KM DE DUTOS (18 DOS QUAIS CRUZAM A CORDILHEIRA DOS ANDES) _ 450 PLANTAS DE PROCESSAMENTO DE

Leia mais

Audiência da Indústria Naval Comissão de Minas e Energia Câmara dos Deputados

Audiência da Indústria Naval Comissão de Minas e Energia Câmara dos Deputados Audiência da Indústria Naval Comissão de Minas e Energia Câmara dos Deputados Paulo Sergio Rodrigues Alonso Assessor da Presidência da Petrobras Coordenador Executivo do Prominp 2 de Maio de 205 Agenda

Leia mais

O Polo Naval de Rio Grande e Entorno

O Polo Naval de Rio Grande e Entorno O Polo Naval de Rio Grande e Entorno O Polo Naval e Offshore de Rio Grande e Entorno é composto pelos Estaleiros Rio Grande - ERG 1 e 2, Honório Bicalho e Estaleiros do Brasil EBR, e vem sendo um dos principais

Leia mais

CODIN COMPANHIA DE DESENVOLVIMENTO INDUSTRIAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

CODIN COMPANHIA DE DESENVOLVIMENTO INDUSTRIAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO CODIN COMPANHIA DE DESENVOLVIMENTO INDUSTRIAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO Panorama da Indústria Naval e Offshore 26.03.2013 Indústria Naval Brasileira Source: SINAVAL RIO GRANDE DO SUL EBR Estaleiros do

Leia mais

PLATEC FPSO. 1º WORKSHOP TECNOLÓGICO Campinas 24 e 25/04/2012. Floating Production Storage and Offloading. Realização: Apoio:

PLATEC FPSO. 1º WORKSHOP TECNOLÓGICO Campinas 24 e 25/04/2012. Floating Production Storage and Offloading. Realização: Apoio: Floating Production Storage and Offloading 1º WORKSHOP TECNOLÓGICO Campinas 24 e 25/04/2012 Realização: Apoio: Brasil - mundo Demanda brasileira nos estaleiros do mundo PLATEC FPSO 2 Plataformas Tecnológicas

Leia mais

INDÚSTRIA NAVAL NO BRASIL

INDÚSTRIA NAVAL NO BRASIL INDÚSTRIA NAVAL NO BRASIL DÉCADA DE 70 E 80 O BRASIL CHEGOU A SER O 2º PRODUTOR MUNDIAL DE EMBARCAÇÕES EMPREGAVA 40 MIL TRABALHADORES DIRETOS E CERCA DE 160 MIL INDIRETOS DÉCADA DE 90 Abertura indiscriminada

Leia mais

OPORTUNIDADES NO ESPÍRITO SANTO

OPORTUNIDADES NO ESPÍRITO SANTO OPORTUNIDADES NO ESPÍRITO SANTO Seminário A competitividade do comércio exterior capixaba: infraestrutura logística e controle aduaneiro Cristina Vellozo Santos Subsecretária de Estado de Desenvolvimento

Leia mais

Certificação de Conteúdo Local Serviços de Petróleo e Gás

Certificação de Conteúdo Local Serviços de Petróleo e Gás Certificação de Conteúdo Local Serviços de Petróleo e Gás O que é? Conteúdo Local é a relação entre o valor dos bens produzidos e serviços prestados no país para executar o contrato e o valor total dos

Leia mais

RECUPERAR E FORTALECER OS EMPREGOS NO BRASIL. A importância dos setores de petróleo, gás, construção e naval

RECUPERAR E FORTALECER OS EMPREGOS NO BRASIL. A importância dos setores de petróleo, gás, construção e naval RECUPERAR E FORTALECER OS EMPREGOS NO BRASIL A importância dos setores de petróleo, gás, construção e naval RECUPERAR E FORTALECER OS EMPREGOS NO BRASIL 1 A importância dos setores de petróleo, gás, construção

Leia mais

Desenvolvimento de Fornecedores para o Setor Petróleo e Gás

Desenvolvimento de Fornecedores para o Setor Petróleo e Gás Desenvolvimento de Fornecedores para o Setor Petróleo e Gás Santos Offshore Alfredo Renault Santos, 10 de abril de 2014. Sumário I PERSPECTIVAS E INVESTIMENTOS DO SETOR II A CADEIA DE FORNECEDORES III

