Sumário resumido. As origens da competição e do pensamento estratégico. Aplicação dos fundamentos da estratégia. Gestão competitiva do conhecimento

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Sumário resumido. As origens da competição e do pensamento estratégico. Aplicação dos fundamentos da estratégia. Gestão competitiva do conhecimento"

Transcrição

1 Sumário resumido Fundamentos da Estratégia e da Competição CAPÍTULO 1 EVOLUÇÃO DO PENSAMENTO ESTRATÉGICO As origens da competição e do pensamento estratégico PROCESSO DE PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO Aplicação dos fundamentos da estratégia 29 CAPÍTULO 3 ORGANIZAÇÕES DE APRENDIZAGEM Gestão competitiva do conhecimento 57 PARTE II Conhecimento Competitivo e Organizacional CAPITULO 4 INTENÇÃO ESTRATÉGICA Começando a pensar em estratégia 81 CAPITULO 5 DIAGNÓSTICO ESTRATÉGICO EXTERNO Conhecimento do ambiente e de suas oportunidades 97 DIAGNÓSTICO ESTRATÉGICO INTERNO Compreendendo a organização e suas potencialidades 119 CONSTRUÇÃO DE CENÁRIOS Prospectando o futuro 143 PARTE III Concepção da Estratégia CAPÍTULO 8 POLITICA DE NEGÓCIOS As opções estratégicas 175 MODELOS DINÂMICOS DE CONCORRÊNCIA E COOPERAÇÃO Processos de criação de vantagens competitivas 201 ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA DO RS BIBLIOTECA

2 XII Planejamento Estratégico CHIAVENATO & SAPIRO PARTE IV Formulação Estratégica CAPÍTULO 10 DEFINIÇÃO DE OBJETIVOS E FORMULAÇÃO DAS ESTRATÉGIAS 225 Aplicação de modelos de apoio à decisão PARTE V Execução da Estratégia CAPÍTULO 11 GESTÃO ESTRATÉGICA 251 Excelência na execução do plano estratégico CAPÍTULO 12 EMPREENDEDORISMO E LIDERANÇA ESTRATÉGICA 273 O engajamento e a participação de todos CAPÍTULO 13 GOVERNANÇA CORPORATIVA, RESPONSABILIDADE SOCIAL E DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL 295 Princípios de conduta além da maximização do lucro PARTE VI Avaliação Estratégica CAPÍTULO 14 AVALIAÇÃO DA ESTRATÉGIA Revendo desempenho e resultados e assegurando o rumo do plano estratégico 321

3 Sumário detalhado PARTE I Fundamentos da Estratégia e da Competição CAPÍTULO 1 EVOLUÇÃO DO PENSAMENTO ESTRATÉGICO 3 As origens da competição e do pensamento estratégico OS FUNDAMENTOS DA ESTRATÉGIA 4 CCTRATÉGIA E COMPETIÇÃO: UMA LONGA HISTÓRIA 5 A competição biológica 6 A competição militar 7 A competição política 12 A competição esportiva 13 A EVOLUÇÃO DO PENSAMENTO ESTRATÉGICO 15 Os primeiros passos do pensamento estratégico 15 A influência da Segunda Guerra Mundial 16 Estratégia como adequação e adaptação 16 CONCLUSÃO 25 CAPÍTULO 2 PROCESSO DE PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO 29 Aplicação dos fundamentos da estratégia NECESSIDADE DO PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO 30 DESENVOLVIMENTO DO PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO 31 Desafio da implementação estratégica 38 ESCOLAS DE PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO 39 Escolas de caráter prescritivo e normativo 39 Escolas de caráter descritivo e explicativo 41 DETERMINANTES DO SUCESSO DO PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO 47 MODELO GERAL DO PROCESSO ESTRATÉGICO 47 A atitude estratégica 51 CONCLUSÃO 51

4 XIV Planejamento Estratégico CHIAVENATO & SAPIRO CAPÍTULO 3 ORGANIZAÇÕES DE APRENDIZAGEM 57 Gestão competitiva do conhecimento Visão Periférica 58 FUNDAMENTOS DO CONHECIMENTO 59 Características do conhecimento 59 Tipos de conhecimento 60 Modos de conversão do conhecimento 61 ORGANIZAÇÕES DE APRENDIZAGEM (LEARNING ORGANIZATION) 62 As cinco disciplinas das organizações de aprendizagem 65 GESTÃO DO CONHECIMENTO 67 PAPEL DA INFORMAÇÃO NO PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO 68 SISTEMAS DE INFORMAÇÃO 70 Construção de um sistema de informações 71 Subsistemas de informações transacionais (SIT) 71 Subsistemas de inteligência de negócios {Business Intelligence - BI) 72 Subsistemas de pesquisa de mercado 73 Sistemas de suporte à decisão (SSD) 75 CONCLUSÃO 76 PARTE II Conhecimento Competitivo e Organizacional CAPÍTULO 4 INTENÇÃO ESTRATÉGICA 81 Começando a pensar em estratégia QUESTÕES BÁSICAS DA INTENÇÃO ESTRATÉGICA 83 MISSÃO ORGANIZACIONAL 83 Formulação da declaração da missão da organização 83 Por que a declaração da missão é importante? 85 DEFINIÇÃO PRELIMINAR DO NEGÓCIO 85 REDEFINIÇÃO DO NEGÓCIO 86 VISÃO ORGANIZACIONAL 87 Premissas para a elaboração da visão de negócios 87 Alinhamento da visão de negócios 87 Elaboração da visão de negócios 88 O poder de persuasão da visão de negócios 89 IDEOLOGIA CENTRAL DA ORGANIZAÇÃO 89 Princípios e valores organizacionais 90 PÚBLICOS DE INTERESSE (STAKEHOLDERS) 91 O potencial de conflitos entre interesses diferentes 92 PROPOSTA DE VALOR 92 Processos de criação, desenvolvimento e difusão de valor 93 OBJETIVOS ORGANIZACIONAIS 94 CONCLUSÃO 95

5 Sumário detalhado XV CAPÍTULO 5 DIAGNÓSTICO ESTRATÉGICO EXTERNO 97 Conhecimento do ambiente e de suas oportunidades AMBIENTE DINÂMICO E MUTÁVEL 98 CONHECIMENTO DO AMBIENTE CONTEXTUAL OU MACROAMBIENTE 99 Indicadores do ambiente contextual 100 Ambiente demográfico 101 Ambiente econômico 101 Ambiente político e legal 104 Ambiente sociocultural 106 Ambiente tecnológico 107 Ambiente dos recursos naturais 108 CONHECIMENTO DO AMBIENTE RELACIONAL OU MICROAMBIENTE 110 Análise setorial 110 Grupos estratégicos 110 Rivalidade entre grupos estratégicos 111 Evolução setorial 112 Turbulência ambiental 113 Composição de forças competitivas 114 CONCLUSÃO 116 CAPÍTULO 6 DIAGNÓSTICO ESTRATÉGICO INTERNO 119 Compreendendo a organização e suas potencialidades AVALIAÇÃO COMPETITIVA DA ORGANIZAÇÃO 120 O desafio da avaliação competitiva 121 RECURSOS E COMPETÊNCIAS ORGANIZACIONAIS 121 ARQUITETURA ORGANIZACIONAL 122 Novos desenhos organizacionais 124 Organizações sem fronteiras 126 Organizações virtuais 126 Princípios básicos da arquitetura organizacional 127 Arquitetura organizacional como variável dependente da estratégia 127 ORGANIZAÇÃO POR PROCESSOS 129 COMPETÊNCIAS ESSENCIAIS DA ORGANIZAÇÃO 131 Conceito de competências essenciais 133 Identificação das competências essenciais 135 Modelo de Excelência da FNQ 137 CADEIAS DE VALOR E SISTEMAS DE VALOR 138 Sistema de valor 139 Cadeia virtual de valor 140 CONCLUSÃO 141

