Relatório da Diretoria de Informática

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Relatório da Diretoria de Informática"

Transcrição

1 Relatório da Diretoria de Informática 2011.

2 Conteúdo 1 SISTEMAS DE INFORMAÇÃO SISTEMA ACADÊMICO DE GRADUAÇÃO - SAG ALUNO ON-LINE CETREINA DISET CENSO EDUCACIONAL SISTEMA DE EXTENSÃO SIEXT SISTEMA DE BOLSA PERMANÊNCIA (DEAPI) SISTEMA DE FISCALIZAÇÃO DE CONCURSOS SISTEMA DE DIPLOMAÇÃO SISTEMA DE IMPORTAÇÃO SISTEMA DE PROTOCOLO SISTEMA DE RESPONSABILIDADES CETREINA ON-LINE SISP (SISTEMA DE PAGAMENTO DOS CONTRATADOS) SISTEMA DE ADMINISTRAÇÃO DE BENS MÓVEIS (SABM) SERVIDOR ON-LINE (SOL) SISTEMA DE GERENCIAMENTO DE RECURSOS HUMANOS (SGRH) SISTEMA DE ESTACIONAMENTO SISTEMAS VESTIBULAR SISTEMAS WEB CRIAÇÃO DE SITES ATUALIZAÇÃO EM SITES PROJETO BUSINESS INTELLIGENCE PROJETO LOGIN ÚNICO CT-INFRA REDE DE DADOS INFOVIA AUMENTO DO LINK COM A REDERIO INSTALAÇÃO DO NOVO BANCO DE DADOS - SGBD ASE 15.5 SMALL BUSINESS MIGRAÇÃO DOS SERVIÇOS PARA O NOVO SISTEMA DE ARMAZENAMENTO (STORAGE) AMPLIAÇÃO DE HARDWARE E SOFTWARE DOS SERVIDORES CONFIGURAÇÃO DE REDE PARA OS EQUIPAMENTOS DO RESTAURANTE UNIVERSITÁRIO ATENDIMENTO E SUPORTE PADRONIZAÇÃO DE CONFIGURAÇÃO DE MICROCOMPUTADORES SERVIÇOS PROJETO PESSOA PROJETOS DE INFRAESTRUTURA INTERNA PROJETO OCOMON CONTROLE DE ACESSO CENTRAL TELEFÔNICA PROJETO REFORMA CAPACITAÇÃO PARTICIPAÇÃO EM EVENTOS PARTICIPAÇÃO EM CURSOS DINFO 2

3 Apresentação Este é o relatório das atividades desenvolvidas pela equipe da DINFO em Foi um ano de desenvolvimento e implantação de vários projetos, mas, sobretudo, foi um período de testes e definições. No início do ano, as dúvidas a respeito do ambiente tecnológico mais adequado aos sistemas corporativos da Uerj eram enormes. Mesmo assim, terminamos esse ano tendo definido e adquirido o sistema de gerenciamento de banco de dados para os sistemas corporativos; instalamos e expandimos o novo sistema de armazenamento de dados, atualizamos equipamentos e iniciamos efetivamente a implantação da nova rede de dados da Universidade, com maior capacidade e recursos tecnológicos. Fora isso, examinamos algumas tecnologias de desenvolvimento e, agora, já somos capazes de escolher o caminho técnico mais apropriado que deve ser seguido. Vale destacar, que nesse ano, utilizando um padrão novo de tecnologia, implantamos o último módulo do Sistema de Extensão - SIEXT. Em parceria com o Departamento de Extensão, desenvolvemos um sistema de processamento on-line das ações extensionistas. O primeiro módulo implantado foi o de Projetos e o segundo de Eventos. Dessa vez, trabalhamos no Módulo de Cursos e, como resultado, todos os cursos de extensão e as turmas de 2012 passaram, desde novembro, a ser cadastradas no SIEXT. Tendo sido desenvolvido pela Dinfo, a integração com os demais sistemas institucionais é automática, otimizando recursos financeiros, evitando retrabalho e eliminando inconsistências de dados. Ainda com relação ao desenvolvimento de sistemas, realizamos inúmeras alterações no Sistema Acadêmico de Graduação SAG buscando seu aprimoramento. Como continuidade desse trabalho, os projetos que serão desenvolvidos nos próximos anos deverão estar alinhados com as seguintes diretrizes: Prover sistemas atualizados para a gestão administrativa, ensino e extensão; Prover infra-estrutura de Rede de dados, Banco de Dados e Sistemas Operacionais, atualizados tecnologicamente; Criar, com a participação da SRH, uma política para o pessoal de TI, distribuição, capacitação e seu desenvolvimento; Criar ambiente de correio eletrônico capaz de atrair todos os servidores da Universidade; Criar um ambiente tecnológico adequado ao crescimento da pesquisa e pós-graduação; Automatizar todos os processos e procedimentos administrativos através de um sistema de gerenciamento eletrônico de documentos. Gerson Pech DINFO 3

4 Diretor 1 Sistemas de Informação 1.1 SISTEMA ACADÊMICO DE GRADUAÇÃO - SAG Durante o ano de 2011 foram realizadas diversas melhorias no Sistema Acadêmico de Graduação. Foram implementadas funções que vão facilitar a utilização do sistema e que são necessários para aperfeiçoar os procedimentos e rotinas da administração e controle acadêmico. São eles: Fio Fora do Prazo: alteração para permitir a inscrição de alunos ingressantes no período letivo corrente segundo o tipo de ingresso; Relatório Pontuação de Aluno na Turma: ajuste para mostrar as turmas que não receberam solicitação de inscrição; Relatório Ocupação da Turma: ajuste também para mostrar as turmas que não receberam solicitação de inscrição; Seleção de Aluno no Módulo ID: alteração da tela de seleção de aluno por outra mais moderna, similar a usada nos módulos Relatório e Controle Acadêmico. Utilizada por todas as funções do módulo que exigem seleção de aluno; Mensagem de Aluno no Módulo ID: alteração da tela de mensagens para mostrar, automaticamente, mensagens relativas aos diversos eventos de inscrição programados para o período e que não tenham sido finalizados. Histórico Escolar (HE) / Boletim Acadêmico (BA) 1: lançamento da nova versão desses documentos. As versões antigas serão mantidas provisoriamente. HE / BA 2: na versão antiga, acerto na observação individual do aluno para que o produto apenas mostre as observações relativas à última versão do aluno, desprezando observações das versões eliminadas por mudança de versão ou transferência interna. Demanda gerada por de 05/03/2010, enviado por Luiz Vicente do DAA; HE / BA 3: alteração na formação do código da disciplina para considerar a regra definida para disciplinas do CEDERJ quando oferecidas por outras instituições; HE / BA 4: alteração no tamanho do espaço de nacionalidade e naturalidade para permitir nomes mais compridos, como República Democrática do Congo; HE / BA 5: ajuste no rodapé nos nomes relacionados aos tipos de atividades. Para o curso de Turismo aparecerá Atividades Complementares e para o curso de Geografia (FEBF) Atividades Acadêmico-Culturais Complementares; HE / BA 6: ajuste na observação para uma versão curricular, para que saia somente a observação da última versão do aluno; DINFO 4

5 HE / BA 7: na versão antiga, ajuste na observação para que saia as informações relativas ao ENADE; Conclusão em Lote: acerto na rotina para que o sistema ignore a ramificação cancelada no momento de verificar os possíveis concluintes. Ficha de Registro de Diploma: alteração para considerar a habilitação oficial, colocando automaticamente o texto Vide observação quando a descrição da habilitação for maior do que 80 caracteres e a descrição oficial no espaço destinado à observações. Processo Sub Judice: ajuste para permitir a nova numeração de processo sub judice; Matricula de Aluno 1: ajuste para permitir indicar o subtipo de ingresso por Aproveitamento de Estudos: por Aproveitamento Tradicional ou Permanência de Vínculo. Quando por Permanência de Vínculo o último dígito da matrícula assume o valor 8 (oito); Matrícula de Aluno 2: ajuste para permitir a nova numeração de processo sub judice; Alterar Tipo de Ingresso: ajuste para considerar a Permanência de Vínculo; Vida Acadêmica: ajuste para informar matrícula inválida; Transferência Interna: ajuste para permitir a transferência de aluno de um curso anual para curso semestral. HE / BA 2: ajuste para mostrar a informação de eletivas somente se o currículo exigir esse tipo de requisito ou constar informação de eletiva cursada em seu histórico; Exclusão de Matrícula: ajuste para considerar a estrutura de alunos com deficiência; Cadastro de Turma 1: alteração na função que pega toda a estrutura de departamento, disciplina e turma para construir a árvore do produto de Cadastro de Turma para otimizar a performance; Histórico de Docente por Turma: novo relatório que mostra quando um docente foi alocado ou retirado de turma; Histórico de Docente por Horário: novo relatório que mostra quando um docente foi alocado ou retirado de cada horário de cada turma; 1.2 Aluno On-Line Verificação e inclusão de uma mensagem informando que o aluno está em seu último período de integralização; Inclusão de uma página relacionando as pendências de documentos do aluno. DINFO 5