Leia mais

Enseada começa a operar em estaleiro na Bahia. Em visita técnica, representantes da. Construção do estaleiro Enseada. Enseada

Enseada começa a operar em estaleiro na Bahia. Em visita técnica, representantes da. Construção do estaleiro Enseada. Enseada 8ª edição Fevereiro de 2014 Enseada Indústria Naval Enseada começa a operar em estaleiro na Bahia Cenário da construção de grandes plataformas, o estaleiro de São Roque do Paraguaçu representa mais uma

Leia mais

Modalidade Caminho para a Inovação e Desenvolvimento em Sustentabilidade (CIDeS)

Modalidade Caminho para a Inovação e Desenvolvimento em Sustentabilidade (CIDeS) Modalidade Caminho para a Inovação e Desenvolvimento em Sustentabilidade (CIDeS) Estaleiro JURONG ARACRUZ com o projeto Navegar é preciso Conteúdo Caracterização da iniciativa O Estaleiro Jurong Aracruz

Leia mais

Pré-sal, Desenvolvimento Industrial e Inovação

Pré-sal, Desenvolvimento Industrial e Inovação Pré-sal, Desenvolvimento Industrial e Inovação André Tosi Furtado Departamento de Política Científica e Tecnológica Instituto de Geociências UNICAMP VIII Congresso Brasileiro de Planejamento Energético

Leia mais

The Oil Finance Specialists

The Oil Finance Specialists Release 18 th March 2013 O Renascimento da Construção Naval Brasileira Posição do Brasil no mercado mundial O cenário da construção naval mundial se mostra cada vez mais volátil, com a China e Coréia se

Leia mais

Augusto Mendonça Presidente

Augusto Mendonça Presidente Augusto Mendonça Presidente Quem somos ABENAV - Associação Brasileira das Empresas de Construção Naval e Offshore A ABENAV foi criada por uma iniciativa do SINAVAL e os principais estaleiros nacionais

Leia mais

Demanda de recursos humanos na construção naval e offshore

Demanda de recursos humanos na construção naval e offshore Demanda de recursos humanos na construção naval e offshore Item Cargo ou função Quantidade estimada 1 Mecânico, Ajustador Mecânico, Mecânico de Refrigeração 1.500 2 Carpinteiro, Marceneiro 400 3 Chapeador/Montador

Leia mais

A indústria de construção naval brasileira

A indústria de construção naval brasileira A indústria de construção naval brasileira Apresentação ao BNDES Cenário Nacional O mercado: o segmento offshore Plataformas fixas Plataformas semi-submersíveis - FPU FPSO FSO José Roberto Simas e Alberto

Leia mais

Rodrigo Matos Huet de Bacellar Superintendente Área de Insumos Básicos Junho / 2014

Rodrigo Matos Huet de Bacellar Superintendente Área de Insumos Básicos Junho / 2014 Os Desafios do Pré-Sal: Riscos e Oportunidades para o País As Políticas Industrial e de Inovação no setor de Petróleo e Gás Rodrigo Matos Huet de Bacellar Superintendente Área de Insumos Básicos Junho

Leia mais

Programa Plataformas Tecnológicas PLATEC ONSHORE. Workshop Tecnológico Sondas de Perfuração Onshore FIEBE Salvador/BA 31 de julho de 2012

Programa Plataformas Tecnológicas PLATEC ONSHORE. Workshop Tecnológico Sondas de Perfuração Onshore FIEBE Salvador/BA 31 de julho de 2012 Programa Plataformas Tecnológicas PLATEC ONSHORE Workshop Tecnológico Sondas de Perfuração Onshore FIEBE Salvador/BA 31 de julho de 2012 PLATEC - CONCEITUAL Plataformas Tecnológicas É uma base de conhecimentos

Leia mais

INVESTIMENTOS NO ESPÍRITO SANTO OPORTUNIDADES PARA A INDÚSTRIA DO CIMENTO Encontro Nacional da Indústria de Produtos de Cimento

INVESTIMENTOS NO ESPÍRITO SANTO OPORTUNIDADES PARA A INDÚSTRIA DO CIMENTO Encontro Nacional da Indústria de Produtos de Cimento INVESTIMENTOS NO ESPÍRITO SANTO OPORTUNIDADES PARA A INDÚSTRIA DO CIMENTO Encontro Nacional da Indústria de Produtos de Cimento Márcio Félix Secretário de Estado de Desenvolvimento Vitória, 04 de outubro

