Firewall. Andrei Jean Fabio Garzarella William Passig

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Firewall. Andrei Jean Fabio Garzarella William Passig"

Transcrição

1 Firewall Andrei Jean Fabio Garzarella William Passig

2 O que é? Firewall por Hardware Firewall por Software Camadas OSI Como funciona? Regras e Ações Tipo de Firewall Agenda

3 O que é? Firewall é uma solução de segurança baseada em hardware ou software (mais comum) que, a partir de um conjunto de regras ou instruções, analisa o tráfego de rede para determinar quais operações de transmissão ou recepção de dados podem ser executadas. A sua missão, por assim dizer, consiste basicamente em bloquear tráfego de dados indesejado e liberar acessos bem-vindos.

4 Firewall por Hardware Os firewalls de hardware são basicamente computadores simples com interfaces de rede, como roteadores ou proxy.

5 Firewall por Software Os firewalls desse tipo têm seus sistemas operacionais e software de firewall, incluindo o filtro de pacotes ou proxy.

6 Camada OSI A maioria dos Firewalls trabalham na camada de transporte(tcp, UDP, ), rede(ip,...) e enlace (Ethernet...). Firewalls são incapazes de filtrar alguns protocolos de serviços de mensagens, como o HTTP, SMTP, POP3, etc. Alguns firewalls são capazes de trabalhar na camada de aplicação. Geralmente, eles são mais lentos, mais pesados e mais complexos para configurar, mas conseguem filtrar os protocolos.

7 Como Funciona? Muitas vezes, usamos um firewall para proteger uma rede local da Internet: Tipicamente, ele vai: Autorizar os computadores da LAN (rede local) a se conectarem à internet. Bloquear as tentativas de conexão da internet para os computadores da rede local.

8 Como Funciona? As políticas de um firewall são baseadas, inicialmente, em dois princípios: Todo tráfego é bloqueado, exceto o que está explicitamente autorizado; Todo tráfego é permitido, exceto o que está explicitamente bloqueado;

9 Como Funciona? Um firewall, é uma lista ordenada da seguinte maneira: (regra 1, ação 1); (regra 2, ação 2); (regra 3, ação 3);

10 Regras e Ações As regras podem ser: Endereço de destino do pacote; Endereço de origem; Porta de destino; Porta de origem; Data; Hora; etc. As ações podem ser: Recusar o pacote; Ignorar o pacote; Aceitar o pacote; Encaminhar o pacote para outra rede; Modificar os cabeçalhos do pacote;

11 Tipos de Firewall O trabalho de um firewall pode ser realizado de várias formas, e em função disso podemos encontrar mais de um tipo de firewall. Os mais conhecidos são: Filtragem de pacotes (packet filtering); Filtragem Estática; Filtragem Dinâmica; Firewall de aplicação ou proxy de serviços (proxyservices); Proxy Transparente; Inspeção de estados (stateful inspection);

12 Filtragem de pacotes (packet filtering) Filtragem Estática (stateless) Pacote Informações disponíveis no cabeçalho do pacote a ser filtrado. Aprova Bloqueia

13 Filtragem de pacotes (packet filtering) Filtragem Dinâmica (statefull) Pacote Houve Handshake? Aprova Bloqueia

14 Firewall de aplicação ou proxy de serviços (proxy services) O firewall de aplicação é uma solução de segurança que atua como intermediário entre um computador ou uma rede interna e outra rede, externa - normalmente, a internet.

15 Firewall de aplicação ou proxy de serviços (proxy services) Proxy transparente O proxy "tradicional", não raramente, exige que determinadas configurações sejam feitas nas ferramentas que utilizam a rede para que a comunicação aconteça sem erros. O problema é, dependendo da aplicação, este trabalho de ajuste pode ser inviável ou custoso. O proxy transparente surge como uma alternativa para estes casos porque as máquinas que fazem parte da rede não precisam saber de sua existência.

16 Inspeção de estados (stateful inspection) Tido por alguns especialistas no assunto como uma evolução dos filtros dinâmicos, os firewalls de inspeção de estado trabalham fazendo uma espécie de comparação entre o que está acontecendo e o que é esperado para acontecer.

17 Exemplo: GUFW

18 Referências https://curibocas.wordpress.com/2009/11/03/mecanismo-defirewall-e-seus-conceitos/

Firewalls. Carlos Gustavo A. da Rocha. ASSR

Firewalls. Carlos Gustavo A. da Rocha. ASSR Carlos Gustavo A. da Rocha Introdução Um Firewall cria uma barreira através da qual todo o tráfego que deixa ou chega a uma rede deve passar Suas regras ditam quais tráfegos estão autorizados a passar

Leia mais

Geralmente, o firewall também é configurado para não bloquear o tráfego de saída. Por exemplo, um banco pode querer isolar a rede da tesouraria do res

Geralmente, o firewall também é configurado para não bloquear o tráfego de saída. Por exemplo, um banco pode querer isolar a rede da tesouraria do res FIREWALL A conexão com a Internet traz às corporações os seguintes riscos: Relacionados a dados: confidencialidade, integridade e disponibilidade; Relacionados aos recursos e ativos da empresa; Relacionados

Leia mais

Execícios de Revisão Redes de Computadores Edgard Jamhour. Proxy, NAT Filtros de Pacotes

Execícios de Revisão Redes de Computadores Edgard Jamhour. Proxy, NAT Filtros de Pacotes Execícios de Revisão Redes de Computadores Edgard Jamhour Proxy, NAT Filtros de Pacotes Exercício 1 Configure as regras do filtro de pacotes "E" para permitir que os computadores da rede interna tenham

Leia mais

Os três principais tipos de firewall são o filtro de pacotes, o filtro de pacotes com estado e o proxy.

