SISTEMAS DE REABASTECIMENTO DE HELICÓPTEROS EM INSTALAÇÕES OFFSHORE

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "SISTEMAS DE REABASTECIMENTO DE HELICÓPTEROS EM INSTALAÇÕES OFFSHORE"

Transcrição

1 Soluções Confiáveis através de Engenharia Inovadora SISTEMAS DE REABASTECIMENTO DE HELICÓPTEROS EM INSTALAÇÕES OFFSHORE

2 Empresa certificada pelo American Bureau of Shipping.

3 Introdução Sypack é uma organização especializada em projetar e fornecer sistemas para as indústrias offshore de gás e petróleo. Uma de nossas principais atividades é no campo de sistemas de reabastecimento de helicópteros para instalações offshore. Sypack tem por objetivo prover equipamentos e serviços que alcancem ou excedam as expectativas dos clientes. Esta meta não é conseguida apenas com a qualidade do produto, experiência e motivação dos funcionários, mas também com um esforço constante e uma forte consciência sobre a q u a l i d a d e a s e r desenvolvida. A principal meta da Sypack é prover soluções eficazes através de um amplo leque de sistemas de engenharia usados nas indústrias de gás e petróleo. Nós acreditamos firmemente que a qualidade e a performance de nossos equipamentos em si não são a única chave para alcançar com sucesso nossa meta. Mas uma organização com pessoal dedicado, linhas de comunicação eficientes, know-how e flexibilidade no manejo dos pedidos pode providenciar efetivamente as soluções exigidas para os projetos solicitados. Nós auxiliamos sua empresa com pessoal experiente e motivado, extremamente dedicado a sua operação.

4 Sistemas de Reabastecimento de Helicópteros A solução para um reabastecimento offshore seguro & confiável Nossos sistemas de reabastecimento de helicópteros estão em operação com sucesso em diversas instalações offshore ao redor do mundo. Nossa extensa lista de referências pode ser apresentada a pedido.

5 Sistemas de Reabastecimento de Helicópteros A Sypack projeta e produz sistemas de reabastecimento de helicópteros de acordo com as exigências do cliente e conforme as regulamentações locais e/ou internacionais. Nossos sistemas estão em operação em plataformas de produção offshore, navios-sonda, equipamentos de perfuração, navios-suporte, FPSO's e FSO's. Códigos e Regulamentações Os sistemas de reabastecimento de helicóptero da fornecidos de acordo com: Sypack podem ser projetados e - Regulações Internacionais como CAP Regulações de mineração holandesas Continental Shelf - Regulações Britânicas como definido por UK00A - Especificações NORSOK - Regras norueguesas OLF - Especificações militares - Quaisquer outras regras e regulamentações Descrição do sistema Cada sistema de reabastecimento de helicópteros normalmente consiste dos equipamentos listados abaixo: - Estrutura de suporte para os tanques ou plataforma Jettison - Sistema de dilúvio - Tanques de armazenamento (fixos ou transportáveis) - Bombas de combustível - Filtro separador de água - Filtro monitor - Eliminadores de ar - Painel de controle local - Bobina com mangueira e bico de abastecimento - Sistema de aterramento - Medidor de fluxo O sistema pode ser fornecido numa unidade com estrutura aberta ou em um cabinete com porta corrediça.

6 Estrutura de suporte de tanques Nossa estrutura de suporte de tanques é projetada para armazenar tanques transportáveis e protegê-los contra o fogo com um sistema de dilúvio com projetores spray. A estrutura é fabricada em aço macio e soldaduras contínuas, de forma a se obter uma maior rigidez. A estrutura é equipada com uma bandeja de contenção sobre toda a área, 4 alças de içamento, armação divisória e linha de dilúvio. A seção do topo da armação é chanfrada, o que auxilia o operador de guindastes no manuseio dos tanques ao inserí-los na estrutura. Além disso, o topo chanfrado protege a linha de dilúvio de danos físicos.

7 Tanques de armazenamento Os tanques de armazenamento podem ser montados na estrutura ou instalados separadamente. O volume mais comumente usado é de aproximadamente litros, contudo qualquer outro volume solicitado é possível. Os tanques são fabricados em aço inoxidável. Os tanques são produzidos com conexões para entrada, saída, ventilação, válvula de alívio, dreno, medidor de nível, ponto de amostragem e aberturas de inspeção. Regulações para projeto dos tanques: - DNV IMDG-T4 - EN ASME VIII Div.1 Bombas O sistema pode ser fornecido com uma única bomba ou com duas bombas em paralelo, uma em operação e outra em modo stand-by. O tipo de bomba usada é de acordo com API A capacidade das bombas é definida pelas exigências do cliente ou de regulações locais.

8 Filtros Separadores de Água Filtros separadores de água garantem a requerida pureza de combustíveis para aviação. A separação de partículas sólidas evita o bloqueio no sistema de distribuição do combustível e previne desgaste prematuro nos equipamentos de controle e regulação. Os filtros separadores de água remediam dois problemas relacionados à presença de água. Eles reduzem a corrosão e a presença de micróbios, bactérias, algas e limo, que ocorrem na presença de água. a Os filtros separadores de água usados por Sypack obedecem à norma API edição e a padrões militares MIL-F-8901 E. Filtros Monitores Filtros monitores retêm partículas sólidas mais finas e absorvem água livre e emulsificada, mesmo se tensioativos e aditivos estiverem presentes no combustível. Eles também interrompem o fluxo em caso de presença excessiva de água. Dessa forma, é assegurado que os helicópteros apenas serão reabastecidos com combustível limpo e seco. Os filtros separadores de água e os monitores são construídos de acordo com: - ASME VIII div. 1, com ou sem selo U - BS AD Merkblatt - Regras Stoomwezen para recipientes sob pressão - Qualquer outra regra para recipientes sob pressão O material de construção é aço inoxidável.

9 Mangueira de abastecimento O sistema completo inclui uma mangueira de abastecimento e sua bobina, que podem ser operados nas seguintes maneiras: - Manual - Elétrica - Pneumática Bicos de abastecimento Os bicos de abastecimento são parte do conjunto da mangueira. Existem dois tipos: - O bico para abastecimento sobre a asa da aeronave, usado para enchimento com gravidade - O bico para abastecimento sob a asa da aeronave, usado para enchimento com pressão.

10 Sistema de aterramento Para prevenir que a mistura explosiva ar-combustível inflame durante o processo de reabastecimento, nós incluímos um sistema de aterramento. Esse sistema tem duas funções de controle: A resistência da linha de conexão entre o helicóptero e o aterramento é controlada e, dessa forma, uma neutralização de cargas previamente existentes ou surgidas durante o processo de abastecimento é garantida. No mais, o instrumento controla o uso regular da linha de aterramento porque o helicóptero é classificado durante a fixação do clipe de aterramento.