6 Inclusão de informações dos processos administrativos envolvendo o aluno. 1.3 CETREINA O relatório Bolsas Distribuídas x Ocupadas passa a permitir a seleção das bolsas Cultura e COAMB (Conscientização Ambiental). Nas funções de seleção de Contratos e Aditivos para impressão, foi corrigido um problema que impedia a impressão. Na consulta Bolsa de Alunos e nas funções de Inscrição e de cadastro de TCEI e Aditivo TCEI, foi melhorado o desempenho das respectivas janelas de seleção. Na Consulta Declaração de Aluno, foi aumentado o espaço para o nome do aluno. Foi criada a consulta Declaração de Valor Recebido pelo Bolsista (Memorando 114/Cetreina). 1.4 DISET Foram realizadas diversas manutenções no sistema de controle dos extintores. As alterações solicitadas foram implementadas, homologadas e já podem ser utilizadas pelos usuários. 1.5 Censo Educacional Foram geradas várias relações a pedido do Niesc, para que eles pudessem preparar os dados da UERJ para o Censo Educacional Superior Sistema de Extensão SIEXT Esse sistema, que é gerenciado pelo DEPEXT, controla os projetos de extensão da Universidade. Foi desenvolvido pela Dinfo em 2008/2009. Através dele os professores cadastram pela Web as informações relacionadas aos seus projetos. Em 2011, realizamos diversas alterações, aperfeiçoando-o para que possa ser melhor utilizado. Além disso, desenvolvemos e implantamos um novo módulo que tem como propósito controlar os cursos de extensão da Universidade. Os principais serviços concluídos foram os seguintes: Levantamento, análise de requisitos e definição do modelo de dados do módulo de cadastramento e controle de cursos e turmas de extensão; Ajustes no módulo de cadastramento e controle de projetos de extensão para funcionamento da 2ª fase de cadastramento de projetos de DINFO 6

7 Adaptação do relatório COPAD para contabilizar a carga horária relativa a eventos de extensão. Construção do relatório INEP referente aos dados estatísticos de eventos de extensão. Construção do relatório INEP referente aos dados estatísticos de projetos de extensão por área de temática e pessoas envolvidas. Construção e Implantação da consulta a cursos pela web. Construção e implantação de gerência financeira de cursos. 1.7 Sistema de Bolsa Permanência (DEAPI) Esse sistema é o responsável pelo controle das Bolsas Permanência para os alunos cotistas. O sistema foi implantado no DEAPI e, a partir de novembro, a folha de pagamento dos bolsistas foi gerada através desse novo sistema. Durante 2011 também foram realizados vários ajustes no sistema para torná-lo alinhado às necessidades do Departamento. Ajustes no modelo de geração de relatório de pagamentos impedidos; Ajustes no modelo de liberação de pagamentos impedidos; Construção do modelo do relatório de cotistas ativos no SAG; Construção do modelo para realização de acordos de pagamentos; Migração dos dados históricos de pagamento de cotistas; Construção do modelo para o relatório de acúmulo de bolsas; Construção do modelo geração de relatório de acordos de pagamentos. 1.8 Sistema de Fiscalização de Concursos Ajustes para permitir a inscrição pelo CPF; Vários ajustes e melhorias no formulário de inscrição de candidatos a fiscal; Alteração nas permissões de acesso; Ajustes para permitir a diminuição das vagas abertas desde que não ultrapasse o nº de vagas utilizadas. DINFO 7

8 Construção de diversas funções de geração de arquivos e relatórios para facilitar o controle da fiscalização; 1.9 Sistema de Diplomação Acompanhamento do sistema em produção; Atendimento a algumas solicitações decorrentes de funções não atendidas atualmente pelo sistema; Implementação de funções no Postgres para o Sistema de Pós-graduação da SR2, visando a conversão de nomes para minúsculas Sistema de Importação Implementação e implantação de um novo sistema para a importação. O procedimento de solicitação de importação e encaminhamento da mesma foi desenvolvido utilizando Java para web, que substituiu o Sistema de Importação antigo desenvolvido em Powerbuilder Sistema de Protocolo Realizamos testes no Sybase Adaptive Server Enterprise 15.5 Small Business Edition Sistema de Responsabilidades Teste no Sybase Adaptive Server Enterprise 15.5 Small Business Edition Cetreina On-Line Devido a uma necessidade técnica reconstruímos o sistema On-Line do Cetreina SISP (Sistema de Pagamento dos Contratados) Geração de nova versão, corrigindo o arquivo da DIRF que estava sendo criado considerando o tipo de cadastro "SERVIDOR - AJUDA DE CUSTO", como rendimento tributável e o layout do arquivo de Rendimento Isento da DIRF. DINFO 8

9 1.15 Sistema de Administração de Bens Móveis (SABM) Além, de trabalharmos na manutenção do sistema, aperfeiçoando-o cada vez mais, com a inclusão de novos campos nas telas, janelas e relatórios, também, no decorrer de 2011, desenvolvemos funções novas para o SABM. São elas: Relatórios das vistorias cadastradas e pendentes; Adaptação do sistema para atender às novas regras de baixa dos bens pelas unidades ; Solicitação e cadastramento das vistorias de bens de informática que precisam de baixa; Solicitação de vistorias de bens de unidades diferentes; Confecção do manual de utilização do sistema para Agentes Patrimoniais, disponibilizado na página da DINFO Servidor On-Line (SOL) Foram implementados e, estão prontos para a utilização, os dois primeiros módulos desse sistema. Com eles os servidores técnico-administrativos e docentes poderão consultar vários dados relacionados à sua vida na Universidade. Os módulos são os seguintes: Módulo Acesso: Permite que o usuário entre no sistema com garantia de um acesso distinto e seguro, informando login e senha exclusivos. Módulo Consultas: Permite que o usuário visualize dados pessoais, documentação, habilitações, matrículas, dados funcionais, dependentes, frequência, férias, averbações, concessões, históricos de ocupação de cargos em comissão e funções gratificadas, perfis, unidades e apuração de tempo de serviço Além, desses dois módulos, também está em desenvolvimento outras funcionalidades em que o servidor poderá solicitar a alteração de alguns de seus dados, devendo apresentar a documentação comprobatória para que a atualização seja efetivada pela SRH Sistema de Gerenciamento de Recursos Humanos (SGRH) Foram realizadas várias melhorias no Sistema de Recursos Humanos para facilitar a sua utilização pela Superintendência de Recursos Humanos. As principais são as seguintes: Melhorias dentro e fora do exercício - do relatório de férias; Alteração na rotina de férias para efetuar o pagamento no 1º. período de férias gozadas; DINFO 9

10 Alteração da consulta Histórico de Cargo por Matrícula para emitir os inativos e alteração no layout dessa consulta; Alteração na regra das férias para retirar os Técnicos Administrativos com férias especiais do pagamento integral no 1º. período de férias gozadas; Alteração nas críticas de inatividade; Geração de DAM assim que um BIM for lançado; Alteração na regra do Artigo 117; Alteração na digitação e emissões do BIM; Elaboração do Relatório Mensal de Licenças Concedidas; Acerto das concomitâncias inconsistentes para procase e procad; Acertos na consulta de servidor e de pessoa no sistema de Pasta Funcional; Ajuste na manutenção e emissão do Artigo 115; Ajustes na base de dados dos níveis de acordo com definição da SRH; Implementação na base de dados e sistema considerando o motivo: "Revisão da Lei 4796/2006"; Acerto do relatório de Apuração de Tempo; Acerto na manutenção de dependentes; Implementação na base de dados e sistema considerando o motivo: "Enquadramento"; Elaboração de programa avulso para ler planilha gerada pelo SRH e acertar a base de dados em relação a enquadramentos. Alteração temporária no Histórico de Cargo para acerto da base de dados quando o motivo for "Decisão Judicial"; Implementação em todos os programas da Pasta Funcional para informar que o Servidor está inativo; Elaboração de programa avulso para ler planilha gerada pelo SRH e acertar a base de dados em relação à data de publicação; Teste no Sybase Adaptive Server Enterprise 15.5 Small Business Edition. DINFO 10

11 1.18 Sistema de Estacionamento Incorporação de novos relatórios no Sistema facilitando a gestão do estacionamento; Acompanhamento, junto aos usuários, dos módulos WEB do Sistema de Estacionamento (Estacionamento, Guarita e Adm.Interna) Sistemas Vestibular Foram realizadas adaptações, correções, revisões, testes, geração de instaladores, e processamento para o Sistema Vestibular buscando atender ao seu cronograma; Atualização de dados referentes a concursos anteriores para atender a ordens judiciais. 2 Sistemas WEB 2.1 Criação de Sites PROEPER site do Programa de Estudos e Pesquisa das Religiões do Centro de Ciências Sociais - DINFORME Site interno da DINFO - DINFO Site da DINFO Atualização em Sites SEPEL site do Seminário Permanente de Estudos Literários da UERJ, da Faculdade de Formação de Professores de São Gonçalo - DIALOGARTS site do Projeto de Extensão da Universidade do Rio de Janeiro - MOSTRA DE ESTÁGIO site do evento da mostra de estágios que acontece todo ano na Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Cetreina - 3 Projeto Business Intelligence Desenvolvemos um software que tem como objetivo gerar dados e informações para a avaliação institucional. A princípio, essa aplicação engloba dados da Graduação, do Vestibular e da COPAD e pode ser utilizada por diretores, vice-diretores, chefes de departamento, coordenadores de graduação e de disciplinas para analisar seus cursos e, através dessas DINFO 11

