CÓDIGO DE PROCESSO DO TRABALHO

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CÓDIGO DE PROCESSO DO TRABALHO"

Transcrição

1 CÓDIGO DE PROCESSO DO TRABALHO 1 POR UM NOVO SISTEMA JUDICIÁRIO NO SÉCULO XXI Oradores: CRJDANGOLA Dra. Florbela Rocha Araújo Dr. Osvaldo Estevão Luacuti Dr. Pedro Joaquim Gola

2 CÓDIGO DE PROCESSO DO TRABALHO 2 SUBCOMISSÃO DA REFORMA NA ÁREA LABORAL E CONTENCIOSO ADMINISTRATIVO Coordenadora: Dra. Florbela Rocha Araújo Membros da Subcomissão: Dr. Francisco Carvalho Neto Dr. Norberto Capeça Dr. Osvaldo Estevão Luacuti Dr. Pedro Faria Barnabé Dr. Pedro Joaquim Gola Dr. Fidelino da Esperança Dr. Tito Cambanje

3 Estrutura da Apresentação Introdução 2. - Breve Diagnóstico do Estado Actual da Legislação do Processo Laboral 2.1. Legislação em Vigor 3. Razões da Reforma do Processo Laboral

4 Estrutura da Apresentação 4 4. Reforma a Empreender: Solução Média 5. Estrutura do Código de Processo do Trabalho 6. Principais Novidades do Projecto do Código de Processo do Trabalho

5 1. Introdução 5 ACTUALMENTE, A REGULAÇÃO DO PROCESSO LABORAL ESTÁ DIVIDIDA EM SEIS DIPLOMAS, ESTA DISPERSÃO E DESESTRUTURAÇÃO DO PROCESSO LABORAL TEM CONSEQUÊNCIAS PRÁTICAS E IMEDIATAS, QUE SE PRENDEM COM A GRANDE HESITAÇÃO E ENORME DIFICULDADE POR PARTE DOS OPERADORES E UTENTES DA JUSTIÇA LABORAL, NA MEDIDA EM QUE A TRAMITAÇÃO PROCESSUAL TEM VARIADO CONSOANTE O ENTENDIMENTO DE CADA UM, POIS É DIFÍCIL SABER QUE NORMAS ESTÃO AINDA EM VIGOR, O QUE CAUSA GRAVES PREJUÍZOS PARA A CERTEZA E SEGURANÇA JURÍDICA, VALORES SUPREMOS DO DIREITO.

6 2. Breve Diagnóstico do Estado Actual da Legislação do Processo Laboral 6 A ORIENTAÇÃO POLÍTICO-ECONÓMICA DO PAÍS (APÓS INDEPENDÊNCIA), DE ECONOMIA PLANIFICADA E CENTRALIZADA, DETERMINAVA A EXTINÇÃO DOS TRIBUNAIS DO TRABALHO E A CRIAÇÃO DE ÓRGÃOS DE APLICAÇÃO DA JUSTIÇA NO PRÓPRIO LOCAL DE TRABALHO, BEM COMO A REVOGAÇÃO DE TODA A LEGISLAÇÃO DO TRABALHO ENTÃO EM VIGOR E A SUA SUBSTITUIÇÃO POR INSTRUMENTOS QUE SE ADAPTASSEM ÀS NOVAS CONDIÇÕES ECONÓMICAS E SOCIAIS.

7 2.1. Legislação em Vigor 7 a) LEI Nº 9/81, DE 2 DE NOVEMBRO, QUE CRIOU E ATRIBUIU ÀS COMISSÕES LABORAIS A COMPETÊNCIA PARA CONHECER E JULGAR OS CONFLITOS LABORAIS E REVOGOU PARTE DO DECRETO LEI N.º 45497, DE 30 DE DEZEMBRO DE 1963, QUE APROVA O CÓDIGO DE PROCESSO DO TRABALHO DO TEMPO COLONIAL; b) DECRETO EXECUTIVO CONJUNTO Nº 3/82, DE 11 DE JANEIRO, QUE VEIO REGULAMENTAR A LEI Nº 9/81, DE 02 DE NOVEMBRO; c) LEI Nº 22-B/92, DE 9 DE SETEMBRO, QUE EXTINGUIU AS COMISSÕES LABORAIS, DEVOLVEU A COMPETÊNCIA DE JULGAR OS CONFLITOS LABORAIS AOS TRIBUNAIS E MANTEVE EM VIGOR PARTE DO CÓDIGO DE PROCESSO DO TRABALHO DE 1963, NA PARTE REFERENTE AOS ACIDENTES DE TRABALHO E DOENÇAS PROFISSIONAIS;

8 2.1. Legislação em Vigor 8 d) LEI Nº 2/00, DE 11 DE FEVEREIRO (LEI GERAL DO TRABALHO), QUE INSTITUIU O ÓRGÃO PROVINCIAL DE CONCILIAÇÃO DE CONFLITOS DE TRABALHO, PRESIDIDO EXCLUSIVAMENTE PELO MINISTÉRIO PÚBLICO, JUNTO DO TRIBUNAL PROVINCIAL, NA FASE PRE-JUDICIAL, PREVIU A FASE DOS ARTICULADOS E REMETEU A DISCIPLINA DOS RECURSOS AO REGIME PREVISTO NO CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL; e) CÓDIGO DE PROCESSO DO TRABALHO DE 1963.

9 3. Razões da Reforma do Processo do Trabalho 9 NECESSIDADE DE CONDENSAR TODA A LEGISLAÇÃO LABORAL AVULSA EM VIGOR NUM ÚNICO DIPLOMA; NECESSIDADE DE ADEQUAR AS NORMAS DA LEGISLAÇÃO LABORAL AO ACTUAL CONTEXTO SOCIOECONÓMICO E CULTURAL DO PAÍS; NECESSIDADE DE CONFORMAR AS NORMAS DA LEGISLAÇÃO LABORAL À ACTUAL CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA DE ANGOLA; NECESSIDADE DE INTEGRAR NA LEGISLAÇÃO LABORAL AS MATÉRIAS, ATÉ ENTÃO, NÃO REGULADAS APESAR DA SUA EXISTÊNCIA NA EXECUÇÃO DA PRÁTICA JURÍDICA.

10 4. Reforma a Empreender: Solução Média 10 NECESSIDADE URGENTE DE UM CÓDIGO DE PROCESSO DO TRABALHO NO ORDENAMENTO JURÍDICO ANGOLANO; POUCO DESENVOLVIMENTO LEGISLATIVO E JURISPRUDENCIAL A NÍVEL DO DIREITO PROCESSUAL DO TRABALHO; LIMITAÇÃO DE TEMPO PARA A EXECUÇÃO DO TRABALHO.

11 5. Estrutura do Código de Processo do Trabalho 11 O ANTEPROJECTO DO CÓDIGO DE PROCESSO DO TRABALHO TEM UM TOTAL DE 183 ARTIGOS E ESTÁ DIVIDIDO EM DOIS LIVROS PRINCIPAIS, SENDO O PRIMEIRO RELATIVO ÀS DISPOSIÇÕES GERAIS COMUNS E O SEGUNDO SOBRE O PROCESSO DO TRABALHO.

12 5. Estrutura do Código de Processo do Trabalho 12 O LIVRO PRIMEIRO ESTÁ CONSTITUÍDO POR 4 (QUATRO) TÍTULOS, 12 (DOZE) CAPÍTULOS, 2 (DUAS) SECÇÕES E 2 (DUAS) SUBSECÇÕES O REFERIDO CÓDIGO REGULA MATÉRIAS COMO O OBJECTO, O ÂMBITO, OS PRINCÍPIOS DO DIREITO DE PROCESSO DO TRABALHO, A INTERPRETAÇÃO, INTEGRAÇÃO E A APLICAÇÃO; OS PRESSUPOSTOS PROCESSUAIS, QUER DA ACÇÃO DECLARATIVA, QUER DA ACÇÃO EXECUTIVA; OS PRAZOS DE CADUCIDADE DO DIREITO DE ACÇÃO E O VALOR DA ACÇÃO. O LIVRO SEGUNDO ESTÁ CONSTITUÍDO POR 2 (DOIS) TÍTULOS, 8 (OITO) CAPÍTULOS, 15 (QUINZE) SECÇÕES E 8 (OITO) SUBSECÇÕES E REGULA MATÉRIAS COMO AS PROVIDÊNCIAS CAUTELARES, A FORMA E TIPOS DE PROCESSO, O PROCESSO DECLARATIVO COMUM, O PROCESSO EXECUTIVO E OS PROCESSOS ESPECIAIS.