11 Sistema de reciclagem de amostras Como um resultado de leis ambientais mais restritivas, nós oferecemos a possiblidade de incluir um sistema de reciclagem de amostras. O combustível usado para amostragem será armazenado em um pequeno tanque. Quando um certo nível é atingido, o combustível será bombeado, através do filtro separador, de volta para o tanque de armazenamento. Esse sistema previne desperdício de combustível causado pela retirada de amostras. Serviços de Manutenção e Treinamento De forma a estender a vida útil e a manter uma operação apropriada e segura do equipamento, nós oferecemos a nossos clientes serviços de gerenciamento para manutenção e inspeção. Nós provemos um plano de manutenção que é produzido baseado na experiência, bom senso e, obviamente, nos desejos dos clientes. Nós temos o conhecimento para aumentar a confiabilidade e maximizar a disponibilidade do sistema. Depois que este for instalado e comissionado, nós podemos providenciar um treinamento para seus futuros operadores. Durante este treinamento, os tópicos a seguir serão discutidos: Explicação das regras e regulações Funcionalidade básica dos equipamentos Operação do sistema de reabastecimento de helicópteros Operaçõs diárias Funções de segurança e controle Manuntenção primária Partes operacionais Durante a operação de um Sistema de Reabastecimento de Helicópteros, certas partes operacionais são necessárias. A Sypack mantém um estoque com um amplo leque de partes, como: - Detectores de água - Medidores de densidade - Jarras de amostragem - Elementos de filtragem - Bicos de reabastecimento - Escoras de pneus - Birutas

12 Eikenlaan 32, 2382 ED Zoeterwoude, The Netherlands Tel (0) Fax 0031 (0) web:

P 10.108.1/09.14. Componentes, Sistemas e assistência para a indústria de papel e celulose.

P 10.108.1/09.14. Componentes, Sistemas e assistência para a indústria de papel e celulose. Componentes, Sistemas e assistência para a indústria de papel e celulose. Problemas com o fluido podem causar elevados custos. Envelhecimento do óleo Água em óleo Nos lhe ajudaremos em achar a solução.

Leia mais

Amboretto Skids. Soluções e manuseio de fluidos para indústria de óleo, gás, papel e água

Amboretto Skids. Soluções e manuseio de fluidos para indústria de óleo, gás, papel e água Soluções e manuseio de fluidos para indústria de óleo, gás, celulose e água 1 Disponível para Locação, Leasing e Cartão Amboretto Skids Soluções e manuseio de fluidos para indústria de óleo, gás, papel

Leia mais

SIENA / GRAND SIENA TETRAFUEL

SIENA / GRAND SIENA TETRAFUEL SIENA / GRAND SIENA TETRAFUEL Página 1 FIAT CHRYSLER AUTOMOBILES 13/08/2015 DESCRIÇÃO DO SISTEMA GNV COMPONENTES DO SISTEMA GNV 1. Cilindro GNV 2. Suporte do Cilindro de GNV 3. Linha de Alta Pressão: Tubo

Leia mais

Soluções para produção de Oxigênio Medicinal

Soluções para produção de Oxigênio Medicinal Soluções para produção de Oxigênio Medicinal Page1 O propósito da BHP é de fornecer ao hospital uma usina de oxigênio dúplex e enchimento de cilindros para tornar o hospital totalmente independente do

Leia mais

V Á L V U L A S. MANIFOLD Série 2700 LAMINADO

V Á L V U L A S. MANIFOLD Série 2700 LAMINADO V Á L V U L A S MANIFOLD Série 2700 LAMINADO Índice Informações gerais... 02 Manifold de 2 vias... 04 Manifold de 3 vias... 09 Manifold de 5 vias... 12 Suporte... 15 1 As modernas válvulas Manifold Série

Leia mais

MATRIZ DE GERENCIAMENTO DE RISCOS

MATRIZ DE GERENCIAMENTO DE RISCOS UNIDADE MARÍTIMA Unidade Marítima de Perfuração Alaskan Star REV. 00 DATA Ago/2008 FOLHA 1 / 14 M1 Seguir programa de inspeção e manutenção dos equipamentos e linhas. Inspeções Periódicas e Programas de

Leia mais

Confiança e segurança em locação e serviços para indústria do petróleo. www.kl-offshore.no

Confiança e segurança em locação e serviços para indústria do petróleo. www.kl-offshore.no Confiança e segurança em locação e serviços para indústria do petróleo www.kl-offshore.no A K.Lund Offshore é um fornecedor forte e confiável de compressores e equipamentos de elevação de carga para a

Leia mais

Por que a HEAVYLOAD? GERENCIAMENTO LOCAÇÃO DE EQUIPAMENTOS CERTIFICAÇÃO IÇAMENTO E LANÇAMENTO TESTE DE CARGA MOVIMENTAÇÃO CARGAS CARGA MANUTENÇÃO

Por que a HEAVYLOAD? GERENCIAMENTO LOCAÇÃO DE EQUIPAMENTOS CERTIFICAÇÃO IÇAMENTO E LANÇAMENTO TESTE DE CARGA MOVIMENTAÇÃO CARGAS CARGA MANUTENÇÃO Por que a HEAVYLOAD? Possibilidade garantida de contratar um único fornecedor com foco em: Gerenciamento dos Ativos; Desenvolvimento e implementação de novas tecnologias; Centro de Treinamento Próprio

Leia mais

NORMAS DE SEGURANÇA CONTRA INCÊNDIOS INSTRUÇÃO NORMATIVA (IN 022/DAT/CBMSC) INSTALAÇÕES PARA REABASTECIMENTO DE COMBUSTÍVEL DE USO PRIVATIVO

NORMAS DE SEGURANÇA CONTRA INCÊNDIOS INSTRUÇÃO NORMATIVA (IN 022/DAT/CBMSC) INSTALAÇÕES PARA REABASTECIMENTO DE COMBUSTÍVEL DE USO PRIVATIVO ESTADO DE SANTA CATARINA SECRETARIA DE ESTADO DA SEGURANÇA PÚBLICA CORPO DE BOMBEIROS MILITAR DIRETORIA DE ATIVIDADES TÉCNICAS - DAT NORMAS DE SEGURANÇA CONTRA INCÊNDIOS INSTRUÇÃO NORMATIVA (IN 022/DAT/CBMSC)

Leia mais

REFERÊNCIA RÁPIDA PARA MANUTENÇÃO

REFERÊNCIA RÁPIDA PARA MANUTENÇÃO REFERÊNCIA RÁPIDA PARA MANUTENÇÃO AERONAVE EMB-202A IPANEMA Principais Cuidados com a Aeronave ASSISTÊNCIA TÉCNICA 2009 EMBRAER / NEIVA ATENÇÃO ESTE GUIA NÃO É UMA PUBLICAÇÃO TÉCNICA E, PORTANTO, NÃO CONSTITUI

