Marketing Público: Projecto Ad Personam - Funchal-Portugal (2011) REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Marketing Público: Projecto Ad Personam - Funchal-Portugal (2011) REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS"

Transcrição

1 REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS 135

2 REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS Andrade, M. M. de (1994). Introdução à metodologia do trabalho científico. São Paulo: Atlas. Ambrósio, Vicente (1999). Plano de marketing passo a passo. Rio de Janeiro: Reichmann & Affonso Editores. American Marketing Association (AMA) (1985). Board Approves New Marketing Definition. MarketingNews. p. 1. American Psychological Association (APA) (2001). Publication Manual of the American Psychological Association (5th ed.). Washington, DC: Author. Bartels, Robert D. W. (1944). Marketing Principles. Journal of Marketing, 9 (2), Bean, J. V. & Hussey, L. (1997). Marketing Public Sector Services: essential skills for the public sector. London: HB Publications. Barañano, A. (2004). Métodos e Técnicas de Investigação em Gestão Manual de apoio à realização de trabalhos de investigação. ed. Sílabo: Lisboa. Berry, Leonard L. & Parasuraman (1992). Os Serviços de Marketing: competindo através da qualidade. ed. Maltese: São Paulo. Bob Stone (1992). Successful Direct Marketing Methods. NTC, Chicago. Boyd, H. W. & Westfall, R. & Stasch, S.F. (1989). Marketing Research: text and cases. Boston: Irwin. Bubik, Roland (1996). Geschichte der Marketing-Theorie - Historische Einführung in die Marketing-Lehre, Frankfurt am Main et al.:peter Lang. Burguete, J. L. & Vázquez L. (2004). Pasado, presente y futuro de las dimensiones pública y social en el desarrollo conceptual del marketing. International Review on Public and Nonprofit Marketing 1(1): Buil-Carrasco, Isabel & Fraj-Andrés, Elena & Matute-Vallejo (2008). Corporate environmentalism strategy in the Spanish consumer product sector: a typology of firms. Business Strategy & the Environment. AQ. 17, p Burton, S. (1999). Marketing for Public Organizations: New Ways, New Methods. Public Management, 1, 3,

3 Butler P. & Collins, N. (1995). Marketing Public Sector Services: Concepts and Characteristics, Journal of Marketing Management 11: Carapeto, Carlos & Fonseca, Fátima (2006). Administração Pública: Modernização, qualidade e inovação. 2 a. ed. Síbalo: Lisboa. Carvalho, João M. S. O Desempenho das Organizações Sem Fins Lucrativos. Instituto Superior da Maia. Recuperado em 2010, Setembro 15, de <http://www.ismai.pt>. Cervo, Amado & Bervian, Pedro (2004). Metodologia Científica. 5 a. ed. Prentice Hall: São Paulo. Chapman, D. & Theo C. (1998). New public sector marketing. Financial Times Pitman Public. London. Chias, Josep. Marketing Público: Por un Gobierno y una Administración al servicio del público (1995). ed.: Mcgraw-hill Interamericana-id: Espanha. Churchill, Gilbert A. (2003). Marketing. 2ª ed. Saraiva: São Paulo. Cohen, William A. (1995). The Marketing plan. New York: John Wiley & Sons, Inc. Cousins, L. (1990). Marketing planning in the public and non-profit sectors. European Journal of Marketing. Vol. 24, N o. 7, pp Cunha, Carlos Mendes da Silveira (2008). O Conceito de Serviço Público: O caso do serviço público postal e a era digital. ed. Clubjus: Brasília-DF. Dann, S & Davidson, C & McMullan, T. (2000). Marketing in the public sector. Paper presented to AMI Government marketing. Brisbane. Day, George S. (1992). Marketing s Contribution to the Strategy Dialogue. Journal of the Academy of Marketing Science. 20 (4): D alta, Sofia Tomé (2007). A Nova Configuração do Sector Empresarial do Estado e a Empresarialização dos Serviços Públicos. ed. Almedina: Lisboa. Debarba, Renato. Os caminhos do marketing público sustentável: desenvolvimento soluções para a gestão pública. Recuperado em 2010, Outubro 9, em : <http://www.webprospectiva.com> Denzin, N.K. & Linconl, Y.S. (2006). O planejamento da pesquisa qualitativa: teoria abordagens. Tradução por Sandra Regina Netz. ed. Artmed: Porto Alegre. 137

4 Di Pietro, M. S. Z. (1999). Direito Administrativo. 11ª ed. Atlas: São Paulo. Drucker, Peter (2001). Parcerias Fundamentos e benefícios para o terceiro sector. ed. Futura: São Paulo. Easterby-Smith, Mark & Thorpe, Richard & Lowe, Andy (1999). Pesquisa gerencial em Administração: um guia para monografias, dissertações, pesquisas internas e trabalhos em consultoria. ed. Pioneira: São Paulo. Eisenhardt, K. M. (1989). Theories from Case Study Research. Academy of Management Review. v. 14 (4), p Etzel, Walker Stanton (2001). Marketing. ed. Makron Books: São Paulo. Fachin, Odília (2001). Fundamentos de metodologia. ed. Saraiva: São Paulo. Filser, M. (1997). Marketing-mix in Joffer, P. & Simon, Y. Encyclopédia de Gestion, Economica. Paris. Fitzsimmons, James A. & Fitzsimmons, Mona J. (2005). Administração de Serviços. ed. Bookman: Porto Alegre. Flay, B.R. & Sobel, J.L. (1983). The role of mass media in prevention of adolescent substance abuse. NIDA Research Monograph. 47, Florescu, C. & Mâlcomete P. & POP, N. Al. (2003). Marketing. Dicţionar explicativ, Editura Economică, Bucureşti. Frampton, Nick (2007). Changing the image of public transport through marketing. Logistics & Transport Focus. Vol. 9, p15-18, 4p. Fullerton, Ronald A. (1988). How Modern is Marketing? Marketing's Evolution and the Myth of the 'Production Era. Journal of Marketing. 52 (1), Gilmore, A (2003). Services, Marketing and Management. Sage Publications. Goldschmidt, Andréa (2008). Estratégias de comunicação para o terceiro setor. CETS - Centro de Estudos do Terceiro Setor FGV Revista Integração. Gomerz, Gregorio R. & Flores, Javier & Jimènez, Eduardo (1996). Metodologia de la Investigación Cualitativa. Ediciones Aljibe: Malaga. Gronroos, Christian (1993). Marketing, gerenciamento e serviços. ed. Campus: São Paulo. 138

5 Hermel, L. & P. Romagni (1990). Le marketing public. Economica, Paris.Hill, A. & Hill, M. (2002). Investigação por questionário. ed. Sílabo: Lisboa. Hughes, O. E. (1998). Public Management and Administration. Macmillan, London. Kaplan, Andreas M. & Haenlein, Michael (2009). The increasing importance of public marketing: explanations, applications and limits of marketing within public administration. European Management Journal. Vol. 27, p Keefe, L. M. (2004). What is the meaning of marketing? Marketing News. (September 15), Klibsberg, B (2009). Rapprochement entre Le Marketing Et L Administration Publique: Vers une comprehension global du Potentiel du Marketing Public. Revue Française du Marketing, 224, p Kotler, Philip. (2009). Marketing para o Século XXI. ed. Ediouro: São Paulo. Kotler, P. (2008). Administração de Marketing: análise, planejamento, implementação e controle. 5 a ed. Atlas: São Paulo. Kotler, P. & Lee, Nancy (2008). Marketing no Setor Público: um guia para um desempenho mais eficaz. ed. Bookman: Porto Alegre. Kotler, Philip & Keller, Kevin Lane (2006). Administração de Marketing. Ed. Pearson Education. 12. ed. São Paulo: Pearson Education. Kotler, P. & Armstrong, G. (2005). Princípios de Marketing. 9 a ed. Pearson/Prentice Hall: São Paulo. Kotler, P. & Armstrong, Gary (2003). Princípios de Marketing. ed. Prentice-Hall: Rio de Janeiro. Kotler, P. (2000). Administração de Marketing. ed. Prentice Hall: São Paulo. Kotler, P. & Bliemel (2001). Marketing Management - Analyse, Planung und Verwirklichung. 10th ed., Stuttgart: Schäffer-Poeschel. Kotler, P. & Haider, Donald H. & Rein, Irving (1995). Marketing Público: Como atrair Investimentos, Empresas e Turismo para Cidades, Regiões, Estados e Países. ed. Makron Books: São Paulo. Kotler P. & Fox, Karen F. A. (1994). Marketing Estratégico para Instituições Educacionais. São Paulo: Atlas. 139

