MINISTÉRIO DA FAZENDA ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO FAZENDÁRIA CATÁLOGO DE PROGRAMAÇÃO DE EVENTOS FECHADOS

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "MINISTÉRIO DA FAZENDA ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO FAZENDÁRIA CATÁLOGO DE PROGRAMAÇÃO DE EVENTOS FECHADOS - 2015"

Transcrição

1 Programa Capacita 09/02/ a 10/02/ Local de Objetivo Demandante Público Alvo Conteúdo Programático Modalidade Fechado Fornecer capacitação a gestores públicos federais, na área de atuação da CGU. CGU Servidores Públicos Federais Presencial Fechado 8h 50 N/D N/D Programa Nacional de IRPF - Repasse 26/02/15 Disseminar a interpretação atualizada da legislação do Imposto de Renda Pessoa Física, com ênfase nas alterações promovidas para a Declaração de Ajuste Anual do Imposto de Renda da Pessoa Física do exercício. RFB Servidores Públicos Federais da RFB Presencial Fechado 12h 60 N/D N/D Língua Inglesa - nível avançado 02/03/ a 09/12/ Desenvolver habilidades de compreensão e produção oral de diálogos específicos em inglês, além de possibilitar o domínio e a teoria das estruturas básicas ALF/SDR Servidores Públicos Federais da RFB Presencial Fechado 90h 5 N/D N/D Língua Inglesa - nível intermediário 03/03/ a 10/12/ Desenvolver habilidades de compreensão e produção oral de diálogos específicos em inglês, além de possibilitar o domínio e a teoria das estruturas básicas ALF/SDR Servidores Públicos Federais da RFB Presencial Fechado 90h 5 N/D N/D Língua Espanhola - nível avançado 03/03/ a 10/12/ Propiciar condições de aprendizagem em Lingua Espanhola para melhor desempenho do servidor. ALF/SDR Servidores Públicos Federais da RFB Presencial Fechado 90h 5 N/D N/D Promover a tomada de consciência e atitudes acerca de Programa Faz Saúde 06/03/15 temas que envolvam a saúde e o bem-estar estar dos 05 Servidores Públicos Federais da RFB Presencial Fechado 4 35 N/D N/D servidores. 1ª Oficina de Trabalho Regional Intersetorial do Programa Bolsa Família 11/05/ a 14/05/ Desenvolver oficinas de trabalho voltadas à troca de informações, planejamento conjunto, estabelecimento de metas e elaboração de planos de trabalho, reunindo a equipe técnica da Secretaria Nacional de Renda de Cidadania (Senarc) do MDS, coordenadores estaduais do Programa Bolsa Família (PBF) e parceiros envolvidos na gestão do PBF. MDS Presencial Fechado 32h 65 N/D Palestras Sobre Saúde Curso Prático de Português Desenvolvimento Gerencial Canais de Atendimento ao Cidadão Oficina de Redação Jornalística Envelhecimento Humano e Serviço Público Excelência no Atendimento Qualidade de Vida e Saúde Encontros Motivacionais Saúde e Qualidade de Vida Técnicas de Redação Técnicas de Trabalho em Equipe Técnicas de Redação Princípios de Sustentabilidade e Responsabillidade Social Aracaju/SE N/D DRF/AJU N/D Presencial Fechado 30 N/D N/D Feira de Santana/BA N/D DRF/FSA N/D Presencial Fechado 60 N/D N/D N/D DRF/SDR N/D Presencial Fechado 30 N/D N/D N/D 05 N/D Presencial Fechado 4 N/D N/D N/D 05 N/D Presencial Fechado 25 N/D N/D N/D ALF/SDR N/D Presencial Fechado 30 N/D N/D N/D ALF/SDR N/D Presencial Fechado 10 N/D N/D Feira de Santana/BA N/D DRF/FSA N/D Presencial Fechado 40 N/D N/D N/D DRF/SDR N/D Presencial Fechado 30 N/D N/D N/D DRF/SDR N/D Presencial Fechado 30 N/D N/D N/D 5 N/D Presencial Fechado 12 N/D N/D N/D 5 N/D Presencial Fechado 30 N/D N/D N/D 5 N/D Presencial Fechado 12 N/D N/D N/D 5 N/D Presencial Fechado 30 N/D N/D Mediação de Conflitos N/D 5 N/D Presencial Fechado 6 N/D N/D Projeto Caminhos - Palestras N/D 5 N/D Presencial Fechado 40 N/D N/D Excelência no Serviço a setembro de N/D ALF/SDR N/D Presencial Fechado 30 N/D N/D Público Saúde Mental a setembro de N/D ALF/SDR N/D Presencial Fechado 50 N/D N/D Evento Comportamental e a setembro de Motivação dos Servidores Aracaju/SE N/D DRF/AJU N/D Presencial Fechado 40 N/D N/D Workshop de Planejamento a setembro de Itabuna/BA N/D DRF/ITA N/D Presencial Fechado 30 N/D N/D Desenvolvimento de Lideranças a setembro de N/D DRF/SDR N/D Presencial Fechado 5 N/D N/D Capacitação em Negociação a setembro de e Conflitos N/D DRF/SDR N/D Presencial Fechado 20 N/D N/D Workshop "Transformando a setembro de Emoções" ç N/D 05 N/D Presencial Fechado 4 N/D N/D

2 Local de Objetivo Demandante Público Alvo Conteúdo Programático Modalidade Fechado Técnicas de Negociação a setembro de N/D 05 N/D Presencial Fechado 8 N/D N/D Programa Faz Saúde a setembro de N/D 05 N/D Presencial Fechado 25 N/D N/D Formando Líderes a setembro de N/D 05 N/D Presencial Fechado 12 N/D N/D Workshop "Autodesenvolvimento" a setembro de N/D 05 N/D Presencial Fechado 30 N/D N/D Enfrentando Desafios Cotidianos outubro N/D ALF/SDR N/D Presencial Fechado 30 N/D N/D Maturidade e Ludicidade outubro N/D ALF/SDR N/D Presencial Fechado 30 N/D N/D Workshop "Ação Sistêmica" outubro N/D 05 N/D Presencial Fechado 30 N/D N/D Oratória outubro N/D 05 N/D Presencial Fechado 2 N/D N/D Contabilidade N/D PFN N/D Presencial Fechado 20 N/D N/D Língua Portuguesa N/D PFN N/D Presencial Fechado 20 N/D N/D Direito Previdenciário N/D PFN N/D Presencial Fechado 20 N/D N/D Disseminação da Solução da Segurança da RFB Operador Econômico Autorizado SODEA/SVA 19/01 a 23/01/ Disseminar os servidores nas principais normas e modelo tecnológico do MGADOP. 27/01/ Capacitar os servidores na operação do OEA. 03 2/2 e 03/02/ Disseminar os servidores nos sistemas SODEA/SVA. 03 Servidores da Ditec/03. Conceito solução de conectividade; conceito e arquitetura, ambiente enterasys, principais normas e modelo técnológico do MGADOP. DRF/FOR Servidores da 03/DIANA/ DIREP,Chefes de Divisão da 03 e servidores do CAC. Servidores CAC Presencial Fechado 20h 15 R$ 0, Implantação do Operador Econômico Autorizado Presencial Fechado 4h 24 R$ 0, SODEA/SVA Presencial Fechado 16h 50 R$ 0, º Encontro Regional de Administradores da 3ª RF 25/2 a 27/2/ Teresina-PI Avaliar os resultados de 2014 e planejar as atividades para, levando em conta as novas diretrizes da RFB. 03 Servidores que atuam na administração Avaliação de Planejamento. Presencial Fechado 20h 40 ######### 1.1 da Receita Federal 3ªRF Reunião de Planejamento Estratégico da Programação 3/3 a 5/3/ da 3ª RF Coleta de informações para subsidiar a elaboração do Planejamento Estratégico da Programação da 3ª RF para o ano. 03 Servidores da 3ª RF que participam das atividades de fiscalização, seleção, acompanhamento dos maiores contribuintes. Entendimentos com efeito vinculante; Avaliação das atividades de seleção; Planejamento da Etapa 2 do processo de seleção ; Ações estratégicas para o ano de seleção ; Minuta do plano Regional Estratégico da Programação. Presencial Fechado 16h 20 R$ 0, Seminário Regional do Programa do Imposto de 4/3 e 5/3/ Miniauditório Renda Pessoa Física - Disseminar a interpretação da legislação e das normas relativas ao imposto de renda da Servidores da 3ªRF que tenham amplo pessoa física, com ênfase nas alterações conhecimento da matéria e perfil 03 Disseminação da legislação. Presencial Fechado 16h 50 R$ 288, ocorridas em 2014, aplicáveis a declaração adequado para efetuar o repasse das de ajuste anual. Aprimorar e informações nas unidades locais. ampliar os serviços prestados à sociedade Ferramentas de Acompanhamento dos Maiores Contribuintes Criar metodologia de trabalho nas análises de 9/3 a quedas de arrecadação, visando à padronização 13/3/ e àmelhoria daqualidade naatividadeatividade de acompanhamento dos maiores contribuintes. RFB/COMAC Painel do Setor Econômico - PSE;.Maco Auditores-Fiscais da RFB que Explorer; trabalham na área de Acompanhamento ContÁgil aplicado no Acompanhamento Maco; Presencial Fechado 32h 36 ######### 2.3 de Maiores Contribuintes.Sped; Casos Práticos;.Scripts e MAD. Oficina de Avaliação e Planejamento Script do Contágil 17/03/15 Fiscalização e Combate aos Ilícitos Tributários e Aduaneiros 11/3 a 18/3 Servidores do 30/3 a 1/4/ Capacitar servidores com relação ao script do contágil. 03 Servidores das unidades administrativas que necessitem de conhecimentos sobre Script do Contágil. Avaliação de 2014 Planejamento para Presencial Fechado 15h 15 R$ 0, Disseminação da Legislação Tributária e Aduane Presencial Fechado 8h 18 R$ 144, Presencial Fechado 24h Controle e Cobrança do Crédito Tributário 6/4 a 10/4/ Controlar os créditos reconhecidos ou não, buscando a correta valoração, efetivando a compensação e o pagamento da restituição, do ressarcimento e do reembolso. 03 Servidores que analisam PER/COMP selecionadas para análise do usuário ou tratamento manual. Controle do Crédito Reconhecido Código Tributário Nacional Legislação Tributária pertinente ao assunto. Presencial Fechado 32h 30 R$ 0, Gstão de Processos em Horas p/ Unidades Pagadoras 6/4 a 10/4/ RFB/CODAC Presencial Fechado 40h