12 informações, ajudar na tomada de decisão. As principais atividades da equipe que trabalhou nesse produto foram as seguintes: Checagem e validação de alguns indicadores da Graduação; Participação na Comissão de Avaliação Qualitativa dos Dados sobre Desempenho Acadêmico que produziu o Relatório para a SR1; Ajuda aos professores na elaboração de tabelas e gráficos de apoio à comissão. 4 Projeto Login Único Desenvolvemos o Projeto Login Único que tem como objetivo adotar uma única informação para identificar o usuário dos vários sistemas da UERJ, novos e legados. O estudo identificou os possíveis candidatos à identificação e relacionou suas vantagens e desvantagens. Como produto do estudo, o documento intitulado Projeto Login Único, de maio de 2011, foi elaborado pelas equipes da DIT e da DSI, apontando o CPF como o dado ideal para ser utilizado como login único dos sistemas UERJ. Esta forma de identificação dos usuários será utilizada no Sistema Servidor On-Line.Projetos de Infra-Estrutura de Redes e Operação 5 CT-INFRA Rede de Dados Esse projeto, fomentado com verba FINEP, tem como objetivo a implantação, modernização e recuperação da infra-estrutura física e lógica da rede de dados da Universidade. Em 2011, realizamos as seguintes atividades do CT-INFRA: Instalação da infra-estrutura de cabeamento, fibras, tomadas elétricas e racks; Configuração e Instalação dos ativos de rede referentes ao projeto. Elaboramos, em novembro, um novo projeto para o atual CT-INFRA que foi apresentado a SR2. 6 INFOVIA 2 Esse projeto é realizado através de um convênio entre a UERJ, o PRODERJ e a OI/Telemar e refere-se à ampliação e aumento da velocidade de banda dos circuitos de dados que interligam as unidades externas ao campus UERJ-Maracanã. Concluímos nesse ano esse projeto, com todos os links instalados. DINFO 12

13 7 Aumento do Link com a RedeRio Ampliamos, através do convênio entre a FAPERJ e a OI/Telemar, o link entre o campus UERJ- Maracanã e a RedeRio de 100Mbps para 210Mbps. Além disso, foi elaborado o projeto de aumento para 1Giga bps e apresentado, em agosto, na Secretaria de Ciência e Tecnologia. 8 Instalação do Novo Banco de dados - SGBD ASE 15.5 Small Business Instalação e configuração dos ambientes de desenvolvimento, homologação e produção do SGDB ASE 15.5 Small Business. Com esse novo Gerenciador de Banco de Dados a DINFO terá condições de utilizar uma tecnologia mais moderna nos seus sistemas. Alguns sistemas já estão utilizando esse novo Banco de Dados. São eles: Sistema de controle do Helpdesk da DINFO; Sistema de Controle dos Bolsistas do DEAPI; Sistema de Diplomação da Graduação; Sistema de Fiscalização do Vestibular; Sistema de Estacionamento. Além disso, elaboramos o Projeto Básico para a aquisição do Sybase Enterprise, com suporte e treinamento, que aconteceu no dia 16 de dezembro no valor aproximado de R$ ,00 (Projeto Finep). Com isso, a DINFO dá um salto substancial na atualização do Sistema Gerenciador de Banco de Dados corporativo da instituição. 9 Migração dos Serviços para o Novo Sistema de Armazenamento (Storage) Migração da caixa postal do servidor de para a storage, possibilitando o aumento de tamanho da mesma para 200 MB. Utilização da storage como meio de armazenamento dos SGBDs de desenvolvimento, homologação e produção do ASE Consolidação dos servidores de aplicação web (Apache/PHP) com a utilização da storage. Definição, instalação e consolidação dos servidores de autenticação LDAP, com a utilização da storage. 10 Ampliação de hardware e software dos servidores Elaboração do projeto, aquisição e implantação de servidores e dispositivos para expansão da storage. Através desse projeto, elaborado esse ano pela DINFO, conseguimos adquirir servidores com tecnologia mais atual e, também, ampliar nossa capacidade de armazenamento de dados; DINFO 13

14 Elaboração de projeto e aquisição do Sybase Adaptive Server Enterprise 15.5 para Produção e do Sybase Adaptive Server Small Business 15.5 para Homologação, mantendo o Sybase Adaptive Server Small Business 15.5 atual para Desenvolvimento. Esse projeto também inclui treinamento nessa nova plataforma. Com essa aquisição, retomamos completamente a atualização do Banco de Dados institucional, que estava há oito anos sem sofrer atualização; Instalamos e configuramos, em novembro, um novo servidor para os serviços WEB. Com isso, o site da Universidade e os sites corporativos de todas as unidades estão funcionando em um ambiente mais atualizado e seguro;... C oordenamos a instalação d protocolo HTTPS nos servidores Jboss, desenvolvimento e produção. Com essa funcionalidade disponível podemos trafegar documentos pela WEB de maneira segura, pois esse protocolo provê criptografia de dados, autenticação de servidor, integridade de mensagem e autenticação de usuário. 11 Configuração de Rede para os equipamentos do Restaurante Universitário Foram configurados os equipamentos de rede para o Restaurante Universitário. Os moedeiros, catracas e os painéis estão conectados na rede da Universidade através desses equipamentos. 12 Atendimento e Suporte 12.1 Padronização de Configuração de microcomputadores Elaboramos e disponibilizamos para a UERJ algumas configurações padronizadas para microcomputadores e periféricos, a fim de simplificar o procedimento de especificação desses equipamentos e facilitar o processo de aquisição dos mesmos pela Universidade. Essas configurações foram enviadas por e podem ser consultadas através do site da DINFO Serviços A DINFO realizou, nesse ano, inúmeros atendimentos a usuários da Universidade com relação à utilização de rede, softwares e equipamentos. A quantidade de atendimentos em 2011 prestados por cada um dos setores, Departamento de Infraestrutura e Tecnologia - DIT - Departamento de Sistemas de Informação DSI - e Coordenação de Atendimento e Suporte CAS - é revelada abaixo. Chamados Encerrados Pelos Setores DSI 869 DIT CAS DINFO 14

15 Já a coordenação de Redes e Operações CRO pertencente ao DIT, que, entre outras coisas, é responsável pela conexão interna e externa da Universidade, teve o seguinte quadro de distribuição de atendimentos: Coordenação de Redes e Operação - CRO DIVERSOS (IP / Roteador) 12 1% PROJETO DE REDE 35 2% WWW 85 4% CAPES % CABEAMENTO / SWITCH % % O detalhamento e percentuais dos atendimentos da CAS podem ser visto na tabela abaixo: Coordenação de Atendimento e Suporte - CAS MULTIFUNCIONAIS / SCANERS 33 1% MALAWARE 62 1% IMPRESSORAS (Diversas) 540 9% SOFTWARE % HARDWARE % DINFO 15

16 13 Projeto Pessoa Começamos a desenvolver o Projeto Pessoa que tem a finalidade de criar uma base única de dados de pessoas físicas e jurídicas que interagem com a UERJ, extinguindo os inúmeros cadastros utilizados pelos diversos sistemas atualmente. Esse projeto ainda está em andamento e, nossa previsão é que o Sistema SOL (Servidor On-Line) e SPO (Professor On-Line) já utilizem a referida base de dados. 14 Projetos de Infraestrutura Interna 14.1 Projeto OCOMON Foi realizada a instalação, configuração e testes do software Open Source OCOMON em um ambiente interno. Nosso objetivo é utilizar no futuro esse sistema em substituição ao atual Sistema de Helpdesk que com isso terá muito mais controle e poderá ser usado por toda a Universidade. O resultado do trabalho foi apresentado com a execução das funcionalidades do produto em um ambiente piloto Controle de Acesso Especificamos, adquirimos, configuramos e implantamos um sistema de controle de acesso na entrada da DINFO e no Departamento de Infraestrutura e Tecnologia. Com esse sistema instalado conseguimos organizar o acesso à DINFO e garantir a segurança necessária. DINFO 16

17 14.3 Central Telefônica Reprogramamos a central telefônica da DINFO para atender às novas necessidades da Diretoria e do HelpDesk. Esse trabalho foi realizado com o propósito de corrigir inúmeras falhas da mesa de telefonia da DINFO Projeto Reforma Participamos da definição do projeto elétrico e de rede dos novos ambientes da DINFO, bem como o acompanhamento de sua execução. As reformas concluídas e já em utilização são as seguintes: Sala de máquinas da DINFO; Sala do setor suporte; Sala do Helpdesk e recepção; Cabeamento para a instalação de rede wireless na Sala Auditório da DINFO. 15 Capacitação Participação em eventos e cursos no primeiro semestre de Participação em Eventos UTM Fortinet e Fluke Networks - Evento de segurança que apresentou as principais novidades e tendências do mercado de segurança, realizado em 9 de junho e com a participação de dois servidores da DIT; Tour Java EE Evento realizado em 28 de junho, pela Powerlogic, com a participação de três servidores do DIT e três do DIT; Evento Axis e Redisul - CFTV-IP; Roadshow Enterasys - Infraestrutura e Segurança na Era da Mobilidade Total; LinuxCon 201; RedHat Day - Otimizando Recursos e Investimentos com Grid e Cloud Computing; Wi-Fi mais inteligente, simplesmente superior para o Setor Educacional - Solução RUCKUS - Universidade Inacap em Santiago do Chile. DINFO 17

