MANUAL DE MONITORAMENTO E AVALIAÇÃO DA ATUAÇÃO DOS TUTORES DA REDE EAD-MT

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "MANUAL DE MONITORAMENTO E AVALIAÇÃO DA ATUAÇÃO DOS TUTORES DA REDE EAD-MT"

Transcrição

1 SECRETARIA DE ESTADO DE SEGURANÇA PÚBLICA DE MATO GROSSO SECRETARIA ADJUNTA DE POLÍTICAS, PROGRAMAS E PROJETOS GESTÃO ESTADUAL EAD COORDENAÇÃO DE ENSINO MANUAL DE MONITORAMENTO E AVALIAÇÃO DA ATUAÇÃO DOS TUTORES DA REDE EAD-MT CUIABÁ/ JANEIRO/2012

2 2 GESTÃO ESTADUAL EAD-MT COORDENAÇÃO DE ENSINO Versão 3.0 / Janeiro 2012

3 3 SECRETARIA DE ESTADO SEGURANÇA PÚBLICA DE MATO GROSSO PORTARIA N. 66/ SEJUSP/MT, DE 14 DE MAIO DE Dispõe sobre diretrizes para o monitoramento e avaliação da atuação dos tutores vinculados à Rede EAD-MT. O SECRETÁRIO DE ESTADO DE JUSTIÇA E SEGURANÇA PÚBLICA, no uso das atribuições que lhe confere o Art. 71 da Constituição Estadual, o art. 3º, inciso V da Lei Complementar Estadual nº 239 de 28/12/2005 e art. 101, inciso XXII do Regimento Interno da SEJUSP, aprovado pelo Decreto Estadual nº de 16/11/2009, e tendo em vista o disposto no art. 23, Parágrafo único, da Instrução Normativa nº 02 de 14/05/2010, R E S O L V E: Art. 1 o Determinar aos servidores tutores vinculados à Rede de Ensino a Distância Rede EAD/MT - da Secretaria Nacional de Segurança Pública SENASP -, a utilização do Manual de Monitoramento e Avaliação dos Tutores da Rede EAD-MT, o qual contém os procedimentos e as orientações e a serem adotados pelos tutores vinculados à Rede EAD-MT. Art. 2 o O Manual de Monitoramento e Avaliação dos Tutores da Rede EAD-MT e suas atualizações serão disponibilizados no portal da Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública, por meio do endereço eletrônico Art. 3 o Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação. DIÓGENES CURADO FILHO Secretário de Estado de Justiça e Segurança Pública (documento original assinado)

4 4 SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO ITENS DE ACOMPANHAMENTO Quantidade mínima, prazos e distribuição temporal dos itens de acompanhamento Quantidade média dos itens de acompanhamento ATUAÇÃO DO TUTOR Atividades do tutor Atividades específicas e obrigatórias Participação em eventos FICHA DE ACOMPANHAMENTO PLANO DE TUTORIA ASSOCIAÇÃO DOS TUTORES AOS CURSOS PENALIDADES REFERÊNCIAS ANEXO I (Quantidade mínima, prazos e distribuição temporal dos itens de acompanhamento) Cursos de 40 horas Cursos de 60 horas ANEXO II (Quantidade média dos itens de acompanhamento) Cursos de 40 horas Cursos de 60 horas Divulgação do anexo ANEXO IV (Modelo de Plano de Tutoria)... 18

5 5 1. INTRODUÇÃO A Rede Nacional de Educação a Distância é uma escola virtual destinada aos profissionais de segurança pública no Brasil, que tem como objetivo viabilizar o acesso dos profissionais aos processos de aprendizagem, independentemente das limitações geográficas e sociais existentes. (MJ-SENASP, 2010) Nesse processo, os tutores da Rede EAD exercem funções importantes, pois são eles os responsáveis em promover o estudo e a aprendizagem autônoma dos alunos por meio do Ambiente Virtual de Aprendizagem. O Manual de Monitoramento e Avaliação da Atuação dos Tutores da Rede EAD-MT apresenta uma padronização e orientação para o exercício da tutoria, estabelecendo parâmetros para a elaboração do Plano de Tutoria e para a realização de atividades dos tutores no ambiente virtual de aprendizagem. Sua elaboração tem como base as propostas dos Manuais do Gestor (MJ-SENASP/ANP, 2009) e do Tutor da Rede EAD (MJ-SENASP/ANP, 2011) e as orientações para o Sistema de Avaliação e Monitoramento das Ações Formativas da Matriz Curricular Nacional da SENASP (Secretaria Nacional de Segurança Pública). Este Manual é um instrumento didático de observação obrigatória aos tutores do Estado de Mato Grosso vinculados à Rede EAD. A Gestão Estadual EAD acompanhará o monitoramento e a avaliação da atuação dos tutores realizados pela Coordenação de Ensino, conforme o estabelecido na Instrução Normativa 02/2010 de 14/05/2010: Art. 9 o. Ao Gestor Estadual da Rede EAD, responsável pela administração dos Telecentros e pelas ações da Rede EAD no âmbito do Estado, incumbe: IX monitorar e avaliar a atuação dos tutores durante o andamento dos cursos, auxiliando-os no desempenho de suas funções; Art. 10. Ao Coordenador de Ensino, responsável pela qualidade e eficácia do treinamento ministrado a partir dos Telecentros, incumbe: VI monitorar e avaliar a atuação dos tutores durante o andamento dos cursos, auxiliando-os no desempenho de suas funções, mediante delegação do Gestor Estadual da Rede EAD.

6 6 2. ITENS DE ACOMPANHAMENTO Os itens de acompanhamento são as atividades e outros procedimentos que devem ser realizados pelo tutor a cada ciclo de cursos. Esses itens são monitorados por meio de informações registradas no Ambiente Virtual de Aprendizagem e por procedimentos adotados pelo Gestor Estadual EAD e a Coordenação de Ensino. Compõem os itens de acompanhamento: Acessos ao ambiente virtual de aprendizagem; Avisos postados; Chats; Fóruns; Mensagens respondidas; Plano de tutoria; Relatório final da turma Quantidade mínima, prazos e distribuição temporal dos itens de acompanhamento A quantidade mínima, os prazos e a distribuição temporal dos itens de acompanhamento estão dispostos no Anexo I deste manual. Os valores sugeridos como quantidade mínima para os itens de acompanhamento são extraídos do Manual do Tutor (MJ-SENASP/ANP, 2011) e das informações registradas no Ambiente Virtual de Aprendizagem, constituindo apenas valores a serem observados para o início do exercício da tutoria. No Plano de Tutoria, o planejamento desses itens deve ter como base a quantidade média dos itens de acompanhamento Quantidade média dos itens de acompanhamento A quantidade média dos itens de acompanhamento é o valor referencial para o planejamento e execução da tutoria. Essa quantidade é calculada a partir do desempenho dos tutores nos itens de acompanhamento em um ciclo de cursos da Rede EAD. A quantidade média calculada em um ciclo será a referência para ciclo seguinte. O Gestor Estadual EAD divulgará a referida quantidade após o encerramento de cada ciclo, nos moldes do Anexo II deste manual, em

7 7 3. ATUAÇÃO DO TUTOR A atuação do tutor é monitorada e avaliada, em cada turma, de acordo com o desempenho nos itens de acompanhamento. Esses itens deverão ser realizados na quantidade, nos prazos e na distribuição temporal relacionados nos Anexos I e II deste manual Atividades do tutor Atividades específicas e obrigatórias São atividades específicas do tutor: a) Conhecer o material didático dos cursos e o sistema de tutoria da Rede EAD; b) Orientar os alunos, enfatizando a autonomia, responsabilidade e autoimagem positiva, conforme definições junto com as equipes da administração nacional e da Gestão Estadual EAD; c) Orientar os alunos no uso dos recursos virtuais do ambiente virtual de aprendizagem e dos materiais complementares dos cursos colocados à disposição na Rede EAD; d) Informar a Gestão Estadual e a Coordenação de Ensino sobre o desenvolvimento dos alunos e as dificuldades encontradas durante a realização dos cursos, as necessidades de adequação dos materiais, das atividades e ferramentas de aprendizagem e do sistema de comunicação; e) Elaborar e encaminhar relatórios à administração nacional e à Gestão Estadual da Rede EAD, abrangendo o registro da participação dos alunos, suas principais dúvidas e dificuldades em relação aos cursos e aos materiais didáticos disponibilizados na Rede EAD, e outros relatórios solicitados. Constitui atividade obrigatória do tutor: a) Concluir, no mínimo, 02 (dois) cursos da Rede EAD por ano Participação em eventos: Nos eventos realizados pela Gestão Estadual da Rede EAD, a participação do tutor deverá ser: a) Para o profissional lotado na região metropolitana 2/3 (dois terços) dos eventos, no mínimo; b) Para o profissional lotado nas demais regiões 1/3 (um terço) dos eventos, no mínimo.