Os três principais tipos de firewall são o filtro de pacotes, o filtro de pacotes com estado e o proxy. Tipos de Firewall Os três principais tipos de firewall são o filtro de pacotes, o filtro de pacotes com estado e o proxy. Entretanto os firewalls também exercem as funções adicionais como NAT (Network

Leia mais

Firewall. Prof. Marciano dos Santos Dionizio

Firewall. Prof. Marciano dos Santos Dionizio Firewall Prof. Marciano dos Santos Dionizio Firewall (definições) Por que do nome firewall? Antigamente, quando as casas eram feitas de madeira o fogo era um grande problema, pois se alastrava facilmente

Leia mais

Lista de exercícios - 1º bimestre 2016 REDES

Lista de exercícios - 1º bimestre 2016 REDES Lista de exercícios - 1º bimestre 2016 REDES Jean Nicandros Stragalinos Neto. Prontuário: 1616251. Curso: ADS 2º Módulo. 1) Desenhe duas redes com 7 e 8 computadores e defina a configuração IP de cada

Leia mais

Camada de Rede. Endereçamento de Rede Protocolo IP

Camada de Rede. Endereçamento de Rede Protocolo IP Camada de Rede Endereçamento de Rede Protocolo IP Camada de Rede Protocolo mais importante: IP IPv4 (mais utilizada) IPv6 (atender ao crescimento das redes e a necessidade de novos endereços). PDU: Pacote

Leia mais

Técnico de Informática. Modulo II Segurança de Redes. Profª. Vanessa Rodrigues. Firewall

Técnico de Informática. Modulo II Segurança de Redes. Profª. Vanessa Rodrigues. Firewall Técnico de Informática Modulo II Segurança de Redes Profª. Vanessa Rodrigues Firewall Introdução Mesmo as pessoas menos familiarizadas com a tecnologia sabem que a internet não é um "território" livre

Leia mais

Protocolos de Rede. Protocolos em camadas

Protocolos de Rede. Protocolos em camadas Protocolos de Rede Prof. Alexandre Beletti Protocolos em camadas Existem protocolos em diferentes camadas dos modelos de estudo (OSI e TCP/IP) Lembre-se de diferencias tipos de programas de tipos de protocolos

Leia mais

Segurança da Informação

Segurança da Informação Segurança da Informação 1 Agenda Sistemas de Firewall 2 1 SISTEMAS DE FIREWALL 3 Sistemas de Firewall Dispositivo que combina software e hardware para segmentar e controlar o acesso entre redes de computadores

Leia mais

Camada de Aplicação da Arquitetura TCP/IP

Camada de Aplicação da Arquitetura TCP/IP Arquitetura de Redes de Computadores e Tecnologia de Implementação de Redes 2016.1 Camada de Aplicação da Arquitetura TCP/IP Curso Técnico Integrado em Informática Turma: INT.INF.3M Arquitetura de Redes

Leia mais

Redes de Computadores. Aula: Roteamento Professor: Jefferson Silva

Redes de Computadores. Aula: Roteamento Professor: Jefferson Silva Redes de Computadores Aula: Roteamento Professor: Jefferson Silva Perguntinhas básicas J n O que é rotear? n O que é uma rota? n Porque rotear? n Como sua requisição chega no facebook? Conceitos n Roteamento

Leia mais

FIREWALL. Redes 1-2013.1. Erika Hoyer Pedro Henrique B. Meirelles Renan Protector

FIREWALL. Redes 1-2013.1. Erika Hoyer Pedro Henrique B. Meirelles Renan Protector FIREWALL Redes 1-2013.1 Erika Hoyer Pedro Henrique B. Meirelles Renan Protector REALIDADE DA INTERNET REALIDADE DA INTERNET REALIDADE DA INTERNET REALIDADE DA INTERNET FIREWALL: ITEM DE SEGURANÇA ESSENCIAL

Leia mais

Componentes de um sistema de firewall - I

Componentes de um sistema de firewall - I Componentes de um sistema de firewall - I O que são Firewalls? Os firewalls são sistemas de segurança que podem ser baseados em: um único elemento de hardware; um único elemento de software instalado num

Leia mais

Modelo de Camadas. Redes de Computadores

Modelo de Camadas. Redes de Computadores Modelo de Camadas Redes de Computadores Sumário Visão Geral de uma Rede de Computadores Protocolos Modelo de Camadas Porque utilizar Tipos de Modelos de Referência Modelo de Referência ISO/OSI Histórico

Leia mais

Redes de Computadores

Redes de Computadores Redes de Computadores Camada de Transporte Antonio Alfredo Ferreira Loureiro loureiro@dcc.ufmg.br Departamento de Ciência da Computação Universidade Federal de Minas Gerais UFMG/DCC Redes de Computadores

Leia mais

Redes de Computadores

Redes de Computadores Redes de Computadores Arquiteturas de Redes Prof. Thiago Dutra Agenda n Introdução n Organização em Camadas n Arquiteturas de Redes n Arquitetura RM-OSI n Arquitetura TCP/IP

Leia mais

Sistema de Firewall Sistema de Firewall 1. Introdução 2. Conceitos > O modelo OSI > Roteamento de rede x bridges > Sistemas de firewall > Criptografia x firewalls 3. Conclusão Sistema de Firewall 1. Introdução

Leia mais

SEGURANÇA APLICADA MATERIAL 19

SEGURANÇA APLICADA MATERIAL 19 Graduação Tecnologia em Redes Computadores SEGURANÇA APLICADA MATERIAL 19 Prof. Luís Mateus da Silva Matos TRIPLE CCIE # 17528 (R&S, SP, SECURITY) CCNA, CCDA, CCNP, DCNIS CCDP, MCP, MCP+Internet, MCSE