18 15.2 Participação em Cursos LINUX ADVANCED SPECIALIZATION - Curso realizado nos meses de abril/maio de 2011, com a participação de dois servidores da DIT; Desenvolvedor JAVA - Curso realizado em junho/julho de 2011, pela SRH/DINFO, com a participação de dois servidores da DIT e quatorze servidores do DSI; Participação no evento de treinamento de Agentes Patrimoniais promovido pela Auditoria Interna; Gestão de TI Curso realizado em outubro pela Rede Nacional de Pesquisa; Curso de Segurança para Sistemas VoIP - Curso realizado em outubro pela Rede Nacional de Pesquisa; DINFO 18

LEI DE ACESSO A INFORMAÇÃO DIREITO DO CIDADÃO

LEI DE ACESSO A INFORMAÇÃO DIREITO DO CIDADÃO DESCRIÇÃO DO SIGAI O SIGAI (Sistema Integrado de Gestão do Acesso à Informação) é uma solução de software que foi desenvolvida para automatizar os processos administrativos e operacionais visando a atender

Leia mais

AVISO. O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio.

AVISO. O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio. AVISO O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio. Nenhuma parte desta publicação pode ser reproduzida nem transmitida

Leia mais

Departamento de Tecnologia da Informação

Departamento de Tecnologia da Informação Departamento de Tecnologia da Informação Objetivos O DTI é o departamento responsável por toda a arquitetura tecnológica do CRF- SP, ou seja, compreende todo o conjunto de hardware/software necessário

Leia mais

Pode Judiciário Justiça do Trabalho Tribunal Regional do Trabalho da 11ª Região ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS DE DIREÇÃO E CHEFIAS DA SETIC

Pode Judiciário Justiça do Trabalho Tribunal Regional do Trabalho da 11ª Região ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS DE DIREÇÃO E CHEFIAS DA SETIC Pode Judiciário Justiça do Trabalho Tribunal Regional do Trabalho da 11ª Região ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS DE DIREÇÃO E CHEFIAS DA SETIC 1. Diretor da Secretaria de Tecnologia da Informação e Comunicação Coordenar

Leia mais

PLANO DE ATUALIZAÇÃO E MANUTENÇÃO DE EQUIPAMENTOS

PLANO DE ATUALIZAÇÃO E MANUTENÇÃO DE EQUIPAMENTOS AEJ - ASSOCIAÇÃO EDUCACIONAL DE JAÚ CNPJ 05.311.136/0001-36 FACULDADE JAUENSE PLANO DE ATUALIZAÇÃO E MANUTENÇÃO DE EQUIPAMENTOS JAÚ/2012 MANUTENÇÃO E ATUALIZAÇÃO E MANUTENÇÃO DOS EQUIPAMENTOS DA FAJAU

Leia mais

Manual. Objetivo: resumir as informações fornecidas durante o treinamento do SIGAA.

Manual. Objetivo: resumir as informações fornecidas durante o treinamento do SIGAA. Manual Objetivo: resumir as informações fornecidas durante o treinamento do SIGAA. Informações importantes: a) O SIGAA é um sistema desenvolvido pela UFRN e adquirido em cooperação pela UFPA. Ele visa

Leia mais

CPqD Gestão Pública. Gestão Escolar Guia de treinamento. Versão do produto: 4.0.0 Edição do documento: 2.0 Abril de 2010

CPqD Gestão Pública. Gestão Escolar Guia de treinamento. Versão do produto: 4.0.0 Edição do documento: 2.0 Abril de 2010 CPqD Gestão Pública Gestão Escolar Guia de treinamento Versão do produto: 4.0.0 Edição do documento: 2.0 Abril de 2010 CPqD Gestão Pública Gestão Escolar Guia de treinamento Versão do produto: 4.0.0 Edição

Leia mais

2013 GVDASA Sistemas Release Notes GVcollege 3.6.7 1

2013 GVDASA Sistemas Release Notes GVcollege 3.6.7 1 2013 GVDASA Sistemas Release Notes GVcollege 3.6.7 1 AVISO O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual da GVDASA Sistemas e toda a informação nele contida é confidencial. Nenhuma parte deste

Leia mais

UTILIZAÇÃO DE RECURSOS DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO - TIC

UTILIZAÇÃO DE RECURSOS DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO - TIC Código: NO01 Tribunal Regional do Trabalho da 18ª Região Comitê de Segurança da Informação Secretaria de Tecnologia da Informação Núcleo de Segurança da Informação Revisão: 00 Vigência:20/04/2012 Classificação:

Leia mais

INFORMÁTIC INFORMÁ TIC INFORMÁTICA

INFORMÁTIC INFORMÁ TIC INFORMÁTICA NFORM Infra-estrutura Administrativa e Operacional da Área de Informática da UESB 9.2 A UINFOR está organizada em quatro áreas de trabalho: 9.2.1 Desenvolvimento de Sistemas: Esta área é a responsável

Leia mais

1. Plataforma Sage... 2 2. Primeiro Acesso... 3. 3. Configurações... 6. 4. Relacionamento... 8. 5. Folha de Pagamento esocial...

1. Plataforma Sage... 2 2. Primeiro Acesso... 3. 3. Configurações... 6. 4. Relacionamento... 8. 5. Folha de Pagamento esocial... 1. Plataforma Sage... 2 2. Primeiro Acesso... 3 1.1. Conhecendo a Plataforma... 4 1.2. Seleção da Empresa de Trabalho... 4 1.3. Sair do Sistema... 5 1.4. Retornar a tela principal... 5 3. Configurações...

Leia mais

Aprovar Regulamento de Gestão de Utilização de Recursos de TI junto ao COUNI Março 2012

Aprovar Regulamento de Gestão de Utilização de Recursos de TI junto ao COUNI Março 2012 Planejamento 2012 Diretoria de TI DIMENSÃO 01: GESTÃO UNIVERSITÁRIA Objetivo Estratégico 1.3: Aprimorar os mecanismos de gestão da tecnologia de informação Aprovar o Regimento do Comitê Gestor de TI Março

Leia mais

Manual de Utilização. Sistema. Recibo Provisório de Serviço

Manual de Utilização. Sistema. Recibo Provisório de Serviço Manual de Utilização Sistema Recibo Provisório de Serviço Versão 1.0 17/08/2011 Sumário Introdução... 5 1. Primeiro Acesso... 7 2. Funções do e-rps... 8 2.1 Menu Superior... 8 2.1.1 Arquivo......8 2.1.2

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO

MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO SInAE Sistema Integrado de Administração Escolar Fevereiro - 2006 Sumário INTRODUÇÃO... 2 APRESENTAÇÃO DOS MÓDULOS... 3 Módulo Acadêmico... 3 Módulo de Cofigurações da Escola...

Leia mais

CENTRO DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA VISCONDE DE CAIRU CEPPEV CURSO: GESTÃO DE DATACENTER E COMPUTAÇÃO EM NUVEM 2013.2

CENTRO DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA VISCONDE DE CAIRU CEPPEV CURSO: GESTÃO DE DATACENTER E COMPUTAÇÃO EM NUVEM 2013.2 NÚMERO DE VAGAS: 25 (Vinte e Cinco) Vagas. PREVISÃO DE INÍCIO DAS AULAS 01 de Novembro de 2013 CENTRO DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA VISCONDE DE CAIRU CEPPEV APRESENTAÇÃO / JUSTIFICATIVA A Fundação Visconde

Leia mais

Novo Sistema de Gestão do IFAM

Novo Sistema de Gestão do IFAM Novo Sistema de Gestão do IFAM Os módulos serão implantados atendendo aos critérios: Sistema/Módulo Entrega Prazo de Entrega Módulo Administrativo Integração SIAFI Módulo de Recursos Humanos Protocolo

Leia mais

PLANO DE ATUALIZAÇÃO E MANUTENÇÃO DOS EQUIPAMENTOS

PLANO DE ATUALIZAÇÃO E MANUTENÇÃO DOS EQUIPAMENTOS PLANO DE ATUALIZAÇÃO E MANUTENÇÃO DOS EQUIPAMENTOS 1. INTRODUÇÃO As Faculdades mantidas pelo Instituto Educacional de Assis IEDA (Escola de Educação Física de Assis, Faculdade de Administração de Assis,

Leia mais

PADRÕES OPERACIONAIS DA SEÇÃO ACADÊMICA EM RELAÇÃO AOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO 1. CADASTRO DE CANDIDATOS AO PROCESSO SELETIVO DE CURSOS PG

