DISCIPLINAS DA LINHA FORMAÇÃO ESPECÍFICA EM GESTÃO ESTRATÉGICA

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "DISCIPLINAS DA LINHA FORMAÇÃO ESPECÍFICA EM GESTÃO ESTRATÉGICA"

Transcrição

1 DISCIPLINAS DA LINHA FORMAÇÃO ESPECÍFICA EM GESTÃO ESTRATÉGICA 8ª Etapa DISCIPLINA CH semanal (horas aula) Desenvolvimento de Pessoas 04 Planejamento e Gestão de Vendas 04 Marketing Digital 04 Gestão da Cadeia de Suprimentos e Logística Reversa 04 Gestão de Risco 04 Criação de Novos Negócios 04 TGI II 02

2 Desenvolvimento de Pessoas OBJETIVO Compreender os processos de desenvolvimento de pessoas nas organizações. EMENTA Estudo sobre o desenvolvimento de pessoas nas organizações a partir de abordagens e teorias da aprendizagem sob os níveis de análise: individual, grupal e organizacional. METODOLOGIA As aulas são conduzidas de maneira a levar o aluno a atingir os objetivos definidos para a disciplina. Para isso, devem ser utilizadas diversas técnicas de ensino-aprendizagem que se alternam em função do assunto tratado na aula, tais como: pesquisas de campo, discussões de textos em sala, a utilização dos recursos de data show e da Internet CRITÉRIO DE AVALIAÇÃO Deverão ser realizadas avaliações intermediárias sob forma de testes, trabalhos escritos, apresentação de seminários e outros meios, cuja escolha fica sempre a cargo do professor. CONTEÚDO PROGRAMÁTICO 1) Aprendizagem individual: conceito e definições 2) A dinâmica da aprendizagem individual: formal, informal, experiencial, 3) Coaching e mentoring 4) Barreiras à aprendizagem individual 5) Aprendizagem social (comunidades de práticas) 6) A aprendizagem nas equipes de alto desempenho e em times 7) Treinamento e ensino à distância 8) A dinâmica da aprendizagem organizacional: ciclos de aprendizagem 9) As barreiras à aprendizagem organizacional 10) Gestão do conhecimento 11) Indicadores de resultados sobre a aprendizagem e gestão do conhecimento BIBLIOGRAFIA BÁSICA FLEURY, M.T.L.; OLIVEIRA JR., M..M. Gestão estratégica do conhecimento. São Paulo: Atlas, 2010 GODOY, A.S.; ANTONELLO, C.S. Aprendizagem organizacional no Brasil. São Paulo: Bookman, 2011 RUAS, R.; ANTONELLO, C. S.; BOFF, L. H. Aprendizagem organizacional e competências. Porto Alegre: Bookman, 2005 BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR DUTRA, J.S..; FLEURY, M.T.L.; RUAS, R. Competências. Conceitos, métodos e experiências. São Paulo: Atlas, EBOLI, M.; FISCHER, A. L.; MORAES, F.C.C..; A, MORIM, W.A.C. Educação corporativa. Fundamentos, evolução e implantação de projetos. São Paulo: Atlas, GRAMIGNA, M.R. Modelo de competências e gestão dos talentos. São Paulo: Prentice-Hall, 2007 KANANE, R.; ORTIGOSO, S.A.F. Manual de treinamento e desenvolvimento do potencial humano. São Paulo: Atlas, 2ª edição, 2010 NONAKA, I.; TAKEUCHI, H. Criação de conhecimento na empresa. São Paulo: Campus, ZANELLI, J. C.; BORGES-ANDRADE, J. E.; BASTOS, A. V. B. Psicologia, organização e trabalho no Brasil. São Paulo: Artmed, 2004 ZARIFIAN, P. Objetivo competência. Por uma nova lógica. São Paulo: Atlas, 2001

3 Planejamento e Gestão de Vendas OBJETIVO Compreender os principais conceitos referentes à gestão de vendas no ambiente competitivo e sua relação com o marketing. EMENTA Estudo da gestão de vendas para o alcance dos resultados organizacionais e, em especial, dos resultados de marketing, bem como assuntos ligados ao perfil do profissional de vendas, à gestão da equipe de vendas e de negociação, bem como técnicas de prospecção e administração de clientes. METODOLOGIA As aulas devem ser conduzidas de maneira a levar o aluno a atingir os objetivos definidos para a disciplina. Neste sentido, o professor deve atuar como orientador dos alunos e não como expositor permanente da matéria, pois a transmissão pura e simples do seu conteúdo traz resultados bem menores ao aprendizado do que a discussão destes. Para isso, além de aulas expositivas, devem ser utilizadas outras técnicas de ensino-aprendizagem que se mostrem mais adequadas em função do assunto tratado em aula, tais como: pesquisas de campo, trabalhos em grupo, seminários, discussão de estudos de caso, etc. Como recursos didáticos, sugere-se a utilização de recursos do data-show e da internet em sala, bem como o uso de filmes e artigos de jornais e revistas. CRITÉRIO DE AVALIAÇÃO Deverão ser realizadas avaliações intermediárias sob forma de testes, trabalhos escritos, apresentação de seminários e outros meios. CONTEÚDO PROGRAMÁTICO 1. Gestão estratégica de vendas 1.1. Importância da gestão de vendas para o alcance dos resultados organizacionais 1.2. Relação entre marketing e vendas 1.3. Canais de vendas: pessoal, telemarketing, web 2. O profissional de vendas 2.1..Perfil dos profissionais que trabalham em vendas 2.2. Carreira na área de vendas 2.3. Seleção de profissionais para a área de vendas 2.4. Treinamento e desenvolvimento em vendas. 3. Gerenciamento de equipe de vendas 3.1. Objetivos e estratégia da força de vendas 3.2. Dimensionamento da equipe de vendas 3.3. Política de remuneração em vendas: remuneração fixa e variável Solução de Conflitos em vendas 4. Determinação de metas e potencial de vendas 4.1. Determinação de quotas e objetivos 4.2. Vínculo metas X remuneração 4.3. Técnicas de previsão de demanda e potencial de mercado. 5. Negociação 5.1. Aspectos da negociação 5.2. Perfil do negociador 5.3. Ética em negociação 5.4. Construção de relacionamento como facilitador da negociação 5.5 Definindo a estratégia do negociador 6. Administração de clientes e Informações 6.1 Fluxos de informação e comunicação em um sistema de vendas 6.2. Técnicas de prospecção de mercado 6.3. Administração de clientes 6.4. TI e Administração de Vendas.

4 7. Marketing de Relacionamento 7.1. A importância do relacionamento para fidelização dos clientes Gestão do relacionamento com clientes Retenção de clientes, recompra e indicação 7.4. CRM e seu uso como ferramenta de inteligência de mercado. BIBLIOGRAFIA BÁSICA CASTRO, L.T.; NEVES, M.F. Administração de Vendas: planejamento, estratégia e gestão. São Paulo: Atlas, 2005 BAZERMAN, M.H.; NEALE, M.A. Negociando racionalmente. São Paulo: Atlas, 2008 LAS CASAS, A.L. Técnicas de Vendas: Como vender e obter bons resultados. São Paulo: Atlas, 2004 BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR BRETZKE, M. Marketing de relacionamento e competição em tempo real com CRM. São Paulo: Atlas, 2000 DONEY, P.M; CANNON, J.P. An examination of the nature of trust in buyer-seller relationships. Journal of Marketing. V.61, p.35-51, April, 1997 FISHER, R; PATTON, B.; URY, W. Como chegar ao sim. São Paulo: Imago, 2005 FUTRELL, C. M. Vendas: Fundamentos e Novas Práticas de Gestão. São Paulo: Saraiva, MCCORMACK, Mark H. A arte de negociar. São Paulo: Best Seller, NASCIMENTO, L.P. Administração de cargos e salários. São Paulo: Pioneira OLIVER, D. 101 maneiras para negociar com eficácia. Lisboa: Livros Horizonte, SHIMP, Terence A. Propaganda e promoção: aspectos complementares da comunicação integrada de marketing. 5. ed. Porto Alegre: Bookman, 2002 SPIRO,R.; STANTON, W.J. Administração de Vendas. Rio de Janeiro: LTC, WOOD JUNIOR, T.; PICARELLI FILHO, V. Remuneração estratégica: a nova vantagem competitiva. 3. ed. rev. e ampl. São Paulo: Atlas, Bases de dados eletrônica da Biblioteca do Mackenzie

