ANATEL PRORROGA O USO DE MULTIMEDIÇÃO EM LIGAÇÕES DE LONGA DISTÂNCIA

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ANATEL PRORROGA O USO DE MULTIMEDIÇÃO EM LIGAÇÕES DE LONGA DISTÂNCIA"

Transcrição

1 Brasília, 7 de junho de 2002 ANATEL PRORROGA O USO DE MULTIMEDIÇÃO EM LIGAÇÕES DE LONGA DISTÂNCIA O conselheiro da Agência Nacional de Telecomunicações Anatel José Leite Pereira Filho anunciou em entrevista coletiva nesta sexta-feira, dia 7, mais uma prorrogação de prazo para a utilização da multimedição (pulsos) nas chamadas da modalidade Longa Distância Nacional (LDN). A nova data estipulada pelo Conselho Diretor, em sua 211ª reunião deliberativa, é 30 de junho de O motivo foi a necessidade de adequar as áreas locais de prestação do Serviço Telefônico Fixo Comutado (STFC) ao desenvolvimento das cidades brasileiras. Esta adequação acontecerá com a criação de regulamentação específica para áreas locais, que deverá estar concluída até junho do ano que vem, conforme anunciou o conselheiro. Um dos objetivos da expedição deste regulamento específico é a diminuição do número de áreas locais existentes atualmente (cerca de mil), e a conseqüente expansão da área de abrangência destes setores de tarifação. Isso fará com que grande parte das localidades, onde ainda ocorre a tarifação de ligações de longa distância por multimedição, sejam englobadas pelas áreas locais próximas à elas. Muitas ligações consideradas como de longa distância poderão tornar-se locais, trazendo vantagens para o usuário. As áreas conurbadas serão engolidas pelas áreas locais, informou Leite. O Regulamento do Serviço Telefônico Fixo Comutado (Resolução n.º 85) define o dia 31 de dezembro de 2001 como data limite para o fim do uso da multimedição nas ligações de longa distância. Esta data já havia sido prorrogada para 30 de junho de 2002 conforme o Ato n.º , publicado no Diário Oficial da União (DOU) em 4 de janeiro último. O Ato determinando a nova data será publicado no DOU nos próximos dias.

2 Com isso, as operadoras de telefonia fixa poderão continuar tarifando as localidades pertencentes às áreas conurbadas por intermédio do sistema Karlsson Acrescido (método de tarifação por multimedição). Junto com alguns municípios distantes da área central de tarifação local, as ligações entre estas localidades conurbadas são consideradas de longa distância, gerando os únicos casos onde as chamadas interurbanas não são cobradas por meio do sistema de bilhetagem automática (minutos). MULTIMEDIÇÃO X BILHETAGEM Atualmente, dois sistemas de tarifação são utilizados no Brasil: multimedição e bilhetagem. O método de tarifação por multimedição, chamado de Karlsson Acrescido (KA 240), consiste na medição por meio de pulsos elétricos do tempo de utilização ou do serviço acessado pelo assinante. Este sistema analógico de tarifação permite que os pulsos sejam gerados em diversas velocidades, dependendo do tipo de chamada. Para as ligações na modalidade Local, a cadência utilizada é de 240 segundos (quatro minutos) por pulso. No caso de ligações em áreas conurbadas, a cadência escolhida é a de um pulso por minuto. Nas chamadas de longa distância, tarifadas por multimedição, não é possível a escolha da prestadora (não se usa o Código de Seleção de Prestadora CSP). O método de tarifação por bilhetagem automática utiliza uma determinada unidade (no Brasil a utilizada é o minuto) para medir o tempo de uso. O tempo e as informações relativas às chamadas são registradas em uma memória de massa para serem processadas posteriormente e cobradas do assinante. Atualmente são bilhetadas as chamadas provenientes do STFC para o Serviço Móvel Celular (SMC), as chamadas originadas por celulares e as consideradas de Longa Distância Nacional e Internacional (com exceção dos casos citados anteriormente). Na bilhetagem é possível escolher qual prestadora realizará a chamada de Longa Distância.

3 ÁREAS CONURBADAS Agência Nacional de Telecomunicações - APC As áreas conurbadas são conjuntos de duas ou mais localidades cujas zonas urbanas tenham se tornado limítrofes umas das outras, constituindo um todo continuamente urbanizado. Normalmente são constituídas pelas grandes áreas metropolitanas dos estados, podendo ser separadas por rios, lagos, baías, braços oceânicos ou por uma distância de até mil metros. Como as ligações entre estas localidades são consideradas de Longa Distância, criou-se um degrau tarifário específico para este tipo de situação, chamado DC. O valor do DC, homologado para cada uma das operadoras pela Anatel, é definido por minuto e possui os benefícios dos horários de tarifa diferenciada, normal, reduzida ou super-reduzida como todos os outros degraus de Longa Distância (D1, D2, D3 e D4). Todas as ligações que partem da cidade centro de tarifação (também chamada de localidade de interesse de tráfego) para qualquer um dos municípios da área conurbada, e vice-versa, são tarifados no degrau DC. Ligações entre localidades da mesma área conurbada, mas que não são limítrofes (com exceção do centro de tarifação) são tarifadas no degrau D1. Por exemplo: B C Centro de Tarifação A Área Conurbada Ligações entre o Centro e A = DC Ligações entre o Centro e B = DC Ligações entre o Centro e C = DC Ligações entre B e C = DC Ligações entre A e B = D1 Ligações entre A e C = D1

4 No ano passado a Anatel solicitou que as áreas conurbadas de Florianópolis(Santa Catarina); Curitiba, Maringá e Matinhos (Paraná); Goiânia (Goiás); e Nortelândia (Mato Grosso) recebessem tratamento de área local e, portanto, suas ligações passaram a ser tarifadas como locais. O Brasil possui hoje 172 localidades distribuídas em 23 áreas conurbadas, sendo elas: Área Conurbada de Porto Alegre RS Porto Alegre, Alvorada, Barra do Ribeiro, Cachoeirinha, Campo Bom, Canoas, Dois Irmãos, Estância Velha, Esteio, Gravataí, Guaíba, Ivoti, Novo Hamburgo, Portão, São Leopoldo, Sapiranga, Sapucaia do Sul e Viamão. Área Conurbada de Londrina PR Cambé e Londrina. Área Conurbada de João Pessoa PB João Pessoa, Bayeux, Cabedelo e Santa Rita. Área Conurbada de Salvador BA Salvador, Abrantes, Arembepe, Camaçari, Candeias, Dias D Avila, Itaparica, Lauro de Freitas, Madre de Deus, Pólo Petroquímico, Simões Filho, Vera Cruz e Aratu. Área Conurbada de Porto Seguro BA Porto Seguro e Arraial D Ajuda. Localidades Conurbadas com o Distrito Federal Brasília, Novo Gama (GO), Céu Azul (GO), Valparaízo (GO), Cidade Ocidental (GO), Jardim Ingá (GO) e Lago Azul (GO). Área Conurbada de Fortaleza CE Fortaleza, Caucáia, Maracanaú, Maranguape, Aquiraz, Porto das Dunas, Pacatuba e Itaitinga. Área Conurbada de Juazeiro do Norte CE Juazeiro do Norte e Barbalha, Crato.

