POLÍTICA DE INVESTIMENTOS PESSOAIS

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "POLÍTICA DE INVESTIMENTOS PESSOAIS"

Transcrição

1 POLÍTICA DE INVESTIMENTOS PESSOAIS Este material foi elaborado pela BlackRock Brasil Gestora de Investimentos Ltda. ( BlackRock Brasil ou Gestora ), e não pode ser copiado, reproduzido ou distribuído sem sua prévia e expressa concordância. 1

2 FICHA TÉCNICA: Título: Área responsável: Descrição documento: Aplicação: Tipo: Criado por: do Política de Investimentos Pessoais. Jurídico e Compliance (Legal and Compliance - L&C ). O presente documento visa atender aos requisitos regulatórios, autorregulatórios e de procedimentos internos para que os Colaboradores da BlackRock Brasil possam realizar a compra e venda de títulos e valores mobiliários, dentro das normas da Gestora e das melhores práticas dos mercados financeiro e de capitais. Todos os Colaboradores da BlackRock Brasil. Política L&C Versão / Data: Versão de junho de

3 ÍNDICE 1. Definições da Política de Investimentos Pessoais: Objetivo e Abrangência da Política de Investimentos Pessoais: Comunicação e Aprovação de Conta em Corretora: Autorizações prévias: Transações proibidas: Validade da Autorização: Recusa de uma transação: Informação privilegiada, manipulação de mercado ou dever de confidencialidade: Período de Retenção Holding period : Envio de Extratos: Responsabilidades Adicionais: Penalidades: Aprovação, Publicação e Revisão: Dúvidas: Anexo I Anexo II

4 1. Definições da Política de Investimentos Pessoais: Colaboradores : estão incluídos na presente definição sócios, administradores, diretores estatutários, funcionários, estagiários, prestadores de serviço alocados nas dependências da Gestora, bem como seus cônjuges, companheiros, filhos, enteados, pais, irmãos, e parentes na linha reta, até o primeiro grau, ou, ainda, outras pessoas que convivam no mesmo domicílio do Colaborador ( Familiares ). Favor notar que, em algumas circunstâncias, tais pessoas relacionadas podem ser descaracterizadas, desde que haja uma expressa autorização por parte da área de L&C (ex.: esposa que trabalha para outra instituição financeira e deve cumprir as regras de tal instituição). Conta em Corretora : é uma conta mantida junto a uma Corretora de Títulos e Valores Mobiliários, na qual o Colaborador tem interesse ou o poder de, direta ou indiretamente, exercer alguma influência nas decisões de investimento. Corretora : Corretora de Títulos e Valores Mobiliários na qual o Colaborador possua conta aberta e que executará as ordens em nome e em benefício do Colaborador. Gestores : Colaboradores da BlackRock Brasil diretamente ligados à função de gestão das carteiras sob gestão da BlackRock Brasil. Investimentos : estão incluídos no escopo da presente Política de Investimento Pessoais ( Política ) ações, títulos conversíveis (debêntures), warrants, derivativos (negociados em bolsa ou balcão, incluindo interest rate swaps, futuros e opções), certificados de ações e warrants, Fundos Imobiliários, Letras Financeiras, além de demais títulos e valores mobiliários disponíveis nos mercados financeiros e de capitais brasileiros que não estejam expressamente excetuados nesta Política. Investimentos Isentos : Estão fora do escopo da presente Política (e, portanto, não se exige a aprovação prévia para compra e venda) (i) as aplicações em poupança, (ii) cotas de fundos de investimento, desde que não exclusivos, (iii) operações de câmbio, (iv) títulos públicos, e (iv) títulos emitidos por instituição financeira não negociados em bolsa de valores, tais como Certificados de Depósito Bancário (CDBs), Recibos de 4

5 Depósito Bancário (RDBs), Operações Compromissadas, Letras de Crédito Imobiliário (LCIs) e Letras de Crédito do Agronegócio (LCAs). PTA : Significa o sistema denominado Personal Trading Assistant, usado pelo grupo econômico da BlackRock Brasil para controle dos investimentos pessoais de seus Colaboradores. 2. Objetivo e Abrangência da Política de Investimentos Pessoais: Política O objetivo da Política de Investimentos Pessoais é estabelecer procedimentos e regras para os investimentos pessoais dos Colaboradores, incluindo, sem limitação, seus Familiares, a fim de evitar: (i) A utilização indevida de recursos físicos e intelectuais de propriedade da BlackRock Brasil, (ii) Conflito de interesses de qualquer natureza, e (iii) O vazamento de informações de natureza confidencial ou privilegiada. Os Colaboradores da BlackRock Brasil devem sempre colocar os interesses dos nossos clientes em primeiro lugar e, por conseguinte, absterem-se de efetuar transações, atividades e relacionamentos que possam interferir ou parecer interferir na tomada de decisões no melhor interesse dos clientes ou da Gestora. Esta Política de Investimentos Pessoais deve ser lida em conjunto com a política global de Personal Trading da BlackRock Brasil ( Política Global ), anexa a esta Política de Investimentos Pessoais como Anexo I. Em caso de conflito entre as disposições desta Política de Investimentos Pessoais e as da Política Global, o enunciado pela Política de Investimentos Pessoais prevalecerá. A compra e venda de títulos e de valores mobiliários, em interesse próprio, por parte de Colaboradores é permitida desde que não caracterize: (i) a utilização de informações Privilegiadas; (ii) conflito de interesse; ou (iii) interferência negativa no desempenho das atividades profissionais. Os investimentos realizados nos mercados financeiro e de capitais, por parte de Colaboradores e Familiares, realizadas em benefício próprio ou de outrem, deverão 5

6 observar as seguintes regras gerais abaixo, bem como as especificações e requerimentos constantes desta Política: a) Compras e vendas de valores mobiliários realizadas pelos Colaboradores deverão ser totalmente segregadas das operações realizadas em nome dos fundos de investimento e/ou carteiras administradas pela BlackRock Brasil; b) Compras e vendas de valores mobiliários realizadas pelos Colaboradores deverão ser, em geral, pré-aprovadas pela BlackRock Brasil ou uma de suas afiliadas, com exceção das hipóteses ressalvadas nesta Política de Investimentos Pessoais; c) Os Colaboradores ou Familiares não poderão adquirir tais valores mobiliários sem que tenham sido obtidas todas as aprovações necessárias; d) Os investimentos pessoais em cotas de fundos de investimento de qualquer espécie, geridos/administrados por terceiros são livres, desde que destinados ao público em geral e desde que o Colaborador em questão não participe da gestão dos referidos fundos de investimento; e) Os investimentos pessoais em cotas de fundos de índice de qualquer espécie, geridos/administrados por terceiros ou pela Gestora dependem de préaprovação; f) Todas as operações relativas a clientes da BlackRock Brasil terão prioridade sobre operações pessoais; e g) Deve-se evitar, nos investimentos, a assunção de riscos excessivos ou de difícil mensuração, que possam comprometer o equilíbrio financeiro do Colaborador e, assim, lesar seu desempenho no trabalho. Quaisquer dúvidas em relação à intepretação desta Política devem ser imediatamente informadas ao Departamento de L&C. A despeito da necessidade de informação prévia por parte dos Colaboradores, o Departamento de Compliance será responsável por acompanhar os investimentos informados pelos Colaboradores e, nos casos em que entender que haja fundada suspeita de conduta em dissonância com o previsto nesta Política, submetê-los à apreciação da Diretoria, para que sejam tomadas as medidas cabíveis. Todos os Colaboradores devem firmar o Termo de Adesão à Política de Investimentos Pessoais, anexo à presente ( Anexo II ), obrigando-se a conhecer o inteiro teor da presente Política e cumpri-la integralmente, bem como fazer cumprir a seus Familiares a presente Política. 6

