PROCESSO SELETIVO 2015

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PROCESSO SELETIVO 2015"

Transcrição

1 GABARITO NÍVEL 1 2º Dia 28/09/2014 INSTRUÇÕES 1 SÓ ABRA ESTE CADERNO QUANDO AUTORIZADO PELO FISCAL. 2 Escreva o número de sua inscrição e assine seu nome no espaço reservado abaixo. 3 Após autorização, verifique se este caderno está completo e se há imperfeições gráficas. Neste caso, solicite ao fiscal a troca do mesmo. 4 Este caderno contém (60) sessenta questões. 5 As questões deverão ser respondidas com caneta esferográfica de tinta preta, no respectivo Cartão de Respostas. 6 O tempo de duração da prova de hoje é de 4h, incluída a leitura dos avisos. 7 AO TERMINAR, ENTREGUE O CARTÃO RESPOSTA PARA O FISCAL DE SALA. NOME: Nº INSCRIÇÃO: TURMA: PROCESSO SELETIVO 2015

2 INFORMAÇÕES IMPORTANTES GABARITO PRELIMINAR Segunda-feira dia 29/09/2014 às 13h. GABARITO OFICIAL Quarta-feira dia 01/10/2014 às 13h. RESULTADO Sexta-feira dia 03/10/2014 às 13h. UNIDADE MARISTA UNIDADE BUENO

3 CÓDIGOS, LINGUAGENS E SUAS TECNOLOGIAS Língua Portuguesa QUESTÃO 01 A jabuticaba só nasce mesmo no Brasil? Em seu discurso de agradecimento pelo prêmio de Economista do ano em 2003, Pérsio Arida, um dos idealizadores do Plano Real, utilizou um argumento inusitado para justificar a taxa de juros de equilíbrio de 8% ao ano no Brasil. Certas coisas são iguais à jabuticaba, só ocorrem no Brasil, explicou ele na época. Rapidamente, jornalistas e intelectuais passaram a citar a frase como parte da chamada Teoria da Jabuticaba, com o objetivo de explicar em seus textos o porquê de alguns fenômenos só acontecerem no Brasil. Se nas Ciências Humanas a tal teoria parece fazer sucesso, do ponto de vista biológico ela está equivocada. Quem garante isso é o pesquisador da APT (Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios) Eduardo Suguino que tratou de derrubar alguns mitos sobre a ocorrência do famoso fruto. A jabuticaba pode até ser nativa do Brasil, mas não ocorre só aqui, explicou. Ela já apareceu em países como Argentina e México em sua forma natural. Ainda de acordo com Suguino, a jabuticabeira pode ser cultivada em qualquer canto do planeta. Como se trata de uma planta propagada por semente, são necessárias apenas três condições para que ela se desenvolva: água, oxigênio e calor. Mesmo assim, ele faz questão de ponderar sobre a suposta universalidade do tradicional vegetal. Apesar de possuir essa capacidade de ser cultivada em qualquer lugar, a jabuticabeira pode ser prejudicada por alguns fatores ambientais, afirma. Depois, o pesquisador ainda forneceu exemplos de casos em que o vegetal pode sofrer danos. Se levar um exemplar para a Europa durante o inverno, ele dificilmente sobreviverá fora de um vaso ou de ambiente protegido. (Disponível em com.br. Acesso em Adaptado) Leia o trecho retirado do último parágrafo do texto: Apesar de possuir essa capacidade de ser cultivada em qualquer lugar, a jabuticabeira pode ser prejudicada por alguns fatores ambientais. Assinale a alternativa correta em que o termo em destaque pode ser substituído sem prejuízo de sentido. a) Como possui essa capacidade de ser cultivada em qualquer lugar, a jabuticabeira pode ser prejudicada por alguns fatores ambientais. b) De modo que possua essa capacidade de ser cultivada em qualquer lugar, a jabuticabeira pode ser prejudicada por alguns fatores ambientais. c) A fim de possuir essa capacidade de ser cultivada em qualquer lugar, a jabuticabeira pode ser prejudicada por alguns fatores ambientais. d) Visto que possui essa capacidade ser cultivada em qualquer lugar, a jabuticabeira pode ser prejudicada por alguns fatores ambientais. e) Ainda que possua essa capacidade de ser cultivada em qualquer lugar, a jabuticabeira pode ser prejudicada por alguns fatores ambientais. QUESTÃO 02 O nada que é Um canavial tem a extensão ante a qual todo metro é vão. Tem o escancarado do mar que existe para desafiar que números e seus afins possam prendê-lo nos seus sins. Ante um canavial a medida métrica é de todo esquecida, porque embora todo povoado povoa-o o pleno anonimato que dá esse efeito singular: de um nada prenhe como o mar. (João Cabral de Melo Neto. Museu de tudo e depois, 1988.) Nos versos iniciais do poema Um canavial tem a extensão / ante a qual todo metro é vão., metro é concebido como a) forma ineficaz de se medir a extensão de um canavial. b) forma de se medir corretamente um canavial. c) meio de se dizer mais de um canavial do que só sua extensão. d) tradução subjetiva da extensão de um canavial. e) meio de se medir a extensão de um canavial com precisão. QUESTÃO 03 Dois quadros Na seca inclemente do nosso Nordeste, O sol é mais quente e o céu mais azul E o povo se achando sem pão e sem veste, Viaja à procura das terras do Sul. De nuvem no espaço, não há um farrapo, Se acaba a esperança da gente roceira, Na mesma lagoa da festa do sapo, Agita-se o vento levando a poeira. ABC do Nordeste flagelado O Outro tem opinião de deixar mãe, deixar pai, porém para o Sul não vai, procura outra direção. Vai bater no Maranhão onde nunca falta inverno; outro com grande consterno deixa o casebre e a mobília e leva a sua família pra construção do governo. Disponível em: Acesso em: 23 abr (fragmento). Os Textos I e II são de autoria do escritor nordestino Patativa do Assaré, que, em sua obra, retrata de forma bastante peculiar os problemas de sua região. Esses textos têm em comum o fato de abordarem a) a falta de esperança do povo nordestino, que se deixa vencer pela seca. b) a dúvida de que a ajuda do governo chegará ao povo nordestino. c) o êxodo do homem nordestino à procura de melhores condições de vida. d) o sentimento de tristeza do povo nordestino devido à falta de chuva. e) o sofrimento dos animais durante os longos períodos de estiagem. QUESTÃO 04 Poema Encontrado por Thiago de Mello No Itinerário de Pasárgada Vênus luzia sobre nós tão grande, Tão intensa, tão bela, que chegava A parecer escandalosa, e dava Vontade de morrer. Manuel Bandeira 1

4 No poema, o conectivo que introduz uma oração com ideia de a) causa. b) consequência. c) concessão. d) modo. e) finalidade. QUESTÃO 07 Do texto, abaixo, é possível concluir que o termo chatear foi usado: QUESTÃO 05 A graça da tira decorre: a) da existência de ruído na comunicação efetuada pela esposa Helga e não entendida pelo amigo Ed Sortudo. b) de uma fala inabitual de Helga que, ao dirigir-se diretamente ao próprio marido, refere-se às qualidades de uma terceira pessoa. c) do não entendimento de um discurso ambíguo bastante comum, no qual se dirige à própria pessoa, questionando-a como se fosse uma outra. d) da diferença do nível de linguagem usado pelo emissor para se dirigir aos interlocutores, fato que fez sugerir a existência de dois maridos. e) da dificuldade de compreensão, por parte do amigo Ed Sortudo, devido aos traços de infor malidade no discurso de Helga. a) De maneira ambígua, sem nenhuma pista que possa ajudar na busca dos sentidos do termo. b) De forma figurada, exemplificando unicamente a polissemia da linguagem. c) Com o sentido literal do termo, ocasionando uma redundância. d) Com mais de um sentido, cuja alteração se faz perceber pelos recursos linguísticos e visuais que servem de pistas para o entendimento do texto. e) De forma equivocada, pois não existe um destinatário declarado a quem se dirige a mensagem. QUESTÃO 08 QUESTÃO 06 O último quadrinho permite pressupor que a) Garfield não gosta de nenhuma verdura que Jon lhe oferece. b) Liz não é uma companhia agradável para Garfield. c) Todo animal de estimação gosta da companhia do dono. d) A companhia de Jon é tão desagradável quanto brócolis. e) Garfield não entende os motivos que uniram Jon e Liz. No anúncio publicitário, a relação estabelecida entre texto verbal e não-verbal ocorre, respectivamente, por meio da associação entre a) a apresentação da necessidade de buscar respostas sustentáveis e a referência à produção de energia eólica. b) a referência ao Brasil do amanhã e a representação de uma alternativa para a preservação da água. c) a alusão ao futuro próspero do Brasil e a imagem do mar com fartura de peixes. d) a referência às respostas sustentáveis e a sugestão de uma alternativa para impedir a pesca predatória. e) a referência ao Brasil do amanhã e a representação do país submerso no mar. 2

5 QUESTÃO 09 O dia em que seremos para sempre Vivemos esperando Dias Melhores pra sempre Dias Melhores pra sempre... (Jota Quest) O Texto I difere do Texto II na: a) constatação de que a dor e o medo não podem ser superados. b) exaltação da dor e do medo como parte da vida. c) expressão de esperança de dias melhores. d) rejeição da aceitação passiva da dor e do medo. e) assimilação da dor e do medo. As propagandas fazem uso de diferentes recursos para garantir o efeito apelativo, isto é, o convencimento do público em relação ao que apresentam. O cartaz da campanha promovida pelo Ministério da Saúde utiliza vários recursos, verbais e não verbais, como estratégia persuasiva, dentre os quais se destaca a) a ligação estabelecida entre as palavras hábito e hemocentro, explorando a ideia de frequência. b) a relação entre a palavra corrente, a imagem das pessoas de mãos dadas e a mão estendida ao leitor. c) o emprego da expressão Um grande ato, despertando a consciência das pessoas para o sentimento de solidariedade. d) a apresentação da imagem de pessoas saudáveis, estratégia adequada ao público-alvo da campanha. e) a associação entre o grande número de pessoas no cartaz e o número de pessoas que precisam receber sangue em nosso país. QUESTÃO 10 Texto I O sol Ei dor... eu não te escuto mais, Você, não me leva a nada. Ei medo... eu não te escuto mais, Você, não me leva a nada. E se quiser saber pra onde eu vou, Pra onde tenha sol, é pra lá que eu vou É pra lá que eu vou... Ei dor... eu não te escuto mais Você não me leva a nada Ei medo... eu não te escuto mais Você não me leva a nada E se quiser saber pra onde eu vou Pra onde tenha sol, é pra lá que eu vou É pra lá que eu vou... E se quiser saber pra onde eu vou Pra onde tenha sol, é pra lá que eu vou É pra lá que eu vou... (Jota Quest) Texto II Dias Melhores Vivemos esperando dias melhores Dias de Paz Dias a Mais Dias que não deixaremos para trás Vivemos esperando O dia em que seremos melhores Melhores no Amor Melhores na Dor Melhores em Tudo Vivemos esperando QUESTÃO 11 O leão e a raposa Um 11 leão envelhecido, 1 não podendo mais procurar alimento por sua própria conta, julgou que devia arranjar um jeito de fazer isso. E, então, foi a uma caverna, deitou-se e se fingiu de doente. Dessa forma, quando 8 recebia a visita de outros 13 animais, ele 4 os pegava e 5 os comia. Depois que muitas 14 feras 6 já tinham morrido, uma 12 raposa, ciente da armadilha, parou a 9 certa distância da caverna e perguntou ao leão como ele estava. Como ele 2 respondesse: Mal! e lhe 3 perguntasse 10 por que ela não entrava, disse a raposa: Ora, eu entraria 7 se não visse marcas de muitos entrando, mas de ninguém saindo. Esopo - escritor grego do século VI a.c. Considere as seguintes afirmações: I. O texto é uma fábula, pois, a partir de uma pequena história envolvendo animais, há uma lição a ser tirada dos fatos relatados. II. No texto há a representação de estereótipos do comportamento humano: o leão, representando a velhice e o poder; e a raposa, representando a esperteza. III. O texto apresenta na breve narrativa um conflito que evidencia uma oposição de interesses, levando a história para sua conclusão. Assinale: a) se apenas as alternativas I e II estiverem corretas. b) se apenas as alternativas I e III estiverem corretas. c) se apenas as alternativas II e III estiverem corretas. d) se todas as alternativas estiverem corretas. e) se nenhuma das alternativas estiver correta. QUESTÃO 12 Assinale a alternativa correta. a) O fragmento não podendo mais procurar alimento por sua própria conta (ref. 1) apresenta a causa da decisão assumida pelo leão. b) A narrativa contém apenas discurso indireto, aquele em que o narrador faz uma paráfrase da fala dos personagens. c) O uso do subjuntivo em respondesse (ref. 2) e perguntasse (ref. 3) denota a mesma ideia de hipótese presente em O que você faria se ganhasse na loteria?. d) O pronome os (ref. 4 e 5), nas duas ocorrências, evidencia que a relação de coesão é estabelecida com elemento que será apresentado no texto apenas após os pronomes. e) A partícula já (ref. 5) denota temporalidade relacionada exatamente a um momento presente, como em Faça isso já, agora mesmo!. 3