8 8 4. FICHA DE ACOMPANHAMENTO A ficha de acompanhamento é um instrumento utilizado para o registro das informações do monitoramento e avaliação da atuação do tutor. O tutor terá uma ficha para cada turma sob a sua responsabilidade. Serão registradas informações a respeito dos seguintes itens: Acessos no ambiente virtual de aprendizagem: total de acessos; Avisos postados: quantidade de avisos postados; Chats: criação e participação; Cursos realizados: total de cursos da Rede EAD realizados pelo tutor durante o ano; Fóruns: criação e participação; Mensagens respondidas: quantidade de mensagens respondidas; Participação em eventos: presença do tutor nas reuniões e outros eventos durante o ano; Plano de tutoria: disponibilização do Plano de Tutoria aos alunos e a quantidade de atividades propostas; Relatório final da turma: envio do relatório. As fichas serão atualizadas pelo Gestor Estadual EAD e/ou a Coordenação de Ensino. Outras informações poderão ser requeridas pelo Gestor Estadual EAD aos tutores e à administração da Rede EAD, a fim de subsidiar o processo de monitoramento e avaliação. Após o encerramento de cada ciclo, o tutor poderá solicitar uma cópia da ficha de acompanhamento da(s) turma(s) sob a sua responsabilidade à Coordenação de Ensino. 5. PLANO DE TUTORIA tutor. O Plano de Tutoria é um instrumento didático-pedagógico de elaboração e uso obrigatórios para o O tutor deverá elaborar o Plano de Tutoria e disponibilizá-lo no ambiente virtual de aprendizagem no prazo disposto no Anexo I deste manual, observando os seguintes aspectos: 1. Quantidade de atividades dispostas no anexo I, no mínimo, deste manual; 2. Cronograma das atividades; 3. Objetivos das atividades; 4. Temas dos chats e fóruns; 5. Critérios de atribuição de notas.

9 9 No início de cada ciclo, os planos de tutoria serão avaliados pela Coordenação de Ensino com o objetivo contribuir com o tutor em sua atuação no ambiente virtual de aprendizagem e com o planejamento da formação dos alunos da Rede EAD. Qualquer alteração nas atividades deverá ser informada aos alunos e ao Gestor Estadual EAD por meio da caixa postal. 6. ASSOCIAÇÃO DOS TUTORES AOS CURSOS Segundo o Manual do Gestor (MJ-SENASP/ANP, 2009), a associação dos tutores aos cursos da Rede EAD é uma atividade realizadas pelos gestores: para que possam ser vinculados às turmas, os tutores precisam estar relacionados aos cursos para os quais estão preparados. Essa é uma atividade realizada pelos gestores (...). A associação aos cursos dependerá, ainda, do perfil curricular dos tutores e da aprovação da administração nacional da Rede EAD. 7. PENALIDADES Aos tutores que não exercerem a tutoria em conformidade com as disposições deste manual e seus anexos, serão aplicadas penalidades pelo Gestor Estadual EAD. Essas penalidades serão registradas e arquivadas na pasta individual do tutor pela Coordenação de Ensino. As penalidades são: 1. Advertência verbal 2. Advertência por escrito 3. Suspensão por um ciclo 4. Inatividade 5. Cancelamento da inscrição no cadastro de tutores Os critérios para aplicação de penalidades ao tutor são: a) descumprir com a realização, prazo e/ou distribuição temporal de um item de 1. Advertência verbal acompanhamento. a) receber 05 (cinco) advertências verbais durante o mesmo ciclo; ou b) deixar de acessar o AVA por 05 (cinco) dias consecutivos; ou 2. Advertência por escrito c) não participar dos eventos realizados pela Gestão Estadual EAD, conforme o disposto no item 3.2 deste manual. 3. Suspensão por um ciclo a) receber 03 (três) advertências por escrito durante o ano. 4. Inatividade a) deixar de fazer 2 (dois) cursos da Rede EAD durante o ano. 5. Cancelamento da a) sofrer 02 (duas) suspensões por um ciclo em um período de 02 (dois) anos consecutivos; inscrição no cadastro de b) ficar inativo por um período de dois anos consecutivos. tutores As advertências verbais aplicadas durante um ciclo não serão acumuladas nos ciclos seguintes. As advertências por escrito aplicadas durante um ciclo serão acumuladas nos ciclos seguintes, dentro do período de um ano do calendário civil.

10 10 As suspensões por um ciclo são cumulativas por um período de dois anos e anulam as demais penalidades aplicadas anteriormente durante o ano. A inatividade será aplicada ao tutor até que os 02 cursos sejam concluídos em um período máximo de 02 (dois) anos. A suspensão por um ciclo e a inatividade serão aplicadas cumulativamente quando se referirem ao mesmo ciclo. O tutor que tiver a inscrição cancelada no cadastro de tutores poderá participar de um novo processo seletivo de tutores.

11 11 8. REFERÊNCIAS LÉVY, Pierre.(2000) Educação e Cibercultura. Disponível em: Acessado em Dez/2009. MACHADO, Liliana Dias; MACHADO, Elian de Castro. O Papel da Tutoria em Ambientes de EAD. Disponível em: Acessado em Dez/2009. MJ-SENASP/ANP. Manual do Gestor. Ministério da Justiça Secretaria Nacional de Segurança Pública. Versão 3.2 / Outubro MJ-SENASP/ANP. Manual do Tutor. Ministério da Justiça Secretaria Nacional de Segurança Pública. Versão 3.8 / Setembro MJ-SENASP. Matriz Curricular Nacional para Formação em Segurança Pública. Ministério da Justiça Secretaria Nacional de Segurança Pública. Disponível em: Acessado em MJ-SENASP. O que é a Rede Nacional EAD. Ministério da Justiça Secretaria Nacional de Segurança Pública. Disponível em: Acessado em NISKIER, Arnaldo. Educação a Distância: A Tecnologia da Esperança. São Paulo, Loyola, 1999.

12 12 9. ANEXO I Quantidade mínima, prazo e distribuição temporal dos itens de acompanhamento Cada item de acompanhamento possui uma quantidade mínima, os prazos e a distribuição de tempo abaixo discriminados: 9.1. Cursos de 40 horas CRIAÇÃO 1. CHATS PARTICIPAÇÃO 1 1 A quantidade de chats criados deve sempre corresponder à quantidade de participações. Os chats poderão ser realizados a qualquer tempo, durante o período dos cursos. CRIAÇÃO 2. FÓRUNS PARTICIPAÇÃO 4 4 A quantidade de fóruns criados deve sempre corresponder à quantidade de participações. Há dois tipos de fóruns: os Fóruns Gerais (Apresentação e Despedida) e os Fóruns de Conteúdo. Os Fóruns Gerais são criados automaticamente pelo sistema quando são montadas as turmas, com o seguinte cronograma: Fórum de Apresentação: é liberado para participação a partir do primeiro dia de aula; Fórum de Despedida: é liberado a partir da última semana de aula. Os Fóruns de Conteúdo são criados pelos tutores durante o período das aulas e, de acordo com o Manual do Tutor (MJ-SENASP/ANP, 2011), os cursos de 40h ficam com os fóruns abertos para participações por 15 dias contados a partir da data de abertura do fórum. (...) Após esse período, os fóruns ficam disponíveis para alunos e tutor apenas em modo visualização. Até a quarta semana de curso, o tutor deverá criar três fóruns de conteúdo, pelo menos. Os Fóruns de Conteúdo fóruns deverão ser distribuídos, pelo menos, dentro do seguinte espaço de tempo: SEMANAS 1ª ou 2ª 3ª 4ª AVISOS POSTADOS 5

13 13 Os avisos deverão ser distribuídos, pelo menos, dentro do seguinte espaço de tempo: SEMANAS 1ª 2ª 3ª 4ª 5ª MENSAGENS RESPONDIDAS 30 As mensagens enviadas aos tutores devem ser respondidas em até 48 horas. 5. ACESSOS NO AMBIENTE 20 Os acessos ao ambiente virtual de aprendizagem (AVA) devem ser distribuídos, pelo menos, dentro do seguinte espaço de tempo: SEMANAS 1ª 2ª 3ª 4ª 5ª Nos casos de impedimento de acesso ao AVA por um prazo de 48 horas, o tutor deverá comunicar o Gestor Estadual EAD ou a Coordenação de Ensino. A ausência dessa comunicação implicará na aplicação em dobro da penalidade prevista para o não cumprimento deste item de acompanhamento. QUANTIDADE DE ATIVIDADES 6. PLANO DE TUTORIA DISTRIBUIÇÃO DAS ATIVIDADES PRAZO PARA ENVIO chat / 04 fóruns / 05 avisos / 01 relatório final Até o final da 1ª semana de cada ciclo Os tutores deverão observar os prazos e a distribuição temporal dos itens de acompanhamento para a elaboração do Plano de Tutoria. 7. RELATÓRIO FINAL DA TURMA QUANTIDADE PRAZO DE ENVIO 1 Uma semana após o término do curso O tutor não poderá enviar o relatório final antes da data prevista para o encerramento do curso.