7 O não cumprimento das Políticas e procedimentos aqui previstos será motivo de medida disciplinar, que poderá incluir demissão e, se for o caso, encaminhamento aos órgãos regulatórios competentes. Você poderá ainda poderá ser considerado pessoalmente responsável por qualquer ato impróprio ou ilegal cometido durante o período em que for funcionário da BlackRock Brasil. Essa responsabilidade poderá sujeitá-lo às penalidades civis, criminais ou regulatórias aplicáveis. O acompanhamento das políticas e procedimentos aqui previstos, bem como a imposição das sanções cabíveis em caso de descumprimento de tais Políticas ou procedimentos, serão realizados pelo Departamento de Compliance da BlackRock Brasil. 3. Comunicação e Aprovação de Conta em Corretora: Toda Conta em Corretora deve ser comunicada e aprovada pela área de L&C. O registro da Conta em Corretora será feito no PTA. 4. Autorizações prévias: O Colaborador só pode dar uma ordem de compra ou de venda para a Corretora após obter autorização prévia da área de L&C, a ser obtida por meio do PTA. Referida autorização será dada levando-se em consideração uma série de critérios, incluindo, sem limitação, (i) a inexistência de quaisquer ordens pendentes de execução por parte da BlackRock Brasil ou de qualquer de suas afiliadas no mundo, (ii) em caso de venda, a existência de posição naquele ativo devidamente registrada no PTA, (iii) a impossibilidade de auferir lucros com a realização de Investimentos dentro de um período de 60 (sessenta) dias corridos, e (iv) o tempo que o funcionário gasta com suas negociações pessoais, entre outras regras automatizadas no PTA, presentes na Política Global. O Colaborador precisa ainda solicitar aprovação prévia para comprar ou vender ações e cotas de fundos de índice e quaisquer outros ativos negociados em bolsa de valores, seguindo o procedimento descrito acima. 7

8 5. Transações proibidas: As seguintes transações são proibidas: venda de opções descobertas; transações que desrespeitem o período mínimo de permanência em Investimentos de 60 (sessenta) dias corridos; para os Gestores, quaisquer transações envolvendo ativos por eles negociados em nome dos fundos ou carteiras por eles geridos, dentro de um período de 15 (quinze) dias corridos contados da execução da ordem em nome do fundo ou carteira; aquisição de Investimentos objeto de oferta pública, registrada na Comissão de Valores Mobiliários sob as Instruções CVM nº 400 ou 476; qualquer transação (independentemente de estar definida ou não em Investimentos ): - que gerem conflito com as atividades do Colaborador ou com obrigações regulatórias ou que conflitem com uma obrigação ou dever devido a algum cliente da BlackRock Brasil; - com relação às quais, de qualquer forma, o Colaborador, tenha obtido informação privilegiada não pública (buscando-se coibir o insider trading); e/ou - a respeito da qual o Colaborador saiba que existe uma ordem ainda não executada da BlackRock Brasil ou de algum cliente da BlackRock Brasil (frontrunning). 8

9 6. Validade da Autorização: Após obter a autorização, o Colaborador tem: (i) Em caso de ter obtido aprovação para uma ordem a preços de mercado, até o final do dia útil no qual foi concedida a aprovação (D+0) para dar a ordem para a Corretora. Se tal ordem não for dada até o final do mesmo dia útil da aprovação, a autorização será cancelada. Se ainda houver interesse em negociar aquela ação, uma nova autorização deverá ser obtida; ou (ii) Em caso de ter obtido aprovação para uma ordem limitada, até o final do quinto dia útil subsequente ao qual foi concedida a aprovação (D+5) para dar a ordem para a Corretora. Se tal ordem não for dada até o final do quinto dia útil da aprovação, a autorização será cancelada. Se ainda houver interesse em negociar aquela ação, uma nova autorização deverá ser obtida. 7. Recusa de uma transação: A BlackRock Brasil pode recusar a transação desejada e não é obrigada a divulgar os motivos de tal recusa. 8. Informação privilegiada, manipulação de mercado ou dever de confidencialidade: O Colaborador deve assegurar-se de que não está infringindo nenhuma regra sobre utilização de informação privilegiada, manipulação de mercado ou dever de confidencialidade. 9

10 9. Período de Retenção Holding period : O Colaborador deve manter os Investimentos por um período mínimo de 60 (sessenta) dias corridos, contados a partir da aquisição (só poderá vendê-la a partir do 61º (sexagésimo primeiro dia). Exceções a tal período só poderão ser concedidas pela área de L&C, mediante formalização e com justificativa por escrito. 10. Envio de Extratos: Caso o Colaborador tenha posição ativa em uma Conta em Corretora, o Colaborador deve mandar, obrigatoriamente, cópia do extrato mensal de tal conta para a área de L&C, independentemente de ter comprado ou vendido algum ativo naquele mês em questão. Tal prática faz-se necessária, pois a área de L&C precisa certificar-se de que as autorizações para todas as transações foram devidamente requisitadas e concedidas. A área de L&C poderá lembrar o Colaborador de que o extrato deve ser enviado, porém a responsabilidade pelo envio do extrato mensal para a área de L&C é do Colaborador. 11. Responsabilidades Adicionais: Os Colaboradores devem informar ao Departamento de Compliance toda e qualquer alteração ocorrida nos Investimentos privados previamente aprovados, ainda que na mesma empresa ou instituição, conforme requerido nesta Política. 12. Penalidades: 10

11 A BlackRock Brasil pode solicitar que o Colaborador reverta, congele ou cancele a operação ou a posição realizada em desconformidade com a presente Política e poderá adotar procedimentos disciplinares adicionais, incluindo a demissão. O não envio de extrato em um ou mais meses, pode implicar em advertência, caso em que o superior imediato deverá ser informado, sem prejuízo de outras penalidades. A área de L&C deverá produzir, semestralmente, um relatório à Administração da BlackRock Brasil detalhando o cumprimento ou não, por parte dos Colaboradores, dos termos da presente Política, para que sejam analisados eventuais procedimentos disciplinares. 13. Aprovação, Publicação e Revisão: Esta Política foi aprovada pela Administração da BlackRock Brasil e entra em vigor na data de sua publicação. Revisões poderão ser feitas pelo departamento de L&C. 14. Dúvidas: Qualquer dúvida ou esclarecimento adicional na interpretação ou aplicação das obrigações e diretrizes aqui contidas devem ser sanadas com o Departamento de L&C. 11

12 Anexo I POLÍTICA GLOBAL DA BLACKROCK PERSONAL TRADING POLICY 12

13 15. Anexo II TERMO DE ADESÃO À POLÍTICA DE INVESTIMENTOS PESSOAIS Eu,, inscrito(a) no Cadastro de Pessoas Fìsicas (CPF/MF) sob o nº, na qualidade de (cargo) da BlackRock Brasil, Pelo presente instrumento, atesto que: I Recebi uma cópia da Política de Investimentos Pessoais da BlackRock Brasil Gestora da Investimentos Ltda. ( BlackRock Brasil e Política ); II - Tomei ciência dos direitos e obrigações a que estou sujeito, inclusive no que se refere à responsabilidade sobre informações privilegiadas; III Estou ciente de que o uso das informações e dos sistemas de informação da Gestora é monitorado, e que os registros assim obtidos poderão ser utilizados para detecção de violações à Política e, conforme o caso, servir como evidência em processos administrativos e/ou legais; e IV Estou de acordo com o inteiro teor da Política e me responsabilizo pelo descumprimento de qualquer obrigação nela prevista, por ação ou omissão. Declaro ter lido e aceito integralmente os termos e regras da Política, expressando total concordância e irrestrita adesão aos referidos termos e regras, sobre os quais declaro não ter dúvida. Informo que: (marque com um X a opção adequada e instrua esta declaração com todos os documentos pertinentes). ( ) NÃO POSSUO CONTA EM CORRETORA; ( ) POSSUO CONTA EM CORRETORA, CONFORME EXTRATOS ANEXOS. Data: 13

