Introdução ao estudo de neurofisiologia

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Introdução ao estudo de neurofisiologia"

Transcrição

1 Introdução ao estudo de neurofisiologia

2 Introdução ao estudo de neurofisiologia Peixe Réptil Ave Boi Humano Por que os cérebros são diferentes entre as espécies?

3 Introdução ao estudo de neurofisiologia Organização do Sistema Nervoso Encéfalo 1. Sistema Nervoso Central 2. Sistema Nervoso Periférico Medula Aferente ou sensitivo Eferente ou Motor Somático Visceral Somático Autônoma

4

5 Introdução ao estudo de neurofisiologia regulação das atividades corporais. Informação - significa uma variedade estímulos, tais como: intensidade de dor, intensidade de luz, temperatura, pressão e vários outros aspectos do corpo ou de suas áreas vizinhas que tenham significado;

6

7 Introdução ao estudo de neurofisiologia Os receptores - Os receptores, localizados na superfície do corpo ou em estruturas profundas, tem como função transformar os estímulos sensoriais em impulsos nervosos. as fibras nervosas cabos transmissores de informação que levam que conduzem o fluxo de informações entre o sistema nervoso e o organismo. fibras aferentes - levam informações dos receptores para o sistema nervoso central fibras eferentes - conduzem informações para os efetores (músculos e glândulas) sinapses Faz a ligação entre neurônios e células efetoras e entre neurônios. impulsos nervosos Informação transformada para ser interpretada pelo sistema nervoso.

8 Introdução ao estudo de neurofisiologia Os receptores - Os receptores, localizados na superfície do corpo ou em estruturas profundas, tem como função transformar os estímulos sensoriais em impulsos nervosos. as fibras nervosas cabos transmissores de informação que levam que conduzem o fluxo de informações entre o sistema nervoso e o organismo. fibras aferentes - levam informações dos receptores para o sistema nervoso central fibras eferentes - conduzem informações para os efetores (músculos e glândulas) sinapses Faz a ligação entre neurônios e células efetoras e entre neurônios. impulsos nervosos Informação transformada para ser interpretada pelo sistema nervoso.

9 NEUROFISIOLOGIA Os receptores podem ser classificados de acordo com a sua origem e/ou função LOCALIZAÇÃO: FUNÇÃO: Exteroreceptores Quimiorreceptores Mecanorreceptores Interorreceptores ou visceroreceptores - Termorreceptores Nociceptores

10 Introdução ao estudo de neurofisiologia Os receptores - Os receptores, localizados na superfície do corpo ou em estruturas profundas, tem como função transformar os estímulos sensoriais em impulsos nervosos. as fibras nervosas cabos transmissores de informação que levam que conduzem o fluxo de informações entre o sistema nervoso e os outros teidos. fibras aferentes - levam informações dos receptores para o sistema nervoso central fibras eferentes - conduzem informações para os efetores (músculos e glândulas) sinapses Faz a ligação entre neurônios e células efetoras e entre neurônios. impulsos nervosos Informação transformada para ser interpretada pelo sistema nervoso.

11 NEUROFISIOLOGIA As duas células do SNC Neuróglia ou glia Neurônio

12 O neurônio: suas partes e funções Dendritos: Receber impulsos neurônio adjacentes Axônio: Transmitir impulsos Corpo Celular: manutenção da célula Terminal présináptico:estimular uma célula adjacente

13 Introdução ao estudo de neurofisiologia Os receptores - Os receptores, localizados na superfície do corpo ou em estruturas profundas, tem como função transformar os estímulos sensoriais em impulsos nervosos. as fibras nervosas cabos transmissores de informação que levam que conduzem o fluxo de informações entre o sistema nervoso e o organismo. fibras aferentes - levam informações dos receptores para o sistema nervoso central fibras eferentes - conduzem informações para os efetores (músculos e glândulas) sinapses Faz a ligação entre neurônios e células efetoras e entre neurônios. impulsos nervosos Informação transformada para ser interpretada pelo sistema nervoso.

14 sinapse

15 Introdução ao estudo de neurofisiologia Os receptores - Os receptores, localizados na superfície do corpo ou em estruturas profundas, tem como função transformar os estímulos sensoriais em impulsos nervosos. as fibras nervosas cabos transmissores de informação que levam que conduzem o fluxo de informações entre o sistema nervoso e o organismo. fibras aferentes - levam informações dos receptores para o sistema nervoso central fibras eferentes - conduzem informações para os efetores (músculos e glândulas) sinapses Faz a ligação entre neurônios e células efetoras e entre neurônios. impulsos nervosos Informação transformada para ser interpretada pelo sistema nervoso.

16 NEUROFISIOLOGIA Potencial de repouso da membrana. No líquido intracelular existe uma concentração relativamente alta de íons potássio, compostos de fosfato e moléculas orgânicas que possuem grupos ionizados, em particular as proteínas. Um excesso de ânions (íons com carga negativa) se acumula no lado interno da membrana, isto torna o interior da célula negativo com relação ao lado externo da célula. No líquido extracelular, com exceção da água, os principais componentes químicos são os íons sódio (Na + ) e cloreto (Cl - ). Um excesso de cátions (íons com carga positiva) se acumula adjacente ao lado externo da membrana celular.

17 NEUROFISIOLOGIA AS BASES DA EXCITAÇÃO A bomba de NA + e K + ; Permeabilidade diferencial da membrana à difusão de íons; Ânions com cargas negativas presos nas células;

18 As células nervosas e musculares utilizam tais alterações de voltagem como sinais na recepção, integração e transmissão de informações.