5 Área Conurbada de Belo Horizonte MG Belo Horizonte, Betim, Contagem, Ibirité, Nova Lima, Ribeirão das Neves, Sabará, Santa Luzia e Vespasiano. Área Conurbada de Belém PA Belém, Ananindeua e Mosqueiro. Área Conurbada do Rio de Janeiro RJ Rio de Janeiro, Duque de Caxias, Nilópolis, Nova Iguaçu, São João do Meriti, Niterói, São Gonçalo e Belford Roxo. Área Conurbada de Petrópolis RJ Petrópolis, Correias, Itaipava, Jardim Araras, Nogueira e Pedro do Rio. Área Conurbada de Natal RN Natal e Parnamirim. Área Conurbada de Campinas SP Campinas, Paulínia, Sumaré, Valinhos e Vinhedo. Área Conurbada de Santos SP Santos, Guarujá, Cubatão, Praia Grande e São Vicente. Área Conurbada de Sorocaba SP Sorocaba e Votorantim. Área Conurbada de Barra Bonita SP Barra Bonita e Igaraçu do Tietê. Área Conurbada de São Paulo SP São Paulo, Guarulhos, Arujá, Barueri, Biritiba-Mirim, Caieiras, Cajamar, Carapicuíba, Cotia, Diadema, Embu, Embu-Guaçu, Ferraz de Vasconcelos, Francisco Morato, Franco da Rocha, Guararema, Itapecerica da Serra, Itapevi, Itaquaquecetuba, Jandira, Juquitiba, Mairiporã, Mauá, Mogi das Cruzes, Osasco, Pirapora do Bom Jesus, Poá, Ribeirão Pires, Rio Grande da Serra, Salesópolis, Santa Isabel, Santana

6 de Parnaíba, Santa André, São Bernardo do Campo, São Caetano do Sul, São Lourenço Serra, Suzano, Taboão da Serra e Vargem Grande Paulista. Área Conurbada de São Luís MA São Luís, Alcântara, Paço do Lumiar, Rosário e São José de Ribamar. Área Conurbada de Vitória ES Vitória, Vila Velha, Barra do Jucu, Cariacica, Jacareipe, Nova Almeida, Serra e Viana. Área Conurbada de Maceió AL Maceió, Coqueiro Seco, Marechal Deodoro, Paripueira, Rio Largo, Santa Luzia do Norte e Satuba. Área Conurbada de Recife CE Recife, Camaragibe, Jaboatão, Olinda, Paulista, Abreu e Lima, Nova Almeida, Cabo de Santo Agostinho, Igarassu, Itamaracá, Itapissuma, Moreno e São Loourenço da Mata. Área Conurbada de Criciúma SC Criciúma e Içara. Anatel

ÁREA 051 X ÁREA METROPOLITANA X ÁREA CONURBADA DE PORTO ALEGRE

ÁREA 051 X ÁREA METROPOLITANA X ÁREA CONURBADA DE PORTO ALEGRE ÁREA 051 X ÁREA METROPOLITANA X ÁREA CONURBADA DE PORTO ALEGRE ESTÂNCIA VELHA IVOTI DOIS IRMÃOS CAMPO BOM SAPIRANGA NOVA HARTZ SÃO LEOPOLDO SAPUCAIA DO SUL CANOAS CHARQUEADAS PORTÃO TRIUNFO ELDORADO DO

Leia mais

ANEXO À RESOLUÇÃO Nº 475, DE 2 DE AGOSTO DE ANEXO I DO REGULAMENTO SOBRE ÁREAS LOCAIS PARA O STFC

ANEXO À RESOLUÇÃO Nº 475, DE 2 DE AGOSTO DE ANEXO I DO REGULAMENTO SOBRE ÁREAS LOCAIS PARA O STFC ANEXO À RESOLUÇÃO Nº 475, DE 2 DE AGOSTO DE 2007. ANEXO I DO REGULAMENTO SOBRE ÁREAS LOCAIS PARA O STFC ÁREAS LOCAIS CONSTITUÍDAS PELA ÁREA GEOGRÁFICA DE CONJUNTO DE MUNICÍPIOS UF: AC (parágrafo único

Leia mais

DDD DO MUNICÍPIO. Região UF Área Local SÃO PAULO SÃO JOSÉ DOS CAMPOS 12 SANTOS BAURU 14 SOROCABA RIBEIRÃO PRETO

DDD DO MUNICÍPIO. Região UF Área Local SÃO PAULO SÃO JOSÉ DOS CAMPOS 12 SANTOS BAURU 14 SOROCABA RIBEIRÃO PRETO Região UF Área Local DDD DO MUNICÍPIO SÃO PAULO 11 3 SP SÃO JOSÉ DOS CAMPOS 12 SANTOS 13 BAURU 14 SOROCABA 15 RIBEIRÃO PRETO 16 RIBEIRÃO PRETO 16 SÃO JOSÉ DO RIO PRETO 17 PRESIDENTE PRUDENTE 18 CAMPINAS

Leia mais

TABELA DE PREÇOS, TARIFAS E POLÍTICA COMERCIAL NET FONE ABRIL/2017 USO EXCLUSIVAMENTE INTERNO

TABELA DE PREÇOS, TARIFAS E POLÍTICA COMERCIAL NET FONE ABRIL/2017 USO EXCLUSIVAMENTE INTERNO TABELA DE PREÇOS, E POLÍTICA COMERCIAL NET FONE ABRIL/2017 USO EXCLUSIVAMENTE INTERNO GRUPO DE CIDADES () G1A Grupo A ESTADOS: AC, ES, PI, SC, SP Americana, Aparecida, Araçatuba, Araraquara, Araras, Arthur

Leia mais

2ª Região SP Ano de 2013

2ª Região SP Ano de 2013 1ª de Arujá 483 304... 1ª de Barueri 2.966 2.299 2.988 2ª de Barueri 3.250 3.073 2.408 3ª de Barueri 3.093 2.544 2.559 1ª de Caieiras 1.046 1.001 545 1ª de Cajamar 264 799 394 1ª de Carapicuíba 34 447

Leia mais

Tabela 1 Quantidade de ônibus incendiados por ano ( ) (Data de atualização: 18/07/2016)

Tabela 1 Quantidade de ônibus incendiados por ano ( ) (Data de atualização: 18/07/2016) Tabela 1 Quantidade de ônibus incendiados por ano (2004 2016) (continua) Percentual Nº Cidades UF 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016 1 Altamira PA - - - - - - - - - - 1 7-8

Leia mais

Projetos Especiais NOVABRASIL FM 2017

Projetos Especiais NOVABRASIL FM 2017 Projetos Especiais NOVABRASIL FM 2017 A RÁDIO Com uma programação que privilegia o melhor da música brasileira, a NOVABRASIL FM é uma emissora vibrante, moderna e urbana. Têm como pilares a valorização

Leia mais

Legenda: Áreas migradas do 0800 para o 4004. Áreas onde o 4004 já estava ativado.

Legenda: Áreas migradas do 0800 para o 4004. Áreas onde o 4004 já estava ativado. Legenda: Áreas migradas do 0800 para o 4004. Áreas onde o 4004 já estava ativado. CÓD. ÁREA (DDD) UF ÁREA METROPOLITANA REGIÃO CONURBADA 11 SP SÃO PAULO ARUJA BARUERI BIRITIBA-MIRIM CAIEIRAS CAJAMAR CARAPICUIBA

Leia mais

(continua) TABELA 1.1 Composição e População da Aglomeração Urbana (AUPOA) e Região Metropolitana de Porto Alegre (RMPOA)

(continua) TABELA 1.1 Composição e População da Aglomeração Urbana (AUPOA) e Região Metropolitana de Porto Alegre (RMPOA) 1 INTRODUÇÃO Este relatório consolida os principais resultados obtidos com a pesquisa sobre acidentes de trânsito nas aglomerações urbanas brasileiras pesquisa Renavam, efetuada como parte integrante do

Leia mais

6/8/14. Estratégia e Polí/cas para a Região Metropolitana do Rio de Janeiro 14/05/2014. Mauro Osorio

6/8/14. Estratégia e Polí/cas para a Região Metropolitana do Rio de Janeiro 14/05/2014. Mauro Osorio Estratégia e Polí/cas para a Região Metropolitana do Rio de Janeiro 14/05/2014 Mauro Osorio 1 Variação do número de empregos formais nos municípios da Periferia da Região Metropolitana do ERJ, das periferias