PADRÕES OPERACIONAIS DA SEÇÃO ACADÊMICA EM RELAÇÃO AOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO 1. CADASTRO DE CANDIDATOS AO PROCESSO SELETIVO DE CURSOS PG PADRÕES OPERACIONAIS DA SEÇÃO ACADÊMICA EM RELAÇÃO AOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO 1. CADASTRO DE CANDIDATOS AO PROCESSO SELETIVO DE CURSOS PG O processo seletivo para os cursos de PG inicia com a aprovação

Leia mais

FEATI - Faculdade de Educação, Administração e Tecnologia de Ibaiti Mantida pela União das Instituições Educacionais do Estado de São Paulo UNIESP

FEATI - Faculdade de Educação, Administração e Tecnologia de Ibaiti Mantida pela União das Instituições Educacionais do Estado de São Paulo UNIESP PLANO DE ATUALIZAÇÃO E MANUTENÇÃO DOS EQUIPAMENTOS IBAITI/PR 2013 SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO... 3 2 OBJETIVOS... 3 3 ATUALIZAÇÃO DO PARQUE TECNOLÓGICO... 3 3.1 Laboratório de Informática, Departamentos Acadêmicos

Leia mais

INTRODUÇÃO 2 ACESSO AO SIGTECWEB 3 TEMPO DE CONEXÃO 5 NAVEGAÇÃO 7 BARRA DE AÇÕES 7 COMPORTAMENTO DOS BOTÕES 7 FILTROS PARA PESQUISA 8

INTRODUÇÃO 2 ACESSO AO SIGTECWEB 3 TEMPO DE CONEXÃO 5 NAVEGAÇÃO 7 BARRA DE AÇÕES 7 COMPORTAMENTO DOS BOTÕES 7 FILTROS PARA PESQUISA 8 ÍNDICE INTRODUÇÃO 2 ACESSO AO SIGTECWEB 3 TEMPO DE CONEXÃO 5 NAVEGAÇÃO 7 BARRA DE AÇÕES 7 COMPORTAMENTO DOS BOTÕES 7 FILTROS PARA PESQUISA 8 ACESSO ÀS FERRAMENTAS 9 FUNÇÕES 12 MENSAGENS 14 CAMPOS OBRIGATÓRIOS

Leia mais

SCIM 1.0. Guia Rápido. Instalando, Parametrizando e Utilizando o Sistema de Controle Interno Municipal. Introdução

SCIM 1.0. Guia Rápido. Instalando, Parametrizando e Utilizando o Sistema de Controle Interno Municipal. Introdução SCIM 1.0 Guia Rápido Instalando, Parametrizando e Utilizando o Sistema de Controle Interno Municipal Introdução Nesta Edição O sistema de Controle Interno administra o questionário que será usado no chek-list

Leia mais

PJe-Processo Judicial Eletrônico. Gestão 2013/2015. Ministro Carlos Alberto Reis de Paula

PJe-Processo Judicial Eletrônico. Gestão 2013/2015. Ministro Carlos Alberto Reis de Paula PJe-Processo Judicial Eletrônico Gestão 2013/2015. Ministro Carlos Alberto Reis de Paula Agenda 1 O PJe no Brasil 2 Desafios 3 4 Ações Estruturantes Próximos Passos Os números do PJe no Brasil Número de

Leia mais

INTEGRAÇÃO RM TOTVS X MOODLE FACULDADE FALS PRAIA GRANDE. Marcello Toledo da Silva

INTEGRAÇÃO RM TOTVS X MOODLE FACULDADE FALS PRAIA GRANDE. Marcello Toledo da Silva INTEGRAÇÃO RM TOTVS X MOODLE FACULDADE FALS PRAIA GRANDE Marcello Toledo da Silva Visão geral Descrição do Projeto A Faculdade FALS Praia Grande - SP Como era Solução de Integração Moodle Problemas encontrados

Leia mais

ASSESSORIA DE INFORMÁTICA RELATÓRIO DE ATIVIDADES PDI 2011-2012

ASSESSORIA DE INFORMÁTICA RELATÓRIO DE ATIVIDADES PDI 2011-2012 ASSESSORIA DE INFORMÁTICA RELATÓRIO DE ATIVIDADES PDI 2011-2012 A Assessoria de Informática (AI) é responsável pela coordenação executiva de Informática e comunicação de dados da Universidade, em conformidade

Leia mais

FACULDADE ERNESTO RISCALI

FACULDADE ERNESTO RISCALI PLANO DE ATUALIZAÇÃO E MANUTENÇÃO DE EQUIPAMENTOS OLÍMPIA 2015 Rua Bruno Riscali Vila Hípica Olímpia (SP) - (17) 3281-1231 CEP: 15400-000 2 PLANO DE ATUALIZAÇÃO E MANUTENÇÃO DOS EQUIPAMENTOS. 1. INTRODUÇÃO

Leia mais

ANEXO À RESOLUÇÃO Nº /2010 REGIMENTO DA DIRETORIA DE TECNOLOGIA DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO

ANEXO À RESOLUÇÃO Nº /2010 REGIMENTO DA DIRETORIA DE TECNOLOGIA DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO ANEXO À RESOLUÇÃO Nº /2010 REGIMENTO DA DIRETORIA DE TECNOLOGIA DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO Art. 1º - A Diretoria de Tecnologia de Informação e Comunicação DTIC da Universidade FEDERAL DO ESTADO DO RIO

Leia mais

Catálogo de Serviços Coordenação Técnica CTE Superintendência de Tecnologia da Informação - STI

Catálogo de Serviços Coordenação Técnica CTE Superintendência de Tecnologia da Informação - STI Catálogo de Serviços Coordenação Técnica CTE Superintendência de Tecnologia da Informação - STI Pág. 1/10 1. ATENDIMENTO TÉCNICO O objetivo do setor de atendimento técnico é atender solicitações de usuários

Leia mais

Configuração SERVIDOR.

Configuração SERVIDOR. REQUISITOS MINIMOS SISTEMAS FORTES INFORMÁTICA. Versão 2.0 1. PRE-REQUISITOS FUNCIONAIS HARDWARES E SOFTWARES. 1.1 ANALISE DE HARDWARE Configuração SERVIDOR. Componentes Mínimo Recomendado Padrão Adotado

Leia mais

MBA EM ARQUITETURAS DE REDES E CLOUD COMPUTING

MBA EM ARQUITETURAS DE REDES E CLOUD COMPUTING MBA EM ARQUITETURAS DE REDES E CLOUD COMPUTING Você é um profissional de infraestrutura capaz de integrar Redes, Sistemas/Software e Banco de Dados em datacenters e utilizar técnicas de virtualização em

Leia mais

DESCRITIVO TÉCNICO - VERSÃO DESKTOP

DESCRITIVO TÉCNICO - VERSÃO DESKTOP sistema para gerenciamento de instituições de ensino DESCRITIVO TÉCNICO - VERSÃO DESKTOP Nossa Empresa A Sponte Informática é uma empresa brasileira, localizada em Pato Branco, cidade considerada pólo

Leia mais

Manual de Usuário. Gestion Libre de Parc Informatique (Gestão Livre de Parque de Informática) Versão 1.1 NRC

Manual de Usuário. Gestion Libre de Parc Informatique (Gestão Livre de Parque de Informática) Versão 1.1 NRC Manual de Usuário Gestion Libre de Parc Informatique (Gestão Livre de Parque de Informática) Versão 1.1 NRC Manual do Usuário GLPI 1. Introdução 3 2. Acessando o GLPI 4 3. Entendendo o processo de atendimento

Leia mais

Version Notes (Notas da versão) Versão 4.10.1.8-05-12-2012

Version Notes (Notas da versão) Versão 4.10.1.8-05-12-2012 Florianópolis, 05 de dezembro de 2012. Abaixo você confere as características e funcionalidades da nova versão 4.10.1.8-05-12-2012 do Channel. Para quaisquer dúvidas ou na necessidade de maiores esclarecimentos,

Leia mais

PORTARIA TRT 18ª GP/SGP Nº 034/2012 O DESEMBARGADOR PRESIDENTE DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 18ª REGIÃO, no uso de suas atribuições legais e

PORTARIA TRT 18ª GP/SGP Nº 034/2012 O DESEMBARGADOR PRESIDENTE DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 18ª REGIÃO, no uso de suas atribuições legais e PORTARIA TRT 18ª GP/SGP Nº 034/2012 O DESEMBARGADOR PRESIDENTE DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 18ª REGIÃO, no uso de suas atribuições legais e regulamentares, e tendo em vista o que consta do Processo

Leia mais

Atribuições dos Coordenadores do Curso de Graduação em Direito: a) Coordenador do Curso de Graduação em Direito:

Atribuições dos Coordenadores do Curso de Graduação em Direito: a) Coordenador do Curso de Graduação em Direito: 306 Atribuições dos Coordenadores do Curso de Graduação em Direito: a) Coordenador do Curso de Graduação em Direito: 1. conhecer do Estatuto da Instituição e do Regimento do Curso; 2. apresentar, por escrito,

Leia mais

Instruções de Preenchimento Situação do Aluno (Preliminar)

Instruções de Preenchimento Situação do Aluno (Preliminar) Instruções de Preenchimento Situação do Aluno (Preliminar) 1 2 Conteúdo INTRODUÇÃO... 4 AUTENTICAÇÃO... 5 AUTENTICAR USUÁRIO... 5 USUÁRIO SEM INFORMAÇÃO DE E-MAIL... 5 SOLICITAR NOVA SENHA... 7 Acesso

Leia mais

SIATEX NOVO MANUAL SIATEX. www.siatex.ufba.br

SIATEX NOVO MANUAL SIATEX. www.siatex.ufba.br NOVO MANUAL SIATEX www.siatex.ufba.br Outubro 2013 1 ÍNDICE APRESENTAÇÃO... 3 CADASTRO... 4 ACOMPANHAMENTO... 7 CANCELAMENTO... 7 RELATÓRIO... 8 Inscrição Externa... 8 Upload da assinatura... 10 CERTIFICAÇÃO...