19 NEUROFISIOLOGIA TRANSMISSÃO SINÁPTICA Sinapses são os pontos de união entre as próprias células nervosas e entre as extremidades livres das fibras nervosas e as células efetoras (fibras musculares lisas, esqueléticas, cardíacas e células glandulares). elétrica ou química excitatórias ou inibitórias, Após a liberação do transmissor na fenda sináptica este deve ser removido; isto é feito de três maneiras: difusão do transmissor para fora de fenda sináptica, destruição enzimática na própria fenda (acetilcolina), transferência ativa para o terminal pré-sináptico (recaptação de transmissores). potencial excitatório pós-sináptico ou PEPS potencial inibitório pós-sináptico ou PIPS

20 NEUROFISIOLOGIA Diversas substâncias químicas foram identificadas como sendo transmissores sinápticos. Há, em geral, quatro classes diferentes de substâncias transmissoras: Classe 1: acetilcolina Classe 2: aminas (norepinefrina, epinefrina, dopamina, serotonina) Classe 3: aminoácidos (γ-aminobutírico-gaba, glicina, glutamato) Classe 4: peptídeos (hormônios liberadores do hipotálamo, peptídeos hipofisários, angiotensina II, bradicinina, colecistocinina)

21 Atenção: Qualquer situação que prive o sistema nervoso de um ou outro substrato (glicose e oxigênio), leva a sérios distúrbios neurológicos. Qualquer alteração nos níveis plasmáticos de sódio e potássio também pode levar a déficit neurológico potencialmente grave. AVC - isquémico

22 Importante!!! PROPAGAÇÃO DO POTENCIAL DE AÇÃO fibras amielínicas. fibras nervosas mielínicas

23 Deficiência de cobre

24 Deficiência de cobre Relações fisiológicas com o Sistema Nervo Ceruloplasmina sistema citocromo oxidase Formação da mielina Síntese da hemoglobina

13/08/2016. Movimento. 1. Receptores sensoriais 2. Engrama motor

13/08/2016. Movimento. 1. Receptores sensoriais 2. Engrama motor Movimento 1. Receptores sensoriais 2. Engrama motor 1 Movimento Componentes Celulares e Funcionamento do Sistema Nervoso 2 O Sistema nervoso desempenha importantes funções, como controlar funções orgânicas

Leia mais

ORGANIZAÇÃO DO SISTEMA NERVOSO FUNÇÕES BÁSICAS DAS SINAPSES E DAS SUBSTÂNCIAS TRANSMISSORAS

ORGANIZAÇÃO DO SISTEMA NERVOSO FUNÇÕES BÁSICAS DAS SINAPSES E DAS SUBSTÂNCIAS TRANSMISSORAS ORGANIZAÇÃO DO SISTEMA NERVOSO FUNÇÕES BÁSICAS DAS SINAPSES E DAS SUBSTÂNCIAS TRANSMISSORAS AULA 4 DISCIPLINA: FISIOLOGIA I PROFESSOR RESPONSÁVEL: FLÁVIA SANTOS Divisão sensorial do sistema nervoso Receptores

Leia mais

FISIOLOGIA HUMANA UNIDADE II: SISTEMA NERVOSO

FISIOLOGIA HUMANA UNIDADE II: SISTEMA NERVOSO FISIOLOGIA HUMANA UNIDADE II: SISTEMA NERVOSO ORGANIZAÇÃO MORFOFUNCIONAL DO SISTEMA NERVOSO CANAIS IÔNICOS E BOMBAS CONDUÇÃO DE IMPULSOS NERVOSOS (SINÁPSES QUÍMICAS E ELÉTRICAS) SISTEMA NERVOSO SIMPÁTICO

Leia mais

TECIDO NERVOSO (parte 2)

TECIDO NERVOSO (parte 2) TECIDO NERVOSO (parte 2) Profª Patrícia Mendes Disciplina: Histologia Geral e Embriologia Curso: Medicina Veterinária www.faculdadevertice.com.br Propagação do impulso nervoso A membrana do axônio permite

Leia mais

21/03/2016. NEURÓGLIA (Células da Glia) arredondadas, possuem mitose e fazem suporte nutricional aos neurônios.

21/03/2016. NEURÓGLIA (Células da Glia) arredondadas, possuem mitose e fazem suporte nutricional aos neurônios. NEURÓGLIA (Células da Glia) arredondadas, possuem mitose e fazem suporte nutricional aos neurônios. 1 NEURÔNIO responsável pela condução impulso nervoso, possibilitando a execução de ações e promoção da

Leia mais

FISIOLOGIA DO SISTEMA NERVOSO HUMANO

FISIOLOGIA DO SISTEMA NERVOSO HUMANO FISIOLOGIA DO SISTEMA NERVOSO HUMANO Controle do funcionamento do ser humano através de impulsos elétricos Prof. César Lima 1 Sistema Nervoso Função: ajustar o organismo animal ao ambiente. Perceber e

Leia mais

O surgimento do sistema nervoso está associado ao aumento da complexidade e do tamanho dos animais.

O surgimento do sistema nervoso está associado ao aumento da complexidade e do tamanho dos animais. INTRODUÇÃO O surgimento do sistema nervoso está associado ao aumento da complexidade e do tamanho dos animais. Atua na coordenação das múltiplas atividades do organismo, na integração das diversas partes

Leia mais

POTENCIAL DE MEMBRANA E POTENCIAL DE AÇÃO

POTENCIAL DE MEMBRANA E POTENCIAL DE AÇÃO POTENCIAL DE MEMBRANA E POTENCIAL DE AÇÃO AULA 3 DISCIPLINA: FISIOLOGIA I PROFESSOR RESPONSÁVEL: FLÁVIA SANTOS Potencial de membrana Separação de cargas opostas ao longo da membrana plasmática celular

Leia mais

Neurônio. Neurônio 15/08/2017 TECIDO NERVOSO. corpo celular, dendrito e axônio

Neurônio. Neurônio 15/08/2017 TECIDO NERVOSO. corpo celular, dendrito e axônio TECIDO NERVOSO Neurônio corpo celular, dendrito e axônio Neurônio Corpos celulares (pericário) se concentram no Sistema Nervoso Central (encéfalo e medula) e em pequenas concentrações ao longo do corpo

Leia mais

Prof. João Ronaldo Tavares de Vasconcellos Neto

Prof. João Ronaldo Tavares de Vasconcellos Neto Prof. João Ronaldo Tavares de Vasconcellos Neto A habilidade mais marcante do sistema nervoso baseiam-se nas interações entre os neurônios conectados. O grande número de neurônios e interações entre estas

Leia mais

Anatomia e Fisiologia Animal Sistema Nervoso

Anatomia e Fisiologia Animal Sistema Nervoso O que é o sistema nervoso? Como é constituído? Quais são suas funções? Qual é a sua importância para o organismo? : Anatomia e Fisiologia Animal É uma rede de comunicações Capacitam animal a se ajustar