Leia mais

Atlas Copco Filtros para ar comprimido DDx, PDx, QDx e QDT - simples, eficientes e confiáveis. O filtro certo para sua aplicação

Atlas Copco Filtros para ar comprimido DDx, PDx, QDx e QDT - simples, eficientes e confiáveis. O filtro certo para sua aplicação tlas Copco Filtros para ar comprimido DDx, PDx, QDx e QDT - simples, eficientes e confiáveis O filtro certo para sua aplicação Tratamento de ar - um investimento necessário O perigo oculto no ar sem tratamento

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO, OPERAÇÃO E MANUTENÇÃO

MANUAL DE INSTALAÇÃO, OPERAÇÃO E MANUTENÇÃO M A N U A L B A T E R I A C H U M B O - Á C I D A S E L A D A MANUAL DE INSTALAÇÃO, OPERAÇÃO E MANUTENÇÃO BATERIAS CHUMBO-ÁCIDAS SELADAS COM RECOMBINAÇÃO DE GÁS POWERSAFE VF ÍNDICE 1.0 INSTRUÇÕES DE SEGURANÇA

Leia mais

QAS 55/85/105/140/170 ENERGIA PORTÁTIL

QAS 55/85/105/140/170 ENERGIA PORTÁTIL QAS 55/85/105/140/170 ENERGIA PORTÁTIL Os geradores QAS 55/85/105/140/170 operam em serviço contínuo em locais onde não existe eletricidade ou como unidade reserva nos casos em que se verifica uma interrupção

Leia mais

Estação de armazenagem de óleo

Estação de armazenagem de óleo Estação de armazenagem de óleo Modernize a sua armazenagem e práticas de manuseio de óleo O Poder do Conhecimento em Engenharia Modernize a sua armazenagem e práticas de manuseio de óleo Estação de armazenagem

Leia mais

DRENO ECOLÓGICO. Dreno Ecológico de Condensado

DRENO ECOLÓGICO. Dreno Ecológico de Condensado DRENO ECOLÓGICO Dreno Ecológico de Condensado O problema O ar comprimido é uma fonte de energia essencial, amplamente utilizada em toda a indústria. Por ser uma ferramenta que oferece segurança, potência

Leia mais

Atlas Copco Energia portátil e sustentável

Atlas Copco Energia portátil e sustentável Atlas Copco Energia portátil e sustentável Geradores QAS 24 a 225 kva Confiabilidade Elevada vida útil Preparado para condições extremas Projetado a operar ao tempo Versatilidade Desenvolvido para operação

Leia mais

BERMAD VÁLVULAS DE CONTROLE PARA PROTEÇÃO CONTRA incêndio

BERMAD VÁLVULAS DE CONTROLE PARA PROTEÇÃO CONTRA incêndio BERMAD VÁLVULAS DE CONTROLE PARA PROTEÇÃO CONTRA incêndio APLICAÇÕES Off Shore THE HEART OF YOUR SYSTEM EXPERIÊNCIA, CONFIABILIDADE, COMPROMISSO Seja nas profundezas do oceano ou a poucas milhas da costa,

Leia mais

Willis Latin American Energy Conference

Willis Latin American Energy Conference Willis Latin American Energy Conference Planejamento Financeiro e Gestão de Riscos outubro 2012 Cátia Diniz Gerente Setorial de Seguros Internacionais Estas apresentações podem conter previsões acerca

Leia mais

Válvulas Edward Soluções para controle de fluxo

Válvulas Edward Soluções para controle de fluxo Válvulas Edward Soluções para controle de fluxo Fornecedor líder mundial de válvulas gaveta, globo e de retenção TM Reconhecido fornecedor de válvulas para aplicações críticas em plantas de geração de

Leia mais

Motores para geração de energia

Motores para geração de energia Motores para geração de energia SCANIA MOTORES PARA GERAÇÃO DE ENERGIA Motores para gerar energia e excelentes resultados. As demandas por segurança, confiabilidade e eficiência na geração de energia crescem

Leia mais

ESTAÇÃO DE ODORIZAÇÃO CAÇAPAVA - COMGAS

ESTAÇÃO DE ODORIZAÇÃO CAÇAPAVA - COMGAS ESTAÇÃO DE ODORIZAÇÃO CAÇAPAVA - COMGAS FEVEREIRO/2012 17-RT-CG-01/12 1 INDICE: 1. CARACTERIZAÇÃO DO EMPREENDIMENTO E DA REGIÃO 2. PARECER TÉCNICO PARA O PONTO DE ENTREGA 3. LAY OUT 4. CERTIDÃO DE USO

Leia mais

Qualidade dos Combustíveis:

Qualidade dos Combustíveis: Qualidade dos Combustíveis: Desafios para a manutenção da qualidade Oswaldo Luiz de Mello Bonfanti Coordenador Nacional do Sistema de Garantia da Qualidade Gestor de Assistência Técnica Ribeirão Preto,

Leia mais

Memorial Descritivo CHUVEIROS AUTOMÁTICOS

Memorial Descritivo CHUVEIROS AUTOMÁTICOS 1/8 GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ CORPO DE BOMBEIROS MILITAR DO ESTADO DO AMAPÁ DIVISÃO DE SERVIÇOS TÉCNICOS SEÇÃO DE ANÁLISE DE PROJETOS 1. Normas de referência: NBR 10.897-ABNT 1.1. Outras normas: 2. Nome

Leia mais

Controlador de Garra Pneumática MTS Fundamental

Controlador de Garra Pneumática MTS Fundamental Controlador de Garra Pneumática MTS Fundamental Manual Title Manual Additional do Information Produto be certain. 100-238-337 A Informações sobre Direitos Autorais Informações sobre Marca Registrada 2011

Leia mais

inox. Atualmente, válvulas solenóide servo-assistidas são usadas cada vez mais ao invés de válvulas de ação direta.

inox. Atualmente, válvulas solenóide servo-assistidas são usadas cada vez mais ao invés de válvulas de ação direta. Este artigo traz uma visão tecnológica das válvulas solenóide para aplicações com alta pressão. O uso das mesmas em fornecedoras de gás natural e, em sistemas aspersores (água-neblina) de extintores de

Leia mais

NORMA TÉCNICA DO CORPO DE BOMBEIROS Nº 18/2015 SISTEMA DE PROTEÇÃO POR EXTINTORES DE INCÊNDIO - PROPOSTA

NORMA TÉCNICA DO CORPO DE BOMBEIROS Nº 18/2015 SISTEMA DE PROTEÇÃO POR EXTINTORES DE INCÊNDIO - PROPOSTA ESTADO DE MATO GROSSO SECRETARIA DE ESTADO E SEGURANÇA PÚBLICA CORPO DE BOMBEIROS MILITAR DIRETORIA DE SEGURANÇA CONTRA INCÊNDIO E PÂNICO NORMA TÉCNICA DO CORPO DE BOMBEIROS Nº 18/2015 SISTEMA DE PROTEÇÃO