Leia mais

ÍNDICE PORTFÓLIO DE SOLUÇÕES ATACADO. UNIDADE DE NEGÓCIO ATACADO Pág. 1

ÍNDICE PORTFÓLIO DE SOLUÇÕES ATACADO. UNIDADE DE NEGÓCIO ATACADO Pág. 1 ACESSO INDUSTRIAL ÍNDICE Pág Descrição...2 Características...2 Aplicações...2 Abrangência...3 Informações adicionais...3 Padrão de qualidade...3 Estrutura de preços...4 Desconto por interrupção...4 Preços

Leia mais

PORTARIA No , DE 28 DE SETEMBRO DE 2017

PORTARIA No , DE 28 DE SETEMBRO DE 2017 PORTARIA No- 2.512, DE 28 DE SETEMBRO DE 2017 Habilita Estados, Distrito Federal e Municípios ao recebimento de incentivo de custeio para estruturação e implementação de ações de alimentação e nutrição

Leia mais

MOBILIDADE URBANA. Mauricio Muniz Barretto de Carvalho Secretário do PAC

MOBILIDADE URBANA. Mauricio Muniz Barretto de Carvalho Secretário do PAC MOBILIDADE URBANA Mauricio Muniz Barretto de Carvalho Secretário do PAC O QUE O GOVERNO FEDERAL JÁ FEZ Sanção da Política Nacional de Mobilidade Urbana (Lei 12.587/2012) Desoneração das tarifas do transporte

Leia mais

No extremo oposto a Belo Horizonte na lista há, por exemplo, cidades como Ananindeua, Santarém, ambas no estado do Pará, e Porto Velho, em

No extremo oposto a Belo Horizonte na lista há, por exemplo, cidades como Ananindeua, Santarém, ambas no estado do Pará, e Porto Velho, em Metade da população brasileira não possui esgoto tratado Comunicação Ietec A distribuição de água potável e o tratamento de esgoto estão diretamente ligados a questões de saúde pública. A contaminação

Leia mais

CÁLCULO DO NÚMERO MÁXIMO DE NOVAS EQUIPES DE CONSULTÓRIO NA RUA QUE PODERÃO SER FINANCIADAS PELO MS.

CÁLCULO DO NÚMERO MÁXIMO DE NOVAS EQUIPES DE CONSULTÓRIO NA RUA QUE PODERÃO SER FINANCIADAS PELO MS. Ministério da Saúde Secretaria de Atenção à Saúde Departamento de Atenção Básica Coordenação-Geral de Gestão da Atenção Básica - CGGAB CÁLCULO DO NÚMERO MÁXIMO DE NOVAS EQUIPES DE CONSULTÓRIO NA RUA QUE

Leia mais

Paraiba. Santa Catarina. Área de Cobertura

Paraiba. Santa Catarina. Área de Cobertura Paraiba Santa Catarina Área de Cobertura Área de cobertura 1 - Amazonas: 1 - Manaus (implantação) Canal UHF. 20 2 - Bahia: 1 - Camaçari Canal UHF. 50 2 - Lauro Freitas Canal UHF. 28 Cabo RCA 3 - Teixeira

Leia mais

52 milhões O MEIO RÁDIO. de ouvintes 94% OUVEM MÚSICA E MPB É A SEGUNDA PREFERÊNCIA ENTRE OS OUVINTES COM 46% (ATRÁS APENAS DA MÚSICA SERTANEJA - 50%)

52 milhões O MEIO RÁDIO. de ouvintes 94% OUVEM MÚSICA E MPB É A SEGUNDA PREFERÊNCIA ENTRE OS OUVINTES COM 46% (ATRÁS APENAS DA MÚSICA SERTANEJA - 50%) O MEIO RÁDIO das pessoas ESCUTAM RÁDIO habitualmente nas 13 regiões metropolitanas onde o consumo é aferido pelo IBOPE = aproximadamente 52 milhões de ouvintes 94% OUVEM MÚSICA E MPB É A SEGUNDA PREFERÊNCIA

Leia mais

55ª REUNIÃO DO FÓRUM PAULISTA DE SECRETÁRIOS E DIRIGENTES PÚBLICOS DE TRANSPORTE E TRÂNSITO DEPARTAMENTO DE FISCALIZAÇÃO DE SÃO PAULO DFS

55ª REUNIÃO DO FÓRUM PAULISTA DE SECRETÁRIOS E DIRIGENTES PÚBLICOS DE TRANSPORTE E TRÂNSITO DEPARTAMENTO DE FISCALIZAÇÃO DE SÃO PAULO DFS 55ª REUNIÃO DO FÓRUM PAULISTA DE SECRETÁRIOS E DIRIGENTES PÚBLICOS DE TRANSPORTE E TRÂNSITO DEPARTAMENTO DE FISCALIZAÇÃO DE SÃO PAULO DFS 1. DADOS REFERENTES À FROTA CADASTRADA NA RMSP SISTEMA REGULAR

Leia mais

Principais desafios para desligamento da TV Analógica e implantação da TV Digital José Alexandre Bicalho

Principais desafios para desligamento da TV Analógica e implantação da TV Digital José Alexandre Bicalho Principais desafios para desligamento da TV Analógica e implantação da TV Digital José Alexandre Bicalho Agência Nacional de Telecomunicações Brasília, 30 de agosto de 2016 Cronograma de Desligamento 2016/2017

Leia mais

2 A 29 VIDAS LINHA SMART. FAIXA Smart 200* Smart 300 Smart 400 Smart 400 Smart 500 Smart 500

2 A 29 VIDAS LINHA SMART. FAIXA Smart 200* Smart 300 Smart 400 Smart 400 Smart 500 Smart 500 TABELA DE PREÇOS TABELA DE PREÇOS SEM COPARTICIPAÇÃO 2 A 29 VIDAS Smart 200* Smart 300 Smart 400 Smart 400 Smart 500 Smart 500 QC QC QC QP QC QP 0-18 91,37 101,53 113,69 140,98 129,76 160,89 19-23 112,13

Leia mais

POPULAÇÃO IBGE UF IBGE MUNICÍPIO REGIÃO

POPULAÇÃO IBGE UF IBGE MUNICÍPIO REGIÃO MINISTÉRIO DA SAÚDE -MS SECRETARIA DE ATENÇÃO À SAÚDE - SAS DEPARTAMENTO DE AÇÕES PROGRAMÁTICAS ESTRATÉGICAS - DAPES COORDENAÇÃO GERAL DE SAÚDE DAS MULHERES - CGSM UF IBGE MUNICÍPIO REGIÃO POPULAÇÃO IBGE

Leia mais

Capítulo 2 ÍNDICE DE BEM-ESTAR URBANO. Marcelo Gomes Ribeiro INTRODUÇÃO IBEU DAS REGIÕES METROPOLITANAS

Capítulo 2 ÍNDICE DE BEM-ESTAR URBANO. Marcelo Gomes Ribeiro INTRODUÇÃO IBEU DAS REGIÕES METROPOLITANAS Capítulo 2 ÍNDICE DE BEM-ESTAR URBANO Marcelo Gomes Ribeiro INTRODUÇÃO O objetivo deste capítulo é analisar comparativamente o Índice de Bem-Estar Urbano (IBEU) das principais regiões metropolitanas brasileiras.

