RELATÓRIO DE SUSTENTABILIDADE SUSTAINABILITY REPORT GRI REPORT LEVEL B

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "RELATÓRIO DE SUSTENTABILIDADE SUSTAINABILITY REPORT 2011-2012 GRI REPORT LEVEL B"

Transcrição

1 RELATÓRIO DE SUSTENTABILIDADE SUSTAINABILITY REPORT GRI REPORT LEVEL B 1

2 2 Rumo a liderança no setor sucroalcooleiro brasileiro e internacional com a realização das melhores práticas socioambientais

3 Working towards leadership in the Brazilian sugarcane sector and implementation of international best socioenvironmental practices 3

4 Sumário MENSAGEM DO PRESIDENTE 6 PROCESSO DE RELATO 9 PERFIL 14 Nossa História 15 Presença 19 Nossos Valores 20 Prêmios, Reconhecimentos e Certificações 22 Compromissos Voluntários e Associações 26 GOVERNANÇA 30 Governança Corporativa 31 Organograma 33 Código de Conduta 34 Gestão de Risco 35 Sistema de Gestão SHE 36 Estratégia de Negócio 38 Estratégia de Sustentabilidade 40 DESEMPENHO 44 Valor Econômico 46 Gestão Financeira 47 Competitividade 48 Conformidade 51 GESTÃO DE PESSOAS 52 Estrutura Diversificada 55 A Busca pela Igualdade 57 Gestão de Clima 58 Atração e Retenção de Talentos 61 Capacitação e Treinamentos 62 Oportunidades Internas 68 AMBIENTE SAUDÁVEL E SEGURO 70 Segurança 72 Responsabilidade Compartilhada 74 Saúde 78 RESPEITO AO MEIO AMBIENTE 80 Consumo de Água 82 Consumo de Energia 84 Gestão de Resíduos 86 Emissões Atmosféricas 88 Biodiversidade 90 RELACIONAMENTO COM A COMUNIDADE 94 Mapeamento da Comunidade 96 Capacitação Local 98 Incentivo à Educação 100 Promovendo Solidariedade 102 Qualidade de Vida 104 Incentivo a Cultura 106 Responsabilidade na Cadeia de Fornecedores 108 ÍNDICE REMISSIVO GRI 112 Declaração Exame do nível de aplicação 116 CRÉDITOS 118 4

5 Table of Contents CEO S MESSAGE 6 Internal Opportunities 68 REPORTING PROCESS 9 PROFILE 14 Our History 15 Presence 19 Our Values 20 Awards, Recognitions and Certifications 22 Voluntary Commitments and Associations 26 GOVERNANCE 30 Corporate Governance 31 Organizational Chart 33 Code of Conduct 34 Risk Management 35 SHE Management System 36 Business Strategy 38 Sustainability Strategy 40 PERFORMANCE 44 Economic Value 46 Financial Management 47 Competitiveness 48 Compliance 51 PERSONNEL MANAGEMENT 52 Diversified Structure 55 The Quest for Equality 57 Climate Management 58 Attracting and Retaining Talent 61 Capacity Building and Training 62 HEALTHY AND SAFE ENVIRONMENT 70 Safety 72 Shared Responsibility 74 Health 78 RESPECT FOR THE ENVIRONMENT 80 Water Consumption 82 Energy Consumption 84 Waste Management 86 Air Emissions 88 Biodiversity 90 RELATIONSHIP WITH THE COMMUNITY 94 Communities Mapping 96 Local Training 98 Education Incentive 100 Promoting Solidarity 102 Quality of Life 104 Cultural Incentive 106 Responsibility in the Supply Chain 108 GRI INDEx 114 Statement Application Level Index 117 CREDITS 118 5

6 Mensagem do Presidente (1.1; 1.2; 4.14) Message from the CEO (1.1; 1.2; 4.14) Há 12 anos, atuamos no mercado sucroalcooleiro brasileiro e, por meio de uma agressiva estratégia de fusões e aquisições, nos tornamos a segunda maior processadora de cana-de-açúcar do mundo. Ao longo desta trajetória, nossa gestão se pautou no compromisso pela perenidade do negócio, que alinha desenvolvimento socioeconômico e respeito ao meio ambiente, criando uma relação de confiança com os nossos principais públicos de interesse, entre eles: acionistas, bancos, colaboradores, comunidade, clientes e fornecedores, atendendo-lhes as respectivas expectativas. Com esta visão, trabalhamos nossa principal estratégia de negócio, que é fortalecer a nossa posição de liderança no setor sucroalcooleiro brasileiro e internacional, buscando o reconhecimento pelas melhores práticas do setor num mercado complexo, sensível ao clima, com variação de câmbio, juros e preço de commodities. Entendemos que este é um grande desafio e mensurar nossos indicadores relevantes ao negócio é o primeiro passo para atingirmos a nossa meta. Este primeiro Relatório de Sustentabilidade será muito importante neste quesito, por demonstrar nossos esforços e progressos, assim como nossas oportunidades de melhoria. Estamos relatando nossas ações relacionadas ao ano-safra de 1º de abril de 2011 a 31 de março de Este foi um período de grandes esforços. Isso porque a seca impactou significativamente a nossa produção e, consequentemente, nosso faturamento. Mas, com a estrutura de capital adequada, o suporte do nosso acionista controlador e nossa expertise em gestão de riscos, conseguimos superar este cenário desafiador. Trabalhamos nossa gestão de pessoas, acreditando que estas são os nossos principais agentes de sustentabilidade: são elas as responsáveis pela realização do que entendemos como melhores práticas. Investimos no mapeamento das comunidades em que atuamos, com as quais procuramos ter um relacionamento baseado na confiança e equidade social. Além disso, investimos significativamente em ações do Sistema de Gestão de Saúde, Segurança e Meio Ambiente (SHE). Reforçamos a nossa busca pela excelência ao aperfeiçoar estas ações continuamente e, assim, seguimos firmes em nosso compromisso de transformar o nosso negócio de acordo com as necessidades mais significativas desse mercado. Christophe Akli Diretor Presidente da Biosev 6

7 For 12 years, we have operated in the Brazilian sugar and ethanol market, and through an aggressive strategy of mergers and acquisitions, we have become the second largest processor of sugar cane in the world. During this time, our management has been guided by the commitment of business continuity, aligning socioeconomic development with respect for the environment. This creates a relationship of trust with our key stakeholders (shareholders, banks, employees, community, customers, suppliers) and meets their respective expectations. With this vision, we operate our core business strategy, which is to strengthen our leadership position in the sugar and biofuels industry in Brazil and internationally, seeking recognition through best practices for the sector in a complex market, sensitive to climate, with volatile exchange rates, interest rates and commodity prices. We understand that this is a great challenge and measuring our indicators relevant to the business is the first step to achieve our goal. This first Sustainability Report will be very important in this regard, to demonstrate our efforts and progress, as well as our oportunities of improvement. We are reporting our actions related to crop year from April 1 st, 2011 to March 31 st, 2012.This was a period of great effort. This is because the drought has significantly impacted our production and therefore our revenues. But, with the appropriate capital structure, the support of our controlling shareholder, and our expertise in risk management, we overcame this challenging scenario. We improved our people management, believing that people are our main agents of sustainability: they are responsible for conducting what we understand as best practices. We invested in mapping the communities in which we operate, with whom we seek to have a relationship based on trust and social equality. In addition, we invested significantly in our Health, Safety and Environment (SHE) Management System. We are intensifying our quest for excellence to continually improve these actions and are steadfast in our commitment to transform our business in accordance with the most significant needs of this market. Christophe Akli CEO Biosev 7

8 alcançar a excelência em tudo que fazemos, respeitando a lei, as comunidades nas localidades onde atuamos e o meio ambiente. achieve excellence in everything we do, respecting the law, the communities where we operate and the environment. 8

