Estatística. Professora: Eliana Carvalho Estatística e Probabilidade 1

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Estatística. Professora: Eliana Carvalho Estatística e Probabilidade 1"

Transcrição

1 Estatística Fonte bibliográfica: FARIAS, Alberto Alves Introdução a Estatística MEYER, Paul L. Probabilidade: Aplicações à Estatística MONTGOMERY, Douglas C; Estatística aplicada e probabilidade para engenheiros. Professora: Eliana Carvalho Estatística e Probabilidade 1

2 Estatística - ciência Conjunto de dados observáveis: Comportamento, aparência, sexo proporção opinião Inflação Impostômetro Peças Máquinas Produtos e subprodutos Funcionários ou equipes de trabalho Professora: Eliana Carvalho Estatística e Probabilidade 2

3 Coleta de dados análise interpretação e apresentação inferência TOMADA DE DECISÃO Professora: Eliana Carvalho Estatística e Probabilidade 3

4 População: Conjunto de todos os elementos a serem estudados característica em comum. Amostra: Conjunto de dados extraídos de uma população. Estatística: Descritiva e probabilidade Inferencial Medida numérica que descreve uma característica da amostra. Parâmetros: Medida numérica que descreve uma característica de uma população Professora: Eliana Carvalho Estatística e Probabilidade 4

5 Pesquisa Estatística Estatística Descritiva Professora: Eliana Carvalho Estatística e Probabilidade 5

6 Média Amostral X Desvio padrão S Variância S 2 Populacional Média µ Desvio padrão Variância 2 Somatória n i1 Professora: Eliana Carvalho Estatística e Probabilidade 6

7 SOMATÓRIO Índices ou notação por índices O símbolo Xi (lê-se X índice i) representa qualquer um dos n valores, X1, X 2,..., X10, assumidos pela variável X, na amostra ou no conjunto de dados. Exemplo: Seja X a variável peso de 10 coelhos abatidos com 90 dias: X1 X 2 3 X ,47 2, 47 2, 47 2, 47 2, 47 2, 47 2, 47 2, 47 2, 47 2, 47 Notação de somatório Para designar o somatório utiliza-se a letra grega sigma maiúsculo SOMATÓRIO ou SOMA DE. O símbolo n i1 X i desde i = 1 até i =n, ou seja, por definição: n i1 X i X 1 X 2... X, que deve ser lido é usado para representar a soma de todos os valores de Xi Lê-se da seguinte maneira: somatório de Xi, com i variando de 1 a n. Professora: Eliana Carvalho Estatística e Probabilidade 7 X n

8 Censo Estudo utilizando toda a população Amostragem Metodologia utilizada para escolher os elementos da amostra. Dado É a informação que se obtém; grandeza de uma característica; resultado de uma observação ou experimento. Estimativa: Valor resultante do cálculo de uma estatística, quando usado para obter uma ideia do parâmetro de interesse. Variável É a característica observada. Professora: Eliana Carvalho Estatística e Probabilidade 8

9 Voluntários Professora: Eliana Carvalho Estatística e Probabilidade 9

10 Variável Qualitativa Variável que apresenta característica ou atributo. Ex.: Quantitativa Numérica Discreta Variável numérica de possibilidades finitas entre dois pontos. Ex.: Enumeração Contínua Variável numérica de possibilidades infinitas entre dois pontos. EX.: Mensuração Professora: Eliana Carvalho Estatística e Probabilidade 10

11 Índices nacionais Análises do quadro econômico. Números índices São usados por engenheiros para comparar grupos de variáveis relacionadas entre si e obter um quadro simples e resumido das mudanças significativas em áreas relacionadas como preços de matérias primas, preços de produtos acabados, volume físico de produtos etc. É, particularmente, útil para o acompanhamento da Inflação, Índice Geral de Preços, Índice de Produção Industrial entre outros. Os principais índices financeiros brasileiros são: Balança Comercial, BTNF, Caderneta de Poupança, Dólar, Euro, Risco País, FGTS, ICV, IGP-DI, IGP-M, INCC-DI, INPC, IPC-DI, IPCA, Salário Mínimo, Taxa Selic, TJLP, TR, entre outros. Divididos basicamente em: índice de preço, quantidade e valor. Fonte: Professora: Eliana Carvalho Estatística e Probabilidade 11

12 Números índices Índices nacionais. EX. A Pesquisa Industrial Mensal de Produção Física (PIM-PF) é realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) Pesquisa Industrial Mensal Produção Física - Brasil (PIMPFBR) Pesquisa Industrial Produção Física - Agroindústria (PIMAGRONOV) Produção Física - Por Intensidade Exportadora (PIMEXPORT) Fonte: e BTNF Bônus do Tesouro Nacional Fiscal ICV Índice do Custo de Vida VP Valor da Produção de petróleo países membros da opec: INPC- Índice Nacional de Preços ao Consumidor: IPP Índice de preço ao produtor industria de transformação INCC Índice Nacional da Construção Civil: IGP Índice Geral de Preços: IDH Índice de Desenvolvimento Humano Professora: Eliana Carvalho Estatística e Probabilidade 12

13 Índices mundiais: Números índices IBOVESPA: Bolsa de valores Brasileiro (20º) NYSE - New York Stock Exchange Composite Index (1º) bolsa de valores Nova York. DJIA Dow Jones Industrial Average cotação das 30 maiores industrias - USA Nasdaq National Association of Scurit Dealers Atomated Quotation -!ª bolsa do mundo a negociar ações da internet, informática e alta tec. DAX Principal índice Alemão Fonte: Professora: Eliana Carvalho Estatística e Probabilidade 13

14 EXERCÍCIO (TNT-93) Assinale a opção correta: a) Estatística Inferencial compreende um conjunto de técnicas destinadas à síntese de dados numéricos. b) O processo utilizado para se medir as características de todos os membros de uma dada população recebe o nome de censo. c) A Estatística Descritiva compreende as técnicas por meio das quais são tomadas decisões sobre uma população com base na observação de uma amostra. d) Uma população só pode ser caracterizada se forem observados todos os seus componentes. e) Parâmetros são medidas características de grupos, determinadas por meio de uma amostra aleatória. Professora: Eliana Carvalho Estatística e Probabilidade 14