14 Cursos de 60 horas 1. CHATS CRIAÇÃO PARTICIPAÇÃO 1 1 A quantidade de chats criados deve sempre corresponder à quantidade de participações. Os chats poderão ser realizados a qualquer tempo durante a realização dos cursos. CRIAÇÃO 2. FÓRUNS PARTICIPAÇÃO 4 4 A quantidade de fóruns criados deve sempre corresponder à quantidade de participações. Há dois tipos de fóruns: os Fóruns Gerais (Apresentação e Despedida) e os Fóruns de Conteúdo. Os Fóruns Gerais são criados automaticamente pelo sistema quando são montadas as turmas, com o seguinte cronograma: Fórum de Apresentação: é liberado para participação a partir do primeiro dia de aula; Fórum de Despedida: é liberado a partir da última semana de aula. Os Fóruns de Conteúdo são criados pelos tutores durante o período das aulas e, de acordo com o Manual do Tutor (MJ-SENASP/ANP, 2011), os cursos de 60h ficam com os fóruns abertos para participações por 20 dias contados a partir da data de abertura do fórum. (...) Após esse período, os fóruns ficam disponíveis para alunos e tutor apenas em modo visualização. Até a sexta semana de curso, o tutor deverá criar três fóruns de conteúdo, pelo menos. Os Fóruns de conteúdo fóruns deverão ser distribuídos, pelo menos, dentro do seguinte espaço de tempo: SEMANAS 1ª ou 2ª 3ª ou 4ª 5ª ou 6 ª AVISOS POSTADOS 7

15 15 Os avisos deverão ser distribuídos, pelo menos, dentro do seguinte espaço de tempo: SEMANAS 1ª 2ª 3ª 4ª 5ª 6ª 7ª MENSAGENS RESPONDIDAS 42 As mensagens enviadas aos tutores devem ser respondidas em até 48 horas. 5. ACESSOS NO AMBIENTE 30 Os acessos no Ambiente Virtual de Aprendizagem devem ser distribuídos, pelo menos, dentro do seguinte espaço de tempo: SEMANAS 1ª 2ª 3ª 4ª 5ª 6ª 7ª Nos casos de impedimento de acesso ao AVA por um prazo de 48 horas, o tutor deverá comunicar o Gestor Estadual EAD ou a Coordenação de Ensino. A ausência dessa comunicação implicará na aplicação em dobro da penalidade prevista para o não cumprimento deste item de acompanhamento. QUANTIDADE DE ATIVIDADES 6. PLANO DE TUTORIA DISTRIBUIÇÃO DAS ATIVIDADES PRAZO PARA ENVIO chat / 05 fóruns / 07 avisos / 01 relatório final Até o final da 1ª semana de cada ciclo Os tutores deverão observar os prazos e a distribuição temporal dos itens de acompanhamento para a elaboração do Plano de Tutoria. 7. RELATÓRIO FINAL DA TURMA QUANTIDADE PRAZO DE ENVIO 1 Uma semana após o término do curso O tutor não poderá enviar o relatório final antes da data prevista para o encerramento do curso.

16 ANEXO II Quantidade média dos itens de acompanhamento Os itens de acompanhamento devem ser realizados pelos tutores na quantidade média abaixo discriminada, que são os valores referenciais para o planejamento e execução da tutoria: Cursos de 40 horas 1. CHATS CRIAÇÃO PARTICIPAÇÃO?? 2. FÓRUNS CRIAÇÃO PARTICIPAÇÃO?? 3. AVISOS POSTADOS? 4. MENSAGENS RESPONDIDAS? 5. ACESSOS NO AMBIENTE? 6. RELATÓRIO FINAL DA TURMA QUANTIDADE PRAZO DE ENVIO 1 Uma semana após o término do curso

17 10.2. Cursos de 60 horas Manual de Monitoramento e Avaliação da Atuação dos Tutores da Rede EAD-MT CHATS CRIAÇÃO PARTICIPAÇÃO?? 2. FÓRUNS CRIAÇÃO PARTICIPAÇÃO?? 3. AVISOS POSTADOS? 4. MENSAGENS RESPONDIDAS? 5. ACESSOS NO AMBIENTE? 6. RELATÓRIO FINAL DA TURMA QUANTIDADE PRAZO DE ENVIO 1 Uma semana após o término do curso Divulgação do anexo A divulgação deste anexo, com seus respectivos valores, será feita antes do início de cada ciclo em

18 11. ANEXO IV Manual de Monitoramento e Avaliação da Atuação dos Tutores da Rede EAD-MT 18 Modelo de plano de tutoria PLANO DE TUTORIA Ministério da Justiça Secretaria Nacional de Segurança Pública Rede Nacional de Educação a Distância para Segurança Pública Tutor: Ciclo: Curso: Carga horária: Período: Turma: Telefone: PERÍODO LOCAL / INTERFACE ATIVIDADES OBJETIVOS Obs.: Fonte: Arial / Tamanho: 11 Cuiabá, de de.

19 SECRETARIA DE ESTADO DE SEGURANÇA PÚBLICA DE MATO GROSSO DIÓGENES GOMES CURADO FILHO Secretário de Estado de Segurança Pública Elaboração: ZUILTON BRAZ MARCELINO Gestor Estadual EAD CAROLINE CAMPOS DOBES C. NEVES Coordenação de Ensino SILVANA MARIA CORREA GOMES VELOSO E SILVA Coordenação de Operação i Organização: Caroline Campos Dobes C. Neves

Universidade Federal de Pelotas Faculdade de Medicina Departamento de Medicina Social

Universidade Federal de Pelotas Faculdade de Medicina Departamento de Medicina Social Universidade Federal de Pelotas Faculdade de Medicina Departamento de Medicina Social CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM SAÚDE DA FAMÍLIA MODALIDADE A DISTÂNCIA - EDITAL Nº 01/2014 A Coordenação do Curso de Especialização

Leia mais

PROCESSO DE SELEÇÃO PARA INGRESSO NO PROGRAMA DE MONITORIA PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO E PÓS-GRADUAÇÃO A DISTÂNCIA EDITAL 02/2011

PROCESSO DE SELEÇÃO PARA INGRESSO NO PROGRAMA DE MONITORIA PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO E PÓS-GRADUAÇÃO A DISTÂNCIA EDITAL 02/2011 PROCESSO DE SELEÇÃO PARA INGRESSO NO PROGRAMA DE MONITORIA PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO E PÓS-GRADUAÇÃO A DISTÂNCIA EDITAL 02/2011 A Supervisão Acadêmica de Tutores do Grupo Educacional UNINTER torna público

Leia mais

1. DOS PRÉ-REQUISITOS 2. FUNCIONAMENTO DO CURSO

1. DOS PRÉ-REQUISITOS 2. FUNCIONAMENTO DO CURSO Edital de oferta de vagas para o Curso de Pós-Graduação Lato Sensu Gestão de Projetos Sociais, na modalidade a distância. A Reitora da Universidade Anhanguera-Uniderp, credenciada pelo MEC por meio da

Leia mais

UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SANTOS REGULAMENTO DA EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA. Para os propósitos deste documento são aplicáveis as seguintes definições:

UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SANTOS REGULAMENTO DA EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA. Para os propósitos deste documento são aplicáveis as seguintes definições: 1 UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SANTOS REGULAMENTO DA EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA Para os propósitos deste documento são aplicáveis as seguintes definições: Professor-autor é aquele que possui pleno domínio da área

Leia mais

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO NEW BRANDING INNOVATION MBA 1º Semestre de 2016

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO NEW BRANDING INNOVATION MBA 1º Semestre de 2016 EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO NEW BRANDING INNOVATION MBA 1º Semestre de 2016 As FACULDADES INTEGRADAS RIO BRANCO, na forma regimental torna público o presente Edital, estabelecendo as normas para inscrição

Leia mais

Salvador, Bahia Quarta-feira 16 de Abril de 2014 Ano XCVIII N o 21.405 EDITAL Nº 034/2014