14 Assinatura: 14

Política de Investimentos Pessoais

Política de Investimentos Pessoais Política de Investimentos Pessoais Skopos Investimentos Ltda. Ficha Técnica: Título: Política de Investimentos Pessoais. Área responsável: Compliance. Descrição do documento: A presente Política traz as

Leia mais

Política de Investimentos Pessoais BAHIA AM RENDA VARIÁVEL LTDA

Política de Investimentos Pessoais BAHIA AM RENDA VARIÁVEL LTDA Política de Investimentos Pessoais BAHIA AM RENDA VARIÁVEL LTDA 1. OBJETIVO:... 2 2. CONCEITUAÇÃO / DEFINIÇÃO:... 2 3. ABRANGÊNCIA/ÁREAS ENVOLVIDAS:... 2 4. RESPONSABILIDADES:... 2 04.01. Responsáveis

Leia mais

Política de Investimentos Pessoais Pessoas Vinculadas

Política de Investimentos Pessoais Pessoas Vinculadas Política de Investimentos Pessoais Pessoas Vinculadas JURISDIÇÃO GEOGRÁFICA AND BAH BRA ESP ISR LUX MEX MON PAN SUI URU USA X A informação contida neste documento é de uso interno e propriedade do Grupo

Leia mais

Procedimentos aplicáveis à realização de investimentos pessoais

Procedimentos aplicáveis à realização de investimentos pessoais POLÍTICA DE INVESTIMENTOS PESSOAIS Esta política estabelece os procedimentos e normas aplicáveis a todo e qualquer investimento pessoal que venha a ser realizado pelos sócios, diretores, empregados, funcionários,

Leia mais

POLÍTICA DE COMPRA E VENDA DE VALORES MOBILIÁRIOS. Política de Investimentos Pessoais

POLÍTICA DE COMPRA E VENDA DE VALORES MOBILIÁRIOS. Política de Investimentos Pessoais POLÍTICA DE COMPRA E VENDA DE VALORES MOBILIÁRIOS Política de Investimentos Pessoais Versão 2017.1 Editada em Junho de 2017 1. OBJETIVO Esta Política define os padrões de condutas internas aplicáveis aos

Leia mais

POLÍTICA DE INVESTIMENTOS PESSOAIS

POLÍTICA DE INVESTIMENTOS PESSOAIS NORTE INVESTIMENTOS ADMINISTRADORA DE RECURSOS LTDA. POLÍTICA DE INVESTIMENTOS PESSOAIS Versão 2.0 Vigência Agosto / 2016 Classificação das Informações [ X ] Uso Interno [ ] Uso Público Conteúdo 1. Objetivo

Leia mais

Política de Investimentos Pessoais POLÍTICA DE INVESTIMENTOS PESSOAIS

Política de Investimentos Pessoais POLÍTICA DE INVESTIMENTOS PESSOAIS POLÍTICA DE INVESTIMENTOS PESSOAIS 1 ÍNDICE 1. Considerações iniciais... 3 1.2 Aplicabilidade da Política de Investimentos Pessoais... 4 2. Política de Investimentos Pessoais... 4 2.1 Restrição para Negociações...

Leia mais

POLÍTICA DE INVESTIMENTO PESSOAL KAPITALO INVESTIMENTOS LTDA.

POLÍTICA DE INVESTIMENTO PESSOAL KAPITALO INVESTIMENTOS LTDA. POLÍTICA DE INVESTIMENTO PESSOAL KAPITALO INVESTIMENTOS LTDA. Junho de 2016 Sumário POLÍTICA DE INVESTIMENTO PESSOAL... 3 1.1. Objetivo... 3 1.2. Princípios... 3 1.3. Regras Gerais... 3 1.4. Disposições

Leia mais

DUNAMIS TRADING GESTÃO DE RECURSOS LTDA. POLÍTICA DE INVESTIMENTOS PESSOAIS 06/07/2017

DUNAMIS TRADING GESTÃO DE RECURSOS LTDA. POLÍTICA DE INVESTIMENTOS PESSOAIS 06/07/2017 DUNAMIS TRADING GESTÃO DE RECURSOS LTDA. POLÍTICA DE INVESTIMENTOS PESSOAIS 06/07/2017 1 1. Objetivo A presente Política de Investimentos Pessoais ( Política ) tem como objetivo determinar procedimentos

Leia mais

POLÍTICA DE INVESTIMENTOS PESSOAIS

POLÍTICA DE INVESTIMENTOS PESSOAIS POLÍTICA DE INVESTIMENTOS PESSOAIS Propriedade da CARPA GESTORA DE RECURSOS LTDA. Proibida a reprodução total ou parcial deste código sem a devida autorização prévia. Controle de Versões Versão Data Elaborado/Modificado

Leia mais

POLÍTICA DE INVESTIMENTOS PESSOAIS. Março de 2017

POLÍTICA DE INVESTIMENTOS PESSOAIS. Março de 2017 POLÍTICA DE INVESTIMENTOS PESSOAIS Março de 2017 Sumário 1. Objetivo... 4 2. Diretrizes de Investimentos... 4 3. Declaração Inicial... 5 4. Declaração Anual... 5 5. Termo de Compromisso e Considerações

Leia mais

POLÍTICA DE COMPRA E DE VENDAS POR RELACIONADOS. Elaboração: Controles internos Aprovação: Diretoria Versão: 01

POLÍTICA DE COMPRA E DE VENDAS POR RELACIONADOS. Elaboração: Controles internos Aprovação: Diretoria Versão: 01 POLÍTICA DE COMPRA E DE VENDAS POR RELACIONADOS Elaboração: Controles internos Aprovação: Diretoria Versão: 01 Código: MCICCVRG-0116 Vigente desde: 01/2016 Data de referência: 11/2015 2 1. DISPOSIÇÕES

Leia mais

II. Receber dos funcionários os avisos de movimentação nos ativos sujeitos a monitoramento e verificar sua adequação às disposições desta Política;

II. Receber dos funcionários os avisos de movimentação nos ativos sujeitos a monitoramento e verificar sua adequação às disposições desta Política; Sistemas de Controles Internos Categoria: Políticas e Conceitos Gerais Códigos: NCO 01 Título : Política de Investimentos Próprios 1. APRESENTAÇÃO A Icatu Gestão Patrimonial Ltda. ( IGP ), instituição

Leia mais

INVESTMENT ONE PARTNERS GESTÃO DE RECURSOS LTDA. POLÍTICA DE INVESTIMENTOS PESSOAIS JULHO/2017

INVESTMENT ONE PARTNERS GESTÃO DE RECURSOS LTDA. POLÍTICA DE INVESTIMENTOS PESSOAIS JULHO/2017 INVESTMENT ONE PARTNERS GESTÃO DE RECURSOS LTDA. POLÍTICA DE INVESTIMENTOS PESSOAIS JULHO/2017 1DOCS - 65516v1 1. INTRODUÇÃO A INVESTMENT ONE PARTNERS GESTÃO DE RECURSOS LTDA. ( INVESTMENT ONE ) baseará

Leia mais

POLÍTICA DE INVESTIMENTOS PESSOAIS

POLÍTICA DE INVESTIMENTOS PESSOAIS POLÍTICA DE INVESTIMENTOS PESSOAIS Início da Vigência: Julho/2016 Versão 001 Propriedade do Conglomerado Financeiro PETRA Proibida a reprodução total ou parcial sem prévia autorização. Área Responsável:

Leia mais

ATHENA CAPITAL GESTÃO DE RECURSOS LTDA

ATHENA CAPITAL GESTÃO DE RECURSOS LTDA ATHENA CAPITAL GESTÃO DE RECURSOS LTDA POLÍTICA DE INVESTIMENTOS PESSOAIS Data de Vigência : Junho de 2016 VERSÃO VIGENTE 1. Introdução 1.1 A Athena Capital Gestão de Recursos Ltda ( Athena Capital ),