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CÁLCULO DAS PROBABILIDADES E ESTATÍSTICA I

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CÁLCULO DAS PROBABILIDADES E ESTATÍSTICA I UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CÁLCULO DAS PROBABILIDADES E ESTATÍSTICA I Departamento de Estatística Tarciana Liberal CONCEITOS FUNDAMENTAIS DE ESTATÍSTICA O que a Estatística significa para você? Pesquisas

Leia mais

Aula 1 -Fundamentos e conceitos básicos (Notas de aula) Prof. Idemauro Antonio Rodrigues de Lara

Aula 1 -Fundamentos e conceitos básicos (Notas de aula) Prof. Idemauro Antonio Rodrigues de Lara Aula 1 -Fundamentos e conceitos básicos (Notas de aula) Prof. Idemauro Antonio Rodrigues de Lara Adquirir conhecimento dos fundamentos da Estatística, em seus campos Descritivo e Inferencial, como base

Leia mais

Estatística Descritiva (I)

Estatística Descritiva (I) Estatística Descritiva (I) 1 O que é Estatística Origem relacionada com a coleta e construção de tabelas de dados para o governo. A situação evoluiu: a coleta de dados representa somente um dos aspectos

Leia mais

ESTATÍSTICA. x(s) W Domínio. Contradomínio

ESTATÍSTICA. x(s) W Domínio. Contradomínio Variáveis Aleatórias Variáveis Aleatórias são funções matemáticas que associam números reais aos resultados de um Espaço Amostral. Uma variável quantitativa geralmente agrega mais informação que uma qualitativa.

Leia mais

Curso: Engenharia de Prod. Mecânica Engenharia Elétrica Estatística e Probabilidade Prof. Eng. Vicente Budzinski Notas de Aula

Curso: Engenharia de Prod. Mecânica Engenharia Elétrica Estatística e Probabilidade Prof. Eng. Vicente Budzinski Notas de Aula Curso: Engenharia de Prod. Mecânica Engenharia Elétrica Estatística e Probabilidade Prof. Eng. Vicente Budzinski Notas de Aula 1. SOMATÓRIO 1.1 Índices ou notação por índices O símbolo Xi (lê-se X índice

Leia mais

CE Estatística I

CE Estatística I CE 002 - Estatística I Agronomia - Turma B Professor Walmes Marques Zeviani Laboratório de Estatística e Geoinformação Departamento de Estatística Universidade Federal do Paraná 1º semestre de 2012 Zeviani,

Leia mais

CAPÍTULO 3 POPULAÇÃO E AMOSTRA

CAPÍTULO 3 POPULAÇÃO E AMOSTRA DEPARTAMENTO DE GEOCIÊNCIAS GCN 7901 ANÁLISE ESTATÍSTICA EM GEOCIÊNCIAS PROFESSOR: Dr. ALBERTO FRANKE CONTATO: alberto.franke@ufsc.br F: 3721 8595 CAPÍTULO 3 POPULAÇÃO E AMOSTRA As pesquisas de opinião

Leia mais

Comprovação Estatística de Medidas Elétricas

Comprovação Estatística de Medidas Elétricas Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Santa Catarina Departamento Acadêmico de Eletrônica Métodos e Técnicas de Laboratório em Eletrônica Comprovação Estatística de Medidas Elétricas Florianópolis,

Leia mais

Estatística Descritiva (I)

Estatística Descritiva (I) Estatística Descritiva (I) O que é Estatística Para muitos, a Estatística não passa de conjuntos de tabelas de dados numéricos. Os estatísticos são as pessoas que coletam esses dados. A Estatística originou-se

Leia mais

Principais Conceitos em Estatística

Principais Conceitos em Estatística 1 Principais Conceitos em Estatística Ernesto F. L. Amaral 08 de outubro de 2009 www.ernestoamaral.com/met20092.html Fonte: Triola, Mario F. Introdução à estatística. 10 ª ed., Rio de Janeiro: LTC, 2008.

Leia mais

Introdução à Bioestatística. Profº Lucas Neiva-Silva Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre 2008

Introdução à Bioestatística. Profº Lucas Neiva-Silva Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre 2008 Introdução à Bioestatística Profº Lucas Neiva-Silva lucasneiva@yahoo.com.br Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre 2008 Estatística Do grego statistós, de statízo, que significa estabelecer,

Leia mais

Análise da Informação Económica e Empresarial

Análise da Informação Económica e Empresarial Análise da Informação Económica e Empresarial Aula 5: Tratamento de informação quantitativa Noções básicas: Unidade estatística, População, Variável; distribuição. Redução de dados: Tabela de frequências.

Leia mais

Prof. Sérgio Carvalho Estatística. I Jornada de Especialização em Concursos

Prof. Sérgio Carvalho Estatística. I Jornada de Especialização em Concursos DISTRIBUIÇÃO DE FREQÜÊNCIAS & INTERPOLAÇÃO LINEAR DA OGIVA 0. (AFRF-000) Utilize a tabela que se segue. Freqüências Acumuladas de Salários Anuais, em Milhares de Reais, da Cia. Alfa Classes de Salário

Leia mais

Medidas Resumo. Medidas de Posição/ Medidas de Dispersão. A intenção desse trabalho é introduzir os conceitos de Medidas de posição e de dispersão.

