Centro BD de Educação em Diabetes - Ano XXIV - Nº 11

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Centro BD de Educação em Diabetes - Ano XXIV - Nº 11"

Transcrição

1 Centro BD de Educação em Diabetes - Ano XXIV - Nº 11

2 Editorial - Década de 90 - antecipando o futuro a cada dia A década de 90 foi palco de inúmeros avanços no tratamento do diabetes. A educação em diabetes consagrou-se como uma poderosa aliada ao tratamento e a BD contribuiu para introduzir esse conceito no Brasil, levando informações aos mais de cem mil leitores, através do Jornal BD Bom Dia. Em setembro de 1990 foi implantado o Disque Bom Dia, hoje chamado Disque Centro BD de Educação em Diabetes , um serviço de discagem gratuita, que permite aos usuários o esclarecimento de dúvidas, com atendimento feito por uma equipe de profissionais técnicos qualificados, sobre o diabetes e produtos BD utilizados no tratamento. Esse serviço, pioneiro no Brasil, rendeu à BD o prêmio ECO em Saúde, outorgado pela Câmara Americana do Comércio pelos serviços prestados à comunidade e, principalmente, por chamar a atenção da sociedade para as necessidades dos portadores de diabetes em todo o Brasil. Um estudo clínico publicado no ano de 1993, The Diabetes Control and Complications Trial (DCCT), fez parte destes avanços. Ele demonstrou que o tratamento intensivo com insulina, por meio de múltiplas doses diárias ou através de sistema de infusão contínua, quando comparado ao tratamento convencional, proporciona redução significante na incidência e na progressão das complicações microvasculares. Nesta mesma década, firme na sua proposta de ajudar as pessoas a viverem vidas saudáveis, a BD lançou as seringas BD Ultra-Fine com capacidade para 50 e 30 unidades de insulina. Estas, graduadas de uma em uma unidade com agulhas mais curtas e finas, acompanharam as necessidades dos usuários de insulina de preparar doses menores e realizar mais aplicações por dia. Ainda nos anos 90, a BD colocava no mercado brasileiro a última palavra em conforto para quem utiliza canetas de insulina: a BD Ultra-Fine III Mini, com apenas 5 mm de comprimento. Durante toda a trajetória de evolução no tratamento do diabetes, a BD sempre esteve presente e você fez parte de nosso dia a dia. É por este motivo que aproveitamos a oportunidade para renovar o nosso convite: venha compartilhar conosco, relatando-nos de que maneira a Revista BD Bom Dia participa de sua vida. Envie o seu depoimento para o Boa leitura, Márcia C. Oliveira. Coordenadora do Centro BD de Educação em Diabetes Expediente Publicação mensal do Centro BD de Educação em Diabetes Coodernação Geral: Márcia Camargo de Oliveira Coordenação Técnica: Debora M. Camilo Jornalista Responsável: Silvana Silva Colaboradora: Iris Nunes Projeto gráfico e DTP: Revisão Ortográfica: Solange Martinez Capa: Lunamarina - Dreamstime As matérias desta publicação podem ser reproduzidas, desde que citada a fonte. Disque Centro BD de Educação em Diabetes

3 Entrevista O médico prescreveu insulina E agora? Da redação O O medo de injeção não é coisa de criança. Na maioria das vezes, até quem enfrenta agulhas sem dramas, se puder escolher, prefere os comprimidos. Imagine então o que acontece com uma pessoa que passa a precisar de injeções diárias de insulina. Marco Antonio Silva Prato, funcionário público de Uruguaiana, no Rio Grande do Sul, protelou o quanto pode essa substituição. Em 2003, quando tinha 24 anos, teve diabetes Tipo 2 diagnosticado e durante cinco anos usou comprimidos, mas não conseguia controlar a glicemia. Há cerca de dois anos, aconselhado pelo médico, enfrentou o medo das injeções e iniciou o tratamento com insulina. Segundo Marcos, valeu a pena: em primeiro lugar minha auto estima aumentou, estou em ótima forma física, minha alimentação também mudou, pois antes era bem limitada, hoje como de tudo, utilizando como ferramenta a contagem de carboidratos. Hoje, meu resultado de hemoglobina glicada está em torno de 6%, meu médico está super satisfeito. Marco Antonio também adotou caminhadas e pedaladas diárias. Já não tem medo das injeções, diz que nem se incomoda mais com elas. Casos como o de Marco Antonio não são raros. Engana-se quem imagina que as aplicações de insulina servem apenas para aqueles que têm diabetes Tipo 1. No passado, o diabetes Tipo 2 chegou a ser chamado de não insulinodependente ou diabetes do adulto. Hoje as duas denominações caíram em desuso. O número de pessoas com dia- betes Tipo 2 aumenta ano a ano, mesmo nas camadas mais jovens da população, graças aos maus hábitos alimentares, ao sedentarismo e à obesidade; cerca de 15% a 30% dos pacientes já fazem uso da insulina. É preciso lembrar que pessoas com diabetes Tipo 2 produzem insulina, mas em quantidade inferior à necessária ou ainda, produzem a quantidade ideal mas, a insulina não atua de maneira correta. Em algumas situações, a adoção da insulina já está indicada como primeira opção de tratamento no diabetes Tipo 2. A insulina é a melhor opção em pacientes com sintomas muito acentuados, perda de peso significativa e glicemia elevada, afirma o Dr. Leandro Diehl, médico endocrinologista e professor da Universidade Estadual de Londrina (UEL). Outras situações em que deve-se preferir o tratamento com insulina, conforme o endocrinologista, são: durante a internação do paciente por alguma doença aguda ou para alguma cirurgia; durante a gestação; e quando a medicação oral não surte o resultado esperado ou seus efeitos colaterais podem oferecer riscos ao paciente. Em alguns desses casos, a necessidade da terapia com insulina poderá ser apenas temporária. Alguns endocrinologistas defendem a introdução da insulina precocemente no curso do diabetes Tipo 2, o que poderia preservar por mais tempo a capacidade do paciente produzir insulina, facilitando a obtenção de bom controle glicêmico além de evitar os efeitos colaterais dos comprimidos. Dr. Leandro, defende a introdução da insulina no momento oportuno: não acho que a insulina precisa ser iniciada muito cedo, mas o médico também não pode demorar a prescrevê-la no momento em que sua necessidade se torna aparente. Tanto o médico como o paciente devem ter em mente que o controle rápido e efetivo da glicemia, mantendo a hemoglobina glicada abaixo de 7%, é a melhor forma de prevenir complicações do diabetes, afirma o endocrinologista. Vale dizer que a insulina é um dos tratamentos mais naturais do diabetes porque a substância injetada é praticamente idêntica àquela produzida pelo nosso organismo. Além disso, os dispositivos para aplicação de insulina evoluíram muito. Hoje podemos contar com seringas de agulha fixa e agulhas para canetas de insulina com calibre e comprimento menores, o que torna as aplicações menos desconfortáveis. Postergar o tratamento por medo, desinformação e preconceito pode contribuir para o aparecimento de complicações, mas a medicação sozinha não basta. O controle do diabetes depende também de uma alimentação saudável e equilibrada combinada com a prática regular de exercícios

4 Vida Saudável Vencer a preguiça, dar os primeiros passos e fugir da inércia pode ser o mais complicado, mas depois o corpo ganha condicionamento e a caminhada acaba se tornando tão prazerosa e necessária quanto o banho. O passo a passo no controle do diabetes Da redação D De acordo com o coordenador do Centro de Medicina do Exercício e do Esporte, do Hospital 9 de julho, em São Paulo, Dr. Páblius Braga, até uma caminhada no shopping tem seus benefícios, mas é a disciplina e a constância do treinamento que garantem os melhores resultados. Hoje, segundo o médico, já não se defende mais a prática de exercícios três vezes por semana. O ideal passou a ser cinco vezes por semana de atividade de leve intensidade. No caso da caminhada, as sessões devem ter, pelo menos, 30 minutos, mas se não for possível o tempo total, pelo menos etapas de 10 minutos cada uma. Quem prefere pensar em passos, a meta ideal é de 10 mil passos por dia. A caminhada é uma das atividades físicas mais democráticas. Não exige grandes investimentos e traz bons resultados para qualquer um, independentemente de idade, sexo ou condicionamento. Ela é adaptada individualmente e pode ser praticada em casa, na academia, na rua, num parque, ou onde a pessoa preferir. Não é à toa que os médicos sempre recomendam a inclusão da caminhada na rotina de seus pacientes, seja para prevenir ou tratar problemas já instalados. Antes, porém, é importante fazer uma avaliação clínica para detectar possíveis problemas que possam limitar a prática esportiva. O exercício físico melhora o aproveitamento da insulina (seja ela produzida pelo organismo ou aplicada) e a captação de açúcar pelo músculo. Mas os benefícios vão além disso. A longo prazo, observa-se o aumento do chamado colesterol bom (HDL) e a redução do colesterol ruim (LDL). Outra vantagem é a possibilidade do controle da pressão arterial. Somese a isso a perda de peso, uma grande melhora da autoestima e até do humor em muitos casos. No caso do diabetes Tipo 1, onde não existe produção de insulina, toda prática esportiva exige monitorização mais criteriosa (antes, durante e depois da atividade). Ajustes no consumo de carboidratos e na dosagem de insulina a fim de evitar episódios de hipoglicemia ou consumo excessivo da glicose do sangue levando a mal-estar e fraqueza. Com a prática frequente da caminhada, é possível, inclusive, uma redução na dosagem de insulina aplicada, claro que com a orientação rigorosa do médico que acompanha o tratamento do diabetes. Entre os portadores de diabetes Tipo 2, os resultados podem ser observados mais rapidamente. Uma alimentação equilibrada somada a um programa de caminhadas contri-