Leia mais

POLÍTICA DE COMPRA E DE VENDAS POR RELACIONADOS. Elaboração: Controles internos Aprovação: Diretoria Versão: 01

POLÍTICA DE COMPRA E DE VENDAS POR RELACIONADOS. Elaboração: Controles internos Aprovação: Diretoria Versão: 01 POLÍTICA DE COMPRA E DE VENDAS POR RELACIONADOS Elaboração: Controles internos Aprovação: Diretoria Versão: 01 Código: MCICCVRC-0116 Vigente desde: 01/2016 Data de referência: 11/2015 2 1. DISPOSIÇÕES

Leia mais

Política de Negociação Colaboradores Venturestar

Política de Negociação Colaboradores Venturestar Política de Negociação Colaboradores Venturestar (versão 05.2016) 1 ÍNDICE INTRODUÇÃO... 3 POLÍTICA DE NEGOCIAÇÃO... 4 2 INTRODUÇÃO Esta Política de Negociação dos Colaboradores da Venturestar Gestão de

Leia mais

POLÍTICA DE INVESTIMENTOS PESSOAIS SAMI / SAGA

POLÍTICA DE INVESTIMENTOS PESSOAIS SAMI / SAGA São Paulo, Janeiro de 2017 POLÍTICA DE INVESTIMENTOS PESSOAIS SAMI / SAGA Aos Funcionários da SulAmérica Investimentos Esta Política de Investimentos Pessoais e Informações Privilegiadas se aplica à todos

Leia mais

POLÍTICA DE COMPRA E VENDA DE VALORES MOBILIÁRIOS. Política de Compra e Venda de Valores Mobiliários

POLÍTICA DE COMPRA E VENDA DE VALORES MOBILIÁRIOS. Política de Compra e Venda de Valores Mobiliários Política de Compra e Venda de Valores Mobiliários Versão 2016.1 Editada em Junho de 2016 1. OBJETIVO Esta Política de Compra e Venda de Valores Mobiliários define os padrões de condutas internas exigidas

Leia mais

Manual de Normas Internas Páginas:

Manual de Normas Internas Páginas: 1 de 7 Visando manter a SLW Corretora de Valores e Câmbio Ltda., em conformidade com os princípios de Controles Internos de acordo com a Resolução 2554/98 e Circular 3467/09 do Banco Central do Brasil,

Leia mais

POLÍTICA. Investimentos Pessoais

POLÍTICA. Investimentos Pessoais POLÍTICA Investimentos Pessoais Junho/2016 SUMÁRIO 1. OBJETIVO... 3 2. PÚBLICO ALVO... 3 3. DEFINIÇÕES... 3 4. DIRETRIZES... 4 4.1. INVESTIMENTOS PERMITIDOS E VEDADOS... 5 4.2. INVESTIMENTOS DAS EMPRESAS

Leia mais

POLÍTICA DE COMPRA E VENDA DE VALORES MOBILIÁRIOS POR ADMINISTRADORES, EMPREGADOS, COLABORADORES E PELA GUARDA INVESTIMENTOS

POLÍTICA DE COMPRA E VENDA DE VALORES MOBILIÁRIOS POR ADMINISTRADORES, EMPREGADOS, COLABORADORES E PELA GUARDA INVESTIMENTOS POLÍTICA DE COMPRA E VENDA DE VALORES MOBILIÁRIOS POR ADMINISTRADORES, EMPREGADOS, COLABORADORES E PELA GUARDA INVESTIMENTOS Versão 1 Junho de 2016 INTRODUÇÃO Com esta Política de Compra e Venda de Valores

Leia mais

Política de Compra e Venda de Valores Mobiliários por Administradores, Empregados, Colaboradores e pela Própria Empresa

Política de Compra e Venda de Valores Mobiliários por Administradores, Empregados, Colaboradores e pela Própria Empresa CAPÍTULO I INTRODUÇÃO Apresentação 1.1. A ABM Gestora de Recursos Ltda. ( ABM Capital ) é uma sociedade limitada dedicada à prestação de serviços de administração de carteiras de valores mobiliários, notadamente

Leia mais

Política de Investimentos Pessoais

Política de Investimentos Pessoais Política de Investimentos Pessoais JUNHO DE 2016 Este documento, ou qualquer parte dele, não pode ser reproduzido ou transmitido, em qualquer formato ou por quaisquer meios, sejam eletrônicos ou mecânicos,

Leia mais

Índice. 005/1 - Investimentos Pessoais Página 1 de 5. Referência: 01 Corporativas Código: 005/1

Índice. 005/1 - Investimentos Pessoais Página 1 de 5. Referência: 01 Corporativas Código: 005/1 Índice 1. Definição... 2 2. Público Alvo... 2 3. Operações Vedadas... 2 4. Deveres do Funcionário... 2 4.1. Restrição à Negociação de Valores Mobiliários... 3 4.2. Exclusões... 3 4.3. Sanções... 3 5. Normas

Leia mais

MANUAL DE POLÍTICA DE INVESTIMENTOS PESSOAIS

MANUAL DE POLÍTICA DE INVESTIMENTOS PESSOAIS MANUAL DE POLÍTICA DE INVESTIMENTOS PESSOAIS Versão: 31 de Maio de 2017 Sumário 1. Introdução... 2 2. Classificação dos Colaboradores... 2 3. Declaração de Investimentos Pessoais dos Colaboradores... 3

Leia mais

MANUAL DE CONTROLES INTERNOS

MANUAL DE CONTROLES INTERNOS MANUAL DE CONTROLES INTERNOS POLÍTICAS & NORMAS INTERNAS Versão: 1- Objetivo O objetivo desta Política de Investimento Pessoal (ou Política) é estabelecer procedimentos e regras para os investimentos pessoais

Leia mais

POLÍTICA DE INVESTIMENTO PESSOAL

POLÍTICA DE INVESTIMENTO PESSOAL POLÍTICA DE INVESTIMENTO PESSOAL Versão: Abri/2016 1. Introdução POLÍTICA DE INVESTIMENTO PESSOAL 1.1 Esta política visa determinar procedimentos e normas para os investimentos pessoais dos colaboradores

Leia mais

POLÍTICA DE INVESTIMENTO PESSOAL

POLÍTICA DE INVESTIMENTO PESSOAL POLÍTICA DE INVESTIMENTO PESSOAL Agosto/2016 Esta política de investimento pessoal da MAGNETIS GESTORA DE RECURSOS LTDA. ( Magnetis ) visa determinar procedimentos e normas para os investimentos pessoais

Leia mais

MANUAL DE POLÍTICA DE INVESTIMENTOS PRÓPRIOS

MANUAL DE POLÍTICA DE INVESTIMENTOS PRÓPRIOS MANUAL DE POLÍTICA DE INVESTIMENTOS PRÓPRIOS Versão: 31 de Maio de 2017 Sumário 1. Introdução... 2 2. Modalidades de Investimento Permitidas e Vedadas... 2 3. Uso de Informações e Conflito de Interesse...

