Lista de Exercícios 04 (ListEx4).

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Lista de Exercícios 04 (ListEx4)."

Transcrição

1 ITA - Instituto Tecnológico de Aeronáutica CTA - Centro Técnico Aeroespacial Lista de Exercícios 04 (ListEx4). INTRODUÇÃO Modelos de dados para as aplicações geográficas têm necessidades adicionais, tanto com relação à abstração de conceitos e entidades, quando ao tipo de entidades representáveis e seu inter-relacionamento. Foi utilizado o ERWIN 4.0, ROSE TIME e ORACLE 10g, como software básico para desenvolvimento do subsistema.

2 OBJETIVO Implementar a Terceira Forma Normal (3º FN) do seu Protótipo de Aplicativo de Banco de Dados (BD) utilizando um Modelo de Dados Objeto-Relacional no Sistema Gerenciador de Banco de Dados (SGBD) Oracle 10g Spatial e testar a sua funcionalidade, visando reduzir o desperdício de recursos nas futuras fases de integração e melhorar a eficiência operacional dos futuros Bancos de Dados Setoriais (BDS), Bancos de Dados Corporativo (BDC) e do Banco de Dados Holding (BDH). E pesquisar os Banco de Dados Hierárquico, Orientado Objeto e rede e converter a 3º FN do Protótipo para os tipos de banco de dados citados acima; MOTIVAÇÃO Apenas 2,5% da massa líquida são compostas de água doce, e menos de 0,01%, de potável, sendo que a Bacia Amazônica tem a maior oferta de água doce do mundo. Mas a oferta de água doce vem sofrendo escassez mundial, devido o desperdício, poluição e desmatamento. Com desenvolvimento de um Banco de dado, podemos controlar o desperdício de água. CONTEÚDO LOCALIZACAO loc_cod loc_tempo loc_municipio SETOR set_cod loc_cod (FK) set_tipo set_rio set_estacao set_vasup set_vasub bac_cod bac_nome bac_tamp SUB_ sub_cod sub_nome sub_vasup sub_vasub bac_cod (FK) aba_cod sub_cod (FK) set_cod (FK) loc_cod (FK) aba_geom

3 Entidade: Construção do Aplicativo e Massa de Dados CREATE TABLE ( bac_cod VARCHAR(20) NOT NULL, bac_nome VARCHAR(50) NOT NULL, bac_tam VARCHAR(20) NULL, PRIMARY KEY (bac_cod)); Inserção dos dados insert into Values('001', 'Amazona', ); insert into Values('002', 'Tocantins', ); insert into Values('003', 'São Francisco', ); insert into Values('004', 'Região Sudeste', ); Entidade: SUB_ CREATE TABLE SUB_ ( sub_cod VARCHAR(20) NOT NULL, sub_nome VARCHAR(50) NOT NULL, sub_vasup VARCHAR(20) NULL, sub_vasub VARCHAR(20) NULL, bac_cod VARCHAR(20) NULL, primary key (sub_cod) ); Inserção dos dados insert into SUB_ Values('011','RIO AMAZONAS,MADEIRA,GUAPORE', 61, 31, '001'); insert into SUB_ Values('012','RIO SOLIMOES,PURUS,COARI', 42,58,'001'); insert into SUB_ Values('013', 'RIO AMAZONAS,TAPAJOS,JURUENA',42,58,'001'); insert into SUB_ Values('014', 'RIO AMAZONAS,TAPAJOS,JURUENA', 51,49,'001');

4 Entidade: SETOR CREATE TABLE SETOR ( set_cod VARCHAR(20) NOT NULL, set_tipo VARCHAR(50) NOT NULL, set_estacao VARCHAR(50) NOT NULL, set_rio VARCHAR(50) NOT NULL, set_vasup VARCHAR(20) NOT NULL, set_vasub VARCHAR(20) NOT NULL, loc_cod VARCHAR(20) NOT NULL, primary key (set_cod), FOREIGN KEY (loc_cod) ); Inserção dos dados insert into SETOR values ( '000001','Doméstico','Ipiranga Novo','Rio Guaporé', 21,25,'000011'); insert into SETOR values ('000002','Industrial','Cristo','Rio Mucuim', 18, 37, '000012'); insert into SETOR values ('000003', 'Agricola','Jaru','Rio Jarú', 61,38, '000013'); insert into SETOR values ('000004', 'Doméstico','Boca do Inferno','Rio Curua', 20,25, '000013'); Entidade: LOCALIZACAO CREATE TABLE LOCALIZACAO ( loc_cod VARCHAR() NOT NULL, loc_tempo VARCHAR() NOT NULL, loc_municipio VARCHAR() NOT NULL ); Inserção dos dados insert into LOCALIZACAO values( , 'janeiro','vila Bela da St. Trindade'); insert into LOCALIZACAO values(000012, 'feveiro', 'Labrea'); insert into LOCALIZACAO values(000013, 'julho','jarú '); insert into LOCALIZACAO values(000014, 'dezembro', 'Alenquer');

5 Entidade: CREATE TABLE ( area_cod VARCHAR(20) NOT NULL, area_geom MDSYS.SDO_GEOMETRY, sub_cod VARCHAR(20) NOT NULL, set_cod VARCHAR(20) NOT NULL, loc_cod VARCHAR(20) NOT NULL, PRIMARY KEY (area_cod) ); Inserção de Metadado para Georeferenciamento INSERT INTO USER_SDO_GEOM_METADATA (TABLE_NAME, COLUMN_NAME, DIMINFO, SRID) VALUES ('', 'ABA_GEOM', MDSYS.SDO_DIM_ARRAY(MDSYS.SDO_DIM_ELEMENT('LONG', , , 5.0E-8), MDSYS.SDO_DIM_ELEMENT('LAT', , , 5.0E-8)), NULL); Criação de ponto para Georeferenciamento CREATE INDEX LOCALIZADOR_SDX ON (ABA_GEOM) INDEXTYPE IS MDSYS.SPATIAL_INDEX PARAMETERS ('SDO_INDX_DIMS=2 LAYER_GTYPE="POINT"'); Inserção dos dados insert into values ('000001', MDSYS.SDO_GEOMETRY( 2001, NULL, NULL, SDO_ELEM_INFO_ARRAY (1,1,1), SDO_ORDINATE_ARRAY (-15.0, -59.5)), '011', '000001', '000011'); insert into values ('000002', MDSYS.SDO_GEOMETRY( 2001, NULL, NULL,SDO_ELEM_INFO_ARRAY (1,1,1), SDO_ORDINATE_ARRAY (-7.2, )), '012', '000002', '000012'); insert into values ('000003', MDSYS.SDO_GEOMETRY( 2001, NULL, NULL, SDO_ELEM_INFO_ARRAY (1,1,1), SDO_ORDINATE_ARRAY (-10.2, -62.2)), '013', '000003', '000013'); insert into values ('000004', MDSYS.SDO_GEOMETRY( 2001, NULL, NULL, SDO_ELEM_INFO_ARRAY (1,1,1), SDO_ORDINATE_ARRAY (-1.30, -54.5)), '014', '000004', '000014');