Leia mais

Modelo TCP/IP. Douglas Wildgrube Bertol DEE - Engenharia Elétrica CCT

Modelo TCP/IP. Douglas Wildgrube Bertol DEE - Engenharia Elétrica CCT Modelo TCP/IP Douglas Wildgrube Bertol DEE - Engenharia Elétrica CCT AS1RAI1 Redes para Automação Industrial JOINVILLE 12/09/2016 Introdução histórico O padrão histórico e técnico da Internet é o modelo

Leia mais

OSI e TCP/IP. Professor: Leandro Engler Boçon Disciplina: Redes e Serviços

OSI e TCP/IP. Professor: Leandro Engler Boçon   Disciplina: Redes e Serviços OSI e TCP/IP Professor: Leandro Engler Boçon E-mail: leandro@facear.edu.br Disciplina: Redes e Serviços 1 Bibliografia Tanembaum. Andrew S. Redes de Computadores. Editora campus 3ª edição. Rio de Janeiro.

Leia mais

Firewalls. Firewalls

Firewalls. Firewalls Firewalls Firewalls Paredes Corta-Fogo Regula o Fluxo de Tráfego entre as redes Pacote1 INTERNET Pacote2 INTERNET Pacote3 Firewalls Firewalls Barreira de Comunicação entre duas redes Host, roteador, PC

Leia mais

Aula 03 Camadas do modelo OSI. 7 - Aplicação. 6 - Apresentação. Prof. Leandro Pykosz

Aula 03 Camadas do modelo OSI. 7 - Aplicação. 6 - Apresentação. Prof. Leandro Pykosz Aula 03 Camadas do modelo OSI Prof. Leandro Pykosz leandro@sulbbs.com.br 7 - Aplicação Faz a interface entre o protocolo e o aplicativo que pediu ou receberá a informação através da rede. 6 - Apresentação

Leia mais

CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO/ PROCESSAMENTO DE DADOS DISCIPLINA: ADM e PROJETO DE REDES PROFESSOR: Msc Walter Augusto Varella

CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO/ PROCESSAMENTO DE DADOS DISCIPLINA: ADM e PROJETO DE REDES PROFESSOR: Msc Walter Augusto Varella CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO/ PROCESSAMENTO DE DADOS DISCIPLINA: ADM e PROJETO DE REDES PROFESSOR: Msc Walter Augusto Varella Lista de Exercícios 1 1. Diga com suas palavras o que vem a ser uma rede

Leia mais

Campus Capivari Análise e Desenvolvimento de Sistemas (ADS) Prof. André Luís Belini /

Campus Capivari Análise e Desenvolvimento de Sistemas (ADS) Prof. André Luís Belini   / Campus Capivari Análise e Desenvolvimento de Sistemas (ADS) Prof. André Luís Belini E-mail: prof.andre.luis.belini@gmail.com / andre.belini@ifsp.edu.br MATÉRIA: SEG Aula N : 11 Tema: Servidores Proxies

Leia mais

1. INTRODUÇÃO ÀS REDES DE COMPUTADORES... 1 1.1. O que é uma rede?... 1 1.1.1. O PC numa rede... 2 1.1.2. Transmissão de dados... 3 1.1.2.1.

1. INTRODUÇÃO ÀS REDES DE COMPUTADORES... 1 1.1. O que é uma rede?... 1 1.1.1. O PC numa rede... 2 1.1.2. Transmissão de dados... 3 1.1.2.1. ÍNDICE GERAL 1. INTRODUÇÃO ÀS REDES DE COMPUTADORES... 1 1.1. O que é uma rede?... 1 1.1.1. O PC numa rede... 2 1.1.2. Transmissão de dados... 3 1.1.2.1. Transmissão simplex... 3 1.1.2.2. Transmissão half-duplex...

Leia mais

VI Semana de Infraestrutura da Internet no Brasil São Paulo, SP 07/12/16

VI Semana de Infraestrutura da Internet no Brasil São Paulo, SP 07/12/16 VI Semana de Infraestrutura da Internet no Brasil São Paulo, SP 07/12/16 Serviços IPv6 Eduardo Barasal Morales Tiago Jun Nakamura Agenda Autoconfiguração de Endereços Stateless DHCPv6 Prefix Delegation

Leia mais

www.projetoderedes.com.br Gestão da Segurança da Informação Professor: Maurício AULA 09 Firewall

www.projetoderedes.com.br Gestão da Segurança da Informação Professor: Maurício AULA 09 Firewall www.projetoderedes.com.br Gestão da Segurança da Informação Professor: Maurício O que é Firewall Um Firewall é um sistema para controlar o aceso às redes de computadores, desenvolvido para evitar acessos

Leia mais

Protocolos de Interligação de Redes Locais e a Distância Modelos de Referência. Thiago Leite

Protocolos de Interligação de Redes Locais e a Distância Modelos de Referência. Thiago Leite Protocolos de Interligação de Redes Locais e a Distância Modelos de Referência Thiago Leite thiago.leite@udf.edu.br As redes são organizadas em camadas Forma de reduzir a complexidade Um conjunto de camadas

Leia mais

Sumário Capítulo 1 Introdução à Certificação Cisco... 1 Capítulo 2 Redes de Computadores... 21

Sumário Capítulo 1 Introdução à Certificação Cisco... 1 Capítulo 2 Redes de Computadores... 21 Sumário Capítulo 1 Introdução à Certificação Cisco... 1 Por que Ser um Profissional Certificado... 2 CCNA 4... 3 A Carreira de Certificação Cisco... 4 Profissional de Suporte... 6 Engenheiro de Projeto...