9 Processo de Relato Reporting Process Durante os últimos anos, iniciativas que buscam a sustentabilidade do negócio marcaram significativamente a Biosev. O primeiro passo foi a consolidação da área de Sustentabilidade da companhia, responsável por tornar realidade as diretrizes dos valores organizacionais que buscam: alcançar a excelência em tudo o que fazemos, respeitando a lei, as comunidades nas localidades onde atuamos e o meio ambiente. Este relatório contém informações relativas ao período compreendido entre de 1º de abril de 2011 a 31 de março de 2012, e neste cenário, as práticas sustentáveis foram intensificadas, motivando-nos a elaborar o primeiro Relatório de Sustentabilidade, contendo informações desse período. O objetivo é demonstrar a transparência de nossas práticas, mensurar nossos indicadores, bem como identificar oportunidades de melhoria. (3.1; 3.2) Este documento, de periodicidade anual, segue as diretrizes da Global Reporting Initiative GRI (versão G3.1). Com nível de aplicação B, verificado pela GRI, reportamos 30 indicadores de desempenho, além dos de perfil. (3.3) O relatório traz informações acerca do desempenho ambiental e social do escritório central, localizado em São Paulo, e das 13 usinas que compõem a Biosev S.A e sua controlada Biosev Bionergia S.A, localizadas nas regiões Sudeste, Nordeste e Centro-Oeste do Brasil. Com relação ao desempenho econômico, os dados referemse às empresas controladas pela companhia, sendo: (2.1; 2.4; 3.6; 3.7; 3.8) During recent years, initiatives seeking business sustainability have significantly distinguished Biosev. The first step was the consolidation of the area of sustainability of the company, responsible for implementing the guidelines of organizational values that seeks to achieve excellence in everything we do, respecting the law, the communities where we operate and the environment. This report contains information relating to the period from April 1st, 2011 to March 31st, 2012, and in this scenario practices were intensified, prompting us to develop this first Sustainability Report containing information for that period. The goal is to demonstrate the transparency of our practices, measure our indicators, and identify oportunities for improvement. (3.1, 3.2) This document, published annually, follows the guidelines of the Global Reporting Initiative - GRI (version G3.1). With application level B, verified by GRI, we report 30 performance indicators, in addition to those of the profile. (3.3) The report provides information about the environmental and social performance of the central office in Sao Paulo and 13 plants that make up Biosev SA and its subsidiary Biosev Bioenergia SA, located in the Southeast, Northeast and Midwest regions of Brazil. With respect to economic performance, the data refers to companies controlled by the Company, as follows: (2.1, 2.4, 3.6; 3.7; 3.8) 9

10 10 LDC Bioenergia Internacional S.A. LDC Bionergia Ltda. Biosev Bioenergia S.A. Biosev Terminais Portuários e Participações Ltda. Biosev Passatempo Bioenergia S.A. Crystalsev Comércio e Representações Ltda. Sociedade Operadora Portuária de São Paulo Ltda. TEAG Terminal de Exportação de Açúcar do Guarujá Ltda. Crystalsev Participações Ltda. Crystalsev Internacional S.A. Crystalsev Fomento Ltda. Crystalsev Serviços de Intermediação de Negócios Ltda. Crystalsev Bionergia Ltda. CTC Centro de Tecnologia Canavieira S.A. Veja mapa de atuação nas páginas See operations map on page

11 Processo de Materialidade Para a construção da matriz de materialidade, a Biosev, com o apoio de uma consultoria especializada, elaborou uma pesquisa com o objetivo de conhecer os interesses e expectativas dos públicos interno e externo, abordando indicadores e temas de suma relevância para a companhia. Os temas prioritários abordados no estudo se referiram à força de trabalho, presença no mercado, comunidade local, mudanças climáticas, equilíbrio econômico-financeiro, governança corporativa, eventuais riscos de ocorrência de trabalho infantil e/ou análogo ao escravo, alimentos saudáveis, rotulagem de produtos e serviços e saúde do trabalhador. O presente relatório visa demonstrar as ações sustentáveis realizadas pela Biosev ao longo de sua trajetória à suas partes interessadas. Consideramos esta interação de extrema importância para a evolução de nossa gestão. (3.5; 4.16; 4.17) Para contribuir com o processo de apuração dos indicadores, foram realizados workshops sobre o protocolo da GRI, com participação da alta liderança e dos envolvidos no processo de coleta de dados. Também foram realizadas entrevistas com os gestores e a Diretoria. No índice remissivo estão os indicadores reportados e em quais páginas podem ser localizados. Para conhecimento das diretrizes e indicadores GRI utilizados neste relato, acesse: (3.9) Materiality Matrix For the construction of the materiality matrix, Biosev, with the support of a specialized consultant, has developed research intended to meet the interests and expectations of internal and external audiences, and indicators addressing issues of paramount importance to the company. The priority themes covered in the study refer to the work force, market presence, local community, climate change, economic-financial balance, corporate governance, possible risks of child labor and/or slave like labor, healthy food, labeling of products and services, and worker health. This report aims to demonstrate the sustainable actions undertaken by Biosev to its stakeholders. We believe this interaction is extremely important for the evolution of our management. (3.5, 4.16, 4.17) To contribute to the process of calculating indicators, workshops about the GRI protocol were conducted with the participation of senior leadership and those involved in data collection. Also, interviews were conducted with managers and the executive office. The index includes the indicators reported and the pages on which they are located. For information on the GRI guidelines and indicators used in this report, please visit: (3.9) 11

12 Mapa de Atuação Map of Activity Escritório H Matriz São Paulo (SP) Unidades São Paulo Norte Usina Continental - Colômbia (SP) Usina Lagoa da Prata - Lagoa da Prata (MG) Usina Vale do Rosário - Morro Agudo (SP) Usina MB - Morro Agudo (SP) São Paulo Sul Usina Cresciumal - Leme (SP) Usina Jardest - Jardinópolis (SP) Usina Santa Elisa - Sertãozinho (SP) Usina São Carlos - Jaboticabal (SP) Nordeste Usina Estivas - Arêz (RN) Usina Giasa - Pedras de Fogo (PB) Mato Grosso do Sul Usina Maracaju - Maracaju (MS) Usina Passa Tempo - Rio Brilhante (MS) Usina Rio Brilhante - Rio Brilhante (MS) Terminal portuário Teag Guarujá (SP) Office Head Office - São Paulo (SP) Units North São Paulo Continental Unit - Colômbia (SP) Lagoa da Prata Unit - Lagoa da Patra (MG) Vale do Rosário Unit - Morro Agudo (SP) MB Unit - Morro Agudo (SP) South São Paulo Cresciumal Unit - Leme (SP) Jardest Unit - Jardinópolis (SP) Santa Elisa Unit - Sertãozinho (SP) São Carlos Unit - Jaboticabal (SP) Northeast Estivas Unit - Arês (RN) Giasa Unit - Pedras de Fogo (PB) Mato Grosso do Sul Maracaju Unit - Maracaju (MS) Passa Tempo Unit - Rio Brilhante (MS) Rio Brilhante Unit - Rio Brilhante (MS) Port Terminal Sugar Export Terminal - Guarujá (SP) 12

13 Nordeste Mato Grosso do Sul São Paulo Norte São Paulo Sul H 13

14 14 Perfil PROFILE

15 Nossa História OUR HISTORY Fazemos parte do grupo Louis Dreyfus Commodities, com mais de 160 anos de experiência no mercado global de commodities e que se destaca pela posição de liderança nos mercados de açúcar, arroz, soja, algodão, laranja, milho, trigo, entre outros. Presente no mercado desde 2000, a Biosev é uma sociedade anônima, de capital aberto, que nasceu da aquisição da usina Cresciumal pelo grupo. Dentre as nossas operações de fusões e aquisições mais relevantes, destacamos a aquisição das quatro unidades do grupo Tavares de Melo, em 2007, e a fusão com o grupo Santelisa Vale, em 2009 duas das maiores operações da história do setor sucroalcooleiro, no Brasil, em termos de capacidade de moagem adquirida. Além disso, também alcançamos posição de destaque no setor sucroalcooleiro brasileiro por meio da expansão de nossas unidades, da implantação da unidade industrial Rio Brilhante e da adoção de processos eficientes de integração de empresas, ativos e culturas empresariais. O resultado destas associações foi a criação da segunda maior companhia processadora de cana-de-açúcar do mundo, que combina eficiência administrativa e força realizadora, criativa e ágil. (2.1; 2.6) Em 2012, a marca Biosev se consolidou no mercado como empresa produtora de energia verde. (2.9) We are part of the Louis Dreyfus Commodities Group, with over 160 years of experience in global commodities, which stands out for its leadership position in the markets for sugar, rice, soybeans, cotton, oranges, corn, and wheat, among others. Present in the market since 2000, Biosev is a corporation publicly traded, born from the Group s acquisition of the Cresciumal plant. Among our more relevant mergers and acquisitions, we highlight the acquisition of four units of Tavares de Melo group in 2007, and the merger with the Santelisa group in two of the largest operations in the history of this sector in Brazil in terms of milling capacity gained. We also achieved a prominent position in the Brazilian sugar and ethanol industry through the expansion of our units, the implementation of the industrial unit of Rio Brilhante, and the adoption of efficient processes to integrate businesses, assets and business cultures. The result of these associations was the creation of the second largest cane sugar processing company in the world, which unites administrative efficiency and a creative and agile force. (2.1; 2.6) In 2012, the Biosev brand was consolidated in the market as a producer of green energy. (2.9) 15

16 Linha do tempo Timeline Início do processo de expansão, via aquisições. Neste ano, a Louis Dreyfus Commodities adquiriu a usina Cresciumal (Leme, SP). Start of expansion through acquisitions. During this year, Louis Dreyfus Commodities acquired the Cresciumal plant (Leme, SP). A aquisição da usina Luciânia, atualmente usina Lagoa da Prata (Lagoa da Prata, MG), expandiu a participação da empresa na região Centro-Sul do país. The acquisition of the Luciânia plant, current Lagoa da Prata plant (Lagoa da Prata, MG), expanded the company s participation in the Center-South region of the country Início das operações de cogeração de energia na unidade Cresciumal. Start of energy cogeneration operations at the Cresciumal unit Aquisição da usina São Carlos (Jaboticabal, SP). Acquisition of São Carlos plant (Jaboticabal, SP). 16