Salvador, Bahia Quarta-feira 16 de Abril de 2014 Ano XCVIII N o 21.405 EDITAL Nº 034/2014 Salvador, Bahia Quarta-feira 16 de Abril de 2014 Ano XCVIII N o 21.405 EDITAL Nº 034/2014 O REITOR DA UNIVERSIDADE DO ESTADO DA BAHIA (UNEB), no uso de suas atribuições legais e regimentais, RESOLVE tornar

Leia mais

Curso Vagas Função. Executor (Perfis 1 e 2) 16 Orientador de TCC (Perfil 5) 20 Tutor Virtual. Administração Pública

Curso Vagas Função. Executor (Perfis 1 e 2) 16 Orientador de TCC (Perfil 5) 20 Tutor Virtual. Administração Pública EDITAL Nº 01/2014. Seleção Pública para Professores Executores, Orientadores de TCC e Tutores Virtuais do Curso de Bacharelado em Administração Pública e Professores Executores do Curso de Licenciatura

Leia mais

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO DIREITO PENAL 1º Semestre de 2016

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO DIREITO PENAL 1º Semestre de 2016 EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO DIREITO PENAL 1º Semestre de 2016 As FACULDADES INTEGRADAS RIO BRANCO, na forma regimental torna público o presente Edital, estabelecendo as normas para inscrição e matrícula

Leia mais

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MBA EM GESTÃO DE MARKETING 1º Semestre de 2016

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MBA EM GESTÃO DE MARKETING 1º Semestre de 2016 EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MBA EM GESTÃO DE MARKETING 1º Semestre de 2016 As FACULDADES INTEGRADAS RIO BRANCO, na forma regimental torna público o presente Edital, estabelecendo as normas para inscrição

Leia mais

CRONOGRAMA DATA ATIVIDADE LOCAL. Período de inscrições e protocolo dos documentos

CRONOGRAMA DATA ATIVIDADE LOCAL. Período de inscrições e protocolo dos documentos PROGRAMA ANUAL DE CAPACITAÇÃO CONTINUADA DE PROFISSIONAIS EM EAD PACC CURSO DE TUTORIA EM EAD Processo Seletivo Simplificado para contratação de tutores a distância Edital n. 13/2014 CRONOGRAMA DATA ATIVIDADE

Leia mais

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO RELAÇÕES INTERNACIONAIS 1º Semestre de 2016

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO RELAÇÕES INTERNACIONAIS 1º Semestre de 2016 EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO RELAÇÕES INTERNACIONAIS 1º Semestre de 2016 As FACULDADES INTEGRADAS RIO BRANCO, na forma regimental torna público o presente Edital, estabelecendo as normas para inscrição

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS FACULDADE DE EDUCAÇÃO - TERRITÓRIOS, EDUCAÇÃO INTEGRAL E CIDADANIA (TEIA) EDITAL 001/2014

UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS FACULDADE DE EDUCAÇÃO - TERRITÓRIOS, EDUCAÇÃO INTEGRAL E CIDADANIA (TEIA) EDITAL 001/2014 UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS FACULDADE DE EDUCAÇÃO - TERRITÓRIOS, EDUCAÇÃO INTEGRAL E CIDADANIA (TEIA) EDITAL 001/2014 PROCESSO DE SELEÇÃO DE TUTORES PRESENCIAIS O Grupo Territórios, Educação Integral

Leia mais

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM PSICOPEDAGOGIA INSTITUCIONAL 1º Semestre de 2016

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM PSICOPEDAGOGIA INSTITUCIONAL 1º Semestre de 2016 EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM PSICOPEDAGOGIA INSTITUCIONAL 1º Semestre de 2016 As FACULDADES INTEGRADAS RIO BRANCO, na forma regimental torna público o presente Edital, estabelecendo as normas para

Leia mais

1. DOS PRÉ-REQUISITOS 2. FUNCIONAMENTO DO CURSO

1. DOS PRÉ-REQUISITOS 2. FUNCIONAMENTO DO CURSO Edital de oferta de vagas para o Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão Estratégica de Negócios, na modalidade a distância. A Reitora da Universidade Anhanguera-Uniderp, credenciada pelo MEC por

Leia mais

Seleção de Tutores para Polo Regional Nordeste Setentrional da Rede Nacional de Formação para Inclusão Digital nas Comunidades Telecentros.

Seleção de Tutores para Polo Regional Nordeste Setentrional da Rede Nacional de Formação para Inclusão Digital nas Comunidades Telecentros. PROGRAMA NACIONAL DE APOIO À INCLUSÃO DIGITAL NAS COMUNIDADES - TELECENTROS.BR REDE NACIONAL DE FORMAÇÃO PARA INCLUSÃO DIGITAL POLO REGIONAL NORDESTE SETENTRIONAL EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Seleção de

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online SAÚDE COLETIVA COM ENFOQUE NO GERENCIAMENTO DE SERVIÇOS Regulamentação de Pós-Graduação Lato-Sensu e Ato de Credenciamento Institucional para

Leia mais

MBA Executivo. Coordenação Acadêmica: Prof. Marcos Avila Apoio em EaD: Prof a. Mônica Ferreira da Silva Coordenação Executiva: Silvia Martins Mendonça

MBA Executivo. Coordenação Acadêmica: Prof. Marcos Avila Apoio em EaD: Prof a. Mônica Ferreira da Silva Coordenação Executiva: Silvia Martins Mendonça Coordenação Acadêmica: Prof. Marcos Avila Apoio em EaD: Prof a. Mônica Ferreira da Silva Coordenação Executiva: Silvia Martins Mendonça 1 O Instituto COPPEAD: O Instituto COPPEAD oferece o curso de especialização

Leia mais

1. DA MODALIDADE DO PROGRAMA E DOS SEUS OBJETIVOS

1. DA MODALIDADE DO PROGRAMA E DOS SEUS OBJETIVOS REGIMENTO INTERNO DOS CURSOS DE DESENVOLVIMENTO DE SERVIDORES PRÓ-REITORIA DE DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL COORDENADORIA DE DESENVOLVIMENTO DE PESSOAS 1. DA MODALIDADE DO PROGRAMA E DOS SEUS OBJETIVOS

Leia mais

Regulamento dos Cursos do Programa ESMP-VIRTUAL

Regulamento dos Cursos do Programa ESMP-VIRTUAL Regulamento dos Cursos do Programa ESMP-VIRTUAL A DIRETORA DA ESCOLA SUPERIOR DO MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE GOIÁS no exercício de suas atribuições legais, com fundamento no art. 65, inciso II da Lei

Leia mais

SUPERINTENDENCIA DE EDUCAÇÃO EM SAÚDE E TRABALHO PARA O SUS ESCOLA ESTADUAL DE SAÚDE PÚBLICA CÂNDIDO SANTIAGO

SUPERINTENDENCIA DE EDUCAÇÃO EM SAÚDE E TRABALHO PARA O SUS ESCOLA ESTADUAL DE SAÚDE PÚBLICA CÂNDIDO SANTIAGO CHAMADA PÚBLICA Nº 01/2015-SEST-SUS/SES-GO A Superintendência de Educação em Saúde e Trabalho para o SUS torna pública a presente Chamada e CONVIDA servidores públicos vinculados ao Sistema Único de Saúde

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DA BAHIA (UNEB) CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO (CONSEPE)

UNIVERSIDADE DO ESTADO DA BAHIA (UNEB) CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO (CONSEPE) UNIVERSIDADE DO ESTADO DA BAHIA (UNEB) CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO (CONSEPE) RESOLUÇÃO Nº 1508/2012 Publicada no D.O.E. de 21-08-2012, p. 19-20 Aprova as condições e procedimentos

Leia mais

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MBA EM GESTÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO 1º Semestre de 2016

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MBA EM GESTÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO 1º Semestre de 2016 EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MBA EM GESTÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO 1º Semestre de 2016 As FACULDADES INTEGRADAS RIO BRANCO, na forma regimental torna público o presente Edital, estabelecendo as

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online DOCÊNCIA NO ENSINO SUPERIOR Regulamentação de Pós-Graduação Lato Sensu e Ato de Credenciamento Institucional para Oferta de Curso de Pós-Graduação

Leia mais

GUIA DIDÁTICO GERAL CURSO DO SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO EDUCACIONAL SIGEDUCA MODALIDADE EAD

GUIA DIDÁTICO GERAL CURSO DO SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO EDUCACIONAL SIGEDUCA MODALIDADE EAD GUIA DIDÁTICO GERAL CURSO DO SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO EDUCACIONAL SIGEDUCA MODALIDADE EAD 1. APRESENTAÇÃO O Secretário de Estado de Educação tem o prazer de convidar-lhe a participar do Curso Sistema