Medidas Resumo. Medidas de Posição/ Medidas de Dispersão. A intenção desse trabalho é introduzir os conceitos de Medidas de posição e de dispersão. Medidas Resumo Medidas de Posição/ Medidas de Dispersão A intenção desse trabalho é introduzir os conceitos de Medidas de posição e de dispersão. Prof. MSc. Herivelto Marcondes Março/2009 1 Medidas Resumo

Leia mais

Medidas de Dispersão. Introdução Amplitude Variância Desvio Padrão Coeficiente de Variação

Medidas de Dispersão. Introdução Amplitude Variância Desvio Padrão Coeficiente de Variação Medidas de Dispersão Introdução Amplitude Variância Desvio Padrão Coeficiente de Variação Introdução Estudo de medidas que mostram a dispersão dos dados em torno da tendência central Analisaremos as seguintes

Leia mais

Licenciatura em Ciências Biológicas Universidade Federal de Goiás. Bioestatística. Prof. Thiago Rangel - Dep. Ecologia ICB

Licenciatura em Ciências Biológicas Universidade Federal de Goiás. Bioestatística. Prof. Thiago Rangel - Dep. Ecologia ICB Licenciatura em Ciências Biológicas Universidade Federal de Goiás Bioestatística Prof. Thiago Rangel - Dep. Ecologia ICB rangel.ufg@gmail.com Página do curso: http://www.ecologia.ufrgs.br/~adrimelo/bioestat

Leia mais

P. P. G. em Agricultura de Precisão DPADP0803: Geoestatística (Prof. Dr. Elódio Sebem)

P. P. G. em Agricultura de Precisão DPADP0803: Geoestatística (Prof. Dr. Elódio Sebem) Amostragem: Em pesquisas científicas, quando se deseja conhecer características de uma população, é comum se observar apenas uma amostra de seus elementos e, a partir dos resultados dessa amostra, obter

Leia mais

Aula 2. ESTATÍSTICA E TEORIA DAS PROBABILIDADES Conceitos Básicos

Aula 2. ESTATÍSTICA E TEORIA DAS PROBABILIDADES Conceitos Básicos Aula 2 ESTATÍSTICA E TEORIA DAS PROBABILIDADES Conceitos Básicos 1. DEFINIÇÕES FENÔMENO Toda modificação que se processa nos corpos pela ação de agentes físicos ou químicos. 2. Tudo o que pode ser percebido

Leia mais

População e Amostra. População: O conjunto de todas as coisas que se pretende estudar. Representada por tudo o que está no interior do desenho.

População e Amostra. População: O conjunto de todas as coisas que se pretende estudar. Representada por tudo o que está no interior do desenho. População e Amostra De importância fundamental para toda a análise estatística é a relação entre amostra e população. Praticamente todas as técnicas a serem discutidas neste curso consistem de métodos

Leia mais

ICMS/PE 2014 Resolução da Prova de Estatística Professor Fábio Amorim. ICMS PE 2014: Resolução da prova de Estatística Prof.

ICMS/PE 2014 Resolução da Prova de Estatística Professor Fábio Amorim. ICMS PE 2014: Resolução da prova de Estatística Prof. ICMS/PE 2014 Resolução da Prova de Estatística Professor Fábio Amorim 1 de 6 Pessoal, segue a resolução das questões de Estatística da prova realizada pela SEFAZ-PE, para o cargo de Auditor Fiscal do Tesouro

Leia mais

Conceitos básicos: Variável Aleatória

Conceitos básicos: Variável Aleatória : Variável Aleatória Variável aleatória (v.a.) valor numérico que é resultado de uma eperiência aleatória. Podemos ter variáveis aleatórias contínuas ou discretas. Eemplo 1: Suponha que lança duas moedas

Leia mais

Noções de Amostragem

Noções de Amostragem Noções de Amostragem AMOSTRAGEM Amostragem: é a área da estatística que estuda técnicas e procedimentos para retirar e analisar uma amostra com o objetivo de fazer inferência a respeito da população de

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular PROBABILIDADES E ESTATÍSTICA Ano Lectivo 2012/2013

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular PROBABILIDADES E ESTATÍSTICA Ano Lectivo 2012/2013 Programa da Unidade Curricular PROBABILIDADES E ESTATÍSTICA Ano Lectivo 2012/2013 1. Unidade Orgânica Ciências da Economia e da Empresa (1º Ciclo) 2. Curso Engenharia Informática 3. Ciclo de Estudos 1º

Leia mais

Estatística Descritiva

Estatística Descritiva C E N T R O D E M A T E M Á T I C A, C O M P U T A Ç Ã O E C O G N I Ç Ã O UFABC Estatística Descritiva Centro de Matemática, Computação e Cognição March 17, 2013 Slide 1/52 1 Definições Básicas Estatística

Leia mais

Uma estatística é uma característica da amostra. Ou seja, se

Uma estatística é uma característica da amostra. Ou seja, se Estatística Uma estatística é uma característica da amostra. Ou seja, se X 1,..., X n é uma amostra, T = função(x 1,..., X n é uma estatística. Exemplos X n = 1 n n i=1 X i = X 1+...+X n : a média amostral

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA MEDIDAS DESCRITIVAS

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA MEDIDAS DESCRITIVAS UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA MEDIDAS DESCRITIVAS Departamento de Estatística Tarciana Liberal Vimos que é possível sintetizar os dados sob a forma de distribuições de freqüências e gráficos. Pode ser

Leia mais

Estatística Descritiva. Estatística. 2 - Estatística Descritiva. UNESP FEG DPD Prof. Edgard

Estatística Descritiva. Estatística. 2 - Estatística Descritiva. UNESP FEG DPD Prof. Edgard Estatística 2 - Estatística Descritiva 02-1 Organização e Descrição de Dados Características de interesse: VARIÁVEIS Tipos de Variáveis Variável Qualitativa: classificação por tipos atributos Variável

Leia mais

Gestão da Qualidade. Aula 8. Prof. Pablo

Gestão da Qualidade. Aula 8. Prof. Pablo Gestão da Qualidade Aula 8 Prof. Pablo Proposito da Aula 1. Folha de Verificação 2. Carta de Controle Folha de Verificação Folha de Verificação A Folha de Verificação é uma ferramenta utilizada no controle

Leia mais

AULA 1 - CONCEITOS BÁSICOS E APRESENTAÇÃO DE DADOS PARTE 1

AULA 1 - CONCEITOS BÁSICOS E APRESENTAÇÃO DE DADOS PARTE 1 AULA 1 - CONCEITOS BÁSICOS E APRESENTAÇÃO DE DADOS PARTE 1 INFORMAÇÕES Professor: Roberto C. Leoni BLOG: http://aedbest.wordpress.com Apostilas com exercícios e gabaritos Software R http://cran.r-project.org/

Leia mais

Vimos que é possível sintetizar os dados sob a forma de distribuições de frequência e gráficos. Pode ser de interesse apresentar esses dados através d

Vimos que é possível sintetizar os dados sob a forma de distribuições de frequência e gráficos. Pode ser de interesse apresentar esses dados através d UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA MEDIDAS DE POSIÇÃO E DISPERSÃO Departamento de Estatística Luiz Medeiros Vimos que é possível sintetizar os dados sob a forma de distribuições de frequência e gráficos.

