Analista de Sistemas S. J. Rio Preto SP RESUMO ORACLE 10g. Obs : Desculpem os erros de digitação e português, pois varei a noite estudando.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Analista de Sistemas S. J. Rio Preto SP - 2009. RESUMO ORACLE 10g. Obs : Desculpem os erros de digitação e português, pois varei a noite estudando."

Transcrição

1 RESUMO ORACLE 10g Obs : Desculpem os erros de digitação e português, pois varei a noite estudando. ALTER DATABASE BACKUP CONTROLFILE TO TRACE recria um controlfile Após uma instancia ser iniciada escrever dados modificados em arquivo redo logs files e atualizar control file com o recente check point Configurar todo database server Oracle Manager Agent Datafile na tablespace system esta corrunpido não pode ser repuperado Para adicionar mais controlfile deve-se dar um shutdown na instancia copiar o control file para a terceira loclaização, modificar o CONTRO_FILE parameter eabrir o banco de dados Large pool usado pelo Rman e Shared Server Erro couldnot resolve service name Olhas os arquivos tnsnames.ora e sqlnet.ora. Para aumentar o database buffer cache voce deve startar a instancia com server parameter file Banco de dados esta em archive, um datafile da tablespace syustem esta corrumpido voce pode recuperar o banco de dados até o ultimo commit Undo_retention = 1000 not guaranteed. Dados de undo comitados reterão 1,000 segundos se o espaço libre será liberado. Qdo voce cria banco de dados na plataforma linux é gravado nos arquivos o oraclesids, Orcle Homes e flasg para auto startap; Shared Server User Session e Cursos stare são armazenados em largepool e stack psace é amazenado fora da SGA PLSQL_COD_TYPE = NATIVE O COMPILADOR PL-SQL SERÁ ARMAZENADO NO NATIVE MACHINE CODE Para reduzir o tempo de recover de uma instacia voce deve - diminuir tamanho de redo log files - - diminur valor de mttr erro de database link remove dumpfile e add networks_link=devdb.uk quando o banco esta lento e e voce não otimizou as estruturas de memórias, voce verá o probema nas dinamic performance views Nome default do arquivo de alert log n o banco é : alert_banco.log Verificar estatistica de AWR pelo em e DBMS_WORKLOAD_REPOSITORY

2 Adivior apropriado par aindice é o sql tuning e access adivisors Quando redo log files não são multiplexados, redo logo blocks estao corrumpidos e o archivamento é stopado realizar um ALTER DATABASE CREAL UNARCHIVED LOGFILE GROUP name Melhroar peformance de redo log buffer - colocar redo log files em discos separados - aumentar o tamanho do redo logo buffer backups consistentes datatabse em noarqhivelog Quando uma sessão é terminada anormalmente mas a isntancia ainda continua no ar e o banco aberto acontece : O PMON rollback de trnasaction e atualiza os locks Dados modificados acima do ultimo commit antes da terminação anormal estaráo retidos no banco Colocar um banco de dados de NOARCHIVELOG PARA ARCHIVELOG - SELECIONAR ARCHIVELOGOPTION NO DATABASE CONTROLE E RESTART O DATABASE APPLY CHANGES. - SHUTDOWN E SRTAR NOMODO MOUNT E EXECUTE ALTER DATABASE ARCHIVELOG REALIZAR AUDITORIA EM ALTERAÇÕES DE TABELAS, views : DBA_AUDIT_TRAIL e DBA_FGA_AUDIT_TRAIL AGENDAR TRABALHO DE COLETA DE ESTATISTICAS ELA COLETA : AVERAGE ROW SIZE. LAST ANALYZED. SIZE OS TABLE IN DATABLOCK. Habilitar tracing enquanto cria listener em seu banco voce consegue pegar a informação adicional de todo Oracle Net connection COLOCAR O BANCO EM AUTOMATIC UNDO MANAGEMENT - SETAR ARAMENTRO DE INICIALIZAÇÃO UNDO_MANAGEMENT = AUTO - SETAR PARAMENTRO UNDO_MANAGEMENT com o nome da undotablespace ERRO ADAPTER COULD NOT ESTABLISH THE CONECTION - nome do serviço nao esta correto para usar o database grid control 10g voce deve configurar dois componentes oracle enteprise manager repository oracle enteprise manager database control usando o rman voce pode backup do banco em mounted backup de datablocks usados in beig backup up backup online, real/write data files com banco open

3 Backup somente de data blocks que foram mudados após antigo backup Emum processo de recuperação de instancia, redo logo files roll foword usando redo logo files Usuário apagou linhas de uma tabela para recuperar use - Use conventionalincremental exporte and import objeto afetado - Use Tablespace Point in Time Recovery TSPITR metodo para recuperar a tabela e dados. - ao fazer um backup incremental nivel 0 voce backupeia todos os data blocks usados. - a deletar um backup de uma tablespace será deletado fisicamente no os e o backup é removido do recovery catalog - addm analisa automaticamente antes todo awr snapshots - Privilegio para conectar a banco restrito e dar select em tabelas de outro usuário voce deve ter privilégio de RESOURCE_ROLE e SYSOPER PRIVILEGE para conectar conexoes em outro listener se um listener não esa respondendo voce ativa Enabled connect time failover ao perder control file, inicie a instancia em modo nomount, recrie control file usando create control file. Spanshot to OLD acontece quando um alonga consulta esta rodando e requer uma leitura consistente de imagem Ao adicionar nova tablespace voce pode : Adicionar uma de Undo, Adicionar uma com locally managed tablespace, Adicionat uma como dictionary managed tablespace. MMAN processo de background do ADM usado para corrdenar o tamanho das memorias dos componentes Dbms_rls.add_policy possui : dbms_rls.shared_static Dbms_rls.shared_context_sensitive Quando voce notificar que uma tablespace critica chegou a 75% de seu espaço voce deve definir um warning threshold para tablepace in 75% no database control Vantagem de se aumentar o tempo de retenção de undo em um banco de dados é para ler consistencia para long runing transaction Para deletar uma baseline metrics use DBMS_WORKLOAD_REPOSITORY.DROP_BASELINE procedure Tablespaces que pode ser colocadas offline PROD(atual), USERS, SYSAuX Para aumentar session limit cpu use profile designado a usuário No modo mount voce pode habilitar e desabilitar log archiving.