6 Kotler, P. & Zaltman, G. (1971). Social Marketing: An Approach to Planned Social Change, Journal of Marketing, vol. 35, pp Kotter, John P. (2000). Liderando a Mudança: Por que fracassam as tentativas de transformação. ed. Campus: Rio de Janeiro. Lamb, Charles W. (1987). Public Sector Marketing Is Different. Business Horizons. 30, July-7August, Lambin, Jean-Jacques (1998). Marketing Estratégico. 4 a ed. McGraw-Hill: Portugal. Lenkowsky, L. & Perry, J.L. (2000). Reinventing government: The case of national service. Public Administration Review, 60(4), Levitt, T. (1990). The marketing imagination. New York: The Free Press. Levitt, T. (1960). Marketing Myopia. Harvard Business Review, 38 (4), Lovelock, C. H. & Weinberg, C. B. (1989). Public & Nonprofit Marketing. Redwood City, The Scientific Press. Maciel, Alba Regina (2002). Conceito de Serviço Público. Bate Byte, Curitiba-PR. Recuperado em 2010, Agosto 4, em: <http://www.pr.gov.br/batebyte/edicoes/2002/bb123/conceito.htm>. Maclaughlin, Kate & Osborne, Stephen P. & Chew, Celine (2009). Relationship marketing, relational capital and the future of marketing in public service organizations. Public Money & Management, Vol. 29 p35-42, 8p. Madill, Judith (1998). Marketing in Government Optimum, The Journal of Public Sector Management. Vol. 28, n o 415. Makens, James C. (1985). The Marketing plan workbook. Englewood Cliffs: Prentice Hall, Inc. Malhotra, Naresh K. (2005). Fundamentos da Pesquisa de Marketing. Prentice-Hall. Mattar, Fause Najib (1999). Pesquisa de Marketing: metodologia e planejamento. 5 a ed. Atlas: São Paulo. Mattar, F. N. (1993). Pesquisa de Marketing. ed. Atlas: São Paulo. Matei, Ani & Matei, Lucica & Anghelescu, Stoica (2010). Keynesian Substantiation of the Marketing Policies in Local Development. Theoretical & Applied Economics. Vol. 17, p

7 Matei, Ani & Matei, Lucica & DINU, Tendora (2009). Marketing of Local Public Services under the Reduction of Administrative Expenditures. National School of Political Studies and Public Administration, Bucharest. p Theoretical & Applied Economics, p17-28, 12p. Mozzicafredo, J. (2001). Modernização da administração pública e poder político. Oeiras: Celta. Nedelea, A. (2006). Marketing în administraţia publică. Bucureşti. Editura Didactică şi Pedagogică. Patten, Dave (1989). Marketing para a pequena empresa. ed. Presença: Lisboa. Pedro, Parreira (2005). Organizações. ed. Formasau: Coimbra. Pereira, A. & Poupa C. (2008). Como Escrever uma Tese: monografia ou livro científico. ed. Sílabo: Lisboa. Petrescu, I. & Muscalu, E. (2003). Tratat de management public. Editura Universităţii, Lucian Blaga Sibiu. Pires, Alexandre Kalil (2005). Gestão por Competências em Organizações de Governo: mesa-redonda de pesquisa-ação. Escola Nacional de Administração Pública: Brasília. Pride, W. M. (2001). Marketing, conceitos e estratégias. 11 a ed. LTC: Rio de Janeiro. Proctor, T. (2007). Public Sector Marketing. ed Prentice Hall, Essex. Proença, João P. (2008). Marketing de Serviços Públicos Casos de Estudo. ed. Escolar: Portugal. Rainey, Hal G. (2003). Public Agencies and Private Firms Incentive Structures, Goals and Individual Roles. Administration & Society 15(3): Rodrigues, Juliana (2009). Marketing tradicional e na saúde: semelhanças e diferentas. Coimbra. Dissertação: Instituição Português de Oncologia de Coimbra Francisco Gentil, Entidade Pública Empresarial. Rocha, J. A. O. (2001). Gestão Pública e Modernização Administrativa. Instituto Nacional de Administração (INA). Richers, Raimar (2000). Marketing: uma visão brasileira. ed. Negócio: São Paulo. Richers, R. & Lima, C. (1991). Segmentação: opções estratégicas para o mercado brasileiro. ed. Nobel: São Paulo. 141

8 Santesmases, Mestre M. (2001). Marketing, conceptos y Estratégias. 4 a ed. Pirámide: Espanha - Madrid. Senna, L. A. S. & Azambuja, A. M. V. (1996). Escolha Modal e Integração nos Transportes Urbanos: O Valor do Tempo de Transbordo. Anais do X Congresso de Pesquisa e Ensino em Transportes, ANPET. Brasília, vol. I, p Serrat, Olivier. (2010). Marketing in the Public Sector. Recuperado em 2010, Dezembro 9 em: <www.adb.org/documents/information/knowledgesolutions/marketing-in-the-public-sector.pdf>. Stone, B (1992). Marketing direto. ed. Nobel: São Paulo. Strauss, A & Corbin, J. (1990). Basics of qualitative research. London: Sage. Xia, Lang & Monroe, K & Cox, J. L. (2004). The price is unfair! A conceptual framework of price fairness perceptions. Journal of Marketing 68(4), Walsh, Kieron (1994). Marketing and public sector. European Journal of Marketing. Walsh, K. (1989). Marketing in Local Government. Essex: Longman Group UK Ltda. Weinstein, A. (1995). Segmentação de mercado. ed. Atlas: São Paulo. Westwood, J. (1995). Plano de Marketing. ed. Makron Books. Yin, Robert K. (2003). Case Study Research: Design and Methods, Applied Social Research Methods Series, 3rd. ed., vol. 15, Sage Publications, London. Yin, R. K. (2001). Estudo de Caso: Planejamento e Métodos. Tradução: Daniel Grassi. ed. Porto Alegre: Bookman. Yin, R. (1993). Applications of case study research. Thousand Oaks, California: Sage Publications. Yin, R. (1994). Case Study Research: Design and Methods. 2ª Ed. Thousand Oaks, CA: SAGE Publications, Yin, R. (1981), The Case Study Crisis. Some Answers, Administrative Science Quarterly, vol. 26,

9 ANEXOS 143

10 ANEXO 1 1. Ilustração sobre o projecto Ad Personam. Fonte: 144

11 ANEXO 2 1. Registo com os representantes das Empresas de Transportes Públicos consorciadas do Projecto Ad Personam (Fontes: e Empresa Horários do Funchal) 2. Localização da Ilha da Madeira em relação as demais cidades do Projecto. Fonte: Empresa Horários do Funchal 145

12 ANEXO 3 1. Ilustrações dos canais de marketing directo utilizados pelas sete cidades do projecto Ad Personam. (Fonte: Horários do Funchal). 1.1 Funchal (Portugal): Promotoras, Spot Rádio; Jornais; Busdoor; Flyers; Brochura. 1.2 Modena (Itália): Rádio; Jornais; TV; Busdoor; Flyers; Brochuras; Distribuição de inquéritos em eventos locais. 1.3 Lancaster (Reino Unido): Jornais; Busdoor; Spot Rádio; Flyers; Brochuras; Posters em abrigos de paragens. 146

13 Cont. Anexo 3: Ilustrações dos canais de marketing directo utilizados pelas sete cidades do projecto Ad Personam. (Fonte: Horários do Funchal). 1.2 Baia Mare (Roménia): Informação no Site do Município; Spot Rádio; Jornais; TV; Busdoor; Flyers e Brochuras. 1.5 Besançon (França): Spot Rádio; Jornais; Busdoor; Flyers e Brochuras. 147

14 Cont. Anexo 3: Ilustrações dos canais de marketing directo utilizados pelas sete cidades do projecto Ad Personam. (Fonte: Horários do Funchal). 1.6 Albacete (Espanha): Spot Rádio; Jornais; Busdoor; Flyers; Brochuras; Posters em abrigos de paragens e Reuniões com intervenientes locais. 1.7 Heraklion (Grécia): Spot Rádio; Jornais; TV; Busdoor; Flyers e Brochuras. 148

15 ANEXO 4 Resolução do Governo Regional n.º 469/85 ( p.267) para reorganização global do transporte público no Funchal. (Material disponibilizado pela Empresa). 149

16 ANEXO 5 1. Foto: Sede da empresa Horários do Funchal, Transportes Urbanos. (Foto: Autora) 150

17 ANEXO 6 1. Fotos: Autocarros distintos por cores e estilos conforme os tipos de serviços prestados aos cidadãos: Urbano, Interurbano, Transporte Especial, Linha Eco, Madrugada, Publicidade (Busdoor) e Aluguer. Apresentação do autocarro adaptado. 1.1 Serviço Urbano (Foto: Autora) 1.2 Serviço Interurbano (Foto: Autora) 1.3 Transporte Especial (Foto: Autora) 1.4 Linha ECO (Foto: Autora/Empresa Horários) 151

18 Cont. Anexo 6: Tipos de serviço prestados. 1.5 Madrugada(Foto: Autora) 1.6 Publicidade (Busdoor) (Foto: Autora) 1.7 Aluguer (Foto: Autora) 1.8: Autocarros adaptados (exemplo) Adaptado para zonas altas e super-altas do Funchal, que se trata de um serviço bastante específico. Requer redobrada atenção e cuidado, para segurança dos utilizadores e do próprio motorista. (Foto: Empresa Horários) 1.9 Manutenção e reparos na sede da empresa. (Foto: Autora) 152