5 Vida Saudável buirá para a redução da gordura corporal e uma eficiência maior da escassa quantidade de insulina disponível. Nos dois tipos será possível obter melhoras da capacidade cardiorrespiratória e da circulação sanguínea, aumentando até a eficiência dos medicamentos. Para o Dr. Páblius Braga, não adianta impor condições rígidas para o paciente adotar um programa de caminhadas. Motivar para os ganhos obtidos com este hábito é uma das chaves para o sucesso. Outros detalhes não devem ser esquecidos. A alimentação leve antes de qualquer exercício físico é imprescindível, assim como a hidratação. O consumo de água deve ser feito antes, durante e depois do exercício, mas sem excessos. O consumo ideal gira em torno de 50 ml a 100 ml a cada 40 minutos. Os exercícios de alongamento antes e após a caminhada também são aconselhados. Além de preparar o corpo, reduzem as tensões musculares e melhoram a flexibilidade do corpo e a amplitude de movimento, evitando possíveis lesões. Caminhar ao ar livre é estimulante pela presença de paisagem e ambientes agradáveis. Lugares muito sujos ou poluídos como avenidas movimentadas devem ser evitados. A escolha do calçado também é importante. Não é aconselhável usar chinelos ou sandálias. Use um tênis confortável com meias de algodão sem costuras para evitar ferimentos e roupas leves. O médico alerta para outro problema bastante frequente no outono-inverno: o tempo seco com baixa umidade do ar e a poluição. Estes fatores contribuem para o ressecamento das vias aéreas como nariz, garganta e traquéia que limitam o desempenho físico e podem desencadear asma, infecções virais e maior desgaste do organismo. Nesses períodos, a atividade é contra-indicada nos horários de maior concentração de poluentes. O ideal é realizar as caminhadas bem no início da manhã ou à noite, após a diminuição da movimentação de veículos ou fazer uso de esteiras ergométricas. A experiência de quem adotou a caminhada Esporte nunca foi a preferência da professora Fátima Ruiz que, aos 40 anos, se sentia mais velha do que parecia. Ao longo do tempo foi ganhando peso e, mesmo nos períodos de regime, as perdas não eram significativas. Vivia cansada, irritada. A pressão subiu e o resultado dos exames periódicos eram cada vez piores. Há 3 anos recebeu o diagnóstico de diabetes Tipo 2. Primeiro tentou caminhar à noite, depois do trabalho, mas chegava cansada e acabava desistindo. Resolveu mudar de horário e hoje o relógio toca às cinco e meia. Fátima toma um lanchinho rápido e parte para a sua caminhada diária, feita no passeio construído no meio de uma avenida da zona norte de São Paulo. Começou aos poucos, com 15 minutos. Hoje, ela investe (como prefere dizer) uma hora do seu tempo entre a caminhada e os alongamentos. O resultado é visível. Além disso, ganhou amigos. Como faz sempre o mesmo circuito fez amizades e já não caminha Dicas para uma boa caminhada Foque o olhar no horizonte em linha reta. O queixo deve ser mantido paralelo ao chão e a cabeça deve acompanhar o olhar (nem para cima, nem para baixo). Mantenha os músculos da barriga contraídos. Posicione os pés paralelos com a distância aproximada de um ombro entre si. Mantenha a cabeça elevada e centrada no ombro. Mova os ombros naturalmente. Mantenha a coluna ereta e balance os braços em movimento leve e natural enquanto caminha. Lembre-se: antes de iniciar a prática da caminhada é recomendável fazer uma avaliação médica; o alongamento, antes e após a caminhada, é fundamental para reduzir o risco de lesões e cãibras; na respiração, o ideal é puxar o ar (inspirar) pelo nariz e soltar (expirar) pela boca; evite roupas apertadas que possam comprometer a respiração e os movimentos e dê preferência a roupas leves e claras para caminhar durante o dia; prefira tênis leves, de solado flexível, com sistema de amortecimento no calcanhar e reforçados nas laterais, pois ajudam a evitar possíveis torsões caso você tropece; mantenha a hidratação adequada antes, durante e após o exercício físico.

6 Nutrição e Saúde Gelatina Uma deliciosa aliada para o bem-estar Por: Silvana Silva Até o mais inexperiente dos cozinheiros consegue preparar uma gelatina. Não requer prática, nem habilidade. Não importa a estação do ano, uma porção de gelatina é sempre bem-vinda. Além de ser refrescante sem ser hipergelada, ela dificulta a absorção dos carboidratos e das gorduras e retarda o esvaziamento do estômago, deixando a pessoa saciada e hidratada por mais tempo. É ideal para combater aquela vontade de comer doces e guloseimas. A base da gelatina é o colágeno, composto por proteínas essenciais para a formação, manutenção e regeneração dos tecidos, ossos e articulações, sendo muito útil na prevenção e tratamento de artrite e osteoporose. A gelatina atua ainda sobre o tônus muscular, deixando os músculos sempre prontos para atender aos comandos de movimento, ditados pelo cérebro. Além de dar firmeza à pele, impedindo a deformação dos tecidos, o colágeno é também um excelente agente cicatrizante, o que explica a indicação da gelatina a pacientes que passaram por cirurgias. Embora nosso organismo produza o colágeno necessário, a partir dos 25 anos há uma queda nessa produção. Acredita-se que aos 50 anos, o corpo produza em média 35% do necessário, daí a importância da reposição do colágeno para garantir o fortalecimento dos ossos, unhas e cabelos, e a hidratação e elasticidade da pele. A nutricionista Andréia Gomes Martins João, de Campo Grande, Mato Grosso do Sul, destaca as diferenças entre as gelatinas normais e diet: as tradicionais tem adição de sacarose - açúcar para modular o sabor e a diet contém adoçante que pode ser aspartame, ciclamato, etc. É importante ficar de olho nas informações da embalagem. Além da versão diet com sabores, é possível preparar receitas salgadas, inclusive com as gelatinas neutras, em folhas ou pó, sem perda dos nutrientes. Ela destaca que a gelatina é uma excelente alternativa de sobremesa ou lanche para quem tem diabetes. A versão diet é composta por cerca de 84% a 90% de proteína, 1% a 2% de sais minerais e 8% a 15% de água e isenta de gordura, colesterol e carboidratos. Para finalizar, a nutricionista faz alguns alertas: o consumo de gelatinas por crianças é recomendado apenas após um ano de idade, em função dos corantes, responsáveis por inúmeros casos de alergias. O amarelo crepúsculo é o que mais provoca reações desse tipo. Para os que buscam resultados estéticos ou controle da glicemia, Andréia lembra que a gelatina só produz resultados quando associada a uma alimentação equilibrada e à prática de exercícios físicos. Sozinha ela não faz Compota de mamão Ingredientes: 1 mamão (Formosa) grande e firme (1 kg) 4 cravos ½ envelope de gelatina em pó sem sabor 2 colheres de sopa de adoçante em pó (forno e fogão) Foto: Nastya 22 - Dreamstime Modo de preparo: Descarte a casca e as sementes e, com a ajuda de uma colher, retire a polpa do mamão em formato de bolinhas. Leve ao fogo com água suficiente para cobrir o mamão. Junte os cravos e o adoçante. Quando o mamão estiver macio, desligue o fogo e acrescente a gelatina previamente misturada com um pouco de água fria e dissolvida em banho-maria. Leve para gelar e sirva no dia seguinte. Rendimento: 20 porções. Valor nutricional/porção de 50 g: Calorias: 29,2 kcal Proteínas: 0,8 g Carboidratos: 0,2 g Cálculo nutricional efetuado pelas nutricionistas: Aline Valente Barbosa - CRN Erika Brambilla CRN