Leia mais

O Desempenho do IPTU em 2010

O Desempenho do IPTU em 2010 O Desempenho do IPTU em 2010 A receita global de IPTU no exercício de 2010 teve um aumento real de 17,2% em relação ao ano de 2009, conforme se verifica abaixo: Exercício Receita Total (R$ Mil) Crescimento

Leia mais

Região Metropolitana de São Paulo Panorama socioeconômico

Região Metropolitana de São Paulo Panorama socioeconômico Instituto Teotônio Vilela Região Metropolitana de São Paulo Panorama socioeconômico Junho, 2017 Região Metropolitana de São Paulo População dos Municípios - 2016 2 municípios com mais de 1 milhão de habitantes

Leia mais

Instituto Trata Brasil divulga ranking do saneamento com avaliação dos serviços nas 81 maiores cidades do País

Instituto Trata Brasil divulga ranking do saneamento com avaliação dos serviços nas 81 maiores cidades do País Instituto Trata Brasil divulga ranking do saneamento com avaliação dos serviços nas 81 maiores cidades do País Estudo revela o que é feito com esgoto gerado por 72 milhões de brasileiros nas maiores cidades

Leia mais

Associação Nacional do Transporte de Cargas e Logística NTC Sede: Rua da Gávea, 1390 Vila Maria CEP São Paulo/SP T.

Associação Nacional do Transporte de Cargas e Logística NTC Sede: Rua da Gávea, 1390 Vila Maria CEP São Paulo/SP T. NORTE Manaus AM Sim Decreto Municipal nº 2.100 de 10 de janeiro de 2013. Em vigor após 60 dias da publicação Ji Paraná RO Sim Lei Municipal Nº 2.627 de 18 de Março de 2014. Ananindeua PA Sim Decreto Nº

Leia mais

NOVEMBRO, 2013 DESAFIOS DA GESTÃO MUNICIPAL

NOVEMBRO, 2013 DESAFIOS DA GESTÃO MUNICIPAL NOVEMBRO, 2013 DESAFIOS DA GESTÃO MUNICIPAL OBJETIVOS DO ESTUDO 1 2 ENFATIZAR A RELEVÂNCIA DAS CIDADES PARA O DESENVOLVIMENTO DO PAÍS INSPIRAR GESTORES MUNICIPAIS PARA SUPERAREM OS COMPLEXOS DESAFIOS LOCAIS

Leia mais

Ranking Município P2i - Lead Alto Padrão Médio Padrão Baixo Padrão

Ranking Município P2i - Lead Alto Padrão Médio Padrão Baixo Padrão 1 São Bernardo do Campo -SP 0,8200 Ótimo Ótimo Ótimo 2 Campo Grande -MS 0,7670 Ótimo Ótimo Ótimo 3 Santo André -SP 0,7670 Ótimo Ótimo Ótimo 4 Osasco -SP 0,7460 Ótimo Ótimo Ótimo 5 Natal -RN 0,7390 Ótimo

Leia mais

1.500 / mm - distância entre pontas. Ø 510 mm - admissível sobre o barramento / mm - distância entre pontas

1.500 / mm - distância entre pontas. Ø 510 mm - admissível sobre o barramento / mm - distância entre pontas 2 3 Capacidades ROMI ES-40 1.500 / 2.000 mm - distância entre pontas Ø 510 mm - admissível sobre o barramento Ø 305 mm - admissível sobre o carro transversal ROMI ES-40A 2.000 / 3.000 mm - distância entre

Leia mais

TABELA DE PREÇOS PME

TABELA DE PREÇOS PME TABELA DE PREÇOS PME TABELA DE PREÇOS PME SEM COPARTICIPAÇÃO TABELA VÁLIDA NO PERÍODO: DE 01/04/2016 ATÉ 30/06/2016. SÃO PAULO, REGIÃO METROPOLITANA E ABC ***SMART 200 E 300 SANTAMÁLIA: COBERTURA REGIONAL

Leia mais

MUNICÍPIO SÃO PAULO SÃO PAULO BARUERI EMBU DAS ARTES

MUNICÍPIO SÃO PAULO SÃO PAULO BARUERI EMBU DAS ARTES 24/01/2012, 15:29 REDE NGT - COBERTURA NACIONAL Página 1 de 5 EMISSORA CANAL SISTEMA MUNICÍPIO UF POPULAÇÃO DOMICÍLIOS TELESPEC. COM TV POTENCIAIS REDE NGT SP 48 UHF SP 11.253.503 3.464.971 11.235.612

Leia mais

Capítulo 4 CONDIÇÕES AMBIENTAIS URBANAS. Michael Chetry Raquel de Lucena Oliveira INTRODUÇÃO

Capítulo 4 CONDIÇÕES AMBIENTAIS URBANAS. Michael Chetry Raquel de Lucena Oliveira INTRODUÇÃO Capítulo 4 CONDIÇÕES AMBIENTAIS URBANAS Michael Chetry Raquel de Lucena Oliveira INTRODUÇÃO No âmbito do estudo do Bem-Estar Urbano das principais regiões metropolitanas brasileiras, o presente capítulo

Leia mais

Municípios sorteados:

Municípios sorteados: Municípios sorteados: Região Nome_da_UF Nome_do_municipio Centro- Oeste Distrito Federal BRASÍLIA Centro- Oeste Goiás APARECIDA DE GOIÂNIA Centro- Oeste Goiás FORMOSA Centro- Oeste Goiás FORMOSO Centro-

Leia mais

PLANO DE SERVIÇO DO SERVIÇO DE COMUNICAÇÃO MULTIMÍDIA DENOMINADO NET VÍRTUA 15Mbps

PLANO DE SERVIÇO DO SERVIÇO DE COMUNICAÇÃO MULTIMÍDIA DENOMINADO NET VÍRTUA 15Mbps PLANO DE SERVIÇO DO SERVIÇO DE COMUNICAÇÃO MULTIMÍDIA DENOMINADO NET VÍRTUA 15Mbps Plano de Serviço 1. Aplicação Este Plano de Serviço do Serviço de Comunicação Multimídia é aplicável a autorizatária Claro

Leia mais

Características, potencialidades e estratégias para a RMRJ

Características, potencialidades e estratégias para a RMRJ 28/02/2013 Variação anual da população brasileira nas capitais e no total do brasil entre 1940-1960, 1960-1980, 1980-2000 e 2000-2010 Capitais 1940-1960 1960-1980 1980-2000 2000-2010 Belo Horizonte - MG

Leia mais

Estudo mostra que avanços em saneamento básico das Capitais nos últimos 5 anos foi insuficiente para tirar o Brasil do atraso histórico

Estudo mostra que avanços em saneamento básico das Capitais nos últimos 5 anos foi insuficiente para tirar o Brasil do atraso histórico Estudo mostra que avanços em saneamento básico das Capitais nos últimos 5 anos foi insuficiente para tirar o Brasil do atraso histórico Com números do Ministério das Cidades ano base 2015 levantamento

Leia mais

EVOLUÇÃO DA RECEITA DO IPTU E DO ISS ENTRE 2010 E 2013 DOS MUNICÍPIOS COM MAIS DE 100 MIL HABITANTES EM 2015

EVOLUÇÃO DA RECEITA DO IPTU E DO ISS ENTRE 2010 E 2013 DOS MUNICÍPIOS COM MAIS DE 100 MIL HABITANTES EM 2015 EVOLUÇÃO DA RECEITA DO IPTU E DO ISS ENTRE 2010 E 2013 DOS MUNICÍPIOS COM MAIS DE 100 MIL HABITANTES EM 2015 François E. J. de Bremaeker Rio de Janeiro setembro de 2015 EVOLUÇÃO DA RECEITA DO IPTU E DO

Leia mais

Dados Demográficos: Grandes Regiões, Estados e Municípios. Boletim Técnico Gonçalves & Associados Edição 04 - Maio/2013.