5 Marketing Digital OBJETIVO Entender a importância dos meios digitais nos negócios como meio eficaz de comunicação e como veículo de captação e manutenção de clientes pelo uso de dispositivos de fidelização, oferta de produtos e gestão de conteúdo. EMENTA Estudo do conteúdo e ações, possibilidades e estratégias frente à nova mídia; o enfoque da Internet e da TV interativa como canal de marketing direto, de permissão viral e no uso de ferramentas colaborativas para construção de conteúdo em comunidades virtuais empresariais; e o papel de dispositivos de integração entre pessoas, entre pessoas e empresas, como blogs, wiki, entre outros. METODOLOGIA As aulas devem ser conduzidas de maneira a levar o aluno a atingir os objetivos definidos para a disciplina. O professor atua como orientador dos alunos e não como expositor permanente da matéria. Para isso, além de aulas expositivas, são utilizadas outras técnicas de ensino-aprendizagem que se mostrem mais adequadas em função do assunto tratado em aula, tais como: exercício de desenvolvimento de site de e-commerce, questionários on-line, pesquisa de campo, trabalho em grupo, seminários, discussão de estudos de caso etc. Como recursos didáticos, sugere-se a utilização de recursos do data-show e da internet em sala, bem como o uso de filmes e artigos de jornais e revistas. CRITÉRIO DE AVALIAÇÃO Deverão ser realizadas avaliações intermediárias sob forma de testes, trabalhos escritos, apresentação de seminários e outros meios. CONTEÚDO PROGRAMÁTICO 1. Ser digital 1.1. Diferenciando produtos de átomos dos produtos de bits 1.1. Conceito de bit 2. A economia digital 2.1.Conhecimento 2.1. Digitalização 2.2. Virtualização 2.3. Molecularização 2.4. Integração / Redes Interligadas 2.5. Desintermediação 2.6. Convergência 2.7. Inovação 2.8. Produconsumo 2.9. Imediatismo Globalização Discordância 3. A tecnologia digital 3.1. Os meios digitais 3.2. A Internet 3.3. Origem 3.4. Arquitetura 3.5. Recursos e funcionalidades 3.6. A televisão digital interativa 4. Entendendo o Marketing Digital 4.1. A Cauda Longa 4.2. O preço zero

6 4.3. Marketing de conteúdo 4.4. Marketing nas mídias sociais marketing 4.6. Marketing viral 4.7. Pesquisa on-line 4.8. Publicidade on-line 4.9. Marketing móvel 5. Marketing de conteúdo 5.1. Presença digital 5.2. Página digital 5.3. Gerenciadores de conteúdos 6. Marketing nas mídias sociais 6.1. Conceito e tipos 6.2. Redes sociais e mídias sociais 6.3. Redes sociais no Brasil e no mundo 7. marketing 7.1. Conceitos e cuidados 7.2. O contexto atual do uso do Estratégias de marketing 8. Marketing viral 8.1. Conceito 8.2. Estrutura de uma ação viral 8.3. Regras do marketing viral 8.4. Criação com foco no marketing viral 9. Pesquisa on-line 9.1. A busca e o contexto atual 9.2. Mecanismos de busca na web 9.3. Importância e poder dos buscadores 9.4. Busca universal 9.5. Busca semântica e além do texto: o futuro da busca 9.6. Sites de busca e resultados orgânicos e pagos 9.7. Marketing de busca e ética 9.8. Estratégias de marketing de pesquisa - SEM (Search Engine Marketing) 9.9. Otimização orgânica x links patrocinados Metodologia: plano de marketing de busca Estratégias de otimização orgânica SEO (Search Engine Optinization) Estratégias de links patrocinados 10. Publicidade on-line Mídias na Internet Utilidade dos banners Podcasting Videocasting O mundo dos widgets Marketing de jogos 11. Marketing móvel RFID Bluetooth SMS e MMS GPS Mobile Tagging Aplicativos móveis Mobile TV Novas tecnologias e o marketing relacionado Por ser uma área com constantes inovações, deverá abordar as novas tecnologias (e o marketing a ela s relacionados) que surgirem no decorrer da aplicação da disciplina. 12. Monitoramento e medição Conceitos básicos

7 12.2. Estratégias de monitoramento Uso na publicidade Google Analytics 13. Aspectos se segurança, éticos e legais Desafios éticos e legais Desafios de segurança A Infraestrutura de Chaves Públicas A Certificação Digital A Nota Fiscal Eletrônica Registro de Documentos 14.7 Segurança Bancária 14.8 Malware 14.9 Spam Cuidados com os Dados BIBLIOGRAFIA BÁSICA GABRIEL, M. Marketing na Era Digital. São Paulo: Novatec, 2010 KALAKOTA, R.; ROBINSON, M. e-business. Estratégias para alcançar o sucesso no mundo digital. 2. ed. Porto Alegre: Bookman, 2002 TORRES, C. A Bíblia do Marketing Digital. São Paulo: Novatec, 2010 BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR ANDERSON, C. A Cauda Longa. Rio de Janeiro: Elsevier, ANDERSON, C. Zero. O futuro dos preços. Rio de Janeiro: Elsevier, CARR, N. A grande mudança. Reconectando o mundo, de Thomas Edison ao Google. São Paulo: Landscape, DEITEL, H.M.; DEITEL, P.J.; STEINBUHLER, K. E-Business e e-commerce para administradores. São Paulo: Pearson, 2004 ECO, U. Obra Aberta. 9. ed. São Paulo: Perspectiva, 2003 GABRIEL, M. SEM e SEO - Dominando o Marketing de Busca. São Paulo: Novatec, 2008 KALAKOTA, R.; ROBINSON, M. M-Business: Tecnologia móvel e estratégia de negócios. Porto Alegre: Bookman, LAUDON, J. P.; LAUDON, K. C. Sistemas de informação gerenciais. 7 ed. São Paulo: Pearson, LIMEIRA, T.M.V. E-Marketing: o marketing na internet com casos brasileiros. São Paulo: Saraiva, NEGROPONTE, N. A vida digital. 2a. edição. São Paulo: Companhia das Letras, O'BRIEN, J. A.; MARAKAS; G.M. Administração de sistemas de informação: uma introdução. São Paulo: McGraw Hill, REEDY, J.; SCHULLO, S.; ZIMMERMAN, K. Marketing eletrônico: a integração de recursos eletrônicos ao processo de marketing. Porto alegre: Bookman, 2001 TAPSCOTT, D. Economia digital. São Paulo: Makron Books, 1997 TURBAN, E.; KING, D. Comércio eletrônico: estratégia e gestão. São Paulo: Prentice Hall, TURBAN, E.; LEIDNER, D.; MCLEAN, E.; WETHERBE, J. Tecnologia da Informação para Gestão: Transformando os Negócios na Economia Digital. Porto Alegre: Bookman, 2010.

8 GESTÃO DA CADEIA DE SUPRIMENTOS E LOGÍSTICA REVERSA OBJETIVO Compreender os diversos aspectos estratégicos e operacionais envolvidos nas cadeias reversas de retorno de produtos ainda não consumidos (pós-venda) e de produtos usados (pós-consumo). Habilitar-se a elaborar um plano de Logística Reversa de retorno de produtos e entender as oportunidades estratégicas empresarias decorrentes da ampliação das idéias de sustentabilidade aplicadas à Logística Reversa. EMENTA Estudo da Logística Empresarial envolvendo a visão da integração da cadeia de suprimentos de forma cíclica através da Logística Reversa, estendendo a preocupação da logística empresarial aos processos logísticos após a entrega do produto ao mercado, relacionando-se com áreas de meio ambiente e competitividade empresarial. Envolve a conceituação e categorização dos diversos campos da Logística Reversa, as razões da importância adquirida por esta área mais recentemente que a faz parte da estratégia empresarial atual, sua especificidade e complexidade. Serão utilizados alguns conhecimentos de Logística Empresarial e Supply Chain, de Gestão Ambiental e Qualidade. METODOLOGIA A absorção da base teórica da disciplina será feita por meio de análises de casos, com o objetivo de mostrar ao aluno a conexão entre a teoria e a prática empresarial. Os aspectos mais quantitativos da disciplina serão acompanhados de uma ampla gama de exercícios, permitindo ao aluno planejar as operações no curto, médio e longo prazo. CRITÉRIO DE AVALIAÇÃO As avaliações intermediárias e final deverão refletir o conhecimento repassado aos alunos da disciplina. Trabalhos finais que contemplem um ou mais assuntos da disciplina poderão ser exigidos pelo professor. CONTEÚDO PROGRAMÁTICO 1. Canais de distribuição diretos e reversos 1.1 Fluxos de produtos nos canais de distribuição diretos e reversos 1.2 Definições e categorias dos canais reversos 1.3 Abordagem estratégica e operacional 2. Categorias de cadeias reversas 2.1 Importância atual: profusão de produtos e variedades, economia reversa 3. Sustentabilidade e competitividade empresarial e suas implicações nas cadeias de suprimentos 3.1 O ciclo reverso sustentável 3.2 O cenário de sustentabilidade e seus atores 3.3 Novas exigências do mercado 3.4 Custos intangíveis tornando-se tangíveis 4. Motivos principais de retorno de produtos 4.1 Quantidades e variedade de retorno 4.2 Quadro geral dos fluxos reversos 4.3 Vídeos de pós-venda e de pós-consumo e casos ilustrativos 5. Modelos de retorno de produtos 5.1 Apresentação dos modelos 5.2 Apresentação do Caso Fictício Cadeia reversa de Telefones Celulares 6. Direcionadores estratégicos na Logística Reversa. 6.1 Objetivos econômicos 6.2 Estudo de casos 6.3 Objetivo de prestação de serviços 6.4 Estudo de casos 7. Direcionadores estratégicos na Logística Reversa. 7.1 Objetivos legais 7.2 Estudo de caso 7.3 Objetivos ecológicos 7.4 Estudos de caso