Leia mais

Redes de Computadores e Aplicações. Aula 37 Roteamento IP Unicast Dinâmico RIP

Redes de Computadores e Aplicações. Aula 37 Roteamento IP Unicast Dinâmico RIP Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do N Campus Currais Novos Redes de Computadores e Aplicações Aula 37 Roteamento IP Unicast Dinâmico RIP Prof. Diego Pereira

Leia mais

Redes e Conectividade

Redes e Conectividade Redes e Conectividade NAT e PAT Versão 1.1 Novembro de 2016 Prof. Jairo jairo@uni9.pro.br professor@jairo.pro.br http://www.jairo.pro.br/ Redes e Conectividade novembro/2016 - Prof. Jairo - professor@jairo.pro.br

Leia mais

Execícios de Revisão Redes de Computadores Edgard Jamhour. Proxy, NAT Filtros de Pacotes

Execícios de Revisão Redes de Computadores Edgard Jamhour. Proxy, NAT Filtros de Pacotes Execícios de Revisão Redes de Computadores Edgard Jamhour Proxy, NAT Filtros de Pacotes Exercício 1 Configure as regras do filtro de pacotes "E" para permitir que os computadores da rede interna tenham

Leia mais

PLANO DE ENSINO. Disciplina: Redes de Computadores Carga Horária: 100h Período: 6º. Ementa

PLANO DE ENSINO. Disciplina: Redes de Computadores Carga Horária: 100h Período: 6º. Ementa Disciplina: Redes de Computadores Carga Horária: 100h Período: 6º Ementa PLANO DE ENSINO Contexto e aspectos gerais de redes de computadores: hardware e software de rede, modelos de referência. Camada

Leia mais

EXERCÍCIOS DE REVISÃO DNS, DHCP, Endereços Privados, Proxy e NAT EDGARD JAMHOUR. Segundo Bimestre

EXERCÍCIOS DE REVISÃO DNS, DHCP, Endereços Privados, Proxy e NAT EDGARD JAMHOUR. Segundo Bimestre EXERCÍCIOS DE REVISÃO DNS, DHCP, Endereços Privados, Proxy e NAT EDGARD JAMHOUR Segundo Bimestre Exercício 1: Considere a seguinte configuração de árvore de nomes DNS. ZONA.br dns (200.0.0.1) SOA br dns2

Leia mais

3 TIPOS DE FIREWALL E SUAS ESPECIFICAÇÕES

3 TIPOS DE FIREWALL E SUAS ESPECIFICAÇÕES 3 TIPOS DE FIREWALL E SUAS ESPECIFICAÇÕES Introdução... 3 Entendendo o funcionamento de um Firewall... 5 1. Filtragem de pacotes... 8 2. Proxy services... 11 3. Stateful inspection... 14 Como escolher

Leia mais

Fundamentos de Rede. Aula 2 - Modelo OSI

Fundamentos de Rede. Aula 2 - Modelo OSI Fundamentos de Rede Aula 2 - Modelo OSI Protocolo e Arquitetura de Protocolos Problema Permitir a comunicação entre entidades de diferentes sistemas Solução Criar convenções de quando e como se comunicar

Leia mais

MÓDULO 8 Modelo de Referência TCP/IP

MÓDULO 8 Modelo de Referência TCP/IP MÓDULO 8 Modelo de Referência TCP/IP A internet é conhecida como uma rede pública de comunicação de dados com o controle totalmente descentralizado, utiliza para isso um conjunto de protocolos TCP e IP,

Leia mais

Tecnologia de Redes de Computadores - aula 2

Tecnologia de Redes de Computadores - aula 2 Tecnologia de Redes de Computadores - aula 2 Prof. Celso Rabelo Centro Universitário da Cidade 1 Objetivo 2 3 O cabeçalho O CABEÇALHO Os campos 4 Conceitos Gerais Clássico Classe A Classe B Classe C Classe

Leia mais

AULA Redes de Computadores e a Internet

AULA Redes de Computadores e a Internet UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA Faculdade de Computação Curso de Bacharelado em Ciência da Computação Disciplina: INF64 (Introdução à Ciência da Computação) Prof: Anilton Joaquim da Silva / Ezequiel

Leia mais

Segurança de Redes de Computadores

Segurança de Redes de Computadores Segurança de Redes de Computadores Aula 11 DoS (Denial of Service) DDoS (Distributed Denial of Service) Prática #4 Prof. Ricardo M. Marcacini ricardo.marcacini@ufms.br Curso: Sistemas de Informação 1º

Leia mais

Redes de Computadores

Redes de Computadores Redes de omputadores luno: ata: Professor: Leonardo abral da Rocha Soares 1.São vantagens decorrentes da utilização de redes de computadores, exceto: a) ompartilhamento de arquivos b) ompartilhamento de

Leia mais

Tópicos. Firewall. Terminologia. História - continuação. Primeiros Casos. História. História Conceitos Básicos Hardware Software Híbrido

Tópicos. Firewall. Terminologia. História - continuação. Primeiros Casos. História. História Conceitos Básicos Hardware Software Híbrido Tópicos Firewall Prof. Alexandre Beletti Ferreira História Conceitos Básicos Hardware Software Híbrido Terminologia O termo firewall,, no sentido original, é a conhecida porta corta-fogo, ou seja, um dispositivo

Leia mais

Redes de computadores

Redes de computadores Redes de computadores Prof. Emiliano S. Monteiro Aula 4 Protocolo ARP É um protocolo da camada de enlace (link layer) É utilizado para realizar o mapeamento de endereços IPv4 para Ethernet. Não é um protocolo