Dados Demográficos: Grandes Regiões, Estados e Municípios. Boletim Técnico Gonçalves & Associados Edição 04 - Maio/2013. Estudo de Perfil do Consumidor Potencial Brasil - Dados Demográficos: Grandes Regiões, Estados e Municípios Boletim Técnico Gonçalves & Associados Edição 04 - Maio/ Edição 2009 www.goncalvesassociados.com

Leia mais

MOBILIDADE URBANA. Miriam Belchior Ministra de Estado do Planejamento, Orçamento e Gestão

MOBILIDADE URBANA. Miriam Belchior Ministra de Estado do Planejamento, Orçamento e Gestão MOBILIDADE URBANA Miriam Belchior Ministra de Estado do Planejamento, Orçamento e Gestão MOBILIDADE URBANA RECURSO DISPONÍVEL 143 bilhões ANTES DO PACTO R$ 93 bilhões 62% das obras concluídas ou em execução

Leia mais

TELEMAR NORTE LESTE S.A., OI

TELEMAR NORTE LESTE S.A., OI Regulamento Oferta Oi Fixo Empresa TELEMAR NORTE LESTE S.A., OI, Concessionária do Serviço Telefônico Fixo Comutado (STFC), com sede na Cidade do Rio de Janeiro, Estado do Rio de Janeiro, na Rua General

Leia mais

PESQUISA DE EXPEDIENTE - NATAL E ANO NOVO

PESQUISA DE EXPEDIENTE - NATAL E ANO NOVO NORTE REGIÃO NORDESTE PESQUISA DE EXPEDIENTE - NATAL E ANO NOVO UF FRANQUIA CIDADE 24/12/2016 -SÁBADO 31/12/2016 - SÁBADO AL 562 MACEIÓ ATENDIMENTO NORMAL ATENDIMENTO NORMAL BA 636 BARREIRAS BA 605 VITÓRIA

Leia mais

CRESCIMENTO DA POPULAÇÃO DOS MUNICÍPIOS COM MAIS DE 100 MIL HABITANTES ENTRE 2010 E 2015

CRESCIMENTO DA POPULAÇÃO DOS MUNICÍPIOS COM MAIS DE 100 MIL HABITANTES ENTRE 2010 E 2015 CIMENTO DA DOS MUNICÍPIOS COM MAIS DE 100 MIL HABITANTES ENTRE E François E. J. de Bremaeker Rio de Janeiro setembro de CIMENTO DA DOS MUNICÍPIOS COM MAIS DE 100 MIL HABITANTES ENTRE E François E. J. de

Leia mais

Desafios para o Estado do Rio de Janeiro no cenário atual 14/07/2016

Desafios para o Estado do Rio de Janeiro no cenário atual 14/07/2016 Desafios para o Estado do Rio de Janeiro no cenário atual 14/07/2016 Variação da participação relativa das unidades federativas entre 1970 e 2013 no PIB nacional Unidades da Federação e Grandes Regiões

Leia mais

PROCESSO SELETIVO PÚBLICO JOVEM APRENDIZ EDITAL 20/2016

PROCESSO SELETIVO PÚBLICO JOVEM APRENDIZ EDITAL 20/2016 PROCESSO SELETIVO PÚBLICO JOVEM APRENDIZ EDITAL 20/2016 ACR RIO BRANCO Entre 14 a 17 anos Vespertino 2.572 ACR RIO BRANCO Entre 18 a 22 anos Vespertino 1.582 AL ARAPIRACA Entre 14 a 17 anos Vespertino

Leia mais

Seleção Territorial Enfrentamento a Violência contra Juventude Negra Classificação 2010

Seleção Territorial Enfrentamento a Violência contra Juventude Negra Classificação 2010 Posição Nome do Município Estado Região RM, RIDE ou Aglomeração Urbana 1 Salvador BA Nordeste RM Salvador 2 Maceió AL Nordeste RM Maceió 3 Rio de Janeiro RJ Sudeste RM Rio de Janeiro 4 Manaus AM Norte

Leia mais

Saneamento e Saúde Ranking do Saneamento 2017 Instituto Trata Brasil. Pedro Scazufca 23 de março de 2017

Saneamento e Saúde Ranking do Saneamento 2017 Instituto Trata Brasil. Pedro Scazufca 23 de março de 2017 Saneamento e Saúde Ranking do Saneamento 2017 Instituto Trata Brasil Pedro Scazufca 23 de março de 2017 Sumário... 1 2 3 Aspectos metodológicos O Ranking do Saneamento 2017 Saúde e Saneamento 1. Aspectos

Leia mais

UF População N. médicos Hab./Médico Razão/med/1000 Escolas Escolas p/ Habitantes Nº Vagas 1Vaga/Habitantes

UF População N. médicos Hab./Médico Razão/med/1000 Escolas Escolas p/ Habitantes Nº Vagas 1Vaga/Habitantes UF População N. médicos Hab./Médico Razão/med/1000 Escolas Escolas p/ Habitantes Nº Vagas 1Vaga/Habitantes SÃO PAULO 44.663.672 112.671 396 2,52 41 1.089.358 3.740 11.942 São Paulo 11.821.873 54.291 218

Leia mais

PORTARIA GM N , DE 10 DE JULHO DE 2008

PORTARIA GM N , DE 10 DE JULHO DE 2008 PORTARIA GM N. 1.424, DE 10 DE JULHO DE 2008 Estabelece o repasse anual fundo a fundo para a estruturação e implementação das ações de Alimentação e Nutrição no âmbito das Secretarias Estaduais e Municipais

Leia mais

Talento Jovem Programa de Bolsas de Estudos

Talento Jovem Programa de Bolsas de Estudos Programa de Bolsa de Estudos Rotary e Faculdades Integradas Rio Branco em prol da Educação 1 4610 RCSP 1001 4610 RCSP-Alto da Lapa 1002 4610 RCSP-Alto de Pinheiros 1003 4610 RCSP-Armando de Arruda Pereira

Leia mais

Estabelecimentos de hospedagem. Motéis (1) Total 7 479 3 507 1 501 1 855 616 327 678 741 303. Porto Velho 70 48 5 15 2 2 208 5 028

Estabelecimentos de hospedagem. Motéis (1) Total 7 479 3 507 1 501 1 855 616 327 678 741 303. Porto Velho 70 48 5 15 2 2 208 5 028 capacidade, segundo os as Regiões Metropolitanas das Capitais, (continua) 7 479 3 507 1 501 1 855 616 327 678 741 303 Porto Velho 70 48 5 15 2 2 208 5 028 Rio Branco 36 20 2 14-1 231 2 832 Região Metropolitana

Leia mais

Tabela 1 - Preços da gasolina nos municípios do Estado de São Paulo

Tabela 1 - Preços da gasolina nos municípios do Estado de São Paulo Tabela 1 - Preços da gasolina nos municípios do Estado de São Paulo Nº DE POSTOS PREÇO AO CONSUMIDOR MARGEM DO PREÇO DE VENDA DA DISTRIBUIDORA AMOSTRADOS PREÇO MÉDIO PREÇO MÍNIMO PREÇO MÁXIMO POSTO PREÇO

Leia mais

Manual de Vendas PLANOS PESSOA FÍSICA E PEQUENA E MÉDIA EMPRESA

Manual de Vendas PLANOS PESSOA FÍSICA E PEQUENA E MÉDIA EMPRESA Manual de Vendas PLANOS PESSOA FÍSICA E PEQUENA E MÉDIA EMPRESA Recursos Próprios Paulistana Hospital Unimed Santa Helena - HUSH Rua São Joaquim, 36 Liberdade - São Paulo, SP Tel. 3340-8011 Referência

Leia mais

Manual Manual do Segurado SulAmérica Residencial - Dezembro/ Assistência 24 Horas

Manual Manual do Segurado SulAmérica Residencial - Dezembro/ Assistência 24 Horas h) Bens ao ar livre; e i) Trincas e rachaduras, ainda que causadas por solapamento do solo (deslocamento, movimentação ou afundamento do solo); j) Danos causados diretamente por entrada de água de chuva