Leia mais

TECIDO NERVOSO - Neurônios

TECIDO NERVOSO - Neurônios TECIDO NERVOSO - Neurônios São células que se comunicam entre si ou com células musculares e secretoras através de linguagem elétrica (impulsos nervosos). A maioria dos neurônios possui três regiões: corpo

Leia mais

HISTOLOGIA TECIDO NERVOSO

HISTOLOGIA TECIDO NERVOSO HISTOLOGIA TECIDO NERVOSO https://www.youtube.com/watch?v=nvd1xbnamou Classificação SNC corpos celulares dos neurônios (substância cinzenta) prolongamentos (substância branca) SNP Nervos sensitivos (aferentes)

Leia mais

Tecido Nervoso. 1) Introdução

Tecido Nervoso. 1) Introdução 1) Introdução O sistema nervoso é responsável pelo ajustamento do organismo ao ambiente. Sua função é perceber e identificar as condições ambientais externas, bem como as condições reinantes dentro do

Leia mais

HISTOLOGIA TECIDO NERVOSO

HISTOLOGIA TECIDO NERVOSO HISTOLOGIA TECIDO NERVOSO Classificação SNC corpos celulares dos neurônios (substância cinzenta) prolongamentos (substância branca) SNP Nervos sensitivos (aferentes) Entrada Saída Nervos cranianos e nervos

Leia mais

Neurofisiologia. Profª Grace Schenatto Pereira Núcleo de Neurociências NNc Bloco A4, sala 168 Departamento de Fisiologia e Biofísica ICB-UFMG

Neurofisiologia. Profª Grace Schenatto Pereira Núcleo de Neurociências NNc Bloco A4, sala 168 Departamento de Fisiologia e Biofísica ICB-UFMG Neurofisiologia Profª Grace Schenatto Pereira Núcleo de Neurociências NNc Bloco A4, sala 168 Departamento de Fisiologia e Biofísica ICB-UFMG www.nnc.icb.ufmg.br link: apoio à graduação ciências biológicas

Leia mais

Células da Glia Funções das células da Glia

Células da Glia Funções das células da Glia Estrutura e Função do Sistema Nervoso Controle Nervoso do Movimento Células do Sistema Nervoso Células da glia (gliais ou neuróglias) Células neurais (neurônios) 2 Células da Glia Funções das células da

Leia mais

Regulação nervosa e hormonal nos animais

Regulação nervosa e hormonal nos animais HOMEOSTASIA Todos os seres vivos são sistemas abertos As trocas que os organismos estabelecem com o meio conduzem a mudanças constantes nos deus componentes No entanto, os seres vivos possuem mecanismos

Leia mais

SISTEMA NERVOSO MARCOS WESLEY. Função Integradora Coordenação das funções do vários órgãos / PA / TFG / FR

SISTEMA NERVOSO MARCOS WESLEY. Função Integradora Coordenação das funções do vários órgãos / PA / TFG / FR SISTEMA NERVOSO MARCOS WESLEY FUNÇÕES BÁSICAS Função Integradora Coordenação das funções do vários órgãos / PA / TFG / FR Função Sensorial Sensações gerais e especiais. Função Motora Contrações musculares

Leia mais

Organização do Sistema Nervoso e Sinapses. Fonte:

Organização do Sistema Nervoso e Sinapses. Fonte: Organização do Sistema Nervoso e Sinapses Fonte: http://supercerebro.com.br/blog/wp-content/uploads/2012/08/shutterstock_3478497.jpg Introdução O sistema nervoso (SN) e o sistema endócrino são responsáveis

Leia mais

SISTEMA NERVOSO TECIDO NERVOSO IMPULSO NERVOSO SINAPSE

SISTEMA NERVOSO TECIDO NERVOSO IMPULSO NERVOSO SINAPSE SISTEMA NERVOSO TECIDO NERVOSO IMPULSO NERVOSO SINAPSE DIVISÕES DO SISTEMA NERVOSO: Processamento e integração de informações O ENCEFALO ESTÁ LIGADO À MEDULA ESPINAL. Condução de informações entre órgãos

Leia mais

Bioeletricidade. Bioeletrogênese. Atividade elétrica na célula animal

Bioeletricidade. Bioeletrogênese. Atividade elétrica na célula animal Bioeletricidade Bioeletrogênese Atividade elétrica na célula animal Existência da eletricidade em tecido animal histórico 2600 anos a.c. Século XVIII Luigi Galvani (rã/eletricidade animal) Século XIX Koelliker

Leia mais

ORGANIZAÇÃO FUNCIONAL DO SISTEMA NERVOSO

ORGANIZAÇÃO FUNCIONAL DO SISTEMA NERVOSO Ciências Morfofuncionais II ORGANIZAÇÃO FUNCIONAL DO SISTEMA NERVOSO Professora: Ms. Grazielle V. P. Coutinho Qual a importância de tantos estudos sobre o Sistema Nervoso? DIVISÕES PARA O ESTUDO DO SN

Leia mais

Coordenação nervosa e hormonal COORDENAÇÃO NERVOSA. Prof. Ana Rita Rainho. Interação entre sistemas. 1

Coordenação nervosa e hormonal COORDENAÇÃO NERVOSA. Prof. Ana Rita Rainho. Interação entre sistemas.  1 COORDENAÇÃO NERVOSA Prof. Ana Rita Rainho Interação entre sistemas www.biogeolearning.com 1 Sistema Nervoso Estímulo (sensorial) Receptor sensorial Integração da informação Resposta (motora) Efector Sistema

Leia mais

TECIDO NERVOSO. Detectar, transmitir e processar as informações geradas por estímulos sensoriais do ambiente interno e externo

TECIDO NERVOSO. Detectar, transmitir e processar as informações geradas por estímulos sensoriais do ambiente interno e externo TECIDO NERVOSO TECIDO NERVOSO Detectar, transmitir e processar as informações geradas por estímulos sensoriais do ambiente interno e externo Coordenação das funções dos órgãos especializados SN somático