13 5. Estrutura do Código de Processo do Trabalho 13 LIVRO I DISPOSIÇÕES GERAIS COMUNS TÍTULO I OBJECTO, ÂMBITO, PRINCÍPIOS, INTEGRAÇÃO E APLICAÇÃO CAPÍTULO I - OBJECTO CAPÍTULO II ÂMBITO DE APLICAÇÃO CAPÍTULO III PRINCÍPIOS DO DIREITO DE PROCESSO DO TRABALHO CAPÍTULO IV INTERPRETAÇÃO, INTEGRAÇÃO E APLICAÇÃO

14 5. Estrutura do Código de Processo do Trabalho 14 LIVRO I DISPOSIÇÕES GERAIS COMUNS TÍTULO II PRESSUPOSTOS PROCESSUAIS CAPITULO I DA ACÇÃO DECLARATIVA SECÇÃO I RELATIVO ÀS PARTES SECÇÃO II RELATIVOS AO TRIBUNAL SUBSECÇÃO I COMPETÊNCIA INTERNACIONAL SUBSECÇÃO II COMPETÊNCIA INTERNA CAPÍTULO II DA ACÇÃO EXECUTIVA (Legitimidade e título executivo)

15 5. Estrutura do Código de Processo do Trabalho 15 LIVRO I DISPOSIÇÕES GERAIS COMUNS TÍTULO III DOS PRAZOS DE CADUCIDADE DO DIREITO DE ACÇÃO CAPÍTULO I CADUCIDADE DO DIREITO DE ACÇÃO EM CASO DE DESPEDIMENTO CAPÍTULO II CADUCIDADE DO DIREITO DE ACÇÃO NO CASO DE MEDIDAS DISCIPLINARES DIVERSAS DO DESPEDIMENTO CAPÍTULO III CADUCIDADE DO DIREITO DE ACÇÃO NO CASO DE DIREITOS PECUNIÁRIOS CAPÍTULO IV CADUCIDADE DO DIREITO DE ACÇÃO NO CASO DE DIREITOS NÃO PECUNIÁRIOS CAPÍTULO V SUSPENSÃO DOS PRAZOS DE CADUCIDADE

16 5. Estrutura do Código de Processo do Trabalho 16 LIVRO I DISPOSIÇÕES GERAIS COMUNS TÍTULO IV DO VALOR DA ACÇÃO CAPÍTULO I DA ATRIBUIÇÃO DE VALOR A ACÇÃO E CRITÉRIO DE FIXAÇÃO

17 5. Estrutura do Código de Processo do Trabalho 17 LIVRO II DO PROCESSO TÍTULO I DAS PROVIDÊNCIAS CAUTELARES CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS CAPÍTULO II DAS PROVIDÊNCIAS CAUTELARES NÃO ESPECIFICADAS CAPÍTULO III DAS PROVIDÊNCIAS CAUTELARES ESPECIFICADAS SECÇÃO I SUSPENSÃO DE DESPEDIMENTO DISCIPLINAR SECÇÃO II SUSPENSÃO DE DESPEDIMENTO POR CAUSAS OBJECTIVAS SECÇÃO III SUSPENSÃO DAS DELIBERAÇÕES DE ASSEMBLEIAS GERAIS OU ÓRGÃOS EQUIVALENTES DE SINDICATOS SECÇÃO IV PROTECÇÃO DA SEGURANÇA, HIGIENE E SAÚDE NO TRABALHO

18 5. Estrutura do Código de Processo do Trabalho 18 LIVRO II DO PROCESSO TÍTULO II DA FORMA E TIPOS DE PROCESSOS CAPÍTULO IV DO PROCESSO EXECUTIVO SECÇÃO I EXECUÇÃO PARA PAGAMENTO DE QUANTIA CERTA SECÇÃO II EXECUÇÃO PARA ENTREGA DE COISA CERTA SECÇÃO III EXECUÇÃO PARA PRESTAÇÃO DE FACTO

19 5. Estrutura do Código de Processo do Trabalho 19 LIVRO II DO PROCESSO TÍTULO II DA FORMA E TIPOS DE PROCESSOS CAPÍTULO V DOS PROCESSOS ESPECIAIS SECÇÃO I PROCESSO DE RECURSO EM MATÉRIA DISCIPLINAR SECÇÃO II PROCESSO EMERGENTE DE ACIDENTE DE TRABALHO E DOENÇA PROFISSIONAL SUBSECÇÃO I FASE DA TENTATIVA DE CONCILIAÇÃO SUBSECÇÃO II FASE CONTENCIOSA SECÇÃO III PROCESSO DE DECLARAÇÃO DE ILICITUDE DE GREVE

20 5. Estrutura do Código de Processo do Trabalho 20 LIVRO II DO PROCESSO TÍTULO II DA FORMA E TIPOS DE PROCESSOS SECÇÃO IV PROCESSO DE PROTECÇÃO DA SEGURANÇA, HIGIENE E SAÚDE NO TRABALHO SECÇÃO V PROCESSO DE IMPUGNAÇÃO DE DESPEDIMENTO POR CAUSAS OBJECTIVAS SECÇÃO VI PROCESSO PENAL (Pode constituir um livro, dependendo da sua extensão e, fundamentalmente, das suas especificidades)

21 6. Principais Novidades do Projecto do Código 21 CONDENSAÇÃO NUM ÚNICO DIPLOMA DAS PRINCIPAIS MATÉRIAS QUE REGULAM O PROCESSO DO TRABALHO ESTRUTURADO E SISTEMATIZADO; UNIFORMIZAÇÃO DOS PROCEDIMENTOS (CONTRIBUI PARA O REFORÇO DA CONFIANÇA NA JUSTIÇA); REDUÇÃO DOS PRAZOS DE CADUCIDADE DO DIREITO DE ACÇÃO E INTEGRAÇÃO DE LACUNAS; AMPLIAÇÃO DA COMPETÊNCIA EM RAZÃO DA MATÉRIA DO TRIBUNAL DO TRABALHO; A INCLUSÃO DAS PROVIDÊNCIAS CAUTELARES; DEFINIÇÃO DA FORMA DE PROCESSO E DA TIPIFICAÇÃO DAS ACÇÕES OU TIPOS DE PROCESSOS (FORMA DE PROCESSO SUMÁRIO); PROCESSO DECLARATIVO COMUM (PROCESSO REGRA CONSTITUÍDO POR DUAS FASES)

22 6.1. DOS PROCESSOS EMERGENTES DE ACIDENTES DE TRABALHO E DOENÇAS PROFISSIONAIS 22 RELATIVAMENTE A ESTA MATÉRIA, O CÓDIGO DE PROCESSO DO TRABALHO APRESENTA UMA DIVISÃO QUE O SEPARA EM DUAS FASES: A PRIMEIRA, CONCILIATÓRIA, DIRIGIDA PELO MINISTÉRIO PÚBLICO; A SEGUNDA, CONTENCIOSA, QUANDO NÃO HAJA ACORDO DE CONCILIAÇÃO ENTRE AS PARTES.

23 6.1. DOS PROCESSOS EMERGENTES DE ACIDENTES DE TRABALHO E DOENÇAS PROFISSIONAIS 23 OUTRAS NOVIDADES RELEVANTES: NO ÂMBITO DAS INDEMNIZAÇÕES PREVÊ A PRESTAÇÃO DA PENSÃO PROVISÓRIA AO SINISTRADO A INCLUSÃO DA COMISSÃO DE A VALIAÇÃO DAS INCAPACIDADES LABORAIS ( A R T I G O 21. º D E C R E T O 53/ 05 DE 15 DE A G O S T O )

24 24 MUITO OBRIGADO

Conselho Distrital de Lisboa da Ordem dos Advogados

Conselho Distrital de Lisboa da Ordem dos Advogados CICLO DE CONFERÊNCIAS A JUSTIÇA EM NÚMEROS TRIBUNAL DO TRABALHO PENDÊNCIAS DOS PROCESSOS LABORAIS SALA DE AUDIÊNCIAS DO TRIBUNAL DO TRABALHO DE LISBOA SALA DE AUDIÊNCIAS DO TRIBUNAL DO TRABALHO DE LISBOA

Leia mais

ÍNDICE-SUMÁRIO CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL 31 ÍNDICE-SUMÁRIO