Leia mais

APOIO PARA O RELEASE ESTIMATIVAS DA POPULAÇÃO DOS MUNICÍPIOS E UNIDADES DA FEDERAÇÃO BRASILEIROS COM DATA DE REFERENCIA EM 1º DE JULHO DE 2015

APOIO PARA O RELEASE ESTIMATIVAS DA POPULAÇÃO DOS MUNICÍPIOS E UNIDADES DA FEDERAÇÃO BRASILEIROS COM DATA DE REFERENCIA EM 1º DE JULHO DE 2015 APOIO PARA O RELEASE ESTIMATIVAS DA POPULAÇÃO DOS MUNICÍPIOS E UNIDADES DA FEDERAÇÃO BRASILEIROS COM DATA DE REFERENCIA EM 1º DE JULHO DE 2015 A divulgação anual das estimativas da população residente

Leia mais

ANÁLISE DOS LOCAIS DE RESIDÊNCIA E TRABALHO DA POPULAÇÃO OCUPADA CONSTRUÇÃO DE NOVO INDICADOR PARA OS ESTUDOS DE MOBILIDADE URBANA

ANÁLISE DOS LOCAIS DE RESIDÊNCIA E TRABALHO DA POPULAÇÃO OCUPADA CONSTRUÇÃO DE NOVO INDICADOR PARA OS ESTUDOS DE MOBILIDADE URBANA ANÁLISE DOS LOCAIS DE RESIDÊNCIA E TRABALHO DA POPULAÇÃO OCUPADA CONSTRUÇÃO DE NOVO INDICADOR PARA OS ESTUDOS DE MOBILIDADE URBANA Emilia Mayumi Hiroi 20ª SEMANA DE TECNOLOGIA METROFERROVIÁRIA CATEGORIA:

Leia mais

POSIÇÃO ATUALIZADA ATÉ 25/06/2012 Classif Último Candidato Convocado procedimentos préadmissionais

POSIÇÃO ATUALIZADA ATÉ 25/06/2012 Classif Último Candidato Convocado procedimentos préadmissionais CONCURSO PÚBLICO 2010 TBN RJ e SP de de RJ Campos dos Goytacazes Técnico Bancário 106 2 105 2 RJ Centro Técnico Bancário 592 4 592 4 RJ Niteroi Técnico Bancário 130 3 130 3 RJ Nova Iguaçu Técnico Bancário

Leia mais

Novas Tabelas de Relacionamento

Novas Tabelas de Relacionamento Novas Tabelas de Relacionamento Ferramenta de Importação e Simulação Criamos uma ferramenta para importar as oitenta e seis tabelas diferentes que fazem parte do novo conjunto de tarifas dos Correios.

Leia mais

FNDE - ENTREGA ESDEVA

FNDE - ENTREGA ESDEVA FNDE - ENTREGA ESDEVA NOTA FISCAL UF MUNICIPIO COD_MUNICIP KIA_A KIT_B KIT_C KIT_D KIT_E KIT_F KIT_G SITUAÇÃO 278018 AC RIO BRANCO ESTADUAL 61 268 304 300 450 1 1220 EXPEDIDO 286165 AL ARAPIRACA 2700300

Leia mais

Subsídios à Formulação da Estratégia de Universalização do Acesso à Internet

Subsídios à Formulação da Estratégia de Universalização do Acesso à Internet Subsídios à Formulação da Estratégia de Universalização do Acesso à Internet Painel TELEBRASIL Brasília, 19 de Setembro de 2017 Mário Jorge Mendonça Alexandre Ywata Objetivo Objetivo: Auxiliar a Anatel

Leia mais

As taxas de repasse podem ser apresentadas em percentual (%) ou valores, aplicados/somados sobre o valor total do pedido de créditos.

As taxas de repasse podem ser apresentadas em percentual (%) ou valores, aplicados/somados sobre o valor total do pedido de créditos. Taxas de Repasse Operadoras de Vale Transporte Eletrônico As operadoras de transporte destacadas na tabela cobram taxas de repasse e/ou recarga pela prestação dos serviços de atendimento aos s de vales

Leia mais

Conheça as 50 melhores cidades brasileiras para viver

Conheça as 50 melhores cidades brasileiras para viver Conheça as 50 melhores cidades brasileiras para viver 1ª São Caetano do Sul (SP) IDHM 0,862 Educação: 0,811 Expectativa de vida: 0,887 (78,2 anos) Renda: 0,891 (2.043,74) IDHM Final: 0,862 Posição (2000):

Leia mais

Mapa das Oscs por região e estado

Mapa das Oscs por região e estado Mapa das Oscs por região e estado O #Mapa das Organizações da Sociedade Civil é uma plataforma georreferenciada que apresenta dados relativos às organizações da sociedade civil (OSC) no Brasil, a partir

Leia mais

PESQUISA DE EMPREGO E DESEMPREGO NA REGIÃO METROPOLITANA DE SÃO PAULO. Agosto de 2017 Boletim n º 393. Taxa de desemprego recua de 18,3% para 17,9%

PESQUISA DE EMPREGO E DESEMPREGO NA REGIÃO METROPOLITANA DE SÃO PAULO. Agosto de 2017 Boletim n º 393. Taxa de desemprego recua de 18,3% para 17,9% PESQUISA DE EMPREGO E DESEMPREGO NA REGIÃO METROPOLITANA DE SÃO PAULO Agosto de 2017 Boletim n º 393 Taxa de desemprego recua de 18,3% para 17,9% RESULTADOS DO MÊS 1. As informações da Pesquisa de Emprego

Leia mais

Descrição do PAS Nº Inteligente

Descrição do PAS Nº Inteligente 1 EMPRESA CLARO S/A., incorporadora da Embratel S.A. 2 NOME DO PLANO Plano PAS - 015 - LD 3 MODALIDADE DO STFC Longa Distância Nacional 4 DESCRIÇÃO RESUMIDA Este Plano Alternativo de Serviço destina-se

Leia mais

Ilhéus 240.502 37.555

Ilhéus 240.502 37.555 Serviço: TV a CBO Concorrência 005 /97 - TVC - DOCM/SFO/MC Data de recebimento da Documentação de Habilitação e das 05/01/98 ÁRE DE PRESTÇÃO DO SERVIÇO: nápolis GO PREÇO MÍNIMO (R$): 249.047,44 nápolis

Leia mais

PREÇO MÉDIO DA REFEIÇÃO. Março de 2017

PREÇO MÉDIO DA REFEIÇÃO. Março de 2017 PREÇO MÉDIO DA REFEIÇÃO Março de 2017 OBJETIVO 2 Levantar o preço médio de refeição*, pago pelo trabalhador no almoço, de segunda a sexta-feira, em estabelecimentos** que aceitam voucher refeição, nos

Leia mais

As 120 instituições que usam o Enem de forma mista (fase única e parte da nota; ou fase única e primeira fase)

As 120 instituições que usam o Enem de forma mista (fase única e parte da nota; ou fase única e primeira fase) As 120 instituições que usam o Enem de forma mista (fase única e parte da nota; ou fase única e primeira fase) Sigla Nome da instituição Estado Cidade Maceió Faculdade Pitágoras de Maceió AL Maceió Fama-AP

Leia mais

[RANKING] MTE divulga as 100 cidades que mais geram empregos no País

[RANKING] MTE divulga as 100 cidades que mais geram empregos no País Curitiba passa a frente de Brasília a assume a quarta posição nos '100 Mais'. Campinas (SP) é a não-capital mais bem colocada No ranking dos 100 municípios que mais geraram vagas formais entre janeiro

Leia mais

DADOS DO ESTIPULANTE/SEGURADO

DADOS DO ESTIPULANTE/SEGURADO 8708 CHAPECO SUCURSAL EMISSORA APÓLICE Nº ENDOSSO Nº RENOVA APÓLICE Nº 540 0000780476 540 0000780425 508524 TOKIO MARINE SEGURADORA S.A., Código Susep 619-0, a seguir denominada SEGURADORA, baseando-se