6 XVI Planejamento Estratégico CHIAVENATO & SAPIRO CAPÍTULO 7 CONSTRUÇÃO DE CENÁRIOS 143 Prospectando o futuro CONCEITO DE CENÁRIOS 145 O DESENVOLVIMENTO DE CENÁRIOS 147 O PROCESSO DE CONSTRUÇÃO DE CENÁRIOS 149 Identificação e focalização do tema 149 Identificação das forças motrizes 150 Categorização das forças motrizes 151 Consistência das forças motrizes 151 Alinhamento das incertezas críticas 152 Criação de roteiros plausíveis 152 Avaliação das implicações 153 Aplicação da Metodologia 154 COMPETÊNCIAS PARA A CONSTRUÇÃO DE CENÁRIOS 157 Competência para contar histórias 158 Competência para criar mitos 158 Competência para tornar conscientes os padrões mentais 158 Competência e gosto para a investigação 160 PREVISÃO AMBIENTAL 161 Técnicas de previsão ambiental 161 Técnica Delphi 163 O QUE ESPERAR DO FUTURO 164 Competindo em um mundo transnacional 166 Processo irreversível da globalização 166 Consequências do processo de globalização 167 Competindo através da tecnologia da informação (Tl) 167 Competindo em um ambiente de trabalho mutável 168 Conhecimento: a essência da vantagem competitiva 168 CONCLUSÃO 170 PARTE III Concepção da Estratégia CAPÍTULO 8 POLÍTICA DE NEGÓCIOS 175 As opções estratégicas FATORES CRÍTICOS DE SUCESSO 176 PROCESSO DE TOMADA DE DECISÃO 176 Tomada de decisões baseada em procedimentos 176 Tomada de decisão baseada em experiências 178 Tomada de decisão baseada em análise ou Analítica (Analytics) 179 MODELOS DE APOIO À DECISÃO 181 Matriz SWOT 181

7 Sumário detalhado XVII Matriz multifatorial ou matriz de portfólio da GE 182 Modelo de análise setorial de Porter 186 PARADIGMAS ESTRATÉGICOS 186 MATRIZ DE INTEGRAÇÃO ESTRATÉGICA 187 POLÍTICAS DE CRESCIMENTO 188 Liderança de custo total 188 Diversificação 188 Internacionalização 190 Interiorização 190 Verticalização 190 Manutenção do status quo 190 POLÍTICAS DE OPERAÇÕES 191 Diferenciação 191 Tercei rização/outsourcing 191 Seguimento 191 Complementação 192 POLÍTICAS DE RELACIONAMENTO 192 Inovação 193 Enfoque ou nicho 194 Al ianças estratég icas 194 RENOVAÇÃO ESTRATÉGICA 196 CONCLUSÃO 198 CAPÍTULO 9 MODELOS DINÂMICOS DE CONCORRÊNCIA E COOPERAÇÃO 201 Processos de criação de vantagens competitivas O DESAFIO DA AVALIAÇÃO COMPETITIVA DOS CONCORRENTES 202 BENCHMARKING 206 INTELIGÊNCIA COMPETITIVA (COMPETITIVE INTELLIGENCE) 207 Fases principais do processo de inteligência competitiva 208 Objetivos da inteligência competitiva 210 A ESCOLHA DE BONS CONCORRENTES 212 JOGOS COMPETITIVOS 213 Estratégias de ataque 213 Estratégias de defesa 214 Estratég ias de cooperação 216 REDES DE NEGÓCIOS 218 Tipos de redes de negócios 218 CONCLUSÃO 221

8 XVIII Planejamento Estratégico CHIAVENATO & SAPIRO PARTE IV Formulação Estratégica CAPITULO 10 DEFINIÇÃO DE OBJETIVOS E FORMULAÇÃO DAS ESTRATÉGIAS 225 Aplicação ae moaeios de apoio à decisão O PROCESSO DE DEFINIÇÃO DE OBJETIVOS 226 NATUREZA DOS OBJETIVOS 227 INTERAÇÕES VERTICAIS DOS OBJETIVOS 227 Interações horizontais dos objetivos 228 ADMINISTRAÇÃO POR OBJETIVOS (APO) 229 DEFINIÇÃO DE OBJETIVOS 230 ELABORAÇÃO DE ESTRATÉGIAS 232 MODELOS ESTRATÉGICOS 234 Matriz de crescimento de produto/mercado 234 Modelo de ciclo de vida do produto 235 CARACTERÍSTICAS DE CADA ESTÁGIO DO CICLO DE VIDA 236 Extensão do ciclo de vida do produto 239 Variações do ciclo típico de vida dos produtos 239 Matriz participação de mercado/ crescimento do mercado (matriz BCG) 239 Adoção e difusão de inovação 242 Estágios no processo de adoção 242 Categorias dos adotantes 242 Fatores de adoção 243 Obsolescência planejada e moda 244 SISTEMA DE ATIVIDADES 245 CONCLUSÃO 246 Execução da Estratégia GESTÃO ESTRATÉGICA 251 Excelência na execução do plano estratégico O DESAFIO DA MUDANÇA ORGANIZACIONAL 252 Resistência às mudanças 254 EXECUÇÃO DA ESTRATÉGIA 256 Dificuldades na execução da estratégia 258 Barreiras à execução da estratégia 259 GESTÃO DO DESEMPENHO ORGANIZACIONAL 260 Planejamento do desempenho organizacional 261 BALANCED SCORECARD COMO FERRAMENTA DA GESTÃO ESTRATÉGICA 262 GESTÃO POR PROJETOS 267 Características dos projetos 268 Cultura de gestão de projetos 269

9 Sumário detalhado XIX O SISTEMA DE GESTÃO ESTRATÉGICA 270 CONCLUSÃO 271 CAPÍTULO 12 EMPREENDEDORISMO E LIDERANÇA ESTRATÉGICA 273 O engajamento e a participação de todos LIDERANÇA ESTRATÉGICA 274 Conceito de liderança estratégica 274 A hierarquia das lideranças 276 Liderança estratégica e competitividade 279 CICLO DE VIDA DAS ORGANIZAÇÕES 280 O ESPÍRITO EMPREENDEDOR 282 Identificação do espírito empreendedor 284 EMPREENDEDORISMO CORPORATIVO 286 CULTURA EMPREENDEDORA 287 EMPREENDEDORISMO E INOVAÇÃO 289 Implementação de empreendimentos corporativos internos 291 CONCLUSÃO 292 CAPÍTULO 13 GOVERNANÇA CORPORATIVA, RESPONSABILIDADE SOCIAL E DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL 295 Princípios de conduta além da maximização do lucro GOVERNANÇA CORPORATIVA 296 Variedade de conceitos sobre governança corporativa 297 Código de conduta corporativa 299 Sistema de valores 300 Concentração da propriedade 300 Conselho de administração 300 Remuneração dos executivos 305 Estrutura multidivisional 305 Relacionamento com os Stakeholders 305 ÉTICA EMPRESARIAL 306 RESPONSABILIDADE SOCIAL 307 O papel social das organizações 308 Conceito de responsabilidade social 308 Níveis de sensibilidade social 310 Novos padrões em responsabilidade social 311 Modelo de responsabilidade social 312 DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL 313 Conceito de desenvolvimento sustentável 313 A noção de capital na perspectiva do desenvolvimento sustentável 313 DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL CORPORATIVO 314 CONCLUSÃO 315