6 CONSULTAS SQL LEGENDA Atributo de Interseção entre as Tabelas. Resultado do 1º Filtro (Where). Resultado do 2º Filtro (Where). Resultado do 3º Filtro (Where) Resultado final da consulta (Select). 1- Quais são as Sub-Bacias e seus volumes de água superficial e subterrâneo, onde o volume de superficial é maior que 50? select sub_nome, sub_vasup, sub_vasub from sub_bacia where sub_vasup>50; 2 Quais os setores, os valor do consumo de água e qual a localização e o mês, onde rio é igual a Rio Guaporé? select SETOR.set_tipo, SETOR.set_vasup, SETOR.set_vasub, LOCALIZACAO.loc_municipio, LOCALIZACAO.loc_tempo from SETOR INNER JOIN LOCALIZACAO on (LOCALIZACAO.loc_cod = SETOR.loc_cod) where SETOR.set_rio = 'Rio Guaporé' ou select SETOR.set_tipo, SETOR.set_vasup, SETOR.set_vasub,

7 LOCALIZACAO.loc_municipio, LOCALIZACAO.loc_tempo from SETOR, INNER JOIN where (SETOR.set_rio = 'Rio Guaporé' and LOCALIZACAO.loc_cod = SETOR.loc_cod) 3 Qual é o nome da Bacia, Sub_Bacia e do rio que abastecem os setores? select. bac_nome, SUB_.sub_nome, SETOR.set_rio FROM SETOR,, SUB_, WHERE.bac_cod = SUB_.bac_cod and.sub_cod = SUB_.sub_cod and.set_cod = SETOR.set_cod ;

8 4- Lista os nomes das sub_bacias e suas referências geográfica, onde sub_bacia seja diferente que RIO AMAZONAS,TAPAJOS,JURUENA. Select abastecimento.aba_geom, sub_bacia.sub_nome from abastecimento, sub_bacia Where ((abastecimento.sub_cod = sub_bacia.sub_cod) and (sub_bacia.sub_nome <> 'RIO AMAZONAS,TAPAJOS,JURUENA') );

9 TIPOS DE BANCO DE DADOS Banco de Dados do tipo Hierárquico surgiu na década de 60, organizando os dados à semelhança de uma árvore, onde um arquivo-pai gerava vários filhos, mantendo uma dependência entre eles. Possuem caminhos bem definidos e predeterminados, sendo utilizados na solução de problemas que demandem um número limitado de respostas, cujas naturezas podem ser especificadas antecipadamente. Aplicações típicas: processar reservas aéreas ou processamento de dados bancários. aba_cod aba_geom sub_cod loc_cod sub_cod SETOR set_cod loc_cod set_tipo set_estacao set_rio set_vasup set_vasub SUB_ Sub_cod Bac_nome Sub_nome Sub_vasup Sub_vasub LOCALIZACAO loc_cod loc_tempo loc_municipio bac_cod bac_nome bac_vasub Banco de Dados do tipo Rede surgiu nos anos 60, sendo utilizado também durante a década de 70. Ele mostra-se mais apropriado para situações em que vários dados podem estar associados a diversos outros, sendo mais flexíveis do que os modelos hierárquicos. Porém, existem limitações de ordem prática quanto ao número de relacionamentos que podem ser estabelecidos entre os registros.

10 Aplicações típicas: transações efetuadas entre diversas contas em um sistema bancário. LOCALIZACAO SETOR SUB_ Banco de Dados do tipo Relacional surgiu nos anos 70 e evoluiu durante os anos 80. São os mais utilizados atualmente, existindo diversas marcas comerciais como DB II, Oracle, SQL Server, Informix, MySQL, entre outros. LOCALIZACAO loc_cod loc_tempo loc_municipio SETOR set_cod loc_cod (FK) set_tipo set_rio set_estacao set_vasup set_vasub bac_cod bac_nome bac_tamp SUB_ sub_cod sub_nome sub_vasup sub_vasub bac_cod (FK) aba_cod sub_cod (FK) set_cod (FK) loc_cod (FK) aba_geom Banco de Dados do tipo Orientados Objeto começaram a ser desenvolvidos para atender a uma necessidade relacionada ao armazenamento de tipos de dados cada vez mais complexos, de difícil representação no modelo relacional. Possui três pilares principais: herança, polimorfismo e encapsulamento.este modelo apresenta maior flexibilidade na manipulação de seu conteúdo e por meio de identificadores de objetos manipula os dados de forma consistente.

11 bac_cod : VARCHAR(20) bac_nome : VARCHAR(50) bac_tam : VARCHAR(20) insert() update() delete() <no rolename> ( ABASTECIMENT... <no rolename> ( SUB ) 0/ 1:N SUB sub_cod : VARCHAR(20) sub_nome : VARCHAR(50) sub_vasup : VARCHAR(20) sub_vasub : VARCHAR(20) bac_cod : VARCHAR(20) insert() update() delete() <no rolename> ( ) <no rolename> ( ) LOCALIZACAO loc_cod : VARCHAR(20) loc_tempo : VARCHAR(20) loc_municipio : VARCHAR(50) insert() update() delete() <no rolename> ( SETOR ) 1:N SETOR set_cod : VARCHAR(20) set_tipo : VARCHAR(50) set_estacao : VARCHAR(50) set_rio : VARCHAR(50) set_vasup : VARCHAR(20) set_vasub : VARCHAR(20) loc_cod : VARCHAR(20) 1:N 1:N aba_cod : VARCHAR(20) set_cod : VARCHAR(20) loc_cod : VARCHAR(20) sub_cod : VARCHAR(20) aba_geom : MDSYS.SDO_GEO... insert() update() delete() insert() update() delete() <no rolename> ( ) Sistema de Dicionário de Dados Dicionário de Dados descrição de atributos, entidades, relacionamentos e objetos associados, ou Banco de Dado da função administração dos recursos de Informação: Nome Conteúdo Estrutura Integridade Segurança LOCALIZACAO Tabela contendo os municípios e os meses Composto por 3 atributos Leitura, Inclusão e Alteração(Colaboradores ), Exclusão (Administrador) loc_cod varchar(20) Primary Key da LOCALIZACAO loc_municipio Nome do município varchar(50) loc_tempo mês varchar(50) not_null SETOR set _cod loc_cod set_estacao set_rio Tabela contendo os tipos de setores que consomem água, valores em porcentagem de consumo de água do SETOR da LOCALIZACAO Descrição da estação de controle de consumo à água. Identificação do rio que abastece o setor Composto por 7 atributos varchar(20) Primary Key varchar(20) Foreing Key varchar(50) varchar(50) Leitura, Inclusão e Alteração(Colaboradores ), Exclusão (Administrador)

12 set_vasup set_vasup set_setor aba_cod set_cod loc_cod sub_cod aba_geom SUB_ sub _cod bac_cod sub_nome sub_vasup sub_vasup Quantidade em porcentagem do consumo de água superficial Quantidade em porcentagem do consumo de água subterrânea Descrição do tipo de setor que consomem água. Tabela contendo informação georreferenciada. da do SETOR da LOCALIZACAO da SUB_ Atributo Georrefernciado Tabela contendo as descrição das sub bacias Hidrográficas, que abastecem os setores. da SUB_ da Descrição da SUB HIDROGRÁFICA. Quantidade em porcentagem de água superficial Quantidade em porcentagem de água subterrânea Tabela contendo as descrição das S Hidrográficas varchar(50) varchar(50) varchar(50) Composto por 5 atributos varchar(20) Primary Key varchar(20) Foreing Key varchar(20) Foreing Key varchar(20) Foreing Key MDSYS.SD O_GEOME TRY Composto por 5 atributos Leitura, Inclusão e Alteração(Colaboradores ), Exclusão (Administrador) Not null varchar(20) Primary Key varchar(20) Foreing Key varchar(50) varchar(20) varchar(20) Composto por 3 atributos Leitura, Inclusão e Alteração(Colaboradores ), Exclusão (Administrador) Leitura, Inclusão e Alteração(Colaboradores ), Exclusão (Administrador)