17 2006 Início da expansão na usina Lagoa da Prata, e construção da usina Rio Brilhante (Projeto Greenfield), em MS. Start of the Lagoa da Prata plant expansion, and construction of the Rio Brilhante plant (Greenfield Project) in MS Início do processamento de cana-deaçúcar na unidade Rio Brilhante. Start of sugar cane processing at Rio Brilhante unit Aquisição das unidades da Tavares de Melo Açúcar e Álcool, expandindo as operações da companhia para os Estados do Rio Grande do Norte (usina Estivas), Mato Grosso do Sul (usinas Maracaju e Passa Tempo) e Paraíba (usina Giasa). A capacidade de processamento alcançou 11 milhões de toneladas de cana-de-açúcar por safra. Acquisition of units from Tavares de Melo Sugar and Alcohol, expanding the company s operations in the states of Rio Grande do Norte (Estivas plant), Mato Grosso do Sul (Maracaju and Passa Tempo plants) and Paraíba (Giasa plant).the processing capacity reached 11 million tons of sugar cane per harvest Associação da LDC Bioenergia com a Santelisa Vale. A empresa passa a ter 13 usinas e expande a sua capacidade de processamento para 40 milhões de toneladas de cana-de-açúcar por safra. Association of LDC Bioenergia with Santelisa Vale. The company has 13 plants and expands its processing capacity to 40 million tons of sugar cane per harvest A LDC Bioenergia aprova a alteração de seu nome para Biosev. Início das obras de cogeração na unidade de Passa Tempo. LDC Bioenergia approves the change of its name to Biosev. Start of cogeneration operation in the Passa Tempo unit. 17

18 Possuímos um portfólio diversificado de produtos comercializados em todo o Brasil e em mais 52 países We have a diversified product portfolio marketed in Brazil and more than 52 other countries 18

19 Presença Presence Com uma receita líquida, no exercício encerrado em 31 de março de 2012, de R$ mil, somos uma companhia de grande porte, com mais de 15 mil colaboradores (vide detalhes página 55 Estrutura Diversificada ), que compõem uma equipe alinhada, motivada e comprometida em atuar nas nossas 13 unidades agro-industriais localizadas estrategicamente nas regiões Sudeste, Nordeste e Centro-Oeste do Brasil, e organizadas em clusters (grupos), sede administrativa e Terminal Portuário, por meio de uma joint venture, ambos localizados no Estado de São Paulo. Integramos o grupo Louis Dreyfus Commodities, controlado diretamente pela empresa Sugar Holdings BV, que possui 56,00% do total das nossas ações. Possuímos um portfólio diversificado de produtos que, além do açúcar VHP e o etanol combustível, inclui o açúcar cristal, açúcar GC (granulometria controlada), açúcar líquido, açúcar líquido invertido, açúcar refinado, etanol industrial, etanol neutro, energia elétrica a partir do bagaço de cana, levedura seca, melaço em pó e ração para produção animal, comercializados em todo o Brasil e em mais 52 países. Nossas principais marcas são: Açúcar Estrela, Dinalsucar e DUMEL. (2.2; 2.3; 2.5; 2.7; 2.8) With net revenues, for the year ending March 31, 2012, of R$ 3,686,780 thousand, we are a large company with over 15,000 employees (details see page 55 Diversified Structure ), comprising a team which is aligned motivated and commited to act in our 13 agro-industrial plants - strategically located in the Southeast, Northeast and Midwest regions of Brazil - and organized into clusters (groups), administrative headquarters and Port Terminal, through a joint venture, both located in the State of São Paulo. We are part of the Louis Dreyfus Commodities Group, controlled directly by the company Sugar Holdings BV, which owns 56.00% of our total shares. We have a diversified product portfolio marketed in Brazil and more than 52 other countries. Besides VHP sugar and ethanol fuel, we produce crystal sugar, CG sugar (controlled granulometry), liquid sugar, inverted sugar syrup, refined sugar, industrial ethanol, neutral ethanol, electricity from cane bagasse, dry yeast, molasses, and livestock feed. Our main brands are: Açúcar Estrela, Dinalsucar and DUMEL. (2.2, 2.3, 2.5; 2.7, 2.8) 19

20 Nossos Valores Our Values Possuímos valores sólidos e compromisso com as questões ambientais e sociais em todos os locais onde atuamos. (4.8) We have strong values and commitment to environmental and social issues in all locations where we operate. 4.8 Comprometimento Commitment Construímos relações com base na confiança, por meio de uma conduta ética pessoal consistente. Temos satisfação em servir bem os nossos parceiros, em desenvolver as pessoas e em oferecer resultados superiores aos nossos acionistas. Temos determinação inabalável para alcançar a excelência em tudo o que fazemos, respeitando a lei, as comunidades nas localidades onde atuamos e o meio ambiente. We build relationships based on trust through consistent personal ethical conduct. We are pleased to serve our partners well, help people grow, and provide superior results to our shareholders. We have unwavering determination to achieve excellence in everything we do while respecting the law, the communities where we operate and the environment. Empreendedorismo Entrepreneurship Somos empreendedores. Tomamos decisões rápidas e claras no limite da nossa autoridade e usamos argumentos embasados para assumir riscos mensurados e controlados. Agimos com iniciativa e criatividade, porque temos um comportamento repleto de energia e entusiasmo. We are entrepreneurs. We make quick and clear decisions to the limits of our authority and use grounded arguments to take measured and controlled risks. We act with initiative and creativity because our behavior is replete with energy and enthusiasm. 20

21 Humildade Humility O ciclo não é eterno. Criamos e incentivamos uma cultura de confiança para gerar crescimento e estabilidade a longo prazo. Aprendemos por meio de questionamentos e críticas construtivas. Ainda que reconheçamos que a maneira de fazer as coisas possa ser boa, esforçamo-nos constantemente para aprender uns com os outros e encontrar melhores soluções. The cycle is not eternal. We create and encourage a culture of trust to generate growth and long term stability. We learn through questioning and constructive criticism. While we recognize that our way of doing things may be good, we are constantly striving to learn from each other and find better solutions. Diversidade Diversity Respeitamos cada indivíduo. Respeitamos as várias abordagens para resolução de problemas e a comunicação honesta entre colaboradores de diversas regiões, culturas e atividades, contribuindo para o desenvolvimento das comunidades onde atuamos. We respect every individual. We respect various approaches to problem solving, honest communication between employees from different regions and cultures, and activities contributing to the development of the communities in which we operate. 21

22 Prêmios, Reconhecimentos e Certificações Awards, Recognitions and Certifications Algumas ações da Biosev, no ano-safra , foram reconhecidas com premiações nacionais e internacionais e merecem destaque por sua relevância para a sociedade e para o mercado em que atuamos. (2.10) Some of Biosev s actions in crop year have been recognized with national and international awards which are noteworthy for their relevance to society and the market in which we operate. (2.10) Gente Nossa - Fornecedores Our People - Suppliers : O prêmio foi concedido à Biosev, em 2011, pela Associação Mineira de Supermercados (AMIS). This prize was awarded to Biosev in 2011, by the Minas Gerais Supermarket Association (AMIS). Empresas do Bem Corporate Good Citizenship Guide O Programa Liga pela Paz foi reconhecido pela coluna Empresas do Bem, na edição de agosto de 2011 da revista IstoÉ. The Programa Liga pela Paz was recognized by Corporate Good Citizenship Guide column, in the August 2011 issue of magazine IstoÉ. 22

23 Melhores e Maiores Best and Biggest A Biosev ficou entre as 500 melhores e maiores empresas do país, e entre as 50 maiores exportadoras, no ranking realizado pela revista Exame, em Biosev ranked among the 500 best and largest companies in the country, and among the 50 largest exporters in the ranking conducted by the magazine Exame in Ranking Valor 1000 Value 1000 Ranking A Biosev ocupou a 104ª posição do ranking das maiores empresas realizado pela revista Valor 1000, em Na categoria açúcar e álcool, a companhia ocupou o 9º lugar. Biosev occupied the 104th position in the ranking of the largest companies conducted by magazine Valor 1000 in In the sugar and alcohol category, the company took 9th place. 23