3 Local de Objetivo Demandante Público Alvo Conteúdo Programático Modalidade Fechado Reunião Conteudistas e- 13/4 a Processo 17/4/ RFB/CODAC Presencial Fechado 40h E-Safira Regional 27/4 a 30/4/ 03 Presencial Fechado 32h Gestão Estratégica 04/05/15 DRJ/FOR Presencial Fechado 8h Encontro de Alinhamento de Colaboradores que participarão de Atribuições do colaborador 5/3/ Colaboradores da ESAF/CE eventos Relexão de Textos PROCESSO ADMINISTRATIVO DISCIPLINAR E SINDICANCIA 17 A 20/03/ MANAUS/AM Formar servidores da Administração Pública Federal, subsidiando os com os conhecimentos especificos e práticos necessários a posterior participação em processo administrativo disciplinar. IFAM SERVIDORES DO IFAM Processo Administrativo Disciplinar; Deveres e proibições dos servidores públicos; Independência de instância e a Responsabilidade do servidor público; Condições preliminares para abertura de processo disciplinar; Poder de apuração e denúcia anônima; Autoridade instauradora competência; Comissão de Procedimento Disciplinar; Suspeição e Impedimento; Penalidade Disciplinar; Sindicância; Procedimento Sumário; Remessa de processo ao Ministério Público; Noções de Prescrição; Revisão do Processo; A Lei 9784/83; Comunicação processual; Responsabilidade; Principais causas de nulidade; Atuação da Controladoria Geral da União e suas Corregedorias; Elaboração b ã de processo hipotético i coma a elaboração de exercícios práticos, depoimento de testemunha, interrogatório acusado, Indiciamento e Relatório Final. FECHADO ,20 GESTÃO A 27/02/ Treinamento Regional na Atividade de Acompanhamento dos Maiores Contribuintes BELÉM O treinamento tem objetivo de esclarecer, nivelar os conhecimentos dos servidores que compõem as equipes dos maiores Contribuintes nas Delegacias. Servidores d /2 a.rf Processos de trabalho.. Papel das Dimac/Semac na implementação das estratégias nacionais. Metas e Indicadores. Distorções Reversão de Quedas de Arrecadação. Distorções Metodologia de Setor Econômico + Visão Integral do Setor Econômico. Autorregularização: conceito, interação com o contribuinte, aplicação e legislação. Fluxo de encaminhamento. FECHADO ,26 CREDITO TRIBUTÁRIO SELEÇÃ PROGRAMAÇÃO AOS SERVIDORES DA FISCALIZAÇÃO 02 a 05/03/ BELÉM Capacitar os servidores AFRF na seleção e programação de contribuintes que apresentem algum indício de descumprimento de obrigações tributárias. Servidores d /2a.RF Processo de trabalho de pesquisa e seleção de sujeitos passivos. FECHADO ,80 CREDITO TRIBUTÁRIO SCC Sistema de Controle de Créditos e Compensações (Repasse) 17 a 19/03/ BELÉM O treinamento tem o objetivo de esclarecer, ensinar, nivelar os conhecimentos dos servidores que compõem as equipes da DIRAC Servidores d /2a.RF 1 Análise mediante critérios legais do direito creditório; 2 Declaração de Compensação pelo Contribuinte; 3 Visão do SCC Sub sistemas 4 IPI 5 COFINS 6 Pagamento Indevido FECHADO ,8 CREDITO TRIBUTÁRIO /02 A 11/03/20 BELÉM Programa de Ambientação dos Novos Servidores do CENTRESAF/PA 1 Edição. Este programa tem o objetivo de integrar os novos servidores do Ministério da Fazenda ao ambiente de trabalho e promover o desenvolvimento de competências necessárias à atuação em serviço. CENTRESAF/PA MÓDULO I: CONHECENDO A ESAF (4H) MÓDULO II: Novos servidores do CENTRESAF/PA FECHADO A CARREIRA DO SERVIDOR (4) MODULO III: GESTÃO CAPACITAÇÃM SERVIÇO (48h) ENTREVISTA COM A DIRETORA (1H) AVALIAÇÃO DO PROGRAMA (2H) AUDITORIA DE OBRAS PÚBLICAS 27 a 31/04/ MANAUS/AM Capacitar os servidores para o correto entendimento e formalização dos processos de Tomada de Contas Especial, de acordo com o novo normativo da Controladoria Geral da União - CGU, assegurando maior eficiência à Administração Pública. Fundamentos de Auditoria. Auditoria de engenharia. Planejamento de auditorias. Fluxo operacional de auditorias de engenharia. Auditoria de custos e preços em engenharia. Impactos da Lei de Responsabilidade Fiscal nas obras públicas. Elaboração de relatórios de auditorias de engenharia e estudos de casos. FECHADO ,54

4 Local de Objetivo Demandante Público Alvo Conteúdo Programático Modalidade Fechado Desenvolver técnicas que ajudem a produzir textos REDAÇÃO OFICIAL ( 3 Não lançado oficiais expressando ideias de maneira clara, precisa, no SIGEP 04 a 15/05/ MANAUS/AM TURMAS) concisa aplicando-as ao contexto t administrativo i ti tornando a redação eficaz. 1. A COMUNICAÇÃFICIENTE A importância da comunicação clara e objetiva; os problemas mais comuns; a necessidade da padronização da linguagem oficial nos âmbitos da administração pública. 2. A TÉCNICA DE REDAÇÃO ESTRUTURA E CARACTERÍSTICAS DO TEXTO NO CONTEXTO DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA A organização do texto e a distribuição das ideias teoria e prática; leitura e interpretação do texto a partir da teoria do planejamento textual com base na Pedagogia da Resposta; coerência textual; planejamento e processo lógico criativo das etapas da elaboração do texto; estrutura do período e do parágrafo no texto; estilo, clareza, precisão, concisão, correção e FECHADO ,1 GESTÃO estereotipia e modismos. 3. A REDAÇÃO OFICIAL CARACTERÍSTICAS E APLICAÇÃO O padrão oficial da redação no âmbito da administração pública forma, pronomes de tratamento; fechamento de correspondências; as especificidades de ofícios, memorandos, relatórios, despachos etc 4. A DIMENSÃ O PLANEJAME DO TEXTO A necessidade de estruturação do texto. A composição dos parágrafos a partir do planejamento textual. A organização coerente das ideias no corpo do texto organizado e planejado. A escolha das ideias a partir do processo da lógica do SISTEMA DE CONCESSÃO DE DIÁRIAS E PASSAGENS - SCDP 29 a 31/04/ MANAUS/AM TOMADA DE CONTAS ESPECIAIS 18 a 20/05/ MANAUS/AM Disseminar os conhecimentos sobre as normas e a utilização de forma prática do Sistema de Concessão de Diárias e Passagens - SCDP. Acessando com segurança as novas funcionalidades do SCDP. Capacitar os servidores para o correto entendimento e formalização dos processos de Tomada de Contas Especial, de acordo com o novo normativo da Controladoria Geral da União - CGU, assegurando maior eficiência à Administração Pública. Módulo I Histórico e Fluxo Nacional. Módulo II Legislação. Módulo III SCDP Operacional. Módulo IV SCDP Operacional. Módulo V SCDP (Viagens FECHADO ,94 Internacionais). Módulo VI Extração de Dados. 1 Noções fundamentais sobre o processo administrativo e processos no Tribunal de Contas. 2 Tomada de Contas Especial: conceito, objetivos, princípios e regras regentes; 3 Autonomia da TCE relativamente a processos correlatos de sindicância, processo administrativo disciplinar e processo judicial (ação criminal, ação de improbidade e ação civil de ressarcimento); a independência das instâncias. 4 Providências prévias à instauração. 5 Fases da TCE: procedimento interno e processo no Tribunal de Contas. 6 Hipóteses, formas e prazo de instauração. 7 Procedimentos da Fase Interna FECHADO ,12 (identificação dos responsáveis, quantificação do dano, inscrição de responsabilidades em cadastros públicos, notificação, exame de esclarecimentos, relatório) e competências para prática de atos (autoridade superior, tomador de contas, órgão setorial de contabilidade, órgão de controle interno, autoridade ministerial). 8 Noções sobre a responsabilização de agentes públicos e privados e quantificação do dano ao erário. 9 Peças integrantes do processo. 10 Hipóteses de dispensa de instauração ou arquivamento na fase interna. 11 Tramitação do processo no Tribunal SIAFI GERENCIAL 20 a 22/05/ MANAUS/AM Capacitar os servidores para a utilização de todas as ferramentas do SIAFI Gerencial disponíveis e indispensáveis ao desempenho das ações pertinentes a ele, tendo em vista se tratar de instrumento essencial na extração de informações relativas á execução orçamentária, financeira, contábil e patrimonial. Noções básicas do SIAFI Gerencial; Ambiente e consultas básicas; Convênios; Créditos orçamentários; Execução orçamentária e financeira de despesa Descentralização de recursos financeiros no SIAFI; Receita pública e ferramentas FECHADO ,52 úteis do Excel.