Leia mais

Política de Compra e Venda TVM

Política de Compra e Venda TVM POLÍTICA ECO GESTÃO DE ATIVOS PAG.: 1 de 6 Política de Compra e Venda TVM POLÍTICA ECO GESTÃO DE ATIVOS PAG.: 2 de 6 ÍNDICE 1) Introdução...3 2) Objetivo...3 3) Negociações...3 4) Prazos de Restrições

Leia mais

POLÍTICAS - INVESTIMENTOS PESSOAIS

POLÍTICAS - INVESTIMENTOS PESSOAIS Procedimento: MOPD-009 Revisão: 2 Data: 20/03/2015 Página: 1 de 7 POLÍTICAS INVESTIMENTOS PESSOAIS Março / 2015 Procedimento: MOPD-009 Revisão: 2 Data: 20/03/2015 Página: 2 de 7 1. Introdução 1.1 Esta

Leia mais

Politica de Investimento para Negociação de Ativos pelos Colaboradores

Politica de Investimento para Negociação de Ativos pelos Colaboradores Política de Investimentos para Negociação de Ativos Pelos Colaboradores ( Politica de Investimentos Pessoais ) www.moreinvest.com.br POLÍTICA DE INVESTIMENTOS PARA NEGOCIAÇÃO DE ATIVOS PELOS COLABORADORES

Leia mais

Manual de Política de Investimento Pessoal

Manual de Política de Investimento Pessoal Manual de Política de Investimento Pessoal A Mach investimentos acredita que um dos principais pilares para uma gestão eficiente e com bons resultados seja o alinhamento de objetivos entre os gestores

Leia mais

MAUÁ INVESTIMENTOS LTDA. POLÍTICA DE INVESTIMENTOS PESSOAIS

MAUÁ INVESTIMENTOS LTDA. POLÍTICA DE INVESTIMENTOS PESSOAIS MAUÁ INVESTIMENTOS LTDA. POLÍTICA DE INVESTIMENTOS PESSOAIS MAIO 2016 Introdução O objetivo desta Política é estabelecer procedimentos e regras para os investimentos pessoais dos sócios, associados, dirigentes,

Leia mais

Política de Rateio e Divisão de Ordens entre Carteiras de Valores Mobiliários

Política de Rateio e Divisão de Ordens entre Carteiras de Valores Mobiliários CAPÍTULO I INTRODUÇÃO Apresentação 1.1. A ABM Gestora de Recursos Ltda. ( ABM Capital ) é uma sociedade limitada dedicada à prestação de serviços de administração de carteiras de valores mobiliários, notadamente

Leia mais

Política de Compra e Venda de Valores Mobiliários

Política de Compra e Venda de Valores Mobiliários Política de Compra e Venda de Valores Mobiliários (Revisão: Junho 2016) Sumário 1. INTRODUÇÃO... 3 1.1. Grupo Stratus:... 3 1.2. Atividades do Grupo Stratus:... 3 1.3. A Política:... 3 1.4. Conhecimento

Leia mais

POLÍTICA DE INVESTIMENTOS PESSOAIS

POLÍTICA DE INVESTIMENTOS PESSOAIS 1. Objetivo A Política de Investimentos Pessoais da Kinea tem por objetivo proteger a Empresa e o Conglomerado Itaú Unibanco de riscos legais e de imagem decorrentes da eventual utilização de informações

Leia mais

Política de Investimento Pessoal

Política de Investimento Pessoal Política de Investimento Pessoal Novembro 2015 Objetivo O objetivo desta Política de Investimento Pessoal (ou Política) é estabelecer procedimentos e regras para os investimentos pessoais dos Colaboradores

Leia mais

POLÍTICA DE INVESTIMENTO PESSOAL

POLÍTICA DE INVESTIMENTO PESSOAL POLÍTICA DE INVESTIMENTO PESSOAL PETRA ASSET GESTÃO DE INVESTIMENTOS LTDA PETRA CAPITAL GESTÃO DE INVESTIMENTOS LTDA Publicação 30/06/2016 - versão 001 Propriedade das Gestoras PETRA Proibida a reprodução

Leia mais

Política de Negociação de Valores Mobiliários da Multiner S.A.

Política de Negociação de Valores Mobiliários da Multiner S.A. MULTINER S.A. CNPJ/MF: 08.935.054/0001-50 Companhia Aberta Política de Negociação de Valores Mobiliários da Multiner S.A. A presente Política foi elaborada nos termos da Instrução da CVM n.º 358, de 3

Leia mais

Política de Compra e Venda de Mobiliários por Colaboradores

Política de Compra e Venda de Mobiliários por Colaboradores Assunto Política de Compra e Venda de Mobiliários por Colaboradores Data 30 de junho de 2016 Páginas. 5 De Eros Henriques Dalhe e Rodrigo Gatti Telefone 3509 6600 Área Diretoria de Operações Para As sociedades

Leia mais

POL-006 Política de Investimentos Pessoais

POL-006 Política de Investimentos Pessoais POL-006 Política de Investimentos Pessoais POL-006 Política de Investimentos Pessoais (versão 01/2016) Sumário 1. Objetivo... 1 2. Âmbito de Aplicação... 1 3. Considerações Gerais... 1 4. Vínculos... 1

Leia mais

POLÍTICA DE INVESTIMENTOS PESSOAIS POLÍTICA DE INVESTIMENTOS PESSOAIS

POLÍTICA DE INVESTIMENTOS PESSOAIS POLÍTICA DE INVESTIMENTOS PESSOAIS POLÍTICA DE INVESTIMENTOS PESSOAIS Março 2017 Esta política é propriedade da V.S. Serviços Financeiros Ltda. É proibida a cópia, distribuição ou uso indevido deste documento sem expressa autorização da

Leia mais

REAG GESTORA DE RECURSOS LTDA.

REAG GESTORA DE RECURSOS LTDA. REAG GESTORA DE RECURSOS LTDA. POLÍTICA DE SELEÇÃO, CONTRATAÇÃO E SUPERVISÃO DE GESTORES E FUNDOS DE TERCEIROS PARA ALOCAÇÃO MAIO DE 2017 Página 1 de 5 CAPÍTULO I INTRODUÇÃO APRESENTAÇÃO 1.1. A REAG Gestora

Leia mais

POLÍTICA DE INVESTIMENTOS PESSOAIS E NEGOCIAÇÃO COM VALORES MOBILIÁRIOS SUMÁRIO

POLÍTICA DE INVESTIMENTOS PESSOAIS E NEGOCIAÇÃO COM VALORES MOBILIÁRIOS SUMÁRIO POLÍTICA DE INVESTIMENTOS PESSOAIS E NEGOCIAÇÃO COM VALORES MOBILIÁRIOS SUMÁRIO I - Objetivo... 2 II - Aplicação... 2 III - Regras de Conduta... 3 IV - Disposições Gerais... 6 ANEXO A - Declaração Anual

Leia mais

Política de Investimento Pessoal

Política de Investimento Pessoal Política de Investimento Pessoal Introdução Com fundamento no art. 16, IX, da Instrução CVM n.º 558/15, o objetivo da política de investimento pessoal é estabelecer procedimentos e regras para os investimentos

Leia mais

POLÍTICA DE DIVULGAÇÃO E USO DE INFORMAÇÕES RELEVANTES E PRESERVAÇÃO DE SIGILO

POLÍTICA DE DIVULGAÇÃO E USO DE INFORMAÇÕES RELEVANTES E PRESERVAÇÃO DE SIGILO POLÍTICA DE DIVULGAÇÃO E USO DE INFORMAÇÕES RELEVANTES E PRESERVAÇÃO DE SIGILO I - DEFINIÇÕES E ADESÃO 1.1 - As definições utilizadas na presente Política de Divulgação têm os significados que lhes são

Leia mais

GLP BRASIL GESTÃO DE RECURSOS E ADMINISTRAÇÃO IMOBILIÁRIA LTDA. POLÍTICA DE INVESTIMENTOS PESSOAIS FEVEREIRO/2017

GLP BRASIL GESTÃO DE RECURSOS E ADMINISTRAÇÃO IMOBILIÁRIA LTDA. POLÍTICA DE INVESTIMENTOS PESSOAIS FEVEREIRO/2017 GLP BRASIL GESTÃO DE RECURSOS E ADMINISTRAÇÃO IMOBILIÁRIA LTDA. POLÍTICA DE INVESTIMENTOS PESSOAIS FEVEREIRO/2017 1. INTRODUÇÃO A presente Política de Investimentos Pessoais ( Política ) visa determinar