Leia mais

Capítulo 1 Introdução 1

Capítulo 1 Introdução 1 SUMÁRIO Capítulo 1 Introdução 1 1.1 Visão Geral da Internet... 1 1.1.1 Redes... 2 1.1.2 Comutação... 4 1.1.3 A Internet... 6 1.1.4 Acessando a Internet... 7 1.1.5 Hardware e Software... 8 1.2 PROTOCOLO

Leia mais

Redes de Computadores e Aplicações

Redes de Computadores e Aplicações Prof. Diego Pereira Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte Campus Currais Novos Redes de Computadores e Aplicações Aula 06 Elementos de Interconexões

Leia mais

Camadas da Arquitetura TCP/IP

Camadas da Arquitetura TCP/IP Camadas da Arquitetura TCP/IP A arquitetura TCP/IP divide o processo de comunicação em quatro camadas. Em cada camada atuam determinados protocolos que interagem com os protocolos das outas camadas desta

Leia mais

Certifique-se de atender a estes requisitos antes de tentar esta configuração:

Certifique-se de atender a estes requisitos antes de tentar esta configuração: Índice Introdução Pré-requisitos Requisitos Componentes Utilizados Convenções Informações de Apoio Topologia Configurar Diagrama de Rede Configurações Configuração do Cisco ONS 15454 Configuração do PC

Leia mais

Firewalls. O que é um firewall?

Firewalls. O que é um firewall? Tópico 13 Firewall Ferramentas de defesa - Firewall. Princípios de projeto de firewall. Sistemas confiáveis. Critérios comuns para avaliação de segurança da tecnologia da informação. 2 Firewalls O que

Leia mais

Repetidores Internet e Arquitetura TCP/IP

Repetidores Internet e Arquitetura TCP/IP Bacharelado em Informática Disciplina: Internet e Arquitetura TCP/IP Estendendo, Segmentando e Interligando s Revisão de Interconexão de s Prof. Sérgio Colcher colcher@inf.puc-rio.br 1 Gateway 2 Gateway

Leia mais

Redes de Computadores

Redes de Computadores Redes de Computadores Capítulo 1 Gustavo Reis gustavo.reis@ifsudestemg.edu.br - O que é a Internet? - Milhões de elementos de computação interligados: hospedeiros = sistemas finais - Executando aplicações

Leia mais

Revisão. Karine Peralta karine.peralta@pucrs.br

Revisão. Karine Peralta karine.peralta@pucrs.br Revisão Karine Peralta Agenda Revisão Evolução Conceitos Básicos Modelos de Comunicação Cliente/Servidor Peer-to-peer Arquitetura em Camadas Modelo OSI Modelo TCP/IP Equipamentos Evolução... 50 60 1969-70

Leia mais

Para obter mais informações sobre convenções de documento, consulte as Convenções de dicas técnicas Cisco.

Para obter mais informações sobre convenções de documento, consulte as Convenções de dicas técnicas Cisco. Índice Introdução Antes de Começar Convenções Pré-requisitos Componentes Utilizados Bridging Bridging Transparente Exemplos de configuração Exemplo 1: Transparent Bridging Simples Exemplo 2: Transparent

Leia mais

Rede de computadores Roteador. Professor Carlos Muniz

Rede de computadores Roteador. Professor Carlos Muniz Rede de computadores Professor Carlos Muniz Definição (estrangeirismo do inglês router, ou encaminhador) é um equipamento usado para fazer a comutação de protocolos, a comunicação entre diferentes redes

Leia mais

Modelo OSI. Marcelo Assunção 10º13. Curso Profissional Técnico de Gestão e Programação de Sistemas Informáticos. Disciplina: Redes de Comunicação

Modelo OSI. Marcelo Assunção 10º13. Curso Profissional Técnico de Gestão e Programação de Sistemas Informáticos. Disciplina: Redes de Comunicação Modelo OSI Marcelo Assunção 10º13 Curso Profissional Técnico de Gestão e Programação de Sistemas Informáticos Disciplina: Redes de Comunicação 2013/2014 Índice Modelo OSI Open System Interconnection (OSI)

Leia mais

Redes de Computadores. Equipamentos de Comunicação

Redes de Computadores. Equipamentos de Comunicação Redes de Computadores Equipamentos de Comunicação Equipamentos de comunicação Repetidores; Ponte (Bridge); Hub (Concentrador); Switch (Chaveador); Roteador (Router). Repetidores São usado em redes de topologia

Leia mais

SuRFE Sub-Rede de Filtragens Específicas

SuRFE Sub-Rede de Filtragens Específicas SuRFE Sub-Rede de Filtragens Específicas Ricardo Kléber Martins Galvão, PPGEE, UFRN Sergio Vianna Fialho, PPGEE, UFRN Resumo O aumento do número de ataques a redes de corporativas tem sido combatido com

Leia mais

Características de Firewalls

Características de Firewalls Firewall Firewall é um sistema de proteção de redes internas contra acessos não autorizados originados de uma rede não confiável (Internet), ao mesmo tempo que permite o acesso controlado da rede interna

Leia mais

Redes de Computadores Prof. Fred Sauer

Redes de Computadores Prof. Fred Sauer Redes de Computadores Prof. Fred Sauer http://www.fredsauer.com.br fsauer@gmail.com Quem sou eu... Prof. Frederico Sauer (Fred) Mestre e Doutor UFRJ com dissertação e tese em Segurança e Gerenciamento

Leia mais

Firewall. Professor: João Paulo de Brito Gonçalves Disciplina: Serviços de Redes. Campus Cachoeiro Curso Técnico em Informática