7 Gente Quem tem diabetes Foto: Andy Dean - Fotolia tem direitos Saiba quais são O O sucesso do tratamento do diabetes depende de informação e conscientização, mas também do acesso à medicação e aos insumos necessários para o controle da glicemia. Por isso, a lei federal , promulgada em 2006, foi mais que bem-vinda. Ela garantiu os medicamentos e insumos necessários ao controle do diabetes, que por serem de uso contínuo, pesam no orçamento de boa parte das famílias. De um município ou estado para outro, o atendimento pode ser diferente, mas a lei permite inclusive que o portador de diabetes recorra à justiça quando não tiver suas necessidades atendidas. De acordo com a advogada Dra.Ione Taiar Fucs, coordenadora da comissão jurídica da Associação de Diabetes Juvenil - ADJ JUR, todos os portadores de diabetes têm direito a medicamentos e insumos. Para isso, basta procurar a Unidade Básica de Saúde mais próxima de sua residência e se cadastrar como usuário no Sistema Único de Saúde (SUS). Um documento de identificação e um comprovante de residência bastam para a inscrição do portador de diabetes no Hiperdia (Sistema de Cadastramento e Acompanhamento de Hipertensos e Diabéticos). Após a inscrição, a pessoa receberá dois cartões: um do posto e outro do SUS. Para a retirada do medicamento será preciso apresentar a prescrição do médico. Mesmo quem faz tratamento com médico particular ou de convênio tem direito a receber o que precisa gratuitamente. Quem tem diabetes Tipo 1, tem direito à insulina humana NPH e insulina humana regular. No caso dos portadores de diabetes Tipo 2, usuários de medicação oral, a lei garante somente o fornecimento de glibenclaminda (5 mg), cloridrato de metformina (500 mg e 800 mg) e glicazida (80 mg). Caso faça uso de insulina também, o portador de diabetes terá direito a receber o glicosímetro, insulina, fitas, seringas e agulhas da rede pública de saúde. A evolução do diabetes, entretanto, pode exigir um tratamento diferenciado como por exemplo, a bomba de insulina e, nesse caso, para conseguir o que a lei não prevê só mesmo recorrendo a um processo judicial. Alguns são rápidos. No Orkut não faltam relatos. Segundo Sonia, partici- Por: Silvana Silva pante da Comunidade Diabetes Brasil, seu processo não demorou: recorri à justiça para retirar insulinas Levemir e Humalog, mais fitas e seringas. Em menos de um mês tive autorização para retirar o que precisava, assinala Sonia. Nelson e Telma também recorreram à justiça para obter insumos para a bomba de insulina do filho. O processo exigiu a realização de uma perícia e a entrega de todos os exames feitos pelo garoto desde o diagnóstico do diabetes. Preventivamente, depois de seis meses, entraram com uma medida cautelar e conseguiram antecipar o recebimento do benefício. A decisão final, entretanto, só chegou no ínicio de maio. A família ganhou o direito de receber do estado todos os insumos que o filho precisa, definitivamente. Para a advogada Dra. Ione Taiar Fucs, sempre que a pessoa tiver um tratamento de saúde negado deve ingressar com uma ação judicial. Dependendo do tipo de ação proposta, a decisão pode demorar de 2 a 4 anos. Para isso, o mais indicado é procurar um advogado especializado na área de saúde que terá mais experiência para tratar desses Como obter a defesa gratuita para casos de saúde A assistência judiciária gratuita é garantida pela Constituição. Por isso, na maioria dos estados, o cidadão conta com a Defensoria Pública, que além de gratuita, orienta e promove ações judiciais quando há necessidade. O serviço é destinado às famílias com renda de até três salários mínimos, mas os casos são analisados individualmente. A Defensoria Pública, contudo, não está instalada em todos os municípios. Nesses casos, o interessado deve procurar o fórum ou a comarca da cidade para obter informações. Em geral, nesses locais há um convênio com a Ordem dos Advogados-OAB para o atendimento gratuito. Documentos geralmente exigidos: laudo médico atestando a necessidade do paciente de dispor de insumos para seu tratamento; receituário médico; documento com foto; comprovante de endereço; comprovante de renda familiar.

8 Autoaplicação N A escola e o diabetes: o que a escola e os pais precisam saber sobre a adaptação dos pequenos Neste momento, o melhor a fazer é compartilhar com a escola parte do dia a dia do seu filho. Tudo será mais fácil se os preparativos para os desafios já começarem a partir do nascimento. Isso mesmo! Independente de seu filho ter diabetes é importante um olhar para o futuro, pois as crianças crescem e com elas várias etapas surgirão. Escola, faculdade, namoro, balada, viagens... Por: Márcia Camargo de Oliveira - Coordenadora do Centro BD de Educação em Diabetes (CBDED) Ir para a escola é uma destas etapas. Faça uma visita com antecedência à escola e converse com os profissionais que estarão mais próximos do seu filho. Mas não é suficiente que os professores, coordenadores e até mesmo o diretor saibam que seu filho tem diabetes, eles precisam saber mais. Você precisa informá-los sobre: o que é diabetes; quais as principais características do tipo de diabetes que seu filho tem e quais os principais ítens que compõem o tratamento. Apresente tudo que ele terá na mochila e que faz parte do tratamento; quais as possíveis necessidades da criança durante o período em que estará na escola (testes de glicemia e aplicação de insulina); o que é hipoglicemia e hiperglicemia. Como seu filho reage quando uma destas complicações agudas se instala e principalmente o que deve ser feito nestes casos; a possibilidade de que, mesmo seguindo uma rotina rigorosa de tratamento, a criança poderá apresentar hipoglicemia e necessitará lanchar fora do horário estipulado ou no caso de hiperglicemia irá ao banheiro mais vezes do que o normal; Foto: Andres Rodriguez - Dreamstime o nível de conhecimento e o grau de independência de seu filho. O diabetes não impedirá que seu filho participe de todas as atividades que a escola promoverá, tais como: horário do lanche, exercício físico, passeios, festinhas temáticas, etc, porém é indispensável que os responsáveis sejam informados, com antecedência, sobre as atividades extras. Assim você poderá planejar o que for necessário para que seu filho usufrua dos benefícios de participar junto com os colegas das diversas atividades escolares. Prepare o seu filho para compartilhar com os amigos mais próximos que ele tem diabetes e como realiza o tratamento. Isso o deixará mais seguro e ele poderá contar com os amigos para ajudá-lo caso seja necessário. Quanto a você, prepare-se para as próximas etapas, elas chegarão

Quais são os sintomas? O sucesso no controle do diabetes depende de quais fatores? O que é monitorização da glicemia? O que é diabetes?

Quais são os sintomas? O sucesso no controle do diabetes depende de quais fatores? O que é monitorização da glicemia? O que é diabetes? Quais são os sintomas? Muita sede, muita fome, muita urina, desânimo e perda de peso. Esses sintomas podem ser observados antes do diagnóstico ou quando o controle glicêmico está inadequado. O aluno com

Leia mais

24 motivos. academia. para entrar na

24 motivos. academia. para entrar na para entrar na academia Mais um ano se inicia e com ele chegam novas perspectivas e objetivos. Uma das principais promessas feitas é deixar o sedentarismo de lado e entrar na academia! Nesta época é comum

Leia mais

Veículo: Jornal da Comunidade Data: 24 a 30/07/2010 Seção: Comunidade Vip Pág.: 4 Assunto: Diabetes

Veículo: Jornal da Comunidade Data: 24 a 30/07/2010 Seção: Comunidade Vip Pág.: 4 Assunto: Diabetes Veículo: Jornal da Comunidade Data: 24 a 30/07/2010 Seção: Comunidade Vip Pág.: 4 Assunto: Diabetes Uma vida normal com diabetes Obesidade, histórico familiar e sedentarismo são alguns dos principais fatores

Leia mais

CENTRO DE APOIO OPERACIONAL DE DEFESA DA SAÚDE CESAU

CENTRO DE APOIO OPERACIONAL DE DEFESA DA SAÚDE CESAU ORIENTAÇÃO TÉCNICA N.º 50 /2015 - CESAU Salvador, 23 de março de 2015 Objeto: Parecer. Promotoria de Justiça GESAU / Dispensação de medicamentos. REFERÊNCIA: Promotoria de Justiça de Conceição do Coité/

Leia mais

AVISO IMPORTANTE ESTA CARTILHA ESTÁ SENDO DISTRIBUÍDA PARA TODOS OS PROFESSORES DO BLOG: http://www.sosprofessor.com.br/blog

AVISO IMPORTANTE ESTA CARTILHA ESTÁ SENDO DISTRIBUÍDA PARA TODOS OS PROFESSORES DO BLOG: http://www.sosprofessor.com.br/blog AVISO IMPORTANTE ESTA CARTILHA ESTÁ SENDO DISTRIBUÍDA PARA TODOS OS PROFESSORES DO BLOG: http://www.sosprofessor.com.br/blog DICAS PARA UTILIZAÇÃO DESTA CARTILHA 1. Você pode distribuí-la para todos os

Leia mais

Convivendo bem com a doença renal. Guia de Nutrição e Diabetes Você é capaz, alimente-se bem!