9 7.5 Objetivo de imagem corporativa 8. Legislações ambientais e a Logística Reversa de pós-consumo 8.1 Evolução e tendência 8.2 Situação mundo e brasileira 8.3 Exemplos de legislações 8.4 Implicações nas cadeias reversas 9 - Mercados de destino dos produtos reaproveitados 9.1 Mercados secundários de produtos e de matérias primas 9.2 Valores e interesse econômicos 10 - Rede logística de retorno 10.1A rede logística de retorno: planejamento e recursos logísticos 11.- Aspectos logísticos no retorno de produtos 11.1 Transportes 11.2 Armazenagem 11.3 Sistema de informações 12. Aspectos tecnológicos de reaproveitamento dos produtos retornados 12.1 Reuso de produtos 12.2 Remanufatura 12.3 Reciclagem 13. Cadeias reversas eficientes 13.1Mapeamento de processos 13.2Custos por atividade BIBLIOGRAFIA BÁSICA LACERDA, Leonardo, Logística Reversa: Uma visão sobre os conceitos básicos e as práticas operacionais, Rio de Janeiro: Ilos, LEITE, Paulo Roberto Logística Reversa Meio Ambiente e Competitividade. São Paulo: Prentice Hall, 2009, 2ª edição ROGERS, Dale. TIBBEN-LEMBKE, Ronald. Going Backwards: Reverse Logistics Trends and Practices University of Nevada: Reno Center for Logistics Management, 1998 BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR BRITO, Eliane Z., LEITE, Paulo R. et al.. Determinantes da estruturação dos canais reversos: o papel dos ganhos econômicos e de imagem corporativa. Brasília, Congresso ENANPAD CARTER, Craig R., ELLRAM, Liss M. Reverse Logistics: A review of the literature and framework for future investigation. Journal of Business Logistics. Vol. 19, no 1, 1998, p CERETTA, Paulo S., ESTRADA, Rolando J.S., GIACOBO, Fabiano. Logística reversa: a satisfação do cliente no pós-venda. Revista READ, edição 35, vol. 9, n. 5, DOWLATSHAHI, Shad, Developing a theory of reverse logistics. Interfaces. Vol 30, no 3, May.June 2000, p DYCKHOFF, Harald, LACKES, Richard, REESE, Joachim. Supply Chain Management and Reverse Logistics. Berlin: Springer, ERIM Phd Series. Research in Management. Rotterdam University, FLEISCHMANN, Moritz. Quantitative Models for Reverse Logistics. Berlin: Springer, GOTO, André K., KOGA, Eduardo K., PEREIRA, Raquel S. Logística reversa : um estudo de caso em industria automobilística. SIMPOI GUARNIERI, Patricia. A caracterização da logística reversa no ambiente empresarial em suas áreas de atuação pós venda e pos consumo agregando valor econômico e legal. Dissertação de mestrado em Engenharia de produção na CEPET PR. GUIDE JR., V. Daniel R., WASSENHOVE, Luk N. Van. The reverse supply chain. Harvard Business Review. Vol. 80, No. 2, February, 2002, p

10 KOPICKI, Ronald et al. Reuse and Recycling-Reverse Logistics Opportunities. O. Brooks, CLM1993. PALMA, Lisiane e NASCIMENTO, Luiz Felipe. A aceitação de produtos que utilizam matérias-primas recicladas em sua composição. Revista READ edição 48,vol 11, STOCK, James. Reverse Logistics Programs. Council of Logistics Management, Florida:University of South,1998.

11 Gestão de Risco OBJETIVO Aprender a gerenciar os diversos tipos de risco a que uma empresa está sujeita, com maior ênfase no risco financeiro, através das ferramentas de análise e gestão dos diferentes tipos de riscos. EMENTA Estudo das ferramentas básicas para mensurar e avaliar os riscos envolvidos em uma operação e esboçar medidas de mitigação de risco que um investidor ou uma empresa pode tomar. Elementos que possibilitarão um espírito crítico em relação a promessas de ganhos elevados com riscos desprezíveis. METODOLOGIA As aulas são conduzidas de maneira a levar o aluno a atingir os objetivos definidos para a disciplina. Para isso, são utilizadas diversas técnicas de ensino-aprendizagem que se alternam em função do assunto tratado na aula. O professor deve ser visto como um orientador dos alunos e não como um expositor permanente da matéria, pois a transmissão pura e simples dos seus conteúdos traz resultados bem menores ao aprendizado do que a discussão destes. Portanto, é solicitado trabalho de pesquisa realizado fora da sala de aula, discussão em grupos e a utilização dos recursos do data-show e da Internet em sala. CRITÉRIO DE AVALIAÇÃO As avaliações intermediárias e final deverão refletir o conhecimento repassado aos alunos da disciplina. Trabalhos finais que contemplem um ou mais assuntos da disciplina poderão ser exigidos pelo professor. CONTEÚDO PROGRAMÁTICO 1. Aspectos históricos da gestão de risco 2. Tipologia de riscos 2.1 Risco legal 2.2 Risco Operacional e compliance 2.3 Risco de Mercado 2.4 Risco de Reputação 2.5 Risco de Crédito 3. Hedge: Instrumentos de Medição / Gerenciamento de Risco: 3.1 Seguros 3.2 Contratos a termo e futuros 3.3 Swaps 4.Opções 5. Estratégias de Cobertura de Riscos 6.Value at Risk BIBLIOGRAFIA BÁSICA DAMODARAN, A. Gestão Estratégica do Risco: Uma referência para tomada de riscos empresariais. Porto Alegre: Bookman, 2009 BREALEY, MYERS, ALLEN,. Princípios de Finanças Corporativas 8 ed. São Paulo: McGrawHill, HULL, John. Fundamentos dos Mercados Futuros e de Opções. 4ª Ed. São Paulo: BM&FBOVESPA, BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR BACK, Kerry. A Course in Derivatives Securities: Introduction to Theory and Computation. USA: Springer, JACKSON, Mary; STAUNTON, Mike. Advanced Modelling in Finance using Excel and VBA. USA: John Wiley & Sons, 2001.

12 HASLETT JR., Walter V. Bud (Editor).Risk Management: Foundations For a Changing Financial World. USA: CFA Institute Investment Perspectives, MARINS, André. Mercados Derivativos e Analise de Risco, V.1. 2ª Ed. AMS Editora, Mercados Derivativos e Analise de Risco, V.2. 2ª Ed. AMS Editora, SILVA NETO, Lauro de Araújo. Derivativos: definições, emprego e risco. 4ª ed., São Paulo: Atlas, 2006

13 Criação de Novos Negócios OBJETIVO construção de um projeto de um novo empreendimento, da geração da idéia ao planejamento operacional, mercadológico e financeiro, de forma estruturada, embasada nos conceitos da moderna administração e em pesquisas. EMENTA Estudo das estratégias de identificação e reconhecimento de oportunidades valiosas e construção de um Plano de Negócios que permita criar empreendimentos sustentáveis. METODOLOGIA A disciplina tem uma parte inicial, de caráter exploratório baseado em aulas expositivas e debates, onde se pretende motivar os alunos (individualmente ou em grupos) a encontrarem oportunidades de negócios ou desenvolverem um projeto específico que já tenham em mente e desejam explorar. Numa segunda etapa, de caráter hands-on, os alunos deverão iniciar o desenvolvimento de seu projeto de fato, indo a campo para fazer entrevistas, pesquisas sobre o setor/segmento em que desejam atuar. Após terem adquirido certo grau de conhecimento sobre o ambiente de negócios, deverão formular uma proposta inicial e terão a oportunidade de conferir sua viabilidade em sessão de aconselhamento com empreendedores, executivos ou investidores convidados. A partir daí, poderão aprimorar o modelo e iniciar a construção do plano de negócios de fato, devendo cumprir etapas e metodologia pré-estabelecidas na disciplina, sob a supervisão do professor. Segue-se uma nova etapa de aulas expositivas e debates para levantar questões fundamentais para viabilização e crescimento sustentável do empreendimento: o acesso a recursos e como gerir seu negócio, sua carreira e sua vida pessoal de forma harmônica. CRITÉRIO DE AVALIAÇÃO As avaliações intermediárias e final deverão refletir o conhecimento repassado aos alunos da disciplina. Ao final da dsicplina, os alunos defendem os seus projetos perante os colegas e recebem o feedback para seu aprimoramento. CONTEÚDO PROGRAMÁTICO 1. Identificação de oportunidades valiosas 1.1 Oportunidades de Inovação em Tecnologia 1.2 Oportunidades de Inovação em Modelo de Negócios 1.3 Metodologia para identificação de oportunidades 2. Criação do Plano de Negócios do empreendimento 2.1 Mapa Mental criação da proposta inicial: modelo do negócio e diferencial competitivo 2.2 Pesquisa inicial sobre mercados e concorrentes 2.3 Entrevistas com gestores de negócios do mesmo ramo 2.4 Análise Estratégica: SWOT 2.5 Definição de objetivos e potencial econômico do projeto 2.6 Sessão de Mentoring com executivos e empreendedores 2.7 Elaboração do Plano de Negócios: Empresa 2.8 Elaboração do Plano de Negócios: Produtos ou Serviços 2.9 Elaboração do Plano de Negócios: Análise de Mercado 2.10 Elaboração do Plano de Negócios: Estratégia e Implementação 2.11 Elaboração do Plano de Negócios: Pessoas 2.12 Elaboração do Plano de Negócios: Plano Financeiro 2.13 Revisão e Resumo Executivo 3. Captação de recursos 3.1 Sociedades 3.2 Fontes de Financiamento Tradicionais 3.3 Incubadoras de Empresas, agências de fomento, bancos de desenvolvimento 3.4 Investidores Anjo e Venture Capital 4. Orientação para a gestão do negócio