ÍNDICE-SUMÁRIO CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL 31 ÍNDICE-SUMÁRIO ÍNDICE-SUMÁRIO NOTA PRÉVIA 5 NOTA PRÉVIA À 16ª EDIÇÃO 6 NOTA PRÉVIA À 15ª EDIÇÃO 7 NOTA PRÉVIA À 14ª EDIÇÃO 9 NOTA PRÉVIA À 13ª EDIÇÃO 10 NOTA PRÉVIA À 12ª EDIÇÃO 11 EXPOSIÇÃO DE MOTIVOS 13 CÓDIGO DE PROCESSO

Leia mais

COMISSÃO NACIONAL DE ESTÁGIO E FORMAÇÃO

COMISSÃO NACIONAL DE ESTÁGIO E FORMAÇÃO COMISSÃO NACIONAL DE ESTÁGIO E FORMAÇÃO Prática Processual Civil Programa I CONSULTA JURÍDICA 1.1 Consulta jurídica 1.2 Tentativa de resolução amigável 1.3 Gestão do cliente e seu processo II PATROCÍNIO

Leia mais

PARTE I O PROCEDIMENTO TRIBUTÁRIO E AS GARANTIAS PROCEDIMENTAIS

PARTE I O PROCEDIMENTO TRIBUTÁRIO E AS GARANTIAS PROCEDIMENTAIS Mestrado: FORENSE Disciplina: PROCESSO TRIBUTÁRIO Docente: MESTRE ISABEL MARQUES DA SILVA Ano lectivo: 2008-2009 Semestre: 2.º 1. Programa da disciplina: INTRODUÇÃO 1. Fontes imediatas do processo tributário

Leia mais

Prática Processual Civil. Programa

Prática Processual Civil. Programa ORDEM DOS ADVOGADOS COMISSÃO NACIONAL DE ESTÁGIO E FORMAÇÃO Prática Processual Civil Programa I - A CONSULTA JURÍDICA 1.1 - A consulta ao cliente 1.2 - Tentativa de resolução amigável 1.3 - A gestão do

Leia mais

PROGRAMA DA DISCIPLINA DE DIREITO ADMINISTRATIVO II (3. ANO)

PROGRAMA DA DISCIPLINA DE DIREITO ADMINISTRATIVO II (3. ANO) FACULDADE DE DIREITO UNIVERSIDADE DE MACAU CURSO DE LICENCIATURA EM DIREITO EM LÍNGUA PORTUGUESA ANO LECTIVO DE 2014/2015 PROGRAMA DA DISCIPLINA DE DIREITO ADMINISTRATIVO II (3. ANO) DISCIPLINA SEMESTRAL

Leia mais

PROGRAMA DA DISCIPLINA DE DIREITO ADMINISTRATIVO II (3. ANO)

PROGRAMA DA DISCIPLINA DE DIREITO ADMINISTRATIVO II (3. ANO) FACULDADE DE DIREITO UNIVERSIDADE DE MACAU CURSO DE LICENCIATURA EM DIREITO EM LÍNGUA PORTUGUESA ANO LECTIVO DE 2015/2016 PROGRAMA DA DISCIPLINA DE DIREITO ADMINISTRATIVO II (3. ANO) DISCIPLINA SEMESTRAL

Leia mais

REPÚBLICA DE ANGOLA CONSELHO DE MINISTROS. Decreto n.º 42/08. de 3 de Julho

REPÚBLICA DE ANGOLA CONSELHO DE MINISTROS. Decreto n.º 42/08. de 3 de Julho REPÚBLICA DE ANGOLA CONSELHO DE MINISTROS Decreto n.º 42/08 de 3 de Julho Considerando que a protecção social obrigatória compreende, além do regime dos trabalhadores por conta de outrem, o regime dos

Leia mais

Lei n.º 46/2011 de 24 de Junho

Lei n.º 46/2011 de 24 de Junho Não dispensa a consulta do diploma publicado em Diário da República. Lei n.º 46/2011 de 24 de Junho Cria o tribunal de competência especializada para propriedade intelectual e o tribunal de competência

Leia mais

JOANA VASCONCELOS DIREITO PROCESSUAL DO TRABALHO

JOANA VASCONCELOS DIREITO PROCESSUAL DO TRABALHO JOANA VASCONCELOS DIREITO PROCESSUAL DO TRABALHO UNIVERSIDADE CATÓLICA EDITORA LISBOA 2017 7 NOTA PRÉVIA O texto que agora se publica constitui o resultado do estudo, da análise e da reflexão que ao longo

Leia mais

UNIVERSIDADE DE MACAU FACULDADE DE DIREITO. Curso de Licenciatura em Direito em Língua Portuguesa. Ano lectivo de 2014/2015

UNIVERSIDADE DE MACAU FACULDADE DE DIREITO. Curso de Licenciatura em Direito em Língua Portuguesa. Ano lectivo de 2014/2015 UNIVERSIDADE DE MACAU FACULDADE DE DIREITO Curso de Licenciatura em Direito em Língua Portuguesa Ano lectivo de 2014/2015 DIREITO PROCESSUAL CIVIL I (Disciplina anual do 3.º ano) Responsável pela regência:

Leia mais

Alteração ao Código de Processo do Trabalho Competência territorial e início do processo

Alteração ao Código de Processo do Trabalho Competência territorial e início do processo Texto de substituição subscrito pelos Grupos Parlamentares do Bloco de Esquerda e do Partido Socialista ao Projeto de Lei n.º 105/XIII/1.ª (BE) - Aprofunda o regime jurídico da ação especial de reconhecimento

Leia mais

Projeto de elaboração de uma LEI DO TRABALHO EM FUNÇÕES PÚBLICAS

Projeto de elaboração de uma LEI DO TRABALHO EM FUNÇÕES PÚBLICAS Projeto de elaboração de uma LEI DO TRABALHO EM FUNÇÕES PÚBLICAS A quantidade e complexidade de diplomas referentes aos trabalhadores em funções públicas e à organização da Administração Pública, bem como

Leia mais

DIREITO ADMINISTRATIVO II. 2.º Ano Turma B PROGRAMA DA DISCIPLINA Ano lectivo de 2011/2012 2º semestre

DIREITO ADMINISTRATIVO II. 2.º Ano Turma B PROGRAMA DA DISCIPLINA Ano lectivo de 2011/2012 2º semestre DIREITO ADMINISTRATIVO II 2.º Ano Turma B PROGRAMA DA DISCIPLINA Ano lectivo de 2011/2012 2º semestre LISBOA 2012 Regente: Prof. Doutor Fausto de Quadros Colaborador: Prof. Doutor Lourenço Vilhena de Freitas

Leia mais

CLÍNICAS FORENSES PRÁTICAS PROCESSUAIS ADMINISTRATIVAS

CLÍNICAS FORENSES PRÁTICAS PROCESSUAIS ADMINISTRATIVAS CLÍNICAS FORENSES PRÁTICAS PROCESSUAIS ADMINISTRATIVAS MARÇO 2006. ÍNDICE 1. Boas Vindas. 3 2. Horário e Funcionamento.. 4 3. Metodologia das Sessões....... 5 4. Programa...... 6 5. Calendarização das

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular CONTENCIOSO DO PODER PÚBLICO Ano Lectivo 2014/2015

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular CONTENCIOSO DO PODER PÚBLICO Ano Lectivo 2014/2015 Programa da Unidade Curricular CONTENCIOSO DO PODER PÚBLICO Ano Lectivo 2014/2015 1. Unidade Orgânica Direito (1º Ciclo) 2. Curso Direito 3. Ciclo de Estudos 1º 4. Unidade Curricular CONTENCIOSO DO PODER

Leia mais

Correspondência entre articulados: CPA'91/CPA'15. Princípios gerais CAPÍTULO II

Correspondência entre articulados: CPA'91/CPA'15. Princípios gerais CAPÍTULO II Correspondência entre articulados: / Princípios gerais PARTE I Disposições preliminares CAPÍTULO I Definição Artigo 1.º Âmbito de aplicação Artigo 2.º Princípios gerais CAPÍTULO II Princípio da legalidade

Leia mais

Contencioso Administrativo e Direito e Contencioso Tributário

Contencioso Administrativo e Direito e Contencioso Tributário Programa Contencioso Administrativo [CA1] 29/02 18h30 20h20 Apresentação; Introdução ao Contencioso Administrativo e à reforma da reforma de 2015 VASCO PEREIRA DA SILVA [CA2] 29/02 20h30 22h20 Jurisdição,

Leia mais

PLANO DE CURSO. Formação para Profissionais. PORTUGAL ANGOLA MOÇAMBIQUE CABO VERDE SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE BRASIL