5 Local de Objetivo Demandante Público Alvo Conteúdo Programático Modalidade Fechado SIAFI OPERACIONAL 25 a 27/05/ MANAUS/AM Conhecer as noções básicas de operacionalização do sistema SIAFI para a execução das atividades de gestão orçamentária e financeira, atendendo as alterações trazidas pelo novo PCASP. 1 Introdução: 1.1 Apresentação e Acesso do Sistema 1.2 Segurança do Sistema 1.3 Navegação do Sistema 1.4 Principais documentos de entrada e saída de dados 2 Conceitos básicos: 2.1 Termos mais utilizados 2.2 Transações no SIAFI 2.3 Programa de Trabalho/PTRES 2.4 Conta Contábil 2.5 Classificação da Despesa 2.6 Natureza de Despesa 2.7 Estágios da Despesa 2.8 Nota de Empenho 2.9 Tipos de Ordens Bancárias 3 Transações básicas: 3.1 Mensagens SIAFI 3.2 Consultas: Razão da Conta Contábil/Balancete/Contas Contábeis/Diário 4 Exercícios: 4.1 Emissão de Notas de Empenhos no SIAFI 4.2 Pagamentos 5 Suprimento de Fundos: 5.1 Legislação básica 5.2 Exercício Apropriação, pagamento de fatura e comprovação sem saque 6 Informações Complementares: 6.1 Relação de Ordens Bancárias 6.2 Conformidade Diária 6.3 Manual SIAFI 6.4 GRU FECHADO ,22 AUTOLIDERANÇA 13 a 17/04/ BELÉM Trabalhar técnicas de comunicação para que a linguagem interna da instituição seja mais facilmente compreendida PFN/PA Servidores da PFN/PA FECHADO ,6 GESTÃO Educação Fiscal Há 15 anos, contribuindo na construção da cidadania no Pará 24/04/15 BELÉM Divulgar, disseminar temas de Educação Fiscal, assim como compartilhar resultados do Programa de educação Fiscal nestes 15 anos de existência. EFAZ Servidores da entidades gestoras do programa (SEFA, SEDUC,SEDOP,RFB,CGU e CENTRESAF), servidores de munícipios e sociedade em geral. SEMINÁRIO FECHADO GESTÃO Centresaf/SP GANHO DE CAPITAL Dia 22/01 sala 311 Capacitar servidores que atuarão no PIR/ que acontecerá em março e abril ; Aumentar/nivelar conhecimentos sobre DIRPF-Ganho de Capital. DERPF Servidores que atuarão no PIR/ DIRPF-Ganho de Capital Fechado 4 30 R$ 507,09 Centresaf/SP º Workshop de Integração da DERPF Dia 05/02 Auditório 22 º andar Integração e motivação dos servidores e funcionários da Delegacia. DERPF Todos os servidores e funcionários da Unidade. d Palestras: técnicae motivacional. Fechado R$ 1.628,00 Centresaf/SP SISTEMA DE LEILÃO ELETRÔNICO 24 a 27/02 sala 313 Atualizar os servidores responsáveis pelos leilões de mercadorias apreendidas nas Regiões Fiscais, especialmente acerca das novas funcionalidades do Sistema de Leilão Eletrônico. RFB/COPOL Servidores alocados em trabalhos de - Sistema de Leilão Eletrônico Visões do preparação e montagem de leilões no Sistema (Comissão, Licitante e Sociedade) - Sief/CTMA e/ou que realizem leilões no Portaria de Perfis - Preparação do Leilão SLE, os quais se disponham a participar (montagem dos lotes, informação de valores como disseminadores do conhecimento mínimos de arrematação, etc) - Parâmetros de e/ou consultores no âmbito da Região sistema - Dados básico de edital - Rec Fiscal. Fechado R$ 2.608,80 Centresaf/SP Seminário MINERAÇÃO DE DADOS 23 a 25/02 Auditório DRF Bauru OBJETIVO GERAL: Conhecer as possibilidades de aplicação da mineração de Dados no âmbito institucional pela avaliação dos projetos em andamento em outros órgãos governamentais e das iniciativas da RFB. OBJETIVOS DE APRENDIZAGEM: CONHECIMES: Fontes de informações internas e externas; Banco de dados e planilhas eletrônicas; Sistemas informatizados inerentes à atividade, da RFB e outros; Procedimentos de fiscalização; Procedimentos de Programação, seleção e preparo; HABILIDADES: Criar metodologias para apurar novas formas de sonegação; Verificar a conformidade dos dados econômicos, contábeis e fiscais com os demais dados apresentados à RFB; Manipular arquivos digitais; Coletar e interpretar dados e informações com destreza; Identificar indícios de fraude, sonegação e simulação fiscal e outros; Analisar o reconhecimento de direitos creditórios obedecendo a critérios científicos de análise de risco. ATITUDES: Interesse em aprender e investigar; Receptividade a novas idéias. DRF BAURU 1. Data Mining - Noções Gerais 2. A Mineração de dados como ferramenta de gestão de riscos Servidores que trabalhem na seleção e 3. O uso das ferramentas de mineração de preparo; análise de riscos; análise do dados na identificação de ilícitos Tributários 4. direito creditório; definição de ambiente Modelos Matemáticos Preditivos - aplicação na tecnológico; e implementação de novas RFB 5. Análise de Riscos na auditoria de tecnologias. PerdComp 6. Ambiente de dados para Data Mining - Tecnologias e Possibilidades 7. O Data Mining e o Planejamento da Ação Fiscal Fechado R$ 5.586,96 Centresaf/SP ENCONTRO FORMAÇÃO DE FORMADORES 05 e 06/03 Auditório 22 º andar 1- Aprofundar conhecimentos sobre a temática do ano: "Avaliação"; 2- Conhecer e saber desenvolver dinâmicas de trabalho com formação de professores; 3- Compartilhar e ampliar as possibilidades de formação de professores. IFSP Equipes de Formação Continuada dos campi - servidores. 1- Avaliação: o "X" da questão; 2- Questões principais do processo de avaliação em educação; 3- Políticas de Formação Continuada de Professores; 4- Diretrizes e regulamentação do trabalho com formação de professores; 5- Possibilidades e dinâmicas na formação de professores. Fechado R$ 8.525,37

6 Local de Objetivo Demandante Público Alvo Conteúdo Programático Modalidade Fechado Centresaf/SP Oficina para Aplicação dos Instrumentos e Gestão de Doc. Públicos 16 e 17/03 Arquivo Geral da SAMF Oferecer aos servidoresresponsáveispelagestãoderesponsáveis pela de documentos a prática nos arquivos para a aplicação do Código e Tabela de Temporalidade recém aprovados pelo Arquivo Nacional. RFB/COPOL Servidores queparticipam desubcomissão de Avaliação de Documentos(SCAD)designados por portaria. Classificação e avaliação de documentos. Fechado R$ 1.030,48 Centresaf/SP Formação de Servidores da RFB para Certificação de OEA 23 a 27/02 Alfândega de Viracopos/Campina s/sp Proceder à habilitação de operadores em comércio exterior analisando criteriosamente se o interveniente preenche os requisitos e condições estabelecidas. COANA Servidores da RFB que integrarão o Centro OEA - Fluxos de trabalho da equipe; - Extrações de relatórios dos sistemas da RFB; - CRM; - Preenchimento dos relatórios de validação; - Palestra BASC e C-TPAT. Fechado R$ 1.039,45 Centresaf/SP Centresaf/SP Seminário Regional Programa IRPF Treinamento SIGEO e Reunião Sistêmica 10 a 12/03 sala a 05/03 sala 311 Disseminar as novidades e funcionalidades implementadas nos PGD IRPF/ e Programas Auxiliares Capacitar os servidores da 8ª RF para utilizar o sistema SIGEO e preparar a LOA Representantes de X-Tec das Unidades da RF08 Funcionalidades do PGD IRPF a) Pré- Preenchida b) Rascunho Declaração c) Assistida d) Salvar e recuperar declaração online e) Demais funcionalidades e novidades do PGD IRPF Funcionalidades dos PGD auxiliares do IRPF a) Livro caixa da Atividade Rural b) Ganhos de Capital c) Ganhos de Capital Moeda Estrangeira d) Carnê Leão Fechado R$ 699,46 Servidores das unidades da 8ª RF. Planejamento Orçamentário da RFB Fechado R$ 703,55 Centresaf/SP Workshop sobre Regras de Alfandegameto Dia 25/03 sala 301 Atualizar e padronizar procedimentos relativos ao acompanhamento da atividade de recintos alfandegados, aumentando a efetividade e segurança dos processos aduaneiros. Servidores da área aduaneira. 1 Análise da legislação conexa (Licitações e Contratos na Administração Pública) 1.1 Lei no , de 21/06/93, 1.2 Portaria RFB nº 3.518/11, 1.3 Portaria nº 113/13; 2 Estudo de casos práticos de alfandegamento, acompanhamento do recinto, aspectos da segurança e aplicação de penalidades. Fechado 8 30 R$ 382,43 Centresaf/SP Aprimorar as habilidades linguísticas dos servidores da Curso de Idiomas - Inglês Alfândega de São De 09/03 a 30/1 Aduana brasileira, com foco em conversação e no uso prático Avançado - Conversação Paulo do idioma inglês, em nível avançado. Alfândega de SP Servidores da RFB lotados e em exercício na Alfândega de São Paulo (ALF/SPO). Ouvir, Falar, Pronunciar, Gramática. Fechado R$ ,95 Centresaf/SP Workshop de Cadastramento 23 a 27/03 sala 311 Capacitar e atualizar os Cadastradores Locais. Cadastradores Locais da RF08. MÓDULO I. Cadastramento básico. Novidades do E FAU em. Alterações da nova Portaria 73/2014. Assuntos de cadastramento nacional MÓDULO II. Palestra e Oficina Instruções de Trabalho de Cadastramento. Evolução do E FAU e DW Controle de Acesso. Discussão Sobre a Portaria Cotec 73/2014. Encerramento Fechado R$ 952,67 Centresaf/SP 15XXX Centresaf/SP Curso de Idiomas - Francês Básico Projeto Garantia e Efetividade do Crédito Tributário Centresaf/SP DO SEFISC Centresaf/SP Centresaf/SP 15XXX Centresaf/SP De 16/03 a 30/11 17 a 19/03 T1-24 a 26/02, T2 03 a 05/03, T3 10 a 12/03, T4 07 a 09/04, T5 14 a 16/04, T6 Alfândega de São Paulo Auditório CIESP/ Marília/SP CENTRESAF/SP Projeto em elaboração Alfândega de SP Fechado Atualização de procedimentos fiscais para manutenção do crédito tributário. Capacitar servidores dos Entes Federados que atuam como Multiplicadores na utilização do Sefisc. CENTRESAF/SP Servidores da Fiscalização das regiões oeste e centro oeste da 8º RF. Servidores de Entes Federados que atuam na Fiscalização do Simples Nacional 1. Fontes de pesquisa; 2. Responsabilidade tributária; 3. Crime de lavagem de dinheiro. Visão Geral do Simples Nacional (contextualização e conceitos básicos); Legislação Aplicada; Fluxograma do Sefisc; Integração dos Sistemas; Funcionalidades do Sefisc: módulo Registro Da Ação Fiscal; módulo AINF e Contencioso; Exercícios Práticos. Fechado R$ 1.836,25 Institucional R$ 0,00 POLÍTICA FISCAL E 02/04 a 03/12 CENTRESAF/SP Projeto Institucional em elaboração CENTRESAF/SP Institucional CIDADANIA Seminário de Educação Auditório da 16 a 18/03 Projeto em elaboração CENTRESAF/SP Institucional Fiscal FAZESP Chefes de Programação e ADIADO X Fiscalização