Leia mais

Oportunidades para a cadeia de suprimentos em E&P

Oportunidades para a cadeia de suprimentos em E&P Oportunidades para a cadeia de suprimentos em E&P Seminário BNDES: Desenvolvimento da cadeia de fornecedores de petróleo e gás Guilherme Estrella Diretor de E&P Rio Rio de de Janeiro, 1º 1º de de setembro

Leia mais

Paulínia Petróleo & Gás

Paulínia Petróleo & Gás CADEIA PRODUTIVA DO SETOR PETRÓLEO E GÁS: DESAFIOS E OPORTUNIDADES Paulínia Petróleo & Gás Alfredo Renault Paulínia, São Paulo, 21 de agosto de 2013 Sumário I ESTIMATIVAS DE INVESTIMENTO NO SETOR PETRÓLEO

Leia mais

SINAVAL Sindicato Nacional da Indústria da Construção e Reparação Naval e Offshore

SINAVAL Sindicato Nacional da Indústria da Construção e Reparação Naval e Offshore SINAVAL Sindicato Nacional da Indústria da Construção e Reparação Naval e Offshore Cenário da construção naval brasileira Balanço de 2014 e visão para 2015 Conteúdo Página Apresentação 2 FMM 6 Navios de

Leia mais

Produtos e Serviços para a Construção Naval e a Indústria Offshore

Produtos e Serviços para a Construção Naval e a Indústria Offshore Produtos e Serviços para a Construção Naval e a Indústria Offshore Condições de Financiamento Luiz Marcelo Martins (luizmarcelo@bndes.gov.br) Março 2011 Crescimento Brasileiro e Investimentos Crescimento

Leia mais

1. Informações Institucionais

1. Informações Institucionais 1. Informações Institucionais Nossa Empresa Líder mundial em eventos de negócios e consumo, a Reed Exhibitions atua na criação de contatos, conteúdo e comunidades com o poder de transformar negócios Números

Leia mais

Ciclo de. Presidente Maria das Graças as Silva Foster. Coletiva de Imprensa. Rio de Janeiro, 05 de Março de 2012

Ciclo de. Presidente Maria das Graças as Silva Foster. Coletiva de Imprensa. Rio de Janeiro, 05 de Março de 2012 Lançamento amento do 6º 6 Ciclo de Qualificação do Prominp Coletiva de Imprensa Presidente Maria das Graças as Silva Foster Rio de Janeiro, 05 de Março de 2012 Política de Conteúdo Local da Petrobras Aprovada

Leia mais

Contribuição para o Aperfeiçoamento de uma Política para a Indústria Naval e a Marinha Mercante

Contribuição para o Aperfeiçoamento de uma Política para a Indústria Naval e a Marinha Mercante Contribuição para o Aperfeiçoamento de uma Política para a Indústria Naval e a Marinha Mercante NOVAS CONSTRUÇÕES Eng. Agenor C. Junqueira Leite Presidente Trabalhos Publicados -Política Governamental

Leia mais

Vocação para ser líder.

Vocação para ser líder. Vocação para ser líder. Pioneirismo, tradição e inovação: o caminho certo para a liderança. A NM Engenharia preserva uma história de sucesso. Há mais de três décadas, a empresa deu início a suas atividades

Leia mais

Quem somos. ANA LUIZA CRUZ VIZACO alc@kvcvlaw.com.br Skype: ana.luiza.cruz.vizaco. BASHIR KARIM VAKIL bkv@kvcvlaw.com.br Skype: bashir.karim.

