MANUAL DE PREENCHIMENTO FORMULÁRIO ELETRÔNICO REA OUVIDORIAS OUVIDORIA DA ANS

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "MANUAL DE PREENCHIMENTO FORMULÁRIO ELETRÔNICO REA OUVIDORIAS OUVIDORIA DA ANS"

Transcrição

1 MANUAL DE PREENCHIMENTO FORMULÁRIO ELETRÔNICO REA OUVIDORIAS OUVIDORIA DA ANS

2 Este Manual tem por objetivo orientar as operadoras de planos privados de assistência à saúde quanto ao preenchimento do formulário eletrônico REA-Ouvidorias que deverá ser enviado à Ouvidoria da ANS a partir de Padronização dos dados e do envio por meio eletrônico 1.1- Dados Os dados e informações das manifestações oriundas dos beneficiários recebidas pela Ouvidoria da operadora são: Seção I Identificação da Operadora Registro ANS Razão Social Modalidade da Operadora do responsável pelas informações (preferencialmente da Ouvidoria) Telefone de contato da Ouvidoria Nessa seção também é solicitado: Informar se a unidade de Ouvidoria foi instituída em atendimento à RN n 323/13, com opção de resposta SIM ou NÃO. Seção II Fluxo de entrada A obrigatoriedade de implantação de unidades de Ouvidoria, segundo a RN nº 323/2013, para as operadoras de grande porte foi a partir de outubro de 2013 e para as de médio e pequeno porte foi a partir de 5 de abril Sendo assim, a partir de 2015 todas as operadoras deverão apresentar os dados apurados entre 1 de janeiro e 31 de dezembro do ano anterior. No caso das operadoras de médio e pequeno porte, o primeiro ano de envio será referente a dados apurados entre 5 de abril e 31 de dezembro. É facultativo o preenchimento do período anterior completo àquelas que já possuíam unidades de ouvidoria anteriormente à RN nº 323/2013.

3 a) Total de demandas recebidas no período Informar o quantitativo de demandas entrantes mês a mês e o consolidado do ano. b) Total de demandas no período segundo Canal de Atendimento Informar o consolidado anual segundo os canais oferecidos pela operadora, tais como: telefone, , presencial, site, carta, redes sociais, imprensa, entre outros. c) Total de demandas no período segundo Tema Informar o consolidado anual segundo cinco (5) grandes eixos temáticos: 1- Cobertura Assistencial: agrupar nesse eixo temático todos os assuntos relacionados a autorização, negativas de cobertura/atendimento, demora na liberação de material (órtese, prótese, cirúrgico, etc). 2- Rede Credenciada/Referenciada: agrupar assuntos relacionados a dificuldade de marcação/agendamento, falta de prestador, mau atendimento por parte do prestador, descredenciamento de rede, etc. 3- SAC: agrupar assuntos relacionados à prestação do Serviço de Atendimento ao Cliente. 4- Administrativo: agrupar assuntos relacionados a relação comercial, corretores, carteirinha, contrato, cancelamento, etc. 5- Financeiro: agrupar assuntos relacionados a reajuste, boletos, cobranças, reembolso, etc. d) Total de demandas no período segundo Tipo de Manifestação Informar o consolidado anual segundo os tipos de manifestação: Reclamação (manifestação de desagrado/protesto sobre um serviço prestado pela operadora, suas áreas e/ou prestadores); Consulta (solicitação de esclarecimentos gerais); Elogio (reconhecimento ou satisfação pelo serviço recebido ou sobre as pessoas que participaram do serviço/atendimento); Sugestão (ideia ou proposta para o aprimoramento do processo de trabalho); Denúncia (comunicação de irregularidade na administração ou no atendi-

4 mento da operadora e de sua rede credenciada). e) Total de RECLAMAÇÕES no período segundo Tema Informar o consolidado anual das Reclamações segundo cinco (5) grandes eixos temáticos: 1- Cobertura Assistencial: agrupar nesse grupo temático todos os assuntos relacionados a autorização, negativas de cobertura/atendimento, demora na liberação de material (órtese, prótese, cirúrgico, etc). 2- Rede Credenciada/Referenciada: agrupar assuntos relacionados a dificuldade de marcação/agendamento, falta de prestador, mau atendimento por parte do prestador, descredenciamento de rede, etc. 3- SAC: agrupar assuntos relacionados à prestação do Serviço de Atendimento 4- Administrativo: agrupar assuntos relacionados a relação comercial, corretores, carteirinha, contrato, etc. 5- Financeiro: agrupar assuntos relacionados a reajuste, boletos, cobranças, reembolso, etc. f) Total de RECLAMAÇÕES no período segundo Tipo de Contrato do Usuário Informar o consolidado anual das Reclamações segundo a modalidade contratual do usuário reclamante: Contrato coletivo empresarial; Contrato coletivo adesão; Contrato individual/familiar. g) Total de RECLAMAÇÕES no período segundo Tipo de Demandante Informar o consolidado anual das Reclamações segundo tipo de demandante: Beneficiário (ou o interlocutor do beneficiário); Prestador; Corretor; Gestor do contrato coletivo; Outros tipos de demandantes.

5 Seção III Indicadores a) Tempo Médio de Resposta da Ouvidoria (TMRO): é o tempo médio, em dias úteis, entre o recebimento da demanda e a resposta conclusiva/final da unidade de Ouvidoria aos seus demandantes. Fórmula do Indicador Informar o resultado final do Indicador e o somatório de dias úteis gastos na conclusão/finalização das demandas (numerador) no período e o quantitativo de demandas com resposta conclusiva/final no período (denominador). b) Percentual de Resposta Dentro do Prazo (PRDP): é o percentual de demandas com resposta conclusiva/final em até 7 (sete) dias úteis. Fórmula do Indicador Informar o resultado final do Indicador e o somatório de demandas concluídas/finalizadas em até 7 (sete) dias úteis (numerador) e o total de demandas com resposta conclusiva/final no período (denominador). c) Percentual de Resposta Dentro de Prazo Pactuado (PRDPP): é o percentual de demandas com resposta conclusiva/final em tempo superior a 7 (sete) dias úteis, tempo esse pactuado não podendo ser superior a 30 (trinta) dias úteis. Fórmula do Indicador Informar o resultado final do Indicador e o somatório de demandas concluídas/finalizadas entre o 8 e o 30 dia útil (numerador) e o total de demandas com resposta conclusiva/final no período (denominador). d) Percentual de Resposta Fora do Prazo (PRFP): é o percentual de demandas com resposta conclusiva/final, em tempo superior ao previsto na RN 323/2013, ou seja, após o 30 dia útil.

6 Fórmula do Indicador Informar o resultado final do Indicador e o somatório de demandas concluídas/finalizadas após o 30 dia útil (numerador) e o total de demandas do período (denominador). Informar os motivos para o não cumprimento do prazo. e) Outro(s) Indicador(es) Campo de livre preenchimento, no qual a operadora poderá acrescentar outro(s) Indicador(es) que utiliza para avaliação de seus serviços. Informar a ficha técnica, metodologia de cálculo e resultados do período. Seção IV Recomendações e/ou Melhorias Campo aberto em que a operadora poderá propor recomendações, melhorias e correções para o aprimoramento do processo de trabalho da operadora. Informar o status de implementação, de uma forma global, da maioria das recomendações e/ou melhorias propostas no período anterior, tais como: Implementadas, Em fase de implementação e Não Implementadas. Seção V Avaliação do Atendimento da Ouvidoria Informar se a unidade de Ouvidoria disponibiliza ferramenta para que o usuário avalie o atendimento recebido, após o seu contato com a Ouvidoria. Caso afirmativo, informar o total de respondentes e como o atendimento foi avaliado. Seção VI Estrutura da unidade de Ouvidoria Informar o quantitativo de pessoas que compõem a unidade de Ouvidoria, incluindo o Ouvidor.