Convivendo bem com a doença renal. Guia de Nutrição e Diabetes Você é capaz, alimente-se bem! Convivendo bem com a doença renal Guia de Nutrição e Diabetes Você é capaz, alimente-se bem! Nutrição e dieta para diabéticos: Introdução Mesmo sendo um paciente diabético em diálise, a sua dieta ainda

Leia mais

Orientações sobre o uso correto dos medicamentos.

Orientações sobre o uso correto dos medicamentos. Orientações sobre o uso correto dos medicamentos. O quê preciso saber sobre os medicamentos do paciente? Antes de administrar qualquer medicamento, verifique: O nome: alguns medicamentos têm nomes parecidos,

Leia mais

EXERCÍCIO E DIABETES

EXERCÍCIO E DIABETES EXERCÍCIO E DIABETES Todos os dias ouvimos falar dos benefícios que os exercícios físicos proporcionam, de um modo geral, à nossa saúde. Pois bem, aproveitando a oportunidade, hoje falaremos sobre a Diabetes,

Leia mais

REGISTRO: Isento de Registro no M.S. conforme Resolução RDC n 27/10. CÓDIGO DE BARRAS N : 7898171287947(Frutas vermelhas) 7898171287954(Abacaxi)

REGISTRO: Isento de Registro no M.S. conforme Resolução RDC n 27/10. CÓDIGO DE BARRAS N : 7898171287947(Frutas vermelhas) 7898171287954(Abacaxi) Ficha técnica CHÁ VERDE COM CÓLAGENO, VITAMINA C E POLIDEXTROSE Pó para Preparo de Bebida a Base de Chá Verde, com Colágeno hidrolisado, vitamina C e polidextrose Sabor Abacaxi e frutas vermelhas REGISTRO:

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÃO BIKE B 300 ACTION

MANUAL DE INSTRUÇÃO BIKE B 300 ACTION MANUAL DE INSTRUÇÃO BIKE B 300 ACTION ÍNDICE 1. Especificações Técnicas... PG. 03 2. Apresentação... PG. 03 3. Benefícios da Atividade Física... PG. 03 4. Importância da Prática de Atividade Física...

Leia mais

Diabetes. Introdução. Sintomas

Diabetes. Introdução. Sintomas Diabetes Introdução A diabetes desenvolve-se quando o organismo não consegue controlar a quantidade de glicose (açúcar) no sangue. Isto pode acontecer se o corpo não produzir quantidades suficientes da

Leia mais

Guia do Paciente DAPAGLIFLOZINA

Guia do Paciente DAPAGLIFLOZINA Guia do Paciente DAPAGLIFLOZINA Índice Tratando seu diabetes tipo 2 com DAPAGLIFLOZINA 3 Como funciona? 4 Como devo utilizar? 5 Quais são os principais efeitos colaterais do tratamento com DAPAGLIFLOZINA?

Leia mais

Índice: Expediente. Elaboração e organização: Renata Zaccara - Farmacêutica Clínica. Diagramação: Impressão: Ano 2010. Pág. 2 ...

Índice: Expediente. Elaboração e organização: Renata Zaccara - Farmacêutica Clínica. Diagramação: Impressão: Ano 2010. Pág. 2 ... ... Pág. 1 Índice: O QUE PRECISO SABER SOBRE OS MEDICAMENTOS QUE ESTOU TOMANDO? 01 ONDE E COMO DEVO GUARDAR E/OU DESPREZAR OS MEDICAMENTOS? QUAIS CUIDADOS DEVO TER COM AS INSULINAS? INFORMAÇÕES GERAIS

Leia mais

Como viver bem com diabetes

Como viver bem com diabetes Como viver bem com diabetes Sumário 3 5 7 8 10 12 14 15 16 17 19 O que é diabetes? Como saber se tenho diabetes? Por que controlar bem o diabetes? Alimentação Por que fazer exercícios físicos? Tratamento

Leia mais

Manual com Diretrizes para Professores de Crianças com Diabetes

Manual com Diretrizes para Professores de Crianças com Diabetes Manual com Diretrizes para Professores de Crianças com Diabetes Índice Página 1. Aprendendo a conviver com o diabetes. 3 2. O que é diabetes? 4-5 3. Hiperglicemia e Cetoacidose. 6 4. Planeje com antecedência.

Leia mais

Agora que tenho diabetes... O que posso fazer para permanecer no controle?

Agora que tenho diabetes... O que posso fazer para permanecer no controle? Agora que tenho diabetes... O que posso fazer para permanecer no controle? Tenho diabetes: o que isso significa, afinal? Agora que você recebeu o diagnóstico de diabetes, você começará a pensar em muitas

Leia mais

D I R E T O R I A D E S A Ú D E

D I R E T O R I A D E S A Ú D E Saúde In Forma Junho/2013 Dia 26 de Junho Dia Nacional do Diabetes Diabetes é uma doença metabólica caracterizada por um aumento anormal da glicose ou açúcar no sangue. A glicose é a principal fonte de

Leia mais

Receitas de sobremesas do programa SESI Cozinha Brasil fazem sucesso no verão

Receitas de sobremesas do programa SESI Cozinha Brasil fazem sucesso no verão http://portaldaindustria.com.br/agenciacni/ 03 FEV 2014 Receitas de sobremesas do programa SESI Cozinha Brasil fazem sucesso no verão Já pensou em tomar sorvete de mandioca? E doce de casca de maracujá?

Leia mais

Proteger nosso. Futuro

Proteger nosso. Futuro Proteger nosso Futuro A Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC) é uma entidade sem fins lucrativos criada em 1943, tendo como objetivo unir a classe médica especializada em cardiologia para o planejamento

Leia mais

Perder Peso Pedalando

Perder Peso Pedalando Perder Peso Pedalando Pedalar: Caminho para um estilo de vida saudável. Tudo o que você precisa saber. Quase todo mudo quer perder peso para melhorar a aparência e também para a melhora geral da saúde.

Leia mais

PROJETO PROMOÇÃO DA SAÚDE E EDUCAÇÃO SEXUAL EM MEIO ESCOLAR

PROJETO PROMOÇÃO DA SAÚDE E EDUCAÇÃO SEXUAL EM MEIO ESCOLAR PROJETO PROMOÇÃO DA SAÚDE E EDUCAÇÃO SEXUAL EM MEIO ESCOLAR A Diabetes afeta cerca de 366 milhões de pessoas em todo o mundo e cerca de 1 milhão de Portugueses. A cada 7 segundos morre no Planeta Terra

Leia mais

Texto de apoio ao curso de Especialização Atividade Física Adaptada e Saúde Prof. Dr. Luzimar Teixeira DIABETES

Texto de apoio ao curso de Especialização Atividade Física Adaptada e Saúde Prof. Dr. Luzimar Teixeira DIABETES Texto de apoio ao curso de Especialização Atividade Física Adaptada e Saúde Prof. Dr. Luzimar Teixeira DIABETES Introdução Geralmente, as pessoas descobrem estar diabéticas quando observam que, apesar

Leia mais

ATIVIDADE FÍSICA E DIABETES. Prof. Dr. Guanis de Barros Vilela Junior

ATIVIDADE FÍSICA E DIABETES. Prof. Dr. Guanis de Barros Vilela Junior ATIVIDADE FÍSICA E DIABETES Prof. Dr. Guanis de Barros Vilela Junior O QUE É DIABETES? Trata-se de uma doença crônica que ocorre quando o pâncreas não produz insulina ou quando o corpo não consegue utilizar