4 Destinação de ArchiveLog - maximo de 10 diferentes destinos podem conter - A destinação pode ser local ou remota usando standyby database Quando usuario é criado sem especificar tablespace e cria uma tabela, esta tabela é armazenada na default permantent tablespace Se seu banco perdeu performance devido ao aumento frequente de checkpoints faça make teh changes as per devide givem MTTR Para evitar overhead tabelas Mova tabelas em automatic segment space management tablespace Backup consistente NOARCHIVELOG e trabalhando com database dowtime pode ser tolerado. Decorar status do redo log ao perder um membro do redo log seu status fica como INVALIDO Alertlog ao ser apagado acidentalmente o oracle recia-o automaticamente Um arquivo temporario na tablespace temp locally managed foi excluido via sistema operacional e para recuperar essa tablespace tem que drop e recreate database Em modo archivelog, se uma tablespace nao critica for colocada offline para recuperala uma reucperação de midia será requerida para trazer a tablespace novamente. TABLESPACE temp, index e sysaux datafiles podem ser recuperados em um recover TABLASPACE que podem ser colocadas somente leitura são PROD e USER *** ENTENDER MELHOR NA CRIAÇÃOD E USUÁRIOS ESQUEMA DE TABLESPACE QUE ELE RECEBE ***** CONNECT Instancia):1521(porta listener) /mydb(service name) V$ CONTROLFILE VIEW QUE CONSULTA SE ESTA FALTANDO CONTROLFILE Multiplexar control files usando SPFILE 1 configurar control_file paramentro 2 shutdown database 3 copiar controlfile nova localização 4 restartar a instancia INSTALLACTIONS.LOG LOG GERADO DURANTE A INSTALAÇÃO

5 Sga_target pode aumentar o valor da sga_max_size Aumentar o valor da sga_target distribuindo o aumento de memoria autotuned componentes CASO O LISTENER SEJA STOPADO, AS SESSÕES NÃO CAIRÃO E CONTINUARÃO A TRABALHAR NORMALMENTE ESTRUTURAS LÓGICAS DE BANCO- - É POSSIVEL TABLESPACES COM DIFERENTES TAMANHOS DE BLOCOS EM DB - DATA BLOCK É A MENO INIDADE DE I/O PARA DATA FILES - TODO SEGMENTO CONTEM UM OU MAIS EXTENS~PES SYSTEM-CRITICAL DATAFILES EM ARCHIVELOG PODEM SERE RECUPERADOS ATÉ O ULTIMO COMMIT TRANSACTION Modo archivie - pode-se gfazer completo backup de banco mesmo com banco fechado - todos os backups anteriores serão invalidos após configurar o banco em archive ** detalhar mais funções de ADDM, SQL TUNING ADIVISOR, SQL ACCES ADIVIDOR, AWV ETC SHUDOTN NO BANCO SE PERDER QUALQUER CONTROL FILE DAR PRIVILÉGIO SYSDBA A USUÁRIO - SET UP A USER IN THE ORACLE APPLICARION SERVER CONTAINERS FOR J2EE(OC4J) USER MANAGER, AND GRAND DE WEBDBA ROLE TO USER FALHA DO LGWR ao escrever em um membro MEMBRO É MARCADO COMO STALE E UM ERRO É ESCRITO NO ALERT LOG LGWR CONTINUA ESCREVENDO NORMAL, E IGNORA ESTE GRUPO Big file - tablespace pode conter somente 1 big file - segmento adminsitrado automaticamente se a flash area estourar o tamanho para backups faça - diminua o tempo de retenção para arquivos - back up the flash recovery area DBCA NAO FAZ CONEEXÃO DE REDE REMOTA Tabelas temporárias - Lock dml nunca são requeridos - Indices e views podem ser criadas - São criadas por usuários de temporary tablespaces Criar replica de banco - use dbca para criar um template de um banco que contenha a estrutura com data files e use o mesmo template para criar outro banco em outra localização

6 erro snapshot too old - habuilitar retention quaranteee for the undo tablespace - aumentar o tamanho de undo tablespace UNDO TABLESPACE - Rollback a transaction - Recuperar transações com falhas FASTA_START_MTTR_TARGET = 0 - Automatic tuning of check point será desabilitado Criar um novo listener voce precisa Protocolo usado pelo listener Server name onde o listener esta rodando Porta usada pelo listener SELECT_CATALOG_ROLE temque ser habilitada explicitamente TRACE_DUMP_FILE = paramentro que localiza aonde os arquivos de trace_file são armazenados TRUNCAR TABELA - na gera dados de undo - gera hwm - indices tbm são truncados trace file possui um sql script para recriar um control file rman somente blocks de dados usados podem ser backipiados archived redo logo files são backupiados vc possui uma constraint com initially immediate, voce desaiva esta constranint o que acontece : Inser, update e dele são prevenidos, até o ativamento da constraint Falha se alguma linha violar a constraint ADDM Roda após todo AWR snapshot coletado O resultado do addm é marmazenado no AWR PACKAGE BODY não pode criar witout pacjage specification Podem ser compiladas e recompiladas memso com packege specification invalid Listener configurado como static database registration - O listener não é configurado na porta default 1521 e a instancia não é fonfigurada para registrar nenhuma porta default - O oracle enterprise manager é usado para monitorar Oracle91 database FLASHBACK - VOCE PODE USAR PARA

7 o DROP TABLE EMPLYERS o DROP USER SMITH Instancia dinamicamente registrada com um lisntener l2 - Make na entrei for l2 in tnsnames.pra on de server - Ser de local_listener paramenter do l2 dinamicamente CREATE TABLESPACE USERS - DATAFILES SÃO CRIADOS COM NOMES PELA ISNTANCIA - PODE SER EXTENDIDA ESPECIFICANDO DATAFILE Fine-grained-auditing FGA Audit trail é armazenado em FGA_LOG$ FGA habilita sql predicade FGA inclui sql statementes usado por usuário como parte da auditoria Indice BITMAP = It as a bitmap segment for each distinct value in the key coluns, containing a string os bits in wich each bit represents the presence os abscene os a key colun value = it updating the key colun locs de whole bitmap segmente thao contains de bit fot the key value to be update sobre a sga - SHARED POOL E DEFAUL BUFFER POOL NÃO PODEM TER TAMANHO MENOR QUE 32 E 100 MB RESPECTIVAMENTE MB(256 minus 132) de memoria disponivel para uso manualmente e automaticamente o tamanho dos componentes NOARCHIVELOG todos os controlfiles foram perdidos devido a falha de disco mas os datafiles não... - A isntancia é abortada - O banco pode ser restauradp até o ponto do ultimo backup fechado. Considerações tamanho de undo tablespace - tamanho do undo block - valor do undo_retentation - Undo blocks ggerados por segundo

Sumário. Capítulo 2 Conceitos Importantes... 32 Tópicos Relevantes... 32 Instance... 33 Base de Dados... 36 Conclusão... 37

Sumário. Capítulo 2 Conceitos Importantes... 32 Tópicos Relevantes... 32 Instance... 33 Base de Dados... 36 Conclusão... 37 7 Sumário Agradecimentos... 6 Sobre o Autor... 6 Prefácio... 13 Capítulo 1 Instalação e Configuração... 15 Instalação em Linux... 15 Instalação e Customização do Red Hat Advanced Server 2.1... 16 Preparativos

Leia mais

Crash recovery é similar ao instance recovery, onde o primeiro referencia ambientes de instância exclusiva e o segundo ambientes parallel server.