13 bac_cod varchar(20) Foreing Key da bac_nome Descrição da varchar(50) HIDROGRÁFICA. bac_tam Tamanho de área varchar(20) Diretório de dados descrição de processos associados às Entidades: Entidade Atributo Relacionamento Entidade-Relacionamento LOCALIZACAO (PK) loc_cod (FK) loc_cod SETOR SETOR (PK) set_cod (FK) set_cod LOCALIZACAO AND (PK) aba_cod (FK) aba_cod SETOR AND SUB_ SUB_ (PK) sub_cod (FK) sub_cod AND (PK) aba_cod (FK) aba_cod SUB_ Diretório de Recursos de Dados, descrição física das entidades e de seus ambientes associados. O Protótipo de Aplicativo de Banco de Dados, será desenvolvido utilizando um Computador PC Atlon XP 2600 MHz, com 1 Gbytes de memória RAM e com capacidade de 80 Gbytes de armazenamento em disco. A implementação será realizada usando o Banco de Dado Oracle 10g como SGBD, Dicionário de Matados, descrição conceitual das entidades num nível alto de abstração. LOCALIZACAO loc_cod loc_tempo loc_municipio SETOR set_cod loc_cod (FK) set_tipo set_rio set_estacao set_vasup set_vasub bac_cod bac_nome bac_tamp SUB_ sub_cod sub_nome sub_vasup sub_vasub bac_cod (FK) aba_cod sub_cod (FK) set_cod (FK) loc_cod (FK) aba_geom

14 CONCLUSÃO A Constrição de uma modelagem de dado feita de modo ocorreto, facilita muito o desenvolvimento do Banco de Dados. Navegar no site da Oracle. RECOMENDAÇÃO

Versão 2.0. 1º. Semestre de 2006 Marcelo Nogueira São José dos Campos - SP

Versão 2.0. 1º. Semestre de 2006 Marcelo Nogueira São José dos Campos - SP Versão 2.0 1. Introdução 1.1 Título ITA Instituto Tecnológico de Aeronáutica Implementação de um BD Modelo de Dados Relacional e sua Conversão para os Modelos de Dados Hierárquico, Rede e Orientado a Objetos.

Leia mais

Banco de Dados. Maurício Edgar Stivanello

Banco de Dados. Maurício Edgar Stivanello Banco de Dados Maurício Edgar Stivanello Agenda Conceitos Básicos SGBD Projeto de Banco de Dados SQL Ferramentas Exemplo Dado e Informação Dado Fato do mundo real que está registrado e possui um significado

Leia mais

Gerenciamento de um Sistema de

Gerenciamento de um Sistema de SBD Gerenciamento de um Sistema de Banco de Dados Prof. Michel Nobre Muza ua michel.muza@ifsc.edu.br Prof. Marcos Antonio Viana Nascimento Por que é importante: Motivação Participar na organização e no

Leia mais

Introdução à Banco de Dados. Nathalia Sautchuk Patrício

Introdução à Banco de Dados. Nathalia Sautchuk Patrício Introdução à Banco de Dados Nathalia Sautchuk Patrício Histórico Início da computação: dados guardados em arquivos de texto Problemas nesse modelo: redundância não-controlada de dados aplicações devem

Leia mais

INSTITUTO TECNOLÓGICO DE AERONÁUTICA CE-240 PROJETO DE SISTEMAS DE BANCO DE DADOS. Prof. Dr. Adilson Marques da Cunha. Lista de Exercícios 4

INSTITUTO TECNOLÓGICO DE AERONÁUTICA CE-240 PROJETO DE SISTEMAS DE BANCO DE DADOS. Prof. Dr. Adilson Marques da Cunha. Lista de Exercícios 4 INSTITUTO TECNOLÓGICO DE AERONÁUTICA CE-240 PROJETO DE SISTEMAS DE BANCO DE DADOS Prof. Dr. Adilson Marques da Cunha Lista de Exercícios 4 Implementação de um Banco de Dados Relacional e sua conversão

Leia mais

Introdução ao SQL. Aécio Costa

Introdução ao SQL. Aécio Costa Aécio Costa A linguagem SQL é um padrão de linguagem de consulta comercial e possui as seguintes partes: Linguagem de definição de dados (DDL) Linguagem interativa de manipulação de dados (DML) Definição

Leia mais

Introdução à Engenharia da Computação. Banco de Dados Professor Machado

Introdução à Engenharia da Computação. Banco de Dados Professor Machado Introdução à Engenharia da Computação Banco de Dados Professor Machado 1 Sistemas isolados Produção Vendas Compras Banco de Dados Produtos... Banco de Dados Produtos... Banco de Dados Produtos... Desvantagens:

Leia mais

Aula 02 Modelagem de Dados. Banco de Dados. Aula 02 Modelagem de Dados. Superior /2011 Redes Computadores - Disciplina: Banco de Dados -

Aula 02 Modelagem de Dados. Banco de Dados. Aula 02 Modelagem de Dados. Superior /2011 Redes Computadores - Disciplina: Banco de Dados - Banco de Dados Aula 02 Modelagem de Dados Roteiro Definição Evolução Projeto de BD Abstração Esquema e Instância Definição É uma representação, normalmente gráfica, de estruturas de dados reais. Auxilia

Leia mais

Structured Query Language (SQL) Ambiente Simplificado de um SGBD

Structured Query Language (SQL) Ambiente Simplificado de um SGBD Structured Query Language (SQL) Ambiente Simplificado de um SGBD 2 1 Características dos SGBDs Natureza auto-contida de um sistema de banco de dados: metadados armazenados num catálogo ou dicionário de

Leia mais

Prof.: Clayton Maciel Costa clayton.maciel@ifrn.edu.br

Prof.: Clayton Maciel Costa clayton.maciel@ifrn.edu.br Programação com acesso a BD Prof.: Clayton Maciel Costa clayton.maciel@ifrn.edu.br 1 Modelos de Dados, Esquemas e Instâncias 2 Modelos de Dados, Esquemas e Instâncias Modelo de dados: Conjunto de conceitos

Leia mais

PHP INTEGRAÇÃO COM MYSQL PARTE 1

PHP INTEGRAÇÃO COM MYSQL PARTE 1 INTRODUÇÃO PHP INTEGRAÇÃO COM MYSQL PARTE 1 Leonardo Pereira leonardo@estudandoti.com.br Facebook: leongamerti http://www.estudandoti.com.br Informações que precisam ser manipuladas com mais segurança

Leia mais

AULA 2 INTERAÇÃO COM O BANCO DE DADOS

AULA 2 INTERAÇÃO COM O BANCO DE DADOS AULA 2 INTERAÇÃO COM O BANCO DE DADOS BANCO DE DADOS POSTGRESQL O PostgreSQL é um sistema gerenciador de banco de dados dos mais robustos e avançados do mundo. Seu código é aberto e é totalmente gratuito,

Leia mais

AULA 2 INTERAÇÃO COM O BANCO DE DADOS

AULA 2 INTERAÇÃO COM O BANCO DE DADOS AULA 2 INTERAÇÃO COM O BANCO DE DADOS BANCO DE DADOS POSTGRESQL O PostgreSQL é um sistema gerenciador de banco de dados dos mais robustos e avançados do mundo. Seu código é aberto e é totalmente gratuito,