7 1.2- Envio Eletrônico do REA-OUVIDORIAS O envio eletrônico do REA-OUVIDORIAS será feito por meio do software livre FormSUS, serviço do DATASUS, que segue as diretrizes do governo federal. O FormSUS é um serviço para criação de formulários, desenvolvido para dar agilidade, estruturação e qualidade ao processo de coletar e disseminar dados pela Internet. Os formulários criados no FormSUS, sob a responsabilidade de outros órgãos ou instituições do SUS, ficarão residentes no ambiente de servidores do DATASUS. Assim, sistema, dados cadastrais, formulários e dados de formulários estão hospedados em ambiente do DATASUS. Armazenamento e segurança de dados no FormSUS As regras de armazenamento (backup, disponibilidade, etc) do FormSUS estão em acordo com as diretrizes e normas de segurança do DATASUS. O conteúdo de cada formulário e monitoramento de suas respostas são de responsabilidade do responsável técnico pela criação do formulário, ou de sua equipe gestora, no caso em questão, sob responsabilidade da Ouvidoria da ANS. Formulário REA-OUVIDORIAS O formulário REA-OUVIDORIAS deverá ser preenchido por todas as operadoras de planos privados de assistência à saúde com registro na ANS, em cumprimento à RN n 323/2013. O formulário eletrônico foi desenvolvido em linguagem de fácil compreensão e contendo os dados e informações que deverão ser apresentados anualmente à ANS. O link de acesso ao formulário será disponibilizado na página da Ouvidoria no sítio da ANS (www.ans.gov.br), em área restrita às operadoras. Após o preenchimento e gravação do formulário será fornecido número de protocolo, link de acesso para possíveis alterações e atualizações, bem como opção para impressão. Os dados serão registrados automaticamente e visualizados pela Equipe da Ouvidoria para análise e monitoramento. O formulário ficará acessível às operadoras do primeiro dia útil do ano até o décimo quinto dia do mês de abril de cada ano.

8 Preenchimento do formulário O formulário eletrônico possui quase todos os campos de preenchimento obrigatório. Caso a operadora não tenha ocorrência em algum campo obrigatório deverá preenchê-lo com o número zero (0). O formulário é composto por seis seções; portanto, para auxiliar no seu preenchimento há a possibilidade de impressão de todos os campos na primeira página (canto superior direito). A primeira página do formulário diz respeito à identificação da operadora, cujos campos são de preenchimento obrigatório. O campo Registro ANS possui controle de informação única, ou seja, esse campo permitirá um único preenchimento para cada Registro ANS informado. Após essa página será fornecido o número de protocolo do formulário em uma janela pop-up. Alguns navegadores possuem a opção de bloqueio automático dessa janela orienta-se sua habilitação para que o número do protocolo seja anotado, ou aguardar o final do preenchimento do formulário para obter novamente esse número, ou ainda, tê-lo registrado ao imprimir o formulário. Destaca-se que o número de protocolo é apresentado em todas as páginas de navegação do formulário, abaixo dos comandos voltar, avançar e interromper ou gravar. O formulário poderá ter seu preenchimento interrompido a qualquer tempo. A próxima página, após a interrupção, conterá mensagem de formulário recebido com sucesso e link de acesso para continuidade do preenchimento e alterações futuras. Todas as informações preenchidas, data e hora da criação do formulário, data e hora de atualização, que são referentes à interrupção, e cabeçalho contendo número de protocolo e opção de impressão, também são apresentados. A finalização completa do formulário ocorrerá com a gravação das informações na função gravar. Mesmo após sua finalização é possível realizar atualizações e correções do formulário, por meio de link de alteração e inserção do número de protocolo, desde que realizadas até o décimo quinto dia de abril. Qualquer dúvida relacionada ao formulário eletrônico poderá ser dirimida por meio do link clique aqui em caso de dúvidas relativas a este formulário dentro desse ou endereço eletrônico

Regulamenta o inciso VI e o 1º do art. 4º da Resolução Normativa - RN nº 323, de 3 de abril

Regulamenta o inciso VI e o 1º do art. 4º da Resolução Normativa - RN nº 323, de 3 de abril CONTEÚDO CAPÍTULO I - DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES CAPÍTULO II - DO REA-OUVIDORIAS Seção I - Da Metodologia S ubseção I - Da Periodicidade Subseção II - Das Demonstrações Estatísticas Subseção III - Das

Leia mais

AGÊNCIA NACIONAL DE SAÚDE SUPLEMENTAR DIRETORIA COLEGIADA INSTRUÇÃO NORMATIVA - IN Nº 2, DE 18 DE DEZEMBRO DE 2014

AGÊNCIA NACIONAL DE SAÚDE SUPLEMENTAR DIRETORIA COLEGIADA INSTRUÇÃO NORMATIVA - IN Nº 2, DE 18 DE DEZEMBRO DE 2014 AGÊNCIA NACIONAL DE SAÚDE SUPLEMENTAR DIRETORIA COLEGIADA INSTRUÇÃO NORMATIVA - IN Nº 2, DE 18 DE DEZEMBRO DE 2014 Regulamenta o inciso VI e o 1º do art. 4º da Resolução Normativa - RN nº 323, de 3 de

Leia mais

RELATÓRIO ESTATÍSTICO E ANALÍTICO REA OUVIDORIAS (2016) 1) Ano dos dados informados: Identificação da Operadora

RELATÓRIO ESTATÍSTICO E ANALÍTICO REA OUVIDORIAS (2016) 1) Ano dos dados informados: Identificação da Operadora RELATÓRIO ESTATÍSTICO E ANALÍTICO REA OUVIDORIAS (2016) A Resolução Normativa n 323/2013 instituiu a criação de unidade de Ouvidoria pelas operadoras de planos privados de assistência à saúde e a obrigatoriedade

Leia mais

OUVIDORIA DA ANS RELATÓRIO ESTATÍSTICO E ANALÍTICO DO ATENDIMENTO DAS OUVIDORIAS REA-OUVIDORIAS ANO BASE: 2014

OUVIDORIA DA ANS RELATÓRIO ESTATÍSTICO E ANALÍTICO DO ATENDIMENTO DAS OUVIDORIAS REA-OUVIDORIAS ANO BASE: 2014 MINISTÉRIO DA SAÚDE AGÊNCIA NACIONAL DE SAÚDE SUPLEMENTAR ANS OUVIDORIA DA ANS RELATÓRIO ESTATÍSTICO E ANALÍTICO DO ATENDIMENTO DAS OUVIDORIAS REA-OUVIDORIAS ANO BASE: 2014 1 MINISTÉRIO DA SAÚDE AGÊNCIA

Leia mais

Seminário de atualização das Ouvidorias da UNIMED

Seminário de atualização das Ouvidorias da UNIMED Seminário de atualização das Ouvidorias da UNIMED Luiz Gustavo Meira Homrich Ouvidor São Paulo, 18 de março de 2016. Roteiro Situação e avanços das Ouvidorias no Setor de Saúde Suplementar; Aspectos fundamentais