Leia mais

Pesquisa Operacional II. Professor: Roberto César

Pesquisa Operacional II. Professor: Roberto César Pesquisa Operacional II Professor: Roberto César POPULAÇÃO E AMOSTRA População: refere-se ao grupo total. Amostra: é toda fração obtida de uma população (independente de seu tamanho). Quando usar Amostragem?

Leia mais

Estatística Indutiva

Estatística Indutiva Estatística Indutiva MÓDULO 7: INTERVALOS DE CONFIANÇA 7.1 Conceitos básicos 7.1.1 Parâmetro e estatística Parâmetro é a descrição numérica de uma característica da população. Estatística é a descrição

Leia mais

Sumário. CAPÍTULO 1 Conceitos preliminares 1. CAPÍTULO 2 Descrição de dados: análise monovariada 47

Sumário. CAPÍTULO 1 Conceitos preliminares 1. CAPÍTULO 2 Descrição de dados: análise monovariada 47 CAPÍTULO 1 Conceitos preliminares 1 Introdução........................................................1 O que é estatística?.................................................. 4 Papel dos microcomputadores.........................................

Leia mais

Professora conteudista: Maria Ester Domingues de Oliveira. Revisor: Francisco Roberto Crisóstomo

Professora conteudista: Maria Ester Domingues de Oliveira. Revisor: Francisco Roberto Crisóstomo Estatística Básica Professora conteudista: Maria Ester Domingues de Oliveira Revisor: Francisco Roberto Crisóstomo Sumário Estatística Básica Unidade I 1 CICLO SEMPRE CRESCENTE...2 2 ESTATÍSTICA: CIÊNCIA

Leia mais

Apresentação gráfica de séries estatísticas

Apresentação gráfica de séries estatísticas 15 R E S U M O 04 Apresentação gráfica de séries estatísticas 4.1 INTRODUÇÃO Além da apresentação tabular, outra forma de se resumir e apresentar dados estatísticos são por meio de gráficos. A principal

Leia mais

Variáveis Aleatórias. Prof. Tarciana Liberal Departamento de Estatística - UFPB

Variáveis Aleatórias. Prof. Tarciana Liberal Departamento de Estatística - UFPB Variáveis Aleatórias Prof. Tarciana Liberal Departamento de Estatística - UFPB Introdução Ao descrever o espaço amostral de um experimento aleatório, não especificamos que um resultado individual seja

Leia mais

RACIOCÍNIO LÓGICO / ESTATÍSTICA LISTA 1

RACIOCÍNIO LÓGICO / ESTATÍSTICA LISTA 1 RACIOCÍNIO LÓGICO / ESTATÍSTICA LISTA 1 I. Conceitos Iniciais RESUMO TEÓRICO 1 1. A Estatística Descritiva ou Dedutiva é o ramo da Estatística que tem por objetivo descrever e analisar fatos relacionados

Leia mais

Amostragem Objetivos - Identificar as situações em que se deve optar pela amostragem e pelo censo. - Compreender e relacionar AMOSTRA e POPULAÇÃO.

Amostragem Objetivos - Identificar as situações em que se deve optar pela amostragem e pelo censo. - Compreender e relacionar AMOSTRA e POPULAÇÃO. Amostragem Objetivos - Identificar as situações em que se deve optar pela amostragem e pelo censo. - Compreender e relacionar AMOSTRA e POPULAÇÃO. - Que é Amostragem Aleatória Simples. - Métodos para a

Leia mais

Métodos Quantitativos em Medicina

Métodos Quantitativos em Medicina Métodos Quantitativos em Medicina Comparação de Duas Médias Terceira Aula 009 Teste de Hipóteses - Estatística do teste A estatística do teste de hipótese depende da distribuição da variável na população

Leia mais

UFIR, Taxa Selic, Taxa Referencial de Juros

UFIR, Taxa Selic, Taxa Referencial de Juros 1. UFIR, Taxa Selic, Taxa Referencial de Juros, Taxa de Câmbio, Caderneta de Poupança, Títulos do Governo, Investimentos de Longo Prazo, Bolsas De Valores (IBOVESPA, DOW JONES, NASDAQ, ETC.) UFIR, Taxa

Leia mais

PROGRAMA e Metas Curriculares Matemática A. Estatística. António Bivar, Carlos Grosso, Filipe Oliveira, Luísa Loura e Maria Clementina Timóteo

PROGRAMA e Metas Curriculares Matemática A. Estatística. António Bivar, Carlos Grosso, Filipe Oliveira, Luísa Loura e Maria Clementina Timóteo PROGRAMA e Metas Curriculares Matemática A Estatística António Bivar, Carlos Grosso, Filipe Oliveira, Luísa Loura e Maria Clementina Timóteo O tema da Estatística nos Cursos Científico-Humanísticos de

Leia mais

Prof. Adriano Mendonça Souza, Dr. Departamento de Estatística PPGEMQ / PPGEP - UFSM

Prof. Adriano Mendonça Souza, Dr. Departamento de Estatística PPGEMQ / PPGEP - UFSM Prof. Adriano Mendonça Souza, Dr. Departamento de Estatística PPGEMQ / PPGEP - UFSM 1 Na prática da pesquisa em geral, o tamanho da amostra parece sintetizar todas as questões relacionadas ao processo

Leia mais

ACOMPANHAMENTO DA PESQUISA FOCUS RELATÓRIO DE MERCADO

ACOMPANHAMENTO DA PESQUISA FOCUS RELATÓRIO DE MERCADO Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos ACOMPANHAMENTO DA PESQUISA FOCUS RELATÓRIO DE MERCADO 16 de dezembro de 2016 Equipe Técnica Fernando Honorato Barbosa Economista Chefe Economistas: Ana Maria

Leia mais

Inferência Estatística

Inferência Estatística Metodologia de Diagnóstico e Elaboração de Relatório FASHT Inferência Estatística Profa. Cesaltina Pires cpires@uevora.pt Plano da Apresentação Duas distribuições importantes Normal T- Student Estimação