Leia mais

Introdução à linguagem SQL

Introdução à linguagem SQL Introdução à linguagem SQL 1 Histórico A linguagem de consulta estruturada (SQL - Structured Query Language) foi desenvolvida pela empresa IBM, no final dos anos 70. O primeiro banco de dados comercial

Leia mais

SQL Linguagem de Definição de Dados. Banco de Dados Profa. Dra. Cristina Dutra de Aguiar Ciferri

SQL Linguagem de Definição de Dados. Banco de Dados Profa. Dra. Cristina Dutra de Aguiar Ciferri SQL Linguagem de Definição de Dados Banco de Dados SQL Structured Query Language Uma das mais importantes linguagens relacionais (se não a mais importante) Exemplos de SGBD que utilizam SQL Oracle Informix

Leia mais

SQL (Structured Query Language)

SQL (Structured Query Language) SQL (Structured Query Language) Linguagem comercial para BD relacional padrão ISO desde a década de 80 SQL (86); SQL-2 (92); SQL-3 (99) e SQL:2003 não é apenas uma linguagem de consulta! como o nome sugere...

Leia mais

Banco de Dados. Prof. Dr. Rogério Galante Negri

Banco de Dados. Prof. Dr. Rogério Galante Negri Banco de Dados Prof Dr Rogério Galante Negri Tradicionalmente O armazenamento dos dados utilizava arquivos individuais, sem nenhum relacionamento Cada programa utilizava seu próprio sistema de arquivo

Leia mais

SQL (Structured Query Language)

SQL (Structured Query Language) SQL (Structured Query Language) Linguagem comercial para BD relacional padrão ISO desde a década de 80 SQL- (86); SQL- (9); SQL- (99) não é apenas uma linguagem de consulta! como o nome sugere... Base

Leia mais

SQL (Structured Query Language)

SQL (Structured Query Language) SQL (Structured Query Language) Linguagem comercial para BD relacional padrão ISO desde a década de 80 SQL-1 (86); SQL- (9); SQL- (99) não é apenas uma linguagem de consulta! como o nome sugere... Base

Leia mais

BANCO DE DADOS CONCEITOS BÁSICOS

BANCO DE DADOS CONCEITOS BÁSICOS Universidade Federal da Paraíba UFPB Centro de Energias Alternativas e Renováveis - CEAR Departamento de Eng. Elétrica DEE BANCO DE DADOS CONCEITOS BÁSICOS Isaac Maia Pessoa Introdução O que é um BD? Operações

Leia mais

Faculdade Pitágoras 16/08/2011. Curso Superior de Tecnologia: Banco de Dados Sistemas para Internet

Faculdade Pitágoras 16/08/2011. Curso Superior de Tecnologia: Banco de Dados Sistemas para Internet Faculdade Pitágoras Curso Superior de Tecnologia: Banco de Dados Sistemas para Internet Disciplina: Banco de Dados Prof.: Fernando Hadad Zaidan SQL A linguagem SQL é responsável por garantir um bom nível

Leia mais

Faculdade Pitágoras. Curso Superior de Tecnologia: Banco de Dados. Disciplina: Banco de Dados Prof.: Fernando Hadad Zaidan SQL

Faculdade Pitágoras. Curso Superior de Tecnologia: Banco de Dados. Disciplina: Banco de Dados Prof.: Fernando Hadad Zaidan SQL Faculdade Pitágoras Curso Superior de Tecnologia: Banco de Dados Disciplina: Banco de Dados Prof.: Fernando Hadad Zaidan SQL A linguagem SQL é responsável por garantir um bom nível de independência do

Leia mais

TECNOLOGIA EM SISTEMAS PARA INTERNET PROJETO DE BANCO DE DADOS

TECNOLOGIA EM SISTEMAS PARA INTERNET PROJETO DE BANCO DE DADOS Exemplos de Scripts SQL (PostgreSQL) Pizzaria 1 2 Criação de BANCO DE DADOS CREATE DATABASE nome_do_banco; CREATE DATABASE pizzaria; Criação de TABELAS SOMENTE COM CHAVE PRIMÁRIA CREATE TABLE nome_da_tabela

Leia mais

Disciplina de Banco de Dados Parte V

Disciplina de Banco de Dados Parte V Disciplina de Banco de Dados Parte V Prof. Elisa Maria Pivetta CAFW - UFSM Modelo de Dado Relacional O Modelo Relacional O Modelo ER é independente do SGDB portanto, deve ser o primeiro modelo gerado após

Leia mais

SQL Linguagem de Definição de Dados. Laboratório de Bases de Dados Profa. Dra. Cristina Dutra de Aguiar Ciferri

SQL Linguagem de Definição de Dados. Laboratório de Bases de Dados Profa. Dra. Cristina Dutra de Aguiar Ciferri SQL Linguagem de Definição de Dados SQL Structured Query Language Uma das mais importantes linguagens relacionais (se não a mais importante) Exemplos de SGBD que utilizam SQL Oracle Informix Ingress SQL

Leia mais

RELATÓRIO DA LISTEX N.º 5. Integração dos Aplicativos de Banco de Dados MEC, JRN e IDN no Banco de Dados Setorial MNCH e sua Implementação.

RELATÓRIO DA LISTEX N.º 5. Integração dos Aplicativos de Banco de Dados MEC, JRN e IDN no Banco de Dados Setorial MNCH e sua Implementação. ITA - Instituto Tecnológico de Aeronáutica Divisão de Ciência da Computação CE-240 - Curso de Projeto de Sistemas de Bancos de Dados Prof. Dr. Adílson Marques da Cunha RELATÓRIO DA LISTEX N.º 5 Integração

Leia mais

Banco de Dados com PHP

Banco de Dados com PHP Linguagem de Programação III Banco de Dados com PHP Conceitos de Banco de Dados - é uma coleção de dados interrelacionados, representando informações sobre um domínio específico - sempre que for possível

Leia mais

Versão 1.0. 1º. Semestre de 2006 Marcelo Nogueira São José dos Campos - SP

Versão 1.0. 1º. Semestre de 2006 Marcelo Nogueira São José dos Campos - SP Versão 1.0 1. Introdução 1.1 Título ITA Instituto Tecnológico de Aeronáutica Integração de Bancos de Dados Setoriais (BDS) num Banco de Dados Corporativo (BDC), sua Implementação e Implantação. 1.2 Motivação

Leia mais

Fundamentos do Sistema Gerenciador de Banco de Dados

Fundamentos do Sistema Gerenciador de Banco de Dados Fundamentos do Sistema Gerenciador de Banco de Dados Cláudio Luís V. Oliveira Janeiro de 2010 Definição "Um sistema cujo objetivo principal é gerenciar o acesso, a correta manutenção e a integridade dos

Leia mais

Modelo de Dados. Modelos Conceituais

Modelo de Dados. Modelos Conceituais Modelo de Dados Modelo para organização dos dados de um BD define um conjunto de conceitos para a representação de dados exemplos: entidade, tabela, atributo,... existem modelos para diferentes níveis

Leia mais

Banco de Dados II. Introdução Revisão - normalização -modelagem - sql básico

Banco de Dados II. Introdução Revisão - normalização -modelagem - sql básico Banco de Dados II Introdução Revisão - normalização -modelagem - sql básico Prof. Rodrigo Rocha prof.rodrigorocha@yahoo.com http://www.bolinhabolinha.com Apresentação Prof. Rodrigo Rocha prof.rodrigorocha@yahoo.com