Leia mais

Seminário de atualização das Ouvidorias da UNIMED

Seminário de atualização das Ouvidorias da UNIMED Seminário de atualização das Ouvidorias da UNIMED Alessandra Pereira Lobo Ouvidora-Substituta São Paulo, 9 de março de 2017. Roteiro Situação e avanços das Ouvidorias no Setor de Saúde Suplementar; Aspectos

Leia mais

MANUAL EMPRESARIAL BIOVIDA SAU DE

MANUAL EMPRESARIAL BIOVIDA SAU DE MANUAL EMPRESARIAL BIOVIDA SAU DE I ndice de Abertura Apresentação... Pág. 3 ADMINISTRAÇÃO DE CONTRATO Orientações Gerais... Pág. 4 1. Movimentação Cadastral... Pág. 4 2. Reajuste/Pool de Risco Exclusivo

Leia mais

Agrupamento de Contratos RN 309/12. Divulgação de Informações aos Beneficiários

Agrupamento de Contratos RN 309/12. Divulgação de Informações aos Beneficiários Agrupamento de Contratos RN 309/12 Divulgação de Informações aos Beneficiários Divulgação do Reajuste RN 309/12 - Art. 8º A operadora deverá divulgar até o primeiro dia útil do mês de maio de cada ano,

Leia mais

OFICINA DE INFORMAÇÃO EM SAÚDE. Marizélia Leão Moreira

OFICINA DE INFORMAÇÃO EM SAÚDE. Marizélia Leão Moreira Marizélia Leão Moreira Clique http://lattes.cnpq.br/9831051395746672 para editar o nome do autor Gerente da Gerência Executiva de Clique Padronização para editar e Interoperabilidade o cargo do autor Porto

Leia mais

Resolução Normativa RN n 395/2016

Resolução Normativa RN n 395/2016 Resolução Normativa RN n 395/2016 Rodrigo Aguiar Gerente Geral de Assessoramento da Diretoria de Fiscalização Rio de Janeiro, janeiro de 2016. O que apresentamos aqui? Resolução Normativa RN n 395/2015,

Leia mais

PADRÃO TISS. Oficina de Monitoramento do Envio de Dados. São Paulo- 15/10/ ª Reunião do COPISS - 13/08/2015 1

PADRÃO TISS. Oficina de Monitoramento do Envio de Dados. São Paulo- 15/10/ ª Reunião do COPISS - 13/08/2015 1 PADRÃO TISS Oficina de Monitoramento do Envio de Dados São Paulo- 15/10/2015 80ª Reunião do COPISS - 13/08/2015 1 Objeto Resolução Normativa nº 305 Estabelece o Padrão obrigatório de Troca de Informação

Leia mais

Curso de Capacitação de Analistas de Ouvidoria

Curso de Capacitação de Analistas de Ouvidoria Curso de Capacitação de Analistas de Ouvidoria Ênfase Saúde Suplementar Sistema Unimed Processo de Ouvidoria 27.03.2015 Sobre a CNU Central Nacional Unimed A CNU é a operadora nacional dos planos de saúde

Leia mais

RESOLUÇÃO NORMATIVA - RN Nº 412, DE 10 DE NOVEMBRO DE 2016

RESOLUÇÃO NORMATIVA - RN Nº 412, DE 10 DE NOVEMBRO DE 2016 RESOLUÇÃO NORMATIVA - RN Nº 412, DE 10 DE NOVEMBRO DE 2016 Dispõe sobre a solicitação de cancelamento do contrato do plano de saúde individual ou familiar, e de exclusão de beneficiário de contrato coletivo

Leia mais

RESOLUÇÃO NORMATIVA - RN Nº 305, DE 9 DE OUTUBRO DE 2012 CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

RESOLUÇÃO NORMATIVA - RN Nº 305, DE 9 DE OUTUBRO DE 2012 CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES 1 de 7 24/10/2014 13:48 RESOLUÇÃO NORMATIVA - RN Nº 305, DE 9 DE OUTUBRO DE 2012 Esta Resolução estabelece o Padrão obrigatório para Troca de Informações na Saúde Suplementar - Padrão TISS dos dados de

Leia mais

RESOLUÇÃO NORMATIVA - RN Nº 323, DE 3 DE ABRIL DE 2013

RESOLUÇÃO NORMATIVA - RN Nº 323, DE 3 DE ABRIL DE 2013 RESOLUÇÃO NORMATIVA - RN Nº 323, DE 3 DE ABRIL DE 2013 Dispõe sobre a instituição de unidade organizacional específica de ouvidoria pelas operadoras de planos privados de assistência saúde. [Correlações]

Leia mais

Novas regras da ANS obrigam planos de saúde a qualificar atendimento

Novas regras da ANS obrigam planos de saúde a qualificar atendimento A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) criou novas regras com o intuito de melhorar o atendimento prestado pelas operadoras de planos de saúde aos beneficiários nas solicitações de procedimentos

Leia mais

ORIENTAÇÕES OPERACIONAIS RN 412/16 CANCELAMENTOS DE PLANOS DE SAÚDE

ORIENTAÇÕES OPERACIONAIS RN 412/16 CANCELAMENTOS DE PLANOS DE SAÚDE ORIENTAÇÕES OPERACIONAIS RN 412/16 CANCELAMENTOS DE PLANOS DE SAÚDE Foi publicada no Diário Oficial da União - DOU de 11/11/16 a RN 412/16 que dispõe sobre a solicitação de cancelamento do contrato do

Leia mais

Relatório Estatístico

Relatório Estatístico SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE FURG Gabinete da Reitora Ouvidoria da Universidade Federal do Rio Grande FURG Relatório Estatístico Exercício 2015 e 1º

Leia mais

CUIDAR DE VOCÊ. ESSE É O PLANO

CUIDAR DE VOCÊ. ESSE É O PLANO Página 1 de 18 Manual do Reembolso Unimed Cerrado CUIDAR DE VOCÊ. ESSE É O PLANO 2016 1 Página 2 de 18 Sumário APRESENTAÇÃO... 3 DIRETRIZES DO REEMBOLSO... 4 PRINCIPAIS DÚVIDAS SOBRE O REEMBOLSO... 5 REEMBOLSO

Leia mais

Operacionalização de Ouvidoria Recursos e Ferramentas de Apoio. Seminário de Atualização e Implantação de Ouvidoria do Sistema Unimed Julho/2013

Operacionalização de Ouvidoria Recursos e Ferramentas de Apoio. Seminário de Atualização e Implantação de Ouvidoria do Sistema Unimed Julho/2013 Operacionalização de Ouvidoria Recursos e Ferramentas de Apoio Seminário de Atualização e Implantação de Ouvidoria do Sistema Unimed Julho/2013 Canais de Entrada A Unimed Vitória possui como canais de

Leia mais

Atendimento. Cadastramento de Guias; Saída da clínica (SADT/Internação); Atenção nos status dos procedimentos; 20/08/2014

Atendimento. Cadastramento de Guias; Saída da clínica (SADT/Internação); Atenção nos status dos procedimentos; 20/08/2014 Treinamento Grupo IV Prestadores PJ Cadastramento de Guias; Atendimento Saída da clínica (SADT/Internação); Atenção nos status dos procedimentos; 1 Atendimento Status dos Procedimentos Status NEGADO, verificar