Leia mais

POLÍTICA DE COMPRA E VENDA DE VALORES MOBILIÁRIOS

POLÍTICA DE COMPRA E VENDA DE VALORES MOBILIÁRIOS POLÍTICA DE COMPRA E VENDA DE VALORES MOBILIÁRIOS Sumário 1. A Política de Compra e Venda de Valores Mobiliários 3 2. Termo de compromisso com a Política de Compra e Venda de Valores Mobiliários 4 Anexo

Leia mais

POLÍTICA DE INVESTIMENTOS PESSOAIS E CONTROLE DE INFORMAÇÕES PRIVILEGIADAS DA SOMMA INVESTIMENTOS

POLÍTICA DE INVESTIMENTOS PESSOAIS E CONTROLE DE INFORMAÇÕES PRIVILEGIADAS DA SOMMA INVESTIMENTOS POLÍTICA DE INVESTIMENTOS PESSOAIS E CONTROLE DE INFORMAÇÕES PRIVILEGIADAS DA SOMMA INVESTIMENTOS INTRODUÇÃO Esta política, com fundamento no art. 16, IX, da Instrução CVM n 558/15, visa determinar procedimentos

Leia mais

Política de Investimento Pessoal. Junho/2016 Edge Brasil Gestão de Ativos Ltda.

Política de Investimento Pessoal. Junho/2016 Edge Brasil Gestão de Ativos Ltda. Política de Investimento Pessoal Junho/2016 Edge Brasil Gestão de Ativos Ltda. 1. Disposições Gerais A filosofia da Edge Brasil Gestão de Ativos ( Edge Investimentos ) reside em uma dedicação integral

Leia mais

NORMAS DE CONDUTA PARA OS ANALISTAS DE INVESTIMENTOS DA SOLIDUS S.A. CCVM

NORMAS DE CONDUTA PARA OS ANALISTAS DE INVESTIMENTOS DA SOLIDUS S.A. CCVM NORMAS DE CONDUTA PARA OS ANALISTAS DE INVESTIMENTOS DA SOLIDUS S.A. CCVM 1. OBJETIVOS O objetivo das Normas de Conduta é estabelecer os procedimentos necessários para o exercício das atividades dos Analistas

Leia mais

POLÍTICA DE INVESTIMENTOS PESSOAIS

POLÍTICA DE INVESTIMENTOS PESSOAIS POLÍTICA DE INVESTIMENTOS PESSOAIS Atualização Junho de 2016 Índice POLÍTICA DE INVESTIMENTOS PESSOAIS... 3 Introdução... 3 Objetivo... 3 Regras de Investimentos Pessoais... 3 Membros com Exercício de

Leia mais

POLÍTICA DE INVESTIMENTOS PESSOAIS ESTÁTER ASSESSORIA FINANCEIRA LTDA. JUNHO/2016

POLÍTICA DE INVESTIMENTOS PESSOAIS ESTÁTER ASSESSORIA FINANCEIRA LTDA. JUNHO/2016 POLÍTICA DE INVESTIMENTOS PESSOAIS da ESTÁTER ASSESSORIA FINANCEIRA LTDA. JUNHO/2016 ÍNDICE 1. Introdução... 3 2. Política de Investimentos Pessoais... 4 2 1. Introdução 1.1 Sumário Esta Política de Investimentos

Leia mais

MANUAL DE GERENCIAMENTO DE RISCOS E CONTROLE INTERNO

MANUAL DE GERENCIAMENTO DE RISCOS E CONTROLE INTERNO MANUAL DE GERENCIAMENTO DE RISCOS E CONTROLE INTERNO Agosto / 2015 SUMÁRIO I) INTRODUÇÃO... 2 II) METODOLOGIA PARA DISTRIBUIÇÃO DE ORDENS... 2 III) METODOLOGIA DE GERENCIAMENTO DE RISCO DE MERCADO... 3

Leia mais

Política de Investimentos Pessoais

Política de Investimentos Pessoais Política de Investimentos Pessoais Procedimentos e Normas Área de Gestão de Risco e Compliance 1 I Objetivo... 3 II Disposições Gerais... 3 III Investimentos Pessoais... 4 IV Confidencialidade e Tratamento

Leia mais

Política de Negociação POL CPL 002

Política de Negociação POL CPL 002 POL CPL 002 1. OBJETIVO A presente política tem como objetivo a conformidade com os parâmetros de atuação no mercado, a adequação às normas emitidas pelos órgãos reguladores e o afastamento de atividades

Leia mais

POLÍTICA DE INVESTIMENTO PESSOAL

POLÍTICA DE INVESTIMENTO PESSOAL POLÍTICA DE INVESTIMENTO PESSOAL 1.1 Esta política do Banco Daycoval S.A. ( Banco Daycoval ) ( Política de Investimento Pessoal ) visa determinar procedimentos e normas para investimentos pessoais dos

Leia mais

POLÍTICA DE SEGREGAÇÃO DAS ATIVIDADES

POLÍTICA DE SEGREGAÇÃO DAS ATIVIDADES POLÍTICA DE SEGREGAÇÃO DAS ATIVIDADES FICHA TÉCNICA: Título: Área responsável: Descrição documento: Aplicação: Tipo: Criado por: do Política de Segregação de Atividades. Jurídico e Compliance (Legal and

Leia mais

Política de Rateio de Ordem

Política de Rateio de Ordem Política de Rateio de Ordem Área de Gestão de Risco e Compliance 1 I Introdução... 3 II Objetivos... 4 III Princípios... 4 IV Procedimentos... 4 V Responsabilidades... 5 VI Penalidades... 5 2 I Introdução

Leia mais

Política de Confidencialidade Colaboradores Venturestar

Política de Confidencialidade Colaboradores Venturestar Política de Confidencialidade Colaboradores Venturestar (versão 05.2016) 1 ÍNDICE INTRODUÇÃO... 3 POLÍTICA DE CONFIDENCIALIDADE... 4 2 INTRODUÇÃO Esta Política de Confidencialidade dos Colaboradores da

Leia mais

POLÍTICA DE NEGOCIAÇÃO. JHSF Participações S.A. CNPJ /

POLÍTICA DE NEGOCIAÇÃO. JHSF Participações S.A. CNPJ / 1 POLÍTICA DE NEGOCIAÇÃO JHSF Participações S.A. CNPJ 08.294.224/0001-65 A presente política de negociação visa estabelecer os parâmetros de negociação de valores mobiliários de emissão da JHSF Participações

Leia mais

Boletim 41: Política de Informações Confidenciais

Boletim 41: Política de Informações Confidenciais SUMÁRIO EXECUTIVO Objetivo: Aplicação: Comunicar a política da Fitch Ratings relativa à proteção e permissão para divulgação de Informação Confidencial, incluindo Informação Importante Não Pública. Fitch

Leia mais

CÓDIGO DE ÉTICA, MANUAL CONDUTA E PROCEDIMENTOS

CÓDIGO DE ÉTICA, MANUAL CONDUTA E PROCEDIMENTOS CÓDIGO DE ÉTICA, MANUAL CONDUTA E PROCEDIMENTOS Propriedade de Sita Gestão Proibida a reprodução total ou parcial sem prévia autorização. 2016 Índice A quem se destina este Manual... 3 Princípios... 4

Leia mais

POLÍTICA DE INVESTIMENTOS PESSOAIS

POLÍTICA DE INVESTIMENTOS PESSOAIS POLÍTICA DE INVESTIMENTOS PESSOAIS Esta política visa determinar procedimentos e normas para os investimentos pessoais dos Colaboradores, bem como de seus familiares diretos, além de estabelecer o tratamento

Leia mais

Política de Compra e Venda de Valores Mobiliários

Política de Compra e Venda de Valores Mobiliários Política de Compra e Venda de Valores Mobiliários 2 SUMÁRIO 1. OBJETO... 1 2. ABRANGÊNCIA... 1 3. INVESTIMENTOS PESSOAIS... 1 4. TERMO DE COMPROMISSO... 3 5. REGRAS DE INVESTIMENTOS DA SOMMA INVESTIMENTOS...