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO GERADORES A DIESEL VULCAN VG-3600D / VG-6000D

MANUAL DO USUÁRIO GERADORES A DIESEL VULCAN VG-3600D / VG-6000D MANUAL DO USUÁRIO GERADORES A DIESEL VULCAN VG-3600D / VG-6000D ATENÇÃO ANTES DE UTILIZAR O EQUIPAMENTO LEIA ATENTAMENTE ESTAS INSTRUÇÕES. Parabéns pela escolha. Este manual explica como operar e manter

Leia mais

energia de forma simples

energia de forma simples energia de forma simples www,fgwilson,com LINHA DE 8,5 A 290 KVA Desempenho I Durabilidade I Manutenção A vida moderna é complicada, mas garantir o fornecimento de energia para seu negócio pode ser algo

Leia mais

Soluções para segurança de seu processo. Garantia de proteção do seu sistema

Soluções para segurança de seu processo. Garantia de proteção do seu sistema Soluções para segurança de seu processo Garantia de proteção do seu sistema O time que você quer ao seu lado Conheça a equipe A Spirax Sarco proporciona Conhecimento, Serviços e Produtos em todo o mundo

Leia mais

VT 651. Varredeira mecanizada

VT 651. Varredeira mecanizada VT 651 Varredeira mecanizada GC BRASIL A GC BRASIL é uma empresa do Grupo Cecato, localizada na região Norte do Estado do Espírito Santo, que atua na representação exclusiva das máquinas varredeiras inglesas

Leia mais

ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL SECRETARIA DE ESTADO DE JUSTIÇA E SEGURANÇA PÚBLICA CORPO DE BOMBEIROS MILITAR NORMA TÉCNICA N 25

ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL SECRETARIA DE ESTADO DE JUSTIÇA E SEGURANÇA PÚBLICA CORPO DE BOMBEIROS MILITAR NORMA TÉCNICA N 25 ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL SECRETARIA DE ESTADO DE JUSTIÇA E SEGURANÇA PÚBLICA CORPO DE BOMBEIROS MILITAR NORMA TÉCNICA N 25 Segurança contra incêndio para líquidos combustíveis e inflamáveis Parte 3

Leia mais

MANUAL DO PROPRIETÁRIO DO SolarPRO XF

MANUAL DO PROPRIETÁRIO DO SolarPRO XF MANUAL DO PROPRIETÁRIO DO SolarPRO XF MODELO SB 001 NORMAS DE SEGURANÇA IMPORTANTES Leia todas as instruções ANTES de montar e utilizar este produto. GUARDE ESTE MANUAL Seu Aquecedor de Piscina foi projetado

Leia mais

ANÁLISE PRELIMINAR DE PERIGO APP TERMOELÉTRICA GÁS NATURAL

ANÁLISE PRELIMINAR DE PERIGO APP TERMOELÉTRICA GÁS NATURAL ANÁLISE PRELIMINAR DE PERIGO APP TERMOELÉTRICA GÁS NATURAL Sub-subsistema: Alimentação de Gás Natural (CityGate) / Distribuição ANÁLISE PRELIMINAR DE PERIGO - APP Grande tubulações do CityGate Pequeno

Leia mais

Conexões, Válvulas, Bombas, Filtros e Acessórios em aço inox sanitário

Conexões, Válvulas, Bombas, Filtros e Acessórios em aço inox sanitário Metal Limpo Conexões Sanitárias Ltda. Rua Sargento Jeter Augusto Pereira,341 - CEP 02188-070 Parque Novo Mundo - São Paulo - SP Fone: + 55 (11) 2207-7476 - Fax 2636-4069 www.metallimpo.com.br - metallimpo@metallimpo.com.br

Leia mais

BAIXA MANUTENÇÃO, EXCEPCIONAL RENDIMENTO

BAIXA MANUTENÇÃO, EXCEPCIONAL RENDIMENTO BAIXA MANUTENÇÃO, EXCEPCIONAL RENDIMENTO O projeto fundamental das bombas Iwaki Air manteve-se constante através dos anos. Este legado de qualidade significa que as bombas tem uma longa vida útil e não

Leia mais

CALDEIRAS E VASOS DE PRESSÃO. Juarez Sabino da Silva Junior Técnico de Segurança do Trabalho

CALDEIRAS E VASOS DE PRESSÃO. Juarez Sabino da Silva Junior Técnico de Segurança do Trabalho CALDEIRAS E VASOS DE PRESSÃO Juarez Sabino da Silva Junior Técnico de Segurança do Trabalho Caldeiras a Vapor São equipamentos destinados a produzir e acumular vapor sob pressão superior á atmosférica,

Leia mais

Normas da ABNT precisam ser seguidas

Normas da ABNT precisam ser seguidas Normas da ABNT precisam ser seguidas Além das leis ambientais e toda a burocracia que o negócio da revenda exige, o revendedor precisa realizar os procedimentos de acordo com as normas da Associação Brasileira

Leia mais

FILTRO COALESCENTE PARA GLP FASE VAPOR MODELO : F G L 5000 E. Manual de Informações Técnicas, Instalação e Manutenção

FILTRO COALESCENTE PARA GLP FASE VAPOR MODELO : F G L 5000 E. Manual de Informações Técnicas, Instalação e Manutenção Página1 UTILIZAÇÃO FILTRO COALESCENTE PARA GLP FASE VAPOR MODELO : F G L 5000 E Manual de Informações Técnicas, Instalação e Manutenção Para remoção de Oleína (*) em sistemas que utilizam GLP. Segundo

Leia mais

Soluções de proteção contra incêndio para unidades de produção de painéis de derivados da madeira

Soluções de proteção contra incêndio para unidades de produção de painéis de derivados da madeira Soluções de proteção contra incêndio para unidades de produção de painéis de derivados da madeira Solução setorial Unidades de produção de painéis de derivados da madeira EGURANÇA R ao longo do processo

Leia mais

PORTARIA DNC Nº 27, DE 16.9.1996 - DOU 17.9.1996

PORTARIA DNC Nº 27, DE 16.9.1996 - DOU 17.9.1996 PORTARIA DNC Nº 27, DE 16.9.1996 - DOU 17.9.1996 Estabelece condições mínimas de segurança das instalações de armazenamento de recipientes transportáveis de GLP. O DIRETOR DO DEPARTAMENTO NACIONAL DE COMBUSTÍVEIS,

Leia mais

Fire Prevention STANDARD. LME-12:001905 Upt Rev A

Fire Prevention STANDARD. LME-12:001905 Upt Rev A STANDARD LME-12:001905 Upt Rev A Índice 1 Introdução... 3 2 Requisitos... 3 3 Normas de Operação Segura... 4 3.1 Procedimentos de Evacuação em Incêndio... 4 3.2 Caminhos de Escape Designados... 4 3.3 Pontos

Leia mais

V Á L V U L A S SÉRIE 2700

V Á L V U L A S SÉRIE 2700 V Á L V U L A S SÉRIE 2700 Válvulas de agulha compactas de alta confiabilidade e versatilidade para controle de processos e uso geral na indústria. As modernas válvulas de agulha Série 2700 da Detroit

Leia mais

Mantendo você conectado

Mantendo você conectado Mantendo você conectado Telecomunicações Mantendo você conectado 1 A FG Wilson tem atendido as necessidades do setor de telecomunicações nos últimos 47 anos com nossos grupos geradores a diesel e a gás.