10 XX Planejamento Estratégico Avaliação Estratégica CAPÍTULO 14 AVALIAÇÃO DA ESTRATÉGIA 321 Revendo desempenho e resultados e assegurando o rumo do plano estratégico AVALIAÇÃO DA ESTRATÉGIA ORGANIZACIONAL 322 CONTROLE ESTRATÉGICO 326 O processo de controle 327 Tipos de controle 330 Desempenho global da empresa 331 Balanço contábil e relatórios financeiros 332 Demonstrativo de lucros e perdas 333 Análise do retorno do investimento (ROI) 333 Atitudes de resistências aos processos de controle 333 AUDITORIA DE RECURSOS E COMPETÊNCIAS 335 Auditoria de recursos disponíveis 335 Auditoria de marketing 336 Reavaliação estratégica 337 EFICÁCIA ORGANIZACIONAL 337 INDICADORES DA EFICÁCIA ORGANIZACIONAL 338 OS FUNDAMENTOS DA EXCELÊNCIA 339 CONCLUSÃO 340

Índice CONCEITOS E FUNDAMENTOS. Parte I. Capítulo 1 A natureza do problema estratégico 21

Índice CONCEITOS E FUNDAMENTOS. Parte I. Capítulo 1 A natureza do problema estratégico 21 Índice Introdução 15 Parte I CONCEITOS E FUNDAMENTOS Capítulo 1 A natureza do problema estratégico 21 1. Introdução 21 2. A estratégia deve assegurar a satisfação equilibrada das diversas legitimidades

Leia mais

MBA em Gestão Empreendedora Curso de Especialização Lato Sensu

MBA em Gestão Empreendedora Curso de Especialização Lato Sensu MBA em Gestão Empreendedora Curso de Especialização Lato Sensu Introdução à Educação a Distância (EAD); Inovação e Empreendedorismo; Políticas Públicas em Educação; Gestão de Processos; Gestão Estratégica;

Leia mais

Sumário. 1 Apresentando a Estratégia O Ambiente 45

Sumário. 1 Apresentando a Estratégia O Ambiente 45 Sumário 1 Apresentando a Estratégia 23 1.1 Introdução 24 1.2 O que é estratégia? 24 1.2.1 As características de decisões estratégicas 24 1.2.2 Níveis de estratégia 29 1.2.3 O vocabulário da estratégia

Leia mais

Disciplina: Comportamento nas Organizações Ementa: Disciplina: Estratégia de Empresas Ementa:

Disciplina: Comportamento nas Organizações Ementa: Disciplina: Estratégia de Empresas Ementa: Disciplina: Comportamento nas Organizações Modelos de colaboração e estilos de gestão. Cultura de excelência e Liderança. Variáveis que afetam o comportamento organizacional. O papel e os desafios do gestor.

Leia mais

Gestão Estratégica A BATALHA DE KURSK. Aula 6 Estratégia Competitiva. Prof. Dr. Marco Antonio Pereira

Gestão Estratégica A BATALHA DE KURSK. Aula 6 Estratégia Competitiva. Prof. Dr. Marco Antonio Pereira Gestão Estratégica Aula 6 Estratégia Competitiva Prof. Dr. Marco Antonio Pereira marcopereira@usp.br A BATALHA DE KURSK 1 Modelo de Porter As 5 forças Competitivas Estratégias Genéricas Propósito da Empresa

Leia mais

MBA EXECUTIVO INTERNACIONAL EM GESTÃO DE NEGÓCIOS

MBA EXECUTIVO INTERNACIONAL EM GESTÃO DE NEGÓCIOS MBA EXECUTIVO INTERNACIONAL EM GESTÃO DE NEGÓCIOS OBJETIVOS DO CURSO O objetivo geral do Curso de Pós-graduação Lato Sensu MBA Executivo Internacional em Gestão de Negócios é de capacitar os profissionais

Leia mais

RESPONSABILIDADE SOCIAL CORPORATIVA NA GESTÃO DA CADEIA LOGÍSTICA

RESPONSABILIDADE SOCIAL CORPORATIVA NA GESTÃO DA CADEIA LOGÍSTICA RESPONSABILIDADE SOCIAL CORPORATIVA NA GESTÃO DA CADEIA LOGÍSTICA Coordenadoria de Economia Mineral Diretoria de Geologia, Mineração e Transformação Mineral Premissas do Desenvolvimento Sustentável Economicamente

Leia mais

Ementas. Certificate in Business Administration CBA

Ementas. Certificate in Business Administration CBA Ementas Certificate in Business Administration CBA Agosto 2012 Módulo Fundamental Administração Financeira EMENTA: Disciplina desenvolve a capacidade de contribuição para as decisões gerenciais aplicando

Leia mais

QUADRO DE DISCIPLINAS

QUADRO DE DISCIPLINAS QUADRO DE DISCIPLINAS Disciplinas 1 Horas- Aula 2 1. Fundamentos do Gerenciamento de Projetos 24 2. Gerenciamento do Escopo em Projetos 24 3. Gerenciamento da Qualidade em Projetos 12 4. Gerenciamento

Leia mais

Capítulo 8 Desenvolvimento Empresarial

Capítulo 8 Desenvolvimento Empresarial ESTRATÉGIA EMPRESARIAL Capítulo 8 Empresarial João Pedro Couto ESTRATÉGIA EMPRESARIAL Pensamento Estratégico Formulação da Estratégia Análise do Meio Envolvente Missão, Objectivos e Estratégia Produtos-Mercados

Leia mais

Gestão de Projetos: Práticas PMBoK Guide

Gestão de Projetos: Práticas PMBoK Guide Curso de Pós-Graduação Lato-Sensu Gestão de Projetos: Práticas PMBoK Guide Autor & Coordenador da Nova Proposta Prof. Dr. Edson Coutinho da Silva Departamento de Administração O Curso O curso de pós-graduação

Leia mais

CONSULTORIA EMPRESARIAL

CONSULTORIA EMPRESARIAL PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU CONSULTORIA EMPRESARIAL INSCRIÇÕES ABERTAS: Início das aulas: 21/08/2017 Término das aulas: Agosto/2018 Dias e horários das aulas: Segunda-Feira -18h30 às 22h30 - Semanal Quarta-Feira

Leia mais

Depoimentos de executivos, xix. Prefácio, xxix. Estrutura do livro, xxxv

Depoimentos de executivos, xix. Prefácio, xxix. Estrutura do livro, xxxv Depoimentos de executivos, xix Prefácio, xxix Estrutura do livro, xxxv 1 Conceitos de planejamento e de sistema, 1 1.1 Introdução, 3 1.2 Conceituação de planejamento, 3 1.3 Princípios do planejamento,

Leia mais

Estratégia Empresarial & Balanced Scorecard. Prof. Wilson Richa

Estratégia Empresarial & Balanced Scorecard. Prof. Wilson Richa Estratégia Empresarial & Balanced Scorecard Prof. Wilson Richa Objetivos Principais da Disciplina: Proporcionar aos alunos conhecimento dos fundamentos da Estratégia Empresarial e Capacidade de implantação