Leia mais

Política de Compra e Venda de Valores Mobiliários

Política de Compra e Venda de Valores Mobiliários Política de Compra e Venda de Valores Mobiliários Em atendimento à instrução nº 558 da Comissão de Valores Mobiliários (CVM), de 26 de março de 2015, a presente política visa apresentar as diretrizes de

Leia mais

Código de Conduta Ética

Código de Conduta Ética Código de Conduta Ética O conjunto de princípios e regras dispostas neste Código de Conduta Ética é imponível a todos os sócios, diretores, empregados, colaboradores e prestadores de serviços que venham,

Leia mais

Código de Ética Elaborado em Janeiro de 2016 Atualizado em Junho de 2016 1. INTRODUÇÃO Este Código de Ética estabelece as regras e princípios que nortearão os padrões éticos e de conduta profissional,

Leia mais

Política de Investimentos relacionada a títulos e valores mobiliários

Política de Investimentos relacionada a títulos e valores mobiliários Política de Investimentos relacionada a títulos e valores mobiliários 2017 1 Escopo A presente Política sintetiza as regras aplicáveis aos investimentos realizados, conforme o caso: - No âmbito pessoal

Leia mais

CODIGO DE ETICA E CONDUTA

CODIGO DE ETICA E CONDUTA A quem se destina este Manual CODIGO DE ETICA E CONDUTA Este documento estabelece importantes diretrizes para o cumprimento dos padrões da companhia, no que se refere às práticas comerciais e aos negócios.

Leia mais

POLÍTICA DE NEGOCIAÇÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS DA ODONTOPREV S.A.

POLÍTICA DE NEGOCIAÇÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS DA ODONTOPREV S.A. POLÍTICA DE NEGOCIAÇÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS DA ODONTOPREV S.A. 1. Objetivos e Abrangência 1.1. O objetivo da presente Política de Negociação é estabelecer as regras que deverão ser observadas pelos acionistas

Leia mais

POLÍTICA DE NEGOCIAÇÃO COM VALORES MOBILIÁRIOS Vigência 20/12/ /12/2018

POLÍTICA DE NEGOCIAÇÃO COM VALORES MOBILIÁRIOS Vigência 20/12/ /12/2018 Página 1/7 TÍTULO: VALORES MOBILIÁRIOS CLASSIFICAÇÃO: FINALIDADE: ELABORAÇÃO: APROVAÇÃO: NORMA ESTRATÉGICA Estabelecer a conduta dos administradores sobre a negociação com valores mobiliários do BRB Banco

Leia mais

Manual de Compliance

Manual de Compliance Manual de Compliance 1. Introdução Este manual visa descrever as regras que regem o funcionamento das atividades da Alive Investimentos (a Alive ), assim como os controles e procedimentos utilizados para

Leia mais

POLÍTICA DE COMPRA E VENDA DE VALORES MOBILIÁRIOS POR ADMINISTRADORES, EMPREGADOS, COLABORADORES E PELA PRÓPRIA EMPRESA

POLÍTICA DE COMPRA E VENDA DE VALORES MOBILIÁRIOS POR ADMINISTRADORES, EMPREGADOS, COLABORADORES E PELA PRÓPRIA EMPRESA POLÍTICA DE COMPRA E VENDA DE VALORES MOBILIÁRIOS POR ADMINISTRADORES, EMPREGADOS, COLABORADORES E PELA PRÓPRIA EMPRESA (política de investimentos pessoais) OURO PRETO GESTÃO DE RECURSOS S.A. ( Gestora

Leia mais

Controles Internos POLÍTICA DE SIGILO E CONFIDENCIALIDADE

Controles Internos POLÍTICA DE SIGILO E CONFIDENCIALIDADE Controles Internos POLÍTICA DE SIGILO E CONFIDENCIALIDADE 1. O presente Código de Conduta tem também como objetivo estabelecer a política de sigilo e confidencialidade e de proteção propriedade intelectual

Leia mais

Banco Safra S.A. Política de Investimentos Pessoais

Banco Safra S.A. Política de Investimentos Pessoais Banco Safra S.A Política de Investimentos Pessoais Índice 1. INTRODUÇÃO... 3 1.1 PROCEDIMENTOS PARA OPERAÇÕES:... 3 1.2 OPERAÇÕES QUE REQUEREM PRÉ-APROVAÇÃO:... 4 1.3 OPERAÇÕES QUE NÃO REQUEREM PRÉ-APROVAÇÃO

Leia mais

W-CAPITAL GESTÃO DE INVESTIMENTOS LTDA. CÓDIGO DE ÉTICA E CONDUTA

W-CAPITAL GESTÃO DE INVESTIMENTOS LTDA. CÓDIGO DE ÉTICA E CONDUTA W-CAPITAL GESTÃO DE INVESTIMENTOS LTDA. CÓDIGO DE ÉTICA E CONDUTA Versão do documento: 10 de Junho de 2016 Código de Ética e Conduta Wise Capital Página 2 de 12 ÍNDICE CAPÍTULO 1 - INTRODUÇÃO...4 1.1 Objetivo...4

Leia mais

Política de Negociação em Contas Pessoais

Política de Negociação em Contas Pessoais Política de Negociação em Contas Pessoais Junho/2016 1. INTRODUÇÃO E OBJETIVO Dois fatores devem ser levados em consideração, antes da apresentação dessa política: negociação baseada em Informação Privilegiada

Leia mais

POLÍTICA DE INVESTIMENTOS PESSOAIS

POLÍTICA DE INVESTIMENTOS PESSOAIS POLÍTICA DE INVESTIMENTOS PESSOAIS Junho/2016 Sócios / Administração 1 / 5 Sumário Politica de Investimentos Pessoais... 3 a. Regras... 3 b. Execução... 4 c. Formulário e Processo de Monitoramento... 4

Leia mais

BANCO BTG PACTUAL S.A. CNPJ: / POLITICA DE DIVULGAÇÃO DE INFORMAÇÕES RELEVANTES E PRESERVAÇÃO DE SIGILO

BANCO BTG PACTUAL S.A. CNPJ: / POLITICA DE DIVULGAÇÃO DE INFORMAÇÕES RELEVANTES E PRESERVAÇÃO DE SIGILO BANCO BTG PACTUAL S.A. CNPJ: 30.306.294/0001-45 POLITICA DE DIVULGAÇÃO DE INFORMAÇÕES RELEVANTES E PRESERVAÇÃO DE SIGILO (Aprovada em Reunião de Assembléia Geral Extraordinária realizada em 16 de Agosto

Leia mais

MANUAL DE POLÍTICA DE RATEIO E DIVISÃO DE ORDENS

MANUAL DE POLÍTICA DE RATEIO E DIVISÃO DE ORDENS MANUAL DE POLÍTICA DE RATEIO E DIVISÃO DE ORDENS DA ASK GESTORA DE RECURSOS LTDA. JUNHO DE 2016 ÍNDICE GERAL 1. INTRODUÇÃO... 3 2. OBJETIVO DA DEFINIÇÃO DE RATEIO E DIVISÃO DE ORDENS... 3 3. PROCEDIMENTOS

Leia mais

Código de Ética e Padrões de Conduta Profissional

Código de Ética e Padrões de Conduta Profissional Código de Ética e Padrões de Conduta Profissional Samba Investimentos Página1 Este manual de operações estabelece princípios e regras de conduta aplicáveis a todos colaboradores da Samba Investimentos

Leia mais

Manual de Regras, Procedimentos e Controles Internos Instrução CVM 558

Manual de Regras, Procedimentos e Controles Internos Instrução CVM 558 1. Objetivo A administração de carteiras de valores mobiliários é o exercício profissional de atividades relacionadas, direta ou indiretamente, ao funcionamento, à manutenção e à gestão de uma carteira

Leia mais

POLÍTICA DE DIVULGAÇÃO DE ATO OU FATO RELEVANTE DA BR TOWERS SPE1 S.A.