Leia mais

PERGUNTAS E RESPOSTAS

PERGUNTAS E RESPOSTAS PERGUNTAS E RESPOSTAS GUIAS ANEXAS E CONFIRMAÇÃO DA INTERNAÇÃO 1) Quais mudanças ocorreram com o processo de autorizações de procedimentos? A Postal Saúde implantou a versão TISS 3.03.02 Guias Anexas e

Leia mais

CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES RESOLUÇÃO NORMATIVA - RN N 416, DE 22 DE DEZEMBRO DE 2016. Dispõe sobre o Monitoramento do Risco Assistencial sobre as operadoras de planos de assistência à saúde. [Índice][Correlações] A Diretoria Colegiada

Leia mais

Manual de navegação ao Portal AMS TISS

Manual de navegação ao Portal AMS TISS Manual de navegação ao Portal AMS TISS Sumário Página Inicial... 3 Item de menu: Beneficiário Validação... 9 Item de Menu: Autorização... 11 Item de Menu: Digitação de Faturamento... 24 Item de Menu: Transferência

Leia mais

Carla de Figueiredo Soares Diretora Adjunta. Diretoria de Normas e Habilitação dos Produtos Agosto de 2011

Carla de Figueiredo Soares Diretora Adjunta. Diretoria de Normas e Habilitação dos Produtos Agosto de 2011 Carla de Figueiredo Soares Diretora Adjunta Diretoria de Normas e Habilitação dos Produtos Agosto de 2011 Eixo 1 Modelo de Financiamento do Setor; Eixo 2 Garantia de Qualidade e Acesso Assistencial; Eixo

Leia mais

PERGUNTAS E RESPOSTAS

PERGUNTAS E RESPOSTAS PERGUNTAS E RESPOSTAS GUIAS ANEXAS E CONFIRMAÇÃO DA INTERNAÇÃO 1) Quais mudanças ocorreram com o processo de autorizações de procedimentos? A Postal Saúde implantou a versão TISS 3.03.02 Guias Anexas e

Leia mais

Controladoria. Geral do Estado

Controladoria. Geral do Estado Controladoria Geral do Estado 1. Apresentação As ouvidorias públicas têm por objetivo buscar soluções para as demandas dos cidadãos, visando o aprimoramento da prestação do serviço, além de contribuir

Leia mais

11ª REUNIÃO DE ESCLARECIMENTOS REGULATÓRIOS 22/05/2014

11ª REUNIÃO DE ESCLARECIMENTOS REGULATÓRIOS 22/05/2014 11ª REUNIÃO DE ESCLARECIMENTOS REGULATÓRIOS INSTÂNCIAS DE PARTICIPAÇÃO CÂMARAS E GRUPOS TÉCNICOS - Câmara de Saúde Suplementar - CAMSS Representante: Dr. Geraldo Almeida Lima - Câmara Técnica sobre Qualificação

Leia mais

Notificação de Intermediação Preliminar. Instrumento para solucionar conflitos entre beneficiários e Operadoras

Notificação de Intermediação Preliminar. Instrumento para solucionar conflitos entre beneficiários e Operadoras Notificação de Intermediação Preliminar Instrumento para solucionar conflitos entre beneficiários e Operadoras NIP NOTIFICAÇÃO DE INTERMEDIAÇÃO PRELIMINAR Toda demanda recepcionada pela ANS em todos os

Leia mais

Perguntas e Respostas sobre as alterações realizadas no processo de autorização.

Perguntas e Respostas sobre as alterações realizadas no processo de autorização. Perguntas e Respostas sobre as alterações realizadas no processo de autorização. O que muda no processo de autorização? R: O processo de autorização ficará ainda mais fácil. O médico cooperado realizará

Leia mais

Relatório. Atividades

Relatório. Atividades Relatório Atividades da Ouvidoria Base Primeiro Semestre 2016 1 1 Introdução A Ouvidoria é o canal de atendimento em última instância para solução de conflitos, quando estes existirem, diante do posicionamento

Leia mais

Cadastro do novo Bilhete Único - SPTRANS

Cadastro do novo Bilhete Único - SPTRANS Sumário 1. Objetivo... 2 2. Cadastro para emissão do NOVO Bilhete Único... 3 3. Sessão Expirada... 111 4. Etapas do Cadastro... 144 5. Finalização do Cadastro... 166 6. Pesquisa de Satisfação...18 1 1.

Leia mais

TERMO DE ADESÃO AO PSE 2010 FormSUS

TERMO DE ADESÃO AO PSE 2010 FormSUS ORIENTAÇÕES PARA PREENCHIMENTO DO FORMULÁRIO ENVIO DE PROJETO MUNICIPAL E TERMO DE ADESÃO AO PSE 2010 FormSUS Conforme a Portaria 3.696 de 25/11/2011, para concluir o processo de adesão ao Programa Saúde

Leia mais

Atendimento. Cadastramento de Guias; Saída da clínica (SADT/Internação); Atenção nos status dos procedimentos; 20/08/2014

Atendimento. Cadastramento de Guias; Saída da clínica (SADT/Internação); Atenção nos status dos procedimentos; 20/08/2014 Treinamento Grupo III Prestadores Resumo Cadastramento de Guias; Atendimento Saída da clínica (SADT/Internação); Atenção nos status dos procedimentos; 1 Atendimento Status NEGADO, verificar o motivo! Atendimento

Leia mais

Cartão Nacional de Saúde no âmbito da Saúde Suplementar

Cartão Nacional de Saúde no âmbito da Saúde Suplementar Cartão Nacional de Saúde no âmbito da Saúde Suplementar GEPIN/GGISS/DIDES Rio das Ostras RJ julho/2012 Cartão Nacional de Saúde (CNS) O que é? Documento numerado para cadastro de usuários de serviços de

Leia mais

RESOLUÇÃO NORMATIVA- RN Nº 413, DE 11 DE NOVEMBRO DE 2016.

RESOLUÇÃO NORMATIVA- RN Nº 413, DE 11 DE NOVEMBRO DE 2016. RESOLUÇÃO NORMATIVA- RN Nº 413, DE 11 DE NOVEMBRO DE 2016. Dispõe sobre a contratação eletrônica de planos privados de assistência à saúde. A Diretoria Colegiada da Agência Nacional de Saúde Suplementar

Leia mais

PLANO DE SAÚDE MANUAL DO CREDENCIADO

PLANO DE SAÚDE MANUAL DO CREDENCIADO Vitallis PLANO DE SAÚDE MANUAL DO CREDENCIADO Apresentação É com grande satisfação que iniciamos parceria. A Vitallis Saúde é classificada na modalidade Medicina de Grupo, tem cobertura nacional e é uma

Leia mais

REGULAMENTAÇÃO DO PEDIDO DE CANCELAMENTO OU EXCLUSÃO DE BENEFICIÁRIOS DE PLANOS DE SAÚDE Principais Contribuições. Câmara Técnica 3ª reunião

REGULAMENTAÇÃO DO PEDIDO DE CANCELAMENTO OU EXCLUSÃO DE BENEFICIÁRIOS DE PLANOS DE SAÚDE Principais Contribuições. Câmara Técnica 3ª reunião REGULAMENTAÇÃO DO PEDIDO DE CANCELAMENTO OU EXCLUSÃO DE BENEFICIÁRIOS DE PLANOS DE SAÚDE Principais Contribuições Câmara Técnica 3ª reunião PRINCIPAIS CONTRIBUIÇÕES Entidades que enviaram contribuições