19 ANEXO 7 1. Recursos Humanos: treinamento e especialização. 1.1 Equipa em treinamento na sede da Empresa. (Foto: Empresa Horários) 1.2 Condutores dos autocarros da empresa devidamente uniformizados e com identificação (crachá). (Foto: Autora) 1.3 Autocarros especiais: condutores treinados para o manuseio do transporte e atendimento ao cidadão. Foto: (Autora) 153

20 ANEXO 8 1. Fotos: Sistemas de controlo de mapeamento dos autocarros e da operacionalidade interna e externa. 1.1 Monitoramente da Frota (Foto: Autora) 1.2 Controlo da operacionalidade dos Autocarros (Foto: Autora) 154

21 ANEXO 9 1. Ilustrações do canal de comunicação com o cidadão pelo sítio electrónico <www.horariosdofunchal.pt> que deixa disponível ao público diversas informações actualizadas sobre os serviços prestados. Na website o opção em Tempo Real o utilizador consulta material que oferece a opção de escolha do serviço que atenda melhor as suas necessidades, como exemplo ver o tempo de espera aproximado para a chegada de um ou mais autocarros por paragem (Fonte: O Sistema Integrado de Mensagens de Informação ao Passageiro (SIMIP) enquadra-se na melhoria da qualidade da informação a prestar aos seus clientes e está disponível na website. (Foto: Autora) 155

22 ANEXO Ilustração do sistema de bilhética, bem como o cartão (passe) recarregável - ou de viagem única - e o ponto de vendas automáticas. Fotos: (Autora) 156

23 ANEXO Alguns meios de informação ao público dos serviços prestados pela Horários do Funchal. Fotos: (Autora) 157

24 ANEXO Registos do Lançamento da Campanha Promocional, em 18 de Março de 2009: participação do Vice-Presidente da Câmara Municipal do Funchal Dr. Bruno Pereira, e demais profissionais gestores da empresa Horários do Funchal. Coordenador do Projecto Transporte à Medida Dr.º Claudio Mantero Director do Departamento de Relações Externas e Estudos de Exploração. A conferência atraiu a atenção dos media regionais, nomeadamente os 3 jornais e a televisão local. 158

25 ANEXO Ilustrações dos canais de Marketing Directo do Projecto Transporte à Medida : 13.1 Internet: website do Transporte à Medida. Sitío electrónico: [http://www.transporteamedida.com] 13.2 Mensagens nos autocarros (busdoor) (Fonte: Empresa Horários). 159

26 Cont. do Anexo 13: Os canais de marketing directo no Transporte à Medida Fotos: Equipa de Promotoras e do Inquérito (Fotos: Horários do Funchal). 160

27 Cont. do Anexo 13: Os canais de marketing directo no Transporte à Medida Medias: Divulgações sobre o projecto Transporte à Medida pelo canal directo (Impresso e Internet) Jornal da Madeira. Notícia: Numa 1ª fase e através de uma campanha de marketing para transportes públicos: HF quer cativar mil novos clientes (19/03/2009. Texto de Carla Ribeiro). (Disponível também em: 161

28 Cont. do Anexo 13: divulgação do projecto Transporte à Medida no Funchal pelo canal directo (Internet e impresso) dnoticias.pt (estrutura digital EDN): Planos individuais na HF. De: Rosário Martins, em 19 de Março de

29 Cont. do Anexo 13: Divulgação do projecto Transporte à Medida no Funchal pelo canal directo (Internet) Centro Funchal, estrutura digital, em 25/03/2009) centrofunchal.com. Notícia: Transportes públicos com novo projecto. De: Rosário Martins. 163

30 Cont. do Anexo 13: Os canais de marketing directo no Transporte à Medida Carta de apresentação do projecto ao cidadão (Fonte: Empresa Horários). 164

31 Cont. do Anexo 13: Os canais de marketing directo no Transporte à Medida Questionário do Transporte à Medida anexo à carta (Fonte: Empresa Horários) Envelope pré-seledado para o envio do questionário à Empresa. (Fonte: Empresa Horários). 165

32 ANEXO Carta que comunica o cidadão da não participação por não atender os critérios estabelecidos no projecto (Fonte: Horários do Funchal). 166

33 ANEXO Carta que comunica o cidadão do êxito na primeira etapa, bem como informa sua continuidade no processo de selecção final para participação na Semana Promocional. 167

34 ANEXO Carta que comunica a selecção do participante para a semana promocional, bem como o material para sua participação. 168

35 ANEXO Divulgação dos resultados do Ad Personam pelo Jornal da Madeira, em 27 de Agosto de 2010 (Obs.: neste dia a mestranda encontrava-se no estudo de investigação na Empresa e recebeu o respectivo Jornal). EM BRANCO 169

36 Cont. Anexo 17: Divulgação dos resultados do Ad Personam pelo Jornal da Madeira, em 27 de Agosto de 2010 (Obs.: neste dia a mestranda encontrava-se no estudo de investigação na Empresa e recebeu o respectivo Jornal). 170

37 ANEXO Ilustração do Guia de Recomendações sobre o Ad Personam (Capa, 2010). Ver Guia de Recomendações e o Vídeo do projecto: 171

38 ANEXO Carta para adesão ao Projecto Ad Personam. 172

39 ANEXO Ilustração da divulgação do artigo Principais resultados, tendências e perspectivas, no sítio electrónico do Projecto Ad Personam, quanto o Transporte à Medida, em que menciona, inclusive, a pesquisa de investigação pela Faculdade de Economia, ou seja, o impacto em disseminar a importância do marketing nos transportes públicos. 173

Gestão de Marketing e Ética Empresarial

Gestão de Marketing e Ética Empresarial Escola de Economia e Gestão Gestão de Marketing e Ética Empresarial Reconhecer e explicar os conceitos pilares do marketing e seu ambiente; Reconhecer a estratégia de marketing e aplicar os principais

Leia mais

" MARKETING INTERNACIONAL "

 MARKETING INTERNACIONAL INSTITUTO SUPERIOR DE ECONOMIA E GESTÃO Universidade Técnica de Lisboa " MARKETING INTERNACIONAL " 2007/2008 (2º Semestre) Introdução Objectivos Programa Bibliografia MESTRADO DE MARKETING Docente: Profª

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular MARKETING TURÍSTICO OPERACIONAL Ano Lectivo 2014/2015

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular MARKETING TURÍSTICO OPERACIONAL Ano Lectivo 2014/2015 Programa da Unidade Curricular MARKETING TURÍSTICO OPERACIONAL Ano Lectivo 2014/2015 1. Unidade Orgânica Ciências da Economia e da Empresa (1º Ciclo) 2. Curso Turismo 3. Ciclo de Estudos 1º 4. Unidade

Leia mais

Bibliografia referente ao artigo Gestão baseada no valor, Isabel Ribeiro de Carvalho, Revista TOC, Fevereiro 2008

Bibliografia referente ao artigo Gestão baseada no valor, Isabel Ribeiro de Carvalho, Revista TOC, Fevereiro 2008 Bibliografia referente ao artigo Gestão baseada no valor, Isabel Ribeiro de Carvalho, Revista TOC, Fevereiro 2008 Bibliografía BREALEY, Richard A.; MYERS, Stewart C. - Princípios de Finanças Empresariais.

Leia mais

MARKETING VERDE: ANÁLISE DO CONHECIMENTO DOS ESTUDANTES DO CURSO EM GRADUAÇÃO DE ADMINISTRAÇÃO DE UMA UNIVERSIDADE PÚBLICA

MARKETING VERDE: ANÁLISE DO CONHECIMENTO DOS ESTUDANTES DO CURSO EM GRADUAÇÃO DE ADMINISTRAÇÃO DE UMA UNIVERSIDADE PÚBLICA IV Simpósio sobre Gestão Empresarial e Sustentabilidade: Negócios Sociais e seus Desafios 24 e 25 de novembro de 2015 Campo Grande-MS Universidade Federal do Mato Grosso do Sul MARKETING VERDE: ANÁLISE

Leia mais

UNIVERSIDADE DO VALE DO ITAJAÍ CENTRO DE CIÊNCIAS SOCIAS APLICADAS - GESTÃO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO

UNIVERSIDADE DO VALE DO ITAJAÍ CENTRO DE CIÊNCIAS SOCIAS APLICADAS - GESTÃO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO 1 UNIVERSIDADE DO VALE DO ITAJAÍ CENTRO DE CIÊNCIAS SOCIAS APLICADAS - GESTÃO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO MICHELA APARECIDA SCHUTZ ESTUDO DO COMPORTAMENTO DO CONSUMIDOR NA TOMADA DE DECISÃO DE COMPRA DO CLIENTE