Informática Básica (Windows, Word, Internet). Curso: Excel Básico

Informática Básica (Windows, Word, Internet). Curso: Excel Básico Informática Básica (Windows, Word, Internet). Objetivo: Proporcionar conhecimentos básicos no sistema operacional windows, word e excel. Público alvo: Servidores públicos municipais, que ainda não tenham

Leia mais

MATRIZ DE COMPETÊNCIAS DO CHEFE DO NÚCLEO DE DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS

MATRIZ DE COMPETÊNCIAS DO CHEFE DO NÚCLEO DE DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS MATRIZ DE COMPETÊNCIAS DO CHEFE DO NÚCLEO DE DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS CHEFE DO NÚCLEO DE DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS (FC-6) Área: Administrativa Unidade: Secretaria de Tecnologia da Informação e Comunicação

Leia mais

Objetivo Demandante Público Alvo Conteúdo Programático Modalidade. Servidores públicos de vários órgãos

Objetivo Demandante Público Alvo Conteúdo Programático Modalidade. Servidores públicos de vários órgãos MINISTÉRIO DA FAZENDA ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO FAZENDÁRIA CATÁLOGO NACIONAL DE PROGRAMAÇÃO DE EVENTOS DE CAPACITAÇÃO - 2014 Unidade Nome do Evento Língua Portuguesa e Redação Oficial Período de Realização

Leia mais

MATRIZ DE COMPETÊNCIAS DO CHEFE DA SEÇÃO DE SISTEMAS ADMINISTRATIVOS

MATRIZ DE COMPETÊNCIAS DO CHEFE DA SEÇÃO DE SISTEMAS ADMINISTRATIVOS MATRIZ DE COMPETÊNCIAS DO CHEFE DA SEÇÃO DE SISTEMAS ADMINISTRATIVOS CHEFE DA SEÇÃO DE SISTEMAS ADMINISTRATIVOS (FC-5) Área: Administrativa Unidade: Secretaria de Tecnologia da Informação e Comunicação

Leia mais

PROCESSO PERMANENTE PARA CADASTRAMENTO DE INSTRUTORES PARA OS CURSOS PRESENCIAIS PROMOVIDOS PELO CENTRESAF/SP

PROCESSO PERMANENTE PARA CADASTRAMENTO DE INSTRUTORES PARA OS CURSOS PRESENCIAIS PROMOVIDOS PELO CENTRESAF/SP PROCESSO PERMANENTE PARA CADASTRAMENTO DE INSTRUTORES PARA OS CURSOS PRESENCIAIS PROMOVIDOS PELO CENTRESAF/SP O Diretor do CENTRO REGIONAL DE TREINAMENTO DA ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO FAZENDÁRIA EM SÃO PAULO,

Leia mais

MATRIZ DE COMPETÊNCIAS DO CHEFE DA SEÇÃO DE ATENDIMENTO A SISTEMAS

MATRIZ DE COMPETÊNCIAS DO CHEFE DA SEÇÃO DE ATENDIMENTO A SISTEMAS MATRIZ DE COMPETÊNCIAS DO CHEFE DA SEÇÃO DE ATENDIMENTO A SISTEMAS CHEFE DA SEÇÃO DE ATENDIMENTO A SISTEMAS (FC-5) Área: Administrativa Unidade: Secretaria de Tecnologia da Informação e Comunicação ATIVIDADE

Leia mais

EVENTO PÚBLICO ALVO OBJETIVO

EVENTO PÚBLICO ALVO OBJETIVO EVENTO O curso enfoca as diversas etapas do SICONV Sistema de Gestão de Convênios e Contratos de Repasse, criado e desenvolvido pelo Ministério do Planejamento Orçamento e Gestão com o objetivo de propiciar

Leia mais

COMISSÃO NACIONAL DE ENERGIA NUCLEAR DIRETORIA DE GESTÃO INSTITUCIONAL COORDENAÇÃO-GERAL DE RECURSOS HUMANOS PLANO ANUAL DE CAPACITAÇÃO PARA 2007

COMISSÃO NACIONAL DE ENERGIA NUCLEAR DIRETORIA DE GESTÃO INSTITUCIONAL COORDENAÇÃO-GERAL DE RECURSOS HUMANOS PLANO ANUAL DE CAPACITAÇÃO PARA 2007 COMISSÃO NACIONAL DE ENERGIA NUCLEAR DIRETORIA DE GESTÃO INSTITUCIONAL COORDENAÇÃO-GERAL DE RECURSOS HUMANOS PLANO ANUAL DE CAPACITAÇÃO PARA 2007 OBJETIVO O Plano Anual de Capacitação da CNEN-PACC/2007

Leia mais

CURSO: CONTABILIDADE PÚBLICA E ANÁLISE DE BALANÇOS DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA: TEORIA E PRÁTICA. Período: Abril e Setembro

CURSO: CONTABILIDADE PÚBLICA E ANÁLISE DE BALANÇOS DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA: TEORIA E PRÁTICA. Período: Abril e Setembro CURSO: CONTABILIDADE PÚBLICA E ANÁLISE DE BALANÇOS DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA: TEORIA E PRÁTICA Período: Abril e Setembro Público Alvo: Servidores que trabalham na área contábil financeira do estado. Objetivo:

Leia mais

CATÁLOGO DE AÇÕES EDUCACIONAIS DA ESCOEX PREVISTOS - 2013 CURSOS A DISTÂNCIA- EAD PARA SERVIDORES DO TCE E JURISDICIONADOS

CATÁLOGO DE AÇÕES EDUCACIONAIS DA ESCOEX PREVISTOS - 2013 CURSOS A DISTÂNCIA- EAD PARA SERVIDORES DO TCE E JURISDICIONADOS CATÁLOGO DE AÇÕES EDUCACIONAIS DA ESCOEX PREVISTOS - 2013 CURSOS - EAD PARA SERVIDORES DO TCE E CURSOS OBJETIVO PÚBLICO-ALVO CARGA HORÁRIA N. DE VAGAS MODALIDADE 1. As Novas Normas de Contabilidade Aplicada

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE UERN PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E FINANÇAS - PROPLAN

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE UERN PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E FINANÇAS - PROPLAN UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE UERN PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E FINANÇAS - PROPLAN ROTINAS ADMINISTRATIVAS PROPLAN SETOR: Pró-Reitoria CARGO: Docente / TNS FUNÇÃO: Pró-Reitor

Leia mais

VERITAE TRABALHO PREVIDÊNCIA SOCIAL SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO LEX OUTROS. CAC-Centro Virtual de Atendimento ao Contribuinte da SRF - e-cac

VERITAE TRABALHO PREVIDÊNCIA SOCIAL SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO LEX OUTROS. CAC-Centro Virtual de Atendimento ao Contribuinte da SRF - e-cac VERITAE TRABALHO PREVIDÊNCIA SOCIAL SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO LEX OUTROS Orientador Empresarial CAC-Centro Virtual de Atendimento ao Contribuinte da SRF - e-cac INSTRUÇÃO NORMATIVA SRF nº 580/2005

Leia mais

EVENTO PÚBLICO ALVO OBJETIVO

EVENTO PÚBLICO ALVO OBJETIVO EVENTO O curso enfoca as diversas etapas do SICONV Sistema de Gestão de Convênios e Contratos de Repasse, criado e desenvolvido pelo Ministério do Planejamento Orçamento e Gestão com o objetivo de propiciar

Leia mais

MINISTÉRIO DA FAZENDA Subsecretaria de Planejamento, Orçamento e Administração Coordenação-Geral de Recursos Humanos

MINISTÉRIO DA FAZENDA Subsecretaria de Planejamento, Orçamento e Administração Coordenação-Geral de Recursos Humanos MINISTÉRIO DA FAZENDA QUADRO GERAL DO PLANO SETORIAL DE APRENDIZAGEM PERMANENTE - 2007 ÓRGÃO: GERÊNCIA REGIONAL DE ADMINISTRAÇÃO DO MINISTERIO DA FAZENDA NO PIAUI - GRA-PÍ Campos de Conhecimento Número