PLANO DE CURSO. Formação para Profissionais.  PORTUGAL ANGOLA MOÇAMBIQUE CABO VERDE SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE BRASIL PLANO DE CURSO PORTUGAL ANGOLA MOÇAMBIQUE CABO VERDE SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE BRASIL Formação para Profissionais + 2.000 Cursos Disponíveis A Melhor e Maior Oferta de Formação em Portugal + 1.300 Cursos na

Leia mais

Direito do Trabalho. Ano Lectivo 2008/2009. Docente: Catarina Frade

Direito do Trabalho. Ano Lectivo 2008/2009. Docente: Catarina Frade Direito do Trabalho Ano Lectivo 2008/2009 Docente: Catarina Frade Sumário 24 O acesso ao trabalho: o contrato de trabalho A cessação do contrato de trabalho Mútuo acordo Despedimento Rescisão Extinção

Leia mais

CÓDIGO DO TRABALHO. CAPÍTULO I - Fontes do direito do trabalho CAPÍTULO II - Aplicação do direito do trabalho. CAPÍTULO I - Disposições gerais

CÓDIGO DO TRABALHO. CAPÍTULO I - Fontes do direito do trabalho CAPÍTULO II - Aplicação do direito do trabalho. CAPÍTULO I - Disposições gerais CÓDIGO DO TRABALHO Lei n.º 7/2009, de 12 de Fevereiro LIVRO I - Parte geral TÍTULO I - Fontes e aplicação do direito do trabalho CAPÍTULO I - Fontes do direito do trabalho CAPÍTULO II - Aplicação do direito

Leia mais

Deliberação Ratificação de parecer legislativo do CPTA e ETAF

Deliberação Ratificação de parecer legislativo do CPTA e ETAF Deliberação pública Ratificação de parecer legislativo do CPTA e ETAF Tendo em consideração que: a) Encontrava-se em apreciação parlamentar a Proposta de Lei n.º 331/XII que autoriza o Governo a rever

Leia mais

Calendário: 02/10 II. Princípios do Direito Processual Tributário

Calendário: 02/10 II. Princípios do Direito Processual Tributário Mestrado: Forense Disciplina: Processo Tributário Docente: Carla Castelo Trindade (ccastelotrindade@gmail.com) Ano lectivo: 2014-2015 Semestre: 1º 18/09 Apresentação 25/09 I. Introdução Calendário: 02/10

Leia mais

OS FUNDOS DE PENSÕES EM ANGOLA

OS FUNDOS DE PENSÕES EM ANGOLA OS FUNDOS DE PENSÕES EM ANGOLA Acesso, Gestão e Transparência Jesus Manuel Teixeira Técnico do Instituto de Supervisão de Seguros 1 ENQUADRAMENTO GERAL DA SEGURANÇA SOCIAL Lei 7/04, de 15 de Outubro- Lei

Leia mais

SECÇÃO III - Prestação de trabalho a favor da comunidade e admoestação

SECÇÃO III - Prestação de trabalho a favor da comunidade e admoestação Código Penal Ficha Técnica Código Penal LIVRO I - Parte geral TÍTULO I - Da lei criminal CAPÍTULO ÚNICO - Princípios gerais TÍTULO II - Do facto CAPÍTULO I - Pressupostos da punição CAPÍTULO II - Formas

Leia mais

UNIVERSIDADE CATÓLICA, LISBOA 27 DE NOVEMBRO DE 2015 Ana Celeste Carvalho

UNIVERSIDADE CATÓLICA, LISBOA 27 DE NOVEMBRO DE 2015 Ana Celeste Carvalho UNIVERSIDADE CATÓLICA, LISBOA 27 DE NOVEMBRO DE 2015 Ana Celeste Carvalho O Artigo 45.º sofre alterações (exercício de clarificação): - pressuposto material da norma: que a pretensão do autor seja fundada

Leia mais

Ministério da Administração do Território

Ministério da Administração do Território Ministério da Administração do Território Lei nº 23/92 de 16 de Setembro LEI DE REVISÃO CONSTITUCIONAL As alterações à Lei Constitucional introduzidas em Março de 1991, através da Lei nº. 12/91 destinaram

Leia mais

FASE DE FORMAÇÃO INICIAL - PROGRAMA DE PRÁTICA PROCESSUAL CIVIL I I - ACESSO AO DIREITO II - ACTOS PROCESSUAIS DAS PARTES

FASE DE FORMAÇÃO INICIAL - PROGRAMA DE PRÁTICA PROCESSUAL CIVIL I I - ACESSO AO DIREITO II - ACTOS PROCESSUAIS DAS PARTES Prática Processual Civil I FASE DE FORMAÇÃO INICIAL - PROGRAMA DE PRÁTICA PROCESSUAL CIVIL I I - ACESSO AO DIREITO Modalidades do acesso ao direito e à justiça. O conceito de insuficiência económica. Revogação

Leia mais

prefácio 7 nota introdutória 9 nota da 2ª edição 11 nota da 3ª edição 13 referências sobre as citações 15 abreviaturas e siglas 17

prefácio 7 nota introdutória 9 nota da 2ª edição 11 nota da 3ª edição 13 referências sobre as citações 15 abreviaturas e siglas 17 prefácio 7 nota introdutória 9 nota da 2ª edição 11 nota da 3ª edição 13 referências sobre as citações 15 abreviaturas e siglas 17 CAPÍTULO I BREVE ENQUADRAMENTO HISTÓRICO DA TUTELA CAUTELAR 25 1. Ordenações

Leia mais

Coordenador. Wander Garcia Um dos maiores especialistas em Exames da OAB do País COMO. passar na OAB!

Coordenador. Wander Garcia Um dos maiores especialistas em Exames da OAB do País COMO. passar na OAB! Coordenador Wander Garcia Um dos maiores especialistas em Exames da OAB do País wander.garcia@uol.com.br COMO passar na OAB! 1500 QUESTÕES COMENTADAS OAB/CESPE 3 a edição revista, atualizada e ampliada

Leia mais

Código de Processo Civil

Código de Processo Civil Lei nº 7/2009, de 12 de Fevereiro [1] Código de Processo Civil 2011 22ª Edição Actualização nº 2 1 [1] Código do Trabalho CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL Actualização nº 2 ORGANIZAÇÃO BDJUR BASE DE DADOS JURÍDICA

Leia mais

CÓDIGO DO REGISTO CIVIL Decreto-Lei nº 131/95, de 6 de Junho 7 Decreto-Lei nº 324/2007, de 28 de Setembro 11

CÓDIGO DO REGISTO CIVIL Decreto-Lei nº 131/95, de 6 de Junho 7 Decreto-Lei nº 324/2007, de 28 de Setembro 11 CÓDIGO DO REGISTO CIVIL Decreto-Lei nº 131/95, de 6 de Junho 7 Decreto-Lei nº 324/2007, de 28 de Setembro 11 título i Disposições gerais 25 capítulo i Objecto e valor do registo civil 25 capítulo ii Órgãos

Leia mais

DIPLOMAS RELATIVOS À ACTIVIDADE SEGURADORA

DIPLOMAS RELATIVOS À ACTIVIDADE SEGURADORA Legislação 73 DIPLOMAS RELATIVOS À ACTIVIDADE SEGURADORA JUNHO DE 2008 A OUTUBRO DE 2008 2008 Lei n.º 25/2008, de 5 de Junho D.R. n.º 108, I Série Estabelece medidas de natureza preventiva e repressiva

Leia mais

Correspondência entre articulados: CPA'15/CPA'91. Disposições gerais PARTE I. Princípios gerais da atividade administrativa CAPÍTULO II

Correspondência entre articulados: CPA'15/CPA'91. Disposições gerais PARTE I. Princípios gerais da atividade administrativa CAPÍTULO II Disposições gerais PARTE I Disposições preliminares CAPÍTULO I Definições Artigo 1.º Âmbito de aplicação Artigo 2.º Princípios gerais da atividade administrativa CAPÍTULO II Princípio da legalidade Artigo

Leia mais

SUMÁRIO: Estabelece o regime jurídico do trabalho no domicílio TEXTO INTEGRAL

SUMÁRIO: Estabelece o regime jurídico do trabalho no domicílio TEXTO INTEGRAL DATA: Terça-feira, 8 de Setembro de 2009 NÚMERO: 174 SÉRIE I EMISSOR: Assembleia da República DIPLOMA / ACTO: Lei n.º 101/2009 SUMÁRIO: Estabelece o regime jurídico do trabalho no domicílio TEXTO INTEGRAL