Leia mais

ASSÉPTICAS E CONTIDAS. www.thechargepoint.com. Manuseio de ingredientes e componentes sensíveis em processos assépticos

ASSÉPTICAS E CONTIDAS. www.thechargepoint.com. Manuseio de ingredientes e componentes sensíveis em processos assépticos ASSÉPTICAS E CONTIDAS Manuseio de ingredientes e componentes sensíveis em processos assépticos Processo de esterilização simples Alto desempenho na contenção de produtos de risco www.thechargepoint.com

Leia mais

VÁLVULAS MANIFOLD MANIFOLD 3 VIAS MANIFOLD 5 VIAS

VÁLVULAS MANIFOLD MANIFOLD 3 VIAS MANIFOLD 5 VIAS MANIFOLD As válvulas Manifold, produzidas pela Detroit, foram desenvolvidas e dimensionadas para tornar uma tubulação de instrumentos de diferencial de pressão mais simples, mais segura e mais confiável.

Leia mais

VISOR DE PASSAGEM PARA COMBUSTÍVEIS LÍQUIDOS

VISOR DE PASSAGEM PARA COMBUSTÍVEIS LÍQUIDOS PORTUGUÊS VISOR DE PASSAGEM PARA COMBUSTÍVEIS LÍQUIDOS MANUAL DE INSTRUÇÕES Visor de Passagem para Combustíveis Líquidos ÍNDICE PREFÁCIO... 5 ABREVIATURAS UTILIZADAS... 5 SÍMBOLOS UTILIZADOS... 6 INTRODUÇÃO...

Leia mais

Podemos filtrar ou separar para aproveitar tanto a parte líquida quanto a parte sólida.

Podemos filtrar ou separar para aproveitar tanto a parte líquida quanto a parte sólida. 1. FILTRAGEM 1/6 É o processo que tem como objetivo de separar mecanicamente sólidos de líquidos ou gases. Quando a separação se faz por meio de coalescência ou centrifugação, dizemos que se trata apenas

Leia mais

Engezer Controles Climáticos. Ar condicionados a prova de explosão

Engezer Controles Climáticos. Ar condicionados a prova de explosão Engezer Controles Climáticos Ar condicionados a prova de explosão Engezer Controles Climáticos Estabelecida em 2003,a parceria entre a Engezer, a Marc, a Friedrich e a Shield Air formou no Brasil uma empresa

Leia mais

1 OBJETIVO DA POLÍTICA... 1 2 DESCRIÇÃO DA POLÍTICA... 1

1 OBJETIVO DA POLÍTICA... 1 2 DESCRIÇÃO DA POLÍTICA... 1 Política de Resposta a Emergência Ambiental Versão 1 Data 09/2014 SUMÁRIO 1 OBJETIVO DA POLÍTICA... 1 2 DESCRIÇÃO DA POLÍTICA... 1 2.1 O QUE É UM DERRAMAMENTO?... 1 2.2 QUE TIPOS DE DERRAMAMENTOS EXISTEM?...

Leia mais

VÁLVULAS SISTEMAS DA QUALIDADE E AMBIENTAL CERTIFICADOS CONFORME ISO 9001:2000, ISO/TS 16949:2002 E ISO 14001:2004

VÁLVULAS SISTEMAS DA QUALIDADE E AMBIENTAL CERTIFICADOS CONFORME ISO 9001:2000, ISO/TS 16949:2002 E ISO 14001:2004 VÁLVULAS ÍNDICE Válvulas de agulha Série 2700... 02 Válvulas Manifold Série 2700... 08 Manifold 2 Vias... 10 Manifold 3 Vias... 13 Suporte para Manifold de 3 Vias... 16 Válvulas miniatura Série 1800...

Leia mais

SISTEMAS HIDRÁULICOS DE POTÊNCIA NA INDÚSTRIA DO PETRÓLEO

SISTEMAS HIDRÁULICOS DE POTÊNCIA NA INDÚSTRIA DO PETRÓLEO SISTEMAS HIDRÁULICOS DE POTÊNCIA NA INDÚSTRIA DO PETRÓLEO Dirceu Silveira Sampaio dirceuss@petrobras.com.br (21)3876-3303 Introdução: 1 - Vivemos uma era de contrastes, onde sistemas de controle com nano

Leia mais

Sistema de proteção por extintores de incêndio

Sistema de proteção por extintores de incêndio Outubro 2011 Vigência: 08 Janeiro 2012 NPT 021 Sistema de proteção por extintores de incêndio CORPO DE BOMBEIROS BM/7 Versão:01 Norma de Procedimento Técnico 5 páginas SUMÁRIO 1 Objetivo 2 Aplicação 3

Leia mais

Compressor Portátil MOBILAIR M 135

Compressor Portátil MOBILAIR M 135 www.kaeser.com Compressor Portátil MOBILAIR M 135 Com o mundialmente renomado PERFIL SIGMA Vazão 10,5 a 13,0 m³/min Feito na Alemanha A renomada linha de compressores portáteis MOBILAIR da KAESER é fabricada

Leia mais

Sistemas de carga e descarga de camihões e ferrovias

Sistemas de carga e descarga de camihões e ferrovias Sistemas de carga e descarga de DESCRIÇÃO: O carregamento ou descarregamento de líquidos inflamáveis/ combustíveis em caminhões ou vagões-tanque ferroviários é uma das operações de maior risco a ser empreendida

Leia mais

OS PERIGOS DA CONTAMINAÇÃO:

OS PERIGOS DA CONTAMINAÇÃO: 2010: issue 6 A publication of Caterpillar Global Mining OS PERIGOS DA CONTAMINAÇÃO: SISTEMAS MODERNOS REQUEREM COMBUSTÍVEL LIMPO Sítios de mineração compram, armazenam e consomem milhões de litros de

Leia mais

Conteúdo: Introdução...3. Aplicação...3. Segurança Operacional...3-6. Antes de iniciar a operação...6. Operação...6-7. Manutenção...