Leia mais

ESTATÍSTICA. Objectivo: recolha, compilação, análise e interpretação de dados. ESTATÍSTICA DESCRITIVA INFERÊNCIA ESTATÍSTICA

ESTATÍSTICA. Objectivo: recolha, compilação, análise e interpretação de dados. ESTATÍSTICA DESCRITIVA INFERÊNCIA ESTATÍSTICA 1 ESTATÍSTICA Objectivo: recolha, compilação, análise e interpretação de dados. ESTATÍSTICA DESCRITIVA INFERÊNCIA ESTATÍSTICA Estatística descritiva : o objectivo é sintetizar e representar de uma forma

Leia mais

NÍVEL DE ENSINO: CARGA HORÁRIA: PROBABILIDADE EST PROFESSOR-AUTOR:

NÍVEL DE ENSINO: CARGA HORÁRIA: PROBABILIDADE EST PROFESSOR-AUTOR: ESTATÍSTICA E PROBABILIDADE NÍVEL DE ENSINO: Graduação CARGA HORÁRIA: 80h PROFESSOR-AUTOR: Bráulio Roberto Gonçalves Marinho Couto Janaína Giovani Noronha de Oliveira Octávio Alcântara Torres Reinaldo

Leia mais

Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo Faculdade de Biblioteconomia e Ciência da Informação PLANO DE ENSINO (2015)

Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo Faculdade de Biblioteconomia e Ciência da Informação PLANO DE ENSINO (2015) Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo Faculdade de Biblioteconomia e Ciência da Informação PLANO DE ENSINO (2015) I. IDENTIFICAÇÃO DISCIPLINA ESTATÍSTICA APLICADA CARGA HORÁRIA 46 CURSO

Leia mais

22/02/2014. AEA Leitura e tratamento de dados estatísticos apoiado pela tecnologia da informação. Medidas Estatísticas. Medidas Estatísticas

22/02/2014. AEA Leitura e tratamento de dados estatísticos apoiado pela tecnologia da informação. Medidas Estatísticas. Medidas Estatísticas Universidade Estadual de Goiás Unidade Universitária de Ciências Socioeconômicas e Humanas de Anápolis AEA Leitura e tratamento de dados estatísticos apoiado pela tecnologia da informação Prof. Elisabete

Leia mais

Inferência Estatística. Estimação

Inferência Estatística. Estimação Inferência Estatística Estimação Inferência Estatística fazer inferências tirar conclusões fazer inferência estatística tirar conclusões sobre uma população com base em somente uma parte dela, a amostra,

Leia mais

A Estatística é um conjunto de processos ou técnicas empregadas na investigação e análise de fenômenos coletivos ou de massa.

A Estatística é um conjunto de processos ou técnicas empregadas na investigação e análise de fenômenos coletivos ou de massa. Conceitos O que é Estatística? A Estatística é um conjunto de métodos destinados à coleta, organização, resumo, apresentação e análise de dados de observação, bem como da tomada de decisões razoáveis baseadas

Leia mais

7. Testes de Hipóteses

7. Testes de Hipóteses 7. Testes de Hipóteses Suponha que você é o encarregado de regular o engarrafamento automatizado de leite numa determinada agroindústria. Sabe-se que as máquinas foram reguladas para engarrafar em média,

Leia mais

Livro Texto recomendado para a Disciplina

Livro Texto recomendado para a Disciplina Livro Texto recomendado para a Disciplina FREUND, John E. Estatística aplicada: economia, administração e contabilidade. Porto Alegre: Bookman, 2006. 11ª Edição, 536 p. (com CD) ISBN: 8573075317 Biblioteca:

Leia mais

I Introdução. 2. Colecção de dados. Amostras 3. Variáveis estatísticas. Tratamento de Dados 2º Semestre

I Introdução. 2. Colecção de dados. Amostras 3. Variáveis estatísticas. Tratamento de Dados 2º Semestre I Introdução 2. Colecção de dados. Amostras 3. Variáveis estatísticas Objectivo Transformar Dados em Informação Definições Universo ou população Conjunto de elementos com uma característica comum susceptível

Leia mais

PARTE 3 - TAXA DE JUROS: NORMAL, EFETIVA E EQUIVALENTE. CONTEÚDO PROGRAMÁTICO 1. Definições 2. Fórmulas e conversões 3. Exercícios resolvidos

PARTE 3 - TAXA DE JUROS: NORMAL, EFETIVA E EQUIVALENTE. CONTEÚDO PROGRAMÁTICO 1. Definições 2. Fórmulas e conversões 3. Exercícios resolvidos PARTE 3 - TAXA DE JUROS: NORMAL, EFETIVA E EQUIVALENTE. CONTEÚDO PROGRAMÁTICO 1. Definições 2. Fórmulas e conversões 3. Exercícios resolvidos 1. Definições É comum na relação das instituições financeiras

Leia mais

IFF FLUMINENSE CST EM MANUTENÇÃO INDUSTRIAL

IFF FLUMINENSE CST EM MANUTENÇÃO INDUSTRIAL IFF FLUMINENSE CST EM MANUTENÇÃO INDUSTRIAL Estatística e Probabilidade CH: 40 h/a Classificação de variáveis, Levantamento de Dados: Coleta; Apuração; Apresentação; e Análise de resultados. Séries Estatísticas.

Leia mais

Profa.: Patricia Maria Bortolon, D.Sc. Statistics for Managers Using Microsoft Excel, 5e 2008 Pearson Prentice-Hall, Inc. Chap 9-1

Profa.: Patricia Maria Bortolon, D.Sc. Statistics for Managers Using Microsoft Excel, 5e 2008 Pearson Prentice-Hall, Inc. Chap 9-1 MÉTODOS QUANTITATIVOS APLICADOS À CONTABILIDADE Profa.: Patricia Maria Bortolon, D.Sc. Statistics for Managers Using Microsoft Excel, 5e 2008 Pearson Prentice-Hall, Inc. Chap 9-1 Fundamentos de Testes

Leia mais

INTRODUÇÃO À INFERÊNCIA ESTATÍSTICA

INTRODUÇÃO À INFERÊNCIA ESTATÍSTICA UFPE - Universidade Federal de Pernambuco Departamento de Estatística Disciplina: ET-406 Estatística Econômica Professor: Waldemar A. de Santa Cruz Oliveira Júnior INTRODUÇÃO À INFERÊNCIA ESTATÍSTICA Podemos

Leia mais

X e Y independentes. n + 1 m

X e Y independentes. n + 1 m DEPARTAMENTO DE ESTATÍSTICA / CCEN / UFPA Disciplina: Inferência I Prof: Regina Tavares 5.0. TESTE DE HIPÓTESES PARA DUAS POPULAÇÕES 5.0.. Duas Populações Normais independentes : X, X 2,, X n uma a.a.