6 Leia o texto: L.E.M. Inglês CONTENTS Introduction Fishing Crossing the River Two Mothers A Drink for Crow Which Flower? The Clever Bride The Sticks of the Truth Three Rosebushes The Cleverest Son Working the Field The Guilty Stone Dividing the Horses One Word Solves a Mistery Heaven and Hell Resource Notes SHANNON, G. Stories to solve folktales from around the world. New York: Beech Tree Books, p. 5. This is Juan Uribe. He s from Madrid in Spain but he lives in Argentina. He is an actor. Mr Uribe is 23 years old. He works for TV ARGENTINA. He also studies; he studies Journalism at the Federal University of Argentina. Mr Uribe cannot sing or dance but he can play the violin very well. He loves classical music and he listens to it every day from 5:10 am to 8:45am every morning. After this he has fruit juice for breakfast and goes to university. Mr Uribe is a very good student. He speaks Spanish, Portuguese, and English. Mr Uribe lives in a flat. His flat number is 133, on the 1st floor. Mr Uribe loves Spanish food but he doesn t like Argentine food. He loves milk caramels but he doesn t like chocolate. He doesn t smoke. QUESTÃO 17 Restringindo-se ao sumário, qual das idéias apresentadas pode ser prevista em relação aos respectivos títulos? a) Crossing the River relata um evento que acabou de acontecer. b) The Clever Bride desenvolve a história de uma noiva tola. c) The Cleverest Son coloca uma personagem em igualdade com outras. d) The Guilty Stone aborda o caso de um objeto humanizado. e) One Word Solves a Mistery conta um dos mistérios das palavras. QUESTÃO 18 Observe o texto a seguir: QUESTÃO 13 Sobre o Sr. Uribe, é incorreto dizer que: a) Ele adora música clássica. b) Ele é europeu, mas atualmente se encontra na América do Sul. c) Toca violino muito bem. d) Ele não canta nem dança muito bem. e) Ele odeia a comida de sua terra natal. QUESTÃO 14 Marque a única alternativa que afirma o que Juan Uribe NÃO é ou faz: a) É Espanhol b) Trabalha para uma emissora de TV. c) Poliglota. d) É cozinheiro. e) É um estudante de jornalismo. QUESTÃO 15 Marque a alternativa na qual a função do pronome reflexivo não está correta: a) He himself cooked this wonderful dinner. (função enfática) b) We hurt ourselves with a sharp knife. (função reflexiva) c) The boys saw the rock star himself. (função idiomática) d) We live in that old house by ourselves. (função idiomática) e) You should help yourself with some cola. (função reflexiva) QUESTÃO 16 Marque a alternativa que possua somente pronomes pessoais do caso objeto : a) Mary loves Kennedy, but she never talked to him. b) We are not married. c) Could you help us, please? d) I never talk to myself when I m sleeping. e) Give me Peter s phone number, please. NEWSWEEK, U.S. Aug. 8, 2005, p. 2. Analisando-se as linguagens verbal e não-verbal do texto, depreende- -se que a) a morte de inocentes em atentados à bomba é destaque em jornal londrino. b) um suspeito dos ataques terroristas em Londres foi identificado pela Scotland Yard. c) os britânicos exigem punição do chefe da polícia de Londres, por erro cometido. d) a política de segurança da Scotland Yard é criticada pelos britânicos. e) a Scotland Yard reprimiu uma manifestação contra as novas diretrizes antiterroristas. Analise o sumário a seguir do livro Stories to solve folktales from around the world. 4

7 HUMANIDADES E SUAS TECNOLOGIAS História QUESTÃO 19 Sobre o período da História do Brasil denominado República Velha, leia e analise as proposições abaixo: Imagem disponível em: com.br/2011/05/web-quest.html. Acesso em: 1 out I. A figura do coronel era muito comum durante os anos iniciais da República, principalmente nas regiões do interior do Brasil. O coronel era um grande fazendeiro que utilizava seu poder econômico para garantir a eleição dos candidatos que apoiava. II. O período que vai de 1889 a 1930 é conhecido como a República Velha. Este período da História do Brasil é marcado pelo domínio político das elites agrárias paulistas e gaúchas. III. A República Velha foi marcada pelo governo de presidentes civis, ligados à cultura da cana de açúcar. Assinale a alternativa CORRETA. a) Apenas a proposição III é verdadeira. b) Apenas as proposições II e III são verdadeiras. c) Apenas as proposições I e III são verdadeiras. d) Apenas a proposição I é verdadeira. e) As proposições I, II e III são verdadeiras. QUESTÃO 20 O populismo, modelo de ação política registrado no Brasil, entre as décadas de 30 e 60 do século XX, caracterizou-se por a) adotar o socialismo como base ideológica, sendo, por essa razão, olhado com desconfiança pelos países capitalistas da América e da Europa. b) abrir espaço político para a expressão de líderes populares, usando a legislação trabalhista para garantir o apoio das massas urbanas. c) garantir ampla liberdade à organização sindical, criando organismos destinados à participação simultânea de representantes das classes trabalhadoras e do empresariado. d) manter o protecionismo sobre a economia brasileira, evitando a entrada do capital estrangeiro e o estabelecimento de contratos com empresas e tecnologias externas. e) estabelecer governos autoritários, cancelando a vigência das Constituições, fechando o Congresso e impondo um sistema eleitoral meramente simbólico. QUESTÃO 21 Entre os anos de 1983 e 1984, o movimento Diretas Já tomou conta das ruas em várias cidades brasileiras. Colocando- se contra uma das medidas impostas pela ditadura militar que vigorava no país desde 1964, esse movimento pretendia a) implantar a negociação salarial direta entre patrões e sindicatos de trabalhadores. b) garantir o pleno direito de defesa dos acusados de crimes políticos no Brasil. c) estancar a dívida externa com o pagamento dos juros devidos ao Banco Mundial. d) garantir a liberdade dos exilados políticos em seu retorno ao território brasileiro. e) restaurar o sistema de eleições diretas para o cargo de Presidente da República. QUESTÃO 22 A máquina a vapor desenvolvida por James Watt ( ) não só revolucionou o mundo da indústria mas também o do transporte, pois permitiu o desenvolvimento das estradas de ferro e de navios a vapor mais velozes. Em 1775, com o apoio financeiro de um industrial, Watt iniciou a fabricação de suas máquinas, aperfeiçoando-as e adaptando-as a todo tipo de uso. A indústria têxtil inglesa começava a mecanizar-se e, graças a novas invenções, inclusive às máquinas de Watt, a produção inglesa cresceu consideravelmente. (sapientia.pucsp.br//tde_busca/arquivo. php?codarquivo=7935. Acesso em: Adaptado) É correto afirmar que o desenvolvimento da tecnologia mencionada no texto a) levou à redução da escala produtiva nas indústrias e diminuiu as jornadas de trabalho. b) ampliou o conhecimento científico, mas trouxe prejuízos econômicos para a Inglaterra. c) ficou restrito às áreas das fábricas, tendo pouca influência no cotidiano das populações. d) agilizou as redes de comunicação e de transporte, contribuindo com outros setores industriais. e) foi um fenômeno isolado numa época em que houve baixos índices de inovação tecnológica. QUESTÃO 23 Durante a Primeira Guerra Mundial ( ), observa-se um certo desenvolvimento na incipiente indústria brasileira. Podemos afirmar que este conflito favoreceu a aceleração do processo de industrialização brasileiro porque: a) Houve um grande desenvolvimento na indústria de bens de produtos duráveis e de bens de capital. b) O Brasil desenvolve a indústria de bens não duráveis como produtos têxteis e alimentos, inaugurando o processo de substituição de importações. c) Através de negociações com os governos aliados o Brasil conseguiu acordos favoráveis à criação de empresas estatais. d) O governo brasileiro inaugura uma nova fase econômica dando total apoio a indústria e criando um projeto de industrialização com bases nacionais. e) Desenvolveu-se no Brasil uma indústria de base fornecendo máquinas e equipamentos para os países aliados. QUESTÃO 24 A charge acima, de autoria desconhecida, foi publicada em Ela se refere ao tratado assinado naquele ano pela Alemanha e a União Soviética, que 5