Conteúdo: Introdução...3. Aplicação...3. Segurança Operacional...3-6. Antes de iniciar a operação...6. Operação...6-7. Manutenção... 1 Conteúdo: Introdução...3 Aplicação...3 Segurança Operacional...3-6 Antes de iniciar a operação...6 Operação...6-7 Manutenção...8-9 Transporte...10 Especificação...10 Resolução de problemas...11 Garantia...12

Leia mais

Arranjo Unidades Físico Típicas de Indústria. Unidades de Produção e Instalações Auxiliares

Arranjo Unidades Físico Típicas de Indústria. Unidades de Produção e Instalações Auxiliares O cina de Manutenção A localização deve obedecer os seguintes princípios: - Proximidade das unidades de maior concentração de equipamentos e das instalações sujeitas a manutenção mais freqüente; - Proximidade

Leia mais

http://www81.dataprev.gov.br/sislex/paginas/05/mtb/20.htm

http://www81.dataprev.gov.br/sislex/paginas/05/mtb/20.htm Page 1 of 5 20.1 Líquidos combustíveis. NR 20 - Líquidos combustíveis e inflamáveis (120.000-3) 20.1.1 Para efeito desta Norma Regulamentadora - NR fica definido "líquido combustível" como todo aquele

Leia mais

Durante séculos, em diversos locais ao redor do planeta, as pessoas

Durante séculos, em diversos locais ao redor do planeta, as pessoas Manejo Sustentável da água Conteúdo deste documento: I. Introdução à captação e armazenamento de água da chuva II. Vantagens da utilização de água da chuva III. Considerações sobre a qualidade da água

Leia mais

BFD-MOD.2500 BFDE-MOD. 2500 BFD-MOD.4000 BFDE-MOD. 6500

BFD-MOD.2500 BFDE-MOD. 2500 BFD-MOD.4000 BFDE-MOD. 6500 BFD-MOD.2500 BFDE-MOD. 2500 BFD-MOD.4000 BFDE-MOD. 6500 VERSÃO 08/12 Índice Motogerador BFD/BFDE 2500, BFD 4000 e BFDE 6500 Indicador de Componentes 1. Funcionamento do Motor Diesel 1.1 Abastecimento (Óleo

Leia mais

TANQUE DE FIBRA DE VIDRO Série TFV

TANQUE DE FIBRA DE VIDRO Série TFV Indústria e Comércio de Bombas D Água Beto Ltda Manual de Instruções TANQUE DE FIBRA DE VIDRO Série TFV Parabéns! Nossos produtos são desenvolvidos com a mais alta tecnologia Bombas Beto. Este manual traz

Leia mais

Sprinklers, Válvulas e Acessórios

Sprinklers, Válvulas e Acessórios A Argus é uma empresa brasileira, especializada em segurança e proteção contra incêndio, com sede em Vinhedo/SP. Embora nova, a Argus é uma empresa com muita experiência. Seus sócios em conjunto somam

Leia mais

COMPRESSORES DE AR RESPIRÁVEL PRODUTOS DE ALTO DESEMPENHO DA SCOTT

COMPRESSORES DE AR RESPIRÁVEL PRODUTOS DE ALTO DESEMPENHO DA SCOTT COMPRESSORES DE AR RESPIRÁVEL PRODUTOS DE ALTO DESEMPENHO DA SCOTT ÍNDICE COMPRESSORES SCOTT DE SÉRIE... 1 Sistemas de Purificação FreshAir e Controlador X4 COMPRESSOREs... 2 Simple Air e Hush Air ESTAÇÕES

Leia mais

ANEXO II.8.8.3-2 PROCEDIMENTO ADMINISTRATIVO COMPETÊNCIA E TREINAMENTO (AP-202)

ANEXO II.8.8.3-2 PROCEDIMENTO ADMINISTRATIVO COMPETÊNCIA E TREINAMENTO (AP-202) AP 202: COMPETÊNCIA E TREINAMENTO PÁG : 1 de 11 ANEXO II.8.8.3-2 PROCEDIMENTO ADMINISTRATIVO COMPETÊNCIA E TREINAMENTO (AP-202) AP 202: COMPETÊNCIA E TREINAMENTO PÁG : 2 de 11 AP 202 COMPETÊNCIA E TREINAMENTO

Leia mais

Sempre focado no crescimento e inovação

Sempre focado no crescimento e inovação A Mettalica Fundação: 1999 Sede: Mauá - São Paulo Brasileira Numero de Colaboradores: 70 Sorocaba SP Nova Unidade Mauá SP Sede atual Joinville SC Doppio Consultoria Depto Comercial Segmentos HIDROELÉTRICA

Leia mais

MANUSEIO, ACONDICIONAMENTO, ARMAZENAMENTO E TRANSPORTE DE RESÍDUOS INDUSTRIAIS. Profa. Margarita Maria Dueñas O.

MANUSEIO, ACONDICIONAMENTO, ARMAZENAMENTO E TRANSPORTE DE RESÍDUOS INDUSTRIAIS. Profa. Margarita Maria Dueñas O. MANUSEIO, ACONDICIONAMENTO, ARMAZENAMENTO E TRANSPORTE DE RESÍDUOS INDUSTRIAIS Profa. Margarita Maria Dueñas O. RESÍDUOS PERIGOSOS Ponto de geração Destino final FASE INTERNA COLETA ACONDICIONAMENTO FASE

Leia mais

Oil & Gas Service Center. Soluções integradas para o mercado de óleo e gás

Oil & Gas Service Center. Soluções integradas para o mercado de óleo e gás Oil & Gas Service Center Soluções integradas para o mercado de óleo e gás Alta produtivida ParkerStore Macaé Loja dedicada à oferecer suporte técnico, serviços profissionais, produtos inovadores e soluções

Leia mais

FICHA DE EMERGÊNCIA EM CASO DE ACIDENTES

FICHA DE EMERGÊNCIA EM CASO DE ACIDENTES Rua Soluções do Lar, 155 CEP. 06700-000 Cotia SP Tel./ Fax: (11) 4612-2014 Nome do Produto: PRIMER PRODUTO NÃO ENQUADRADO NA PORTARIA EM VIGOR SOBRE VIGOR SOBRE TRANSPORTE DE PRODUTOS PERIGOSOS Líquido

Leia mais

Tubos e Conexões com Qualidade Schulz

Tubos e Conexões com Qualidade Schulz Linha ConectAR Tubos e Conexões com Qualidade Schulz O constante crescimento da indústria, dos processos tecnológicos e o forte impulso da automação industrial, exigem instalações de ar comprimido, eficientes,

Leia mais

Transporte do Ciclo de Combustível Nuclear

Transporte do Ciclo de Combustível Nuclear WNTI W O R L D N U C L E A R T R A N S P O RT I N S T I T U T E FICHA DESCRITIVA Transporte do Ciclo de Combustível Nuclear Materiais Front End (da etapa inicial) Dedicado ao transporte seguro, eficiente

Leia mais

MANUAL DE FUNCIONAMENTO FILTROS INDUSTRIAIS. G:Manuais/Manuais atualizados/ta

MANUAL DE FUNCIONAMENTO FILTROS INDUSTRIAIS. G:Manuais/Manuais atualizados/ta MANUAL DE FUNCIONAMENTO FILTROS INDUSTRIAIS TA G:Manuais/Manuais atualizados/ta Rev.01 ESQUEMA HIDRÁULICO 1 - INTRODUÇÃO 1.1. - FINALIDADE DESTE MANUAL Este manual proporciona informações teóricas e de

Leia mais

INTRODUÇÃO. Parabéns pela sua escolha.