Firewall. Professor: João Paulo de Brito Gonçalves Disciplina: Serviços de Redes. Campus Cachoeiro Curso Técnico em Informática Firewall Professor: João Paulo de Brito Gonçalves Disciplina: Serviços de Redes Campus Cachoeiro Curso Técnico em Informática Firewall (definições) Por que do nome firewall? Antigamente, quando as casas

Leia mais

CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DO RIO GRANDE DO NORTE DEPARTAMENTO ACADÊMICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DO RIO GRANDE DO NORTE DEPARTAMENTO ACADÊMICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DO RIO GRANDE DO NORTE DEPARTAMENTO ACADÊMICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO http:// www.cefetrn.br/datinf ARQUITETURA TCP/IP Nome: Curso: Turma: LISTA DE EXERCÍCIO

Leia mais

ROTEAMENTO REDES E SR1 ETER-FAETEC. Rio de Janeiro - RJ ETER-FAETEC

ROTEAMENTO REDES E SR1 ETER-FAETEC. Rio de Janeiro - RJ ETER-FAETEC ROTEAMENTO REDES E SR1 Rio de Janeiro - RJ INTRODUÇÃO A comunicação entre nós de uma rede local é realizada a partir da comutação (seja por circuito, seja por pacotes). Quem realiza essa função é o switch

Leia mais

Protocolo PPP. Principais Componentes: Método para encapsular datagramas em enlaces seriais (Substitui o SLIP). Link Control Protocol (LCP)

Protocolo PPP. Principais Componentes: Método para encapsular datagramas em enlaces seriais (Substitui o SLIP). Link Control Protocol (LCP) Protocolo PPP 1 Protocolo PPP Substitui o protocolo SLIP Em Enlaces Seriais Conexões Síncronas e Assíncronas Controle da configuração de enlace Permite endereços IP dinâmicos Multiplexação de protocolos

Leia mais

Capítulo 6 - Protocolos e Roteamento

Capítulo 6 - Protocolos e Roteamento Capítulo 6 - Protocolos e Roteamento Prof. Othon Marcelo Nunes Batista Mestre em Informática 1 de 53 Roteiro (1 / 2) O Que São Protocolos? O TCP/IP Protocolos de Aplicação Protocolos de Transporte Protocolos

Leia mais

Universidade Federal do Acre. Centro de Ciências Exatas e Tecnológicas

Universidade Federal do Acre. Centro de Ciências Exatas e Tecnológicas Universidade Federal do Acre Centro de Ciências Exatas e Tecnológicas Universidade Federal do Acre Centro de Ciências Exatas e Tecnológicas Pós-graduação Lato Sensu em Desenvolvimento de Software e Infraestrutura

Leia mais

Capítulo 7: Roteando Dinamicamente (Resumo)

Capítulo 7: Roteando Dinamicamente (Resumo) Unisul Sistemas de Informação Redes de Computadores Capítulo 7: Roteando Dinamicamente (Resumo) Protocolos de roteamento Academia Local Cisco UNISUL Instrutora Ana Lúcia Rodrigues Wiggers Presentation_ID

Leia mais

Redes de Comunicação de Dados

Redes de Comunicação de Dados Redes de Comunicação de Dados 1 - Objetivo O grande objetivo é a formação geral de um especialista capaz de projetar redes de computadores, tanto sob o aspecto de software quanto de hardware, a partir

Leia mais

Tecnologia de Redes. Arquitetura de Rede de Computadores

Tecnologia de Redes. Arquitetura de Rede de Computadores Volnys B. Bernal (c) 1 Tecnologia de Redes Arquitetura de Rede de Computadores Volnys Borges Bernal volnys@lsi.usp.br http://www.lsi.usp.br/~volnys Volnys B. Bernal (c) 2 Agenda Modelo de Referênica OSI

Leia mais

Topologias e Classificação das RC. Prof. Eduardo

Topologias e Classificação das RC. Prof. Eduardo Topologias e Classificação das RC Prof. Eduardo Introdução As redes de computadores de modo geral estão presentes em nosso dia-a-dia. Estamos tão acostumados a utilizá-las que não nos damos conta da sofisticação

Leia mais

Manual Sistema de Dimensionamento Cabos e Energia SDF

Manual Sistema de Dimensionamento Cabos e Energia SDF Manual Sistema de Dimensionamento Cabos e Energia SDF Manual Sistema de Dimensionamento Cabos e Energia... 1 Inicialização Automática do SDF... 2 Configurações Internet Explorer... 2 Passo 1 - Abra Opções

Leia mais

Administração de Sistemas Operacionais. Prof.: Marlon Marcon

Administração de Sistemas Operacionais. Prof.: Marlon Marcon Administração de Sistemas Operacionais Prof.: Marlon Marcon Roteiro Bridges Filtragem de pacotes Iptables Iproute2 proxies Bridges Bridges As bridges são elementos de rede que operam na camada 2 do modelo

Leia mais

REDES DE COMPUTADORES Prof. Ricardo Rodrigues Barcelar http://www.ricardobarcelar.com

REDES DE COMPUTADORES Prof. Ricardo Rodrigues Barcelar http://www.ricardobarcelar.com - Aula Complementar - MODELO DE REFERÊNCIA OSI Este modelo se baseia em uma proposta desenvolvida pela ISO (International Standards Organization) como um primeiro passo em direção a padronização dos protocolos

Leia mais

Redes de Computadores

Redes de Computadores Redes de Computadores Prof. Macêdo Firmino Princípios de Gerência de Redes Macêdo Firmino (IFRN) Redes de Computadores Maio de 2011 1 / 13 Introdução Foi mostrado que uma rede de computadores consiste

Leia mais

Segurança de Redes. Firewall. Filipe Raulino filipe.raulino@ifrn.edu.br

Segurança de Redes. Firewall. Filipe Raulino filipe.raulino@ifrn.edu.br Segurança de Redes Firewall Filipe Raulino filipe.raulino@ifrn.edu.br Introdução! O firewall é uma combinação de hardware e software que isola a rede local de uma organização da internet; Com ele é possível

Leia mais

David Júnior. Firewall. Pouso Alegre 2006.