Crash recovery é similar ao instance recovery, onde o primeiro referencia ambientes de instância exclusiva e o segundo ambientes parallel server. Recover no Oracle O backup e recuperação de dados em um SGBD é de grande importância para a manutenção dos dados. Dando continuidade a nossos artigos, apresentamos abaixo formas diferentes de se fazer

Leia mais

Backup On-line. 1 de 6. Introdução

Backup On-line. 1 de 6. Introdução 1 de 6 Backup On-line Introdução O Backup do banco de dados nada mais é que a cópia dos arquivos necessários para recupera-los em caso de perda do mesmo no menor tempo possível. Isso pode ser devido à

Leia mais

Carga Horária 40 horas. Requisitos Servidor Oracle 10G Ferramenta para interação com o banco de dados

Carga Horária 40 horas. Requisitos Servidor Oracle 10G Ferramenta para interação com o banco de dados Oracle 10g - Workshop de Administração I Objetivos do Curso Este curso foi projetado para oferecer ao participante uma base sólida sobre tarefas administrativas fundamentais. Neste curso, você aprenderá

Leia mais

Aula 2 Arquitetura Oracle

Aula 2 Arquitetura Oracle Aula 2 Arquitetura Oracle Instancia Oracle Uma instância Oracle é composta de estruturas de memória e processos. Sua existência é temporária na memória RAM e nas CPUs. Quando você desliga a instância em

Leia mais

Oracle 10g ASM. Implementando o Automatic Storage Management

Oracle 10g ASM. Implementando o Automatic Storage Management Oracle 10g ASM Implementando o Automatic Storage Management Automatic Storage Management de clusters a máquinas multiprocessadas distribui o I/O entre os recursos elimina o balanceamento manual de I/O

Leia mais

A instância fica alocada na memória compartilhada (shared memory) e é a combinação do System Global Area (SGA) com os processos background Oracle.

A instância fica alocada na memória compartilhada (shared memory) e é a combinação do System Global Area (SGA) com os processos background Oracle. ESTRUTURAS DE ARMAZENAMENTO Instance Na instância são executados processos e espaços em memória, estes permitem ao Oracle cumprir com seu papel de manter a integridade, confidencialidade e disponibilidade

Leia mais

Pedro F. Carvalho Analista de Sistemas contato@pedrofcarvalho.com.br www.pedrofcarvlho.com.br ADMINISTRANDO A INSTÂNCIA

Pedro F. Carvalho Analista de Sistemas contato@pedrofcarvalho.com.br www.pedrofcarvlho.com.br ADMINISTRANDO A INSTÂNCIA ADMINISTRANDO A INSTÂNCIA Os tres componentes (instância, Listener e opcionalmente o DataBase Control) tem seus próprios utilitários de linha de comando que podem ser usados para inicialização, ou, uma

Leia mais

Pedro F. Carvalho Analista de Sistemas contato@pedrofcarvalho.com.br. RMAN: Ambiente de backup

Pedro F. Carvalho Analista de Sistemas contato@pedrofcarvalho.com.br. RMAN: Ambiente de backup RMAN: Ambiente de backup Olá amigos! Após algumas séries de colunas explicando os conceitos e modos que o RMAN pode trabalhar, iremos aprender a utilizar essa ferramenta para auxiliar os serviços administrativos

Leia mais

*O RDBMS Oracle é um sistema de gerenciamento de banco de dados relacional.

*O RDBMS Oracle é um sistema de gerenciamento de banco de dados relacional. Arquitetura Oracle e seus componentes Hoje irei explicar de uma forma geral a arquitetura oracle e seus componentes. Algo que todos os DBA s, obrigatoriamente, devem saber de cabo a rabo. Vamos lá, e boa

Leia mais

Advanced IT S/A. EM10g Grid Control. Introdução. Introdução. Agenda. Como alcança estes objetivos Grid Control Home Page Pode gerenciar:

Advanced IT S/A. EM10g Grid Control. Introdução. Introdução. Agenda. Como alcança estes objetivos Grid Control Home Page Pode gerenciar: Agenda Advanced IT S/A EM10g Grid Control Denise Cunha Advanced IT S/A - DBA Gerenciando Deployments (distribuições) Estendendo o EM Sistema de Jobs Start e Stop do EM Objetivos Extrair informações críticas

Leia mais

Banco de Dados Oracle. Faculdade Pernambucana - FAPE

Banco de Dados Oracle. Faculdade Pernambucana - FAPE Faculdade Pernambucana - FAPE Visão Geral dos Componentes Principais da Arquitetura Oracle Servidor Oracle É o nome que a Oracle deu ao seu SGBD. Ele consiste de uma Instância e um Banco de Dados Oracle.

Leia mais

UNINOVE Tec. Adm. e Des. de Sistemas. Administracão de Banco de Dados. ORACLE Backup / Recovery AULA 11

UNINOVE Tec. Adm. e Des. de Sistemas. Administracão de Banco de Dados. ORACLE Backup / Recovery AULA 11 UNINOVE Tec. Adm. e Des. de Sistemas Administracão de Banco de Dados ORACLE Backup / Recovery AULA 11 Prof. MsC. Eng. Marcelo Bianchi AULA 09 A ARQUITETURA DO ORACLE O conhecimento da arquitetura Oracle

Leia mais

Novidades Oracle 11g. Rio Grande Energia - RGE

Novidades Oracle 11g. Rio Grande Energia - RGE Novidades Oracle 11g Daniel Güths Rio Grande Energia - RGE 1 Agenda Oracle Database 11g new features SQL e PL/SQL new features Performance e gerenciamento de recursos Gerenciamento de mudanças Gerenciamento

Leia mais

Quando se seleciona os modos OS ou XML, arquivos são criados com os registros de auditoria, eles se localizam parâmetro audit_file_dest.

Quando se seleciona os modos OS ou XML, arquivos são criados com os registros de auditoria, eles se localizam parâmetro audit_file_dest. Auditoria é a habilidade do banco de dados Oracle poder gerar logs de auditoria (XML, tabelas, arquivos de SO, ) em atividades suspeitas do usuário, como por exemplo: monitorar o que um determinado usuário

Leia mais

TREINAMENTO. Apresentação. Objetivos. Dados Principais. Tecnologia Abordada Oracle Databese 11g

TREINAMENTO. Apresentação. Objetivos. Dados Principais. Tecnologia Abordada Oracle Databese 11g Apresentação Dados Principais Combinando quinze dias em 60 horas de conteúdo, o treinamento para os DBAs Oracle gerenciam os sistemas de informação mais avançados do setor e têm alguns dos maiores salários

Leia mais

Universidade Federal de Mato Grosso-UFMT Sistemas de Informação Laboratório de Banco de Dados Prof. Clóvis Júnior. Áreas de Trabalho (Tablespace)

Universidade Federal de Mato Grosso-UFMT Sistemas de Informação Laboratório de Banco de Dados Prof. Clóvis Júnior. Áreas de Trabalho (Tablespace) Universidade Federal de Mato Grosso-UFMT Sistemas de Informação Laboratório de Banco de Dados Prof. Clóvis Júnior Áreas de Trabalho (Tablespace) Estruturado Bancode Dados Estruturas de Memória Instância

Leia mais

Conversão de ambientes

Conversão de ambientes Conversão de ambientes Single File System RAC ASM Backup + Restore + Conversão + Recovery ORIGEM DESTINO : BANCO DE DADOS ORACLE SINGLE EM FILESYSTEM NATIVO : BANCO DE DADOS ORACLE ORACLE RAC EM ASM Na

Leia mais

As principais estruturas são a SGA (System Global Area ou Área Global do Sistema) e a PGA (Program Global Area ou Área Global de Programa).