14 4.1 Aliando satisfação pessoal e profissional 4.2 O negócio é sustentável? 4.3 Criação de valor para os stakeholders. BIBLIOGRAFIA BÁSICA BIZZOTTO, Carlos Eduardo Negrão. Plano de Negócios para Empreendimentos Inovadores. São Paulo: Atlas,2008. NAKAGAWA, Marcelo. Plano de Negócio: Teoria Geral. São Paulo: Sextante, ZACHARAKIS, Andrew; TIMMONS, Jeffry A.; DORNELAS, Jose Carlos Assis. Planos de Negócios que Dão Certo. São Paulo: Elsevier Campus, BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR BUTTERWORTH, Bill, Equilibre Sua Vida Profissional e Sua Vida Pessoal, São Paulo: Futura,2006. DOLABELA, Fernando. O segredo de Luisa. São Paulo: Sextante SALIM, Cesar Simoes. Construindo Planos de Negócios. São Paulo: Campus, YOUNG, Ernest. Outline for a Business Plan, REVISTAS Exame Pequenas Empresas e Grandes Negócios

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE Decanato Acadêmico

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE Decanato Acadêmico Unidade Universitária: Centro de Ciências Sociais e Aplicadas Curso: Administração Disciplina: Avaliação de Negócios Carga horária: 4 horas Ementa: ( X ) Teórica ( ) Prática Núcleo Temático: Formação Profissional

Leia mais

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE Decanato Acadêmico

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE Decanato Acadêmico Unidade Universitária: Centro de Ciências Sociais e Aplicadas Curso: Administração Disciplina: Criação de Negócios Inovadores Carga horária: 4 horas Ementa: ( X ) Teórica ( ) Prática Núcleo Temático: Formação

Leia mais

Curso de ADMINISTRAÇÃO Campus Higienópolis Disciplinas da Etapa 8 LINHA DE FORMAÇÃO ESPECÍFICA EM MARKETING

Curso de ADMINISTRAÇÃO Campus Higienópolis Disciplinas da Etapa 8 LINHA DE FORMAÇÃO ESPECÍFICA EM MARKETING Curso de ADMINISTRAÇÃO Campus Higienópolis Disciplinas da Etapa 8 LINHA DE FORMAÇÃO ESPECÍFICA EM MARKETING Criação de Negócios Inovadores Marketing 6 HA OBJETIVO Praticar a construção de um projeto de

Leia mais

Logística Reversa Uma visão sobre os conceitos básicos e as práticas operacionais

Logística Reversa Uma visão sobre os conceitos básicos e as práticas operacionais Logística Reversa Uma visão sobre os conceitos básicos e as práticas operacionais Introdução Leonardo Lacerda Usualmente pensamos em logística como o gerenciamento do fluxo de materiais do seu ponto de

Leia mais

Ementários. Disciplina: Gestão Estratégica

Ementários. Disciplina: Gestão Estratégica Ementários Disciplina: Gestão Estratégica Ementa: Os níveis e tipos de estratégias e sua formulação. O planejamento estratégico e a competitividade empresarial. Métodos de análise estratégica do ambiente

Leia mais

CURSO DE ENFERMAGEM Reconhecido pela Portaria nº 270 de 13/12/12 DOU Nº 242 de 17/12/12 Seção 1. Pág. 20

CURSO DE ENFERMAGEM Reconhecido pela Portaria nº 270 de 13/12/12 DOU Nº 242 de 17/12/12 Seção 1. Pág. 20 CURSO DE ENFERMAGEM Reconhecido pela Portaria nº 270 de 13/12/12 DOU Nº 242 de 17/12/12 Seção 1. Pág. 20 Componente Curricular: EMPREENDEDORISMO Código: ENF - 314 Pré-requisito: ENF 212 Enfermagem em Urgência

Leia mais

Logística Reversa. Conceito de Logística. Reversa 15/09/2011. Objetivos da aula. e o Meio Ambiente

Logística Reversa. Conceito de Logística. Reversa 15/09/2011. Objetivos da aula. e o Meio Ambiente Logística Reversa e o Meio Ambiente Objetivos da aula 1. Estabelecer as relações entre os canais de distribuição diretos e os canais reversos; 2. Identificar as diferentes categorias de canais de distribuição

Leia mais

Índice. 03 A Empresa. 04 Missão Visão Valores 05 Nossos Eventos 23 Corpbusiness - Patrocínio 24 Divulgação 25 Expediente

Índice. 03 A Empresa. 04 Missão Visão Valores 05 Nossos Eventos 23 Corpbusiness - Patrocínio 24 Divulgação 25 Expediente MÍDIA KIT 2014 Índice 03 A Empresa 04 Missão Visão Valores 05 Nossos Eventos 23 Corpbusiness - Patrocínio 24 Divulgação 25 Expediente A empresa Fundada em 2007, a empresa possui uma grade anual com diversos

Leia mais

Planejamento Estratégico de TI. Prof.: Fernando Ascani

Planejamento Estratégico de TI. Prof.: Fernando Ascani Planejamento Estratégico de TI Prof.: Fernando Ascani Ementa Conceitos básicos de informática; evolução do uso da TI e sua influência na administração; benefícios; negócios na era digital; administração

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2015 Ensino Técnico Etec ETEC: PAULINO BOTELHO Código: 091 Município: São Carlos Eixo Tecnológico: Gestão e Negócios Habilitação Profissional: Técnica de Nível Médio de Técnico

Leia mais

Especialização em Marketing Digital - NOVO

Especialização em Marketing Digital - NOVO Especialização em Marketing Digital - NOVO Apresentação Previsão de Início Agosto/2013 Inscrições em Breve - Turma 01 - Campus Stiep O ambiente de negócios tem sido modificado pelas Novas Tecnologias da

Leia mais

Logística Reversa de Materiais

Logística Reversa de Materiais Logística Reversa de Materiais Aplicação de ferramentas de gestão e operação da Cadeia de Abastecimento na Logística Reversa Apresentador: João Paulo Lopez Outubro / 2.008 Objetivos: Conceituar Logística

Leia mais

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu Mídias Digitais

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu Mídias Digitais Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu Mídias Digitais Apresentação A emergência de novas tecnologias de informação e comunicação e sua convergência exigem uma atuação de profissionais com visão

Leia mais

Especialização em Comunicação Organizacional e Reputação Corporativa - NOVO

Especialização em Comunicação Organizacional e Reputação Corporativa - NOVO Especialização em Comunicação Organizacional e Reputação Corporativa - NOVO Apresentação Previsão de Início Julho/2013 Inscrições em Breve - Turma 01 - Campus Stiep O curso de Comunicação Organizacional

Leia mais

Objetivos. Universo. Transformação. Administração 10/10/2012. Entender as definições de e-business e e- commerce;

Objetivos. Universo. Transformação. Administração 10/10/2012. Entender as definições de e-business e e- commerce; Objetivos Administração Profª Natacha Pouget Módulo: Gestão de Inovação e Ativos Intangíveis Tema da Aula: E-Business e Tecnologia da Informação I Entender as definições de e-business e e- commerce; Conhecer

Leia mais

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO MBA em Marketing com Ênfase em Ambiente Digital.