Leia mais

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DO CENTRO UNIVERSITÁRIO MÓDULO EDITAL 2015/2

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DO CENTRO UNIVERSITÁRIO MÓDULO EDITAL 2015/2 PROGRAMA INSTITUCIONAL DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DO CENTRO UNIVERSITÁRIO MÓDULO EDITAL 2015/2 Abertura de Processo Seletivo para o Programa de Iniciação Científica do Universitário Módulo A Reitoria do Universitário

Leia mais

Capítulo I Da Origem. Capítulo II Dos Órgãos Colegiados

Capítulo I Da Origem. Capítulo II Dos Órgãos Colegiados NORMATIZAÇÃO ADMINISTRATIVA, DIDÁTICO-PEDAGÓGICA PARA AS ATIVIDADES DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO NOS CURSOS TÉCNICOS NA MODALIDADE DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E

Leia mais

SUMÁRIO. Faculdade Católica do Tocantins www.catolica-to.edu.br

SUMÁRIO. Faculdade Católica do Tocantins www.catolica-to.edu.br MANUAL DO PORTAL ACADÊMICO Passo a passo do Portal Acadêmico www.catolica-to.edu.br - suporterm@catolica-to.edu.br SUMÁRIO Objetivo Manual do Portal Acadêmico... 03 Navegadores... 03 Endereço Eletrônico

Leia mais

PDTI - Definição. Instrumento de diagnóstico, planejamento e

PDTI - Definição. Instrumento de diagnóstico, planejamento e PDTI - Definição Instrumento de diagnóstico, planejamento e gestão dos recursos e processos de Tecnologia da Informação que visa atender às necessidades tecnológicas e de informação de um órgão ou entidade

Leia mais

Manual do Usuário. Sistema de Gerenciamento de Projetos de Pesquisa

Manual do Usuário. Sistema de Gerenciamento de Projetos de Pesquisa Manual do Usuário Sistema de Gerenciamento de Projetos de Pesquisa Ministério da Educação Fundação Universidade Federal de Mato Grosso Secretaria de Tecnologias da Informação e da Comunicação Aplicadas

Leia mais

Tecnologia da Informação CAASP. DIS Departamento de Informática e Sistemas. Relatório Anuário 2008 Att. Gerência Geral e Diretoria CAASP

Tecnologia da Informação CAASP. DIS Departamento de Informática e Sistemas. Relatório Anuário 2008 Att. Gerência Geral e Diretoria CAASP Tecnologia da Informação CAASP DIS Relatório Anuário 2008 Att. Gerência Geral e Diretoria CAASP Introdução...03 Projetos e Fatos Relevantes 2008...03 Raio X de Investimentos e Custos...10 Considerações

Leia mais

EDITAL Nº 194, DE 03 DE DEZEMBRO DE 2015 1

EDITAL Nº 194, DE 03 DE DEZEMBRO DE 2015 1 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE MINAS GERAIS PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO Avenida Professor Mário Werneck, nº

Leia mais

CHAMADA DINTER ITA/IFG

CHAMADA DINTER ITA/IFG CHAMADA DINTER ITA/IFG A Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação (ProPG) do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Goiás (IFG) torna público o processo para seleção de docentes, de seu

Leia mais

PLANO DE DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL 2014-2018 PROPOSTAS DE METAS, AÇÕES E INDICADORES

PLANO DE DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL 2014-2018 PROPOSTAS DE METAS, AÇÕES E INDICADORES PLANO DE DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE MINAS GERAIS PROPOSTAS DE METAS, AÇÕES E INDICADORES CAMPUS CONGONHAS DEZEMBRO - 2013 INFRA-ESTRUTURA Objetivo

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO GERALDO DI BIASE

CENTRO UNIVERSITÁRIO GERALDO DI BIASE CENTRO UNIVERSITÁRIO GERALDO DI BIASE Life Sistemas Manual do Professor 1. Introdução O Centro Universitário Geraldo Di Biase apresenta, neste manual, os serviços do Sistema Life Educacional que você,

Leia mais

SISTEMA INTEGRADO DE ADMINISTRAÇÃO DA RECEITA PED MANUAL INTERNET

SISTEMA INTEGRADO DE ADMINISTRAÇÃO DA RECEITA PED MANUAL INTERNET SISTEMA INTEGRADO DE ADMINISTRAÇÃO DA RECEITA MANUAL INTERNET ÍNDICE Sistema Integrado de Administração da Receita 1 INTRODUÇÃO GERAL... 4 2 INTRODUÇÃO AO... 4 2.1 OBJETIVOS... 4 2.2 BENEFÍCIOS... 4 2.3

Leia mais

MANUAL SIATEX. www.siatex.ufba.br

MANUAL SIATEX. www.siatex.ufba.br MANUAL SIATEX www.siatex.ufba.br Atualização outubro de 2014 ÍNDICE APRESENTAÇÃO...3 CADASTRO...4 ACOMPANHAMENTO...7 CANCELAMENTO...7 RELATÓRIO...8 Inscrição Externa...8 Upload da assinatura...10 CERTIFICAÇÃO...11

Leia mais

1 INTRODUÇÃO. 1.2 Novo modelo operacional do Sistema do Cadastro Único

1 INTRODUÇÃO. 1.2 Novo modelo operacional do Sistema do Cadastro Único Instrução Operacional nº 35 SENARC/MDS Brasília, 15 de abril de 2010. Assunto: Divulga as orientações necessárias para a solicitação de cadastramento de usuários municipais no novo sistema de Cadastro

Leia mais

Guia de instruções passo a passo para o registro de Projetos de Pesquisa na PRPPG

Guia de instruções passo a passo para o registro de Projetos de Pesquisa na PRPPG UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO DEPARTAMENTO DE PESQUISA Guia de instruções passo a passo para o registro de Projetos de Pesquisa na PRPPG O Sistema de Acadêmico

Leia mais

CENSO DA EDUCAÇÃO SUPERIOR. Treinamento Censup 2014. Brasília-DF Fevereiro 2015

CENSO DA EDUCAÇÃO SUPERIOR. Treinamento Censup 2014. Brasília-DF Fevereiro 2015 CENSO DA EDUCAÇÃO SUPERIOR Treinamento Censup 2014 Brasília-DF Fevereiro 2015 Treinamento 2014 Objetivos 1. Apresentação geral do sistema Censup; 2. Discutir os principais conceitos; 3. Apresentar novas

Leia mais

Universidade Federal de Mato Grosso. Secretaria de Tecnologias da Informação e Comunicação. SISCOFRE Sistema de Controle de Frequência MANUAL

Universidade Federal de Mato Grosso. Secretaria de Tecnologias da Informação e Comunicação. SISCOFRE Sistema de Controle de Frequência MANUAL Universidade Federal de Mato Grosso Secretaria de Tecnologias da Informação e Comunicação SISCOFRE Sistema de Controle de Frequência MANUAL Versão 2.1 2013 Cuiabá MT Sumário Usuários do SISCOFRE... 3 Fases

Leia mais

2013 GVDASA Sistemas Configuração dos Portais 2

2013 GVDASA Sistemas Configuração dos Portais 2 2013 GVDASA Sistemas Configuração dos Portais 2 AVISO O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio. Nenhuma parte desta

Leia mais

Estabelecer os procedimentos para o gerenciamento dos sistemas e demais aplicações informatizadas do TJAC.