Leia mais

Nessa situação, a média dessa distribuição Normal (X ) é igual à média populacional, ou seja:

Nessa situação, a média dessa distribuição Normal (X ) é igual à média populacional, ou seja: Pessoal, trago a vocês a resolução da prova de Estatística do concurso para Auditor Fiscal aplicada pela FCC. Foram 10 questões de estatística! Não identifiquei possibilidade para recursos. Considero a

Leia mais

Distribuição de frequências:

Distribuição de frequências: Distribuição de frequências: Uma distribuição de frequências é uma tabela que reúne o conjunto de dados conforme as frequências ou as repetições de seus valores. Esta tabela pode representar os dados em

Leia mais

HEP Bioestatística

HEP Bioestatística HEP 57800 Bioestatística DATA Aula CONTEÚDO PROGRAMÁTICO 05/03 Terça 1 Níveis de mensuração, variáveis, organização de dados, apresentação tabular 07/03 Quinta 2 Apresentação tabular e gráfica 12/03 Terça

Leia mais

HEP-5800 BIOESTATÍSTICA

HEP-5800 BIOESTATÍSTICA HEP-5800 BIOESTATÍSTICA UNIDADE III INFERÊNCIA ESTATÍSTICA : AMOSTRAGEM PROBABILÍSTICA, DISTRIBUIÇÃO AMOSTRAL, INTERVALOS DE CONFIANÇA. Nilza Nunes da Silva Regina T. I. Bernal 2 1. AMOSTRAGEM PROBABILISTICA

Leia mais

6 Intervalos de confiança

6 Intervalos de confiança 6 Intervalos de confiança Estatística Aplicada Larson Farber Seção 6.1 Intervalos de confiança para a média (amostras grandes) Estimativa pontual DEFINIÇÃO: Uma estimativa pontual é a estimativa de um

Leia mais

A Influência da Amostragem na Representatividade dos Dados

A Influência da Amostragem na Representatividade dos Dados A Influência da Amostragem na Representatividade dos Dados por Manuel Rui F. Azevedo Alves ESTG- Instituto Politécnico de Viana do Castelo REQUIMTE Rede de Química e Tecnologia Sumário Tópico 1: Definições

Leia mais

Introdução à Estatística Estatística Descritiva 22

Introdução à Estatística Estatística Descritiva 22 Introdução à Estatística Estatística Descritiva 22 As tabelas de frequências e os gráficos constituem processos de redução de dados, no entanto, é possível resumir de uma forma mais drástica esses dados

Leia mais

Avaliação da flexibilização do horário do programa de rádio A Voz do Brasil - Março/2014 -

Avaliação da flexibilização do horário do programa de rádio A Voz do Brasil - Março/2014 - Avaliação da flexibilização do horário do programa de rádio A Voz do Brasil - Março/2014 - 2 Objetivo Metodologia Perfil da amostra Programa A Voz do Brasil Transmissão em horário fixo / flexível Importância

Leia mais

Variáveis Aleatórias. Prof. Luiz Medeiros Departamento de Estatística - UFPB

Variáveis Aleatórias. Prof. Luiz Medeiros Departamento de Estatística - UFPB Variáveis Aleatórias Prof. Luiz Medeiros Departamento de Estatística - UFPB Introdução Ao descrever o espaço amostral de um experimento aleatório, não especificamos que um resultado individual seja um

Leia mais

Poder do teste e Tamanho de Amostra

Poder do teste e Tamanho de Amostra Estatística para Cursos de Engenharia e Informática Pedro Alberto Barbetta / Marcelo Menezes Reis / Antonio Cezar Bornia São Paulo: Atlas, 24 Poder do teste e Tamanho de Amostra APOIO: Fundação de Ciência

Leia mais

Distribuições Contínuas. Estatística. 7 - Distribuição de Probabilidade de Variáveis Aleatórias Contínuas UNESP FEG DPD

Distribuições Contínuas. Estatística. 7 - Distribuição de Probabilidade de Variáveis Aleatórias Contínuas UNESP FEG DPD Estatística 7 - Distribuição de Probabilidade de Variáveis Aleatórias Contínuas 7- Distribuição Uniforme A variável aleatória contínua pode ser qualquer valor no intervalo [a,b] A probabilidade da variável

Leia mais

Conceitos básicos, probabilidade, distribuição normal e uso de tabelas padronizadas

Conceitos básicos, probabilidade, distribuição normal e uso de tabelas padronizadas Conceitos básicos, probabilidade, distribuição normal e uso de tabelas padronizadas Prof. Marcos Vinicius Pó Métodos Quantitativos para Ciências Sociais Alguns conceitos População: é o conjunto de todos

Leia mais

GERÊNCIA DE ENSINO E PESQUISA - GEP SETOR DE GESTÃO DA PESQUISA E INOVAÇÃO TECNOLOGICA ESTATÍSTICA ALICADA NO EXCEL. Estatística Descritiva

GERÊNCIA DE ENSINO E PESQUISA - GEP SETOR DE GESTÃO DA PESQUISA E INOVAÇÃO TECNOLOGICA ESTATÍSTICA ALICADA NO EXCEL. Estatística Descritiva GERÊNCIA DE ENSINO E PESQUISA - GEP SETOR DE GESTÃO DA PESQUISA E INOVAÇÃO TECNOLOGICA ESTATÍSTICA ALICADA NO EXCEL Estatística Descritiva A análise descritiva consiste basicamente na organização e descrição