Leia mais

RESOLUÇÃO N 012, de 02 de dezembro de 2008

RESOLUÇÃO N 012, de 02 de dezembro de 2008 CONSUC Parecer 12/2008 Aprovado em 02/12/2008 RESOLUÇÃO N 012, de 02 de dezembro de 2008 Cria o Núcleo de Educação a Distância (NEAD) e aprova seu Regimento Interno O DIRETOR GERAL DA FACULDADE DAS AMÉRICAS,

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA: ELABORAÇÃO DE MATERIAL, TUTORIA E AMBIENTES VIRTUAIS Regulamentação de Pós-Graduação Lato Sensu e Ato de Credenciamento

Leia mais

TURMAS ESPECIAIS (DEPENDÊNCIAS/ADAPTAÇÕES)

TURMAS ESPECIAIS (DEPENDÊNCIAS/ADAPTAÇÕES) FACULDADE DE CIÊNCIAS BIOMÉDICAS DE CACOAL DIREÇÃO ACADÊMICA REGULAMENTO INSTITUCIONAL DE TURMAS ESPECIAIS (DEPENDÊNCIAS/ADAPTAÇÕES) CACOAL 2014 CAPÍTULO I DOS CONCEITOS E DEFINIÇÕES Art. 1º - O presente

Leia mais

Governo do Estado de Mato Grosso Secretaria de Estado de Planejamento Unidade de Apoio a Projetos Especiais. durante o Estágio Probatório.

Governo do Estado de Mato Grosso Secretaria de Estado de Planejamento Unidade de Apoio a Projetos Especiais. durante o Estágio Probatório. Governo do Estado de Mato Grosso Secretaria de Estado de Planejamento Unidade de Apoio a Projetos Especiais REGULAMENTO 001, DE 10 DE OUTUBRO DE 2013. Regula o Monitoramento da Inserção e das Atividades

Leia mais

Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul

Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul ANEXO I MANUAL DE ALTERAÇÃO DE PPCs DE CURSOS SUPERIORES

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online ENSINO DE QUÍMICA Regulamentação de Pós-Graduação Lato Sensu e Ato de Credenciamento Institucional para Oferta de Curso de Pós-Graduação na

Leia mais

1. DOS PRÉ-REQUISITOS 2. FUNCIONAMENTO DO CURSO

1. DOS PRÉ-REQUISITOS 2. FUNCIONAMENTO DO CURSO Edital de oferta de vagas para o Curso de Pós-Graduação Lato Sensu Gestão, Auditoria e Licenciamento Ambiental, na modalidade a distância. A Reitora da Universidade Anhanguera-Uniderp, credenciada pelo

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA N. 02/2010 - SEJUSP/MT, DE 14 DE MAIO DE 2010.

INSTRUÇÃO NORMATIVA N. 02/2010 - SEJUSP/MT, DE 14 DE MAIO DE 2010. 1 INSTRUÇÃO NORMATIVA N. 02/2010 - SEJUSP/MT, DE 14 DE MAIO DE 2010. Dispõe sobre diretrizes para o desenvolvimento, no Estado, da Rede Nacional de Educação à Distância (Rede EAD), estabelece competências

Leia mais

REGULAMENTO DO NÚCLEO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA - NEAD

REGULAMENTO DO NÚCLEO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA - NEAD REGULAMENTO DO NÚCLEO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA - NEAD A política de Educação a Distância EAD está claramente expressa em diversos documentos e regulamentos internos da instituição Regulamento do NEAD Os

Leia mais

DE ADMINISTRAÇÃO A DISTÂNCIA SELEÇÃO DE TUTORES DISCIPLINAS:

DE ADMINISTRAÇÃO A DISTÂNCIA SELEÇÃO DE TUTORES DISCIPLINAS: UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA/UnB CURSO DE ADMINISTRAÇÃO A DISTÂNCIA SELEÇÃO DE TUTORES DISCIPLINAS: Direito Tributário e Comercial Comércio Exterior Operações e Logística Finanças Públicas Tecnologia e Inovação

Leia mais

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC) DO CURSO DE ARQUITETURA E URBANISMO CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC) DO CURSO DE ARQUITETURA E URBANISMO CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC) DO CURSO DE ARQUITETURA E URBANISMO CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS Art. 1º - Este Regulamento estabelece as normas relativas às disciplinas Trabalho

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 11, DE 28 DE NOVEMBRO DE 2012

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 11, DE 28 DE NOVEMBRO DE 2012 INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 11, DE 28 DE NOVEMBRO DE 2012 Estabelece os critérios de concessão de acesso ao Sistema de Gestão de Convênios e Contratos de Repasse SICONV. O SECRETÁRIO DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA

Leia mais

1. DOS PRÉ-REQUISITOS 2. FUNCIONAMENTO DO CURSO

1. DOS PRÉ-REQUISITOS 2. FUNCIONAMENTO DO CURSO 1 Edital de oferta de vagas para o Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão Estratégica de Negócios, na modalidade a distância. O Reitor da Universidade Anhanguera-Uniderp, credenciada pelo MEC

Leia mais

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC) DO CURSO DE ARQUITETURA E URBANISMO

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC) DO CURSO DE ARQUITETURA E URBANISMO REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC) DO CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS Artigo 1º. Este Regulamento estabelece as normas relativas às disciplinas Trabalho de Conclusão de Curso I (TCC

Leia mais

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO JORNALISMO ESPORTIVO E NEGÓCIOS DO ESPORTE 1º Semestre de 2016

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO JORNALISMO ESPORTIVO E NEGÓCIOS DO ESPORTE 1º Semestre de 2016 EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO JORNALISMO ESPORTIVO E NEGÓCIOS DO ESPORTE 1º Semestre de 2016 As FACULDADES INTEGRADAS RIO BRANCO, na forma regimental torna público o presente Edital, estabelecendo as

Leia mais

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MBA EM COMUNICAÇÃO CORPORATIVA INTEGRADA 1º Semestre de 2016

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MBA EM COMUNICAÇÃO CORPORATIVA INTEGRADA 1º Semestre de 2016 EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MBA EM COMUNICAÇÃO CORPORATIVA INTEGRADA 1º Semestre de 2016 As FACULDADES INTEGRADAS RIO BRANCO, na forma regimental torna público o presente Edital, estabelecendo as

Leia mais

SUPERINTENDÊNCIA DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO PÚBLICA MUNICIPAL EDITAL DE SELEÇÃO DE TUTORES CHAMADA PÚBLICA N 001/2015.

SUPERINTENDÊNCIA DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO PÚBLICA MUNICIPAL EDITAL DE SELEÇÃO DE TUTORES CHAMADA PÚBLICA N 001/2015. SUPERINTENDÊNCIA DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO PÚBLICA MUNICIPAL EDITAL DE SELEÇÃO DE TUTORES CHAMADA PÚBLICA N 001/2015. 1. DAS DISPOSIÇÕES GERAIS Estabelece as normas do processo

Leia mais

1. DAS DISPOSIÇÕES GERAIS

1. DAS DISPOSIÇÕES GERAIS UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA SUPERINTENDÊNCIA DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃOEM GESTÃO PÚBLICA MUNICIPAL PROCESSO DE SELEÇÃO DE TUTORES CHAMADA PÚBLICA N 5/2014. 1. DAS DISPOSIÇÕES GERAIS

Leia mais

EDITAL Nº 11/2014. Processo Seletivo de Bolsistas para Monitoria em Ensino a Distância

EDITAL Nº 11/2014. Processo Seletivo de Bolsistas para Monitoria em Ensino a Distância UDF - CENTRO UNIVERSITÁRIO PRÓ-REITORIA ACADÊMICA EDITAL Nº 11/2014 Processo Seletivo de Bolsistas para Monitoria em Ensino a Distância A Pró-Reitora, no uso de suas atribuições regimentais e tendo em

Leia mais

www.unp.br Regulamento

www.unp.br Regulamento www.unp.br Regulamento DA EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA - NEaD NÚCLEO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA NEaD REGULAMENTO DA EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA (Aprovado pela Resolução nº 022/2015-ConEPE, de 28 de março de 2015) Natal/RN

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA SUPERINTENDÊNCIA DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ENSINO DE FILOSOFIA PARA O ENSINO MÉDIO

UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA SUPERINTENDÊNCIA DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ENSINO DE FILOSOFIA PARA O ENSINO MÉDIO UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA SUPERINTENDÊNCIA DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ENSINO DE FILOSOFIA PARA O ENSINO MÉDIO PROCESSO DE SELEÇÃO DE TUTORES CHAMADA PÚBLICA Nº 7/2014. 1. DAS

Leia mais

Universidade Federal de Lavras Pró-Reitoria de Pós-Graduação

Universidade Federal de Lavras Pró-Reitoria de Pós-Graduação Universidade Federal de Lavras Pró-Reitoria de Pós-Graduação EDITAL PRPG/UFLA N 011/2014 PRÓ-REITORIA ADJUNTA DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EDITAL INTERNO DE SELEÇÃO DE OFERTA DE CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO

Leia mais

Edital nº 01/2012. A oferta de disciplinas em Regime Tutorial acontecerá nas seguintes situações:

Edital nº 01/2012. A oferta de disciplinas em Regime Tutorial acontecerá nas seguintes situações: FACULDADE INTERNACIONAL DE CURITIBA FACINTER FACULDADE DE TECNOLOGIA INTERNACIONAL FATEC INTERNACIONAL PRÓ-DIRETORIA DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA PDEAD COORDENAÇÃO GERAL DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA pararealizaçãoeprogramaçãodeofertas.