Estabelecer os procedimentos para o gerenciamento dos sistemas e demais aplicações informatizadas do TJAC. Código: MAP-DITEC-001 Versão: 00 Data de Emissão: 01/01/2013 Elaborado por: Gerência de Sistemas Aprovado por: Diretoria de Tecnologia da Informação 1 OBJETIVO Estabelecer os procedimentos para o gerenciamento

Leia mais

Documentos produzidos pelo Prossiga

Documentos produzidos pelo Prossiga Documentos produzidos pelo Prossiga CHASTINET, Yone. Prossiga: Programa de Trabalho para o exercício do 2º semestre de 1999 e 1º semestre de 2000. Rio de Janeiro, p.1-20, maio 1999. (MCT/CNPq/Prossiga

Leia mais

GESTÃO. Educacional. www.semeareducacional.com.br. Sistema Municipal de Excelência ao Atendimento da Rede

GESTÃO. Educacional. www.semeareducacional.com.br. Sistema Municipal de Excelência ao Atendimento da Rede GESTÃO Educacional A P R E S E N T A Ç Ã O www.semeareducacional.com.br Sistema Municipal de Excelência ao Atendimento da Rede A EXPANSÃO TECNOLOGIA Nossa MISSÃO: Transformação de Dados em Informação Transformação

Leia mais

Manual do Usuário Instituição

Manual do Usuário Instituição 1 Manual do Usuário Instituição Área Restrita Site de Certificação Controle: D.04.36.00 Data da Elaboração: 13/08/2014 Data da Revisão: - Elaborado por: TIVIT / Certificação ANBIMA Aprovado por: Gerência

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online MBA EM COMUNICAÇÃO E MARKETING Regulamentação de Pós-Graduação Lato Sensu e Ato de Credenciamento Institucional para Oferta de Curso de Pós-Graduação

Leia mais

Universidade de Brasília Sistema de Planejamento Institucional Secretaria de Planejamento Decanato de Administração

Universidade de Brasília Sistema de Planejamento Institucional Secretaria de Planejamento Decanato de Administração Anexo T Projetos Estratégicos Institucionais 1 Projetos Estratégicos da UnB 1 O processo de modernização da gestão universitária contempla projetos estratégicos relacionados à reestruturação organizacional

Leia mais

1. DOS PRÉ-REQUISITOS 2. FUNCIONAMENTO DO CURSO

1. DOS PRÉ-REQUISITOS 2. FUNCIONAMENTO DO CURSO Edital de oferta de vagas para o Curso de Pós-Graduação Lato Sensu Gestão, Auditoria e Licenciamento Ambiental, na modalidade a distância. A Reitora da Universidade Anhanguera-Uniderp, credenciada pelo

Leia mais

ÍNDICE. 1.1 Em Login do Administrador o usuário do sistema vai digitar seu Nome de Usuário e a senha, que foi criado anteriormente.

ÍNDICE. 1.1 Em Login do Administrador o usuário do sistema vai digitar seu Nome de Usuário e a senha, que foi criado anteriormente. ÍNDICE Descrição 1.0 Acessos ao Sistema 1.1 Login do Administrador 1.2 Login do Fiscal 1.3 Login do Contribuinte 2.0 Menu Principal 2.1 Gerar NFS-e 2.1.1 Gerar NFS-e 2.2 Cadastros 2.2.1 Cadastro de Atividades

Leia mais

A CMNet disponibilizou no dia 24 de junho para download no Mensageiro a nova versão do Padrão dos Sistemas CMNet.

A CMNet disponibilizou no dia 24 de junho para download no Mensageiro a nova versão do Padrão dos Sistemas CMNet. Prezado Cliente, A CMNet disponibilizou no dia 24 de junho para download no Mensageiro a nova versão do Padrão dos Sistemas CMNet. No Padrão 9 você encontrará novas funcionalidades, além de alterações

Leia mais

Perguntas Frequentes (FAQ) Portal do Professor

Perguntas Frequentes (FAQ) Portal do Professor Universidade Federal do Espírito Santo Perguntas Frequentes (FAQ) Portal do Professor Núcleo de Tecnologia da Informação (NTI) Novembro/2014 Sumário 1 ATIVIDADES COMPLEMENTARES... 4 1.1 O que é o menu

Leia mais

Manual Docente Online 2013 Lançamento de Notas e Currículo Mínimo

Manual Docente Online 2013 Lançamento de Notas e Currículo Mínimo Manual Docente Online 2013 Lançamento de Notas e Currículo Mínimo 1 CONTEÚDO Conteúdo..2 Introdução... 3 Como acessar o Portal?... 4 Lançamento de Notas... 6 Lançamento de Frequência para Programas / Projetos

Leia mais

DIRETORIA DE GESTÃO DE TECNOLOGIA DE INFORMAÇÃO

DIRETORIA DE GESTÃO DE TECNOLOGIA DE INFORMAÇÃO DIRETORIA DE GESTÃO DE TECNOLOGIA DE INFORMAÇÃO Relatório de Gestão 2011 GESTÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO NA UTFPR A Diretoria de Gestão de Tecnologia da Informação (DIRGTI) é responsável pelas atividades

Leia mais

Bonsucesso/Campo Grande: de 2ª a 6ª, das 8h30 às 20h30; sábado, das 9h às 13h.

Bonsucesso/Campo Grande: de 2ª a 6ª, das 8h30 às 20h30; sábado, das 9h às 13h. SECRETARIA GERAL/PROTOCOLO ONLINE Horário de Atendimento: Bonsucesso/Campo Grande: de 2ª a 6ª, das 8h30 às 20h30; sábado, das 9h às 13h. Bangu/Jacarepaguá: de 2ª a 6ª, das 16h às 21h. Telefone: atendimento

Leia mais

SECRETARIA GERAL/PROTOCOLO ONLINE

SECRETARIA GERAL/PROTOCOLO ONLINE Horário de Atendimento: SECRETARIA GERAL/PROTOCOLO ONLINE Bonsucesso/Campo Grande: de 2ª a 6ª, das 8h30 às 20h30; sábado, das 9h às 13h. Bangu/Jacarepaguá: de 2ª a 6ª, das 16h às 21h. Telefone: atendimento

Leia mais

Projeto: Sistema de Gestão S.G.

Projeto: Sistema de Gestão S.G. Projeto: Sistema de Gestão S.G. Universidade Federal de Uberlândia 1/11 Histórico de revisão Versão 1.0 Data Ve rsão Descrição Autores 012 09/07/2 1.0 Descrição do Projeto de desenvolvimento do Sistema

Leia mais

1. Apresentação... 2. 1.1. Primeiro acesso... 2. 1.2. Conhecendo a Plataforma... 4. 1.2.1. Seleção da Empresa... 4. 1.2.2. Sair do Sistema...

1. Apresentação... 2. 1.1. Primeiro acesso... 2. 1.2. Conhecendo a Plataforma... 4. 1.2.1. Seleção da Empresa... 4. 1.2.2. Sair do Sistema... 1. Apresentação... 2 1.1. Primeiro acesso... 2 1.2. Conhecendo a Plataforma... 4 1.2.1. Seleção da Empresa... 4 1.2.2. Sair do Sistema... 4 1.2.3. Retornar a tela principal... 5 1.3. Cadastro da Empresa...

Leia mais

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SERGIPE Coordenadoria de Modernização, Suporte, Infraestrutura e Sistema

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SERGIPE Coordenadoria de Modernização, Suporte, Infraestrutura e Sistema TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SERGIPE Coordenadoria de Modernização, Suporte, Infraestrutura e Sistema MANUAL DO PROCESSO ELETRÔNICO Processos de Concessão de Benefícios Histórico da Revisão Data Versão

Leia mais

AVISO. O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio.

AVISO. O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio. AVISO O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio. Nenhuma parte desta publicação pode ser reproduzida nem transmitida

Leia mais

Ler e interpretar simbologias elétricas. Elaborar diagramas elétricos em planta baixa. Ler e interpretar Planta Baixa.

Ler e interpretar simbologias elétricas. Elaborar diagramas elétricos em planta baixa. Ler e interpretar Planta Baixa. : Técnico em Informática Descrição do Perfil Profissional: O profissional com habilitação Técnica em Microinformática, certificado pelo SENAI-MG, deverá ser capaz de: preparar ambientes para a instalação

Leia mais

Manual de Utilização

Manual de Utilização Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões URI Pró-Reitoria de Pesquisa, Extensão e Pós-Graduação PROPEPG Manual de Utilização Sistema de Projetos URI Módulo Projetos Versão 1 - Revisão

Leia mais

Política de Utilização da Rede Sem Fio (Wireless)

Política de Utilização da Rede Sem Fio (Wireless) Política de Utilização da Rede Sem Fio (Wireless) UNISC Setor de Informática/Redes Atualizado em 22/07/2008 1. Definição Uma rede sem fio (Wireless) significa que é possível uma transmissão de dados via

Leia mais

Di gitação de Eventos Versão 2.0 - Fevereiro/2015

Di gitação de Eventos Versão 2.0 - Fevereiro/2015 Digitação de Eventos Versão 2.0 - Fevereiro/2015 Índice 1 PLATAFORMA SAGE... 3 1.1 Primeiro Acesso... 4 1.2 Conhecendo a Plataforma... 5 1.3 Seleção da Empresa de Trabalho... 5 1.4 Sair do Sistema... 6

Leia mais

1. Introdução... 2. 2. Instalação máquinas cliente... 2. 3. Configurações gerais... 3. 4. Cadastro de pessoas... 4

1. Introdução... 2. 2. Instalação máquinas cliente... 2. 3. Configurações gerais... 3. 4. Cadastro de pessoas... 4 MANUAL DE UTILIZAÇÃO Conteúdo 1. Introdução... 2 2. Instalação máquinas cliente... 2 3. Configurações gerais... 3 4. Cadastro de pessoas... 4 5. Cadastro de usuários para o sistema... 6 6. Cadastro de

Leia mais

Ministério da Educação Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-rio-grandense Campus Sapucaia do Sul

Ministério da Educação Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-rio-grandense Campus Sapucaia do Sul Ministério da Educação Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-rio-grandense Campus Sapucaia do Sul EDITAL n 39/ 2014 - SELEÇÃO EXTERNA TEMPORÁRIA DE PROFESSORES O Instituto Federal Sul-rio-grandense