Leia mais

Atendimento. Cadastramento de Guias; Saída do consultório (SADT/Internação); Atenção nos status dos procedimentos; 20/08/2014

Atendimento. Cadastramento de Guias; Saída do consultório (SADT/Internação); Atenção nos status dos procedimentos; 20/08/2014 Treinamento Grupo I - Oncologia Cadastramento de Guias; Atendimento Saída do consultório (SADT/Internação); Atenção nos status dos procedimentos; 1 Atendimento Status NEGADO, verificar o motivo! Atendimento

Leia mais

Plano de Trabalho da Ouvidoria UFSJ (2017)

Plano de Trabalho da Ouvidoria UFSJ (2017) Plano de Trabalho da Ouvidoria UFSJ (2017) São João del-rei/mg 2017 1. APRESENTAÇÃO A Ouvidoria UFSJ é um espaço aberto para a comunidade, que recebe e responde manifestações relacionadas às atividades

Leia mais

MANUAL DE PREENCHIMENTO DO PORTAL DE ATENDIMENTO AO PRESTADOR

MANUAL DE PREENCHIMENTO DO PORTAL DE ATENDIMENTO AO PRESTADOR MANUAL DE PREENCHIMENTO DO PORTAL DE ATENDIMENTO AO PRESTADOR Este Manual tem por finalidade orientar o preenchimento do Novo Portal de Serviços de Atendimento ao Prestador no atendimento aos beneficiários

Leia mais

APLICAÇÃO DA GESTÃO DE RISCOS NA LEI DE ACESSO À INFORMAÇÃO. Clique para editar o cargo Ouvidor autor

APLICAÇÃO DA GESTÃO DE RISCOS NA LEI DE ACESSO À INFORMAÇÃO. Clique para editar o cargo Ouvidor autor APLICAÇÃO DA GESTÃO DE RISCOS NA LEI DE ACESSO À INFORMAÇÃO Clique para Luiz Gustavo editar o Meira nome do Homrich autor Clique para editar o cargo Ouvidor autor Rio Clique de Janeiro, para 6 editar de

Leia mais

Workshop ABVCAP/ANBIMA

Workshop ABVCAP/ANBIMA Workshop ABVCAP/ANBIMA Painel 3 - Base de Dados 10 de novembro de 2016 Base de Dados: Conceito e Obrigatoriedade Art. 3º (Diretrizes) ABasedeDadosé um conjunto de informações sobre as instituições participantes,

Leia mais

PLANO DE SAÚDE/ODONTOLÓGICO ALIANÇA ADMINISTRADORA

PLANO DE SAÚDE/ODONTOLÓGICO ALIANÇA ADMINISTRADORA PLANO DE SAÚDE/ODONTOLÓGICO ALIANÇA ADMINISTRADORA 1 O que é? 1.1 Por meio de acordo de parceria firmado entre o Ministério da Educação e a Aliança Administradora de Benefícios de Saúde LTDA., do qual

Leia mais

FATURAMENTO ELETRÔNICO CASSI. Orientações aos Prestadores com Sistema de Gestão Próprio

FATURAMENTO ELETRÔNICO CASSI. Orientações aos Prestadores com Sistema de Gestão Próprio FATURAMENTO ELETRÔNICO CASSI Orientações aos Prestadores com Sistema de Gestão Próprio ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO...3 2. SENHA PARA PRESTADORES QUE UTILIZAM AUTORIZADOR ELETRÔNICO...3 3. DADOS DO PARTICIPANTE...6

Leia mais

1. Página Inicial. 2. Validação de Beneficiário. 3. Planos atendidos. 4. Autorizações. 5. Faturamento Digitação do Faturamento

1. Página Inicial. 2. Validação de Beneficiário. 3. Planos atendidos. 4. Autorizações. 5. Faturamento Digitação do Faturamento manual manual sumário 1. Página Inicial 2. Validação de Beneficiário 3. Planos atendidos 4. Autorizações 5. Faturamento 5.1. Digitação do Faturamento 5.2. Envio de Arquivo XML 5.3. Informe de Rendimento

Leia mais

Título MANUAL DE OUVIDORIA Data Publicação 27/04/2017

Título MANUAL DE OUVIDORIA Data Publicação 27/04/2017 29/04/2016 15/04/2017 Presidência/Compliance 1/7 MANUAL DE PROCEDIMENTOS DA 1. OBJETIVO Descrever os conceitos, as regras e procedimentos relacionados à Ouvidoria, para as empresas do Grupo Didier Levy,

Leia mais

OUVIDORIA DO CONSELHO FEDERAL DE ENFERMAGEM REGIMENTO INTERNO CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS

OUVIDORIA DO CONSELHO FEDERAL DE ENFERMAGEM REGIMENTO INTERNO CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS OUVIDORIA DO CONSELHO FEDERAL DE ENFERMAGEM REGIMENTO INTERNO CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS Art. 1º A Ouvidoria do Conselho Federal de Enfermagem tem por objetivo colaborar para o aperfeiçoamento e

Leia mais

Seminário de Atualização e implantação de Ouvidoria do Sistema Unimed

Seminário de Atualização e implantação de Ouvidoria do Sistema Unimed Secretaria da Justiça e da Defesa da Cidadania Fundação de Proteção e Defesa do Consumidor Procon/SP Seminário de Atualização e implantação de Ouvidoria do Sistema Unimed Importância da Atuação da Ouvidoria

Leia mais

RELATÓRIO SEMESTRAL DE OUVIDORIA. 1º semestre de 2017

RELATÓRIO SEMESTRAL DE OUVIDORIA. 1º semestre de 2017 RELATÓRIO SEMESTRAL DE OUVIDORIA 1º semestre de 2017 APRESENTAÇÃO Em cumprimento à Resolução nº 4.433, publicada em 23 de julho de 2015 pelo Banco Central do Brasil, este relatório tem o objetivo de tornar

Leia mais

MANUAL DE PREENCHIMENTO DO PORTAL DE ATENDIMENTO AO PRESTADOR

MANUAL DE PREENCHIMENTO DO PORTAL DE ATENDIMENTO AO PRESTADOR MANUAL DE PREENCHIMENTO DO PORTAL DE ATENDIMENTO AO PRESTADOR Este Manual tem por finalidade orientar o preenchimento do Novo Portal de Serviços de Atendimento ao Prestador no atendimento aos beneficiários

Leia mais

MANUAL PARA EMISSÃO DE CERTIFICADO DE QUALIDADE PARA PRESTADORES DE SERVIÇOS DE SAÚDE

MANUAL PARA EMISSÃO DE CERTIFICADO DE QUALIDADE PARA PRESTADORES DE SERVIÇOS DE SAÚDE Data: 13/07/2016 1. Objetivo O objetivo deste procedimento é detalhar a metodologia a ser utilizada para emitir o Certificado de Qualidade para Prestadores de Serviços de Saúde, conforme indicadores definidos

Leia mais

Manual de Instruções ODONTOLOGIA CAMED SAÚDE

Manual de Instruções ODONTOLOGIA CAMED SAÚDE Manual de Instruções ODONTOLOGIA CAMED SAÚDE SETEMBRO/2016 SUMÁRIO 1. Introdução... 3 2. Orientações Gerais... 4 2.1 Entrega de guias... 4 2.2 PACOTES - Autorização e cobrança... 4 3. Formulários... 4

Leia mais

Manual do Dirigente. Sistema de Ouvidoria Versão 1.0. Universidade Federal de Lavras