As principais estruturas são a SGA (System Global Area ou Área Global do Sistema) e a PGA (Program Global Area ou Área Global de Programa). ARQUITETURA ORACLE O conhecimento da arquitetura interna do ORACLE é de extrema importância para a compreensão das técnicas de otimização do produto. Basicamente, os seus mecanismos de execução são as

Leia mais

P R E F Á C I O A UNIÃO FAZ A FORÇA

P R E F Á C I O A UNIÃO FAZ A FORÇA P R E F Á C I O G de grid. Fazer mais com menos. Essa é a grande promessa por trás da Grid Computing, a nova arquitetura de aplicativos desenvolvida pela Oracle. Lançada oficialmente no Brasil em 20 de

Leia mais

Guia de Referência Rápida Administração de Bancos de Dados Oracle - Abstratos Tecnologia

Guia de Referência Rápida Administração de Bancos de Dados Oracle - Abstratos Tecnologia Objetivo O objetivo deste guia é tão somente o de servir como referência, um lembrete, da sintaxe dos comandos de administração de bancos de dados Oracle mais usuais. Sendo assim ele não tem o objetivo

Leia mais

Oracle Database 11g: Novos Recursos para Administradores

Oracle Database 11g: Novos Recursos para Administradores Oracle Database 11g: Novos Recursos para Administradores Course O11NFA 5 Day(s) 30:00 Hours Introduction Este curso de cinco dias oferece a você a oportunidade de conhecer e fazer exercícios com os novos

Leia mais

2015.1- INF1340 - BD2. SGBD Grupo: Amanda Christian Gustavo

2015.1- INF1340 - BD2. SGBD <Oracle> Grupo: Amanda Christian Gustavo SGBD Grupo: Amanda Christian Gustavo Breve Histórico Larry Ellison e amigos fundam a SDL(Software Development Laboratories) Primeira versão do oracle (Oracle V1) foi desenvolvida mas nunca lançada

Leia mais

RMAN - utilização e considerações como ferramenta de backup

RMAN - utilização e considerações como ferramenta de backup Fundação de Estudos Sociais do Paraná ISET Curso de Especialização em Administração de Banco de Dados Oracle 9i RMAN - utilização e considerações como ferramenta de backup Aluno: Milton Bastos Henriquis

Leia mais

um mecanismo, chamado de perfil, para controlar o limite desses recursos que o usuário pode

um mecanismo, chamado de perfil, para controlar o limite desses recursos que o usuário pode 1 ADMINISTRAÇÃO DE USUÁRIOS NO SGBD ORACLE 11G JUVENAL LONGUINHO DA SILVA NETO 1 IREMAR NUNES DE LIMA 2 Resumo: Este artigo apresenta como criar, modificar e excluir usuários, privilégios, atribuições

Leia mais

Guia de procedimentos de backups

Guia de procedimentos de backups Guia de procedimentos de backups Sumário Sobre o guia 3... 4 Procedimentos de backup do banco de dados Oracle... 5 Backup lógico... 6 Backup físico... 7 Envio de backup... para fita 9 2 3 Sobre o guia

Leia mais

Oracle Performance Diagnostics & Tuning Ricardo Portilho Proni

Oracle Performance Diagnostics & Tuning Ricardo Portilho Proni Oracle Performance Diagnostics & Tuning Ricardo Portilho Proni Mitificação Métodos antigos o o o o o o Experiência Intuição Imprecisão Tempo Sorte Recursos Top Tuning Verificar maior consumidor de CPU

Leia mais

Pedro F. Carvalho Analista de Sistemas contato@pedrofcarvalho.com.br www.pedrofcarvlho.com.br AULA 16 RECOVERY

Pedro F. Carvalho Analista de Sistemas contato@pedrofcarvalho.com.br www.pedrofcarvlho.com.br AULA 16 RECOVERY AULA 16 RECOVERY O RMAN (Recovery Manager) é a ferramenta Oracle, parte integrante do banco de dados, que permite a execução de backups do banco de dados Oracle e, principalmente, a recuperação de dados

Leia mais

Instalação RAC10g em Linux

Instalação RAC10g em Linux Instalação RAC10g em Linux Humberto Corbellini humberto.corbellini@advancedit.com.br Agenda Visão Geral Storage compartilhado Hardware utilizado Sistema operacional Configuração de rede Drivers e opções

Leia mais

Treinamento. DBA Oracle 11g. Duração: 120 horas

Treinamento. DBA Oracle 11g. Duração: 120 horas Treinamento DBA Oracle 11g Duração: 120 horas Neste curso no primeiro módulo (Introdução ao Oracle 11g SQL e PL_SQL) é oferecido um curso introdutório à tecnologia do banco de dados Oracle 11g. Também

Leia mais

Lendas do Oracle. Ricardo Portilho Proni ricardo@nervinformatica.com.br. TITLE Speaker

Lendas do Oracle. Ricardo Portilho Proni ricardo@nervinformatica.com.br. TITLE Speaker TITLE Speaker Lendas do Oracle Ricardo Portilho Proni ricardo@nervinformatica.com.br Esta obra está licenciada sob a licença Creative Commons Atribuição-SemDerivados 3.0 Brasil. Para ver uma cópia desta

Leia mais

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO DE BANCO DE DADOS

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO DE BANCO DE DADOS CURSO DE ADMINISTRAÇÃO DE BANCO DE DADOS ADMINISTRAÇÃO DE BANCO DE DADOS... 4 DEFINIÇÕES PRELIMINARES... 4 HISTÓRIA... 4 TAREFAS DO ADMINISTRADOR DE BANCO DE DADOS:... 5 Instalar o SGBD... 5 Implementar

Leia mais

Pedro F. Carvalho Analista de Sistemas contato@pedrofcarvalho.com.br www.pedrofcarvlho.com.br. CAPITULO 14 e 15 BACKUPS NO ORACLE

Pedro F. Carvalho Analista de Sistemas contato@pedrofcarvalho.com.br www.pedrofcarvlho.com.br. CAPITULO 14 e 15 BACKUPS NO ORACLE CAPITULO 14 e 15 BACKUPS NO ORACLE Um assunto muito pouco abordado entre os profissionais Oracle, e que sempre causa estresse e problemas quando necessário, é a eficiência da estratégia de backup & recover

Leia mais

Oracle Backup & Recovery 9iR1 ao 11gR2

Oracle Backup & Recovery 9iR1 ao 11gR2 Oracle Backup & Recovery 9iR1 ao 11gR2 Ricardo Portilho Proni ricardo@nervinformatica.com.br Esta obra está licenciada sob a licença Creative Commons Atribuição-SemDerivados 3.0 Brasil. Para ver uma cópia

Leia mais

Cada banco de dados Oracle possui uma lista de usuários válidos, identificados por USERNAMES.