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA FACULDADE DE CIÊNCIAS INTEGRADAS DO PONTAL CURSO DE ADMINISTRAÇÃO FICHA DE DISCIPLINA UNIDADE ACADÊMICA: FACIP

UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA FACULDADE DE CIÊNCIAS INTEGRADAS DO PONTAL CURSO DE ADMINISTRAÇÃO FICHA DE DISCIPLINA UNIDADE ACADÊMICA: FACIP UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA FACULDADE DE CIÊNCIAS INTEGRADAS DO PONTAL CURSO DE ADMINISTRAÇÃO FICHA DE DISCIPLINA DISCIPLINA: Estratégia e Planejamento CÓDIGO: UNIDADE ACADÊMICA: FACIP PERÍODO/SÉRIE:

Leia mais

7 Referências bibliográficas

7 Referências bibliográficas 7 Referências bibliográficas ACS, Z. J.; AUDRETSCH, D. B. Innovation in large and small firms: an empirical analysis. The American Economic Review, v. 78, n. 4, p. 678-690, 1988. ANTONCIC, B.; HISRICH,

Leia mais

UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA Centro Regional das Beiras Departamento de Economia, Gestão e Ciências Sociais

UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA Centro Regional das Beiras Departamento de Economia, Gestão e Ciências Sociais UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA Centro Regional das Beiras Departamento de Economia, Gestão e Ciências Sociais UNIDADE CURRICULAR Qualidade Total e Gestão das Operações MESTRADO Gestão Negócios ANO E

Leia mais

UMA PROPOSTA CONCEITUAL PARA A MEDIDA DO GRAU DE COMPETITIVIDADE DE UMA EMPRESA

UMA PROPOSTA CONCEITUAL PARA A MEDIDA DO GRAU DE COMPETITIVIDADE DE UMA EMPRESA UMA PROPOSTA CONCEITUAL PARA A MEDIDA DO GRAU DE COMPETITIVIDADE DE UMA EMPRESA A CONCEPTUAL PROPOSAL TO MEASURE THE COMPETITIVENESS DEGREE OF A COMPANY Wagner Cezar Lucato, M.Sc Doutorando em Engenharia

Leia mais

MESTRADO EM CONTABILIDADE E FINANÇAS

MESTRADO EM CONTABILIDADE E FINANÇAS MESTRADO EM CONTABILIDADE E FINANÇAS PROGRAMA DA UNIDADE CURRICULAR Unidade Curricular: NOVAS TENDÊNCIAS EM CONTABLIDADE DE GESTÃO Semestre 1º ECT s 6 Área Científica: Docente: CONTABILIDADE HUMBERTO RIBEIRO

Leia mais

Ficha da Unidade Curricular

Ficha da Unidade Curricular ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO DE FELGUEIRAS CURSO Licenciatura em Ciências Empresariais U.C. MARKETING Ficha da Unidade Curricular Horas presenciais / Ano 56 Ano Lectivo 2010 / 2011 Horas presenciais

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular COMPLEMENTOS DE MARKETING Ano Lectivo 2014/2015

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular COMPLEMENTOS DE MARKETING Ano Lectivo 2014/2015 Programa da Unidade Curricular COMPLEMENTOS DE MARKETING Ano Lectivo 2014/2015 1. Unidade Orgânica Ciências da Economia e da Empresa (1º Ciclo) 2. Curso Marketing e Publicidade 3. Ciclo de Estudos 1º 4.

Leia mais

Campanha Publicitária para Instituto InhotimF. Mateus Felipe Pinto COELHOF. Francis Alan França SILVAF

Campanha Publicitária para Instituto InhotimF. Mateus Felipe Pinto COELHOF. Francis Alan França SILVAF Campanha Publicitária para Instituto InhotimF Mateus Felipe Pinto COELHOF 3 Francis Alan França SILVAF 4 Daniel CAMPOSF Centro Universitário de Belo Horizonte, Belo Horizonte, MG 2 1 RESUMO Campanha publicitária

Leia mais

INSTITUTO POLITÉCNICO DE SETÚBAL ESCOLA SUPERIOR DE CIÊNCIAS EMPRESARIAIS. Departamento de Economia e Gestão (ce.deg@esce.ips.pt)

INSTITUTO POLITÉCNICO DE SETÚBAL ESCOLA SUPERIOR DE CIÊNCIAS EMPRESARIAIS. Departamento de Economia e Gestão (ce.deg@esce.ips.pt) INSTITUTO POLITÉCNICO DE SETÚBAL ESCOLA SUPERIOR DE CIÊNCIAS EMPRESARIAIS Departamento de Economia e Gestão (ce.deg@esce.ips.pt) Curso de CONTABILIDADE E FINANÇAS 1º. Ciclo Curso de GESTÃO DE RECURSOS

Leia mais

UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA Centro Regional das Beiras Departamento de Economia, Gestão e Ciências Sociais

UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA Centro Regional das Beiras Departamento de Economia, Gestão e Ciências Sociais UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA Centro Regional das Beiras Departamento de Economia, Gestão e Ciências Sociais UNIDADE CURRICULAR Competitividade, Planeamento e Controlo nos Serviços de Saúde MESTRADO

Leia mais

Maria do Rosário Fernandes Justino

Maria do Rosário Fernandes Justino Maria do Rosário Fernandes Justino Junho de 2014 Cartão do Cidadão Nº: 6932363 NIF: 195319788 Data de Nascimento: 05 de Abril de 1970 Nacionalidade: Portuguesa TELEFONE: +351913311656 E-MAIL: mrjustino@iscal.ipl.pt

Leia mais

MBA EXECUTIVO EM GESTÃO DE MARKETING

MBA EXECUTIVO EM GESTÃO DE MARKETING MBA EXECUTIVO EM GESTÃO DE MARKETING Nome do curso: MBA Executivo em Gestão de Marketing Modalidade: a distância Área do conhecimento Ciências Sociais Aplicadas total/tempo de integralização: 420 h/a 18

Leia mais

CONSIDERADO A MAIOR AUTORIDADE MUNDIAL EM MATÉRIA DE GESTÃO DE EMPRESAS FAMILIARES. JOHN DAVIS & you

CONSIDERADO A MAIOR AUTORIDADE MUNDIAL EM MATÉRIA DE GESTÃO DE EMPRESAS FAMILIARES. JOHN DAVIS & you SPECIAL MANAGEMENT PROGRAM CONSIDERADO A MAIOR AUTORIDADE MUNDIAL EM MATÉRIA DE GESTÃO DE EMPRESAS FAMILIARES. JOHN DAVIS & you 19 DE MARÇO DE 2007, LISBOA. CENTRO DE RE NIOES DA IL PAR E DAS NAÇOES AS

Leia mais

7 Referências bibliográficas

7 Referências bibliográficas 7 Referências bibliográficas ALMEIDA, F. C.; SIQUEIRA, J. O.; ONUSIC, L. M. Data Mining no contexto de Customer Relationship Management. Caderno de Pesquisas em Administração, São Paulo, v. 12, n. 2, p.

Leia mais

PLANO DE ENSINO. As atividades da disciplina estão orientadas no sentido de alcançar os seguintes objetivos abaixo relacionados:

PLANO DE ENSINO. As atividades da disciplina estão orientadas no sentido de alcançar os seguintes objetivos abaixo relacionados: I IDENTIFICAÇÃO PLANO DE ENSINO Curso Bacharelado em Administração Disciplina GADM11 - Fundamentos de Marketing Pré-Requisitos: Não há Professor Marcos Severo II EMENTA Período 5º CH. Semanal 04h/a Ano/Sem

Leia mais

APLICAÇÃO DA LINGUAGEM FINANCEIRA NA ANÁLISE DE RETORNO DE INVESTIMENTOS EM PUBLICIDADE E PROPAGANDA

APLICAÇÃO DA LINGUAGEM FINANCEIRA NA ANÁLISE DE RETORNO DE INVESTIMENTOS EM PUBLICIDADE E PROPAGANDA APLICAÇÃO DA LINGUAGEM FINANCEIRA NA ANÁLISE DE RETORNO DE INVESTIMENTOS EM PUBLICIDADE E PROPAGANDA PROF.DR. MITSURU HIGUCHI YANAZE Professor do Departamento de Relações Públicas, Propaganda e Turismo

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO EMENTA E CONTEÚDO PROGRAMÁTICO. EMENTA (Síntese do Conteúdo)

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO EMENTA E CONTEÚDO PROGRAMÁTICO. EMENTA (Síntese do Conteúdo) MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO EMENTA E CONTEÚDO PROGRAMÁTICO Código: EASD023 Pág/Pág: 01/05 CURSO DE GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO MODALIDADE A DISTÂNCIA

Leia mais

SEMINÁRIOS DE PROJETOS DE FINAL DE CURSO

SEMINÁRIOS DE PROJETOS DE FINAL DE CURSO SEMINÁRIOS DE PROJETOS DE FINAL DE CURSO Ementa: Planejamento das etapas de construção do projeto de qualificação. Discussão detalhada de cada uma das partes do projeto com ênfase em aspectos formais e