Leia mais

VI CURSO DE ATUALIZAÇÃO EM DIABETES DIETOTERAPIA ACADÊMICA LIGA DE DIABETES ÂNGELA MENDONÇA

VI CURSO DE ATUALIZAÇÃO EM DIABETES DIETOTERAPIA ACADÊMICA LIGA DE DIABETES ÂNGELA MENDONÇA VI CURSO DE ATUALIZAÇÃO EM DIABETES DIETOTERAPIA ACADÊMICA ÂNGELA MENDONÇA LIGA DE DIABETES A intervenção nutricional pode melhorar o controle glicêmico. Redução de 1.0 a 2.0% nos níveis de hemoglobina

Leia mais

Saiba quais são os diferentes tipos de diabetes

Saiba quais são os diferentes tipos de diabetes Saiba quais são os diferentes tipos de diabetes Diabetes é uma doença ocasionada pela total falta de produção de insulina pelo pâncreas ou pela quantidade insuficiente da substância no corpo. A insulina

Leia mais

5Maneiras para Crescer Saudável

5Maneiras para Crescer Saudável 5Maneiras paracrescer Saudável 1 Troque as bebidas adoçadas por água Objetivo: Troque as bebidas adoçadas (como refrigerantes, bebidas esportivas e refrescos) por água. Você sabia? Os exemplos a seguir

Leia mais

N o 36. Abril 2015. Insulina com duração de até 42 horas: nova opção para os insulinodependentes

N o 36. Abril 2015. Insulina com duração de até 42 horas: nova opção para os insulinodependentes N o 36 Abril 2015 Centro de Farmacovigilância da UNIFAL-MG Site: www2.unifal-mg.edu.br/cefal Email: cefal@unifal-mg.edu.br Tel: (35) 3299-1273 Equipe editorial: prof. Dr. Ricardo Rascado; profa. Drª. Luciene

Leia mais

DIABETES ORIENTAÇÕES BÁSICAS PARA OS AGENTES COMUNITÁRIOS DE SAÚDE

DIABETES ORIENTAÇÕES BÁSICAS PARA OS AGENTES COMUNITÁRIOS DE SAÚDE DIABETES ORIENTAÇÕES BÁSICAS PARA OS AGENTES COMUNITÁRIOS DE SAÚDE Governo do Estado da Bahia Jacques Wagner Secretário de Saúde do Estado da Bahia Jorge José Santos Pereira Solla Superintendência de Atenção

Leia mais

Praticando vitalidade. Sedentarismo. corra desse vilão!

Praticando vitalidade. Sedentarismo. corra desse vilão! Praticando vitalidade Sedentarismo corra desse vilão! O que é sedentarismo? Sedentarismo é a diminuição de atividades ou exercícios físicos que uma pessoa pratica durante o dia. É sedentário aquele que

Leia mais

O GUIA COMPLETO TIRE TODAS SUAS DÚVIDAS SOBRE ANDROPAUSA

O GUIA COMPLETO TIRE TODAS SUAS DÚVIDAS SOBRE ANDROPAUSA O GUIA COMPLETO TIRE TODAS SUAS DÚVIDAS SOBRE ANDROPAUSA O QUE É ANDROPAUSA? Problemas hormonais surgidos em função da idade avançada não são exclusivos das mulheres. Embora a menopausa seja um termo conhecido

Leia mais

COMIDA DE ESCOLA NA COZINHA. O que é?

COMIDA DE ESCOLA NA COZINHA. O que é? Receitas COMIDA DE ESCOLA O que é? Comida de Escola é um conjunto de vídeos de culinária gravados no ambiente real da escola e destinados às merendeiras. Neles, um chefe e duas cozinheiras compartilham

Leia mais

Tricoscopia do couro cabeludo 10 DICAS

Tricoscopia do couro cabeludo 10 DICAS Tricoscopia do couro cabeludo 10 DICAS para sair do sedentarismo e INTRODUÇÃO De acordo com dados apurados em 2013 pelo Ministério da Saúde, 64% da população brasileira está com excesso de peso devido

Leia mais

A importância da Atividade Física

A importância da Atividade Física A importância da Atividade Física Introdução Mas o que é atividade física? De acordo com Marcello Montti, atividade física é definida como um conjunto de ações que um indivíduo ou grupo de pessoas pratica

Leia mais

OMENAX. Geolab Indústria Farmacêutica S/A Cápsula 20mg e 40mg

OMENAX. Geolab Indústria Farmacêutica S/A Cápsula 20mg e 40mg OMENAX Geolab Indústria Farmacêutica S/A Cápsula 20mg e 40mg tratar dispepsia, condição que causa acidez, azia, arrotos ou indigestão. Pode ser usado também para evitar sangramento do trato gastrintestinal

Leia mais

FISIOLOGIA DA HIDRATAÇÃO:

FISIOLOGIA DA HIDRATAÇÃO: FISIOLOGIA DA HIDRATAÇÃO: Ed Burke, Phd. Fisiologista do Esporte da Universidade do Colorado (USA). DEFINIÇÃO: Causas de fadiga muscular: - Desidratação: Transpiração, respiração, produção de urina. -

Leia mais

DIABETES MELLITUS. Prof. Claudia Witzel

DIABETES MELLITUS. Prof. Claudia Witzel DIABETES MELLITUS Diabetes mellitus Definição Aumento dos níveis de glicose no sangue, e diminuição da capacidade corpórea em responder à insulina e ou uma diminuição ou ausência de insulina produzida

Leia mais

Programa Qualidade de Vida no Trabalho (QVT) Campanha de Prevenção e Controle de Hipertensão e Diabetes

Programa Qualidade de Vida no Trabalho (QVT) Campanha de Prevenção e Controle de Hipertensão e Diabetes Programa Qualidade de Vida no Trabalho (QVT) Campanha de Prevenção e Controle de Hipertensão e Diabetes Objetivos: - Desenvolver uma visão biopsicossocial integrada ao ambiente de trabalho, considerando

Leia mais

SUMÁRIO DIABETES...4 O QUE É PRÉ-DIABETES...5 TIPO DE DIABETES...6 PREVENÇÃO...8 DIAGNÓSTICO...8 DETECÇÃO DO DIABETES...9 TRATAMENTO...

SUMÁRIO DIABETES...4 O QUE É PRÉ-DIABETES...5 TIPO DE DIABETES...6 PREVENÇÃO...8 DIAGNÓSTICO...8 DETECÇÃO DO DIABETES...9 TRATAMENTO... 2 SUMÁRIO DIABETES...4 O QUE É PRÉ-DIABETES...5 TIPO DE DIABETES...6 PREVENÇÃO...8 DIAGNÓSTICO...8 DETECÇÃO DO DIABETES...9 TRATAMENTO...10 PRÁTICA DE ATIVIDADE FÍSICA...17 PLANO ALIMENTAR...18 CUIDANDO

Leia mais

Tome uma injeção de informação. Diabetes

Tome uma injeção de informação. Diabetes Tome uma injeção de informação. Diabetes DIABETES O diabetes é uma doença crônica, em que o pâncreas não produz insulina em quantidade suficiente, ou o organismo não a utiliza da forma adequada. Tipos

Leia mais

especial iate LIAMARA MENDES

especial iate LIAMARA MENDES 54 Maio / Junho de 2013 especial use os alimentos a seu favor iate por LIAMARA MENDES Uma dieta equilibrada aliada a exercícios físicos pode ser considerada a fórmula ideal para a conquista do corpo perfeito.