Leia mais

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO PUC-SP Programa de Estudos Pós-Graduados em Comunicação e Semiótica

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO PUC-SP Programa de Estudos Pós-Graduados em Comunicação e Semiótica EDITAL PARA O PROCESSO SELETIVO 2º/2014 Coordenador: Prof. Dr. Eugênio Rondini Trivinho Vice-Coordenador: Prof. Dr. José Luiz Aidar Prado Estarão abertas, no período de U14/04/2014U a U05/05/2014U, as

Leia mais

ASSESSORIA DE INFORMÁTICA

ASSESSORIA DE INFORMÁTICA ASSESSORIA DE INFORMÁTICA BALANÇO DE E PERSPECTIVAS PARA 2015 A Assessoria de Informática (AI) é responsável pela coordenação executiva das atividades de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) da

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online DOCÊNCIA NO ENSINO SUPERIOR Regulamentação de Pós-Graduação Lato Sensu e Ato de Credenciamento Institucional para Oferta de Curso de Pós-Graduação

Leia mais

RESOLUÇÃO - CONSUNI Nº 06/2011

RESOLUÇÃO - CONSUNI Nº 06/2011 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS RESOLUÇÃO - CONSUNI Nº 06/2011 Disciplina o relacionamento entre a Universidade Federal de Goiás e as Fundações de Apoio à UFG. O CONSELHO UNIVERSITÁRIO

Leia mais

DRIVE CONTÁBIL NASAJON

DRIVE CONTÁBIL NASAJON DRIVE CONTÁBIL NASAJON Módulo Gestão de Documentos Versão 1.0 Manual do Usuário 1 Sumário Os Módulos do Gerenciador de NFe: Informações Básicas Primeiro Acesso: Requisitos Acesso ao Drive Contábil Nasajon

Leia mais

isystems Versão 4.0 Documento Visão Sistema de Controle de Presença Online Alunos: Gabriel M, Pedro H, Lucas D e Luiz H.

isystems Versão 4.0 Documento Visão Sistema de Controle de Presença Online Alunos: Gabriel M, Pedro H, Lucas D e Luiz H. isystems Sistema de Controle de Presença Online Alunos: Gabriel M, Pedro H, Lucas D e Luiz H. Versão 4.0 Documento Visão Histórico de Revisões Data Versão Descrição Autor 23/03/2015 1.0 Versão inicial

Leia mais

SEAP / CAS. Manual V1.0

SEAP / CAS. Manual V1.0 SEAP / CAS Manual V1.0 Janeiro - 2013 Coordenadoria de Administração de Serviços - CAS Palácio das Araucárias Rua Jacy Loureiro de Campos, s/nº 80530-140 - Centro Cívico - Curitiba Paraná Fone: (41) 3313-6071

Leia mais

PROCESSO SELETIVO DE TUTORES MÓDULO INTERMEDIÁRIO E AVANÇADO 2015 POLOS UFRN CENTRAL, CENEP, MOSSORÓ, CAICÓ E ANGICOS

PROCESSO SELETIVO DE TUTORES MÓDULO INTERMEDIÁRIO E AVANÇADO 2015 POLOS UFRN CENTRAL, CENEP, MOSSORÓ, CAICÓ E ANGICOS PROCESSO SELETIVO DE TUTORES MÓDULO INTERMEDIÁRIO E AVANÇADO 2015 POLOS UFRN CENTRAL, CENEP, MOSSORÓ, CAICÓ E ANGICOS A Coordenação de Cursos Técnicos do Instituto Metrópole Digital da Universidade Federal

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO 03-2015

EDITAL DE SELEÇÃO 03-2015 EDITAL DE SELEÇÃO 03-2015 Estabelece as normas e condições para o Processo Seletivo nos Cursos de Mestrado do Programa de Pós-Graduação em Solos e Qualidade de Ecossistemas da UFRB, para ingresso no semestre

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO ESTÁCIO RADIAL DE SÃO PAULO SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1

CENTRO UNIVERSITÁRIO ESTÁCIO RADIAL DE SÃO PAULO SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1 SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1 CURSO: ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS MISSÃO DO CURSO A concepção do curso de Análise e Desenvolvimento de Sistemas está alinhada a essas novas demandas

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online MBA EM GESTÃO ESTRATÉGICA DE PESSOAS Regulamentação de Pós-Graduação Lato Sensu e Ato de Credenciamento Institucional para Oferta de Curso de

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online ENSINO DE QUÍMICA Regulamentação de Pós-Graduação Lato Sensu e Ato de Credenciamento Institucional para Oferta de Curso de Pós-Graduação na

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online DOCÊNCIA NO ENSINO SUPERIOR EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online Regulamentação de Pós-Graduação Lato Sensu e Ato de Credenciamento Institucional para Oferta de Curso de Pós-Graduação

Leia mais

Outlook XML Reader Versão 8.0.0. Manual de Instalação e Demonstração UNE Tecnologia

Outlook XML Reader Versão 8.0.0. Manual de Instalação e Demonstração UNE Tecnologia Outlook XML Reader Versão 8.0.0 Manual de Instalação e Demonstração UNE Tecnologia Add-in para o Outlook 2003, 2007 e 2010 responsável pela validação e armazenamento de notas fiscais eletrônicas. Atenção,

Leia mais

3. DAS MODALIDADES DE BOLSA, BENEFÍCIOS E DURAÇÃO. 3.1 No PIBITI, as 02 (duas) cotas institucionais tem a duração de 11(onze) meses, podendo ser

3. DAS MODALIDADES DE BOLSA, BENEFÍCIOS E DURAÇÃO. 3.1 No PIBITI, as 02 (duas) cotas institucionais tem a duração de 11(onze) meses, podendo ser EDITAL N.º 012/2013 PROEPI/IFPR PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INCENTIVO À INOVAÇÃO DO IFPR (PIBIN) PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO EM DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO E INOVAÇÃO DO CNPq

Leia mais

EDITAL INSTITUCIONAL DE EXTENSÃO N 04, DE 03 DE JULHODE 2015.

EDITAL INSTITUCIONAL DE EXTENSÃO N 04, DE 03 DE JULHODE 2015. EDITAL INSTITUCIONAL DE EXTENSÃO N 04, DE 03 DE JULHODE 2015. O Diretor Geral do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão Campus Imperatriz - MA, no uso de suas atribuições, torna

Leia mais

SAC Sistema de Acompanhamento de Concessões Manual do Usuário

SAC Sistema de Acompanhamento de Concessões Manual do Usuário 70040-020 Brasília - DF SAC Manual do Usuário Sumário Assunto PÁGINA 1. Objetivos do Manual 3 2. Perfil do Usuário 3 2.1 Coordenador Institucional 3 3. Acesso ao Sistema SAC 3 3.1 Endereço de acesso 3

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE CONSULTOR INDIVIDUAL DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE PARA GERENCIAMENTO FINANCEIRO

TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE CONSULTOR INDIVIDUAL DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE PARA GERENCIAMENTO FINANCEIRO TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE CONSULTOR INDIVIDUAL DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE PARA GERENCIAMENTO FINANCEIRO 1. ANTECEDENTES O Programa de Desenvolvimento Municipal Integrado (PDMI) é uma ação

Leia mais

REDE E EQUIPAMENTOS. Manutenção de Equipamentos:

REDE E EQUIPAMENTOS. Manutenção de Equipamentos: SPX SISTEMAS Localizada na cidade de Belo Horizonte, estado de Minas Gerais, a SPX Sistemas é hoje referência na comercialização de softwares de gestão e planejamento integrado (ERP), além de ser uma empresa

Leia mais

1. DESCRIÇÃO DO SIE Sistema de Informações para o Ensino

1. DESCRIÇÃO DO SIE Sistema de Informações para o Ensino 1. DESCRIÇÃO DO SIE Sistema de Informações para o Ensino O SIE é um sistema aplicativo integrado, projetado segundo uma arquitetura multicamadas, cuja concepção funcional privilegiou as exigências da Legislação

Leia mais

PLANO DIRETOR DE INFORMÁTICA Outubro de 2014

PLANO DIRETOR DE INFORMÁTICA Outubro de 2014 PLANO DIRETOR DE INFORMÁTICA Outubro de 2014 DIVISÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO - DTI PLANO DIRETOR DE INFORMÁTICA - 1 SUMÁRIO 1. OBJETIVOS 2. CENÁRIO ATUAL DE TI 2.1. AVALIAÇÃO E DIAGNÓSTICO DO CENÁRIO

Leia mais

Total (F. corrente + intermediária) 4 - FORMAÇÃO, APERFEIÇOAMENTO, ESPECIALIZAÇÃO 4-1 - CURSOS

Total (F. corrente + intermediária) 4 - FORMAÇÃO, APERFEIÇOAMENTO, ESPECIALIZAÇÃO 4-1 - CURSOS 4 - FORMAÇÃO, APERFEIÇOAMENTO, ESPECIALIZAÇÃO 4-1 - CURSOS A) - Comunicados e informes B) - Material gráfico (cartaz, folder, catálogo) C) - Mala direta (formulário para o cadastro de interessados) D)

Leia mais