POLÍTICA DE DIVULGAÇÃO DE ATO OU FATO RELEVANTE DA BR TOWERS SPE1 S.A. POLÍTICA DE DIVULGAÇÃO DE ATO OU FATO RELEVANTE DA BR TOWERS SPE1 S.A. A presente Política de Divulgação tem como princípio geral estabelecer o dever da BR TOWERS SPE1 S.A ( Companhia ) de divulgar, de

Leia mais

Política de Divulgação de Ato ou Fato Relevante da BrasilAgro - Companhia Brasileira de Propriedades Agrícolas

Política de Divulgação de Ato ou Fato Relevante da BrasilAgro - Companhia Brasileira de Propriedades Agrícolas Política de Divulgação de Ato ou Fato Relevante da BrasilAgro - Companhia Brasileira de Propriedades Agrícolas I. Introdução 1. A presente Política de Divulgação foi elaborada nos termos da Instrução CVM

Leia mais

CÓDIGO DE ÉTICA e POLÍTICA DE INVESTIMENTOS PESSOAIS. Introdução

CÓDIGO DE ÉTICA e POLÍTICA DE INVESTIMENTOS PESSOAIS. Introdução Introdução A Aberdeen do Brasil, comprometida com a excelência ética e profissional, buscando agir segundo os melhores interesses de seus clientes, espera que seus funcionários ( Pessoas com Acesso ) sigam

Leia mais

HAMILTON LANE INVESTIMENTOS LTDA. POLÍTICA DE NEGOCIAÇÃO PESSOAL. Rio de Janeiro, Junho de SP v1

HAMILTON LANE INVESTIMENTOS LTDA. POLÍTICA DE NEGOCIAÇÃO PESSOAL. Rio de Janeiro, Junho de SP v1 HAMILTON LANE INVESTIMENTOS LTDA. POLÍTICA DE NEGOCIAÇÃO PESSOAL Rio de Janeiro, Junho de 2016. POLÍTICA DE NEGOCIAÇÃO PESSOAL 1.1. Introdução O objetivo desta política é descrever as normas e procedimentos

Leia mais

POLÍTICA DE INVESTIMENTOS PESSOAIS E DA GESTORA

POLÍTICA DE INVESTIMENTOS PESSOAIS E DA GESTORA POLÍTICA DE INVESTIMENTOS PESSOAIS E DA GESTORA ÍNDICE INVESTIMENTOS PESSOAIS... 1 A. Aspectos gerais... 2 1. Objetivos... 2 2. Escopo... 2 3. Norma de Conduta Esperada pelo funcionário... 2 4. Divulgação

Leia mais

CÓDIGO DE CONDUTA E ÉTICA

CÓDIGO DE CONDUTA E ÉTICA Aprovada por: Diretor de Compliance CÓDIGO DE CONDUTA E ÉTICA Código MN-CE-001 Revisão 00 Página 1 de 7 Data 02/06/16 1. OBJETIVO 1.1. O presente instrumento tem como objetivo precípuo a definição de regras

Leia mais

Política de Investimentos Pessoais BBM II Gestão de Recursos Ltda.

Política de Investimentos Pessoais BBM II Gestão de Recursos Ltda. Política de Investimentos Pessoais BBM II Gestão de Recursos Ltda. 1. OBJETIVO:... 1 2. CONCEITUAÇÃO / DEFINIÇÃO:... 2 3. ABRANGÊNCIA/ÁREAS ENVOLVIDAS:... 3 4. RESPONSABILIDADES:... 3 04.01. Responsáveis

Leia mais

POLÍTICA DE DIVULGAÇÃO DE ATO OU FATO RELEVANTE DA T4F ENTRETENIMENTO S.A.

POLÍTICA DE DIVULGAÇÃO DE ATO OU FATO RELEVANTE DA T4F ENTRETENIMENTO S.A. POLÍTICA DE DIVULGAÇÃO DE ATO OU FATO RELEVANTE DA T4F ENTRETENIMENTO S.A. A presente Política de Divulgação tem como princípio geral estabelecer o dever da T4F Entretenimento S.A. ( Companhia ) de divulgar,

Leia mais

BANCO BTG PACTUAL S.A. CNPJ: / POLITICA DE DIVULGAÇÃO DE INFORMAÇÕES RELEVANTES E PRESERVAÇÃO DE SIGILO

BANCO BTG PACTUAL S.A. CNPJ: / POLITICA DE DIVULGAÇÃO DE INFORMAÇÕES RELEVANTES E PRESERVAÇÃO DE SIGILO BANCO BTG PACTUAL S.A. CNPJ: 30.306.294/0001-45 POLITICA DE DIVULGAÇÃO DE INFORMAÇÕES RELEVANTES E PRESERVAÇÃO DE SIGILO (Aprovada em Assembleia Geral Extraordinária realizada em 16 de Agosto de 2011 e

Leia mais

POLÍTICA DE NEGOCIAÇÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS DE EMISSÃO DO BANCO ABC BRASIL S.A.

POLÍTICA DE NEGOCIAÇÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS DE EMISSÃO DO BANCO ABC BRASIL S.A. POLÍTICA DE NEGOCIAÇÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS DE EMISSÃO DO BANCO ABC BRASIL S.A. APROVADA NA REUNIÃO DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO REALIZADA EM 12 DE SETEMBRO DE 2008 E ALTERADA NAS REUNIÕES DO CONSELHO

Leia mais

MANUAL DO ANALISTA DE VALORES MOBILIÁRIOS

MANUAL DO ANALISTA DE VALORES MOBILIÁRIOS MANUAL DO ANALISTA DE VALORES MOBILIÁRIOS Atualizado em: Jan/12 Última atualização em: Out/13 Este documento rege as atividades desemprenhas pelos Analistas de Valores Mobiliários vinculados a Um Investimentos,

Leia mais

CÓDIGO DE CONDUTA ÉTICA E PLD CÓDIGO DE CONDUTA ÉTICA E PLD

CÓDIGO DE CONDUTA ÉTICA E PLD CÓDIGO DE CONDUTA ÉTICA E PLD CÓDIGO DE CONDUTA ÉTICA E PLD ÍNDICE I. Introdução II. Objetivos do Manual III. Setor de Compliance IV. Comitê de Compliance V. Diretor Responsável pelo Compliance VI. Comitê de Compliance CÓDIGO DE CONDUTA

Leia mais

POLÍTICA DE NEGOCIAÇÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS DE EMISSÃO DA UNIDAS S.A. CAPÍTULO I OBJETO CAPÍTULO II DEFINIÇÕES

POLÍTICA DE NEGOCIAÇÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS DE EMISSÃO DA UNIDAS S.A. CAPÍTULO I OBJETO CAPÍTULO II DEFINIÇÕES POLÍTICA DE NEGOCIAÇÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS DE EMISSÃO DA UNIDAS S.A. CAPÍTULO I OBJETO Cláusula 1.1 Objeto. Esta Política de Negociação de Valores Mobiliários de Emissão da UNIDAS S.A. ( Companhia )

Leia mais

MANUAL DE CADASTRO RBR ASSET MANAGEMENT

MANUAL DE CADASTRO RBR ASSET MANAGEMENT MANUAL DE CADASTRO RBR ASSET MANAGEMENT 1. OBJETIVO 1.1. Este Manual de Cadastro visa atender às exigências da Lei 9.613/98 e suas alterações, bem como da Instrução CVM 301/99, conforme alterada. 1.2.

Leia mais