Leia mais

CONTROLE E FISCALIZAÇÃO DO FUNDEB. Marcelo Augusto Sabbatini Passos Técnico Contábil MPGO Março/2009

CONTROLE E FISCALIZAÇÃO DO FUNDEB. Marcelo Augusto Sabbatini Passos Técnico Contábil MPGO Março/2009 CONTROLE E FISCALIZAÇÃO DO FUNDEB Marcelo Augusto Sabbatini Passos Técnico Contábil MPGO Março/2009 FISCALIZAÇÃO DO FUNDEB pelo órgão de Controle Interno no âmbito da União (Controladoria Geral da União

Leia mais

Carreira Fiscal Racional de Estudos

Carreira Fiscal Racional de Estudos Carreira Fiscal Racional de Estudos Área Fiscal Cargos e Órgãos Publicação Banca Salário Receita Federal - Auditor 10/03/14 ESAF R$ 14.965,44 Receita Federal - Analista 06/07/12 ESAF R$ 8.624,56 ICMS

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 08/2013 *******************************

RESOLUÇÃO Nº 08/2013 ******************************* RESOLUÇÃO Nº 08/2013 ******************************* Promulgo a presente Resolução de conformidade com a legislação vigente. Em 30 de agosto de 2013. Silvio Rodrigues de Oliveira =Presidente da Câmara=

Leia mais

A CELEBRAÇÃO, EXECUÇÃO E PRESTAÇÃO DE CONTAS DE CONVÊNIOS SOB O ENFOQUE DO DECRETO Nº 6170/2007 E NO SICONV. (Ênfase em Análise e Prestação de Contas)

A CELEBRAÇÃO, EXECUÇÃO E PRESTAÇÃO DE CONTAS DE CONVÊNIOS SOB O ENFOQUE DO DECRETO Nº 6170/2007 E NO SICONV. (Ênfase em Análise e Prestação de Contas) Apresentação Trata-se de um Sistema complexo e em contínua evolução. Em 2012, mudanças significativas, como por exemplo, a implantação do Módulo de Acompanhamento e Fiscalização, Cotação Prévia de Preços

Leia mais

PORTARIA Nº 3.870 DE 15 DE JULHO DE 2014. A PRESIDENTE DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 4ª REGIÃO, no uso de suas atribuições legais e regimentais,

PORTARIA Nº 3.870 DE 15 DE JULHO DE 2014. A PRESIDENTE DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 4ª REGIÃO, no uso de suas atribuições legais e regimentais, PORTARIA Nº 3.870 DE 15 DE JULHO DE 2014. Regulamenta as atribuições da Secretaria de Controle Interno do Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região e dá outras providências. A PRESIDENTE DO, no uso de

Leia mais

A PREFEITA DO MUNICÍPIO DE CONTAGEM

A PREFEITA DO MUNICÍPIO DE CONTAGEM DECRETO nº 1098, de 12 de fevereiro de 2009 Dispõe sobre alocação, denominação e atribuições dos órgãos que compõem a estrutura organizacional do Gabinete da Prefeita e dá outras providências. A PREFEITA

Leia mais

Legislação Tributária ARRECADAÇÃO. Início dos Efeitos 10057/2014 14-02-2014 14-02-2014 1 14/02/2014 14/02/2014

Legislação Tributária ARRECADAÇÃO. Início dos Efeitos 10057/2014 14-02-2014 14-02-2014 1 14/02/2014 14/02/2014 Legislação Tributária ARRECADAÇÃO Ato: Lei Número/Complemento Assinatura Publicação Pág. D.O. Início da Vigência Início dos Efeitos 10057/2014 14-02-2014 14-02-2014 1 14/02/2014 14/02/2014 Ementa: Cria

Leia mais

MATRIZ DE COMPETÊNCIAS DO SECRETÁRIO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO

MATRIZ DE COMPETÊNCIAS DO SECRETÁRIO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO MATRIZ DE COMPETÊNCIAS DO SECRETÁRIO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO SECRETÁRIO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO (CJ-3) Área: Administrativa Unidade: Secretaria de Tecnologia da Informação

Leia mais

PROGRAMAS E PROJETOS DE COOPERAÇÃO COORDENAÇÃO-GERAL DE PROGRAMAS E PROJETOS DE COOPERAÇÃO COOPE. www.ucp.fazenda.gov.br

PROGRAMAS E PROJETOS DE COOPERAÇÃO COORDENAÇÃO-GERAL DE PROGRAMAS E PROJETOS DE COOPERAÇÃO COOPE. www.ucp.fazenda.gov.br COORDENAÇÃO-GERAL DE PROGRAMAS E PROJETOS DE COOPERAÇÃO COOPE www.ucp.fazenda.gov.br PROGRAMAS EM ANDAMENTO Programa Nacional de Apoio à Gestão Administrativa e Fiscal dos Municípios Brasileiros - PNAFM

Leia mais

Operador Econômico Autorizado - OEA

Operador Econômico Autorizado - OEA Operador Econômico Autorizado - OEA 26.08.15 Operador Econômico Autorizado - OEA Agenda 00:00 Quem Somos O que é OEA? Benefícios Fases de Implementação Requisitos Projeto Piloto - Fase 1 01:30 Fase 2 OEA

Leia mais

REGULAMENTO MES MECANISMOS DE ESTUDOS SISTÊMICOS Universidade Ibirapuera Aprovado pela Res. CONSUN nº 10/07, de 19.09.07 REGULAMENTO MES - MECANISMOS DE ESTUDOS SISTÊMICOS TÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

Leia mais

Módulo Contábil e Fiscal

Módulo Contábil e Fiscal Módulo Contábil e Fiscal SPED Contábil e Fiscal Objetivo O objetivo deste artigo é dar uma visão geral sobre o Módulo Contábil e Fiscal SPED. Todas informações aqui disponibilizadas foram retiradas no

Leia mais

Brasileira (UNILAB).

Brasileira (UNILAB). RESOLUÇÃO N 029/2013, DE 25 DE NOVEMBRO DE 2013. Aprova o Regimento da Unidade de Auditoria Interna da Brasileira (UNILAB). Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro- O VICE-REITOR, PRO

Leia mais

DECRETO Nº 14.407 DE 09 DE ABRIL DE 2013. Aprova o Regulamento do Sistema Financeiro e de Contabilidade do Estado, e dá outras providências.

DECRETO Nº 14.407 DE 09 DE ABRIL DE 2013. Aprova o Regulamento do Sistema Financeiro e de Contabilidade do Estado, e dá outras providências. DECRETO Nº 14.407 DE 09 DE ABRIL DE 2013 Aprova o Regulamento do Sistema Financeiro e de Contabilidade do Estado, e dá outras providências. (Publicado no DOE de 10 de abril de 2013) O GOVERNADOR DO ESTADO

Leia mais

SISTEMA DE GESTÃO DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA

SISTEMA DE GESTÃO DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA SISTEMA DE GESTÃO DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA GUIA DE NAVEGAÇÃO MÓDULO DE TRANSFERÊNCIA DE ARQUIVOS APLICATIVO UPLOAD /DOWNLOAD VERSÃO 1.1 BRASÍLIA DF Agosto/2015 2011 Ministério do Desenvolvimento Social

Leia mais

MATRIZ DE COMPETÊNCIAS DE CHEFE DA SEÇÃO DE APERFEIÇOAMENTO E CAPACITAÇÃO DE MAGISTRADOS

MATRIZ DE COMPETÊNCIAS DE CHEFE DA SEÇÃO DE APERFEIÇOAMENTO E CAPACITAÇÃO DE MAGISTRADOS MATRIZ DE COMPETÊNCIAS DE CHEFE DA SEÇÃO DE APERFEIÇOAMENTO E CAPACITAÇÃO DE MAGISTRADOS CHEFE DA SEÇÃO DE APERFEIÇOAMENTO E CAPACITAÇAÕ DE MAGISTRADOS (FC-5) Área: Administrativa Unidade: Escola Judicial

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº. 199 DE 27 DE DEZEMBRO DE 2013

RESOLUÇÃO Nº. 199 DE 27 DE DEZEMBRO DE 2013 RESOLUÇÃO Nº. 199 DE 27 DE DEZEMBRO DE 2013 A PRESIDENTE EM EXERCÍCIO DO CONSELHO UNIVERSITÁRIO DA, no uso de suas atribuições legais e CONSIDERANDO que as entidades da Administração Pública Federal indireta

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA SCI Nº. 003

INSTRUÇÃO NORMATIVA SCI Nº. 003 INSTRUÇÃO NORMATIVA SCI Nº. 003 UCCI Unidade Central de Controle Interno SCI Sistema de Controle Interno Versão: 1.0 Aprovada em: 31/10/2011 Unidade Responsável: Unidade Central de Controle Interno I -

Leia mais

Edital para publicação no site período de 23 a 30 de junho de 2013. PROJETO BRA/04/029 Seleciona CONSULTOR na modalidade PRODUTO* CÓD.