Leia mais

Planejamento Estratégico

Planejamento Estratégico Planejamento Estratégico Unidade 2: Análise e diagnóstico do ambiente e objetivos organizacionais 1 SEÇÃO 2.1 ANÁLISE DO AMBIENTE GERAL E DO SETOR 2 Objetivo Coleta de informações Objetivo: Avaliação para

Leia mais

As Estratégias de Competição consistem nas intenções de uma empresa, divisão ou unidade estratégica de negócios (UEN) para competir nos domínios de

As Estratégias de Competição consistem nas intenções de uma empresa, divisão ou unidade estratégica de negócios (UEN) para competir nos domínios de As Estratégias de Competição consistem nas intenções de uma empresa, divisão ou unidade estratégica de negócios (UEN) para competir nos domínios de seus produtos ou serviços. A Intenção Estratégica consiste

Leia mais

AULA 2. Analise do ambiente. Planejamento estratégico

AULA 2. Analise do ambiente. Planejamento estratégico Analise do ambiente AULA 2 ASSUNTO: Análise do ambiente é o processo de monitoramento do ambiente organizacional para identificar as oportunidades e os riscos atuais e futuros que podem vir a influenciar

Leia mais

Pós-Graduação Lato-Sensu em Marketing Autor & Coordenador da Nova Proposta Prof. Dr. Edson Coutinho da Silva Departamento de Administração

Pós-Graduação Lato-Sensu em Marketing Autor & Coordenador da Nova Proposta Prof. Dr. Edson Coutinho da Silva Departamento de Administração Pós-Graduação Lato-Sensu em Marketing Autor & Coordenador da Nova Proposta Prof. Dr. Edson Coutinho da Silva Departamento de Administração 1 O Curso O curso de pós-graduação lato-sensu em Marketing está

Leia mais

Seja bem-vindo ao nosso Portfólio Digital. A Blueway Nossos diferenciais Clientes O que fazemos Contato

Seja bem-vindo ao nosso Portfólio Digital. A Blueway Nossos diferenciais Clientes O que fazemos Contato Seja bem-vindo ao nosso Portfólio Digital 1 2 3 4 A Blueway Nossos diferenciais Clientes O que fazemos Contato 1 Blueway Nossa organização Somos a Blueway, uma consultoria que atua na transformação organizacional

Leia mais

Planejamento Estratégico

Planejamento Estratégico Planejamento Estratégico Fonte: Maximiano (2009) Autor Palavras Chave Mintzberg Ansoff Futuro. Decisão. Resultados. Programação. Negócio Atual. Tendências. Decisão. Concorrência. Produtos e serviços. MAXIMIANO

Leia mais

CURSO MBA GESTÃO ESTRATÉGICA DE NEGÓCIOS COM ÊNFASE EM INOVAÇÃO CLARO EMENTA

CURSO MBA GESTÃO ESTRATÉGICA DE NEGÓCIOS COM ÊNFASE EM INOVAÇÃO CLARO EMENTA CURSO MBA GESTÃO ESTRATÉGICA DE NEGÓCIOS COM ÊNFASE EM INOVAÇÃO CLARO EMENTA QUADRO DE DISCIPLINAS * Curso MBA Gestão Estratégica de Negócios Horas-Aula** Módulo I 240 Economia Empresarial 24 Finanças

Leia mais

CURSO DE SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM DESIGN DE MODA Autorizado pela Portaria nº 433 de 21/10/2011 DOU de 24/10/2011 PLANO DE CURSO

CURSO DE SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM DESIGN DE MODA Autorizado pela Portaria nº 433 de 21/10/2011 DOU de 24/10/2011 PLANO DE CURSO CURSO DE SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM DESIGN DE MODA Autorizado pela Portaria nº 433 de 21/10/2011 DOU de 24/10/2011 Componente Curricular: Ética e Empreendedorismo Código: Pré-requisito: Período Letivo:

Leia mais

LLM Marketing de serviços jurídicos

LLM Marketing de serviços jurídicos LLM Marketing de serviços jurídicos Planejamento estratégico + Posicionamento de Mercado Aula 02 Wolney Pereira Agenda 1) Projeto de marketing 2) Conceituação de estratégia 3) Processo de planejamento

Leia mais

Sumário. Capítulo 1 Desenvolvimento e padrões de financiamento da inovação no Brasil: mudanças necessárias... 1

Sumário. Capítulo 1 Desenvolvimento e padrões de financiamento da inovação no Brasil: mudanças necessárias... 1 Sumário Capítulo 1 Desenvolvimento e padrões de financiamento da inovação no Brasil: mudanças necessárias... 1 n Apresentação... 1 n Introdução... 1 n Entendendo o capitalismo: a visão de Schumpeter...

Leia mais

Parte I Dimensões do Uso de Tecnologia de Informação, 5

Parte I Dimensões do Uso de Tecnologia de Informação, 5 Sumário Introdução, 1 Parte I Dimensões do Uso de Tecnologia de Informação, 5 1 Direcionadores do Uso de Tecnologia de Informação, 7 1.1 Direcionadores de mercado, 8 1.2 Direcionadores organizacionais,

Leia mais

Pós-Graduação. Gestão Estratégica de Processos de Negócios

Pós-Graduação. Gestão Estratégica de Processos de Negócios Pós-Graduação Gestão Estratégica de Processos de Negócios - 2017 Disciplinas: 1) Introdução a BPM, Contexto Organizacional e Profissional 2) Estratégia e Modelagem do Negócio Aplicada com Foco em BPM 3)

Leia mais

PROGRAMA PÓS-FLEX 2017 UNIVERSIDADE POSITIVO CÂMPUS SEDE - ECOVILLE CALENDÁRIO GERAL

PROGRAMA PÓS-FLEX 2017 UNIVERSIDADE POSITIVO CÂMPUS SEDE - ECOVILLE CALENDÁRIO GERAL PRESENCIAL E A DISTÂNCIA COMPLETA COM VOCÊ PROGRAMA PÓS-FLEX 2017 UNIVERSIDADE POSITIVO CÂMPUS SEDE - ECOVILLE CALENDÁRIO GERAL CURSOS DE ESPECIALIZAÇÃO ÁREA DE NEGÓCIOS, GESTÃO AMBIENTAL E ENGENHARIA

Leia mais

JOGOS EM PROCESSOS DE TREINAMENTOS

JOGOS EM PROCESSOS DE TREINAMENTOS JOGOS EM PROCESSOS DE TREINAMENTOS AULA 02 1 Professora Ms Karen Reis 2012 JOGOS DIGITAIS Atividade em sala de Aula Globalização e a Evolução Tecnológica Mitos e Verdades SWOT Tecnologias de Visualização

Leia mais

Campus Capivari Análise e Desenvolvimento de Sistemas (ADS) Prof. André Luís Belini /

Campus Capivari Análise e Desenvolvimento de Sistemas (ADS) Prof. André Luís Belini   / Campus Capivari Análise e Desenvolvimento de Sistemas (ADS) Prof. André Luís Belini E-mail: prof.andre.luis.belini@gmail.com / andre.belini@ifsp.edu.br MATÉRIA: INTRODUÇÃO À ADMINISTRAÇÃO Aula N : 05 Tema:

Leia mais

PLANO DE ENSINO. Por meio das estratégias de trabalho e de avaliação, os alunos deverão ter a oportunidade de desenvolver as competências:

PLANO DE ENSINO. Por meio das estratégias de trabalho e de avaliação, os alunos deverão ter a oportunidade de desenvolver as competências: PLANO DE ENSINO CURSO: Administração SÉRIE: 8º/7º semestres TURNO: Diurno e Noturno DISCIPLINA: Administração Estratégica CARGA HORÁRIA SEMANAL: 02 h/a I EMENTA Esta disciplina trata do processo estratégico

Leia mais

Sumário. PARTE 1 Gestão logística da cadeia de suprimentos. Capítulo 2. Capítulo 1

Sumário. PARTE 1 Gestão logística da cadeia de suprimentos. Capítulo 2. Capítulo 1 Sumário PARTE 1 Gestão logística da cadeia de suprimentos Capítulo 1 Cadeias de suprimentos no século xxi... 2 A revolução da cadeia de suprimentos... 4 Integração gera valor... 6 Modelo geral de cadeia

Leia mais

MESTRADO EM ECONOMIA DA EMPRESA E DA CONCORRÊNCIA PROGRAMAS DAS UNIDADES CURRICULARES

MESTRADO EM ECONOMIA DA EMPRESA E DA CONCORRÊNCIA PROGRAMAS DAS UNIDADES CURRICULARES MESTRADO EM ECONOMIA DA EMPRESA E DA CONCORRÊNCIA PROGRAMAS DAS UNIDADES CURRICULARES UNIDADES CURRICULARES OBRIGATÓRIAS Análise Macroeconómica 1. Introdução à Macroeconomia 2. Medição da Actividade Económica

Leia mais

ADM. Professor Douglas Pereira da Silva. DPS Gestão Negócios ADM

ADM. Professor Douglas Pereira da Silva. DPS Gestão Negócios ADM ADM Gestão de Negócios Professor Douglas Pereira da Silva 1 A constituição do talento humano Conhecimento SABER Aprender a aprender Aprender continuadamente Aumentar o conhecimento Habilidade SABER FAZER

Leia mais

ESTRATÉGICAS ORGANIZACIONAIS

ESTRATÉGICAS ORGANIZACIONAIS ADMINISTRAÇÃO ESTRATÉGICAS ORGANIZACIONAIS Carga horária (Semanal) Semestre 4 5 OBJETIVO: Capacitar o aluno a elaborar um plano estratégico de baixa complexidade EMENTA: A disciplina enfoca a importância

Leia mais

CURSO PÓS-GRADUAÇÃO GESTÃO DE SAÚDE UNIMED

CURSO PÓS-GRADUAÇÃO GESTÃO DE SAÚDE UNIMED CURSO PÓS-GRADUAÇÃO GESTÃO DE SAÚDE UNIMED PROPOSTA DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS FGV CORPORATIVO 12.227/14_v3 QUADRO DE DISCIPLINAS Disciplinas (**) Carga Horária (*) 1. Cooperativismo e Administração de Serviços

Leia mais

AMBIENTE COMPETITIVO

AMBIENTE COMPETITIVO Objetivo AMBIENTE COMPETITIVO Entender como as forças ambientais influenciam a competitividade das empresas. Ser capaz de analisar o ambiente competitivo e formular estratégias empresariais Sumário Ambiente

Leia mais

Planejamento Estratégico

Planejamento Estratégico Planejamento Estratégico Unidade 4: Implementação e controle do planejamento estratégico 1 SEÇÃO 4.1 A ESTRUTURA E A CULTURA ORGANIZACIONAL NA IMPLEMENTAÇÃO DA ESTRATÉGIA 2 Estrutura organizacional Especifica

Leia mais

Gestão Estratégica Prof. Charles Pantoja Esteves

Gestão Estratégica Prof. Charles Pantoja Esteves Prof. Charles Pantoja Esteves Administrador de Empresas Analista de Sistemas Msc. PNL e Inteligência Emocional Desenvolvimento 1. Gestão Estratégia: O que é? 2. Direcionamento Estratégico: Conectando o

Leia mais

Dinâmica Organizacional

Dinâmica Organizacional Dinâmica Organizacional Estratégia, Missão e Visão Estratégia - Conceito Origem da Palavra estratégia: Strategia = Arte do general Envolver a organização como um todo integrado, relacioná-la com o ambiente,

Leia mais

Informações sobre os Roteiros

Informações sobre os Roteiros Informações sobre os Roteiros O MakeMoney traz roteiros especialmente desenvolvidos para elaboração de Planos de Negócios, Estudos de Viabilidade e Planos de Inovação e Competitividade. Este documento

Leia mais

Estratégia: Planejamento e Execução Porque Educação Executiva Insper Cursos de Curta e Média Duração Educação Executiva

Estratégia: Planejamento e Execução Porque Educação Executiva Insper Cursos de Curta e Média Duração Educação Executiva 1 Porque Educação Executiva Insper A dinâmica do mundo corporativo exige profissionais multidisciplinares, capazes de interagir e formar conexões com diferentes áreas da empresa e entender e se adaptar

Leia mais

BALANCED SCORECARD. PARA MANUTENÇÃO para melhorar a performance do departamento. Elabore, Planeie, Implemente. Curso.

BALANCED SCORECARD. PARA MANUTENÇÃO para melhorar a performance do departamento. Elabore, Planeie, Implemente. Curso. Curso Elabore, Planeie, Implemente BALANCED SCORECARD PARA MANUTENÇÃO para melhorar a performance do departamento Balanced Scorecard como ferramenta de gestão estratégica Como elaborar o mapa estratégico

Leia mais

CURSO: CIÊNCIAS CONTÁBEIS EMENTAS º PERÍODO

CURSO: CIÊNCIAS CONTÁBEIS EMENTAS º PERÍODO CURSO: CIÊNCIAS CONTÁBEIS EMENTAS - 2017.1 1º PERÍODO DISCIPLINA: CONTABILIDADE INTRODUTÓRIA I Estudo dos conceitos básicos da contabilidade, execução de lançamentos contábeis e a preparação dos demonstrativos

Leia mais

Evolução do Pensamento

Evolução do Pensamento Unidade IV Evolução do Pensamento Administrativo Prof. José Benedito Regina Conteúdo da disciplina EPA Parte 1 - conceitos gerais da administração Parte 2 - evolução histórica: Abordagens administrativas

Leia mais

Planejamento Estratégico

Planejamento Estratégico Planejamento Estratégico Unidade 3: Formulação da estratégia e posicionamento 1 SEÇÃO 3.1 ESTRATÉGIAS GENÉRICAS 2 Relembrando - SWOT A análise do ambiente externo permite que a organização identifique

Leia mais

CURSO: CIÊNCIAS CONTÁBEIS EMENTAS º PERÍODO

CURSO: CIÊNCIAS CONTÁBEIS EMENTAS º PERÍODO CURSO: CIÊNCIAS CONTÁBEIS EMENTAS - 2017.2 2º PERÍODO DISCIPLINA: CONTABILIDADE INTRODUTORIA II Escrituração dos principais atos e fatos decorrentes das operações praticados pelas organizações, bem como

Leia mais

Planejamento Estratégico

Planejamento Estratégico MBA: Gestão Empresarial IESI Planejamento Estratégico Planejamento estratégico: Visão integrada Alcance de objetivos Criar valor, diferencial e identidade Pensamento estratégico Planejamento Estratégico

Leia mais

Sistemas Informatizados de Gestão de Empresas (ERP) LES Economia e Administração de Sistemas de Produção Agroindustriais

Sistemas Informatizados de Gestão de Empresas (ERP) LES Economia e Administração de Sistemas de Produção Agroindustriais Sistemas Informatizados de Gestão de Empresas (ERP) LES 0202 - Economia e Administração de Sistemas de Produção Agroindustriais Referência principal O BRIEN, J. A.; MARAKAS, G. M. Administração de sistemas