8 a) assegurou a aliança militar entre os dois países durante a Segunda Guerra Mundial e a partição da Polônia. b) consagrou o apoio bélico dos dois países aos fascistas na Guerra Civil Espanhola e ampliou a influência política alemã no leste europeu. c) impediu a eclosão de guerra aberta entre os dois países e freou o avanço militar nazi-fascista na Europa. d) determinou a nova divisão política do leste europeu, no período posterior à Segunda Guerra Mundial, e consolidou a hegemonia soviética na região. e) estabeleceu a intensificação dos laços comerciais e o compromisso de não-agressão mútua entre os dois países. Geografia QUESTÃO 25 O Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) propôs objetivos para ações globais que beneficiem as populações mais carentes do planeta. Sobre esses objetivos ( 8 Jeitos de Mudar o Mundo, conforme o quadro abaixo), assinale a alternativa INCORRETA. Fonte: a) As questões sociais são abordadas na maioria dos Objetivos do Milênio. b) A questão econômica tem como princípio a cooperação entre países desenvolvidos e países subdesenvolvidos. c) O desenvolvimento sustentável foi excluído dos Objetivos do Milênio, pois somente países desenvolvidos podem exercê-lo. d) A questão ambiental, segundo o PNUD, está associada à melhoria das condições sociais. e) O desenvolvimento econômico está diretamente ligado a educação básica e de qualidade para todos. QUESTÃO 26 O Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) é um ranking de qualidade de vida, elaborado pelas Nações Unidas, que mede o progresso de um povo. São alternativas que confirmam essa idéia, EXCETO: a) aos indicadores utilizados na elaboração do índice é atribuído peso igual. b) quanto mais perto de 1, mais o grau de bem-estar da população se eleva. c) o nível de instrução é o indicador que tem revelado grande contraste entre os países desenvolvidos e subdesenvolvidos. d) a expectativa de vida é indicador do IDH definido pela renda per capita do país. e) Renda per capita não é um fator confiável de análise pois não considera a concentração de renda do país. QUESTÃO 27 As desigualdades sociais materializam-se na paisagem urbana. Quanto maiores forem as disparidades entre os diferentes grupos e as classes sociais, maiores serão as disparidades de moradia, acesso aos serviços públicos e qualidade de vida. Um bairro habi- tado por população pobre pode oferecer oportunidades de melhoria da qualidade de vida caso os serviços públicos de educação, saúde, transporte coletivo, entre outros, funcionem de forma adequada. FONTE: MOREIRA, J. C.; SENE, E. de. Geografia para o ensino médio: Geografia Geral e do Brasil. São Paulo: Scipione, p. 99. De acordo com o texto e com os seus conhecimentos, julgue as afirmações abaixo: I. A sociedade precisa organizar-se para melhorar o seu cotidiano e reivindicar os seus direitos, visando diminuir as desigualdades sociais e a exclusão social. II. Para a melhoria do cotidiano, a sociedade deve organizar-se com vistas à transformação da cidade em um condomínio fechado, com infra-estrutura de segurança, lazer e saúde. III. As políticas públicas ligadas a construção de moradias populares nem sempre se preocupam com a implantação da rede de infra- -estrutura e serviços. Marque a alternativa CORRETA: a) Apenas a afirmação I é verdadeira. b) Apenas as afirmações II e III são verdadeiras. c) Apenas as afirmações I e II são verdadeiras. d) Apenas as afirmações I e III são verdadeiras. e) As afirmações I,II e III são verdadeiras. QUESTÃO 28 Designa a tendência atual das grandes empresas a delegar parte de seu poder a filiais espalhadas pelos quatro cantos do mundo. Com efeito, para melhorar sua competitividade, as multinacionais confiam suas filiais a administradores autônomos, mais aptos a perceber as especificidades locais nos métodos de gestão e produção. A definição apresentada refere-se: a) À homogeneização do mundo do trabalho. b) À globalização. c) Ao fordismo. d) Aos ciclos de Kondratieff. e) A urbanização internacional acompanhada de industrialização. QUESTÃO 29 A globalização da economia se consolidou nas duas últimas décadas do século XX e ficou conhecida como a nova ordem mundial. É correto afirmar que esse processo: a) teve por base o fluxo rápido das mercadorias geradas pelo processo produtivo, em que o capital financeiro desempenha um papel secundário. b) induziu à formação de blocos econômicos, como uma estratégia dos países pobres para obter vantagens na nova ordem mundial. c) desestimulou a formação de blocos econômicos mundiais, por tender à fragmentação da economia. d) fez surgir um mundo multipolar, cujo padrão de poder é essencialmente econômico e tecnológico. e) reduziu as distâncias sociais entre as economias centrais e periféricas. QUESTÃO 30 ONDAS DE INOVAÇÃO TECNOLÓGICA DA ECONOMIA INDUSTRIAL (The Economist.) O mundo está entrando na fase da Terceira Revolução Industrial. Cada revolução industrial se distingue da outra por características próprias como o ramo típico de indústria, a fonte ou forma de energia e os meios de transporte e comunicação. 6

9 Assinale a opção que reúne características da Terceira Revolução Industrial: a) Indústria eletro-mecânica, petróleo e navegação aérea. b) Indústria têxtil, telemática e ferrovias. c) Indústria química, petróleo e rodovias. d) Microeletrônica, energia nuclear e infovias. e) Força hidráulica, navio a vapor e Indústria têxtil. CIÊNCIAS DA NATUREZA E SUAS TECNOLOGIAS Biologia QUESTÃO 31 Os biólogos chilenos Humberto Maturana e Francisco Varela veem no metabolismo a essência de algo realmente fundamental para a vida. Dão-lhe o nome de autopoiese. A autopoiese refere-se à produção contínua de si mesma pela vida. Sem o comportamento autopoético, os seres orgânicos não se sustentariam Não permaneceriam vivos. [...] Uma entidade autopoiética efetua continuamente o metabolismo; perpetua-se através da atividade química, da movimentação das moléculas. A autopoiese acarreta um gasto de energia e a produção de alimentos. Na verdade, ela é detectável pela incessante química biológica de fluxo energético, que é o metabolismo. (MARGULIS; SAGAN, 2002, p. 31). MARGULIS, Lynn & SAGAN, Dorion. O que é vida? Rio de Janeiro: Jorge Zahar, Considerando os pré-requisitos necessários para a manutenção do metabolismo celular e, dessa forma, da própria manutenção da vida, é possível afirmar: a) A atividade química presente nos compartimentos intracelulares é capaz de gerar e manter as propriedades biológicas emergentes a cada nível de organização presente nos sistemas vivos. b) A autopoiese mantém, de forma contínua, um metabolismo dependente da matéria e energia fornecidos pela ação dos decompositores sobre os resíduos que o próprio metabolismo produz. c) A autopoiese gera um gasto energético, ao induzir reações exergônicas, como a da produção de matéria orgânica nos processos fotoautotróficos presentes na biosfera. d) As cadeias tróficas mantidas através de relações ecológicas alimentares sustentam o fluxo de matéria e energia na manutenção de uma organização interna intrínseca aos sistemas vivos. e) A conversão da energia de origem solar em energia química utilizável pelos seres vivos é a essência que fundamenta e caracteriza todos os sistemas vivos autopoiéticos. QUESTÃO 32 A China contra os pardais [...] em 1958, enquanto colocava em ação seus planos para o Grande Salto à Frente, Mao deflagrou uma ampla campanha de combate aos pardais. A ave era um dos alvos da chamada Campanha das Quatro Pestes, que pretendia eliminar também os ratos, as moscas e os mosquitos, considerados inimigos públicos pelo líder chinês. Mao dizia que cada pardal, ciscando nas plantações, consumia 4 quilos de grãos por ano. [...] os chineses, então, saíram às ruas e começaram a caça aos pardais. Seus ninhos eram destruídos, os ovos quebrados e os filhotes mortos. [...] A campanha foi um retumbante fracasso. Não se levou em conta que os pardais, além de comer grãos, se alimentam também de insetos, e que uma de suas iguarias prediletas são os gafanhotos. A população de gafanhotos se multiplicou pelos campos chineses, arruinando plantações e causando desequilíbrio ao ecossistema. Revista Veja, 14/09/2011 Relacionando esse episódio com uma cadeia alimentar, é correto afirmar que a) os pardais podem ser considerados como consumidores de 1ª e de 2ª ordens. b) os ratos podem ser considerados somente como consumidores de 2ª ordem. c) os gafanhotos podem ser considerados como consumidores de 1ª e de 2ª ordens. d) o homem pode ser considerado somente como consumidor de 2ª ordem. e) todos os consumidores envolvidos podem ser considerados de 2ª ordem. QUESTÃO 33 As células que formam os organismos vivos apresentam diferentes níveis de complexidade. Considerando a célula ilustrada abaixo, o que apresentam em comum as estruturas apontadas pelas setas? Fonte: adaptado de a) envolvimento com a síntese proteica. b) capacidade de autoduplicação. c) implicação com síntese de ácidos graxos. d) habilidade de processar carboidratos. e) delimitação por membrana lipoproteica. QUESTÃO 34 Numa sala virtual, duas células batem papo. célula A pergunta: Alguém quer teclar? célula B responde: Sim, vamos. célula A pergunta: Onde você mora? célula B responde: Em quase todos os lugares que você pensar. célula B pergunta: Como vai de saúde? Seus centríolos estão bem? célula A responde: Não! Eu não tenho centríolo. célula B responde: Eu também não tenho. célula A pergunta: E as suas mitocôndrias, funcionando a todo vapor? célula B responde: Deve estar ocorrendo algum engano, pois eu não tenho mitocôndrias... célula A pergunta: Oi, você ainda está aí? Cadê você? Pelo bate-papo mantido pelas células, deu para perceber que elas não estavam se entendendo, pois eram muito diferentes. Assim, as células A e B devem pertencer, respectivamente, ao reino a) fungi e monera. b) vegetal e protoctista. c) vegetal e monera. d) monera e animal. e) protoctista e monera. 7

10 QUESTÃO 35 Bactéria pode atuar como vacina para dengue Pesquisadores anunciaram que a bactéria Wolbachia pipientis pode atuar como uma vacina para o Aedes aegypti, bloqueando a multiplicação do vírus dentro do inseto. Quando inoculamos a bactéria no Aedes aegypti, ficamos surpresos ao ver que ela, além de diminuir o tempo de vida do mosquito, também fazia com que o vírus não se desenvolvesse. A Wolbachia pipientis só pode ser transmitida verticalmente (de mãe para filho), por meio do ovo da fêmea do mosquito. Fêmeas com Wolbachia pipientis sempre geram filhotes com a bactéria no processo de reprodução. Por isso, uma vez estabelecido o método em campo, os mosquitos continuam a transmitir a bactéria naturalmente para seus descendentes, disseram os pesquisadores. (www.jb.com.br. Adaptado.) De acordo com a notícia, conclui-se corretamente que a) as fêmeas de Aedes aegypti transmitirão aos seus descendentes a resistência ao vírus da dengue, mas os machos de Aedes aegypti, filhos de fêmeas não resistentes, continuarão transmitindo o vírus da doença. b) a infecção das pessoas pelo vírus da dengue pode diminuir com o aumento, no ambiente, de Aedes aegypti infectados pela Wolbachia pipientis. c) os sintomas da doença poderão não se manifestar em pacientes com dengue, pois a Wolbachia pipientis diminui o tempo de vida dos mosquitos e não permite que o vírus se desenvolva. d) a dengue pode ser erradicada se as pessoas forem vacinadas com uma vacina produzida a partir da Wolbachia pipientis. e) a resistência ao vírus é geneticamente determinada dentre os mosquitos Aedes aegypti, uma vez que só pode ser transmitida verticalmente, de mãe para filho. QUESTÃO 36 No filo artrópoda, destacam-se três principais grupos: os crustáceos, os aracnídeos e os insetos. As principais características consideradas para essa divisão são: a organização corporal; o número de apêndices locomotores; a presença e o número de antenas, mostradas no quadro abaixo. Grupos Crustáceos Aracnídeos Insetos Organização corporal Número de apêndices locutores Número de antenas I Geralmente 5 pares Cefalotórax e abdome II Cabeça, tórax e abdome 3 pares 2 pares Ausentes III a) 5 b) 10 c) 40 d) 50 e) 60 QUESTÃO 38 A força de reação normal é uma força que surge quando existe contato entre o corpo e uma superfície, sendo definida como uma força de reação da superfície sobre a compressão que o corpo exerce sobre esta superfície. Abaixo temos quatro situações, com os respectivos diagramas de forças. Analise a representação da Força de Reação Normal (N ) em cada uma das situações. Assinale a alternativa CORRETA. a) A força de reação normal está corretamente representada em I, II e IV. b) A força de reação normal está corretamente representada em I, II e III. c) A força de reação normal está corretamente representada em I, III e IV. d) A força de reação normal está corretamente representada em II, III e IV. e) A força de reação normal está corretamente representada em todas as situações. QUESTÃO 39 Os espaços I, II e III devem ser preenchidos, correta e respectivamente, por a) cabeça, tórax e abdome; 4 pares; 1 par. b) cabeça, tórax e abdome; 4 pares; 2 pares. c) cefalotórax e abdome; 3 pares; ausentes. d) cefalotórax e abdome; 4 pares; 1 par. e) cefalotórax e abdome; 4 pares; 2 pares. Física QUESTÃO 37 Um homem faz uma força vertical de 10 N, na tentativa de levantar uma caixa de 5,0 kg, que está sobre uma mesa. Nessa situação, o valor da força normal, em newtons, é igual a (considere a aceleração da gravidade igual a 10 m/s 2 ) O vetor posição de um objeto em relação à origem do sistema de coordenadas pode ser desenhado como mostra a figura. Calcule o módulo em metros deste vetor. a) 5,0 b) 7,5 c) 10,0 d) 11,2 e) 15,0 QUESTÃO 40 O gráfico da figura mostra a posição em função do tempo de uma pessoa que passeia em um parque. 8