24 Certificações Atuais Unidade Santa Elisa Santa Elisa MB Jardest Vale do Rosário Estivas Giasa Maracaju Passa Tempo Santa Elisa MB Jardest Vale do Rosário Certificação NBR ISO 9001:2008 NBR ISO 22000:2005 NBR ISO 9001:2008 NBR ISO 9001:2008 NBR ISO 9001:2008 NBR ISO 9001:2008 NBR ISO 9001:2008 NBR ISO 9001:2008 NBR ISO 9001:2008 Certificação Kosher (atendimento aos critérios da comunidade judaica) Escopo Fabricação de açúcar líquido e açúcar líquido invertido, desde o recebimento da matéria-prima (açúcar cristal) até a expedição dos produtos finais. Produção e venda de açúcar cristal, açúcar líquido, açúcar líquido invertido e demais tipos de Etanol: anidro, hidratado, extra neutro, refinado, destilado alcoólico e energia elétrica. Colheita, carregamento, transporte de cana, produção e venda de açúcar cristal, etanol anidro, etanol hidratado e energia elétrica. Produção e venda de açúcar cristal, etanol anidro e hidratado e produção de energia elétrica. Produção e venda de açúcar cristal, etanol anidro, álcool hidratado e energia elétrica. Laboratórios de controle de qualidade de análises físico-químicas e microbiológicas para açúcares do tipo: refinado granulado, refinado triturado e refinado triturado peneirado, etanol hidratado, álcool anidro e cana-de-açúcar. Laboratórios de controle de qualidade de análises físico-químicas e microbiológicas para cana-de-açúcar, materiais em processo e diferentes tipos de álcool:anidro, hidratado carburante, hidratado neutro, hidratado neutro envelhecido e hidratado especial. Laboratórios de controle de qualidade de análises físico-químicas e microbiológicas para matéria-prima (cana de açúcar), açúcares tipo: açúcar cristal especial, açúcar cristal superior, açúcar VHP e álcool etílico hidratado carburante e álcool. Laboratórios de controle de qualidade de análises físico-químicas e microbiológicas para matéria-prima (cana-de-açúcar), açúcares tipo: açúcar refinado granulado, açúcar refinado especial, açúcar cristal especial, açúcar especial extra, açúcar superior, açúcar VHP; álcool etílico hidratado carburante e álcool etílico anidro carburante. Produção de açúcar e etanol. 24

25 Current Certifications Unit Santa Elisa Certification NBR ISO 9001:2008 Scope Manufacture of liquid sugar and inverted sugar syrup from the receipt of raw material (crystal sugar) until the dispatch of final products. Santa Elisa MB Jardest Vale do Rosário Estivas Giasa NBR ISO 22000:2005 NBR ISO 9001:2008 NBR ISO 9001:2008 NBR ISO 9001:2008 NBR ISO 9001:2008 NBR ISO 9001:2008 Production and sale of crystal sugar, liquid sugar, inverted liquid sugar and other types of alcohol: anhydrous, hydrated, extra neutral, refined, distilled alcohol, and electricity. Harvesting, loading, transportation of sugarcane, production and sale of crystal sugar, anhydrous ethanol, hydrous ethanol and electricity. Production and sale of crystal sugar, anhydrous and hydrous ethanol and electricity production. Production and sale of crystal sugar, anhydrous ethanol, hydrous ethanol and electricity. Laboratory quality control of physical-chemical and microbiological analyses for sugars of the types: granulated refined, crushed refined, and sieved crushed refined, hydrated alcohol, anhydrous alcohol and cane sugar. Laboratory quality control of physical-chemical and microbiological analyses for sugar cane, inprocess materials and different types of alcohol: anhydrous, hydrated fuel, hydrated neutral, aged hydrated neutral and special hydrated. Maracaju NBR ISO 9001:2008 Laboratory quality control of physical-chemical and microbiological analyses for raw material (sugar cane), sugar type: special crystal sugar, superior sugar crystal, VHP sugar and hydrated ethyl alcohol fuel and alcohol. Passa Tempo NBR ISO 9001:2008 Laboratory quality control of physical-chemical and microbiological analyses for raw material (sugar cane), sugar type: granulated sugar, special refined sugar, special crystal sugar, extra special sugar, superior sugar, VHP sugar, hydrated ethyl alcohol fuel and anhydrous ethyl alcohol fuel. Santa Elisa MB Jardest Vale do Rosário Kosher certification (meeting the criteria of the Jewish community) Sugar and alcohol. 25

Asseguração de Relatórios de Sustentabilidade Denise Saboya 23 de setembro de 2009

Asseguração de Relatórios de Sustentabilidade Denise Saboya 23 de setembro de 2009 Asseguração de Relatórios de Sustentabilidade Denise Saboya 23 de setembro de 2009 Relembrando conceitos de sustentabilidade Desenvolvimento Econômico Responsabilidade Social Maximização do retorno do

Leia mais

Challenges and lessons learned from the Surui Forest Carbon Project, Brazilian Amazon. Pedro Soares / IDESAM

Challenges and lessons learned from the Surui Forest Carbon Project, Brazilian Amazon. Pedro Soares / IDESAM Challenges and lessons learned from the Surui Forest Carbon Project, Brazilian Amazon Pedro Soares / IDESAM Project Proponent & Partners Proponent: Support and supervise the project activities and will

Leia mais

OFFICE. Office Background

OFFICE. Office Background OFFICE Office Background Since it was founded in 2001, steady growth has been registered by the office in the Brazilian market of corporate law, a field in which our services are exemplary. The consolidation

Leia mais

UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA. A Reputação e a Responsabilidade Social na BP Portugal: A importância da Comunicação. Por. Ana Margarida Nisa Vintém

UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA. A Reputação e a Responsabilidade Social na BP Portugal: A importância da Comunicação. Por. Ana Margarida Nisa Vintém UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA A Reputação e a Responsabilidade Social na BP Portugal: A importância da Comunicação Relatório de estágio apresentado à Universidade Católica Portuguesa para obtenção do

Leia mais

Gerenciando a Cadeia de Suprimentos (Managing the Supply Chain) A Experiência Cargill ( Cargill s Experience)

Gerenciando a Cadeia de Suprimentos (Managing the Supply Chain) A Experiência Cargill ( Cargill s Experience) Gerenciando a Cadeia de Suprimentos (Managing the Supply Chain) A Experiência Cargill ( Cargill s Experience) 1 Jose de Ribamar, Ger Qualidade e Food Safety Cargill Amidos e Adoçantes América do Sul jose_ribamar@cargill.com

Leia mais

ANÁLISE DO ALINHAMENTO ENTRE O BALANÇO SOCIAL E O RELATÓRIO DE SUSTENTABILIDADE DOS TRÊS MAIORES BANCOS EM ATIVIDADE NO BRASIL

ANÁLISE DO ALINHAMENTO ENTRE O BALANÇO SOCIAL E O RELATÓRIO DE SUSTENTABILIDADE DOS TRÊS MAIORES BANCOS EM ATIVIDADE NO BRASIL ANÁLISE DO ALINHAMENTO ENTRE O BALANÇO SOCIAL E O RELATÓRIO DE SUSTENTABILIDADE DOS TRÊS MAIORES BANCOS EM ATIVIDADE NO BRASIL ANALYSIS OF ALIGNMENT AMONG SOCIAL BALANCE AND SUSTAINABILITY REPORT OF THREE

Leia mais

Salud Brasil SECRETARIA DE VIGILÂNCIA EM SAÚDE

Salud Brasil SECRETARIA DE VIGILÂNCIA EM SAÚDE Salud Brasil SECRETARIA DE VIGILÂNCIA EM SAÚDE IV EXPOEPI International Perspectives on Air Quality: Risk Management Principles for Oficina de Trabalho: Os Desafios e Perspectivas da Vigilância Ambiental

Leia mais

Governação Novo Código e Exigências da Função Auditoria

Governação Novo Código e Exigências da Função Auditoria Novo Código e Exigências da Função Auditoria Fórum de Auditoria Interna - IPAI 19 de Junho de 2014 Direito societário e auditoria interna fontes legais 1. CSC artigo 420,º, n.º 1, i) - fiscalizar a eficácia

Leia mais

Compartilhando Energia Humana. Sharing Human Energy

Compartilhando Energia Humana. Sharing Human Energy Compartilhando Energia Humana Sharing Human Energy A Chevron Brasil tem como estratégia e valor um plano de investimento social voltado para o incentivo à qualificação profissional e ao empreendedorismo

Leia mais

Overview of the GHG Protocol. - Rachel Biderman

Overview of the GHG Protocol. - Rachel Biderman Overview of the GHG Protocol - Rachel Biderman O Greenhouse Gas Protocol O GHG Protocol foi lançado em 1998 por Parceria multi-stakeholder entre empresários, ONGs, governos e outros Objetivos Simplificar

Leia mais

and work, with work having a multiplication factor double). Relacionamento Comercial Internacional International Commercial Relationship

and work, with work having a multiplication factor double). Relacionamento Comercial Internacional International Commercial Relationship Sucesso é a união de três elementos: confiança, reciprocidade e trabalho, tendo o trabalho um fator duplo de multiplicação (success is basically the union of three elements: trust, reciprocity and work,

Leia mais

Project Management Activities

Project Management Activities Id Name Duração Início Término Predecessoras 1 Project Management Activities 36 dias Sex 05/10/12 Sex 23/11/12 2 Plan the Project 36 dias Sex 05/10/12 Sex 23/11/12 3 Define the work 15 dias Sex 05/10/12