Quem somos. ANA LUIZA CRUZ VIZACO alc@kvcvlaw.com.br Skype: ana.luiza.cruz.vizaco. BASHIR KARIM VAKIL bkv@kvcvlaw.com.br Skype: bashir.karim. O nosso objetivo Fundado em 2011, por dois ex-sócios de um escritório renomado do Rio de Janeiro, Karim Vakil & Cruz Vizaco Advogados é um escritório boutique que visa estabelecer-se como uma alternativa

Leia mais

Clipping, Quinta-feira, 01 de Abril de 2010. Tribuna da Bahia. Publicada: 01/04/2010 00:09 Atualizada: 31/03/2010 23:44 Hélio Rocha

Clipping, Quinta-feira, 01 de Abril de 2010. Tribuna da Bahia. Publicada: 01/04/2010 00:09 Atualizada: 31/03/2010 23:44 Hélio Rocha Clipping, Quinta-feira, 01 de Abril de 2010 Tribuna da Bahia Publicada: 01/04/2010 00:09 Atualizada: 31/03/2010 23:44 Hélio Rocha Assistência médica e mecânica nas rodovias Os motoristas que trafegam pelas

Leia mais

Inovação Aberta na Petrobras

Inovação Aberta na Petrobras Inovação Aberta na Petrobras Open Innovation Seminar São Paulo, 12 de Novembro de 2012 Maria Cristina Espinheira Saba Gerente de Estratégia Tecnológica Centro de Pesquisas e Desenvolvimento (CENPES) Motivadores

Leia mais

Indústria Naval e Portuária da Bahia

Indústria Naval e Portuária da Bahia Indústria Naval e Portuária da Bahia Seminário de Comércio Exterior Portos da Bahia Associação Comercial da Bahia ACB Associação de Comércio Exterior do Brasil AEB 30 de agosto de 2010 1 Complexo Logístico

Leia mais

Willis Latin American Energy Conference

Willis Latin American Energy Conference Willis Latin American Energy Conference Planejamento Financeiro e Gestão de Riscos outubro 2012 Cátia Diniz Gerente Setorial de Seguros Internacionais Estas apresentações podem conter previsões acerca

Leia mais

PETRÓLEO E GÁS. Os serviços da Cugnier abrangem:

PETRÓLEO E GÁS. Os serviços da Cugnier abrangem: PETRÓLEO E GÁS Os serviços da Cugnier abrangem: PETRÓLEO E GÁS A Cugnier está credenciada junto à estatal Petrobras através do CRCC (Certificado de Registro e Classificação Cadastral), possuindo aprovação

Leia mais

PLATEC Plataformas Tecnológicas

PLATEC Plataformas Tecnológicas Programa de Desenvolvimento de Fornecedores para o Setor de Óleo e Gás - MULTIFOR PLATEC Plataformas Tecnológicas Barcos de Apoio Offshore Porto Alegre - RS em 26/03/2013 ONIP - MULTIFOR PROGRAMA DE DESENVOLVIMENTO

Leia mais

OS DESAFIOS PARA O DESENVOLVIMENTO DO PRÉ-SAL DA BACIA DE SANTOS

OS DESAFIOS PARA O DESENVOLVIMENTO DO PRÉ-SAL DA BACIA DE SANTOS Confidencial 1 OS DESAFIOS PARA O DESENVOLVIMENTO DO PRÉ-SAL DA BACIA DE SANTOS Santos, 22 de agosto de 2011 AVISO Estas apresentações podem conter previsões acerca de eventos futuros. Tais previsões refletem

Leia mais

Política de Conteúdo Local - Oportunidades de Negócios para Pequenas Empresas. 19 de novembro de 2013

Política de Conteúdo Local - Oportunidades de Negócios para Pequenas Empresas. 19 de novembro de 2013 Política de Conteúdo Local - Oportunidades de Negócios para Pequenas Empresas 19 de novembro de 2013 Agenda PNG 2013-2017 Política de Conteúdo Local da Petrobras Oportunidades de Negócio Ações de Fomento

Leia mais

Indústria Oceânica (offshore) do Rio Grande do Sul. Porto Alegre, Agosto de 2011 Rev. 6

Indústria Oceânica (offshore) do Rio Grande do Sul. Porto Alegre, Agosto de 2011 Rev. 6 Indústria Oceânica (offshore) do Rio Grande do Sul Porto Alegre, Agosto de 2011 Rev. 6 Panorama Ciclo econômico do Pré-Sal Prioridade de Governo Sustentabilidade socioeconômica e ambiental Indústria offshore

Leia mais

Obtenção de Embarcações. no Brasil

Obtenção de Embarcações. no Brasil Obtenção de Embarcações no Brasil Construção Importação Afretamento Nelson Luiz Carlini Engenheiro Naval 12 Agosto 2009 Mercado Brasileiro de CN OFERTA 26 estaleiros de grande e médio porte; 630 mil toneladas/ano