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA FACULDADE DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS Programa de Pós-Graduação em Ciências Contábeis - PPGCC FICHA DE DISCIPLINA

UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA FACULDADE DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS Programa de Pós-Graduação em Ciências Contábeis - PPGCC FICHA DE DISCIPLINA FICHA DE DISCIPLINA Disciplina Contabilidade e Análise de Custos Código Carga Horária 6 Créditos 4 Tipo: PPGCC09 Eletiva OBJETIVOS Apresentar e discutir os conhecimentos fundamentais voltados para a identificação,

Leia mais

BIBLIOGRAFIA BÁSICA E COMPLEMENTAR

BIBLIOGRAFIA BÁSICA E COMPLEMENTAR BIBLIOGRAFIA BÁSICA E COMPLEMENTAR CURSO TECNOLOGIA EM MARKETING Teoria Geral da Administração Bibliografia básica: MAXIMIANO, Antonio César Amaru. Teoria geral da administração: da revolução urbana à

Leia mais

PROGRAMA DA DISCIPLINA. RCC5132 Finanças Corporativas SEMESTRE: 02/2015. Segunda-feira: 14:00-18:00 HORAS

PROGRAMA DA DISCIPLINA. RCC5132 Finanças Corporativas SEMESTRE: 02/2015. Segunda-feira: 14:00-18:00 HORAS PROGRAMA DA DISCIPLINA RCC5132 Finanças Corporativas SEMESTRE: 02/2015 Segunda-feira: 14:00-18:00 HORAS Marcelo Augusto Ambrozini marceloambrozini@usp.br Mestrado em Controladoria e contabilidade JUSTIFICATIVA

Leia mais

NEGÓCIOS INTERNACIONAIS

NEGÓCIOS INTERNACIONAIS NEGÓCIOS INTERNACIONAIS Programa Prof. João Pedro Couto Objectivos Esta disciplina tem como finalidade fornecer aos alunos um conjunto de elementos que permitam aos mesmos, utilizando uma lógica de raciocínio

Leia mais

UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA Centro Regional das Beiras Departamento de Economia, Gestão e Ciências Sociais

UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA Centro Regional das Beiras Departamento de Economia, Gestão e Ciências Sociais UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA Centro Regional das Beiras Departamento de Economia, Gestão e Ciências Sociais UNIDADE CURRICULAR Tecnologias de Informação e Comunicação MESTRADO Gestão ANO E SEMESTRE

Leia mais

Gestão Democrática e Humanização do Cuidado

Gestão Democrática e Humanização do Cuidado Gestão Democrática e Humanização do Cuidado Cuiabá, agosto/2013 Selma Loch (SMS Florianópolis) selmaloch@gmail.com Gestão Democrática e Humanização do Cuidado Projeto de pesquisa sobre liderança e gerência

Leia mais

PLANO DE CURSO MESTRADO PROFISSIONAL EM PODER LEGISLATIVO

PLANO DE CURSO MESTRADO PROFISSIONAL EM PODER LEGISLATIVO CÂMARA DOS DEPUTADOS Centro de Formação, Treinamento e Aperfeiçoamento Programa de Pós-Graduação PLANO DE CURSO MESTRADO PROFISSIONAL EM PODER LEGISLATIVO DISCIPLINA Análise Qualitativa Aplicada a Estudos

Leia mais

CURRICULUM VITÆ. June 2007 Present: Assistant Professor, Faculdade de Economia da Universidade do Porto.

CURRICULUM VITÆ. June 2007 Present: Assistant Professor, Faculdade de Economia da Universidade do Porto. CURRICULUM VITÆ PERSONAL DATA Full name: Birth: Nationality: Address: Manuel Emílio Mota de Almeida Delgado Castelo Branco 30 December 1971, Porto (Portugal) Portuguese Faculdade de Economia da Universidade

Leia mais

6 Bibliografia. ALLADI, Venkatesh. Postmodernism, Consumer Culture and the Society of the Spectacle. Advances in Consumer Research, 1992.

6 Bibliografia. ALLADI, Venkatesh. Postmodernism, Consumer Culture and the Society of the Spectacle. Advances in Consumer Research, 1992. 6 Bibliografia ALLADI, Venkatesh. Postmodernism, Consumer Culture and the Society of the Spectacle. Advances in Consumer Research, 1992. ALLÉRÈS, Danielle. Luxo: Estratégia de Marketing. Rio de Janeiro:

Leia mais

Economia dos Recursos Humanos

Economia dos Recursos Humanos Disciplina oferecida ao Curso de MBE Executivo (5ª edição) do Programa de Pós Graduação em Economia da UFRGS. Economia dos Recursos Humanos Professor Responsável: Giácomo Balbinotto Neto. Objetivo: A economia

Leia mais

Aula 1. Planejamento Estratégico de Marketing

Aula 1. Planejamento Estratégico de Marketing Aula 1 Planejamento Estratégico de Marketing Profa. Ms. Daniela Cartoni daniela.cartoni@veris.edu.br Contrato Pedagógico Presença e horários Bibliografia e material de apoio Avaliações e trabalhos Metodologia

Leia mais

ES C O L A S U PERI O R A G RÁ RI A

ES C O L A S U PERI O R A G RÁ RI A Licenciatura em Ecoturismo Ref.ª : 1832001 Ano lectivo: 2012-13 DESCRITOR DA UNIDADE CURRICULAR GESTÃO TURÍSTICA TOURISM MANAGEMENT 1. Unidade Curricular: 1.1 Área científica: 4 - Ciências Empresariais

Leia mais

AS ORIGENS DO MARKETING SOCIAL

AS ORIGENS DO MARKETING SOCIAL AS ORIGENS DO MARKETING SOCIAL Paulo Ricardo dos Santos Meira Produtor de Marketing do Senado Federal e Consultor da Fenasdetran Doutor em Marketing pelo PPGA/UFRGS paulomeira@gmail.com Cristiane Pizzutti

Leia mais

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE PLANO DE ENSINO

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE PLANO DE ENSINO CÓDIGO 042 CÓD. CURSO 42951 CÓD. DISC. 050.3230.1 UNIDADE CENTRO DE COMUNICAÇÃO E LETRAS CURSO PROPAGANDA, PUBLICIDADE E CRIAÇÃO DISCIPLINA TEORIA E PESQUISA EM OPINIÃO PÚBLICA ETAPA 2ª CH 02 ANO 2011

Leia mais

UNIVERSIDAD E FEDERAL DE L AVR AS P R Ó - R E I T O R I A D E P Ó S - G R A D U A Ç Ã O COORDENADORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU

UNIVERSIDAD E FEDERAL DE L AVR AS P R Ó - R E I T O R I A D E P Ó S - G R A D U A Ç Ã O COORDENADORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU UNIVERSIDAD E FEDERAL DE L AVR AS P R Ó - R E I T O R I A D E P Ó S - G R A D U A Ç Ã O COORDENADORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU Código Denominação DISCIPLINA Crédito(s) (*) Carga Horária Teórica Prática

Leia mais

UNIVERSIDADE DO VALE DO RIO DOS SINOS UNISINOS COMUNICAÇÃO SOCIAL RELAÇÕES PÚBLICAS SEMINÁRIO AVANÇADO EM RELAÇÕES PÚBLICAS. Ana Paula do Amaral Silva

UNIVERSIDADE DO VALE DO RIO DOS SINOS UNISINOS COMUNICAÇÃO SOCIAL RELAÇÕES PÚBLICAS SEMINÁRIO AVANÇADO EM RELAÇÕES PÚBLICAS. Ana Paula do Amaral Silva UNIVERSIDADE DO VALE DO RIO DOS SINOS UNISINOS COMUNICAÇÃO SOCIAL RELAÇÕES PÚBLICAS SEMINÁRIO AVANÇADO EM RELAÇÕES PÚBLICAS Ana Paula do Amaral Silva RESENHA DO ARTIGO CIENTÍFICO Marketing Interno: Uma

Leia mais

Sandra Maria Fevereiro Marnoto Licenciada em Gestão (1994) e Mestre em Finanças (2001) pela Faculdade de Economia da Universidade do Porto e é

Sandra Maria Fevereiro Marnoto Licenciada em Gestão (1994) e Mestre em Finanças (2001) pela Faculdade de Economia da Universidade do Porto e é Célio Alberto Alves Sousa Licenciado em Relações Internacionais, Ramo Ciências Económicas e Políticas, pela Universidade do Minho (1994), pós graduado em Gestão Empresarial (1998) e doutorado em Management

Leia mais

5HIHUrQFLDV%LOEOLRJUiILFDV

5HIHUrQFLDV%LOEOLRJUiILFDV 110 5HIHUrQFLDV%LOEOLRJUiILFDV ACKERMAN, Kenneth B. 7KH &KDQJLQJ 5ROH RI :DUHKRXVLQJ, :KDUHKRXVLQJ)RUXP. Novembro,1993. AROZO, Rodrigo. 6RIWZDUHGH6XSSO\&KDLQ0DQDJHPHQW'HILQLo}HV H 3ULQFLSDLV )XQFLRQDOLGDGHV

Leia mais

Universidade do Minho. Escola de Engenharia. UC transversais Programas Doutorais 1º semestre 2012-13. 11 de outubro 2012

Universidade do Minho. Escola de Engenharia. UC transversais Programas Doutorais 1º semestre 2012-13. 11 de outubro 2012 Universidade do Minho Escola de Engenharia UC transversais Programas Doutorais 1º semestre 2012-13 11 de outubro 2012 1 2 2 courses offered in the first semestre: Métodos de Investigação em Engenharia

Leia mais

GESTÃO DE MARKETING EM EMPREENDIMENTOS ESPORTIVOS: ESTUDO DE CASO DA 71ª EDIÇÃO DOS JOGOS ABERTOS DO INTERIOR.