Manual do Dirigente. Sistema de Ouvidoria Versão 1.0. Universidade Federal de Lavras Manual do Dirigente Sistema de Ouvidoria Versão 1.0 Universidade Federal de Lavras 6/12/2010 Índice 1 - Introdução...3 2 - Acesso ao sistema...3 3 - Funcionalidades...3 3.1 - Usuário: Dirigente...3 3.1.1

Leia mais

Padrão de Terminologia/TISS

Padrão de Terminologia/TISS Padrão de Terminologia no âmbito da Saúde Suplementar Parte integrante da TISS Padrão de Terminologia/TISS Agência Nacional de Saúde Suplementar Autarquia vinculada ao Ministério da Saúde Finalidade institucional

Leia mais

Grupo de Indicadores de Clientes do Núcleo de Apoio à Gestão Hospitalar (NAGEH) 13 de novembro de 2013

Grupo de Indicadores de Clientes do Núcleo de Apoio à Gestão Hospitalar (NAGEH) 13 de novembro de 2013 Grupo de Indicadores de Clientes do Núcleo de Apoio à Gestão Hospitalar (NAGEH) 13 de novembro de 2013 Relatório de Indicadores elaborado pelo Grupo de Indicadores de Clientes versão 2010 Taxa de Satisfação

Leia mais

Manual de emissão e impressão guias Padrão TISS 3.0.2

Manual de emissão e impressão guias Padrão TISS 3.0.2 Manual de emissão e impressão guias Padrão TISS 3.0.2 Pré requisito: O sistema WebPlan está homologado para os seguintes navegadores de internet: - Microsoft Internet Explorer Versão 9 ou superior. - Google

Leia mais

SOLICITAÇÃO DE CANCELAMENTO DO CONTRATO OU EXCLUSÃO MOTIVADA PELO BENEFICIÁRIO TITULAR/RESPONSÁVEL NOS TERMOS DA RN 412/2016/ANS

SOLICITAÇÃO DE CANCELAMENTO DO CONTRATO OU EXCLUSÃO MOTIVADA PELO BENEFICIÁRIO TITULAR/RESPONSÁVEL NOS TERMOS DA RN 412/2016/ANS SOLICITAÇÃO DE CANCELAMENTO DO CONTRATO OU EXCLUSÃO MOTIVADA PELO BENEFICIÁRIO TITULAR/RESPONSÁVEL NOS TERMOS DA RN 412/2016/ANS Prezado(a) beneficiário(a), conforme determina o artigo 17 da RN 412, cumpre-nos

Leia mais

Manual de Utilização do Módulo Operacional. í n d i c e. Passo 1: Visão geral 3. Passo 2: Como acessar o Consultório Online? 3

Manual de Utilização do Módulo Operacional. í n d i c e. Passo 1: Visão geral 3. Passo 2: Como acessar o Consultório Online? 3 í n d i c e Passo 1: Visão geral 3 Passo 2: Como acessar o Consultório Online? 3 Passo 3: Recursos disponíveis 4 Guias consulta / SADT (Solicitação, Execução com Guia e Autogerada): 4 Pesquisa de histórico

Leia mais

PLANO ANUAL DE TRABALHO DA OUVIDORIA

PLANO ANUAL DE TRABALHO DA OUVIDORIA 2017 PLANO ANUAL DE TRABALHO DA OUVIDORIA Instituto Federal Farroupilha 10/03/2017 Sumário 1. APRESENTAÇÃO... 2 2. A OUVIDORIA DO... 3 2.1. Relacionamento com a Sociedade... 3 3. OBJETIVO DO PLANO DE TRABALHO...

Leia mais

SISTEMA UNIMED HRP: MÓDULO WEBSAÚDE MANUAL DE UTILIZAÇÃO

SISTEMA UNIMED HRP: MÓDULO WEBSAÚDE MANUAL DE UTILIZAÇÃO SISTEMA UNIMED HRP: MÓDULO WEBSAÚDE MANUAL DE UTILIZAÇÃO Departamento de Tecnologia da Informação tecnologia@unimeditabira.com.br 31 3839-771 3839-7712 3839-7713 Revisão 07 Itabira Novembro 2016 SUMÁRIO

Leia mais

CÂMARA DOS DEPUTADOS COMISSÃO DE SEGURIDADE SOCIAL E FAMÍLIA AUDIÊNCIA PÚBLICA

CÂMARA DOS DEPUTADOS COMISSÃO DE SEGURIDADE SOCIAL E FAMÍLIA AUDIÊNCIA PÚBLICA CÂMARA DOS DEPUTADOS COMISSÃO DE SEGURIDADE SOCIAL E FAMÍLIA AUDIÊNCIA PÚBLICA Discutir a situação da pediatria no âmbito do Sistema Único de Saúde SUS e na Saúde Suplementar. Brasília, DF, 27 de maio

Leia mais

Webphone (serviço de ligação online) acesse pelo link: https://wwwt.connectmed.com.br

Webphone (serviço de ligação online) acesse pelo link: https://wwwt.connectmed.com.br 1. APRESENTAÇÃO O presente Manual visa orientar, estabelecer critérios operacionais e informar os normativos aos credenciados para atendimento ao Auxílio Farmácia dos empregados e dependentes da VALE.

Leia mais

Capítulo: Seção: Subseção: Fluxo do Processo

Capítulo: Seção: Subseção: Fluxo do Processo Manual de Procedimentos Administrativos do Fluxo do Processo Os procedimentos relativos ao processo de recepção e registro de críticas, de sugestões, de dúvidas e de reclamações estão contidos no fluxo

Leia mais

Relatório Estatístico Semestral Janeiro a Junho de 2010

Relatório Estatístico Semestral Janeiro a Junho de 2010 Relatório Estatístico Semestral Janeiro a Junho de 2010 Relatório Estatístico Semestral Julho a Dezembro de 2010 A Ouvidoria da FDSM, cumprindo uma de suas mais importantes atribuições e no intuito

Leia mais

Política de Privacidade

Política de Privacidade Política de Privacidade INFOCAP TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO LTDA A presente Política regula as condições gerais de coleta, uso, armazenamento, tratamento e proteção de dados nos sites, plataformas e aplicações

Leia mais

OS REGULAMENTOS ATUAIS, UM BALANÇO

OS REGULAMENTOS ATUAIS, UM BALANÇO OS REGULAMENTOS ATUAIS, UM BALANÇO PLANEJAMENTO REGULATÓRIO METAS DE QUALIDADE Revisão Regulatória RGC e RGQ 6 Dezembro de 2016 O MODELO ATUAL DE REGULAMENTAÇÃO ESTÁ DANDO CERTO? É EFETIVO? Todas as obrigações

Leia mais

Sistema de Atendimento a Chamados e Suporte

Sistema de Atendimento a Chamados e Suporte Sistema de Atendimento a Chamados e Suporte Versão 1.0 Guia Rápido do Usuário SUMÁRIO SUMÁRIO 2 1 APRESENTAÇÃO 3 2 ACESSANDO O SACS 4 3 ABRINDO UM CHAMADO 5 4 CONSULTA AOS CHAMADOS ABERTOS 7 5 ACRESCENTANDO

Leia mais

UNIVERSIDADE FEEVALE REGULAMENTO DA OUVIDORIA CAPÍTULO I DA OUVIDORIA

UNIVERSIDADE FEEVALE REGULAMENTO DA OUVIDORIA CAPÍTULO I DA OUVIDORIA UNIVERSIDADE FEEVALE REGULAMENTO DA OUVIDORIA CAPÍTULO I DA OUVIDORIA Art. 1º A Ouvidoria da Universidade Feevale é um serviço que tem por finalidade garantir a efetiva comunicação e o relacionamento com

Leia mais

Manual Hilum. Desenvolvido pelo setor de Tecnologia da Informação Unimed Regional Sul Goiás

Manual Hilum. Desenvolvido pelo setor de Tecnologia da Informação Unimed Regional Sul Goiás Manual Hilum Sumário Sistema Hilum...3 1. Acesso...3 2. Execução de Consulta...4 3. SP/SADT (Exames e Procedimentos)...8 3.1. Solicitação...8 3.2. Solicitação/Execução... 13 3.3. Execução... 15 4. Apoio...