Leia mais

Sistema Nervoso Somático ou voluntário

Sistema Nervoso Somático ou voluntário Sistema Nervoso periférico Divisão e organização Constituintes Função Prof. A.Carlos Centro de Imagens e Física Médica - FMRP Aferente Nervos, raízes e gânglios da raiz dorsal SNP Somático Sistema nervoso

Leia mais

TECIDO NERVOSO HISTOLOGIA NUTRIÇÃO UNIPAMPA

TECIDO NERVOSO HISTOLOGIA NUTRIÇÃO UNIPAMPA TECIDO NERVOSO HISTOLOGIA NUTRIÇÃO UNIPAMPA TECIDO NERVOSO: DISTRIBUIÇÃO SNP Gânglios e Nervos SNC SNP Gânglios e Nervos DIVISÕES ESQUEMÁTICAS DO SISTEMA NERVOSO TECIDO NERVOSO Nervos: constituídos por

Leia mais

Neurofisiologia. Prof a Deise Maria F. de Mendonça

Neurofisiologia. Prof a Deise Maria F. de Mendonça Neurofisiologia Prof a Deise Maria F. de Mendonça Organização Geral do Sistema Nervoso Organização Geral do Sistema Nervoso Anatomia: Sistema Nervoso Central ou Neuroeixo - Encéfalo Telencéfalo (Córtex

Leia mais

Sistema Nervoso Cap. 13. Prof. Tatiana Setembro / 2016

Sistema Nervoso Cap. 13. Prof. Tatiana Setembro / 2016 Sistema Nervoso Cap. 13 Prof. Tatiana Setembro / 2016 Função Responsável pela comunicação entre diferentes partes do corpo e pela coordenação de atividades voluntárias ou involuntárias. Neurônios A célula

Leia mais

CURSO DE EXTENSÃO. Neurofisiologia. Profa. Ana Lucia Cecconello

CURSO DE EXTENSÃO. Neurofisiologia. Profa. Ana Lucia Cecconello CURSO DE EXTENSÃO Neurofisiologia Profa. Ana Lucia Cecconello Transmissão Sináptica Informação sensorial (dor) é codificada Comportamento: erguer o pé Neurônio pré-sináptico Neurônio pós-sináptico sinapse

Leia mais

HISTOLOGIA DO TECIDO E SISTEMA NERVOSO

HISTOLOGIA DO TECIDO E SISTEMA NERVOSO HISTOLOGIA DO TECIDO E SISTEMA NERVOSO CARACTERÍSTICAS GERAIS Transmissão de impulsos nervosos Relação direta com o sistema endócrino Organização do Sistema Nervoso Humano Divisão Partes Funções Gerais

Leia mais

SISTEMA NERVOSO. Prof. Fernando Belan - BIOLOGIA MAIS

SISTEMA NERVOSO. Prof. Fernando Belan - BIOLOGIA MAIS SISTEMA NERVOSO Prof. Fernando Belan - BIOLOGIA MAIS SISTEMA NERVOSO encéfalo Sistema nervoso central (SNC) medula espinal nervos Sistema nervoso periférico (SNP) gânglios SISTEMA NERVOSO TECIDO NERVOSO

Leia mais

SISTEMA NERVOSO MORFOLOGIA DO NEURÓNIO IMPULSO NERVOSO SINAPSE NERVOSA NATUREZA ELECTROQUÍMICA DA TRANSMISSÃO NERVOSA INTERFERÊNCIA DE SUBSTÂNCIAS

SISTEMA NERVOSO MORFOLOGIA DO NEURÓNIO IMPULSO NERVOSO SINAPSE NERVOSA NATUREZA ELECTROQUÍMICA DA TRANSMISSÃO NERVOSA INTERFERÊNCIA DE SUBSTÂNCIAS SISTEMA NERVOSO MORFOLOGIA DO NEURÓNIO IMPULSO NERVOSO SINAPSE NERVOSA NATUREZA ELECTROQUÍMICA DA TRANSMISSÃO NERVOSA INTERFERÊNCIA DE SUBSTÂNCIAS NA TRANSMISSÃO NERVOSA LOBOS CEREBRAIS LOBO FRONTAL: Pensamento

Leia mais

Papel das Sinapses no processamento de informações

Papel das Sinapses no processamento de informações Papel das Sinapses no processamento de informações Impulsos Nervosos Pequenas correntes elétricas passando ao longo dos neurônios Resultam do movimento de íons (partículas carregadas eletricamente) para

Leia mais

Qual é o objeto de estudo da Fisiologia Humana? Por que a Fisiologia Humana é ensinada em um curso de licenciatura em Educação Física?

Qual é o objeto de estudo da Fisiologia Humana? Por que a Fisiologia Humana é ensinada em um curso de licenciatura em Educação Física? Fisiologia Humana QUESTÕES INICIAIS 1 2 3 Qual é o objeto de estudo da Fisiologia Humana? Por que a Fisiologia Humana é ensinada em um curso de licenciatura em Educação Física? Qual a importância dos conhecimentos

Leia mais

1) Introdução. 2) Organização do sistema nervoso humano. Sistema Nervoso Central (SNC) Sistema Nervoso Periférico (SNP) Cérebro Cerebelo.

1) Introdução. 2) Organização do sistema nervoso humano. Sistema Nervoso Central (SNC) Sistema Nervoso Periférico (SNP) Cérebro Cerebelo. 1) Introdução O sistema nervoso é responsável pelo ajustamento do organismo ao ambiente. Sua função é perceber e identificar as condições ambientais externas, bem como as condições reinantes dentro do

Leia mais

Sistema Nervoso. Aula Programada Biologia. Tema: Sistema Nervoso

Sistema Nervoso. Aula Programada Biologia. Tema: Sistema Nervoso Aula Programada Biologia Tema: Sistema Nervoso 1) Introdução O sistema nervoso é responsável pelo ajustamento do organismo ao ambiente. Sua função é perceber e identificar as condições ambientais externas,

Leia mais

Farmacologia Autonômica colinérgica

Farmacologia Autonômica colinérgica Projeto: Atualização em Farmacologia Básica e Clínica Curso: Farmacologia Clínica do Sistema Nervoso Autônomo Farmacologia Autonômica colinérgica Prof. Dr. Gildomar Lima Valasques Junior Doutor em Biotecnologia

Leia mais

O POTENCIAL DE AÇÃO 21/03/2017. Por serem muito evidentes nos neurônios, os potenciais de ação são também denominados IMPULSOS NERVOSOS.