Cada banco de dados Oracle possui uma lista de usuários válidos, identificados por USERNAMES. SEGURANÇA DE USUÁRIOS Cada banco de dados Oracle possui uma lista de usuários válidos, identificados por USERNAMES. Todos os usuários são cadastrados no Dicionário de Dados do Banco em tabelas e views

Leia mais

Analista de Sistemas S. J. Rio Preto SP 2009

Analista de Sistemas S. J. Rio Preto SP 2009 Obs : Desculpe os erros de português e digitação, pois essa lista de estudo foi realizada no cansaço e em altas horas da madrugada REVISÃO DE QUESTÕES TÓPICO ORACLE_HOME ORACLE_BASE Oracle_home%/rdbms/admin

Leia mais

Real Application Cluster (RAC)

Real Application Cluster (RAC) Real Application Cluster (RAC) Anderson Haertel Rodrigues OCE RAC 10g anderson.rodrigues@advancedit.com.br AdvancedIT S/A RAC? Oracle RAC é um banco de dados em cluster. Como assim? São vários servidores

Leia mais

Pedro F. Carvalho Analista de Sistemas contato@pedrofcarvalho.com.br www.pedrofcarvlho.com.br AULA 12 MANUTENÇÃO DE BANCO DE DADOS

Pedro F. Carvalho Analista de Sistemas contato@pedrofcarvalho.com.br www.pedrofcarvlho.com.br AULA 12 MANUTENÇÃO DE BANCO DE DADOS AULA 12 MANUTENÇÃO DE BANCO DE DADOS Estatisticas de Objetos Nível de Tabela DBA_TABLES Numero de Linhas de uma Tabela Numero de Blocos(usados e nunca usados) alocados para a tabela A quantidade de espaço

Leia mais

Backups no Oracle. Comparação de três módulos para backup online de bancos de dados Oracle. Máquina de clonar

Backups no Oracle. Comparação de três módulos para backup online de bancos de dados Oracle. Máquina de clonar Comparação de três módulos para backup online de bancos de dados Oracle Máquina de clonar Soluções centralizadas para cópias de segurança poupam tempo, dinheiro e espaço. Bancos de dados também podem ser

Leia mais

Disaster Recovery para SAP utilizando BusinessShadow

Disaster Recovery para SAP utilizando BusinessShadow Disaster Recovery para SAP utilizando BusinessShadow Agenda Projeto de Disaster Recovery (DR) Principais Arquiteturas de DR para SAP Utilizando BusinessShadow para DR do SAP Credenciais e Contatos Agenda

Leia mais

Servidores SQL - SQL SERVER 7.0 e Oracle

Servidores SQL - SQL SERVER 7.0 e Oracle Servidores SQL - SQL SERVER 7.0 e Oracle SQL SERVER O SQL Server é um sistema de gerenciamento de banco de dados cliente/servidor de alto desempenho com alta integração com o Windows NT. Suas características

Leia mais

BACKUP E ALTA DISPONIBILIDADE

BACKUP E ALTA DISPONIBILIDADE BACKUP E ALTA DISPONIBILIDADE Dayse Soares Santos Clailson S. D. de Almeida RESUMO O artigo relata sobre a importância do backup da base de dados de um sistema, a escolha do tipo de armazenamento a ser

Leia mais

Oracle Zero Downtime Migration (com Golden Gate)

Oracle Zero Downtime Migration (com Golden Gate) Oracle Zero Downtime Migration (com Golden Gate) Ricardo Portilho Proni ricardo@nervinformatica.com.br Esta obra está licenciada sob a licença Creative Commons Atribuição-SemDerivados 3.0 Brasil. Para

Leia mais

PL/SQL Developer. Solução para Ambiente de Desenvolvimento Integrado Oracle

PL/SQL Developer. Solução para Ambiente de Desenvolvimento Integrado Oracle Solução para Ambiente de Desenvolvimento Integrado Oracle PL/SQL Developer é um ambiente de desenvolvimento integrado (IDE) que foi especialmente destinado ao desenvolvimento de programas armazenados em

Leia mais

TRANSAÇÕES. Considerando que estes comandos fazem parte de uma TRANSAÇÃO (veremos como indicar isso):

TRANSAÇÕES. Considerando que estes comandos fazem parte de uma TRANSAÇÃO (veremos como indicar isso): TRANSAÇÕES 1. Visão Geral Uma transação é uma unidade lógica de trabalho (processamento) formada por um conjunto de comandos SQL cujo objetivo é preservar a integridade e a consistência dos dados. Ao final

Leia mais

BANCO DE DADOS: SQL. Edson Anibal de Macedo Reis Batista. 27 de janeiro de 2010

BANCO DE DADOS: SQL. Edson Anibal de Macedo Reis Batista. 27 de janeiro de 2010 BANCO DE DADOS: SQL UERN - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte. Departamento de Ciências da Computação. 27 de janeiro de 2010 índice 1 Introdução 2 3 Introdução SQL - Structured Query Language

Leia mais

TRANSAÇÃO. Reconstrução ( recovery ) BANCO DE DADOS 2. Tipos de falhas (1) Tipos de falhas (2) Princípios

TRANSAÇÃO. Reconstrução ( recovery ) BANCO DE DADOS 2. Tipos de falhas (1) Tipos de falhas (2) Princípios BANCO DE DADOS TRANSAÇÃO Reconstrução ( recovery ) Idéia básica Em algum momento no tempo, todo sistema computacional apresentará uma falha. Prof. Edson Thizon O SGBD deve incorporar mecanismos de proteção

Leia mais

www.en-sof.com.br SOLUÇÕES PARA CONTINUIDADE DO NEGÓCIO

www.en-sof.com.br SOLUÇÕES PARA CONTINUIDADE DO NEGÓCIO SOLUÇÕES PARA CONTINUIDADE DO NEGÓCIO 1 Soluções Oracle Voltadas à Continuidade dos Negócios Luciano Inácio de Melo Oracle Database Administrator Certified Oracle Instructor Bacharel em Ciências da Computação

Leia mais

ANEXO TÉCNICO PROCEDIMENTOS PARA EXECUÇÃO DE SCRIPTS EM BANCO DE DADOS DO GEMCO ANYWHERE

ANEXO TÉCNICO PROCEDIMENTOS PARA EXECUÇÃO DE SCRIPTS EM BANCO DE DADOS DO GEMCO ANYWHERE ANEXO TÉCNICO PROCEDIMENTOS PARA EXECUÇÃO DE SCRIPTS EM BANCO DE DADOS DO GEMCO ANYWHERE. Introdução Este manual aborda os procedimentos para atualização de bancos de dados do sistema Gemco. A atualização

Leia mais

Linguagem de Consulta Estruturada SQL- DML

Linguagem de Consulta Estruturada SQL- DML Linguagem de Consulta Estruturada SQL- DML INTRODUÇÃO A SQL - Structured Query Language, foi desenvolvido pela IBM em meados dos anos 70 como uma linguagem de manipulação de dados (DML - Data Manipulation