GESTÃO DE MARKETING EM EMPREENDIMENTOS ESPORTIVOS: ESTUDO DE CASO DA 71ª EDIÇÃO DOS JOGOS ABERTOS DO INTERIOR. Área temática: Marketing e comunicação. GESTÃO DE MARKETING EM EMPREENDIMENTOS ESPORTIVOS: ESTUDO DE CASO DA 71ª EDIÇÃO DOS JOGOS ABERTOS DO INTERIOR. AUTORES JARDEL TETI BARROS Universidade Católica de

Leia mais

Programa de Mestrado e Doutorado em Administração - PMDA PROGRAMA DA DISCIPLINA

Programa de Mestrado e Doutorado em Administração - PMDA PROGRAMA DA DISCIPLINA Programa de Mestrado e Doutorado em Administração - PMDA Mestrado em Administração Disciplina: SEMINÁRIOS DE DISSERTAÇÃO 1º Semestre de 2010 Carga horária: 15 horas-aula Créditos: 1 Professores: Luciano

Leia mais

Curriculum Vitae Francisca Guedes de Oliveira

Curriculum Vitae Francisca Guedes de Oliveira Curriculum Vitae Francisca Guedes de Oliveira Identificação Pessoal Nome: Francisca Rodrigues Sarmento Guedes de Oliveira Data de Nascimento: 29 de Setembro de 1973 Estado Civil: Casada, 3 filhos Morada

Leia mais

CAPACITAÇÃO EM RECURSOS HUMANOS NOS PARQUES DE MATERIAL AERONÁUTICO DA FORÇA AÉREA BRASILEIRA.

CAPACITAÇÃO EM RECURSOS HUMANOS NOS PARQUES DE MATERIAL AERONÁUTICO DA FORÇA AÉREA BRASILEIRA. Programa de Pós-graduação em Ciências Aeroespaciais - UNIFA 218 CAPACITAÇÃO EM RECURSOS HUMANOS NOS PARQUES DE MATERIAL AERONÁUTICO DA FORÇA AÉREA BRASILEIRA. RESUMO Paulo Roberto de Castro Gomes 1 A pesquisa

Leia mais

CURRICULUM VITÆ. Licenciatura em Economia da Faculdade de Economia da Universidade do Porto, concluída em Julho de 1996.

CURRICULUM VITÆ. Licenciatura em Economia da Faculdade de Economia da Universidade do Porto, concluída em Julho de 1996. CURRICULUM VITÆ DADOS PESSOAIS Nome: Nascimento: Nacionalidade: Morada: Manuel Emílio Mota de Almeida Delgado Castelo Branco 30 de Dezembro de 1971, Porto (Portugal) Portuguesa Faculdade de Economia do

Leia mais

INSTITUTO POLITÉCNICO DE SANTARÉM ESCOLA SUPERIOR DE DESPORTO DE RIO MAIOR. PROGRAMA DA UNIDADE CURRICULAR Trabalho de Projecto

INSTITUTO POLITÉCNICO DE SANTARÉM ESCOLA SUPERIOR DE DESPORTO DE RIO MAIOR. PROGRAMA DA UNIDADE CURRICULAR Trabalho de Projecto INSTITUTO POLITÉCNICO DE SANTARÉM ESCOLA SUPERIOR DE DESPORTO DE RIO MAIOR PROGRAMA DA UNIDADE CURRICULAR Trabalho de Projecto Ano Lectivo 2009-2010 2 Nome da Unidade Curricular Trabalho de Projecto Créditos

Leia mais

Bibliografia sobre investigação e escrita de trabalhos académicos. Manuel Portugal

Bibliografia sobre investigação e escrita de trabalhos académicos. Manuel Portugal Bibliografia sobre investigação e escrita de trabalhos académicos Bibliografia BELL, J. Como realizar um projecto de investigação: Um guia para a pesquisa em Ciências Sociais e da Educação. Lisboa: Gradiva,

Leia mais

CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO Autorizado pela Portaria no 1.399 de 04/07/01 DOU de 09/07/01 PLANO DE CURSO

CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO Autorizado pela Portaria no 1.399 de 04/07/01 DOU de 09/07/01 PLANO DE CURSO CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO Autorizado pela Portaria no 1.399 de 04/07/01 DOU de 09/07/01 Componente Curricular: Marketing Aplicado à Engenharia Código: ENGP - 587 Pré-requisito: ----- Período Letivo:

Leia mais

6 Referência bibliográfica

6 Referência bibliográfica 6 Referência bibliográfica AAKER, D. A.; KUMAR, V.; DAY, G. S. Pesquisa de Marketing. São Paulo, Atlas, 2004. ABEVD - Associação Brasileira de Empresas de Venda Direta. Disponível em: .

Leia mais

26/05 - Convergência de Métodos para Avaliação de Dados: Fatorial, Clusters e Testes Bivariados. 11 02/06 - Regressão Linear Simples e Múltipla

26/05 - Convergência de Métodos para Avaliação de Dados: Fatorial, Clusters e Testes Bivariados. 11 02/06 - Regressão Linear Simples e Múltipla PLANO DE ENSINO Universidade Positivo Curso: MESTRADO EM ADMINISTRAÇÃO Área de concentração: Organizações, Gestão e Sociedade Disciplina: Métodos Quantitativos Administração de Pesquisa Carga horária total:

Leia mais

LIVRO DO MÊS - DEZEMBRO 2009

LIVRO DO MÊS - DEZEMBRO 2009 Direcção de Serviços de Biblioteca e Documentação Avenida das Forças Armadas 1649-026 Lisboa Tel: 217903024 Fax: 217903025 URL: http://biblioteca.iscte.pt E-mail: biblioteca@iscte.pt LIVRO DO MÊS - DEZEMBRO

Leia mais

Programa de Pós-Graduação em Engenharia Mecânica

Programa de Pós-Graduação em Engenharia Mecânica Programa de Pós-Graduação em Engenharia Mecânica Secretaria da Pós-Graduação em Engenharia Mecânica. Praça Frei Orlando, 170 - Campus Santo Antônio - PPMEC São João del-rei - MG - CEP 36307-352 Disciplina:

Leia mais

Estudo da relação da proteção da natureza e o meio ambiente com o marketing social visando o posicionamento da marca

Estudo da relação da proteção da natureza e o meio ambiente com o marketing social visando o posicionamento da marca Estudo da relação da proteção da natureza e o meio ambiente com o marketing social visando o posicionamento da marca Hernan Edgardo Contreras Alday (UNIMEP) hernanc@terra.com.br José Antonio Arantes Salles

Leia mais

CONTRIBUIÇÕES PARA A COMPOSIÇÃO DE PLANOS DE MARKETING PARA LOCALIDADES TURÍSTICAS. Dr. Raul Amaral

CONTRIBUIÇÕES PARA A COMPOSIÇÃO DE PLANOS DE MARKETING PARA LOCALIDADES TURÍSTICAS. Dr. Raul Amaral CONTRIBUIÇÕES PARA A COMPOSIÇÃO DE PLANOS DE MARKETING PARA LOCALIDADES TURÍSTICAS. Dr. Raul Amaral Resumo O planejamento de marketing para localidades 1 tende a ser mais complexo do que os processos para

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CENTRO DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO CURSO DE MESTRADO EM ADMINISTRAÇÃO

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CENTRO DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO CURSO DE MESTRADO EM ADMINISTRAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CENTRO DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO CURSO DE MESTRADO EM ADMINISTRAÇÃO DISCIPLINA: Administração Estratégica PROFESSOR: Dr. André

Leia mais

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO EMENTA

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO EMENTA EIXO TECNOLÓGICO: Gestão e Negócios Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO CURSO: Técnico em Vendas Integrado ao Ensino Médio na Modalidade Educação FORMA/GRAU:(X )integrado ( ) subsequente ( ) concomitante ( )

Leia mais

Cognição e Aprendizagem em História e Ciências Sociais. Isabel Barca, Ana Catarina Simão, Júlia Castro, Carmo Barbosa, Marília