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO MBA em Marketing com Ênfase em Ambiente Digital. CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO MBA em Marketing com Ênfase em Ambiente Digital. Coordenação Acadêmica: Prof. Guilherme Eduardo Korndorfer Código no SIGA: TMBAMKT*11/10 1 OBJETIVO: Familiarizar

Leia mais

Conceitos e tarefas da administração de marketing DESENVOLVIMENTO DE ESTRATEGIAS E PLANOS DE MARKETING

Conceitos e tarefas da administração de marketing DESENVOLVIMENTO DE ESTRATEGIAS E PLANOS DE MARKETING Sumário Parte um Conceitos e tarefas da administração de marketing CAPITULO I MARKETING PARA 0 SÉCULO XXI A importância do marketing O escopo do marketing 0 que é marketing? Troca e transações A que se

Leia mais

MBA em Marketing Coordenação Acadêmica:

MBA em Marketing Coordenação Acadêmica: MBA em Marketing Coordenação Acadêmica: Prof Luis Carlos Sá, M.Sc. REFERÊNCIA PARA SUA CARREIRA. REFERÊNCIA PARA SUA VIDA. SOBRE O MBA EM MARKETING Líder nacional destacado, presente nas mais importantes

Leia mais

MBA Gestão Estratégica de Marketing e Vendas

MBA Gestão Estratégica de Marketing e Vendas Página 1 de 6 MBA Gestão Estratégica de Marketing e Vendas Carga Horária: 360 horas/ aulas presenciais + monografia orientada. Aulas: sábados: 8h30 às 18h, com intervalo para almoço. Valor: 16 parcelas

Leia mais

GRADUAÇÃO E PÓS-GRADUAÇÃO APRESENTAÇÃO E GRADE CURRICULAR DOS CURSOS

GRADUAÇÃO E PÓS-GRADUAÇÃO APRESENTAÇÃO E GRADE CURRICULAR DOS CURSOS GRADUAÇÃO E PÓS-GRADUAÇÃO APRESENTAÇÃO E GRADE CURRICULAR DOS CURSOS Graduação PROCESSOS GERENCIAIS 1.675 HORAS Prepara os estudantes para o empreendedorismo e para a gestão empresarial. Com foco nas tendências

Leia mais

CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DO AMAPÁ

CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DO AMAPÁ PLANO DE ENSINO - 2º SEMESTRE 2011 Disciplina ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÕES GERENCIAIS Professor MSC. ADOLFO FRANCESCO DE OLIVEIRA COLARES Carga Horária Semanal Curso ADMINISTRAÇÃO Carga Horária

Leia mais

CRM (CUSTOMER RELATIONSHIP MANAGEMENT) E A TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO (TI)

CRM (CUSTOMER RELATIONSHIP MANAGEMENT) E A TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO (TI) CRM (CUSTOMER RELATIONSHIP MANAGEMENT) E A TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO (TI) Nelson Malta Callegari (UTFPR) nelson.estudo@gmail.com Profº Dr. João Luiz Kovaleski (UTFPR) kovaleski@pg.cefetpr,br Profº Dr. Luciano

Leia mais

ETEC TAKASHI MORITA - EXTENSÃO PARELHEIROS HABILITAÇÃO PROFISSIONAL TÉCNICA DE NÍVEL MÉDIO DE TÉCNICO EM MARKETING

ETEC TAKASHI MORITA - EXTENSÃO PARELHEIROS HABILITAÇÃO PROFISSIONAL TÉCNICA DE NÍVEL MÉDIO DE TÉCNICO EM MARKETING ETEC TAKASHI MORITA - EXTENSÃO PARELHEIROS HABILITAÇÃO PROFISSIONAL TÉCNICA DE NÍVEL MÉDIO DE TÉCNICO EM MARKETING PLANO TRABALHO DOCENTE 2º SEMESTRE 2013 1 ETEC TAKASORITA - EXTENSÃO PARELHEIROS INDICE

Leia mais

Fornecer conteúdos e refletir sobre práticas atualizadas de comunicação e marketing, como as técnicas e ferramentas de marketing digital.

Fornecer conteúdos e refletir sobre práticas atualizadas de comunicação e marketing, como as técnicas e ferramentas de marketing digital. MBA em Marketing Apresentação CAMPUS STIEP Inscrições em Breve Turma 09 --> A globalização e os avanços tecnológicos estão abrindo oportunidades de negócios, novas formas de comercialização e despertando

Leia mais

PLANO DE ENSINO DO 1º SEMESTRE LETIVO DE 2013

PLANO DE ENSINO DO 1º SEMESTRE LETIVO DE 2013 PLANO DE ENSINO DO 1º SEMESTRE LETIVO DE 2013 Curso: TECNOLOGIA EM MARKETING Habilitação: TECNOLÓGO Disciplina: FERRAMENTAS DE COMUNICAÇÃO EM MARKETING Período: M V N 3º semestre do Curso Carga Horária:

Leia mais

Logística Reversa - Uma visão sobre os conceitos básicos e as práticas operacionais

Logística Reversa - Uma visão sobre os conceitos básicos e as práticas operacionais Logística Reversa - Uma visão sobre os conceitos básicos e as práticas operacionais Leonardo Lacerda Introdução Usualmente pensamos em logística como o gerenciamento do fluxo de materiais do seu ponto

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO ADMINISTRAÇÃO LINHA DE FORMAÇÃO ESPECÍFICA EM COMÉRCIO INTERNACIONAL ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Carga horária semanal Etapa 4 5 OBJETIVO Realizar escolhas sobre a adoção de tecnologias e sistema

Leia mais

EMPREENDEDORISMO E GESTÃO

EMPREENDEDORISMO E GESTÃO REINVENTANDO O ENSINO MÉDIO ÁREA DE EMPREGABILIDADE EMPREENDEDORISMO E GESTÃO PROPOSTA CURRICULAR Belo Horizonte Dezembro de 01 Governador de Minas Gerais Antônio Augusto Junho Anastasia Vice-Governador

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE GOIÁS UNIDADE UNIVERSITÁRIA DE CIÊNCIAS SÓCIO-ECONÔMICAS E HUMANAS DE ANÁPOLIS

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE GOIÁS UNIDADE UNIVERSITÁRIA DE CIÊNCIAS SÓCIO-ECONÔMICAS E HUMANAS DE ANÁPOLIS 1. EMENTA O conceito de estratégia. O estrategista. A formulação da estratégia. A análise da estratégia. A formação da estratégia. Implementação da estratégia. O controle estratégico. A estrutura. Liderança

Leia mais

Prof. Me. Maico Roris Severino Curso Engenharia de Produção Universidade Federal de Goiás (UFG) Campus Catalão

Prof. Me. Maico Roris Severino Curso Engenharia de Produção Universidade Federal de Goiás (UFG) Campus Catalão Prof. Me. Maico Roris Severino Curso Engenharia de Produção Universidade Federal de Goiás (UFG) Campus Catalão 1 Roteiro da Apresentação Definições Cadeia de Suprimentos Logística Gestão da Cadeia de Suprimentos

Leia mais

MBA Gestão da Tecnologia de Informação

MBA Gestão da Tecnologia de Informação MBA Gestão da Tecnologia de Informação Informações: Dias e horários das aulas: Segundas e Terças-feiras das 18h00 às 22h00 aulas semanais; Sábados das 08h00 às 12h00 aulas quinzenais. Carga horária: 600

Leia mais

Marketing. Conrado Adolpho Vaz. O Guia Definitivo de Marketing Digital. Novatec

Marketing. Conrado Adolpho Vaz. O Guia Definitivo de Marketing Digital. Novatec Google Marketing O Guia Definitivo de Marketing Digital Conrado Adolpho Vaz Novatec Sumário Prefácio à 1ª edição... 21 Prefácio à 2ª. edição... 23 Prefácio à 3ª edição... 25 Introdução... 27 Parte I O

Leia mais

O CRM e a TI como diferencial competitivo

O CRM e a TI como diferencial competitivo O CRM e a TI como diferencial competitivo Nelson Malta Callegari (UTFPR) nelson.estudo@gmail.com Profº Dr. João Luiz Kovaleski (UTFPR) kovaleski@pg.cefetpr.br Profº Dr. Luciano Scandelari (UTFPR) luciano@cefetpr.br

Leia mais

DESCRITIVO DE CURSO. MBA em Gestão de Marketing e Vendas

DESCRITIVO DE CURSO. MBA em Gestão de Marketing e Vendas DESCRITIVO DE CURSO MBA em Gestão de Marketing e Vendas 1. Posglobal Após a profunda transformação trazida pela globalização estamos agora em uma nova fase. As crises econômica, social e ambiental que

Leia mais

72h/a Teórica Prática Total Teórica Prática Total. 2h/a 2h/a 4h/a 36h/a 36h/a 72h/a 4

72h/a Teórica Prática Total Teórica Prática Total. 2h/a 2h/a 4h/a 36h/a 36h/a 72h/a 4 CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DO AMAPÁ Disciplina Negócios e Comércio Eletrônico Curso Administração Professor (a) Msc. Adolfo F. de O. Colares Carga Horária Semanal Carga Horária Semestral 4h/a 72h/a Teórica

Leia mais

Componente Curricular: ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO PLANO DE CURSO