Leia mais

PESQUISA. Abril/2015

PESQUISA. Abril/2015 PESQUISA Abril/2015 ALPHA FM EM NÚMEROS 1º Lugar entre as emissoras qualificadas: Atinge em média 135.118 ouvintes por minuto, de segunda a sexta-feira, das 06h às 19h. Em 30 dias atinge 1.575.204 ouvintes

Leia mais

Instituições que usam o Enem de forma mista (fase única e parte da nota; ou fase única e primeira fase)

Instituições que usam o Enem de forma mista (fase única e parte da nota; ou fase única e primeira fase) Instituições que usam o Enem de forma mista (fase única e parte da nota; ou fase única e primeira fase) Fonte: Guia do Estudante Sigla Nome da instituição Estado Cidade Fac. Pitágoras de Faculdade Pitágoras

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO PARA O INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA IBGE - TÉCNICO RELAÇÃO DE CANDIDATOS POR VAGA

CONCURSO PÚBLICO PARA O INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA IBGE - TÉCNICO RELAÇÃO DE CANDIDATOS POR VAGA inscritos Vagas AC RIO BRANCO 3 7.215 2.405,00 1 47 47 1 946 946 5 AL DELMIRO GOUVEIA 1 1.037 1.037,00 0 - - 0 - - 1 AL MACEIO 3 6.748 2.249,33 1 66 66 1 745 745 5 AL PORTO CALVO 2 1.133 566,50 0 - - 0

Leia mais

POLÍTICA DE SAÚDE MENTAL

POLÍTICA DE SAÚDE MENTAL POLÍTICA DE SAÚDE MENTAL Coordenação Geral de Saúde Mental Departamento de Ações Programáticas Estratégicas - DAPE Secretaria de Atenção à Saúde Ministério da Saúde Reunião da Tripartite 17/03/2005 Situação

Leia mais

Descrição do PAS Nº 124 Vip Especial

Descrição do PAS Nº 124 Vip Especial 1 EMPRESA CLARO S/A., incorporadora da Embratel S.A. 2 NOME DO PLANO Plano PAS - 124 LD - 3 MODALIDADE DO STFC Longa Distância Nacional 4 MODALIDADE DO STFC Serviço de Longa Distância Nacional 5 DESCRIÇÃO

Leia mais

Projeto Somar Contratação de Pessoas com Deficiência Intelectual nas Agências do Banco Citibank

Projeto Somar Contratação de Pessoas com Deficiência Intelectual nas Agências do Banco Citibank Projeto Somar Contratação de Pessoas com Deficiência Intelectual nas Agências do Banco Citibank Citi no Brasil No Brasil há mais de 92 anos. Atende diretamente a mais de 400 mil contas de clientes. Mais

Leia mais

FRANCHISING PA N O R A M A E P R O J E Ç Õ E S

FRANCHISING PA N O R A M A E P R O J E Ç Õ E S FRANCHISING PA N O R A M A E P R O J E Ç Õ E S CENÁRIO MACROECONÔMICO Índice de confiança do consumidor (set/17- set/16): + 3,0** IPCA 3,06 % PROJEÇÕES para 2017 PIB 0,73% Índice de confiança empresarial

Leia mais

1. Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM) - Regiões Metropolitanas

1. Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM) - Regiões Metropolitanas nº 43 Dezembro 2014 1. Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM) - Regiões Metropolitanas Introdução Na edição n 27 deste boletim foram apresentados dados sobre o IDHM (Índice de Desenvolvimento

Leia mais

EVOLUÇÃO DAS VIAGENS COM UTILIZAÇÃO DE METRÔ E TREM METROPOLITANO RESULTADOS DA PESQUISA DE MOBILIDADE 2012

EVOLUÇÃO DAS VIAGENS COM UTILIZAÇÃO DE METRÔ E TREM METROPOLITANO RESULTADOS DA PESQUISA DE MOBILIDADE 2012 EVOLUÇÃO DAS VIAGENS COM UTILIZAÇÃO DE METRÔ E TREM METROPOLITANO RESULTADOS DA PESQUISA DE MOBILIDADE 2012 Maria Cecilia Masagão Andreoli de Oliveira 20ª SEMANA DE TECNOLOGIA METROFERROVIÁRIA CATEGORIA

Leia mais

A Empresa. Linha de Produtos

A Empresa. Linha de Produtos 2 A Empresa A ThyssenKrupp Elevadores atua em todo o território nacional, representada por suas unidades de negócios. Seus produtos também são exportados para diversos países da América Latina e outros

Leia mais

1º lugar entre as emissoras qualificadas. por dia. Média de ouvintes por minuto, no. target Ambos os sexos AB 25+ anos.

1º lugar entre as emissoras qualificadas. por dia. Média de ouvintes por minuto, no. target Ambos os sexos AB 25+ anos. Dezembro/2016 Média de 81.071 ouvintes por minuto, no 1º lugar entre as emissoras qualificadas. target Ambos os sexos AB 25+ anos. Atinge em média 153.894 ouvintes por minuto, de segunda a sexta-feira

Leia mais

Descrição do PAS Nº 245 Vip Sip Nacional

Descrição do PAS Nº 245 Vip Sip Nacional 1. EMPRESA CLARO S/A., incorporadora da Embratel S.A. 2. NOME DO PLANO Plano PAS 245 LD 3. MODALIDADE DO STFC Longa Distância Nacional 4. DESCRIÇÃO RESUMIDA O Plano VipSip Nacional foi planejado para atender

Leia mais

Descrição do PAS Nº 060 Progressivo Assinatura DDR

Descrição do PAS Nº 060 Progressivo Assinatura DDR PLANO ALTERNATIVO DE SERVIÇO LOCAL PLANO PROGRESSIVO ASSINATURA DDR N 060 LC EMPRESA CLARO S/A., incorporadora da Embratel S.A. NOME DO PLANO Plano Progressivo Assinatura PAS 060 LC MODALIDADE DO STFC

Leia mais

ACRE. Cruzeiro do Sul TÉCNICO EM MANUTENÇÃO TÉCNICO EM MECÂNICA TÉCNICO EM SEGURANÇA DO TRABALHO RIO BRANCO TÉCNICO EM MANUTENÇÃO TÉCNICO EM MECÂNICA

ACRE. Cruzeiro do Sul TÉCNICO EM MANUTENÇÃO TÉCNICO EM MECÂNICA TÉCNICO EM SEGURANÇA DO TRABALHO RIO BRANCO TÉCNICO EM MANUTENÇÃO TÉCNICO EM MECÂNICA ACRE Cruzeiro do Sul RIO BRANCO ALAGOAS Maceió TÉCNICO EM SECRETARIADO AMAPÁ Macapá AMAZONAS Manaus TÉCNICO EM CONTABILIDADE TÉCNICO EM GESTÃO TÉCNICO EM INFORMÁTICA ENGENHARIA MECÂNICA ENGENHARIA MECATRÔNICA

Leia mais

CONSULTA PÚBLICA Nº 0

CONSULTA PÚBLICA Nº 0 CONSULTA PÚBLICA Nº 0 Alteração do Art. 15 do Regulamento de Numeração do SMP Art. 15 O Código Nacional tem formato padronizado, composto por 2 (dois) caracteres numéricos, representado por séries que

Leia mais

NOTA TÉCNICA ESTIMATIVAS DA POPULAÇÃO DOS MUNICÍPIOS BRASILEIROS COM DATA DE REFERÊNCIA EM 1º DE JULHO DE 2014

NOTA TÉCNICA ESTIMATIVAS DA POPULAÇÃO DOS MUNICÍPIOS BRASILEIROS COM DATA DE REFERÊNCIA EM 1º DE JULHO DE 2014 NOTA TÉCNICA ESTIMATIVAS DA POPULAÇÃO DOS MUNICÍPIOS BRASILEIROS COM DATA DE REFERÊNCIA EM 1º DE JULHO DE 2014 A divulgação anual das estimativas da população residente nos municípios brasileiros obedece

Leia mais

Estatísticas sobre Analfabetismo no Brasil

Estatísticas sobre Analfabetismo no Brasil Ministério da Educação Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira Estatísticas sobre Analfabetismo no Brasil Audiência pública Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa

Leia mais

PORTARIA Nº 1.165, DE 16 DE JUNHO DE 2016

PORTARIA Nº 1.165, DE 16 DE JUNHO DE 2016 PORTARIA Nº 1.165, DE 16 DE JUNHO DE 2016 Atualiza os registros no Sistema do Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde (SCNES), das Centrais de Regulação das Urgências (CRU) do Serviço de Atendimento

Leia mais

CIRCULAR Nº 399. Em conseqüência, encontram-se nas folhas anexas as alterações necessárias à atualização do Manual de Normas e Instruções - MNI.