Leia mais

PADRÃO DE TROCA DE INFORMAÇÕES NA SAÚDE SUPLEMENTAR. São Paulo (SP) 23/10/2012

PADRÃO DE TROCA DE INFORMAÇÕES NA SAÚDE SUPLEMENTAR. São Paulo (SP) 23/10/2012 PADRÃO DE TROCA DE INFORMAÇÕES NA SAÚDE SUPLEMENTAR São Paulo (SP) 23/10/2012 Desafios e Rumos da Saúde Suplementar - São Paulo - 23/10/2012 PADRÃO TISS Versão 3.00.00 Troca de Informações na Saúde Suplementar

Leia mais

Planos de Suporte Terrazul

Planos de Suporte Terrazul Planos de Suporte Terrazul Introdução Serviços de Suporte...02 Planos...02 Cobrança...03 Formas de Pagamento...03 Termos e Condições...04 Abertura de Chamado...04 Abertura de Chamados Expresso...05 Classificação

Leia mais

OUVIDORIA. Relatório

OUVIDORIA. Relatório OUVIDORIA Relatório 2012-2013 Ouvidor Marcio Moço Ouvidor Substituto Benito Petraglia Ouvidoria Leste Fluminense Rua Dr. Borman, nº 51-9º andar Centro Niterói Rio de Janeiro CEP 24.020-320 www.unimedlestefluminense.com.br/ouvidoria

Leia mais

Ministério da Saúde Agência Nacional de Saúde Suplementar Padrão TISS Troca de Informações em Saúde Suplementar

Ministério da Saúde Agência Nacional de Saúde Suplementar Padrão TISS Troca de Informações em Saúde Suplementar Ministério da Saúde Agência Nacional de Saúde Suplementar Padrão TISS Troca de Informações em Saúde Suplementar Padrão Projeto TISS Sistema suplementar - Operadoras SIB, SIP,RPS,DIOPS Operadoras TISS -

Leia mais

COMISSÃO PARITÁRIA MODELO DE GESTÃO DE PLANO DE SAÚDE ACT 2016/2017. Novembro/2016

COMISSÃO PARITÁRIA MODELO DE GESTÃO DE PLANO DE SAÚDE ACT 2016/2017. Novembro/2016 COMISSÃO PARITÁRIA MODELO DE GESTÃO DE PLANO DE SAÚDE ACT 2016/2017 Novembro/2016 Contexto Autogestão por RH Plano CorreiosSaúde (31/12/2013) 405 mil Beneficiários aproximadamente Força de Trabalho: 840

Leia mais

Catálogo de Serviços disponíveis ao Corretor MetLife

Catálogo de Serviços disponíveis ao Corretor MetLife Catálogo de Serviços disponíveis ao Corretor MetLife 2015 1 Central de Exclusiva ao Corretor 2 Catálogo de Serviços - ao Corretor Processo > Portal SERVIÇOS ON LINE - PORTAL E CENTRAL DE ATENDIMENTO EXCLUSIVA

Leia mais

COMUNICADO. Resolução Normativa 309/2012 ANS

COMUNICADO. Resolução Normativa 309/2012 ANS COMUNICADO Resolução Normativa 309/2012 ANS Divulgação do Reajuste Único Apurado para o Agrupamento dos Contratos Coletivos com até 29 beneficiários. A INTERMEDICI vem comunicar que por força da RN nº

Leia mais

MANUAL Prático TISS 3.0

MANUAL Prático TISS 3.0 Rio MANUAL Prático TISS 3.0 2 MANUAL PRÁTICO TISS 3.0 MANUAL PRÁTICO TISS 3.0 3 Prezado Cooperado, Guia de Comprovante Presencial (NOVA GUIA) Este manual é um guia de preenchimento do novo modelo das guias

Leia mais

PROCAD Sistema Eletrônico de Processos Administrativos

PROCAD Sistema Eletrônico de Processos Administrativos PROCAD Sistema Eletrônico de Processos Administrativos MANUAL PARA USUÁRIOS O Sistema PROCAD é uma das soluções que compõem o SAT Sistema de Arrecadação Tributária. Este manual é um passo-a-passo para

Leia mais

TISS WTI jul/2014

TISS WTI jul/2014 TISS 3.02.00 jul/2014 RN 305 IN 51-2012 TISS Institui o Padrão obrigatório para Troca de Informações na Saúde Suplementar Agentes de Troca ANS Operadoras Prestadores Objetivos Padronizar Subsidiar ações

Leia mais

Service Center Manual para Envio de Documentos Fiscais de Serviços

Service Center Manual para Envio de Documentos Fiscais de Serviços Service Center Manual para Envio de Documentos Fiscais de Serviços (01/09/2016) 1 2 Introdução Envio de Documentos Fiscais Objetivo O envio de documentos fiscais de serviços, através do Service Center,

Leia mais

Taxa de Saúde Suplementar por Plano de Assistência à Saúde - TPS

Taxa de Saúde Suplementar por Plano de Assistência à Saúde - TPS Procedimentos para lançamento de quantitativo de beneficiários e emissão da GRU para recolhimento da Taxa de Saúde Suplementar por Plano de Assistência à Saúde - TPS Ressaltamos, antes de tudo, que para

Leia mais

Relatório 1 01/03/ EXTERNO RECLAMAÇÃO MATRÍCULA FINALIZADA 2 02/03/ ALUNO RECLAMAÇÃO CONDUTA DE SERVIDOR FINALIZADA

Relatório 1 01/03/ EXTERNO RECLAMAÇÃO MATRÍCULA FINALIZADA 2 02/03/ ALUNO RECLAMAÇÃO CONDUTA DE SERVIDOR FINALIZADA MESES: Março e Abril Relatório Data Protocolo Manifestante Demanda Assunto Situação 1 01/03/2016 726486 EXTERNO RECLAMAÇÃO MATRÍCULA 2 02/03/2016 726697 ALUNO RECLAMAÇÃO CONDUTA DE SERVIDOR 3 03/03/2016

Leia mais

Grupo de Estudos (Tiss 3.0) Faturamento

Grupo de Estudos (Tiss 3.0) Faturamento Grupo de Estudos (Tiss 3.0) Faturamento Rua Joaquim Cordeiro, 369 Bairro Cazeca Uberlândia/MG. CEP: 38400-030 Telefone: (34) 3236-9614 www.bolsin.net RESOLUÇÃO NORMATIVA - RN Nº 305, DE 9 DE OUTUBRO DE

Leia mais

TISS S S ver e sã s o ã Junho/2012

TISS S S ver e sã s o ã Junho/2012 TISS versão 3.0 Junho/2012 Conceitos Básicos TISS Troca de Informação em Saúde Suplementar Componentes do Padrão: I. Conteúdo e Estrutura II. Representação de Conceitos em Saúde III. Segurança e Privacidade