Componente Curricular: ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO PLANO DE CURSO C U R S O D E E N G E N H A R I A D E P R O D U Ç Ã O Autorizado pela Portaria nº 1.150 de 25/08/10 DOU Nº 165 de 27/08/10 Componente Curricular: ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Código: ENGP -

Leia mais

Estratégias em Tecnologia da Informação. Posição e Vantagem Competitiva Aplicações integradas Aplicações Web

Estratégias em Tecnologia da Informação. Posição e Vantagem Competitiva Aplicações integradas Aplicações Web Estratégias em Tecnologia da Informação Capítulo 09 Posição e Vantagem Competitiva Aplicações integradas Aplicações Web Material de apoio 2 Esclarecimentos Esse material é de apoio para as aulas da disciplina

Leia mais

MARKETING DIGITAL NA ERA. Martha Gabriel CONCEITOS, PLATAFORMAS E ESTRATÉGIAS. Novatec

MARKETING DIGITAL NA ERA. Martha Gabriel CONCEITOS, PLATAFORMAS E ESTRATÉGIAS. Novatec MARKETING NA ERA DIGITAL CONCEITOS, PLATAFORMAS E ESTRATÉGIAS Martha Gabriel Novatec Copyright 2010 da Novatec Editora Ltda. Todos os direitos reservados e protegidos pela Lei 9.610 de 19/02/1998. É proibida

Leia mais

CURSO SUPERIOR DE TECNOLÓGIA EM ESTÉTICA E COSMÉTICA Autorizado pela Portaria MEC nº 433 de 21.10.11, DOU de 24.10.11

CURSO SUPERIOR DE TECNOLÓGIA EM ESTÉTICA E COSMÉTICA Autorizado pela Portaria MEC nº 433 de 21.10.11, DOU de 24.10.11 CURSO SUPERIOR DE TECNOLÓGIA EM ESTÉTICA E COSMÉTICA Autorizado pela Portaria MEC nº 433 de 21.10.11, DOU de 24.10.11 Componente Curricular: Gestão e Marketing em Serviços de Beleza Código: --- Pré-requisito:

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico Etec Etec: ETEC PROF. MASSUYUKI KAWANO Código: 136 Município: Tupã Área de conhecimento: Gestão e Negócios Componente Curricular: Gestão de Pessoas III Série:III

Leia mais

GESTÃO ESTRATÉGICA DE NEGÓCIOS NÚCLEO COMUM

GESTÃO ESTRATÉGICA DE NEGÓCIOS NÚCLEO COMUM GESTÃO ESTRATÉGICA DE NEGÓCIOS NÚCLEO COMUM DISCIPLINA: Gestão de Pessoas EMENTA: O sistema clássico de estruturação da gestão de recursos humanos e suas limitações: recrutamento e seleção, treinamento

Leia mais

Ingresso Março 2015. Outubro 2014. Informações: (51) 3218-1400 - www.espm.br/mba

Ingresso Março 2015. Outubro 2014. Informações: (51) 3218-1400 - www.espm.br/mba Ingresso Março 2015 Informações: (51) 3218-1400 - www.espm.br/mba MBA em Marketing Digital Desenvolver profissionais para atuarem na era digital, com visão estratégica e conhecimento técnico para planejar

Leia mais

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu. MBA em Estratégia e Liderança Empresarial

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu. MBA em Estratégia e Liderança Empresarial Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Estratégia e Liderança Empresarial Apresentação O programa de MBA em Estratégia e Liderança Empresarial tem por objetivo preparar profissionais para

Leia mais

AVISO DE RETIFICAÇÃO II CREDENCIAMENTO N.º 502/2009

AVISO DE RETIFICAÇÃO II CREDENCIAMENTO N.º 502/2009 AVISO DE RETIFICAÇÃO II CREDENCIAMENTO N.º 502/2009 O SESI/SENAI - PR, torna pública a RETIFICAÇÃO referente ao Edital de CREDENCIAMENTO N.º 502/2009, conforme segue: Fica Incluído no ANEXO III - ÁREAS

Leia mais

CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS Autorizado pela Portaria nº 1.393 de 04/07/01 DOU de 09/07/01 Componente Curricular: Empreendedorismo

CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS Autorizado pela Portaria nº 1.393 de 04/07/01 DOU de 09/07/01 Componente Curricular: Empreendedorismo CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS Autorizado pela Portaria nº 1.393 de 04/07/01 DOU de 09/07/01 Componente Curricular: Empreendedorismo Código: CTB-251 Pré-requisito: ---------- Período Letivo: 2015.2 Professor:

Leia mais

Pós-Graduação em Marketing Digital MANUAL DO CANDIDATO. Ingresso março 2011. ESPM Unidade Porto Alegre

Pós-Graduação em Marketing Digital MANUAL DO CANDIDATO. Ingresso março 2011. ESPM Unidade Porto Alegre Pós-Graduação em Marketing Digital MANUAL DO CANDIDATO Ingresso março 2011 ESPM Unidade Porto Alegre Rua Guilherme Schell, 350 Santo Antônio Porto Alegre/RS. Informações: Central de Candidatos: (51) 3218-1400

Leia mais

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE Unidade Universitária: Curso: Engenharia de Produção Disciplina: Gestão de Investimentos Professor: Paulo Sergio Milano Bernal Carga horária: 4 DRT: 113400-5 Código da Disciplina: 18018017 Etapa: 8º Semestre

Leia mais

Plano de Ensino 2014.2

Plano de Ensino 2014.2 Plano de Ensino Marketing Eletrônico Módulo E Ementa Bibliografia Básica: Carga Horária: 47h Introdução, conceito e aplicação prática do comércio eletrônico. Estudos estratégicos, táticos e operacionais

Leia mais

PLANO DE ENSINO DA DISCIPLINA BLOCO I IDENTIFICAÇÃO. Quarta-feira 9h30min às 12hs. Enfoque: ( ) Obrigatória ( ) Optativa ( X ) Eletiva ( ) PDCI

PLANO DE ENSINO DA DISCIPLINA BLOCO I IDENTIFICAÇÃO. Quarta-feira 9h30min às 12hs. Enfoque: ( ) Obrigatória ( ) Optativa ( X ) Eletiva ( ) PDCI CURSO DE GRADUAÇÃO: Para todos os cursos de graduação. SÉRIE: SEMESTRE LETIVO DO ANO: ( X ) 1º SEMESTRE ( ) 2º SEMESTRE ( ) 1º e 2ª SEMESTRES PLANO DE ENSINO DA DISCIPLINA BLOCO I IDENTIFICAÇÃO Código

Leia mais

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Reconhecimento Renovado pela Portaria MEC nº 264 de 14.07.11, DOU de 19.07.11 PLANO DE CURSO

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Reconhecimento Renovado pela Portaria MEC nº 264 de 14.07.11, DOU de 19.07.11 PLANO DE CURSO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Reconhecimento Renovado pela Portaria MEC nº 264 de 14.07.11, DOU de 19.07.11 Componente Curricular: EMPREENDEDORISMO Código: ADM-353 Pré-requisito: --- Período Letivo: 2015.1 Professor:

Leia mais

Curso Gestão em Marketing Digital. Rua Helena, 170, Cj. 64 Vila Olímpia CEP 04552-050 São Paulo/SP Tel: (11) 3031-1131

Curso Gestão em Marketing Digital. Rua Helena, 170, Cj. 64 Vila Olímpia CEP 04552-050 São Paulo/SP Tel: (11) 3031-1131 Curso Gestão em Marketing Digital 04552050 30311131 Sobre a Escola Somos a primeira escola especializada em cursos para Comércio Eletrônico e Marketing Digital. Estamos há mais de seis anos no mercado

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE

UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE CENTRO DE ESTUDOS SOCIAIS APLICADOS FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO, CIÊNCIAS CONTÁBEIS E TURISMO DEPARTAMENTO DE ADMINISTRAÇÃO PLANO DE DISCIPLINA DISCIPLINA: ADMINISTRAÇÃO

Leia mais

Marketing Digital com Martha Gabriel Estratégias aplicadas para resultados em mídias sociais

Marketing Digital com Martha Gabriel Estratégias aplicadas para resultados em mídias sociais Programa de Extensão Marketing Digital com Martha Gabriel Estratégias aplicadas para resultados em mídias sociais Apresentação Atenta aos movimentos do mercado e ao cenário competitivo vivenciado pelas

Leia mais

INFORMAÇÃO E VANTAGEM COMPETITIVA EM ORGANIZAÇÃO DE MÓVEIS E ELETROS

INFORMAÇÃO E VANTAGEM COMPETITIVA EM ORGANIZAÇÃO DE MÓVEIS E ELETROS INFORMAÇÃO E VANTAGEM COMPETITIVA EM ORGANIZAÇÃO DE MÓVEIS E ELETROS Elane de Oliveira, UFRN 1 Max Leandro de Araújo Brito, UFRN 2 Marcela Figueira de Saboya Dantas, UFRN 3 Anatália Saraiva Martins Ramos,