Leia mais

CARTA DE RECOMENDAÇÃO E PRINCÍPIOS DO FORUM EMPRESARIAL RIO+20 PARA A UNCSD-2012

CARTA DE RECOMENDAÇÃO E PRINCÍPIOS DO FORUM EMPRESARIAL RIO+20 PARA A UNCSD-2012 CARTA DE RECOMENDAÇÃO E PRINCÍPIOS DO FORUM EMPRESARIAL RIO+20 PARA A UNCSD-2012 (CHARTER OF RECOMMENDATION AND PRINCIPLES OF FORUM EMPRESARIAL RIO+20 TO UNCSD-2012) Nós, membros participantes do FÓRUM

Leia mais

FDLI s Brazil Conference

FDLI s Brazil Conference Programa Alimentos Seguros: uma experiência brasileira Food Safety Program: a Brazilian experience FDLI s Brazil Conference Zeide Lúcia Gusmão, MSc. National Coordinator PAS SENAI Nacional Department São

Leia mais

ISO 9001:2015 e ISO 14001:2015 versão DIS Principais alterações

ISO 9001:2015 e ISO 14001:2015 versão DIS Principais alterações ISO 9001:2015 e ISO 14001:2015 versão DIS Principais alterações Raquel Silva 02 Outubro 2014 ISO 9001:2015 e ISO 14001:2015 ISO 9001:2015 e ISO 14001:2015 PUBLICAÇÃO DIS: - Draft International Standard

Leia mais

// gaiato private label

// gaiato private label // gaiato private label // a empresa // the company A Calçado Gaiato é uma empresa prestadora de serviços no setor de calçado, criada em 2000 por Luís Pinto Oliveira e Mário Pinto Oliveira, sócios-fundadores

Leia mais

O papel do MBA na carreira do executivo

O papel do MBA na carreira do executivo O papel do MBA na carreira do executivo Renata Fabrini 09.03.2010 CONFERÊNCIA ANAMBA E ENCONTRO REGIONAL LATINO AMERICANO DO EMBA COUNCIL 2010 sobre a Fesa maior empresa consultoria especializada com atuação

Leia mais

Dimensão do Setor* O tabaco brasileiro. Sector's Dimension* 186.000. 376.000 Brazilian tobacco 739.000. R$ 4,4 bilhões* 30.000

Dimensão do Setor* O tabaco brasileiro. Sector's Dimension* 186.000. 376.000 Brazilian tobacco 739.000. R$ 4,4 bilhões* 30.000 O tabaco brasileiro A importância sócio-econômica do tabaco para a região Sul do Brasil é indiscutível. Os números do setor demonstram claramente porque o Brasil se destaca no cenário mundial, ocupando

Leia mais

O Compromisso Crescimento Verde e a Sustentabilidade na Secil

O Compromisso Crescimento Verde e a Sustentabilidade na Secil O Compromisso Crescimento e a Sustentabilidade na Secil GONÇALO SALAZAR LEITE CEO GRACE - Encontro Temático Crescimento 1 Ponto de Partida O cimento é um bem essencial ao conforto, segurança e património

Leia mais

CRONOGRAMA DE APRESENTAÇÃO DOS TRABALHOS CR3+2015 11.11.15

CRONOGRAMA DE APRESENTAÇÃO DOS TRABALHOS CR3+2015 11.11.15 Horários 13h30 às 15h30 11.11.15 13h30 às 15h30 SESSÃO 1: APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS Sala 1 Painel Estratégias e Horários Sala 2 - Painel Políticas Públicas e Práticas Sustentáveis P1 Consumo e Produção

Leia mais

Federal Court of Accounts Brazil (TCU) Auditing Climate Change Policies

Federal Court of Accounts Brazil (TCU) Auditing Climate Change Policies Federal Court of Accounts Brazil (TCU) Auditing Climate Change Policies JUNNIUS MARQUES ARIFA Head of Department of Agriculture and Environmental Audit TCU s mandate and jurisdiction 1. Role of Supreme

Leia mais

SAP Multinacional alemã de tecnologia, líder global em software de gestão de processos, contrata:

SAP Multinacional alemã de tecnologia, líder global em software de gestão de processos, contrata: SAP Multinacional alemã de tecnologia, líder global em software de gestão de processos, contrata: Vaga: Estagiário Área Jurídica Área: Legal Department O Departamento Jurídico é uma área dinâmica que possui

Leia mais

Types of Investments: Equity (9 companies) Convertible Notes (10 companies)

Types of Investments: Equity (9 companies) Convertible Notes (10 companies) IMPACT INVESTING WE STARTED... A Venture Capital Fund Focused on Impact Investing Suport: Financial TA Criterias to select a company: Social Impact Profitabilty Scalability Investment Thesis (Ed, HC,

Leia mais

Institutional Skills. Sessão informativa INSTITUTIONAL SKILLS. Passo a passo. www.britishcouncil.org.br

Institutional Skills. Sessão informativa INSTITUTIONAL SKILLS. Passo a passo. www.britishcouncil.org.br Institutional Skills Sessão informativa INSTITUTIONAL SKILLS Passo a passo 2 2 British Council e Newton Fund O British Council é a organização internacional do Reino Unido para relações culturais e oportunidades

Leia mais

Ações da iniciativa privada no combate à corrupção

Ações da iniciativa privada no combate à corrupção Ações da iniciativa privada no combate à corrupção IBRADEMP Instituto Brasileiro de Direito Empresarial Reunião da comissão Anticorrupção e Compliance São Paulo, 09 de agosto de 2012 Siemens no mundo Compromisso

Leia mais

The Brazil United States Consumer Product Safety Conference Brazil United States Joint Press Statement June 10, 2011 Rio de Janeiro, Brazil Common Interests Ensuring a high level of consumer product safety

Leia mais

Global Reporting Initiative Diretrizes G4 para Relato de Sustentabilidade. Glaucia Terreo e Catarina Bronstein Ponto Focal GRI Brasil

Global Reporting Initiative Diretrizes G4 para Relato de Sustentabilidade. Glaucia Terreo e Catarina Bronstein Ponto Focal GRI Brasil Global Reporting Initiative Diretrizes G4 para Relato de Sustentabilidade Glaucia Terreo e Catarina Bronstein Ponto Focal GRI Brasil GRI ONG sediada em Amsterdam Criada em 1997 no Estados Unidos a partir

Leia mais

Relatório de Sustentabilidade 2013/2014

Relatório de Sustentabilidade 2013/2014 Relatório de Sustentabilidade 2013/2014 5 Mensagem da administração 6 A BIOSEV 24 GOVERNANÇA CORPORATIVA 31 DESEMPENHO ECONÔMICO 39 DESEMPENHO SOCIAL 12 Reconhecimento 15 Sobre o relatório 16 Engajamento

Leia mais

Local & Regional Development. Expanding the positive impacts of mining projects

Local & Regional Development. Expanding the positive impacts of mining projects Local & Regional Development Expanding the positive impacts of mining projects Defining local and regional development Factors: Economic Social Specific to communities Need for ongoing consultations Link

Leia mais

IT Governance e ISO/IEC 20000. Susana Velez

IT Governance e ISO/IEC 20000. Susana Velez IT Governance e ISO/IEC 20000 Susana Velez Desafios de TI Manter TI disponível Entregar valor aos clientes Gerir os custos de TI Gerir a complexidade Alinhar TI com o negócio Garantir conformidade com

Leia mais

CARLA ALEXANDRA SEVES DE ANDRADE CANOTILHO

CARLA ALEXANDRA SEVES DE ANDRADE CANOTILHO Escola Superior de Tecnologia e Gestão Instituto Politécnico da Guarda R E L AT Ó R I O D E AT I V I D A D E P R O F I S S I O N A L N A J. V A R G A S - G A B I N E T E T É C N I C O D E G E S T Ã O E

Leia mais

Fórum Permanente de Micro e Pequenas Empresas. Comitê de Comércio Exterior. Brasília Julho de 2011

Fórum Permanente de Micro e Pequenas Empresas. Comitê de Comércio Exterior. Brasília Julho de 2011 Fórum Permanente de Micro e Pequenas Empresas Comitê de Comércio Exterior Brasília Julho de 2011 BALANÇA BRASILEIRA DE COMÉRCIO EXTERIOR DE BENS E SERVIÇOS* US$ Bilhões BRAZILIAN FOREIGN TRADE IN GOODS

Leia mais

Governança em TI e os objetivos estratégicos da organização

Governança em TI e os objetivos estratégicos da organização Governança em TI e os objetivos estratégicos da organização A otimização dos investimentos em TI, a importância do uso do modelo CobiT, adotado mundialmente em IT Governance Um painel sobre as certificações

Leia mais

Melhorando o ambiente de negócios por meio da transparência no Estado de São Paulo Dentro do MoU (Memorando de Entendimento) que o Governo do Estado tem com o Reino Unido estão sendo promovidos vários