Leia mais

REGULAMENTO DE DISCIPLINAS SEMIPRESENCIAIS PARA ALUNOS

REGULAMENTO DE DISCIPLINAS SEMIPRESENCIAIS PARA ALUNOS REGULAMENTO DE DISCIPLINAS SEMIPRESENCIAIS PARA ALUNOS PORTO ALEGRE 2015 Diretora Acadêmica: Profª. Ms. Sara Pedrini Martins Coordenação: Profa. Daniela Bagatine NEaD Núcleo de Educação a Distância Clarisse

Leia mais

REGIMENTO INTERNO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU DA ESCOLA DO PARLAMENTO DA CÂMARA MUNICIPAL DE SÃO PAULO

REGIMENTO INTERNO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU DA ESCOLA DO PARLAMENTO DA CÂMARA MUNICIPAL DE SÃO PAULO REGIMENTO INTERNO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU DA ESCOLA DO PARLAMENTO DA CÂMARA MUNICIPAL DE SÃO PAULO Sumário TÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES... 3 CAPÍTULO I Da Caracterização do Curso... 3 CAPÍTULO

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online MBA EM GESTÃO ESTRATÉGICA DE PESSOAS Regulamentação de Pós-Graduação Lato Sensu e Ato de Credenciamento Institucional para Oferta de Curso de

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DA PARAÍBA DIRETORIA DE GESTÃO DE PESSOAS EDITAL Nº 002/2014

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DA PARAÍBA DIRETORIA DE GESTÃO DE PESSOAS EDITAL Nº 002/2014 EDITAL Nº 002/2014 PLANO ANUAL DE CAPACITAÇÕES PROGRAMA DE APERFEIÇOAMENTO DE SERVIDORES CURSO NA MODALIDADE À DISTÂNCIA EXPEDIÇÃO DE ALVARÁS DE SOLTURA TURMA 2 A Diretoria de Gestão de Pessoas do Tribunal

Leia mais

ESPECIALIZAÇÃO EM PROPRIEDADE INTELECTUAL E INOVAÇÃO

ESPECIALIZAÇÃO EM PROPRIEDADE INTELECTUAL E INOVAÇÃO ESPECIALIZAÇÃO EM PROPRIEDADE INTELECTUAL E INOVAÇÃO CONCEPÇÃO DO CURSO O curso de Pós-graduação Lato Sensu Especialização em Propriedade Intelectual e Inovação faz parte do Programa de Capacitação dos

Leia mais

Universidade Federal de Pelotas Coordenação Universidade Aberta do Brasil Curso de Licenciatura em Filosofia a Distância

Universidade Federal de Pelotas Coordenação Universidade Aberta do Brasil Curso de Licenciatura em Filosofia a Distância Edital nº 02, de 13 de JANEIRO de 201, da Universidade Federal de Pelotas UFPEL, referente ao processo seletivo simplificado, para a função temporária de TUTOR A DISTÂNCIA para atuar no Curso de Licenciatura

Leia mais

Manual do. Aluno. Brasília Empreendimentos Educacionais

Manual do. Aluno. Brasília Empreendimentos Educacionais Brasília Empreendimentos Educacionais 3 Apresentação 4 A BEE 5 A Educação a Distância EaD 6 O curso 7 O Ambiente Virtual de Aprendizagem AVA 10 Como estudar na modalidade a distância 2 Apresentação Este

Leia mais

RESOLUÇÃO. Artigo 1º Fica aprovado, conforme anexo, o Regulamento da Coordenação de Ensino a Distância do Centro Universitário Franciscano do Paraná.

RESOLUÇÃO. Artigo 1º Fica aprovado, conforme anexo, o Regulamento da Coordenação de Ensino a Distância do Centro Universitário Franciscano do Paraná. RESOLUÇÃO CONSEPE 14/2006 Referenda a aprovação do Regulamento da Coordenação de Ensino a Distância do Centro Universitário Franciscano do Paraná. O Presidente do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS FACULDADE DE EDUCAÇÃO - TERRITÓRIOS, EDUCAÇÃO INTEGRAL E CIDADANIA (TEIA) EDITAL 001/2015

UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS FACULDADE DE EDUCAÇÃO - TERRITÓRIOS, EDUCAÇÃO INTEGRAL E CIDADANIA (TEIA) EDITAL 001/2015 UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS FACULDADE DE EDUCAÇÃO - TERRITÓRIOS, EDUCAÇÃO INTEGRAL E CIDADANIA (TEIA) EDITAL 001/2015 PROCESSO DE SELEÇÃO DE TUTORES À DISTÂNCIA O Grupo Territórios, Educação Integral

Leia mais

Prezado aluno, 2. Organização pedagógica e sistema de avaliação

Prezado aluno, 2. Organização pedagógica e sistema de avaliação Prezado aluno, É com imensa satisfação que a Universidade Estácio de Sá, em parceria tecnológica com o Complexo de Ensino Renato Saraiva (CERS), apresentam os seus novos cursos de Pós Graduação em Direito,

Leia mais

EDITAL ESAF/CEEAD Nº 01/2013 CURSO SOBRE O IMPOSTO TERRITORIAL RURAL PARA MUNICÍPIOS CONVENIADOS

EDITAL ESAF/CEEAD Nº 01/2013 CURSO SOBRE O IMPOSTO TERRITORIAL RURAL PARA MUNICÍPIOS CONVENIADOS EDITAL ESAF/CEEAD Nº 01/2013 CURSO SOBRE O IMPOSTO TERRITORIAL RURAL PARA MUNICÍPIOS CONVENIADOS A Escola de Administração Fazendária - ESAF torna público que estão abertas as inscrições para o Curso sobre

Leia mais

EDITAL Nº 01/2015, DE 15 DE ABRIL DE

EDITAL Nº 01/2015, DE 15 DE ABRIL DE Edital nº 01, de 15 de abril de 2015, da Universidade Federal de Pelotas UFPEL, referente ao processo seletivo simplificado, para a função temporária de TUTOR PRESENCIAL para atuar no Curso de Especialização

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA SETEC

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA SETEC MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA SETEC EDITAL SETEC Nº 02, 30 DE MAIO DE 2014 SISTEMA DE SELEÇÃO UNIFICADA DA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA - SISUTEC O Secretário

Leia mais

Pós-Graduação Online. EDITAL Pós-Graduação Lato Sensu em Direito Previdenciário. Turma 3 2013.3

Pós-Graduação Online. EDITAL Pós-Graduação Lato Sensu em Direito Previdenciário. Turma 3 2013.3 Pós-Graduação Online EDITAL Pós-Graduação Lato Sensu em Direito Previdenciário Turma 3 2013.3 Agosto/2013 a setembro/2014 Edital de oferta de vagas para o Curso de Pós-Graduação Lato Sensu em Direito Previdenciário,

Leia mais

PORTARIA UNIDA Nº. 15/2015, de 18 de Julho de 2015.

PORTARIA UNIDA Nº. 15/2015, de 18 de Julho de 2015. PORTARIA UNIDA Nº. 15/2015, de 18 de Julho de 2015. O Diretor Geral da Faculdade Unida de Vitória, no uso das atribuições conferidas pelo Regimento Interno resolve regulamentar os procedimentos gerais

Leia mais

EDITAL DE CHAMADA PÚBLICA PARA SELEÇÃO DE TUTORES PRESENCIAIS PARA OS POLOS DE APUCARANA E PARANAGUÁ - 64/2013 CIPEAD/PROGRAD/SEPT

EDITAL DE CHAMADA PÚBLICA PARA SELEÇÃO DE TUTORES PRESENCIAIS PARA OS POLOS DE APUCARANA E PARANAGUÁ - 64/2013 CIPEAD/PROGRAD/SEPT EDITAL DE CHAMADA PÚBLICA PARA SELEÇÃO DE TUTORES PRESENCIAIS PARA OS POLOS DE APUCARANA E PARANAGUÁ - 64/2013 CIPEAD/PROGRAD/SEPT CURSO DE APERFEIÇOAMENTO EM MÍDIAS INTEGRADAS NA EDUCAÇÃO 2013 A Universidade

Leia mais

PORTARIA Nº 144, de 20 de outubro de 2009.