INTRODUÇÃO. Parabéns pela sua escolha. WWW.POWERCAR.COM.BR INTRODUÇÃO Parabéns pela sua escolha. O Módulo Power Flex é um sofisticado conversor de combustível micro processado para veículos. Ele foi desenvolvido especialmente para oferecer

Leia mais

Cuidados no transporte, armazenamento e uso do Biodiesel B5

Cuidados no transporte, armazenamento e uso do Biodiesel B5 Cuidados no transporte, armazenamento e uso do Biodiesel B5 III ENCONTRO ANUAL DA EQUIPE TÉCNICA DO DESPOLUIR Eduardo Vieira Gerente de Projetos da CNT Rio de Janeiro, novembro de 2010. Motivação Relatos

Leia mais

Bombas de Vácuo e Compressores de Anel Líquido para Produção de Etanol & Biodiesel

Bombas de Vácuo e Compressores de Anel Líquido para Produção de Etanol & Biodiesel Bombas de Vácuo e Compressores de Anel Líquido para Produção de Etanol & Biodiesel para produção de Etanol & Biodiesel Sistemas projetados por Gardner Denver Nash Os Sistemas de vácuo e compressão Gardner

Leia mais

Automação Industrial. www.lutectecnologia.com.br

Automação Industrial. www.lutectecnologia.com.br Automação Industrial LINHA GERAL DE PRODUTOS E SERVIÇOS www.lutectecnologia.com.br A EMPRESA A Lutec Tecnologia é uma empresa de Automação Industrial, focada na flexibilidade e compromisso com o cliente.

Leia mais

Purgador Termostático Bimetálico Manual de Instalação e Manutenção

Purgador Termostático Bimetálico Manual de Instalação e Manutenção Purgador Termostático Bimetálico Manual de Instalação e Manutenção ÍNDICE Termo de Garantia 1.Descrição 2.Instalação 3.Manutenção 4.Peças de reposição 5.Informações Técnicas 1 TERMO DE GARANTIA A Spirax

Leia mais

A maneira mais inteligente de aquecer água.

A maneira mais inteligente de aquecer água. A maneira mais inteligente de aquecer água. A JAMP O uso consciente de energia é um dos princípios que rege as atividades da JAMP, responsável pela introdução no País de soluções inovadoras no campo de

Leia mais

Carros de Serviço. Fone: 55 11 5073-5222 Fax 55 11 5073-8185 e-mail: dilo@engemet.com - website: www.engemeteletrica.com.br

Carros de Serviço. Fone: 55 11 5073-5222 Fax 55 11 5073-8185 e-mail: dilo@engemet.com - website: www.engemeteletrica.com.br Carros de Serviço SÉRIE MINI MODULAR A Série Mini Modular se presta ao manuseio de pequenos volumes de gás e tem a vantagem de ter o transporte facilitado em maletas individuais para cada componente, permitindo

Leia mais

zeppini@zeppini.com.br www.zeppini.com.br Estrada Sadae Takagi, 665 CEP 09852-070 Fone (11) 4393-3600 Fax (11) 4393-3609 Zeppini Comercial Ltda

zeppini@zeppini.com.br www.zeppini.com.br Estrada Sadae Takagi, 665 CEP 09852-070 Fone (11) 4393-3600 Fax (11) 4393-3609 Zeppini Comercial Ltda + Sideraço Industrial do Brasil Ltda Rua Francisco Reis, 785-3º Distrito Industrial CEP 88311-710 Itajaí - SC Fone (47) 3341-6700 Fax (47) 3341-6717 vendas@sideraco.com.br www.sideraco.ind.br Zeppini Comercial

Leia mais

O Moto Vibrador a Gasolina é utilizado para acionar os vibradores de imersão pendular de concreto e bombas de mangotes.

O Moto Vibrador a Gasolina é utilizado para acionar os vibradores de imersão pendular de concreto e bombas de mangotes. 1 APLICAÇÃO: O Moto Vibrador a Gasolina é utilizado para acionar os vibradores de imersão pendular de concreto e bombas de mangotes. ESPECIFICAÇÃO: Motor Gasolina: MODELO Potência Rotação Peso MGK-5.5

Leia mais

ANALISADORES DE GASES

ANALISADORES DE GASES BGM BOMBA DE SUCÇÃO SÉRIE COMPACTA ANALISADORES DE GASES Descrição: Gera uma depressão no processo, succionando a amostra e criando a vazão exata para atender o tempo necessário de condicionamento do gás

Leia mais

Projeto Especializado...Potência Confiável

Projeto Especializado...Potência Confiável Projeto Especializado...Potência Confiável LINHA 455 750 KVA Desempenho I Durabilidade I Facilidade de Manutenção Produto Brasil Chegou um novo padrão de potência. A linha 455 750 kva da FG Wilson é projetada

Leia mais

Acessórios. Asperflex* (opcional exclusivo) Barra Irrigadora Traseira. Mangote de Sucção. Canhão Monitor. Pilotado Mod. CEPG300MI

Acessórios. Asperflex* (opcional exclusivo) Barra Irrigadora Traseira. Mangote de Sucção. Canhão Monitor. Pilotado Mod. CEPG300MI Kit Caixa-Bomba A TBA disponibiliza vários modelos e versões de Kit Caixa-Bomba para o manejo de líquidos nas aplicações de bombeamento móvel, como o de água em operações de combate a incêndios, tratamento

Leia mais

M a n u a l d o M e c â n i c o

M a n u a l d o M e c â n i c o M a n u a l d o M e c â n i c o folder2.indd 1 20/11/2009 14 12 35 Manual do Mecânico GNV GÁS NATURAL VEICULAR Entenda o GNV e saiba quais os cuidados necessários para a manutenção de veículos que utilizam

Leia mais

TANQUES DE ARMAZENAMENTO E AQUECIMENTO DE ASFALTO E COMBUSTÍVEL

TANQUES DE ARMAZENAMENTO E AQUECIMENTO DE ASFALTO E COMBUSTÍVEL TANQUES DE ARMAZENAMENTO E AQUECIMENTO DE ASFALTO E COMBUSTÍVEL TANQUES DE ARMAZENAMENTO E AQUECIMENTO DE ASFALTO E COMBUSTÍVEL A ampla linha de tanques de armazenamento e aquecimento de asfalto da Terex

Leia mais

Diversas opções de produtos para atender às necessidades da sua empresa

Diversas opções de produtos para atender às necessidades da sua empresa Diversas opções de produtos para atender às necessidades da sua empresa A TPS - Technitube Röhrenwerke GmbH é uma empresa com alto desempenho e tecnologia, com instalações avançadas para a produção e armazenamento