Leia mais

FUNDAÇÃO EDUCACIONAL DE VOUPORANGA FEV

FUNDAÇÃO EDUCACIONAL DE VOUPORANGA FEV RELATÓRIO DE ATIVIDADES 212 FUNDAÇÃO EDUCACIONAL DE VOUPORANGA FEV CENTRO UNIVERSITÁRIO DE VOTUPORANGA UNIFEV COLÉGIO TÉCNICO UNIFEV COLÉGIO UNIFEV FUNDAÇÃO RÁDIO EDUCACIONAL DE VOTUPORANGA - FREV PRESIDENTE

Leia mais

Em atendimento aos requisitos estabelecidos pela Resolução nº do Conselho Monetário Nacional

Em atendimento aos requisitos estabelecidos pela Resolução nº do Conselho Monetário Nacional Banco CSF S.A. Em atendimento aos requisitos estabelecidos pela Resolução nº. 4.433 do Conselho Monetário Nacional Data base 30/06/2017 Sumário Apresentação Missão, Visão e Valores da Ouvidoria do Banco

Leia mais

Para isso, é preciso saber o tipo de contratação do seu plano de saúde:

Para isso, é preciso saber o tipo de contratação do seu plano de saúde: A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) elaborou esta cartilha para explicar como você deve proceder para solicitar o cancelamento do plano de saúde individual ou familiar ou a exclusão do contrato

Leia mais

RELATÓRIO ESTATÍSTICO JULHO 2015

RELATÓRIO ESTATÍSTICO JULHO 2015 RELATÓRIO ESTATÍSTICO JULHO 2015 VÁRZEA GRANDE MT 2015 1 EXPEDIENTE LUCIMAR SACRE DE CAMPOS Prefeita de Várzea Grande/MT MARCIA FRANÇOSO Controladora Geral do Município IVANILDE NOGUEIRA RAMOS VAZ Ouvidora

Leia mais

TISS PADRÃO DE TROCA DE INFORMAÇÕES NA SAÚDE SUPLEMENTAR. Regras de negocio. JORNADA NACIONAL de SAÚDE SUPLEMENTAR para HOSPITAIS E OPERADORAS

TISS PADRÃO DE TROCA DE INFORMAÇÕES NA SAÚDE SUPLEMENTAR. Regras de negocio. JORNADA NACIONAL de SAÚDE SUPLEMENTAR para HOSPITAIS E OPERADORAS JORNADA NACIONAL de SAÚDE SUPLEMENTAR para HOSPITAIS E OPERADORAS Regras de negocio TISS PADRÃO DE TROCA DE INFORMAÇÕES NA SAÚDE SUPLEMENTAR CONCEITO As funções de Estado são fundamentais para a regulação

Leia mais

Avaliação Trimestral do Plano Nacional de Ação de Melhoria da Prestação do Serviço Móvel Pessoal. Fevereiro/2013 a Abril/2013

Avaliação Trimestral do Plano Nacional de Ação de Melhoria da Prestação do Serviço Móvel Pessoal. Fevereiro/2013 a Abril/2013 Avaliação Trimestral do Plano Nacional de Ação de Melhoria da Prestação do Serviço Móvel Pessoal Fevereiro/2013 a Abril/2013 Evolução de acessos da Telefonia Móvel e indicação da evolução de tecnologias

Leia mais

Manual Guias -Padrão TISS 3.02

Manual Guias -Padrão TISS 3.02 Unimed Caçapava Cooperativa de Trabalho Médico Manual Guias -Padrão TISS 3.02 Para uso interno Departamento de Faturamento Setembro/2014 Padrão TISS 3.0 A versão 3.0 do Padrão TISS complementa o processo

Leia mais

Sistema PCMalotes Developed by: Bruno Lacerda All copyrights reserveds for Prado Chaves

Sistema PCMalotes Developed by: Bruno Lacerda All copyrights reserveds for Prado Chaves Sistema PCMalotes Developed by: Bruno Lacerda All copyrights reserveds for Prado Chaves Índice Manual PCMalote...1 Índice...2 Acesso ao Sistema...3 Cadastros...4 Empresa...4 Assessoria...5 Malotes...7

Leia mais

CÓPIA NÃO CONTROLADA

CÓPIA NÃO CONTROLADA Página: 1 de 5 ELABORAÇÃO: MARINHO TAVARES DE VASCONCELOS NETO VERSÃO DESCRIÇÃO DATA 1 DATA DA IMPLANTAÇÃO DO DOCUMENTO NO SGQ 14/04/2008 2 ATUALIZAÇÃO DO DOCUMENTO 16/03/2010 3 FOI ATUALIZADA TODA A NORMA.

Leia mais

Treinamento Manual Cadastro/Backoffice

Treinamento Manual Cadastro/Backoffice Treinamento Manual Cadastro/Backoffice FIDELIZAÇÃO DO CLIENTE É tornar (cliente ou consumidor) fiel a uma marca, produto ou serviço. A fidelização de cliente é importante de um processo de desenvolvimento

Leia mais

Sistema de Solicitação de Sala

Sistema de Solicitação de Sala Infraestrutura de salas de aula e auditórios da Escola Fazendária do Estado de São Paulo - FAZESP Manual do Usuário Sistema de Solicitação de Sala Atualizado em 1 de junho de 2017 Versão 1.0 Sistema de

Leia mais

FAQ - RN 412, de 10 de novembro de 2016

FAQ - RN 412, de 10 de novembro de 2016 FAQ - RN 412, de 10 de novembro de 2016 Disposições Preliminares 1- Qual é o objeto de regulamentação da RN nº 412/2016? R: A RN 412 regulamenta o cancelamento do contrato de plano de saúde individual

Leia mais

APRESENTAÇÃO DO PROCESSO DE FATURAMENTO PARA A IMPORTAÇÃO DO ARQUIVO XML NO PORTAL DA FUNDAÇÃO FIAT SAÚDE E BEM ESTAR

APRESENTAÇÃO DO PROCESSO DE FATURAMENTO PARA A IMPORTAÇÃO DO ARQUIVO XML NO PORTAL DA FUNDAÇÃO FIAT SAÚDE E BEM ESTAR APRESENTAÇÃO DO PROCESSO DE FATURAMENTO PARA A IMPORTAÇÃO DO ARQUIVO XML NO PORTAL DA FUNDAÇÃO FIAT SAÚDE E BEM ESTAR Setembro de 2016 PORTAL DO PRESTADOR APRESENTAÇÃO O Portal do Prestador é um sistema

Leia mais

PLANO DE TRABALHO

PLANO DE TRABALHO 1 REITORIA PLANO DE TRABALHO Ouvidoria Institucional Apresentação Análise Estratégica Mapeamento Estratégico 2015-2016 São Luís MA Fevereiro 2015 2 Apresentação Neste Plano de Trabalho, estão presentes

Leia mais

TERMOS E CONDIÇÕES DE USO, PRIVACIDADE E SEGURANÇA

TERMOS E CONDIÇÕES DE USO, PRIVACIDADE E SEGURANÇA TERMOS E CONDIÇÕES DE USO, PRIVACIDADE E SEGURANÇA O presente Termo apresenta as condições gerais aplicáveis ao uso do serviço Nutrinforma. Estamos prontos para orientá-los da melhor maneira na busca de

Leia mais