Leia mais

Desenvolvimento de Negócios. Planejamento Estratégico Legal: da concepção à operacionalização Competências necessárias para o Gestor Legal

Desenvolvimento de Negócios. Planejamento Estratégico Legal: da concepção à operacionalização Competências necessárias para o Gestor Legal Desenvolvimento de Negócios Planejamento Estratégico Legal: da concepção à operacionalização Competências necessárias para o Gestor Legal Gestão Estratégica Para quê? Por Quê? Para fazer acontecer e trazer

Leia mais

Anderson Barbosa / Eleni Gentil / Telefone: /3878

Anderson Barbosa / Eleni Gentil   / Telefone: /3878 P-34 Desenvolvimento da Liderança para a Cultura da Excelência ML - Sabesp Anderson Barbosa / Eleni Gentil E-mail: andersonab@sabesp.com.br / egentil@sabesp.com.br Telefone: 2681.3796 /3878 PERFIL ML Características

Leia mais

Avaliação dos Intangíveis: Capital Intelectual na valoração das empresas

Avaliação dos Intangíveis: Capital Intelectual na valoração das empresas Avaliação dos Intangíveis: Capital Intelectual na valoração das empresas Lidiane Delesderrier Gonçalves Setembro de 2010 AGENDA 1. BREVE INTRODUÇÃO 2. AVALIAÇÃO DE INTANGÍVEIS 3. O CASO BNDES AGENDA 1.

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA. CESPE Prof. Marcelo Camacho

ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA. CESPE Prof. Marcelo Camacho ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA CESPE Prof. Marcelo Camacho PROGRAMAÇÃO DAS AULAS TRE-PE ANALISTA JUDICIARIO AREA ADMINISTRATIVA AULA 1 1 As reformas administrativas e a redefinição do papel do Estado. 1.1 Reforma

Leia mais

Ferramenta SG IDI para o STV

Ferramenta SG IDI para o STV para o STV 31 de maio de 2012 Assunção Mesquita amesquita@citeve.pt para o STV SG IDI o que são? Sua importância no STV Estrutura da ferramenta SG IDI o que são? para o STV Estruturas empresariais alinhadas

Leia mais

ANEXO 01 (Conteúdo do EXIN Administração - Campus Mossoró) 3ª SÉRIE

ANEXO 01 (Conteúdo do EXIN Administração - Campus Mossoró) 3ª SÉRIE ANEXO 01 (Conteúdo do EXIN 2016.2 Administração - Campus Mossoró) 3ª SÉRIE DISCIPLINAS DA SÉRIE GESTÃO DA INFORMAÇÃO E TECNOLOGIA GESTÃO DE PESSOAS DIREITO EMPRESARIAL E TRABALHISTA CONTABILIDADE Os recursos

Leia mais

ARQUITETURA CORPORATIVA PARA TRANSFORMAÇÃO DA ORGANIZAÇÃO RAFAEL TARGINO

ARQUITETURA CORPORATIVA PARA TRANSFORMAÇÃO DA ORGANIZAÇÃO RAFAEL TARGINO ARQUITETURA CORPORATIVA PARA TRANSFORMAÇÃO DA ORGANIZAÇÃO RAFAEL TARGINO Webinário DAMA Brasil Junho de 2017 Rafael Targino Business Architect & Agile Coach Perguntas sobre a Arquitetura da Empresa Exemplo

Leia mais

Ambiente externo e interno. Prof. Doutora Maria José Sousa

Ambiente externo e interno. Prof. Doutora Maria José Sousa Ambiente externo e interno 1 Prof. Doutora Maria José Sousa Ambiente Externo e Interno A estratégia global de uma empresa deve ponderar a interacção entre a envolvente externa (macro-ambiente e ambiente

Leia mais

Professor: Sergio Enabe. 2o. Semestre Estratégia

Professor: Sergio Enabe. 2o. Semestre Estratégia INSTITUTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS E COMUNICAÇÃO CURSO: Administração SÉRIE: 6º/5º semestres TURNO: Diurno/ Noturno DISCIPLINA: Planejamento Operacional: RH e Finanças Professor: Sergio Enabe Estratégia 2o.

Leia mais

Etapas do processo de Administração Estratégica. DPS aula 3 Negócios

Etapas do processo de Administração Estratégica. DPS aula 3 Negócios Etapas do processo de Administração Estratégica Aula 3 Professor Douglas Pereira da Silva 1 2 As etapas envolvidas na administração estratégica Etapa 1: Análise do ambiente O processo de administração

Leia mais

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO MBA Executivo em Saúde

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO MBA Executivo em Saúde CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO MBA Executivo em Saúde Coordenação Acadêmica: Prof. Jamil Moysés Filho, Msc. Código SIGA: TMBAES*06_38 1 OBJETIVO: Ao final do Curso, o aluno será capaz

Leia mais

COMUNICADO. 1. Ambiente de Negócios 1.2 Contexto dos Pequenos Negócios no Brasil 1.3 Políticas públicas de apoio aos Pequenos Negócios

COMUNICADO. 1. Ambiente de Negócios 1.2 Contexto dos Pequenos Negócios no Brasil 1.3 Políticas públicas de apoio aos Pequenos Negócios COMUNICADO O SEBRAE NACIONAL Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas, por meio da Universidade Corporativa SEBRAE, comunica que, na prova, serão avaliados conhecimentos conforme as áreas descritas

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU. PÚBLICO-ALVO: Graduados em curso superior reconhecido pelo Conselho Nacional de Educação.

PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU. PÚBLICO-ALVO: Graduados em curso superior reconhecido pelo Conselho Nacional de Educação. INSTITUTO DE ECONOMIA, GESTÃO E NEGÓCIOS CPGE - CENTRO DE PÓS-GRADUAÇÃO E EXTENSÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Curso: MBA em Administração e Negócios Carga horária: 0 horas/aula OBJETIVOS: Especializar empreendedores

Leia mais

FACULDADE SUMARÉ PLANO DE ENSINO

FACULDADE SUMARÉ PLANO DE ENSINO 1 FACULDADE SUMARÉ PLANO DE ENSINO Curso: (curso/habilitação) Ciências Contábeis Disciplina: Carga Horária: (horas/semestre) 50 aulas Semestre Letivo / Turno: 7º Semestre Professor: Período: Ementa da

Leia mais

EMENTAS PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU MBA EM GESTÃO DE NEGÓCIOS INTERNACIONAIS E COMÉRCIO EXTERIOR

EMENTAS PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU MBA EM GESTÃO DE NEGÓCIOS INTERNACIONAIS E COMÉRCIO EXTERIOR EMENTAS PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU MBA EM GESTÃO DE NEGÓCIOS INTERNACIONAIS E COMÉRCIO EXTERIOR Disciplina: METODOLOGIA DA PESQUISA CIENTÍFICA Introdução a metodologia científica, aspectos do conhecimento

Leia mais

Disciplinas Fundamentais Curso de Especialização em Administração Industrial (CEAI)

Disciplinas Fundamentais Curso de Especialização em Administração Industrial (CEAI) Disciplinas Fundamentais - 2007 Curso de Especialização em Administração Industrial (CEAI) Administração da Produtividade Produção X Produtividade Indicadores de produtividade: globais e parciais Balanced