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico ETEC PAULINO BOTELHO Código: 091 Município: SÃO CARLOS Eixo Tecnológico: Gestão e Negócios Habilitação Profissional: Técnica de Nível Médio de Técnico em Administração

Leia mais

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu em COMUNICAÇÃO, MERCADOS E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu em COMUNICAÇÃO, MERCADOS E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu em COMUNICAÇÃO, MERCADOS E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Inscrições Abertas: Início das aulas: 28/03/2016 Término das aulas: 10/12/2016 Dias e horários das aulas:

Leia mais

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE Decanato Acadêmico

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE Decanato Acadêmico Unidade Universitária: Centro de Ciências Sociais e Aplicadas Curso: Administração Núcleo Temático: Formação Profissional Disciplina: Avaliação de Negócios Etapa: 7/8 Carga horária: 4 horas Ementa: ( X

Leia mais

Aula 07 Planejamento Estratégico de RH

Aula 07 Planejamento Estratégico de RH Aula 07 Planejamento Estratégico de RH Objetivos da aula: Nesta aula o objetivo será Apresentar uma visão diferenciada sobre como as ações integradas de planejamento estratégico de Recursos Humanos (RH)

Leia mais

FACULDADE PORTO DAS MONÇÕES PORTO FELIZ

FACULDADE PORTO DAS MONÇÕES PORTO FELIZ FACULDADE PORTO DAS MONÇÕES PORTO FELIZ COORDENADORIA DE EXTENSÃO E PESQUISA CURSO DE PÓS GRADUAÇÃO LATO SENSU MBA Engenharia Logística 1. Nome do Curso e Área do Conhecimento Programa de Pós-Graduação

Leia mais

REVISANDO O CONCEITO E A EVOLUÇÃO DO MARKETING

REVISANDO O CONCEITO E A EVOLUÇÃO DO MARKETING PROGRAMA PRIMEIRA EMPRESA INOVADORA PRIME GESTÃO MERCADOLÓGICA 2009 REVISANDO O CONCEITO E A EVOLUÇÃO DO MARKETING Todo comprador poderá adquirir o seu automóvel da cor que desejar, desde que seja preto.

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico Etec ETEC PAULINO BOTELHO Código: 091 Município: SÃO CARLOS - SP Área de conhecimento: GESTÃO E NEGÓCIOS Componente Curricular: MARKETING INSTITUCIONAL Série:

Leia mais

Marketing Digital. Prof. Luthiano Venecian

Marketing Digital. Prof. Luthiano Venecian Marketing Digital Prof. Luthiano Venecian Tópicos 1 - Conteúdo Programático da Disciplina II - Conceitos básicos de Marketing III - Conceitos de Marketing Digital IV - Referência Bibliográfica 2 I - Conteúdo

Leia mais

A escolha é sempre sua. O conhecimento é a nossa contribuição.

A escolha é sempre sua. O conhecimento é a nossa contribuição. A escolha é sempre sua. O conhecimento é a nossa contribuição. TURMA 3 Master in Business Administration Especialização Lato-Sensu GESTÃO ESTRATÉGICA DA PRODUÇÃO E QUALIDADE GESTÃO FARMACEUTICA EMPRESARIAL

Leia mais

MBA Executivo em Marketing Digital

MBA Executivo em Marketing Digital ISCTE BUSINESS SCHOOL INDEG_GRADUATE CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO MBA Executivo em Marketing Digital www.strong.com.br/alphaville - www.strong.com.br/osasco - PABX: (11) 3711-1000 MBA

Leia mais

Implementando uma estratégia de desenvolvimento de liderança

Implementando uma estratégia de desenvolvimento de liderança Implementando uma estratégia de desenvolvimento de liderança AGENDA Quem somos Nossa crença Implementando uma estratégia de desenvolvimento de liderança Case: Cia. Hering GESTÃO DE MARCAS SUPPLY CHAIN

Leia mais

Escola de Engenharia

Escola de Engenharia Unidade Universitária: Curso: Engenharia de Produção Disciplina: Gestão em Recursos Humanos Professor(es): Roberto Pallesi Carga horária: 4hs/aula por semana Escola de Engenharia DRT: 1140127 Código da

Leia mais

Inscrições Abertas. Dia e horário das aula: Sexta-Feira 18h30 às 22h30 Quinzenal Sábado 08h30 às 17h30 Quinzenal

Inscrições Abertas. Dia e horário das aula: Sexta-Feira 18h30 às 22h30 Quinzenal Sábado 08h30 às 17h30 Quinzenal MBA Recursos Humanos Inscrições Abertas Dia e horário das aula: Sexta-Feira 18h30 às 22h30 Quinzenal Sábado 08h30 às 17h30 Quinzenal Carga horária: 600 Horas Duração: 24 meses *As informações podem sofrer

Leia mais

PROGRAMA DE DISCIPLINA

PROGRAMA DE DISCIPLINA DIVISÃO DE ASSUNTOS ACADÊMICOS PROGRAMA DE DISCIPLINA DEPARTAMENTO DE SAÚDE CÓDIGO: SAU532 DISCIPLINA: GESTÃO EMPRESARIAL EM ORGANIZAÇÕES NA ÁREA DA SAÚDE CARGA HORÁRIA: 45h EMENTA: Abordagens contemporâneas

Leia mais

A logística reversa nos centros de distribuição de lojas de departamento

A logística reversa nos centros de distribuição de lojas de departamento A logística reversa nos centros de distribuição de lojas de departamento Gisela Gonzaga Rodrigues (PUC-Rio) giselagonzaga@yahoo.com.br Nélio Domingues Pizzolato (PUC-Rio) ndp@ind.puc-rio.br Resumo Este

Leia mais

Faça o Curso de E-Commerce Exclusivo Para Clientes Ciashop!

Faça o Curso de E-Commerce Exclusivo Para Clientes Ciashop! Saia na frente dos seus concorrentes, se diferenciando no e-commerce, adquira conhecimento para atingir os seus clientes e vencer novos desafios no comércio eletrônico. Faça o Curso de E-Commerce Exclusivo

Leia mais

PÓS GRADUAÇÃO MARKETING DIGITAL MANUAL DO CANDIDATO UNIFAL FIC. Rua Barão de Jaraguá, 398 - Jaraguá - CEP: 57022-140 Maceió / Alagoas / Brasil

PÓS GRADUAÇÃO MARKETING DIGITAL MANUAL DO CANDIDATO UNIFAL FIC. Rua Barão de Jaraguá, 398 - Jaraguá - CEP: 57022-140 Maceió / Alagoas / Brasil PÓS GRADUAÇÃO MARKETING DIGITAL MANUAL DO CANDIDATO UNIFAL FIC Rua Barão de Jaraguá, 398 - Jaraguá - CEP: 57022-140 Maceió / Alagoas / Brasil Informações Central de candidatos: (82) 3326-8069 Segunda a

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico Etec Etec: PAULINO BOTELHO Código: 091 Município: SÃO CARLOS Eixo Tecnológico: GESTÃO E NEGÓCIOS Habilitação Profissional Técnica de Nível Médio de EM ADMINISTRAÇÃO

Leia mais

www.coachnetwork.com.br

www.coachnetwork.com.br www.coachnetwork.com.br (55) 3333-3033 Seja um mestre na arte de liderar pessoas e inspirá-las rumo ao sucesso. OBJETIVOS Oferecer uma ampla gama de conhecimentos para estruturar metodologias de sucesso

Leia mais

PLANO DE ENSINO 2009

PLANO DE ENSINO 2009 1 PLANO DE ENSINO 2009 Fundamental I ( ) Fundamental II ( ) Médio ( ) Médio Profissionalizante ( ) Profissionalizante ( ) Graduação ( X ) Pós-graduação ( ) I. Dados Identificadores Curso Administração

Leia mais

Subáreas. Marketing estratégico: Marketing de varejo

Subáreas. Marketing estratégico: Marketing de varejo Marketing estratégico: Marketing de varejo Marketing de serviços: Marketing de agronegócios Área: Marketing e Vendas Competências diagnóstico mercadológico; metodologia de análise e segmentação de mercado

Leia mais

MBA EM GESTÃO EMPRESARIAL. com ênfase em MARKETING

MBA EM GESTÃO EMPRESARIAL. com ênfase em MARKETING PÓS - GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO MBA EM GESTÃO EMPRESARIAL com ênfase em MARKETING SIGA: TMBAGE Av. Conselheiro Nébias, 159 Bairro Paquetá Santos SP - CEP 11015-001 - Fone: (13) 3228 6000 Rua

Leia mais

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO EMENTA

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO EMENTA EIXO TECNOLÓGICO: Gestão e Negócios CURSO: Bacharelado em Administração MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO PLANO DE ENSINO FORMA/GRAU:( )integrado ( )subsequente ( ) concomitante ( x