Leia mais

TUP (TERMINAL DE USO PRIVADO)

TUP (TERMINAL DE USO PRIVADO) TUP (TERMINAL DE USO PRIVADO) A HISTÓRICO. O TUP do Estaleiro Brasa Ltda foi o primeiro Terminal de Uso Privado autorizado pela Secretaria de Portos da Presidência da Republica (SEP/PR) com a interveniência

Leia mais

Cenário da Construção Naval Brasileira

Cenário da Construção Naval Brasileira Cenário da Construção Naval Brasileira Balanço, perspectivas e defesa do setor Reunião com a Bancada Federal Sindicato Nacional da Indústria da Construção e Reparação Naval e Offshore (SINAVAL) Ariovaldo

Leia mais

Pré-Sal e Oportunidades para o Litoral Paulista

Pré-Sal e Oportunidades para o Litoral Paulista Pré-Sal e Oportunidades para o Litoral Paulista José Luiz Marcusso Gerente Geral da Unidade de Operações de Exploração e Produção da Bacia de Santos São Paulo, 25 de outubro de 2011 Descobertas de óleo

Leia mais

PLATEC PLATAFORMAS TECNOLÓGICAS PLATEC FPSO automação e instrumentação do top side

PLATEC PLATAFORMAS TECNOLÓGICAS PLATEC FPSO automação e instrumentação do top side Programa de Desenvolvimento de Fornecedores para o Setor de Óleo e Gás - MULTIFOR PLATEC PLATAFORMAS TECNOLÓGICAS PLATEC FPSO automação e instrumentação do top side São Paulo - 16/10/2013 ONIP - MULTIFOR

Leia mais

EXPLORAÇÃO E PRODUÇÃO- EQUIPAMENTOS UTILIZADOS

EXPLORAÇÃO E PRODUÇÃO- EQUIPAMENTOS UTILIZADOS PROCESSOS INDUSTRIAIS ORGÂNICOS EXPLORAÇÃO E PRODUÇÃO- EQUIPAMENTOS UTILIZADOS PERFURAÇÃO - INTRODUÇÃO A perfuração de um poço de petróleo é realizada através de uma sonda, conforme ilustrado nas figuras

Leia mais

Apresentação Institucional Rio de Janeiro Dezembro de 2014

Apresentação Institucional Rio de Janeiro Dezembro de 2014 Apresentação Institucional Rio de Janeiro Dezembro de 2014 Agenda A Sete Brasil Portfólio Estrutura de Financiamento 2 2 Agenda A Sete Brasil Portfólio Estrutura de Financiamento 3 3 Descoberta do pré-sal

Leia mais

PLATAFORMAS MARÍTIMAS Desenvolvimento das estruturas offshore Plataformas Fixas Parte 1

PLATAFORMAS MARÍTIMAS Desenvolvimento das estruturas offshore Plataformas Fixas Parte 1 PLATAFORMAS MARÍTIMAS Desenvolvimento das estruturas offshore Plataformas Fixas Parte 1 INTRODUÇÃO Com o declínio das reservas onshore e offshore em águas rasas, a exploração e produção em águas profundas

Leia mais

APLs como Estratégia de Desenvolvimento: Inovação e conhecimento. CNI e o Projeto de APLs Petróleo e Gás

APLs como Estratégia de Desenvolvimento: Inovação e conhecimento. CNI e o Projeto de APLs Petróleo e Gás APLs como Estratégia de Desenvolvimento: Inovação e conhecimento CNI e o Projeto de APLs Petróleo e Gás Dezembro 2013 Tópicos Cenário P&G Rede de Núcleos de P&G - CNI e Federações Desenvolvimento de APLs

Leia mais

O Marco Regulatório do Pré-Sal e a Cadeia Produtiva da Industria: Desafios e Oportunidades

O Marco Regulatório do Pré-Sal e a Cadeia Produtiva da Industria: Desafios e Oportunidades O Marco Regulatório do Pré-Sal e a Cadeia Produtiva da Industria: Desafios e Oportunidades Construção de uma Política Industrial Setorial Eloi Fernández y Fernández Diretor Geral ONIP Brasilia, 3 de outubro