Leia mais

Erasmus Student Work Placement

Erasmus Student Work Placement Erasmus Student Work Placement EMPLOYER INFORMATION Name of organisation Address Post code Country SPORT LISBOA E BENFICA AV. GENERAL NORTON DE MATOS, 1500-313 LISBOA PORTUGAL Telephone 21 721 95 09 Fax

Leia mais

RENAN A. CREMONESf1; VALÉRIA S. HAMMES2; FAGONI F. CALEGARI03 N 0902021

RENAN A. CREMONESf1; VALÉRIA S. HAMMES2; FAGONI F. CALEGARI03 N 0902021 EDUCAÇÃO AMBIENTAL: O PLANEJAMENTO COMO INSTRUMENTO DE ORGANIZAÇÃO DOS PRODUTORES DA REGIÃO DE ATIBAIA, JARI NU E VALlNHOS-SP, PARA A ADOÇÃO DE PRÁTICAS SUSTENTÁVEIS NA PRODUÇÃO DE MORANGO. Resumo RENAN

Leia mais

Christopher Wells Member, GRI Stakeholders Council

Christopher Wells Member, GRI Stakeholders Council Christopher Wells Member, GRI Stakeholders Council Global Reporting Initiative Contabilidade financeira: Generally accepted accounting principles (GAAP) Objetivo do GRI: Generally accepted sustainability

Leia mais

PRESS RELEASE. Mecanismos fiscais aos Business Angels sucedem-se um pouco por todo o mundo

PRESS RELEASE. Mecanismos fiscais aos Business Angels sucedem-se um pouco por todo o mundo PRESS RELEASE 8 de Dezembro de 2009 Mecanismos fiscais aos Business Angels sucedem-se um pouco por todo o mundo FNABA representou Portugal, em Pequim (China), na First Global Conference da World Business

Leia mais

BUSINESS TO WORLD COMPANHIA GLOBAL DO VAREJO

BUSINESS TO WORLD COMPANHIA GLOBAL DO VAREJO BUSINESS TO WORLD COMPANHIA GLOBAL DO VAREJO 4Q08 Results Conference Call Friday: March 13, 2008 Time: 12:00 p.m (Brazil) 11:00 a.m (US EDT) Phone: +1 (888) 700.0802 (USA) +1 (786) 924.6977 (other countries)

Leia mais

A. Situação / Situation

A. Situação / Situation A. Situação / Situation A Assembleia Mundial da Saúde (OMS) aprova em 1969 o Regulamento Sanitário Internacional, revisto pela quarta vez em 2005. Esta última versão entrou em vigor no plano internacional

Leia mais

Relatório de Sustentabilidade

Relatório de Sustentabilidade Relatório de Sustentabilidade Sustainability report ano-safra crop year 2012/2013 1 Carta do presidente President Letter Pelo segundo ano consecutivo publicamos nosso Relatório de Sustentabilidade, enriquecendo

Leia mais

Integração de Imigrantes

Integração de Imigrantes Integração de Imigrantes ODEMIRA INTEGRA It is a project born from the need to improve and increase support measures, reception and integration of immigrants. 47% of immigrants registered in the district

Leia mais

O Desenvolvimento do Corporate Governance em Portugal

O Desenvolvimento do Corporate Governance em Portugal 10 ANOS DO IPCG O GOVERNO SOCIETÁRIO EM PORTUGAL O Desenvolvimento do Corporate Governance em Portugal Lisboa, 09 de Julho de 2013 SUMÁRIO 1. Acontecimentos empresariais e governance 2. Fatores normativos

Leia mais

Presentation Apresentação

Presentation Apresentação Presentation Apresentação In 2015, SOLLOS celebrates eleven years under the creative direction of designer Jader Almeida, one of the most recognized Brazilian designers, and ratifies its position as an

Leia mais

Analysis, development and monitoring of business processes in Corporate environment

Analysis, development and monitoring of business processes in Corporate environment Analysis, development and monitoring of business processes in Corporate environment SAFIRA is an IT consulting boutique known for transforming the way organizations do business, or fulfil their missions,

Leia mais

Forum Governamental de Responsabilidade Social - FGRS

Forum Governamental de Responsabilidade Social - FGRS Forum Governamental de Responsabilidade Social - FGRS Confederação Nacional do Comércio CNC 15 de Junho de 2011 De organizações para mercados e territórios: Uma reflexão para políticas públicas e empresariais

Leia mais

Banca examinadora: Professor Paulo N. Figueiredo, Professora Fátima Bayma de Oliveira e Professor Joaquim Rubens Fontes Filho

Banca examinadora: Professor Paulo N. Figueiredo, Professora Fátima Bayma de Oliveira e Professor Joaquim Rubens Fontes Filho Título: Direção e Taxa (Velocidade) de Acumulação de Capacidades Tecnológicas: Evidências de uma Pequena Amostra de Empresas de Software no Rio de Janeiro, 2004 Autor(a): Eduardo Coelho da Paz Miranda

Leia mais

ANO I Abertura Opening Os primeiros movimentos do jogo Há um ano, três advogados vindos de renomados escritórios de advocacia, onde exerciam funções de destaque, se reuniram em torno de uma idéia:

Leia mais

The Challenges of Global Food Supply Chains Os Desafios da Cadeia Global de Alimentos. David Acheson, MD Leavitt Partners LLC

The Challenges of Global Food Supply Chains Os Desafios da Cadeia Global de Alimentos. David Acheson, MD Leavitt Partners LLC The Challenges of Global Food Supply Chains Os Desafios da Cadeia Global de Alimentos David Acheson, MD Leavitt Partners LLC Outline Esboço Factors Driving Changes Fatores que impulsionam as mudanças Challenges

Leia mais

ATUADORES e TRAVAS TECNOLOGIA EUROPÉIA DRIFT BRASIL CATÁLOGO DE PEÇAS REPOSIÇÃO AUTOMOTIVA 2014 / 2015

ATUADORES e TRAVAS TECNOLOGIA EUROPÉIA DRIFT BRASIL CATÁLOGO DE PEÇAS REPOSIÇÃO AUTOMOTIVA 2014 / 2015 ATUADORES e TRAVAS 2015 TECNOLOGIA EUROPÉIA DRIFT BRASIL Atuante no setor de mobilidade, orientando-se pela tecnologia, inovação e sustentabilidade, a Drift Brasil desenvolve soluções para o segmento automotivo

Leia mais

Problemas ambientais urbanos

Problemas ambientais urbanos MEC, 4º ano, 2º sem, 2008-09 Desafios Ambientais e de Sustentabilidade em Engenharia Problemas ambientais urbanos 3ª aula Maria do Rosário Partidário CITIES ENVIRONMENT Inputs Outputs Energy Food Water

Leia mais

Organização Sete de Setembro de Cultura e Ensino - LTDA Faculdade Sete de Setembro FASETE Bacharelado em Administração

Organização Sete de Setembro de Cultura e Ensino - LTDA Faculdade Sete de Setembro FASETE Bacharelado em Administração Organização Sete de Setembro de Cultura e Ensino - LTDA Faculdade Sete de Setembro FASETE Bacharelado em Administração VICTOR HUGO SANTANA ARAÚJO ANÁLISE DAS FORÇAS DE PORTER NUMA EMPRESA DO RAMO FARMACÊUTICO:

Leia mais

2009-2010 SALARY GUIDE. Brazil

2009-2010 SALARY GUIDE. Brazil 2009-2010 SALARY GUIDE Brazil Conteúdo Introdução...1 Finance and Accounting...2 Engineering...3 Sales & Marketing...4 Technology...5 Banking...6 Banking (Continued)...7 Insurance...8 About Robert Half...9

Leia mais

Developing customer relationship through marketing campaigns Desenvolvendo o relacionamento com o cliente através de campanhas de marketing Marco

Developing customer relationship through marketing campaigns Desenvolvendo o relacionamento com o cliente através de campanhas de marketing Marco Developing customer relationship through marketing campaigns Desenvolvendo o relacionamento com o cliente através de campanhas de marketing Marco Antonio Donatelli Desenvolvendo relacionamento com clientes

Leia mais

SAP anuncia resultados do Segundo Trimestre de 2009

SAP anuncia resultados do Segundo Trimestre de 2009 SAP anuncia resultados do Segundo Trimestre de 2009 A SAP continua a demonstrar um forte crescimento das suas margens, aumentando a previsão, para o ano de 2009, referente à sua margem operacional Non-GAAP

Leia mais

assumptions of that particular strengthening the participation of families and local communities in the strategic direction of schools, not taking

assumptions of that particular strengthening the participation of families and local communities in the strategic direction of schools, not taking Agradecimentos A dissertação do Mestrado que adiante se apresenta resulta na concretização de um projecto que me parecia difícil mas não impossível de alcançar. Foram meses seguidos de trabalho de investigação,