Leia mais

ANTEPROJECTO DE LEI DO HABEAS CORPUS

ANTEPROJECTO DE LEI DO HABEAS CORPUS 2013 ANTEPROJECTO DE LEI DO HABEAS CORPUS RELATÓRIO DE FUNDAMENTAÇÃO E PROJECTO DE LEI Comissão de Reforma da Justiça e do Direito Subcomissão de Reforma do Código de Processo Penal 16-09- 2013 ANTEPROJECTO

Leia mais

A) INTRODUÇÃO 7 1. Noção de direito processual civil 7 2. Princípios estruturantes do direito processual civil 11

A) INTRODUÇÃO 7 1. Noção de direito processual civil 7 2. Princípios estruturantes do direito processual civil 11 A) INTRODUÇÃO 7 1. Noção de direito processual civil 7 2. Princípios estruturantes do direito processual civil 11 B) CLASSIFICAÇÃO DAS ACÇÕES 31 1. Classificação das acções quanto ao objecto 31 1.1. Acção

Leia mais

Projecto de Lei n.º 409/XIII. Garante o acesso ao Direito e aos Tribunais introduzindo alterações ao Regulamento das Custas Processuais

Projecto de Lei n.º 409/XIII. Garante o acesso ao Direito e aos Tribunais introduzindo alterações ao Regulamento das Custas Processuais Projecto de Lei n.º 409/XIII Garante o acesso ao Direito e aos Tribunais introduzindo alterações ao Regulamento das Custas Processuais Exposição de motivos O artigo 20.º da Constituição da República Portuguesa

Leia mais

SUMÁRIO. Capítulo 1 INTRODUÇÃO AO DIREITO PROCESSUAL DO TRABALHO. Capítulo 2 JUSTIÇA DO TRABALHO E MINISTÉRIO PÚBLICO DO TRABALHO

SUMÁRIO. Capítulo 1 INTRODUÇÃO AO DIREITO PROCESSUAL DO TRABALHO. Capítulo 2 JUSTIÇA DO TRABALHO E MINISTÉRIO PÚBLICO DO TRABALHO SUMÁRIO Capítulo 1 INTRODUÇÃO AO DIREITO PROCESSUAL DO TRABALHO 1.1 Evolução histórica... 19 1.2 Direito estrangeiro... 22 1.3 Denominação... 25 1.4 Conceito... 25 1.5 Abrangência... 26 1.6 Autonomia...

Leia mais

Registos e Notariado. Ficha Técnica. Código do Notariado. TÍTULO I - Da organização dos serviços notariais. CAPÍTULO I - Disposições gerais

Registos e Notariado. Ficha Técnica. Código do Notariado. TÍTULO I - Da organização dos serviços notariais. CAPÍTULO I - Disposições gerais Registos e Notariado Ficha Técnica Código do Notariado TÍTULO I - Da organização dos serviços notariais CAPÍTULO I - Disposições gerais CAPÍTULO II - Competência funcional SECÇÃO I - Atribuições dos notários

Leia mais

Regulamento Municipal do Exercício do Direito de Petição

Regulamento Municipal do Exercício do Direito de Petição 1 Regulamento Municipal do Exercício do Direito de Petição APROVADO PELA CÂMARA MUNICIPAL DE SINTRA EM 26 DE MARÇO DE 2008 APROVADO PELA ASSEMBLEIA MUNICIPAL DE SINTRA EM 18 DE ABRIL DE 2008 2 Regulamento

Leia mais

SUMÁRIO. Capítulo 2 JUSTIÇA DO TRABALHO E MINISTÉRIO PÚBLICO DO TRABALHO 2.1 Organização da Justiça do Trabalho... 59

SUMÁRIO. Capítulo 2 JUSTIÇA DO TRABALHO E MINISTÉRIO PÚBLICO DO TRABALHO 2.1 Organização da Justiça do Trabalho... 59 SUMÁRIO Capítulo 1 INTRODUÇÃO AO DIREITO PROCESSUAL DO TRABALHO 1.1 Evolução histórica... 19 1.2 Direito estrangeiro... 22 1.3 Denominação... 25 1.4 Conceito... 25 1.5 Abrangência... 26 1.6 Autonomia...

Leia mais

Regime do Contrato de Trabalho em Funções Públicas

Regime do Contrato de Trabalho em Funções Públicas CÓDIGOS ELECTRÓNICOS DATAJURIS DATAJURIS é uma marca registada no INPI sob o nº 350529 Regime do Contrato de Trabalho em Funções Públicas (Revogado) Todos os direitos reservados à DATAJURIS, Direito e

Leia mais

OS RECURSOS DE INCONSTITUCIONALIDADE PARA O TRIBUNAL CONSTITUCIONAL. Tribunal Constitucional, seminário 2013

OS RECURSOS DE INCONSTITUCIONALIDADE PARA O TRIBUNAL CONSTITUCIONAL. Tribunal Constitucional, seminário 2013 OS RECURSOS DE INCONSTITUCIONALIDADE PARA O TRIBUNAL CONSTITUCIONAL S Plano de apresentação S I. INTRODUÇÃO S II. RECURSO ORDINÁRIO DE INCONSTITUCIONALIDADE S III. RECURSO EXTRAORDINÁRIO S IV. REGIME COMPARADO

Leia mais

ENCONTRO NACIONAL DE QUADROS DA SEGURANÇA SOCIAL

ENCONTRO NACIONAL DE QUADROS DA SEGURANÇA SOCIAL ENCONTRO NACIONAL DE QUADROS DA SEGURANÇA SOCIAL PLANO DE IMPLEMENTAÇÃO DO ESTATUTO ORGÂNICO JESUS MAIATO Director Nacional de Segurança Social do MAPTSS Benguela. 22. Maio 2014 INSTALAÇÃO DOS NOVOS DEPARTAMENTOS

Leia mais

54-(2) DIÁRIO DA REPÚBLICA I SÉRIE-B N. o 3 5 de Janeiro de 2004 MINISTÉRIOS DAS FINANÇAS E DA JUSTIÇA. Portaria n. o 2-A/2004. Presidente 1.

54-(2) DIÁRIO DA REPÚBLICA I SÉRIE-B N. o 3 5 de Janeiro de 2004 MINISTÉRIOS DAS FINANÇAS E DA JUSTIÇA. Portaria n. o 2-A/2004. Presidente 1. 54-(2) DIÁRIO DA REPÚBLICA I SÉRIE-B N. o 3 5 de Janeiro de 2004 MINISTÉRIOS DAS FINANÇAS E DA JUSTIÇA Portaria n. o 2-A/2004 de 5 de Janeiro Define os quadros dos novos tribunais administrativos e fiscais

Leia mais

Aprovado por Deliberação n.º /2010 ANTEPROJECTO DE LEI SOBRE OS ACTOS PRÓPRIOS DOS ADVOGADOS E SOLICITADORES ASSEMBLEIA NACIONAL. Lei n.

Aprovado por Deliberação n.º /2010 ANTEPROJECTO DE LEI SOBRE OS ACTOS PRÓPRIOS DOS ADVOGADOS E SOLICITADORES ASSEMBLEIA NACIONAL. Lei n. Aprovado por Deliberação n.º /2010 ANTEPROJECTO DE LEI SOBRE OS ACTOS PRÓPRIOS DOS ADVOGADOS E SOLICITADORES ASSEMBLEIA NACIONAL Lei n.º /2010, de de Na sequência da aprovação e entrada em vigor da Lei

Leia mais

RELATÓRIO PERIÓDICO. 1 - Acções Laborais I II III I II I II III A Acções Laborais

RELATÓRIO PERIÓDICO. 1 - Acções Laborais I II III I II I II III A Acções Laborais RELATÓRIO PERIÓDICO COMARCA DE: NOME DO MAGISTRADO: PERÍODO A QUE RESPEITA: DATA: CÍRCULO DE 1 - Acções Laborais Processos Conciliações Acções Arquivamento Acções Recebidos Pré-Judiciais Propostas Pedido

Leia mais

Organização da Justiça do Trabalho, Competência... 25

Organização da Justiça do Trabalho, Competência... 25 SUMÁRIO Organização da Justiça do Trabalho, Competência... 25 1.1. Organização da Justiça do Trabalho... 25 1.1.1. Introdução... 25 1.1.2. Tribunal Superior do Trabalho... 26 1.1.3. Tribunais Regionais

Leia mais

Lei n.º 53/2011. de 14 de Outubro

Lei n.º 53/2011. de 14 de Outubro Lei n.º 53/2011 de 14 de Outubro Procede à segunda alteração ao Código do Trabalho, aprovado em anexo à Lei n.º 7/2009, de 12 de Fevereiro, estabelecendo um novo sistema de compensação em diversas modalidades