David Júnior. Firewall. Pouso Alegre 2006. David Júnior Firewall Pouso Alegre 2006. Firewall é o nome dado ao dispositivo de rede que tem por função regular o tráfego de rede entre redes distintas e impedir a transmissão de dados nocivos ou não

Leia mais

genérico proteção de rede filtragem dos pacotes Sem estado (stateless) no próprio pacote. Com estado (stateful) outros pacotes

genérico proteção de rede filtragem dos pacotes Sem estado (stateless) no próprio pacote. Com estado (stateful) outros pacotes FIREWALLS Firewalls Definição: Termo genérico utilizado para designar um tipo de proteção de rede que restringe o acesso a certos serviços de um computador ou rede de computadores pela filtragem dos pacotes

Leia mais

Caracterização Remota de Comportamento de Roteadores IPv6

Caracterização Remota de Comportamento de Roteadores IPv6 Caracterização Remota de Comportamento de Roteadores IPv6 Rafael Almeida, Elverton Fazzion, Osvaldo Fonseca Dorgival Guedes, Wagner Meira Jr., Ítalo Cunha 1 Como funcionam os padrões na Internet 2 Como

Leia mais

Redes de Computadores e Aplicações

Redes de Computadores e Aplicações Prof. Diego Pereira Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte Campus Currais Novos Redes de Computadores e Aplicações Aula 03 Visão Geral da

Leia mais

a ponto utilizando o protocolo ethernet. ( ) Para que duas redes de dados distintas se comuniquem, o equipamento utilizado para conectar e efetuar as

a ponto utilizando o protocolo ethernet. ( ) Para que duas redes de dados distintas se comuniquem, o equipamento utilizado para conectar e efetuar as Exercícios Aula 6 1. Nomeie duas das funções que podem ser executadas pelos LEDs em um adaptador de interface de rede típico. 2. Pesquise e pontue os passos necessários, fundamentais para a instalação

Leia mais

Protocolo e Endereços Internet

Protocolo e Endereços Internet Protocolo e Endereços Internet Licença de uso do material Esta apresentação está disponível sob a licença Creative Commons Atribuição Não a Obras Derivadas (by-nd) http://creativecommons.org/licenses/by-nd/3.0/br/legalcode

Leia mais

Protótipo de um software de segurança em redes para monitoração de pacotes em uma conexão TCP/IP

Protótipo de um software de segurança em redes para monitoração de pacotes em uma conexão TCP/IP Protótipo de um software de segurança em redes para monitoração de pacotes em uma conexão TCP/IP Acadêmico: Paulo Fernando da Silva Orientador: Sérgio Stringari Roteiro Introdução Fundamentos Segurança

Leia mais

Redes de Computadores. A arquitectura protocolar TCP/IP

Redes de Computadores. A arquitectura protocolar TCP/IP A arquitectura protocolar TCP/IP A arquitectura TCP/IP! Possui apenas 4 camadas ou níveis Aplicação FTP Telnet HTTP Transporte TCP UDP Rede IP Acesso à Rede Ethernet Pacotes por rádio ponto a ponto 2 Nível

Leia mais

Redes de Computadores

Redes de Computadores Introdução Inst tituto de Info ormátic ca - UF FRGS Redes de Computadores Introdução ao roteamento Aula 20 Inter-rede TCP/IP (Internet) é composta por um conjunto de redes interligadas por roteadores Roteador

Leia mais

IESGO Redes de Computadores I

IESGO Redes de Computadores I IESGO Redes de Computadores I Modelo de referência TCP/IP; Introdução à protocolos da pilha TCP/IP. 2º Sem 2016 Quando foram criadas as redes de rádio e satélite, começaram a surgir problemas com os protocolos

Leia mais

ll a w ire F e ota Filho ai. 2014 s d a m as, SP, 06 m pin Cam iste S João Eriberto M Eriberto mai. 14

ll a w ire F e ota Filho ai. 2014 s d a m as, SP, 06 m pin Cam iste S João Eriberto M Eriberto mai. 14 Sistemas de Firewall Campinas, SP, 06 mai. 2014 João Eriberto Mota Filho 1. Introdução 2. Conceitos > O modelo OSI > Roteamento de rede x bridges > Sistemas de firewall > Criptografia x firewalls 3. Conclusão

Leia mais

Modelo OSI. Fábio Santos, Redes de Comunicação 10º ano

Modelo OSI. Fábio Santos, Redes de Comunicação 10º ano Modelo OSI Fábio Santos, Redes de Comunicação 10º ano Sumário da apresentação Introdução Analogia Modelo OSI: camadas Modelo OSI: funções Processo de comunicação Transmissão de dados Processo de encapsulamento

Leia mais

Prof. Marcelo Cunha Parte 6

Prof. Marcelo Cunha Parte 6 Prof. Marcelo Cunha Parte 6 www.marcelomachado.com ARP (Address Resolution Protocol) Protocolo responsável por fazer a conversão entre os endereços IPs e os endereços MAC da rede; Exemplo: Em uma rede

Leia mais

Redes de Computadores. Prof. André Y. Kusumoto andre_unip@kusumoto.com.br

Redes de Computadores. Prof. André Y. Kusumoto andre_unip@kusumoto.com.br Redes de Computadores Prof. André Y. Kusumoto andre_unip@kusumoto.com.br Open Systems Interconnection Modelo OSI No início da utilização das redes de computadores, as tecnologias utilizadas para a comunicação