Leia mais

Autor: Débora Saraiva de Melo Anversa 1 Co-Autores: Teresinha Rita Boufleuer 2 Franciele Pastre 3 Andreici Daiani Vedovatto 4 Ademar Tibola 5

Autor: Débora Saraiva de Melo Anversa 1 Co-Autores: Teresinha Rita Boufleuer 2 Franciele Pastre 3 Andreici Daiani Vedovatto 4 Ademar Tibola 5 Proposta de Desenvolvimento do Empreendedor na INCTECh: adequação à prática chave segundo a metodologia CERNE 1. Proposal for Entrepreneurial Development at INCTECh: suitability to practice key according

Leia mais

Participatory Map of Rio de Janeiro

Participatory Map of Rio de Janeiro Leandro Gomes Souza Geographer Luiz Roberto Arueira da Silva Director of City Information Pereira Passos Institute - City of Rio de Janeiro About us Pereira Passos Institute (IPP) is Rio de Janeiro municipal

Leia mais

ISACA Capítulo São Paulo

ISACA Capítulo São Paulo Tendências e Certificações Profissionais da ISACA ISACA Capítulo São Paulo Fabio Penna Curto, CGEIT, CISM, Diretor Cristiano Borges, Diretor ISACA SP Carmen Ozores, Vice presidente ISACA SP Contato: info@isaca.org.br

Leia mais

Sourcing Travel Management Services. Patrocinado por

Sourcing Travel Management Services. Patrocinado por Sourcing Travel Management Services Patrocinado por February 2009 Components Moderator: Ricardo Mandarino Santander, Brasil Panelists: Robert Suquet DuPont, América Latina Paulo Lima TSA, Brasil Federico

Leia mais

Transformação dos negócios de distribuição e os desafios do setor

Transformação dos negócios de distribuição e os desafios do setor Transformação dos negócios de distribuição e os desafios do setor Geraldo Guimarães Jr Diretor para Indústria de Utilities SAP para Utilities Liderança Global no Setor Maior Provedor de Soluções e Aplicações

Leia mais

Tecnologia e inovação na UE Estrategias de internacionalização

Tecnologia e inovação na UE Estrategias de internacionalização Tecnologia e inovação na UE Estrategias de internacionalização Belém, 25 de Setembro 2014 Estrutura da apresentação 1. Porque a cooperação com a União Europeia em inovação é importante para o Brasil? 2.

Leia mais

Multicriteria Impact Assessment of the certified reference material for ethanol in water

Multicriteria Impact Assessment of the certified reference material for ethanol in water Multicriteria Impact Assessment of the certified reference material for ethanol in water André Rauen Leonardo Ribeiro Rodnei Fagundes Dias Taiana Fortunato Araujo Taynah Lopes de Souza Inmetro / Brasil

Leia mais

FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANA- ESUDA PÓS-GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA E CONTROLADORIA

FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANA- ESUDA PÓS-GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA E CONTROLADORIA FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANA- ESUDA PÓS-GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA E CONTROLADORIA BALANCED SCORECARD: Uma ferramenta de gestão estratégica para empresa do ramo de consultoria contábil com foco

Leia mais

Revista Inteligência Competitiva Daniela Ramos Teixeira

Revista Inteligência Competitiva Daniela Ramos Teixeira 15 INTELIGÊNCIA DE MERCADO: TRANSFORMANDO AS OLIMPÍADAS EM NEGÓCIOS 1 RESUMO Um dos grandes desafios das organizações hoje é a aplicabilidade assertiva das técnicas de análise e métodos utilizados em Inteligência

Leia mais

Projeto Começando Pela Nossa Casa: Consumo Consciente na Administração Pública

Projeto Começando Pela Nossa Casa: Consumo Consciente na Administração Pública Projeto Começando Pela Nossa Casa: Consumo Consciente na Administração Pública CUNHA, Susana; STEUCK, Eliane; ORSI, Raquel; DAY, Sônia; NASCIMENTO, Francisco; TENCA, Mazola. 1- Súmula O projeto Começando

Leia mais

SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO

SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO NBR ISO/IEC 27002: 2005 (antiga NBR ISO/IEC 17799) NBR ISO/IEC 27002:2005 (Antiga NBR ISO/IEC 17799); 27002:2013. Metodologias e Melhores Práticas em SI CobiT; Prof. Me. Marcel

Leia mais

THE BRAZILIAN PUBLIC MINISTRY AND THE DEFENSE OF THE AMAZONIAN ENVIRONMENT

THE BRAZILIAN PUBLIC MINISTRY AND THE DEFENSE OF THE AMAZONIAN ENVIRONMENT THE BRAZILIAN PUBLIC MINISTRY AND THE DEFENSE OF THE AMAZONIAN ENVIRONMENT Raimundo Moraes III Congresso da IUCN Bangkok, November 17-25 2004 ENVIRONMENTAL PROTECTION IN BRAZIL The Constitution states

Leia mais

Mainstreaming Sustainable Tourism

Mainstreaming Sustainable Tourism 8. Se sim, quais os meios mais apropriados para tanto? Não aplicável Em estudo Em implementação Implementado Divulgação de informações sobre as práticas de sustentabilidade realizadas ou apoiadas pelo

Leia mais

Projeto de Certificação Ambiental Empresa Amiga do Meio Ambiente

Projeto de Certificação Ambiental Empresa Amiga do Meio Ambiente Projeto de Certificação Ambiental Empresa Amiga do Meio Ambiente BEMVENUTI, Abel; NAIME, Roberto Harb Súmula Considerando algumas premissas clássicas de gestão em meio ambiente, são apresentados alguns

Leia mais

Mestrado em Ciências Jurídicas Especialização em História do Direito 2015-16

Mestrado em Ciências Jurídicas Especialização em História do Direito 2015-16 Mestrado em Ciências Jurídicas Especialização em História do Direito Unidade curricular História do Direito Português I (1º sem). Docente responsável e respectiva carga lectiva na unidade curricular Prof.

Leia mais

HISTORY. For five years, the facility had been exclusively producing a full range of a lubricant product line from the renowned Italian brand AGIP.

HISTORY. For five years, the facility had been exclusively producing a full range of a lubricant product line from the renowned Italian brand AGIP. HISTORY In 1995 Agecom Group targets its investments to the city of Iperó SP, looking for the expansion of its business looking for a new Manufacturing for Blending and Filling Processes of Lubricant Oil

Leia mais

RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL NO SETOR SUCROALCOOLEIRO

RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL NO SETOR SUCROALCOOLEIRO CANA SUL 2008 RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL NO SETOR SUCROALCOOLEIRO Maria Luiza Barbosa Campo Grande, 23 de agosto de 2008 RESPONSABILIDADE SOCIAL EMPRESARIAL É a forma de gestão que se define pela

Leia mais

MELHORES PRÁTICAS DE DIVULGAÇÃO DE INFORMAÇÕES SOBRE SUSTENTABILIDADE Pronunciamento de Orientação CODIM

MELHORES PRÁTICAS DE DIVULGAÇÃO DE INFORMAÇÕES SOBRE SUSTENTABILIDADE Pronunciamento de Orientação CODIM MELHORES PRÁTICAS DE DIVULGAÇÃO DE INFORMAÇÕES SOBRE SUSTENTABILIDADE Pronunciamento de Orientação CODIM COLETIVA DE IMPRENSA Participantes: Relatores: Geraldo Soares IBRI; Haroldo Reginaldo Levy Neto

Leia mais

PROGRAMA DE DEMISSÃO RESPONSÁVEL COOPERATIVA

PROGRAMA DE DEMISSÃO RESPONSÁVEL COOPERATIVA PROGRAMA DE DEMISSÃO RESPONSÁVEL COOPERATIVA Kallise Garcia Leite PETRO BRASIL SERVIÇOS 1 TEMA: Boas Práticas RESUMO O Programa de Demissão Responsável Cooperativa surgiu como uma proposta da empresa Petro

Leia mais

A tangibilidade de um serviço de manutenção de elevadores

A tangibilidade de um serviço de manutenção de elevadores A tangibilidade de um serviço de manutenção de elevadores Tese de Mestrado em Gestão Integrada de Qualidade, Ambiente e Segurança Carlos Fernando Lopes Gomes INSTITUTO SUPERIOR DE EDUCAÇÃO E CIÊNCIAS Fevereiro

Leia mais

Criar Valor e Valorizar as Pessoas

Criar Valor e Valorizar as Pessoas Criar Valor e Valorizar as Pessoas 31 de Maio de 2007 António Pinheiro (Director RH) Rui Soares (HR Operations Area Manager) A Experiência Qimonda Portugal Introdução á Qimonda Portugal A estratégia de

Leia mais

Altos Níveis de Estoque nas Indústrias de Conexões de PVC

Altos Níveis de Estoque nas Indústrias de Conexões de PVC Altos Níveis de Estoque nas Indústrias de Conexões de PVC Junior Saviniec Ferreira; Letícia Stroparo Tozetti Faculdade Educacional de Araucária RESUMO O problema de estoque elevado é cada vez menos frequente