Leia mais

2008.1 SQL. Autor: Renata Viegas

2008.1 SQL. Autor: Renata Viegas SQL Autor: Renata Viegas A linguagem SQL SQL - Structured Query Language. Foi definida nos laboratórios de pesquisa da IBM em San Jose, California, em 1974. Teve seus fundamentos no modelo relacional Sua

Leia mais

SQL (STRUCTUREDQUERY LANGUAGE)

SQL (STRUCTUREDQUERY LANGUAGE) BANCO DE DADOS Universidade do Estado de Santa Catarina Centro de Ciências Tecnológicas Departamento de Ciência da Computação Prof. Alexandre Veloso de Matos alexandre.matos@udesc.br SQL (STRUCTUREDQUERY

Leia mais

BANCO DE DADOS. info 3º ano. Prof. Diemesleno Souza Carvalho diemesleno@iftm.edu.br www.diemesleno.com.br

BANCO DE DADOS. info 3º ano. Prof. Diemesleno Souza Carvalho diemesleno@iftm.edu.br www.diemesleno.com.br BANCO DE DADOS info 3º ano Prof. Diemesleno Souza Carvalho diemesleno@iftm.edu.br www.diemesleno.com.br Na última aula estudamos Unidade 4 - Projeto Lógico Normalização; Dicionário de Dados. Arquitetura

Leia mais

AULA 8 CRIANDO UMA CLASSE EM PHP INTERAGINDO COM BANCO DE DADOS - COM RELACIONAMENTO ENTRE TABELAS

AULA 8 CRIANDO UMA CLASSE EM PHP INTERAGINDO COM BANCO DE DADOS - COM RELACIONAMENTO ENTRE TABELAS AULA 8 CRIANDO UMA CLASSE EM PHP INTERAGINDO COM BANCO DE DADOS - COM RELACIONAMENTO ENTRE TABELAS Na grande maioria dos sistemas, faz-se necessário utilizar informações que estão armazenadas em uma determinada

Leia mais

Banco de Dados Avançados Banco de Dados Ativo

Banco de Dados Avançados Banco de Dados Ativo Universidade Federal de Pernambuco Centro de Informática Banco de Dados Avançados Banco de Dados Ativo Equipe: Felipe Cavalcante Fernando Kakimoto Marcos Corrêa Sumário 1. Mini-Mundo... 3 1.1 Entidades...

Leia mais

SQL (STRUCTUREDQUERY LANGUAGE)

SQL (STRUCTUREDQUERY LANGUAGE) BANCO DE DADOS Universidade do Estado de Santa Catarina Centro de Ciências Tecnológicas Departamento de Ciência da Computação Prof. Alexandre Veloso de Matos alexandre.matos@udesc.br SQL (STRUCTUREDQUERY

Leia mais

O que são Bancos de Dados?

O que são Bancos de Dados? SQL Básico Liojes de Oliveira Carneiro professor.liojes@gmail.com www.professor-liojes.blogspot.com O que são Bancos de Dados? É o software que armazena, organiza, controla, trata e distribui os dados

Leia mais

Versão 1.0. 1º. Semestre de 2006 Marcelo Nogueira São José dos Campos SP

Versão 1.0. 1º. Semestre de 2006 Marcelo Nogueira São José dos Campos SP Versão 1.0 I - Introdução 1.1 Motivação Aproveitar o ambiente acadêmico para praticarmos a integração de aplicativos de banco de dados, simulando o que é feito no mercado de trabalho. 1.2 Contexto Em janeiro

Leia mais

Universidade Federal de Santa Maria Curso de Arquivologia. Disciplina de Banco de Dados Aplicados à Arquivística. Versao 1.

Universidade Federal de Santa Maria Curso de Arquivologia. Disciplina de Banco de Dados Aplicados à Arquivística. Versao 1. Universidade Federal de Santa Maria Curso de Arquivologia Disciplina de Banco de Dados Aplicados à Arquivística Prof. Andre Zanki Cordenonsi Versao 1.0 Março de 2008 Tópicos Abordados Conceitos sobre Banco

Leia mais

TRANSAÇÕES. Considerando que estes comandos fazem parte de uma TRANSAÇÃO (veremos como indicar isso):

TRANSAÇÕES. Considerando que estes comandos fazem parte de uma TRANSAÇÃO (veremos como indicar isso): TRANSAÇÕES 1. Introdução Transação Uma transação é uma unidade lógica de trabalho (processamento), formada por um conjunto de comando SQL, que tem por objetivo preservar a integridade e a consistência

Leia mais

Núcleo de Pós Graduação Pitágoras

Núcleo de Pós Graduação Pitágoras Núcleo de Pós Graduação Pitágoras Professor: Fernando Zaidan Disciplina: Modelagem e Projeto de Banco de Dados Especialização em Tecnologia da Informação - Ênfases Março- 2009 1 Modelo Físico Introdução

Leia mais

Curso PHP Aula 08. Bruno Falcão brunogfalcao@gmail.com

Curso PHP Aula 08. Bruno Falcão brunogfalcao@gmail.com + Curso PHP Aula 08 Bruno Falcão brunogfalcao@gmail.com + Roteiro Conectividade com BD SQL + SQL Structured Query Language. Padrão para interagir com banco de dados relacionais. + Banco de dados Um banco

Leia mais

CICLO DE VIDA DE UM BD

CICLO DE VIDA DE UM BD BANCO DE DADOS Universidade do Estado de Santa Catarina Centro de Ciências Tecnológicas Departamento de Ciência da Computação Prof. Alexandre Veloso de Matos alexandre.matos@udesc.br CICLO DE VIDA DE UM

Leia mais

Conceitos básicos. Aplicações de banco de dados. Conceitos básicos (cont.) Dado: Um fato, alguma coisa sobre a qual uma inferência é baseada.

Conceitos básicos. Aplicações de banco de dados. Conceitos básicos (cont.) Dado: Um fato, alguma coisa sobre a qual uma inferência é baseada. Conceitos básicos Angélica Toffano Seidel Calazans E-mail: angelica_toffano@yahoo.com.br Conceitos introdutórios de Modelagem de dados Dado: Um fato, alguma coisa sobre a qual uma inferência é baseada.

Leia mais

Auditoria de sistemas Deixe que seu banco de dados faça o trabalho por você

Auditoria de sistemas Deixe que seu banco de dados faça o trabalho por você Auditoria de sistemas Deixe que seu banco de dados faça o trabalho por você por Cristóferson Guimarães Magalhães Bueno e Odilon Corrêa da Silva 1 O objetivo deste artigo é demonstrar como criar um sistema

Leia mais

AULA 6 INTEGRIDADOS DOS DADOS - CRIANDO RESTRIÇÕES

AULA 6 INTEGRIDADOS DOS DADOS - CRIANDO RESTRIÇÕES BANCO DE DADOS GERENCIAL 1 AULA 6 INTEGRIDADOS DOS DADOS - CRIANDO RESTRIÇÕES Integridade de domínio A integridade de domínio é a validade de entradas para uma coluna específica. É possível aplicar a integridade

Leia mais

Exercícios de Lógica Exercícios de Fixação 08

Exercícios de Lógica Exercícios de Fixação 08 Exercícios Exercícios de Lógica Exercícios de Fixação 08 1. A linguagem SQL apresenta uma série de comandos que permitem a definição dos dados, chamada de DDL (Data Definition Language). Assinale a alternativa