Leia mais

Procedimento de Configuração. Database Mirroring. SQL Server

Procedimento de Configuração. Database Mirroring. SQL Server Procedimento de Configuração Database Mirroring SQL Server 1 Sumário 1. Histórico do Documento 3 2. Introdução 4 3. Requisitos Mínimos 4 4. Modos de operação do Database Mirroring 5 5. Configurando o Database

Leia mais

CA ARCserve Backup para Windows

CA ARCserve Backup para Windows CA ARCserve Backup para Windows Guia do Agente para Oracle r16.5 A presente documentação, que inclui os sistemas de ajuda incorporados e os materiais distribuídos eletronicamente (doravante denominada

Leia mais

Migrando para OpenEdge 10. Regis Martins Ezipato Sr Solution Engineer

Migrando para OpenEdge 10. Regis Martins Ezipato Sr Solution Engineer Migrando para OpenEdge 10 Regis Martins Ezipato Sr Solution Engineer Façam as perguntas durante a apresentação 2 Visão Geral Versão 7.2A 8.2A 8.3A 9.0A 9.1A 10.0A 10.1A Quando Passado distante Passado

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS DE GERENCIAMENTO

ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS DE GERENCIAMENTO Universidade Federal de Pernambuco Graduação em Ciência da Computação Centro de Informática ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS DE GERENCIAMENTO DE BANCO DE DADOS: UM ESTUDO NO ORACLE 10G TRABALHO DE GRADUAÇÃO Aluno:

Leia mais

NOMES: Leonardo Claro Diego Lage Charles Tancredo Márcio Castro

NOMES: Leonardo Claro Diego Lage Charles Tancredo Márcio Castro NOMES: Leonardo Claro Diego Lage Charles Tancredo Márcio Castro O MySQL Cluster é versão do MySQL adaptada para um ambiente de computação distribuída, provendo alta disponibilidade e alta redundância utilizando

Leia mais

Oracle Database em High Availability usando Microsoft Windows Clusters Server (MSCS) e Oracle Fail Safe

Oracle Database em High Availability usando Microsoft Windows Clusters Server (MSCS) e Oracle Fail Safe Oracle Database em High Availability usando Microsoft Windows Clusters Server (MSCS) e Oracle Fail Safe Objetivos: Apresentar conceitos do Microsoft Windows Clusters Server Apresentar a arquitetura do

Leia mais

Tópicos Avançados em Banco de Dados Espaços de Tabelas, Arquivos de Dados e Arquivos de Controle. Prof. Hugo Souza

Tópicos Avançados em Banco de Dados Espaços de Tabelas, Arquivos de Dados e Arquivos de Controle. Prof. Hugo Souza Tópicos Avançados em Banco de Dados Espaços de Tabelas, Arquivos de Dados e Arquivos de Controle Prof. Hugo Souza Após abordarmos os componentes lógicos, em uma síntese de dependências gradativas, vamos

Leia mais

Noções de. Microsoft SQL Server. Microsoft SQL Server

Noções de. Microsoft SQL Server. Microsoft SQL Server Noções de 1 Considerações Iniciais Basicamente existem dois tipos de usuários do SQL Server: Implementadores Administradores 2 1 Implementadores Utilizam o SQL Server para criar e alterar base de dados

Leia mais

Oracle Backup & Recovery 9iR1 ao 12cR1

Oracle Backup & Recovery 9iR1 ao 12cR1 Oracle Backup & Recovery 9iR1 ao 12cR1 Ricardo Portilho Proni ricardo@nervinformatica.com.br Esta obra está licenciada sob a licença Creative Commons Atribuição-SemDerivados 3.0 Brasil. Para ver uma cópia

Leia mais

ARQUIVOS DE CONFIGURAÇAO ZIM 8.50

ARQUIVOS DE CONFIGURAÇAO ZIM 8.50 ZIM TECHNOLOGIES DO BRASIL ARQUIVOS DE CONFIGURAÇAO ZIM 8.50 Próx Antes de Iniciar Este documento detalha os arquivos de configuração da versão Zim 8.50 para Unix/WIndows. Você também deve consultar as

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO ORACLE

ADMINISTRAÇÃO ORACLE BANCO DE DADOS ADMINISTRAÇÃO ORACLE Prof. Marcos Alexandruk SUMÁRIO INTRODUÇÃO 03 ORACLE 9i SERVER: OVERVIEW 05 ARQUITETURA FÍSICA 08 ARQUITETURA LÓGICA 16 SEGMENTOS 25 TRANSAÇÕES 27 SEGMENTOS DE ROLLBACK

Leia mais

BI: Um estudo de Oracle MÉLODY BALLOUARD (MAMB)

BI: Um estudo de Oracle MÉLODY BALLOUARD (MAMB) BI: Um estudo de Oracle MÉLODY BALLOUARD (MAMB) Roteiro Introdução Motivação Objetivos Historico Conceitos Arquitetura Estado da arte Exemplos Referências Introdução Quantidade infinita de dados Ferramentas

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO DE BANCO DE DADOS

ADMINISTRAÇÃO DE BANCO DE DADOS ADMINISTRAÇÃO DE BANCO DE DADOS ARTEFATO 02 AT02 Diversos I 1 Indice ESQUEMAS NO BANCO DE DADOS... 3 CRIANDO SCHEMA... 3 CRIANDO TABELA EM DETERMINADO ESQUEMA... 4 NOÇÕES BÁSICAS SOBRE CRIAÇÃO E MODIFICAÇÃO

Leia mais

SQL Introdução ao Oracle

SQL Introdução ao Oracle SQL Introdução ao Oracle Estagiários: Daniel Feitosa e Jaqueline J. Brito Sumário Modelo de armazenamento de dados Modelo físico Modelo lógico Utilizando o SQL Developer Consulta de Sintaxe Sumário Modelo

Leia mais

CA ARCserve Backup para Windows

CA ARCserve Backup para Windows CA ARCserve Backup para Windows Guia do Agente para Oracle r16 A presente documentação, que inclui os sistemas de ajuda incorporados e os materiais distribuídos eletronicamente (doravante denominada Documentação),

Leia mais

PostgreSQL. www.postgresql.org. André Luiz Fortunato da Silva Analista de Sistemas CIRP / USP alf@cirp.usp.br

PostgreSQL. www.postgresql.org. André Luiz Fortunato da Silva Analista de Sistemas CIRP / USP alf@cirp.usp.br PostgreSQL www.postgresql.org André Luiz Fortunato da Silva Analista de Sistemas CIRP / USP alf@cirp.usp.br Características Licença BSD (aberto, permite uso comercial) Multi-plataforma (Unix, GNU/Linux,

Leia mais

Manual de Instalação e Configuração

Manual de Instalação e Configuração e Configuração MyABCM 4.0 Versão 4.00-1.00 2 Copyright MyABCM. Todos os direitos reservados Reprodução Proibida Índice Introdução... 5 Arquitetura, requisitos e cenários de uso do MyABCM... 7 Instalação

Leia mais

Banco de Dados Oracle 10g: Introdução à Linguagem SQL

Banco de Dados Oracle 10g: Introdução à Linguagem SQL Oracle University Entre em contato: 0800 891 6502 Banco de Dados Oracle 10g: Introdução à Linguagem SQL Duração: 5 Dias Objetivos do Curso Esta classe se aplica aos usuários do Banco de Dados Oracle8i,