Leia mais

Educação Vocacional e Técnica nos Estados Unidos. Érica Amorim Simon Schwartzman IETS

Educação Vocacional e Técnica nos Estados Unidos. Érica Amorim Simon Schwartzman IETS Educação Vocacional e Técnica nos Estados Unidos Érica Amorim Simon Schwartzman IETS Os principais modelos Modelo europeu tradicional: diferenciação no secundário entre vertentes acadêmicas e técnico-profissionais

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO: OS DESAFIOS ÉTICOS DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO x SEGURANÇA

ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO: OS DESAFIOS ÉTICOS DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO x SEGURANÇA ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO: OS DESAFIOS ÉTICOS DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO x SEGURANÇA NAVARRO SANCHES BURGO, Rodrigo Discente da Faculdade de Ciências Jurídicas e Gerenciais/ACEG. E-mail:

Leia mais

Renata Sol Leite Ferreira da Costa

Renata Sol Leite Ferreira da Costa Renata Sol Leite Ferreira da Costa O impacto da adoção da IFRIC 12 nas empresas de serviço telefônico fixo comutado brasileiras: uma análise da aplicabilidade dos novos padrões contábeis Dissertação de

Leia mais

Enterprise Europe - Portugal

Enterprise Europe - Portugal Enterprise Europe - Portugal Oportunidades de Cooperação Internacional Agência de Inovação Bibiana Dantas Lisboa, 5-Jun-2012 Enterprise Europe Portugal Jun 2012 2 A União Europeia é um mercado de oportunidades!

Leia mais

Teixeira Duarte Distribuição Teixeira Duarte Distribution. Marcas representadas Represented brands. Aposta na competência Focus on competence

Teixeira Duarte Distribuição Teixeira Duarte Distribution. Marcas representadas Represented brands. Aposta na competência Focus on competence Teixeira Duarte Distribuição Teixeira Duarte Distribution Marcas representadas Represented brands Aposta na competência Focus on competence Mercados de atuação Marketplaces Angola Angola Brasil Brazil

Leia mais

Sustainability issues in the Brazilian automotive industry: electric cars and end-of-life vehicles

Sustainability issues in the Brazilian automotive industry: electric cars and end-of-life vehicles Sustainability issues in the Brazilian automotive industry: electric cars and end-of-life vehicles Adcley Souza (adcley.souza@hotmail.com) Sustainability issues in the Brazilian automotive industry: electric

Leia mais

Especialistas em Consultoria à EF e Protocolo Familiar

Especialistas em Consultoria à EF e Protocolo Familiar Especialistas em Consultoria à EF e Protocolo Familiar Helena McDonnell e Magda Gabriel Especialistas em Consultoria à EF e Protocolo Familiar Cambridge Institute Página 1 Especialistas em Consultoria

Leia mais

ELEnA European Local ENergy Assistance

ELEnA European Local ENergy Assistance ECO.AP Programa de Eficiência Energética na Administração Pública ELEnA European Local ENergy Assistance Lisboa, 6/03/2015 Desafios 1 Conhecimento: a) Edifícios/equipamentos; b) Capacidade técnica; c)

Leia mais

Mega-events and democracy: Risks and Opportunities

Mega-events and democracy: Risks and Opportunities Mega-events and democracy: Risks and Opportunities at Siemens A global turnaround Peter Andreas Gölitz Regional Office 24 de outubro 2012 Regional Office Brasil Página 1 O quê um escândalo de corrupção

Leia mais

14º Congresso de Auditoria Interna e Compliance

14º Congresso de Auditoria Interna e Compliance O Compliance e as metodologias para monitorar riscos de não conformidade 14º Congresso de Auditoria Interna e Compliance 11 de novembro 2014 14 horas Agenda Os principais objetivos do nosso encontro 1.

Leia mais

Global Logistics Solutions Soluções Logísticas Globais

Global Logistics Solutions Soluções Logísticas Globais BEM VINDO AO MUNDO RANGEL WELCOME TO RANGEL WORLD Atividade Aduaneira Customs Broker Transporte Marítimo Sea Freight ESPANHA SPAIN Transporte Aéreo Air Freight Expresso Internacional FedEx International

Leia mais

Processo de exportação de perecíveis aos EUA. (Frederico Tavares - Gerente de Comércio Internacional, UGBP: Union of Growers of Brazilian Papaya)

Processo de exportação de perecíveis aos EUA. (Frederico Tavares - Gerente de Comércio Internacional, UGBP: Union of Growers of Brazilian Papaya) Processo de exportação de perecíveis aos EUA (Frederico Tavares - Gerente de Comércio Internacional, UGBP: Union of Growers of Brazilian Papaya) World Production of Tropical Fruit World production of tropical

Leia mais

Consequências da escassês ou desaparecimento dos serviços ambientais. Hannah Murray

Consequências da escassês ou desaparecimento dos serviços ambientais. Hannah Murray Consequências da escassês ou desaparecimento dos serviços ambientais Hannah Murray Objetivos Oferecer exemplos concretos de serviços das florestas relacionados aos recursos hídricos, seqüestro de carbono,

Leia mais

Operational Management of the Distribution Business aligned with the Regulatory Framework. José Maria de Macedo

Operational Management of the Distribution Business aligned with the Regulatory Framework. José Maria de Macedo Operational Management of the Distribution Business aligned with the Regulatory Framework José Maria de Macedo Chief Distribution and Sales Officer May 2008 1/XX Cemig Distribuição in numbers Indicator

Leia mais

Global Logistics Solutions Soluções Logísticas Globais

Global Logistics Solutions Soluções Logísticas Globais Global Logistics Solutions Soluções Logísticas Globais BEM VINDO AO MUNDO RANGEL WELCOME TO RANGEL WORLD Toda uma organização ao seu serviço! Constituídos em 1980 por Eduardo Rangel, rapidamente marcámos

Leia mais

Maria Rosário Bernardo, Doutoranda na Universidade de Lille Gestão de Projetos no Setor Público Desafios e Oportunidades

Maria Rosário Bernardo, Doutoranda na Universidade de Lille Gestão de Projetos no Setor Público Desafios e Oportunidades Agenda 15h00 15h15 15h45 Boas vindas e enquadramento espap A Governação de Projetos no Setor Público Melhor Estado, Maior valor entregue à sociedade Nuno Ponces de Carvalho, Perito Internacional na área

Leia mais

DevOps. Carlos Eduardo Buzeto (@_buzeto) IT Specialist IBM Software, Rational Agosto 2013. Accelerating Product and Service Innovation

DevOps. Carlos Eduardo Buzeto (@_buzeto) IT Specialist IBM Software, Rational Agosto 2013. Accelerating Product and Service Innovation DevOps Carlos Eduardo Buzeto (@_buzeto) IT Specialist IBM Software, Rational Agosto 2013 1 O desenvolvedor O mundo mágico de operações Como o desenvolvedor vê operações Como operações vê uma nova release

Leia mais

DPI. Núcleo de Apoio ao Desenvolvimento de Projetos e Internacionalização Project Development And Internationalization Support Office

DPI. Núcleo de Apoio ao Desenvolvimento de Projetos e Internacionalização Project Development And Internationalization Support Office DPI Núcleo de Apoio ao Desenvolvimento de Projetos e Internacionalização Project Development And Internationalization Support Office Apresentação/Presentation Criado em 1 de março de 2011, o Núcleo de

Leia mais

O Enfoque Comportamental na Gestão de Riscos

O Enfoque Comportamental na Gestão de Riscos O Enfoque Comportamental na Gestão de Riscos Ricardo Paulo dos Santos Engenharia de Segurança do Trabalho e Meio Ambiente ECOSORB AGENDA Por quê Gerenciar Riscos? Gerenciamento de Risco: Uma visão integrada;

Leia mais

Prova de Seleção Mestrado LINGUA INGLESA 15/02/2016

Prova de Seleção Mestrado LINGUA INGLESA 15/02/2016 Prova de Seleção Mestrado LINGUA INGLESA 15/02/2016 Instruções aos candidatos: (1) Preencher somente o número de inscrição em todas as folhas. (2) Usar caneta preta ou azul. 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12

Leia mais

Criação de Ecossistemas de Impacto Luis Fernando Laranja

Criação de Ecossistemas de Impacto Luis Fernando Laranja Criação de Ecossistemas de Impacto Luis Fernando Laranja Inovação: os dois Pilares * Inovação Tecnológica + * Inovação Social (Modelo de Negócio) A Kaeté Investimentos Objetivo de ser uma das principais

Leia mais

O grande desafio é aumentar os níveis de atividade física na população em ambientes comunitários ", mas, como fazê-lo?

O grande desafio é aumentar os níveis de atividade física na população em ambientes comunitários , mas, como fazê-lo? O grande desafio é aumentar os níveis de atividade física na população em ambientes comunitários ", mas, como fazê-lo? The challenger is Increase levels of physical activity in the population in community

Leia mais