Leia mais

CARTILHA ELETRÔNICA INFLUENZA A (H1N1) INFORMAÇÃO E PREVENÇÃO PARA AS ESCOLAS

CARTILHA ELETRÔNICA INFLUENZA A (H1N1) INFORMAÇÃO E PREVENÇÃO PARA AS ESCOLAS CARTILHA ELETRÔNICA INFLUENZA A (H1N1) INFORMAÇÃO E PREVENÇÃO PARA AS ESCOLAS ORIENTAÇÃO AOS PEDAGOGOS Todas as informações constantes nesta cartilha devem ser levadas ao conhecimento de todos os alunos,

Leia mais

BULA PARA PACIENTE RDC 47/2009 HIDRAFIX

BULA PARA PACIENTE RDC 47/2009 HIDRAFIX BULA PARA PACIENTE RDC 47/2009 HIDRAFIX Takeda Pharma Ltda. Solução oral cloreto de sódio 2,34 mg/ml cloreto de potássio 1,49 mg/ml citrato de sódio di-hidratado 1,96 mg/ml glicose 19,83 mg/ml 6 cloreto

Leia mais

GUIA DO PACIENTE DE QUIMIOTERAPIA

GUIA DO PACIENTE DE QUIMIOTERAPIA GUIA DO PACIENTE DE QUIMIOTERAPIA Você está iniciando o seu tratamento e acompanhamento conosco. Com o objetivo de esclarecer algumas dúvidas, elaboramos este guia com as informações sobre a rotina de

Leia mais

saúde Sedentarismo Os riscos do Saiba as causas e consequências de ficar parado e mexa-se!

saúde Sedentarismo Os riscos do Saiba as causas e consequências de ficar parado e mexa-se! saúde Sinal Canal de Comunicação da Sistel para os Usuários de Saúde Ano I - Nº 4 - Dezembro 2014 Os riscos do Sedentarismo Saiba as causas e consequências de ficar parado e mexa-se! O sedentarismo é resultado

Leia mais

DIABETES MELLITUS. Ricardo Rodrigues Cardoso Educação Física e Ciências do DesportoPUC-RS

DIABETES MELLITUS. Ricardo Rodrigues Cardoso Educação Física e Ciências do DesportoPUC-RS DIABETES MELLITUS Ricardo Rodrigues Cardoso Educação Física e Ciências do DesportoPUC-RS Segundo a Organização Mundial da Saúde, existem atualmente cerca de 171 milhões de indivíduos diabéticos no mundo.

Leia mais

TEMA: Sistema Integrado Inteligente de Infusão Contínua de Insulina ACCU-CHEK COMBO

TEMA: Sistema Integrado Inteligente de Infusão Contínua de Insulina ACCU-CHEK COMBO Nota Técnica Solicitante: Des. Vanessa Verdolim Hudson Andrade 1ª Câmara Cível TJMG Numeração Única: 1.0145.11.015633-1/001 Data: 06/12/2012 Medicamento X Material Procedimento Cobertura TEMA: Sistema

Leia mais

Café da manhã. na medida para você

Café da manhã. na medida para você Café da manhã na medida para você Seja qual for a sua rotina, agitada ou calma, a regra primordial é não fugir da primeira refeição do dia, que lhe trará muitas vitaminas e nutrientes, além de ajudar a

Leia mais

Insulinização. http://www.imepen.com/niepen. Niepen Programa de Educação Continuada Educação Continuada para APS. Dra Carla Lanna Dra Christiane Leite

Insulinização. http://www.imepen.com/niepen. Niepen Programa de Educação Continuada Educação Continuada para APS. Dra Carla Lanna Dra Christiane Leite Insulinização http://www.imepen.com/niepen Niepen Programa de Educação Continuada Educação Continuada para APS Dra Carla Lanna Dra Christiane Leite CONTROLE GLICÊMICO NO BRASIL: Mendes AB, et al. Acta

Leia mais

conhecer e prevenir DIABETES MELLITUS

conhecer e prevenir DIABETES MELLITUS conhecer e prevenir DIABETES MELLITUS 2013 Diretoria Executiva Diretor-Presidente: Cassimiro Pinheiro Borges Diretor Financeiro: Eduardo Inácio da Silva Diretor de Administração: André Luiz de Araújo Crespo

Leia mais

Deposteron cipionato de testosterona

Deposteron cipionato de testosterona Deposteron cipionato de testosterona EMS SIGMA PHARMA LTDA Solução I.M. 100 mg/ ml MODELO DE BULA - PACIENTE Deposteron cipionato de testosterona APRESENTAÇÕES Solução oleosa injetável 100 mg/ml em embalagem

Leia mais

OS 5 PASSOS QUE MELHORAM ATÉ 80% OS RESULTADOS NO CONTROLE DO DIABETES. Mônica Amaral Lenzi Farmacêutica Educadora em Diabetes

OS 5 PASSOS QUE MELHORAM ATÉ 80% OS RESULTADOS NO CONTROLE DO DIABETES. Mônica Amaral Lenzi Farmacêutica Educadora em Diabetes OS 5 PASSOS QUE MELHORAM ATÉ 80% OS RESULTADOS NO CONTROLE DO DIABETES Mônica Amaral Lenzi Farmacêutica Educadora em Diabetes TER DIABETES NÃO É O FIM... É o início de uma vida mais saudável, com alimentação

Leia mais

BULA PARA O PACIENTE

BULA PARA O PACIENTE BULA PARA O PACIENTE I) IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO ACTOS cloridrato de pioglitazona APRESENTAÇÕES: ACTOS (cloridrato de pioglitazona) comprimido de 15 mg: frasco com 15 comprimidos ACTOS (cloridrato

Leia mais

RESPOSTA RÁPIDA 219/2014 Insulina Glargina (Lantus ) e tiras reagentes

RESPOSTA RÁPIDA 219/2014 Insulina Glargina (Lantus ) e tiras reagentes RESPOSTA RÁPIDA 219/2014 Insulina Glargina (Lantus ) e tiras reagentes SOLICITANTE NÚMERO DO PROCESSO DATA SOLICITAÇÃO Dra. Herilene de Oliveira Andrade Juiza de Direito da Comarca de Itapecirica/MG Autos

Leia mais

Que tipos de Diabetes existem?

Que tipos de Diabetes existem? Que tipos de Diabetes existem? -Diabetes Tipo 1 -também conhecida como Diabetes Insulinodependente -Diabetes Tipo 2 - Diabetes Gestacional -Outros tipos de Diabetes Organismo Saudável As células utilizam

Leia mais

POR QUE SER ATIVO ALBERTO OGATA

POR QUE SER ATIVO ALBERTO OGATA POR QUE SER ATIVO ALBERTO OGATA O nosso corpo é uma máquina fantástica, que não foi feita para ficar parada. Se você estiver realmente decidido a ter uma atitude positiva em relação a sua saúde e ao seu

Leia mais

TERAPIA NUTRICIONAL NUTRIÇÃO ENTERAL

TERAPIA NUTRICIONAL NUTRIÇÃO ENTERAL ÍNDICE TERAPIA NUTRICIONAL NUTRIÇÃO ENTERAL 1. INTRODUÇÃO 01 2. ALIMENTANÇÃO ENTERAL: O QUE É? 02 3. TIPOS DE NUTRIÇÃO ENTERAL 03 4. VIAS DE ADMINISTRAÇÃO DA ALIMENTAÇÃO 04 ENTERAL 5. TIPOS DE ADMINISTRAÇÃO

Leia mais

Tudo sobre Detox em apenas 5 minutos mais 3 receitas Bônus

Tudo sobre Detox em apenas 5 minutos mais 3 receitas Bônus 2 Opa, aqui é Augusto Marmo idealizador do #Dietadafibra e neste e-book vou te mostrar um ponto chave para você atingir o seu peso ideal de forma fácil e saborosa. Eu utilizei os sucos detox para a desintoxicação

Leia mais

AS MODERNAS INSULINAS

AS MODERNAS INSULINAS AS MODERNAS INSULINAS II Congresso para Diabéticos promovido pela Aliança de Atenção ao Diabetes do Rio de Janeiro - Foto molecular da insulina humana - Izidoro de Hiroki Flumignan - médico endocrinologista

Leia mais

UMA VIDA MAIS SAUDÁVEL PEDE AUTOCONHECIMENTO. PAINEL GENÔMICO DE NUTRIÇÃO E RESPOSTA AO EXERCÍCIO

UMA VIDA MAIS SAUDÁVEL PEDE AUTOCONHECIMENTO. PAINEL GENÔMICO DE NUTRIÇÃO E RESPOSTA AO EXERCÍCIO UMA VIDA MAIS SAUDÁVEL PEDE AUTOCONHECIMENTO. PAINEL GENÔMICO DE NUTRIÇÃO E RESPOSTA AO EXERCÍCIO A maioria da população quer conquistar uma vida mais saudável, ter mais energia, melhorar o desempenho

Leia mais

cloridrato de pioglitazona EMS S/A comprimido 15 mg/ 30 mg / 45 mg

cloridrato de pioglitazona EMS S/A comprimido 15 mg/ 30 mg / 45 mg cloridrato de pioglitazona EMS S/A comprimido 15 mg/ 30 mg / 45 mg I) IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO cloridrato de pioglitazona medicamento genérico Lei n 9.787, de 1999 APRESENTAÇÕES: cloridrato de pioglitazona