Leia mais

Localização Privilegiada Porto Concentrador de Carga (Hub Port)

Localização Privilegiada Porto Concentrador de Carga (Hub Port) Localização Privilegiada Porto Concentrador de Carga (Hub Port) Vancouver Nova York São Francisco 7 dias 9 dias Dakar Roterdam Sul Yokohama Oceano Pacífico Belém São Luiz Vitória Santos Suape Singapura

Leia mais

Oportunidades e desafios de qualificação profissional. III Balanço do Setor Naval e Offshore do Rio de Janeiro FIRJAN - 06/06/2014

Oportunidades e desafios de qualificação profissional. III Balanço do Setor Naval e Offshore do Rio de Janeiro FIRJAN - 06/06/2014 Oportunidades e desafios de qualificação profissional III Balanço do Setor Naval e Offshore do Rio de Janeiro FIRJAN - 06/06/2014 Petrobras Plano de Negócios 2014-2018 Inovação e Desenvolvimento Tecnológico

Leia mais

OPORTUNIDADES NO ESPÍRITO SANTO Fórum de Desenvolvimento do Turismo Náutico

OPORTUNIDADES NO ESPÍRITO SANTO Fórum de Desenvolvimento do Turismo Náutico OPORTUNIDADES NO ESPÍRITO SANTO Fórum de Desenvolvimento do Turismo Náutico Duarte Aquino Secretaria de Desenvolvimento do Estado do Espírito Santo Vitória, 22/09/2011 POR QUE INVESTIR NO ESPÍRITO SANTO?

Leia mais

Apresentação Corporativa. Dezembro 2014

Apresentação Corporativa. Dezembro 2014 Apresentação Corporativa Dezembro 2014 O Açu é uma solução estruturante para diversas indústrias Exemplo: evolução da indústria do petróleo nos próximos anos Crescimento esperado de 13% ao ano Crescimento

Leia mais

SECTOR NAVAL QUAL O RUMO?

SECTOR NAVAL QUAL O RUMO? SECTOR NAVAL QUAL O RUMO? 1 CONSTRUÇÃO NAVAL & OFFSHORE CORE BUSINESS & KNOW-HOW As capacidades demonstradas ao longo dos projectos têm levado ao aumento da confiança dos nossos clientes e garantido a

Leia mais

Programa Indústria Marítima

Programa Indústria Marítima Programa Indústria Marítima Relatório de Acompanhamento de Execução da Agenda de Ação Atualização: Maio/2008 Março/2010 Gestor: Carlos Eduardo Macedo Coordenador-Geral das Indústrias de Transporte Aéreo

Leia mais

Apresentação corporativa

Apresentação corporativa Apresentação corporativa Missão: Gerar valor percebido pelos clientes em soluções de engenharia, de fabricação e de montagem de construções metálicas. Visão: Ser a melhor empresa brasileira em soluções

Leia mais

PROMINP Programa de Mobilizaçã. Pernambuco 28 de Novembro de 2005 (parte 2)

PROMINP Programa de Mobilizaçã. Pernambuco 28 de Novembro de 2005 (parte 2) PROMINP Programa de Mobilizaçã ção o da Indústria Nacional de Petróleo e Gás G s Natural Pernambuco 28 de Novembro de 2005 (parte 2) Resultados do Programa ABAST E&P GE&TD IND P&G TM Metodologia de Criação

Leia mais

INCENTIVOS E BENEFÍCIOS FISCAIS E FINANCEIROS

INCENTIVOS E BENEFÍCIOS FISCAIS E FINANCEIROS DIRETORIA DE GESTÃO DE FUNDOS E INCENTIVOS E DE ATRAÇÃO DE INVESTIMENTOS Coordenação-Geral de Incentivos e Benefícios Fiscais e Financeiros INCENTIVOS E BENEFÍCIOS FISCAIS E FINANCEIROS 1º DE JANEIRO DE

Leia mais

Região fornece para o setor naval 5º Seminário de Petróleo e Gás aponta oportunidades para empresários locais

Região fornece para o setor naval 5º Seminário de Petróleo e Gás aponta oportunidades para empresários locais Região fornece para o setor naval 5º Seminário de Petróleo e Gás aponta oportunidades para empresários locais Wôlmer Ezequiel Jéferson Bachour falou sobre as demandas do mercado de construção naval Atualmente,