Edital para publicação no site período de 23 a 30 de junho de 2013. PROJETO BRA/04/029 Seleciona CONSULTOR na modalidade PRODUTO* CÓD. Edital para publicação no site período de 23 a 30 de junho de 203. PROJETO BRA/04/029 Seleciona CONSULTOR na modalidade PRODUTO* CÓD. GESTÃO EAD Os currículos deverão ser encaminhados para o endereço eletrônico

Leia mais

A modernização da estrutura da Receita Federal do Brasil e sua relação com o contribuinte

A modernização da estrutura da Receita Federal do Brasil e sua relação com o contribuinte A modernização da estrutura da Receita Federal do Brasil e sua relação com o contribuinte João Maurício Vital Assessor Técnico da Secretaria da Receita Federal do Brasil Atendimento Premissas Conclusividade

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE JOÃO PESSOA. Área: Gestão Pública EMENTAS

PREFEITURA MUNICIPAL DE JOÃO PESSOA. Área: Gestão Pública EMENTAS Área: Gestão Pública EMENTAS Período: Setembro a Novembro de 2012 CURSO: Desenvolvimento de Lideranças Ampliar a competência gerencial dos participantes com ênfase na função e papéis frente às mudanças

Leia mais

0267 - Subvenção Econômica para Promoção das Exportações PROEX (Lei nº 10.184, de 2001)

0267 - Subvenção Econômica para Promoção das Exportações PROEX (Lei nº 10.184, de 2001) Programa 2024 - Comércio Exterior Número de Ações 14 0027 - Cobertura das Garantias Prestadas pela União nas Operações de Seguro de Crédito à Exportação (Lei nº 9.818, de 1999) Esfera: 10 - Orçamento Fiscal

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA CONTRATAÇÃO DE CONSULTOR PESSOA FÍSICA MODALIDADE PRODUTO

TERMO DE REFERÊNCIA CONTRATAÇÃO DE CONSULTOR PESSOA FÍSICA MODALIDADE PRODUTO Número e Título do Projeto Função no Projeto: TERMO DE REFERÊNCIA CONTRATAÇÃO DE CONSULTOR PESSOA FÍSICA MODALIDADE PRODUTO BRAX66 - Fortalecimento da Secretaria Nacional de Justiça em cooperação jurídica

Leia mais

RIPES Rede de Instituições Públicas de Educação Superior

RIPES Rede de Instituições Públicas de Educação Superior RIPES Rede de Instituições Públicas de Educação Superior De acordo com o Protocolo de Cooperação entre o governo da República Federativa do Brasil e a Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP)

Leia mais

1. COMPETÊNCIAS DAS DIRETORIAS

1. COMPETÊNCIAS DAS DIRETORIAS 1. COMPETÊNCIAS DAS DIRETORIAS 1.1. Diretoria Executiva (DEX) À Diretora Executiva, além de planejar, organizar, coordenar, dirigir e controlar as atividades da Fundação, bem como cumprir e fazer cumprir

Leia mais

Prefeitura Municipal de Nova Ubiratã Gestão: 2009/2012

Prefeitura Municipal de Nova Ubiratã Gestão: 2009/2012 INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 018 /2011/CSCI Versão: 01 Aprovação em: 17 de novembro de 2011 Ato de Aprovação: 018/2011 Unidades Responsáveis: Assessoria de Imprensa e Comunicação Social DISPÕE SOBRE PROCEDIMENTOS

Leia mais

EDITAL AUDITAR PROCESSO SELETVO Nº 2/2010

EDITAL AUDITAR PROCESSO SELETVO Nº 2/2010 EDITAL AUDITAR PROCESSO SELETVO Nº 2/2010 Processo Seletivo para Participação no II Seminário Internacional de Contabilidade Pública e 3º Fórum Nacional de Gestão e Contabilidade Públicas 1. Considerações

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE MANAUS DIRETORIA LEGISLATIVA

CÂMARA MUNICIPAL DE MANAUS DIRETORIA LEGISLATIVA LEI Nº 2.054, DE 29 DE OUTUBRO DE 2015 (D.O.M. 29.10.2015 N. 3.763 Ano XVI) DISPÕE sobre a estrutura organizacional da Secretaria Municipal de Finanças, Tecnologia da Informação e Controle Interno Semef,

Leia mais

REGIMENTO INTERNO AUDITORIA INTERNA DA UNIFEI. CAPÍTULO I Disposições Preliminares

REGIMENTO INTERNO AUDITORIA INTERNA DA UNIFEI. CAPÍTULO I Disposições Preliminares REGIMENTO INTERNO DA UNIFEI CAPÍTULO I Disposições Preliminares Art. 1º. A Auditoria Interna da Universidade Federal de Itajubá é um órgão técnico de assessoramento da gestão, vinculada ao Conselho de

Leia mais

Projeto IPPDH Cooperação Humanitária Internacional

Projeto IPPDH Cooperação Humanitária Internacional TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONSULTORIA COORDENADOR/A DE CAPACITAÇÃO 1. Antecedentes Projeto IPPDH Cooperação Humanitária Internacional O Projeto Cooperação Humanitária Internacional tem por objetivo o desenvolvimento

Leia mais

20 Diretrizes Priorizadas pela Etapa Estadual

20 Diretrizes Priorizadas pela Etapa Estadual 20 Diretrizes Priorizadas pela Etapa Estadual Paulista da CONSOCIAL Prioridades Texto Diretriz Eixo Pontos 1 2 Regulamentação e padronização de normas técnicas para a elaboração dos Planos de Governo apresentados

Leia mais

Anexo III Contratações de Serviços de Consultoria (Pessoa Física e Jurídica)

Anexo III Contratações de Serviços de Consultoria (Pessoa Física e Jurídica) Anexo III Contratações de Serviços de Consultoria (Pessoa Física e Jurídica) No decorrer da execução do Projeto, e tão logo sejam definidos os perfis dos consultores necessários para a consecução dos produtos

Leia mais

CURSO: Inglês Básico

CURSO: Inglês Básico Av. Piauí, nº 330 Bairro dos Estados - 58.030-330 - João Pessoa PB Curso: Informática Básica Objetivo: Proporcionar conhecimentos básicos para construção de planilhas, fórmulas e gráficos no Excel.. Público-alvo:

Leia mais

MATRIZ DE COMPETÊNCIAS DO CHEFE DA SEÇÃO DE AUDITORIA CONTÁBIL, ORÇAMENTÁRIO E FINANCEIRO

MATRIZ DE COMPETÊNCIAS DO CHEFE DA SEÇÃO DE AUDITORIA CONTÁBIL, ORÇAMENTÁRIO E FINANCEIRO MATRIZ DE COMPETÊNCIAS DO CHEFE DA SEÇÃO DE AUDITORIA CONTÁBIL, ORÇAMENTÁRIO E FINANCEIRO CHEFE DA SEÇÃO DE AUDITORIA CONTÁBIL, ORÇAMENTÁRIO E FINANCEIRO (FC-5) Área: Administrativa Unidade: Diretoria

Leia mais

Contrato de Empréstimo n.º 980/OC-BR. República Federativa do Brasil e o Banco Interamericano de Desenvolvimento

Contrato de Empréstimo n.º 980/OC-BR. República Federativa do Brasil e o Banco Interamericano de Desenvolvimento TERMO DE REFERÊNCIA Projeto BRA/97/032 Coordenação do Programa de Modernização Fiscal dos Estados Brasileiros - PNAFE Contrato de Empréstimo n.º 980/OC-BR entre a República Federativa do Brasil e o Banco

Leia mais

LEI N 280 DE 18 DE SETEMBRO DE 2007

LEI N 280 DE 18 DE SETEMBRO DE 2007 LEI N 280 DE 18 DE SETEMBRO DE 2007 Súmula: Dispõe sobre o Sistema de Controle Interno Municipal, nos termos do artigo 31 da Constituição Federal e do artigo 59 da Lei Complementar n 101/2000 e cria a

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA CONTRATAÇÃO DE CONSULTOR PESSOA FÍSICA MODALIDADE PRODUTO

TERMO DE REFERÊNCIA CONTRATAÇÃO DE CONSULTOR PESSOA FÍSICA MODALIDADE PRODUTO Número e Título do Projeto: TERMO DE REFERÊNCIA CONTRATAÇÃO DE CONSULTOR PESSOA FÍSICA MODALIDADE PRODUTO BRAX66 - Fortalecimento da Secretaria Nacional de Justiça em cooperação jurídica internacional,

Leia mais

REGIMENTO DA UNIDADE DE AUDITORIA INTERNA DO IF SUDESTE DE MINAS GERAIS CAPÍTULO I

REGIMENTO DA UNIDADE DE AUDITORIA INTERNA DO IF SUDESTE DE MINAS GERAIS CAPÍTULO I REGIMENTO DA UNIDADE DE AUDITORIA INTERNA DO IF SUDESTE DE MINAS GERAIS CAPÍTULO I Disposições Preliminares Art. 1º A Auditoria Interna do IF Sudeste de Minas Gerais, está vinculada ao Conselho Superior,

Leia mais

Esfera: 10 Função: 12 - Educação Subfunção: 367 - Educação Especial UO: 26298 - Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação

Esfera: 10 Função: 12 - Educação Subfunção: 367 - Educação Especial UO: 26298 - Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação Programa 1374 Desenvolvimento da Educação Especial Numero de Ações 16 Ações Orçamentárias 0511 Apoio ao Desenvolvimento da Educação Especial Produto: Projeto apoiado UO: 26298 - Fundo Nacional de Desenvolvimento

Leia mais

REGIMENTO INTERNO DE ATUAÇÃO DA DIRETORIA EXECUTIVA DA FUNDAÇÃO UNIPLAC DA NATUREZA, FINALIDADE E COMPOSIÇÃO

REGIMENTO INTERNO DE ATUAÇÃO DA DIRETORIA EXECUTIVA DA FUNDAÇÃO UNIPLAC DA NATUREZA, FINALIDADE E COMPOSIÇÃO REGIMENTO INTERNO DE ATUAÇÃO DA DIRETORIA EXECUTIVA DA FUNDAÇÃO UNIPLAC DA NATUREZA, FINALIDADE E COMPOSIÇÃO Art. 1º A Diretoria Executiva, subordinada ao Presidente da Fundação, é responsável pelas atividades

Leia mais

1 Prefeitura Municipal de Luís Eduardo Magalhães ESTADO DA BAHIA

1 Prefeitura Municipal de Luís Eduardo Magalhães ESTADO DA BAHIA A 1 CNPJ 04.214.41910001-05 DECRETO N 3.091, DE 05 DE JANEIRO DE 2014. "Dispõe sobre a estrutura organizacional da Procuradoria Geral do Município ". O PREFEITO MUNICIPAL DE LUIS EDUARDO MAGALHÃES,, no