Leia mais

ORIENTAÇÕES PARA MELHORAR SINTOMAS DA TPM

ORIENTAÇÕES PARA MELHORAR SINTOMAS DA TPM ORIENTAÇÕES PARA MELHORAR SINTOMAS DA TPM As mulheres sofrem durante a tensão pré-menstrual, seja por causa de cólicas, dores de cabeça ou compulsão alimentar. Mas, sempre podemos fazer com que tudo seja

Leia mais

O Paciente Difícil de Tratar com Diabetes e Várias Comorbidades, Parte 3: Controle Glicêmico na Doença Renal Crônica Amena a Moderada

O Paciente Difícil de Tratar com Diabetes e Várias Comorbidades, Parte 3: Controle Glicêmico na Doença Renal Crônica Amena a Moderada Apoiado por um subsídio educacional independente de Boehringer Ingelheim e Lilly Dr. PhD André Scheen: Olá e bem-vindos a este programa educativo da Medscape, O Complexo Paciente com Diabetes e Comorbidades,

Leia mais

Sybelle de Araujo Cavalcante Nutricionista

Sybelle de Araujo Cavalcante Nutricionista Secretaria de Estado da Saúde - SESAU Superintendência de Assistência em Saúde SUAS Diretoria de Atenção Básica - DAB Gerência do Núcleo do Programa Saúde e Nutrição Sybelle de Araujo Cavalcante Nutricionista

Leia mais

47 Por que preciso de insulina?

47 Por que preciso de insulina? A U A UL LA Por que preciso de insulina? A Medicina e a Biologia conseguiram decifrar muitos dos processos químicos dos seres vivos. As descobertas que se referem ao corpo humano chamam mais a atenção

Leia mais

25 Dicas Para Viver Com Menos Açúcar

25 Dicas Para Viver Com Menos Açúcar 25 Dicas Para Viver Com Menos Açúcar O açúcar pode ser ótimo para o nosso humor, mas é péssimo para a nossa saúde. O excesso dele conduz à obesidade, diabetes, ao câncer, entre outros. Às vezes, muitos

Leia mais

8 DICAS PARA COMEÇAR A EMAGRECER CORRENDO

8 DICAS PARA COMEÇAR A EMAGRECER CORRENDO 8 DICAS PARA COMEÇAR A EMAGRECER CORRENDO Pâmela Torriani Sou Pâmela Torriani, 27 anos, profissional de Educação Física e corredora de rua. Atuo como Personal Trainer e ajudo diversos alunos a enfrentar

Leia mais

Questionário: Risco de ter diabetes

Questionário: Risco de ter diabetes Questionário: Risco de ter diabetes ATENÇÃO! Este questionário não deve ser aplicado a gestantes e pessoas menores de 18 anos. Preencha o formulário abaixo. Idade: anos Sexo: ( ) Masculino ( ) Feminino

Leia mais

ACESSE O NOSSO SITE: WWW.TOPDIET.COM.BR. VISITE O SITE DA TOPDIET: www.topdiet.com.br

ACESSE O NOSSO SITE: WWW.TOPDIET.COM.BR. VISITE O SITE DA TOPDIET: www.topdiet.com.br ACESSE O NOSSO SITE: WWW.TOPDIET.COM.BR VISITE O SITE DA TOPDIET: www.topdiet.com.br 1 BELEZA CUIDADOS COM O CORPO E A PELE O colágeno é uma importante proteína produzida pelo nosso corpo. Um organismo

Leia mais

SABOR. NUMEROSem. Fonte: Tabela Brasileira de Composição de Alimentos do Ministério da Saúde.

SABOR. NUMEROSem. Fonte: Tabela Brasileira de Composição de Alimentos do Ministério da Saúde. SABOR Fonte: Tabela Brasileira de Composição de Alimentos do Ministério da Saúde. Conteúdo produzido pela equipe de Comunicação e Marketing do Portal Unimed e aprovado pelo coordenador técnico-científico:

Leia mais

Manual de Instrução. Bicicleta Horizontal Residencial Physibike Residencial A MAIOR EMPRESA DE EQUIPAMENTOS ESPORTIVOS DA AMÉRICA LATINA

Manual de Instrução. Bicicleta Horizontal Residencial Physibike Residencial A MAIOR EMPRESA DE EQUIPAMENTOS ESPORTIVOS DA AMÉRICA LATINA Manual de Instrução mais de 20 anos Bicicleta Horizontal Residencial Physibike Residencial www.physicus.com.br/bolas www.physicus.com.br/shop www.physicus.com.br/locacao www.physicus.com.br/turismoecoesportivo

Leia mais

Conheça 30 superalimentos para mulheres Dom, 02 de Dezembro de 2012 11:28 - Última atualização Dom, 02 de Dezembro de 2012 11:35

Conheça 30 superalimentos para mulheres Dom, 02 de Dezembro de 2012 11:28 - Última atualização Dom, 02 de Dezembro de 2012 11:35 Manter a saúde, deixar a barriga sarada e aumentar a energia são benefícios que podem ser conquistados com a escolha correta dos alimentos. Alguns itens colaboram para ter ossos fortes, queimar gordura,

Leia mais

NOSSO ALUNOCOM DIABETES

NOSSO ALUNOCOM DIABETES NOSSO ALUNOCOM DIABETES NOSSO ALUNOCOM DIABETES Estamos fornecendo algumas informações importantes sobre diabetes para auxiliar a equipe da escola na rotina escolar do aluno com Diabetes. Quando houver

Leia mais

Conteúdo: Partes do corpo humano. Atividade física eleva a qualidade de vida. Cuidando das articulações. FORTALECENDO SABERES

Conteúdo: Partes do corpo humano. Atividade física eleva a qualidade de vida. Cuidando das articulações. FORTALECENDO SABERES 2 CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA DINÂMICA LOCAL INTERATIVA I Conteúdo: Partes do corpo humano. Atividade física eleva a qualidade de vida. Cuidando das articulações. 3 CONTEÚDO

Leia mais

HIDRAFIX 90. Takeda Pharma Ltda. Solução oral cloreto de sódio 4,68 mg/ml. citrato de potássio monoidratado 2,16 mg/ml

HIDRAFIX 90. Takeda Pharma Ltda. Solução oral cloreto de sódio 4,68 mg/ml. citrato de potássio monoidratado 2,16 mg/ml HIDRAFIX 90 Takeda Pharma Ltda. Solução oral cloreto de sódio 4,68 mg/ml citrato de potássio monoidratado 2,16 mg/ml citrato de sódio di-hidratado 0,98 mg/ml glicose 20 mg/ml 16 HIDRAFIX 90 cloreto de

Leia mais

Orientação para Pacientes com. Obesidade Mórbida

Orientação para Pacientes com. Obesidade Mórbida ...,,,.,. Orientação para Pacientes com Obesidade Mórbida Obsidade. Um grave problema da atualidade. A obesidade é uma das doenças mais freqüentes, sendo considerada um dos maiores problemas de saúde pública

Leia mais

maleato de timolol Solução oftálmica 0,5% Cristália Prod. Quím. Farm. Ltda. MODELO DE BULA PARA O PACIENTE

maleato de timolol Solução oftálmica 0,5% Cristália Prod. Quím. Farm. Ltda. MODELO DE BULA PARA O PACIENTE maleato de timolol Solução oftálmica 0,5% Cristália Prod. Quím. Farm. Ltda. MODELO DE BULA PARA O PACIENTE 1 IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO maleato de timolol 0,5% Medicamento genérico Lei nº 9.787 de 1999

Leia mais

O que são varizes? IX Semana Estadual de Saúde Vascular

O que são varizes? IX Semana Estadual de Saúde Vascular O que são varizes? Varizes são veias que se tornaram dilatadas e tortuosas ao longo das pernas. Algumas varizes são calibrosas e evidentes na pele. Outras, de menor calibre, chamadas de microvarizes ou

Leia mais

Dra Adriana de O Marinho Reumatologia e Clínica Médica Fone 3223-3830

Dra Adriana de O Marinho Reumatologia e Clínica Médica Fone 3223-3830 Dra Adriana de O Marinho Reumatologia e Clínica Médica Fone 3223-3830 O que é Osteoporose? A osteoporose é uma doença freqüente que é definida como diminuição absoluta da quantidade de osso e desestruturação

Leia mais

DE VOLTA ÀS AULAS... CUIDADOS COM A POSTURA E O PESO DA MOCHILA!