Leia mais

1. O desafio da qualidade da legislação, no contexto da transposição das novas diretivas

1. O desafio da qualidade da legislação, no contexto da transposição das novas diretivas 1. O desafio da qualidade da legislação, no contexto da transposição das novas diretivas 2 3 Estados-Membros não podem proibir as suas autoridades adjudicantes de recorrer a atividades de compras centralizadas

Leia mais

LEI GERAL DO TRABALHO EM FUNÇÕES PÚBLICAS CÓDIGO DE TRABALHO

LEI GERAL DO TRABALHO EM FUNÇÕES PÚBLICAS CÓDIGO DE TRABALHO DE TRABALHO I. Enquadramento Geral A Lei Geral do Trabalho em Funções Públicas entrou em vigor no dia 1 de agosto de 2014. A Lei Geral do Trabalho em Funções Públicas (adiante designada por LTFP) aprovada

Leia mais

RESOLUÇÃO DE CONFLITOS. FACULDADE ECONOMIA DA UNIVERSIDADE NOVA POST-GRADUAÇÃO DE GESTÃO PARA JURISTAS José Miguel Júdice

RESOLUÇÃO DE CONFLITOS. FACULDADE ECONOMIA DA UNIVERSIDADE NOVA POST-GRADUAÇÃO DE GESTÃO PARA JURISTAS José Miguel Júdice RESOLUÇÃO DE CONFLITOS FACULDADE ECONOMIA DA UNIVERSIDADE NOVA POST-GRADUAÇÃO DE GESTÃO PARA JURISTAS José Miguel Júdice A litigiosidade nas empresas. Suas características: a) o contencioso de cobranças

Leia mais

DECRETO N.º 107/XIII

DECRETO N.º 107/XIII DECRETO N.º 107/XIII Alarga o âmbito da ação especial de reconhecimento da existência de contrato de trabalho e os mecanismos processuais de combate à ocultação de relações de trabalho subordinado, procedendo

Leia mais

Grupo Parlamentar. Projecto de Lei n.º 197/X

Grupo Parlamentar. Projecto de Lei n.º 197/X Grupo Parlamentar Projecto de Lei n.º 197/X Altera o Decreto-Lei n.º 259/98 de 18 de Agosto, repondo a justiça social na atribuição do subsídio nocturno, altera o Decreto-Lei n.º53-a/98, de 11 de Março,

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular DIREITO PROCESSUAL CIVIL EXECUTIVO E RECURSOS Ano Lectivo 2014/2015

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular DIREITO PROCESSUAL CIVIL EXECUTIVO E RECURSOS Ano Lectivo 2014/2015 Programa da Unidade Curricular DIREITO PROCESSUAL CIVIL EXECUTIVO E RECURSOS Ano Lectivo 2014/2015 1. Unidade Orgânica Direito (1º Ciclo) 2. Curso Direito 3. Ciclo de Estudos 1º 4. Unidade Curricular DIREITO

Leia mais

Lei n.º 73/2017. Diário da República n.º 157/2017, Série I de

Lei n.º 73/2017. Diário da República n.º 157/2017, Série I de SEGUNDA-FEIRA, 25 DE SETEMBRO DE 2017 Lei n.º 73/2017 Diário da República n.º 157/2017, Série I de 2017-08-16 Data de Publicação: 2017-08-16 Tipo de Diploma: Lei Número: 73/2017 Emissor: Assembleia da

Leia mais

SEMINÁRIO SOBRE PROPOSTAS DE MEDIDAS DE APERFEIÇOAMENTO DA PROTECÇÃO SOCIAL OBRIGATÓRIA

SEMINÁRIO SOBRE PROPOSTAS DE MEDIDAS DE APERFEIÇOAMENTO DA PROTECÇÃO SOCIAL OBRIGATÓRIA SEMINÁRIO SOBRE PROPOSTAS DE MEDIDAS DE APERFEIÇOAMENTO DA PROTECÇÃO SOCIAL OBRIGATÓRIA Projecto de Decreto Presidencial que Estabelece o Regime Jurídico de Vinculação e de Contribuição da Protecção Social

Leia mais

REGULAMENTO DE ORGANIZAÇÃO E FUNCIONAMENTO DO SERVIÇO DE POLÍCIA MUNICIPAL 1. Artigo 1º Objecto

REGULAMENTO DE ORGANIZAÇÃO E FUNCIONAMENTO DO SERVIÇO DE POLÍCIA MUNICIPAL 1. Artigo 1º Objecto REGULAMENTO DE ORGANIZAÇÃO E FUNCIONAMENTO DO SERVIÇO DE POLÍCIA MUNICIPAL 1 Artigo 1º Objecto O presente regulamento visa estabelecer a organização e funcionamento do serviço de Polícia Municipal. Artigo

Leia mais

PROGRAMA PROCESSO PENAL (V Curso formação Juízes, Procuradores e Defensores /2014)

PROGRAMA PROCESSO PENAL (V Curso formação Juízes, Procuradores e Defensores /2014) PROGRAMA PROCESSO PENAL (V Curso formação Juízes, Procuradores e Defensores - 2013/2014) 1. Aulas: I- METODOLOGIA As sessões de trabalho vão decorrer: a) Leitura, seguida de esclarecimentos e discussão

Leia mais

CÓDIGO CONTRIBUTIVO Principais Implicações para as Empresas. João Santos

CÓDIGO CONTRIBUTIVO Principais Implicações para as Empresas. João Santos CÓDIGO CONTRIBUTIVO Principais Implicações para as Empresas João Santos Enquadramento Legal Código dos Regimes Contributivos do Sistema Previdencial de Segurança Social (CC) Aprovado pela Lei n.º 110/2009,

Leia mais

CONSTRUÇÃO DE UMA LINGUAGEM COMUM NO ESPAÇO LUSOFONO

CONSTRUÇÃO DE UMA LINGUAGEM COMUM NO ESPAÇO LUSOFONO Ministério das Finanças INSTITUTO DE PREÇOS E CONCORRÊNCIA CONSTRUÇÃO DE UMA LINGUAGEM COMUM NO ESPAÇO LUSOFONO Lisboa Outubro/2015 1 SUMARIO I. PREMISSAS PARA CONSTRUÇÃO DE UMA LINGUAGEM COMUM DE CONCORRÊNCIA

Leia mais

Tax News Flash nº 15/2014 Os impostos peça a peça

Tax News Flash nº 15/2014 Os impostos peça a peça 18 de Dezembro de 2014 Tax News Flash nº 15/2014 Os impostos peça a peça Lei n.º 22/14, de 5 de Dezembro Aprovação do Código do Processo Tributário No âmbito da reforma do sistema tributário em curso foi

Leia mais

ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DA REGIÃO AUTÓNOMA DOS AÇORES TRABALHOS DA COMISSÃO

ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DA REGIÃO AUTÓNOMA DOS AÇORES TRABALHOS DA COMISSÃO TRABALHOS DA COMISSÃO A Comissão Permanente de Economia reuniu no dia 7 de agosto de 2015, na Delegação da Assembleia Legislativa da Região Autónoma dos Açores, na cidade de Ponta Delgada, a fim de analisar

Leia mais

Excelentíssima Senhora Ministra da Educação. Com conhecimento

Excelentíssima Senhora Ministra da Educação. Com conhecimento 1 Excelentíssima Senhora Ministra da Educação Com conhecimento Presidência da República Governo da República Procuradoria-Geral da República DGRHE DREN Grupos Parlamentares Conselho Geral Transitório Conselho

Leia mais

PROCURADORIA-GERAL DA REPÚBLICA CONSELHO SUPERIOR DO MINISTÉRIO PÚBLICO

PROCURADORIA-GERAL DA REPÚBLICA CONSELHO SUPERIOR DO MINISTÉRIO PÚBLICO Proposta de Lei nº 310/XII/4ª (Aprova o Estatuto da Ordem dos Notários e altera o Estatuto do Notariado aprovado pelo Decreto-Lei 26/2004, de 4 de Fevereiro) A Comissão de Assuntos Constitucionais, Direitos,

Leia mais

1. A Evolução do MS no Sistema Constitucional Direito Líquido e Certo a Evolução Conceitual... 24

1. A Evolução do MS no Sistema Constitucional Direito Líquido e Certo a Evolução Conceitual... 24 XXSUMÁRIO Nota Á 4ª Edição... 13 Nota à 3ª Edição... 15 Nota à 2ª Edição... 17 Nota à 1ª Edição... 19 Abreviaturas e Siglas... 21 01 Notícia Histórica Utilização do MS no Ordenamento Jurídico Brasileiro

Leia mais

SUMÁRIO. Agradecimentos... Nota do autor...