Leia mais

1. DA MODALIDADE DO PROGRAMA E DOS SEUS OBJETIVOS

1. DA MODALIDADE DO PROGRAMA E DOS SEUS OBJETIVOS REGIMENTO INTERNO DOS CURSOS DE DESENVOLVIMENTO DE SERVIDORES PRÓ-REITORIA DE DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL COORDENADORIA DE DESENVOLVIMENTO DE PESSOAS 1. DA MODALIDADE DO PROGRAMA E DOS SEUS OBJETIVOS

Leia mais

Auditoria SUS/BA Organograma proposto DIRETORIA GERAL Assessoria Técnica Colegiado Diretoria de Auditorias de Sistemas e Serviços Diretoria de Gestão e Desenvolvimento Coordenação I Coordenação II

Leia mais

QUADRO RESUMO DOS CURSOS E RECURSOS

QUADRO RESUMO DOS CURSOS E RECURSOS Pública no 1 20 3 30 A DEFINIR Módulo I: Gestão Pública A DEFINIR R$ 1.014,00 Pública no 2 20 3 30 A DEFINIR A DEFINIR Módulo II: Noções de R$ 1.014,00 Direito Administrativo Pública no 3 20 3 30 A DEFINIR

Leia mais

PLANEJAMENTO E GESTÃO PÚBLICA. Auditor Substituto de Conselheiro Omar P. Dias

PLANEJAMENTO E GESTÃO PÚBLICA. Auditor Substituto de Conselheiro Omar P. Dias PLANEJAMENTO E GESTÃO PÚBLICA Auditor Substituto de Conselheiro Omar P. Dias A ARTE DE GOVERNAR (segundo Matus) PROJETO DE GOVERNO SABER ARTICULAR GOVERNABILIDADE GOVERNANÇA Plano de Governo: Base do Planejamento

Leia mais

Relatório Metas Nacionais do Judiciário Diagnóstico Situacional TJAL

Relatório Metas Nacionais do Judiciário Diagnóstico Situacional TJAL Relatório Metas Nacionais do Judiciário Diagnóstico Situacional TJAL Assessoria de Planejamento de Modernização do Poder - APMP Divisão de Estatística do Tribunal de Justiça - DETJ Assessoria de Planejamento

Leia mais

Planejamento Fiscal 2015 DM/SMF

Planejamento Fiscal 2015 DM/SMF Planejamento Fiscal 2015 DM/SMF PLANEJAMENTO FISCAL 2015 CAPITULO I APRESENTAÇÃO O Planejamento Fiscal do DM/SMF - Departamento de Impostos Mobiliários da Secretaria Municipal de Fazenda materializa-se

Leia mais

NORMA PARA REGULAMENTAÇÃO DAS ATRIBUIÇÕES DOS AGENTES DE COMPRAS DA UNIFEI

NORMA PARA REGULAMENTAÇÃO DAS ATRIBUIÇÕES DOS AGENTES DE COMPRAS DA UNIFEI NORMA PARA REGULAMENTAÇÃO DAS ATRIBUIÇÕES DOS AGENTES DE COMPRAS DA UNIFEI NORMA PARA REGULAMENTAÇÃO DAS ATRIBUIÇÕES DOS AGENTES DE COMPRAS DA UNIFEI Dispõe sobre as atribuições dos agentes de compras

Leia mais

Experiências Nacionais Bem Sucedidas com Gestão de Tributos Municipais Ênfase no IPTU

Experiências Nacionais Bem Sucedidas com Gestão de Tributos Municipais Ênfase no IPTU Experiências Nacionais Bem Sucedidas com Gestão de Tributos Municipais Ênfase no IPTU O Papel dos Tributos Imobiliários para o Fortalecimento dos Municípios Eduardo de Lima Caldas Instituto Pólis Marco

Leia mais

4. Padrão Mínimo de Qualidade dos Sistemas Integrados de Administração Financeira e Controle

4. Padrão Mínimo de Qualidade dos Sistemas Integrados de Administração Financeira e Controle 4. Padrão Mínimo de Qualidade dos Sistemas Integrados de Administração Financeira e Controle Luís Eduardo Vieira Superintendência de Gestão Técnica SGT Financeira e Controle. Introdução A transparência

Leia mais

Sistema de Gestão do Programa Bolsa Família

Sistema de Gestão do Programa Bolsa Família Sistema de Gestão do Programa Bolsa Família Desde o dia 01 de dezembro, o novo sistema de Gestão do Programa Bolsa Família (SIGPBF) do Ministério do Desenvolvimento Social (MDS) está disponível para os

Leia mais

CURSO: SICONV 1) NOÇÕES GERAIS, CREDENCIAMENTO, CADASTRAMENTO E PROGRAMAS DE CONVÊNIO

CURSO: SICONV 1) NOÇÕES GERAIS, CREDENCIAMENTO, CADASTRAMENTO E PROGRAMAS DE CONVÊNIO CURSO: SICONV TEMAS CENTRAIS 1) NOÇÕES GERAIS, CREDENCIAMENTO, CADASTRAMENTO E PROGRAMAS DE CONVÊNIO 2) PROPOSIÇÃO, AVALIAÇÃO DE PROPOSTAS - CEDENTE, CELEBRAÇÃO DE UM CONVÊNIO E ALTERAÇÕES 3) EXECUÇÃO,

Leia mais

PORTARIA ANAC 2.529/SCD, DE 22 DE DEZEMBRO DE 2011

PORTARIA ANAC 2.529/SCD, DE 22 DE DEZEMBRO DE 2011 PORTARIA ANAC 2.529/SCD, DE 22 DE DEZEMBRO DE 2011 Estabelece o Programa de Capacitação Específica em Representação Institucional no âmbito da Agência Nacional de Aviação Civil ANAC. A SUPERINTENDENTE

Leia mais

POLÍTICA DE RELACIONAMENTO COM CORRESPONDENTES NO PAÍS

POLÍTICA DE RELACIONAMENTO COM CORRESPONDENTES NO PAÍS POLÍTICA DE RELACIONAMENTO COM CORRESPONDENTES NO PAÍS Belo Horizonte, Novembro de 2013. Diretoria de Crédito Consignado Diretoria Executiva Comercial Diretoria Executiva Administrativa e de Atendimento

Leia mais

Planejamento Estratégico PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO. Formação dos grupos de trabalho e Detalhamento das estratégias do Plano de Ação Julho 2014

Planejamento Estratégico PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO. Formação dos grupos de trabalho e Detalhamento das estratégias do Plano de Ação Julho 2014 Planejamento Estratégico PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO Formação dos grupos de trabalho e Detalhamento das estratégias do Plano de Ação Julho 2014 Grupos de trabalho: formação Objetivo: elaborar atividades e

Leia mais

Questão de auditoria Informações Requeridas Fontes de Informação Procedimentos Possíveis Achados

Questão de auditoria Informações Requeridas Fontes de Informação Procedimentos Possíveis Achados Questão de auditoria Informações Requeridas Fontes de Informação s Possíveis Achados 1 As características da unidade de controle interno atendem aos preceitos normativos e jurisprudenciais? Ato que criou

Leia mais

PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO INSTITUCIONAL 2014-2018

PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO INSTITUCIONAL 2014-2018 PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO INSTITUCIONAL 2014-2018 (Síntese da Matriz estratégica) Texto aprovado na 19ª Reunião Extraordinária do CONSUNI, em 04 de novembro de 2013. MISSÃO Ser uma Universidade que valoriza

Leia mais

Plano Anual de Educação Institucional 2013

Plano Anual de Educação Institucional 2013 Plano Anual de Educação Institucional 2013 Sumário Apresentação Metodologia de Construção do Plano Anual de Educação Ações do CEAF Planejadas para 2013 Programa Direito Programa Atuação Ministerial Programa

Leia mais

Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO PROFISSIONAL. Plano de Trabalho Docente 2014

Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO PROFISSIONAL. Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO PROFISSIONAL Plano de Trabalho Docente 2014 Etec Paulino Botelho Código: 091 Município: São Carlos EE: Arlindo Bittencourt Eixo Tecnológico: Gestão e Negócios

Leia mais

Orientações para o. Alexandre Lages Cavalcante Controlador Geral do Estado. Juliana Barros da Cruz Oliveira Superintendente de Controle Financeiro

Orientações para o. Alexandre Lages Cavalcante Controlador Geral do Estado. Juliana Barros da Cruz Oliveira Superintendente de Controle Financeiro Orientações para o Controle de Convênios Alexandre Lages Cavalcante Controlador Geral do Estado Juliana Barros da Cruz Oliveira Superintendente de Controle Financeiro Maio/2010 Devolução de recursos de

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE CONSULTORIA ESPECIALIZADA (PESSOA FÍSICA)

TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE CONSULTORIA ESPECIALIZADA (PESSOA FÍSICA) TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE CONSULTORIA ESPECIALIZADA (PESSOA FÍSICA) Contrato por Produto Nacional CONSULTOR SÊNIOR Número e Título do Projeto: BRA/09/004 Fortalecimento da CAIXA no seu processo

Leia mais

CURSO DE PORTUGUÊS AVANÇADO COM ÊNFASE EM LINGUAGEM JURÍDICA

CURSO DE PORTUGUÊS AVANÇADO COM ÊNFASE EM LINGUAGEM JURÍDICA CURSO DE PORTUGUÊS AVANÇADO COM ÊNFASE EM LINGUAGEM JURÍDICA 1 JUSTIFICATIVA O Curso de Português Avançado com Ênfase em Linguagem Jurídica, na modalidade a distância, tem por finalidade atender a necessidade

Leia mais

Plano de Contas Aplicado ao Setor Público

Plano de Contas Aplicado ao Setor Público Plano de Contas Aplicado ao Setor Público Fonte: Apresentação da Coordenação Geral de Contabilidade STN/CCONT do Tesouro Nacional Última Atualização: 14/09/2009 1 Manual de Contabilidade Aplicada ao Setor

Leia mais

Painel de Contribuição ASGE (Outubro/2015)

Painel de Contribuição ASGE (Outubro/2015) ASGE (Outubro/2015) Objetivo Estratégico / Iniciativa Estratégica/ Meta Estratégica 1. Alcançar 82% dos Projetos dentro do Prazo/ Aperfeiçoar a gestão de projetos 2. Implementar a Gestão de Riscos a) Criar

Leia mais

Planejamento Estratégico PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO. Histórico de elaboração Julho 2014

Planejamento Estratégico PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO. Histórico de elaboração Julho 2014 Planejamento Estratégico PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO Histórico de elaboração Julho 2014 Motivações Boa prática de gestão Orientação para objetivos da Direção Executiva Adaptação à mudança de cenários na sociedade

Leia mais

CURSO Elaboração de Especificações de Itens para o Catálogo de bens, materiais e serviços.