PORTARIA Nº 144, de 20 de outubro de 2009. PORTARIA Nº 144, de 20 de outubro de 2009. O Presidente da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior CAPES, fundação pública instituída pelo art. 1º do Decreto nº 524, de 19 de maio de

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO NEAD - CESUMAR MANUAL DO ALUNO

PÓS-GRADUAÇÃO NEAD - CESUMAR MANUAL DO ALUNO PÓS-GRADUAÇÃO NEAD - CESUMAR MANUAL DO ALUNO MANUAL DO ALUNO PÓS-GRADUAÇÃO NEAD CESUMAR CURSOS OFERECIDOS Especialização em Administração Pública; Especialização em Atendimento Educacional Especializado

Leia mais

Considerando o disposto no artigo 12, inciso V; artigo 13, inciso IV, e artigo 24, inciso V, alínea e, da Lei Federal 9394/96;

Considerando o disposto no artigo 12, inciso V; artigo 13, inciso IV, e artigo 24, inciso V, alínea e, da Lei Federal 9394/96; ATO NORMATIVO da Secretaria Municipal da Educação Resolução SME nº4, de 05 de março de 2015. Dispõe sobre a Recuperação da Aprendizagem, de maneira Contínua e/ou Paralela, no Ensino Fundamental da Rede

Leia mais

PROCESSO SELETIVO DE SERVIDORES PÚBLICOS FEDERAIS PARA CADASTRO DE INSTRUTORES DE CURSOS A DISTÂNCIA

PROCESSO SELETIVO DE SERVIDORES PÚBLICOS FEDERAIS PARA CADASTRO DE INSTRUTORES DE CURSOS A DISTÂNCIA PROCESSO SELETIVO DE SERVIDORES PÚBLICOS FEDERAIS PARA CADASTRO DE INSTRUTORES DE CURSOS A DISTÂNCIA O Presidente da FUNDAÇÃO ESCOLA NACIONAL DE ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA - ENAP, no uso de suas atribuições,

Leia mais

Edital nº 02/2012 1. A QUEM SE DESTINA

Edital nº 02/2012 1. A QUEM SE DESTINA FACULDADE INTERNACIONAL DE CURITIBA FACINTER FACULDADE DE TECNOLOGIA INTERNACIONAL FATEC INTERNACIONAL PRÓ-DIRETORIA DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA PDEAD COORDENAÇÃO GERAL DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA Edital nº 02/2012

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA

UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA EDITAL DE CHAMADA PARA SELEÇÃO DE TUTORES PRESENCIAIS/DISTÂNCIA CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU em Gestão em Saúde, Gestão Pública e Gestão Pública Municipal. A Universidade

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ - UFC FACULDADE DE MEDICINA - FAMED NÚCLEO DE TECNOLOGIAS E EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA EM SAÚDE NUTEDS/FAMED/UFC

UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ - UFC FACULDADE DE MEDICINA - FAMED NÚCLEO DE TECNOLOGIAS E EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA EM SAÚDE NUTEDS/FAMED/UFC UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ - UFC FACULDADE DE MEDICINA - FAMED NÚCLEO DE TECNOLOGIAS E EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA EM SAÚDE NUTEDS/FAMED/UFC CHAMADA PÚBLICA PARA CURSO DE FORMAÇÃO DE TUTORES PARA EaD ONLINE

Leia mais

EDITAL DE ABERTURA 15/2015 PARA INSCRIÇÕES E SELEÇÃO NO CURSO BÁSICO DE PLANILHA ELETRÔNICA EXCEL 2010 EAD

EDITAL DE ABERTURA 15/2015 PARA INSCRIÇÕES E SELEÇÃO NO CURSO BÁSICO DE PLANILHA ELETRÔNICA EXCEL 2010 EAD EDITAL DE ABERTURA 15/2015 PARA INSCRIÇÕES E SELEÇÃO NO CURSO BÁSICO DE PLANILHA ELETRÔNICA EXCEL 2010 EAD 1. DA REALIZAÇÃO A Escola de Governo (EG), através da Fundação para o Desenvolvimento de Recursos

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online MBA EM CONTROLADORIA E FINANÇAS Regulamentação de Pós-Graduação Lato Sensu e Ato de Credenciamento Institucional para Oferta de Curso de Pós-Graduação

Leia mais

CURSO DE DIREITO REGULAMENTO PARA TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO TCC ESPECÍFICO PARA O CURSO DE DIREITO

CURSO DE DIREITO REGULAMENTO PARA TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO TCC ESPECÍFICO PARA O CURSO DE DIREITO CURSO DE DIREITO REGULAMENTO PARA TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO TCC ESPECÍFICO PARA O CURSO DE DIREITO 2 DISPOSIÇÕES PRELIMINARES ART. 1 - O presente Regulamento tem por finalidade normatizar as atividades

Leia mais

Instrução de Serviço para EaD Esesp

Instrução de Serviço para EaD Esesp Instrução de Serviço para EaD Esesp A Diretora Presidente da Esesp, no uso das atribuições que lhe confere a Lei 4.912 de 09 de junho de 1994, reestruturada pela Lei Complementar 333 de 27 de outubro de

Leia mais

Sumário GUIA DO ALUNO. Primeiro Acesso... 3. Roteiro de Estudos Modalidade SEPI... 4. Roteiro de Estudos Modalidade SEI... 6

Sumário GUIA DO ALUNO. Primeiro Acesso... 3. Roteiro de Estudos Modalidade SEPI... 4. Roteiro de Estudos Modalidade SEI... 6 Sumário Primeiro Acesso... 3 Roteiro de Estudos Modalidade SEPI... 4 Roteiro de Estudos Modalidade SEI... 6 Acesso ao Ambiente Acadêmico Blackboard... 8 1 - Ferramentas... 9 1.1 - Calendário... 11 1.2

Leia mais

CHAMADA PÚBLICA Nº 001/2013 NIT/PROPI CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM PROPRIEDADE INTELECTUAL E INOVAÇÃO

CHAMADA PÚBLICA Nº 001/2013 NIT/PROPI CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM PROPRIEDADE INTELECTUAL E INOVAÇÃO CHAMADA PÚBLICA Nº 001/2013 NIT/PROPI CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM PROPRIEDADE INTELECTUAL E INOVAÇÃO 1. APRESENTAÇÃO O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Piauí (IFPI), por meio do Núcleo

Leia mais

Curso de Capacitação para Tutoria de Cursos a Distância (3ª Edição)

Curso de Capacitação para Tutoria de Cursos a Distância (3ª Edição) Curso de Capacitação para Tutoria de Cursos a Distância (3ª Edição) Proponente: Ricardo Lisboa Pegorini (rpegorini@gmail.com) Especialista em Metodologia da Educação a Distância; Gestor do Ambiente Virtual

Leia mais

LOGÍSTICA DE AVALIAÇÃO EM EAD INFORMA:

LOGÍSTICA DE AVALIAÇÃO EM EAD INFORMA: COMUNICADO VÍDEO-AULA 001/2009 LOGÍSTICA DE AVALIAÇÃO EM EAD INFORMA: PROCEDIMENTO PARA SOLICITAÇÃO DE RECURSOS DE AVALIAÇÃO ATENÇÃO! ACADÊMICOS DAS TURMAS: T2007 ADM, CC, LET, MAT, PED e SS. T2008 ADM,

Leia mais

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO DA SAÚDE CHAMADA PARA SELEÇÃO DE TUTORES A DISTÂNCIA

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO DA SAÚDE CHAMADA PARA SELEÇÃO DE TUTORES A DISTÂNCIA EDITAL Nº 18/2015 CIPEAD/PROGRAD/UFPR CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO DA SAÚDE CHAMADA PARA SELEÇÃO DE TUTORES A DISTÂNCIA A Universidade Federal do Paraná (UFPR), através do Departamento de Administração

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online ENFERMAGEM GINECOLÓGICA Regulamentação de Pós-Graduação Lato Sensu e Ato de Credenciamento Institucional para Oferta de Curso de Pós-Graduação

Leia mais

ESCOLA SUPERIOR DO MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO. EDITAL ESMPU n. 177/2008

ESCOLA SUPERIOR DO MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO. EDITAL ESMPU n. 177/2008 ESCOLA SUPERIOR DO MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO EDITAL ESMPU n. 177/2008 A Escola Superior do Ministério Público da União ESMPU comunica que estarão abertas, no período de 13 a 15 de outubro de 2008, as