Leia mais

Fernando de Pol Mayer. Laboratório de Estatística e Geoinformação (LEG) Departamento de Estatística (DEST) Universidade Federal do Paraná (UFPR)

Fernando de Pol Mayer. Laboratório de Estatística e Geoinformação (LEG) Departamento de Estatística (DEST) Universidade Federal do Paraná (UFPR) Fernando de Pol Mayer Laboratório de Geoinformação (LEG) Departamento de (DEST) Universidade Federal do Paraná (UFPR) Este conteúdo está disponível por meio da Licença Creative Commons 4.0 (Atribuição/NãoComercial/PartilhaIgual)

Leia mais

Aula 2 Regressão e Correlação Linear

Aula 2 Regressão e Correlação Linear 1 ESTATÍSTICA E PROBABILIDADE Aula Regressão e Correlação Linear Professor Luciano Nóbrega Regressão e Correlação Quando consideramos a observação de duas ou mais variáveis, surge um novo problema: -as

Leia mais

MOQ-14 PROJETO e ANÁLISE de EXPERIMENTOS. Professor: Rodrigo A. Scarpel

MOQ-14 PROJETO e ANÁLISE de EXPERIMENTOS. Professor: Rodrigo A. Scarpel MOQ-14 PROJETO e ANÁLISE de EXPERIMENTOS Professor: Rodrigo A. Scarpel rodrigo@ita.br www.mec.ita.br/~rodrigo Programa do curso: Semana Conteúdo 1 Apresentação da disciplina. Princípios de modelos lineares

Leia mais

3ª Eduardo e Ana. Competência Objeto de aprendizagem Habilidade

3ª Eduardo e Ana. Competência Objeto de aprendizagem Habilidade Matemática 3ª Eduardo e Ana 8 Ano E.F. Competência Objeto de aprendizagem Habilidade Competência 3 Foco: Espaço e Forma Utilizar o conhecimento geométrico para realizar a leitura e a representação da realidade

Leia mais

Estatística - aulasestdistrnormal.doc 13/10/05

Estatística - aulasestdistrnormal.doc 13/10/05 Distribuição Normal Introdução O pesquisador estuda variáveis. O estatístico diz que essas variáveis são aleatórias porque elas têm um componente que varia ao acaso. Por exemplo, a variabilidade dos pesos

Leia mais

Probabilidade. Experiências aleatórias

Probabilidade. Experiências aleatórias Probabilidade Experiências aleatórias 1 Experiências aleatórias Acontecimento: Qualquer colecção de resultados de uma experiência. Acontecimento elementar: Um resultado que não pode ser simplificado ou

Leia mais

Avaliação. Diagnóstico. Gerente Apuração de dados. Sistema integrado. Tudo que você precisa está a sua disposição no ambiente virtual.

Avaliação. Diagnóstico. Gerente Apuração de dados. Sistema integrado. Tudo que você precisa está a sua disposição no ambiente virtual. NÍVEL DE ENSINO: Graduação Tecnológica CARGA HORÁRIA: 40h PROFESSOR-AUTOR: Ricardo Saraiva Diniz DE DADOS ANÁLISE E INTERPRETAÇÃO APRESENTAÇÃO Desempenho Olá! Seja muito bem-vindo à disciplina Análise

Leia mais

Estatística e Probabilidade

Estatística e Probabilidade Teste de hipóteses Objetivo: Testar uma alegação sobre um parâmetro: Média, proporção, variação e desvio padrão Exemplos: - Um hospital alega que o tempo de resposta de sua ambulância é inferior a dez

Leia mais

Matemática Financeira. Aula 03 Taxa Real de Juros

Matemática Financeira. Aula 03 Taxa Real de Juros Matemática Financeira Aula 03 Taxa Real de Juros Inflação É o fenômeno conhecido como o aumento persistente dos preços de bens e serviços Fatores: Escassez de produtos, déficit orçamentário, emissão descontrolada

Leia mais

APONTAMENTOS DE SPSS

APONTAMENTOS DE SPSS Instituto de Ciências Biomédicas de Abel Salazar APONTAMENTOS DE SPSS Rui Magalhães 2010-1 - - 2 - Menu DATA Opção SPLIT FILE Permite dividir, de uma forma virtual, o ficheiro em diferentes ficheiros com

Leia mais

IND 1115 Inferência Estatística Aula 6

IND 1115 Inferência Estatística Aula 6 Conteúdo IND 5 Inferência Estatística Aula 6 Setembro de 004 A distribuição Lognormal A distribuição Beta e sua relação com a Uniforme(0,) Mônica Barros mbarros.com mbarros.com A distribuição Lognormal

Leia mais

ESTATÍSTICA E. Prof Paulo Renato A. Firmino. Aulas

ESTATÍSTICA E. Prof Paulo Renato A. Firmino. Aulas ESTATÍSTICA E Prof Paulo Renato A. Firmino praf62@gmail.com Aulas 05-06 Descritiva Medidas de Posição Mediana: É o valor que se localiza no centro de uma amostra ordenada Se o número de observações (n)

Leia mais

O ESPECTRO DA INFLAÇÃO

O ESPECTRO DA INFLAÇÃO O ESPECTRO DA INFLAÇÃO PEDRO JORGE RAMOS VIANNA Professor Titular da UFC. Aposentado Desde o começo deste ano (2013) que os brasileiros estão às voltas como mais um problema: o espectro da inflação. Todos

Leia mais

Carta Circular N.º 312. REF: Consulta de Índices de Preços, Taxas, Moedas e Valores no Menu de Funções.