DE VOLTA ÀS AULAS... CUIDADOS COM A POSTURA E O PESO DA MOCHILA! DE VOLTA ÀS AULAS... CUIDADOS COM A POSTURA E O PESO DA MOCHILA! SUA MOCHILA NÃO PODE PESAR MAIS QUE 10% DO SEU PESO CORPORAL. A influência de carregar a mochila com o material escolar nas costas, associado

Leia mais

Algumas medidas podem salvar vidas durante uma onda de calor

Algumas medidas podem salvar vidas durante uma onda de calor MINISTÉRIO DA SAÚDE ADMINISTRAÇÃO REGIONAL DE SAÚDE DO ALGARVE DEPARTAMENTO DE SAÚDE PÚBLICA Algumas medidas podem salvar vidas durante uma onda de calor Durante os meses de Verão as temperaturas podem

Leia mais

Conheça mais sobre. Diabetes

Conheça mais sobre. Diabetes Conheça mais sobre Diabetes O diabetes é caracterizado pelo alto nível de glicose no sangue (açúcar no sangue). A insulina, hormônio produzido pelo pâncreas, é responsável por fazer a glicose entrar para

Leia mais

Dicas Para Emagrecer com Saúde

Dicas Para Emagrecer com Saúde 2011 www.blog.vivaplenamente.com Página 1 DIREITOS DE DISTRIBUIÇÃO Você pode distribuir este e-book livremente, assim como presenteá-lo a través do seu site ou blog aos seus visitantes e clientes. A única

Leia mais

Manual do. Corredor Unimed. Dicas para você ganhar as pistas e mais saúde.

Manual do. Corredor Unimed. Dicas para você ganhar as pistas e mais saúde. Manual do Corredor Unimed Dicas para você ganhar as pistas e mais saúde. Manual do Corredor Unimed Dicas para você ganhar as pistas e mais saúde. Colaboração: Assessoria Gold Runners - Joinville - SC

Leia mais

Cloridrato de metformina

Cloridrato de metformina Cloridrato de metformina Prati-Donaduzzi Comprimido de liberação prolongada 500 mg e 750 mg Cloridrato de metformina_bula_paciente INFORMAÇÕES AO PACIENTE cloridrato de metformina Medicamento genérico

Leia mais

Campanha da Rede Asbran alerta este mês sobre consumo de açúcar

Campanha da Rede Asbran alerta este mês sobre consumo de açúcar Campanha da Rede Asbran alerta este mês sobre consumo de açúcar A Rede Asbran e Filiadas lança nesta sexta-feira, dia 31, mais uma ação da campanha nacional pela redução no consumo do sal e do açúcar,

Leia mais

EMAGREÇA COM CHÁ DE GENGIBRE

EMAGREÇA COM CHÁ DE GENGIBRE 1 EMAGREÇA COM CHÁ DE GENGIBRE O gengibre é um rizoma com caules retorcidos, não sendo uma raiz. Este poderoso alimento é rico em propriedades medicinais, e usado há mais de 3 mil anos como remédio para

Leia mais

Tudo sobre Detox em apenas 5 minutos mais 3 receitas Bônus

Tudo sobre Detox em apenas 5 minutos mais 3 receitas Bônus 2 Opa, aqui é Augusto Marmo idealizador do #Dietadafibra e neste e-book vou te mostrar um ponto chave para você atingir o seu peso ideal de forma fácil e saborosa. Eu utilizei os sucos detox para a desintoxicação

Leia mais

Nutrição. tica (SND) Disciplina:Nutrição para Enfermagem Curso: Enfermagem Semestre: 4º. Profa. Dra. Andréia Madruga de Oliveira Nutricionista

Nutrição. tica (SND) Disciplina:Nutrição para Enfermagem Curso: Enfermagem Semestre: 4º. Profa. Dra. Andréia Madruga de Oliveira Nutricionista A Enfermagem e o Serviço de Nutrição e Dietética tica (SND) Disciplina:Nutrição para Enfermagem Curso: Enfermagem Semestre: 4º Profa. Dra. Andréia Madruga de Oliveira Nutricionista 1 A enfermagem e o Serviço

Leia mais

RECEITAS FUNCIONAIS PARA O VERÃO. Coordenação técnica: Andréa Santa Rosa. Revisão técnica: Luana Vilas Bôas

RECEITAS FUNCIONAIS PARA O VERÃO. Coordenação técnica: Andréa Santa Rosa. Revisão técnica: Luana Vilas Bôas RECEITAS FUNCIONAIS PARA O VERÃO Por Andréa Santa Rosa & Márcio Garcia Coordenação técnica: Andréa Santa Rosa Revisão técnica: Luana Vilas Bôas Revisão editorial: Clara Koziner Laís Barbosa www.vidafuncional.com.br

Leia mais

A Importância do Sono

A Importância do Sono 1 A Importância do Sono Dra. Regeane Trabulsi Cronfli É um total contra-senso o fato de que, num mundo em que cerca de 16 a 40% das pessoas em geral sofrem de insônia, haja aquelas que, iludidas pelos

Leia mais

ORIENTAÇÃO GERAL LOMBALGIA DR.ROBERTO ANTONIO ANICHE CRM 54.132 TEOT 04.626 MÉDICO ORTOPEDISTA NOVEMBRO/2008

ORIENTAÇÃO GERAL LOMBALGIA DR.ROBERTO ANTONIO ANICHE CRM 54.132 TEOT 04.626 MÉDICO ORTOPEDISTA NOVEMBRO/2008 ORIENTAÇÃO GERAL LOMBALGIA DR.ROBERTO ANTONIO ANICHE CRM 54.132 TEOT 04.626 MÉDICO ORTOPEDISTA NOVEMBRO/2008 LOMBALGIA O QUE É? Vulgarmente conhecida como dor nas costas, é a dor que acomete a coluna vertebral

Leia mais

O consumidor deve estar atento às informações do rótulo?

O consumidor deve estar atento às informações do rótulo? Os consumidores têm o direito de conhecer as características e a composição nutricional dos alimentos que adquirem. A legislação nacional estabelece algumas normas para registro dessas informações na rotulagem

Leia mais

CUIDANDO DO SEU CORAÇÃO Controle e Prevenção da Doença Aterosclerótica Coronariana

CUIDANDO DO SEU CORAÇÃO Controle e Prevenção da Doença Aterosclerótica Coronariana HOSPITAL DAS CLÍNICAS - UFMG Programa de Reabilitação Cardiovascular e Metabólica Residência Multiprofissional em Saúde Cardiovascular CUIDANDO DO SEU CORAÇÃO Controle e Prevenção da Doença Aterosclerótica

Leia mais

Tracur besilato de atracúrio. Cristália Prod. Quím. Farm. Ltda. Solução Injetável 10 mg/ml MODELO DE BULA PARA O PACIENTE

Tracur besilato de atracúrio. Cristália Prod. Quím. Farm. Ltda. Solução Injetável 10 mg/ml MODELO DE BULA PARA O PACIENTE Tracur besilato de atracúrio Cristália Prod. Quím. Farm. Ltda. Solução Injetável 10 mg/ml MODELO DE BULA PARA O PACIENTE IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO Tracur besilato de atracúrio APRESENTAÇÃO Solução Injetável

Leia mais

1 Por que tomar café da manhã?

1 Por que tomar café da manhã? A U A UL LA Por que tomar café da manhã? Exercícios Acordar, lavar o rosto, escovar os dentes, trocar de roupa e... tomar o café da manhã. É assim que muitas pessoas começam o dia, antes de ir trabalhar.

Leia mais

Proposta para Implantação do Programa Atividade Física & Mulheres

Proposta para Implantação do Programa Atividade Física & Mulheres 2 Proposta para Implantação do Programa Atividade Física & Mulheres Ana Paula Bueno de Moraes Oliveira Graduada em Serviço Social Pontifícia Universidade Católica de Campinas - PUC Campinas Especialista

Leia mais

Hormônio do Crescimento

Hormônio do Crescimento Texto de apoio ao curso de Especialização Atividade Física Adaptada e Saúde Prof. Dr. Luzimar Teixeira Hormônio do Crescimento O Hormônio do Crescimento Humano é um dos muitos hormônios que tem sua produção

Leia mais

Perder peso Comendo. Pare de comer depressa

Perder peso Comendo. Pare de comer depressa Vou passar a você, algumas receitas que usei para poder emagrecer mais rápido e com saúde. Não direi apenas só sobre como preparar algumas receitas, mas também direi como perder peso sem sofrimento e de

Leia mais