Leia mais

CURSO: ADMINISTRAÇÃO

CURSO: ADMINISTRAÇÃO CURSO: ADMINISTRAÇÃO EMENTAS - 2016.1 1º PERÍODO DISCIPLINA: MATEMÁTICA APLICADA A ADMINISTRAÇÃO Equações do primeiro e segundo graus com problemas. Problemas aplicando sistemas; sistemas com três incógnitas

Leia mais

ANEXO III. Disciplina Cr Ementa Início Fim

ANEXO III. Disciplina Cr Ementa Início Fim ANEXO III Quadro de Disciplinas Especiais ou Unidades de Especiais Pós-Graduação Lato Sensu - UnisulVirtual e seus Respectivos Valores Semestre 017.1 B UA No. De turma 180 181 Disciplina Cr Ementa Início

Leia mais

MBA em Gestão do Varejo

MBA em Gestão do Varejo MBA em Gestão do Varejo Ênfase em Supermercados Florianópolis Ingresso agosto de 2017 Informações: Educação Executiva ESPM-SUL incompany-rs@espm.br Fone: (51) 3218-1426 O MBA em Gestão do Varejo com Ênfase

Leia mais

Excelência em Gestão: dimensão estratégica para a eficiência operacional

Excelência em Gestão: dimensão estratégica para a eficiência operacional Excelência em Gestão: dimensão estratégica para a eficiência operacional Jairo Martins Belo Horizonte, 12.08.2014 Agenda A gestão das organizações O desafiador cenário atual Excelência da Gestão: estratégia

Leia mais

Planejamento Estratégico

Planejamento Estratégico Planejamento Estratégico Unidade 1: Estratégia empresarial 1 SEÇÃO 1.1 EVOLUÇÃO DO CONCEITO DE ESTRATÉGIA. 2 O que é uma empresa... EMPRESA 3 Uma empresa Organização formal Disponibilizar / vender bens

Leia mais

Planejamento Estratégico Porque Educação Executiva Insper Cursos de Curta e Média Duração Educação Executiva

Planejamento Estratégico Porque Educação Executiva Insper Cursos de Curta e Média Duração Educação Executiva 1 Porque Educação Executiva Insper A dinâmica do mundo corporativo exige profissionais multidisciplinares, capazes de interagir e formar conexões com diferentes áreas da empresa e entender e se adaptar

Leia mais

GESTÃO DE EXCELÊNCIA CONTEXTO SOCIAL, TECNOLÓGICO E ECONÔMICO CONTEXTO SOCIAL, TECNOLÓGICO E ECONÔMICO

GESTÃO DE EXCELÊNCIA CONTEXTO SOCIAL, TECNOLÓGICO E ECONÔMICO CONTEXTO SOCIAL, TECNOLÓGICO E ECONÔMICO VANTAGEM COMPETITIVA SUSTENTÁVEL PROF. ME. CARLOS WILLIAM DE CARVALHO UEG / UNUCSEH / ADMINISTRAÇÃO / CONSULTORIA ORGANIZACIONAL CONTEXTO SOCIAL, TECNOLÓGICO E ECONÔMICO Turbulência: o ambiente que as

Leia mais

Sumário. Nota Sobre os Autores, XV Prefácio I, XVII Prefácio II, XIX

Sumário. Nota Sobre os Autores, XV Prefácio I, XVII Prefácio II, XIX Sumário Nota Sobre os Autores, XV Prefácio I, XVII Prefácio II, XIX Parte I Cenários Contemporâneos em Marketing, 1 1 Marketing e Vantagem Competitiva, 3 Prof. André Giovanini Antas 1.1 Introdução, 4 1.2

Leia mais

1. Curso Superior de Tecnologia em Comércio Exterior:

1. Curso Superior de Tecnologia em Comércio Exterior: LISTA DE CURSOS DE TECNOLOGIA APTOS AO REGISTRO NO CRA-GO 1. Curso Superior de Tecnologia em Comércio Exterior: 1.1. Tecnologia em Exportação e Importação; 1.2. Tecnologia em Gerência de Comércio Exterior;

Leia mais

Curso de Pós-Graduação Lato-Sensu. Empreendedorismo. Coordenador Prof. Dr. Edson Coutinho da Silva. Departamento de Administração da FEI

Curso de Pós-Graduação Lato-Sensu. Empreendedorismo. Coordenador Prof. Dr. Edson Coutinho da Silva. Departamento de Administração da FEI Curso de Pós-Graduação Lato-Sensu Empreendedorismo Coordenador Prof. Dr. Edson Coutinho da Silva Departamento de Administração da FEI 1 O Curso O curso de pós-graduação lato-sensu em Empreendedorismo está

Leia mais

Os Territórios e a Economia do Conhecimento: que Respostas face aos Novos Desafios?

Os Territórios e a Economia do Conhecimento: que Respostas face aos Novos Desafios? Os Territórios e a Economia do Conhecimento: que Respostas face aos Novos Desafios? Domingos Santos CICS-UM, 3 de Novembro de 2011 Agenda 1. Novos desafios para os territórios. 2. O que nos dizem as abordagens

Leia mais

Consultoria & Assessoria Empresarial

Consultoria & Assessoria Empresarial Consultoria & Assessoria Empresarial Proposta Comercial PLANO DE NEGÓCIOS Roteiro de Fundamentos para o Desenvolvimento da SUA Empresa OU Para a Análise de Viabilidade Fazer Seu Projeto. Estrutura Financeira

Leia mais

Capítulo 9 Estratégia em Portugal

Capítulo 9 Estratégia em Portugal ESTRATÉGIA EMPRESARIAL Capítulo 9 Estratégia em Portugal João Pedro Couto ESTRATÉGIA EMPRESARIAL Pensamento Estratégico Formulação da Estratégia Análise do Meio Envolvente Missão, Objectivos e Estratégia

Leia mais

5. ANÁLISE E ESTRATÉGIA AMBIENTAL 5.1. CADEIA DE VALOR

5. ANÁLISE E ESTRATÉGIA AMBIENTAL 5.1. CADEIA DE VALOR 176 5. ANÁLISE E ESTRATÉGIA AMBIENTAL 5.1. CADEIA DE VALOR O escopo competitivo estabelecido por uma organização corresponde ao campo em que a mesma irá atuar: produtos, segmentos, grau de integração vertical

Leia mais

Administração. Ementa: Papel da oferta e demanda na determinação do preço e quantidade de mercado. Processo de produção e de custos.

Administração. Ementa: Papel da oferta e demanda na determinação do preço e quantidade de mercado. Processo de produção e de custos. Administração 1 SEMESTRE FUNDAMENTOS DA ADMINISTAÇÃO,75 H Ementa: Administração e organização. Processo administrativo e dinâmica administrativa. Subsistemas organizacionais. Enfoque contemporâneo da administração.

Leia mais

4) ESTRUTURA CURRICULAR E CARGA HORÁRIA

4) ESTRUTURA CURRICULAR E CARGA HORÁRIA GESTÃO ESTRATÉGICA DE EMPRESAS 1) OBJETIVO O objetivo do MBA é dotar os participantes de todos os instrumentos necessários para tomar as decisões fundamentais de investimento e inovação e levá-la à prática

Leia mais

Planejamento Estratégico e Pessoas. Dr. Matheus Alberto Cônsoli

Planejamento Estratégico e Pessoas. Dr. Matheus Alberto Cônsoli Planejamento Estratégico e Pessoas Dr. Matheus Alberto Cônsoli Planejamento Estratégico e Pessoas Questões Fundamentais: O que é Planejamento ou Gestão Estratégica? O que é Gestão Estratégica de Pessoas?