Leia mais

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO POSEAD. Curso Banco de Dados. Resenha Crítica: Backup e Recovery Aluno: Wilker Dias Maia

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO POSEAD. Curso Banco de Dados. Resenha Crítica: Backup e Recovery Aluno: Wilker Dias Maia PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO POSEAD Curso Banco de Dados Resenha Crítica: Backup e Recovery Aluno: Wilker Dias Maia Brasília 2012 SUMÁRIO 1- INTRODUÇÃO... 3 2- DESCRIÇÃO DO ASSUNTO... 4 2.1- Estrutura fisica

Leia mais

Nome do curso. Administração de Banco de Dados DBA ORACLE. Objetivos. Objetivos Gerais. Objetivos Específicos. Público Alvo

Nome do curso. Administração de Banco de Dados DBA ORACLE. Objetivos. Objetivos Gerais. Objetivos Específicos. Público Alvo Nome do curso Administração de Banco de Dados DBA ORACLE Objetivos Objetivos Gerais Aperfeiçoar o profissional da área de Banco de Dados e TI (Tecnologia da Informação), demonstrando conceitos de modelagem

Leia mais

DO BÁSICO AO AVANÇADO PARA MANIPULAÇÃO E OTIMIZAÇÃO DE DADOS. Fábio Roberto Octaviano

DO BÁSICO AO AVANÇADO PARA MANIPULAÇÃO E OTIMIZAÇÃO DE DADOS. Fábio Roberto Octaviano DO BÁSICO AO AVANÇADO PARA MANIPULAÇÃO E OTIMIZAÇÃO DE DADOS Fábio Roberto Octaviano Controlando Acesso dos Usuários Após o término do Capítulo: Diferenciar privilégios de sistema e privilégios de objetos.

Leia mais

André Milani. Novatec

André Milani. Novatec André Milani Novatec Sumário Agradecimentos...19 Sobre o autor...21 Prefácio...23 Capítulo 1 Bem-vindo ao PostgreSQL...25 1.1 O que é o PostgreSQL?...25 1.1.1 História do PostgreSQL...26 1.1.2 Licença

Leia mais

ANEXO 9 DO PROJETO BÁSICO DA FERRAMENTA DE MONITORAMENTO, SEGURANÇA E AUDITORIA DE BANCO DE DADOS

ANEXO 9 DO PROJETO BÁSICO DA FERRAMENTA DE MONITORAMENTO, SEGURANÇA E AUDITORIA DE BANCO DE DADOS ANEXO 9 DO PROJETO BÁSICO DA FERRAMENTA DE MONITORAMENTO, SEGURANÇA E AUDITORIA DE BANCO DE DADOS Sumário 1. Finalidade... 2 2. Justificativa para contratação... 2 3. Premissas para fornecimento e operação

Leia mais

Histórico de revisões

Histórico de revisões Histórico de revisões Data Versão Descrição Autor 13/11/2009 1.0 Criação da primeira versão HEngholmJr CONTEÚDO Passos para a instalação do SQL Server O MS SQL Server Conceitos relacionais Bancos de dados

Leia mais

ORACLE 11 G INTRODUÇÃO AO ORACLE, SQL,PL/SQL. Carga horária: 32 Horas

ORACLE 11 G INTRODUÇÃO AO ORACLE, SQL,PL/SQL. Carga horária: 32 Horas ORACLE 11 G INTRODUÇÃO AO ORACLE, SQL,PL/SQL Carga horária: 32 Horas Pré-requisito: Para que os alunos possam aproveitar este treinamento ao máximo, é importante que eles tenham participado dos treinamentos

Leia mais

Consulting Tecnologia & Sistemas Ltda www.consulting.com.br

Consulting Tecnologia & Sistemas Ltda www.consulting.com.br Por Edson Almeida Junior Março 2006 Ultima Atualização 11/04/2006 2 ÍNDICE INTRODUÇÃO... 4 BANCO DE DADOS RELACIONAL... 4 CONCEITOS... 4 SQL - LINGUAGEM DE PESQUISA ESTRUTURADA... 5 OUTROS CONCEITOS DE

Leia mais

Sumário. Recuperação de Falhas

Sumário. Recuperação de Falhas Sumário 1 Processamento de Consultas 2 Introdução a Transações 3 Recuperação de Falhas 4 Controle de Concorrência 5 Banco de Dados Distribuído Recuperação de Falhas Garantia de atomicidade e durabilidade

Leia mais

Sumário Agradecimentos... 19 Sobre.o.autor... 20 Prefácio... 21 Capítulo.1..Bem-vindo.ao.MySQL... 22

Sumário Agradecimentos... 19 Sobre.o.autor... 20 Prefácio... 21 Capítulo.1..Bem-vindo.ao.MySQL... 22 Sumário Agradecimentos... 19 Sobre o autor... 20 Prefácio... 21 Capítulo 1 Bem-vindo ao MySQL... 22 1.1 O que é o MySQL?...22 1.1.1 História do MySQL...23 1.1.2 Licença de uso...23 1.2 Utilizações recomendadas...24

Leia mais

CA ARCserve Backup para Windows

CA ARCserve Backup para Windows CA ARCserve Backup para Windows Guia do Agente para Oracle r12.5 Esta documentação (denominada "Documentação") e o programa de computador relacionado (denominado "Software"), mencionados nas partes que

Leia mais

Live Show Gerenciamento de Ambientes. Danilo Bordini (http://blogs.technet.com/dbordini ) Rodrigo Dias (http://blogs.technet.

Live Show Gerenciamento de Ambientes. Danilo Bordini (http://blogs.technet.com/dbordini ) Rodrigo Dias (http://blogs.technet. Live Show Gerenciamento de Ambientes Danilo Bordini (http://blogs.technet.com/dbordini ) Rodrigo Dias (http://blogs.technet.com/rodias) Live Show! Vocês são do Time! Período do Evento Final de Semana Durante

Leia mais

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Administração de Banco de Dados - Oracle

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Administração de Banco de Dados - Oracle Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Administração de Banco de Dados - Oracle Apresentação O programa de Pós-graduação Lato Sensu em Administração de Banco de Dados tem por fornecer conhecimento

Leia mais

Histórico de revisões

Histórico de revisões Apostila 3 Histórico de revisões Data Versão Descrição Autor 30/09/2011 1.0 Criação da primeira versão HEngholmJr CONTEÚDO Exclusão de registros Consultas por Dados de Resumo Group by / Having Funções

Leia mais

--------------------------------------------------------------------------------------- SERVIÇOS WINDOWS 2000

--------------------------------------------------------------------------------------- SERVIÇOS WINDOWS 2000 --------------------------------------------------------------------------------------- SERVIÇOS WINDOWS 2000 2000S/2000P O Win2000 utiliza Serviços para realizar algumas tarefas. Eles são bastante úteis

Leia mais

BANCO DE DADOS. info 3º ano. Prof. Diemesleno Souza Carvalho diemesleno@iftm.edu.br www.diemesleno.com.br

BANCO DE DADOS. info 3º ano. Prof. Diemesleno Souza Carvalho diemesleno@iftm.edu.br www.diemesleno.com.br BANCO DE DADOS info 3º ano Prof. Diemesleno Souza Carvalho diemesleno@iftm.edu.br www.diemesleno.com.br Na última aula estudamos Unidade 4 - Projeto Lógico Normalização; Dicionário de Dados. Arquitetura

Leia mais

PostgreSQL 8.0. Diogo Biazus

PostgreSQL 8.0. Diogo Biazus PostgreSQL 8.0 Diogo Biazus PostgreSQL 7.X Totalmente ACID MVCC Tipos e operadores customizáveis Diversas linguagens procedurais Hot backup Código aberto (BSD) Facilidade de extensão PL/pgSQL, PL/Python,

Leia mais

Restauração do Exchange Server.