11 d) maior dissolução de CO 2 nas águas oceânicas, o que leva ao consumo de maior quantidade desse gás pelo fitoplâncton, contribuindo, assim, para a redução do efeito estufa global. e) maior dissolução de O 2 nas águas oceânicas, o que leva à liberação de maior quantidade de CO 2 pelo fitoplâncton, contribuindo, assim, para o aumento do efeito estufa global. Calcule a velocidade média em m/s desta pessoa durante todo o passeio. a) 0,50 b) 1,25 c) 1,50 d) 1,70 e) 4,00 QUESTÃO 41 Em uma determinada cidade, a malha metroviária foi concebida de modo que a distância entre duas estações consecutivas seja de 2,4 km. Em toda a sua extensão, a malha tem 16 estações, e o tempo necessário para ir-se da primeira à última estação é de 30 minutos. Nessa malha metroviária, a velocidade média de um trem que se movimenta da primeira até a última estação é, em km/h, de a) 72. b) 68. c) 64. d) 60. e) 56. QUESTÃO 42 Uma corrida de Fórmula 1 teve início às 2h 10min 42s. Se o vencedor levou 3830s para terminar a prova, a que horas ele terminou a corrida? a) 3h 14 min 32 s b) 3h 17 min 35 s c) 3h 15 min 30 s d) 3h 18 min 39 s e) 3h 10 min 31 s Química QUESTÃO 43 Uma das consequências do efeito estufa é o aquecimento dos oceanos. Esse aumento de temperatura provoca a) menor dissolução de CO 2 nas águas oceânicas, o que leva ao consumo de menor quantidade desse gás pelo fitoplâncton, contribuindo, assim, para o aumento do efeito estufa global. b) menor dissolução de O 2 nas águas oceânicas, o que leva ao consumo de maior quantidade de CO 2 pelo fitoplâncton, contribuindo, assim, para a redução do efeito estufa global. c) menor dissolução de CO 2 e O 2 nas águas oceânicas, o que leva ao consumo de maior quantidade de O 2 pelo fitoplâncton, contribuindo, assim, para a redução do efeito estufa global. QUESTÃO 44 Atualmente, muito se tem falado sobre o aquecimento global. Pesquisadores do clima mundial afirmam que este aquecimento está ocorrendo em função do aumento de poluentes, principalmente de gases derivados da queima de combustíveis (1) fósseis na atmosfera. Como conseqüência deste fenômeno, temos observado o derretimento das calotas polares (2), uma maior evaporação das águas dos oceanos (3), a morte de espécies animais e vegetais, etc. Os fenômenos 1, 2 e 3 são, respectivamente: a) químico, químico e químico. b) físico, físico e físico. c) químico, químico e físico. d) químico, físico e físico. e) físico, químico e químico. QUESTÃO 45 Leia o texto a seguir. A aceitação histórica da ideia de que a matéria é com posta de átomos foi lenta e gradual. Na Grécia antiga, Leucipo e Demócrito são lembrados por terem introdu zido o conceito de átomo, mas suas propostas foram rejeitadas por outros filósofos e caíram no esquecimento. No final do século XVIII e início do século XIX, quando as ideias de Lavoisier ganhavam aceitação generaliza da, surgiu a primeira teoria atômica moderna, proposta por. Essa teoria postulava que os elementos eram constituídos de um único tipo de átomo, enquanto que as substâncias compostas eram combinações de diferentes átomos segundo proporções determinadas. Quase cem anos depois, estudos com raios catódicos levaram J. J. Thomson à descoberta do, uma partícula de massa muito pequena e carga elétrica, presente em todos os materiais conhecidos. Alguns anos depois, por meio de experimentos em que uma fina folha de ouro foi bombardeada com partículas alfa, Rutherford chegou à conclusão de que o átomo possui em seu centro um pequeno, porém de massa considerável. As palavras que preenchem as lacunas correta e res pectivamente estão reunidas em a) Dalton elétron negativa núcleo b) Bohr cátion positiva elétron c) Dalton nêutron neutra próton d) Bohr fóton negativa ânion e) Dalton próton positiva núcleo QUESTÃO 46 De acordo com o a tabela periódica abaixo, assinale a alternativa incorreta quanto à posição dos algarismos romanos que estão substituindo os símbolos dos elementos químicos: 9

12 a) O elemento químico representado por II é um gás nobre. b) O elemento químico representado por VII possui número atômico igual a 36. c) O elemento químico representado por IX possui número de massa igual a 133. d) O elemento químico representado por I é um gás a temperatura ambiente. e) O elemento químico representado por X pode ser classificado por metal alcalino terroso. QUESTÃO 47 Em um átomo com 12 elétrons e 16 nêutrons, seu número de massa atômica e seu número atômico são respectivamente: a) 27 e 12 b) 12 e 28 c) 28 e 11 d) 28 e 12 e) 11 e 28 QUESTÃO 48 As emissões radioativas são empregadas na radioterapia para destruir células doentes ou impedi- -las de se reproduzirem. Em 1987, uma cápsula contendo cloreto de césio-137 foi abandonada junto a um equipamento nas antigas instalações do Instituto Goiano de Radioterapia, em Goiânia. A cápsula foi encontrada e aberta pelo dono de um ferro-velho, o que causou o maior acidente radioativo da história do Brasil. O cloreto de césio é um composto a) molecular com fórmula química CsCl 2. b) iônico com fórmula química CsCl. c) iônico com fórmula química CsCl 2. d) molecular com fórmula química CsCl. e) molecular com fórmula química CsCl 3. MATEMÁTICA E SUAS TECNOLOGIAS QUESTÃO 49 Na última etapa de uma Gincana de Matemática, foi proposto aos finalistas Júlio e Elza que calculassem o valor numérico da expressão: ( 2) ( 3) 3. A resposta de Júlio foi 32 e a de Elza foi 9. Portanto, é CORRETO afirmar que: a) ambos erraram. b) ambos acertaram. c) apenas Júlio acertou. d) apenas Elza acertou. e) não é possível encontrar um valor numérico específico para a expressão. QUESTÃO 50 Considerando-se que x e y são números inteiros positivos, que (x + y) 2 = 225 e que x 2 +y 2 = 105, pode-se afirmar que a expressão (x + y) + (x. y) possui um valor numérico igual a a) 60. b) 75. c) 90. d) 105. e) 120. QUESTÃO 51 A expressão é igual a: a) 0 b) 5 c) 5-5 d) 2 5 e) 20 QUESTÃO 52 O tanque de um carro bicombustível continha inicialmente apenas gasolina pura. Foi abastecido com álcool e passou a conter 21 litros de uma mistura de gasolina e álcool na razão 2 : 5, respectivamente. Supondo que o volume da mistura corresponda à soma dos volumes de gasolina e álcool separadamente, o volume inicial em litros de gasolina era a) 2 b) 3 c) 4 d) 5 e) 6 QUESTÃO 53 Três irmãos, Maria, José e Pedro receberam, respectivamente, 1/2, 1/3 e 1/9 de uma determinada herança. A fração desta herança que não foi distribuída entre esses irmãos foi de: a) 2/3 b) 8/9 c) 1/2 d) 1/18 e) 5/6 QUESTÃO 54 Para aumentar as vendas no início do ano, uma loja de departamentos remarcou os preços de seus produtos 20% abaixo do preço original. Quando chegam ao caixa, os clientes que possuem o cartão fidelidade da loja têm direito a um desconto adicional de 10% sobre o valor total de suas compras. Um cliente deseja comprar um produto que custava R$ 50,00 antes da remarcação de preços. Ele não possui o cartão fidelidade da loja. Caso esse cliente possuísse o cartão fidelidade da loja, a economia adicional que obteria ao efetuar a compra, em reais, seria de a) 15,00. b) 14,00. c) 10,00. d) 5,00. e) 4,00. QUESTÃO 55 Um automóvel possui 4,80 m de comprimento. Um aluno do Campus São José do IF-SC desenhou-o com 12 cm de comprimento numa folha de papel, é CORRETO afirmar que a escala utilizada no desenho foi: a) 1:40 b) 1:4 c) 1:12 d) 1:20 e) 1:36 QUESTÃO 56 Se as equações x 2 6x + k = 0 e x 2 2x + 1 = 0 admitem uma raiz comum, então, o valor de k é a) 2 b) 3 c) 4 d) 5 e) 6 QUESTÃO 57 Queremos encostar uma escada de oito metros de comprimento em uma parede de modo que ela forme um ângulo de 30 com a parede. A que distância da parede devemos apoiar a escada no solo? a) 1 m b) 2 m c) 2,5 m d) 4 m e) 5 m QUESTÃO 58 Um indivíduo em férias na praia observa, a partir da posição P 1, um barco ancorado no horizonte norte na posição B. Nesta posição P 1, o ângulo de visão do barco, em relação à praia, é de 90, como mostrado na figura abaixo. 10

13 Ele corre aproximadamente 1000 metros na direção oeste e observa novamente o barco a partir da posição P 2. Neste novo ponto de observação P 2, o ângulo de visão do barco, em relação à praia, é de 45. Dado: 2 = 1,414 Qual a distância P 2 B aproximadamente? a) 1000 metros b) 1014 metros c) 1414 metros d) 1714 metros e) 2414 metros QUESTÃO 59 A área de um triângulo retângulo é 30 cm 2. Sabendo que um dos catetos mede 5 cm, quanto vale a hipotenusa? a) 5 cm b) 8 cm c) 12 cm d) 13 cm e) 25 cm QUESTÃO 60 Para melhorar a iluminação natural no interior de uma clínica, serão feitas modificações em sua fachada. As duas janelas serão substituídas por uma única janela de tamanho maior e feita inteiramente de vidro; já a porta, antes de madeira, será substituída por uma de vidro, com as mesmas dimensões, como mostram as figuras. Após as modificações, a área envidraçada será de 3,72 m 2. A largura da nova janela, em metros, será a) 1,5. b) 1,0. c) 1,2. d) 0,8. e) 1,8. 11