Leia mais

Inteligência Competitiva em Empresas em Rede Volume, Qualidade e Velocidade das informações

Inteligência Competitiva em Empresas em Rede Volume, Qualidade e Velocidade das informações Inteligência Competitiva em Empresas em Rede Volume, Qualidade e Velocidade das informações https://scholar.google.com.br/scholar?q=redes+empresariais+estruturadas&hl=pt- BR&as_sdt=0&as_vis=1&oi=scholart&sa=X&ved=0CBoQgQMwAGoVChMIos3NxZbgyAIVQh4eCh0PEw3j

Leia mais

COMUNICAÇÃO, MERCADOS E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

COMUNICAÇÃO, MERCADOS E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU COMUNICAÇÃO, MERCADOS E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO INSCRIÇÕES ABERTAS: Início das aulas: 26/03/2018 Término das aulas: Dezembro/2018 Dias e horários das aulas: Segunda-Feira - 18h30

Leia mais

ANEXO 01 (Conteúdo do EXIN Administração Graduação Executiva- Campus Mossoró) 6ª SÉRIE

ANEXO 01 (Conteúdo do EXIN Administração Graduação Executiva- Campus Mossoró) 6ª SÉRIE DISCIPLINAS DA SÉRIE DISCIPLINAS DAS SÉRIES ANTERIORES ANEXO 01 (Conteúdo do EXIN 2016.2 Administração Graduação Executiva- Campus Mossoró) 6ª SÉRIE GESTÃO ESTRATEGICA GESTÃO FINANCEIRA AVANÇADA LOGISTICA

Leia mais

MBA em GESTÃO ESTRATÉGICA DE EMPRESAS

MBA em GESTÃO ESTRATÉGICA DE EMPRESAS MBA em GESTÃO ESTRATÉGICA DE EMPRESAS 1) OBJETIVO O objetivo do MBA é dotar os participantes de todos os instrumentos necessários para tomar as decisões fundamentais de investimento e inovação e levá-

Leia mais

ALINHAMENTO ESTRATÉGICO TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

ALINHAMENTO ESTRATÉGICO TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO ALINHAMENTO ESTRATÉGICO TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Referência Tecnologia da Informação para Gestão : Transformando os negócios na Economia Digital. Bookman, sexta edição, 2010. Conhecimento em TI: O que

Leia mais

Planejamento Estratégico

Planejamento Estratégico Planejamento Estratégico SWOT Porter Roberto César 1 17:09 Análise SWOT Esta análise mostra a situação de uma empresa em um determinado momento, ela é feita de forma integrada levando em consideração os

Leia mais

RELAÇÃO DE HORÁRIOS POR TURMA. Segunda Terça Quarta Quinta Sexta FUNDAMENTOS DE MARKETING MARKETING MARKETING MARKETING

RELAÇÃO DE HORÁRIOS POR TURMA. Segunda Terça Quarta Quinta Sexta FUNDAMENTOS DE MARKETING MARKETING MARKETING MARKETING ADM11N EMPREENDEDORISMO MATEMÁTICA PARA NEGÓCIOS FUNDAMENTOS DE MARKETING CENÁRIOS ECONÔMICOS I FUNDAMENTOS DE GESTÃO EMPREENDEDORISMO MATEMÁTICA PARA NEGÓCIOS FUNDAMENTOS DE MARKETING CENÁRIOS ECONÔMICOS

Leia mais

II.2 GESTÃO AMBIENTAL Função: Estudos e Pesquisas

II.2 GESTÃO AMBIENTAL Função: Estudos e Pesquisas II.1 ADMINISTRAÇÃO JURÍDICA 1. Diferenciar nos processos administrativos: pessoa física e/ou pessoa jurídica. 2. Interpretar formas de contrato e compreender suas características. 3. Identificar as características

Leia mais

10/8/2011. Administração de Recursos Humanos TREINAMENTO: DESENVOLVIMENTO: Concluindo: T&D é o processo educacional aplicado de

10/8/2011. Administração de Recursos Humanos TREINAMENTO: DESENVOLVIMENTO: Concluindo: T&D é o processo educacional aplicado de TREINAMENTO E DESENVOLVIMENTO DE PESSOAL Administração de Recursos Humanos É o processo de desenvolver qualidades nos RHs para habilitá-los a serem mais produtivos e contribuir melhor para o alcance dos

Leia mais

EMENTÁRIO. Princípios de Conservação de Alimentos 6(4-2) I e II. MBI130 e TAL472*.

EMENTÁRIO. Princípios de Conservação de Alimentos 6(4-2) I e II. MBI130 e TAL472*. EMENTÁRIO As disciplinas ministradas pela Universidade Federal de Viçosa são identificadas por um código composto por três letras maiúsculas, referentes a cada Departamento, seguidas de um número de três

Leia mais

MBA EM GESTÃO EMPRESARIAL ITAU UNIBANCO

MBA EM GESTÃO EMPRESARIAL ITAU UNIBANCO MBA EM GESTÃO EMPRESARIAL ITAU UNIBANCO QUADRO DE DISCIPLINAS Disciplinas Economia Empresarial Finanças Corporativas Gestão Contábil Financeira Gestão de Pessoas Gestão da Qualidade e Processos Gestão

Leia mais

Capítulo 1. Estratégia de Recursos Humanos

Capítulo 1. Estratégia de Recursos Humanos Capítulo 1 Estratégia de Recursos Humanos CAPITAL HUMANO Recruitment Fulfillment Capital humano é intangível Não é possível gerenciar o capital humano da mesma forma que gerenciam trabalhos, produtos e

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR CURRÍCULO PLENO

MATRIZ CURRICULAR CURRÍCULO PLENO MATRIZ CURRICULAR Curso: Graduação: Regime: Duração: CIÊNCIAS CONTÁBEIS BACHARELADO SERIADO ANUAL - NOTURNO 4 (QUATRO) ANOS LETIVOS Integralização: A) TEMPO TOTAL - MÍNIMO = 4 (QUATRO) ANOS LETIVOS - MÁXIMO

Leia mais

Balanced Scorecard A Estratégia em Ação

Balanced Scorecard A Estratégia em Ação Balanced Scorecard A Estratégia em Ação Definições O que é o Balanced Scorecard? É uma ferramenta que permite tangibilizar as estratégias das empresas através de objetivos e indicadores, facilitando sua

Leia mais

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Missão

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Missão SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO Curso: Administração Campus: Teresópolis Missão O curso de Graduação em Administração tem como missão formar profissionais, éticos, criativos e empreendedores, com competências

Leia mais

Capítulo 1 Organização e o Processo Organizacional...1

Capítulo 1 Organização e o Processo Organizacional...1 Sumário Capítulo 1 Organização e o Processo Organizacional...1 1. O Conceito de Organização...1 2. O Conceito de Processo...2 3. O Conceito de Administração...3 4. O Processo Organizacional...3 4.1. Conceito

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO. Relatório Perfil Curricular

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO. Relatório Perfil Curricular PERÍODO: 1º CINF0012- FUNDAMENTOS DA GESTÃO DA INFORMAÇÃO OBRIG 60 0 60 4.0 CONCEITOS FUNDAMENTAIS EM GESTÃO DA INFORMAÇÃO. CINF0013- INTRODUÇÃO À ORGANIZAÇÃO DA INFORMAÇÃO OBRIG 60 0 60 4.0 FUNDAMENTOS

Leia mais