Restauração do Exchange Server. Restauração do Exchange Server. Considerações Iniciais Como visto anteriormente, não há maiores dificuldades na configuração de backups de um banco Exchange. Reservam-se à restauração as operações mais

Leia mais

Desmistificando Replicação no PostgreSQL

Desmistificando Replicação no PostgreSQL Desmistificando Replicação no PostgreSQL Euler Taveira Timbira - A empresa brasileira de PostgreSQL 09 de novembro de 2012 Apresentação Euler Taveira Desenvolvedor PostgreSQL Líder do PostgreSQL Brasil

Leia mais

Tecnologia de Grid Computing utilizando Banco de Dados Oracle

Tecnologia de Grid Computing utilizando Banco de Dados Oracle IV Congresso Brasileiro de Computação CBComp 2004 Brasil Tecnologia de Grid Computing utilizando Banco de Dados Oracle C. H. P. de Oliveira FIAP - Faculdade de Informática e Administração Paulista, Brasil,

Leia mais

Alta concorrência com PostgreSQL

Alta concorrência com PostgreSQL Alta concorrência com PostgreSQL ou Fazendo uma manada de elefantes passar debaixo da porta Fábio Telles Rodriguez Timbira - A empresa brasileira de PostgreSQL 09 de novembro de 2012 Agenda Sobre o que

Leia mais

CA ARCserve Backup. Visão geral

CA ARCserve Backup. Visão geral INFORME DE PRODUTO: CA ARCSERVE BACKUP R12.5 CA ARCserve Backup CA ARCSERVE BACKUP, O PRODUTO DE ALTA PERFORMANCE, LÍDER DA INDÚSTRIA DE PROTEÇÃO DE DADOS, COMBINA TECNOLOGIA INOVADORA DE ELIMINAÇÃO DE

Leia mais

Tópicos. Atualizações e segurança do sistema. Manutenção Preventiva e Corretiva de Software (utilizando o MS Windows XP)

Tópicos. Atualizações e segurança do sistema. Manutenção Preventiva e Corretiva de Software (utilizando o MS Windows XP) teste 1 Manutenção Preventiva e Corretiva de Software (utilizando o MS Windows XP) Rafael Fernando Diorio www.diorio.com.br Tópicos - Atualizações e segurança do sistema - Gerenciamento do computador -

Leia mais

Essencial Guia do administrador do Oracle-Database 11g R2-, administrador do MySQL e do administrador do Oracle Linux Guia R7 in Portuguese

Essencial Guia do administrador do Oracle-Database 11g R2-, administrador do MySQL e do administrador do Oracle Linux Guia R7 in Portuguese Essencial Guia do administrador do Oracle-Database 11g R2-, administrador do MySQL e do administrador do Oracle Linux Guia R7 in Portuguese Desenvolvido por Nam Nguyen Essential Administrator's Guide Oracle-Database-11g

Leia mais

Análise de Relatórios AWR / Statspack 9iR2 a 12cR1

Análise de Relatórios AWR / Statspack 9iR2 a 12cR1 Análise de Relatórios AWR / Statspack 9iR2 a 12cR1 Ricardo Portilho Proni ricardo@nervinformatica.com.br Esta obra está licenciada sob a licença Creative Commons Atribuição-SemDerivados 3.0 Brasil. Para

Leia mais

Manual de Instalação e Configuração

Manual de Instalação e Configuração e Configuração MyABCM 4.2 Versão 4.20-1.00 2 Copyright MyABCM. Todos os direitos reservados Reprodução Proibida Índice Introdução... 5 Arquitetura, requisitos e cenários de uso do MyABCM... 7 Instalação

Leia mais

Criando um banco de dados

Criando um banco de dados Após ter projetado o banco de dados, você pode criá-lo utilizando a interface ou com a linguagem. É possível que você queira adicionar tabelas existentes ao banco de dados e depois modificá-las para aproveitar

Leia mais

Formação Oracle Completa

Formação Oracle Completa PROPOSTA COMERCIAL Formação Oracle Completa Proposta PR140505 140505-01 5 de Maio de 2014 05/05/14 Dextraining Treinamentos em TI Página 1 de 14 1 A Dextraining A Dextra foi fundada em 1995, já com a missão

Leia mais

Banco de Dados Oracle 11g: Visão geral do Real Application Testing e da capacidade de gerenciamento. White paper Oracle Junho de 2007

Banco de Dados Oracle 11g: Visão geral do Real Application Testing e da capacidade de gerenciamento. White paper Oracle Junho de 2007 Banco de Dados Oracle 11g: Visão geral do Real Application Testing e da capacidade de gerenciamento White paper Oracle Junho de 2007 Observação: Este texto tem a finalidade de descrever o direcionamento

Leia mais

Oracle Database 11g com Alta Disponibilidade. Um artigo técnico da Oracle Junho de 2007

Oracle Database 11g com Alta Disponibilidade. Um artigo técnico da Oracle Junho de 2007 Oracle Database 11g com Alta Disponibilidade Um artigo técnico da Oracle Junho de 2007 Oracle Database 11g com Alta Disponibilidade Introdução... 2 Causas do Tempo Inativo... 2 Proteção contra Falha do

Leia mais

APOSTILA BANCO DE DADOS INTRODUÇÃO A LINGUAGEM SQL

APOSTILA BANCO DE DADOS INTRODUÇÃO A LINGUAGEM SQL 1. O que é Linguagem SQL 2. Instrução CREATE 3. CONSTRAINT 4. ALTER TABLE 5. RENAME TABLE 6. TRUCANTE TABLE 7. DROP TABLE 8. DROP DATABASE 1 1. O que é Linguagem SQL 2. O SQL (Structured Query Language)

Leia mais

Arquitetura de BDs Distribuídos. Victor Amorim - vhca Pedro Melo pam2

Arquitetura de BDs Distribuídos. Victor Amorim - vhca Pedro Melo pam2 Victor Amorim - vhca Pedro Melo pam2 Arquitetura de BDs Distribuídos Sistemas de bds distribuídos permitem que aplicações acessem dados de bds locais ou remotos. Podem ser Homogêneos ou Heterogêneos: Homogêneos

Leia mais