Leia mais

SQL. Definição do Esquema da Base de Dados. Cristina C. Vieira Departamento de Engenharia Eletrónica e Informática

SQL. Definição do Esquema da Base de Dados. Cristina C. Vieira Departamento de Engenharia Eletrónica e Informática SQL Definição do Esquema da Base de Dados Cristina C. Vieira Departamento de Engenharia Eletrónica e Informática SQL - Esquema da base de dados Definição das tabelas Definição das chaves primárias Definição

Leia mais

Programação WEB II. PHP e Banco de Dados. progweb2@thiagomiranda.net. Thiago Miranda dos Santos Souza

Programação WEB II. PHP e Banco de Dados. progweb2@thiagomiranda.net. Thiago Miranda dos Santos Souza PHP e Banco de Dados progweb2@thiagomiranda.net Conteúdos Os materiais de aula, apostilas e outras informações estarão disponíveis em: www.thiagomiranda.net PHP e Banco de Dados É praticamente impossível

Leia mais

2008.1. A linguagem SQL

2008.1. A linguagem SQL SQL 2008.1 A linguagem SQL SQL - Structured Query Language. Foi definida nos laboratórios de pesquisa da IBM em San Jose, California, em 1974. Teve seus fundamentos no modelo relacional Sua primeira versão

Leia mais

Sistemas Gerenciadores de Bancos de Dados

Sistemas Gerenciadores de Bancos de Dados Sistemas Gerenciadores de Bancos de Dados Orivaldo V. Santana Jr A partir de slides elaborados por Ivan G. Costa Filho Fernando Fonseca & Robson Fidalgo 1 Sistemas de Arquivos Sistemas de arquivos Principal

Leia mais

UNIVERSIDADE VEIGA DE ALMEIDA CURSO DE BACHARELADO EM CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM PROCESSAMENTO DE DADOS BANCO DE DADOS

UNIVERSIDADE VEIGA DE ALMEIDA CURSO DE BACHARELADO EM CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM PROCESSAMENTO DE DADOS BANCO DE DADOS CURSO DE BACHARELADO EM CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM PROCESSAMENTO DE DADOS CLAUDIO RIBEIRO DA SILVA MARÇO 1997 2 1 - CONCEITOS GERAIS DE 1.1 - Conceitos Banco de Dados - Representa

Leia mais

SQL Structured Query Language

SQL Structured Query Language Janai Maciel SQL Structured Query Language (Banco de Dados) Conceitos de Linguagens de Programação 2013.2 Structured Query Language ( Linguagem de Consulta Estruturada ) Conceito: É a linguagem de pesquisa

Leia mais

Introdução a Sistemas de Bancos de Dados

Introdução a Sistemas de Bancos de Dados Introdução a Sistemas de Bancos de Dados Prof. UFES - Universidade Federal do Espírito Santo rapchan@inf.ufes.br http://www.inf.ufes.br/~rapchan Roteiro da Apresentação Introdução Características de um

Leia mais

P L A N I F I C A Ç Ã O A N U A L

P L A N I F I C A Ç Ã O A N U A L P L A N I F I C A Ç Ã O A N U A L DEPARTAMENTO: MATEMÁTICA E CIÊNCIAS EXPERIMENTAIS ÁREA DISCIPLINAR: 550 - INFORMÁTICA DISCIPLINA: PSI CURSO: Profissional DE: Téc. de Gestão e Programação de Sist. Informáticos

Leia mais

SISTEMAS DE BANCO DE DADOS. Prof. Adriano Pereira Maranhão

SISTEMAS DE BANCO DE DADOS. Prof. Adriano Pereira Maranhão SISTEMAS DE BANCO DE DADOS Prof. Adriano Pereira Maranhão 1 REVISÃO BANCO DE DADOS I O que é banco de dados? Ou seja afinal o que é um SGBD? REVISÃO BD I REVISÃO DE BD I Um Sistema de Gerenciamento de

Leia mais

BANCO DE DADOS Parte 4

BANCO DE DADOS Parte 4 BANCO DE DADOS Parte 4 A Linguagem SQL Introdução Desenvolvida pelo depto de pesquisa da IBM na década de 1970 (System R) Linguagem padrão de BD Relacionais; Apresenta várias padrões evolutivos: SQL86,

Leia mais

Principal: construir uma base de dados para produção de informações sobre internações hospitalares;

Principal: construir uma base de dados para produção de informações sobre internações hospitalares; Principal: construir uma base de dados para produção de informações sobre internações hospitalares; Específicos: - criar um banco de dados para armazenar registros sobre internações hospitalares; - produzir

Leia mais

BANCO DE DADOS BANCO DE DADOS. Prof. Patrícia Lucas 3º Trimestre

BANCO DE DADOS BANCO DE DADOS. Prof. Patrícia Lucas 3º Trimestre BANCO DE DADOS BANCO DE DADOS Prof. Patrícia Lucas 3º Trimestre ROTEIRO PARA O 3º TRIMESTRE 1. O MySQL DDL SQL 1. Como funciona o MySQL 2. Como criar um banco de dados no MySQL 3. Como criar tabelas: comandos

Leia mais

Structured Query Language (SQL) Aula Prática

Structured Query Language (SQL) Aula Prática Structured Query Language (SQL) Aula Prática Linguagens de SGBD Durante o desenvolvimento do sistema R, pesquisadores da IBM desenvolveram a linguagem SEQUEL, primeira linguagem de acesso para Sistemas

Leia mais

Gerenciamento de Dados e Informação Fernando Fonseca. Graduação

Gerenciamento de Dados e Informação Fernando Fonseca. Graduação Gerenciamento de Dados e Informação Fernando Fonseca 1 Suporte Nativo a XML no Oracle 10g 2 Oracle 10g XML Parsers Suporte a interfaces DOM e SAX XML Class Generator Código fonte a partir de XML DTD ou

Leia mais

LINGUAGEM SQL. SQL Server 2008 Comandos iniciais

LINGUAGEM SQL. SQL Server 2008 Comandos iniciais 1 LINGUAGEM SQL SQL Server 2008 Comandos iniciais SQL - STRUCTURED QUERY LANGUAGE Quando os Bancos de Dados Relacionais estavam sendo desenvolvidos, foram criadas linguagens destinadas à sua manipulação.

Leia mais

Modelo de Dados. Modelo para organização dos dados de um BD

Modelo de Dados. Modelo para organização dos dados de um BD Modelo de Dados Modelo para organização dos dados de um BD define um conjunto de conceitos para a representação de dados exemplos: entidade, tabela, atributo,... existem modelos para diferentes níveis

Leia mais

Aplicações - SQL. Banco de Dados: Teoria e Prática. André Santanchè e Luiz Celso Gomes Jr Instituto de Computação UNICAMP Agosto de 2013

Aplicações - SQL. Banco de Dados: Teoria e Prática. André Santanchè e Luiz Celso Gomes Jr Instituto de Computação UNICAMP Agosto de 2013 Aplicações - SQL Banco de Dados: Teoria e Prática André Santanchè e Luiz Celso Gomes Jr Instituto de Computação UNICAMP Agosto de 2013 Picture by Steve Kelley 2008 SQL SQL Structured Query Language Originalmente:

Leia mais

SQL Linguagem de Manipulação de Dados. Banco de Dados Profa. Dra. Cristina Dutra de Aguiar Ciferri