Cognição e Aprendizagem em História e Ciências Sociais. Isabel Barca, Ana Catarina Simão, Júlia Castro, Carmo Barbosa, Marília Projectos de investigação Cognição e Aprendizagem em História e Ciências Sociais Coordenador: Isabel Barca Equipa de investigação Isabel Barca, Ana Catarina Simão, Júlia Castro, Carmo Barbosa, Marília

Leia mais

CONNECTING IDEAS. www.lusocom.pt

CONNECTING IDEAS. www.lusocom.pt CONNECTING IDEAS PRESS KIT 2009 A AGÊNCIA quem somos somos quem A LUSOCOM é uma Agência de Comunicação, Marketing e Relações Públicas que actua nas mais variadas áreas do universo comunicativo. Além de

Leia mais

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Autorizado plea Portaria nº 1.399 de 04/07/01 DOU de 09/07/01 PLANO DE CURSO

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Autorizado plea Portaria nº 1.399 de 04/07/01 DOU de 09/07/01 PLANO DE CURSO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Autorizado plea Portaria nº 1.399 de 04/07/01 DOU de 09/07/01 Componente Curricular: Administração de Serviços Código: ADM 452 Pré-requisito: --- Período Letivo: 2014.2 Professor:

Leia mais

O uso da tecnologia CRM em uma empresa de pequeno porte no município de Bambuí-MG

O uso da tecnologia CRM em uma empresa de pequeno porte no município de Bambuí-MG O uso da tecnologia CRM em uma empresa de pequeno porte no município de Bambuí-MG Caroline Passatore¹, Dayvid de Oliveira¹, Gustavo Nunes Bolina¹, Gabriela Ribeiro¹, Júlio César Benfenatti Ferreira² 1

Leia mais

Os principais objetivos da unidade curricular de Marketing assentam na aprendizagem de conhecimentos por parte do aluno de modo a:

Os principais objetivos da unidade curricular de Marketing assentam na aprendizagem de conhecimentos por parte do aluno de modo a: Curso Gestão Hoteleira Ano letivo 2012/2013 Unidade Curricular Marketing ECTS 4 Regime Obrigatório Ano 2º Semestre 1º Semestre Horas de trabalho globais Docente (s) Adriano Costa Total 124 Contacto 94

Leia mais

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE Decanato Acadêmico

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE Decanato Acadêmico Unidade Universitária: Escola de Engenharia Curso: Engenharia Eletrônica e Elétrica Disciplina: Engenharia Econômica Código da Disciplina: 25019724 Professor: Doutor Agostinho Celso Pascalicchio Carga

Leia mais

CV RESUMIDO DE LUÍS VALADARES TAVARES

CV RESUMIDO DE LUÍS VALADARES TAVARES CV RESUMIDO DE LUÍS VALADARES TAVARES Professor Catedrático do IST de Investigação Operacional e Engenharia de Sistemas Área Científica: Sistemas e Gestão I Dados Pessoais Nasceu em Lisboa, a 28/03/1946

Leia mais

E-Business (Opção) vários cursos 1º Ciclo 2012/2013. Fernando Angelino e Sandrina Berthault Moreira. Obrigatória Opcional

E-Business (Opção) vários cursos 1º Ciclo 2012/2013. Fernando Angelino e Sandrina Berthault Moreira. Obrigatória Opcional E-Business (Opção) vários cursos 1º Ciclo 2012/2013 PROGRAMA DA UNIDADE CURRICULAR Responsável: Docente: Sandrina Berthault Moreira Fernando Angelino e Sandrina Berthault Moreira Duração: Tipo: Carga Horária:

Leia mais

ANÁLISE DE UM ESTUDO DE CASO

ANÁLISE DE UM ESTUDO DE CASO MESTRADO EM QUÍMICA PARA O ENSINO 2005 2006 METODOLOGIAS DE INVESTIGAÇÃO EM EDUCAÇÃO ANÁLISE DE UM ESTUDO DE CASO Resumo Este trabalho aborda os princípios teóricos do Estudo de Caso. Os conceitos associados

Leia mais

GESTÃO FINANCEIRA. Departamento de Gestão de Empresas SUMÁRIO: I - OBJECTIVOS DA DISCIPLINA II - PROGRAMA III - AVALIAÇÃO DE CONHECIMENTOS

GESTÃO FINANCEIRA. Departamento de Gestão de Empresas SUMÁRIO: I - OBJECTIVOS DA DISCIPLINA II - PROGRAMA III - AVALIAÇÃO DE CONHECIMENTOS Departamento de Gestão de Empresas GESTÃO FINANCEIRA SUMÁRIO: I - OBJECTIVOS DA DISCIPLINA II - PROGRAMA III - AVALIAÇÃO DE CONHECIMENTOS IV - LOCAL E HORÁRIO DE APOIO AOS ALUNOS V - BIBLIOGRAFIA O Docente

Leia mais

9 Referências bibliográficas

9 Referências bibliográficas 136 9 Referências bibliográficas ALVARENGA, A. C. ; NOVAES, A. G. N. Logística aplicada: suprimento e distribuição física. 3. ed. 1. reimp. São Paulo: Edgard Blücher, 2000. 194 p. BAÍDYA, T. K. N. ; AIUBE,

Leia mais

Estratégia Empresarial

Estratégia Empresarial Estratégia Empresarial Adquirir uma visão atualizada e integrada do sistema e contexto de direção estratégica da organização. Compreender o conteúdo da estratégia empresarial. Desenvolver competências

Leia mais

Cláudia Maria Rodrigues Gonçalves de Jesus Paiva

Cláudia Maria Rodrigues Gonçalves de Jesus Paiva Marketing nos Cuidados de Saúde Cláudia Maria Rodrigues Gonçalves de Jesus Paiva Coimbra, Fevereiro de 2011 Marketing É uma função organizacional e um conjunto de processos que envolvem a criação, a comunicação

Leia mais

DESCRIÇÃO DA UNIDADE CURRICULAR CÓDIGO: CRÉDITOS ECTS: 5,0

DESCRIÇÃO DA UNIDADE CURRICULAR CÓDIGO: CRÉDITOS ECTS: 5,0 DESCRIÇÃO DA UNIDADE CURRICULAR Unidade Curricular: Gestão de Eventos Área Científica: Ciências da Comunicação CÓDIGO: CRÉDITOS ECTS: 5,0 CURSO: Comunicação e Relações Públicas Ano: 1º 2º 3º 4º Semestre:

Leia mais

Curso de Empreendedorismo Eixo de Promoção do Empreendedorismo a Nível Local e Regional

Curso de Empreendedorismo Eixo de Promoção do Empreendedorismo a Nível Local e Regional Curso de Empreendedorismo Eixo de Promoção do Empreendedorismo a Nível Local e Regional 1) Caracterização do Curso de Empreendedorismo O Curso de Empreendedorismo integra-se na Componente de Formação Tecnológica

Leia mais

Núcleo de Estudos em Estratégia e Governança Corporativa, de Redes e das Organizações - NEEG

Núcleo de Estudos em Estratégia e Governança Corporativa, de Redes e das Organizações - NEEG Núcleo de Estudos em Estratégia e Governança Corporativa, de Redes e das Organizações - NEEG Coordenador(es): Joaquim Rubens Fontes Filho APRESENTAÇÃO Os estudos em administração apenas recentemente têm

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS DIRETORIA ACADÊMICA PROGRAMAS E BIBLIOGRAFIAS

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS DIRETORIA ACADÊMICA PROGRAMAS E BIBLIOGRAFIAS DISCIPLINA CP805 NOME Marketing Esportivo Horas Semanais Teóricas Práticas Laboratório Orientação Distância Estudo em Casa Sala de Aula 04 00 00 00 00 00 04 Nº semanas Carga horária total Créditos Exame

Leia mais

PROGRAMA DE ENGENHARIA DE TRANSPORTE PET/COPPE/UFRJ

PROGRAMA DE ENGENHARIA DE TRANSPORTE PET/COPPE/UFRJ 1) IDENTIFICAÇÃO Período: 1º Ano: 2012 CURSO: Mestrado em Engenharia de Transporte ÁREA: Transporte de Carga LINHA DE PESQUISA: Gestão do Transporte de Carga na Cadeia de Suprimento DISCIPLINA: Introdução

Leia mais

PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO E EXTENSÃO PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº. 10/2013 PREENCHIMENTO DE VAGA PARA DOCENTE DO ENSINO SUPERIOR ADMINISTRAÇÃO

PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO E EXTENSÃO PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº. 10/2013 PREENCHIMENTO DE VAGA PARA DOCENTE DO ENSINO SUPERIOR ADMINISTRAÇÃO I - INSCRIÇÕES PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO E EXTENSÃO PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº. 10/2013 PREENCHIMENTO DE VAGA PARA DOCENTE DO ENSINO SUPERIOR ADMINISTRAÇÃO Período: 05/03/2013 a 10/03/2013 Pelo