O POTENCIAL DE AÇÃO 21/03/2017. Por serem muito evidentes nos neurônios, os potenciais de ação são também denominados IMPULSOS NERVOSOS. O POTENCIAL DE AÇÃO 1 2 0 amplitude duração tempo 0 repouso 1 2 Por serem muito evidentes nos neurônios, os potenciais de ação são também denominados IMPULSOS NERVOSOS. O potencial de ação é causado pela

Leia mais

Fisiologia do Sistema Nervoso 1B

Fisiologia do Sistema Nervoso 1B Fisiologia do Sistema Nervoso 1B Células da Glia Neuroglia Células da Glia / Neuroglia Diversos tipos celulares: 1. Oligodendrócitos 2. Células de Schwann 3. Astrócitos 4. Células ependimárias 5. Microglia

Leia mais

Fisiologia do sistema nervoso

Fisiologia do sistema nervoso Fisiologia do sistema nervoso Curso de Nutrição CC: Fisiologia Humana I Prof. Leandro Cattelan leandrocattelan@hotmail.com Novembro de 2017 Tópicos a serem abordados Parte I (Aula 1) I. Divisão do sistema

Leia mais

Sistema Nervoso. Biologia. Tema: Sistema Nervoso

Sistema Nervoso. Biologia. Tema: Sistema Nervoso Biologia Tema: Sistema Nervoso Estrutura de um neurônio Células de Schawann 1) Introdução O sistema nervoso é responsável pelo ajustamento do organismo ao ambiente. Sua função é perceber e identificar

Leia mais

BIOLOGIA - 2 o ANO MÓDULO 14 SISTEMA NERVOSO

BIOLOGIA - 2 o ANO MÓDULO 14 SISTEMA NERVOSO BIOLOGIA - 2 o ANO MÓDULO 14 SISTEMA NERVOSO Como pode cair no enem (UFRR) O ecstasy é uma das drogas ilegais mais utilizadas atualmente, conhecida como a píula-do-amor, possui uma substância chamada

Leia mais

GÊNESE E PROPAGAÇÃO DO POTENCIAL DE AÇÃO

GÊNESE E PROPAGAÇÃO DO POTENCIAL DE AÇÃO GÊNESE E PROPAGAÇÃO DO POTENCIAL DE AÇÃO Comunicação entre os neurônios no sistema nervoso Introdução Mesmo para um simples reflexo é necessário que o SN, colete, distribua e integre a informação que

Leia mais

Sistema Nervoso. Prof. TOSCANO. Biologia. Tema: SISTEMA NERVOSO

Sistema Nervoso. Prof. TOSCANO. Biologia. Tema: SISTEMA NERVOSO Prof. TOSCANO Biologia Tema: SISTEMA NERVOSO TECIDO NERVOSO PRINCIPAL TECIDO do sistema nervoso Tipos celulares: - NEURÔNIOS condução de impulsos nervosos - CÉLULAS DA GLIA manutenção dos neurônios NEURÔNIOS

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO DINÂMICA DAS CATARATAS

CENTRO UNIVERSITÁRIO DINÂMICA DAS CATARATAS CENTRO UNIVERSITÁRIO DINÂMICA DAS CATARATAS Psicologia SISTEMA NERVOSO Profa. Dra. Ana Lúcia Billig Foz do Iguaçu, setembro de 2017 O SNP, junto com SNC, são responsáveis por comandar nosso corpo. O que

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS DEPARTAMENTO DE BIOQUÍMICA. Hormônios. Disciplina: Bioquímica 7 Turma: Medicina

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS DEPARTAMENTO DE BIOQUÍMICA. Hormônios. Disciplina: Bioquímica 7 Turma: Medicina UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS DEPARTAMENTO DE BIOQUÍMICA Hormônios Disciplina: Bioquímica 7 Turma: Medicina Profa. Dra. Nereide Magalhães Recife, 2004 Interação

Leia mais

Tese: São os neurónios que nos permitem responder aos estímulos que provêm do meio ambiente, processar informações e agir.

Tese: São os neurónios que nos permitem responder aos estímulos que provêm do meio ambiente, processar informações e agir. Tese: São os neurónios que nos permitem responder aos estímulos que provêm do meio ambiente, processar informações e agir. Sistema nervoso O sistema nervoso é um amplo mecanismo de conexão; tem como função

Leia mais

Prof. João Ronaldo Tavares de Vasconcellos Neto

Prof. João Ronaldo Tavares de Vasconcellos Neto Prof. João Ronaldo Tavares de Vasconcellos Neto A habilidade mais marcante do sistema nervoso baseiam-se nas interações entre os neurônios conectados. O grande número de neurônios e interações entre estas

Leia mais

Anatomia e Fisiologia Humana NEURÔNIOS E SINAPSES. DEMONSTRAÇÃO (páginas iniciais)

Anatomia e Fisiologia Humana NEURÔNIOS E SINAPSES. DEMONSTRAÇÃO (páginas iniciais) Anatomia e Fisiologia Humana NEURÔNIOS E SINAPSES DEMONSTRAÇÃO (páginas iniciais) 1ª edição novembro/2006 NEURÔNIOS E SINAPSES SUMÁRIO Neurônios... 04 O neurônio conduzindo informação... 05 Impulso nervoso:

Leia mais

TECIDO NERVOSO. Prof a Cristiane Oliveira

TECIDO NERVOSO. Prof a Cristiane Oliveira TECIDO NERVOSO Prof a Cristiane Oliveira TECIDO NERVOSO QUAIS SUAS PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS? Alto grau de comunicação: células nervosas são capazes de transmitir informações entre células distantes no

Leia mais

Organização geral. Organização geral SISTEMA NERVOSO. Organização anatómica. Função Neuromuscular. Noções Fundamentais ENDÓCRINO ENDÓCRINO

Organização geral. Organização geral SISTEMA NERVOSO. Organização anatómica. Função Neuromuscular. Noções Fundamentais ENDÓCRINO ENDÓCRINO TP0 Função Neuromuscular TP1 Apresentação T1 (29/IX) Aspectos fundamentais da estrutura e funcionamento do sistema nervoso TP2 Aspectos fundamentais da estrutura e funcionamento do sistema nervoso (cont.)