SQL Linguagem de Manipulação de Dados. Banco de Dados Profa. Dra. Cristina Dutra de Aguiar Ciferri SQL Linguagem de Manipulação de Dados Banco de Dados SQL DML SELECT... FROM... WHERE... lista atributos de uma ou mais tabelas de acordo com alguma condição INSERT INTO... insere dados em uma tabela DELETE

Leia mais

Banco de Dados I. Introdução. Fabricio Breve

Banco de Dados I. Introdução. Fabricio Breve Banco de Dados I Introdução Fabricio Breve Introdução SGBD (Sistema Gerenciador de Banco de Dados): coleção de dados interrelacionados e um conjunto de programas para acessar esses dados Coleção de dados

Leia mais

BD Oracle. Licenciatura em Engenharia Informática e Computação. Bases de Dados 2003/04

BD Oracle. Licenciatura em Engenharia Informática e Computação. Bases de Dados 2003/04 BD Oracle SGBD Oracle Licenciatura em Engenharia Informática e Computação Bases de Dados 2003/04 BD Oracle Introdução aos SGBD Base de Dados Colecção de dados que descrevem alguma realidade Sistema de

Leia mais

Sistema de Controle de Estoque

Sistema de Controle de Estoque FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC GOIAS GESTÃO EM TECNOLOGIA DA INFORMÇÃO TÓPICOS AVANÇADOS EM BANCO DE DADOS Professor: Olegário Correia Neto Alunos: Marcelo Gonçalves, Juliano Pirozelli, João Lucas Pecin,

Leia mais

EXERCÍCIOS PRÁTICOS. Banco de Dados

EXERCÍCIOS PRÁTICOS. Banco de Dados EXERCÍCIOS PRÁTICOS Banco de Dados Introdução ao uso do SQL Structured Query Language, considerando tanto DDL Data Definition Language quanto DML Data Manipulation Language. Banco de Dados selecionado:

Leia mais

Banco de Dados I. Aula 12 - Prof. Bruno Moreno 04/10/2011

Banco de Dados I. Aula 12 - Prof. Bruno Moreno 04/10/2011 Banco de Dados I Aula 12 - Prof. Bruno Moreno 04/10/2011 Plano de Aula SQL Definição Histórico SQL e sublinguagens Definição de dados (DDL) CREATE Restrições básicas em SQL ALTER DROP 08:20 Definição de

Leia mais

Roteiro 9 - SQL Básico: chave estrangeira, operadores de comparação e operadores booleanos

Roteiro 9 - SQL Básico: chave estrangeira, operadores de comparação e operadores booleanos Roteiro 9 - SQL Básico: chave estrangeira, operadores de comparação e operadores booleanos Objetivos: Criar restrições para atributos, chaves primárias e estrangeiras; Explorar consultas SQL com uso de

Leia mais

SQL SQL BANCO DE DADOS 2. Componentes do SQL (1) Componentes do SQL (2) DDL Criação de banco de dados. Padrões de SQL

SQL SQL BANCO DE DADOS 2. Componentes do SQL (1) Componentes do SQL (2) DDL Criação de banco de dados. Padrões de SQL BANCO DE DADOS 2 SQL (CREATE TABLE, CONSTRAINTS, DELETE, UPDATE e INSERT) Prof. Edson Thizon SQL SQL ( structured query language ) é uma linguagem comercial de definição e manipulação de banco de dados

Leia mais

SQL TGD/JMB 1. Projecto de Bases de Dados. Linguagem SQL

SQL TGD/JMB 1. Projecto de Bases de Dados. Linguagem SQL SQL TGD/JMB 1 Projecto de Bases de Dados Linguagem SQL SQL TGD/JMB 2 O que é o SQL? SQL ("ess-que-el") significa Structured Query Language. É uma linguagem standard (universal) para comunicação com sistemas

Leia mais

Capitulo 2. Prof.º Espc. Fábio Margarito Martins de Barros - Tecnologia de banco de dados

Capitulo 2. Prof.º Espc. Fábio Margarito Martins de Barros - Tecnologia de banco de dados Capitulo 2 1. MODELO LÓGICO DE BANCO DE DADOS... 2 1.1 Definição... 2 1.2 Mapeando o modelo conceitual para o modelo lógico... 2 1.2 Dicionário de dados... 3 2. MODELO FÍSICO DO BANCO DE DADOS... 4 2.1

Leia mais

Escrito por Sex, 14 de Outubro de 2011 23:12 - Última atualização Seg, 26 de Março de 2012 03:33

Escrito por Sex, 14 de Outubro de 2011 23:12 - Última atualização Seg, 26 de Março de 2012 03:33 Preço R$ 129.00 Compre aqui SUPER PACOTÃO 3 EM 1: 186 Vídeoaulas - 3 dvd's - 10.5 Gybabyte. 1) SQL 2) Banco de Dados (Oracle 10g, SQL Server 2005, PostgreSQL 8.2, Firebird 2.0, MySQL5.0) 3) Análise e Modelagem

Leia mais

Comandos DDL. id_modulo = id_m odulo

Comandos DDL. id_modulo = id_m odulo Comandos DDL Estudo de Caso Controle Acadêmico Simplificado Uma escola contém vários cursos, onde cada aluno possui uma matricula num determinado curso. Estes cursos, por sua vez, possuem módulos, aos

Leia mais

MYSQL BÁSICO. 12 Horas Instrutor: Antonio Itamar Júnior

MYSQL BÁSICO. 12 Horas Instrutor: Antonio Itamar Júnior MYSQL BÁSICO 12 Horas Instrutor: Antonio Itamar Júnior BANCO DE DADOS - O que é MySQL - Criar bando de dados - Nomenclatura de banco de dados - Tipos de dados SQL - Atributos SQL - Criar Tabela - Inserir,

Leia mais

Banco de dados. Linguagens de Banco de Dados II. Wedson Quintanilha da Silva - www.assembla.com/spaces/objetivobd/documents

Banco de dados. Linguagens de Banco de Dados II. Wedson Quintanilha da Silva - www.assembla.com/spaces/objetivobd/documents Banco de dados Linguagens de Banco de Dados II 1 Linguagem de Definição de Dados - DDL Comandos utilizados para criação do esquema de dados; Um DDL permite ao utilizador definir tabelas novas e elementos

Leia mais

Banco de Dados. Conceitos e Arquitetura de Sistemas de Banco de Dados. Profa. Flávia Cristina Bernardini

Banco de Dados. Conceitos e Arquitetura de Sistemas de Banco de Dados. Profa. Flávia Cristina Bernardini Banco de Dados Conceitos e Arquitetura de Sistemas de Banco de Dados Profa. Flávia Cristina Bernardini Relembrando... Vantagens da Utilização de SGBD Redundância controlada Consistência dos dados armazenados

Leia mais

Gabarito - Banco de Dados SQL - 30/07/2013 AULA 01

Gabarito - Banco de Dados SQL - 30/07/2013 AULA 01 Gabarito - Banco de Dados SQL - 30/07/2013 AULA 01 1 1- Bancos de dados compreendem desde agendas telefônicas até sistemas computadorizados. (Sim) 2- Só podemos instalar o SQL Server Express se tivermos

Leia mais

PROGRAMAÇÃO PARA DISPOSITIVOS MÓVEIS ARMAZENAMENTO EM BD NO DM. Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. http://about.me/tilfrozza