Leia mais

14 ASPECTOS BÁSICOS PARA SELEÇÃO E ESPECIFICAÇÃO DE EQUIPAMENTOS DE PROCESSO

14 ASPECTOS BÁSICOS PARA SELEÇÃO E ESPECIFICAÇÃO DE EQUIPAMENTOS DE PROCESSO 14 ASPECTOS BÁSICOS PARA SELEÇÃO E ESPECIFICAÇÃO DE EQUIPAMENTOS DE PROCESSO Há certos parâmetros que são desejados em todos os tipos de equipamentos de processo, como: FUNCIONALIDADE EFICÁCIA CONFIABILIDADE

Leia mais

Orientações e Procedimentos para o Manuseio e Armazenagem de Óleo Diesel B

Orientações e Procedimentos para o Manuseio e Armazenagem de Óleo Diesel B Setembro, 2010. Orientações e Procedimentos para o Manuseio e Armazenagem de Óleo Diesel B Com a criação do Programa Nacional de Produção e Uso de Biodiesel, em 2004, e a aprovação da Lei 11.097, de 13

Leia mais

*Imagens meramente ilustrativas COMPRESSOR DE AR. Manual de Instruções www.v8brasil.com.br

*Imagens meramente ilustrativas COMPRESSOR DE AR. Manual de Instruções www.v8brasil.com.br *Imagens meramente ilustrativas COMPRESSOR DE AR Manual de Instruções www.v8brasil.com.br PARA A CORRETA UTILIZAÇÃO DO PRODUTO V8 BRASIL, RECOMENDAMOS A LEITURA COMPLETA DESTE MANUAL. 1. INTRODUÇÃO A

Leia mais

NORMA TÉCNICA N o 16 SISTEMAS DE PROTEÇÃO POR EXTINTORES DE INCÊNDIO

NORMA TÉCNICA N o 16 SISTEMAS DE PROTEÇÃO POR EXTINTORES DE INCÊNDIO ANEXO XVI AO DECRETO N o 3.950, de 25 de janeiro de 2010. NORMA TÉCNICA N o 16 SISTEMAS DE PROTEÇÃO POR EXTINTORES DE INCÊNDIO 1. OBJETIVO Esta Norma Técnica estabelece critérios para proteção contra incêndio

Leia mais

TABELA A DISTÂNCIA MÍNIMA DO TANQUE À LINHA DE DIVISA DA PROPRIEDADE ADJACENTE

TABELA A DISTÂNCIA MÍNIMA DO TANQUE À LINHA DE DIVISA DA PROPRIEDADE ADJACENTE NR 20 - Líquidos combustíveis e inflamáveis Publicação D.O.U. Portaria GM n.º 3.214, de 08 de junho de 1978 06/07/78 20.1 Líquidos combustíveis. 20.1.1 Para efeito desta Norma Regulamentadora - NR fica

Leia mais

Soluções de medição de terminal

Soluções de medição de terminal Soluções de medição de terminal Medição superior de vazão e densidade Melhor medição do setor Preciso ter mais controle sobre meu terminal de modo que possa operá-lo mais perto de seu objetivo operacional.

Leia mais

Abaixo pode ver como funciona a maior das 197 ETAs de São Paulo, a de Guaraú, que fica na zona norte da capital e abastece 8,1 milhões de pessoas!

Abaixo pode ver como funciona a maior das 197 ETAs de São Paulo, a de Guaraú, que fica na zona norte da capital e abastece 8,1 milhões de pessoas! A água captada de rios ou represas vem com folhas, peixes, lodo e muitas bactérias. Para chegar às casas limpa e sem cheiro, ela passa cerca de três horas dentro de uma estação de tratamento (ETA), o que

Leia mais

Arfox MANUAL DO USUÁRIO. Calibrador Eletrônico de Pneus. Manual ArFox Rev.01 Manual ArFox Rev.01

Arfox MANUAL DO USUÁRIO. Calibrador Eletrônico de Pneus. Manual ArFox Rev.01 Manual ArFox Rev.01 MANUAL DO USUÁRIO RUA DO POMAR, 95/97 - VILA DAS MERCÊS 04162-080 SÃO PAULO - SP FONE/FAX: (011) 2165-1221 Site: www.control-liq.com.br - e-mail: atendimento@control-liq.com.br Calibrador Eletrônico de

Leia mais

Sistema para Gerenciamento de

Sistema para Gerenciamento de Sistema para Gerenciamento de Dosagem Getinge 2 Sistema para Gerenciamento de Dosagem Getinge Sistema para Gerenciamento de Dosagem Getinge (CMS) UM PROCESSO APRIMORADO, UMA SOLUÇÃO ÚNICA A Getinge pode

Leia mais

Manutenção de fluidos com sistema

Manutenção de fluidos com sistema Manutenção de fluidos com sistema Origem e influência da contaminação Danos e deterioração inicial de componentes hidráulicos Sem lavagem antes de colocar em funcionamento Efeito da contaminação Partículas

Leia mais

DISTÂNCIA MÍNIMA DO TANQUE À LINHA DE DIVISA DA PROPRIEDADE ADJACENTE. DISTÂNCIA MÍNIMA DO TANQUE ÀS VIAS PÚBLICAS Acima de 250 até 1.

DISTÂNCIA MÍNIMA DO TANQUE À LINHA DE DIVISA DA PROPRIEDADE ADJACENTE. DISTÂNCIA MÍNIMA DO TANQUE ÀS VIAS PÚBLICAS Acima de 250 até 1. NR 20 - Líquidos combustíveis e inflamáveis (120.000-3) 20.1 Líquidos combustíveis. 20.1.1 Para efeito desta Norma Regulamentadora - NR fica definido "líquido combustível" como todo aquele que possua ponto

Leia mais

Material de Apoio INJEÇÃO ELETRÔNICA DE COMBUSTÍVEL BOSCH. Programa Especial - Injeção Eletrônica LE-Jetronic

Material de Apoio INJEÇÃO ELETRÔNICA DE COMBUSTÍVEL BOSCH. Programa Especial - Injeção Eletrônica LE-Jetronic INJEÇÃO ELETRÔNICA DE COMBUSTÍVEL BOSCH A necessidade de se reduzir o consumo de combustível dos automóveis, bem como de se manter a emissão de poluentes pelos gases de escape dentro de limites, colocou

Leia mais

NR 16 - ATIVIDADES E OPERAÇÕES PERIGOSAS (116.000-1)

NR 16 - ATIVIDADES E OPERAÇÕES PERIGOSAS (116.000-1) NR 16 - ATIVIDADES E OPERAÇÕES PERIGOSAS (116.000-1) 16.1. São consideradas atividades e operações perigosas as constantes dos Anexos números 1 e 2 desta Norma Regulamentadora-NR. 16.2. O exercício de

Leia mais