Leia mais

PERFIL MONTAGEM ELETROMECÂNICA VALE - PA. sucursal peru

PERFIL MONTAGEM ELETROMECÂNICA VALE - PA. sucursal peru MONTAGEM ELETROMECÂNICA VALE - PA PERFIL Constituída como holding em 1997, a UTC Participações S.A. controla as empresas UTC Engenharia S.A., Constran S.A., UTC Óleo e Gás S.A., UTC Desenvolvimento Imobiliário

Leia mais

PLANO DE NEGÓCIOS DA PETROBRAS PROJETOS DA BACIA DE SANTOS. José Luiz Marcusso E&P / UN-BS. São Paulo, 11 de maio de 2010

PLANO DE NEGÓCIOS DA PETROBRAS PROJETOS DA BACIA DE SANTOS. José Luiz Marcusso E&P / UN-BS. São Paulo, 11 de maio de 2010 PLANO DE NEGÓCIOS DA PETROBRAS PROJETOS DA BACIA DE SANTOS José Luiz Marcusso E&P / UN-BS São Paulo, 11 de maio de 2010 1 1 AVISO As apresentações podem conter previsões acerca de eventos futuros. Tais

Leia mais

Obra da P-63 consolida Rio Grande como polo naval Publicado em 01/02/2010 por Gilberto Simon

Obra da P-63 consolida Rio Grande como polo naval Publicado em 01/02/2010 por Gilberto Simon Clipping, Terça-feira, 02 de Fevereiro de 2010 Blog Porto Imagem Porto Alegre (01/02/10) online Obra da P-63 consolida Rio Grande como polo naval Publicado em 01/02/2010 por Gilberto Simon O prefeito de

Leia mais

Petróleo e Meio Ambiente

Petróleo e Meio Ambiente Instituto Superior de Tecnologia de Paracambi Petróleo e Meio Ambiente Curso:Tecnólogo em Gestão Ambiental Professora: Raquel Simas Pereira Teixeira Acidentes na Indústria de Petróleo Acidentes com Plataformas

Leia mais

Sistemas de suportação de plantas de processo em plataformas de produção de petróleo do tipo FPSO.

Sistemas de suportação de plantas de processo em plataformas de produção de petróleo do tipo FPSO. Sistemas de suportação de plantas de processo em plataformas de produção de petróleo do tipo FPSO. Wagner Mespaque 1, Vitor Frainer 2 & Paulo Roberto Teixeira 3 1 Mestrando do Curso de Engenharia. Oceânica

Leia mais

A costa da África pode ser um foco da indústria no futuro próximo;

A costa da África pode ser um foco da indústria no futuro próximo; Fleury Pissaia * Entre 2011 e 2015, investimento previsto no setor industrial é de R$ 600 bilhões. Desse montante, indústria do petróleo representa 62%. No mesmo período, R$ 750 bilhões serão alocados

Leia mais

Há vagas. Suplemento óleo e gás. Déficit de mão de obra

Há vagas. Suplemento óleo e gás. Déficit de mão de obra 124 Por Beatriz Dias Bueno Há vagas A falta de investimentos e de escolas especializadas na formação de profissionais do setor de petróleo e gás cobra seu preço e faz com que o mercado atual sofra com

Leia mais

Terceiro nível Quarto nível Quinto nível

Terceiro nível Quarto nível Quinto nível SEMINÁRIO JURÍDICO-FISCAL E WORKSHOP TÉCNICO DA 4 a RODADA DE LICITAÇÕES DA ANP CAPACIDADE Clique para editar NACIONAL os estilos do texto DA mestre CADEIA Segundo DE nível SUPRIMENTO PARA PETRÓLEO E GÁS

Leia mais

Parecer de Autorização de Funcionamento: CEED nº 650/2014.