Carta Circular N.º 312. REF: Consulta de Índices de Preços, Taxas, Moedas e Valores no Menu de Funções. Carta Circular N.º 312 Aos Participantes de Todos os Sistemas REF: Consulta de Índices de Preços, Taxas, Moedas e Valores no Menu de Funções. A Central de Custódia e de Liquidação Financeira de Títulos

Leia mais

Índice. 1. Metodologia e objetivo. 2. Praticantes de skate: penetração nos lares. 3. Perfil da amostra

Índice. 1. Metodologia e objetivo. 2. Praticantes de skate: penetração nos lares. 3. Perfil da amostra 1 Índice 2 1. Metodologia e objetivo 2. Praticantes de skate: penetração nos lares 3. Perfil da amostra Objetivo 3 A pesquisa tem como objetivo medir a penetração e conhecer o perfil de praticantes de

Leia mais

Daniel Queiroz VARIÁVEIS ALEATÓRIAS DISCRETAS

Daniel Queiroz VARIÁVEIS ALEATÓRIAS DISCRETAS Daniel Queiroz VARIÁVEIS ALEATÓRIAS DISCRETAS INTRODUÇÃO O que é uma variável aleatória? Um tipo de variável que depende do resultado aleatório de um experimento aleatório. Diz-se que um experimento é

Leia mais

Coeficiente de Assimetria

Coeficiente de Assimetria Coeficiente de Assimetria Rinaldo Artes Insper Nesta etapa do curso estudaremos medidas associadas à forma de uma distribuição de dados, em particular, os coeficientes de assimetria e curtose. Tais medidas

Leia mais

INTRODUÇÃO À ESTATÍSTICA: Medidas de Tendência Central e Medidas de Dispersão. Prof. Dr. Guanis de Barros Vilela Junior

INTRODUÇÃO À ESTATÍSTICA: Medidas de Tendência Central e Medidas de Dispersão. Prof. Dr. Guanis de Barros Vilela Junior INTRODUÇÃO À ESTATÍSTICA: Medidas de Tendência Central e Medidas de Dispersão Prof. Dr. Guanis de Barros Vilela Junior Relembrando!!! Não é uma CIÊNCIA EXATA!!! É UMA CIÊNCIA PROBABILÍSTICA!!!!!!! Serve

Leia mais

Cursos / Treinamentos

Cursos / Treinamentos Cursos / Treinamentos Carga Horária 1 Estatística Básica em Todos os Níveis. 16 Horas 2 Estatística Avançada. 60 Horas 3 Formação de Auditores Internos da Qualidade. 32 Horas 4 Controle Estatístico de

Leia mais

Pedro Alberto Barbetta / Marcelo Menezes Reis / Antonio Cezar Bornia São Paulo: Atlas, 2004

Pedro Alberto Barbetta / Marcelo Menezes Reis / Antonio Cezar Bornia São Paulo: Atlas, 2004 Estatística para Cursos de Engenharia e Informática Pedro Alberto Barbetta / Marcelo Menezes Reis / Antonio Cezar Bornia São Paulo: Atlas, 2004 Cap. 8 Testes de hipóteses APOIO: Fundação de Ciência e Tecnologia

Leia mais

PODER DO TESTE. Poder do Teste e Tamanho de Amostra para Testes de Hipóteses

PODER DO TESTE. Poder do Teste e Tamanho de Amostra para Testes de Hipóteses PODER DO TESTE Poder do Teste e Tamanho de Amostra para Testes de Hipóteses 1 Tipos de erro num teste estatístico Realidade (desconhecida) Decisão do teste aceita H rejeita H H verdadeira decisão correta

Leia mais

Seminários Digitais Parte VI. Do universo, da amostra e da delimitação do corpus na pesquisa

Seminários Digitais Parte VI. Do universo, da amostra e da delimitação do corpus na pesquisa Seminários Digitais Parte VI Do universo, da amostra e da delimitação do corpus na pesquisa Curso de Comunicação em Mídias Digitais Pesquisa Aplicada em Comunicação e Mídias Digitais Marcos Nicolau Do

Leia mais

ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO

ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO Área Científica Matemática Teóricas Curso Eng. Electrotécnica ECTS 5 Teóricopráticas Distribuição das horas de contacto Trabalho Práticas e de Seminário Estágio Laboratoriais campo Orientação tutória Outras

Leia mais

LISTA DE EXERCÍCIOS 4 INE 7001 PROF. MARCELO MENEZES REIS NÚMEROS ÍNDICES

LISTA DE EXERCÍCIOS 4 INE 7001 PROF. MARCELO MENEZES REIS NÚMEROS ÍNDICES LISTA DE EXERCÍCIOS INE 7 PROF. MARCELO MENEZES REIS NÚMEROS ÍNDICES ) Interprete o valor dos seguintes números índices de preços (registrados em relação ao ano anterior), indicando se houve aumento ou

Leia mais

ESTATÍSTICA DESCRITIVA

ESTATÍSTICA DESCRITIVA ESTATÍSTICA DESCRITIVA O principal objectivo da ESTATÍSTICA DESCRITIVA é a redução de dados. A importância de que se revestem os métodos que visam exprimir a informação relevante contida numa grande massa

Leia mais

ESTUDOS DE COORTE. Baixo Peso Peso Normal Total Mãe usuária de cocaína

ESTUDOS DE COORTE. Baixo Peso Peso Normal Total Mãe usuária de cocaína UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE FACULDADE DE MEDICINA DEPARTAMENTO DE MEDICINA PREVENTIVA DISCIPLINA DE EPIDEMIOLOGIA ESTUDOS DE COORTE 1) Com o objetivo de investigar

Leia mais

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS DEZEMBRO DE 2015 JOB1705 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DA PESQUISA OBJETIVO LOCAL O projeto tem por objetivo levantar um conjunto de informações sobre o contexto

Leia mais

META Estudar características de populações com base nas informações colhidas por amostras de dados selecionados aleatoriamente nestas populações.

META Estudar características de populações com base nas informações colhidas por amostras de dados selecionados aleatoriamente nestas populações. AMOSTRAGEM: POPULAÇÃO E AMOSTRA. TIPOS DE AMOSTRAGEM. AMOSTRA PILOTO. NÍVEL DE CONFIANÇA. ESTIMATIVA DA MÉDIA E PROPORÇÃO POPULACIONAL POR PONTO E POR INTERVALO. META Estudar características de populações

Leia mais

AMEI Escolar Matemática 8º Ano Estatística: Organização e Tratamento de Dados

AMEI Escolar Matemática 8º Ano Estatística: Organização e Tratamento de Dados AMEI Escolar Matemática 8º Ano Estatística: Organização e Tratamento de Dados Conteúdos desta unidade: Organização, representação e interpretação de dados; Medidas de tendência central; Medidas de localização.

Leia mais