CIRCULAR Nº 399. Em conseqüência, encontram-se nas folhas anexas as alterações necessárias à atualização do Manual de Normas e Instruções - MNI. CIRCULAR Nº 399 Comunicamos que a Diretoria do Banco Central do Brasil, em sessão realizada em 17.10.78, decidiu estabelecer horários para atendimento ao público nas instituições financeiras em funcionamento

Leia mais

Descrição do PAS Nº 060 Progressivo Assinatura DDR

Descrição do PAS Nº 060 Progressivo Assinatura DDR PLANO ALTERNATIVO DE SERVIÇO LOCAL PLANO PROGRESSIVO ASSINATURA DDR N 060 LC EMPRESA CLARO S.A. NOME DO PLANO Plano Progressivo Assinatura PAS 060 LC MODALIDADE DO STFC Serviço Local DESCRIÇÃO RESUMIDA

Leia mais

LISTA DE LOJAS - VENDAS DE PLANO ODONTO

LISTA DE LOJAS - VENDAS DE PLANO ODONTO Nome da loja Cidade UF Anápolis ANÁPOLIS GO Garavelo APARECIDA DE GOIANIA GO Shopping Buriti APARECIDA DE GOIANIA GO Goiânia GOIÂNIA GO Itumbiara ITUMBIARA GO Campo Grande CAMPO GRANDE MS Campo Grande

Leia mais

PORTFÓLIO DE SOLUÇÕES ATACADO

PORTFÓLIO DE SOLUÇÕES ATACADO Portfolio Superlink Data base: Jul 2004 UNIDADE DE NEGÓCIO ATACADO Pág. 1 SUPERLINK ÍNDICE Pág Descrição... 2 Características... 2 Aplicações... 2 Abrangência... 2 Informações adicionais... 2 Canais de

Leia mais

Descrição do PAS Nº 145 Rede Vip Embratel Vertical

Descrição do PAS Nº 145 Rede Vip Embratel Vertical 1. EMPRESA CLARO S/A., incorporadora da Embratel S.A. 2. NOME DO PLANO Plano PAS 145 LD 3. MODALIDADE DO STFC Serviço de Longa Distância Internacional 4. DESCRIÇÃO RESUMIDA Este plano foi planejado para

Leia mais

Aids no Brasil. Departamento de DST, Aids e Hepatites Virais. Dezembro de 2009

Aids no Brasil. Departamento de DST, Aids e Hepatites Virais. Dezembro de 2009 Aids no Brasil 1980 2009 Departamento de DST, Aids e Hepatites Virais Dezembro de 2009 Municípios com pelo menos um caso de aids notificado 1980-1994 1995-1999 2000-2004 2005-2009 HIV: informações gerais

Leia mais

Descrição do PAS Nº 067 VipLine Fácil

Descrição do PAS Nº 067 VipLine Fácil PLANO ALTERNATIVO DE SERVIÇO LOCAL PLANO PROGRESSIVO ASSINATURA N 067 LC EMPRESA CLARO S/A., incorporadora da Embratel S.A. NOME DO PLANO Plano Alternativo 067 LC MODALIDADE DO STFC Serviço Local DESCRIÇÃO

Leia mais

DIRETÓRIO NACIONAL DE ENDEREÇOS MÊS E ANO DE PUBLICAÇÃO DAS CIDADES CODIFICADAS POR LOGRADOUROS

DIRETÓRIO NACIONAL DE ENDEREÇOS MÊS E ANO DE PUBLICAÇÃO DAS CIDADES CODIFICADAS POR LOGRADOUROS AC Rio Branco Recodificação Outubro/2011 AC Rio Branco Codificação inédita Abril/1992 AL Arapiraca Codificação inédita Abril/1992 AL Maceió Codificação inédita Agosto/1985 AL Palmeira dos Índios Codificação

Leia mais

OS CANDIDATOS A PREFEITO NOS MUNICÍPIOS BILIONÁRIOS EM 2016

OS CANDIDATOS A PREFEITO NOS MUNICÍPIOS BILIONÁRIOS EM 2016 OS CANDIDATOS A PREFEITO NOS MUNICÍPIOS BILIONÁRIOS EM 2016 François E. J. de Bremaeker Rio de Janeiro, agosto de 2016 OS CANDIDATOS A PREFEITO NOS MUNICÍPIOS BILIONÁRIOS EM 2016 François E. J. de Bremaeker

Leia mais

Resumo do Percurso. João Pessoa (PB) Distância percorrida: Custo de combustível:: R$ Custo de pedágio: R$ Número de pedágios: 31

Resumo do Percurso. João Pessoa (PB) Distância percorrida: Custo de combustível:: R$ Custo de pedágio: R$ Número de pedágios: 31 Resumo do Percurso Origem: Destino: João Pessoa (PB) Gramado (RS) Distância percorrida: 3775 Combustível necessário: 269.65 Litros Custo de combustível:: R$ 701.09 Custo de pedágio: R$ 85.9 Número de pedágios:

Leia mais

Ranking Cidades Amigas da Banda Larga. Eduardo Tude Agosto/ 2016

Ranking Cidades Amigas da Banda Larga. Eduardo Tude Agosto/ 2016 Ranking Cidades Amigas da Banda Larga Eduardo Tude Agosto/ 2016 Sumário Introdução Metodologia As Capitais com mais de 1 milhão de habitantes As 10 melhores As últimas colocadas Ranking Completo 2 Ranking

Leia mais

MUNICIPIOS CONTEMPLADOS COM VAGAS PARA ENFERMEIRO - PROVAB

MUNICIPIOS CONTEMPLADOS COM VAGAS PARA ENFERMEIRO - PROVAB MUNICIPIOS CONTEMPLADOS COM VAGAS PARA ENFERMEIRO - PROVAB 2013.2 IBGE UF Município 120040 AC RIO BRANCO 270060 AL BARRA DE SÃO MIGUEL 270150 AL CAMPO GRANDE 270260 AL FEIRA GRANDE 270290 AL GIRAU DO PONCIANO

Leia mais

VAGAS EDITAL 6 o CICLO - POR ESTADO, CIDADE, NÍVEL E CATEGORIA PROFISSIONAL

VAGAS EDITAL 6 o CICLO - POR ESTADO, CIDADE, NÍVEL E CATEGORIA PROFISSIONAL VAGAS EDITAL 6 o CICLO - POR ESTADO, CIDADE, NÍVEL E CATEGORIA PROFISSIONAL ESTADO LOCALIDADE DOS CURSOS NÍVEL CATEGORIAS Total AM MANAUS BÁSICO CM - CALDEIREIRO 96 CM - ENCANADOR INDUSTRIAL 48 CM - LIXADOR

Leia mais