Leia mais

Disseminadores de Educação Fiscal. Regulamento do Curso. Escola de Administração Fazendária ESAF

Disseminadores de Educação Fiscal. Regulamento do Curso. Escola de Administração Fazendária ESAF Disseminadores de Educação Fiscal Regulamento do Curso Escola de Administração Fazendária ESAF REGULAMENTO CAPÍTULO I DA NATUREZA E DOS OBJETIVOS DO CURSO Art. 1º A Escola de Administração Fazendária ESAF

Leia mais

Universidade Federal do Ceará Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação Faculdade de Educação/Departamento de Estudos Especializados

Universidade Federal do Ceará Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação Faculdade de Educação/Departamento de Estudos Especializados 1 Universidade Federal do Ceará Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação Faculdade de Educação/Departamento de Estudos Especializados EDITAL Nº 001/2009 /PR-PPG SELEÇÃO DE CANDIDATOS PARA O CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO

Leia mais

INSTITUTO FEDERAL DO PARANÁ DIRETORIA DE EDUCAÇÃO A DISTANCIA

INSTITUTO FEDERAL DO PARANÁ DIRETORIA DE EDUCAÇÃO A DISTANCIA INSTITUTO FEDERAL DO PARANÁ DIRETORIA DE EDUCAÇÃO A DISTANCIA EDITAL Nº 075/2014 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA TUTORES A DISTÂNCIA DO CURSO TÉCNICO EM TRANSAÇÕES IMOBILIÁRIAS - CAMPUS PINHAIS Dispõe

Leia mais

REGIMENTO INTERNO DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM PROTEÇÃO DE PLANTAS

REGIMENTO INTERNO DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM PROTEÇÃO DE PLANTAS REGIMENTO INTERNO DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM PROTEÇÃO DE PLANTAS Art. 1º - O presente Regimento normatiza o oferecimento, pela, do curso de Pós-Graduação Lato Sensu em Proteção de Plantas,

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SUL DE MINAS GERAIS

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SUL DE MINAS GERAIS MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SUL DE MINAS GERAIS EDITAL N o 40/2015 SELEÇÃO DE TUTORES PARA CURSO DE EDUCAÇÃO

Leia mais

EDITAL Nr 141-15-DE/CBMSC (Processos Nr 152 a 159-15-DE) SELEÇÃO PARA O TREINAMENTO DE GESTORES DE PROGRAMAS COMUNITÁRIOS - TGPC

EDITAL Nr 141-15-DE/CBMSC (Processos Nr 152 a 159-15-DE) SELEÇÃO PARA O TREINAMENTO DE GESTORES DE PROGRAMAS COMUNITÁRIOS - TGPC SECRETARIA DE ESTADO DA SEGURANÇA PÚBLICA CORPO DE BOMBEIROS MILITAR DE SANTA CATARINA DIRETORIA DE ENSINO EDITAL Nr 141-15-DE/CBMSC (Processos Nr 152 a 159-15-DE) SELEÇÃO PARA O TREINAMENTO DE GESTORES

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL REDE GOVERNO COLABORATIVO EM SAÚDE

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL REDE GOVERNO COLABORATIVO EM SAÚDE UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL REDE GOVERNO COLABORATIVO EM SAÚDE EDITAL DE DIVULGAÇÃO DE PROCESSO SELETIVO PARA SUPERVISORES DA FASE DE PESQUISA DA AVALIAÇÃO EXTERNA DO PROGRAMA NACIONAL DE

Leia mais

Sumário 1. CAPÍTULO I - DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES... 3 2. CAPÍTULO II DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO A DISTÂNCIA... 3

Sumário 1. CAPÍTULO I - DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES... 3 2. CAPÍTULO II DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO A DISTÂNCIA... 3 Sumário 1. CAPÍTULO I - DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES... 3 2. CAPÍTULO II DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO A DISTÂNCIA... 3 3. CAPÍTULO III DA COORDENAÇÃO... 4 4. CAPÍTULO IV DOS PROFESSORES E TUTORES DO CURSO...

Leia mais

Manual do Sistema para abertura de curso de extensão pelos docentes EACH - USP

Manual do Sistema para abertura de curso de extensão pelos docentes EACH - USP Manual do Sistema para abertura de curso de extensão pelos docentes EACH - USP 1.INTRODUÇAO...... 3 2.ONDE CONSEGUIR INFORMAÇÔES?... 4 Normas USP... 4 Site EACH...4 Sistema de atendimento da Comissão de

Leia mais

EaD como estratégia de capacitação

EaD como estratégia de capacitação EaD como estratégia de capacitação A EaD no processo Ensino Aprendizagem O desenvolvimento das tecnologias de informação e comunicação (tics) deu novo impulso a EaD, colocando-a em evidência na última

Leia mais

PORTAL EAD.SEDUC MANUAL DO USUÁRIO

PORTAL EAD.SEDUC MANUAL DO USUÁRIO PORTAL EAD.SEDUC MANUAL DO USUÁRIO Versão 1.1 Apresentação Seja-bem vindo ao EAD.SEDUC, o Portal de Educação a Distância da Secretaria da Educação do Ceará. Criado para concentrar as ações de formação

Leia mais

Decreto nº 4.134, de 09 de janeiro de 2014.

Decreto nº 4.134, de 09 de janeiro de 2014. Decreto nº 4.134, de 09 de janeiro de 2014. Dispõe sobre o processo de escolha para a designação de Professor para exercer a função gratificada de Vice-Diretor de Escola e Coordenador Pedagógico, nas Unidades

Leia mais

1. DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

1. DISPOSIÇÕES PRELIMINARES A Direção de Educação Aberta e a Distância DEAAD, por meio do Núcleo de Formação, torna público que estarão abertas as inscrições para os Módulos I e V do Programa Anual de Capacitação Continuada (PACC),

Leia mais

Comitê Gestor Institucional de Formação Inicial e Continuada de Profissionais do Magistério da Educação Básica

Comitê Gestor Institucional de Formação Inicial e Continuada de Profissionais do Magistério da Educação Básica Comitê Gestor Institucional de Formação Inicial e Continuada de Profissionais do Magistério da Educação Básica CHAMADA PÚBLICA PARA SELEÇÃO DE COORDENADOR PEDAGÓGICO PARA O CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO GESTÃO

Leia mais

EDITAL Nº 06/2014, de 14 de fevereiro de 2014 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA TUTORES A DISTÂNCIA PROCESSO Nº 23222.

EDITAL Nº 06/2014, de 14 de fevereiro de 2014 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA TUTORES A DISTÂNCIA PROCESSO Nº 23222. EDITAL Nº 06/2014, de 14 de fevereiro de 2014 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA TUTORES A DISTÂNCIA PROCESSO Nº 23222.000079/2014-73 O Diretor Geral do campus Rio Pomba do Instituto Federal de Educação,

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 07/2010, DE 26 DE FEVEREIRO DE 2010

RESOLUÇÃO Nº 07/2010, DE 26 DE FEVEREIRO DE 2010 RESOLUÇÃO Nº 07/2010, DE 26 DE FEVEREIRO DE 2010 Normatiza a oferta de cursos a distância, em nível de graduação, sequenciais, tecnólogos, pós-graduação e extensão universitária ofertados pela Universidade

Leia mais

EDITAL Nº 44 /2014, de 16 de dezembro de 2014 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA TUTORES PRESENCIAIS PROCESSO Nº 23355.

EDITAL Nº 44 /2014, de 16 de dezembro de 2014 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA TUTORES PRESENCIAIS PROCESSO Nº 23355. EDITAL Nº 44 /2014, de 16 de dezembro de 2014 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA TUTORES PRESENCIAIS PROCESSO Nº 23355.000836/2014-01 O Diretor Geral do campus Barbacena do Instituto Federal de Educação,

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online ENFERMAGEM DO TRABALHO Regulamentação de Pós-Graduação Lato Sensu e Ato de Credenciamento Institucional para Oferta de Curso de Pós-Graduação

Leia mais

CHAMADA PÚBLICA PARA SELEÇÃO DE TUTORES A DISTÂNCIA

CHAMADA PÚBLICA PARA SELEÇÃO DE TUTORES A DISTÂNCIA 1 UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO UNIVERSIDADE ABERTA DO BRASIL INSTITUTO DE LINGUAGENS CURSO DE GRADUAÇÃO EM LETRAS: PORTUGUÊS/INGLÊS MODALIDADE A DISTÂNCIA CHAMADA PÚBLICA PARA SELEÇÃO DE TUTORES

Leia mais