Leia mais

Pós-Graduação Governança dos Negócios: Direito, Economia e Gestão

Pós-Graduação Governança dos Negócios: Direito, Economia e Gestão Pós-Graduação Governança dos Negócios: Direito, Economia e Gestão Turmas de Agosto de 2014 Início das Aulas: 18/08/2014 Termino das Aulas: 31/08/2015 Dias e horários das aulas: Segunda-Feira 18h30 às 22h30

Leia mais

LINHAS DE PESQUISA DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO

LINHAS DE PESQUISA DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO LINHAS DE PESQUISA DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO 4.1 Área de Concentração 4.1.1 Administração de Recursos Humanos 4.1.1.1 Linha de Pesquisa Esta linha tem como principal objetivo pesquisar a importância dos

Leia mais

MBA EM GESTÃO DE SERVIÇOS E HOSPITALIDADE EM EMPREENDIMENTOS TURÍSTICOS E EVENTOS

MBA EM GESTÃO DE SERVIÇOS E HOSPITALIDADE EM EMPREENDIMENTOS TURÍSTICOS E EVENTOS MBA EM GESTÃO DE SERVIÇOS E HOSPITALIDADE EM EMPREENDIMENTOS TURÍSTICOS E EVENTOS O programa foi desenvolvido para capacitar o aluno a atuar no segmento Business de Turismo e Eventos, dando-lhe competências

Leia mais

Anderson L. S. Moreira

Anderson L. S. Moreira Tecnologia da Informação Aula 11 Sistemas de E-business Anderson L. S. Moreira anderson.moreira@ifpe.edu.br Instituto Federal de Pernambuco Recife PE Esta apresentação está sob licença Creative Commons

Leia mais

II SIMPÓSIO DE PESQUISA E DE PRÁTICAS PEDAGÓGICAS 2014 ANAIS

II SIMPÓSIO DE PESQUISA E DE PRÁTICAS PEDAGÓGICAS 2014 ANAIS BUSINESS GAME UGB VERSÃO 2 Luís Cláudio Duarte Graduação em Administração de Empresas APRESENTAÇÃO (DADOS DE IDENTIFICAÇÃO) O Business Game do Centro Universitário Geraldo Di Biase (BG_UGB) é um jogo virtual

Leia mais

Unidade: A era da informação O Balanced Scordecard - BSC

Unidade: A era da informação O Balanced Scordecard - BSC Unidade: A era da informação O Balanced Scordecard - BSC 0 Unidade: A era da informação O Balanced Scordecard BSC 1. INTRODUÇÃO: O MUNDO DO TRABALHO CONTEMPORÂNEO O mundo do trabalho vem passando por constantes

Leia mais

Definir embalagem de transporte. Desenvolver políticas que atendam conceitos, princípios e legislação específica a logística reversa.

Definir embalagem de transporte. Desenvolver políticas que atendam conceitos, princípios e legislação específica a logística reversa. Plano de Trabalho Docente 2015 Ensino Técnico Etec Etec: Paulino Botelho Código: 091 Município: São Carlos Eixo Tecnológico: Gestão e Negócios Habilitação Profissional: Técnica de Nível Médio de Técnico

Leia mais

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Autorizado pela Portaria nº 1.399 de 04/07/01 DOU de 09/07/01 PLANO DE CURSO

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Autorizado pela Portaria nº 1.399 de 04/07/01 DOU de 09/07/01 PLANO DE CURSO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Autorizado pela Portaria nº 1.399 de 04/07/01 DOU de 09/07/01 Componente Curricular: ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Código: ADM - 251 Pré-requisito: ------- Período Letivo:

Leia mais

CBA. Comércio Internacional PÚBLICO-ALVO COMPLEMENTAÇÃO ACADÊMICA MATERIAL DIDÁTICO. Internacional. Comércio

CBA. Comércio Internacional PÚBLICO-ALVO COMPLEMENTAÇÃO ACADÊMICA MATERIAL DIDÁTICO. Internacional. Comércio CBA Comércio Internacional Comércio Internacional A intensidade das relações comerciais e produtivas das empresas no atual contexto econômico tem exigido das empresas um melhor entendimento da complexidade

Leia mais

MBA em Gestão Empresarial com Ênfase na Transformação Organizacional

MBA em Gestão Empresarial com Ênfase na Transformação Organizacional MBA em Gestão Empresarial com Ênfase na Transformação Organizacional Coordenação Acadêmica: Wankes da Silva Ribeiro Coordenação da Ênfase: Wankes Leandro Ribeiro JUSTIFICATIVA O MBA em Gestão Empresarial

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico Etec ETEC: PAULINO BOTELHO Código: 091 Município: São Carlos Eixo Tecnológico: Gestão e Negócios Habilitação Profissional: Técnica de Nível Médio de Técnico

Leia mais

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu em CONSULTORIA EMPRESARIAL

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu em CONSULTORIA EMPRESARIAL Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu em CONSULTORIA EMPRESARIAL Inscrições Abertas: Início das aulas: 24/08/2015 Término das aulas: 14/08/2016 Dias e horários das aulas: Segunda-Feira 18h30 às

Leia mais

MANUAL DO CANDIDATO ESPM. Rua Joaquim Távora, 1240 Vila Mariana São Paulo - SP. Informações

MANUAL DO CANDIDATO ESPM. Rua Joaquim Távora, 1240 Vila Mariana São Paulo - SP. Informações MANUAL DO CANDIDATO ESPM Rua Joaquim Távora, 1240 Vila Mariana São Paulo - SP Informações Central de Candidatos: (11) 5081-8200 (opção 1) Segunda a sexta 9h às 21h Sábado 9h às 13h candidato@espm.br www.espm.br

Leia mais

MANUAL DO CANDIDATO ESPM. Rua Joaquim Távora, 1240 Vila Mariana São Paulo - SP. Informações

MANUAL DO CANDIDATO ESPM. Rua Joaquim Távora, 1240 Vila Mariana São Paulo - SP. Informações MANUAL DO CANDIDATO ESPM Rua Joaquim Távora, 1240 Vila Mariana São Paulo - SP Informações Central de Candidatos: (11) 5081-8200 (opção 1) Segunda a sexta 9h às 21h Sábado 9h às 13h candidato@espm.br www.espm.br

Leia mais

CBA. Comércio Internacional PÚBLICO-ALVO COMPLEMENTAÇÃO ACADÊMICA MATERIAL DIDÁTICO. Internacional. Comércio

CBA. Comércio Internacional PÚBLICO-ALVO COMPLEMENTAÇÃO ACADÊMICA MATERIAL DIDÁTICO. Internacional. Comércio CBA Comércio Internacional Comércio Internacional A intensidade das relações comerciais e produtivas das empresas no atual contexto econômico tem exigido das empresas um melhor entendimento da complexidade

Leia mais

MBA EM GESTÃO DO MARKETING ESTRATÉGICO - EMENTAS

MBA EM GESTÃO DO MARKETING ESTRATÉGICO - EMENTAS MBA EM GESTÃO DO MARKETING ESTRATÉGICO - EMENTAS Branding Corporativo O que é Branding. O que é uma marca. História da Marcas. Naming. Arquitetura de Marcas. Tipos de Marcas. Brand Equity. Gestão de Marcas/Branding.

Leia mais

Gerenciamento de Projetos Fundamentos

Gerenciamento de Projetos Fundamentos Gerenciamento de Fundamentos MBA EM GESTÃO DE PROJETOS - EMENTAS Definição de Projeto. Contexto e Evolução do Gerenciamento de. Areas de conhecimento e os processos de gerenciamento do PMI - PMBoK. Ciclo

Leia mais

1º SEMESTRE 2º SEMESTRE

1º SEMESTRE 2º SEMESTRE 1º SEMESTRE 7ECO003 ECONOMIA DE EMPRESAS I Organização econômica e problemas econômicos. Demanda, oferta e elasticidade. Teoria do consumidor. Teoria da produção e da firma, estruturas e regulamento de

Leia mais

FACULDADE PITÁGORAS DISCIPLINA: SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

FACULDADE PITÁGORAS DISCIPLINA: SISTEMAS DE INFORMAÇÃO FACULDADE PITÁGORAS DISCIPLINA: SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Prof. Ms. Carlos José Giudice dos Santos carlos@oficinadapesquisa.com.br www.oficinadapesquisa.com.br Usando o SI como vantagem competitiva Vimos

Leia mais

Faculdade da Alta Paulista

Faculdade da Alta Paulista Plano de Ensino Disciplina: Marketing Aplicado aos Negócios Código: Série: 3ª Série Obrigatória ( x ) Optativa ( ) CH Teórica: CH Prática: CH Total: 80 horas Período Letivo: 2015 Obs: Objetivo Geral: Apresentar

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2015 Ensino Técnico Etec ETEC: Paulino Botelho Código: 091 Município: São Carlos Eixo Tecnológico: Gestão e Negócios Habilitação Profissional: Técnica de Nível Médio de Técnico

Leia mais