Parecer de Autorização de Funcionamento: CEED nº 650/2014. CURSO TÉCNICO EM ELETROTÉCNICA O Curso Técnico de Nível Médio em Eletrotécnica, Eixo Tecnológico Controle e Processos Industriais são organizados em 3 módulos de 400 horas. Ao final do curso, 400 horas

Leia mais

A Siderurgia brasileira de aços planos e o Atendimento ao Mercado Naval e Offshore

A Siderurgia brasileira de aços planos e o Atendimento ao Mercado Naval e Offshore A Siderurgia brasileira de aços planos e o Atendimento ao Mercado Naval e Offshore Workshop de Tecnologia de Construção Naval e Offshore PROMINP Firjan, 24 de Junho de 2009 Sergio Leite de Andrade Vice

Leia mais

ODEBRECHT. Projeto Básico do Canteiro. Projeto Básico do Canteiro RESP. TÉC. APROV. CERTIFICAÇÃO DCNS CREA ELAB. VISTO:

ODEBRECHT. Projeto Básico do Canteiro. Projeto Básico do Canteiro RESP. TÉC. APROV. CERTIFICAÇÃO DCNS CREA ELAB. VISTO: N o Revisões Responsável Data Visto MARINHA DO BRASIL ESTALEIRO E BASE NAVAL (CONTRATO 4/28-6/) ODEBRECHT PROJETO GERENCIAMENTO Projeto Básico do Canteiro Projeto Básico do Canteiro NÚMERO DO DOCUMENTO:

Leia mais

dargains Consultoria Organizacional Estratégica

dargains Consultoria Organizacional Estratégica Consultoria Organizacional Estratégica A EMPRESA EQUIPE COMPETÊNCIA A DARGAINS é uma empresa de consultoria, especializada em planejamento e gestão, estabelecida na cidade do Rio de Janeiro, desde 2001.

Leia mais

EDISON CHOUEST OFFSHORE ESPÍRITO SANTO BRASIL 2012

EDISON CHOUEST OFFSHORE ESPÍRITO SANTO BRASIL 2012 EDISON CHOUEST OFFSHORE ESPÍRITO SANTO BRASIL 2012 EDISON CHOUEST OFFSHORE BASE DE APOIO LOGÍSTICO OFFSHORE ITAPEMIRIM - ES Sumário Quem Somos Presença no Brasil O Projeto Itapemirim, ES O Projeto Conceitual

Leia mais

A INDÚSTRIA DE PETRÓLEO & GÁS NO ESTADO DO RJ. CAMPUS 2014 Brésil Internacional

A INDÚSTRIA DE PETRÓLEO & GÁS NO ESTADO DO RJ. CAMPUS 2014 Brésil Internacional A INDÚSTRIA DE PETRÓLEO & GÁS NO ESTADO DO RJ CAMPUS 2014 Brésil Internacional Agenda PetróleoeGásNaturalnoBrasileRiodeJaneiro Situação da Indústria Naval Sistema FIRJAN: Soluções para Indústria de P&G

Leia mais

AMA BRASIL ASSOCIAÇÃO DOS MISTURADORES DE ADUBOS DO BRASIL

AMA BRASIL ASSOCIAÇÃO DOS MISTURADORES DE ADUBOS DO BRASIL ASSOCIAÇÃO DOS MISTURADORES DE ADUBOS DO BRASIL PROJETOS DE LEI DO SENADO Nº 237/2008 E 114/2009 SENADO FEDERAL ISENÇÃO DO ADICIONAL DE FRETE PARA RENOVAÇÃO DA MARINHA MERCANTE SOBRE FERTILIZANTES CARLOS

Leia mais

Automation Engineering and Technical Support

Automation Engineering and Technical Support Automation Engineering and Technical Support SKM é uma empresa de engenharia, fabricação e serviço, 100% brasileira e, desde 1992, esta focada em fornecer soluções abrangentes e serviços para a Marinha

Leia mais

Agentes Governamentais. Indústria Nacional. Operadoras de P&G

Agentes Governamentais. Indústria Nacional. Operadoras de P&G Agentes Governamentais Indústria Nacional Operadoras de P&G Missão Promover a maximização dos benefícios decorrentes da expansão da indústria petrolífera para toda a sociedade brasileira Estimular novos

Leia mais

NAVEGAR RUMO AO FUTURO

NAVEGAR RUMO AO FUTURO NAVEGAR RUMO AO FUTURO NAVALRIA HISTÓRIA DESDE 2008 2013 Os navios AmaVida e Queen Isabel são entregues em fevereiro, e batizados em março. As atrizes Sharon Stone e Andie MacDowell foram as madrinhas,

Leia mais