Leia mais

Técnico em Radiologia. Prof.: Edson Wanderley

Técnico em Radiologia. Prof.: Edson Wanderley Técnico em Radiologia Prof.: Edson Wanderley Rede de Computadores Modelo Mainframe Terminal Computador de grande porte centralizado; Os recursos do computador central, denominada mainframe são compartilhadas

Leia mais

Comunicação de Dados

Comunicação de Dados Comunicação de Dados Arquitetura de Redes Prof. André Bessa Faculade Lourenço Filho 5 de Agosto de 2012 Prof. André Bessa (FLF) Comunicação de Dados 5 de Agosto de 2012 1 / 21 1 Modelo de Camadas 2 Camada

Leia mais

FACULDADE PITÁGORAS. Prof. Ms. Carlos José Giudice dos Santos

FACULDADE PITÁGORAS. Prof. Ms. Carlos José Giudice dos Santos FACULDADE PITÁGORAS DISCIPLINA FUNDAMENTOS DE REDES REDES DE COMPUTADORES Prof. Ms. Carlos José Giudice dos Santos cpgcarlos@yahoo.com.br www.oficinadapesquisa.com.br Material elaborado com base nas apresentações

Leia mais

Arquitetura e Protocolos de Rede TCP/IP. Modelo Arquitetural

Arquitetura e Protocolos de Rede TCP/IP. Modelo Arquitetural Arquitetura e Protocolos de Rede TCP/IP Modelo Arquitetural Agenda Motivação Objetivos Histórico Família de protocolos TCP/IP Modelo de Interconexão Arquitetura em camadas Arquitetura TCP/IP Encapsulamento

Leia mais

Arquitetura e Protocolos de Rede TCP/IP. Modelo Arquitetural

Arquitetura e Protocolos de Rede TCP/IP. Modelo Arquitetural Arquitetura e Protocolos de Rede TCP/IP Modelo Arquitetural Motivação Realidade Atual Ampla adoção das diversas tecnologias de redes de computadores Evolução das tecnologias de comunicação Redução dos

Leia mais

Intranets. FERNANDO ALBUQUERQUE Departamento de Ciência da Computação Universidade de Brasília 1.INTRODUÇÃO

Intranets. FERNANDO ALBUQUERQUE Departamento de Ciência da Computação Universidade de Brasília 1.INTRODUÇÃO Intranets FERNANDO ALBUQUERQUE Departamento de Ciência da Computação Universidade de Brasília 1.INTRODUÇÃO As intranets são redes internas às organizações que usam as tecnologias utilizadas na rede mundial

Leia mais

Redes de Computadores e Aplicações. Aula 24 - Camada de Aplicação Protocolo DHCP

Redes de Computadores e Aplicações. Aula 24 - Camada de Aplicação Protocolo DHCP Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do N Campus Currais Novos Redes de Computadores e Aplicações Aula 24 - Camada de Aplicação Protocolo DHCP Prof. Diego Pereira

Leia mais

REDES DE COMPUTADORES - ANO LECTIVO 2013/2014 MÓDULO 2 REDE DE COMPUTADORES - FICHA DE TRABALHO Nº 1

REDES DE COMPUTADORES - ANO LECTIVO 2013/2014 MÓDULO 2 REDE DE COMPUTADORES - FICHA DE TRABALHO Nº 1 MÓDULO 2 REDE DE COMPUTADORES - FICHA DE TRABALHO Nº 1 1) Em que consiste uma rede de computadores? 2) Refira as principais vantagens e desvantagens associadas à implementação de uma rede de computadores.

Leia mais

Falaremos um pouco das tecnologias e métodos utilizados pelas empresas e usuários domésticos para deixar a sua rede segura.

Falaremos um pouco das tecnologias e métodos utilizados pelas empresas e usuários domésticos para deixar a sua rede segura. Módulo 14 Segurança em redes Firewall, Criptografia e autenticação Falaremos um pouco das tecnologias e métodos utilizados pelas empresas e usuários domésticos para deixar a sua rede segura. 14.1 Sistemas

Leia mais

Aula 4 TECNOLOGIA EM JOGOS DIGITAIS JOGOS MASSIVOS DISTRIBUÍDOS. Marcelo Henrique dos Santos

Aula 4 TECNOLOGIA EM JOGOS DIGITAIS JOGOS MASSIVOS DISTRIBUÍDOS. Marcelo Henrique dos Santos Aula 4 TECNOLOGIA EM JOGOS DIGITAIS JOGOS MASSIVOS DISTRIBUÍDOS Marcelo Henrique dos Santos Marcelo Henrique dos Santos Email: Site: marcelosantos@outlook.com www.marcelohsantos.com.br TECNOLOGIA EM JOGOS

Leia mais

Protocolos de Redes Revisão para AV I

Protocolos de Redes Revisão para AV I Protocolos de Redes Revisão para AV I 01 Aula Fundamentos de Protocolos Conceituar protocolo de rede; Objetivos Compreender a necessidade de um protocolo de rede em uma arquitetura de transmissão entre

Leia mais

Alan Menk Santos alanmenk@hotmail.com www.sistemasul.com.br/menk. Redes de Computadores e Telecomunicações. Camada de Aplicação. Camada de Aplicação

Alan Menk Santos alanmenk@hotmail.com www.sistemasul.com.br/menk. Redes de Computadores e Telecomunicações. Camada de Aplicação. Camada de Aplicação Alan Menk Santos alanmenk@hotmail.com www.sistemasul.com.br/menk Redes de Computadores e Telecomunicações. A camada da aplicação serve como a janela na qual os utilizadores e processos da aplicação podem

Leia mais