SUMÁRIO. Agradecimentos... Nota do autor... SUMÁRIO Agradecimentos......... 7 Nota do autor............. 9 Abreviaturas...... 11 Prefácio da jq edição...... 31 1. Introdução...... 33 2. Estado e Direito...... 41 2.1. Estado... 41 2.2. As Declarações

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA DR. JOAQUIM GOMES FERREIRA ALVES - VALADARES

ESCOLA SECUNDÁRIA DR. JOAQUIM GOMES FERREIRA ALVES - VALADARES Com conhecimento Presidência da República Governo da República Procuradoria-Geral da República DGRHE DREN Grupos Parlamentares Conselho Geral Transitório Conselho Pedagógico Conselho Executivo Plataforma

Leia mais

ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DA REGIÃO AUTÓNOMA DOS AÇORES

ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DA REGIÃO AUTÓNOMA DOS AÇORES RELATÓRIO E PARECER SOBRE A PROPOSTA DE LEI QUE APROVA O NOVO REGIME DO ARRENDAMENTO URBANO (NRAU), QUE ESTABELECE UM REGIME ESPECIAL DE ACTUALIZAÇÃO DAS RENDAS ANTIGAS, E PROCEDE À ALTERAÇÃO DO CÓDIGO

Leia mais

OBSERVATORIO DO MUNDO RURAL

OBSERVATORIO DO MUNDO RURAL OBSERVATORIO DO MUNDO RURAL Lei de terras: Entre a Lei e a Pratica Eduardo Chiziane, Msc FDUEM eduardo.chiziane@uem.mz SUMARIO 1. Introducao 2. Legislacao sobre a terra 3. Extincao do DUAT 4. Meios de

Leia mais

Descritores doença profissional; requerimento; junta médica; incapacidade; caixa nacional de pensões;

Descritores doença profissional; requerimento; junta médica; incapacidade; caixa nacional de pensões; ECLI:PT:TRE:2003:2348.03.3 http://jurisprudencia.csm.org.pt/ecli/ecli:pt:tre:2003:2348.03.3 Relator Nº do Documento Apenso Data do Acordão 18/11/2003 Data de decisão sumária Votação unanimidade Tribunal

Leia mais

CRIAÇÃO DE UMA ASSOCIAÇÃO DE ADMINISTRADORES DE INSOLVÊNCIA FUNDAMENTAÇÃO

CRIAÇÃO DE UMA ASSOCIAÇÃO DE ADMINISTRADORES DE INSOLVÊNCIA FUNDAMENTAÇÃO CRIAÇÃO DE UMA ASSOCIAÇÃO DE ADMINISTRADORES DE INSOLVÊNCIA FUNDAMENTAÇÃO 1. Introdução O Estado Moçambicano encetou um processo de reformas legislativas e administrativas, visando dotar o País de leis

Leia mais

Mais informações e atualizações desta obra em

Mais informações e atualizações desta obra em Título: Normas Regulamentares do Regime da Propriedade Horizontal Autor: Eurico Santos, Advogado Correio eletrónico do Autor: euricosantos@sapo.pt N.º de Páginas: 8 páginas Formato: PDF (Portable Document

Leia mais

REGULAMENTO DO REGISTO DAS SOCIEDADE CIVIS DE SOLICITADORES

REGULAMENTO DO REGISTO DAS SOCIEDADE CIVIS DE SOLICITADORES REGULAMENTO DO REGISTO DAS SOCIEDADE CIVIS DE SOLICITADORES O Estatuto da Câmara dos Solicitadores, aprovado pelo Decreto-Lei 88/2003, de 26 de Abril, no seu artigo 102º, prevê que os solicitadores podem

Leia mais

PROJECTO DE LEI N.º 254/X

PROJECTO DE LEI N.º 254/X Grupo Parlamentar PROJECTO DE LEI N.º 254/X ALTERA A LEI N.º64/93, DE 26 DE AGOSTO (ESTABELECE O REGIME JURÍDICO DE INCOMPATIBILIDADES E IMPEDIMENTOS DOS TITULARES DE CARGOS POLÍTICOS E ALTOS CARGOS PÚBLICOS)

Leia mais

PROPOSTA DE LEI N.º 82/VIII ALTERA O DECRETO-LEI N.º 433/82, DE 27 DE OUTUBRO (REGIME GERAL DAS CONTRA-ORDENAÇÕES), EM MATÉRIA DE PRESCRIÇÃO

PROPOSTA DE LEI N.º 82/VIII ALTERA O DECRETO-LEI N.º 433/82, DE 27 DE OUTUBRO (REGIME GERAL DAS CONTRA-ORDENAÇÕES), EM MATÉRIA DE PRESCRIÇÃO PROPOSTA DE LEI N.º 82/VIII ALTERA O DECRETO-LEI N.º 433/82, DE 27 DE OUTUBRO (REGIME GERAL DAS CONTRA-ORDENAÇÕES), EM MATÉRIA DE PRESCRIÇÃO Exposição de motivos O regime da prescrição no Direito de Mera

Leia mais

EDIÇÕES MINISTÉRIO DA JUSTIÇA: Monografias

EDIÇÕES MINISTÉRIO DA JUSTIÇA: Monografias TÍTULO: Abertura do Ano Judicial 2009: Discurso do Ministro da Justiça Alberto Costa 978-972-99025-5-0 TÍTULO: Espaço da Justiça Luís Vasconcelos, Bruno Rascão 978-972-99122-4-5 TÍTULO: Justiça 2009 Alberto

Leia mais

FISCALIZAÇÃO PREVENTIVA ÍNDICE IDEOGRÁFICO DA CONSTITUCIONALIDADE

FISCALIZAÇÃO PREVENTIVA ÍNDICE IDEOGRÁFICO DA CONSTITUCIONALIDADE FISCALIZAÇÃO PREVENTIVA ÍNDICE IDEOGRÁFICO DA CONSTITUCIONALIDADE índice ideográfico A Acesso ao direito Ac. 188/10; Ac. 216/10; Ac. 265/10; Ac. 266/10. Acesso aos tribunais Ac. 186/10; Ac. 188/10; Ac.

Leia mais

Nota: Todos os preceitos desacompanhados de referência ao respectivo diploma pertencem ao Código do Trabalho.

Nota: Todos os preceitos desacompanhados de referência ao respectivo diploma pertencem ao Código do Trabalho. Lei n.º 53/2011 de 14 de Outubro, que procede à segunda alteração ao Código do Trabalho, aprovado em anexo à Lei n.º 7/2009, de 12 de Fevereiro, estabelecendo um novo sistema de compensação em diversas

Leia mais

SUMÁRIO PARTE I SÚMULAS DO SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL CAPÍTULO I DIREITO ADMINISTRATIVO... 19

SUMÁRIO PARTE I SÚMULAS DO SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL CAPÍTULO I DIREITO ADMINISTRATIVO... 19 SUMÁRIO 7 SUMÁRIO PARTE I SÚMULAS DO SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL CAPÍTULO I DIREITO ADMINISTRATIVO... 19 1. Atos administrativos... 19 2. Bens públicos... 24 3. Concurso público... 26 4. Desapropriação...

Leia mais

Sindicato dos Oficiais de Justiça

Sindicato dos Oficiais de Justiça Tabelas a que se refere o artigo 2º do Decreto Lei nº 52/2011, de 13 de Abril Processo iniciados a partir de 13 de Maio de 2011 = 102,00 TABELA I (a que se referem os artigos 6º, 7º, 11º, 12º e 13º do

Leia mais

O juiz presidente e os juízes em exercício de funções jurisdicionais

O juiz presidente e os juízes em exercício de funções jurisdicionais O juiz presidente e os juízes em exercício de funções jurisdicionais A reforma da organização judiciária, implementada pelo Regime Jurídico da Organização e Funcionamento dos Tribunais Judiciais (Decreto-Lei

Leia mais

PROJETO DE LEI N.º 347/XII/2.ª FUNDO DE GARANTIA SALARIAL

PROJETO DE LEI N.º 347/XII/2.ª FUNDO DE GARANTIA SALARIAL Grupo Parlamentar PROJETO DE LEI N.º 347/XII/2.ª FUNDO DE GARANTIA SALARIAL Exposição de motivos Apesar de ter sido criado há já mais de 10 anos e muito embora esteja previsto no artigo 336.º do Código

Leia mais

DIREITO PROCESSUAL ADMINISTRATIVO PROGRAMA

DIREITO PROCESSUAL ADMINISTRATIVO PROGRAMA DIREITO PROCESSUAL ADMINISTRATIVO PROGRAMA 1 INFORMAÇÕES GERAIS Coordenador: Professor Doutor Jorge Bacelar Gouveia Regente: Mestra Ana Celeste Carvalho (Juíza Desembargadora) Ano letivo: 2015-2016 Curso

Leia mais

REFORMA DO CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL RUMO À CELERIDADE?