Leia mais

Fisiologia Humana Sistema Nervoso. 3 ano - Biologia I 1 período / 2016 Equipe Biologia

Fisiologia Humana Sistema Nervoso. 3 ano - Biologia I 1 período / 2016 Equipe Biologia Fisiologia Humana Sistema Nervoso 3 ano - Biologia I 1 período / 2016 Equipe Biologia ! Função: processamento e integração das informações.! Faz a integração do animal ao meio ambiente! Juntamente com

Leia mais

Encéfalo. Aula 3-Fisiologia Fisiologia do Sistema Nervoso Central. Recebe informações da periferia e gera respostas motoras e comportamentais.

Encéfalo. Aula 3-Fisiologia Fisiologia do Sistema Nervoso Central. Recebe informações da periferia e gera respostas motoras e comportamentais. Aula 3-Fisiologia Fisiologia do Sistema Nervoso Central Sidney Sato, MSC Encéfalo Recebe informações da periferia e gera respostas motoras e comportamentais. 1 Áreas de Brodmann Obs: Áreas 1,2,3 : área

Leia mais

Sinapse. Permitem a comunicação e funcionamento do sistema nervoso. Neurónio pré-sináptico (envia a informação)

Sinapse. Permitem a comunicação e funcionamento do sistema nervoso. Neurónio pré-sináptico (envia a informação) Sinapse Medeia a transferência de informação de um neurónio para o seguinte, ou de um neurónio para uma célula efectora (ex.: célula muscular ou glandular); Permitem a comunicação e funcionamento do sistema

Leia mais

Tema 07: Propriedades Elétricas das Membranas

Tema 07: Propriedades Elétricas das Membranas Universidade Federal do Amazonas ICB Dep. Morfologia Disciplina: Biologia Celular Aulas Teóricas Tema 07: Propriedades Elétricas das Membranas Prof: Dr. Cleverson Agner Ramos Permeabilidade da Membrana

Leia mais

Biologia. (5168) Tecido Muscular / (5169) Tecido Nervoso. Professor Enrico Blota.

Biologia. (5168) Tecido Muscular / (5169) Tecido Nervoso. Professor Enrico Blota. Biologia (5168) Tecido Muscular / (5169) Tecido Nervoso Professor Enrico Blota www.acasadoconcurseiro.com.br Biologia TECIDO MUSCULAR / TECIDO NERVOSO TECIDO MUSCULAR O tecido muscular é composto pelas

Leia mais

TECIDO NERVOSO QUAIS SUAS PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS?

TECIDO NERVOSO QUAIS SUAS PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS? TECIDO NERVOSO TECIDO NERVOSO QUAIS SUAS PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS? Alto grau de comunicação: células nervosas são capazes de transmitir informações entre células distantes no corpo; Forma o sistema nervoso,

Leia mais

Fisiologia do Sistema Nervoso. Cláudia Minazaki

Fisiologia do Sistema Nervoso. Cláudia Minazaki Fisiologia do Sistema Nervoso Cláudia Minazaki Conteúdo para estudar: 1. SNC e SNP 2. Classificação fisiológica: sistema nervoso somático e visceral (órgãos e estruturas de constituição e funções) 3. Organização

Leia mais

Sistema Nervoso. BIOLOGIA YES, WE CAN! Prof. Thiago Moraes Lima

Sistema Nervoso. BIOLOGIA YES, WE CAN! Prof. Thiago Moraes Lima BIOLOGIA YES, WE CAN! Prof. Thiago Moraes Lima 1) Introdução O sistema nervoso é responsável pelo ajustamento do organismo ao ambiente. Sua função é perceber e identificar as condições ambientais externas,

Leia mais

ANTI - INFLAMATÓRIOS Farmacologia Prof. Dr. José Edilson Gomes Júnior Enfermagem Parnamirim-RN Outubro/2016

ANTI - INFLAMATÓRIOS Farmacologia Prof. Dr. José Edilson Gomes Júnior Enfermagem Parnamirim-RN Outubro/2016 ANTI - INFLAMATÓRIOS 1 Farmacologia Prof. Dr. José Edilson Gomes Júnior Enfermagem Parnamirim-RN Outubro/2016 2 FARMACOLOGIA DO SISTEMA NERVOSO CENTRAL 3 INTRODUÇÃO Fármacos que atual no sistema nervoso

Leia mais

Fisiologia do Sistema Nervoso. Dra Luci Mara França Correia Disfunção Temporomandibular e Dor Orofacial

Fisiologia do Sistema Nervoso. Dra Luci Mara França Correia Disfunção Temporomandibular e Dor Orofacial Fisiologia do Sistema Nervoso Dra Luci Mara França Correia Draluci.dor@gmail.com Disfunção Temporomandibular e Dor Orofacial O que é Fisiologia? A fisiologia (do grego physis = natureza, função ou funcionamento;

Leia mais

SISTEMA NERVOSO NOS INVERTEBRADOS

SISTEMA NERVOSO NOS INVERTEBRADOS COORDENAÇÃO NERVOSA GARANTE A CORRESPONDÊNCIA E HARMONIA ENTRE OS DIVERSOS ELEMENTOS QUE CONSTITUEM AS ATIVIDADES ORGÂNICAS E ESTABELECE UM ADEQUADO RELACIONAMENTO DO ORGANISMO E O MEIO AMBIENTE. SISTEMA

Leia mais

TECIDO NERVOSO NEURÔNIOS. Prof. João M. Bernardes. O tecido nervoso é composto basicamente por dois tipos de células:

TECIDO NERVOSO NEURÔNIOS. Prof. João M. Bernardes. O tecido nervoso é composto basicamente por dois tipos de células: TECIDO NERVOSO Prof. João M. Bernardes O tecido nervoso é composto basicamente por dois tipos de células: Neurônios: recebe, processa e envia informações; Neuróglia: sustentação, revestimento ou isolamento,