Leia mais

CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO Autorizado pela Portaria no 1.399 de 04/07/01 DOU de 09/07/01

CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO Autorizado pela Portaria no 1.399 de 04/07/01 DOU de 09/07/01 CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO Autorizado pela Portaria no 1.399 de 04/07/01 DOU de 09/07/01 Componente Curricular: MARKETING APLICADO A ENGENHARIA Código: ENGP - 587 Pré-requisito: ----- Período Letivo:

Leia mais

E S C O L A S U P E R I O R A G R Á R I A

E S C O L A S U P E R I O R A G R Á R I A Licenciatura em Engenharia Agro-pecuária Ref.ª : 1531001 Ano lectivo: 2010-11 DESCRITOR DA UNIDADE CURRICULAR GESTÃO EMPRESARIAL E EMPREENDEDORISMO ENTERPRISE MANAGEMENT AND ENTREPRENEURSHIP 1. Unidade

Leia mais

MESTRADO EM GESTÃO / (MBA)

MESTRADO EM GESTÃO / (MBA) MESTRADO EM GESTÃO / (MBA) (2007/2008) DISCIPLINA: CONTABILIDADE FINANCEIRA FINANCIAL ACCOUNTING Docente: Professor Auxiliar Convidado do ISEG/UTL jlacunha@iseg.utl.pt Objectivos da disciplina: Compreender

Leia mais

1. Benjamin, B. S., Structures for Architects, Van Nostrand Reinhold, 2nd edition, New York, 1984.

1. Benjamin, B. S., Structures for Architects, Van Nostrand Reinhold, 2nd edition, New York, 1984. Bibliografia 1. Benjamin, B. S., Structures for Architects, Van Nostrand Reinhold, 2nd edition, New York, 1984. 2. Berger, H., Light Structures, Structures of Light: The Art and Engineering of Tensile

Leia mais

Valor da Marca* Ana Côrte-Real Faculdade de Economia da Universidade do Porto

Valor da Marca* Ana Côrte-Real Faculdade de Economia da Universidade do Porto Valor da Marca* Ana Côrte-Real Faculdade de Economia da Universidade do Porto Resumo A autora apresenta neste artigo uma revisão crítica de algumas perspectivas sobre o valor da marca, sublinhando o contributo

Leia mais

CURRICULUM VITAE. - Aprovado, por unanimidade do júri, em provas de agregação realizadas no dia 31 de Maio e 1 de Junho de 2001.

CURRICULUM VITAE. - Aprovado, por unanimidade do júri, em provas de agregação realizadas no dia 31 de Maio e 1 de Junho de 2001. CURRICULUM VITAE 1. Dados Pessoais Nome - António Abílio Garrido da Cunha Brandão Naturalidade - Várzea - Arouca Data de Nascimento - 30 de Abril de 1951 Estado Civil - casado (com dois filhos) 2. Categoria

Leia mais

Ficha de Unidade Curricular (FUC) de Comportamento Organizacional

Ficha de Unidade Curricular (FUC) de Comportamento Organizacional INSTITUTO POLITÉCNICO DE COIMBRA INSTITUTO SUPERIOR DE CONTABILIDADE E ADMINISTRAÇÂO DE COIMBRA Aprovação do Conselho Pedagógico 28/10/2015 Aprovação do Conselho Técnico-Científico 16/12/2015 Ficha de

Leia mais

PESQUISA DE MARKETING: FERRAMENTA INDISPENSÁVEL PARA GESTÃO DAS ORGANIZAÇÕES

PESQUISA DE MARKETING: FERRAMENTA INDISPENSÁVEL PARA GESTÃO DAS ORGANIZAÇÕES PESQUISA DE MARKETING: FERRAMENTA INDISPENSÁVEL PARA GESTÃO DAS ORGANIZAÇÕES Daniele Schneider 1 Débora Wuttke 2 Heinrich Führ 3 Ivanete Schneider 4 RESUMO Este artigo aborda a importância do uso da pesquisa

Leia mais

PROGRAMA DE CONCORRÊNCIA E COMPETITIVIDADE

PROGRAMA DE CONCORRÊNCIA E COMPETITIVIDADE INSTITUTO SUPERIOR DE ECONOMIA E GESTÃO UNIVERSIDADE TECNICA DE LISBOA CURSO DE LICENCIATURA EM GESTÃO 2007/2008 (Regras de Bolonha) PROGRAMA DE CONCORRÊNCIA E COMPETITIVIDADE L I S B O A SETEMBRO 2 0

Leia mais

ES C O L A S U PERI O R A G RÁ RI A

ES C O L A S U PERI O R A G RÁ RI A Licenciatura em Ecoturismo Ref.ª : 8810004 Ano lectivo: 2012-13 DESCRITOR DA UNIDADE CURRICULAR GESTÃO EMPRESARIAL E EMPREENDEDORISMO ENTERPRISE MANAGEMENT AND ENTREPRENEURSHIP 1. Unidade Curricular: 1.1

Leia mais

EMPREENDEDORISMO E GESTÃO

EMPREENDEDORISMO E GESTÃO REINVENTANDO O ENSINO MÉDIO ÁREA DE EMPREGABILIDADE EMPREENDEDORISMO E GESTÃO PROPOSTA CURRICULAR Belo Horizonte Dezembro de 01 Governador de Minas Gerais Antônio Augusto Junho Anastasia Vice-Governador

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS ADMINISTRATIVAS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO 2º.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS ADMINISTRATIVAS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO 2º. UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS ADMINISTRATIVAS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO 2º. SEMESTRE 2015 DISCIPLINA: Pesquisa Quantitativa com Análise de Dados PROFESSOR:

Leia mais

Faculdade da Alta Paulista

Faculdade da Alta Paulista Plano de Ensino Disciplina: Marketing Aplicado aos Negócios Código: Série: 3ª Série Obrigatória ( x ) Optativa ( ) CH Teórica: CH Prática: CH Total: 80 horas Período Letivo: 2015 Obs: Objetivo Geral: Apresentar

Leia mais

SISTEMAS DE CONTROLE GERENCIAL e CONTRATO PSICOLÓGICO. CX Discussões Metodológicas Ivan Canan Orientador: Prof. Dr. Gilberto de Andrade Martins

SISTEMAS DE CONTROLE GERENCIAL e CONTRATO PSICOLÓGICO. CX Discussões Metodológicas Ivan Canan Orientador: Prof. Dr. Gilberto de Andrade Martins SISTEMAS DE CONTROLE GERENCIAL e CONTRATO PSICOLÓGICO CX Discussões Metodológicas Ivan Canan Orientador: Prof. Dr. Gilberto de Andrade Martins Introdução Sistema de Controle Gerencial Discricionariedade

Leia mais

DEMANDA ATUAL POR COMPETÊNCIAS ADMINISTRATIVAS E O APRENDIZADO CONTÍNUO: O CASO DA ESTUDANTE-MÃE

DEMANDA ATUAL POR COMPETÊNCIAS ADMINISTRATIVAS E O APRENDIZADO CONTÍNUO: O CASO DA ESTUDANTE-MÃE DEMANDA ATUAL POR COMPETÊNCIAS ADMINISTRATIVAS E O APRENDIZADO CONTÍNUO: O CASO DA ESTUDANTE-MÃE Rubens Vieira da Silva Berenice Barbosa Ribeiro Araújo Silvana Gameiro Losada Fernando Rei FACULDADES INTEGRADAS

Leia mais

número temático Turismo e Património

número temático Turismo e Património número temático Turismo e Património Corpo Editorial Director Ana Maria Sarmento Coelho Conselho Científico Pedro Balaus Custódio - Educação/Formação Maria Cláudia Perdigão Andrade - Comunicação e Ciências

Leia mais

Processo de adoção de Moda

Processo de adoção de Moda ANHEMBI MORUMBI Processo de adoção de Moda ANA PAULA DE MIRANDA O uso proeminente da moda é desenvolver senso de identidade pessoal. Consumidores usam a moda para representar tipos sociais específicos

Leia mais

Ficha de Unidade Curricular 2009/2010

Ficha de Unidade Curricular 2009/2010 Ficha de Unidade Curricular 2009/2010 Unidade Curricular Designação INOVAÇÃO E EMPREENDEDORISMO Área Científica Gestão Ciclo de Estudos Licenciatura em Design de Ambientes Carácter: Obrigatória Semestre

Leia mais

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA UNIR CAMPUS DE CACOAL DEPARTAMENTO ACADÊMICO DO CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS DENISE TATIANA SOARES PEREIRA

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA UNIR CAMPUS DE CACOAL DEPARTAMENTO ACADÊMICO DO CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS DENISE TATIANA SOARES PEREIRA FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA UNIR CAMPUS DE CACOAL DEPARTAMENTO ACADÊMICO DO CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS DENISE TATIANA SOARES PEREIRA UMA ANÁLISE DA INFLUÊNCIA DO MARKETING DIRETO COMO FERRAMENTA

Leia mais