GABARITO DAS TAREFAS 2ª Série

GABARITO DAS TAREFAS 2ª Série GABARITO DAS TAREFAS 2ª Série Semana de 24 a 28 de fevereiro PORTUGUÊS MATEMÁTICA 1 MATEMÁTICA 2 INGLÊS INTERMEDIÁRIO INGLÊS AVANÇADO HISTÓRIA GEOGRAFIA FÍSICA QUÍMICA BIOLOGIA GABARITOS COMENTADOS GEOGRAFIA

Leia mais

Av. Moaci, 965 Moema São Paulo SP CEP: 04083-002 Tel. +55 (11) 2532-4813 www.geekie.com.br. Prezados colégios,

Av. Moaci, 965 Moema São Paulo SP CEP: 04083-002 Tel. +55 (11) 2532-4813 www.geekie.com.br. Prezados colégios, Prezados colégios, Buscando atender a demanda por GeekieTestes para o 1º e 2º anos do Ensino Médio, elaboramos nossa Matriz Geekie de Avaliação para 2014. Nela, buscamos contemplar os principais conteúdos

Leia mais

EXERCÍCIOS ON LINE 6 ANO - 1 TRIMESTRE

EXERCÍCIOS ON LINE 6 ANO - 1 TRIMESTRE EXERCÍCIOS ON LINE 6 ANO - 1 TRIMESTRE 1- Leia o texto e responda as questões Todos os animais, independentemente do seu estilo de vida, servem como fonte de alimento para outros seres vivos. Eles estão

Leia mais

C A D E R N O D E P R O V A S

C A D E R N O D E P R O V A S C ONCURSO PÚBLICO 03 / JUNHO / 2012 CÂMARA MUNICIPAL DE ITURAMA MINAS GERAIS C A D E R N O D E P R O V A S CADERNO 7 CARGOS: AUXILIAR DE SERVIÇOS GERAIS RECEPCIONISTA E TELEFONISTA PROVAS: PORTUGUÊS MATEMÁTICA

Leia mais

PROFESSOR: EQUIPE DE GEOGRAFIA

PROFESSOR: EQUIPE DE GEOGRAFIA PROFESSOR: EQUIPE DE GEOGRAFIA BANCO DE QUESTÕES - GEOGRAFIA - 8º ANO - ENSINO FUNDAMENTAL ============================================================================================= 01- Observe a figura

Leia mais

Assinale a alternativa que preenche corretamente os parênteses, de cima para baixo.

Assinale a alternativa que preenche corretamente os parênteses, de cima para baixo. CNHECIMENTS GERAIS 01 Analise a veracidade (V) ou falsidade (F) das proposições abaixo, quanto aos efeitos negativos da utilização de combustíveis fósseis sobre o ambiente. ( ) A combustão de gasolina

Leia mais

RESOLUÇÃO DA PROVA DE MATEMÁTICA VESTIBULAR UFMG_ ANO 2007 RESOLUÇÃO: PROFA. MARIA ANTÔNIA GOUVEIA.

RESOLUÇÃO DA PROVA DE MATEMÁTICA VESTIBULAR UFMG_ ANO 2007 RESOLUÇÃO: PROFA. MARIA ANTÔNIA GOUVEIA. UFMG 2007 RESOLUÇÃO DA PROVA DE MATEMÁTICA VESTIBULAR UFMG_ ANO 2007 PROFA. MARIA ANTÔNIA GOUVEIA. QUESTÃO 0 Francisco resolveu comprar um pacote de viagem que custava R$ 4 200,00, já incluídos R$ 20,00

Leia mais

478 a.c. Leucipo e seu discípulo Demócrito

478 a.c. Leucipo e seu discípulo Demócrito MODELOS ATÔMICOS 478 a.c. Leucipo e seu discípulo Demócrito - A matéria após sofrer várias subdivisões, chegaria a uma partícula indivisível a que chamaram de átomo. - ÁTOMO a = sem tomos = divisão - Esta

Leia mais

CHEGAM A 21 CASOS CONFIRMADOS DE GRIPE NO BRASIL; CRECHE É INTERDITADA EM CAMPINAS (SP)

CHEGAM A 21 CASOS CONFIRMADOS DE GRIPE NO BRASIL; CRECHE É INTERDITADA EM CAMPINAS (SP) Nome: N.º: endereço: data: Telefone: E-mail: Colégio PARA QUEM CURSA O 6 Ọ ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL EM 2015 Disciplina: PoRTUGUÊs Prova: desafio nota: Leia a tirinha abaixo e responda às questões 1 e

Leia mais

O Aquecimento Global se caracteriza pela modificação, intensificação do efeito estufa.

O Aquecimento Global se caracteriza pela modificação, intensificação do efeito estufa. O que é o Aquecimento Global? O Aquecimento Global se caracteriza pela modificação, intensificação do efeito estufa. O efeito estufa é um fenômeno natural e consiste na retenção de calor irradiado pela

Leia mais

QUÍMICA QUESTÃO 41 QUESTÃO 42

QUÍMICA QUESTÃO 41 QUESTÃO 42 Processo Seletivo/UNIFAL- janeiro 2008-1ª Prova Comum TIPO 1 QUÍMICA QUESTÃO 41 Diferentes modelos foram propostos ao longo da história para explicar o mundo invisível da matéria. A respeito desses modelos

Leia mais

ANEXO 1 CONTEÚDOS PARA O ENSINO FUNDAMENTAL EDITAL CONCURSO DE BOLSAS 2016 COLÉGIOS PROJEÇÃO

ANEXO 1 CONTEÚDOS PARA O ENSINO FUNDAMENTAL EDITAL CONCURSO DE BOLSAS 2016 COLÉGIOS PROJEÇÃO ANEXO 1 S PARA O ENSINO FUNDAMENTAL EDITAL CONCURSO DE BOLSAS 2016 COLÉGIOS PROJEÇÃO S PRÉVIOS DO 5º ANO PARA CANDIDATOS A BOLSA NO 6 ANO PORTUGUÊS Leitura e interpretação textual Artigo Substantivo (comum,

Leia mais

O IMPERIALISMO EM CHARGES. Marcos Faber www.historialivre.com marfaber@hotmail.com. 1ª Edição (2011)

O IMPERIALISMO EM CHARGES. Marcos Faber www.historialivre.com marfaber@hotmail.com. 1ª Edição (2011) O IMPERIALISMO EM CHARGES 1ª Edição (2011) Marcos Faber www.historialivre.com marfaber@hotmail.com Imperialismo é a ação das grandes potências mundiais (Inglaterra, França, Alemanha, Itália, EUA, Rússia

Leia mais

ETAPA: SONDAGEM DOS SABERES

ETAPA: SONDAGEM DOS SABERES PROCESSO SELETIVO PARA O CURSO TÉCNICO EM AGROPECUÁRIA INTEGRADO AO ENSINO MÉDIO 2013.1 (EDITAL Nº 004/2012) ETAPA: SONDAGEM DOS SABERES Instruções: 1. A Sondagem dos Saberes está constituída de 20 (vinte)

Leia mais

MODELOS ATÔMICOS. Química Professora: Raquel Malta 3ª série Ensino Médio

MODELOS ATÔMICOS. Química Professora: Raquel Malta 3ª série Ensino Médio MODELOS ATÔMICOS Química Professora: Raquel Malta 3ª série Ensino Médio PRIMEIRA IDEIA DO ÁTOMO 546 a.c. Tales de Mileto: propriedade da atração e repulsão de objetos após atrito; 500 a.c. Empédocles:

Leia mais

Resumos. 1) Aula L1 - O Lixo e Conceitos Químicos a. Aulas. 1) Aula L1 - Lixo e Conceitos Gerais. 2) Aula L2 - Estados Físicos da Matéria

Resumos. 1) Aula L1 - O Lixo e Conceitos Químicos a. Aulas. 1) Aula L1 - Lixo e Conceitos Gerais. 2) Aula L2 - Estados Físicos da Matéria Resumo Teórico 1 Fala Gás Nobre! Tudo bem? Já assistimos todos os vídeos sobre o Lixo. Estamos cada vez mais próximos do sucesso. Por isso quero te entregar esse material que contém o resumo das aulas

Leia mais

PROPRIEDADE REGISTRADA. Mundo Insustentável. Desenvolvimento Sustentável

PROPRIEDADE REGISTRADA. Mundo Insustentável. Desenvolvimento Sustentável Mundo Insustentável x Desenvolvimento Sustentável Resumo da Insustentabilidade no Mundo Contemporâneo 50% dos 6,1 bilhões de habitantes do planeta vivem com menos de US$2 por dia e um terço está abaixo

Leia mais

INSTRUÇÕES AOS CANDIDATOS

INSTRUÇÕES AOS CANDIDATOS MINISTÉRIO DA DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO DEP - DEPA (Casa de Thomaz Coelho / 1889) CONCURSO DE ADMISSÃO AO 6º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 2008/2009 09 DE NOVEMBRO DE 2008 APROVO DIRETOR DE ENSINO COMISSÃO

Leia mais

Auxiliar de Serviços Gerais Nível Fundamental Incompleto

Auxiliar de Serviços Gerais Nível Fundamental Incompleto Auxiliar de Serviços Gerais Nível Fundamental Incompleto 15.01.2012 - TARDE LÍNGUA PORTUGUESA TEXTO FALTA PEDREIRO Superinteressante São Paulo, Abril, n. 280 Falta pedreiro, estão reclamando os mestres

Leia mais

Processo Seletivo 1.º Semestre 2012 004. Prova Dissertativa

Processo Seletivo 1.º Semestre 2012 004. Prova Dissertativa Processo Seletivo 1.º Semestre 2012 004. Prova Dissertativa Técnico Concomitante ou Subsequente ao Ensino Médio Instruções Confira seu nome e número de inscrição impressos na capa deste caderno. Assine

Leia mais

Exercícios Sobre Atomística - Início dos modelos atômicos I

Exercícios Sobre Atomística - Início dos modelos atômicos I Exercícios Sobre Atomística - Início dos modelos atômicos I 01. (Cftmg) O filme Homem de Ferro 2 retrata a jornada de Tony Stark para substituir o metal paládio, que faz parte do reator de seu peito, por

Leia mais

PROVA DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

PROVA DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS VESTIBULAR 2007 2.ª FASE 15 DE SETEMBRO DE 2007 VESTIBULAR 2007 2.ª FASE 15 DE SETEMBRO DE 2007 PROVA DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS INSTRUÇÕES Para a realização desta prova, você recebeu este caderno contendo

Leia mais

O clima está diferente. O que muda na nossa vida?