CURSO Elaboração de Especificações de Itens para o Catálogo de bens, materiais e serviços. CURSO Elaboração de Especificações de Itens para o Catálogo de bens, materiais e serviços. FRANCISCO JOSÉ COELHO BEZERRA Gestor de Registro de Preços Fortaleza 26 a 28/11/2014 SORAYA QUIXADÁ BEZERRA Gestora

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO CEARÁ CONTROLADORIA E OUVIDORIA GERAL DO ESTADO - CGE

GOVERNO DO ESTADO DO CEARÁ CONTROLADORIA E OUVIDORIA GERAL DO ESTADO - CGE GOVERNO DO ESTADO DO CEARÁ CONTROLADORIA E OUVIDORIA GERAL DO ESTADO - CGE Termo de Referência para Contratação de Serviço de Consultoria (Pessoa Jurídica) para Reestruturação do Portal da Transparência

Leia mais

IMPORTAÇÃO FÁCIL: CÂMBIO PASSO A PASSO SAIBA COMO SER UM IMPORTADOR

IMPORTAÇÃO FÁCIL: CÂMBIO PASSO A PASSO SAIBA COMO SER UM IMPORTADOR IMPORTAÇÃO FÁCIL: CÂMBIO PASSO A PASSO SAIBA COMO SER UM IMPORTADOR 1º Passo: Registro da empresa Atualizar o objeto social da empresa incluindo a atividade de importação e os tipos de produtos que serão

Leia mais

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Missão. Objetivo Geral. Objetivos Específicos

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Missão. Objetivo Geral. Objetivos Específicos SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO Curso: CIÊNCIAS CONTÁBEIS Missão A missão do curso é formar profissionais em Ciências Contábeis com elevada competência técnica, crítica, ética e social, capazes de conceber

Leia mais

Cursos a Distância com Tutoria Turmas com mínimo de 60 participantes

Cursos a Distância com Tutoria Turmas com mínimo de 60 participantes Cursos a Distância com Tutoria Turmas com mínimo de 60 participantes Análise e melhoria de processos - MASP Servidores públicos federais interessados em conhecer a gestão da qualidade e utilizá-la na melhoria

Leia mais

Cooperação Técnica para Modernização dos Serviços Relativos à Propriedade Industrial

Cooperação Técnica para Modernização dos Serviços Relativos à Propriedade Industrial Programa 0393 PROPRIEDADE INTELECTUAL Objetivo Garantir a propriedade intelectual e promover a disseminação de informações, visando estimular e diversificar a produção e o surgimento de novas tecnologias.

Leia mais

1 LIDERANÇA. Indicador 1: Eficiência da Comunicação Organizacional

1 LIDERANÇA. Indicador 1: Eficiência da Comunicação Organizacional COMPILADO DAS SUGESTÕES DE MELHORIAS PARA O IDGP/2011 por critério e indicador 1 LIDERANÇA O critério Liderança aborda como está estruturado o sistema de liderança da organização, ou seja, o papel da liderança

Leia mais

EDITAL 02.2014. 1.3 Auxiliares Administrativos: Serviço de recepção, protocolo e encaminhamento interno de processos.

EDITAL 02.2014. 1.3 Auxiliares Administrativos: Serviço de recepção, protocolo e encaminhamento interno de processos. EDITAL 02.2014 Convênio MTE/SENAES n. 78/2012 SICONV 776109/2012 Edital 02.2014 Contratação de profissionais de apoio técnico e administrativo para assessorar a ASSOCENE na Execução de Atividades Orientadas

Leia mais

PERFIL DA VAGA: GERENTE DE CONTEÚDOS E METODOLOGIAS

PERFIL DA VAGA: GERENTE DE CONTEÚDOS E METODOLOGIAS O Instituto Akatu é uma organização não governamental sem fins lucrativos que trabalha pela conscientização e mobilização da sociedade para o Consumo Consciente. PERFIL DA VAGA: PERFIL GERAL DA FUNÇÃO

Leia mais

Regulamento dos Cursos do Programa ESMP-VIRTUAL

Regulamento dos Cursos do Programa ESMP-VIRTUAL Regulamento dos Cursos do Programa ESMP-VIRTUAL A DIRETORA DA ESCOLA SUPERIOR DO MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE GOIÁS no exercício de suas atribuições legais, com fundamento no art. 65, inciso II da Lei

Leia mais

EDUCAÇÃO FISCAL Painel VIII A Educação Fiscal nas instituições gestoras estaduais e municipais

EDUCAÇÃO FISCAL Painel VIII A Educação Fiscal nas instituições gestoras estaduais e municipais SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO SECRETARIA DE ESTADO DE INTEGRAÇÃO E DESENVOLVIMENTO REGIONAL E METROPOLITANO RECEITA FEDERAL DO BRASIL CENTRESAF-PA Encontro de Intercâmbio Técnico Internacional em Educação

Leia mais

RESOLUÇÃO CFC Nº 1.036/05

RESOLUÇÃO CFC Nº 1.036/05 RESOLUÇÃO CFC Nº 1.036/05 Aprova a NBC T 11.8 Supervisão e Controle de Qualidade. O Conselho Federal de Contabilidade, no exercício de suas atribuições legais e regimentais, Considerando que as Normas

Leia mais

ÍNDICE Volume 1 CONHECIMENTOS GERAIS

ÍNDICE Volume 1 CONHECIMENTOS GERAIS Tribunal de Contas dos Municípios do Estado de Goiás TCE/GO Auditor de Controle Externo Área Controle Externo ÍNDICE Volume 1 CONHECIMENTOS GERAIS Língua Portuguesa Ortografia oficial... 01 Acentuação

Leia mais

COORDENADOR SÊNIOR (CONSULTORIAS) (Candidaturas serão aceitas até o dia 22/2/2013 envie seu CV para asantos@uniethos.org.br)

COORDENADOR SÊNIOR (CONSULTORIAS) (Candidaturas serão aceitas até o dia 22/2/2013 envie seu CV para asantos@uniethos.org.br) COORDENADOR SÊNIOR (CONSULTORIAS) DESCRIÇÃO GERAL: O Coordenador Sênior do Uniethos é responsável pelo desenvolvimento de novos projetos, análise de empresas, elaboração, coordenação, gestão e execução

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA EM JARAGUÁ DO SUL PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS

CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA EM JARAGUÁ DO SUL PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS Sem. CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA EM JARAGUÁ DO SUL PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS I II III IV V VI VI I Matriz Curricular válida para os acadêmicos ingressantes

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE MATINHOS Estado do Paraná CONTROLADORIA GERAL DO MUNICÍPIO

PREFEITURA MUNICIPAL DE MATINHOS Estado do Paraná CONTROLADORIA GERAL DO MUNICÍPIO INSTRUÇÃO NORMATIVA CG Nº 001 DE 02 de junho de 2014 Institui o Plano de atividades de Auditoria Interna no ano de 2014 e dá outras providências. O CONTROLADOR GERAL DO MUNICPIO DE MATINHOS, no uso de

Leia mais

Prefeitura Municipal de Brejetuba

Prefeitura Municipal de Brejetuba INSTRUÇÃO NORMATIVA SPO Nº. 001/2014 DISPÕE SOBRE ORIENTAÇÃO PARA ELABORAÇÃO E EXECUÇÃO DO PPA NO MUNICÍPIO DE BREJETUBA-ES. VERSÃO: 01 DATA DE APROVAÇÃO: 06/05/2014 ATO DE APROVAÇÃO: Decreto Municipal

Leia mais

Política do Programa de Voluntariado Corporativo GRPCOM ATITUDE

Política do Programa de Voluntariado Corporativo GRPCOM ATITUDE Política do Programa de Voluntariado Corporativo GRPCOM ATITUDE O Programa de Voluntariado Corporativo GRPCOM ATITUDE visa fortalecer a missão de desenvolver a nossa terra e nossa gente e contribuir para

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA RESOLUÇÃO Nº 06/2013 DO CONSELHO DIRETOR SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL Institui o Programa de Apoio à Qualificação (QUALI-UFU) mediante o custeio de ações de qualificação para os servidores efetivos: docentes

Leia mais

Estado de Mato Grosso Prefeitura Municipal de Itanhangá CNPJ: 07.209.225/0001-00 Gestão 2013/2016

Estado de Mato Grosso Prefeitura Municipal de Itanhangá CNPJ: 07.209.225/0001-00 Gestão 2013/2016 LEI Nº 325/2013 Data: 04 de Novembro de 2013 SÚMULA: Dispõe sobre o Plano Municipal de Políticas Públicas Sobre Drogas, que tem por finalidade fortalecer e estruturar o COMAD como órgão legítimo para coordenar,

Leia mais

Apresentação. Módulos integrantes

Apresentação. Módulos integrantes Apresentação O Sistema de Informações Gerenciais de Acompanhamento de Projetos (SIGAP) tem por objetivo organizar informações referentes ao acompanhamento da execução de projetos de cooperação técnica

Leia mais