Leia mais

Condução nervosa e Sinapses do SNC

Condução nervosa e Sinapses do SNC Condução nervosa e Sinapses do SNC Unidade básica - SNC 100 bilhões - Rede sináptica extensa Células Gliais Prof Lucindo (DFS/UFS) 1 Divisão Sensorial - Órgãos e sentidos (Tato, visão, etc...) - MEMÓRIA

Leia mais

Neurônio. corpo celular. dendritos (espinhos) axônio

Neurônio. corpo celular. dendritos (espinhos) axônio Neurônio corpo celular dendritos (espinhos) axônio Corpo Celular do Neurônio Corpúsculo de Nills (acúmulo de reticulo endoplasmático rugoso) núcleo nucléolo corpo celular do neurônio Principais Tipos de

Leia mais

NEUROMORFOLOGIA. Neurônio célula esquisita com estranhos poderes

NEUROMORFOLOGIA. Neurônio célula esquisita com estranhos poderes NEUROMORFOLOGIA 8 Neurônio célula esquisita com estranhos poderes O Sistema Nervoso (SN) apresenta duas principais divisões: o Sistema Nervoso Central (SNC) e o Sistema Nervoso Periférico (SNP). O SNC

Leia mais

SISTEMA NERVOSO FUNÇÕES

SISTEMA NERVOSO FUNÇÕES SISTEMA NERVOSO SISTEMA NERVOSO Sempre vivo com eletricidade, o SN é a principal rede de comunicação e coordenação do corpo. É tão vasta e complexa que numa estimativa reservada, todos os nervos de um

Leia mais

Generalidades e Classificação do Sistema Nervoso

Generalidades e Classificação do Sistema Nervoso FACULDADE DE MEDICINA/UFC-SOBRAL MÓDULO SISTEMA NERVOSO NEUROANATOMIA FUNCIONAL Generalidades e Classificação do Sistema Nervoso Prof. Gerardo Cristino Aula disponível em: www.gerardocristino.com.br Sistema

Leia mais

BLOCO SISTEMA NERVOSO (SN)

BLOCO SISTEMA NERVOSO (SN) FACULDADE de MOTRICIDADE HUMANA ANATOMOFISIOLOGIA I 2008-2009 Prof. SISTEMA NERVOSO Noções Fundamentais BLOCO SISTEMA NERVOSO (SN) TEMAS 1. Organização funcional do SN 2. Noções Fundamentais: unidade básica

Leia mais

REGULAÇÃO E COORDENAÇÃO

REGULAÇÃO E COORDENAÇÃO SISTEMA NERVOSO REGULAÇÃO E COORDENAÇÃO Sistema nervoso x Sistema hormonal Interpretar estímulos e gerar respostas Percepção das variações do meio (interno e externo) Homeostase = equilíbrio Tecido nervoso

Leia mais

Drogas que atuam no Sistema Nervoso Autônomo. Astria Dias Ferrão Gonzales 2017

Drogas que atuam no Sistema Nervoso Autônomo. Astria Dias Ferrão Gonzales 2017 Drogas que atuam no Sistema Nervoso Autônomo Astria Dias Ferrão Gonzales 2017 SNC Todos os estímulos do nosso ambiente causam, nos seres humanos, sensações como dor e calor. Todos os sentimentos, pensamentos,

Leia mais

Prof. João Ronaldo Tavares de Vasconcellos Neto

Prof. João Ronaldo Tavares de Vasconcellos Neto Prof. João Ronaldo Tavares de Vasconcellos Neto Origem de alguns reflexos Os seres vivos devem se ajustar ao meio; Existem três propriedades fundamentais para esta adaptação: Irritabilidade Condutibilidade

Leia mais

Sistema nervoso: visão geral e SNC

Sistema nervoso: visão geral e SNC ACH 4106 - Biologia do Corpo Humano Sistema nervoso: visão geral e SNC Profa Dra Patricia Targon Campana 2016 1. Membranas e passagem de sinal 1.1. membrana celular: noções básicas 1.2. transporte através

Leia mais

Neurociência e Saúde Mental

Neurociência e Saúde Mental 1 COMUNICAÇÃO ENTRE AS CÉLULAS NERVOSAS Silvia Helena Cardoso, PhD. Psicobióloga, mestre e doutora em Ciências. Fundadorae editora-chefe da revista Cérebro & Mente. Universidade Estadual de Campinas. http://www.cerebromente.org.br/n12/fundamentos/neurotransmissores

Leia mais

Subdivide-se em: Sistema Nervoso Central (SNC) Encéfalo e medula espinal. Sistema Nervoso Periférico (SNP) Nervos e gânglios

Subdivide-se em: Sistema Nervoso Central (SNC) Encéfalo e medula espinal. Sistema Nervoso Periférico (SNP) Nervos e gânglios O sistema nervoso é responsável pelo ajustamento do organismo ao ambiente. Sua função é perceber e identificar as condições ambientais externas, bem como as condições reinantes dentro do próprio corpo

Leia mais

Sistema Nervoso. Profª Talita Silva Pereira

Sistema Nervoso. Profª Talita Silva Pereira Sistema Nervoso Profª Talita Silva Pereira O sistema nervoso humano pode ser classificado de acordo com suas divisões embriológica, anatômica, e funcional O sistema nervoso origina-se da ectoderme embrionária

Leia mais

Colégio FAAT Ensino Fundamental e Médio

Colégio FAAT Ensino Fundamental e Médio Colégio FAAT Ensino Fundamental e Médio RECUPERAÇÃO DO 3º BIMESTRE BIOLOGIA Professora : Paula ANO: 2ºEM CONTEÚDOS Tecidos conjuntivos - conectando o organismo: características, classificação, funções

Leia mais

SISTEMA NERVOSO A FUNÇÃO GERAL

SISTEMA NERVOSO A FUNÇÃO GERAL SISTEMA NERVOSO O Sistema Nervoso se divide em a) Sistema Nervoso Central e b) Sistema Nervoso Periférico. No sistema nervoso central existem dois tipos de células: a) os neurônios e b) as células da glia

Leia mais

SISTEMA NERVOSO MÓDULO 7 FISIOLOGIA

SISTEMA NERVOSO MÓDULO 7 FISIOLOGIA SISTEMA NERVOSO MÓDULO 7 FISIOLOGIA SISTEMA NERVOSO O tecido nervoso é composto por neurônios e células da glia. Os neurônios possuem um corpo, de onde saem os dendritos (porta de entrada dos impulsos)

Leia mais

Apostila de Biologia 10 Sistema Nervoso

Apostila de Biologia 10 Sistema Nervoso Apostila de Biologia 10 Sistema Nervoso Matheus Borges 1.0 Tecido Nervoso Principal tecido do sistema nervoso. Tipos celulares: Neurônios condução de impulsos nervosos. Células da Glia ou neuróglia manutenção

Leia mais

Sistema Nervoso. Função: ajustar o organismo animal ao ambiente.