O clima está diferente. O que muda na nossa vida? O clima está diferente. O que muda na nossa vida? 06/2011 Esta obra foi licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição - Uso Não-Comercial - Obras Derivadas Proibidas 3.0 Não Adaptada. 2 SUMÁRIO

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MEC - SETEC INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA BAIANO PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MEC - SETEC INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA BAIANO PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MEC - SETEC INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA BAIANO PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN EDITAL DE RETIFICAÇÃO N 049, DE 05 DE NOVEMBRO DE 2014 O Reitor do Instituto

Leia mais

Ensino Fundamental II

Ensino Fundamental II Ensino Fundamental II Valor do trabalho: 2.0 Nota: Data: /dezembro/2014 Professora: Angela Disciplina: Geografia Nome: n o : Ano: 8º Trabalho de Recuperação Final de Geografia ORIENTAÇÕES: Leia atentamente

Leia mais

Ecologia. 1) Níveis de organização da vida

Ecologia. 1) Níveis de organização da vida Introdução A ciência que estuda como os seres vivos se relacionam entre si e com o ambiente em que vivem e quais as conseqüências dessas relações é a Ecologia (oikos = casa e, por extensão, ambiente; logos

Leia mais

1) Calcular, em m/s, a velocidade de um móvel que percorre 14,4Km em 3min. a) ( ) 70m/s b) ( ) 80 m/s c) ( ) 90m/s d) ( ) 60m/s

1) Calcular, em m/s, a velocidade de um móvel que percorre 14,4Km em 3min. a) ( ) 70m/s b) ( ) 80 m/s c) ( ) 90m/s d) ( ) 60m/s SIMULADO DE FÍSICA ENSINO MÉDIO 1) Calcular, em m/s, a velocidade de um móvel que percorre 14,4Km em 3min. a) ( ) 70m/s b) ( ) 80 m/s c) ( ) 90m/s d) ( ) 60m/s 2) Um avião voa com velocidade constante

Leia mais

DATA: VALOR: 20 PONTOS NOME COMPLETO:

DATA: VALOR: 20 PONTOS NOME COMPLETO: DISCIPLINA: Geografia PROFESSOR(A): Rodrigo/Saulo DATA: VALOR: 20 PONTOS NOTA: NOME COMPLETO: ASSUNTO: TRABALHO DE RECUPERAÇÃO FINAL SÉRIE: 2ªEM TURMA: Nº: 01. RELAÇÃO DO CONTEÚDO Demografia (Transição

Leia mais

Que calorão! Entenda por que o efeito estufa ameaça nosso planeta.

Que calorão! Entenda por que o efeito estufa ameaça nosso planeta. Nome: Ensino: F undamental 4 o ano urma: Língua Por ortuguesa T Data: 5/8/2009 Que calorão! Entenda por que o efeito estufa ameaça nosso planeta. O clima na Terra não é sempre igual e a temperatura aumenta

Leia mais

PROVA BIMESTRAL História

PROVA BIMESTRAL História 8 o ano o bimestre PROVA BIMESTRAL História Escola: Nome: Turma: n o :. Leia os textos e responda às questões e. Texto Na Grécia Antiga, Aristóteles (384 a.c.-3 a.c.) já defendia a ideia de que o Universo

Leia mais

Resoluções das Atividades

Resoluções das Atividades Resoluções das Atividades Sumário Módulo 1 Teoria atômica básica e leis ponderais Evolução dos modelos atômicos Modelo atômico atual 1 Módulo 2 Números quânticos; Distribuição eletrônica Paramagnetismo,

Leia mais

1 a QUESTÃO: (2,0 pontos) Avaliador Revisor

1 a QUESTÃO: (2,0 pontos) Avaliador Revisor 1 a QUESTÃO: (2,0 pontos) Avaliador Revisor O gráfico abaixo apresenta dados obtidos em uma pesquisa realizada entre 1993 e 1997, quando foram registrados os números médios mensais de mortes (maiores de

Leia mais

AVALIAÇÃO DA CAPACIDADE PARA A FREQUÊNCIA DO CURSO DE LICENCIATURA EM ENGENHARIA QUÍMICA E BIOLÓGICA DO INSTITUTO SUPERIOR DE ENGENHARIA DE LISBOA

AVALIAÇÃO DA CAPACIDADE PARA A FREQUÊNCIA DO CURSO DE LICENCIATURA EM ENGENHARIA QUÍMICA E BIOLÓGICA DO INSTITUTO SUPERIOR DE ENGENHARIA DE LISBOA Página 1 de 12 Provas especialmente adequadas destinadas a avaliar a capacidade para a frequência do ensino superior para titulares de Diploma de Especialização Tecnológica, Decreto-Lei n.º 113/2014, de

Leia mais

GERÊNCIA REGIONAL DE ENSINO DE PLANALTINA CENTRO DE ENSINO FUNDAMENTAL 02 COORDENAÇÃO PEDAGÓGICA - 2013. Plano de Ensino

GERÊNCIA REGIONAL DE ENSINO DE PLANALTINA CENTRO DE ENSINO FUNDAMENTAL 02 COORDENAÇÃO PEDAGÓGICA - 2013. Plano de Ensino Plano de Ensino 1. IDENTIFICAÇÃO: DISCIPLINA: CIÊNCIAS NATURAIS Turma: A / B / C / D /E SÉRIE/ANO: 8ª / 9º Turno: MATUTINO Bimestral: 1º / 2º / 3º / 4º Anual: 2013 Professor: MÁRIO CÉSAR CASTRO E-mail:

Leia mais

Processo Seletivo 2015-1 RV Vestibular de Acesso aos Cursos ENGENHARIA

Processo Seletivo 2015-1 RV Vestibular de Acesso aos Cursos ENGENHARIA Processo Seletivo 2015-1 RV Vestibular de Acesso aos Cursos ENGENHARIA LEIA COM ATENÇÃO AS INSTRUÇÕES 1 - A duração da prova é de 3 horas, já incluído o tempo de preenchimento do cartão de respostas e

Leia mais

São grandezas que para que a gente possa descrever 100%, basta dizer um número e a sua unidade.

São grandezas que para que a gente possa descrever 100%, basta dizer um número e a sua unidade. Apostila de Vetores 1 INTRODUÇÃO Fala, galera! Essa é a primeira apostila do conteúdo de Física I. Os assuntos cobrados nas P1s são: Vetores, Cinemática Uni e Bidimensional, Leis de Newton, Conservação

Leia mais

Thomson denominou este segundo modelo atômico de Pudim de Passas.

Thomson denominou este segundo modelo atômico de Pudim de Passas. EVOLUÇÃO DOS MODELOS ATÔMICOS Durante algum tempo a curiosidade do que era constituída a matéria parecia ser impossível de ser desvendada. Até que em 450 a.c. o filósofo grego Leucipo de Mileto afirmava

Leia mais

01- O que é tempo atmosférico? R.: 02- O que é clima? R.:

01- O que é tempo atmosférico? R.: 02- O que é clima? R.: PROFESSOR: EQUIPE DE GEOGRAFIA BANCO DE QUESTÕES - GEOGRAFIA - 6º ANO - ENSINO FUNDAMENTAL ============================================================================================= TEMPO ATMOSFÉRICO

Leia mais

CURSO História. Só abra este caderno quando o fiscal autorizar. Leia atentamente as instruções abaixo.

CURSO História. Só abra este caderno quando o fiscal autorizar. Leia atentamente as instruções abaixo. PROCESSO SELETIVO 2004/1 HISTÓRIA CURSO História Só abra este caderno quando o fiscal autorizar. Leia atentamente as instruções abaixo. 1. 2. 3. 4. Este caderno de prova contém dez questões, que deverão

Leia mais

Estão corretos: a) apenas I, II e V. b) apenas I, III e IV. c) apenas II, III e V. d) I, II, III, IV e V. e) apenas I, II, III, IV.

Estão corretos: a) apenas I, II e V. b) apenas I, III e IV. c) apenas II, III e V. d) I, II, III, IV e V. e) apenas I, II, III, IV. 1. (Ufpr 2014) As teorias atômicas vêm se desenvolvendo ao longo da história. Até o início do século XIX, não se tinha um modelo claro da constituição da matéria. De lá até a atualidade, a ideia de como

Leia mais

Aula 5 A energia não é o começo de tudo, mas já é um início

Aula 5 A energia não é o começo de tudo, mas já é um início Aula 5 A energia não é o começo de tudo, mas já é um início Itens do capítulo 5 A energia não é o começo de tudo, mas já é o início 5. A energia não é o começo de tudo, mas já é o início 5.1 O consumo

Leia mais

NÍVEL FUNDAMENTAL Cargo: AGENTE COMUNITÁRIO DE SAÚDE

NÍVEL FUNDAMENTAL Cargo: AGENTE COMUNITÁRIO DE SAÚDE ESTADO DO PARÁ MUNICÍPIO DE CURUÁ PREFEITURA MUNICIPAL DE CURUÁ - CONCURSO PÚBLICO - Edital N.º 001/2009 REALIZAÇÃO DA PROVA OBJETIVA: 23 de Agosto de 2009 NÍVEL FUNDAMENTAL Cargo: AGENTE COMUNITÁRIO DE

Leia mais

ATENÇÃO ESTE CADERNO CONTÉM 10 (DEZ) QUESTÕES E RESPECTIVOS ESPAÇOS PARA RESPOSTAS. DURAÇÃO DA PROVA: 3 (TRÊS) HORAS

ATENÇÃO ESTE CADERNO CONTÉM 10 (DEZ) QUESTÕES E RESPECTIVOS ESPAÇOS PARA RESPOSTAS. DURAÇÃO DA PROVA: 3 (TRÊS) HORAS ATENÇÃO ESTE CADERNO CONTÉM 10 (DEZ) QUESTÕES E RESPECTIVOS ESPAÇOS PARA RESPOSTAS. DURAÇÃO DA PROVA: 3 (TRÊS) HORAS A correção de cada questão será restrita somente ao que estiver registrado no espaço

Leia mais

Prevenção e conscientização é a solução. Ciências e Biologia

Prevenção e conscientização é a solução. Ciências e Biologia Prevenção e conscientização é a solução Ciências e Biologia Dengue Transmitida pelo mosquito Aedes aegypti, a dengue é uma doença viral que se espalha rapidamente no mundo. A palavra dengue tem origem

Leia mais

Marie Curie Vestibulares Lista 4 Geografia Matheus Ronconi AGROPECUÁRIA, INDÚSTRIA E DISTRIBUIÇÃO TECNOLÓGICA MUNDIAL

Marie Curie Vestibulares Lista 4 Geografia Matheus Ronconi AGROPECUÁRIA, INDÚSTRIA E DISTRIBUIÇÃO TECNOLÓGICA MUNDIAL AGROPECUÁRIA, INDÚSTRIA E DISTRIBUIÇÃO TECNOLÓGICA MUNDIAL 1) (UDESC - 2012) São exemplos da indústria de bens de consumo (ou leve): a) Indústria de autopeças e de alumínio. b) Indústria de automóveis

Leia mais

Dia Mundial do Meio Ambiente 2007

Dia Mundial do Meio Ambiente 2007 Dia Mundial do Meio Ambiente 2007 Haroldo Mattos de Lemos Presidente, Instituto Brasil PNUMA Vice Presidente, ISO TC 207 (ISO 14000) Presidente, Conselho Técnico da ABNT Presidente, Conselho Empresarial

Leia mais

SIMULADO DE VERIFICAÇÃO 7º ANO C 10/08

SIMULADO DE VERIFICAÇÃO 7º ANO C 10/08 Nome: nº: SIMULADO DE VERIFICAÇÃO º ANO C /08 INSTRUÇÕES A prova consta de questões. Em cada teste, há 4 alternativas, sendo correta apenas uma. Não marque duas ou mais alternativas na questão, pois a

Leia mais

Teste de Habilidade Específica - THE

Teste de Habilidade Específica - THE LEIA COM ATENÇÃO 1. Só abra este caderno após ler todas as instruções e quando for autorizado pelos fiscais da sala. 2. Preencha os dados pessoais. 3. Autorizado o inicio da prova, verifique se este caderno

Leia mais

VALORES CULTURAIS (INDÍGENAS) KAINGANG

VALORES CULTURAIS (INDÍGENAS) KAINGANG VALORES CULTURAIS (INDÍGENAS) KAINGANG Um cacique kaingang, meu amigo, me escreveu pedindo sugestões para desenvolver, no Dia do Índio, o seguinte tema em uma palestra: "Os Valores Culturais da Etnia Kaingáng".