REFORMA DO CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL RUMO À CELERIDADE? 25 de maio de 2012 REFORMA DO CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL RUMO À CELERIDADE? Num sistema reconhecidamente moroso, a celeridade processual funciona como uma alavanca na procura de novas soluções. Parece ter

Leia mais

LIVRO I Do Processo de Conhecimento...1

LIVRO I Do Processo de Conhecimento...1 Sumário LIVRO I Do Processo de Conhecimento...1 Capítulo 1 Da Jurisdição...3 1.1. Conceito de Jurisdição... 5 1.2. Exercício da Jurisdição Quem Exerce a Jurisdição?...15 1.3. Características da Jurisdição...17

Leia mais

PROPOSTA DE LEI N.º 111/IX

PROPOSTA DE LEI N.º 111/IX PROPOSTA DE LEI N.º 111/IX TRANSPÕE PARA A ORDEM JURÍDICA NACIONAL A DIRECTIVA 98/27/CE DO PARLAMENTO EUROPEU E DO CONSELHO, DE 19 DE MAIO DE 1998, RELATIVA ÀS ACÇÕES INIBITÓRIAS EM MATÉRIA DE PROTECÇÃO

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO PROCURADORIA-GERAL DA REPÚBLICA CONSELHO SUPERIOR DO MINISTÉRIO PÚBLICO

MINISTÉRIO PÚBLICO PROCURADORIA-GERAL DA REPÚBLICA CONSELHO SUPERIOR DO MINISTÉRIO PÚBLICO CURSO DE INGRESSO PARA OFICIAIS DE JUSTIÇA REGULAMENTO 1. O Curso de Ingresso para Oficiais de Justiça, adiante designado Curso, decorrerá de 24 de julho a 05 de agosto de 2017, nas instalações do Liceu

Leia mais

Processo n.º 322/2007 Data:

Processo n.º 322/2007 Data: PDF elaborado pela Datajuris Processo n.º 322/2007 Data: 2010-01-04 Acordam no Tribunal da Relação do Porto: José M... instaurou em 2007-09-06 contra J... R..., S.A. a presente acção declarativa com processo

Leia mais

REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE Conselho Constitucional. Acórdão nº 07/CC/2009 de 24 de Junho. Acordam os Juízes Conselheiros do Conselho Constitucional:

REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE Conselho Constitucional. Acórdão nº 07/CC/2009 de 24 de Junho. Acordam os Juízes Conselheiros do Conselho Constitucional: REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE Conselho Constitucional Acórdão nº 07/CC/2009 de 24 de Junho Processo nº 04 /CC/2009 Acordam os Juízes Conselheiros do Conselho Constitucional: I Relatório O Tribunal Administrativo,

Leia mais

CONSTITUIÇÂO DA REPÚBLICA PORTUGUESA. (texto integral) Tribunais SECÇÃO V CAPÍTULO I. Princípios gerais. Artigo 202. (Função jurisdicional)

CONSTITUIÇÂO DA REPÚBLICA PORTUGUESA. (texto integral) Tribunais SECÇÃO V CAPÍTULO I. Princípios gerais. Artigo 202. (Função jurisdicional) CONSTITUIÇÂO DA REPÚBLICA PORTUGUESA (texto integral) Tribunais SECÇÃO V CAPÍTULO I Princípios gerais Artigo 202. (Função jurisdicional) 1. Os tribunais são os órgãos de soberania com competência para

Leia mais

Direito Constitucional Português

Direito Constitucional Português Direito Constitucional Português Legislação Fundamental I CONSTITUIÇÃO E LEGISLAÇÃO COMPLEMENTAR 1. Constituição da República Portuguesa (depois da VII revisão constitucional Lei Constitucional nº 1/2005,

Leia mais

COMISSÃO DE TRABALHO, SEGURANÇA SOCIAL E ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA RELATÓRIO [SEC (2010) 887] [SEC (2010) 888]

COMISSÃO DE TRABALHO, SEGURANÇA SOCIAL E ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA RELATÓRIO [SEC (2010) 887] [SEC (2010) 888] RELATÓRIO COM (2010) 379 FINAL Proposta de Directiva do Parlamento Europeu e do Conselho Relativa às condições de entrada e de residência de nacionais de países terceiros para efeitos de trabalho sazonal

Leia mais

PAPEL DO SUPREMO TRIBUNAL DE JUSTIÇA NA ORIENTA- ÇÃO DA JURISPRUDÊNCIA: PROCEDIMENTOS DE UNIFOR- MIZAÇÃO BREVES NOTAS

PAPEL DO SUPREMO TRIBUNAL DE JUSTIÇA NA ORIENTA- ÇÃO DA JURISPRUDÊNCIA: PROCEDIMENTOS DE UNIFOR- MIZAÇÃO BREVES NOTAS PAPEL DO SUPREMO TRIBUNAL DE JUSTIÇA NA ORIENTA- ÇÃO DA JURISPRUDÊNCIA: PROCEDIMENTOS DE UNIFOR- MIZAÇÃO BREVES NOTAS 1. Estrutura judiciária - Tribunais Judiciais (1) Supremo Tribunal de Justiça (com

Leia mais

LEVANTAMENTO DE INFORMAÇÃO DOS PROCESSOS EXECUTIVOS

LEVANTAMENTO DE INFORMAÇÃO DOS PROCESSOS EXECUTIVOS LEVANTAMENTO DE INFORMAÇÃO DOS PROCESSOS EXECUTIVOS DADOS GERAIS PROCESSO N.º TRIBUNAL: JUÍZO: SECÇÃO: DATA DE ENTRADA: _ TÍTULO EXECUTIVO: TIPO DE EXECUÇÃO: EXECUÇÃO INICIADA ANTES DE 15/09/2003: FORMA

Leia mais

Orientações de Gestão

Orientações de Gestão 2016 Orientações de Gestão Centro Hospitalar Póvoa de Varzim Vila do Conde, EPE Póvoa do Varzim, 25 de Fevereiro de 2016 Orientação de Gestão n.º 1/2016 PROCEDIMENTOS A ADOTAR NA VERIFICAÇÃO DO CUMPRIMENTO

Leia mais

ÍNDICE SISTEMÁTICO. 1. PREÂMBULO Nota Introdutória ao Novo Estatuto da Ordem dos Advogados Breves Notas a esta Edição 13

ÍNDICE SISTEMÁTICO. 1. PREÂMBULO Nota Introdutória ao Novo Estatuto da Ordem dos Advogados Breves Notas a esta Edição 13 1. PREÂMBULO 7 1.1. Nota Introdutória ao Novo Estatuto da Ordem dos Advogados 9 1.2. Breves Notas a esta Edição 13 2. O NOVO EOA 15 2.1. Lei nº 145/2015, de 9 de Setembro 17 2.2. Estatuto da Ordem dos

Leia mais

Análise do impacto da alteração da Lei nº 23/96, Lei dos serviços públicos essenciais, nas comunicações electrónicas e nos serviços postais

Análise do impacto da alteração da Lei nº 23/96, Lei dos serviços públicos essenciais, nas comunicações electrónicas e nos serviços postais http://www.anacom.pt/template31.jsp?categoryid=277142 Deliberação de 21.5.2008 Análise do impacto da alteração da Lei nº 23/96, Lei dos serviços públicos essenciais, nas comunicações electrónicas e nos

Leia mais

SUBCOMISSÃO DE REFORMA DO CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL E LEGISLAÇÃO CONEXA PROPOSTA DE PROJECTO DE NOVO CPC

SUBCOMISSÃO DE REFORMA DO CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL E LEGISLAÇÃO CONEXA PROPOSTA DE PROJECTO DE NOVO CPC SUBCOMISSÃO DE REFORMA DO CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL E LEGISLAÇÃO CONEXA PROPOSTA DE PROJECTO DE NOVO CPC Coordenador: Dr. Hermenegildo Cachimbombo Bastonário da Ordem dos Advogados de Angola WWW.CRJD-ANGOLA.COM

Leia mais