Sistema Nervoso. Função: ajustar o organismo animal ao ambiente. Sistema Nervoso Função: ajustar o organismo animal ao ambiente. Perceber e identificar as condições ambientais externas e as condições internas do organismo 1 LOCALIZAÇÃO: SISTEMA NERVOSO - CORPOS CELULARES:

Leia mais

FISIOLOGIA DO SISTEMA NERVOSO HUMANO

FISIOLOGIA DO SISTEMA NERVOSO HUMANO FISIOLOGIA DO SISTEMA NERVOSO HUMANO Controle do funcionamento do ser humano através de impulsos elétricos Prof. César Lima 1 Sistema Nervoso Função: ajustar o organismo animal ao ambiente. Perceber e

Leia mais

SISTEMA NERVOSO PERIFÉRICO, SISTEMA NERVOSO AUTÔNOMO E SOMÁTICO CIÊNCIAS MORFOFUNCIONAIS DOS SISTEMAS NERVOSO E CARDIORRESPIRATÓRIO

SISTEMA NERVOSO PERIFÉRICO, SISTEMA NERVOSO AUTÔNOMO E SOMÁTICO CIÊNCIAS MORFOFUNCIONAIS DOS SISTEMAS NERVOSO E CARDIORRESPIRATÓRIO SISTEMA NERVOSO PERIFÉRICO, SISTEMA NERVOSO AUTÔNOMO E SOMÁTICO CIÊNCIAS MORFOFUNCIONAIS DOS SISTEMAS NERVOSO E CARDIORRESPIRATÓRIO Profa. Msc. Ângela Cristina Ito DIÁLOGO ABERTO Thiago, Lucas e Gustavo

Leia mais

Copyright The McGraw-Hill Companies, Inc. Permission required for reproduction or display. Síntese das catecolaminas

Copyright The McGraw-Hill Companies, Inc. Permission required for reproduction or display. Síntese das catecolaminas Síntese das catecolaminas Mecanismo de Ação Monoaminas não agem diretamente em canais iônicos. Exceção é o receptor 5HT-3 (serotonina). Agem através de segundos mensageiros, como camp. camp ativa PKA que

Leia mais

Tecido e Sistema Nervoso

Tecido e Sistema Nervoso Disciplina: Anatomia e Fisiologia Tecido e Sistema Nervoso Vera Maria Araújo de Campos Programa Nacional de Formação em Radioterapia Tecido Nervoso sistema nervoso Os mamífero possuem dois sistemas de

Leia mais

SINAPSE. Sinapse é um tipo de junção especializada, em que um neurônio faz contato com outro neurônio ou tipo celular.

SINAPSE. Sinapse é um tipo de junção especializada, em que um neurônio faz contato com outro neurônio ou tipo celular. Disciplina: Fundamentos em Neurociências Profa. Norma M. Salgado Franco SINAPSE Sinapse é um tipo de junção especializada, em que um neurônio faz contato com outro neurônio ou tipo celular. Podem ser:

Leia mais

Potencial de membrana e potencial de ação

Potencial de membrana e potencial de ação Potencial de membrana e potencial de ação Curso de Nutrição Disciplina Fisiologia Humana I Prof. Dr. Leandro Cattelan leandrocattelan@hotmail.com Agosto 2017 Conteúdos a serem abordados O potencial de

Leia mais

Tronco Encefálio e Formação Reticular. Msc. Roberpaulo Anacleto

Tronco Encefálio e Formação Reticular. Msc. Roberpaulo Anacleto Tronco Encefálio e Formação Reticular Msc. Roberpaulo Anacleto TRONCO ENCEFÁLICO -Área do encéfalo que estende-se desde a medula espinhal até o diencéfalo TRONCO ENCEFÁLICO = BULBO + PONTE + MESENCÉFALO

Leia mais

CIÊNCIAS MORFOFUNCIONAIS DOS SISTEMAS NERVOSO E CARDIORRESPIRATÓRIO ESTUDO DIRIGIDO 01

CIÊNCIAS MORFOFUNCIONAIS DOS SISTEMAS NERVOSO E CARDIORRESPIRATÓRIO ESTUDO DIRIGIDO 01 CIÊNCIAS MORFOFUNCIONAIS DOS SISTEMAS NERVOSO E CARDIORRESPIRATÓRIO ESTUDO DIRIGIDO 01 1. (TRT 10ª Região Técnico Judiciário Enfermagem/2013) Em relação aos sistemas que constituem o corpo humano, julgue

Leia mais

SISTEMA NERVOSO HUMANO

SISTEMA NERVOSO HUMANO SISTEMA NERVOSO Consiste de células que processam e transmitem a informação Células sensoriais: transduzem a informação proveniente do meio ambiente e do corpo e enviam comandos para os efetores,como os

Leia mais

Professora Lígia Cazarin

Professora Lígia Cazarin Tecidos do corpo humano Professora Lígia Cazarin Tecido Função Tipos de células 1.Epitelial 1.2 Glandular Matriz extracelular Localização 2.Conjuntivo 2.1 Propriamente dito 2.2 Cartilaginoso 2.3 Ósseo

Leia mais

Tecido Nervoso. Profa. Dra. Constance Oliver Profa. Dra. Maria Célia Jamur

Tecido Nervoso. Profa. Dra. Constance Oliver Profa. Dra. Maria Célia Jamur Tecido Nervoso Profa. Dra. Constance Oliver Profa. Dra. Maria Célia Jamur FUNÇÃO DO SISTEMA NERVOSO O Sistema Nervoso tem a capacidade de receber, transmitir, elaborar e armazenar informações. Os neurônios

Leia mais