Leia mais

ENSINO TÉCNICO DE NÍVEL MÉDIO NA FORMA DE ORGANIZAÇÃO ARTICULADA: INTEGRADA

ENSINO TÉCNICO DE NÍVEL MÉDIO NA FORMA DE ORGANIZAÇÃO ARTICULADA: INTEGRADA Edital 02-2016-1 ENSINO TÉCNICO DE NÍVEL MÉDIO NA FORMA DE ORGANIZAÇÃO ARTICULADA: INTEGRADA CADERNO: 1 LEIA COM ATENÇÃO AS INSTRUÇÕES AGENDA 1 - A duração da prova é de 4 horas, já incluído o tempo de

Leia mais

Nome: N.º: endereço: data: Telefone: E-mail: PARA QUEM CURSA O 8 Ọ ANO EM 2014. Disciplina: PoRTUGUÊs

Nome: N.º: endereço: data: Telefone: E-mail: PARA QUEM CURSA O 8 Ọ ANO EM 2014. Disciplina: PoRTUGUÊs Nome: N.º: endereço: data: Telefone: E-mail: Colégio PARA QUEM CURSA O 8 Ọ ANO EM 2014 Disciplina: PoRTUGUÊs Prova: desafio nota: Texto para as questões 1 e 2. O MELHOR DE CALVIN /Bill Watterson MÃE, O

Leia mais

Medidas e Grandezas em Física

Medidas e Grandezas em Física CMJF - Colégio Militar de Juiz de Fora - Laboratório de Física Medidas e Grandezas em Física MEDIDAS EM FÍSICA Uma das maneiras de se estudar um fenômeno é estabelecer relações matemáticas entre as grandezas

Leia mais

3º Ano do Ensino Médio. Aula nº09 Prof. Paulo Henrique

3º Ano do Ensino Médio. Aula nº09 Prof. Paulo Henrique Nome: Ano: º Ano do E.M. Escola: Data: / / 3º Ano do Ensino Médio Aula nº09 Prof. Paulo Henrique Assunto: Interpretação e Análise de gráficos 1. O que é importante na hora de analisar um gráfico? Atenção

Leia mais

EXERCÍCIOS. Questão 01) Analise a tabela:

EXERCÍCIOS. Questão 01) Analise a tabela: 18 EXERCÍCIOS Questão 01) Analise a tabela: Substância Pontode Pontode Raio Fusão/ o C Ebulição/ o C Atômico/pm Bromo -7,20 58,8 114 Cloro -102-34,0 100 Iodo 114 184 133 Ozônio -193-112 73,0 Sódio 98,0

Leia mais

Simulado OBM Nível 2

Simulado OBM Nível 2 Simulado OBM Nível 2 Gabarito Comentado Questão 1. Quantos são os números inteiros x que satisfazem à inequação? a) 13 b) 26 c) 38 d) 39 e) 40 Entre 9 e 49 temos 39 números inteiros. Questão 2. Hoje é

Leia mais

UNIOESTE -Universidade Estadual do Oeste do Paraná 2º PSS - PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO NÍVEL SUPERIOR

UNIOESTE -Universidade Estadual do Oeste do Paraná 2º PSS - PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO NÍVEL SUPERIOR UNIOESTE -Universidade Estadual do Oeste do Paraná 2º PSS - PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO NÍVEL SUPERIOR Candidato: inscrição - nome do candidato Opção: código - nome / turno - cidade Local de Prova:

Leia mais

COMÉRCIO EXTERIOR. Causas da dívida Empréstimos internacionais para projetar e manter grandes obras. Aquisição de tecnologia e maquinário moderno.

COMÉRCIO EXTERIOR. Causas da dívida Empréstimos internacionais para projetar e manter grandes obras. Aquisição de tecnologia e maquinário moderno. 1. ASPECTOS GERAIS Comércio é um conceito que possui como significado prático, trocas, venda e compra de determinado produto. No início do desenvolvimento econômico, o comércio era efetuado através da

Leia mais

AJUDANTE DE CARGA / DESCARGA I

AJUDANTE DE CARGA / DESCARGA I 01 LIQUIGÁS EDITAL N o 1, LIQUIGÁS PSP - 02/12 LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES ABAIXO. 01 - Você recebeu do fiscal o seguinte material: a) este caderno, com o enunciado das 30 (trinta) questões objetivas,

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGOS EFETIVOS DA PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE FRUTA DE LEITE / MG - EDITAL 12014

CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGOS EFETIVOS DA PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE FRUTA DE LEITE / MG - EDITAL 12014 CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGOS EFETIVOS DA PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE FRUTA DE LEITE / MG - EDITAL 1014 ESTE CADERNO DE PROVAS DESTINA-SE AOS CANDIDATOS AOS SEGUINTES CARGOS: Agente Comunitário

Leia mais

2a. prova Simulado 5 Dissertativo 26.09.06 BIOLOGIA INSTRUÇÕES PARA REALIZAÇÃO DO SIMULADO

2a. prova Simulado 5 Dissertativo 26.09.06 BIOLOGIA INSTRUÇÕES PARA REALIZAÇÃO DO SIMULADO Simulado 5 Padrão FUVEST Aluno: N o do Cursinho: Sala: BIOLOGIA INSTRUÇÕES PARA REALIZAÇÃO DO SIMULADO 1. Aguarde a autorização do fiscal para abrir o caderno de questões e iniciar a prova. 2. Duração

Leia mais

CAp-UERJ Instituto de Aplicação Fernando Rodrigues da Silveira

CAp-UERJ Instituto de Aplicação Fernando Rodrigues da Silveira CAp-UERJ Instituto de Aplicação Fernando Rodrigues da Silveira INSTRUÇÕES Você está recebendo um caderno de prova com 12 (doze) folhas numeradas. As partes I e II contêm 16 (dezesseis) questões de Língua

Leia mais

física EXAME DISCURSIVO 2ª fase 30/11/2014

física EXAME DISCURSIVO 2ª fase 30/11/2014 EXAME DISCURSIVO 2ª fase 30/11/2014 física Caderno de prova Este caderno, com dezesseis páginas numeradas sequencialmente, contém dez questões de Física. Não abra o caderno antes de receber autorização.

Leia mais

Município de Ascurra (Processo Seletivo 03/2013) Data: 19/01/2014 GABARITO OFICIAL

Município de Ascurra (Processo Seletivo 03/2013) Data: 19/01/2014 GABARITO OFICIAL Município de Ascurra (Processo Seletivo 03/2013) Data: 19/01/2014 CARGO Crecheiras (71) GABARITO OFICIAL QUESTÃO ALTERNATIVA CORRETA 01 B 02 C 03 B 04 A 05 C 06 B 07 C 08 C 09 B 10 D 11 B 12 D 13 A 14

Leia mais

LISTA DE RECUPERAÇÃO 3º ANO PARA 07/12

LISTA DE RECUPERAÇÃO 3º ANO PARA 07/12 LISTA DE RECUPERAÇÃO 3º ANO PARA 07/12 Questão 01) Quando uma pessoa se aproxima de um espelho plano ao longo da direção perpendicular a este e com uma velocidade de módulo 1 m/s, é correto afirmar que

Leia mais

Escola Estadual Dr.Moreira Brandão

Escola Estadual Dr.Moreira Brandão Escola Estadual Dr.Moreira Brandão 32ª Superintendência Regional de Ensino de Pouso Alegre Cidade: Camanducaia Professora Responsável pela Elaboração do Projeto: Ângela Aparecida Carvalho. Ano: 4º ano

Leia mais

DEFINIÇÃO: Matriz energética é toda a energia disponibilizada para ser transformada, distribuída e consumida nos processos produtivos.

DEFINIÇÃO: Matriz energética é toda a energia disponibilizada para ser transformada, distribuída e consumida nos processos produtivos. R O C H A DEFINIÇÃO: Matriz energética é toda a energia disponibilizada para ser transformada, distribuída e consumida nos processos produtivos. O petróleo e seus derivados têm a maior participação na

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGOS EFETIVOS DA CÂMARA MUNICIPAL DE UBAÍ EDITAL 1/2013

CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGOS EFETIVOS DA CÂMARA MUNICIPAL DE UBAÍ EDITAL 1/2013 CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGOS EFETIVOS DA CÂMARA MUNICIPAL DE UBAÍ EDITAL 1/2013 ESTE CADERNO DE PROVAS DESTINA-SE AOS CANDIDATOS AO SEGUINTE CARGO: Auxiliar de Serviços Gerais I PROVAS DE

Leia mais

SITE_INEP_PROVA BRASIL - SAEB_MT_9ºANO (OK)

SITE_INEP_PROVA BRASIL - SAEB_MT_9ºANO (OK) 000 IT_005267 A figura a seguir é uma representação da localização das principais cidades ao longo de uma estrada, onde está indicada por letras a posição dessas cidades e por números as temperaturas registradas

Leia mais

CONHECIMENTOS GERAIS. 01 A queima de combustíveis originários de fósseis repletos de carbono fez com que o nível de CO 2

CONHECIMENTOS GERAIS. 01 A queima de combustíveis originários de fósseis repletos de carbono fez com que o nível de CO 2 CONHECIMENTOS GERAIS 01 A queima de combustíveis originários de fósseis repletos de carbono fez com que o nível de CO 2 na atmosfera alcançasse patamares sem precedentes na história do homem, elevando

Leia mais

CARTAS: REGISTRANDO A VIDA

CARTAS: REGISTRANDO A VIDA CARTAS: REGISTRANDO A VIDA A carta abaixo foi escrita na época da ditadura militar. Ela traduz a alegria de um pai por acreditar estar próxima sua liberdade e, assim, a possibilidade do reencontro com

Leia mais

Meu pai disse-me, à porta do Ateneu, que eu ia encontrar ( que eu encontraria ) o mundo e que (eu) tivesse coragem para a luta.