PROGRAMAÇÃO PARA DISPOSITIVOS MÓVEIS ARMAZENAMENTO EM BD NO DM. Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. http://about.me/tilfrozza PROGRAMAÇÃO PARA DISPOSITIVOS MÓVEIS ARMAZENAMENTO EM BD NO DM Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. http://about.me/tilfrozza ROTEIRO Introdução App de exemplo Implementação do exemplo Testes realizados

Leia mais

Integridade dos Dados

Integridade dos Dados 1 Integridade dos Dados Integridade dos Dados Melissa Lemos melissa@inf.puc-rio.br A integridade dos dados é feita através de restrições, que são condições obrigatórias impostas pelo modelo. Restrições

Leia mais

Dados. Qualquer elemento (aspecto, fato, medida etc.) representativo, disponível e coletável na realidade. fatos no estado bruto, conforme Platão;

Dados. Qualquer elemento (aspecto, fato, medida etc.) representativo, disponível e coletável na realidade. fatos no estado bruto, conforme Platão; Dados Os Dados são os fatos em sua forma primária, como observamos no mundo. Qualquer elemento (aspecto, fato, medida etc.) representativo, disponível e coletável na realidade. fatos no estado bruto, conforme

Leia mais

SQL - Structured Query Language, ou Linguagem de Consulta Estruturada ou SQL

SQL - Structured Query Language, ou Linguagem de Consulta Estruturada ou SQL SQL - Structured Query Language, ou Linguagem de Consulta Estruturada ou SQL Criar uma base de dados (criar um banco de dados) No mysql: create database locadora; No postgresql: createdb locadora Criar

Leia mais

PROGRAMAÇÃO PARA DISPOSITIVOS MÓVEIS ARMAZENAMENTO EM BD NO DM. Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. http://about.me/tilfrozza

PROGRAMAÇÃO PARA DISPOSITIVOS MÓVEIS ARMAZENAMENTO EM BD NO DM. Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. http://about.me/tilfrozza PROGRAMAÇÃO PARA DISPOSITIVOS MÓVEIS ARMAZENAMENTO EM BD NO DM Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. http://about.me/tilfrozza ROTEIRO Introdução App de exemplo Implementação do exemplo Testes realizados

Leia mais

Projeto de Banco de Dados: Empresa X

Projeto de Banco de Dados: Empresa X Projeto de Banco de Dados: Empresa X Modelo de negócio: Empresa X Competências: Analisar e aplicar o resultado da modelagem de dados; Habilidades: Implementar as estruturas modeladas usando banco de dados;

Leia mais

Sistemas Gerenciadores de Bancos de Dados

Sistemas Gerenciadores de Bancos de Dados Sistemas Gerenciadores de Bancos de Dados Fernando Castor A partir de slides elaborados por Fernando Fonseca & Robson Fidalgo 1 Sistemas de Arquivos Sistemas de arquivos Principal característica é a replicação

Leia mais

SQL: Definição de tabelas, Modificações à Base de Dados

SQL: Definição de tabelas, Modificações à Base de Dados SQL: Definição de tabelas, Modificações à Base de Dados Fernando Lobo Base de Dados, Universidade do Algarve 1 / 24 Definição do esquema da base de dados O esquema da BD é composto pelas definições de

Leia mais

Comandos de Manipulação

Comandos de Manipulação SQL - Avançado Inserção de dados; Atualização de dados; Remoção de dados; Projeção; Seleção; Junções; Operadores: aritméticos, de comparação,de agregação e lógicos; Outros comandos relacionados. SQL SQL

Leia mais

CREATE TABLE AUTOR ( cod_autor int not null primary key, nome_autor varchar (60) )

CREATE TABLE AUTOR ( cod_autor int not null primary key, nome_autor varchar (60) ) TADS Exercício Laboratório I Analise o modelo de banco de dados abaixo: MUSICA FAIXA Codigo_Musica: INTEGER Nome_Musica: VARCHAR(60) Duracao: NUMERIC(6,2) Codigo_Musica: INTEGER (FK) Codigo_CD: INTEGER

Leia mais

Sistemas de Banco de Dados

Sistemas de Banco de Dados Sistemas de Banco de Dados Everson Santos Araujo everson@por.com.br Conceitos Dado - Um fato que pode ser armazenado Banco de dados (BD) - Coleção de dados interrelacionados Sistema Gerenciador de Banco

Leia mais

Capítulo 1 INTRODUÇÃO A BANCO DE DADOS

Capítulo 1 INTRODUÇÃO A BANCO DE DADOS Capítulo 1 INTRODUÇÃO A BANCO DE DADOS 1.1 - BANCO DE DADOS - INTRODUÇÃO...2 1.1.1- Dados...2 1.1.2- Hardware...3 1.1.3- Software...3 1.1.4- Usuários...4 1.2 - SISTEMAS DE ARQUIVOS CONVENCIONAIS...5 1.3

Leia mais

SQL Server Triggers Aprenda a utilizar triggers em views e auditar as colunas atualizadas em uma tabela

SQL Server Triggers Aprenda a utilizar triggers em views e auditar as colunas atualizadas em uma tabela SQL Server Triggers Aprenda a utilizar triggers em views e auditar as colunas atualizadas em uma tabela Certamente você já ouviu falar muito sobre triggers. Mas o quê são triggers? Quando e como utilizá-las?

Leia mais

Consistem num conjunto de apontadores para instâncias especificas de cada relação.

Consistem num conjunto de apontadores para instâncias especificas de cada relação. Mecanismo usado para mais fácil e rapidamente aceder à informação existente numa base de dados. Bases de Dados de elevadas dimensões. Consistem num conjunto de apontadores para instâncias especificas de

Leia mais

Esta aula tem o objetivo de nos orientar durante este período em nossas aulas de Banco de Dados, não tem a pretensão de ser a única fonte de

Esta aula tem o objetivo de nos orientar durante este período em nossas aulas de Banco de Dados, não tem a pretensão de ser a única fonte de BD Esta aula tem o objetivo de nos orientar durante este período em nossas aulas de Banco de Dados, não tem a pretensão de ser a única fonte de informação para nosso êxito no curso. A intenção de elaborar

Leia mais

Linguagem de Consulta Estruturada (SQL)

Linguagem de Consulta Estruturada (SQL) Linguagem de Consulta Estruturada (SQL) Conceitos sobre a versão ANSI da SQL, a sublinguagem de definição de dados (DDL) e a sublinguagem de manipulação de dados (DML) Prof. Flavio Augusto C. Correia 1

Leia mais

Prof.: Clayton Maciel Costa clayton.maciel@ifrn.edu.br

Prof.: Clayton Maciel Costa clayton.maciel@ifrn.edu.br Programação com acesso a BD Prof.: Clayton Maciel Costa clayton.maciel@ifrn.edu.br 1 Agenda Introdução Conceitos do Modelo Relacional Restrições de Integridade Básicas Esquema do BD Relacional Restrições

Leia mais

Introdução Banco de Dados

Introdução Banco de Dados Introdução Banco de Dados Vitor Valerio de Souza Campos Adaptado de Vania Bogorny Por que estudar BD? Os Bancos de Dados fazem parte do nosso dia-a-dia: operação bancária reserva de hotel matrícula em

Leia mais

Gestão de Tecnologia da Informação

Gestão de Tecnologia da Informação Gestão de Tecnologia da Informação Banco de Dados Prof. Gilberto B. Oliveira Tópicos Projeto de Banco de Dados (Button-Up) Modelagem conceitual Modelagem lógica Exemplo: Implementação do modelo Escola

Leia mais