Meu pai disse-me, à porta do Ateneu, que eu ia encontrar ( que eu encontraria ) o mundo e que (eu) tivesse coragem para a luta. Tipos de Discurso (exercícios para fixação de conteúdo, bem como material de consulta e estudo). 1. Transforme a fala abaixo em um discurso indireto. Para tal, imagine que há, na cena, um narrador que

Leia mais

Águas do Planeta. Nascente Curso Superior Margem Direita Meandro Curso Médio Margem Esquerda Afluente Curso Inferior Foz Em Delta Foz Em Estuário

Águas do Planeta. Nascente Curso Superior Margem Direita Meandro Curso Médio Margem Esquerda Afluente Curso Inferior Foz Em Delta Foz Em Estuário PROFESSOR: EQUIPE DE GEOGRAFIA BANCO DE QUESTÕES - GEOGRAFIA - 6º ANO - ENSINO FUNDAMENTAL ============================================================================================= Águas do Planeta

Leia mais

A) Ação global. B) Ação Antrópica. C) Ação ambiental. D) Ação tectônic

A) Ação global. B) Ação Antrópica. C) Ação ambiental. D) Ação tectônic Disciplina: Geografia Roteiro de Recuperação Ano / Série: 6º Professor (a): Gabriel Data: / / 2013 Matéria da recuperação. Superficie da Terra. Litosfera, solo e relevo 1- Analise a imagem. www.trabanca.com-acesso:

Leia mais

Colégio dos Santos Anjos Avenida Iraí, 1330 Planalto Paulista www.colegiosantosanjos.g12.br A Serviço da Vida por Amor

Colégio dos Santos Anjos Avenida Iraí, 1330 Planalto Paulista www.colegiosantosanjos.g12.br A Serviço da Vida por Amor Colégio dos Santos Anjos Avenida Iraí, 1330 Planalto Paulista www.colegiosantosanjos.g12.br A Serviço da Vida por Amor Curso: EF II Ano: 9º ano A/B Componente Curricular: Ciências Naturais Professor: Mario

Leia mais

MATEMÁTICA FURG COPERVE PROCESSO SELETIVO 2010

MATEMÁTICA FURG COPERVE PROCESSO SELETIVO 2010 FURG COPERVE PROCESSO SELETIVO 00 MATEMÁTICA ) Em uma Instituição de Ensino Superior, um aluno do curso de Engenharia Metalúrgica anotou suas médias bimestrais nas disciplinas: Cálculo I (CI), Álgebra

Leia mais

TEATRO: A IMPORTÂNCIA DAS ÁRVORES

TEATRO: A IMPORTÂNCIA DAS ÁRVORES TEATRO: A IMPORTÂNCIA DAS ÁRVORES André: Oi mãe, chegamos! Alice: Bom dia crianças! Que bom que você veio almoçar aqui em casa, Mariazinha! Mariazinha: Bom dia, tia Alice! O que a Sra fez de almoço? Alice:

Leia mais

AÇÃO DO HOMEM NO MEIO AMBIENTE

AÇÃO DO HOMEM NO MEIO AMBIENTE AÇÃO DO HOMEM NO MEIO AMBIENTE NEVES, Daniela 1 TEIXEIRA, Flávia 2 RESUMO: O Meio Ambiente está sendo destruído, o que acabou ocasionando o aquecimento global que tem sido provocado pela destruição de

Leia mais

REVISÃO NOVAFAP-FACID(geografia-Hugo)

REVISÃO NOVAFAP-FACID(geografia-Hugo) REVISÃO NOVAFAP-FACID(geografia-Hugo) 1. (Ufu) Na década de 1960, o geógrafo Aziz Nacib Ab'Saber reuniu as principais características do relevo e do clima das regiões brasileiras para formar, com os demais

Leia mais

Conceito. são os diversos tipos de materiais ou processos dos quais se podem obter energia. Podem ser divididos em dois grandes grupos:

Conceito. são os diversos tipos de materiais ou processos dos quais se podem obter energia. Podem ser divididos em dois grandes grupos: Conceito são os diversos tipos de materiais ou processos dos quais se podem obter energia. Podem ser divididos em dois grandes grupos: Renováveis renovação em um curto período de tempo; Não renováveis

Leia mais

AULA 5. A herança da Revolução Industrial: o problema atual.

AULA 5. A herança da Revolução Industrial: o problema atual. AULA 5 A herança da Revolução Industrial: o problema atual. Roberto queria ir até Londres e Sofia concordou porque queria conhecer o lugar onde começou o progresso da nossa civilização com a Revolução

Leia mais

na nuvem/terra como se houvesse uma longa vara de metal conectando-as. Veja como a "quebra" funciona. Quando o campo elétrico se torna muito forte

na nuvem/terra como se houvesse uma longa vara de metal conectando-as. Veja como a quebra funciona. Quando o campo elétrico se torna muito forte Introdução (relâmpago/raios) O relâmpago é um dos fenômenos mais bonitos da natureza e também um dos mais mortais. Com as temperaturas dos raios sendo maiores do que a da superfície do Sol e com as ondas

Leia mais

História da Química: Empédocles (Séc. V a.c.)

História da Química: Empédocles (Séc. V a.c.) Prof.: Manzi História da Química: Empédocles (Séc. V a.c.) Teoria sobre os 4 elementos: Terra, Fogo, água e ar Aristóteles ( 350 a.c.) Quando a matéria recebe a forma ela se organiza nos quatro elementos

Leia mais

CARTA DA TERRA Adaptação Juvenil

CARTA DA TERRA Adaptação Juvenil CARTA DA TERRA Adaptação Juvenil I TRODUÇÃO Vivemos um tempo muito importante e é nossa responsabilidade preservar a Terra. Todos os povos e todas as culturas do mundo formam uma única e grande família.

Leia mais

Aula 19 Conteúdo O homem e o meio ambiente. Principais problemas ambientais do mundo.

Aula 19 Conteúdo O homem e o meio ambiente. Principais problemas ambientais do mundo. CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA Unidade IV Natureza sociedade: questões ambientais. Aula 19 Conteúdo O homem e o meio ambiente. Principais problemas ambientais do mundo. 2 CONTEÚDO

Leia mais

Questões comentadas ENEM 2007 Parte 1 Química, Física e Biologia

Questões comentadas ENEM 2007 Parte 1 Química, Física e Biologia Questões comentadas ENEM 2007 Parte 1 Química, Física e Biologia Caro estudante, Trazemos para você as questões das disciplinas de Química, Física e Biologia da prova do Exame Nacional do Ensino Médio

Leia mais

Energia nuclear 1 INTRODUÇÃO 2 FISSÃO NUCLEAR. leve usa como combustível o urânio 235 (também chamado de urânio enriquecido) e como

Energia nuclear 1 INTRODUÇÃO 2 FISSÃO NUCLEAR. leve usa como combustível o urânio 235 (também chamado de urânio enriquecido) e como 1 INTRODUÇÃO Energia nuclear Energia nuclear, energia liberada durante a fissão ou fusão dos núcleos atômicos. As quantidades de energia que podem ser obtidas mediante processos nucleares superam em muito

Leia mais

Página 1 de 8-01/04/2014-5:59

Página 1 de 8-01/04/2014-5:59 PROFESSOR: EQUIPE DE PORTUGUÊS BANCO DE QUESTÕES - LÍNGUA PORTUGUESA - 4 ANO - ENSINO FUNDAMENTAL ========================================================================== Texto 1 LIXO NO LIXO Dá para

Leia mais

Exame de Seleção à 1 a Série do Ensino Médio 2006 30/10/2005

Exame de Seleção à 1 a Série do Ensino Médio 2006 30/10/2005 UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO CENTRO DE FILOSOFIA E CIÊNCIAS HUMANAS COLÉGIO DE APLICAÇÃO SETOR CURRICULAR DE MATEMÁTICA Instruções: Exame de Seleção à 1 a Série do Ensino Médio 006 30/10/005

Leia mais

Divirta-se com o Clube da Química

Divirta-se com o Clube da Química Divirta-se com o Clube da Química Produzido por Genilson Pereira Santana www.clubedaquimica.com A idéia é associar a Química ao cotidiano do aluno usando as palavras cruzadas, o jogo do erro, o domino,

Leia mais

SÓ ABRA QUANDO AUTORIZADO.

SÓ ABRA QUANDO AUTORIZADO. UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS FÍSICA 2 a Etapa SÓ ABRA QUANDO AUTORIZADO. Leia atentamente as instruções que se seguem. 1 - Este Caderno de Provas contém seis questões, constituídas de itens e subitens,

Leia mais

CADERNO DE EXERCÍCIOS 1B

CADERNO DE EXERCÍCIOS 1B CADERNO DE EXERCÍCIOS 1B Ensino Fundamental Ciências da Natureza II Habilidade da Questão Conteúdo Matriz da EJA/FB 1 Biomas brasileiros H18 2 Problemas ambientais H19 3 Cadeia alimentar H24 4 Evolução

Leia mais

Taxionomia (do grego taxis ordenação e nomos sistema, norma) é todo sistema de classificação

Taxionomia (do grego taxis ordenação e nomos sistema, norma) é todo sistema de classificação TAXIONOMIA: O QUE É ISSO? Taxionomia (do grego taxis ordenação e nomos sistema, norma) é todo sistema de classificação Exemplo: Desenvolvimento de um plano para classificar livros em uma biblioteca LIVROS

Leia mais

SINAES. Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior EXAME NACIONAL DE DESEMPENHO DOS ESTUDANTES. Prova de FORMAÇÃO GERAL

SINAES. Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior EXAME NACIONAL DE DESEMPENHO DOS ESTUDANTES. Prova de FORMAÇÃO GERAL SINAES Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior 20 2010 Novembro / 2010 Prova de LEIA COM ATENÇÃO AS INSTRUÇÕES ABAIXO. 1 - Verifique se, além deste caderno, você recebeu o Caderno de Respostas,

Leia mais

Aquecimento Global e Protocolo de Kyoto. Professor Thiago Espindula Disciplina de Geografia

Aquecimento Global e Protocolo de Kyoto. Professor Thiago Espindula Disciplina de Geografia Aquecimento Global e Protocolo de Kyoto Professor Thiago Espindula Disciplina de Geografia Exercícios (ENEM 2006) Com base em projeções realizadas por especialistas, teve, para o fim do século

Leia mais

Aula 16 DESEQUILÍBRIO ECOLÓGICO

Aula 16 DESEQUILÍBRIO ECOLÓGICO Aula 16 DESEQUILÍBRIO ECOLÓGICO DESEQUILÍBRIO ECOLÓGICO I Ocorre de maneira natural; Atividade humana; Década de 1970 preocupação com a biodiversidade e poluição; Esforço global... Substituir civilização

Leia mais

U N I V E R S I D A D E F E D E R A L D E M I N A S G E R A I S SÓ ABRA QUANDO AUTORIZADO.

U N I V E R S I D A D E F E D E R A L D E M I N A S G E R A I S SÓ ABRA QUANDO AUTORIZADO. U N I V E R S I D A D E F E D E R A L D E M I N A S G E R A I S QUÍMICA Prova de 2 a Etapa SÓ ABRA QUANDO AUTORIZADO. Leia atentamente as instruções que se seguem. 1 - Este Caderno de Prova contém cinco

Leia mais

Imagem 1 Imagem 2. Fontes: Imagem 1 ROBIN, M. - 100 fotos do século, Evergreen, 1999./ Imagem 2 Le Monde Diplomatique ano 2, nº16 novembro de 2008

Imagem 1 Imagem 2. Fontes: Imagem 1 ROBIN, M. - 100 fotos do século, Evergreen, 1999./ Imagem 2 Le Monde Diplomatique ano 2, nº16 novembro de 2008 Nome: Nº: Turma: Geografia 3º ano Gabarito - Prova Augusto Mar/10 1. Observe as imagens abaixo e faça o que se pede: Imagem 1 Imagem 2 Fontes: Imagem 1 ROBIN, M. - 100 fotos do século, Evergreen, 1999./

Leia mais

INSTITUTO BRASIL SOLIDÁRIO INSTITUTO BRASIL SOLIDÁRIO. Programa de Desenvolvimento da Educação - PDE Programa de Desenvolvimento da Educação - PDE

INSTITUTO BRASIL SOLIDÁRIO INSTITUTO BRASIL SOLIDÁRIO. Programa de Desenvolvimento da Educação - PDE Programa de Desenvolvimento da Educação - PDE INSTITUTO BRASIL SOLIDÁRIO Mudanças Climáticas Rodrigo Valle Cezar O que é o Clima O clima compreende os diversos fenômenos que ocorrem na atmosfera da Terra. Atmosfera é a região gasosa que envolve toda

Leia mais